P á g i n a 2. 1 Cadastro de Contas Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "P á g i n a 2. 1 Cadastro de Contas 1.1 - Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta"

Transcrição

1

2 P á g i n a 2 1 Cadastro de Contas Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta 2 Centro de custos 2.1 Como abrir a tela de centro de custos. 2.2 Como cadastrar um centro de custos. 3 Classificações Imprimir relatório do plano de classificações 4 - Lançamentos no financeiro 4.1 Como abrir a tela de lançamentos do financeiro. 4.2 Como lançar o saldo anterior da conta. 4.3 Entendendo a tela de lançamentos do financeiro. 4.4 Relatórios lançamentos financeiro. 5 Cadastro de Fornecedores Procedimentos para abrir o cadastro de fornecedores Procedimentos para cadastrar um NOVO fornecedor Procedimentos para pesquisar Fornecedores já cadastrados Procedimentos para imprimir relação de fornecedores. 6 Cadastro de Produtos / Patrimônio Procedimentos para abrir o cadastro de produtos / patrimônio Procedimentos para cadastrar um NOVO produto Procedimentos para pesquisar produtos já cadastrados. 6.4 Preencher tabela das propriedades dos alimentos ou tabela TACO. 7- Centro de custo (Locais de estoque) 7.1 Procedimento para abrir a tela de cadastro do centro de custo. 7.2 Como cadastrar os centros de custo da escola? 7.3 Observações importantes. 8 Movimentação dos produtos (Controle de estoque) 8.1 Como acessar a tela de entrada de produtos no estoque. 8.2 procedimento para dar entrada do produto no estoque Cabeçalho da nota procedimento para incluir os produtos na nota. 8.3 Concluir a entrada dos produtos no estoque. 8.4 Cadastrar Bens Patrimoniais. 8.5 Concluir a entrada dos produtos no estoque.

3 8.6 Considerações importantes sobre a movimentação de produtos. 8.7 Imprimir relatório de controle de Estoque. 8.8 Cancelar fechamento da nota. P á g i n a 3

4 P á g i n a 4 1 CADASTRO DE CONTAS Processo que dá inicio ao controle financeiro, é necessário cadastrar as contas para poder posteriormente fazer os lançamentos e controlar as planilhas de cada conta bancária ou não. 1.1 Abrir o cadastro de contas Para abrir o cadastro de contas, clique no menu FINANCEIRO e depois em CADASTRO DE CONTAS. 1.2 Como cadastrar uma nova conta Clique no Botão NOVO Preencha o n da Conta, nome da conta, banco, agência e o tipo de conta Clique no botão GRAVA. 1

5 P á g i n a Cadastre qual fonte de recurso será controlada nessa conta Clique no icone preencha o nome da Fonte de Recurso e clique em Obs.: Caso seja controlado mais de uma fonte de recurso em uma mesma conta, incluir todas as fontes de recursos. DICA: Se quiser imprimir a relação das contas bancárias cadastradas. 1 Clique no botão BUSCAR. 2 Clique em CONSULTA. 3 Selecione as informações que deseja imprimir 4 Clique em IMPRIMI LISTA.

6 P á g i n a 6 2 CENTRO DE CUSTO Centro de Custos mais conhecido como ALMOXARIFADO, temos que cadastrar para poder controlar o estoque de cada almoxarifado. Ex: LIMPEZA, PEDAGÓGICO E MERENDA) 2.1 Como abrir a tela de centro de custos Clique no menu FINANCEIRO Clique em CENTRO DE CUSTOS 2.2 Como cadastrar um centro de custo Clique no Botão NOVO Preencha o nome do CENTRO DE CUSTO. Ex: PEDAGÓGICO Clique em GRAVA. repita esse procedimentos para todos os estoques que deseja controlar em sua escola.

7 P á g i n a 7 3 CLASSIFICAÇÕES Por padrão o GEP já apresenta um plano de classificações cadastrado. O plano de classificações serve para identificar todos as entradas e saídas das contas. Por CLASSIFICAÇÃO, SUB CLASSIFICAÇÃO E SUB NÍVEL. Se no seu municipio todas as escolas usam o mesmo plano de classificação de lançamentos, caso ocorra a necessidade de ser feito o cadastramento de uma nova classificação será necessário entrar em contato com a ERGON SISTEMAS, para que seja feito o cadastramento. Segue um exemplo de classificação: Classificação: DESPESAS Sub Classificação: SERVIÇOS DE TERCEIROS Sub Nível: MATERIAL DE EXPEDIENTE. Então quando for lançar por ex: papel, caneta, grapeador: devese usar o histórico MATERIAL DE EXPEDIENTE. De forma que estaremos agrupando varias despesas num só grupo.

8 P á g i n a Imprimir relatório do plano de classificações Clique em relatórios Clique em 6S 03 Classificações Clique em OK Clique na Impressora para imprimir.

9 P á g i n a Lançamentos no financeiro (Processo utilizado para lançar as entradas e saídas das contas, apenas lançamentos que não precisa ser feito o controle de estoque. ) 4.1 Como abrir a tela de lançamento do financeiro Clique no menu FINANCEIRO Clique em LANÇAMENTOS. Observações importantes. Antes de começarmos a ensinar como fazer os lançamentos de débito e crédito nas contas, é importante explicar algumas situações. Ex: Se for começar a fazer os lançamentos das despesas e entradas que ocorreram apartir do dia 01/01/2014. Antes é necessário lançar o saldo final de cada conta no dia 31/12/ o saldo final será o saldo anterior do extrato do mês de Janeiro de No caso das contas que tem que ser identificados os lançamentos de CUSTEIO E CAPITAL, será necessário dois lançamentos de saldo anterior. 4.2 Como lançar o saldo anterior da conta Selecione o ano de Clique no botão novo Informe a conta. A Conta já deve estar cadastrada! Para pesquisar a conta aperte F12 para abrir a tela de pesquisa da conta. (obs. Se já souber o código da conta basta digitar o codigo e apertar enter) digite o nome da conta e pressione a seta do teclado para baixo para pesquisar a conta Selecione o nome da conta e clique em RETORNAR.

10 P á g i n a TIPO DE DOCUMENTO: Nesta situação de lançamento de saldo anterior informe OUTROS. OBS.: Quando for lançar algum recurso que entrou na conta informe RECEBIMENTOS N : INFORME DATA DE EMISSÃO: Preencha com o dia anterior ao que você deseja começar a fazer os lançamentos. neste caso 31/12/ NATUREZA DA DESPESA: Quando a conta não tem separação de custeio ou capital como por ex: AUTONOMIA FINANCEIRA. Selecione a opção: 5 CUSTEIO/CAPITAL (apenas para lançamentos de Credito) No caso do FNDE que tem separação de CUSTEIO E CAPITAL, será necessário fazer dois lançamentos de saldo anterior. O saldo anterior de CUSTEIO e o saldo anterior de CAPITAL FORMA DE PAGAMENTO: Deixe em branco no caso do lançamento do SALDO ANTERIOR PAGAMENTO: Deixe em branco no caso do lançamento do SALDO ANTERIOR HISTÓRICO: Saldo anterior: VALOR: INFORME O VALOR FORNECEDOR: NÃO PRECISA PREENCHER O FORNECEDOR FONTE DE RECURSO: Informe a fonte de recurso. (pesquise usando a tecla F12.)

11 P á g i n a ENTENDENDO A TELA DE LANÇAMENTO DO FINANCEIRO ID DOCUMENTO: É gerado de forma automática quando clica no botão NOVO. CONTA F12: Usado para preenchimento da conta bancária. Aperte F12 para pesquisar a conta. TIPO DOC.: NOTA FISCAL: Usado quando são feitos pagamentos. RECEBIMENTOS (Usado quando é feito o lançamento do dinheiro que entra na conta proveniente do repasse) OUTROS: Usado principalmente no lançamento do saldo anterior (Obs. O saldo anterior só deve ser lançado quando for começar a usar a tela de lançamentos, posteriormete o sistema erá gerar automáticamente o saldo.) N : Informe o n do documento de acordo com o tipo de documento selecionado anteriormente EMISSÃO: Informe a data de emissão da nota fiscal. Ou do documento. NAT. DESP. F12: Informe a natureza da despesas CUSTEIO, CAPITAL OU CUSTEIO/CAPITAL quando a conta não diferencia entre custeio e capital. FORMA PGTO: Usado apenas nas despesas. (Obs. Quando seleciona TIPO DE DOC. RECEBIMENTOS, a forma de pagamento fica inabilitada.) N TRANSF.: Informe o numero da transferência. PAGAMENTO: Informe a data de pagamento. HISTÓRICO: Informe o histórico que esteja relacionado com o que esteja lançando. Obs.: digite apenas as opções que já existem cadastradas, caso queira imprimir a relação dos históricos. Veja no manual no item 3 CLASSIFICAÇÕES

12 P á g i n a 12 COMPLEMENTO: Local para colocar informações complementares ao histórico. Ex: HISTÓRICO: SERVIÇOS DE ÁGUA E ESGOTO No complemento poderiamos colocar: CELTINS. REF. MÊS 04/2014 D/C: Campo já é preenchido de forma automática de acordo com o histórico. Indica se o lançamento é D= DÉBITO ou DESPESAS OU C= CRÉDITO OU RECEITA. VALOR: Informe o valor: FORNECEDOR F12: USADO APENAS QUANDO FOR LANÇAR UMA DESPESAS. (OBS. O fornecedor já deve estar cadastrado.) Aperte F12 para pesquisar. FONT. REC F12: Informe de qual fonte de recurso é o lançamento. Aperte F12 para pesquisar. Obs. A classificação será preenchida de forma automática quando for preenchido o histórico RELATÓRIOS LANÇAMENTO FINANCEIRO: 6S 04 a PRESTAÇÃO DE CONTAS AUTONOMIA FINANCEIRA ANEXO I Para imprimir clique em: RELATÓRIOS Selecione o relatório INFORME o período inicial e final, clique em OK.

13 ENTENDENDO O RELATÓRIO: P á g i n a 13

14 P á g i n a 14 BLOCO I Identificação da escola: estas informações tem como origem o cadastro de escolas, caso esteja faltando alguma informação, abra o cadastro da escola e preencha o que estiver faltando. BLOCO II SÍNTESE DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DESPESA (R$) 8 N DE PARCELAS RECEBIDAS: O sistema irá contar os lançamentos com histórico AUTONOMIA FINANCEIRA. No periodo que foi informado na tela do filtro do relatório. 9 MESES DE RECEBIMENTO DAS PARCELAS: O sistema irá mostrar o meses em que foram lançadas as parcelas com base na DATA DE EMISSÃO. 10 SALDO ANTERIOR: Mostra o saldo anterior ao período informado. 11 VALOR RECEBIDO DAS PARCELAS: Mostra a soma do valor recebido das parcelas do período informado. 12 RECURSOS PROPRIOS: Irá mostrar epenas lançamentos com histórico RECURSOS PROPRIOS. 13 APLICAÇÃO FINANCEIRA: Irá mostrar apenas lançamentos com histórico: RENDIMENTOS APLICAÇÕES FINANCEIRAS. 14 VALOR TOTAL DA RECEITA: Soma dos itens 10,11,12 e DESPESAS REALIZADA: Total das despesas lançadas na AUTONOMIA FINANCEIRA. No período informado. 16 SALDO: Saldo final do período informado. BLOCO III PAGAMENTOS EFETUADOS Mostra todos os lançamentos de despesa que foi selecionado a fonte de recurso, AUTONOMIA FINANCEIRA. 6S 04 d PRESTAÇÃO DE CONTAS ALIMENTAÇÃO ESCOLAR/TESOURO - Para imprimir clique em: RELATÓRIOS Selecione o relatório INFORME o período inicial e final, clique em OK.

15 ENTENDENDO O RELATÓRIO P á g i n a 15

16 P á g i n a 16 OBS. ESTE RELATÓRIO IRÁ MOSTRAR APENAS LANÇAMENTOS COM FONTE DE RECURSO COD. 31 MERENDA ESCOLAR TESOURO BLOCO I Identificação: estas informações tem como origem o cadastro de escolas, caso esteja faltando alguma informação, abra o cadastro da escola e preencha o que estiver faltando. BLOCO II SÍNTESE DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DESPESA (R$) 8 SALDO REPROGRAMADO DO EXERCÍCIO ANTERIOR: Saldo anterior a data inicial informada no filtro do relatório. 9 VALOR CREDITADO PELO MUNICIPIO: O sistema irá mostrar a soma de todos os lançamentos do período informado com o histórico MERENDA ESCOLAR TESOURO 10 RECURSOS PROPRIOS: Irá mostrar epenas lançamentos com histórico RECURSOS PROPRIOS. 11 RENDIMENTOS DEAPLICAÇÃO FINANCEIRA: Irá mostrar apenas lançamentos com histórico: RENDIMENTOS APLICAÇÕES FINANCEIRAS. 12 DEVOLUÇÃO DE RECURSOS AO MUNICÍPIO:Neste campo o sistema irá mostrar apenas lançamentos com histórico DEVOLUÇÃO MERENDA TESOURO 13 VALOR TOTAL DA RECEITA: Irá mostrar a soma dos itens 8,9,10 e 11 item12 14 VALOR DA DESPESAS REALIZADA: Mostra o total das despesas do período. 15 SALDO A REPROGRAMAR PARA O EXERCÍCIO SEGUINTE: Mostra o SALDO FINAL OS ITENS 14 E SALDO DEVOLVIDO AO MUNICÍPIO: Mostra os lançamentos com histórico SALDO DEVOLVIDO MERENDA TESOURO 19 N DE ALUNOS ATENDIDOS: Mostra a quantidade de alunos matriculados nas turmas. BLOCO III PAGAMENTOS EFETUADOS Mostra todos os lançamentos de despesa que foi selecionado a fonte de recurso, COD 31 MERENDA ESCOLAR TESOURO. 6S 04 e PRESTAÇÃO DE CONTAS ALIMENTAÇÃO ESCOLAR/FNDE - M. EDUCAÇÃO Para imprimir clique em: RELATÓRIOS Selecione o relatório. INFORME a Fonte de recurso FNDE ou MAIS EDUCAÇÃO. Informe o período inicial e final, clique em OK.

17 ENTENDENDO O RELATÓRIO P á g i n a 17

18 P á g i n a 18 OBS. ESTE RELATÓRIO SERÁ USADO NA PRESTAÇÃO DE CONTAS DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR MAIS EDUCAÇÃO E FNDE. FONTE DE RECURSO COD. 29 MAIS EDUCAÇÃO E COD. 30 FNDE BLOCO I Identificação: estas informações tem como origem o cadastro de escolas, caso esteja faltando alguma informação, abra o cadastro da escola e preencha o que estiver faltando. BLOCO II SÍNTESE DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DESPESA (R$) 8 SALDO REPROGRAMADO DO EXERCÍCIO ANTERIOR: Saldo anterior a data inicial informada no filtro do relatório. 9 VALOR TRANSFERIDO PELO FNDE: O sistema irá mostrar a soma de todos os lançamentos do período informado com o histórico MERENDA ESCOLAR MAIS EDUCAÇÃO ou MERENDA ESCOLAR FNDE. 10 RECURSOS PROPRIOS: Irá mostrar epenas lançamentos com histórico RECURSOS PRÓPRIOS. 11 RENDIMENTOS DEAPLICAÇÃO FINANCEIRA: Irá mostrar apenas lançamentos com histórico: RENDIMENTOS APLICAÇÕES FINANCEIRAS. 12 DEVOLUÇÃO DE RECURSOS AO FNDE :Neste campo o sistema irá mostrar apenas lançamentos com histórico DEVOLUÇÃO FNDE 13 RECEITA TOTAL: Irá mostrar a soma dos itens 8,9,10, 11 e DESPESAS REALIZADAS: Mostra o total das despesas do período. 15 SALDO TUAL: Mostra o SALDO FINAL receita total despesas realizadas BLOCO III PAGAMENTOS EFETUADOS Mostra todos os lançamentos de despesa que foi selecionado a fonte de recurso, FONTE DE RECURSO COD. 29 MAIS EDUCAÇÃO E COD. 30 FNDE

19 P á g i n a Cadastro de fornecedores (Processo que dá início ao controle de estoque.) Procedimentos para abrir o cadastro de fornecedores. Para abrir a tela do cadastro de fornecedores, clique no menu ESTOQUE, depois em fornecedores: Tela do cadastro de fornecedores: 5.2 Procedimentos para cadastrar um NOVO fornecedor. - Clique no botão NOVO. - Preencha Todos os dados cadastrais; - Clique no botão GRAVA.

20 P á g i n a Procedimentos para pesquisar Fornecedores já cadastrados Opção 1 - Digite alguma informação na tela. - Clique no botão Buscar. (Localizado abaixo do botão LIMPA ) - Note que abaixo do botão AUDITORIA é mostrada a quantidade de registros pesquisados com base na informação preenchida. Obs.: Caso não informar nada na tela e clicar no botão BUSCAR o GEP irá pesquisar todos os fornecedores cadastrados Opção 2 - Aperte a tecla de atalho do teclado CTRL + P. - Na tela que aparecer, digite o nome do fornecedor que deseja procurar. - Clique no botão OK Procedimentos para imprimir relação de fornecedores. - Clique no botão BUSCAR. - Clique na opção CONSULTA. - Para selecionar quais informações imprimir clique no botão. - Depois marque as informações que deseje imprimir. - Clique no botão imprimir lista.

21 P á g i n a 21 - Selecione Orientação PAISAGEM. - Selecione MOSTRAR HORIZONTAIS E VERTICAIS. - Clique em VISUALIZAR NA TELA. - Clique em Fit To Page (para Ajustar a página). - Clique na impressora para imprimir o relatório. 6 - Cadastro de Produtos/Patrimônio Atenção. Verifique se no seu municipio o cadastro é feito pela secretaria de educação Obs.: Local aonde serão cadastrados todos os produtos, Alimentos, materiais de escritório e bens patrimoniais 6.1 Procedimentos para abrir o cadastro de produtos/patrimônio. Para abrir a tela do cadastro de produtos / patrimônio, clique no menu ESTOQUE, depois em produtos/patrimônio. (Dúvidas: Olhe na imagem do item 1.1 Procedimentos para abrir o cadastro de fornecedores) Tela do cadastro de produtos / patrimônio. 6.2 Procedimentos para cadastrar um novo produto. - Clique no botão NOVO. (parte superior, lado esquerdo) - Referência: Basta repetir o cód. do produto que o sistema GEP gerou quando clicou em novo. - Descrição: Digite o nome do Produto.

22 P á g i n a 22 - Natureza do Item: 1- Bens patrimoniais Imóveis. Ex: Prédio 2- Bens patrimoniais móveis. Ex: Computador 3- Produtos de consumo. Ex: Papel A4, Manteiga. Etc... - Grupo: Selecione o grupo - Sub Grupo: Selecione o Sub Grupo. -Complemento: Informação complementar ao cadastro. - UN Compra: Informe a unidade de como é comprado o produto. Ex: CX (Caixa), UN (unidade). - UN Utiliza: informe a unidade de como é dada a saída do produto para os setores.(secretaria, Direção, Biblioteca. etc...) - EMB: (Embalagem) Informe quantas UN de Saída tem na UN de compra. EX: o produto papel A4 é comprado em Caixa CX e é dado saída em RS (Resmas). Neste caso a embalagem Emb: seria 12 que é a quantidade de RS (Resmas). Quando a unidade de compra for igual a unidade de saída então a Embalagem deve ser 1. - Grava: Clique no botão Grava para gravar o cadastro Procedimentos para pesquisar produtos já cadastrados. - Mesmo procedimento feito no item: ( 5.3 Procedimentos para pesquisar fornecedores já cadastrados ). 6.4 Preencher tabela das propriedades dos alimentos ou tabela TACO Após abrir o cadastro de produtos/patrimonio, clique no botão BUSCAR Clique na aba Composição de Alimentos 100 g parte comestível Preencha a tabela de composição de alimentos tendo como base 100 gramas Esta informação será utilizado no momento do cadastramento das refeições, quando informar a percapta o sistema irá calcular automáticamente a composição dos alimentos

23 P á g i n a Pesquisar entradas e saidas dos produtos Aperte no teclado as teclas Ctrl+P para abrir a tela de pesquisa de produtos Digite o nome do produto, Aperte a seta do teclado para baixo para pesquisar Selecione o nome do produto que deseja buscar e clique no botão RETORNAR. Obs. Na pesquisa de produtos, digite antes % para poder pesquisar em qualquer parte do nome Agora selecione o tipo de movimentação. Entrada ou Saída e clique no botão Busca dados

24 P á g i n a Alguns modelos de relatórios. Relação de bens patrimoniais mod.2

25 Relação de bens patrimoniais P á g i n a 25

26 P á g i n a Centro de Custo (locais de estoque) 7.1 procedimento para abrir a tela de cadastro do centro de custo. - Clique no menu FINANCEIRO/CENTRO DE CUSTO Tela do cadastro de centro de custo. 7.2 Como cadastrar os centros de custo da escola? - Clique no botão NOVO. - Preencha o nome do CENTRO DE CUSTO. Ex: Almoxarifado, depósito da merenda, secretaria, biblioteca, direção adjunta, coordenação pedagógica, laboratório de informática. - Clique no botão GRAVA. 7.3 Observações importantes. - No cadastro dos centros de custos devem ser cadastrados tanto os locais de entrada dos produtos como também os locais que são dadas as saídas dos mesmos. 8 Movimentação de Produtos (Controle de Estoque) Local aonde serão feitas as entradas e saidas do estoque. Os lançamentos do controle financeiro dos itens que necessitam de controle de estoque deverão ser feitos apartir deste módulo. 8.1 Como acessar a tela de entrada de produtos no estoque. - Clique no menu ESTOQUE / MOVIMENTAÇÃO DE PRODUTOS. 8.2 Procedimento para dar entrada do produto no estoque Cabeçalho da nota. Tela de Entrada e Saída de Itens (Produtos) do estoque.

27 P á g i n a 27 - Clique em NOVO. - Selecione tipo de movimento ENTRADA. - Nº Doc/NF: Preencha com o numero da nota fiscal. - Tipo Doc.: Selecione a opção nota fiscal. - Emissão: Data da emissão da nota. - Entrada: Data da entrada do produto no estoque. - Fornecedor: Aperte F12 para pesquisar o fornecedor ou apenas digite o Código do fornecedor. (para cadastrar o fornecedor acesse o item 5.2 ). - Total Produtos: Informe o valor R$ total da nota Fiscal. - Frete: Esta informação não é obrigatória, caso não tenha frete não preencha. (verificar para o wilton tirar este campo). - Total da Nota: o Sistema GEP já joga o valor: - Condição de pagamento: informe a condição de pagamento. - Transportadora: informe a transportadora (Nunca usam pode tirar) - Centro de Custo: Aperte F12 para pesquisar o centro de custo, ou seja: o local em que vai ser a entrada do produto EX: Almoxarifado. (para cadastrar os centros de custo acesso o Item 3.1 página 05) - Fonte do recurso: Aperte F12 e pesquise qual a fonte de recurso utilizada para a compra dos itens dessa nota. - Nat. Despesa: Aperte F12 para pesquisar a natureza da despesa que pode ser CUSTEIO ou CAPITAL Obs. Caso saiba o código do custeio ou do capital, basta digitar o código, sem precisar apertar F12. - Grava: Clique no botão GRAVA para gravar o cabeçalho da nota procedimento para incluir os produtos na nota. - Clique no botão Incluir.

28 P á g i n a 28 - Digite o nome do produto e clique no botão OK (o GEP irá retornar o código do produto) - Aperte ENTER. - Qtde: Preencha a Quantidade. - Pço Uni: informe o valor unitário do produto - Aperte ENTER até chegar no botão gravar - Repita o mesmo processo para incluir um novo produto na nota. 8.3 Desdobramento da nota (lançamento da despesas referente a nota no Financeiro) Quando é feito a entrada de produtos no estoque, é necessário que o lançamento no financeiro desta nota seja feita atravéz do desdobramento de nota. O Sistema irá abrir apartir dai a tela de lançamentos, para que seja feito o registro da saida do dinheiro da conta, este mesmo ficará vinculado ao produto e a nota fiscal Clique em DESDOBRAMENTO Clique em Inclui documento no financeiro Com a tela do lançamento no financeiro aberta, preencha os campos que estão faltando, note que os campos nota fiscal, numero da nota, data de emissão, fornecedor e fonte de recurso já vem preenchidos, pois o sistema busca essas informações da entrada do produto Clique no botão Grava.

29 P á g i n a Cadastrar Bens Patrimoniais Obs.: Caso o produto que esteja dando entrada não seja um bem patrimonial pule para o item Concluir a entrada dos produtos no estoque Clique em Bens Patrimoniais Clique em Incluir Quantidades. O sistema automática mente irá cadastrar a quantidade de bens patrimoniais da nota fiscal. Obs. Você poderá preencher posteriormente pela tela de cadastro de produtos / patrimonio, as Outras informações: Localização Física, garantia, etc. note que os dados do patrimonio referente a nota fiscal já estão preenchidos. 8.5 Concluir a entrada dos produtos no estoque. Enquanto não efetuarmos este processo o GEP considera a nota como aberta e seus itens ainda fora do estoque. - para gerar o saldo do estoque clique em OPÇÕES DA NOTA / FECHAR NOTA FISCAL - Clique em Yes para confirmar.

30 P á g i n a Considerações importantes sobre a movimentação de produtos. - Quando for começar o trabalho de controle de estoque no sistema GEP, é recomendável efetuar uma contagem do estoque do almoxarifado e do depósito merenda, que geralmente são os locais de entrada do estoque. - Devido o fato de que na entrada do produto no estoque o sistema GEP pede o fornecedor, e no estoque da escola ter produtos de vários fornecedores diferentes. Recomendamos cadastrar um fornecedor com o nome de ESTOQUE INICIAL, este fornecedor só será utilizado nesta ocasião, pois após este lançamento inicial todas as notas que formos dar entrada, saberemos qual o fornecedor informar. - Em relação ao campo Total Produtos neste caso também não iremos informar nenhum valor pois não estamos dando entrada de uma nota fiscal, e sim de todos os itens do estoque. - Quando for dar entrada dos itens, também não devemos informar o valor unitário de cada item. 8.7 Imprimir relatório de controle de Estoque. - Na tela de movimentação de produtos clique no botão RELATORIO, escolha algum dos relatórios disponíveis. 8.8 Cancelar fechamento da nota. - A opção cancelar fechamento de nota serve para quando quiser alterar alguma informação em uma nota já fechada. Neste caso quando cancelamos o fechamento é como se os itens saíssem do estoque. Então após corrigir o lançamento e recomendável fechar a nota novamente. - para cancelar o fechamento da nota vá na tela de movimentação de produtos e clique em OPÇÕES DA NOTA Fone: (63)

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos:

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Prestação de Contas Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Acessar o Sistema NEGOCIUS. Clicar em Tesouraria do menu lateral esquerdo, em seguida clicar em Prestação

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF)

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF) 1 Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão SEM Impressora de cupom fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa...3 2. Configurações dos Parâmetros......3 3. Cadastro de cliente...4

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo I

Treinamento Sistema Condominium Módulo I CONDOMINIUM Módulo I CADASTROS Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1 Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1- Controles de saldos financeiros por Fonte e Aplicação Abaixo estão listadas as telas do sistema que sofreram adequações na nova versão do Módulo

Leia mais

Solicitação de Reposição? FS71.1

Solicitação de Reposição? FS71.1 Como Trabalhar com Solicitação de Reposição? FS71.1 Sistema: Futura Server Caminho: Estoque>Reposição>Reposição Referência: FS71.1 Versão: 2015.9.18 Como Funciona: Esta tela é utilizada para solicitar

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Estoque) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACERTO DE ESTOQUE...

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros do Excel.

Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros do Excel. SOBRE MACROS CONTABILIZAR CONTROLE DE CAIXA > MANUAL CONTAS A PAGAR Alguns recursos da planilha são baseados em MACROS, e para que os mesmos funcionem perfeitamente é necessário que se habilitem as macros

Leia mais

Implantação do sistema Condominium

Implantação do sistema Condominium Implantação do sistema Condominium Nesse manual iremos acompanhar o passo a passo para a implantação do sistema, portanto iremos pular algumas telas do cadastro, que deverão ser preenchidas após a implantação

Leia mais

Almoxarifado SEF. Manual do Usuário Versão 1.3. União Sul Brasileira da IASD. Departamento de TI 01/01/2008

Almoxarifado SEF. Manual do Usuário Versão 1.3. União Sul Brasileira da IASD. Departamento de TI 01/01/2008 2008 Almoxarifado SEF Manual do Usuário Versão 1.3 União Sul Brasileira da IASD Departamento de TI 01/01/2008 SUMÁRIO SEF - Almoxarifado Introdução... 3 Cadastro da Entidade/Loja... 3 Menu Almoxarifado...

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP

MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP Pouso Alegre MG 2013 SUMÁRIO 1. Introdução.... 6 2. Efetuar Entrada de Material.... 8 2.1. Entrada de Material por Compra.... 8 2.1.1. Cadastro de Empenho...

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe ÍNDICE PAG. 01 ACESSO AO SISTEMA PAG. 02 INFORMANDO USUÁRIO E SENHA PAG. 03 MENU DE CADASTROS PAG. 04 CADASTRANDO FORNECEDORES PAG. 05 CADASTRANDO GRUPOS

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos.

Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos. 2 3 Parabéns, Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos. A Nucleu Tecnologia está empenhada em comprovar que você fez um bom investimento, aumentando cada vez mais a sua

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

PÚBLICA SERVICOS LTDA

PÚBLICA SERVICOS LTDA PÚBLICA SERVICOS LTDA BAIXE ESSE GUIA EM: WWW.PUBLICA-RO.COM.BR/MANUAIS 2 Índice Realizando uma Dispensa de Licitação...pag 3 1 Passo...pag 3 2 Passo...pag 5 3 Passo...pag 12 4 Passo...pag 15 Estorno da

Leia mais

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br

..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br ..:Restaurantes:.. Manual completo do sistema de vendas Restaurantes Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br E-mail..: suporte@giovaneinformatica.com.br :.. Índice ndice..: 1-) CADASTRANDO DE PRODUTOS

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1 Manual de Operação do SIMPLES 1 MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. Manual de Operação do SIMPLES 2 A Empresa A ASP Desenvolvimento de Softwares

Leia mais

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/24 ÍNDICE Instruções

Leia mais

E&L Compras, Licitações e Contratos. Perguntas Frequentes

E&L Compras, Licitações e Contratos. Perguntas Frequentes E&L Compras, Licitações e Contratos Perguntas Frequentes 1. Como consolidar itens na pesquisa de preço ou licitação? Os itens deveram ter o mesmo código, unidade e descrição. 2. É possível reutilizar os

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA MEGASALE PAF-ECF 2 MEGASALE PAF-ECF Tabela de Conteúdo Introdução 4 Login Megasale PAF-ECF 5 Frente de Loja (E.C.F) 5 1 Buscando... uma Pré-Venda 9 2 Buscando... um DAV 12 Incluindo Pré-Venda 14 Incluindo

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO 2012 TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 PÓS MÉDIO 1 AULA 1 Verificação de Erros cometidos no Domínio Escrita Fiscal Para verificar o que já foi realizado no domínio escrita fiscal (e também

Leia mais

Roteiro de orientações para uso do Contas Online

Roteiro de orientações para uso do Contas Online FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO FNDE Roteiro para registro de Prestação de Contas PNAE/2013 no SiGPC Contas Online Atualização: Agosto de 2013 Roteiro de orientações para uso do Contas Online

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação.

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. Incluir um Inventário Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. ) e preencha Clique na aba Itens e depois no botão Carregar Produtos

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Além dos cadastros básicos Financeiro

Além dos cadastros básicos Financeiro Além dos cadastros básicos Financeiro Até agora vimos como cadastrar algumas informações básicas para a utilização do CIAF, enquanto cadastramos estas informações também treinamos o modo de utilização

Leia mais

Para pesquisar o código do cliente, caso não saiba, aperte o botão ao lado do campo Cliente.

Para pesquisar o código do cliente, caso não saiba, aperte o botão ao lado do campo Cliente. Procedimento de Lançamento de Vendas Sistema SVC 1 Para lançar um bilhete de venda ou lançar uma venda e emitir um bilhete pelo Sistema, abra a tela de vendas e pressione o botão inserir no menu superior.

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Configurações Básicas

Configurações Básicas Compras Avançadas Este módulo auxilia na verificação da demanda dos produtos e com isso permite ajustar os estoques fazendo transferência entre as filiais e também definir a quantidade de estoque dos produtos

Leia mais

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado Guia Prático PGRural Adendo Livro Caixa Avançado Índice Sobre o PGRural... 3 Conceito... 3 Configurando a empresa... 4 Plano de contas... 5 Conta padrão para participante... 6 Forçar vínculo... 6 Tela

Leia mais

Manual de instruções rápido para testar o sistema Graces

Manual de instruções rápido para testar o sistema Graces Manual de instruções rápido para testar o sistema Graces Gerenciar um salão de beleza usando o sistema Graces é muito fácil! Eis alguns passos que poderão lhe ajudar a realizar os testes. Lembre-se que

Leia mais

Página 1. Manual do Operador de Caixa

Página 1. Manual do Operador de Caixa Página 1 Manual do Operador de Caixa Página 2 Sumário Conhecendo a tela de abertura do sistema... 03 Tela principal do sistema... 05 Tela de consulta... 06 Inserir clientes na venda... 07 Funções especiais...

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br

..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus. Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br ..:Sgi-Plus:.. Manual completo do sistema de vendas Sgi-plus Site..: http:// www.giovaneinformatica.com.br E-mail..: suporte@giovaneinformatica.com.br 1-) CADASTRANDO DE PRODUTOS -Detalhes da tela -Salvando

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

www.lzt.com.br Página 1 de 19

www.lzt.com.br Página 1 de 19 1 ESTOQUE 1.1 ENTRADA DE NOTA FISCAL Adicione os dados do fornecedor conforme a nota fiscal de entrada das mercadorias. Nesta tela você pode: Adicionar Adiciona os produtos da nota fiscal de entrada. Editar

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

Agendamento de Produtos de Uso Contínuo

Agendamento de Produtos de Uso Contínuo Agendamento de Produtos de Uso Contínuo Os usuários do Call Center do ASAsys agora podem agendar ligações para os clientes de produtos de uso contínuo para oferecer o produto do cliente antes que ele acabe.

Leia mais

Passo a passo SISCORT R 2015

Passo a passo SISCORT R 2015 Passo a passo SISCORT 2015 SUMÁRIO (PASSO A PASSO SISCORT) Passo 1 Acessando o Sistema ------------------------- slide 1 Passo 2 -Identificação do Usuário ---------------------slide 16 Passo 3 Atualizar

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE Manual elabora por: Benedito Elias Neto FCL - Araraquara Seção Técnica de Materiais SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Implantação do Sistema de Requisição ON-LINE (RMS) REQUISIÇÃO DE MATERIAL

Leia mais

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a)

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) Arttez Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) O Sistema Arttez. Arttez é o software de gerenciamento para estúdios de tatuagem que objetiva manter o controle

Leia mais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Operações de Caixa Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Introdução... 3 Suprimento... 3 Sangria... 4 Abertura de Caixa... 6 Fechamento de Caixa...

Leia mais

Locavia MANUAL DO USUÁRIO

Locavia MANUAL DO USUÁRIO Locavia MANUAL DO USUÁRIO INFO SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA. Fone: (31) 2122-0888 Site: www.infosistemas.com.br e-mail: suporte@infosistemas.com.br MSN: suporte@infosistemas.com.br Skype: suporte_infosistemas

Leia mais

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras.

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Cliente Tp Pessoa Jurídica (campo Obrigatório ) CNPJ ou CFF (campo

Leia mais

Manual do Sistema "Vida em Mão - Controle Financeiro Para PALM" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida em Mão - Controle Financeiro Para PALM Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida em Mão - Controle Financeiro Para PALM" Editorial Brazil Informatica I Vida em Mãos - Controle Financeiro para PALM Conteúdo Part I Introdução 2 1 Fala Comigo -... Sistema de Atendimento

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Página 1. Manual Rotinas. Emissão de contratos. Suporte T.I

Página 1. Manual Rotinas. Emissão de contratos. Suporte T.I Página 1 Manual Rotinas Emissão de contratos Página 2 Sumário 595 Contrato... 03 316 Digitar pedido de venda... 08 329 Cancelamentos de pedidos... 13 9014 Agrupamento de pedidos... 14 3323 Agrupar pedido

Leia mais

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas 1 2 ÍNDICE ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota 04 2 - Cadastros da Frota 07 3 - Abastecimento de Bens 11 4 - Cadastro de Bombas 14 5 - Abastecimento de Bombas 15 6 - Abertura de Chamados

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

INTRODUÇÃO. Sua consulta é muito fácil, abaixo daremos algumas dicas que facilitarão o seu dia a dia.

INTRODUÇÃO. Sua consulta é muito fácil, abaixo daremos algumas dicas que facilitarão o seu dia a dia. Referência Rápida INTRODUÇÃO Este manual de referência rápida foi criado com o objetivo de orientar de uma forma simples o caminho para as rotinas mais usadas no sistema Megga Fransys. Sua consulta é muito

Leia mais

COMO CRIAR UMA GARANTIA DE CLIENTE

COMO CRIAR UMA GARANTIA DE CLIENTE COMO CRIAR UMA GARANTIA DE CLIENTE O ORION permite a criação de uma Garantia de um determinado produto para o seu cliente. Essa opção será usada quando um cliente compra algum produto com defeito e deseja

Leia mais

Balcão CHG. Ao selecionar Balcão CHG será exibida a seguinte tela: CHG AUTOMOTIVA LTDA Ultima Atualização Em 04/09/15 1

Balcão CHG. Ao selecionar Balcão CHG será exibida a seguinte tela: CHG AUTOMOTIVA LTDA Ultima Atualização Em 04/09/15 1 Junto com o Catalogo CHG 2.7 será instalado o programa Balcão CHG, que é uma versão simplificada do catálogo destinada a ponto de venda, já que as opções de consulta são mais adequadas para um balcão de

Leia mais

E&L Controle de Estoque e Materiais. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Estoque e Materiais. Perguntas Frequentes E&L Controle de Estoque e Materiais Perguntas Frequentes 1. Qual relatório deve ser tirado para fazer a prestação de contas? Balancete de Materiais por detalhado. Esse relatório está disponível no menu

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

SuperStore Sistema para Gestão de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Ordem de Serviço)

SuperStore Sistema para Gestão de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Ordem de Serviço) SuperStore Sistema para Gestão de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Ordem de Serviço) REQUISITOS Requisitos são tópicos anteriores a serem observados antes de iniciar a utilização do módulo de Ordem de Serviço.

Leia mais

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA.

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA. 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Tesouro Direto... 4 3. Compra de títulos... 5 4. Venda de títulos... 12 5. Consultas... 19 5.1 Extrato... 19 5.2 Cestas de compra... 20 5.3 Cestas de venda... 21

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS 1. CONCEITO Master Vendas não é somente um sistema, e sim, um novo conceito de gestão para sua empresa. Foi desenvolvido por profissionais de informática juntamente com

Leia mais

Módulo SAC Atendimento ao Cliente

Módulo SAC Atendimento ao Cliente Módulo SAC Atendimento ao Cliente Objetivo O Módulo SAC ou Serviço de Atendimento ao Cliente é uma ferramenta que gerencia, cria e administra informações num canal de comunicação informatizado entre a

Leia mais

COMO EFETUAR UMA VENDA.

COMO EFETUAR UMA VENDA. COMO EFETUAR UMA VENDA. Há duas formas de iniciar o processo para efetuar uma venda: 1. Menu ESTOQUE > SAÍDA MERC/SERVIÇOS ou 2. Clicar no ícone: A seguinte tela será apresentada: Obs.: Por via de regra

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais