proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn)"

Transcrição

1 proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano de preços da rede digital com o número 9 a) subscrição do Facturação Repartida, a qual será considerada aceite pela tmn com a activação do e que consiste na possibilidade de repartição da facturação respeitante ao cartão supra referido, nos termos e nas condições referidas nas cláusulas constantes desta proposta de adesão e do das folhas anexas a este documento, que o cliente declara conhecer e aceitar. b) a alteração das condições do Facturação Repartida, inicialmente contratadas, de acordo, com as alterações assinaladas nesta proposta. 2 - O cliente autoriza o seu trabalhador, doravante designado por utilizador, a receber e realizar chamadas com o cartão supra referido, atribuindo-lhe um plafond mensal em comunicações no valor de,, acrescido do respectivo IVA. Caso o valor do plafond monetário atribuído seja zero, preencher a partir do ponto 4. Neste caso as comunicações serão integralmente debitadas ao utilizador, com excepção das chamadas de voz OnNet fora do plafond, que serão debitadas ao cliente ou ao utilizador de acordo com o definido no ponto 4. Se o plafond monetário escolhido for superior a 0, seleccionar uma das seguintes opções: 3 - comunicações a incluir no plafond monetário da Facturação Repartida (seleccionar a opção pretendida): OnNet fora do plafond (na VPN) WAP (GSM) Todas Videochamada Todas e internacionais *Este tipo de comunicação, inclui nomeadamente as chamadas efectuadas para os s mytmn e televotação. Excepção: caso não assinale a opção OnNet fora do plafond, esta será integralmente paga pelo cliente. Se a mesma for assinalada, descontará ao plafond monetário atribuído, após esgotado o plafond monetário as comunicações deste tipo serão debitadas ao utilizador. 5 - O valor da mensalidade (assinatura mensal ou valor do pacote de minutos), será debitado ao cliente ou ao utilizador, de acordo com o preenchimento das seguintes opções (preencher apenas para as mensalidades dos s subscritos pelo cartão): Os dados recolhidos através do presente documento são de fornecimento obrigatório e serão processados automaticamente, sendo os respectivos ficheiros da responsabilidade da tmn. O não fornecimento dos dados implica a não aceitação desta proposta pela tmn. Tanto os dados recolhidos como os dados de tráfego respeitantes a data, hora, duração das chamadas e n.ºs de destino, são processados e tratados automaticamente pela tmn, quer para fins de subscrição, facturação e comercialização do seu, quer para a realização de perfis de tráfego e de consumo, quer ainda para uma maior adequação dos produtos, s e ofertas, de acordo com os interesses e preferências do cliente.os dados de tráfego são, por isso, tratados pela tmn, na medida e pelo tempo necessário à facturação e comercialização dos seus s. O consentimento para o tratamento destes dados pode ser retirado pelo cliente a qualquer momento, sem prejuízo de ainda assim a tmn proceder ao seu tratamento para efeitos de facturação e cobrança. Autorização de débito directo (anexar cópia de cheque ou outro documento comprovativo do NIB) - utilizador do facturação repartida do utilizador

2 proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano de preços da rede digital com o número 9 a) subscrição do Facturação Repartida, a qual será considerada aceite pela tmn com a activação do e que consiste na possibilidade de repartição da facturação respeitante ao cartão supra referido, nos termos e nas condições referidas nas cláusulas constantes desta proposta de adesão e do das folhas anexas a este documento, que o cliente declara conhecer e aceitar. b) a alteração das condições do Facturação Repartida, inicialmente contratadas, de acordo, com as alterações assinaladas nesta proposta. 2 - O cliente autoriza o seu trabalhador, doravante designado por utilizador, a receber e realizar chamadas com o cartão supra referido, atribuindo-lhe um plafond mensal em comunicações no valor de,, acrescido do respectivo IVA. Caso o valor do plafond monetário atribuído seja zero, preencher a partir do ponto 4. Neste caso as comunicações serão integralmente debitadas ao utilizador, com excepção das chamadas de voz OnNet fora do plafond, que serão debitadas ao cliente ou ao utilizador de acordo com o definido no ponto 4. Se o plafond monetário escolhido for superior a 0, seleccionar uma das seguintes opções: 3 - comunicações a incluir no plafond monetário da Facturação Repartida (seleccionar a opção pretendida): OnNet fora do plafond (na VPN) WAP (GSM) Todas Videochamada Todas e internacionais *Este tipo de comunicação, inclui nomeadamente as chamadas efectuadas para os s mytmn e televotação. Excepção: caso não assinale a opção OnNet fora do plafond, esta será integralmente paga pelo cliente. Se a mesma for assinalada, descontará ao plafond monetário atribuído, após esgotado o plafond monetário as comunicações deste tipo serão debitadas ao utilizador. 5 - O valor da mensalidade (assinatura mensal ou valor do pacote de minutos), será debitado ao cliente ou ao utilizador, de acordo com o preenchimento das seguintes opções (preencher apenas para as mensalidades dos s subscritos pelo cartão): Os dados recolhidos através do presente documento são de fornecimento obrigatório e serão processados automaticamente, sendo os respectivos ficheiros da responsabilidade da tmn. O não fornecimento dos dados implica a não aceitação desta proposta pela tmn. Tanto os dados recolhidos como os dados de tráfego respeitantes a data, hora, duração das chamadas e n.ºs de destino, são processados e tratados automaticamente pela tmn, quer para fins de subscrição, facturação e comercialização do seu, quer para a realização de perfis de tráfego e de consumo, quer ainda para uma maior adequação dos produtos, s e ofertas, de acordo com os interesses e preferências do cliente.os dados de tráfego são, por isso, tratados pela tmn, na medida e pelo tempo necessário à facturação e comercialização dos seus s. O consentimento para o tratamento destes dados pode ser retirado pelo cliente a qualquer momento, sem prejuízo de ainda assim a tmn proceder ao seu tratamento para efeitos de facturação e cobrança. Autorização de débito directo (anexar cópia de cheque ou outro documento comprovativo do NIB) - utilizador do facturação repartida do utilizador

3 proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano de preços da rede digital com o número 9 a) subscrição do Facturação Repartida, a qual será considerada aceite pela tmn com a activação do e que consiste na possibilidade de repartição da facturação respeitante ao cartão supra referido, nos termos e nas condições referidas nas cláusulas constantes desta proposta de adesão e do das folhas anexas a este documento, que o cliente declara conhecer e aceitar. b) a alteração das condições do Facturação Repartida, inicialmente contratadas, de acordo, com as alterações assinaladas nesta proposta. 2 - O cliente autoriza o seu trabalhador, doravante designado por utilizador, a receber e realizar chamadas com o cartão supra referido, atribuindo-lhe um plafond mensal em comunicações no valor de,, acrescido do respectivo IVA. Caso o valor do plafond monetário atribuído seja zero, preencher a partir do ponto 4. Neste caso as comunicações serão integralmente debitadas ao utilizador, com excepção das chamadas de voz OnNet fora do plafond, que serão debitadas ao cliente ou ao utilizador de acordo com o definido no ponto 4. Se o plafond monetário escolhido for superior a 0, seleccionar uma das seguintes opções: 3 - comunicações a incluir no plafond monetário da Facturação Repartida (seleccionar a opção pretendida): OnNet fora do plafond (na VPN) WAP (GSM) Todas Videochamada Todas e internacionais *Este tipo de comunicação, inclui nomeadamente as chamadas efectuadas para os s mytmn e televotação. Excepção: caso não assinale a opção OnNet fora do plafond, esta será integralmente paga pelo cliente. Se a mesma for assinalada, descontará ao plafond monetário atribuído, após esgotado o plafond monetário as comunicações deste tipo serão debitadas ao utilizador. 5 - O valor da mensalidade (assinatura mensal ou valor do pacote de minutos), será debitado ao cliente ou ao utilizador, de acordo com o preenchimento das seguintes opções (preencher apenas para as mensalidades dos s subscritos pelo cartão): Os dados recolhidos através do presente documento são de fornecimento obrigatório e serão processados automaticamente, sendo os respectivos ficheiros da responsabilidade da tmn. O não fornecimento dos dados implica a não aceitação desta proposta pela tmn. Tanto os dados recolhidos como os dados de tráfego respeitantes a data, hora, duração das chamadas e n.ºs de destino, são processados e tratados automaticamente pela tmn, quer para fins de subscrição, facturação e comercialização do seu, quer para a realização de perfis de tráfego e de consumo, quer ainda para uma maior adequação dos produtos, s e ofertas, de acordo com os interesses e preferências do cliente.os dados de tráfego são, por isso, tratados pela tmn, na medida e pelo tempo necessário à facturação e comercialização dos seus s. O consentimento para o tratamento destes dados pode ser retirado pelo cliente a qualquer momento, sem prejuízo de ainda assim a tmn proceder ao seu tratamento para efeitos de facturação e cobrança. Autorização de débito directo (anexar cópia de cheque ou outro documento comprovativo do NIB) - utilizador do facturação repartida do utilizador

4 proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano de preços da rede digital com o número 9 a) subscrição do Facturação Repartida, a qual será considerada aceite pela tmn com a activação do e que consiste na possibilidade de repartição da facturação respeitante ao cartão supra referido, nos termos e nas condições referidas nas cláusulas constantes desta proposta de adesão e do das folhas anexas a este documento, que o cliente declara conhecer e aceitar. b) a alteração das condições do Facturação Repartida, inicialmente contratadas, de acordo, com as alterações assinaladas nesta proposta. 2 - O cliente autoriza o seu trabalhador, doravante designado por utilizador, a receber e realizar chamadas com o cartão supra referido, atribuindo-lhe um plafond mensal em comunicações no valor de,, acrescido do respectivo IVA. Caso o valor do plafond monetário atribuído seja zero, preencher a partir do ponto 4. Neste caso as comunicações serão integralmente debitadas ao utilizador, com excepção das chamadas de voz OnNet fora do plafond, que serão debitadas ao cliente ou ao utilizador de acordo com o definido no ponto 4. Se o plafond monetário escolhido for superior a 0, seleccionar uma das seguintes opções: 3 - comunicações a incluir no plafond monetário da Facturação Repartida (seleccionar a opção pretendida): OnNet fora do plafond (na VPN) WAP (GSM) Todas Videochamada Todas e internacionais *Este tipo de comunicação, inclui nomeadamente as chamadas efectuadas para os s mytmn e televotação. Excepção: caso não assinale a opção OnNet fora do plafond, esta será integralmente paga pelo cliente. Se a mesma for assinalada, descontará ao plafond monetário atribuído, após esgotado o plafond monetário as comunicações deste tipo serão debitadas ao utilizador. 5 - O valor da mensalidade (assinatura mensal ou valor do pacote de minutos), será debitado ao cliente ou ao utilizador, de acordo com o preenchimento das seguintes opções (preencher apenas para as mensalidades dos s subscritos pelo cartão): Os dados recolhidos através do presente documento são de fornecimento obrigatório e serão processados automaticamente, sendo os respectivos ficheiros da responsabilidade da tmn. O não fornecimento dos dados implica a não aceitação desta proposta pela tmn. Tanto os dados recolhidos como os dados de tráfego respeitantes a data, hora, duração das chamadas e n.ºs de destino, são processados e tratados automaticamente pela tmn, quer para fins de subscrição, facturação e comercialização do seu, quer para a realização de perfis de tráfego e de consumo, quer ainda para uma maior adequação dos produtos, s e ofertas, de acordo com os interesses e preferências do cliente.os dados de tráfego são, por isso, tratados pela tmn, na medida e pelo tempo necessário à facturação e comercialização dos seus s. O consentimento para o tratamento destes dados pode ser retirado pelo cliente a qualquer momento, sem prejuízo de ainda assim a tmn proceder ao seu tratamento para efeitos de facturação e cobrança. Autorização de débito directo (anexar cópia de cheque ou outro documento comprovativo do NIB) - utilizador do facturação repartida do utilizador

5 condições gerais do facturação repartida 11 - O valor do plafond monetário atribuído ao cartão com o facturação repartida, poderá ser utilizado de acordo com o tipo de comunicações definido no ponto 3 (frente), desta proposta de adesão A definição do tipo de comunicações incluído no plafond monetário da facturação repartida, tem efeitos imediatos, se a definição for efectuada em simultâneo com a activação do facturação repartida. Para os casos, em que o cartão já tem o facturação repartida activo, a alteração do tipo de comunicações entra em vigor no 1º dia do mês seguinte à referida alteração do tipo de comunicações (excepto, se existir uma alteração do plafond monetário, inicialmente zero, em que entrará em vigor no mês da alteração) O valor do plafond monetário, poderá ser alterado posteriormente, de acordo com os requisitos para o efeito, obrigando-se o cliente a informar o utilizador O é responsável pelo pagamento da mensalidade de voz, fax e dados, da mensalidade de GPRS (excepto se forem seleccionadas as opções de debito ao utilizador), do plafond monetário referido no ponto 2 (frente deste impresso) e de outras mensalidades referentes aos s associados ao cartão (excepto se forem seleccionadas as opções de debito ao utilizador) O utilizador é responsável pelo pagamento de todos os valores não suportados pelo (seleccionados como débito ao utilizador) e das comunicações que não estejam incluídas ou ultrapassem o plafond monetário (atribuído e/ou não tenha plafond acumulado em valor suficiente para fazer face ao valor das comunicações do mês em causa) referido no ponto 2 (frente deste impresso), assumindo, o cliente, a responsabilidade solidária no pagamento de todas as facturas emitidas ao utilizador Mesmo que seja subscrita a opção do débito da mensalidade de GPRS ao utilizador, no que se refere à mensalidade do mês de adesão, esta será sempre debitada ao cliente Por outras mensalidades entendem-se as mensalidades de outros s, nomeadamente Waiting Ring, Mobil, TV, TMN Backup, Top 3, TMN regional entre outros não contemplados nas opções de mensalidades das alíneas a) e b) do ponto 5 (frente deste impresso) Se o plafond de minutos for ao nível da conta a mensalidade de voz, fax e dados apenas poderá ser debitada ao cliente. Se o plafond de minutos for ao nível do cartão a mensalidade de voz, fax e dados poderá ser debitada ao cliente ou ao utilizador Caso o plafond monetário subscrito no ponto 2 (frente) seja acumulável, o cliente pagará mensalmente esse valor fixo, sendo que, o valor não utilizado transitará para os períodos seguintes, até que ocorra o acerto estipulado no referido ponto. Por acerto, entende-se o movimento na conta do cliente, sob a forma de crédito na(s) factura(s) do valor não utilizado do plafond monetário acumulado no respectivo período, pelo cartão atribuído ao utilizador, com a consequente anulação do mesmo. Estas operações ocorrerão na data definida pelo cliente para o primeiro acerto e na periodicidade dos acertos seguintes. O cliente terá sempre de efectuar a escolha da data do primeiro acerto e da periodicidade dos acertos seguintes. A definição do tipo de plafond (acumulável ou não acumulável) tem efeito imediato se esta for efectuada em simultâneo com a activação do facturação repartida. Para os casos em que o cartão já tem o facturação repartida activo, a alteração do plafond monetário de não acumulável para acumulável ou vice versa entra em vigor no primeiro dia do mês seguinte à recepção do pedido, com o consequente acerto inerente a este tipo de alterações. Se existir uma TPCR (transferência de posição contratual para um plano recarregável), TPC (transferência de posição contratual), desactivação do facturação repartida com plafonds acumuláveis ou desactivação do cartão, o acerto é efectuado automaticamente Caso o cliente e/ou o utilizador deixem de efectuar o pagamento atempado de qualquer factura emitida, as condições ora estipuladas podem cessar de imediato, sem necessidade de qualquer aviso prévio da tmn As taxas de incumprimento imputadas ao cartão (por mora no pagamento de facturas), serão imputadas ao cliente ou ao utilizador, de acordo com a responsabilidade de origem das mesmas. Nos casos, em que a responsabilidade seja imputada a ambos, cliente e utilizador, as referidas taxas serão debitadas ao cliente A tmn poderá, nos termos da lei, proceder à anulação da eliminação da identificação da linha chamadora, bem como registar e disponibilizar os dados de localização do cliente, quando este realize chamadas para organizações com competência legal para receber chamadas de emergência, para efeitos de resposta a essas chamadas Os custos decorrentes do agenda de contactos da facturação repartida, quando subscrita, nomeadamente mensalidade e taxa de inserção de novos números na lista da agenda de contactos, serão sempre debitados ao cliente A facturação detalhada integral apenas poderá ser dada ao utilizador e a pedido escrito deste O cliente poderá ter acesso ao detalhe do consumo por cartão (facturação detalhada integral), através da subscrição do extracto on-line, mediante a autorização do utilizador (cláusula inclusa no impresso de adesão ao extracto on-line) A adesão a quaisquer s que impliquem o pagamento de mensalidades só poderá ser solicitada pelo cliente A desactivação do cartão só pode ser solicitada pelo cliente, podendo o utilizador solicitar a desactivação de quaisquer s associados ao cartão que não impliquem o pagamento de mensalidades, à excepção do facturação repartida, que só poderá ser desactivado a pedido do cliente As condições inerentes ao facturação repartida poderão ser alteradas desde que a tmn avise o cliente e o utilizador O cliente obriga-se a proceder à desactivação do facturação repartida, logo que o utilizador deixe de ser seu trabalhador O cartão supra referido não poderá ser objecto de qualquer cessão da posição contratual enquanto o facturação repartida estiver activado. Só o cliente, após aquela desactivação, poderá ceder a posição contratual relativamente ao cartão supra referido, sempre que o contrato existente o permita O pagamento das facturas emitidas ao utilizador será obrigatoriamente efectuado por débito directo, pelo que o utilizador autoriza a tmn a proceder à cobrança, através da conta de que o mesmo é titular de todas as importâncias que lhe forem devidas por força do contratado, designadamente as quantias a que a tmn tenha direito em virtude da cessação da prestação do, pelo que subscreve a autorização de débito directo, constante nesta proposta de adesão Caso o cartão supra referido tenha um saldo positivo, resultante de uma anterior transferência de um cartão pré-pago para um plano de preços, desse saldo será sempre beneficiário unicamente o utilizador A tmn reserva-se o direito de não aceitar a presente proposta Para qualquer litígio emergente da presente proposta ou do acordo que vier a ser celebrado fica desde já fixado o Tribunal da Comarca de Lisboa com expressa renúncia a qualquer outro.

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos Mod.C/1000127 A preencher pela tmn Nº conta Nº Solicitação

Leia mais

adesão aos serviços tmn

adesão aos serviços tmn Original (Preencher em triplicado e em maiúsculas) N.º Bilhete de Identidade / Passaporte Data de Nascimento Automático + Contratual Extracto Detalhado Extracto Detalhado Factura Electrónica (a confirmação

Leia mais

Termos e Condições Especiais de Venda - Social Ads

Termos e Condições Especiais de Venda - Social Ads Termos e Condições Especiais de Venda - Social Ads Os presentes termos e condições especiais de venda (doravante Condições Especiais de Venda ou os CPV regulamentam a relação entre: A APVO, uma empresa

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Minuta I CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta O PRESENTE CONTRATO FOI APROVADO PELO INSTITUTO DAS COMUNICAÇÕES DE PORTUGAL, NOS TERMOS E PARA OS EFEITOS DO ARTIGO 9/2 DO DECRETO

Leia mais

PROTOCOLO. 1. A Fidelidade Mundial é uma entidade legalmente autorizada a desenvolver a actividade seguradora em Portugal;

PROTOCOLO. 1. A Fidelidade Mundial é uma entidade legalmente autorizada a desenvolver a actividade seguradora em Portugal; PROTOCOLO Entre Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades, pessoa colectiva número 503 902233, com sede em Lisboa, na Avenida de Paris, nº

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. 3. Os comercializadores são responsáveis pelo cumprimento das obrigações decorrentes do acesso à RNTGN por parte dos seus clientes.

CONDIÇÕES GERAIS. 3. Os comercializadores são responsáveis pelo cumprimento das obrigações decorrentes do acesso à RNTGN por parte dos seus clientes. CONDIÇÕES GERAIS Cláusula 1ª Definições e siglas No âmbito do presente Contrato de Uso da Rede de Transporte, entende-se por: a) «Contrato» o presente contrato de uso da rede de transporte; b) «Agente

Leia mais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais Mod.C/1001262 A preencher pela TMN ID pedido Cód. Loja / Agente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato pedido de portabilidade e rescisão do contrato ORIGINAL (tmn) 2. INFORMAÇÃO DE CONTACTO Telemóvel contacto 3. DADOS DE PORTABILIDADE MÓVEL E-mail Informamos que, por motivos de portabilidade, pretendemos

Leia mais

prodj Condições Gerais de Venda On-line

prodj Condições Gerais de Venda On-line Índice 1. Contactos da prodj... 2 2. Processo de compra na loja on line da prodj... 2 2.1. Registo introdução, correcção e eliminação de dados pessoais... 2 2.2. Segurança no registo... 2 2.2. Compra...

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO 1. O CARTÃO ZILIAN é válido nos estabelecimentos comerciais Zilian, pertencentes ao Grupo Mar Capital, SGPS, SA, adiante designados

Leia mais

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com Prime Soluções Empresariais SEDE: Rua de Entrecampos, 28, 1749-076 Lisboa Nº de Pessoa Colectiva 502 M 757 - N' de Matricula 08537 C.R.C.L Capital Social de EUR.; 30 000 000. I/ -I- CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

Protocolo TMN A TMN reserva o direito de alterar as marcas e modelos assim como os preços dos equipamentos. Preços válidos nas condições do

Protocolo TMN A TMN reserva o direito de alterar as marcas e modelos assim como os preços dos equipamentos. Preços válidos nas condições do contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas A preencher pela TMN ID pedido Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimentatório Nome Exclusivo clientes empresariais Mod. C 1001261 ORIGINAL

Leia mais

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Vodafone Extreme sem mensalidade (disponível para adesão até setembro de 2015) Carregamento mínimo mensal 15 Chamadas Para números da comunidade Extreme,

Leia mais

ABERTURA DE CONTA (EMPRESAS) PÁG. 1/7

ABERTURA DE CONTA (EMPRESAS) PÁG. 1/7 ABERTURA DE CONTA (EMPRESAS) PÁG. 1/7 IDENTIFICAÇÃO (Denominação Social) (Denominação Abreviada) Residente Sim Não ( da Sede) (Localidade) (Código Postal) (País) (1º Telefone Empresa) (2º Telefone Empresa)

Leia mais

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DO I2ADS CADERNO DE ENCARGOS 1/5 Cláusula 1.ª Objecto contratual Cláusula 2.ª Serviços incluídos na prestação de

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços de Comunicações Electrónicas Campanha de Colaboradores e Reformados Millennium bcp

Contrato de Prestação de Serviços de Comunicações Electrónicas Campanha de Colaboradores e Reformados Millennium bcp Contrato de Prestação de Serviços de Comunicações Electrónicas Campanha de Colaboradores e Reformados Millennium bcp SFID 2 0 0 0 0 8 8 Dados do Cliente (preenchimento obrigatório) Titular (Dr., Eng.,

Leia mais

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão

Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Tarifários pré-pagos não disponíveis para adesão Vodafone Extreme sem mensalidade (disponível para adesão até setembro de 2015) Carregamento mínimo mensal 15 Chamadas Para números da comunidade Extreme,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal

CONDIÇÕES GERAIS. 3.1- A Tabela de Preços pode ser alterada sem aviso prévio (P.V.P.). Os preços estão sujeitos á Taxa de IVA em vigor na lei fiscal CONDIÇÕES GERAIS 1- Disposições Gerais 1.1- As vendas de materiais e serviços pela Politejo S.A. regem-se pelas condições especiais de cada fornecimento, pelas presentes condições gerais e pela lei aplicável.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA

TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA pág. 1 / 5 TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO e CONDIÇÕES GENÉRICAS DE VENDA 1. INTRODUÇÃO O site de vendas online www.fitnesshut.pt (adiante designado por site ou loja online) é um site de vendas online

Leia mais

SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD

SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD SEGURO DOENÇA FAMILIARES GOLD Este seguro foi desenvolvido para permitir estender ao seu agregado familiar as garantias de que já beneficia por ser titular do cartão Unibanco Gold. Assim, terá mais tranquilidade

Leia mais

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ATENDIMENTO AO LEITOR SEMANÁRIO SOL Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ou ligue 210 434 000 Horário de Atendimento

Leia mais

Direcção de Negócios Pessoais

Direcção de Negócios Pessoais Direcção de Negócios Pessoais Campanha Colaboradores ASFIC Data: 26-10-2006 1. CAMPANHA TMN/ASFIC Aproveite a Campanha exclusiva que temos para si ao abrigo do novo protocolo tmn/asfic: Condições comerciais

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS

CADERNO DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS CADERNO DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS Procedimento por Ajuste Directo n.º DSTD/01/2009 Cláusula 1.ª Objecto O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir

Leia mais

CONTRATO. 2. O Fornecedor indicará ao @rmazem, durante a vigência deste Contrato, os produtos que pretende transaccionar.

CONTRATO. 2. O Fornecedor indicará ao @rmazem, durante a vigência deste Contrato, os produtos que pretende transaccionar. CONTRATO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES 1ª CONTRATANTE FILIPA JUNQUEIRA ARQUITECTA, LDA., sociedade por quotascom sede na Rua do Centro Cultural, nº 10, 1º andar, freguesia de S. João de Brito,

Leia mais

Contrato de Mediação Imobiliária

Contrato de Mediação Imobiliária Contrato de Mediação Imobiliária (Nos termos da Lei n.º 15/2013, de 08.02) Entre: ESTAMO PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS, S.A., com sede na Av. Defensores de Chaves, n.º 6 4.º, em Lisboa, matriculada na Conservatória

Leia mais

SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA

SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA Se tem empregada(o) doméstica(o) é legalmente responsável pelas consequências de qualquer acidente que lhe aconteça durante o período de trabalho em sua casa. Porque se trata

Leia mais

CONTRATO DE UTILIZADOR

CONTRATO DE UTILIZADOR CONTRATO DE UTILIZADOR Entre: a) Ecopilhas Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda., sociedade comercial por quotas, com sede na Praça Nuno Rodrigues dos Santos, n.º 7, 1.º andar sala

Leia mais

Cartão Millennium bcp Free Empresas Nov.2011

Cartão Millennium bcp Free Empresas Nov.2011 Empresas Nov.2011 ÍNDICE 1. Características Pág. 3 2. Versões Existentes Pág. 4 3. Operações Disponíveis Pág. 5 4. Plafonds Pág. 5 5. Extractos Pág. 6 6. Modalidades de Carregamento Pág. 7 7. Vantagens

Leia mais

O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone

O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone Portugal, Comunicações Pessoais, S.A. Este manual não substitui,

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO (MENORES COM 16 ANOS DE IDADE COMPLETOS) MODELO

CONTRATO DE TRABALHO (MENORES COM 16 ANOS DE IDADE COMPLETOS) MODELO CONTRATO DE TRABALHO (MENORES COM 16 ANOS DE IDADE COMPLETOS) MODELO Observações: 1. O presente modelo de contrato de trabalho destina-se apenas aos contratos de trabalho entre menores com 16 anos de idade

Leia mais

Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI

Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI Contrato de Assistência Técnica Informática - ATI Ao subscrever o presente contrato o cliente expressamente reconhece e aceita vincular-se ás seguintes condições gerais. Cláusula primeira Definições 1.

Leia mais

Proposta de Contrato do Serviço Telefónico Móvel e Compromisso de Permanência na Rede Nº Pags. 1/7

Proposta de Contrato do Serviço Telefónico Móvel e Compromisso de Permanência na Rede Nº Pags. 1/7 Proposta de Contrato do Serviço Telefónico Móvel e Compromisso de Permanência na Rede Nº Pags. 1/7 Preenchimento obrigatório dos campos assinalados com * Dados de Cliente Titular*: Nº Fiscal*: Código CAE:

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral. Informação pré-contratual

Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral. Informação pré-contratual A. Elementos de Identificação 1. Identificação da instituição de crédito Ficha de Informação Normalizada em Matéria de Crédito aos Consumidores, em Caso de Contratação à Distância - Geral Informação pré-contratual

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO Caro(a) Utilizador(a) As presentes condições de uso estabelecem as regras e obrigações para o acesso e utilização do sítio da internet www.rolos.pt, bem como de

Leia mais

Protocolo de colaboração entre a ANESPO Associação Nacional do Ensino Profissional e a DBG Gabinete de Aplicações Informáticas, Lda

Protocolo de colaboração entre a ANESPO Associação Nacional do Ensino Profissional e a DBG Gabinete de Aplicações Informáticas, Lda Protocolo de colaboração entre a ANESPO Associação Nacional do Ensino Profissional e a DBG Gabinete de Aplicações Informáticas, Lda Entre: ANESPO Associação Nacional do Ensino Profissional, com sede na

Leia mais

Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas 1.

Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas 1. Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas da MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., com sede na Av. Fontes

Leia mais

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa.

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter acesso a um vasto conjunto

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS. Capítulo I - Disposições Gerais... 2. Capítulo II... 4. Secção I - Serviços de Saúde... 4

REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS. Capítulo I - Disposições Gerais... 2. Capítulo II... 4. Secção I - Serviços de Saúde... 4 REGULAMENTO DE BENEFÍCIOS Capítulo I - Disposições Gerais... 2 Capítulo II... 4 Secção I - Serviços de Saúde... 4 Secção II - Complementos de Reforma... 5 Capítulo III - Benefícios suportados pelo Fundo

Leia mais

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo...

Índice Artigo 1.º Objecto... 3. Artigo 2.º Contrato... 3. Artigo 3.º Obrigações principais do adjudicatário... 4. Artigo 4.º Prazo... Concurso Público para a elaboração do Inventário de Referência das Emissões de CO2 e elaboração do Plano de Acção para a Energia Sustentável do Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS Índice Artigo 1.º

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004 PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004 Empresa de Seguros Entidades comercializadoras Autoridades de Supervisão

Leia mais

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo da PT PRIME-Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., com sede na Av. Fontes Pereira de Melo, n.º

Leia mais

CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE

CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO A CURTO PRAZO NA MODALIDADE DE CONTA CORRENTE Entre: 1º BANCO SANTANDER TOTTA, S.A., com sede na Rua Áurea, nº 88, 1100-063 Lisboa e com o Capital Social de 656.723.284,00,

Leia mais

2. Posso aderir aos serviços da Nacacomunik se residir nos Açores ou na Madeira? Sim.

2. Posso aderir aos serviços da Nacacomunik se residir nos Açores ou na Madeira? Sim. Nacacomunik e pré-seleção de operador 1. Porque é que a ACN se chama Nacacomunik Serviços de Telecomunicações, Lda. em Portugal? Como em Portugal já existiam duas empresas com o nome ACN, registámos a

Leia mais

CARTÃO PRÉ-PAGO VISA KANDANDU

CARTÃO PRÉ-PAGO VISA KANDANDU [Imagem] CONTRATO DE ADESÃO CARTÃO PRÉ-PAGO VISA KANDANDU Órgão Nº de Entidade (NDE) Dados do Titular Nome Nome a gravar no cartão Nº de Conta - - Declaro serem verdadeiras todas as informações prestadas.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Tomador do seguro A entidade que celebra o contrato de seguro com a VICTORIA e que assume a obrigação de pagamento do prémio.

CONDIÇÕES GERAIS. Tomador do seguro A entidade que celebra o contrato de seguro com a VICTORIA e que assume a obrigação de pagamento do prémio. CONDIÇÕES GERAIS 1 Definições Para efeitos deste Contrato, entende-se por: 1.1 Partes envolvidas no contrato Empresa de seguros VICTORIA - Seguros de Vida, S.A., entidade que emite a apólice e que, mediante

Leia mais

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário

Protocolos de Consumo. Fenprof Tarifário Protocolos de Consumo Fenprof Tarifário Quais as vantagens para os Colaboradores? Telemóveis a custo reduzido Tarifário exclusivo mediante vinculação à rede tmn por 24 meses Serviço SOS telemóvel gratuito

Leia mais

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas Entre o Banco BIC Português, S.A., Sociedade Comercial Anónima, com sede na Av. António Augusto de Aguiar, nº132 1050-020 Lisboa, pessoa colectiva nº 507880510, matriculada na Conservatória do Registo

Leia mais

FICHA DE ADESÃO EMPRESA

FICHA DE ADESÃO EMPRESA FICHA DE ADESÃO EMPRESA Nº CLIENTE/CONTA RELAÇÃO Nº CLIENTE/CONTA RELAÇÃO Nº CLIENTE/CONTA RELAÇÃO Nome/Denominação Social: DADOS DA EMPRESA * Morada da Empresa: Localidade: Caixa Postal: Nome do 1º Utilizador:

Leia mais

BASES DO CONTRATO...3

BASES DO CONTRATO...3 UNIT LINKED DB VIDA Condições Gerais...2 1. DEFINIÇÕES...2 2. BASES DO CONTRATO...3 3. INÍCIO E DURAÇÃO DO CONTRATO...4 4. ÂMBITO DA COBERTURA...4 5. GESTÃO DAS UNIDADES DE PARTICIPAÇÃO...4 6. PRÉMIOS...6

Leia mais

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas Índice Índice 1. Facturação...1 1.1. Gestão de Notas de Honorários...2 1.1.1. Emitir uma Nota de Honorários...3 1.1.2. Consultar Notas de Honorários Emitidas... 18

Leia mais

CONDIÇÕES DE VENDA. 1. Prazo de entrega O prazo de entrega é o referido na confirmação da encomenda, salvo acordo em contrário.

CONDIÇÕES DE VENDA. 1. Prazo de entrega O prazo de entrega é o referido na confirmação da encomenda, salvo acordo em contrário. CONDIÇÕES DE VENDA A venda de produtos da Portucel Soporcel Fine Paper S.A. ( vendedor ) é regulada pelas condições abaixo descritas, em conformidade com as práticas em vigor na indústria e comércio de

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro. Janeiro 2011. Campanha Colaboradores

Newsletter. Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro. Janeiro 2011. Campanha Colaboradores Newsletter Janeiro 2011 Campanha Colaboradores Condições especiais para STFP Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Centro Principais Vantagens para Associados A Vodafone oferece condições especiais

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do Serviço

Condições Gerais de Utilização do Serviço Definição e Âmbito do Serviço PROTOCOLO DE ADESÃO AO SERVIÇO FACTORING ON LINE (EOL) RELATIVO AO CONTRATO DE FACTORING Nº Condições Gerais de Utilização do Serviço 1. O SERVIÇO FACTORING ON LINE, (EOL),

Leia mais

MINUTA. Contrato de Mandato de Alienação

MINUTA. Contrato de Mandato de Alienação MINUTA Entre: Contrato de Mandato de Alienação 1. [Firma da empresa notificante da Operação de Concentração], (doravante denominação abreviada da empresa ou Mandante ), com sede em [morada], com o n.º

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS Associação Nacional de Engenheiros Técnicos Dados do Cliente (preenchimento obrigatório) Titular (Dr., Eng., etc.) Nome Completo Endereço

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS FENPROF Dados do Cliente (preenchimento obrigatório) Titular (Dr., Eng., etc.) Nome Completo Endereço de Facturação Localidade Código Postal

Leia mais

Fidelity Poupança. Condições Gerais e Especiais

Fidelity Poupança. Condições Gerais e Especiais 1. DEFINIÇÕES 1.1. Para os efeitos do presente Contrato, entende-se por:» I.C.A.E.: Instrumento de Captação de Aforro Estruturado ;» Seguradora: ;» Tomador de Seguro: a Entidade que celebra o Contrato

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS SINDICATO DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA DO CENTRO Dados do Cliente (preenchimento obrigatório) Titular (Dr., Eng., etc.) Nome Completo

Leia mais

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep Julho de 2009 Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep A aplicação dbgep é constituída pelos seguintes módulos: Aplicação Função Situação comercial dbgep C Contabilidade em comercialização dbgep

Leia mais

Pack Negócios Global 0 (1) 12 24 36. Pack Negócios Rede 0 (1) 12 24 36. Valor mensal por minutos (2) 0 7,95 15,30 22,41

Pack Negócios Global 0 (1) 12 24 36. Pack Negócios Rede 0 (1) 12 24 36. Valor mensal por minutos (2) 0 7,95 15,30 22,41 Tarifário individual de minutos/sms/dados com comunicações para todas as redes (Portugal ou Espanha), WiFi PT ilimitado e plafond de desconto para aquisição de equipamentos. (Sujeito a política de utilização

Leia mais

Atributos da Proposta e Preço Contratual

Atributos da Proposta e Preço Contratual Atributos da Proposta e Preço Contratual António José da Silva Coutinho, portador do cartão de cidadão nº. 08419828, com domicílio profissional na Rua Castilho, 165, 4º, 1070-050 Lisboa, na qualidade de

Leia mais

Pack Negócios Global 0 (1) 12 24 36. Pack Negócios Rede 0 (1) 12 24 36. Valor mensal por minutos (2) 0 7,95 15,30 22,41

Pack Negócios Global 0 (1) 12 24 36. Pack Negócios Rede 0 (1) 12 24 36. Valor mensal por minutos (2) 0 7,95 15,30 22,41 A sua empresa a comunicar sem limites. Chamadas de voz e SMS ilimitadas para todas as redes, desconto na aquisição de smartphones e acesso à internet no telemóvel. (1) Possibilidade de subscrever 1GB de

Leia mais

SEGURO ESPECIAL VIAGEM

SEGURO ESPECIAL VIAGEM SEGURO ESPECIAL VIAGEM Sempre que viajar, deve fazê-lo com segurança! Mesmo que não possa adquirir a sua viagem com o Cartão Unibanco, o Especial Viagem permite-lhe subscrever um seguro sem burocracias,

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre: CONTRATO DE ARRENDAMENTO, com o NUIT:,, natural de, de nacionalidade, residente na, nº, em, titular do B.I. nº, emitido em _, aos de de e válido até de de, doravante designado por Locador, E, com

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

1. Objecto e âmbito de aplicação

1. Objecto e âmbito de aplicação As presentes Condições Gerais de Contratação são acordadas entre a Lusodidacta Sociedade Portuguesa de Material Didáctico, Lda, com o número de pessoa colectiva e matrícula na Conservatória do Registo

Leia mais

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT 1. Âmbito, objecto e legitimidade de acesso 1.1. A Infosistema, Sistemas de Informação S.A. é uma consultora de sistemas de informação que gere

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Capítulo I Disposições gerais. Cláusula 1.ª Objecto

CADERNO DE ENCARGOS. Capítulo I Disposições gerais. Cláusula 1.ª Objecto CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições gerais Cláusula 1.ª Objecto 1 O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato a celebrar na sequência do procedimento pré-contratual

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA CONCURSO PÚBLICO N.º 3.09 CADERNO DE ENCARGOS (Conforme art.42º do Decreto Leinº18/2008 de 29 de Janeiro de 2008) Cláusula 1.ª Objecto 1. O presente

Leia mais

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A.

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Pessoa Coletiva nº 508 105 110 Capital Social: 1.000.000,00 CRC Chaves Matricula n.º 508 105 110 SEDE: Parque Tecnológico de Chaves Lote B4, Outeiro Seco 5400-673 Chaves

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS DESPACHO N.º 5/2010 O Regulamento Tarifário do Sector do Gás Natural (RT), com a última redacção que lhe foi dada pelo Despacho n.º 4 878/2010, publicado no

Leia mais

PRÉVOIR PPR NOVA VERSÃO INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS ANEXO À PROPOSTA PRÉVOIR PPR

PRÉVOIR PPR NOVA VERSÃO INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS ANEXO À PROPOSTA PRÉVOIR PPR Este documento apresenta-se como um resumo das Condições Gerais e Especiais do seguro Prévoir PPR e não dispensa a consulta integral das mesmas. SEGURADOR FINALIDADE SEGMENTO-ALVO CONDIÇÕES DE SUBSCRIÇÃO

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO)

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Empresa de Seguros PROSPECTO SIMPLIFICADO (Dezembro de 2009) CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Data de início de comercialização a 2 de Dezembro de 2009 Nome

Leia mais

Campanha Vodafone Tv Net Voz com fibra

Campanha Vodafone Tv Net Voz com fibra Campanha Vodafone Tv Net Voz com fibra Bem-vindo ao Vodafone Tv Net Voz. Conheça a melhor oferta de comunicações para a sua casa e as promoções que temos especialmente para si. TV Telefone Pacotes TV com

Leia mais

Caro Associado! exclusivas, foi concretizada uma parceria com a empresa HEARTPHONE COMÉRCIO DE

Caro Associado! exclusivas, foi concretizada uma parceria com a empresa HEARTPHONE COMÉRCIO DE Exmo. Sr(a) Associado(a) Castelo Branco, 1 de Julho de 2009 Caro Associado! Na continuidade do empenho desenvolvido no sentido de oferecer aos nossos associados promoções exclusivas, foi concretizada uma

Leia mais

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses 1. Proposta de Condições Comerciais 1.1 Posicionamento Proposta de condições especiais de tarifas e de

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre F.., residente em.com o número de contribuinte, [ou 1 ] F..., com sede em,, com o capital social de. euros, matriculada na Conservatória

Leia mais

CONTRATO DE GESTÃO DE CARTEIRA (S)

CONTRATO DE GESTÃO DE CARTEIRA (S) CONTRATO DE GESTÃO DE CARTEIRA (S) ENTRE ALTAVISA GESTÃO DE PATRIMÓNIOS, S.A., pessoa colectiva n.º 507 309 189, com sede em Matosinhos, na Rua Roberto Ivens, n.º 1280, 1.º andar sala 6 4450 251 Matosinhos,

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA DOS SERVIÇOS

CONDIÇÕES DE OFERTA DOS SERVIÇOS CONDIÇÕES DE OFERTA DOS SERVIÇOS TABELA DE CONTEÚDOS 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 2. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS 2.1. SERVIÇO DE TELEFONE FIXO 2.1.1. SERVIÇO DE PRÉ-SELECÇÃO DE OPERADOR DA

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM

SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM - Decreto-Lei n.º 177/99, de 21 de Maio, alterado pela Lei n.º 95/2001, de 20 de Agosto e pelo Decreto-Lei n.º 63/2009, de 10 de Março - Denominação

Leia mais

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos Certidão Permanente Manual de Procedimentos Procedimentos da Certidão Permanente On-line Sim 2. Elaborar Pedido de Subscrição 1. Autenticar apresentante / Login 1.1. Subscrição da Certidão? 4. Efectuar

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING

Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING Preçário FINANFARMA - SOCIEDADE DE FACTORING, S A SOCIEDADES DE FACTORING Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Finanfarma, S.A.,

Leia mais

1.2. Endereço Rua Áurea, 219-241: Apartado 2882: 1122-806 Lisboa

1.2. Endereço Rua Áurea, 219-241: Apartado 2882: 1122-806 Lisboa FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1.

Leia mais

Condições contratuais gerais TVCABO?

Condições contratuais gerais TVCABO? Condições contratuais gerais TVCABO? 1. OBJECTO 1.1. As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições dos Produtos

Leia mais

TERMO DE USO SERVIÇO VIVO REDES SOCIAIS USSD

TERMO DE USO SERVIÇO VIVO REDES SOCIAIS USSD TERMO DE USO SERVIÇO VIVO REDES SOCIAIS USSD As disposições abaixo regulam a utilização do serviço Vivo Redes Sociais ( Serviço ), desenvolvido pela Myriad e ofertado pela TELEFÔNICA BRASIL S/A, doravante

Leia mais

Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon

Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon dbgep/99999 Entre: -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE

BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE ANEXO III DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE III. 1 - Definições FASE DE ENTRADA Para além das previstas no artigo II.1, aplicam-se à presente convenção de subvenção as

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA PEFC

CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA PEFC CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA PEFC Aos.., dias do mês de... do ano de 200.. Entre: PRIMEIRO: CONSELHO DA FILEIRA FLORESTAL PORTUGUESA, designado por CFFP, pessoa colectiva número, com sede na Rua

Leia mais

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO Termos do Serviço 1-OBJECTO 1.1 O presente pedido de subscrição e as condições contratuais gerais da prestação de serviços pela Cloud4You, estabelecem os termos e as condições para a prestação do Serviço

Leia mais

Concurso público para a aquisição de redes remotas por links wireless para o Município do Funchal

Concurso público para a aquisição de redes remotas por links wireless para o Município do Funchal Concurso público para a aquisição de redes remotas por links wireless para o Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS - 1 - Índice Cláusula 1ª - Objecto... Cláusula 2ª - Contrato... Cláusula 3ª - Prazo...

Leia mais

BIG Alocação Condições Gerais

BIG Alocação Condições Gerais ARTIGO PRELIMINAR Entre a, e o Tomador do Seguro mencionado nas Condições Particulares é estabelecido o contrato de seguro que se regula pelas, Especiais e Particulares da Apólice, de acordo com as declarações

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO PROGRAMA DE CONCURSO Cessão de Exploração da Loja N do Centro Comercial e de Artesanato de Penela 1 ENTIDADE PROMOTORA: Município de Penela, Praça do Município 3230-253 Penela, telefone 239560120, fax

Leia mais

Newsletter. Condições especiais para FENPROF. Agosto 2010. Campanha Colaboradores

Newsletter. Condições especiais para FENPROF. Agosto 2010. Campanha Colaboradores Newsletter Agosto 2010 Campanha Colaboradores Condições especiais para FENPROF Principais Vantagens para Colaboradores A Vodafone oferece condições especiais de tarifas e de aquisição de equipamentos.

Leia mais

Regulamento do Passatempo Ganhe Vales de Desconto Toys R Us

Regulamento do Passatempo Ganhe Vales de Desconto Toys R Us Regulamento do Passatempo Ganhe Vales de Desconto Toys R Us MATUDIS Comércio de Produtos Alimentares, Lda, com sede no Lagoas Park, Edifício 5C 5º Andar, 2740-298 Porto Salvo, concelho de Oeiras, com cartão

Leia mais