Lista 2 de exercícios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista 2 de exercícios"

Transcrição

1 Lista 2 de exercícios 1. (ANDRADE; OGLIARI, 2010) Defina um espaço amostral para os seguintes experimentos aleatórios: a. Investigam-se famílias com quatro crianças, anotando-se a configuração conforme o sexo (M=masculino, F=feminino). b. Lance um dado até que face 5 apareça pela primeira vez. 2. (FERREIRA, 2009) Um experimento será realizado com duas famílias vegetais (leguminosas e gramíneas). O pesquisador dispõe de três espécies (A, B e C) de leguminosas e duas de gramíneas (D e E). Sabendo-se que ele fará um sorteio de duas espécies pede-se: a. Determinar o espaço amostral para o experimento espécies que serão trabalhadas. b. Determinar o evento E 1: somente gramíneas foram sorteadas. c. Determinar o evento E 2: somente leguminosas foram sorteadas. d. Os eventos E 1 e E 2 são mutuamente exclusivos? e. Os eventos E 1 e E 2 são complementares? 3. (ANDRADE; OGLIARI; 2010) Temos um pacote com 20 sementes com 40% de poder germinativo cada. Duas sementes são selecionadas aleatoriamente e plantadas. Qual é probabilidade de que: a. As duas sementes não germinem. b. As duas sementes germinem. c. Somente uma semente germine. 4. (MORETTIN, 1999) Lançam-se três moedas. Enumerar o espaço amostral e os eventos: a. Faces iguais. b. Cara da primeira moeda. c. Coroa na segunda e terceira moedas. 5. (BUSSAB; MORETTIN, 2006) Considere uma urna contendo três bolas pretas e cinco bolas vermelhas. Retire duas bolas da urna, sem reposição. a. Obtenha os resultados possíveis. 1/6

2 b. Mesmo problema, para extração com reposição. 6. (BUSSAB; MORETTIN, 2006) No problema anterior, calcule as probabilidades dos eventos: a. Bola preta na primeira e na segunda extrações. b. Bola preta na segunda extração. c. Bola vermelhas na primeira extração. 7. (ANDRADE; OGLIARI; 2010) Uma empresa de sementes fiscalizadas vende pacotes com 20 kg cada. As máquinas A, B e C enchem 25, 35 e 40% do total produzido. Da produção de cada máquina 5, 4 e 2%, respectivamente, são pacotes fora do peso aceitável. Escolhe-se ao acaso um pacote e verifica-se que está fora do peso aceitável. Qual a probabilidade de que o pacote tenha vindo da máquina A? 8. (ANDRADE; OGLIARI; 2010) Num estudo sobre fecundidade de duas raças suínas, foram examinados 28 animais, obtendo-se o resultado exposto na tabela abaixo. Tabela 1- Frequência absoluta da fecundidade de duas raças suínas Raças Fecundidade Total Fecundas (F) Não fecundas (F c) A B Total a. A fecundidade independe da raça? Justifique através da definição independência de eventos. b. Ao selecionar de forma aleatória um animal, qual a probabilidade de que ele seja fecundo dado que é da raça A? c. Ao selecionar de forma aleatória um animal, qual a probabilidade de que ele seja fecundo ou da raça A? 2/6

3 9. (COSTA NETO; CYMBALISTA, 2006) Sejam A e B dois eventos tais que P(A) = 0,4 e P(A U B) = 0,7 e P(B) = p. Para que valor de p A e B serão mutuamente excludentes? Para que valor de p A e B serão independentes? 10. (ARANGO, 2012) O Distúrbio de Hiperatividade com Déficit de Atenção (DHDA) é uma desordem que afeta 3% a 10% das crianças em idade escolar. Assumindo que essa probabilidade seja 6,6%, estimar: a. A probabilidade de que, entre duas crianças em idade escolar, escolhidas ao acaso, as duas apresentarem DHDA. b. Um criança escolhida ao acaso não apresente DHDA. c. Duas crianças escolhidas ao acaso não apresentem DHDA. d. Em duas crianças escolhidas ao acaso, apenas uma apresente DHDA. 11. (MORETTIN, 2010) O quadro abaixo mostra a distribuição das probabilidades dos quatro tipos sanguíneos. Tipo sanguíneo A B AB O Probabilidade de ter o tipo 0,2 especificado Probabilidade de não ter o tipo especificado 0,9 0,95 Qual a probabilidade de: a. Sorteando-se um indivíduo ao acaso, ele tenha tipo sanguíneo O? b. Dois indivíduos dessa comunidade, sorteados ao acaso, tenham sangue tipo A e tipo B, nesta ordem? c. Um indivíduo, sorteado ao acaso, não tenha tipo sanguíneo B ou não tenha tipo sanguíneo AB? 12. (MORETTIN, 2010) Num supermercado há 2000 lâmpadas, provenientes de três fábricas distintas, X, Y e Z. X produziu 500 lâmpadas das quais 400 são boas. Y produziu 700, das quais 600 são boas 3/6

4 e Z as restantes das quais 500 são boas. Se sortearmos ao acaso uma das lâmpada nesse supermercado, qual a probabilidade de que: a. Seja boa? b. Sendo defeituosa, tenha sido fabricada por X? 13. (BUSSAB; MORETTIN, 2006) Considere as probabilidades apresentadas na tabela abaixo. Verifique se A e B são independentes. Tabela 2- Distribuição de probabilidade dos eventos A e B B B C Total A 0,04 0,06 0,10 A C 0,08 0,82 0,90 Total 0,12 0,88 1,0 14. (BUSSAB; MORETTIN, 2006) Uma companhia de seguros analisou a frequência com que segurados (1.000 homens e mulheres) usaram o hospital Tabela 3- Distribuição de frequência do uso de hospital, conforme o sexo, de segurados de uma companhia Homens Mulheres Total Usaram o hospital Não usaram o hospital Total a. Qual a probabilidade que uma pessoa segurada use o hospital? b. Selecionando-se aleatoriamente um segurado, qual a probabilidade que ele use o hospital dado que é sexo feminino? c. O uso do hospital independe do sexo do segurado? 15. (ANDRADE; OGLIARI; 2010) Uma água é contaminada se forem encontrados bacilos tipo A ou bacilos tipo B e C, simultaneamente. As probabilidades de se encontrar bacilos tipo A, B e C são, 4/6

5 respectivamente, 0,30, 0,20 e 0,80. Existindo bacilos tipo A, não existirão bacilos tipo B. Existindo bacilos tipo B, a probabilidade de existirem bacilos tipo C é reduzida à metade. Retirando-se uma amostra de água, pede-se: a. Qual a probabilidade de aparecerem bacilos tipo B ou C? b. Qual a probabilidade de a água estar contaminada? 16. (MORETTIN; BUSSAB, 2013) A administração de um fundo de investimentos em ações pretende divulgar, após o encerramento do pregão, a probabilidade de queda de um índice da bolsa no dia seguinte, baseando-se nas informações disponíveis até aquele momento. Suponha que a previsão inicial seja de 10%. Após encerrado o pregão, nova informação sugere uma alta do dólar frente ao real. A experiência passada indica que, quando houve queda da bolsa no dia seguinte, 20% das vezes foram precedidas por esse tipo de notícia, enquanto, nos dias em que a bolsa esteve em alta, apenas 5% das vezes houve esse tipo de notícia no dia anterior. a. Qual a probabilidade de ocorrer a alta do dólar? b. Supondo a alta do dólar, qual a real probabilidade de ocorrer queda na bolsa no dia seguinte? 17. (WALPOLE et al., 2009) A polícia planeja impor limites de velocidade usando radares em quatro locais diferentes em uma cidade. Os radares para cada local L 1, L 2, L 3 e L 4 são operados 40%, 30%, 20% e 30% do tempo. Se uma pessoa que está indo em alta velocidade para seu trabalho tem 20%, 10%, 50% e 20% de probabilidade de passar, respectivamente, por esses locais, qual é a probabilidade de que ela seja multada? Além disso, se a pessoa foi multada, qual é a probabilidade de que ela tenha passado pelo radar localizado em L 2? Referências bibliográficas* ANDRADE, D.F.; OGLIARI, P.J. Estatística para as Ciências Agrárias e Biológicas: com noções de experimentação. 2ed. Florianópolis: Editora da UFSC, ARANGO, H.G. Bioestatística: teórica e computacional: com banco de dados reais em disco. 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, BUSSAB, W.O.; MORETTIN, P.A. Estatística Básica. 7 ed. São Paulo: Editora Saraiva COSTA NETO, P.L.; CYMBALISTA, M. Probabilidade. 2ª ed. São Paulo: Edgard Blücher, /6

6 FERREIRA, D.F. Estatística Básica. 2ed. Lavras: Editora UFLA, MORETTIN, L.G. Estatística Básica - Probabilidade. vol.1. 7.ed. São Paulo: Pearson Makron Books, MORETTIN, L.G. Estatística Básica: probabilidade e inferência. 7.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, MORETTIN, P.A.; BUSSAB, W.O. Estatística básica. 8.ed. São Paulo: Saraiva, p. WALPOLE, R.E.; MYERS, R.H.; MYERS, S.L.; YE, K. Probabilidade e estatística para engenharia e ciências. São Paulo: Pearson Prentice Hall, p. *Alguns exercícios foram adaptados em razão do conteúdo abordado nas disciplinas ofertadas pelo Departamento de Matemática e Estatística/DME. 6/6

Lista 5 de exercícios

Lista 5 de exercícios Lista 5 de exercícios 1. (ANDRADE; OGLIARI, 2010) Em um experimento, 320 em 400 sementes germinaram. Determine o intervalo de confiança de 99% para a verdadeira proporção de sementes que germinaram. Para

Leia mais

Lista 4 de exercícios

Lista 4 de exercícios Lista 4 de exercícios 1. (MORETTIN, 2010) Na leitura de uma escala, os erros variam de -1/4 a ¼, com distribuição uniforme de probabilidade. Calcular a média e a variância da distribuição dos erros. 2.

Leia mais

Prof.Letícia Garcia Polac. 26 de setembro de 2017

Prof.Letícia Garcia Polac. 26 de setembro de 2017 Bioestatística Prof.Letícia Garcia Polac Universidade Federal de Uberlândia UFU-MG 26 de setembro de 2017 Sumário 1 2 Probabilidade Condicional e Independência Introdução Neste capítulo serão abordados

Leia mais

Plano de aula. Noções de Probabilidade e Estatística (221171) Prof. a Dr. a Simone Daniela Sartorio. DTAiSeR-Ar

Plano de aula. Noções de Probabilidade e Estatística (221171) Prof. a Dr. a Simone Daniela Sartorio. DTAiSeR-Ar Plano de aula Noções de Probabilidade e Estatística (221171) Prof. a Dr. a Simone Daniela Sartorio DTAiSeR-Ar 1 Cursos: Biotecnologia e Engenharia Agronômica Professora responsável: Simone Daniela Sartorio.

Leia mais

Lista 2: Probabilidade Condicional

Lista 2: Probabilidade Condicional Probabilidade Lista 2: Probabilidade Condicional 1) Em uma competição de aeromodelismo, vence o participante que conseguir pousar mais vezes seu aeroplano na área especificada. Esta área consiste em um

Leia mais

ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO

ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO ESTATÍSTICA I LISTA DE EXERCÍCIOS 2 GABARITO 1. (Magalhães e Lima, pg 40) Para cada um dos casos abaixo, escreva o espaço amostral correspondente e conte seus elementos: (a) Uma moeda é lançada duas vezes

Leia mais

Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES

Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES Disciplina de Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE PROBABILIDADES 1) Determine a probabilidade de cada evento: a) Um nº par aparece no lançamento de um dado; b) Uma figura

Leia mais

3. (Apostila 1 - ex.1.4) Defina um espaço amostral para cada um dos seguintes experimentos

3. (Apostila 1 - ex.1.4) Defina um espaço amostral para cada um dos seguintes experimentos Primeira Lista de Exercícios Introdução à probabilidade e à estatística Prof Patrícia Lusié Assunto: Probabilidade. 1. (Apostila 1 - ex.1.1) Lançam-se três moedas. Enumerar o espaço amostral e os eventos

Leia mais

NOÇÕES DE PROBABILIDADE

NOÇÕES DE PROBABILIDADE NOÇÕES DE PROBABILIDADE ALEATORIEDADE Menino ou Menina me? CARA OU COROA? 3 Qual será o rendimento da Caderneta de Poupança no final deste ano? E qual será a taxa de inflação acumulada em 014? Quem será

Leia mais

Roteiro D. Nome do aluno: Número: Revisão. Combinações;

Roteiro D. Nome do aluno: Número: Revisão. Combinações; Faculdade Tecnológica de Carapicuíba Tecnologia em Logística Ênfase em Transportes Roteiro D Nome do aluno: Número: Periodo: Grupo: Revisão Tópicos Tarefa Pesquisar história do Fatorial e outros tipos

Leia mais

3. Probabilidade P(A) =

3. Probabilidade P(A) = 7 3. Probabilidade Probabilidade é uma medida numérica da plausibilidade de que um evento ocorrerá. Assim, as probabilidades podem ser usadas como medidas do grau de incerteza e podem ser expressas de

Leia mais

1 Definição Clássica de Probabilidade

1 Definição Clássica de Probabilidade Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica - 2013 Aula 4 Professor: Carlos Sérgio UNIDADE 2 - Probabilidade: Definições (Notas de aula) 1 Definição Clássica

Leia mais

Prof. Luiz Alexandre Peternelli

Prof. Luiz Alexandre Peternelli Exercícios propostos 1. Numa prova há 7 questões do tipo verdadeiro-falso ( V ou F ). Calcule a probabilidade de acertarmos todas as 7 questões se: a) Escolhermos aleatoriamente as 7 respostas. b) Escolhermos

Leia mais

ELEMENTOS DE PROBABILIDADE. Prof. Paulo Rafael Bösing 25/11/2015

ELEMENTOS DE PROBABILIDADE. Prof. Paulo Rafael Bösing 25/11/2015 ELEMENTOS DE PROBABILIDADE Prof. Paulo Rafael Bösing 25/11/2015 ELEMENTOS DE PROBABILIDADE Def.: Um experimento é dito aleatório quando o seu resultado não for previsível antes de sua realização, ou seja,

Leia mais

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios.

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios. PROBABILIDADE A teoria das Probabilidades é o ramo da Matemática que cria, desenvolve e em geral pesquisa modelos que podem ser utilizados para estudar experimentos ou fenômenos aleatórios. Os experimentos

Leia mais

Curso de Farmácia Estatística Vital Aula 05 Comentários Adicionais. Prof. Hemílio Fernandes Depto. de Estatística - UFPB

Curso de Farmácia Estatística Vital Aula 05 Comentários Adicionais. Prof. Hemílio Fernandes Depto. de Estatística - UFPB Curso de Farmácia Estatística Vital Aula 05 Comentários Adicionais Prof. Hemílio Fernandes Depto. de Estatística - UFPB Um pouco de Probabilidade Experimento Aleatório: procedimento que, ao ser repetido

Leia mais

Estatística Empresarial. Fundamentos de Probabilidade

Estatística Empresarial. Fundamentos de Probabilidade Fundamentos de Probabilidade A probabilidade de chuva é de 90% A probabilidade de eu sair é de 5% Conceitos Básicos Conceitos Básicos 1. Experiência Aleatória (E) Processo de obtenção de uma observação

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento Matemática Probabilidades e Estatística Curso Engenharia do Ambiente 2º Semestre 1º Ficha n.º1: Probabilidades e Variáveis Aleatórias 1. Lançam- ao acaso 2 moedas. a) Escreva o espaço de resultados

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Área Científica Matemática Probabilidades e Estatística Curso Engenharia do Ambiente º Semestre º Ficha n.º: Probabilidades e Variáveis Aleatórias. Lançam-se ao acaso moedas. a) Escreva o espaço de resultados

Leia mais

Conceitos básicos de teoria da probabilidade

Conceitos básicos de teoria da probabilidade Conceitos básicos de teoria da probabilidade Experimento Aleatório: procedimento que, ao ser repetido sob as mesmas condições, pode fornecer resultados diferentes Exemplos:. Resultado no lançamento de

Leia mais

PROBABILIDADE PROPRIEDADES E AXIOMAS

PROBABILIDADE PROPRIEDADES E AXIOMAS PROBABILIDADE ESPAÇO AMOSTRAL É o conjunto de todos os possíveis resultados de um experimento aleatório. A este conjunto de elementos denominamos de espaço amostral ou conjunto universo, simbolizado por

Leia mais

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES Bruno Baierle Maurício Furigo Prof.ª Sheila Regina Oro (orientadora) Edital 06/2013 - Produção de Recursos Educacionais Digitais Revisando - Análise combinatória

Leia mais

2. Lança-se ao acaso uma moeda 4 vezes e conta-se o número de faces obtidas. Escreva o espaço amostral da experiência.

2. Lança-se ao acaso uma moeda 4 vezes e conta-se o número de faces obtidas. Escreva o espaço amostral da experiência. Escola Superior de Tecnologia de Viseu Fundamentos de Estatística 2010/2011 Ficha nº 2 1. Lançam-se ao acaso 2 moedas. a) Escreva o espaço de resultados da experiência. b) Descreva os acontecimentos elementares.

Leia mais

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PROBABILIDADES Bruno Baierle Maurício Furigo Prof.ª Sheila Regina Oro (orientadora) Edital 06/2013 - Produção de Recursos Educacionais Digitais Revisando - Análise combinatória

Leia mais

Intervalos de Confiança

Intervalos de Confiança Intervalos de Confiança INTERVALOS DE CONFIANÇA.1 Conceitos básicos.1.1 Parâmetro e estatística Parâmetro é a descrição numérica de uma característica da população. Estatística é a descrição numérica de

Leia mais

PROBABILIDADE. Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti

PROBABILIDADE. Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti PROBABILIDADE Dizemos que a probabilidade é uma medida da quantidade de incerteza que existe em um determinado experimento.

Leia mais

1 Variáveis Aleatórias

1 Variáveis Aleatórias Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica - 2013 Aula 5 Professor: Carlos Sérgio UNIDADE 3 - VARIÁVEIS ALEATÓRIAS DISCRETAS (Notas de aula) 1 Variáveis

Leia mais

Estatística. Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto

Estatística. Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto Estatística Capítulo 3 - Parte 1: Variáveis Aleatórias Discretas Professor Fernando Porto Lançam-se 3 moedas. Seja X o número de ocorrências da face cara. O espaço amostral do experimento é: W = {(c,c,c),(c,c,r),(c,r,c),(c,r,r),(r,c,c),(r,c,r),(r,r,c),(r,r,r)}

Leia mais

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios.

Os experimentos que repetidos sob as mesmas condições produzem resultados geralmente diferentes serão chamados experimentos aleatórios. PROBABILIDADE Prof. Aurimenes A teoria das Probabilidades é o ramo da Matemática que cria, desenvolve e em geral pesquisa modelos que podem ser utilizados para estudar experimentos ou fenômenos aleatórios.

Leia mais

Estatística. Probabilidade. Conteúdo. Objetivos. Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal.

Estatística. Probabilidade. Conteúdo. Objetivos. Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal. Estatística Probabilidade Profa. Ivonete Melo de Carvalho Conteúdo Definições. Probabilidade: regras e aplicações. Distribuição Discreta e Distribuição Normal. Objetivos Utilizar a probabilidade como estimador

Leia mais

Estatística. Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto

Estatística. Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas. Professor Fernando Porto Estatística Capítulo 4: Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas Professor Fernando Porto Capítulo 4 Baseado no Capítulo 4 do livro texto, Distribuições Teóricas de Probabilidades

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES

LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES LISTA DE EXERCÍCIOS 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES 1- Ordene os dados indicando o 1º, 2º e 3º quartil 45, 56, 62, 67, 48, 51, 64, 71, 66, 52, 44, 58, 55, 61, 48, 50, 62, 51, 61, 55 2- Faça a análise da

Leia mais

Probabilidades- Teoria Elementar

Probabilidades- Teoria Elementar Probabilidades- Teoria Elementar Experiência Aleatória Experiência aleatória é uma experiência em que: não se sabe exactamente o resultado que se virá a observar, mas conhece-se o universo dos resultados

Leia mais

PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA

PROBABILIDADE. Numero de Resultados Desejado Numero de Resultados Possiveis EXERCÍCIOS DE AULA PROBABILIDADE São duas as questões pertinentes na resolução de um problema envolvendo probabilidades. Primeiro, é preciso quantificar o conjunto de todos os resultados possíveis, que será chamado de espaço

Leia mais

Prof. Herivelto Tiago Marcondes dos Santos

Prof. Herivelto Tiago Marcondes dos Santos PROBABILIDADES Algumas ocorrências de nosso cotidiano de certos fenômenos naturais não podem ser previstos antecipadamente. Há nessas ocorrências o interesse em estudar a intensidade de chuvas em uma determinada

Leia mais

PROBABILIDADE. É o conjunto de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. A letra que representa o espaço amostral, é S.

PROBABILIDADE. É o conjunto de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. A letra que representa o espaço amostral, é S. PROBABILIDADE A história da teoria das probabilidades, teve início com os jogos de cartas, dados e de roleta. Esse é o motivo da grande existência de exemplos de jogos de azar no estudo da probabilidade.

Leia mais

T o e r o ia a da P oba ba i b lida d de

T o e r o ia a da P oba ba i b lida d de Teoria da Probabilidade Prof. Joni Fusinato Teoria da Probabilidade Consiste em utilizar a intuição humana para estudar os fenômenos do nosso cotidiano. Usa o princípio básico do aprendizado humano que

Leia mais

Fernando de Pol Mayer. Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Fernando de Pol Mayer. Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Fernando de Pol Mayer Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Probabilidades Escola Politécnica, Ciclo Básico

Lista de Exercícios 1 Probabilidades Escola Politécnica, Ciclo Básico Lista de Exercícios 1 Probabilidades 0303200 Escola Politécnica, Ciclo Básico 1 o semestre 2017 1) Historicamente sabe-se que 10% dos artigos de uma firma são de segunda qualidade. Um inspetor de controle

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Probabilidades Escola Politécnica, Ciclo Básico

Lista de Exercícios 1 Probabilidades Escola Politécnica, Ciclo Básico Lista de Exercícios 1 Probabilidades 0303200 Escola Politécnica, Ciclo Básico 1 o semestre 2017 1) Historicamente sabe-se que 10% dos artigos de uma firma são de segunda qualidade. Um inspetor de controle

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Probabilidade Departamento de Estatística UFPB Luiz Medeiros Introdução Encontramos na natureza dois tipos de fenômenos Determinísticos: Os resultados são sempre os mesmos

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ENVOLVENDO PROBABILIDADE 1) Uma moeda não tendenciosa é lançada quatro vezes. A probabilidade de que sejam obtidas duas caras e duas coroas é: (A) 3/8 (B) ½ (C) 5/8 (D) 2/3

Leia mais

Aula 16 - Erivaldo. Probabilidade

Aula 16 - Erivaldo. Probabilidade Aula 16 - Erivaldo Probabilidade Probabilidade Experimento aleatório Experimento em que não pode-se afirmar com certeza o resultado final, mas sabe-se todos os seus possíveis resultados. Exemplos: 1) Lançar

Leia mais

Experimento Aleatório

Experimento Aleatório Probabilidades 1 Experimento Aleatório Experimento aleatório (E) é o processo pelo qual uma observação é ob;da. Exemplos: ü E 1 : Jogar uma moeda 3 vezes e observar o número de caras ob;das; ü E 2 : Lançar

Leia mais

Princípios de Bioestatística Conceitos de Probabilidade

Princípios de Bioestatística Conceitos de Probabilidade 1/37 Princípios de Bioestatística Conceitos de Probabilidade Enrico A. Colosimo/UFMG http://www.est.ufmg.br/ enricoc/ Depto. Estatística - ICEx - UFMG 2/37 Tipos de Fenômenos 1. Aleatório: Situação ou

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Departamento de Estatística. Probabilidade

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Departamento de Estatística. Probabilidade UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Departamento de Estatística Probabilidade Disciplina: Cálculo das Probabilidades e Estatística I Prof. Tarciana Liberal Existem muitas situações que envolvem incertezas:

Leia mais

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 3: Probabilidade Condicional e Independência Prof. Clécio da Silva Ferreira Depto Estatística - UFJF 1 Perguntas 1. Um novo aparelho para detectar um certo tipo de

Leia mais

Probabilidade e Modelos Probabilísticos

Probabilidade e Modelos Probabilísticos Probabilidade e Modelos Probabilísticos 1ª Parte: Conceitos básicos, variáveis aleatórias, modelos probabilísticos para variáveis aleatórias discretas, modelo binomial, modelo de Poisson 1 Probabilidade

Leia mais

PROBABILIDADE. Aula 2 Probabilidade Básica. Fernando Arbache

PROBABILIDADE. Aula 2 Probabilidade Básica. Fernando Arbache PROBABILIDADE Aula 2 Probabilidade Básica Fernando Arbache Probabilidade Medida da incerteza associada aos resultados do experimento aleatório Deve fornecer a informação de quão verossímil é a ocorrência

Leia mais

Unidade II ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix

Unidade II ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix Unidade II ESTATÍSTICA APLICADA Prof. Luiz Felix Distribuição de frequências - média Cálculo da Média x = X i. f i n Onde: x média aritmética da distribuição de frequência X i ponto médio de cada classe

Leia mais

Noções sobre probabilidade

Noções sobre probabilidade Capítulo 3 Noções sobre probabilidade Um casal tem dois filhos. Qual é a probabilidade de: o primogênito ser homem? os dois filhos serem homens? pelo menos um dos filhos ser homem? A teoria das probabilidades

Leia mais

Probabilidade. Probabilidade e Estatística. Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva

Probabilidade. Probabilidade e Estatística. Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva Probabilidade e Estatística Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva http://paginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Probabilidade Probabilidade Experimento Aleatório Um experimento é dito aleatório quando satisfaz

Leia mais

3. A probabilidade do evento de números pares. 4. O evento formado por número menor que três. 5. A probabilidade do evento número menor que três.

3. A probabilidade do evento de números pares. 4. O evento formado por número menor que três. 5. A probabilidade do evento número menor que três. 1 a Lista de Exercício - Estatística (Probabilidade) Profa. Ms. Ulcilea A. Severino Leal Algumas considerações importantes sobre a resolução dos exercícios. (i) Normas da língua culta, sequência lógica

Leia mais

Teoria das Probabilidades

Teoria das Probabilidades Capítulo 2 Teoria das Probabilidades 2.1 Introdução No capítulo anterior, foram mostrados alguns conceitos relacionados à estatística descritiva. Neste capítulo apresentamos a base teórica para o desenvolvimento

Leia mais

BIOESTATISTICA. Unidade IV - Probabilidades

BIOESTATISTICA. Unidade IV - Probabilidades BIOESTATISTICA Unidade IV - Probabilidades 0 PROBABILIDADE E DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS COMO ESTIMATIVA DA PROBABILIDADE Noções de Probabilidade Após realizar a descrição dos eventos utilizando gráficos,

Leia mais

Universidade Federal de Alfenas Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria-PPGEAB Prova de Conhecimentos Específicos

Universidade Federal de Alfenas Programa de Pós-graduação em Estatística Aplicada e Biometria-PPGEAB Prova de Conhecimentos Específicos -PPGEAB Dados que podem ser necessários na resolução de algumas questões: Quantis de distribuições P (t > t α ) = α P (F > F 0,05 ) = 0, 05 ν 1 ν 0,05 0,025 ν 2 42 43 56 57 89 1,66 1,99 42 1,67 1,67 1,63

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS PROBABILIDADES15

INTRODUÇÃO ÀS PROBABILIDADES15 INTRODUÇÃO ÀS PROBABILIDADES15 Vanderlei S. Bagnato 15.1 Introdução 15.2 Definição de Probabilidade 15.3 Adição de probabilidade 15.4 Multiplicação de probabilidades Referências Licenciatura em Ciências

Leia mais

1073/B - Introdução à Estatística Econômica

1073/B - Introdução à Estatística Econômica Lista de exercicios 2 Prof. Marcus Guimaraes 1073/B - Introdução à Estatística Econômica Ciências Econômicas 1) Suponha um espaço amostral S constituido de 4 elementos: S={a 1,a2,a3,a4}. Qual das funções

Leia mais

FICHA DE TRABALHO N. O 9

FICHA DE TRABALHO N. O 9 FICHA DE TRABALHO N. O 9 ASSUNTO: Modelos de probabilidade: probabilidade condicional 1. Sejam A e B dois acontecimentos tais que: P (A) = 0,3 e P (B ) = 0,7 Determine P (A B ), sabendo que: 1.1 Os acontecimentos

Leia mais

Lucas Santana da Cunha de junho de 2017

Lucas Santana da Cunha de junho de 2017 VARIÁVEL ALEATÓRIA Lucas Santana da Cunha email: lscunha@uel.br http://www.uel.br/pessoal/lscunha/ Universidade Estadual de Londrina 19 de junho de 2017 Uma função que associa um número real aos resultados

Leia mais

Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA

Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA 1 Exercícios de Probabilidade - Lista 1 Calcular e, após, Modelar no NETICA 1) Os dados da tabela abaixo descrevem o desempenho de alunos de graduação na disciplina de Probabilidade oferecida para alunos

Leia mais

Introdução à Inferência Estatística

Introdução à Inferência Estatística Introdução à Inferência Estatística Capítulo 10, Estatística Básica (Bussab&Morettin, 7a Edição) 2a AULA 02/03/2015 MAE229 - Ano letivo 2015 Lígia Henriques-Rodrigues 2a aula (02/03/2015) MAE229 1 / 16

Leia mais

ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE. Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski

ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE. Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski ESTATÍSTICA I PROBABILIDADE Aulas 3 e 4 Professor Regina Meyer Branski Probabilidade 1. Conceitos básicos de probabilidade 2. Probabilidade Condicional 3. Eventos Dependentes e Independentes 4. Regra da

Leia mais

PARTE 2. Profª. Drª. Alessandra de Ávila Montini

PARTE 2. Profª. Drª. Alessandra de Ávila Montini PARTE 2 Profª. Drª. Alessandra de Ávila Montini Conteúdo Introdução a Probabilidade Conceito de Experimento Conceito de Espaço Amostral Conceito de Variável Aleatória Principais Distribuições de Probabilidade

Leia mais

1.4.2 Probabilidade condicional

1.4.2 Probabilidade condicional M. Eisencraft 1.4 Probabilidades condicionais e conjuntas 9 Portanto, P(A B) = P(A)+P(B) P(A B) (1.2) Para eventos mutuamente exclusivos, P(A B) = e P(A)+P(B) = P(A B). 1.4.2 Probabilidade condicional

Leia mais

Noções sobre Probabilidade

Noções sobre Probabilidade Noções sobre Probabilidade Introdução Vimos anteriormente como apresentar dados em tabelas e gráficos, e também como calcular medidas que descrevem características específicas destes dados. Mas além de

Leia mais

Será que vai chover amanhã? Quantificando a incerteza. Probabilidades Aula 1

Será que vai chover amanhã? Quantificando a incerteza. Probabilidades Aula 1 Será que vai chover amanhã? Quantificando a incerteza Probabilidades Aula 1 Nosso dia-a-dia está cheio de incertezas Vai chover amanhã? Quanto tempo levarei de casa até a universidade? Em quanto tempo

Leia mais

2. EXERCÍCIOS PROPOSTOS SOBRE V.A. E DISTRIB.PROBAB.

2. EXERCÍCIOS PROPOSTOS SOBRE V.A. E DISTRIB.PROBAB. 2. EXERCÍCIOS PROPOSTOS SOBRE V.A. E DISTRIB.PROBAB. 1) Classifique as seguintes variáveis aleatórias como discretas ou contínuas. X : o número de acidentes de automóvel por ano na rodovia BR 116. Y :

Leia mais

Definição de Probabilidade

Definição de Probabilidade INTRODUÇÃO A TEORIA DAS PROBABILIDADES A teoria das probabilidade nada mais é do que o bom senso transformado em cálculo A probabilidade é uma medida da incerteza dos fenômenos. Traduz-se por um número

Leia mais

Modelos de Probabilidade e Inferência Estatística

Modelos de Probabilidade e Inferência Estatística Modelos de Probabilidade e Inferência Estatística Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba Prof. Tarciana Liberal (UFPB) Aula Probabilidade Condicional 03/14 1 / 48 É provável que você

Leia mais

Les Estatística Aplicada II AMOSTRA E POPULAÇÃO

Les Estatística Aplicada II AMOSTRA E POPULAÇÃO Les 0407 - Estatística Aplicada II AMOSTRA E POPULAÇÃO AULA 1 04/08/16 Prof a Lilian M. Lima Cunha Agosto de 2016 Estatística 3 blocos de conhecimento Estatística Descritiva Levantamento e resumo de dados

Leia mais

AULA 01 INTRODUÇÃO: Definição Amostra Amostragem Dados Variáveis BIOESTATÍSTICA. Profª Ms. Mara Cynthia

AULA 01 INTRODUÇÃO: Definição Amostra Amostragem Dados Variáveis BIOESTATÍSTICA. Profª Ms. Mara Cynthia AULA 01 INTRODUÇÃO: Definição Amostra Amostragem Dados Variáveis BIOESTATÍSTICA Profª Ms. Mara Cynthia Definição Bioestatística é um ramo da Estatística que se aplica às Ciências Biológicas como, por exemplo,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Matemática MTM 5 Estatística Turma 22 Professor: Rodrigo Luiz Pereira Lara LISTA DE EXERCÍCIOS 2 VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

Leia mais

1 Distribuição de Bernoulli

1 Distribuição de Bernoulli Centro de Ciências e Tecnlogia Agroalimentar - Campus Pombal Disciplina: Estatística Básica - 2013 Aula 6 Professor: Carlos Sérgio Distribuições Teóricas de Probabilidades de Variáveis Aleatórias Discretas

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE

INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE INTRODUÇÃO À PROBABILIDADE Foto extraída em http://www.alea.pt Profª Maria Eliane Universidade Estadual de Santa Cruz USO DE PROBABILIDADES EM SITUAÇÕES DO COTIDIANO Escolhas pessoais Previsão do tempo

Leia mais

Princípios de Bioestatística

Princípios de Bioestatística Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística Princípios de Bioestatística Aula 5 Introdução à Probabilidade Nosso dia-a-dia está cheio de incertezas Vai

Leia mais

Sumário. 2 Índice Remissivo 12

Sumário. 2 Índice Remissivo 12 i Sumário 1 Definições Básicas 1 1.1 Fundamentos de Probabilidade............................. 1 1.2 Noções de Probabilidade................................ 3 1.3 Espaços Amostrais Finitos...............................

Leia mais

Estatística: Aplicação ao Sensoriamento Remoto SER ANO Conceitos Básicos de Probabilidade

Estatística: Aplicação ao Sensoriamento Remoto SER ANO Conceitos Básicos de Probabilidade Estatística: Aplicação ao Sensoriamento Remoto SER 202 - ANO 2016 Conceitos ásicos de Probabilidade Camilo Daleles Rennó camilo@dpi.inpe.br http://www.dpi.inpe.br/~camilo/estatistica/ Frequência Absoluta

Leia mais

Chama-se evento todo subconjunto de um espaço amostral. PROBABILIDADE. Introdução

Chama-se evento todo subconjunto de um espaço amostral. PROBABILIDADE. Introdução Introdução PROBABILIDADE Há certos fenômenos (ou experimentos) que, embora sejam repetidos muitas vezes e sob condições idênticas, não apresentam os mesmos resultados. Por exemplo, no lançamento de uma

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística

Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística Universidade Federal de Goiás Instituto de Matemática e Estatística Prova 1 de Probabilidade I Prof.: Fabiano F. T. dos Santos Goiânia, 15 de setembro de 2014 Aluno: Nota: Descreva seu raciocínio e desenvolva

Leia mais

PROBABILIDADE. ENEM 2016 Prof. Marcela Naves

PROBABILIDADE. ENEM 2016 Prof. Marcela Naves PROBABILIDADE ENEM 2016 Prof. Marcela Naves PROBABILIDADE NO ENEM As questões de probabilidade no Enem podem cobrar conceitos relacionados com probabilidade condicional e probabilidade de eventos simultâneos.

Leia mais

Probabilidade Condicional e Independência

Probabilidade Condicional e Independência Meyer, P. L., Probabilidade: aplicações à Estatística, 2ª edição, Livros Técnicos e Científicos Editora, Rio de Janeiro, 1983. 1. A urna 1 contém x bolas brancas e y bolas vermelhas. A urna 2 contém z

Leia mais

Conceitos de Probabilidade

Conceitos de Probabilidade 1/1 Introdução à Bioestatística Conceitos de Probabilidade Enrico A. Colosimo/UFMG http://www.est.ufmg.br/ enricoc/ Depto. Estatística - ICEx - UFMG 2/1 Tipos de Fenômenos 1. Aleatório: Situação ou acontecimentos

Leia mais

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 4: Variáveis Aleatórias Unidimensionais

EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 4: Variáveis Aleatórias Unidimensionais EST029 Cálculo de Probabilidade I Cap. 4: Variáveis Aleatórias Unidimensionais Prof. Clécio da Silva Ferreira Depto Estatística - UFJF Introdução Considere o experimento: Lançamento de uma moeda. Resultados

Leia mais

CAPÍTULO 3 PROBABILIDADE

CAPÍTULO 3 PROBABILIDADE CAPÍTULO 3 PROBABILIDADE 1. Conceitos 1.1 Experimento determinístico Um experimento se diz determinístico quando repetido em mesmas condições conduz a resultados idênticos. Exemplo 1: De uma urna que contém

Leia mais

Probabilidade Condicional. Prof.: Ademilson

Probabilidade Condicional. Prof.: Ademilson Probabilidade Condicional Prof.: Ademilson Operações com eventos Apresentam-se abaixo algumas propriedades decorrentes de complementação, união e interseção de eventos, úteis no estudo de probabilidade.

Leia mais

Se A =, o evento é impossível, por exemplo, obter 7 no lançamento de um dado.

Se A =, o evento é impossível, por exemplo, obter 7 no lançamento de um dado. PROBABILIDADE Espaço amostral Espaço amostral é o conjunto universo U de todos os resultados possíveis de um experimento aleatório. O número de elementos desse conjunto é indicado por n(u). Exemplos: No

Leia mais

Coordenadoria de Matemática. Apostila de Probabilidade

Coordenadoria de Matemática. Apostila de Probabilidade Coordenadoria de Matemática Apostila de Probabilidade Vitória ES 1. INTRODUÇÃO CAPÍTULO 03 Quando investigamos algum fenômeno, verificamos a necessidade de descrevê-lo por um modelo matemático que permite

Leia mais

Para iniciar o conceito do que é probabilidade condicional, vamos considerar o seguinte problema.

Para iniciar o conceito do que é probabilidade condicional, vamos considerar o seguinte problema. PROBABILIDADE CONDICIONAL E DISTRIBUIÇÃO BINOMINAL 1. PROBABILIDADE CONDICIONAL Para iniciar o conceito do que é probabilidade condicional, vamos considerar o seguinte problema. Suponha que um redator

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Campus Universitário do Araguaia Instituto de Ciências Exatas e da Terra Curso: Licenciatura em Matemática

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Campus Universitário do Araguaia Instituto de Ciências Exatas e da Terra Curso: Licenciatura em Matemática UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO Campus Universitário do Araguaia Instituto de Ciências Exatas e da Terra Curso: Licenciatura em Matemática 1 a Lista de Exercícios de Probabilidade e Estatística 1.

Leia mais

Probabilidades 1. Motivação; 2. Conceitos importantes; 3. Definições de probabilidades; 4. Probabilidade Condicional; 5. Independência de eventos; 6.

Probabilidades 1. Motivação; 2. Conceitos importantes; 3. Definições de probabilidades; 4. Probabilidade Condicional; 5. Independência de eventos; 6. Probabilidades 1. Motivação; 2. Conceitos importantes; 3. Definições de probabilidades; 4. Probabilidade Condicional; 5. ndependência de eventos; 6. Regra da probabilidade total. Probabilidades Probabilidades

Leia mais

Estatística II. Intervalo de Confiança Lista de Exercícios

Estatística II. Intervalo de Confiança Lista de Exercícios Estatística II Intervalo de Confiança Lista de Exercícios 1. IC da Média com a Variância Populacional Desconhecida De 50.000 válvulas fabricadas por uma companhia, retira-se uma amostra de 400 válvulas,

Leia mais

Probabilidade e Estatística

Probabilidade e Estatística Probabilidade e Estatística Distribuições Discretas de Probabilidade Prof. Narciso Gonçalves da Silva www.pessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Introdução Distribuições Discretas de Probabilidade Muitas variáveis

Leia mais

Ministério da Educação. Nome:... Número:

Ministério da Educação. Nome:... Número: Ministério da Educação Nome:...... Número: Unidade Lectiva de: Introdução às Probabilidades e Estatística Ano Lectivo de 2003/2004 Código1334 Teste Formativo Nº 2 1. Considere que na selecção de trabalhadores

Leia mais

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado.

Probabilidade. Evento (E) é o acontecimento que deve ser analisado. Probabilidade Definição: Probabilidade é uma razão(divisão) entre a quantidade de eventos e a quantidade de amostras. Amostra ou espaço amostral é o conjunto formado por todos os elementos que estão incluídos

Leia mais

Tipos de Modelo. Exemplos. Modelo determinístico. Causas. Efeito. Exemplos. Modelo probabilístico. Causas. Efeito. Determinístico.

Tipos de Modelo. Exemplos. Modelo determinístico. Causas. Efeito. Exemplos. Modelo probabilístico. Causas. Efeito. Determinístico. Tipos de Modelo Sistema Real Determinístico Prof. Lorí Viali, Dr. viali@mat.ufrgs.br http://www.mat.ufrgs.br/~viali/ Probabilístico Modelo determinístico Exemplos Gravitação F GM 1 M 2 /r 2 Causas Efeito

Leia mais

Eisencraft e Loiola 2.1 Probabilidade 37. Para resolver problemas de probabilidades são necessários 3 passos:

Eisencraft e Loiola 2.1 Probabilidade 37. Para resolver problemas de probabilidades são necessários 3 passos: Eisencraft e Loiola 2.1 Probabilidade 37 Modelo matemático de experimentos Para resolver problemas de probabilidades são necessários 3 passos: a Estabelecimento do espaço das amostras b Definição dos eventos

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia Área de Matemática Disciplina: Matemática Ano: 2º - Ensino Médio Professor: Elias

Colégio Santa Dorotéia Área de Matemática Disciplina: Matemática Ano: 2º - Ensino Médio Professor: Elias Colégio Santa Dorotéia Área de Matemática Disciplina: Matemática Ano: 2º - Ensino Médio Professor: Elias Matemática Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 6 / 2017 Aluno(a): N o : Turma: 1) (Ufes)

Leia mais

Matéria: Matemática Assunto: Probabilidade básica Prof. Dudan

Matéria: Matemática Assunto: Probabilidade básica Prof. Dudan Matéria: Matemática Assunto: Probabilidade básica Prof. Dudan Matemática Probabilidade Denifinição 0 P 1 Eventos favoráveis Probabilidade = Total de eventos 1. Se a probabilidade de chover num dia de

Leia mais