Ano letivo 2014/15. Clube de Música

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ano letivo 2014/15. Clube de Música"

Transcrição

1 Ano letivo 2014/15 Clube de Música O

2 Clube de Música 1 - Introdução A música tem uma importância relevante no desenvolvimento das capacidades e das competências ligadas à compreensão e manipulação dos sons. Nas atuais sociedades de informação os meios audio-visuais têm uma importância fundamental. Uma das suas principais componentes é o som; o som, enquanto estrutura organizada de expressão de sentimentos e emoções a que chamamos música. A música também é cultura e identidade. Uma cultura e uma identidade que também precisamos de construir. A escola, enquanto espaço de formação, deve promover atividades de aprendizagem na área musical contribuindo para o crescimento de uma cultura musical própria. 2- Objetivos: - Facilitar o processo de transição entre ciclos. - Promover o sucesso escolar - Promover hábitos de vida saudáveis - Fomentar o sentido estético e o espirito de camaradagem - Desenvolver capacidades e competências dos alunos no domínio da interpretação vocal e instrumental. - Aprofundar o conhecimento sobre a cultura musical atual.

3 - Proporcionar o desenvolvimento da identidade musical nos alunos. - Promover a criatividade musical dos alunos através do incentivo e valorização da produção original de composições musicais e canções. 3 - Competências Específicas Interpretação/Comunicação - Preparar, ensaiar, dirigir e avaliar interpretações individuais e em grupo. - Utilizar a análise critica para enformar e avaliar as diferentes interpretações. - Ensaiar e apresentar publicamente interpretações individuais e em grupo Criação e Experimentação - Utilizar, combinar e manipular sons elementos musicais e tecnologias para compor, arranjar e improvisar música. - Manipular conceitos, códigos, técnicas instrumentais e vocais para compor e arranjar peças musicais. - Apresentar publicamente e registar as criações individuais e em grupo em suportes áudio, para avaliação e aperfeiçoamento. Percepção sonora e musical - Utilizar a audição em actividades práticas para descrever as estruturas musicais. - Identificar e utilizar diferentes tipos de progressões harmónicas. - Executar de memória diferentes obras musicais. 4 - Conteúdos - Obras musicais e canções seleccionadas pelos alunos. - Obras musicais e canções criadas pelos alunos e / ou pelo professor. - Estruturas musicais; ideias musicais ; frases musicais; acordes de I,IV,V,V7,VI; padrões musicais. - Escalas musicais maiores e menores, modos, notação musical, intervalos melódicos e

4 harmónicos. Graus de intensidade, combinações expressivas. - Técnicas instrumentais e vocais. 5 - Atividades - Aprendizagem instrumental e vocal de desenvolvimento de competências técnicoinstrumentais e vocais. - Ensaios de conjunto para aperfeiçoamento musical. - Apresentações públicas 6 Intervenientes - Alunos do 1º, 2º, 3º ciclos e ensino secundário. Outros alunos e professores Abertura desta atividade ao primeiro ciclo permitirá aos alunos desenvolver a sua aprendizagem musical nas escolas: E.B. 2,3 Inês de Castro; E.B. 2,3 de Taveiro ou na Escola Secundária D.Duarte. Professores : Henrique Neves e Paulo Martins 7 -Espaços E.B. 2,3 Inês de Castro - Sala B4, B2. - Centro de atividades - Outros espaços da escola E.B. 2,3 De Taveiro Sala 1.6 Escola Secundária D.Duarte Auditório Pavilhão

5 8 -Horário de funcionamento E.B. 2,3 Inês de Castro 3ªfeira e 5ª feira das 16.25h às 17.10h (salas B4 e B2) E.B. 2,3 De Taveiro 2ª feira das 15.40h às 17.10h. Escola Secundária D. Duarte 4ª feira das 18.10h às 18.55h. 5ª feira das 14.00h às 14.45h. 9 -Avaliação Instrumentos de avaliação - Ficha de registo de assiduidade, participação e desempenho musical (de preenchimento facultativo) - Gravação áudio 10 - Recursos - Instrumentos musicais pertencentes ás escolas - Outros instrumentos musicais pertencentes aos alunos e aos professores. - Equipamento áudio das escolas ( microfones, cabos de ligação, mesa de mistura, colunas de som ). Coimbra, 4 de dezembro 2014 Os professores: Henrique Neves e Paulo Martins

Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013. Clube de Música. Professor Responsável: José Rui do Monte

Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013. Clube de Música. Professor Responsável: José Rui do Monte Agrupamento de Escolas de Cuba ANO LETIVO 2012/2013 Clube de Música Professor Responsável: José Rui do Monte 1 O Clube de Música irá desenvolver a sua atividade ao longo do ano letivo 2012/2013 e tem como

Leia mais

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015 CLUBE DE MÚSICA 1. JUSTIFICAÇÃO DO PROJETO: O Projeto do Clube de Música nasce da necessidade de se desenvolver com os alunos atividades diferenciadas que não podem ser devidamente exploradas e aprofundadas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2013/2014

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1 Agrupamento de Escolas da Madalena Projeto do Clube de Música Ano Lectivo 2012-2013 1 Projectos a desenvolver/participar: Projetos Dinamizado por: 1º Concurso de Flauta Prof. Teresa Santos - Participação

Leia mais

Projeto de Música Pop e Rock

Projeto de Música Pop e Rock Projeto de Música Pop e Rock Docentes: Ângelo Cunha Paulo Bispo Teresa Laranjeira Externato Marista de Lisboa Introdução A Música é única para os seres humanos e como as outras artes, é tão básico como

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens Ana Estevens, nº 120138001 Trabalho realizado na Unidade Curricular de Processos de Experimentação

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 6º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES O aluno canta controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. O

Leia mais

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e Planificação 2014/2015 6º ano Educação Musical Núcleos organizadores Interpretação e Comunicação Metas de aprendizagem O aluno decide sobre a aplicação de elementos de dinâmica e agógica na interpretação

Leia mais

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário).

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário). CURSOS DE MÚSICA DO SESC (2º Semestre) MODALIDADE INICIANTE 1) VIOLÃO POPULAR Este curso está direcionado ao estudo da música popular com acompanhamento harmônico. Serão praticadas canções do repertório

Leia mais

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL]

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] 2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] Plano Anual de Expressão Musical Ano Letivo 2012/2013 Introdução: Esta atividade pretende que os alunos fortaleçam o gosto natural pela expressão musical

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO PROVA DE MÚSICA - 3º CICLO 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2013 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

MÚSICA ORIENTAÇÕES CURRICULARES 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO

MÚSICA ORIENTAÇÕES CURRICULARES 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO MÚSICA ORIENTAÇÕES CURRICULARES 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2001 ÍNDICE Introdução... 1 Organizadores da aprendizagem... 4 A música no currículo do ensino básico... 7 Princípios orientadores... 8 Objectivos

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO DE EDUCAÇÃO MUSICAL 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO Perfil do aluno no final do 5.º Ano O aluno canta a solo e em grupo, com intencionalidade expressiva, canções em diferentes tonalidades

Leia mais

Planificação das sessões de implementação do projeto educativo

Planificação das sessões de implementação do projeto educativo Planificação das sessões de implementação do projeto educativo Sessão nº 1 (2 de outubro de 2013) - Conhecer o projeto que será implementado ao longo do primeiro período; - Compreender os conceitos de

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÂO 1.º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÂO 1.º CICLO 171311 Sede Escola Secundária da Moita CRITÉRIOS DE AVALIAÇÂO 1.º CICLO Os Critérios de Avaliação para o 1.º ciclo do Ensino Básico foram definidos de acordo com as orientações do currículo nacional constituindo

Leia mais

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons;

Desenvolvimento do pensamento e imaginação musical, isto é, a capacidade de imaginar e relacionar sons; DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA Educação Musical _ º ANO _ A Ano Letivo: 0/0. Introdução / Finalidades O processo de ensino e aprendizagem da educação musical consiste na interação de um conjunto

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016 EXPRESSÃO E EDUCAÇÃO PLÁSTICA Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES Ano letivo 2015/2016 3.º Ano Descoberta e organização progressiva de volumes Modelagem

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE GRUPO: 7 PERÍODO: / à / ÁREA DO CONHECIMENTO: Música CARGA HORÁRIA: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PLANO DA I UNIDADE - Conhecer e criar novas melodias. - Desenvolver

Leia mais

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA Rita Bomfati. UNESPAR- FAP ritabomfati1@gmail.com Resumo: A importância da formação musical do musicoterapeuta (conhecimento de ritmos e instrumentos, história da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Ano letivo 2013/2014 Critérios de Avaliação 2013/2014 Introdução As principais orientações normativas relativas à avaliação na educação pré-escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II Músicas infantis. Danças, músicas e personagens folclóricos. Conhecer textos e melodias folclóricos; Entoar músicas do folclore brasileiro; Dançar músicas folclóricas; Imitar

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes

Universidade Estadual de Maringá Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes R E S O L U Ç Ã O N.º 090/2009 CI / CCH CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, neste Centro, no dia 10/12/2009. João Carlos Zanin, Secretário Aprova o projeto pedagógico

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 242 937 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 16 outubro de 2012 ) No caso específico da disciplina de E. Musical, do 5ºano de escolaridade, a avaliação incidirá ainda ao nível

Leia mais

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA

PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Rede Salesiana de Escolas. Entusiasmo diante da vida. PROJETO MÚSICA NA ESCOLA Escola: Nossa Senhora Auxiliadora Níveis de Ensino: Fundamental II Coordenação Pedagógica: Maria das Graças L. N. Ferreira

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS Sessão n.º 1 1- Apresentação do projeto: objectivos e finalidades; 2- Apresentação dos objetivos e finalidades; 3- Música Timorense (He-le-le);

Leia mais

Projeto Clube de Inglês - PCA

Projeto Clube de Inglês - PCA Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-escolar da Nazaré Projeto Clube de Inglês - PCA Ano letivo 2014-2015 Docente: Ana Neves Índice Págs. Introdução.. 3 Objetivos Gerais... 4 Objetivos Específicos... 5 Proposta

Leia mais

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ 1. O que é o Mapa Musical da Bahia? O Mapa Musical da Bahia é uma ação da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) para mapear, reconhecer e promover a difusão da música

Leia mais

Índice 2.1. 2.2. 2.3. 2.4.

Índice 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. Índice 1. Introdução... p.2 2. Orientações programáticas do 1º Ciclo do Ensino Básico... p.4 2.1. Finalidades... p.4 2.2. Princípios Orientadores... p.4 2.3. Propostas de operacionalização curricular...

Leia mais

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Colégio Cenecista Dr. José Ferreira MATEMÁTICA E MÚSICA ESTRUTURA MUSICAL EM ESCALA MATEMÁTICA Área de Concentração: Matemática, Ciências Naturais e Teoria Musical Disciplina de Concentração: Matemática

Leia mais

Área de Formação Pessoal e Social

Área de Formação Pessoal e Social Área de Formação Pessoal e Social Identidade/ Auto-estima Independência/ Autonomia Convivência democrática/ Cidadania Brincar com o outro (s); Ouvir os outros; Saber identificar-se a si e o outro; Esperar

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU

INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU INFORMAÇÃO PROVAS GLOBAIS DE FORMAÇÃO MUSICAL 2014/2015 12.º ANO / 8.º GRAU 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova global do ensino secundário da disciplina de Formação

Leia mais

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Unidades Conteúdos Competências Actividades Recursos/Materiais Unidade 1 Unidade 2 Primeira Abordagem lúdica de Sensibilização e exploração do

Leia mais

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos 14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil Volume III Âmbito de Conhecimento de Mundo Este volume do RCNEI orienta

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical 1º Ano Sons do meio ambiente e da natureza / silêncio Sons do corpo (níveis corporais) Sons naturais e artificiais Sons fortes e fracos Sons pianos (p), médios (mf)

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES Ano Letivo 2014 2015. DISCIPLINA : Educação Visual -2º ciclo

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES Ano Letivo 2014 2015. DISCIPLINA : Educação Visual -2º ciclo DISCIPLINA : Educação Visual -2º ciclo INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO % -Produzir trabalhos explorando temas, ideias e situações -Conhecer noções de volume, espaço e estrutura -Conhecer os principais meios

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Formação Musical - 2º Ciclo Contínua COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Leitura - Ler frases rítmicas em diferentes unidades de tempo e compassos; - Entoar afinadamente, melodias nos modos

Leia mais

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013

PREFEITURA DE PORTEIRINHA DIRETORIA MUNICIPAL DE CULTURA REGULAMENTO FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO 2013 A PREFEITURA DE PORTEIRINHA POR MEIO DA DIRETORIA DE CULTURA faz saber, para conhecimento dos artistas da música do município de Porteirinha, que estão abertas as inscrições para o FESTIVAL DE MÚSICA EDIÇÃO

Leia mais

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação PORTUGUÊS Domínios em Domínios/Competências Fatores de ponderação Instrumentos de Domínio Cognitivo Compreensão oral 20% Registos e grelhas de observação

Leia mais

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR INTRODUÇÃO ÍNDICE - Objectivos de Educação Pré-Escolar - Orientações Curriculares - Áreas de Conteúdo/Competências - Procedimentos de Avaliação - Direitos e Deveres dos Encarregados de Educação - Calendário

Leia mais

PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL

PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL PRINCÍPIOS DO PROGRAMA DE EXPRESSÃO MUSICAL Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular Princípios organizados por anos de escolaridade. Voz, corpo, instrumentos, audição, expressão e criação ao

Leia mais

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO OBJECTIVOS GERAIS Desenvolver competências técnicas e artísticas através do estudo de um repertório diversificado. Trabalhar a compreensão do texto musical de modo a favorecer

Leia mais

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?

Escalas I. Escalas - I. Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues. Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch? Escalas - I Escala Pentatônica Menor e Escala Penta-blues Assista a aula completa em: http://www.youtube.com/watch?v=ek0phekndbu Sumário Introdução Escalas Musicais...0 Escala Pentatônica Menor Histórico

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS 1 NOTA INTRODUTÓRIA Programa Música - AEC (1º e 2º Ano - 1º CEB) (Adaptação do Programa do 1º Ciclo Plano da Meloteca) No âmbito da Expressão e Educação Musical, ao abrigo do Despacho n.º 9265-B/2013,

Leia mais

Currículo Referência em Música Ensino Médio

Currículo Referência em Música Ensino Médio Currículo Referência em Música Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

Expressão Musical II. Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013. Docente: António Neves

Expressão Musical II. Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013. Docente: António Neves Universidade De Trás-Os-Montes e Alto Douro Educação Básica 1ºano,2ºsemestre,2012/1013 Expressão Musical II Docente: António Neves Discente: Ana Matos nº 53184 A música e o som, enquanto energia, estimulam

Leia mais

INSTITUTO GREGORIANO DE LISBOA CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS

INSTITUTO GREGORIANO DE LISBOA CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS CURSOS BÁSICO E SECUNDÁRIO DE MÚSICA PIANO OBJECTIVOS GERAIS CURSO BÁSICO Desenvolver competências técnicas e artísticas através do estudo de um repertório diversificado. Trabalhar a compreensão do texto

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades: OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL V - 2012 A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

Leia mais

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC.

1 Acadêmico, formando do Curso de Licenciatura com Habilitação em Música da UDESC. 2 Professora Mestra do Departamento de Música da UDESC. 1 O ensino de música extracurricular na Escola Técnica Federal em Florianópolis/SC: relato de experiência sobre uma oficina de improvisação musical realizada Maycon José de Souza 1 Universidade do Estado

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

Portaria n.º 84/2004 de 21 de Outubro de 2004

Portaria n.º 84/2004 de 21 de Outubro de 2004 Portaria n.º 84/2004 de 21 de Outubro de 2004 JORNAL OFICIAL Nº 43 I SÉRIE 21-10-2004 Ao abrigo do regime jurídico da educação extra-escolar, criado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 13/2002/A, de

Leia mais

CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular. Cursos de Formação Contínua de Professores

CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular. Cursos de Formação Contínua de Professores CURRÍCULO DE MÚSICA NO 1º CICLO Música nas Actividades de Enriquecimento Curricular Cursos de Formação Contínua de Professores Meloteca 02/07/2008 1º ANO DE ESCOLARIDADE VOZ Desenvolver os aspectos essenciais

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

Reflexão. A Música, as Canções e a utilização de instrumentos na Educação. Aluna: Ana Isabel Araújo Olim

Reflexão. A Música, as Canções e a utilização de instrumentos na Educação. Aluna: Ana Isabel Araújo Olim 1 Reflexão A Música, as Canções e a utilização de instrumentos na Educação Aluna: Ana Isabel Araújo Olim As escolas, ao longo do ano letivo, trabalham várias temáticas sociais. O infantário Donamina, para

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/I CURSO MUSICALIZAÇÃO INFANTIL Edital Nº 01/2015 - Processo Seletivo 2016/I Curso: Musicalização Infantil 1/9 CENTRO DE FORMAÇÃO MUSICAL DO ESPÍRITO SANTO - CFMES

Leia mais

II MoQueCa Festival Capixaba da Canção Espírita Mocidade Que Canta - Regulamento -

II MoQueCa Festival Capixaba da Canção Espírita Mocidade Que Canta - Regulamento - Da Promoção Artigo 1º. O II Festival Capixaba da Canção Espírita Mocidade Que Canta II MoQueCa é uma iniciativa do Projeto Arte Espírita Eu Apoio e conta com o apoio da CEC Casa Espírita Cristã (Vila Velha/ES),

Leia mais

Promoção e realização Do objeto Da finalidade Do cronograma

Promoção e realização Do objeto Da finalidade Do cronograma REGULAMENTO I Promoção e realização: O SESCANÇÃO 2015 Mostra Sergipana de Música é uma realização sem fins lucrativos do Serviço Social do Comércio Sesc em Sergipe, entidade integrante do Sistema Fecomércio

Leia mais

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Critérios de Avaliação 2014/2015 Piano - 2º Ciclo 1. Domínio Performativo e Cognitivo (80%) - Técnica - Ter uma postura física do tronco,

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA BÁRBARA Departamento Pré-Escolar/1º Ciclo 151 956 Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar Área

Leia mais

Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares

Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares Departamento da Educação Pré Escolar Avaliação na educação pré-escolar -Competências -Critérios gerais de avaliação Ano letivo 2013-2014 1 INTRODUÇÃO Para

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA ESCOLA EB 2,3/ES S. SEBASTIÃO DE MÉRTOLA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA ESCOLA EB 2,3/ES S. SEBASTIÃO DE MÉRTOLA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA 2º Ciclo do Ensino Básico Exercícios práticos 50% fitnessgram * Sabe aplicar os s às situações práticas ou oralidade actividades (5%) * Interesse, participação e empenho Higiene pessoal (5%) * Higiene

Leia mais

13 Como estudar Teclado - Conteúdo

13 Como estudar Teclado - Conteúdo Introdução Tempo dedicado ao estudo Alongamento e aquecimento Fatores para tornar a leitura mais ágil Fatores para tornar o estudo mais produtivo Preparação para apresentar a peça em público Prazer de

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

Projeto: Teatro Infantil

Projeto: Teatro Infantil Cooperativa de Ensino e Cultura de Santa Rita Projeto: Teatro Infantil O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico Garcia Lorca) 1 Unidade Executora: Coordenação Pedagógica, Grupo

Leia mais

1º ANO. PROPOSTA PEDAGÓGICA DA SÉRIE Procedimentos pedagógicos das Áreas. Ensino Fundamental I Ano: 2015

1º ANO. PROPOSTA PEDAGÓGICA DA SÉRIE Procedimentos pedagógicos das Áreas. Ensino Fundamental I Ano: 2015 1º ANO PROPOSTA PEDAGÓGICA DA SÉRIE Procedimentos pedagógicos das Áreas Ensino Fundamental I Ano: 2015 Sumário Currículo por Competências. 04 Competências Pessoais e Sociais. 05 Competências Metodológicas.

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7

ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7 ANEXO I - MATRIZES GERAIS - Anexo I Matrizes Gerais Admissão de Novos Alunos 2015/2016 Página 1 de 7 1. ADMISSÕES/AFERIÇÕES I. CURSO BÁSICO DE MÚSICA A. 1.º ANO DE ESCOLARIDADE / PREPARATÓRIO I Alunos

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - AUDIOVISUAIS E PRODUÇÃO DOS

Leia mais

24 Acorde Maior X Acorde Menor - Conteúdo

24 Acorde Maior X Acorde Menor - Conteúdo Introdução Formação de Escalas e de Acordes Encadeamentos e Harmonia Acordes Maiores e Menores Tons Homônimos Encadeamento V7 i em Fá Menor (Fm) Cadência de Picardia próxima 2 Introdução Nas Unidades de

Leia mais

Atividades Musicais. para grupos e empresas. Programa Equipe Afinada

Atividades Musicais. para grupos e empresas. Programa Equipe Afinada Atividades Musicais para grupos e empresas Programa Equipe Afinada Apresentação O Programa Equipe Afinada apoia o desenvolvimento de indivíduos e organizações através de oficinas, atividades musicais,

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro COLÉGIO ESTADUAL DO CAMPO SÃO ROQUE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Rua Érico Veríssimo s/n Cep: 85.892-000 Fone/fax: (45) 3276-1195 E Mail: shasantahelena@seed.pr.gov.br e colestsantahelena@yahoo.com.br Site:

Leia mais

PORTFÓLIO DOS CURSOS

PORTFÓLIO DOS CURSOS PORTFÓLIO DOS CURSOS GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Marconi Perillo Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTEC Mauro Faiad Centro Cultural Labibe Faiad Meire Cristina Mendonça APRESENTAÇÃO

Leia mais

Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014. Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos

Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014. Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos Domínio das atitudes e valores Domínio Cognitivo Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014 Docente: Graça Silva Turma: 6.º A Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos Domínios de Avaliação Instrumentos

Leia mais

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo.

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo. CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU MÓDULO 1: ELEMENTOS DA MÚSICA PROF. DARCY ALCANTARA (UFES) CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU DOMINGO - MANHÃ REVISÃO DOS CONCEITOS DE MÚSICA, RITMO E MELODIA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA

PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA 1. IDENTIFICAÇÃO PROJETO FAZENDO ARTE ESPÍRITA Elaborado pelos jovens, participantes da COJEDF de 2004 Executante: Diretoria de Infância e Juventude/DIJ da Federação Espírita do Distrito Federal/FEDF Previsão

Leia mais

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música?

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? A música é uma linguagem sonora como a fala. Assim como representamos a fala por meio de símbolos do alfabeto, podemos representar graficamente a música por meio

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE OBOÉ Você vai descobrir o oboé e aprender a tocar e aperfeiçoar a técnica! O objetivo deste documento de Introdução ao Estudo de Oboé é de divulgar e esclarecer os tópicos mais

Leia mais

AGA - Associação de Guitarra do Algarve

AGA - Associação de Guitarra do Algarve Página 1 de 10 AGA - Associação de Guitarra do Algarve Plano de atividades e orçamento Página 2 de 10 Prefácio Dando cumprimento à alínea b) do artigo 22º dos nossos estatutos, a Direcção da Associação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 57/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso Superior em Regência de Bandas

Leia mais

Escola Secundária c/ 3º ciclo de Manuel da Fonseca. Curso Profissional

Escola Secundária c/ 3º ciclo de Manuel da Fonseca. Curso Profissional Elenco Modular / Gestão de horas MÓDULOS DURAÇÃO Carga Horária Semanal 2 blocos 90m + 1 bloco 45m 1º PERÍODO (1 aula = 45 m) 6 21h 6º MÓD. 28 aulas (28 aulas) 1º PERÍODO: 66 aulas 7 18h 7º MÓD. 24 aulas

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014. Curso Profissional de Técnico de Multimédia. Planificação

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014. Curso Profissional de Técnico de Multimédia. Planificação ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014 Curso Profissional Técnico Multimédia Planificação Disciplina: Design, Comunicação e Audiovisuais Ano: 11º Conteúdos Objetivos Estratégias/Atividas

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS. 1º Período 18 de Setembro a 17 de Dezembro [Aulas previstas: 89]

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS. 1º Período 18 de Setembro a 17 de Dezembro [Aulas previstas: 89] COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS PLANIFICAÇÃO 1º PERÍODO DESENHO A 10º ANO Domínio Perceção visual Expressão gráfica Comunicação visual Calendarização

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA

CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA. Assinatura: PROVA COLETIVA CONCURSO VESTIBULAR 2013 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA CURSO DE MÚSICA LOCAL-SALA-SEQ INSCRIÇÃO NOME Assinatura: PROVA COLETIVA 1- A prova está dividida em 4 questões com as seguintes pontuações: Questão

Leia mais

Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló. 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15)

Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló. 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15) Planificação das aulas de Expressão Musical na Escolinha da Tia Ló 1º e 2º anos (14.15 14.45; 14.15-15.15) 1.ª FASE Motivação e Organização geral 15/09 (sala de aula) Musicais Reconhecer a musica como

Leia mais

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo,

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo, PROVA ESCRITA 1. De acordo com o trecho musical abaixo assinale a alternativa que corresponde as notas escritas em suas devidas alturas, segundo a escala geral. A) Lá3-Sol3-Fá3-Fá4-Sol4-Lá4-Si2-Dó3-Lá2-Sol2-Lá3-Si3-Dó3.

Leia mais

Foto: Carlos Filipe Fotografia Profissional. Educação e Expressão Musical 2011/12

Foto: Carlos Filipe Fotografia Profissional. Educação e Expressão Musical 2011/12 Plano de Intervenção Pedagógica Foto: Carlos Filipe Fotografia Profissional Educação e Expressão Musical 2011/12 1 Entidade adjudicada: A Musikater é uma organização em nome individual, sedeada em Condeixa-a-

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO Nos encontramos na música O AfroReggae e a Natura acreditam na cultura. Por isso, estamos juntos mais uma vez para revelar talentos e dar voz aos jovens

Leia mais