Apresentação Institucional Setembro 2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação Institucional Setembro 2013"

Transcrição

1 Apresentação Institucional Setembro 2013

2 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina* Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América Latina Maior Seguradora de Vida do Brasil 2 o Maior Segurador de Ramos Elementares no Brasil Liderança em Outros Segmentos como Capitalização e Seguros Rurais Operações de Seguro, Previdência e Capitalização por meio de Parcerias Privadas com Líderes Globais *Não contempla seguros de saúde

3 Histórico 2013 IPO BB Seguridade Participação acionária no IRB Brasil RE* Criação da BB Seguridade Brasildental Parceria com a Odontoprev* 1981 Início da operação de seguros do BB 1987 Criação da BB Corretora 1992 Criação da Brasilprev 1995 Criação da Brasilcap, em parceria com Sul América, Icatu e Aliança da Bahia 1996 Criação da Brasilveículos, em parceria com o grupo SulAmérica 1999 Firmada parceria com a Principal Financial Group em Previdência Privada Reorganização societária da área de seguros, previdência e capitalização do BB Início da operação conjunta com a Mapfre *Aguardam a aprovação por parte de reguladores, supervisores e fiscalizadores.

4 Estrutura Interna Assembleia Geral de Acionistas Conselho Fiscal Conselho de Administração Comitê de Auditoria Diretoria Executiva Presidência Marcelo Augusto Dutra Labuto Diretoria de Governança, Finanças e Relações com Investidores Leonardo Giuberti Mattedi Diretoria de Comercialização André Luis Cortes Mussili Diretoria de Produtos e Operações Ângela Beatriz de Assis

5 Estrutura Acionária Ações em circulação 33,75% 66,25% 100% Total 100% Total BB Seguros BB Corretora Holdings BB Mapfre SH1 Mapfre BB SH2 Brasilprev Brasilcap IRB Brasil Re Brasildental BB Corretora % da BB Seguridade no total de ações 74,9% 50,0% 74,9% 66,7% 20,5% 74,9% 100% % da BB Seguridade nas ações ON 49,9% 49,0% 49,9% 49,9% 20,5% 49,9% 100% % de Representação no Conselho de Administração 50% 50% 50% 67% 20% 50% Aguardam a aprovação por parte de reguladores, supervisores e fiscalizadores. Posição até 30/09/2013

6 Visão da Governança Corporativa Conselho de Administração* Presidentes, Vice Presidentes e Diretores 16 membros Companhia de Seguros Aliança do Brasil Mapfre Vida S.A Vida Seguradora S.A SH1 Vida 8 indicações 8 indicações SH2 P&C 16 membros 8 indicações 8 indicações Aliança do Brasil Seguros S.A BB Mapfre Assistência 2 indicações 2 indicações Brasilveículos Mapfre Affinity Seguradora S.A Mapfre Seguros Gerais S.A Brasilprev Previdência 16 membros 8 indicações 8 indicações 3 indicações 3 indicações 12 membros Brasilcap Capitalização 8 indicações 2 indicações 2 indicações 4 indicações Corretora 3 indicações 10 membros IRB-RE Resseguro 2 indicações *Membros titulares e suplentes

7 Distribuição Canal Bancário 1 Canal Não-Bancário 2 61,0 milhões de clientes Sólida rede não-bancária espalhada pelo Brasil Agências º Parcerias 140 Caixas Eletrônicos Correspondentes Rede Compartilhada Corretores Externos Pontos de Venda Fonte: Banco do Brasil Setembro Fonte: Grupo BB Mapfre Setembro 2013

8 Corretora: acesso exclusivo à rede BB SH1 SH2 Brasilprev Brasilcap Acesso exclusivo à rede do Banco do Brasil Prazo: 20 anos Sem cláusula de rescisão Assinado em Janeiro de 2013 Acesso à BB Corretora Obrigação de vender produtos em rede bancária através da BB Corretora Remuneração: percentual fixo das apólices, variando de acordo com o tipo de produto Relacionamento gerido pelos acordos de acionistas com prazos de 23 anos para PFG; 20 anos para Mapfre; e sem prazo definido para Icatu/Aliança da Bahia Política de Transações com Partes Relacionadas Máxima transparência e segurança para acionistas minoritários Reafirmação do compromisso da BB Seguridade com as melhores práticas de governança corporativa Criação de um comitê de partes relacionadas, composto por pelo menos um membro independente, que deverá ter voto favorável para aprovação de assinatura e alterações em contratos com partes relacionadas

9 Apoio do BB e Parcerias Privadas BB Seguridade se beneficia do apoio do Banco do Brasil e de sua experiência em parcerias privadas Apoio do Banco do Brasil Expertise de Parcerias Privadas Solidez, tradição, segurança e confiança Porto seguro, especialmente para produtos de longo-prazo Flight to quality e estabilidade, menos suscetível a condições de mercado Reconhecimento da marca Rápida tomada de decisão BB Seguridade opera em um modelo de arm s lenght Monitora o surgimento de qualquer potencial conflito entre BB e BB Seguridade Fortalece a governança corporativa Participação mínima no capital votante de 50,1% A BB Seguridade tem um papel ativo na governança das companhias operacionais

10 BB Seguridade Seguros, Previdência e Capitalização Distribuição Holding Linhas de negócio SH1 Vida 11 SH2 2 Elementares 2 Previdência Capitalização Corretora Posição de Mercado 10 1 o 1 o o o 8 1 o o 1 o o 1 o o Receita (2T13) () 5 (R$ milhões) ROAE Ajustado (2T13) () 33,1% 6,2% 58,5% 58,4% 51,7% 38,0% Lucro líquido ajustado (2T13) () 6 (R$ milhões) 165,8 19,6 114,9 17,8 217,8 547,8 77 % no lucro ajustado da BB Seguridade 9 30,3% 3,6% 21,0% 3,2% 39,8% Fonte: Companhia e Susep 1. SH1 compreende Vida, Prestamista, Habitacional e Rural / 2. SH2 compreende Auto, Danos e Outros (exceto para seguros Habitacional e Rural) / 3. 1a posição: Representa os seguros de vida da BB Seguridade / 4. 2a posição: Representa os produtos nos ramos elementares da BB Seguridade / 5. Prêmios emitidos para BB Mapfre SH1 e Mafre BB SH2; Rendas para Brasilcap; Contribuições para Brasilprev; Receitas operacionais para a BB Corretora / 6. Considera o lucro líquido atribuível a BB Seguridade / 7. O lucro líquido da BB Seguridade inclui R$ 11,8 mi relacionado ao resultado do IRB Brasil RE, receitas/despesas de holding e impostos, os quais não estão explicitados acima / 8. Considera ranking em arrecadação com dados da SUSEP, SET2013 / 9. Inclui os resultados das holdings BB Seguridade, BB Seguros e BB Cor. / 10. Posição de 9M13.

11 Resultado Consolidado Lucro líquido ajustado cresceu 27% mesmo em ambiente adverso para as receitas financeiras BB Seguridade Ajustado (R$ milhões) BB Seguridade Societário (R$ milhões) Lucro Líquido Ajustado ROAE (%) 33,3 430,7 Lucro Líquido Societário LL Ajustado: +27,2% ROAE (%) Lucro líquido ajustado cresceu 27% mesmo 38,0 em ambiente adverso para as receitas financeiras 547,8 23,5 313,4 LL Societário: +74,8% 38,0 547,8

12 BB Mapfre SH1 SH1 Vida Vida Vida compreende seguro de vida, acidentes pessoais e prestamista. Seguro de vida é um contrato direcionado para pessoas físicas para garantir proteção financeira aos beneficiários escolhidos pelo segurado, em caso de morte, natural ou acidental, ou invalidez permanente total do indivíduo. Seguro Prestamista é destinado a garantir o pagamento de uma dívida em caso de morte, invalidez do mutuário, evitando que os membros da família herdem esse passivo. Habitacional Seguro habitacional está relacionado ao pagamento de financiamentos imobiliários. No caso de morte ou invalidez do segurado, o seguro garante que sua família receba o imóvel e que o banco receba o pagamento total da dívida sobre a propriedade. Uma apólice de seguro habitacional pode também proteger os segurados contra danos físicos ao imóvel. Rural Seguro rural protege o produtor rural de intempéries em suas lavouras e de perda de renda em caso de queda do preço de mercado da colheita. Oferecem também proteção para o restante de seus bens até o limite do capital segurado, além dos seguros prestamistas rurais, que podem ser garantia para operações de crédito rural.

13 BB Mapfre SH1 Resultados operacionais e recuperação do resultado financeiro sustentaram o crescimento do lucro líquido BB Mapfre SH1 (R$ milhões) Pessoas (Prêmios de Seguros) (R$ milhões) Resultado de Seguros Resultado Financeiro Lucro Líquido Ajustado Res. de Seguros: +29,6% Res. Financeiro: +23,9% LL Ajustado: +30,8% Prêmios Market Share % BB Seguridade: +17,0 Mercado: +14,7 169,0 193,2 76,6 250,3 221,0 95,0 18,8% 1.031,9 19,2% 1.207,4 Habitacionais (Prêmios de Seguros) (R$ milhoes) Rurais (Prêmios de Seguros) (R$ milhões) Prêmios Market Share % BB Seguridade: +156,7 Mercado: +24,2 Prêmios % Market Share BB Seguridade: +52,9 Mercado: +33,7 9,3% 67,0% 76,6% 4,5% 20,6 53,0 307,5 470,2 Fonte: Mercado - Base de Dados SUSEP: Set/2013

14 BB Mapfre SH1 ROAE ajustado alcançou 33,1%, com evolução de 10,5 p.p. em 12 meses Prêmios Ganhos (R$ milhões) Sinistralidade (%) Prêmios Ganhos Sinistralidade Prêmios Ganhos Gerencial +34,8% +27,1% Sinistralidade Gerencial +6,8 p.p. +2,4 p.p. 926,2 836, , ,4 27,5 34,0 34,3 36,4 Índice Combinado (%) ROAE Ajustado (%) Combinado Combinado Gerencial +0,9 p.p. -0,4 p.p. 79,1 76,9 80,0 76,5 22,6 +10,5 p.p. 33,1

15 BB Mapfre SH1 Fortalecimento do canal bancário sustenta o crescimento dos prêmios emitidos. Destaque para os ramos de Rural e Prestamista. Prêmios Emitidos (R$ milhões) +28,4% 1.520, ,1 Composição de Prêmios x Habitacional Demais Habitacional Demais 1,7% Rural 3,3% 22,0% 46,5% 3,5% Vida 2,9% Rural 25,2% x 41,6% Vida 26,5% 26,8% Prestamista Prestamista Canais de Vendas Demais Canais 15,6% Demais Canais Canais de Vendas 12,5% 84,4% Canal Bancário 87,5% Canal Bancário

16 Mapfre BB SH2 SH2 P&C Danos Consistem em produtos desenvolvidos para proteger o patrimônio e/ou os bens de pessoas físicas ou jurídicas, atrelados ou não a operações de crédito. Os principais produtos desse ramo são os seguros residenciais (proteção à residência de pessoas físicas), seguros empresariais (proteção ao patrimônio de empresas) e seguros de máquinas e equipamentos (proteção aos bens de pessoas físicas e jurídicas). Auto Seguro auto é um produto para proteger veículos automotores, de uso comercial ou particular, em relação aos danos sofridos e causados em acidentes ou demais eventos, além de contar com assistências para uso do segurado em seu dia a dia. Mapfre BB SH2 (R$ milhões) Automóveis (Prêmios de Seguros) (R$ milhões) Resultado de Seguros Resultado Financeiro Lucro Líquido Ajustado 58,1 98,5 15,0 Res. de Seguros: -78,4% Res. Financeiro: -33,9% LL Ajustado: -32,6% 3,2 39,2 65,2 Prêmios Market Share 15,1% 1.004,5 % BB Seguridade: +14,1 Mercado: +16,8 14,7% 1.146,5 Fonte: Mercado - Base de Dados SUSEP: Set/2013

17 Mapfre BB SH2 Registrou-se sólido crescimento dos prêmios ganhos Prêmios Ganhos (R$ milhões) Sinistralidade (%) Prêmios Ganhos Prêmios Ganhos Gerencial +21,1% +13,5% 1.937, , , ,4 Sinistralidade Sinistralidade Gerencial -6,3 p.p. +1,4 p.p. 59,0 56,0 52,7 57,4 Índice Combinado (%) ROAE Ajustado (%) Combinado Combinado Gerencial +0,7 p.p. +0,8 p.p. 99,1 99,0 99,8 99,8 9,7-3,5 p.p. 6,2

18 Mapfre BB SH2 Crescimento em prêmios emitidos foi sustentado principalmente pelos ramos de auto e danos, com evoluções acima de 15% Prêmios Emitidos (R$ milhões) +15,1% 2.122, ,4 Composição de Prêmios x Demais Demais 12,8% 11,6% Auto 32,7% 54,5% x 32,8% 55,6% Danos Auto Danos Canais de Vendas 31,3% Canal Bancário Canais de Vendas 29,4% Canal Bancário Demais Canais 68,7% Demais Canais 70,6%

19 Brasilprev Previdência Planos de previdência complementar são produtos que oferecem aos indivíduos uma proteção financeira adicional ao plano de previdência pública. Os dois produtos mais importantes neste segmento são o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). São planos nos quais indivíduos contribuem durante suas vidas ativas de trabalho com o intuito de receber uma quantia fixa ou mensal no momento da aposentadoria. Produtos PGBL são indicado para quem declara imposto de renda (IR) no formulário completo, pois os aportes são dedutíveis da base de cálculo do Imposto de Renda até o limite de 12% da renda bruta anual tributável. Nesta modalidade, em caso de resgate ou recebimento de renda, o IR incide sobre o valor total resgatado ou a renda recebida. Produtos VGBL são indicados para quem declara imposto de renda no formulário simplificado ou é isento, pois os aportes não são dedutíveis na base de cálculo do imposto. Nesta modalidade também há um benefício fiscal: em caso de resgate ou renda recebida, há incidência de IR apenas sobre o valor dos rendimentos. Brasilprev (R$ milhões) Previdência Aberta (Arrecadação) (R$ milhões) Resultado de Previdência Resultado Financeiro Lucro Líquido Ajustado Res. de Previdência: +56,1% Res. Financeiro: +1,9% LL Ajustado: +48,9% Arrecadação % Market Share BB Seguridade: +10,0 Mercado: -16,1 109,2 103,0 79,1 170,4 153,3 80,6 22,4% 3.405,1 29,4% 3.746,8 Fonte: Mercado - Base de Dados SUSEP: Set/2013

20 Brasilprev Aumento do volume de ativos sob gestão impulsionou o ROAE para 58% Receita de Contribuições (R$ milhões) ROAE Ajustado (%) 3.356,3 +10,1% 3.694,3 49,3 +9,1 p.p. 58,4 Provisões Técnicas (R$ bilhões) 61,7 +25,9% 77,6 set-12 set-13

21 Brasilcap Capitalização Título de capitalização é um produto típico do mercado brasileiro, que une em um único instrumento financeiro componentes de acumulação (poupança) e loteria. Os clientes podem optar por títulos de pagamento único ou realizar pagamentos mensais. Em ambos os casos, durante a vigência, os poupadores participam de sorteios com prêmios em dinheiro. Uma parte dos pagamentos é direcionada para a empresa de capitalização, cobrindo por exemplo os custos do plano e os prêmios com sorteios. O valor remanescente compõe uma reserva, que o participante recebe de volta ao final do plano. Existem produtos similares na Espanha e no Reino Unido. Brasilcap (R$ milhões) Capitalização (Arrecadação) (R$ milhões) Resultado de Capitalização Resultado Financeiro Lucro Líquido Ajustado 34,1 33,6 38,1 Res. de Capitalização: -31,6% Res. Financeiro: -36,0% LL Ajustado: -21,8% 23,0 26,7 24,4 Arrecadação % Market Share BB Seguridade: +50,6 Mercado: +24,6 21,8% 918,3 26,4% 1.383,2 Fonte: Mercado - Base de Dados SUSEP: Set/2013

22 Brasilcap Crescimento robusto da arrecadação permitiu atingir participação de mercado de 26% Provisões Técnicas (R$ bilhões) ROAE Ajustado (%) 5,9 +44,5% 8,5 101,4-49,7 p.p. 51,7 set-12 set-13

23 BB Corretora Corretora O negócio de corretagem consiste em intermediar a venda de produtos de seguros entre a companhia seguradora e clientes. Como forma de remuneração pelos serviços de intermediação, a corretora recebe uma comissão que é calculada como um percentual do prêmio total. Não existem riscos de subscrição envolvidos. Comercialização dos produtos da BB Seguridade na base de clientes do Banco do Brasil Processo de Comercialização Prêmio Bruto SH1 SH2 Clientes BB Reembolso de custos / despesas BB Corretora Corretora Brasilprev Tarifas de serviços bancário Brasilcap

24 BB Corretora O fortalecimento do canal bancário impulsionou o crescimento das receitas de comissões e da margem líquida Receita de Comissões (R$ milhões) Composição da Corretagem x 330,0 +28,9% 425,5 Outras Receitas Brasilcap 10,8% 3,7% 13,9% 51,3% Brasilprev 20,3% SH1 SH2 Outras Receitas Brasilcap Brasilprev 15,4% 0,5% 10,0% x 55,4% SH1 18,7% SH2 Lucro Líquido Ajustado (R$ milhões) Rentabilidade (R$ milhões) 161,0 +35,3% 217,8 Receita de corretagem 330,0 425,5 Resultado operacional 243,7 318,6 Lucro líquido ajustado 161,0 217,8 Margem Líquida 48,8% 51,2%

25 Contatos: Relações com Investidores SBS Quadra 1 Bloco A Ed. Sede I 4º andar Brasília, DF Tel: (61) Apresentação Institucional Março 2013

Apresentação Institucional Junho 2013

Apresentação Institucional Junho 2013 Apresentação Institucional Junho 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

Apresentação Institucional Março 2013

Apresentação Institucional Março 2013 Apresentação Institucional Março 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

Apresentação Institucional 2014

Apresentação Institucional 2014 Apresentação Institucional 2014 Visão Geral Histórico 2013 IPO BB Seguridade Participação acionária no IRB Brasil RE 2012 1981 Início da operação de seguros do BB 1987 Criação da BB Corretora 1992 Criação

Leia mais

4T14. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A

4T14. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A 4T14 Análise do Desempenho BB Seguridade Participações S.A Este Relatório faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultado e estratégias

Leia mais

Porto Seguro S.A. Março 2007

Porto Seguro S.A. Março 2007 Porto Seguro S.A. Março 2007 Porto Seguro em Resumo Porto Seguro em Resumo Fundação Ranking de Grupos Líder Segmento Auto no Brasil R$ bilhões Prêmios Auferidos em 2006 Funcionários diretos Sucursais e

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL BB

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL BB NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL BB O que é o Plano Brasilprev Exclusivo? O Brasilprev Exclusivo é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização

Leia mais

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente.

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente. 12 perguntas que você precisa fazer para o seu cliente. Introdução Neste final de ano, a Icatu Seguros quer convidar a todos para uma reflexão sobre decisões aparentemente simples, mas que nem sempre são

Leia mais

Atualização Janeiro 2005

Atualização Janeiro 2005 Atualização Janeiro 2005 A Indústria Visão Geral da Indústria Prêmios Auferidos (R$) (1) 2.400.000.000 2.300.000.000 2.200.000.000 2.100.000.000 2.000.000.000 1.900.000.000 jan/04 fev/04 mar/04 abr/04

Leia mais

CAIXA SEGURADORA S.A. CNPJ: 34.020.354/0001-10 Relatório da Administração 1º semestre de 2011

CAIXA SEGURADORA S.A. CNPJ: 34.020.354/0001-10 Relatório da Administração 1º semestre de 2011 CAIXA SEGURADORA S.A. CNPJ: 34.020.354/0001-10 Relatório da Administração 1º semestre de 2011 Aos acionistas, clientes e colaboradores Temos a satisfação de submeter à apreciação de V.Sas. as demonstrações

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A.

BB SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. Relatório da Administração Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. o Relatório da Administração e as correspondentes demonstrações financeiras, com o parecer dos auditores independentes,

Leia mais

Guia do Programa Previdenciário Empresarial

Guia do Programa Previdenciário Empresarial Guia do Programa Previdenciário Empresarial Uma escolha muda todo o seu futuro. Conheça a novidade que o Itaú e a ABRACAF têm para você! Pensando em você, a ABRACAF e o Itaú criaram um plano de Previdência

Leia mais

BB SEGURIDADE S.A. Setor Bancário Sul - Brasília-DF - CNPJ 17.344.597/0001-94 Exercício encerrado em 31 de dezembro de 2013

BB SEGURIDADE S.A. Setor Bancário Sul - Brasília-DF - CNPJ 17.344.597/0001-94 Exercício encerrado em 31 de dezembro de 2013 Relatório da Administração Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. o Relatório da Administração e as correspondentes demonstrações financeiras, com o parecer dos auditores independentes,

Leia mais

Press Release Novembro/07

Press Release Novembro/07 Press Release Novembro/07 Lucro Líquido de R$395,4 milhões ou R$ 5,14 por ação, de Janeiro a Novembro de 2007. São Paulo, 02 de janeiro de 2008 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

CARTILHA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR GUIA FÁCIL DE TRIBUTAÇÃO

CARTILHA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR GUIA FÁCIL DE TRIBUTAÇÃO CARTILHA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR GUIA FÁCIL DE TRIBUTAÇÃO TRATAMENTO TRIBUTÁRIO BÁSICO Guia Fácil de Tributação A primeira informação que deve ser observada na escolha de um plano de previdência que tenha

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1T13. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A

1T13. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A 1T13 Análise do Desempenho BB Seguridade Participações S.A A BB Seguridade Participações S.A. ( Companhia ) encontra-se em período de silêncio, pois ainda não foi publicado o Anúncio de Encerramento da

Leia mais

CARTILHA. Previdência. Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO. www.sulamericaonline.com.br

CARTILHA. Previdência. Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO. www.sulamericaonline.com.br CARTILHA Previdência Complementar NOVA TRIBUTAÇÃO www.sulamericaonline.com.br Índice 1. Os Planos de Previdência Complementar e o Novo Regime Tributário 4 2. Tratamento Tributário Básico 5 3. Características

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes

Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes Tipos de ações As ações se diferenciam basicamente pelos direitos que concedem a seus acionistas. No Brasil, elas estão divididas em dois grandes grupos: as ações ordinárias e as ações preferenciais. As

Leia mais

Ação Título negociável, que representa a menor parcela em que se divide o capital de uma sociedade anônima.

Ação Título negociável, que representa a menor parcela em que se divide o capital de uma sociedade anônima. Ação Título negociável, que representa a menor parcela em que se divide o capital de uma sociedade anônima. Ação ao portador Desde 1990 este tipo de ação não existe mais. Esse tipo de ação não trazia o

Leia mais

16 ISSN 1677-7042. Ministério da Fazenda. Nº 38, segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 SECRETARIA EXECUTIVA

16 ISSN 1677-7042. Ministério da Fazenda. Nº 38, segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 SECRETARIA EXECUTIVA 6 ISSN 677-7042 Nº 38, segunda-feira, 24 de fevereiro de 204. Ministério da Fazenda SECRETARIA EXECUTIVA PORTARIA Nº 39, DE 2 DE FEVEREIRO DE 204 O SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DA FA- ZENDA, no uso

Leia mais

Formulário de Referência - 2013 - BB Seguridade Participações S.A. Versão: 1

Formulário de Referência - 2013 - BB Seguridade Participações S.A. Versão: 1 Índice 1. Responsáveis pelo formulário 1.1 - Declaração e Identificação dos responsáveis 2. Auditores independentes 2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores 2.3 Outras informações relevantes

Leia mais

Apresentação Corporativa 2015

Apresentação Corporativa 2015 Apresentação Corporativa 2015 Agenda Visão Geral da Indústria de Seguros Evolução do Mercado Segurador Ambiente Competitivo Fatores Chave de Crescimento e Rentabilidade Quem Somos Nossos Negócios Estratégia

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06 Porto Seguro S.A Conference Call 3T06 1 Ranking Brasileiro de Seguros Terceira maior Companhia 19,9% 14,9% 8,4% 7,6% 6,9% 5,4% 3,7% Bradesco Sul América Porto Seguro Unibanco Itaú Mapfre Tokio Marine Obs:

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED)

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED) SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED) 3º RELATÓRIO DE ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DOS MERCADOS SUPERVISIONADOS RIO DE JANEIRO, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 1.

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundo de Investimento é uma comunhão de recursos, constituída sob a forma de condomínio que reúne recursos de vários investidores para aplicar em uma carteira diversificada de ativos financeiros. Ao aplicarem

Leia mais

O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2016.

O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2016. Pág. 1 O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 26. O prazo para entrega da Declaração Anual do Imposto de Renda 26 vai até o dia 29 de abril. E, para orientá-lo nesta tarefa, preparamos

Leia mais

Previdência Privada Principais características / Perguntas frequentes

Previdência Privada Principais características / Perguntas frequentes PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS PGBL/VGBL Voltado para Pessoas Físicas, por meio de planos individuais ou empresariais; Em caso de falecimento do titular, antes da aposentadoria pelo plano, o(s) beneficiário(s)

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

Terra Report. Relatório do Mercado Brasileiro de Resseguros. número 14. Edição. Dezembro 2014. Índice:

Terra Report. Relatório do Mercado Brasileiro de Resseguros. número 14. Edição. Dezembro 2014. Índice: Edição número 14 Dezembro 2014 Data de publicação: 30 de Março de 2015 Índice: Terra Report... 1 Introdução... 2 Mercado Brasileiro de Seguros Gerais... 3 Mercado Brasileiro de Resseguros... 5 Resultado

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

2T15. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A

2T15. Análise do Desempenho. BB Seguridade Participações S.A 2T15 Análise do Desempenho BB Seguridade Participações S.A A P R E S E N T A Ç Ã O O relatório Análise do Desempenho apresenta a situação econômico-financeira da BB Seguridade Participações S.A. (BB Seguridade).

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO Take One

MATERIAL PUBLICITÁRIO Take One BB Seguridade Participações S.A. Companhia de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 17.344.597/0001-94 Rua Setor Bancário Sul, Quadra 1, Bloco A, Lote 31, Edifício Sede I, 15º andar, sala 04 CEP 70073-900 Brasília,

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA I TRIMESTRE - 2012

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA I TRIMESTRE - 2012 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA I TRIMESTRE - 2012 1 INTRODUÇÃO: A SUSEP divulgou os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao I Trimestre de 2011. Esses números são calcados

Leia mais

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante Programa de Previdência OUROFINO Manual do Participante Um excelente investimento no presente e a garantia de um futuro tranquilo Programa Previdenciário Empresarial Itaú - OUROFINO Regras do Programa

Leia mais

Demonstrações Contábeis. Exercício 2015

Demonstrações Contábeis. Exercício 2015 Demonstrações Contábeis Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. as Demonstrações Financeiras da BB Seguros Participações S.A. ( BB Seguros ), relativas ao exercício findo em 31 de dezembro

Leia mais

SANTANDER SEGUROS S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

SANTANDER SEGUROS S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS ÍNDICE Pág. Relatório dos Auditores Independentes 1 Relatório da Administração 3 Balanços Patrimoniais para os períodos findos em e 5 Demonstrações do Resultado para os períodos

Leia mais

BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015

BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015 BRB ANUNCIA RESULTADOS DE 2015 Brasília, 22 de março de 2016 O BRB - Banco de Brasília S.A., sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Governo de Brasília, anuncia seus resultados do

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Destaques do Trimestre 2 Lançamento recente do Net Fone.com, produto que combina os serviços de telefonia, acesso rápido à internet e melhoria de imagem,

Leia mais

Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD

Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD PRESS RELEASE Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD Segunda-feira, 3/5/2004 Divulgação dos Resultados do 1 º trimestre 2004 O Banco Bradesco apresentou Lucro Líquido de R$ 608,7 milhões no 1 º

Leia mais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais Porto Seguro S.A. Porto Seguro S.A. Receitas Totais R$ m ilhões 2006 2005 Variação Receitas Totais 4.548,1 3.849,9 18,1% (R$ milhões) 4.548,1 3.849,9 2.384,6 2.758,5 3.232,4 2002 2003 2004 2005 2006 CAGR

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

DESTAQUES DO 1T11 LUCRO LÍQUIDO RESULTADO COM SEGUROS OPERAÇÕES DE CRÉDITO. Contatos de RI

DESTAQUES DO 1T11 LUCRO LÍQUIDO RESULTADO COM SEGUROS OPERAÇÕES DE CRÉDITO. Contatos de RI Todas as informações financeiras apresentadas neste documento são consolidadas, abrangendo as demonstrações financeiras do Banco, suas controladas, JMalucelli Seguradora, JMalucelli Seguradora de Crédito,

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T12

Divulgação de Resultados 1T12 Divulgação de Resultados 1T12 17 de maio de 2012 Palestrantes Bruno Padilha Presidente do Conselho de Administração Tuca Ramos - Presidente Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo

Leia mais

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal PGBL PLANO GERADOR DE BENEFÍCIOS LIVRES Ideal para quem faz a declaração completa do IRPF, permite a dedução das contribuições efetuadas até o limite de 12% da renda bruta anual, reduzindo o valor a ser

Leia mais

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35%

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35% MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS JAN A ABRIL 2011 Tomando por base os números divulgados hoje pela SUSEP através do sistema de informações SES (que tem como fonte os FIPS enviados pelas empresas) o mercado

Leia mais

AGENDA 1. PRODUTO MODERNO E DE ALTA ACEITAÇÃO 2. RENTABILIDADE DIFERENCIADA

AGENDA 1. PRODUTO MODERNO E DE ALTA ACEITAÇÃO 2. RENTABILIDADE DIFERENCIADA 1 1 AGENDA 1. PRODUTO MODERNO E DE ALTA ACEITAÇÃO 2. RENTABILIDADE DIFERENCIADA 3. ALTO POTENCIAL DE PENETRAÇÃO NA BASE DE CLIENTES 4. RETORNO SOCIOAMBIENTAL 5. NOVOS PRODUTOS SOLUÇÃO ALUGUEL Segunda Empresa

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012

SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012 SEGURO RISCOS RURAIS 2002 / JAN A SET - 2012 1 SEGURO RISCOS RURAIS Esse estudo tomou por base dados oficiais gerados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, IBGE e pela SUSEP (Superintendência

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESULTADOS DE JAN A OUT-03. 1- Resultados:

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESULTADOS DE JAN A OUT-03. 1- Resultados: 1- Resultados: O Mercado Brasileiro de Seguros encerrou o período de jan a out-03 apresentando um resultado (somatizado) de R$ 2,8 bilhões contra R$ 1,9 bilhão do ano anterior, demonstrando um crescimento

Leia mais

SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS.

SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS. SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS. Para desfrutar uma vida confortável, com bem-estar e tranquilidade no momento da aposentadoria,

Leia mais

Cartilha Declaração de Imposto de Renda 2016

Cartilha Declaração de Imposto de Renda 2016 CARTILHA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2016 1 SUMÁRIO 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO... 4 1.1. Pessoas obrigadas à apresentação da Declaração de Ajuste Anual IRPF 2016... 4 1.2. Pessoas dispensadas

Leia mais

Apresentação Institucional Visão Geral Setembro 2014

Apresentação Institucional Visão Geral Setembro 2014 Apresentação Institucional Visão Geral Setembro 2014 BBSEY ADR - Level I Visão Geral Histórico Estrutura Acionária - Parcerias 2013 IPO BB Seguridade 2014 Implantação do ADR Nível I 2012 Participação acionária

Leia mais

Análise Econômica do Mercado de Resseguro no Brasil

Análise Econômica do Mercado de Resseguro no Brasil Análise Econômica do Mercado de Resseguro no Brasil Estudo encomendado a Rating de Seguros Consultoria pela Terra Brasis Resseguros Autor: Francisco Galiza Sumário 1. Introdução... 3 2. Descrição do Setor...

Leia mais

Guia Personnalité IR 2011

Guia Personnalité IR 2011 Guia Personnalité IR 2011 Índice Imposto de Renda 2011... 03 Obrigatoriedade de entrega da declaração... 04 Orientações gerais... 04 Formas de entrega... 05 Multa pelo atraso na entrega... 05 Imposto a

Leia mais

1 Introdução. No Brasil, o Sistema Previdenciário é composto pela Previdência Social e pela Previdência Complementar.

1 Introdução. No Brasil, o Sistema Previdenciário é composto pela Previdência Social e pela Previdência Complementar. 1 Introdução A necessidade de uma Previdência Complementar no Brasil surgiu do momento de crise do Sistema Previdenciário Brasileiro, pois a Previdência Social não consegue pagar ao aposentado o mesmo

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ANA PAULA RECHETELO DE OLIVEIRA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ANA PAULA RECHETELO DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ANA PAULA RECHETELO DE OLIVEIRA PREVIDÊNCIA PRIVADA: ANÁLISE DE ALTERNATIVAS DE PLANOS PREVIDENCIÁRIOS CURITIBA 2014 ANA

Leia mais

Balanço Social 2004 SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

Balanço Social 2004 SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Balanço Social 2004 SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO ÍNDICE 6 APRESENTAÇÃO 10 BALANÇO SOCIAL MERCADO DE SEGUROS CONSOLIDADO A Produção e as Reservas O Retorno à Sociedade Os Recursos Humanos Estrutura

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%.

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%. 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 07/03/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao mês de janeiro 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco de dados SES o

Leia mais

Aliança do Brasil Seguros S.A. CNPJ 01.378.407/0001-10

Aliança do Brasil Seguros S.A. CNPJ 01.378.407/0001-10 sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 Diário Oficial Empresarial São Paulo, 125 (38) 373 Aliança do Brasil Seguros S.A. CNPJ 01.378.407/0001-10 Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. as

Leia mais

Teleconferência - Resultado 1T15 08/05/2015

Teleconferência - Resultado 1T15 08/05/2015 Teleconferência - Resultado 1T15 08/05/2015 BBSEY ADR - Level I Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções

Leia mais

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos Cetip Perfil da unidade de financiamentos índice Apresentação 4 Atuação 6 História 8 Linha do Tempo 10 Estrutura Organizacional 12 Segurança e Tecnologia 14 Produtos e Serviços - Unidade de Financiamentos

Leia mais

Reunião Pública Apimec - BH 2015

Reunião Pública Apimec - BH 2015 Reunião Pública Apimec - BH 2015 SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA - MODELO DE NEGÓCIOS Maior seguradora independente do Brasil Modelo multilinha One-stop shop e forte cross selling de produtos Subscrição

Leia mais

BB Capitalização S.A.

BB Capitalização S.A. BB Capitalização S.A. CNPJ 07.681.872/0001-01 Demonstrações Contábeis Intermediárias Semestre findo em 30.06.2014 Contadoria Gesub - Gerência de Subsidiárias Subsi V - Divisão de Subsidiárias V RELATÓRIO

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL O que é o Plano Brasilprev Exclusivo? O Brasilprev Exclusivo é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

ACIONISTAS E INVESTIDORES

ACIONISTAS E INVESTIDORES ACIONISTAS E INVESTIDORES 77 RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2012 ACIONISTAS E INVESTIDORES ACIONISTAS E INVESTIDORES O compromisso do Banco Santander com seus acionistas tem dois eixos fundamentais: a criação

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional APIMEC 2011 Crescimento nos próximos 115 anos SULAMÉRICA HOJE Uma Empresa de Seguros Única Maior grupo segurador independente do Brasil não pertencente a um banco #1 Sólida reputação

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

Contato RI. Teleconferência de Resultados do 2T06

Contato RI. Teleconferência de Resultados do 2T06 29 de Agosto de 2006 - GP Investments, Ltd ( GP Investments ou Companhia ) [BOVESPA: GPIV11], um dos líderes no mercado de private equity no Brasil anuncia um lucro líquido de US$4,9 milhões e receitas

Leia mais

Banco do Brasil. O Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxima do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe

Banco do Brasil. O Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxima do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe No Brasil, a condução e a operação diárias da política monetária, com o objetivo de estabilizar a economia, atingindo a meta de inflação e mantendo o sistema financeiro funcionando adequadamente, são uma

Leia mais

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI UVERGS PREVI A União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul visa sempre cuidar do futuro de seus associados Por conta disso, está lançando um Programa de Benefícios

Leia mais

Previdência (EAPC) - Tópicos. TEMA 3.Empresas Abertas de Previdência (EAPC) e a sua Contabilidade. O que é Previdência Privada Complementar?

Previdência (EAPC) - Tópicos. TEMA 3.Empresas Abertas de Previdência (EAPC) e a sua Contabilidade. O que é Previdência Privada Complementar? FEA-USP-EAC Curso de Graduação em Ciências Contábeis Disciplina: EAC0551 -Contabilidade e Análise de Balanços de Instituições Previdenciárias TEMA 3.Empresas Abertas de Previdência (EAPC) e a sua Contabilidade

Leia mais

O SEGURO DE VIDA COM COBERTURA POR SOBREVIVÊNCIA NO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO UMA ANÁLISE TRIBUTÁRIA

O SEGURO DE VIDA COM COBERTURA POR SOBREVIVÊNCIA NO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO UMA ANÁLISE TRIBUTÁRIA O SEGURO DE VIDA COM COBERTURA POR SOBREVIVÊNCIA NO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO UMA ANÁLISE TRIBUTÁRIA O presente trabalho trata do seguro de vida com cobertura por sobrevivência, com especial enfoque

Leia mais

Sociedade Civil de Previdência Privada. Cuidar do seu futuro éo nosso negócio!

Sociedade Civil de Previdência Privada. Cuidar do seu futuro éo nosso negócio! Sociedade Civil de Previdência Privada Cuidar do seu futuro éo nosso negócio! Plano CD - 02 Um plano exclusivo para os participantes ativos do Plano BD-01 Plano de Contribuição Definida CD-02 Vantagens

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte Conhecimentos Bancários Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA FECHADA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA São planos previdenciários que permitem

Leia mais

SUL AMÉRICA S.A. E CONTROLADAS

SUL AMÉRICA S.A. E CONTROLADAS SUL AMÉRICA S.A. E CONTROLADAS C.N.P.J. Nº 29.978.814/0001-87 RELATÓRIO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Prezados Senhores Acionistas: Submetemos à apreciação de V.Sas. as Demonstrações Contábeis da Sul América

Leia mais

Relações com Investidores DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13

Relações com Investidores DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13 Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13 Relações com Investidores Miguel Longo Junior Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência dos Resultados

Leia mais

Crescimento das receitas totais no 2T12 e no 1S12 de 13%, em comparação com o mesmo período do ano anterior

Crescimento das receitas totais no 2T12 e no 1S12 de 13%, em comparação com o mesmo período do ano anterior Release de Resultados do 2T12 e 1S12 Mensagem da Administração No segundo trimestre de 2012 crescemos 13% nas receitas totais, principalmente impusionados pelo desempenho dos produtos Auto da marca Itaú

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02112-1 SUL AMERICA S.A. 29.978.814/0001-87. Rua Beatriz Larragoiti Lucas,121 - parte

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02112-1 SUL AMERICA S.A. 29.978.814/0001-87. Rua Beatriz Larragoiti Lucas,121 - parte ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/29 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL Com este material, você entenderá melhor o seu plano Brasilprev Júnior. Se você contratou o plano em nome do Júnior, consulte as informações em Titular:

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Fundo de Aposentadoria Programada Individual Banrisul Conservador CNPJ 04.785.314/0001-06 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96)

Leia mais

5. ETAPA DOS INVESTIMENTOS. Prof. Elisson de Andrade www.profelisson.com.br

5. ETAPA DOS INVESTIMENTOS. Prof. Elisson de Andrade www.profelisson.com.br 5. ETAPA DOS INVESTIMENTOS Prof. Elisson de Andrade www.profelisson.com.br Introdução Poupar versus investir É possível investir dinheiro nos mercados: Imobiliário Empresarial Financeiro Fatores a serem

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE 2010 X 2009

MERCADO BRASILEIRO DE 2010 X 2009 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS 2010 X 2009 1 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RESULTADOS DE 2010 X 2009 A SUSEP divulgou hoje os números do Mercado de Seguros referente ao Exercício de 2010. Essa divulgação

Leia mais

Conferência Telefônica de Resultados do 1T08. 12 de maio de 2008

Conferência Telefônica de Resultados do 1T08. 12 de maio de 2008 Conferência Telefônica de Resultados do 12 de maio de 2008 Perspectivas para 2008 Aumento de de 38,7% 31,6% no no número de de empregos formais em em relação ao a primeiro dezembro trimestre de 2006; de

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01665-9 PORTO SEGURO S.A. 02.149.205/0001-69 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01665-9 PORTO SEGURO S.A. 02.149.205/0001-69 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/26 Divulgação Externa Legislação Societária O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER

Leia mais

ITAÚ SEGUROS S.A. NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATIVAS AOS EXERCÍCIOS DE 01/01 A 31/12 DE 2006 E 2005 (Em Milhares de Reais)

ITAÚ SEGUROS S.A. NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATIVAS AOS EXERCÍCIOS DE 01/01 A 31/12 DE 2006 E 2005 (Em Milhares de Reais) 4.1 ITAÚ SEGUROS S.A. NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATIVAS AOS EXERCÍCIOS DE 01/01 A 31/12 DE 2006 E 2005 (Em Milhares de Reais) NOTA 1 CONTEXTO OPERACIONAL A Itaú Seguros S.A. (ITAÚ

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011 3º Trimestre 2011 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro, nem esta apresentação ou

Leia mais

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Memorando nº 29/2016-CVM/SIN/GIF Rio de Janeiro, 15 de maio de 2016. De: SIN Para: SGE Assunto: Pedido de dispensa de cumprimento de requisito normativo da BB Getsão de

Leia mais

Princípios de Previdência. Eduardo Luiz S. Silva Diretor do Instituto IDEAS Supervisor de Outsourcing da SFR-PREVITEC

Princípios de Previdência. Eduardo Luiz S. Silva Diretor do Instituto IDEAS Supervisor de Outsourcing da SFR-PREVITEC Princípios de Previdência Eduardo Luiz S. Silva Diretor do Instituto IDEAS Supervisor de Outsourcing da SFR-PREVITEC Por que pensar em Previdência Complementar? Rejuvenescimento do quadro de pessoal; Reter

Leia mais