SPD II Sistemas Produtivos II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SPD II - 2012. Sistemas Produtivos II"

Transcrição

1 SPD II A Produção exerce um papel estratégico nas organizações, o qual precisa ser compreendido claramente. A configuração dos processos produtivos depende de características de produtos e mercados, sendo fortemente impactada pelos avanços tecnológicos. As possibilidades de combinação de tecnologia de produto e processo devem então ser dominadas para uma melhor definição e operação do sistema produtivo.

2 Parte 1 - Tópicos abordados Modelo Geral de Administração da Produção A Produção como um processo de transformação Papel Estratégico, Objetivos e Estratégias da Produção Caracterização dos Sistemas Produtivos

3 Modelo Geral de Administração da Produção Figura p.27 Slack

4 Modelo Geral de Administração da Produção Produção é central, mas não única e mais importante Funções com interfaces importantes na Administração da Produção (extensão estreita versus ampla): Marketing Desenvolvimento de Produto Compras Engenharia de Processo / Manutenção Contábil-financeira Recursos Humanos TI Por que a interdependência entre as funções hoje é mais intensa?

5 A Produção como um processo de transformação Modelo de Transformação Input Transformação Output

6 Modelo de Transformação Inputs: Recursos transformados materiais dados consumidores Recursos de transformação instalações pessoal

7 Modelo de Transformação Inputs: Recursos transformados Materiais (extração, manufatura, varejo, correios, transporte rodoviário de carga, etc.) Dados (contadores, bancos, marketing, comunicações, etc.) Consumidores (dentistas, hospital, cabeleireiros, hotéis, entretenimento, etc.) Recursos de transformação instalações pessoal

8 Modelo de Transformação Transformação de: materiais dados consumidores Propriedades manufatura contabilidade cabeleireiros Físicas cir. Plástica (psicológicas) entretenimento Localização transporte telecomunicações transporte Posse varejo pesquisa ou propriedade de mercado Estocagem armazém biblioteca hotéis ou acomodação

9 Modelo de Transformação Outputs: Bens e Serviços Tangibilidade Estocabilidade Transportabilidade Simultaneidade Contato com o consumidor Qualidade (produto X processo e produto)

10 Modelo de Transformação - Exercício Montar as relações Input Transformação Output para os seguintes negócios: Linha aérea Loja Dentista Zoológico Gráfica Porto Polícia Escritório Contábil Fabricante de alimentos congelados

11 Atividades / Responsabilidades da Administração da Produção Entender os objetivos estratégicos da produção Desenvolver uma estratégia de produção para a organização Desenvolver produtos, serviços e processos de produção Planejar e controlar a produção Melhorar o desempenho da produção

12 Modelo de Administração da Produção e Estratégia Figura 1.12 p.59

13 Papel Estratégico, Objetivos e Estratégias da Produção Figura 1.12 p.59 com ênfase nas elipses externas vinculadas à estratégia de produção

14 Papel Estratégico da Produção Como apoio à estratégia empresarial Como implementadora da estratégia empresarial Como impulsionadora da estratégia empresarial Figura 2.2 p.67

15 Papel Estratégico da Produção julgamento da contribuição Estágios: 1. Neutralidade interna 2. Neutralidade externa 3. Apoio interno 4. Apoio externo Figura 2.3 p.69

16 Papel Estratégico da Produção julgamento da contribuição

17 Objetivos da Produção Qualidade - Fazer certo as coisas Rapidez - Fazer rápido as coisas Confiabilidade - Fazer as coisas em tempo Flexibilidade (de produto, de mix, de volume, de entrega) Mudar as coisas que se faz Custo Fazer as coisas mais barato

18 Objetivos da Produção Figura 2.10 p.83

19 Estratégias da Produção Figura 1.12 p.59 com ênfase na elipse externa vinculada à estratégia de produção

20 Estratégias da Produção Definição e Hierarquia Padrão de decisões e ações que define o papel, os objetivos e as atividades da produção de forma que estes apóiem e contribuam para a estratégia de negócios da organização. Função Negócio Corporativa Figura 3.3 p. 92

21 Estratégias da Produção Análise de mercado Demanda Tempo Análise de Mercado $ %

22 Estratégias da Produção Fatores Qualificadores e Ganhadores de Pedido Fig 3.6

23 Estratégias da Produção Fatores Qualificadores e Ganhadores de Pedido Fig 3.9

24 Estratégias da Produção Fatores Qualificadores e Ganhadores de Pedido Fig 3.11

25 Exemplo da matriz Imp X Des (Slack) D e s e m p e n h o 9 H EXCESSO APROPRIADA 8 L A C G 7 F I, J E 6 K B 5 D MELHORAMENTO Importância para os clientes AÇÃO URGENTE Importância Desempenho A Imagem 5,8 7,8 B Flexibilidade de resposta (agilidade) 7,2 6,1 C Qualidade 6,6 8,0 D Preço 8,4 5,3 E Prazo de entrega (confiabilidade) 7,0 7,6 F Tradição 4,1 7,3 G Tecnologias (produto, processo e gestão) 8,1 8,0 H Variedade (Portfólio de produtos) 7,0 8,4 I Capacitação 6,4 7,5 J Suporte logístico 6,3 7,8 K Presença global 5,8 6,0 L Porte (capacidade produtiva) 5,4 8,0

26 Estratégia de produção Estratégia Corporativa Análise do Mercado Custo Qualidade Flexibilidade Confiabilidade Velocidade Estratégia do Negócio Estratégia de RH Estratégia Financeira Estratégia Comercial Estratégia de Produção Estratégia de Logística Estratégia de Informática Cultura Organizacional Capacidade Instalações Tecnologia Verticalização Mão-de-Obra Estratégia de P&D

27 Estratégias da Produção Áreas de decisão Estratégias estruturais e infra-estruturais: Estruturais Projeto (hardware) Desenvolvimento de novos produtos Integração vertical Instalações Tecnologia Organização e força de trabalho Infra-estruturais Planejamento, Controle e Melhoria (software) Ajuste de capacidade Desenvolvimento de fornecedores Estoques Sistemas de PCP Processo de melhoria Prevenção e recuperação de falhas

28 Estratégias da Produção e Objetivos de desempenho Estratégias Desenvolv. de novos produtos o Objetivos Qual Rap Conf Flex Cost Integração vertical o o o Instalações o o o o Tecnologia o o o Organiz. e força de trabalho o o o Ajuste de capacidade o o o Desenvolv. de fornecedores o o o Estoques o o o Sistemas de PCP o o o Processo de melhoria o o o o o Prev. e recuperação de falhas o o o o

29 Classificação de Sistemas Produtivos 1. Quanto à critérios econômicos 2. Quanto à entrega 3. Quanto ao tipo de processo 4. Quanto ao formato do processo 5. Quanto à variedade e ao volume de produção

30 Classificação de Sistemas Produtivos 1. Quanto à critérios econômicos 1.1. Atividades Econômicas Primário Secundário Terciário 1.2. Dimensões do produto Leve Pesada

31 Classificação de Sistemas Produtivos 1. Quanto à critérios econômicos (cont.) 1.3. Tipo de Bens de consumo de capital 1.4. Tamanho da Empresa Micro indústrias ( até 20 func.) Indústrias pequenas ( func.) Indústrias médias ( func.) Indústrias grandes ( > 500 func.)

32 Exercício Setor: Prim Sec Terc Aeroespacial O O O Agricultura O O O Automotiva O O O Bancário O O O Bebidas O O O Celulose, Papel e Gráficas O O O Comunicações O O O Educação O O O Eletrônica O O O Entretenimento O O O Farmacêutica O O O Florestal O O O Granjas de criação O O O Madeira e Móveis O O O Maquinário pesado O O O Materiais de construção O O O Mineração O O O Pecuária O O O Pesca O O O Petrolífera O O O Plástico O O O Pneus e Borrachas O O O Refino de Petróleo O O O Restaurantes O O O Saúde O O O Têxtil O O O Transporte O O O Turismo O O O Vidro e Cerâmica O O O

33 Exemplos Primária Secundária Terciária Agricultura Aeroespacial Automotiva Bancário Florestal Bebidas Materiais de Comunicações construção Pesca Eletrônica Vidro e Cerâmica Educação Pecuária Papel e Maquinário Entretenimento Gráficas pesado Turismo Mineração Farmacêutica Refinamento de Saúde Petróleo Petrolífera Plástico Têxtil Restaurantes Granjas de Madeira e Pneus e Transporte criação Móveis Borrachas e

34 Classificação de Sistemas Produtivos 2. Quanto à entrega 2.1. Sob encomenda Assembly to Order Make to Order Engineering to Order 2.2. Para estoque Make to Stock

35 Classificação de Sistemas Produtivos 3. Quanto ao processo 3.1. Projeto 3.2. Contínuo 3.3. Intermitente Repetitivo Sob encomenda

36 Classificação de Sistemas Produtivos 4. Quanto à forma do processo PFs V A T MPs

37 Classificação de Sistemas Produtivos Variedade de Produtos 5. Quanto à variedade de produtos e ao volume produção Projeto Encomenda Job-shop Linha Fluxo contínuo Volume de produção

38 Tipos de operações de produção Medidas que distinguem operações: Volume de output Variedade de output Variação da demanda do output Grau de contato com o consumidor envolvido na produção do output

39 Tipos de operações de produção Dimensão Volume McDonald s 23 milhões de hamburguers / dia 13 mil filiais Implicações: grau de repetição das tarefas especialização sistematização do trabalho intensidade de capital (fogões e fornos especializados) diluição de custos fixos E num restaurante pequeno???

40 Tipos de operações de produção Dimensão Volume Volume Alto Baixo Operação Fábrica televisores aviões Restaurante fast food a la carte Cirurgias rotina pioneira Transporte coletivo táxi Entretenimento parque temático teatro

41 Tipos de operações de produção Dimensão Variedade Flexibilidade é chave (exemplo: táxi) Programação??? Padronização??? Regularidade???

42 Tipos de operações de produção Dimensão Variedade Variedade Alta Baixa Operação Confeitaria sob encomenda em série Confecção sob encomenda prontas para uso Professores orientação aula Consultoria especializada auditoria padrão Loja departamentos jeans Banco corporate varejo

43 Tipos de operações de produção Dimensão Variação de demanda Mudança de capacidade (Hotel resort, Safra agrícola, etc.) Antecipação da produção, no caso de estocabilidade Aumento de custos recrutamento e desligamento, horas-extras, custo financeiro, ociosidade Nivelamento de demanda (Hotel Turismo versos negócios)

44 Tipos de operações de produção Dimensão Variação de demanda Variação Alta Baixa Operação Produção de fogos de artifícios pães energia elétrica Auditoria auditoria financeira consultoria maternidade linhas de metrô polícia emergência segurança de shopping distribuição de congelados clínica estética

45 Tipos de operações de produção Dimensão Grau de contato Não é comum alto e baixo contatos na mesma operação (quando ocorre, separa-se em linha de frente e retaguarda) Grau de tolerância à espera é proporcional ao grau de contato Julgamento por percepção, não objetivo Alta variedade recebida baixa produtividade dos recursos Habilidade no atendimento

46 Tipos de operações de produção Dimensão Grau de contato Contato Alto Baixo Operação Varejo de roupas loja catálogo Serviços de saúde back-office reformas em casa produtos manufaturados Alimentação pratos preparados comida pré-pronta na frente do cliente Saúde bucal dentista prótese Ensino professor de música ensino à distância

47 Tipos de operações de produção Resumo Figura 1.9 p.53

O que significa Gestão de Operações?

O que significa Gestão de Operações? O que significa Gestão de Operações? Introdução à Gestão de Operações QUESTÕES BÁSICAS Quais são as similaridades entre todas as operações produtivas? Como as operações produtivas diferem umas das outras?

Leia mais

DISCIPLINA: RELAÇÕES DA PRODUÇÃO TEMA: ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES

DISCIPLINA: RELAÇÕES DA PRODUÇÃO TEMA: ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES DISCIPLINA: RELAÇÕES DA PRODUÇÃO TEMA: ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Diz respeito àquelas atividades orientadas para produção de um bem físico ou à prestação de um serviço. Daniel Moreira Produção:

Leia mais

Administração das Operações Produtivas

Administração das Operações Produtivas UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Administração das Operações Produtivas Prof. Rodolpho Antonio Mendonça WILMERS São Paulo 2011 Administração das Operações Produtivas Introdução Nada

Leia mais

AULA 1 ADMINSTRAÇÃO DA PRODUÇÃO

AULA 1 ADMINSTRAÇÃO DA PRODUÇÃO AULA 1 ADMINSTRAÇÃO DA PRODUÇÃO OBJETIVOS Definir Administração da Produção (AP) Demonstrar que a AP aborda questões tanto de organizações de manufatura quando de serviços; Como o modelo input-transformaçãooutput

Leia mais

Projeto em Gestão da Produção PROJETO DE PROCESSOS TIPOS DE PROCESSOS Cap 4 Slack

Projeto em Gestão da Produção PROJETO DE PROCESSOS TIPOS DE PROCESSOS Cap 4 Slack AULA 7 ADMINSTRAÇÃO DA PRODUÇÃO Projeto em Gestão da Produção PROJETO DE PROCESSOS TIPOS DE PROCESSOS Cap 4 Slack Localizacao Capacidade Pessoal Layout Tecnologia Fornecedores Produtos Processos Estoques

Leia mais

AULA 1 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO

AULA 1 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO AULA 1 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO Definir Organizações OBJETIVOS Demonstrar que organizações podem ser vistas como sistemas; Como o modelo input-transformaçãooutput pode ser utilizado para descrever

Leia mais

Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Capítulo II Manutenção e Produção

Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Capítulo II Manutenção e Produção Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Capítulo II Manutenção e Produção 1 A função Manutenção Política Orçamento Direção Material Pós-venda Sub-contratação Comercial Manutenção Recursos Humanos

Leia mais

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização Gestão da Produção e Operações Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima Produção e Operações na Organização Objetivo Analisar a importância da função produção e operações nas organizações e sua hierarquia identificando

Leia mais

GESTÃO DAS OPERAÇÕES 18/01/2016 VAMOS NOS CONHECER AVALIAÇÕES

GESTÃO DAS OPERAÇÕES 18/01/2016 VAMOS NOS CONHECER AVALIAÇÕES GESTÃO DAS OPERAÇÕES VAMOS NOS CONHECER Danillo Tourinho Sancho da Silva, M.Sc Bacharel em Administração, UNEB Especialista em Gestão da Produção e Logística, SENAI Especialista em Gestão de Projetos,

Leia mais

Administração da Produção. Administração da Produção. Administração da Produção. Administração da Produção

Administração da Produção. Administração da Produção. Administração da Produção. Administração da Produção Apresentação Professor e alunos. Contextualização Quais os objetivos da disciplina: Apresentar os fundamentos da Administração de. O que se espera da disciplina: Realizar estudos de técnicas e instrumentos

Leia mais

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção Sistemas de Transformação e de produção A seleção do Processo de produção depende: -Tecnologia dos Processos de Transformaçã ção -Tecnologia dos meios auxiliares (dispositivos, ferramentas) -Tecnologia

Leia mais

Lean Business e Lean Office

Lean Business e Lean Office 1 Pós Graduação em Engenharia Produção Ênfase na Produção Enxuta Bens e Serviços (LEAN MANUFACTURING) Disciplina: Lean Business e Lean Office SISTEMAS PRODUÇÃO Um conjunto (finito!) elementos - humanos,

Leia mais

Ementa e Cronograma Programático...

Ementa e Cronograma Programático... Prof. Fabrício Rogério Parrilla Ementa e Cronograma Programático... AULA 01 Estratégia de Operações e Planejamento Agregado AULA 02 Planejamento e Controle de Operações AULA 03 Gestão da Demanda e da Capacidade

Leia mais

07/02/2015 1901-1972 BIBLIOGRAFIA BÁSICA

07/02/2015 1901-1972 BIBLIOGRAFIA BÁSICA EMENTA Ementa: Conceitos e estrutura da administração de produção. Sistemas de produção. Planejamento e controle da produção. Desenvolvimento de novos produtos. Técnicas modernas de administração de produção.

Leia mais

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi Marketing Prof. Angelo Polizzi Gestão de Produção Gestão de Produção Objetivos: Mostrar que produtos (bens e serviços) consumidos, são produzidos em uma ordem lógica, evitando a perda ou falta de insumos

Leia mais

AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO

AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO OBJETIVOS Compreender a estratégia de produção dentro da organização; Diferenciar requisitos de mercado e recursos de produção Reconhecer as prioridades diferentes

Leia mais

SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10. Anibal Vilcapoma

SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10. Anibal Vilcapoma SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10 Anibal Vilcapoma 2 Processos de Transformação SUMÁRIO Introdução Processos Atividade de processo Ferramentas de projeto 3 INTRODUÇÃO Análise Estratégica Ambiente Processos

Leia mais

Prof. Clovis Alvarenga Netto

Prof. Clovis Alvarenga Netto Escola Politécnica da USP Departamento de Engenharia de Produção Março/2009 Prof. Clovis Alvarenga Netto Aula 2 Gestão estratégica da produção - Introdução e evolução histórica da gestão da produção e

Leia mais

AUTOMAÇÃO APLICADA À MANUFATURA

AUTOMAÇÃO APLICADA À MANUFATURA AUTOMAÇÃO APLICADA À MANUFATURA Automação e mão de obra Patrícia Lins de Paula 16/04/2012 62 AUTOMAÇÃO APLICADA À MANUFATURA 2. Automação e mão de obra 2.1 Setores e operações de produção 2.2 Instalações

Leia mais

Logística empresarial

Logística empresarial 1 Logística empresarial 2 Logística é um conceito relativamente novo, apesar de que todas as empresas sempre desenvolveram atividades de suprimento, transporte, estocagem e distribuição de produtos. melhor

Leia mais

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima O Papel Estratégico e Estratégia de Produção

Gestão da Produção e Operações. Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima O Papel Estratégico e Estratégia de Produção Gestão da Produção e Operações Prof. Dr. José Carlos de Souza Lima O Papel Estratégico e Estratégia de Produção Objetivos Discutir o papel da função produção nos planos estratégicos da organização e analisar

Leia mais

CLASSIFICAÇÕES DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO

CLASSIFICAÇÕES DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO CLASSIFICAÇÕES DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO Wattson Perales UFRN / CT / DEPT - Campus Universitário Natal RN 59072-970 e-mail: wattson@ct.ufrn.br After a bibliographic review about the theme on the most used

Leia mais

Processos e Layouts Produtivos

Processos e Layouts Produtivos Processos e Layouts Produtivos Produção Segurança Tecnologia de processos Layout Projeto de organização do trabalho Fernando Gonçalves Amaral Estudos de ou Layout Aplicação: Em todos os setores produtivos

Leia mais

ESTUDO DE EMPREGOS E SALÁRIOS

ESTUDO DE EMPREGOS E SALÁRIOS Fundo Perpétuo de Educação ESTUDO DE EMPREGOS E SALÁRIOS GUIA INFORMATIVO SOBRE OS CURSOS DOS PARTICIPANTES DO FPE OS MELHORES CURSOS PARA MULHERES Preparado Pela Divisão FPE - Jun/11 Estado de São Paulo

Leia mais

O Sistema de Produção

O Sistema de Produção Prof. Paulo Cesar C. Rodrigues paulo.rodrigues@ifsp.edu.br Mestre em Engenharia de Produção 1 Conjunto de atividades e operações interrelacionadas envolvidas na produção de bens ou serviços. O sistema

Leia mais

Objetivos da Produção

Objetivos da Produção Objetivos da Produção Aula 3 Profª. Ms. Eng. Aline Soares Pereira Sistemas Produtivos I Objetivos da aula 1. Apresentar os objetivos e estratégias da produção 2 Produção: É o processo de obtenção de qualquer

Leia mais

(LOQ4208) Processos da Indústria de Serviços

(LOQ4208) Processos da Indústria de Serviços Processos da Indústria de Serviços (LOQ4208) 10 Síntese Curso CRONOGRAMA - CURSO Data Assunto Detalhamento 8/mar Op. Serviço EC: Cumbuca 2 grupos (10%) 15/mar Op. Serviço EC: Cumbuca 2 grupos (10%) 22/mar

Leia mais

Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira

Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Seja um associado da SWISSCAM Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Vantagens O associado da SWISSCAM usufrui de um suporte comercial amplo nos seus negócios, tanto na Suíça como no Brasil. A SWISSCAM realiza,

Leia mais

E X E M P L O S I N O V A Ç Ã O

E X E M P L O S I N O V A Ç Ã O E X E M P L O S D E I N O V A Ç Ã O 2 0 1 3 Exemplos de Inovação... 3 Inovação de produto (Bens / Serviços)... 3 Exemplos de inovações de produto... 4 Bens... 4 Serviços... 4 Diferenças entre bens e serviços...

Leia mais

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios Administração de Sistema de Informação I Contabilidade Os contadores contam cada vez mais com os sistemas de informação para

Leia mais

As características e elementos dos serviços

As características e elementos dos serviços Estratégia da empresa. As características e elementos dos serviços Capítulo 2 Ambiente Outros atores Concorrentes Parceiros Estratégia de operações Preço O famoso framework Lucratividade de Corrêa & Caon

Leia mais

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME de Formação CIME e Sub- de Formação CIME Sub- 09. Desenvolvimento Pessoal 090. Desenvolvimento Pessoal 14.Formação de Professores/Formadores e Ciências da Educação 141.Formação de Professores e Formadores

Leia mais

ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston

ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston 1 Perguntas que se esperam respondidas ao final do capítulo 3 O que é estratégia? Estratégia da produção Qual a diferença entre as visões de cima para baixo

Leia mais

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE CATÁLOGO DE AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Novembro/2015 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os

Leia mais

ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston

ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston ADM 250 capítulo 11 - Slack, Chambers e Johnston 1 Planejamento e Controle Recursos de entrada a serem transformados Materiais Informação Consumidores AMBIENTE ESTRATÉGIA DE OPERAÇÕES OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

Leia mais

Administração. Introdução. Atividades Industriais 5/9/2012. Gestão de Operações e Qualidade I. Profa: Ma. Patricia Brecht Innarelli

Administração. Introdução. Atividades Industriais 5/9/2012. Gestão de Operações e Qualidade I. Profa: Ma. Patricia Brecht Innarelli Administração Profa: Ma. Patricia Brecht Innarelli Gestão de Operações e Qualidade I Introdução Está relacionada às atividades de produção de bens físicos ou a produção/prestação de serviços. De acordo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador

ADMINISTRAÇÃO. Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador ADMINISTRAÇÃO Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador O que devemos.. Tirar todas as dúvidas a qualquer momento Participar

Leia mais

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços

Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços. Marketing de Serviços Marketing Prof. Raimundo Donizete de Camargo Objetivos Definir ; Conhecer as diferenças básicas entre Produtos (Bens e Serviços); Analisar uma visão geral do Setor de Serviços; Conhecer o processo de Prestação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico Código Área Nome Área 1 Educação 2 Humanidades e Artes TABELA DE CURSO DE FORMAÇÃO SUPERIOR Código OCDE Nome do Curso - Grau Grau 142C01 Ciência da educação - 142P01 Pedagogia - Licenciatura Licenciatura

Leia mais

Prof. Clovis Alvarenga Netto

Prof. Clovis Alvarenga Netto Escola Politécnica da USP Departamento de Engenharia de Produção Março/2009 Prof. Clovis Alvarenga Netto Aula 2 Gestão estratégica da produção - Introdução e evolução histórica da gestão da produção e

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO Temporário: significa que cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos. Um projeto é fundamentalmente diferente: porque ele termina quando seus objetivos propostos

Leia mais

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS

GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Apresentação: Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências de

Leia mais

PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO

PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO Cap. I INTRODUÇÃO O planejamento depende da empresa ou organização. Para falarmos de PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO, precisamos entender a e a ADMINISTRAÇÃO OU GESTÃO DA PRODUÇÃO. Nota:

Leia mais

Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia

Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia Processo de EO Procedimentos que são, ou podem ser, usados para formular as estratégias de operações que a empresa deveria adotar (SLACK,

Leia mais

Uma indústria mantém estoque de materiais; Um escritório contábil mantém estoque de informações; e

Uma indústria mantém estoque de materiais; Um escritório contábil mantém estoque de informações; e Fascículo 2 Gestão de estoques Segundo Nigel Slack, estoque é definido como a acumulação armazenada de recursos materiais em um sistema de transformação. O termo estoque também pode ser usado para descrever

Leia mais

Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade

Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade Luiz Carlos de Martini Junior luizcarlosdemartini@gmail.com UERJ Elmo Rodrigues da Silva elmorodrigues@yahoo.com.br

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

Perfil Econômico Municipal

Perfil Econômico Municipal indústria Extração de carvão mineral Extração de petróleo e gás natural Extração de minerais metálicos Extração de minerais não-metálicos Fabricação de alimentos e bebidas Fabricação de produtos do fumo

Leia mais

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management)

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br CADEIA DE SUPRIMENTOS 2 Cadeia de Suprimentos Cadeia de Fornecimento SCM

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO DE UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO DA CIDADE DE SUMÉ/PB

CARACTERIZAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO DE UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO DA CIDADE DE SUMÉ/PB CARACTERIZAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO DE UMA EMPRESA DO RAMO ALIMENTÍCIO DA CIDADE DE SUMÉ/PB Hellany Cybelle Araujo de Lima (UFCG/CDSA ) lany-rn@hotmail.com Rayane Brito de Sousa (UFCG/CDSA ) rayanica22@hotmail.com

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES

GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES CAPÍTULO 1 Gestão da produção: história, papel estratégico e objetivos Prof. Glauber Santos 1 GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES 1.1 Gestão da produção: apresentação Produção

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO: UMA ABORDAGEM DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CLASSIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO: UMA ABORDAGEM DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CLASSIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO: UMA ABORDAGEM DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Me. Thays Josyane Perassoli Boiko, GP GEPPGO, Engenharia de Produção Agroindustrial, Fecilcam, thaysperassoli@bol.com.br Lucas

Leia mais

ANEXO I CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR

ANEXO I CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR ANEXO I DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR VALORES DOS Administração 8 semestres R$ 395,00 10% R$ 355,50 Biomedicina 8 semestres R$ 630,00 20% R$ 504,00 Ciências Aeronáuticas 6

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008.

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto no Capítulo III Da Educação Profissional, da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro

Leia mais

CONCEITOS E FUNÇÕES DO PLANEJAMENTO, DA PROGRAMAÇÃO E DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PPCP (Petrônio Garcia Martins / Fernando Piero Martins Capítulo 7)

CONCEITOS E FUNÇÕES DO PLANEJAMENTO, DA PROGRAMAÇÃO E DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PPCP (Petrônio Garcia Martins / Fernando Piero Martins Capítulo 7) CONCEITOS E FUNÇÕES DO PLANEJAMENTO, DA PROGRAMAÇÃO E DO CONTROLE DA PRODUÇÃO PPCP (Petrônio Garcia Martins / Fernando Piero Martins Capítulo 7) A ESTRATÉGIA DA MANUFATURA E O SISTEMA PPCP: A estratégia

Leia mais

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO DISCIPLINAS Artes (Base Nacional Comum) Biologia (Ensino Médio) Matemática (Base Nacional Comum)

Leia mais

M.CASSAB reduz tempo de back up em 71% com CA ARCserve

M.CASSAB reduz tempo de back up em 71% com CA ARCserve CUSTOMER SUCCESS STORY M.CASSAB reduz tempo de back up em 71% com CA ARCserve CUSTOMER PROFILE Empresa: Grupo M.Cassab Indústria: Holding Empregados: 1.200 EMPRESA A M.CASSAB é um grupo empresarial familiar

Leia mais

PORTFÓLIO www.imatec.com.br

PORTFÓLIO www.imatec.com.br História A IMATEC foi estabelecida em 1993 com o objetivo de atuar nos segmentos de microfilmagem, digitalização e guarda de documentos e informações, hoje conta com 300 colaboradores, têm em seu quadro,

Leia mais

Gestão Estratégica. Gestão Estratégica

Gestão Estratégica. Gestão Estratégica DIAGNÓSTICO: Visão Macro Gestão Estratégica Aula 5 Diagnóstico marcopereira@usp.br AMBIENTE INTERNO SETOR DE NEGÓCIOS MACROAMBIENTE DIAGNÓSTICO: Visão Macro Externo Diagnóstico Interno O DEI tem como objetivo

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

1. SISTEMA DE PRODUÇÃO (6) 2. DESPERDÍCIOS DA PRODUÇÃO (8) 3. PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ESTOQUES (8) 4. MRP (6) 5. PRODUÇÃO LEAN (12) 6.

1. SISTEMA DE PRODUÇÃO (6) 2. DESPERDÍCIOS DA PRODUÇÃO (8) 3. PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ESTOQUES (8) 4. MRP (6) 5. PRODUÇÃO LEAN (12) 6. UNIFEI MBA UNIFEI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GERÊNCIA DA PRODUÇÃO 1. SISTEMA DE PRODUÇÃO (6) 2. DESPERDÍCIOS DA PRODUÇÃO (8) 3. PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ESTOQUES (8) 4. MRP (6)

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior Exportação e Importação Gerência

Leia mais

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management)

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Gestão da Produção Gestão da aia Suprimentos (Supply hain Management) Prof Dr Marco Antonio Pereira marcopereira@uspbr LOGÍSTIA (a face mais conhecida) ORIGEM Termo bélico; - tornou-se muito conhecido

Leia mais

Estrutura da apresentação

Estrutura da apresentação 05/12/201 3 Estrutura da apresentação Tópicos abordados Introdução Edições anteriores Aperfeiçoamentos na PINTEC 2011 Aspectos metodológicos Âmbito Amostra Coleta de dados Método e situações de coleta

Leia mais

Panel B2B. Brasil 1 / 7. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: 35.256 76,5% Sexo Homem 12.415.

Panel B2B. Brasil 1 / 7. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: 35.256 76,5% Sexo Homem 12.415. 1 / 7 Panel B2B Brasil Características Tamanho painel (ISO): 121.966 Pessoas perfiladas (ISO): 72.674 Taxa de resposta estimada (ISO): 30% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Infor ERP SyteLine Visão Geral Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Sobre a Mag-W A Mag-W foi criada especialmente para trazer ao mercado o que há de melhor em soluções corporativas de Tecnologia da Informação

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Gerenciamento Logístico Gerenciamento Logístico A missão do gerenciamento logístico é planejar

Leia mais

Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Componentes de uma empresa Objetivos Organizacionais X Processos de negócios Gerenciamento integrado

Leia mais

SISTEMA FECOMÉRCIO-RS SELECIONA: O

SISTEMA FECOMÉRCIO-RS SELECIONA: O SISTEMA FECOMÉRCIO-RS SELECIONA: O Senac-RS Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Administração Regional no Estado do Rio Grande do Sul, está selecionando profissionais para desenvolver suas atividades

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011 AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os requisitos de titulação

Leia mais

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a 2014 MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. São 165 unidades

Leia mais

Tabelas anexas Capítulo 7

Tabelas anexas Capítulo 7 Tabelas anexas Capítulo 7 Tabela anexa 7.1 Indicadores selecionados de inovação tecnológica, segundo setores das indústrias extrativa e de transformação e setores de serviços selecionados e Estado de São

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 705,51 R$ 663,76 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 803,87 R$ 756,30 Ciências Contábeis

Leia mais

UMC/EPN 2013 - Sistemas de Informações Aula 02. Os Sistemas de Informação vistos de uma Perspectiva de Negócios

UMC/EPN 2013 - Sistemas de Informações Aula 02. Os Sistemas de Informação vistos de uma Perspectiva de Negócios Os Sistemas de Informação vistos de uma Perspectiva de Negócios Organização Sistemasde Informação Tecnologiada informação Gerenciamento Maio / 2013 31 Os Sistemas de Informação vistos de uma Perspectiva

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad. 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor)

Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad. 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor) Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor) Principais obstáculos à ampliação da produtividade do trabalho

Leia mais

AUD. Audiência Pública: PRONATEC

AUD. Audiência Pública: PRONATEC AUD Audiência Pública: PRONATEC SENAI Missão Promover a educação profissional i e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC 1 INTERCULTURAL INDIGENA EM LINGUAS, ARTES E LIT. 2 ADMINISTRAÇÃO LEGISLATIVA 3 ALIMENTOS 4 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS 5 ARQUITETURA E URBANISMO 6 ARTE EDUCAÇÃO 7 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 8 CERÂMICA

Leia mais

Andrés Eduardo von Simson Graduação e v r iç i os D s i ney Background Hopi Hari Hilton Brasilton Maksoud Plaza

Andrés Eduardo von Simson Graduação e v r iç i os D s i ney Background Hopi Hari Hilton Brasilton Maksoud Plaza ENGENHARIA DE NEGÓCIOS I GESTÃO ESTRATÉGICA DE ESTOQUES AULA I Prof. Andrés E. von Simson 2009 PROFESSOR Andrés Eduardo von Simson Graduação Adm. Hoteleira Adm. de Empresas Docência pela FGV Especialização

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

(PROGRAMA LEONARDO DA VINCI)

(PROGRAMA LEONARDO DA VINCI) ANGLIA UNIVERSITY PROGRAMA LEONARDO DA VINCI GROUP ESC PAU GROUP ESC TOULOUSE PRIORIDADES PARA EL DESARROLLO DIRECTIVO INSTITUTO SUPERIOR SUPERIOR DE GESTAO MIDDLESEX UNIVERSITY INSTITUTO DE EMPRESA UNIÓN

Leia mais

GESTÃO DE PRODUÇÃO E OPERAÇÕES. Introdução aos estudos da Administração da Produção

GESTÃO DE PRODUÇÃO E OPERAÇÕES. Introdução aos estudos da Administração da Produção GESTÃO DE PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Introdução aos estudos da Administração da Produção 1 Introdução aos estudos da Administração da Produção UNIDADE I Evolução Histórica Objeto de estudo: ambiente, contexto

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

Contudo, os diferentes aspectos do planejamento e controle podem ser vistos como a representação da conciliação entre suprimento e demanda.

Contudo, os diferentes aspectos do planejamento e controle podem ser vistos como a representação da conciliação entre suprimento e demanda. Fascículo 7 Planejamento e Controle O projeto físico de uma operação produtiva deve proporcionar recursos capazes de satisfazer as exigências dos consumidores. O planejamento e controle preocupam-se com

Leia mais

P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II

P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II PLANO DE EXPANSÃO III (2011 2014) ESTUDO DE VIABILIDADE Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa - Coordenador Prof. M.Sc. Thiago José

Leia mais

Capítulo 1. Os sistemas de informação empresariais na sua carreira. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall

Capítulo 1. Os sistemas de informação empresariais na sua carreira. 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Capítulo 1 Os sistemas de informação empresariais na sua carreira slide 1 1.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Como os sistemas de informação estão

Leia mais

Gestão de Projetos. Prof: Fernando Souza, PMP

Gestão de Projetos. Prof: Fernando Souza, PMP Gestão de Projetos Projetos Vs. Processos Processos: contínuos e repetitivos certezas Projetos: temporários e exclusivos incertezas A visão de futuro de uma empresa só pode ser alcançada por meio de Projetos

Leia mais

SAÍDAS PROFISSIONAIS

SAÍDAS PROFISSIONAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 6 CURSO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS ÁREA DAS CIÊNCIAS ÁREA DA ANIMAÇÃO ÁREA DA SAÚDE AREA DO

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI 19/04 Recursos e Tecnologias dos Sistemas de Informação Turma: 01º semestre

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais