Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center"

Transcrição

1

2 Missão da AproCS Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center

3 Valores e Princípios isenta e apartidária sem fins lucrativos promotora da excelência e qualidade coloca as Pessoas em 1º lugar

4 Áreas de Desenvolvimento Bases de Dados de CVs WorkShops e Seminários Estudos e Benchmarks Anúncios de Recrutamento On Line Webinários Fórum de Debate Formação Eventos Sociais Links (sites relacionados) Certificação Profissional Notícias e Novidades do Sector Legislação

5 Associados

6 Patrocinadores

7 Parceiros Marketing Intelligence Partner

8

9 Agenda Enquadramento Mapeamento de Processos Requisitos Funcionais Conclusões

10 Agenda Enquadramento Mapeamento de Processos Requisitos Funcionais Conclusões

11 Enquadramento Frequentemente, verifica-se uma falta de sintonia entre: Flexibilidade da Solução Expectativa do Cliente Perspectiva do Fornecedor

12 Expectativa do Cliente o encantamento pela funcionalidade VS o focus na aplicabilidade

13 Flexibilidade da Solução das soluções integradas (mas fechadas) às ferramentas (tool kits) flexíveis

14 Perspectiva do Fornecedor com elevado risco com margem de segurança

15 Agenda Enquadramento Mapeamento de Processos Requisitos Funcionais Conclusões

16 Mapeamento de Processos Um instrumento útil ao Mapeamento de Processos é a identificação do Ciclo de Vida do Cliente junto da organização: = ILUSTRATIVO = AQUISIÇÃO DESENVOLVIMENTO RECUPERAÇÃO CONHECER ENTENDER COMPRAR ACTIVAR USAR PAGAR AJUDA DESACTIVAR REGRESSAR

17 Mapeamento de Processos Um instrumento útil ao Mapeamento de Processos é a identificação do Ciclo de Vida do Cliente junto da organização: = ILUSTRATIVO = AQUISIÇÃO DESENVOLVIMENTO RECUPERAÇÃO CONHECER ENTENDER COMPRAR ACTIVAR USAR PAGAR AJUDA DESACTIVAR REGRESSAR

18 Mapeamento de Processos Recebe Contacto do Cliente Identifica o Interlocutor Opção de Compra Modalidade de Pagamento Regista Ordem de Compra Prepara Produtos a Entregar Emite Factura Recolhe Produtos a Entregar Entrega Produtos ao Cliente Quando!? Logística Logística Transportadora Transportadora

19 Mapeamento de Processos Recebe Contacto do Cliente Identifica o Interlocutor Opção de Compra Modalidade de Pagamento Data e Hora pretendida para Entrega Regista Ordem de Compra Prepara Produtos a Entregar Emite Factura Recolhe Produtos a Entregar Entrega Produtos ao Cliente Logística Logística Transportadora Transportadora Assina a Guia de Remessa Entrega Guia de Remessa Fecha o Processo Cliente Transportadora Logística

20 Mapeamento de Processos Recebe Contacto do Cliente Identifica o Interlocutor Opção de Compra Modalidade de Pagamento Data e Hora pretendida para Entrega Regista Ordem de Compra Prepara Produtos a Entregar Emite Factura Recolhe Produtos a Entregar Entrega Produtos ao Cliente Logística Logística Transportadora Transportadora Assina a Guia de Remessa Entrega Guia de Remessa Fecha o Processo Controlo de Pagamentos Inquéritos de Satisfação Cliente Transportadora Logística Financeira Qualidade

21 Mapeamento de Processos Recebe Contacto do Cliente Identifica o Interlocutor Novo Interlocutor A Tipo de Interlocutor? Já é Cliente Tipo de Cliente? Residencial B Empresarial C

22 Mapeamento de Processos Recebe Contacto do Cliente Identifica o Interlocutor Opção de Compra Modalidade de Pagamento Pagamento por Cartão de Crédito A Modalidade? Pagamento no acto de Recepção B Pagamento à posterior via Multibanco C

23 Mapeamento de Processos O Desenho dos Processos de Negócio permite: Obter uma perspectiva end-to-end dos Processos de Cliente o Processos de Cliente não são apenas os Procedimentos de Atendimento na primeira linha! Caracterizar os Fluxos de Informação: o Recolha de Informação (Quando e Para Quê) o Apresentação de Informação (Quando e Para Quê) o Regras e Condicionantes (IF THEN ELSE) o Pontos de Controlo (SLAs) Identificar requisitos de Integração de Sistemas e Aplicações Resumindo no final ficamos com todos os workflows que devam ser configurados na solução devidamente desenhados e caracterizados

24 Agenda Enquadramento Mapeamento de Processos Requisitos Funcionais Conclusões

25 Requisitos Funcionais O Desenho de Processos permite consolidar os diferentes Requisitos Funcionais nos seguintes agrupamentos: Masters de Dados Fluxos de Informação Requisitos da Plataforma de Suporte

26 Requisitos Funcionais Nesse sentido, o Caderno de Requisitos deverá incluir os seguintes Capítulos: Enquadramento Desenho dos Processos de Negócio To-Be a suportar pela Solução de CRM, como sejam (Por exemplo): o Gestão de Leads e Oportunidades; o Desenvolvimento de Orçamentos; o Gestão de Solicitações / Pedidos / Encomendas de Clientes; o Gestão de Dados de Clientes; o Gestão de Contactos e Interacções de / com Clientes; o Gestão de Incidências; o Gestão de Facturação e Pagamentos; o Processos de Fidelização e Retenção.

27 Requisitos Funcionais Nesse sentido, o Caderno de Requisitos deverá incluir os seguintes Capítulos: Mapeamento dos Processos de Negócio face às diversas Aplicações Informáticas Legacy existentes na Organização, com a identificação da Aplicação Informática que deverá suportar cada Função. Identificação de requisitos específicos de informação em Bases de Dados, como por exemplo: o Master de Clientes; o Catálogo de Produtos: Objectos de Inventário; Objectos de Facturação. Identificação de requisitos específicos de User Interface (Perfis Vs Visibilidades).

28 Requisitos Funcionais Nesse sentido, o Caderno de Requisitos deverá incluir os seguintes Capítulos: Identificação de necessidades de desenvolvimento de Interfaces entre as Aplicações Informáticas. Identificação de requisitos específicos de Relatórios e Indicadores. Identificação de necessidades de Migração de Dados, entre os actuais suportes de informação de Gestão de Clientes e a futura solução de CRM. Identificação de Requisitos de Performance que possam influenciar ou condicionar a plataforma tecnológica de suporte para a solução de CRM.

29 Agenda Enquadramento Mapeamento de Processos Requisitos Funcionais Conclusões

30 Conclusões saber para onde se pretende ir é a única forma de lá chegar

31 Questões? AproCS

Apresentação. -> Apresentação das actividades desenvolvidas em 2010

Apresentação. -> Apresentação das actividades desenvolvidas em 2010 Apresentação -> Apresentação das actividades desenvolvidas em 2010 -> Aprovação das Contas da AproCS referentes a 2010 -> Apresentação e aprovação do Plano de Actividades para 2011 -> Aprovação das alterações

Leia mais

Apresentação. -> Actividades realizadas em 2008 -> Actividades planeadas para 2009

Apresentação. -> Actividades realizadas em 2008 -> Actividades planeadas para 2009 Apresentação -> Actividades realizadas em 2008 -> Actividades planeadas para 2009 Apresentação -> Actividades realizadas em 2008 Enquadramento Nº PAs em Contact Centers A actividade de Customer Service

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Índice. QLD_MN_ManualQualidade_03_Pt; Data: 17/01/2011

Índice. QLD_MN_ManualQualidade_03_Pt; Data: 17/01/2011 Manual da Qualidade 1 Índice Índice Apresentação da Empresa.. Politica da Qualidade Organograma. Âmbito da Certificação Exclusões Estrutura do SGQ. Processos.. Interligação Processos 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Leia mais

Assembleia Geral. Conselho Fiscal

Assembleia Geral. Conselho Fiscal No passado dia 23 de Março de 2010 a Assembleia Geral da AproCS aprovou por unanimidade os seguintes pontos da ordem de trabalhos: 1. Actividades desenvolvidas em 2009; 2. Contas da Associação referentes

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 MANUAL DE FUNÇÕES NO ÂMBITO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE XZ Consultores Direção INTRODUÇÃO Página: / Revisão:0 ÍNDICE CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1 Mapa de Controlo das Alterações

Leia mais

Internet vs Agências Tradicionais Vantagens e Desvantagens

Internet vs Agências Tradicionais Vantagens e Desvantagens IV Encontro BCD Travel / Diário Económico Internet vs Agências Tradicionais Vantagens e Desvantagens PERSPECTIVA DE UM CLIENTE Direcção de Serviços de Recursos Humanos 27.05.2009 Este documento é propriedade

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani CRM Definição O CRM é uma abordagem que coloca o cliente no centro dos processos do negócio, sendo desenhado para perceber e antecipar as necessidades

Leia mais

3 meses AproCS Divulgação AproCS AproCS

3 meses AproCS Divulgação AproCS AproCS Faz hoje 3 meses que foi lançada a AproCS. Quero agradecer a todos os que entretanto já aderiram à nossa Associação, pela confiança depositada na equipa e no projecto. Divulgação Durante estes primeiros

Leia mais

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing

Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Manual Planeamento de Campanha de E-Marketing Planeamento de Campanha de E-Marketing Cada variável, a nível de marketing tem normas próprias, em função dos meios de comunicação através dos quais se veiculam

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009

Plataforma de. Sessões de Esclarecimento. Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Plataforma de Sessões de Esclarecimento Contratação Pública "Contratação Electrónica Electrónica BizGov Porto, 30 de Abril de 2009 Agenda 1 Introdução 2 Plataforma de Contratação Pública Electrónica BizGov

Leia mais

Características de Serviços Partilhados

Características de Serviços Partilhados Características de Serviços Partilhados Os Serviços Partilhados caracterizam-se pela prestação de funções de suporte a várias organizações, por uma organização vocacionada para estes serviços. Ministério

Leia mais

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES]

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Módulo de CRM Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Um software com cada vez mais funcionalidades a pensar no seu negócio! A quem se destina As empresas que pretendem

Leia mais

A nossa equipa para hoje

A nossa equipa para hoje A nossa equipa para hoje Miguel Raposo, a trabalhar na Novabase desde 2010 MEIC 2003-2010 Consultor CRM com percurso na área de Telecomunicações com principal foco em projectos no âmbito de CRM empresarial.

Leia mais

Capítulo. Sistemas empresariais

Capítulo. Sistemas empresariais Capítulo 8 1 Sistemas empresariais 2 Objectivos de aprendizagem Identificar e exemplificar os seguintes aspectos da gestão do relacionamento com os clientes, da gestão de recursos empresariais e dos sistemas

Leia mais

Soluções de Mobilidade Empresarial

Soluções de Mobilidade Empresarial Soluções de Mobilidade Empresarial DC13001.01 - Março 2013 Pontual software solutions Solução Integrada de Mobilidade O MobileCrm é uma solução integrada de mobilidade a qual está desenhada para a plataforma

Leia mais

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242.

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242. 1 2 Apresentação O Portal Brasil Postos é uma plataforma digital desenvolvida para a geração de negócios, relacionamento e informação para o segmento de postos de combustíveis, lubrificação e Lojas de

Leia mais

Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo. HR BPO Desafios nos próximos anos. 14 de Março 2012 Centro Congressos do Estoril

Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo. HR BPO Desafios nos próximos anos. 14 de Março 2012 Centro Congressos do Estoril Nuno Fernandes Mara Ferreira & João Grilo HR BPO Desafios nos próximos anos Agenda Enquadramento Serviços HR BPO Selecção de parceiros Implementação e operação do HR BPO Exemplo prático Meta4 Agenda Enquadramento

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

Sistemas de Informação:

Sistemas de Informação: Sistemas de Informação: A Chave para a Produtividade Joaquim Jesus Santos Director Geral SAP Portugal Agenda SAP Líder em Soluções de Negócio A nossa Visão O Ecossistema SAP Sistemas de Informação: A Chave

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem 1 Capítulo 1 2 Fundamentos de sistemas de informação empresariais 3 Objectivos de aprendizagem ƒ Explicar por que motivo o conhecimento sobre sistemas de informação é importante para quadros empresariais

Leia mais

Vantagens da solução Starter Easy

Vantagens da solução Starter Easy Vantagens da solução Starter Easy Software certificado A solução Starter Easy obedece às regras de certificação dos programas informáticos de faturação definidos pela Autoridade Tributária, conforme o

Leia mais

Uma aplicação que reúne Facturação, Clientes e Fornecedores com Stocks e Serviços, permitindo controlar toda a área comercial.

Uma aplicação que reúne Facturação, Clientes e Fornecedores com Stocks e Serviços, permitindo controlar toda a área comercial. PHC Software na Hora PHC Software na Hora Descritivo completo Benefícios 9 Muito fácil de utilizar; 9 Gestão de tempo e Informação Informação; 9 Maior facilidade de controlo e gestão; 9 Totalmente integrado;

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Soluções de apoio para empreendedores

Soluções de apoio para empreendedores Soluções de apoio para empreendedores www.empreendaporfavor.com Soluções de apoio ao empreendedorismo Empreenda por favor! Já pensou em todos os passos que necessita dar para criar a sua empresa? E se

Leia mais

Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica. Resposta aos pedidos de esclarecimentos. Julho de 2009

Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica. Resposta aos pedidos de esclarecimentos. Julho de 2009 GLOBALGARVE COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO, SA Concurso público para aquisição de plataforma de facturação electrónica Resposta aos pedidos de esclarecimentos Julho de 2009 Página 1 de 7 No seguimento do

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

BPM (Business Process Management)

BPM (Business Process Management) Instituto Superior de Economia e Gestão Ano lectivo 2007/2008 Cadeira de Tecnologias de Informação BPM (Business Process Management) Planeamento e Controlo de Gestão Baseados nos Processos de Negócio José

Leia mais

Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação

Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação Estratégia para os Sistemas e Tecnologias de Informação A transcrição ou reprodução deste documento não é permitida sem a prévia autorização escrita do IGIF PRINCIPAIS MENSAGENS O IGIF, na vertente SI,

Leia mais

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML.

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Descritivo completo PHC dportal A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Benefícios Actualização e manutenção simples

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 6 ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Leia mais

Soluções de Mobilidade Empresarial

Soluções de Mobilidade Empresarial Soluções de Mobilidade Empresarial DC13001.01 - Janeiro 2013 Pontual software solutions Solução Integrada de Mobilidade O MobileCrm é uma solução integrada de mobilidade a qual está desenhada para a plataforma

Leia mais

Case Study Business Intelligence Portals como solução de Mobilidade

Case Study Business Intelligence Portals como solução de Mobilidade Case Study Business Intelligence Portals como solução de Mobilidade Agenda A BetterSoft Mobilidade e Colaboradores móveis A Divisão de FoodServices da Nestlé Portais corporativos O que são A Arquitectura

Leia mais

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 RFID CASE STUDY THROTTLEMAN Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 A TECNOLOGIA RFID A HISTÓRIA A TECNOLOGIA Identificação por Rádio Frequência permite identificar unicamente um objecto, usando ondas

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003. Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008

ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003. Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008 ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003 Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008 1 SISTEMÁTICA DE AUDITORIA - 1 1 - Início da 4 - Execução da 2 - Condução da revisão dos documentos

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal.

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. Adoptada por diversas empresas líderes de mercado em vários sectores

Leia mais

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias.

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. GoldMine QuickStart Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. O GoldMine é uma ferramenta de gestão da relação com os clientes (CRM-Costumer Relationship

Leia mais

Digitalização e Classificação Automática de Documentação Contabilística

Digitalização e Classificação Automática de Documentação Contabilística Digitalização e Classificação Automática de Documentação Contabilística Apresentação do Grupo NUCASE Contabilidade Recursos Humanos Gestão e Processos Sistemas de Informação Seguros Projecto de Digitalização

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

ERPGovernance é uma Suite de gestão de Negócios que abrange totalmente a necessidade

ERPGovernance é uma Suite de gestão de Negócios que abrange totalmente a necessidade ERPGovernance é uma Suite de gestão de Negócios que abrange totalmente a necessidade do cliente, dentre estas : Financeiro, Orçamento, Compras, Vendas, Contabilidade, CRM, Gestão de Projetos, Gestão de

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio

Coimbra: 16 e 17 de Abril. Faro: 14 e 15 de Maio. Faro: 16 de Maio. Faro: 17 de Maio. Faro: 18 de Maio 27 de Fevereiro 19 e 20 de Março 16 e 17 de Abril 14 e 15 de Maio 18 e 19 de Junho 9 e 10 de Julho 28 de Fevereiro 21 de Março 18 de Abril 16 de Maio 20 de Junho 11 de Julho 1 de Março 22 de Março 19 de

Leia mais

Seminário Internacional Cooperação Internacional e Inovação em Logística. Feira de Valladolid

Seminário Internacional Cooperação Internacional e Inovação em Logística. Feira de Valladolid Seminário Internacional Cooperação Internacional e Inovação em Logística Feira de Valladolid Copyright 2011 APLOG All Rights Reserved. 1 Desde 1991 20 anos de existência É uma associação de conhecimento,

Leia mais

Apoio à Inovação no sector agro-alimentar

Apoio à Inovação no sector agro-alimentar Apoio à Inovação no sector agro-alimentar O Cluster A colaboração entre empresas/entidades: Inovação 1 Posicionamento do Cluster INTERNACIONALIZAÇÃO INOVAÇÃO Invest. & Desenv. Ao Serviço das EMPRESAS COMPETIVIDADE

Leia mais

MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial. Raquel Melo 1

MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial. Raquel Melo 1 MARKETING NA INTERNET PARA PME A contribuição das ferramentas online para a performance empresarial Raquel Melo 1 Índice Objectivos do estudo Sociedade da Informação nas Empresas Definição, Objectivos

Leia mais

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural

MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural I Seminário sobre Turismo Rural e Natureza Diferenciar o Produto, Qualificar a Oferta, Internacionalizar o Sector MODELOS INTEGRADOS DE COMERCIALIZAÇÃO DA OFERTA: a Central de Reservas Portugal Rural TÂNIA

Leia mais

ABEMD. Associação Brasileira de Marketing Direto

ABEMD. Associação Brasileira de Marketing Direto ABEMD Associação Brasileira de Marketing Direto A ABEMD é uma entidade civil, sem fins lucrativos que defende os interesse do setor desde 1976. Constituída por pessoas jurídicas e físicas. Missão - Defender

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto

Plataforma de Compras Electrónicas. Sessão de Apresentação do Projecto Plataforma de Compras Electrónicas Sessão de Apresentação do Projecto 16 de Abril de 2007 Dr.ª Rosário Fernandes Estatísticas do Projecto (Fevereiro e Março de 2007) Utilizadores Orgânicas Fornecedores

Leia mais

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Abril de 2008 Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária 1 Bashen Agro Um projecto Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Parceria FZ AGROGESTÃO Consultoria em Meio Rural, Lda Av.

Leia mais

A criação de um site público e dinâmico

A criação de um site público e dinâmico PHC dportal A criação de um site público e dinâmico A solução ideal para criar um site público e dinâmico com um visual profissional, e facilmente utilizável por colaboradores sem conhecimentos de HTML.

Leia mais

Email Marketing. Serviço de email marketing

Email Marketing. Serviço de email marketing Email Marketing Serviço de email marketing Problemas comuns nas campanhas de email marketing Como evitar o spam? Como garantir a boa visualização da peça em diferentes clientes de email? Como selecionar

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA Preâmbulo O voluntariado é definido como um conjunto de acções e interesses sociais e comunitários, realizadas de forma desinteressada no âmbito

Leia mais

Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL

Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL Inmetro, Brasil, 14 e 15 de Maio 2012 ÍNDICE ADENE - Apresentação Enquadramento e introdução ao SCE Formação

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais Derechos Quem Somos O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada sem fins lucrativos, organizada e posicionada para a oferta integrada de Serviços Partilhados para o sector da Saúde.

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

www.spicaros.org Linking Dreams

www.spicaros.org Linking Dreams www.spicaros.org Linking Dreams Spicaros.org é o resultado de 30 anos de trabalho de uma equipa internacional, constituída por profissionais altamente qualificados em distintos sectores de negócio. Aliando

Leia mais

O que é a Responsabilidade Social Empresarial?

O que é a Responsabilidade Social Empresarial? O que é a Responsabilidade Social Empresarial? 1.5. Campos de acção da RSE Resumo O mundo dos negócios é extremamente heterogéneo. Assim as diferentes abordagens e estratégias sobre responsabilidade compromisso

Leia mais

Gestão Documental e Governança da Informação - O Debate Necessário

Gestão Documental e Governança da Informação - O Debate Necessário Gestão Documental e Governança da Informação - O Debate Necessário 11 de novembro de 2014 Auditório da Torre do Tombo PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI GESTÃO DOCUMENTAL BEATRIZ BAGOIN

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos TECNOLOGIA INOVAÇÃO SOFTWARE SERVIÇOS A MISTER DOC foi constituída com o objectivo de se tornar uma referência no mercado de fornecimento de soluções de gestão de

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Soluções de renting para os seus clientes

Soluções de renting para os seus clientes Soluções de renting para os seus clientes A toda a velocidade para mais vendas O seu especialista em renting informático. Bem-vindo à GRENKE! O seu especialista em renting informático. Renting Palavra

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Apoio à Gestão Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Apoio à Gestão Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Apoio à Gestão Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE - ADMINISTRAÇÃO/GESTÃO OBJECTIVO GLOBAL

Leia mais

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL Estudo Infosistema 4º trimestre de 2014 OBJECTIVO DO ESTUDO Objectivo: Analisar as tendências de projectos de IT em Portugal Período em análise: 4º Trimestre de

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

O que é a Rede Gestus?

O que é a Rede Gestus? O que é a Rede Gestus? A Rede Gestus é uma união estratégica que tem em vista a revitalização e dinamização do comércio local das zonas de Bragança, Chaves e Viseu. A Rede destina-se às Pequenas e Médias

Leia mais

Logística e Gestão da Distribuição

Logística e Gestão da Distribuição Logística e Gestão da Distribuição Serviço ao cliente (Porto, 1995) Luís Manuel Borges Gouveia 1 1 Serviço ao cliente reconhecido como um aspecto importante do negócio da empresa dificuldade de definir

Leia mais

Candidatar-se como Microsoft Certified ou Gold Certified Partner Guia de inscrição passo-a-passo

Candidatar-se como Microsoft Certified ou Gold Certified Partner Guia de inscrição passo-a-passo Candidatar-se como Microsoft Certified ou Gold Certified Partner Guia de inscrição passo-a-passo O Microsoft Partner Program oferece três níveis de programa Registered Member, Microsoft Certified Partner

Leia mais

Contexto das PME s em Moçambique

Contexto das PME s em Moçambique MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Conferência sobre Fontes Alternativas de Financiamento às Contexto das em Moçambique Por Claire Zimba, Director Geral Indy Village, 09:30Hrs, 21 de Maio de 2015, Cidade

Leia mais

Secretaria-Geral do MAOT

Secretaria-Geral do MAOT Secretaria-Geral do MAOT Paula Vieira 8 Outubro 2010 SIAP 2010 1 IMPLEMENTAÇÃO DE UMA INTRANET SIAP 2010 2 AGENDA Objectivos do projecto Arranque do projecto Implementação do projecto Resultados: - Conteúdos

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda, uma

Leia mais

Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados. slide 1

Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados. slide 1 Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados slide 1 Objetivos de estudo Como os sistemas integrados ajudam as empresas a conquistar a excelência operacional?

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Gas GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 A empresa Criada em

Leia mais

Apresentação Solução Opencloud Soluções Integradas de Gestão

Apresentação Solução Opencloud Soluções Integradas de Gestão Apresentação Solução Opencloud Soluções Integradas de Gestão Apresentação 2 OpenERP 2 Serviços 3 Aplicações 4 Modelo de Negócio 5 Vantagens 6 Clientes 7 Contactos 8 Apresentação A Opencloud Software desenvolve

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM. Prof. Wilson Míccoli, MsC

IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM. Prof. Wilson Míccoli, MsC IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA CRM 1 Fase 1: Contextualização Fase 2: Revisão do Plano Estratégico da Organização Fase 3: Revisão do Portfólio de Produtos Fase 4: Definição da Visão e dos Objetivos do CRM Fase

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais/CVB s 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda,

Leia mais

Grupo MedLog. 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde. Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010

Grupo MedLog. 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde. Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010 Grupo MedLog 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010 MedLog - As Empresas MedLog Passado e Presente Distribuição de medicamentos

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 RESUMO

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 RESUMO RESUMO METODOLOGIAS DO MARKETING DIGITAL As marcas e empresas precisam de ser ENCONTRADAS COMPREENDIDAS MEMORÁVEIS METODOLOGIAS DO MARKETING DIGITAL Ciclo de acções dos projectos de PESQUISA OBJECTIVOS

Leia mais

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 Opção Tudo a ver com as minhas Competências. Apresentação Imp. 24/0 leaderconsulting.info 2 Apresentação O que é a Gestão por

Leia mais

BENCHMARKING 2014. Estudo dos niveis de serviço

BENCHMARKING 2014. Estudo dos niveis de serviço BENCHMARKING 2014 Estudo dos niveis de serviço Objetivo do estudo BENCHMARKING 2014 O objectivo deste estudo é conhecer o nível de serviço oferecido pelos fabricantes do grande consumo aos distribuidores,

Leia mais

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes.

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Descritivo completo PHC dfront A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Benefícios Aumento da qualidade e eficiência

Leia mais

Wincrm Gestão das Oportunidades de Negócio

Wincrm Gestão das Oportunidades de Negócio Wincrm Gestão das Oportunidades de Negócio Wincrm Gestão das Oportunidades de Negócio Soluções Com o módulo WinCRM, aumente drasticamente a produtividade comercial e o volume de negócios da organização.

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos RH Management Series Advanced Training for Strategic Advantage CICLO DE FORMAÇÃO EM Gestão Estratégica de RECURSOS HUMANOS Planificação Estratégica de Recursos s SEMINÁRIO Recrutamento, Selecção & Entrevista

Leia mais

O Sistema de Compras Electrónicas

O Sistema de Compras Electrónicas Seminário Novas Perspectivas na Contratação Pública Tribunal de Contas, INA, CCSCI 20-21 Nov 2006 O Sistema de Compras Electrónicas Luis Magalhães Programa Nacional de Compras Electrónicas (PNCE) Aprovado

Leia mais

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos PHC dsuporte Externo DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Externo permite prestar assistência técnica pós-venda, aumentar de forma significativa a eficiência e a qualidade do serviço, o que resulta na maior

Leia mais

Auditoria ao Processo de Mudança de Comercializador. A. Enquadramento e Objectivos. Síntese do Relatório de Auditoria

Auditoria ao Processo de Mudança de Comercializador. A. Enquadramento e Objectivos. Síntese do Relatório de Auditoria A. Enquadramento e Objectivos A EDP Distribuição - Energia, S.A. (EDP Distribuição), empresa que exerce a actividade de Operador de Rede de Distribuição (ORD) de Energia Eléctrica em Média Tensão (MT)

Leia mais