Lista 2: Probabilidade Condicional

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista 2: Probabilidade Condicional"

Transcrição

1 Probabilidade Lista 2: Probabilidade Condicional 1) Em uma competição de aeromodelismo, vence o participante que conseguir pousar mais vezes seu aeroplano na área especificada. Esta área consiste em um triangulo equilátero, inscrito em um círculo. Sabendo que um aeroplano pousou dentro do círculo, qual é a probabilidade de ter pousado também dentro do triângulo? Suponha que a densidade de probabilidade em todos os pontos do círculo é a mesma. R. 0,4135 2) Dentre seis números positivos e oito negativos, dois números são escolhidos ao acaso (sem reposição) e multiplicados. Qual a probabilidade de que o produto seja positivo? R. 0,47 3) Considere uma urna contendo três bolas pretas e cinco bolas vermelhas. Retire duas bolas da urna, sem reposição. a) Obtenha os resultados possíveis e as respectivas probabilidades. R. 0,107; 0,268; 0,268; 0,107 b) Mesmo problema, para extrações em reposição. R. 0,141; 0,234; 0,234; 0,391 4) No problema anterior calcule as probabilidades dos eventos a) bola preta na primeira e segunda extrações. R. 0,375; 0,141 b) bola preta na segunda extração. R. 0,375; 0,375 c) bola vermelha na primeira extração. R. 0,625; 0,625 5) Um dado é viciado de tal forma que a probabilidade de sair um certo ponto é proporcional ao seu valor (por exemplo, o ponto 6 é três vezes mais provável de sair do que o ponto 2. Calcular a) Probabilidade de sair 5, sabendo que o ponto que saiu é ímpar. R. 0,56 b) Probabilidade de tirar um número par, sabendo-se que saiu um número maior que 3. R. 0,67 6) Na figura temos um sistema com três componentes funcionando independentemente, com confiabilidade p 1, p 2 e p 3. Obtenha a confiabilidade do sistema. R. p 1 (p 2 +p 3 -p 2 p 3 ) ) Uma empresa produz circuitos em três fábricas I, II e III. A fábrica I produz 40% dos circuitos, enquanto a II e a III produzem 30% cada uma. As probabilidades de que um circuito integrado produzido por estas fábricas não funcione são 0,01; 0,04 e 0,03, respectivamente. Escolhido um circuito da produção conjunta das três fábricas, qual a probabilidade de não funcionar? R. 0,025

2 8) Considere a situação do problema anterior, mas suponha que um circuito escolhido ao acaso seja defeituoso. Determine qual a probabilidade de que ele tenha sido fabricado por I. R. 0,16 9) Uma empresa de seguros analisou a frequência com que 2000 segurados (1.000 homens e 1000 mulheres) usaram o hospital. Os resultados são apresentados abaixo Homens Mulheres Usaram o hospital Não usaram o hospital a) Qual a probabilidade de que uma pessoa segurada use o hospital? R. 0,125 b) O uso do hospital independe do sexo do segurado? R. Não, porque P(usar hospital/homem) = 0,100 P(pessoa segurada use o hospital) 10) Duas lâmpadas queimadas foram misturadas com seis lâmpadas boas. Se vamos testando as lâmpadas uma a uma até encontrar as duas defeituosas, qual a probabilidade de que a última defeituosa seja encontrada no quarto teste? R. 0,107 11) Um empreiteiro apresentou orçamentos separados para a execução da parte elétrica e da parte de encanamento de um edifício. Ele acha que a probabilidade de ganhar a concorrência da parte elétrica é de ½. Caso ele ganhe a parte elétrica, a chance de ganhar a parte de encanamento é de 3/4; caso contrário essa probabilidade é de 1/3. Qual a probabilidade de ele: a) Ganhar os dois contratos? R. 0,375 b) Ganhar apenas um? R. 0,292 c) Não ganhar nada? R. 0,333 12) Em uma fábrica de parafusos, as máquinas A, B, C produzem 25%, 35% e 40% do total, respectivamente. Da produção de cada máquina 5%, 4% e 2%, respectivamente são parafusos defeituosos. Escolhe-se ao acaso um parafuso e verifica-se que é defeituoso. Qual a probabilidade de que o parafuso venha da máquina A; da B e da C? R. 0,36; 0,41 e 0,23 13) Para estudar o comportamento do mercado automobilístico, as marcas foram divididas em três categorias: marca F, marca W e as demais reunidas como marca X. Um estudo sobre o hábito de mudança de marca mostrou a seguinte probabilidade:

3 Proprietário de carro da marca Probabilidade de mudança para W F X W 0,50 0,25 0,25 F 0,15 0,70 0,15 X 0,30 0,30 0,40 A compra do primeiro carro é feita segundo as seguintes probabilidades: marca W com 50%, marca F com 30% e marca X com 20%. a) Qual a probabilidade de um indivíduo compara o terceiro carro da marca W? R. 0,312 b) Se o terceiro carro é da marca W, qual a probabilidade de o primeiro também ter sido W? R. 0,58 14) Os colégios A, B, C têm as seguintes porcentagens de rapazes: 40%, 20% e 10% respectivamente. Um destes colégios é selecionado ao acaso e oito alunos são escolhidos com reposição. Se o resultado for RRRMMMMM (R para rapazes e M para moças), qual é a probabilidade de ter sido selecionado o colégio C? R. 0,072 15) Um sistema é composto de três componentes 1, 2 e 3, com confiabilidade 0,9, 0,8 e 0,7 respectivamente. O componente 1 é indispensável ao funcionamento do sistema, se 2 ou 3 não funcionam, o sistema funcionam mas com um rendimento inferior. A falha simultânea de 2 e 3 implica o não funcionamento do sistema. Suponde que os componentes funcionem independentemente, calcular a confiabilidade do sistema. R. 0,846 16) Num mercado três corretoras A, B e C são responsáveis por 20%, 50% e 30% do volume total de contratos negociados, respectivamente. Do volume de cada corretora, 20%, 5% e 2% respectivamente são contratos futuros em dólares. Um contrato é escolhido ao acaso e este é futuro em dólares. Qual a probabilidade de ter sido negociado pela corretora A? E pela C? R. 0,563; 0,084 17) Determinado veículo pode ter problemas mecânicos ou elétricos. Se ele tiver problemas mecânicos, não para, mas se tiver problema elétrico tem de parar imediatamente. A chance de esse veículo ter problemas mecânicos é de 0,2. Já a chance do mesmo veículo ter problemas elétricos é de 0,15 se não houve problema mecânico precedente, e de 0,25 se houve problema mecânico precedente. Agora, calcule: a) Qual é a probabilidade de o veículo parar em determinado dia? R. 0,17 b) Se o veículo parou em certo dia, qual a chance de que tenha havido defeito mecânico? R. 0,294 c) Qual é a probabilidade de que tenha havido defeito mecânico em determinado dia se o veículo não parou nesse dia? R. 0,181 18) No lançamento de dois dados simultaneamente, se as faces mostrarem números diferentes, qual é a probabilidade de que uma face seja o número 2? R. 1/3

4 19) Um teste é composto por 5 questões de múltipla escolha, com 4 itens em cada uma. Cada resposta errada anula uma resposta certa. Um aluno chuta todas as questões. Qual a nota média e a variância da nota do aluno? R. 0,137; 0,225 20) Uma empresa usa três linhas de produção para fabricar certo tipo de latas. A tabela fornece as porcentagens de latas fora da conformidade, categorizadas por tipo de não conformidade, para cada uma das três linhas durante um período de tempo. Linha 1 Linha 2 Linha 3 Mancha Trinca Problema em pull-tab Defeito na superfície Outro Durante esse período, a linha 1 produziu 500 latas fora de conformidade, a linha 2 produziu 400 e a linha 3, 600. Suponha que uma dessas 1500 latas seja selecionada aleatoriamente. a) Qual a probabilidade de ela ter sido produzida pela linha 1? (R: 0,333) E que o motivo da não conformidade seja uma trinca? (R: 0,444) b) Se a lata selecionada tiver vindo da linha 1, qual é a probabilidade de ela ter uma mancha? (R: 0,15) c) Dado que a lata selecionada possui um defeito na superfície, qual a probabilidade de ter vindo da linha 1? (R: 0,291) 21) Um sistema consiste em dois componentes. A probabilidade do segundo componente funcionar de forma satisfatória durante a vida útil do projeto é de 0,9, a probabilidade de pelo menos um dos dois componentes funcionar é de 0,96 e a de ambos os componentes funcionarem é de 0,75. Dado que o primeiro componente funciona de forma satisfatória por toda a vida útil do projeto, qual a probabilidade de o segundo também funcionar? (R: 0,926) 22) Uma empresa usa três linhas de montagem diferentes A 1, A 2 e A 3 para fabricar certo componente. Dos componentes fabricados pela linha A 1, 5% exigem retrabalho pra corrigir um defeito, enquanto 8% dos componentes da linha A 2 exigem retrabalho, assim como 10% de A 3. Suponha que 50% de todos os componentes sejam produzidos pela linha A 1, 30% por A 2 e 20% por A 3. Se um componente selecionado aleatoriamente exigir retrabalho, qual será a probabilidade de ele ser proveniente da linha A 1? (R: 0,362) Da linha A 2? (R: 0,348) E da A 3? (R: 0,290) 23) Determinada companhia aérea tem vôos às 10 da manhã de Chicago para Nova York, Atlanta e Los Angeles. Seja A o evento em que o voo para Nova York está cheio e defina os eventos B e C de forma análoga para os outros voos. Suponha que P(A) = 0,6, P(B) = 0,5, P(C) = 0,4 e que os três eventos sejam independentes. Qual a probabilidade de: a) Os três voos estarem cheios? (R: 0,12) Ao menos um dos voos não estar cheio? (R: 0,88)

5 b) Apenas o voo para Nova York estar cheio? (R: 0,18) Exatamente um dos três voos estar cheio? (R: 0,38) 24) A inspeção visual de juntas de solda em placas de circuitos impressos pode ser bastante subjetiva. Parte do problema se origina dos diversos tipos de defeitos de soldas (por exemplo, falta solda em pontos variados) e até da quantidade de um ou mais desses defeitos. Consequentemente, até mesmo inspetores altamente treinados podem discordar sobre a disposição de uma junta. Em um lote de juntas, o inspetor A encontrou 724 que julgou defeituosas, o inspetor B encontrou 751 e 1159 foram encontradas por ao menos um dos inspetores. Suponha que uma dessas juntas seja selecionada aleatoriamente. a) Qual é a probabilidade de que a junta selecionada não seja julgada defeituosa por nenhum dos dois inspetores? (R: 0,8841) b) Qual é a probabilidade de que a junta selecionada seja julgada defeituosa pelo inspetor B, mas não pelo A? (R: 0,0435) 25) Uma empresa de seguros oferece quatro níveis de dedução - nenhum, baixo, médio e alto - para os possuidores de apólices de seguros residenciais e três níveis diferentes - baixo, médio e alto - para os possuidores de apólices de seguros de automóveis. A tabela a seguir fornece as proporções das diversas categorias de segurados que possuem ambos os tipos de seguros. Por exemplo: a proporção de indivíduos com baixa dedução de seguros residencial e baixa dedução de seguro de automóveis é 0,06 (6% de todos os indivíduos). Residencial Automóvel N B M A B 0,04 0,06 0,05 0,03 M 0,07 0,10 0,20 0,10 A 0,02 0,03 0,15 0,15 Suponha que um indivíduo que possua ambos os tipos de apólices seja selecionado aleatoriamente. a) Qual é a probabilidade de que o indivíduo tenha dedução média de automóvel e alta de residência? (R: 0,10) b) Qual é a probabilidade de que o indivíduo tenha uma dedução baixa de automóvel? Uma dedução baixa de residência? (R: 0,19) c) Qual é a probabilidade de que um indivíduo esteja na mesma categoria para deduções de automóvel e de residência? (R: 0,41) d) Com base na resposta da parte (c), qual é a probabilidade de que as duas categorias sejam diferentes? (R: 0,59) e) Qual é a probabilidade de que o indivíduo tenha ao menos um nível baixo de dedução? (R: 0,31) f) Usando a resposta da parte (e), Qual é a probabilidade de que de que nenhum nível de dedução seja baixo? (R: 0,69)

6 26) Uma caixa em um deposito contem quatro lâmpadas de 40W, cinco de 60W e seis de 75W. Suponha que três lâmpadas sejam sorteadas aleatoriamente. a) Qual é a probabilidade de que exatamente duas das lâmpadas selecionadas sejam de 75W? (R: 0,2967) b) Qual é a probabilidade de que as três lâmpadas selecionadas tenham a mesma potência? (R: 0,0747) c) Qual é a probabilidade de que uma lâmpada de cada tipo seja selecionada? (R: 0,2637) d) Suponha que as lâmpadas sejam selecionadas uma a uma até que seja encontrada uma de 75W. Qual a probabilidade de que seja necessário examinar pelo menos seis lâmpadas? (R: 0,0421) 27) Uma loja de departamentos vende camisas esportivas em três tamanhos (pequeno, médio e grande), três padrões (xadrez, estampado e listrado) e dois comprimentos de manga (curta e longa). As tabelas a seguir fornecem as proporções de camisas vendidas nas diversas combinações de categorias. Manga curta Padrão Tamanho Xadrez Estampado Listrado P 0,04 0,02 0,05 M 0,08 0,07 0,12 G 0,03 0,07 0,08 Manga longa Padrão Tamanho Xadrez Estampado Listrado P 0,03 0,02 0,03 M 0,10 0,05 0,07 G 0,04 0,02 0,08 a) Qual é a probabilidade de a próxima camisa vendida ser média, de mangas longas e estampada? (R: 0,05) b) Qual é a probabilidade de a próxima camisa vendida ser uma camisa média, estampada? (R: 0,12) c) Qual é a probabilidade de a próxima camisa vendida ser de mangas curtas? E de mangas longas? (R:0,44) d) Qual é a probabilidade de a próxima camisa vendida ser média? (R: 0,49) E de ser estampada? (R: 0,25) e) Dado que a última camisa vendida foi uma xadrez de mangas curtas, qual é a probabilidade de o tamanho ser médio? (R: 0,533)

7 f) Dado que a última camisa vendida foi uma média e xadrez, qual é a probabilidade de as mangas serem curtas? (R: 0,444) E de serem longas? (R: 0,556) 28) Uma empresa de exploração de petróleo possui dois projetos ativos, um na Ásia e outro na Europa. Sejam por A o evento em que o projeto da Ásia tem sucesso e B o evento em que o projeto da Europa tem sucesso. Suponha que A e B sejam eventos independentes com P(A) = 0,4 e P(B) = 0,7. a) Se o projeto da Ásia não obtiver sucesso, qual é a probabilidade de o projeto da Europa também não obtê-lo? (R: 0,3) b) Qual é a probabilidade de pelo menos um dos dois projetos ter sucesso? (R: 0,82) c) Dado que pelo menos um dos dois projetos obteve sucesso, qual é a probabilidade de apenas o projeto da Ásia ter sucesso? (R: 0,146)

Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES

Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES 1) Determine a probabilidade de cada evento: a) Um nº par aparece no lançamento de um dado; b) Uma figura

Leia mais

Lista 2 de exercícios

Lista 2 de exercícios Lista 2 de exercícios 1. (ANDRADE; OGLIARI, 2010) Defina um espaço amostral para os seguintes experimentos aleatórios: a. Investigam-se famílias com quatro crianças, anotando-se a configuração conforme

Leia mais

Prof. Luiz Alexandre Peternelli

Prof. Luiz Alexandre Peternelli Exercícios propostos 1. Numa prova há 7 questões do tipo verdadeiro-falso ( V ou F ). Calcule a probabilidade de acertarmos todas as 7 questões se: a) Escolhermos aleatoriamente as 7 respostas. b) Escolhermos

Leia mais

3. (Apostila 1 - ex.1.4) Defina um espaço amostral para cada um dos seguintes experimentos

3. (Apostila 1 - ex.1.4) Defina um espaço amostral para cada um dos seguintes experimentos Primeira Lista de Exercícios Introdução à probabilidade e à estatística Prof Patrícia Lusié Assunto: Probabilidade. 1. (Apostila 1 - ex.1.1) Lançam-se três moedas. Enumerar o espaço amostral e os eventos

Leia mais

PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA

PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA PROBABILIDADE São duas as questões pertinentes na resolução de um problema envolvendo probabilidades. Primeiro, é preciso quantificar o conjunto de todos os resultados possíveis, que será chamado de espaço

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES 1- Ordene os dados indicando o 1º, 2º e 3º quartil 45, 56, 62, 67, 48, 51, 64, 71, 66, 52, 44, 58, 55, 61, 48, 50, 62, 51, 61, 55 2- Faça a análise da

Leia mais

PROBABILIDADE PROPRIEDADES E AXIOMAS

PROBABILIDADE PROPRIEDADES E AXIOMAS PROBABILIDADE ESPAÇO AMOSTRAL É o conjunto de todos os possíveis resultados de um experimento aleatório. A este conjunto de elementos denominamos de espaço amostral ou conjunto universo, simbolizado por

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE 1) Uma moeda não tendenciosa é lançada quatro vezes. A probabilidade de que sejam obtidas duas caras e duas coroas é: (A) 3/8 (B) ½ (C) 5/8 (D) 2/3

Leia mais

Teoria das Probabilidades

Teoria das Probabilidades Capítulo 2 Teoria das Probabilidades 2.1 Introdução No capítulo anterior, foram mostrados alguns conceitos relacionados à estatística descritiva. Neste capítulo apresentamos a base teórica para o desenvolvimento

Leia mais

3. A probabilidade do evento de números pares. 4. O evento formado por número menor que três. 5. A probabilidade do evento número menor que três.

3. A probabilidade do evento de números pares. 4. O evento formado por número menor que três. 5. A probabilidade do evento número menor que três. 1 a Lista de Exercício - Estatística (Probabilidade) Profa. Ms. Ulcilea A. Severino Leal Algumas considerações importantes sobre a resolução dos exercícios. (i) Normas da língua culta, sequência lógica

Leia mais

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios.

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios. PROBABILIDADE A teoria das Probabilidades é o ramo da Matemática que cria, desenvolve e em geral pesquisa modelos que podem ser utilizados para estudar experimentos ou fenômenos aleatórios. Os experimentos

Leia mais

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência Prof. Clécio da Silva Ferreira Depto Estatística - UFJF 1 Perguntas 1. Um novo aparelho para detectar um certo tipo de

Leia mais

Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade

Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade Exercícios resolvidos sobre Teoremas de Probabilidade Aqui você tem mais uma oportunidade de estudar os teoremas da probabilidade, por meio de um conjunto de exercícios resolvidos. Observe como as propriedades

Leia mais

3. Probabilidade P(A) =

3. Probabilidade P(A) = 7 3. Probabilidade Probabilidade é uma medida numérica da plausibilidade de que um evento ocorrerá. Assim, as probabilidades podem ser usadas como medidas do grau de incerteza e podem ser expressas de

Leia mais

1 Distribuição de Bernoulli

1 Distribuição de Bernoulli Centro de Ciências e Tecnlogia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica - 2013 Aula 6 Professor: Carlos Sérgio Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas

Leia mais

ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO

ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO 1. (Magalhães e Lima, pg 40) Para cada um dos casos abaixo, escreva o espaço amostral correspondente e conte seus elementos: (a) Uma moeda é lançada duas vezes

Leia mais

Técnicas de Contagem I II III IV V VI

Técnicas de Contagem I II III IV V VI Técnicas de Contagem Exemplo Para a Copa do Mundo 24 países são divididos em seis grupos, com 4 países cada um. Supondo que a escolha do grupo de cada país é feita ao acaso, calcular a probabilidade de

Leia mais

Introdução à Probabilidade - parte III

Introdução à Probabilidade - parte III Introdução à Probabilidade - parte III Erica Castilho Rodrigues 02 de Outubro de 2012 Eventos Independentes 3 Eventos Independentes Independência Em alguns casos podemos ter que P(A B) = P(A). O conhecimento

Leia mais

6ª Lista de Probabilidade I Professor: Spencer

6ª Lista de Probabilidade I Professor: Spencer 6ª Lista de Probabilidade I Professor: Spencer 1) Em um determinado processo de fabricação, 10% das peças são consideradas defeituosas. As peças são acondicionadas em caixas com 5 unidades cada uma, Pergunta-se:

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Matemática MTM 5 Estatística Turma 22 Professor: Rodrigo Luiz Pereira Lara LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

Leia mais

DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE CONJUNTAS DISTRIBUIÇÕES CONJUNTAS ROTEIRO DISTRIBUIÇÃO CONJUNTA. Estatística Aplicada à Engenharia

DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE CONJUNTAS DISTRIBUIÇÕES CONJUNTAS ROTEIRO DISTRIBUIÇÃO CONJUNTA. Estatística Aplicada à Engenharia ROTEIRO DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE CONJUNTAS 1. Distribuições conjuntas 2. Independência 3. Confiabilidade 4. Combinações lineares de variáveis aleatórias 5. Referências Estatística Aplicada à Engenharia

Leia mais

CAPÍTULO 4 PROBABILIDADE PROBABILIDADE PPGEP Espaço Amostral e Eventos Espaço Amostral e Eventos UFRGS. Probabilidade.

CAPÍTULO 4 PROBABILIDADE PROBABILIDADE PPGEP Espaço Amostral e Eventos Espaço Amostral e Eventos UFRGS. Probabilidade. PROBABILIDADE CAPÍTULO 4 PROBABILIDADE UFRGS A Teoria das s estuda os fenômenos aleatórios. Fenômeno Aleatório: são os fenômenos cujo resultado não pode ser previsto exatamente. Se o fenômeno se repetir,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA FACULDADE DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Campus de Lhanguene, Av. de Moçambique, km 1, Tel: +258 21401078, Fax: +258 21401082, Maputo Cursos de Licenciatura em Ensino de Matemática

Leia mais

T o e r o ia a da P oba ba i b lida d de

T o e r o ia a da P oba ba i b lida d de Teoria da Probabilidade Prof. Joni Fusinato Teoria da Probabilidade Consiste em utilizar a intuição humana para estudar os fenômenos do nosso cotidiano. Usa o princípio básico do aprendizado humano que

Leia mais

Definição de Probabilidade

Definição de Probabilidade INTRODUÇÃO A TEORIA DAS PROBABILIDADES A teoria das probabilidade nada mais é do que o bom senso transformado em cálculo A probabilidade é uma medida da incerteza dos fenômenos. Traduz-se por um número

Leia mais

Matemática 2 Prof. Heitor Achilles

Matemática 2 Prof. Heitor Achilles 2 ª SÉRIE EM ORIENTAÇÕES FINAIS Matemática 2 Prof. Heitor Achilles ORIENTAÇÃO DE ESTUDO CONTEÚDOS PARA A RECUPERAÇÃO FINAL COMBINATÓRIA: PFC, Permutações simples, Combinações simples, Permutação com elementos

Leia mais

Ministério da Educação. Nome:... Número:

Ministério da Educação. Nome:... Número: Ministério da Educação Nome:...... Número: Unidade Lectiva de: Introdução às Probabilidades e Estatística Ano Lectivo de 2003/2004 Código1334 Teste Formativo Nº 2 1. Considere que na selecção de trabalhadores

Leia mais

Contagem e Probabilidade Exercícios Adicionais. Paulo Cezar Pinto Carvalho

Contagem e Probabilidade Exercícios Adicionais. Paulo Cezar Pinto Carvalho Contagem e Probabilidade Exercícios Adicionais Paulo Cezar Pinto Carvalho Exercícios Adicionais Contagem e Probabilidade Para os alunos dos Grupos 1 e 2 1. Um grupo de 4 alunos (Alice, Bernardo, Carolina

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática A B C D E A B C D E. Avaliação da Aprendizagem em Processo Prova do Aluno 2 a série do Ensino Médio

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática A B C D E A B C D E. Avaliação da Aprendizagem em Processo Prova do Aluno 2 a série do Ensino Médio AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 2 a série do Ensino Médio Turma EM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 3 o Bimestre de 2016 Data / / Escola Aluno A B C D E 1 2 3 4 5

Leia mais

Variáveis Aleatórias Discretas - Esperança e Variância

Variáveis Aleatórias Discretas - Esperança e Variância Exemplo Um empresário pretende estabelecer uma firma para montagem de um componente mecânico. Cada peça é composta de duas partes, A e B, cada uma com uma chance específica de ser defeituosa. Só é possível

Leia mais

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado.

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado. Probabilidade Definição: Probabilidade é uma razão(divisão) entre a quantidade de eventos e a quantidade de amostras. Amostra ou espaço amostral é o conjunto formado por todos os elementos que estão incluídos

Leia mais

De quantas formas distintas a estratégia desse cliente poderá ser posta em prática?

De quantas formas distintas a estratégia desse cliente poderá ser posta em prática? 1. (Enem 014) Um cliente de uma videolocadora tem o hábito de alugar dois filmes por vez. Quando os devolve, sempre pega outros dois filmes e assim sucessivamente. Ele soube que a videolocadora recebeu

Leia mais

Experiências Aleatórias. Espaço de Resultados. Acontecimentos

Experiências Aleatórias. Espaço de Resultados. Acontecimentos Experiências Aleatórias. Espaço de Resultados. Acontecimentos Experiência Aleatória É uma experiência em que: não se sabe exactamente o resultado que se virá a observar; conhece-se o universo dos resultados

Leia mais

Probabilidade e Estatística 2011/2

Probabilidade e Estatística 2011/2 Probabilidade e Estatística 2011/2 Prof. Fernando Deeke Sasse Exercícios resolvidos sobre distribuições discretas Distribuição Binomial 1. Lotes de 50 peças são examinados. O número médio de peças não-conformes

Leia mais

Noções sobre Probabilidade

Noções sobre Probabilidade Noções sobre Probabilidade Introdução Vimos anteriormente como apresentar dados em tabelas e gráficos, e também como calcular medidas que descrevem características específicas destes dados. Mas além de

Leia mais

Estatística. Probabilidade. Conteúdo. Objetivos. Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal.

Estatística. Probabilidade. Conteúdo. Objetivos. Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal. Estatística Probabilidade Profa. Ivonete Melo de Carvalho Conteúdo Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal. Objetivos Utilizar a probabilidade como estimador

Leia mais

3 d) 3 e) 9. NUCE Concursos Públicos A sequência a seguir é uma progressão aritmética:

3 d) 3 e) 9. NUCE Concursos Públicos A sequência a seguir é uma progressão aritmética: 1. A sequência a seguir é uma progressão aritmética: 00 15 0 45... 2010 Acima, aparecem apenas os quatro primeiros termos e o último. O número total de elementos dessa sequência é a) 11 b) 107 c) 109 d)

Leia mais

Variável Aleatória Poisson. Número de erros de impressão em uma

Variável Aleatória Poisson. Número de erros de impressão em uma EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 7. Principais Variáveis Aleatórias Discretas Prof. Clécio da Silva Ferreira Depto Estatística - UFJF Variável Aleatória Poisson Caraterização: Usa-se quando o experimento

Leia mais

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DISCIPLINA: CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I PROF. LUIZ MEDEIROS PERÍODO: 2013.2 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS 1) Classifique as seguintes variáveis (Nominal, Ordinal, Discreta e Continua): a) Número

Leia mais

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES Matemática e suas Tecnologias CÓDIGO DA PROVA / SIMULADO Aluno(a): POMA - Matemática Questões Professores: Neydiwan PC 0-0 - 4 ª Série º Bimestre - N 0 / 06 / 06 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES Este caderno

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO BINOMIAL

DISTRIBUIÇÃO BINOMIAL Universidade Federal de Viçosa - CCE / DPI Inf 161 - Iniciação à Estatística / INF 16 Estatística I Lista de Exercícios: Cap. 4 - Distribuições de Variáveis Aleatórias DISTRIBUIÇÃO BINOMIAL 1. Determine

Leia mais

Lista de Exercícios 4

Lista de Exercícios 4 Introdução à Teoria de Probabilidade. Informática Biomédica. Departamento de Física e Matemática. USP-RP. Prof. Rafael A. Rosales 30 de maio de 2007. Lista de Exercícios 4 são difíceis, são bem mais difíceis.

Leia mais

ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE. Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski

ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE. Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski Probabilidade 1. Conceitos básicos de probabilidade 2. Probabilidade Condicional 3. Eventos Dependentes e Independentes 4. Regra da

Leia mais

1) Calcular a probabilidade de se obter 2 prêmios ao abrirem-se 2 círculos de uma mesa com 25 círculos dos quais 5 são premiados.

1) Calcular a probabilidade de se obter 2 prêmios ao abrirem-se 2 círculos de uma mesa com 25 círculos dos quais 5 são premiados. COLÉGIO SANTA MARIA Matemática I / II - Professor: Flávio Verdugo Ferreira Lista de exercícios: Probabilidades 1) Calcular a probabilidade de se obter 2 prêmios ao abrirem-se 2 círculos de uma mesa com

Leia mais

TEORIA DAS PROBABILIDADES

TEORIA DAS PROBABILIDADES TEORIA DAS PROBABILIDADES 1.1 Introdução Ao estudarmos um fenômeno coletivo, verificamos a necessidade de descrever o próprio fenômeno e o modelo matemático associado ao mesmo, que permita explicá-lo da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Probabilidade Departamento de Estatística UFPB Luiz Medeiros Introdução Encontramos na natureza dois tipos de fenômenos Determinísticos: Os resultados são sempre os mesmos

Leia mais

Teste de Avaliação Escrita

Teste de Avaliação Escrita Teste de Avaliação Escrita Duração: 9 minutos 8 de outubro de Escola E.B., Eng. Nuno Mergulhão Portimão Ano Letivo /4 Matemática 9.º B Nome: N.º Classificação: Fraco (% 9%) Insuficiente (% 49%) Suficiente

Leia mais

Aula 9 Teorema da probabilidade total e teorema de Bayes

Aula 9 Teorema da probabilidade total e teorema de Bayes Aula 9 Teorema da probabilidade total e teorema de Bayes Nesta aula você estudará dois importantes teoremas de probabilidade e verá suas aplicações em diversas situações envolvendo a tomada de decisão.

Leia mais

c) 17 b) 4 17 e) 17 21

c) 17 b) 4 17 e) 17 21 Probabilidade I Exercícios. Dois jogadores A e B vão lançar um par de dados. Eles combinam que se a soma dos números dos dados for 5, A ganha e se a soma for 8, B é quem ganha. Os dados são lançados. Sabe-se

Leia mais

Alguns Exercícios Escolhidos Probabilidade

Alguns Exercícios Escolhidos Probabilidade Alguns Exercícios Escolhidos Probabilidade 1. (Soong, 1986) Sejam os eventos arbitrários A, B e C. Determine as expressões para os seguintes eventos: a. Nenhum deles ocorre. b. Ocorre somente A. c. Ocorre

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Probabilidades e Estatística 2012/2013

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Probabilidades e Estatística 2012/2013 UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Probabilidades e Estatística 2012/2013 GESTÃO E ECONOMIA FICHA DE TRABALHO 1: Probabilidades 1. As peças que saem de uma linha de produção são inspeccionadas e o seu estado

Leia mais

FICHA DE TRABALHO N. O 9

FICHA DE TRABALHO N. O 9 FICHA DE TRABALHO N. O 9 ASSUNTO: Modelos de probabilidade: probabilidade condicional 1. Sejam A e B dois acontecimentos tais que: P (A) = 0,3 e P (B ) = 0,7 Determine P (A B ), sabendo que: 1.1 Os acontecimentos

Leia mais

Estatística. Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto

Estatística. Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto Estatística Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas Professor Fernando Porto Capítulo 4 Baseado no Capítulo 4 do livro texto, Distribuições Teóricas de Probabilidades

Leia mais

Estatística. Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto

Estatística. Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto Estatística Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas Professor Fernando Porto Lançam-se 3 moedas. Seja X o número de ocorrências da face cara. O espaço amostral do experimento é: W = {(c,c,c),(c,c,r),(c,r,c),(c,r,r),(r,c,c),(r,c,r),(r,r,c),(r,r,r)}

Leia mais

2 Distribuições Teóricas Discretas

2 Distribuições Teóricas Discretas 2 Distribuições Teóricas Discretas Exercício 2.1 Seja X B (n, p) e Y B (n, 1 p), verifique que P (X = r) =P (Y = n r). InterpreteoresultadoemtermosdeprovasdeBernoulli. Exercício 2.2 Utilizando as tabelas

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web MATEMÁTICA XXVII ENEM. (Enem 202) Certo vendedor tem seu salário mensal calculado da seguinte maneira: ele ganha um valor fixo de R$750,00, mais uma comissão de R$3,00 para cada produto vendido. Caso ele

Leia mais

Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA

Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA 1 Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA 1) Os dados da tabela abaixo descrevem o desempenho de alunos de graduação na disciplina de Probabilidade oferecida para alunos

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE

INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE Foto extraída em http://www.alea.pt Profª Maria Eliane Universidade Estadual de Santa Cruz USO DE PROBABILIDADES EM SITUAÇÕES DO COTIDIANO Escolhas pessoais Previsão do tempo

Leia mais

Exercícios Obrigatórios

Exercícios Obrigatórios Exercícios Obrigatórios ) (UFRGS/20) Observe a figura abaixo. Na figura, um triângulo equilátero está inscrito em um círculo, e um hexágono regular está circunscrito ao mesmo círculo. Quando se lança um

Leia mais

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva http://páginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Introdução A inferência estatística é o processo

Leia mais

Probabilidade Condicional e Independência

Probabilidade Condicional e Independência Meyer, P. L., Probabilidade: aplicações à Estatística, 2ª edição, Livros Técnicos e Científicos Editora, Rio de Janeiro, 1983. 1. A urna 1 contém x bolas brancas e y bolas vermelhas. A urna 2 contém z

Leia mais

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA Profa. Dra. Yara de Souza Tadano yaratadano@utfpr.edu.br Aula 7 11/2014 Variáveis Aleatórias Variáveis Aleatórias Probabilidade e Estatística 3/41 Variáveis Aleatórias Colete

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES TURMA PM-PE PROBABILIDADE

BANCO DE QUESTÕES TURMA PM-PE PROBABILIDADE 01. (UNICAMP 016) Uma moeda balanceada é lançada quatro vezes, obtendo-se cara exatamente três vezes. A probabilidade de que as caras tenham saído consecutivamente é igual a A) 1. B). 8 C) 1. D). 0. (UNESP

Leia mais

Módulo X. Querido aluno(a)!!!

Módulo X. Querido aluno(a)!!! 1 Módulo X Querido aluno(a)!!! É o que deseja a equipe www.somaticaeducar.com.br 2 Exercícios 1) Um grupo de 15 elementos apresenta a seguinte composição: Um elemento é escolhido as acaso. Pergunta-se:

Leia mais

Probabilidade e Estatística Preparação para P1

Probabilidade e Estatística Preparação para P1 robabilidade e Estatística reparação para rof.: Duarte ) Uma TV que valia R$ 00,00, entrou em promoção e sofreu uma redução de 0% em seu preço. Qual é o novo preço da TV? ) Um produto foi vendido por R$

Leia mais

MB-210 Probabilidade e Estatística

MB-210 Probabilidade e Estatística Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Engenharia Mecânica-Aeronáutica MB-210 Probabilidade e Estatística Profa. Denise Beatriz Ferrari www.mec.ita.br/ denise denise@ita.br 2o. semestre/2013 Variáveis

Leia mais

Trabalho de Recuperação Final - 3 Ano - Ensino Médio

Trabalho de Recuperação Final - 3 Ano - Ensino Médio Trabalho de Recuperação Final - 3 Ano - Ensino Médio 1. (Fuvest) Considere o experimento que consiste no lançamento de um dado perfeito (todas as seis faces têm probabilidades iguais). Com relação a esse

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE

UNIVERSIDADE DO ALGARVE UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA C.E.T. EM TOPOGRAFIA E CADASTRO REGIME DIURNO - 2º SEMESTRE - 1º ANO - 2007 / 2008 DISCIPLINA DE NOÇÕES DE PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ficha nº2 -

Leia mais

QUESTÕES n = 100 Fonte: Toledo (1985) Determinar: a) Desvio quartil. b) Desvio médio. c) Desvio padrão.

QUESTÕES n = 100 Fonte: Toledo (1985) Determinar: a) Desvio quartil. b) Desvio médio. c) Desvio padrão. 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CEAD/UFPI-UAB/CAPES CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO 2ª Atividade Probabilidade e Estatística QUESTÕES

Leia mais

a) 20 b) 16 c) 12 d) 10 e) 4

a) 20 b) 16 c) 12 d) 10 e) 4 Uma loja vende barras de chocolate de diversos sabores. Em uma promoção, era possível comprar três barras de chocolate com desconto, desde que estas fossem dos sabores ao leite, amargo, branco ou com amêndoas,

Leia mais

Estatística Empresarial. Fundamentos de Probabilidade

Estatística Empresarial. Fundamentos de Probabilidade Fundamentos de Probabilidade A probabilidade de chuva é de 90% A probabilidade de eu sair é de 5% Conceitos Básicos Conceitos Básicos 1. Experiência Aleatória (E) Processo de obtenção de uma observação

Leia mais

ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA

ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA ESTATÍSTICA EXPLORATÓRIA Prof Paulo Renato A. Firmino praf62@gmail.com Aulas 07-08 Probabilidade Apanhado Geral Seguimos nossas discussões sobre a Incerteza Decidir usualmente envolve incerteza Uma presa

Leia mais

Probabilidade e Estatística 2008/2. Regras de adicão, probabilidade condicional, multiplicação e probabilidade total.

Probabilidade e Estatística 2008/2. Regras de adicão, probabilidade condicional, multiplicação e probabilidade total. Probabilidade e Estatística 2008/2 Prof. Fernando Deeke Sasse Problemas Resolvidos Regras de adicão, probabilidade condicional, multiplicação e probabilidade total. 1. Um fabricante de lâmpadas para faróis

Leia mais

PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES

PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES Enunciados dos problemas Ana Maria Lima de Farias Departamento de Estatística (GET/UFF) 1. Na gincana anual do Colégio Universitário, 60% dos alunos presentes são do

Leia mais

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática

Atividade extra. Exercício 1. Exercício 2. Exercício 3. Matemática e suas Tecnologias Matemática Atividade extra Exercício 1 Um teste de múltipla escolha e composto de 12 questões, com 5 alternativas de resposta, sendo que somente uma, é correta. Qual a probabilidade de uma pessoa, marcando aleatoriamente

Leia mais

Ficha de Avaliação. Matemática A. Duração do Teste: 90 minutos. 12.º Ano de Escolaridade. Teste de Matemática A 12.º Ano Página 1

Ficha de Avaliação. Matemática A. Duração do Teste: 90 minutos. 12.º Ano de Escolaridade. Teste de Matemática A 12.º Ano Página 1 Ficha de Avaliação Matemática A Duração do Teste: 90 minutos 12.º Ano de Escolaridade Teste de Matemática A 12.º Ano Página 1 1. Colocaram-se numa urna 12 bolas, indistinguíveis pelo tato, numeradas de

Leia mais

Nome do aluno: Nº. Classificação: E.Educação:

Nome do aluno: Nº. Classificação: E.Educação: 9º Ano ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE SANTA MARIA DA FEIRA Ano Letivo 2012/13 TURMA: A TESTE DE MATEMÁTICA Professora Lourdes Fonseca Nome do aluno: Nº Classificação: E.Educação: 1. Observa a roleta da sorte representada

Leia mais

Processos Estocásticos

Processos Estocásticos Processos Estocásticos Primeira Lista de Exercícios de junho de 0 Quantos códigos de quatro letras podem ser construídos usando-se as letras a, b, c, d, e, f se: a nenhuma letra puder ser repetida? b qualquer

Leia mais

Matemática 9.º ano PROBABILIDADES + ESTATÍSTICA

Matemática 9.º ano PROBABILIDADES + ESTATÍSTICA Matemática 9.º ano PROBABILIDADES + ESTATÍSTICA 01. Num saco estão 10 bolas indistinguíveis ao tato, das quais 6 são azuis e 4 são verdes. Retiram-se, sucessivamente e sem reposição duas bolas. Determine

Leia mais

Tópicos. Conjuntos Fatorial Combinações Permutações Probabilidade Binômio de Newton triângulo de Pascal

Tópicos. Conjuntos Fatorial Combinações Permutações Probabilidade Binômio de Newton triângulo de Pascal Probabilidade Tópicos Conjuntos Fatorial Combinações Permutações Probabilidade Binômio de Newton triângulo de Pascal Conjuntos Conjunto: Na matemática, um conjunto é uma coleção de elementos com características

Leia mais

PROBABILIDADE. É o conjunto de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. A letra que representa o espaço amostral, é S.

PROBABILIDADE. É o conjunto de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. A letra que representa o espaço amostral, é S. PROBABILIDADE A história da teoria das probabilidades, teve início com os jogos de cartas, dados e de roleta. Esse é o motivo da grande existência de exemplos de jogos de azar no estudo da probabilidade.

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento Matemática Probabilidades e Estatística Curso Engenharia do Ambiente 2º Semestre 1º Folha Nº2: Distribuição Binomial, Poisson, Normal e Lognormal 1. A probabilidade de encontrar um insecto

Leia mais

CAIXA ECONOMICA FEDERAL. Prof. Sérgio Altenfelder

CAIXA ECONOMICA FEDERAL. Prof. Sérgio Altenfelder 14.) (ICMS-MG/05) Um empréstimo contraído no início de abril, no valor de R$ 15.000,00 deve ser pago em dezoito prestações mensais iguais, a uma taxa de juros compostos de 2% ao mês, vencendo a primeira

Leia mais

Cálculo das Probabilidades e Estatística I

Cálculo das Probabilidades e Estatística I Cálculo das Probabilidades e Estatística I Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Modelos de distribuição Para utilizar a teoria

Leia mais

PROBABILIDADES E INTRODUÇÃO A PROCESSOS ESTOCÁSTICOS. Aula 7 11 e 12 abril MOQ-12 Probabilidades e Int. a Processos Estocásticos

PROBABILIDADES E INTRODUÇÃO A PROCESSOS ESTOCÁSTICOS. Aula 7 11 e 12 abril MOQ-12 Probabilidades e Int. a Processos Estocásticos PROBABILIDADES E INTRODUÇÃO A PROCESSOS ESTOCÁSTICOS Aula 7 11 e 12 abril 2007 1 Distribuições Discretas 1. Distribuição Bernoulli 2. Distribuição Binomial 3. Distribuição Geométrica 4. Distribuição Pascal

Leia mais

3ª lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes

3ª lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes 3ª lista de exercícios sobre cálculo de probabilidades, axiomas, propriedades, teorema da probabilidade total e teorema de Bayes 1) Quatro moedas são lançadas e observa-se a seqüência de caras e coroas

Leia mais

Mat1- Lista Probabilidade-2 série- 2013

Mat1- Lista Probabilidade-2 série- 2013 Mat1- Lista Probabilidade-2 série- 2013 1. (Unicamp simulado 2011) Uma empresa tem 5000 funcionários. Desses, 48% têm mais de 30 anos e 36% são especializados. Entre os especializados, 1400 têm mais de

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística

Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística Prova 1 de Probabilidade I Prof.: Fabiano F. T. dos Santos Goiânia, 15 de setembro de 2014 Aluno: Nota: Descreva seu raciocínio e desenvolva

Leia mais

Métodos Estatísticos Módulo 2 1 o. Semestre de 2008 ExercícioProgramado5 VersãoparaoTutor Profa. Ana Maria Farias (UFF)

Métodos Estatísticos Módulo 2 1 o. Semestre de 2008 ExercícioProgramado5 VersãoparaoTutor Profa. Ana Maria Farias (UFF) Métodos Estatísticos Módulo 2 1 o. Semestre de 08 ExercícioProgramado5 VersãoparaoTutor Profa. Ana Maria Farias (UFF) 1. Um dado é viciado de tal forma que um número par é duas vezes mais provável que

Leia mais

Coordenadoria de Matemática. Apostila de Probabilidade

Coordenadoria de Matemática. Apostila de Probabilidade Coordenadoria de Matemática Apostila de Probabilidade Vitória ES 1. INTRODUÇÃO CAPÍTULO 03 Quando investigamos algum fenômeno, verificamos a necessidade de descrevê-lo por um modelo matemático que permite

Leia mais

Introdução à Probabilidade

Introdução à Probabilidade A Teoria de Probabilidade é responsável pelo estudo de fenômenos que envolvem a incerteza (é impossível prever antecipadamente o resultado) e teve origem na teoria de jogos, servindo como ferramenta para

Leia mais

Probabilidade e Estatística

Probabilidade e Estatística Aula 3 Professora: Rosa M. M. Leão Probabilidade e Estatística Conteúdo: 1.1 Por que estudar? 1.2 O que é? 1.3 População e Amostra 1.4 Um exemplo 1.5 Teoria da Probabilidade 1.6 Análise Combinatória 3

Leia mais

Lista de Exercícios de Probabilidades

Lista de Exercícios de Probabilidades Lista de Exercícios de Probabilidades Joel M. Corrêa da Rosa 2011 1. Lançam-se três moedas. Enumere o espaço amostral e os eventos : Ω = {(c, c, c); (k, k, k); (c, k, k); (k, c, k); (k, k, c); (k, c, c);

Leia mais

VARIÁVEIS ALEATÓRIAS E DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE

VARIÁVEIS ALEATÓRIAS E DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE VARIÁVEIS ALEATÓRIAS E DISTRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE.1 INTRODUÇÃO Admita que, de um lote de 10 peças, 3 das quais são defeituosas, peças são etraídas ao acaso, juntas (ou uma a uma, sem reposição). Estamos

Leia mais

Estatística e Modelos Probabilísticos - COE241

Estatística e Modelos Probabilísticos - COE241 Estatística e Modelos Probabilísticos - COE241 Aulas passadas Motivação Espaço Amostral, Eventos, Álgebra de eventos Aula de hoje Probabilidade Análise Combinatória Independência Probabilidade Experimentos

Leia mais

FATEC GT/ FATEC SJC ESTATÍSTICA I

FATEC GT/ FATEC SJC ESTATÍSTICA I 1. A urna 1 contém x bolas brancas e y bolas vermelhas. A urna 2 contém z bolas brancas e v bolas vermelhas. Uma bola é escolhida ao acaso da urna 1 e posta na urna 2. A seguir, uma bola é escolhida ao

Leia mais

Módulo de Introdução à Probabilidade. Ferramentas Básicas. 2 a série E.M.

Módulo de Introdução à Probabilidade. Ferramentas Básicas. 2 a série E.M. Módulo de Introdução à Probabilidade Ferramentas Básicas. a série E.M. Probabilidade Ferramentas Básicas Exercícios Introdutórios Exercício. Uma prova é composta por 5 questões de múltipla escolha com

Leia mais

SEXO POPULAÇÃO AMOSTRA

SEXO POPULAÇÃO AMOSTRA Amostragem É o estudo de um pequeno grupo de elementos retirado de uma população que se pretende conhecer. Esses pequenos grupos retirados da população são chamados de Amostras. Como a amostragem considera

Leia mais

Matéria Exame 2 Colegial. Aula 1 Matrizes. Aula 2 Matrizes: Igualdade, adição e subtração. Aulas 3 e 4 Multiplicação de matrizes

Matéria Exame 2 Colegial. Aula 1 Matrizes. Aula 2 Matrizes: Igualdade, adição e subtração. Aulas 3 e 4 Multiplicação de matrizes Matéria Eame Colegial Aula Matries Aula Matries: Igualdade, adição e subtração Aulas e Multiplicação de matries Aulas 5 e 6 Determinantes: Ordens, e Aula 7 Sistemas Lineares Aulas 8 Sistemas Lineares:

Leia mais

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV FGV ADM 05/junho/2016 Prova A MATEMÁTICA 01. Uma loja reajustou em 20% o preço de certo modelo de televisão. Todavia, diante da queda nas vendas, a loja pretende dar

Leia mais