Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário).

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário)."

Transcrição

1 CURSOS DE MÚSICA DO SESC (2º Semestre) MODALIDADE INICIANTE 1) VIOLÃO POPULAR Este curso está direcionado ao estudo da música popular com acompanhamento harmônico. Serão praticadas canções do repertório da MPB assim como também a introdução ao estudo da leitura e da escritura musical desenvolvendo a compreensão da música escrita. Conhecimento da estrutura do violão; mãos; cifras; diagramas de acordes; técnica da mão direita; localização das notas no braço; leitura de notas sem ritmo. Luiz Martins Um dia de 01 hora e trinta de técnica instrumental. Total: 02 horas e 30 minutos semanais Form 001/02 Página 1 de 6

2 Sala de música do SESC Centro (Turmas de até 06 alunos). 2) VIOLÃO ERUDITO O curso tem como objetivo desenvolver a leitura e habilidade técnica do aluno a um nível de formação iniciante trabalhando através do estudo para violão solo. Postação do instrumento; estudo sobre a mão direita; combinação das duas mãos; conhecimento das notas até duas oitavas; estudo de acordes usando somente a mão direita; pequenos estudos melódicos; primeiras peças Luiz Martins Um dia de 01 hora e trinta de técnica instrumental. Total: 02 horas e 30 minutos semanais Sala de música do SESC Centro (Turmas de até 06 alunos). Form 001/02 Página 2 de 6

3 2) PIANO O curso de piano tem como objetivo vivenciar o instrumento através da prática de leitura de exercícios técnicos e músicas, apreciação de vídeos e músicas nos estilos erudito e popular, desenvolvendo progressivamente as habilidades Postura ao piano, posição das mãos ao piano, conceito de sonoridade, escalas maiores ascendentes e descendentes, acordes, arpejos, noção de escalas menores harmônicas, fraseado, flexibilidade, estudos e peças musicais. R$ 27,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 43,00 (usuário). OBSERVAÇÃO: Esses são valores para formato dupla. Janeo Amorim Um dia de 01 hora de técnica musical. Total: 02 horas semanais Sala de música do SESC Centro (Individual ou Dupla). Form 001/02 Página 3 de 6

4 3) TÉCNICA VOCAL Introdução a fisiologia da voz, exercícios para relaxamento, exercícios para alongamento e aquecimento do trato vocal, exercícios respiratórios, vocalizes, repertório de aplicação. Jackson Ferr Um dia de 01 hora e trinta de técnica instrumental. Total: 02 horas e 30 minutos semanais A partir de 16 anos de idade. Sala de música do SESC Centro. Form 001/02 Página 4 de 6

5 MODALIDADE PRÁTICA DE CONJUNTO 1) PRÁTICA DE CONJUNTO Nesta modalidade o aluno participa de grupos musicais mistos, vivenciando através de ensaios sistemáticos e da apreciação musical a prática de fazer música. Pretende, também, resgatar, apreciar e divulgar a música brasileira por meio da seleção de uma temática voltada para esse fim. O produto final destas ações resulta na realização de apresentações musicais didáticas no Teatro SESC Jofre Soares com a participação dos alunos e professores envolvidos. Biografia e estudo da temática proposta; Analise do repertório; Leitura Rítmica ; Solfejo ; Técnicas de leitura e de estudo; Fundamentos da técnica e interpretação; Estudo dos aspectos melódicos focalizando a tonalidade (graus conjuntos); Estudo dos aspectos rítmicos em compassos simples (binários, ternários e quaternários); Apreciação de timbres de instrumentos individuais; Estudo dos aspectos harmônicos envolvendo a identificação de tríades maiores, menores e suas inversões, e encadeamentos de I, IV e V graus. Audições comentadas; Audição e realização de obras vocais de estilos, épocas e autores diversos; A prática da música vocal; Aplicação de técnicas específicas para o uso da voz cantada; Estudo e desenvolvimento da qualidade sonora, equilíbrio entre as partes, e afinação em grupos vocais. A consciência do corpo, fundamentos de aptidão física relacionada à saúde; aprimoramento da interpretação; recital. Conjuntos: Grupos Vocais Prática de Piano Prática de Violão Form 001/02 Página 5 de 6

6 Equipe Professores: Regência e Violão - Luiz Martins Preparação Vocal - José Wagner Piano - Janeo Amorim De 08 de agosto a 16 de dezembro de Um dia de 02 horas de prática em conjunto. Outro dia de 01 hora de técnica instrumental. Total: 03 horas semanais 05 meses. Sala de música do SESC Centro Form 001/02 Página 6 de 6

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário).

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário). CURSOS DE MÚSICA DO SESC (2º Semestre) MODALIDADE INICIANTE 1) VIOLÃO POPULAR Este curso está direcionado ao estudo da música popular com acompanhamento harmônico. Serão praticadas canções do repertório

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES O aluno canta controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. O

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA LOCAL-SALA-SEQ INSCRIÇÃO NOME Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2013/2014

Leia mais

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO OBJECTIVOS GERAIS Desenvolver competências técnicas e artísticas através do estudo de um repertório diversificado. Trabalhar a compreensão do texto musical de modo a favorecer

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre 2017.2 APRECIAÇÃO MUSICAL OFICINA DE APRECIAÇÃO MUSICAL - A PARTIR DE 18 ANOS Análise de literatura musical e análise de instrumentos (seus timbres,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO Perfil do aluno no final do 5.º Ano O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 6º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Ano letivo 2014/15. Clube de Música

Ano letivo 2014/15. Clube de Música Ano letivo 2014/15 Clube de Música O Clube de Música 1 - Introdução A música tem uma importância relevante no desenvolvimento das capacidades e das competências ligadas à compreensão e manipulação dos

Leia mais

INSTITUTO GREGORIANO DE LISBOA CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS

INSTITUTO GREGORIANO DE LISBOA CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS CURSO BÁSICO Desenvolver competências técnicas e artísticas através do estudo de um repertório diversificado. Trabalhar a compreensão do texto

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES TEMA 1: DURAÇÃO

MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES TEMA 1: DURAÇÃO MATRIZ CURRICULAR EXPERIMENTAL PARA O ENSINO DE MÚSICA DE 1ª. A 4ª. SÉRIES CECÍLIA CAVALIERI FRANÇA TEMA 1: DURAÇÃO Tópico 1: Curto e longo Diferenciar entre sons curtos e longos, não proporcionais e proporcionais.

Leia mais

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE GRUPO: 7 PERÍODO: / à / ÁREA DO CONHECIMENTO: Música CARGA HORÁRIA: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PLANO DA I UNIDADE - Conhecer e criar novas melodias. - Desenvolver

Leia mais

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br Curso de Capacitação em Música para Professores do Ensino Médio, Fundamental 03 horas / semanais e Musicalização Infantil ( com base no PCN Artes ) VAGAS LIMITADAS FAÇA SUA PRÉ-RESERVA 10 meses ( inicio

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes R E S O L U Ç Ã O N.º 090/2009 CI / CCH CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, neste Centro, no dia 10/12/2009. João Carlos Zanin, Secretário Aprova o projeto pedagógico

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 31/93 CONSUNI e Resolução nº 374/2005 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 1495/2000

Leia mais

Violão Clássico. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos!

Violão Clássico. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Violão Clássico Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01 DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 02/2014

EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01 DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 02/2014 EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01 DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 02/2014 O Prefeito em Exercício do Município de Lucas do Rio Verde e a Presidente da Comissão Examinadora do Processo

Leia mais

APRENDA MÚSICA Vol I 1. As notas musicais no endecagrama

APRENDA MÚSICA Vol I 1. As notas musicais no endecagrama APRENDA MÚSICA Vol I 1. As notas musicais no endecagrama Devido à grande extensão do teclado e conseqüentemente um grande número de notas, localizadas em diferentes oitavas, precisamos de dois pentagramas.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 16 outubro de 2012 ) No caso específico da disciplina de E. Musical, do 5ºano de escolaridade, a avaliação incidirá ainda ao nível

Leia mais

APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA

APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA Luiz Rafael Moretto Giorgetti Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP (Ex-aluno) e-mail: rafael_giorgetti@hotmail.com

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e Planificação 2014/2015 6º ano Educação Musical Núcleos organizadores Interpretação e Comunicação Metas de aprendizagem O aluno decide sobre a aplicação de elementos de dinâmica e agógica na interpretação

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II Músicas infantis. Danças, músicas e personagens folclóricos. Conhecer textos e melodias folclóricos; Entoar músicas do folclore brasileiro; Dançar músicas folclóricas; Imitar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 57/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso Superior em Regência de Bandas

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA DESCRIÇÃO Número de Fases: 08 Número de disciplinas obrigatórias: 38 Número de créditos obrigatórios: 152 Carga horária total das disciplinas obrigatórias: 2.280 horas Mínimo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens Ana Estevens, nº 120138001 Trabalho realizado na Unidade Curricular de Processos de Experimentação

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS

CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS INSCRIÇÕES PARA 2015 CAMPINAS / SP Apresentação, histórico e objetivo No ano de 2007, procurando atender à necessidade de formação

Leia mais

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical 1º Ano Sons do meio ambiente e da natureza / silêncio Sons do corpo (níveis corporais) Sons naturais e artificiais Sons fortes e fracos Sons pianos (p), médios (mf)

Leia mais

Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló. 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15)

Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló. 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15) Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15) 1.ª FASE Motivação e Organização geral 15/09 (sala de aula) Musicais Reconhecer a musica como

Leia mais

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS Sessão n.º 1 1- Apresentação do projeto: objectivos e finalidades; 2- Apresentação dos objetivos e finalidades; 3- Música Timorense (He-le-le);

Leia mais

ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7

ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7 ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7 1. ADMISSÕES/AFERIÇÕES I. CURSO BÁSICO DE MÚSICA A. 1.º ANO DE ESCOLARIDADE / PREPARATÓRIO I Alunos

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Inscrição. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Inscrição. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2014 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA Nome do Candidato Inscrição Sala Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL]

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] 2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] Plano Anual de Expressão Musical Ano Letivo 2012/2013 Introdução: Esta atividade pretende que os alunos fortaleçam o gosto natural pela expressão musical

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS 1 NOTA INTRODUTÓRIA Programa Música - AEC (1º e 2º Ano - 1º CEB) (Adaptação do Programa do 1º Ciclo Plano da Meloteca) No âmbito da Expressão e Educação Musical, ao abrigo do Despacho n.º 9265-B/2013,

Leia mais

BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO

BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO O curso de Composição Musical, no Departamento de Música da ECA/USP, é desenvolvido ao longo de seis anos. É um curso que procura ser abrangente o bastante

Leia mais

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC.

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC. 1 O ensino de música extracurricular na Escola Técnica Federal em Florianópolis/SC: relato de experiência sobre uma oficina de improvisação musical realizada Maycon José de Souza 1 Universidade do Estado

Leia mais

TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO

TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO TEMAS PARA BANCAS DE PSS ÁREA DE MÚSICA TODOS OS PROFESSORES DEVERÃO APRESENTAR O PLANO DE AULA PROCESSO SELETIVO Componente Curricular OBOÉ FAGOTE FLAUTA TRANSVERSAL Temas respiração, aplicados ao ensino

Leia mais

EDITAL 04/2015 ADMISSÃO AO CURSO PREPARATÓRIO PARA O MÓDULO 3 DO CURSO FORMAÇÃO MUSICAL

EDITAL 04/2015 ADMISSÃO AO CURSO PREPARATÓRIO PARA O MÓDULO 3 DO CURSO FORMAÇÃO MUSICAL GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA FUNDAÇÃO ANITA MANTUANO DE ARTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE MÚSICA VILLA-LOBOS EDITAL 04/2015 ADMISSÃO AO CURSO PREPARATÓRIO

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS PLANIFICAÇÃO ANUAL - CONTEÚDOS UNIDADE 1 Elementos expressivos da Música Sons vocais, corporais e instrumentais; Dinâmica: fortissimo, pianissimo, crescendo e decrescendo; Andamento: presto, moderato,

Leia mais

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2017 SUMÁRIO 1. SOBRE O ENSINO BÁSICO DE MÚSICA... 3 2. SOBRE A ETAPA DA MUSICALIZAÇÃO INFANTIL... 3 3. SOBRE A ETAPA DA INICIAÇÃO MUSICAL... 3 4. SOBRE AS PRÁTICAS COMPLEMENTARES...

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento - Conhecimento das características e possibilidades de uso com seus recursos sonoros e eletrônicos e diferenças entre o teclado e o piano. 1.2 Postura,

Leia mais

Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura

Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura Percepção Ditado Melódico 1: Reconhecimento de notas erradas na partitura (duração da questão 01min 30s). 1. Ouviremos a seguir um

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS

CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS CENTRO DE ESTUDOS DE MÚSICA SACRA E LITURGIA DA ARQUIDIOCESE DE CAMPINAS INSCRIÇÕES PARA 2016 CAMPINAS / SP Apresentação, histórico e objetivo No ano de 2007, procurando atender à necessidade de formação

Leia mais

1ª situação: Quando a nota mais alta (aguda) do intervalo pertence à escala de referência:

1ª situação: Quando a nota mais alta (aguda) do intervalo pertence à escala de referência: APRENDA MÚSICA Vol II 1. Intervalos Neste volume do curso de música iremos aprender as tétrades que são acordes formados por quatro notas. Para isso usaremos uma nomenclatura de intervalos que será apresentada

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI GUITARRA

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI GUITARRA MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento. Conhecer o instrumento fisicamente bem como suas características. Nomes das partes e funções. 1.2 Afinação e postura. Postura corporal correta e a

Leia mais

24 Acorde Maior X Acorde Menor - Conteúdo

24 Acorde Maior X Acorde Menor - Conteúdo Introdução Formação de Escalas e de Acordes Encadeamentos e Harmonia Acordes Maiores e Menores Tons Homônimos Encadeamento V7 i em Fá Menor (Fm) Cadência de Picardia próxima 2 Introdução Nas Unidades de

Leia mais

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013 A PREFEITURA DE PORTEIRINHA POR MEIO DA DIRETORIA DE CULTURA faz saber, para conhecimento dos artistas da música do município de Porteirinha, que estão abertas as inscrições para o FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO

Leia mais

INSTITUTO CULTURAL SANTA RITA PROJETO MÚSICA PARA TODOS XVI SEMANA SANTA CECÍLIA CONCURSOS MUSICAIS REGULAMENTO

INSTITUTO CULTURAL SANTA RITA PROJETO MÚSICA PARA TODOS XVI SEMANA SANTA CECÍLIA CONCURSOS MUSICAIS REGULAMENTO INSTITUTO CULTURAL SANTA RITA PROJETO MÚSICA PARA TODOS XVI SEMANA SANTA CECÍLIA CONCURSOS MUSICAIS REGULAMENTO REALIZAÇÃO O 11º CONCURSO DE INTÉRPRETES, o 5º CONCURSO DE MÚSICA INSTRUMENTAL e o 3º CONCURSO

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova global do ensino secundário da disciplina de Formação

Leia mais

46 Dona Nobis Pacem: alturas Conteúdo

46 Dona Nobis Pacem: alturas Conteúdo Introdução Formação de tríades maiores menores Arpejos maiores e menores Cânone Sobreposição de vozes formando acordes Inversão de acordes Versões do cânone Dona Nobis Tonalidades homônimas Armaduras Influência

Leia mais

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA 1. IDENTIFICAÇÃO PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA Elaborado pelos jovens, participantes da COJEDF de 2004 Executante: Diretoria de Infância e Juventude/DIJ da Federação Espírita do Distrito Federal/FEDF Previsão

Leia mais

O canto coletivo, ensinando a canção Samba lelê

O canto coletivo, ensinando a canção Samba lelê O canto coletivo é a prática musical mais elementar na educação musical, grandes educadores musicais como Dalcroze, Kodaly, Willems, Villa-Lobos e outros, utilizavam a voz e o canto coletivo como ponto

Leia mais

Sopro Novo Yamaha Musicalização Através da Flauta Doce

Sopro Novo Yamaha Musicalização Através da Flauta Doce Sopro Novo Yamaha Musicalização Através da Flauta Doce Proposta do Programa Sopro Novo Yamaha de parceria com a Secretaria de Educação e Cultura da cidade XXXXXX estado XXXX 2011 Ementa: Trata-se de um

Leia mais

Cursos em andamento / a ocorrerem

Cursos em andamento / a ocorrerem Cursos em andamento / a ocorrerem Iniciação ao Violão 2011 O Curso de Iniciação ao Violão 2011 é destinado a alunos não iniciados no estudo do instrumento e que não dominam os rudimentos da leitura e escrita

Leia mais

Violão Popular. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos!

Violão Popular. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Violão Popular Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas particulares

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013

PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013 PROCESSO SELETIVO EDITAL 12/2013 CARGO E UNIDADES: Instrutor de Música (Caicó) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas. Assine no

Leia mais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Gratuito Fórmula Violão Express. Parartestes Alongamento dodo ViolãoViolão

Leia mais

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO...

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... Índice ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... 4 O TECLADO... 4 TIPOS DE TECLADOS... 4 Sintetizadores... 4 Teclados com acompanhamento automático... 4 Workstations... 4 Pianos digitais...

Leia mais

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto 1º período Canto Coral A 36 Canto I 54 Consciência Corporal em Performance Musical I 36 Contraponto I 36 Fisiologia

Leia mais

2. CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO (*):

2. CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO (*): EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA ACADEMIA DE REGÊNCIA DA OSESP 1 Estão abertas as inscrições para a ACADEMIA DE REGÊNCIA DA OSESP Curso Livre de Regência. Criado por iniciativa da Diretora Musical e Regente Titular

Leia mais

EDITAL do 2º FESTIVAL de CANTO do TCE/RJ

EDITAL do 2º FESTIVAL de CANTO do TCE/RJ EDITAL do 2º FESTIVAL de CANTO do TCE/RJ O segundo Festival de Canto do TCE/RJ, promovido pelo Momento Cultural do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) e pela Associação dos Servidores

Leia mais

Oficinas artísticas do CUCA Música

Oficinas artísticas do CUCA Música Oficinas artísticas do CUCA Música Contrabaixo I Desenvolvimento de noções básicas de contrabaixo, ritmos, melodias e harmonia, Teoria musical, Desenvolvimento Técnico, Digitação. Contrabaixo II Continuação

Leia mais

PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL

PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular Princípios organizados por anos de escolaridade. Voz, corpo, instrumentos, audição, expressão e criação ao

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ Você vai descobrir o oboé e aprender a tocar e aperfeiçoar a técnica! O objetivo deste documento de Introdução ao Estudo de Oboé é de divulgar e esclarecer os tópicos mais

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 02 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos a serem

Leia mais

Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves

Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves Escola Básica 2,3/S Dr. Azevedo Neves 5º e 6º ano Professor Hugo Costa 2009/2010 A Cappella música vocal sem acompanhamento de instrumentos musicais. Accelerando - Aumento gradual do andamento de uma parte

Leia mais

EDITAL Nº 03, DE 13 DE JANEIRO DE 2012

EDITAL Nº 03, DE 13 DE JANEIRO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA EDITAL Nº 03, DE 13 DE JANEIRO DE 2012 A Universidade Federal da lntegração Latino-Americana - Unila dispõe sobre as provas de

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013. Clube de Música. Professor Responsável: José Rui do Monte

Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013. Clube de Música. Professor Responsável: José Rui do Monte Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013 Clube de Música Professor Responsável: José Rui do Monte 1 O Clube de Música irá desenvolver a sua atividade ao longo do ano letivo 2012/2013 e tem como

Leia mais

Programa do curso de Percussão

Programa do curso de Percussão Programa do curso de Percussão O programa para a disciplina de Percussão foi elaborado a pensar no desenvolvimento técnico, interpretativo e estilístico do aluno para os diferentes instrumentos desta área

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 020/2008

RESOLUÇÃO Nº 020/2008 RESOUÇÃO Nº 020/2008 Fixa o currículo do Curso de Música, da Escola Superior de Artes e urismo, da Universidade do Estado do Amazonas. A REIORA DA UNIVERSIDADE DO ESADO DO AMAZONAS e PRESIDENE DO CONSEHO

Leia mais

COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00)

COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00) PROVA DE APTIDÃO MÚSICA COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00) 1. ANÁLISE COMPARATIVA (01:00:00) Ouça atentamente os três trechos musicais a serem reproduzidos durante o exame 1.1 Esboce uma representação

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI VIOLÃO POPULAR

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI VIOLÃO POPULAR MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento. No primeiro módulo o aluno conhecerá seu instrumento fisicamente bem como suas características. 1.2 Afinação do instrumento e postura. Postura corporal

Leia mais

ANEXO. Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado

ANEXO. Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado ANEXO Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado EXAME DE HABILIDADE PARA OS CANDIDATOS A FACULDADE DE ARTES VISUAIS MODALIDADE LICENCIATURA E BACHARELADO ARTES VISUAIS Para candidatar-se ao

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE TEMA: CIRCO

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE TEMA: CIRCO TEMA: CIRCO 1. ano Reconhecimento e análise de formas visuais presentes na natureza e nas diversas culturas Utilização de elementos da linguagem visual: linha, cor, forma Representação por meio de colagem,

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3.598, de 14.10.08, D.O.E. nº 7.827 de 14.10.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº. 5.395,

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA 464 Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3598, de 14.02.08, D.O.E. de 14.02.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº. 5395, de 14.09.09,

Leia mais

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h.

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programação Geral Música Regional Brasileira A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programa destinado a divulgar a música típica das regiões do Brasil. Toca os grandes mestres da música nordestina e mostra

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016 EXPRESSÃO E EDUCAÇÃO PLÁSTICA Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES Ano letivo 2015/2016 3.º Ano Descoberta e organização progressiva de volumes Modelagem

Leia mais

1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO

1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO Natal Encanto 1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio de Janeiro REGULAMENTO A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro através do VICOM torna público o regulamento do Natal Encanto, 1º Festival

Leia mais

ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PROVAS DE HABILIDADES ESPECÍFICAS CURSOS DE MÚSICA, DANÇA E TEATRO VESTIBULAR 2015

ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PROVAS DE HABILIDADES ESPECÍFICAS CURSOS DE MÚSICA, DANÇA E TEATRO VESTIBULAR 2015 ANEXO III CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PROVAS DE HABILIDADES ESPECÍFICAS CURSOS DE MÚSICA, DANÇA E TEATRO VESTIBULAR 2015 O concurso Vestibular para os cursos de Dança, Música e Teatro compreendem, além das

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS CEPS PROCESSSO SELETIVO 2016 PS 2016 EXAME DE HABILIDADES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO DE ARTES VISUAIS I. NOÇÕES DE PERCEPÇÃO E PERSPECTIVA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES. Portaria n.º 70/2006 de 24 de Agosto de 2006

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES. Portaria n.º 70/2006 de 24 de Agosto de 2006 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES Portaria n.º 70/2006 de 24 de Agosto de 2006 Ao abrigo do regime jurídico da educação extra-escolar, criado pelo Decreto Legislativo Regional 13/2002/A, de 12

Leia mais

TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos

TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos TESTES AUDITIVOS: incluídos no exame prático de todos os alunos a Podem encontrar-se exemplos dos testes em Modelos de Testes Auditivos, publicados em dois livros, um para os Níveis 1 5 e outro para os

Leia mais

Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com

Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com Percussão e flauta doce: a prática musical como meio auxiliar no processo de musicalização dos alunos do Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com Resumo:

Leia mais

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR INFORMÁTICA - 1º ANO (pontos básicos de aprendizagem) Operações / constituição das janelas. Escrever as primeiras palavras (funções do teclado) Pintar / desenhar / jogar para treino dos movimentos com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS O Teste de Conhecimentos Específicos em Música (TCE) tem por objetivo

Leia mais

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música?

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? A música é uma linguagem sonora como a fala. Assim como representamos a fala por meio de símbolos do alfabeto, podemos representar graficamente a música por meio

Leia mais

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Critérios de Avaliação 2014/2015 Piano - 2º Ciclo 1. Domínio Performativo e Cognitivo (80%) - Técnica - Ter uma postura física do tronco,

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica.

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica. INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EM MÚSICA: RESULTADOS DO PIBID EM DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DE GOIÂNIA/GO Luna Borges MELO luna.borges.melo@gmail.com Larissa dos Santos MARTINS Escola de Música e Artes Cênicas - UFG

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4

CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4 CAMPUS CARAGUATUBA CURSO: LICENCIATURA DA MATEMÁTICA DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 4 PROFESSOR: ANDRESSA MATTOS SALGADO-SAMPAIO ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS PARA A PRÁTICA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CURSO

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L DEPARTAMENTO: Expressões ÁREA DISCIPLINAR: Artes Visuais DISCIPLINA: Educação Musical CURSO: Básico DE: 2º ciclo ANO: 5º- ANO LETIVO: 2017/18 MANUAL: PLAY TIMBRE DINÂMICA

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL Edital Nº 01/2015 - Processo Seletivo 2016/I Curso: Musicalização Infantil 1/9 CENTRO DE FORMAÇÃO MUSICAL DO ESPÍRITO SANTO - CFMES

Leia mais

EDITAL Nº 110/2014-PROG/UEMA

EDITAL Nº 110/2014-PROG/UEMA EDITAL Nº 110/2014-PROG/UEMA A Universidade Estadual do Maranhão, por meio da PROG, torna público, para conhecimento dos interessados, que, no período de 11/06/2014 a 01/08/2014, estarão abertas as inscrições

Leia mais

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016)

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016) Escola EB1 João de Deus COD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD. 346 779 Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO - UFERSA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO - UFERSA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO - UFERSA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL DE SELEÇÃO N.º 020/2014 PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA - PROEC 2014 A Universidade Federal Rural do

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais