Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação"

Transcrição

1 Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação

2 Pauta da apresentação 1º Estrutura do Setor 2º Representação Institucional do Setor 3º Arrecadação Visão por segmentos, ramos e regiões 4º Sinistros e Benefícios Visão por segmentos 5º Provisões Técnicas e Patrimônio Líquido 6º Comparação com o Setor de Seguros no Mundo

3 Sistema Nacional de Seguros Privados MINISTÉRIO DA FAZENDA CNSP CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CORRETORES DE SEGUROS ENTIDADES EMPRESAS DE ABERTAS DE SEGURADORAS RESSEGURADORAS CORRETORES DE CAPITALIZAÇÃO PREVIDÊNCIA RESSEGURO COMPLEMETAR

4 Sistema de Saúde Suplementar MINISTÉRIO DA SAÚDE CONSU CONSELHO DE SAÚDE SUPLEMENTAR CÂMARA DE SAÚDE SUPLEMENTAR AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR AUTOGESTÃO COOPERATIVA MÉDICA FILANTROPIA MEDICINA DE GRUPO SEGURADORA ESPECIALIZADA EM SAÚDE SUPLEMENTAR COOPERATIVA ODONTOLÓGICA ODONTOLOGIA DE GRUPO ADMINISTRADORA DE BENEFÍCIOS

5 CNseg - Representação Institucional do Setor Confederação Nacional de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização Federação Nacional de Seguros Gerais Federação Nacional de Previdência Privada e Vida Federação Nacional de Saúde Suplementar Federação Nacional de Capitalização 67 ASSOCIADAS 79 ASSOCIADAS 27 ASSOCIADAS 11 ASSOCIADAS

6 Setor de Seguros Operadores Associada à CNseg Companhias de Seguro Companhias de Capitalização Entidades de Previdência Aberta Operadoras de Saúde Suplementar Administradora de Benefícios 59 Autogestão 241 Cooperativa Médica 335 Cooperativa Odontológica 127 Filantropia 93 Medicina de Grupo Odontologia de Grupo Seguradora Especializada em Saúde Suplementar Corretores Pessoa Física Pessoa Jurídica Resseguradores Local 8 - Admitido 28 - Eventual 67 - Corretores de Resseguro 32 - Fonte: SUSEP, ANS e Fenacor

7 Arrecadação do Setor de Seguros Evolução Histórica Fonte: SUSEP e ANS

8 Setor de Seguros Arrecadação como % do PIB Fonte: SUSEP e ANS

9 Arrecadação do Setor de Seguros Fonte: SUSEP e ANS

10 Arrecadação do Setor de Seguros Fonte: SUSEP e ANS

11 Arrecadação do Setor de Seguros Comparação Janeiro a Junho de 2011 com Janeiro a Junho de 2010 Esquerda Jan a Jun/2010 Direita Jan a Jun/2011 Fonte: SUSEP e ANS

12 Arrecadação do Setor de Seguros Mix Seguros Gerais Fonte: SUSEP

13 Arrecadação do Setor de Seguros Mix Seguros Gerais Fonte: SUSEP

14 Arrecadação do Setor de Seguros Mix Seguros de Pessoas Fonte: SUSEP

15 Arrecadação do Setor de Seguros Mix Seguros de Pessoas Fonte: SUSEP

16 Arrecadação do Setor de Seguros Modalidades de Saúde Suplementar Fonte: ANS

17 Arrecadação do Setor de Seguros Modalidades de Saúde Suplementar Fonte: ANS

18 Arrecadação do Setor de Seguros Arrecadação por Regiões Fonte: SUSEP

19 Arrecadação do Setor de Seguros Arrecadação por Regiões Fonte: SUSEP

20 Arrecadação do Setor de Seguros Arrecadação por Unidades da Federação Fonte: SUSEP

21 Arrecadação do Setor de Seguros Arrecadação por Unidades da Federação Fonte: SUSEP

22 Sinistros, Benefícios e Resgates Evolução Histórica Fonte: SUSEP e ANS

23 Sinistros, Benefícios e Resgates Fonte: SUSEP e ANS

24 Sinistros, Benefícios e Resgates Fonte: SUSEP e ANS

25 Setor de Seguros Sinistros, Benefícios e Resgates Esquerda Jan a Jun./2010 Direita Jan a Jun./2011 Fonte: SUSEP e ANS

26 Sinistralidade do Setor de Seguros Sinistros Retidos / Prêmios Ganhos Fonte: SUSEP e ANS

27 Setor de Seguros Índice Combinados de Seguros Fonte: SUSEP

28 Setor de Saúde Suplementar Índice Combinado de Saúde Suplementar Fonte: ANS

29 Setor de Seguros Provisões Técnicas + Patrimônio Líquido: Evolução Histórica Fonte: SUSEP e ANS

30 Setor de Seguros Provisões Técnicas + Patrimônio Líquido Fonte: SUSEP e ANS

31 Setor de Seguros Aplicações das Provisões Técnicas em 2010 Fonte: SUSEP e ANS

32 Mercado Mundial de Seguros 2010

33 Mercado Mundial de Seguros 2010 Brasil Area (km²): 8,511,965 5º Maior PIB 2010: US$ 2,067 trilhões 8º Economia População 2010: 192 milhões 5º Maior Ranking por prêmios de seguros 1º Estados Unidos; 2º Japão; 3º Reino Unido; 4º França; 5º Alemanha Posição do Brasil: Não-Vida: 14º Vida: 16º Global: 16º Fontes: Sigma-Swissre e IBGE

34 Mercado Mundial de Seguros Prêmios por Continentes Fontes: Sigma-Swissre

35 Mercado Mundial de Seguros Continentes Variação da Arrecadação 2010 / 2009 Fontes: Sigma-Swissre

36 Mercado Mundial de Seguros Continentes Variação da Arrecadação 2010 / 2000 Fontes: Sigma-Swissre

37 Mercado Mundial de Seguros G20 Arrecadação como % do PIB Fontes: Sigma-Swissre

38 Mercado Mundial de Seguros G20 Arrecadação como % do PIB Fontes: Sigma-Swissre

39 Mercado Mundial de Seguros G20 Arrecadação como % do PIB Fontes: Sigma-Swissre

40 Mercado Mundial de Seguros G20 Variação da Arrecadação 2010 / 2009 Fontes: Sigma-Swissre

41 Mercado Mundial de Seguros G20 Variação da Arrecadação 2010 / 2000 Fontes: Sigma-Swissre

42 Mercado Mundial de Seguros G20 PIB e Prêmios de Seguros em 2010 Fontes: Sigma-Swissre, IBGE e IMF

43 Mercado Mundial de Seguros G20 PIB per capita e Prêmios de Seguros per Capita em 2010 Fontes: Sigma-Swissre, IBGE e IMF

44 Mercado Mundial de Seguros Mercado Latino-Americano de Seguros 2010 Fontes: Sigma-Swissre

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6

Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6 Evolução do Patrimônio Líquido (R$ Milhões) 598,3 Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6 Participação no Mercado Prêmios de Resseguro Total do Grupo Riscos Financeiros (%) 38,6% 61,4% 104,3

Leia mais

Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Junho de 2015. Estatísticas do Mercado Segurador

Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Junho de 2015. Estatísticas do Mercado Segurador Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Junho de 215 Estatísticas do Mercado Segurador Mercado Segurador - Visão Geral Arrecadação por segmento - histórico anual 3 Arrecadação por segmento do ano atual

Leia mais

Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Agosto de 2015. Estatísticas do Mercado Segurador

Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Agosto de 2015. Estatísticas do Mercado Segurador Núcleo de Estudos e Projetos Dados até Agosto de 215 Estatísticas do Mercado Segurador Mercado Segurador - Visão Geral Arrecadação por segmento - histórico anual 3 Arrecadação por segmento do ano atual

Leia mais

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS HSM EXPO MANAGEMENT 2014 4 de novembro de 2014 Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação CNseg Agenda Representação

Leia mais

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL MERCOSUL/ SGT Nº 4/CS Página 1 de 9 BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL SUMARIO DE TÉRMOS Empresa em efetivo funcionamento: Empresa que comercializou seguros no ano de referência

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 1 Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 2 AGENDA AVANÇO DO MERCADO SEGURADOR NOSSO CRESCIMENTO PRESENTE E FUTURO 3 4 SEGUROS E RESSEGUROS:

Leia mais

AULA 05. Sistema Nacional de Seguros Privados

AULA 05. Sistema Nacional de Seguros Privados AULA 05 Sistema Nacional de Seguros Privados Sistema Nacional de Seguros Privados O Sistema Nacional de Seguros Privados do Brasil (SNSP) - parte integrante do Sistema Financeiro Nacional - é formado por

Leia mais

Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros

Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR PERSPECTIVAS E EVOLUÇÃO FUTURA ESTRATÉGIA EM AÇÃO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Evolução do mercado de seguros brasileiro, passou de pouco mais de 1% de representação no PIB para 6% em 15 anos 2 CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento APIMEC BH 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR ESTRATÉGIA EM AÇÃO

MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR ESTRATÉGIA EM AÇÃO 1 MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO 2 PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR 3 4 PERSPECTIVAS E EVOLUÇÃO FUTURA ESTRATÉGIA EM AÇÃO 1 MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Seguros Gerais 14 Milhões de Automóveis Segurados 7 Milhões

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Porto Alegre 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$

Leia mais

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios Marco Antonio Rossi A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios 1 Agenda 1. Linha do Tempo 2. Mercado Brasileiro 3. Cenários Indicadores de Desenvolvimento 4. Desafios e Oportunidades 5.

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático 1. Estrutura dos Sistemas de Seguros Gerais, Previdência Complementar Aberta, Capitalização e Saúde Suplementar 1.1 Estrutura do Sistema de Seguros Gerais, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 1 AGENDA AVANÇO DO MERCADO SEGURADOR NOSSO CRESCIMENTO PRESENTE E FUTURO 2 3 SEGUROS E RESSEGUROS: UM

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

O que é Saúde Complementar

O que é Saúde Complementar O que é Saúde Complementar A Lei 9.656/1998 define Operadora de Plano de Assistência à Saúde como sendo a pessoa jurídica constituída sob a modalidade de sociedade civil ou comercial, cooperativa, ou entidade

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral da Indústria BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e crescimento demográfico PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES

NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 Curitiba, 2 de julho de 2014. Ilmos. Senhores, Presidentes de Seguradoras, Previdência

Leia mais

Alguns equívocos comuns sobre saúde suplementar

Alguns equívocos comuns sobre saúde suplementar 50 Alguns equívocos comuns sobre saúde suplementar SANDRO LEAL ALVES 1 1 Este artigo reflete a opinião do autor e foi produzido a partir de apresentação realizada pelo mesmo por ocasião da 4ª Conferência

Leia mais

José Cechin Bradesco, SP 29jun2010 55 11 3706.9747

José Cechin Bradesco, SP 29jun2010 55 11 3706.9747 MERCADO DE SAÚDE TENDÊNCIAS REGULATÓRIAS INFLAÇÃO MÉDICA José Cechin Bradesco, SP 29jun2010 jcechin@iess.org.br 55 11 3706.9747 Agenda Mercado VCMH custos crescentes Perspectivas Operadoras Consolidação

Leia mais

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2011 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 259, de 2010 Complementar, que altera a Lei Complementar nº 126, de 15 de janeiro de 2007, que dispõe sobre a

Leia mais

EXERCICIOS DE FIXAÇÃO CONTABILIDADE ATUARIAL - SEGUROS 2º Bimestre - 6º período Curso de Ciências Contábeis

EXERCICIOS DE FIXAÇÃO CONTABILIDADE ATUARIAL - SEGUROS 2º Bimestre - 6º período Curso de Ciências Contábeis 1. Autarquia, com personalidade jurídica de direito público, que dispõe de autonomia administrativa e financeira, que tem como atribuição fundamental fiscalizar o fiel cumprimento da legislação de seguros:

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Fortaleza 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO INFLAÇÃO

Leia mais

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy 23/02/2010 Tarcísio José Massote de Godoy Agenda Grupo Segurador Brasil e Mercado Segurador Mundial Mercado de Seguros na América Latina Mercado de Seguros, Previdência e Capitalização Seguros e Previdência

Leia mais

Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais

Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais Carlos Figueiredo Diretor Executivo Agenda Anahp Brasil: contexto geral e econômico Brasil: contexto

Leia mais

5ª Conferência de Proteção do Consumidor de Seguros

5ª Conferência de Proteção do Consumidor de Seguros 5ª Conferência de Proteção do Consumidor de Seguros Meios de solução de controvérsias na relação de consumo de seguro Silas Rivelle Junior Ouvidor da Unimed Seguradora e Presidente da Comissão de Ouvidoria

Leia mais

Clube Vida em Grupo CVG

Clube Vida em Grupo CVG Clube Vida em Grupo CVG Edward Lange Agosto, 2013 Agenda 1 2 3 4 Allianz SE Allianz Brasil Estratégia Vida e Saúde 1 Allianz SE Concorrentes Globais Prêmio Emitido Líquido EUR Bi Allianz 52,3 46,9 99,2

Leia mais

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35%

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35% MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS JAN A ABRIL 2011 Tomando por base os números divulgados hoje pela SUSEP através do sistema de informações SES (que tem como fonte os FIPS enviados pelas empresas) o mercado

Leia mais

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08 1T11 Disclaimer Todas as informações financeiras aqui apresentadas são consolidadas, abrangendo as demonstrações financeiras do Banco, suas controladas, a JMalucelli Seguradora, a JMalucelli Seguradora

Leia mais

Saúde Suplementar em Números

Saúde Suplementar em Números Saúde Suplementar em Números Edição nº 9-2015 Setembro de 2015 Sumário Executivo Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (setembro/15): 50.261.602; Taxa de crescimento do número de beneficiários

Leia mais

Publicação do Sistema Abramge-Sinamge-Sinog - Edição I - N o 01 - Setembro/2014

Publicação do Sistema Abramge-Sinamge-Sinog - Edição I - N o 01 - Setembro/2014 Publicação do Sistema Abramge-Sinamge-Sinog - Edição I - N o 01 - Setembro/2014 A saúde suplementar no Brasil cresceu consistentemente nos últimos anos e o país ocupa lugar de destaque no cenário mundial.

Leia mais

Marco Antonio Rossi. FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência 1 Agenda 1. Linha do Tempo 2. Mercado Brasileiro 3. Indicadores de Desenvolvimento 4. Cenários 5. O Agregado de Oportunidades 6. Seguros

Leia mais

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Elaboração: Maurício Tadeu Barros Morais Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Agenda 1. Mercado Brasileiro principais

Leia mais

Como a indústria de seguros, previdência complementar aberta e capitalização beneficia a economia

Como a indústria de seguros, previdência complementar aberta e capitalização beneficia a economia Como a indústria de seguros, previdência complementar aberta e capitalização beneficia a economia 1 Glossário de siglas: Susep: Superintendência de Seguros Privados, órgão regulador do mercado de seguros

Leia mais

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS 1 O quê vamos ver? 2 PRIMEIRA PARTE ALGUNS DADOS SOBRE O MERCADO DE SEGUROS NO BRASIL E NO MUNDO MERCADO DE SEGUROS MUNDIAL 2008-2009

Leia mais

O MERCADO DE SEGURO DE PESSOAS E PREVIDÊNCIA PARA 2014 NA VISÃO DA FENAPREVI. Osvaldo do Nascimento Presidente da FenaPrevi

O MERCADO DE SEGURO DE PESSOAS E PREVIDÊNCIA PARA 2014 NA VISÃO DA FENAPREVI. Osvaldo do Nascimento Presidente da FenaPrevi O MERCADO DE SEGURO DE PESSOAS E PREVIDÊNCIA PARA 2014 NA VISÃO DA FENAPREVI Osvaldo do Nascimento Presidente da FenaPrevi 1 CENÁRIO INTERNACIONAL 2 CENÁRIO INTERNACIONAL 3 CENÁRIO INTERNACIONAL 4 CENÁRIO

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar 1. Informações Gerais Pelo quarto ano consecutivo, a ANS apresenta dados de crescimento do número de beneficiários do setor acima de

Leia mais

kpmg SUSEP Controles Internos

kpmg SUSEP Controles Internos kpmg Junho 2007 INSURANCE Regulatory Practice Insurance News FINANCIAL SERVICES SUSEP Controles Internos Circular 344, de 21.06.2007 - Controles internos para prevenção contra fraudes O normativo dispõe

Leia mais

Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro

Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro 2006 Se me fosse possível, escreveria a palavra seguro no umbral de cada porta, na fronte de cada homem, tão convencido estou de que o seguro pode, mediante

Leia mais

OPERADORAS DE SAÚDE. Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br

OPERADORAS DE SAÚDE. Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br OPERADORAS DE SAÚDE Mariana Braga Shoji Barbosa Enfermagem UNIFESP mariana_shoji@yahoo.com.br O que são Operadoras de saúde? O que são Operadoras de saúde? Operadora é a pessoa jurídica que opera ( administra,

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar Nota de Acompanhamento do Caderno de Informação da Saúde Suplementar 1. Informações Gerais No segundo trimestre de 2010, o número de beneficiários de planos de saúde cresceu 1,9%, totalizando 44.012.558

Leia mais

18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. 2º Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar

18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. 2º Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros 2º Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar Perspectivas e Tendências do Mercado de Saúde Suplementar Marcio Serôa de Araujo Coriolano 17 de outubro

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

8º Santander Healthcare Trip

8º Santander Healthcare Trip 8º Santander Healthcare Trip Destaques Beneficiários (Mil) Presença nacional 3.963 4.167 Operadora líder do mercado brasileiro de saúde 3.426 4.530 suplementar com 11,6% de Market Share 46,9% de Market

Leia mais

Panorama dos gastos com cuidados em saúde

Panorama dos gastos com cuidados em saúde Panorama dos gastos com cuidados em saúde Os custos da saúde sobem mais que a inflação em todo o mundo: EUA Inflação geral de 27% em dez anos, a inflação médica superou 100%; Brasil Inflação geral 150%

Leia mais

ANEXO I COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA. Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS

ANEXO I COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA. Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS ANEXO I (ANEXOS REVOGADOS PELA RN nº 85, DE 07/12/2004) COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS 1 - DOCUMENTOS

Leia mais

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06 Porto Seguro S.A Conference Call 3T06 1 Ranking Brasileiro de Seguros Terceira maior Companhia 19,9% 14,9% 8,4% 7,6% 6,9% 5,4% 3,7% Bradesco Sul América Porto Seguro Unibanco Itaú Mapfre Tokio Marine Obs:

Leia mais

Gerenciamento de custos em operadoras de saúde de pequeno porte: reflexo nos requisitos de margem de solvência

Gerenciamento de custos em operadoras de saúde de pequeno porte: reflexo nos requisitos de margem de solvência Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Gerenciamento de custos em operadoras de saúde de pequeno porte: reflexo nos requisitos de margem de solvência Adriana Barbosa Sousa Silva (PUC-SP e UBC-SP) - adriana.atuaria@gmail.com

Leia mais

Política de Atenção à Saúde do Servidor

Política de Atenção à Saúde do Servidor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Secretaria de Recursos Humanos Política de Atenção à Saúde do Servidor um projeto em construçã ção o coletiva Após 2003 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INICIATIVAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. Institui regras e procedimentos para a constituição das provisões técnicas das sociedades seguradoras, entidades

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 228, DE 2010.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 228, DE 2010. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 228, DE 2010. Dispõe sobre os critérios de estabelecimento do capital adicional baseado no risco de crédito das sociedades

Leia mais

Pessoas que cuidam de pessoas

Pessoas que cuidam de pessoas Pessoas que cuidam de pessoas Agenda Cenário Econômico Mundial Ranking PIB 2012 15,68 8,22 5,96 3,40 2,60 2,44 2,39 2,02 2,01 1,82 Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Brasil Rússia Itália

Leia mais

Mercado Segurador: Desafios e Oportunidades CIAB 2015. Alexandre Leal Superintendente de Regulação

Mercado Segurador: Desafios e Oportunidades CIAB 2015. Alexandre Leal Superintendente de Regulação Mercado Segurador: Desafios e Oportunidas CIAB 2015 Alexandre Leal Superintennte Conferação Nacional das Empresas Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saú Suplementar e Capitalização Missão da CNseg

Leia mais

Entrevista CADERNOS DE SEGURO

Entrevista CADERNOS DE SEGURO Entrevista 6 Marco Antonio Rossi Presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) POR Vera de Souza e Lauro Faria

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA QUEDA DA TAXA DE JUROS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS

A INFLUÊNCIA DA QUEDA DA TAXA DE JUROS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS A INFLUÊNCIA DA QUEDA DA TAXA DE JUROS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS 1 FATOS: O Brasil durante muito anos sofreu bastante com vários Planos Econômicos que buscavam estabilizar a Economia Nacional. Foram

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010 Normas Internacionais de Supervisão 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Rio de Janeiro Agosto - 2010 Sumário: 1. Solvência II 2. International Association of Insurance Supervisors IAIS 3.

Leia mais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais Porto Seguro S.A. Porto Seguro S.A. Receitas Totais R$ m ilhões 2006 2005 Variação Receitas Totais 4.548,1 3.849,9 18,1% (R$ milhões) 4.548,1 3.849,9 2.384,6 2.758,5 3.232,4 2002 2003 2004 2005 2006 CAGR

Leia mais

X - CONGRESSO NACIONAL DAS OPERADORAS FILANTRÓPICAS DE PLANOS DE SAÚDE

X - CONGRESSO NACIONAL DAS OPERADORAS FILANTRÓPICAS DE PLANOS DE SAÚDE X - CONGRESSO NACIONAL DAS OPERADORAS FILANTRÓPICAS DE PLANOS DE SAÚDE TEMA: CRIANDO E GERENCIANDO COM SUSTENTABILIDADE PALESTRA: INCENTIVANDO A ABERTURA DE NOVAS OPEREADORAS. NÚMEROS NA SAÚDE: Nº de Beneficiários

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional APIMEC 2011 Crescimento nos próximos 115 anos SULAMÉRICA HOJE Uma Empresa de Seguros Única Maior grupo segurador independente do Brasil não pertencente a um banco #1 Sólida reputação

Leia mais

.MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

.MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR .MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR RESOLUÇÃO - RDC Nº 65, DE 16 DE ABRIL DE 2001 (*) Dispõe sobre as sociedades seguradoras especializadas em saúde. A Diretoria Colegiada da Agência

Leia mais

Relatório do Mercado de Seguros de 2013

Relatório do Mercado de Seguros de 2013 II Seminário Anual Sobre Legislação do Sector de Seguros Relatório do Mercado de Seguros de 2013 Por Francelina Nhamona Directora dos Serviços de Estudos e Estatística Maputo, 02 de Dezembro de 2014 1

Leia mais

Cartilha explicativa do programa FipSusep

Cartilha explicativa do programa FipSusep Cartilha explicativa do programa FipSusep para as empresas resseguradoras, corretoras de resseguros e autorreguladoras JANEIRO - 2015 Esta cartilha tem por objetivo facilitar o preenchimento dos dados

Leia mais

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL O Mercado de Resseguros no Brasil San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL Sumário Tema Breve Histórico do Resseguro no Brasil Marcos Importantes Legislação Modalidades de Resseguradores LC nº 126/2007 Restrições

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS 29ª Edição Agosto de 214 SUMÁRIO EXECUTIVO Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (Mar/14): 5.722.522; Taxa

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 1T12

Reunião Pública dos Analistas 1T12 Reunião Pública dos Analistas Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados em 2011 Principais Realizações e

Leia mais

Crescimento expressivo. Conjuntura econômica

Crescimento expressivo. Conjuntura econômica Resultados 2010 Resultados 2010 Crescimento expressivo A SulAmérica registrou lucro líquido de R$ 614 milhões, que corresponde a uma elevação de 48,5% em relação a 2009 Conjuntura econômica O ano de 2010

Leia mais

Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A.

Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A. Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A. www.itauunibancori.com.br www.portoseguro.com.br/ri As Companhias A Porto Seguro S.A. continuará listada no Novo Mercado da BM&Fbovespa (PSSA3);

Leia mais

Pelos (Des) caminhos da medicina assistencial brasileira

Pelos (Des) caminhos da medicina assistencial brasileira Pelos (Des) caminhos da medicina assistencial brasileira A Transição O Cenário Atual O Futuro Pelos (Des) caminhos da medicina assistencial brasileira Criação da Primeira Santa Casa de Misericórdia no

Leia mais

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES

SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES SOARES & ASSOCIADOS AUDITORES INDEPENDENTES Ilmos. Srs. Diretores e Acionistas de BVA Seguros S/A Rio de Janeiro - RJ RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Examinamos as demonstrações financeiras individuais

Leia mais

As Recentes Modificações nas Regras do Mercado de Resseguro

As Recentes Modificações nas Regras do Mercado de Resseguro As Recentes Modificações nas Regras do Mercado de Resseguro ANDRÉ ALARCON Sócio da Área de Seguros e Resseguros BÁRBARA BASSANI Advogada da área de Seguros e Resseguros Desde o advento da Lei Complementar

Leia mais

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS

Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar - NACISS 30ª Edição Outubro de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (jun/14): 50.930.043; Taxa

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico

Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Assistência Suplementar à Saúde no Brasil Segmento Odontológico Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo Sinog Dezembro/ 2011 Press Kit para Imprensa Sinog Sindicato Nacional das Empresas

Leia mais

PATRIMÔNIO LÍQUIDO DAS SEGURADORAS BRASILEIRAS UMA EVOLUÇÃO MARCANTE. Em dezembro de 2006, através da Resolução CNSP 158, com vigência a partir de

PATRIMÔNIO LÍQUIDO DAS SEGURADORAS BRASILEIRAS UMA EVOLUÇÃO MARCANTE. Em dezembro de 2006, através da Resolução CNSP 158, com vigência a partir de PATRIMÔNIO LÍQUIDO DAS SEGURADORAS BRASILEIRAS UMA EVOLUÇÃO MARCANTE Em dezembro de 2006, através da Resolução CNSP 158, com vigência a partir de 1º de janeiro de 2008, foram instituídas as regras sobre

Leia mais

Panorama das Operadoras de Planos de Saúde no País e a Realidade do Sistema Unimed

Panorama das Operadoras de Planos de Saúde no País e a Realidade do Sistema Unimed Panorama das Operadoras de Planos de Saúde no País e a Realidade do Sistema Unimed Dr. Orestes Barrozo Medeiros Pullin Vice - Presidente da Unimed do Brasil Fórum de Dirigentes Unimed Problemas e Soluções

Leia mais

Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil

Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil Janeiro / 2013 kpmg.com/br Realizado em colaboração com Sumário Sumário Executivo...04 Objetivo da Pesquisa...05 Evolução

Leia mais

Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil

Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil Situação Atual e Perspectivas do Mercado de Distribuição de Seguros no Brasil Janeiro / 2013 kpmg.com/br Realizado em colaboração com Sumário Sumário Executivo...04 Objetivo da Pesquisa...05 Evolução

Leia mais

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010.

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010. PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010 Eugênio Velasques 2020 2030 2040 2050 2010 Evolução da População 300 250 200 150 5 vezes

Leia mais

Apresentação Institucional Junho 2013

Apresentação Institucional Junho 2013 Apresentação Institucional Junho 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 362, de 26 de março de 2008.

CIRCULAR SUSEP N o 362, de 26 de março de 2008. MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N o 362, de 26 de março de 2008. Estabelece regras para a Nota Técnica Atuarial de Carteira que deverá ser encaminhada com o Plano

Leia mais

A Corretagem como Negócio

A Corretagem como Negócio A Corretagem como Negócio Robert Bittar, Presidente, FENACOR www.fenacor.com.br XVI Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Florianópolis, Santa Catarina - Outubro/2009 Mudando o Conceito Corretor

Leia mais

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013

SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA. Resoluções CNSP de fevereiro de 2013. 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 SEGUROS, RESSEGUROS E PREVIDÊNCIA 08/03/2013 Resoluções CNSP de fevereiro de 2013 1. Resolução CNSP nº. 276, de 30 de janeiro de 2013 A Resolução CNSP nº. 276, publicada em 18 de fevereiro de 2013 no Diário

Leia mais

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 I) Critérios www.ratingdeseguros.com.br 1) Os dados usados serão os números de 2007 e do 1º Semestre de 2008. 2) Os prêmios serão dados nas

Leia mais

VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA

VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA ABRAMGE-RS Dr. Francisco Santa Helena Presidente da ABRAMGE-RS Sistema ABRAMGE 3.36 milhões de internações; 281.1 milhões de exames e procedimentos ambulatoriais; 16.8

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Siscorp Serviços e Informática Ltda. Alameda Ministro Rocha Azevedo, 38 Cj.1202 - Ciragan Office - CEP: 01410-000 Cerqueira Cesar - São Paulo - SP -

Siscorp Serviços e Informática Ltda. Alameda Ministro Rocha Azevedo, 38 Cj.1202 - Ciragan Office - CEP: 01410-000 Cerqueira Cesar - São Paulo - SP - EVOLUÇÃO DO MERCADO DE SEGUROS NO BRASIL PROJEÇÕES PARA 2009 A 2012 CRITÉRIOS UTILIZADOS Este trabalho foi desenvolvido com o cenário de que no início do quadriênio 2009 a 2012 haverá uma redução moderada

Leia mais

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização.

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização. Melhores Práticas das Empresas de Capitalização 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização 5 Capitalização 6 Missão da Capitalização 7 Valores da Capitalização 7 Melhores Práticas

Leia mais