O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org."

Transcrição

1 O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros Paulo Marraccini

2 Seguros Gerais Segmento de Danos (SUSEP) Automóvel 8 ramos Patrimonial 11 ramos Habitacional 3 ramos Transporte 12 ramos Marítimos 4 ramos Aeronáuticos 4 ramos Riscos Financeiros 6 ramos Responsabilidade 4 ramos Rural - 13 ramos Riscos Especiais 3 ramos Microsseguros 1 ramo Outros 3 ramos 2

3

4 Mercado de Seguros: desafios e propostas Potencial para crescer Massificação: ampliar a proteção dos seguros para uma parcela maior da população. Circulo Virtuoso : Mais segurados Menor preço Menor incerteza Aprimoramento dos produtos atuais e busca de novos nichos: Seguro Popular, Microseguro Combate à Fraude e Redução da Sinistralidade 4

5 Mercado de Seguros:desafios e propostas Relacionamento Seguradoras/ Corretores/ Clientes Simplificação dos Contratos e Termos Técnicos Guias de Boas Praticas Meios Remotos Comunicação com a Sociedade Divulgação da Cultura do Seguro Regulação Codigos de Ética e Auto-Regulação Ouvidorias

6 Principais ações em Seguros Gerais Auto 16,5 milhões de veiculos segurados, menos de 1/3 da frota Redução da Fraude e da Sinistralidade Patio Legal (hoje Rio e BH) Combate à concorrencia desleal das cooperativas. Recuperação de veículos roubados circulando na Bolivia Desmontes legais Redução da sinistralidade Reaproveitamento de peças certificadas Sustentabilidade (ex: Argentina, Europa, Japão...) Residencial 10% das residencias seguradas Simplificação das rotinas Desenvolvimento de um Guia de Melhores Práticas

7 Seguros de Riscos Patrimoniais Avaliação do risco feita em colaboração entre: Seguradoras, Reseguradoras Corretores de Seguros presentes em municípios Gerentes de Risco, Inspetores de Risco e de Sinistros Essencial para essa avaliação é a observação do cumprimento das leis e normas de segurança contra incêndio: Prefeituras,ABNT, ISO, etc Bombeiros presentes em 800 municípios Participação da FenSeg no Grupo de Trabalho criado pela SENASP (Secretaria Nacional da Segurança Publica) para instituir um Código Nacional de Segurança contra Incêndio (SENASP) Projeto de Lei do Dep. Armando Vergilio 7

8 Outras linhas de produtos Garantia e Riscos de Engenharia; O mercado brasileiro tem condições técnicas e financeiras de proporcionar cobertura para as obras ligadas aos eventos de 2014 e Responsabilidade Civil Representa apenas 2% do mercado de Seguros Gerais. Em países desenvolvidos varia de 10% a 20%. Transportes Ações para conter a fraude. Fiança Locatícia Garantia Estendida 8

9 Papel do Corretor de Seguros Cadeia de Valor Agregado pelo Corretor: 1. Consultoria Avaliação dos Riscos Medidas Preventivas 2. Intermediação Escolha da Melhor Proteção x Preço Arbitragem Preço x Solvência 3. Administração Gestão das Apólices e Endossos Gestão dos Sinistros 9

10 Papel do Corretor de Seguros Representante do Segurado Redução do Custo de Pesquisa para o Segurado Preço x Coberturas e Serviços Adicionais Redução do Grau de Incerteza do Segurado Segurados e Seguradores tem informações assimétricas sobre os produtos e serviços negociados Redução da assimetria no poder de barganha Relacionamentos de Longo Prazo Atendimento Personalizado e Próximo 10

11 Preço Posicionamento Seguradoras Auto Diferenciação 11

12 Educação e Formação o o o o Prioridade numero um para o desenvolvimento de qualquer sociedade. Papel fundamental da FUNENSEG Escola Nacional de Seguros: o Formação de Corretores de Seguros o Certificação de Tecnicos de Seguros o Seminários, Cursos, Palestras o Curso Superior e MBA especializados em Seguros Educação Financeira: projeto para levar a todos os cidadãos a cultura do seguro como proteção do patrimônio e da família. Exemplos: Parceria entre Sindseg-SP e Sincor-SP o Educar pra Proteger o Seguro em Todo o Estado 12

13 % Premios / PIB Penetração dos Seguros Premio per Capita = área do circulo Taiwan 15 Coreia 10 Brasil Canadá 5 India Chile China Rússia Austrália IDH - Indice de Desenvolvimento Humano Japão PNUD 2013, Swiss Re 2012 PIB /Capita Longevidade Educação 13

14 IDH Brasil 14

15 Já sei que os seguros (minha atividade profissional) e a criatividade estão tão distantes quanto os planetas Saturno e Plutão no espaço sideral... Mario Vargas Llosa, Os cadernos de don Rigoberto vamos desmentir essa afirmação! 15

O Mercado Brasileiro de Seguros em evolução

O Mercado Brasileiro de Seguros em evolução O Mercado Brasileiro de Seguros em evolução 22 de agosto de 2013 Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.br Operações do Mercado Segmento de Danos (SUSEP) Automóvel 8 ramos Patrimonial 11 ramos Habitacional

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

Pessoas que cuidam de pessoas

Pessoas que cuidam de pessoas Pessoas que cuidam de pessoas Agenda Cenário Econômico Mundial Ranking PIB 2012 15,68 8,22 5,96 3,40 2,60 2,44 2,39 2,02 2,01 1,82 Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Brasil Rússia Itália

Leia mais

Função Sócio- Econômica do Seguro:

Função Sócio- Econômica do Seguro: Função Sócio- Econômica do Seguro: Risco é um evento incerto, ou de data incerta, independente da vontade. Pode ser: assumido, prevenido, transferido. Seguro é um mecanismo para reduzir e equilibrar os

Leia mais

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais.

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais. 40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES em prêmios de seguros anuais. SÃO MAIS DE 100 COLABORADORES FORMANDO UMA EQUIPE PREPARADA E EFICIENTE Investimos o máximo possível

Leia mais

Entrevista CADERNOS DE SEGURO

Entrevista CADERNOS DE SEGURO Entrevista 6 Marco Antonio Rossi Presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) POR Vera de Souza e Lauro Faria

Leia mais

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG C o n g r e s s o d e S e g u r o s Horário Atividades Descrição Informações Importantes 13h às 22h Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG Ônibus sairá

Leia mais

Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011

Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011 Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011 Agenda Análise de Mercado Estrutura do Mercado de Seguros Brasileiro Distribuição Geográfica Mercado Interno de Veículos e Frota Circulante Desafios

Leia mais

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35%

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35% MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS JAN A ABRIL 2011 Tomando por base os números divulgados hoje pela SUSEP através do sistema de informações SES (que tem como fonte os FIPS enviados pelas empresas) o mercado

Leia mais

ANEXO I-A Constituição da provisão de IBNR todos os ramos de seguros, exceto seguros de Vida do grupo Pessoas Individual e seguros dotais

ANEXO I-A Constituição da provisão de IBNR todos os ramos de seguros, exceto seguros de Vida do grupo Pessoas Individual e seguros dotais ANEXO I-A Constituição da provisão de IBNR todos os ramos de seguros, exceto seguros de Vida do grupo Pessoas Individual e seguros dotais Art. 1º Para os ramos que estão em run-off, deverão ser utilizados

Leia mais

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Agenda: 1. Introdução ao mercado de seguros 2. Números

Leia mais

MICROSSEGUROS Aspectos Relevantes. SUSEP Superintendência de Seguros Privados Rio de Janeiro agosto de 2014

MICROSSEGUROS Aspectos Relevantes. SUSEP Superintendência de Seguros Privados Rio de Janeiro agosto de 2014 MICROSSEGUROS Aspectos Relevantes SUSEP Superintendência de Seguros Privados Rio de Janeiro agosto de 2014 1. Conceito e aspectos relevantes envolvendo os microsseguros 2. Histórico e Potencial no Brasil

Leia mais

Aspectos relevantes do microseguro e do seguro popular. Por Carlos Eduardo Cavalcante Ramos

Aspectos relevantes do microseguro e do seguro popular. Por Carlos Eduardo Cavalcante Ramos 1 Aspectos relevantes do microseguro e do seguro popular Por Carlos Eduardo Cavalcante Ramos Definição e público alvo. Produtos e canais de distribuição. Regulamentação do microsseguro no Brasil. Tendências

Leia mais

ANEXO I TABELA DE RAMOS E GRUPOS

ANEXO I TABELA DE RAMOS E GRUPOS Fl. 9 da CIRCULAR SUSEP N o 395, de 3 de dezembro de 2009. ANEXO I TABELA DE RAMOS E GRUPOS Grupo Nome do Grupo Identificador Nome 01 Patrimonial 12 Assistência Bens em Geral informadas no Ramo Riscos

Leia mais

Regulación de Microseguros y Seguros Inclusivos

Regulación de Microseguros y Seguros Inclusivos Regulación de Microseguros y Seguros Inclusivos Luciana Mateus SUSEP/DIRAT/CGPRO Coordenadora-Geral de Produtos Agenda A Superintendência de Seguros Privados (Susep) é uma Autarquia vinculada diretamente

Leia mais

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS!

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! sdfgdfhfdgfsgfdgfsdg sdfgsdgsfdgfd PRODUTOS PARA VOCÊ PRODUTOS PARA VOCÊ Simples e econômico: com apenas uma apólice, toda sua frota fica segurada.

Leia mais

Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização.

Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização. CIRCULAR SUSEP Nº 395, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização. O

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional APIMEC 2011 Crescimento nos próximos 115 anos SULAMÉRICA HOJE Uma Empresa de Seguros Única Maior grupo segurador independente do Brasil não pertencente a um banco #1 Sólida reputação

Leia mais

Royal & SunAlliance Seguros

Royal & SunAlliance Seguros Royal Acidentes Pessoais O maior patrimônio de uma empresa são as pessoas. Por isso, o Royal Acidentes Pessoais garante a tranqüilidade dos funcionários e de suas famílias diante de imprevistos ocorridos.

Leia mais

A DEKRA SE. Fundada em 1927. Sede em Stuttgart. Opera em mais de 50 países. Cerca de 40% dos funcionários trabalham fora da Alemanha.

A DEKRA SE. Fundada em 1927. Sede em Stuttgart. Opera em mais de 50 países. Cerca de 40% dos funcionários trabalham fora da Alemanha. DEKRA SE A DEKRA SE Fundada em 1927 Sede em Stuttgart Opera em mais de 50 países Cerca de 40% dos funcionários trabalham fora da Alemanha. Organizada em 3 Unidades de Negócios 15 Linhas Estratégicas de

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento APIMEC BH 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP nº XXX, de X de XXXX de 2013 Estabelece critérios para fins de cálculo da provisão de sinistros ocorridos e não avisados (IBNR)

Leia mais

Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação

Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação Pauta da apresentação 1º Estrutura do Setor 2º Representação Institucional do Setor 3º Arrecadação Visão por

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

SEGURADORA /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido.

SEGURADORA /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido. /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido. SOBRENÓS Há 23 anos no mercado, o Grupo Suhai é uma das maiores empresas de segurança do país. Pelo terceiro

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

11 a 21 de outubro de 2006. Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br

11 a 21 de outubro de 2006. Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br Missão FENASEG Índia e China 11 a 21 de outubro de 2006 Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br Dados Gerais Brasil China India Fonte Area (1.000 m2) 8.514 9.573 3.166 B População (milhões) 184

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Fortaleza 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO INFLAÇÃO

Leia mais

O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. Renato Terzi 18 de Outubro de 2013

O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. Renato Terzi 18 de Outubro de 2013 O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Renato Terzi 18 de Outubro de 2013 O Mercado de Seguros tem perspectivas positivas de aumentar sua penetração nas principais

Leia mais

Oportunidades no Seguro de Automóvel. Marco Antonio Gonçalves

Oportunidades no Seguro de Automóvel. Marco Antonio Gonçalves Oportunidades no Seguro de Automóvel Marco Antonio Gonçalves Crescimento da Índústria Automobilística Venda de Carros Bate Recorde! De janeiro a setembro foram vendidas 2,3 milhões de unidades, 4,2% a

Leia mais

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010.

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010. PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010 Eugênio Velasques 2020 2030 2040 2050 2010 Evolução da População 300 250 200 150 5 vezes

Leia mais

A gente cuida de tudo que tem valor para você.

A gente cuida de tudo que tem valor para você. A gente cuida de tudo que tem valor para você. PRAZER, SOMOS A MAPMA. Somos uma empresa reconhecida pela vasta experiência profissional nas áreas de consultoria, corretagem de seguros e administração de

Leia mais

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo

WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO. Palestrante Vera Cataldo 1 WEBINAR SEGURO DPVAT O SEGURO DO TRÂNSITO Palestrante Vera Cataldo Seguro DPVAT Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre ou por sua carga, a pessoas transportadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 158, DE 2006.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 158, DE 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 58, DE 2006. Dispõe sobre as regras sobre o capital adicional baseado nos riscos de subscrição das sociedades seguradoras

Leia mais

Indicadores Anefac dos países do G-20

Indicadores Anefac dos países do G-20 Indicadores Anefac dos países do G-20 O Indicador Anefac dos países do G-20 é um conjunto de resultantes de indicadores da ONU publicados pelos países: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina,

Leia mais

O MICROSSEGURO COMO ATIVIDADE PRIVADA. Claudio Contador Agosto de 2010 - Santa Catarina

O MICROSSEGURO COMO ATIVIDADE PRIVADA. Claudio Contador Agosto de 2010 - Santa Catarina O MICROSSEGURO COMO ATIVIDADE PRIVADA Claudio Contador Agosto de 2010 - Santa Catarina A PROTEÇÃO DO SEGURO PÚBLICO PRIVADO MUTUALIDADE PURA CONTRIBUTIVO CONTRIBUTIVO INSS SAT FGTS Maternidade NÃO-CONTRIBUTIVO

Leia mais

VOTO PROCESSO N.º 15414.001971/2008-48 DIRETOR ALEXANDRE PENNER

VOTO PROCESSO N.º 15414.001971/2008-48 DIRETOR ALEXANDRE PENNER VOTO ASSUNTO: MINUTA DE CIRCULAR QUE ESTABELECE A CODIFICAÇÃO DOS RAMOS DE SEGUROS E DISPÕE SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DE COBERTURAS CONTIDAS EM PLANOS DE SEGUROS, PARA FINS DE CONTABILIZAÇÃO. PROCESSO N.º

Leia mais

Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho

Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho KPMG Management Consulting 21 de Junho de 2012 ADVISORY 0 Agenda Seguro Massificado Mercado brasileiro de seguros visão geral Canais

Leia mais

Panorama da empresa. Estratégia de negócio. Performance e Portfólio de produtos

Panorama da empresa. Estratégia de negócio. Performance e Portfólio de produtos 2014 Panorama da empresa Estratégia de negócio Performance e Portfólio de produtos Panorama da empresa Panorama da empresa Nossa História Criada em 1992 para atuar nos ramos de vida e acidentes pessoais,

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Instituto Português de Corporate Governance Auditório Victoria 27 de novembro 2013 Ana de Sá Leal economista Abordagem 1. Responsabilidade Social 2. Dimensão 3. Criar Valor 4. Outro

Leia mais

Inovação no Brasil nos próximos dez anos

Inovação no Brasil nos próximos dez anos Inovação no Brasil nos próximos dez anos XX Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas XVIII Workshop ANPROTEC Rodrigo Teixeira 22 de setembro de 2010 30/9/2010 1 1 Inovação e

Leia mais

Seja um franqueado DEKRA

Seja um franqueado DEKRA Seja um franqueado DEKRA DEKRA SE A DEKRA no mundo Fundada em 1927, em Stuttgart, na Alemanha, a DEKRA esta presente em mais de 50 países e conta com mais de 25 mil colaboradores, atingindo em 2011 um

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.3- Seguros

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.3- Seguros Conhecimentos Bancários Item 2.3.3- Seguros Conhecimentos Bancários Item 2.3.3- Seguros Insegurança nas atividades cotidianas SEGURO Necessidade de controlar o RISCO! Conhecimentos Bancários Item 2.3.3-

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

Projeto APAS Affinity Auto

Projeto APAS Affinity Auto Projeto APAS Affinity Auto Índice Objetivo Parceiros Produto Estrutura de Atendimento Preços Por Amostragem Objetivo Desenvolver produtos de seguros e benefícios para funcionários, dirigentes e sócios

Leia mais

Direitos Humanos II D I R E I T O S E C O N Ô M I C O S, S O C I A I S, C U L T U R A I S E A M B I E N T A I S. Escola de Governo 22/09/2015

Direitos Humanos II D I R E I T O S E C O N Ô M I C O S, S O C I A I S, C U L T U R A I S E A M B I E N T A I S. Escola de Governo 22/09/2015 Direitos Humanos II D I R E I T O S E C O N Ô M I C O S, S O C I A I S, C U L T U R A I S E A M B I E N T A I S Escola de Governo 22/09/2015 Gerações dos Direitos Humanos 1ª Dimensão Direitos Civis e Políticos

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Regime Diferenciado de Contratação RDC

Regime Diferenciado de Contratação RDC Regime Diferenciado de Contratação RDC São Paulo SINICESP - Abril de 2013 1 SUMÁRIO 1. Grupo JMalucelli e JMalucelli Seguradora 2. Seguro Garantia - Conceitos básicos O que é o seguro garantia Partes envolvidas

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro

Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira. Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Estratégias para evitar o desmatamento na Amazônia brasileira Antônio Carlos Hummel Diretor Geral Serviço Florestal Brasileiro Perfil - 2-1. Fatos sobre Brasil 2. Contexto Florestal 3. Estratégias para

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS 1 O quê vamos ver? 2 PRIMEIRA PARTE ALGUNS DADOS SOBRE O MERCADO DE SEGUROS NO BRASIL E NO MUNDO MERCADO DE SEGUROS MUNDIAL 2008-2009

Leia mais

Seminário FIESP/IBDS. Atualidade na Legislação Securitária e Aspectos Relevantes do Direito do Seguro. FIESP - 09 de novembro de 2010

Seminário FIESP/IBDS. Atualidade na Legislação Securitária e Aspectos Relevantes do Direito do Seguro. FIESP - 09 de novembro de 2010 Seminário FIESP/IBDS Atualidade na Legislação Securitária e Aspectos Relevantes do Direito do Seguro FIESP - 09 de novembro de 2010 SEGUROS NÃO SÃO MERAS GARANTIAS ADICIONAIS Os seguros não são meras garantias

Leia mais

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades 13 de novembro, 2013 Gabriel Portella O mercado está em constante mudança... Desenvolvimento tecnológico Mudança

Leia mais

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 I) Critérios www.ratingdeseguros.com.br 1) Os dados usados serão os números de 2007 e do 1º Semestre de 2008. 2) Os prêmios serão dados nas

Leia mais

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy 23/02/2010 Tarcísio José Massote de Godoy Agenda Grupo Segurador Brasil e Mercado Segurador Mundial Mercado de Seguros na América Latina Mercado de Seguros, Previdência e Capitalização Seguros e Previdência

Leia mais

::PORTFOLIO PORTFOLIO

::PORTFOLIO PORTFOLIO PORTFOLIO ::PORTFOLIO :: A EMPRESA Cesar e Cesar Sociedade de Advogados, é um escritório de advocacia e de assessoria jurídica formado por uma equipe de profissionais com experiência nas áreas relacionadas

Leia mais

A vida é um risco. Faça seguro!

A vida é um risco. Faça seguro! A CORRETORA QUE FAZ A DIFERENÇA A vida é um risco Faça seguro! Institucional A ABUNDANTE é uma empresa de consultoria e gerenciamento, especializada no mercado de seguros Somos uma corretora multirisco,

Leia mais

Camara Temática de Seguros Rurais

Camara Temática de Seguros Rurais Camara Temática de Seguros Rurais Ministério da Agricultura,Pecuária e Abastecimento 07.06.2011 Camara Temática Seguro Rural Agenda 1 - Legislação O seguro rural: setor, abrangência e legislação 2 - Modelo

Leia mais

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA 08/03/2013 Resoluções CNSP de fevereiro de 2013 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 A Resolução CNSP nº. 276, publicada em 18 de fevereiro de 2013 no Diário

Leia mais

Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ. Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011

Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ. Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011 Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011 BANCÁRIA 3 4 EDUCACIONAL TECNOLÓGICA/ DIGITAL INCLUSÕES 5 2 HABITACIONAL SECURITÁRIA 6 1 SOCIAL

Leia mais

A INDÚSTRIA DE CARTÕES NO BRASIL

A INDÚSTRIA DE CARTÕES NO BRASIL A INDÚSTRIA DE CARTÕES NO BRASIL Ivo Vieitas ABECS 1 Agenda Mercado de Cartões no Brasil 1. Uma Indústria Forte 2. Uma indústria Complexa 3. Nova Realidade 2 Agenda 1. Mercado de Cartões no Brasil 1. Uma

Leia mais

Mesa Redonda Agrícola

Mesa Redonda Agrícola Mesa Redonda Agrícola Dia 14/04 das 14 às 16h Wady J. M. Cury 14 e 15 de Abril de 2015 ÍNDICE Princípios do Seguro MUTUALISMO... É um dos princípios fundamentais que constitui a base de todas as operações

Leia mais

Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro

Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro Emissão entre JAN/2015 a OUT/2015 [Arquivo Resumo_SUSEP_de_201501_a_201510_BRL-DPVAT.pdf] Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro - Emissão entre JAN/2015

Leia mais

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios História Em 1882, Thomas Chubb estabeleceu uma companhia de seguros marítimos na área portuária da cidade de Nova York. Nascia, naquele momento, o que hoje é a holding The Chubb Corporation, uma das maiores

Leia mais

Grupo Citi no Brasil

Grupo Citi no Brasil Crédito Consignado Grupo Citi no Brasil Grupo Citi no Brasil Segmento voltado a pessoas físicas e pequenas empresas, com variada gama de produtos e serviços diferenciados. Atendimento exclusivo a pessoas

Leia mais

Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013. Por Roberto Vertamatti*

Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013. Por Roberto Vertamatti* Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013 Por Roberto Vertamatti* Brasil recua novamente para a 15ª posição por não melhorar índices de saúde, educação e renda e piorar em relação a pobreza e desigualdade

Leia mais

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso CURSO: Gestão de Seguros Missão O Curso Graduação Tecnológica em Gestão de seguros tem como missão, através da formação de recursos humanos

Leia mais

Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro

Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro Emissão entre JAN/2015 a SET/2015 [Arquivo Resumo_SUSEP_de_201501_a_201509_BRL-DPVAT.pdf] Análise I4PRO do Mercado Segurador Brasileiro - Emissão entre JAN/2015

Leia mais

I FLAE Fórum Latino Americano de Engenharia Perspectiva para integração, educação e desenvolvimento

I FLAE Fórum Latino Americano de Engenharia Perspectiva para integração, educação e desenvolvimento I FLAE Fórum Latino Americano de Engenharia Perspectiva para integração, educação e desenvolvimento Engenheiro civil Geraldo Canci Gerente da Regional de Cascavel/CREA-PR 13/11/2013 Índice O CREA-PR/CONFEA

Leia mais

CASTIGLIONE (MLRV) MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA RESULTADOS DE JAN A NOV 2011

CASTIGLIONE (MLRV) MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA RESULTADOS DE JAN A NOV 2011 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA RESULTADOS DE JAN A NOV 2011 O Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência encerrou o período de jan a novembro de 2011 apresentando um Lucro Líquido não consolidado

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Porto Alegre 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, criada em 1972. Desvinculado da administração pública

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%.

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%. 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 07/03/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao mês de janeiro 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco de dados SES o

Leia mais

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros A Empresa A POLLO Consultoria de Benefícios e Corretora de Seguros é uma empresa, com 14 anos de mercado, especializada em planejar, elaborar, implantar e administrar projetos voltados para as áreas da

Leia mais

A vocação da Pires Terra Pinto é criar parcerias duradouras e sólidas fundadas em um novo conceito de prestação de serviços, com estrutura e equipe

A vocação da Pires Terra Pinto é criar parcerias duradouras e sólidas fundadas em um novo conceito de prestação de serviços, com estrutura e equipe A vocação da Pires Terra Pinto é criar parcerias duradouras e sólidas fundadas em um novo conceito de prestação de serviços, com estrutura e equipe voltadas para ter e exercer esses valores diariamente.

Leia mais

Direitos Humanos - Direitos Econômicos e Sociais -

Direitos Humanos - Direitos Econômicos e Sociais - Direitos Humanos - Direitos Econômicos e Sociais - 1. Conceituação a) condição de pessoa como requisito único para ser titular de direitos humanos. b) dignidade humana. 2. Histórico Declaração americana

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA Exercício 2008 RELATÓRIO FINANCEIRO & CLASSIFICAÇÃO DE RISCO Exercício 2008 GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL Relatório 1. Institucional

Leia mais

Samy Hazan Superintendente de Vida

Samy Hazan Superintendente de Vida Tendências e desafios no mercado de Vida & Previdência Samy Hazan Superintendente de Vida Curitiba, 20/03/07 AGENDA Perfil e Cenário atual do mercado. Etapas da evolução dos mercados de seguro. Dez tendências

Leia mais

MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL

MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL Setembro 2009 Agenda ALGUMAS DEFINIÇÕES CARACTERÍSTICAS E COMPORTAMENTO DAS CLASSES PONTENCIAL DO MERCADO MUNDIAL MICROSSEGURO, O NEGÓCIO E O SOCIAL OS DESAFIOS

Leia mais

Abordagens de Vendas / Estilos

Abordagens de Vendas / Estilos Quem somos. Somos uma empresa especializada em Gestão de Frotas, Seguros e Telemetria, Administrada por profissionais com mais de 20 anos de experiência no mercado, atuando em parceria com nossos clientes

Leia mais

I. Da Descrição da Operação

I. Da Descrição da Operação Ministério da Justiça MJ Conselho Administrativo de Defesa Econômica CADE SEPN 515 Conjunto D, Lote 4 Ed. Carlos Taurisano, 2º andar Bairro Asa Norte, Brasília/DF, CEP 70770 504 Telefone: (61) 3221 8438

Leia mais

SEGURO DECENAL CARTILHA RESUMIDA

SEGURO DECENAL CARTILHA RESUMIDA SEGURO DECENAL CARTILHA RESUMIDA Construindo em parceria a sua credibilidade O mercado da Construção Civil tem muito a crescer no Brasil e o seu desenvolvimento depende de uma visão estratégica. Esta é

Leia mais

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL O Mercado de Resseguros no Brasil San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL Sumário Tema Breve Histórico do Resseguro no Brasil Marcos Importantes Legislação Modalidades de Resseguradores LC nº 126/2007 Restrições

Leia mais

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010 Normas Internacionais de Supervisão 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Rio de Janeiro Agosto - 2010 Sumário: 1. Solvência II 2. International Association of Insurance Supervisors IAIS 3.

Leia mais

IDENTIFICANDO OS SEGMENTOS PROMISSORES

IDENTIFICANDO OS SEGMENTOS PROMISSORES contatos: E-mail: advogado@fernandomenezes.adv.br E-mail: fm99175454@gmail.com Celular: (71) 99917-5454, Telefone: (71) 3341-5454 WhatsApp: (71) 9173-8855 Endereço: Av. Tancredo Neves, nº 939, Sala 907,

Leia mais

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Evolução do mercado de seguros brasileiro, passou de pouco mais de 1% de representação no PIB para 6% em 15 anos 2 CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR

Leia mais

Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas.

Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas. INSURING PROGRESS Seguro ACE PME: Plano de Seguro diferenciado com ampla cobertura para pequenas e médias empresas. 2 Veja por que a parceria com a área de PME da ACE é fácil e lucrativa A ACE Seguradora

Leia mais

Geração de Renda: Alternativa para Disciplina de Mercado. Mônica Jucá

Geração de Renda: Alternativa para Disciplina de Mercado. Mônica Jucá Geração de Renda: Alternativa para Disciplina de Mercado Mônica Jucá Objetivos - Contribuir para Desenvolvimento Sustentável das Comunidades - Colaborar com a melhoria nos níveis de Educação Profissionalizante

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PLANO DE AÇÃO EIXO: GESTÂO Fortalecer a parceria entre e instituições parceiras para o desenvolvimento de ações educacionais Formalização de Termo de Cooperação Técnica entre e SEC do Estado para a efetivação de políticas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral da Indústria BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e crescimento demográfico PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

JARDINE LLOYD THOMPSON. JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia

JARDINE LLOYD THOMPSON. JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia JARDINE LLOYD THOMPSON JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia Seguro Garantia - Definição O Seguro Garantia é um ramo de seguro destinado a garantir o cumprimento de uma obrigação contratual, seja ele de

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO DE SEGUROS POR MEIOS REMOTOS

COMERCIALIZAÇÃO DE SEGUROS POR MEIOS REMOTOS COMERCIALIZAÇÃO DE SEGUROS POR MEIOS REMOTOS 2014 Aluizio Barbosa l Direito - UFRJ l MBA Direito de Empresas PUC-RJ l Especialização em Desenvolvimento Gerencial IBMEC-RJ l Sócio do escritório Pellon &

Leia mais

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Elaboração: Maurício Tadeu Barros Morais Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Agenda 1. Mercado Brasileiro principais

Leia mais