PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO"

Transcrição

1 DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO Ano Letivo PERFIL DO ALUNO Perfil do aluno no final do 5.º Ano O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades e modos, com diversas formas, géneros e estilos, em compasso simples com e sem acompanhamento instrumental. O aluno toca sozinho e em grupo, peças em diferentes tonalidades e modos, em compasso simples, diferentes formas, géneros, estilos e culturas, utilizando técnicas diferenciadas de acordo com a tipologia musical, em instrumentos não convencionais e convencionais na interpretação de música instrumental ou vocal acompanhada. O aluno analisa, descreve e comenta audições de música gravada e ao vivo de acordo com os conceitos adquiridos e códigos que conhece, utilizando um vocabulário apropriado. O aluno improvisa e compõe acompanhamentos e pequenas peças musicais segundo diferentes técnicas e estilos, utilizando a voz, o corpo e instrumentos não convencionais e convencionais, individualmente e em grupo, sobre em compasso simples, aplicando elementos dinâmicos e formais. O aluno expressa ideias sonoras utilizando recursos técnico-artísticos elementares, tendo em conta diversos estímulos e/ou intenções. O aluno cria códigos para registo gráfico de criações musicais. O aluno identifica, analisa e descreve características rítmicas, melódicas, tímbricas, dinâmicas, texturais, formais e estilísticas em obras musicais de diferentes géneros, estilos e culturas. O aluno lê e escreve em notação convencional. O aluno reconhece e valoriza a música como construção social, como património e como fator de identidade social e cultural em contextos diversificados. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 1 de 8

2 1.º PERÍODO DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS N.º DE AULAS PREVISTAS INTERPRETAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIMBRE: Meio ambiente, vocal, corporal e instrumental. Instrumentos da sala de aula. Cantar controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. CRIAÇÃO E EXPERIMENTAÇÃO Identificar e nomear componentes DINÂMICA: dinâmicas F, mf, p, crescendo e diminuendo. 37 PERCEÇÃO SONORA E MUSICAL Interpretar peças instrumentais de CULTURAS MUSICAIS NOS CONTEXTOS ALTURA: Altura definida e indefinida Registos (agudo, médio e grave) A pauta musical, as claves de sol, de fá e de dó. As notas sol, dó agudo e lá. RITMO: Pulsação/tempo Figuras rítmicas: semínima e respetiva pausa. Os compassos simples. diferentes géneros e estilos, obedecendo a diferentes andamentos e dinâmicas, com mudanças súbitas e progressivas. Reconhecer e identificar diferentes tipos de instrumentos enquadrando nas respetivas famílias. Executar publicamente peças instrumentais integradas em manifestações de movimento, dança e/ou teatro. FORMA: Elementos repetitivos e contrastantes Frases musicais Repetição e contraste de secções. Sinal de repetição, Da capo, Al fine Preparar a sua participação e a do grupo para apresentação pública de peças vocais. Controlar vocalmente a organização dos elementos dinâmicos. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 2 de 8

3 Introdução. Preparar a participação individual e a do grupo para apresentação pública de peças vocais e instrumentais. Improvisar ritmos sobre compassos simples, com percussão corporal, com instrumentos não convencionais e convencionais, em coletivo e individualmente, integrando a organização do som e do silêncio na pulsação. Explorar as potencialidades expressivas da voz e de diferentes materiais sonoros. Criar símbolos gráficos não convencionais para representação de sequências e texturas sonoras vocais, corporais e instrumentais de sua autoria. Interpretar peças instrumentais para acompanhar canções. Reconhecer e interpretar a simbologia elementar do código musical convencional ocidental. Registar, com simbologia convencional, pequenas frases melódicas. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 3 de 8

4 Utilizar símbolos gráficos não convencionais para representação sonora de pequenas peças gravadas. Registar ostinatos e frases rítmicas utilizando o código musical. Identificar e valorizar os diferentes papéis da música no quotidiano. Reconhecer e nomear especificidades musicais, gravadas ou em partitura, de diferentes géneros, estilos e culturas. ESTRATÉGIAS ATIVIDADES -Audição, estudo, análise e interpretação vocal e instrumental de várias peças musicais. -Interpretação de frases rítmicas nos vários níveis corporais. -Improvisação, a solo e em grupo de ritmos e melodias a partir de instruções simples sobre compasso e estrutura rítmico-melódica. -Visualização de pequenos vídeos e powerpoints. -Jogos musicais. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 4 de 8

5 2.º PERÍODO DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS N.º DE AULAS PREVISTAS INTERPRETAÇÃO E COMUNICAÇÃO CRIAÇÃO E EXPERIMENTAÇÃO PERCEÇÃO SONORA E MUSICAL TIMBRE: Instrumentos da Orquestra sinfónica e respetivas famílias Cordas, sopros madeira, sopros metais e percussão. Identificar e nomear os andamentos. Controlar vocalmente a organização dos elementos dinâmicos e agógicos ( andamento e suas variações)durante a execução de uma peça vocal. 28 CULTURAS MUSICAIS NOS CONTEXTOS DINÂMICA: Volume sonoro: decibel Poluição sonora ALTURA: Notas sol, mi, ré e dó(grave) Escala pentatónica de dó. RITMO: Andamentos: adágio, moderato e presto. Figuras rítmicas: mínima e respetiva pausa e colcheia. Ostinato FORMA: Forma binário AB interpretar peças instrumentais para acompanhar canções. Identificar e nomear componentes dinâmicas (crescendo, diminuendo, forte, mezzo-forte, piano) Reconhecer características musicais que permitem a integração de diferentes músicas tradicionais nos contextos socioculturais respetivos. Improvisar melodias, utilizando a voz e instrumentos convencionais, sobre a escala pentatónica trabalhando linhas sonoras. Utilizar/criar símbolos gráficos não convencionais para representação sonora de pequenas peças gravadas. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 5 de 8

6 Forma ternária ABA Identificar e caracterizar diferentes tipos de instrumentos musicais, enquadrando-os nas respetivas famílias. Identificar a estrutura formal de uma peça musical, tanto referente à microestrutura (elementos repetitivos, imitação, motivo, frase) como à macroestrutura. Reconhecer características musicais que permitem a integração de diferentes músicas tradicionais nos contextos socioculturais respetivos ESTRATÉGIAS ATIVIDADES -Audição, estudo, análise e interpretação vocal e instrumental de várias peças musicais. -Interpretação de frases rítmicas nos vários níveis corporais. -Realização de ditados melódicos e rítmicos. -Improvisação, a solo e em grupo de ritmos e melodias a partir de instruções simples sobre compasso e estrutura rítmico-melódica. -Visualização de pequenos vídeos e powerpoints. -Trabalho de pesquisa sobre a música tradicional portuguesa. -Apresentação dos trabalhos de grupo/auto e heteroavaliação dos mesmos. -Jogos musicais. Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 6 de 8

7

8 FORMA: Forma rondó ESTRATÉGIAS ATIVIDADES - Audição, estudo, análise e interpretação vocal e instrumental de várias peças musicais. - Audição, estudo e interpretação de diversos esquemas rítmicos com instrumental orff. - Realização de ditados melódicos e rítmicos. - Interpretação de frases rítmicas nos vários níveis corporais. - Visualização de pequenos vídeos e powerpoints. - Jogos musicais. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Fichas de avaliação/trabalho de grupo Grelhas de observação direta do trabalho realizado Grelhas de observação de atitudes e valores Caderno diário Telefone: Fax: Telefone: Fax: Página 8 de 8

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical 1º Ano Sons do meio ambiente e da natureza / silêncio Sons do corpo (níveis corporais) Sons naturais e artificiais Sons fortes e fracos Sons pianos (p), médios (mf)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 16 outubro de 2012 ) No caso específico da disciplina de E. Musical, do 5ºano de escolaridade, a avaliação incidirá ainda ao nível

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES O aluno canta controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. O

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2013/2014

Leia mais

Departamento de Expressões. Planificação Anual de Educação Musical 2015/2016. 5º Ano

Departamento de Expressões. Planificação Anual de Educação Musical 2015/2016. 5º Ano Departamento de Expressões Planificação Anual de Educação Musical 2015/2016 5º Ano 1º PERÍODO Conceitos Conteúdos Objetivos Meio ambiente, vocal, corporal e Instrumentos de percussão: família das peles,

Leia mais

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons;

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons; DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA Educação Musical _ º ANO _ A Ano Letivo: 0/0. Introdução / Finalidades O processo de ensino e aprendizagem da educação musical consiste na interação de um conjunto

Leia mais

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e Planificação 2014/2015 6º ano Educação Musical Núcleos organizadores Interpretação e Comunicação Metas de aprendizagem O aluno decide sobre a aplicação de elementos de dinâmica e agógica na interpretação

Leia mais

Princípios do programa de Expressão Musical

Princípios do programa de Expressão Musical Princípios do programa de Expressão Musical Voz: Dizer, entoar e cantar rimas e lengalengas; cantar canções; experimentar sons vocais. Corpo: Experimentar percussão corporal; acompanhar canções e gravações

Leia mais

Educação Musical Prova 12 2015

Educação Musical Prova 12 2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Musical Prova 12 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 6º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

FORMAÇÃO MUSICAL E MÚSICA NAS AEC Formação musical suposta para cada ano do 1º ciclo. Cursos de Formação de Professores

FORMAÇÃO MUSICAL E MÚSICA NAS AEC Formação musical suposta para cada ano do 1º ciclo. Cursos de Formação de Professores FORMAÇÃO MUSICAL E MÚSICA NAS AEC Formação musical suposta para cada ano do 1º ciclo Cursos de Formação de Professores António José Ferreira 08/03/2008 Com a acção Formação Musical e Música no 1º Ciclo

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio. Critérios de Avaliação Educação Musical 2º ciclo Ano letivo 20015 2016

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio. Critérios de Avaliação Educação Musical 2º ciclo Ano letivo 20015 2016 Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Critérios de Avaliação Educação Musical 2º ciclo Ano letivo 20015 2016 -Saber/saber fazer- Ponderação: 85% 5º Ano de escolaridade - Interpretação: Cantar,

Leia mais

Índice 2.1. 2.2. 2.3. 2.4.

Índice 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. Índice 1. Introdução... p.2 2. Orientações programáticas do 1º Ciclo do Ensino Básico... p.4 2.1. Finalidades... p.4 2.2. Princípios Orientadores... p.4 2.3. Propostas de operacionalização curricular...

Leia mais

Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo)

Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo) Metas de Aprendizagem: Educação Musical (2º Ciclo) Domínio: Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação Subdomínio: Interpretação e Comunicação Meta Final 1) O aluno canta a solo e em grupo,

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO MUSICAL Prova Escrita Abril de 2015 Prova nº 12 2015 ---------------------------------------------------------------------------------------- 2º Ciclo

Leia mais

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA Metodologia da Educação Musical Profª Viviane Beineke PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL - exemplo de planejamento para a 2ª

Leia mais

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Projeto Educ arte Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual 1.º PERÍODO Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Introdução à música: Saber distinguir ritmo de - Ritmo, melodia; melodia, perceber a

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016)

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016) Escola EB1 João de Deus COD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD. 346 779 Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens Ana Estevens, nº 120138001 Trabalho realizado na Unidade Curricular de Processos de Experimentação

Leia mais

ENSINO DO INGLÊS - 1.º ANO

ENSINO DO INGLÊS - 1.º ANO ENSINO DO INGLÊS - 1.º ANO Listening Ser capaz de reconhecer a língua inglesa. Ser capaz de reconhecer novas sonoridades. Ser capaz de identificar o vocábulo. Ser capaz de identificar expressões curtas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS 1 NOTA INTRODUTÓRIA Programa Música - AEC (1º e 2º Ano - 1º CEB) (Adaptação do Programa do 1º Ciclo Plano da Meloteca) No âmbito da Expressão e Educação Musical, ao abrigo do Despacho n.º 9265-B/2013,

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Inscrição. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Inscrição. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA Nome do Candidato Inscrição Sala Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR INFORMÁTICA - 1º ANO (pontos básicos de aprendizagem) Operações / constituição das janelas. Escrever as primeiras palavras (funções do teclado) Pintar / desenhar / jogar para treino dos movimentos com

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes R E S O L U Ç Ã O N.º 090/2009 CI / CCH CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, neste Centro, no dia 10/12/2009. João Carlos Zanin, Secretário Aprova o projeto pedagógico

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova Final de Ciclo de Prova Escrita e prática Educação Musical 2º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO) Ano Lectivo 201 / 2016 1 INTRODUÇÃO A prática do canto constitui a base da expressão e educação musical no 1º ciclo. É uma atividade de síntese na

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL

ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL 2011/2012 5º ANO Timbre: a qualidade do som que permite identificar a sua fonte. Figuras rítmicas: sinais musicais que indicam a duração

Leia mais

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS Sessão n.º 1 1- Apresentação do projeto: objectivos e finalidades; 2- Apresentação dos objetivos e finalidades; 3- Música Timorense (He-le-le);

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2016/2017

Leia mais

CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular. Cursos de Formação Contínua de Professores

CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular. Cursos de Formação Contínua de Professores CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular Cursos de Formação Contínua de Professores Meloteca 02/07/2008 1º ANO DE ESCOLARIDADE VOZ Desenvolver os aspectos essenciais

Leia mais

Ano letivo de Currículo da Disciplina de Educação Musical 5º Ano I UNIDADE

Ano letivo de Currículo da Disciplina de Educação Musical 5º Ano I UNIDADE Ano letivo de 2012-2013 Currículo da Disciplina de Educação Musical 5º Ano I UNIDADE - Ensaiar e apresentar publicamente interpretações individuais e em grupo de peças musicais em géneros e formas contrastantes

Leia mais

O Bosque - Jardim-Escola PROJETO EDUCATIVO 2013-2016. Projeto Educativo 2013/2016 Despertar para a Arte 0

O Bosque - Jardim-Escola PROJETO EDUCATIVO 2013-2016. Projeto Educativo 2013/2016 Despertar para a Arte 0 PROJETO EDUCATIVO 2013-2016 Despertar para a Arte Projeto Educativo 2013/2016 Despertar para a Arte 0 Índice Índice... 1 Introdução... 2 I - Definição do Contexto Educativo... 4 1.1- Caracterização do

Leia mais

TEMAS e QUANTIDADE DE AULAS. 1. Conceitos de Música - 6 aulas. 2. Criação de Canção - 6 aulas. 3. Pedal e Ostinato - 6 aulas

TEMAS e QUANTIDADE DE AULAS. 1. Conceitos de Música - 6 aulas. 2. Criação de Canção - 6 aulas. 3. Pedal e Ostinato - 6 aulas RELAÇÃO DE AULAS PUBLICADAS NO PORTAL DO PROFESSOR - MEC http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html Colégio de Aplicação da UFRJ Equipe de Música Período: outubro, novembro e dezembro de 2009; maio,

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código EDUCAÇÃO MUSICAL:

AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código EDUCAÇÃO MUSICAL: EDUCAÇÃO MUSICAL: A Música é uma forma do conhecimento cuja linguagem é o som. A experiência musical viva e criativa é a base de todas as aprendizagens. As vivências e os pensamentos musicais dos alunos

Leia mais

Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano

Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Anual EDUCAÇÃO MUSICAL Ano Letivo 2012/2013 2º Ciclo 5º Ano Unidade Didática/Tema* Conceitos/Conteúdos Organizadores/Competências Específicas

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO ATINGIR NO FINAL DE CICLO O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos

TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos a Podem encontrar-se exemplos dos testes em Modelos de Testes Auditivos, publicados em dois livros, um para os Níveis 1 5 e outro para os

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL 6.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO ATINGIR NO FINAL DE CICLO O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO Critérios de Avaliação, 1º Ciclo - Ano Letivo 2014-15 Página 1 de 10 1. Domínios de avaliação: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º

Leia mais

Departamento de Expressões. Planificação Anual de Educação Musical 2015/2016. 6º Ano

Departamento de Expressões. Planificação Anual de Educação Musical 2015/2016. 6º Ano Departamento de Expressões Planificação Anual de Educação Musical 201/2016 6º Ano 1 1. PERÍODO ( ) REVISÃO DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DO. ANO Harmonia Tímbrica Realce Tímbrico Cordofones Identificar e

Leia mais

Marcos de Aprendizagem Música. Eixo Competência Conteúdos Habilidades

Marcos de Aprendizagem Música. Eixo Competência Conteúdos Habilidades Apreciação e Percepção Musical Alcance progressivo do desenvolvimento auditivo musical, rítmico, melódico, harmônico e tímbrico e a memória musical nos processos de apreciação e percepção. Som e suas propriedades

Leia mais

FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA

FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA Curso: ( ) Licenciatura ( ) Canto ( ) Instrumento ( ) Regência ( ) Composição

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR. Áreas Critérios de avaliação Instrumentos de avaliação

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR. Áreas Critérios de avaliação Instrumentos de avaliação EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Áreas Critérios de avaliação Instrumentos de avaliação Área de Formação Pessoal e social Revelar autonomia na higiene e alimentação. Demonstrar controlo de emoções, reações e atitudes.

Leia mais

A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D E O L I V E I R I N H A ( ) E S C O L A B Á S I C A D E O L I V E I R I N H A ( )

A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D E O L I V E I R I N H A ( ) E S C O L A B Á S I C A D E O L I V E I R I N H A ( ) P R O G R A M A Ç Ã O C U R R I C U L A R DO 5 0 A N O COMPETÊNCIAS GERAIS ORG. APRENDIZAGEM COMP. ESPECÍFICAS DE EDUCAÇÃO MUSICAL SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM -Mobilizar saberes culturais, científicos e

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016 Critérios de Avaliação da Educação Pré-Escolar Página 1 Introdução O princípio consensualmente partilhado de que a avaliação é um elemento integrante e regulador

Leia mais

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo.

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo. CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU MÓDULO 1: ELEMENTOS DA MÚSICA PROF. DARCY ALCANTARA (UFES) CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU DOMINGO - MANHÃ REVISÃO DOS CONCEITOS DE MÚSICA, RITMO E MELODIA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ e CICLOS D. JOÃO V 5º Ano Turma 1 PERÍODO MATÉRIAS / CONTEÚDOS AULAS PREVISTAS Ritmo: Pulsação; Som e silêncio organizados com a pulsação (semínima e pausa); Altura: Registo agudo,

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS UNIDADE 1 Compasso binário, ternário e quaternário Figuras rítmicas Notas na pauta e na flauta Organização da música Cânone Elementos expressivos da música Dinâmica Andamento

Leia mais

Projeto de Música Pop e Rock

Projeto de Música Pop e Rock Projeto de Música Pop e Rock Docentes: Ângelo Cunha Paulo Bispo Teresa Laranjeira Externato Marista de Lisboa Introdução A Música é única para os seres humanos e como as outras artes, é tão básico como

Leia mais

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE GRUPO: 7 PERÍODO: / à / ÁREA DO CONHECIMENTO: Música CARGA HORÁRIA: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PLANO DA I UNIDADE - Conhecer e criar novas melodias. - Desenvolver

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Unidades Conteúdos Competências Actividades Recursos/Materiais Unidade 1 Unidade 2 Primeira Abordagem lúdica de Sensibilização e exploração do

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO EANES LOBATO Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar Departamento Educação Pré Escolar Ano letivo 2013/2014 A avaliação do processo permite reconhecer a pertinência e sentido

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO MUSICAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ANO 2016/2017 Metas Conceitos Conteúdos Objetivos Avaliação

Leia mais

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário).

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário). CURSOS DE MÚSICA DO SESC (2º Semestre) MODALIDADE INICIANTE 1) VIOLÃO POPULAR Este curso está direcionado ao estudo da música popular com acompanhamento harmônico. Serão praticadas canções do repertório

Leia mais

Escola de Artes SAMP. Matriz de Prova Final de Avaliação de Flauta Transversal 1º Grau

Escola de Artes SAMP. Matriz de Prova Final de Avaliação de Flauta Transversal 1º Grau Matriz de Prova Final de Avaliação de Flauta Transversal 1º Grau Duas das seguintes escalas numa oitava (mínimo): - Fá M - Sol M - Sib M - Ré M - Dó M Um estudo de entre os métodos propostos para o nível

Leia mais

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Rede Salesiana de Escolas. Entusiasmo diante da vida. PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Escola: Nossa Senhora Auxiliadora Níveis de Ensino: Fundamental II Coordenação Pedagógica: Maria das Graças L. N. Ferreira

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA LOCAL-SALA-SEQ INSCRIÇÃO NOME Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves

Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves 5º e 6º ano Professor Hugo Costa 2009/2010 A Cappella música vocal sem acompanhamento de instrumentos musicais. Accelerando - Aumento gradual do andamento de uma parte

Leia mais

SeAC Serviço de Arte e Cultura

SeAC Serviço de Arte e Cultura SeAC Serviço de Arte e Cultura Atividades Curriculares Optativas Música. Canto. Teatro. Dança. Arte. Cultura A pedagogia proposta pelo SeAC se fundamenta na concepção de Ateliê, em que o educando tem um

Leia mais

Ensino em Grupo de Instrumento Musical na Educação Básica

Ensino em Grupo de Instrumento Musical na Educação Básica Ensino em Grupo de Instrumento Musical na Educação Básica Alessandra Nunes de Castro Silva, SEDUC/GO, alessandrancs@hotmail.com Resumo: O presente artigo trata-se de um relato de experiência a respeito

Leia mais

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Opção de Dança Aulas Previstas 7º ano (50 minutos) 1ºP - 14 2ºP - 13 3ºP - 7 8º ano (50+50) 1ºP - 27 2ºP - 26 3ºP - 14 Os grandes

Leia mais

Desenvolvimento da capacidade de expressão e comunicação - Interpretação e comunicação

Desenvolvimento da capacidade de expressão e comunicação - Interpretação e comunicação Educação Musical º ANO C Ano Letivo: 0/0. Introdução / Finalidades A música enquanto disciplina tem como um dos objetivos fundamentais o desenvolvimento do pensamento musical dos alunos, através da compreensão

Leia mais

Programação de 5º ano 2011 12

Programação de 5º ano 2011 12 Programação de 5º ano 2011 12 Esta programação está organizada com base nos conteúdos a desenvolver ao longo do 5º ano de escolaridade. E é através das situações educativas descritas que se torna possível

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA OBJETIVOS GERAIS Explorar e identificar elementos da música para se expressar e interagir com outros; Interpretar músicas

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO CRITÉRIOS DE AVALIACÃO Educação Visual 5º Ano Educação Visual 6º Ano Educação Tecnológica 5º Ano Educação Tecnológica 6º Ano ANO ESCOLAR 2015 / 2016 Ano letivo de 2015 / 2016 INTRODUÇÃO Sendo a avaliação

Leia mais

Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015. Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Departamento do Pré Escolar 1

Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015. Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Departamento do Pré Escolar 1 Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015 Departamento do Pré Escolar 1 Introdução O princípio consensualmente partilhado de que a avaliação é um elemento integrante e regulador da prática

Leia mais

RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Educação. Orientações Curriculares: Música. Rio de Janeiro, 2013.

RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Educação. Orientações Curriculares: Música. Rio de Janeiro, 2013. EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS COORDENADORIA

Leia mais

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO: ELEMENTOS DA MÚSICA. I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal):

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO: ELEMENTOS DA MÚSICA. I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal): ELEMENTOS DA MÚSICA I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal): 1. O tipo de compasso é... 2. A figura de ritmo de maior duração nesta música chama se... 3. Discrimine

Leia mais

OBJECTIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO GERAL

OBJECTIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO GERAL INTRUDUÇÃO O homem constitui um todo harmonioso. Esta harmonia deve ser estimulada logo desde a primeira infância. A educação da criança deve decorrer num ambiente que lhe proporcione a alegria. Uma das

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 8.º ANO DE EDUCAÇÃO VISUAL 8.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: analisar o fenómeno de decomposição da cor; interpretar e distinguir contributos de teóricos da luz-cor; identificar

Leia mais

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL]

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] 2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] Plano Anual de Expressão Musical Ano Letivo 2012/2013 Introdução: Esta atividade pretende que os alunos fortaleçam o gosto natural pela expressão musical

Leia mais

Planificação das sessões de implementação do projeto educativo

Planificação das sessões de implementação do projeto educativo Planificação das sessões de implementação do projeto educativo Sessão nº 1 (2 de outubro de 2013) - Conhecer o projeto que será implementado ao longo do primeiro período; - Compreender os conceitos de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I BEJA ANO LETIVO DE 2011-2012 DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS Disciplina de Português Critérios de Avaliação A avaliação é uma componente essencial do processo de ensino-aprendizagem

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 3ª ETAPA / 2014 MATERNAL III Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Vocês estão recebendo a programação da 3ª Etapa de 2014. Este material serve

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Formação Musical - 2º Ciclo Contínua COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Leitura - Ler frases rítmicas em diferentes unidades de tempo e compassos; - Entoar afinadamente, melodias nos modos

Leia mais

DA CAPO Método Elementar Para o Ensino Coletivo ou Individual de Instrumentos de Banda

DA CAPO Método Elementar Para o Ensino Coletivo ou Individual de Instrumentos de Banda Tuba em Mi Bemol DA CAPO Método Elementar Para o Ensino Coletivo ou Individual de Instrumentos de Banda Joel Barbosa Barbosa, Joel Luís da Silva, 1964 B198 Da Capo - Método elementar para o ensino coletivo

Leia mais

Trabalho para Comunicação Categoria: Relato de experiência

Trabalho para Comunicação Categoria: Relato de experiência AULA EM GRUPO: TOCANDO E CANTANDO EM UM CORAL INFANTO-JUVENIL Shirley Cristina Gonçalves profshirleymusica@yahoo.com.br Universidade Federal de Uberlândia Departamento de Música e Artes Cênicas Trabalho

Leia mais

Didática musical, materiais didático-musicais e dinâmicas específicas no ensino de música para alunos com deficiência visual

Didática musical, materiais didático-musicais e dinâmicas específicas no ensino de música para alunos com deficiência visual Didática musical, materiais didático-musicais e dinâmicas específicas no ensino de música para alunos com deficiência visual Raphael Ota raphael_ota_@hotmail.com Rafael Moreira Vanazzi de Souza rafaelvanazzi@hotmail.com

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO MUSICAL / Ano Letivo 2013/2014 EDUCAÇÃO MUSICAL Ano Letivo 2013-2014 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Página 1 de 12 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO MUSICAL Competências Gerais do Ensino Básico 1 Mobilizar

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2014/2015. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2014/2015. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos Escola Básica dos 2º e s do Estreito de Câmara de Lobos N.º do Código do Estabelecimento de Ensino 3102-202 N.º de Telefone: 291945614/15 Fax: 291947271 Grupos Disciplinares Áreas Curriculares Disciplinares

Leia mais

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento INTRODUÇÃO Educadores musicais têm manifestado sua preocupação com a observância da Lei nº 11769, que é a lei de inclusão da música no currículo das

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS 1. Critérios Gerais de Avaliação para o Segundo Ciclo Domínios Conhecimentos e capacidades Atitudes 80% % - Utilização de conceitos e vocabulários específicos que

Leia mais

HISTÓRICO DA NOTAÇÃO MUSICAL (DA ANTIGUIDADE ATÉ OS DIAS ATUAIS)

HISTÓRICO DA NOTAÇÃO MUSICAL (DA ANTIGUIDADE ATÉ OS DIAS ATUAIS) HISTÓRICO DA NOTAÇÃO MUSICAL (DA ANTIGUIDADE ATÉ OS DIAS ATUAIS) Faremos a seguir, um pequeno histórico da notação musical desde os seus primeiros registros até os dias atuais, para que se compreenda a

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Critérios de Avaliação Avaliação na Educação Pré-Escolar Princípios Orientadores De acordo com as recomendações da DGIDC, a avaliação é um elemento integrante e regulador

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

Planificação Anual/Trimestral - Educação Musical - 6.º Ano

Planificação Anual/Trimestral - Educação Musical - 6.º Ano Timbre: Harmonia tímbrica e realce tímbrico. Instrumentos tradicionais do Mundo. Dinâmica: Legato e staccato. Músicas do Mundo. Altura: Simultaneidade de melodias. Polifonia. Ritmo: Monorritmia e Polirritmia.

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano

PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 6.º Ano Disciplina de Educação Musical METAS DE APRENDIZAGEM Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES

Leia mais

METODOLOGIA DE ANÁLISE

METODOLOGIA DE ANÁLISE METODOLOGIA DE ANÁLISE DE OBRAS DE TEATRO / MÚSICA MARIA JOÃO SERRÃO [ ] Título Metodologia de Análise de Obras de Teatro / Música Autor Maria João Serrão Editor Escola Superior de Teatro e Cinema Sebentas

Leia mais

A PRÁTICA DA CRIAÇÃO E A APRECIAÇÃO MUSICAL COM ADULTOS: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA. Bernadete Zagonel

A PRÁTICA DA CRIAÇÃO E A APRECIAÇÃO MUSICAL COM ADULTOS: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA. Bernadete Zagonel Artigo publicado em: Anais do VI Encontro da ABEM, Recife, 1998. A PRÁTICA DA CRIAÇÃO E A APRECIAÇÃO MUSICAL COM ADULTOS: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA. Bernadete Zagonel Durante alguns anos ministrei as disciplinas

Leia mais

Metas de Aprendizagem Educação Pré-escolar. Isabel Moreira

Metas de Aprendizagem Educação Pré-escolar. Isabel Moreira Metas de Aprendizagem Educação Pré-escolar - 2 - Índice Apresentação...- 4 - As Metas na Educação Pré-Escolar...- 4 - Organização e Estrutura das Metas...- 4 - Notas finais...- 6 - Educação Pré-Escolar

Leia mais

Grupo de Educação Especial

Grupo de Educação Especial Grupo de Educação Especial Critérios Gerais de Avaliação 2015/2016 De acordo com o Despacho normativo n.º 24-A/2012, artigo 8.º (ponto 10): 10 A informação resultante da avaliação sumativa dos alunos do

Leia mais

Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades. Metas de Aprendizagem

Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades. Metas de Aprendizagem Ano Letivo - 2012/201 Conteúdos Objetivos Curriculares Metas de Aprendizagem Sugestões Metodológicas: Estratégias/Atividades Avaliação Calendarização Dinâmica Forma Ficheiro 1 Reconhece diferentes timbres,

Leia mais

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch? Escalas - I Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?v=ek0phekndbu Sumário Introdução Escalas Musicais...0 Escala Pentatônica Menor Histórico

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 31/93 CONSUNI e Resolução nº 374/2005 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 1495/2000

Leia mais

As Notas Musicais. O processo moderno utiliza códigos quando se refere a cada uma das notas. Este código é chamado de CIFRA.

As Notas Musicais. O processo moderno utiliza códigos quando se refere a cada uma das notas. Este código é chamado de CIFRA. Para focalizar a mente façamos um ditado.omplete. As Notas Musicais São aqueles 7 nomes que todo mundo já ouviu falar (Dó, Ré Mi, Fá, Sol, Lá e Si) mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, existem

Leia mais

Marcelo Morales Torcato (Marcelo Torca) Curso de Música. 1ª. Edição. Paulicéia Marcelo Morales Torcato 2008. Curso de Música 1

Marcelo Morales Torcato (Marcelo Torca) Curso de Música. 1ª. Edição. Paulicéia Marcelo Morales Torcato 2008. Curso de Música 1 Marcelo Morales Torcato (Marcelo Torca) Curso de Música 1ª. Edição Paulicéia Marcelo Morales Torcato 2008 Curso de Música 1 ISBN Curso de Música 2 Índice. As Noras Si, Dó e Ré para Baixo pág. 15 As Noras

Leia mais