Administração Geral. Prof. Leonardo Ferreira Turmas 08,09 e 10 - EPPGG Aula 01

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Administração Geral. Prof. Leonardo Ferreira Turmas 08,09 e 10 - EPPGG Aula 01"

Transcrição

1 Administração Geral Prof. Leonardo Ferreira Turmas 08,09 e 10 - EPPGG Aula 01

2 EDITAL 2009 EPPGG - ESAF 2

3 EDITAL 2009 EPPGG - ESAF 3

4 Administração Geral - EPPGG 1. Natureza e evolução do pensamento administrativo: abordagens clássica, humanista, burocrática, sistêmica e contingencial. 2. Planejamento: planejamento estratégico; planejamento baseado em cenários; gerenciamento de projetos; gerenciamento de processos. 3. Processo decisório: técnicas de análise e solução de problemas; fatores que afetam a decisão; tipos de decisões. 4. Mudança organizacional: forças internas e externas. Processo de mudança: o papel do agente e métodos de mudança. 5. Departamentalização e divisão do trabalho: critérios de agrupamento de atividades; estruturalismo; especialização e enriquecimento de tarefas. 6.Coordenação: necessidade, problemas, métodos. 7. Gestão de pessoas: estilos de liderança; liderança situacional; gestão por competências; gestão de conflitos; trabalho em equipe; motivação; empoderamento. 8. Comunicação organizacional: habilidades e elementos da comunicação. 9. Gestão da informação e do conhecimento. 10. Controle administrativo: princípios, mecanismos e objetivos; conceitos de eficiência, eficácia e efetividade. 11. As novas tecnologias e seus impactos na administração organizacional. 4

5 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO T1 - Natureza e evolução do pensamento administrativo: abordagens clássica, humanista, burocrática, sistêmica e contingencial. Referências Bibliográficas CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO. Rio de janeiro. Editora Campus MAXIMIANO, Antônio. Teoria Geral da Administração. São Paulo. Editora Atlas, Edição Compacta. MOTTA, Fernando C. Prestes. Teoria Geral da Administração. 3ª Edição. São Paulo. 5

6 ESAF STN 2013 ADMINISTRAÇÃO GERAL 6

7 ESAF STN 2013 ADMINISTRAÇÃO GERAL 7

8 ESAF STN 2013 ADMINISTRAÇÃO GERAL 8

9 ESAF EPPGG 2009 ADMINISTRAÇÃO GERAL 9

10 Teoria Geral da Administração (1) Introdução à TGA. Os primórdios da Administração. Abordagem Clássica da Administração. Abordagem Humanística da Administração. Abordagem Neoclássica da Administração. 10

11 Teoria Geral da Administração (2) Abordagem Estruturalista da Administração. Abordagem Comportamental da Administração. Abordagem Sistêmica da Administração. Abordagem Contingencial da Administração Novas Abordagens da Administração. 11

12 Introdução à TGA Organização é um grupo de pessoas que se constitui de forma organizada para atingir objetivos comuns. Incluem-se nesta definição as empresas, universidades, hospitais, escolas, creches, associações culturais, partidos políticos, sindicatos, clubes, condomínios, cooperativas, famílias, ONG, corporações militares, associação de moradores de bairros. 12

13 Introdução à TGA Administração é definida como um conjunto de princípios e normas que tem por objetivo planejar, organizar, dirigir e controlar os esforços de um grupo de indivíduos que se associam para atingir um resultado comum. 13

14 Introdução à TGA O planejamento, organização, direção e controle constituem o chamado processo administrativo. Quando considerados separadamente, planejamento, organização, direção e controle constituem as funções administrativas; quando tomadas em conjunto na sua abordagem global, para o alcance de objetivos, formam o processo administrativo. 14

15 Introdução à TGA 1.Planejamento 2.Organização Processo Administrativo 3.Direção 4. Controle 15

16 Funções Administrativas Planejar é: 1. Definir Missão, Visão, Negócio, Objetivos e Metas. Processo Administrativo 2. Determinar onde as coisas estão agora. 3. Desenvolver premissas sobre as condições futuras. 4. Identificar os meios para alcançar os objetivos. 5. Implementar os planos de ação e avaliar os resultados. 16

17 Funções Administrativas Organizar é: 1. Agrupar, estruturar e integrar os recursos organizacionais. Processo Administrativo 2. Dividir o trabalho a ser feito. 3. Agrupar os órgãos e atividades em uma estrutura lógica (E.O). 4. Designar pessoas para a sua execução. 5. Coordenar os diferentes esforços. 17

18 Funções Administrativas Dirigir é: 1. Dirigir os esforços coletivos para um propósito comum. Processo Administrativo 2. Comunicar/negociar com as pessoas para obter consenso. 3. Orientar as pessoas e obter consonância. 4. Liderar as pessoas. 5. Motivar as pessoas. 18

19 Funções Administrativas Controlar é: 1. Definir padrões de Desempenho. Processo Administrativo 2. Monitorar o desempenho. 3. Comparar o desempenho com os padrões estabelecidos. 4. Efetuar ação corretiva para assegurar os objetivos desejados. 19

20 Quem é o Administrador? O Administrador é o responsável pelo desempenho de uma ou mais pessoas de uma organização. O administrador obtém resultados através de sua organização e das pessoas que nela trabalham. Para tanto, ele planeja, organiza, dirige pessoas, gere e controla recursos físicos ou materiais, financeiros, humanos, mercadológicos e administrativos visando à realização de determinados objetivos. 20

21 O Administrador Papéis Henry Mintzberg fez uma interessante pesquisa e verificou que as diversas atividades administrativas podem ser organizadas em dez papéis. Um papel é um conjunto de expectativas da organização a respeito do comportamento de uma pessoa. Cada papel representa atividades que os administradores conduzem para cumprir as funções de planejar, organizar, dirigir e controlar. Os dez papéis foram divididos em três categorias: interpessoal, informacional e decisória. 21

22 O Administrador Papéis (1) Os papéis interpessoais representam as relações com as outras pessoas e estão relacionados com as habilidades humanas. Mostram como o administrador interage com as pessoas e influencia subordinados. 22

23 O Administrador Papéis (2) Os papéis informacionais descrevem as atividades usadas para manter e desenvolver uma rede de informações. Um administrador no nível institucional passa em média cerca de 75% do seu tempo falando com outras pessoas. Mostram como o administrador intercambia e processa informações. 23

24 O Administrador Papéis (3) Os papeis decisoriais envolvem todos os eventos e situações em que o administrador deve fazer uma escolha ou opção. Esses papéis requerem tanto habilidades humanas como conceituais. Mostram como o administrador utiliza a informação em suas decisões. 24

25 O Administrador Papéis CATEGORIA PAPEL ATIVIDADES REPRESENTAÇÃO Assume deveres cerimoniais e simbólicos, representa a organização, acompanha visitantes, assina documentos legais. INTERPESSOAL LIDERANÇA Dirige e motiva as pessoas, treina, aconselha, orienta e se comunica com os subordinados. LIGAÇÃO Mantém redes de comunicação dentro e fora da organização, usa , malotes, telefonemas e reuniões. 25

26 O Administrador Papéis CATEGORIA PAPEL ATIVIDADES MONITORAÇÃO Manda e recebe informações, lê revistas e relatórios, mantém contatos pessoais. INFORMACIONAL DISSEMINAÇÃO Envia informações para os membros de outras organizações, envia memorandos e relatórios, telefonemas e contatos. PORTA-VOZ Transmite informações para pessoas de fora através de conversas, relatórios e memorandos. 26

27 O Administrador Papéis CATEGORIA PAPEL ATIVIDADES EMPREENDEDOR Inicia projetos, identifica novas idéias, assume riscos, delega responsabilidades de idéias para outros. DECISORIAL RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Toma ação corretiva em disputas ou crises, resolve conflitos entre subordinados, adapta o grupo a crises e mudanças. ALOCAÇÃO DE RECURSOS Decide a quem atribuir recursos. Programa, orça e estabelece prioridades. NEGOCIAÇÃO Representa os interesses da organização em negociações com sindicatos, em vendas, compras ou financiamentos. 27

28 Enfoques das Teorias Administrativas 28

29 Os Primórdios da Administração A influência dos Filósofos. A influência da Organização Igreja Católica. Influência da Organização Militar. Influência da Revolução Industrial. Influência dos Economistas Liberais. Influência dos Pioneiros e Empreendedores. 29

30 Evolução da Teoria Organizacional Era Industrial Clássica Início da industrialização Era Industrial Neoclássica Desenvolvimento Industrial Era da Informação Após 1990 Tecnologia da Informação Poucas mudanças Previsibilidade Estabilidade e Certeza Aumento Mudança Fim Previsibilidade Inovação Serviços e Aceleração da Mudança Imprevisibilidade, instabilidade e incerteza. Administração Científica Teoria Clássica Relações Humanas Teoria da Burocracia Teoria Neoclássica Teoria Estruturalista Teoria Comportamental Teoria de Sistemas Teoria Contingencial Ênfase na: Produtividade Qualidade Competitividade Cliente Globalização. 30

31 Evolução da Teoria Organizacional 31

32 Abordagem Clássica Administração Científica Frederick Wislow Taylor, o fundador da Administração Científica, nasceu nos Estados Unidos. O primeiro período de Taylor. O segundo período de Taylor. 32

33 Administração Científica Principais Características Estudo de tempos e movimentos. Supervisão funcional. Padronização de máquinas, ferramentas, instrumentos e materiais. Planejamento do desenho de tarefas e cargos. Princípio da exceção. Prêmios de produção pela execução eficiente de tarefas. Definição da rotina de trabalho. 33

34 Administração Científica Organização Racional do Trabalho (1) Análise do Trabalho e Estudo de Tempos e Movimentos. Estudo da Fadiga Humana. Divisão do Trabalho e Especialização do Operário. Desenho de Cargos e Tarefas. 34

35 Administração Científica Organização Racional do Trabalho (2) Incentivos Salariais e Prêmios de Produção. Conceito de Homo Economicus. Condições de Trabalho. Padronização. Supervisão Funcional. 35

36 Administração Científica Princípios da Administração Científica Princípio do Planejamento. Princípio do Preparo. Princípio do Controle. Princípio da Execução. 36

37 Administração Científica Princípios de Eficiência de Emerson Harrington Emerson foi engenheiro que simplificou os métodos de trabalho. Popularizou a Administração Científica e desenvolveu os primeiros trabalhos seleção e treinamento de empregados. Trabalho intensamente no que popularizou como princípios de rendimento. 37

38 Administração Científica Princípios Básicos de Ford Princípio de Intensificação. Princípio de Economicidade. Princípio da Produtividade. 38

39 Administração Científica Apreciação Crítica Mecanicismo da Administração da Científica. Superespecialização do operário. Visão microscópica do homem. Ausência de comprovação científica. Abordagem incompleta da organização. Limitação do campo de aplicação. Abordagem prescritiva e normativa. Abordagem de Sistema Fechado. 39

40 Abordagem Clássica Teoria Clássica Henri Fayol, o fundador da Teoria Clássica, nasceu em Constantinopla e faleceu em Paris, vivendo as consequências da Revolução Industrial, e mais tarde, da Primeira Guerra Mundial. Fayol expôs sua Teoria de Administração no livro Administration Industrielle et Générale, publicado em Seu trabalho, antes de traduzido para o inglês, foi divulgado por Urwick e Gulick. 40

41 Teoria Clássica Conceito de Administração Fayol define o ato de administrar como: prever, organizar, comandar, coordenador e controlar (POC3). As funções administrativas envolvem os elementos da Administração, isto é, as funções do administrador. 41

42 Teoria Clássica As Funções Básicas da Empresa Funções Técnicas. Funções Comerciais. Funções Financeiras. Funções de Segurança. Funções Contábeis. Funções Administrativas. 42

43 Teoria Clássica Conceito de Administração Prever: visualizar o futuro. Organizar: constituir o duplo organismo material e social da empresa. Comandar: dirigir e orientar o pessoal. Coordenar: ligar, unir, harmonizar todos os atos e todos os esforços coletivos. Controlar: verificar que tudo ocorra de acordo com as regras estabelecidas e as ordens dadas. 43

44 Teoria Clássica Os 14 princípios Gerais da Administração Divisão do trabalho. Autoridade e responsabilidade. Disciplina. Unidade de comando. Unidade de direção. Subordinação dos interesses individuais aos gerais. Remuneração do pessoal. 44

45 Teoria Clássica Os 14 princípios Gerais da Administração Centralização. Cadeia escalar. Ordem. Equidade. Estabilidade do pessoal. Iniciativa. Espírito de equipe. 45

46 Teoria Clássica Organização Linear A organização linear é um tipo de estrutura organizacional que apresenta uma forma piramidal. Nela ocorre a supervisão linear ou autoridade linear, baseada na unidade de comando e que é o oposto da supervisão funcional proposta pela Administração Científica. 46

47 Teoria Clássica Elementos da Administração para Gulick Luther Gulick, considerado o autor mais erudito da Teoria Clássica, propõe sete elementos da Administração: Planejamento (planning); Organização (organizing); Assessoria (staffing); Direção (directing); Coordenação (coordinating); Informação (reporting) e Orçamento (budgeting). As palavras (planning, organizing, staffing, directing, coordinating, reporting e budgeting) formam o acróstico POSDCORB, que Gulick utiliza para memorizar os elementos da administração. 47

48 Teoria Clássica Apreciação Crítica Abordagem simplificada da Organização Formal. Ausência de trabalhos experimentais. O extremo racionalismo na concepção da Administração. Teoria da Máquina. Abordagem incompleta da Organização. Abordagem de sistema fechado. 48

49 Abordagem Humanística Teoria das Relações Humanas A Teoria das Relações Humanas ou Escola Humanística da Administração surgiu nos Estados Unidos, como consequência da Experiência de Hawthorne, desenvolvida por Elton Mayo e colaboradores. Foi um movimento de reação e oposição à Teoria Clássica da Administração. 49

50 Abordagem Humanística Teoria das Relações Humanas - Origens A necessidade de se humanizar e democratizar a Administração. O desenvolvimento das ciências humanas. Democratização das relações de trabalho. As conclusões da Experiência de Hawthorne, realizada entre 1927 e O homem Social substitui o Homem Econômico. 50

51 Teoria das Relações Humanas Experiência de Hawthorne Níveis de produção resultante da integração social. Comportamento social dos empregados. Recompensas e sanções sociais. Grupos informais. Relações humanas. Importância do conteúdo da cargo. Ênfase nos aspectos emocionais. 51

52 Decorrências da Teoria das Relações Humanas Influência da Motivação Humana. Liderança. Comunicação. Organização Informal. Dinâmica de Grupo. 52

53 Teoria das Relações Humanas Apreciação Crítica Oposição cerrada à Teoria Clássica. Inadequada visualização dos problemas de RI. Concepção ingênua e romântica do operário. Limitação do campo experimental. Parcialidade das conclusões. Ênfase nos grupos informais. Enfoque manipulativo das relações humanas. 53

54 54

55 Abordagem Neoclássica da Administração Teoria Neoclássica da Administração Apesar da influência das ciências do comportamento sobre a teoria administrativa, os pontos de vista dos autores clássicos nunca deixaram de subsistir. Apesar de todas as críticas aos postulados clássicos a aos enfoques tradicionais da organização, os princípios de Administração, a departamentalização, racionalização do trabalho, estrutura linear e funcional, enfim, a abordagem clássica nunca foi totalmente substituída por outra abordagem. A Abordagem Neoclássica nada mais é redenção da Teoria Clássica devidamente atualizada e redimensionada aos problemas administrativos atuais e ao tamanho das organizações de hoje. 55

56 Abordagem Neoclássica da Administração Teoria Neoclássica da Administração A administração é um processo operacional composto de funções, como: planejamento, organização, direção e controle. Como a Administração envolve uma variedade de situações organizacionais, ela precisa fundamentar-se em princípios básicos que tenham valor preditivo. A administração é uma arte e deve apoiar-se em princípios universais. Os princípios da Administração são verdadeiros. A cultura e o universo físico e biológico afetam o meio ambiente do administrador. 56

57 Teoria Neoclássica da Administração As principais características. Ênfase na prática da administração. Reafirmação dos postulados clássicos. Ênfase nos princípios gerais de administração. Ênfase nos objetivos e nos resultados. Ecletismo. 57

58 Teoria Neoclássica da Administração Princípios Básicos da Organização. Divisão do Trabalho. Especialização. Hierarquia. Amplitude Administrativa. 58

59 Teoria Neoclássica da Administração Funções do Administrador. 59

60 Teoria Neoclássica da Administração Funções do Administrador. 60

61 Teoria Neoclássica da Administração Funções do Administrador. 61

62 Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização Organização Linear. Organização Funcional. Organização Linha-Staff. Comissões. 62

63 Decorrências da Teoria Neoclássica: Departamentalização Conceito de Departamentalização. Princípios de departamentalização. Tipos de Departamentalização. Departamentalização por Funções: -Vantagens -Desvantagens -Aplicação. 63

64 Decorrências da Teoria Neoclássica: Administração por Objetivos (APO) A Administração por Objetivos ou Resultados constitui um modelo administrativo identificado com o espírito pragmático e democrático da Teoria Neoclássica. Seu aparecimento ocorreu em 1954, quando Peter Drucker publicou um livro, caracterizando a Administração por Objetivos, sendo considerado o criador da APO. 64

65 Decorrências da Teoria Neoclássica: Características da Administração por Objetivos Estabelecimento Conjunto de Objetivos entre o Gerente e o Subordinado. Estabelecimento de Objetivos para cada Departamento ou Posição. Interligação entre os vários Objetivos Departamentais. Ênfase na Mensuração e no Controle de Resultados. Contínua Avaliação, Revisão e Reciclagem dos Planos. Participação Atuante das Gerências e Subordinados. Apoio Intensivo do STAFF. 65

66 66

67 Abordagem Estruturalista da Administração Teoria da Burocracia (Ênfase na Estrutura). Autores: Max Weber, Merton, Goudner, Michels. Teoria Estruturalista (Ênfase na Estrutura, nas Pessoas e no Ambiente). Autores: Etzioni, Thompson, Blau e Scott. 67

68 Abordagem Estruturalista da Administração Modelo Burocrático de Organização A teoria da Burocracia desenvolveu-se na Administração ao redor da década de 1940, em função dos seguintes aspectos: A fragilidade e parcialidade da Teoria Clássica e da Teoria das Relações Humanas; A necessidade de um modelo de organização racional capaz de caracterizar todas as variáveis envolvidas; o crescente tamanho e complexidade das empresas passou a exigir modelos organizacionais mais bemdefinidos e o ressurgimento da Sociologia da Burocracia, a partir da descoberta dos trabalhos de Max Weber, seu criador. 68

69 Abordagem Estruturalista da Administração Modelo Burocrático de Organização 69

70 Modelo Burocrático de Organização Características segundo Max Weber (1) Caráter Legal das Normas e Regulamentos. Caráter Formal das Comunicações. Caráter Racional e Divisão do Trabalho. Impessoalidade nas Relações. Hierarquia da Autoridade. 70

71 Modelo Burocrático de Organização Características segundo Max Weber (2) Rotinas e Procedimentos Padronizados. Competência Técnica e Meritocracia. Especialização da Administração. Profissionalização dos Participantes. Completa Previsibilidade do Comportamento. 71

72 Modelo Burocrático de Organização Vantagens segundo Max Weber Racionalidade. Precisão na definição do cargo e na operação. Rapidez nas decisões. Univocidade de interpretação. Uniformidade de rotinas e procedimentos. Continuidade da organização. Redução do atrito entre as pessoas. Constância. Confiabilidade. Benefícios para as pessoas. 72

73 Modelo Burocrático de Organização Disfunções segundo Merton Internalização das regras e Apego aos Regulamentos. Excesso de formalismo e papelório. Resistência a mudanças. Despersonalização do relacionamento. Categorização como Base do Processo Decisorial. Superconformidade às Rotinas e aos Procedimentos. Exibição de Sinais de autoridade. Dificuldade no atendimento a Clientes e conflitos com o Público. 73

74 Modelo Burocrático de Organização Apreciação Crítica O Excessivo Racionalismo da Burocracia. Mecanicismo e as Limitações da Teoria da Máquina. Conservantismo da Burocracia. Abordagem de sistema fechado. Negação da organização informal. As distinções de Weber entre os tipos de autoridade são exageradas. O conflito interno na organização é considerado indesejável. 74

75 Abordagem Estruturalista da Administração Teoria Estruturalista - Origens A oposição entre a Teoria Clássica e a Teoria das Relações Humanas criou um impasse dentro da Administração que mesmo a Teoria da Burocracia não teve como ultrapassar. A Teoria Estruturalista representa um desdobramento da Teoria da Burocracia e uma leve aproximação à Teoria das Relações Humanas. Representa uma visão extremamente crítica da organização. 75

76 Abordagem Estruturalista da Administração Teoria Estruturalista - Origens A oposição surgida entre a Teoria Clássica e a Teoria das Relações Humanas. A necessidade de visualizar a organização como uma unidade social grande e complexa, onde interagem grupos sociais que compartilham alguns dos objetivos da organização. O novo conceito de estrutura. O conceito de Homem organizacional. 76

77 Teoria Estruturalista Análise das Organizações Organização Formal e Informal. Recompensas Materiais e Sociais. Os diversos Enfoques da Organização Os Níveis da Organização. A Diversidade de Organizações. Análise Interorganizacional. 77

78 Teoria Estruturalista Tipologia de Etzioni 78

79 Teoria Estruturalista Tipologia de Blau e Scott 79

80 Teoria Estruturalista Apreciação Critica Convergência de várias abordagens divergentes. Ampliação da abordagem. Dupla tendência teórica. Análise organizacional mais ampla. Inadequação das tipologias organizacionais. Teoria da Crise. Teoria de Transição e de mudança. 80

81 81

82 Abordagem Comportamental Administração Teoria Comportamental - Origens A abordagem comportamental também chamada de behaviorista marca a mais forte influência das ciências do comportamento na teoria administrativa e a busca de novas soluções democráticas, humanas e flexíveis para os problemas organizacionais. A abordagem comportamental recebe fortes influência das ciências comportamentais, e mais especificamente da psicologia organizacional. 82

83 Abordagem Comportamental Administração Teoria Comportamental - Origens O homem é um animal social dotado de necessidades. O homem é um animal dotado de um sistema psíquico. O homem tem capacidade de articular a linguagem com o raciocínio abstrato. O homem é um animal dotado de aptidão para aprender. O comportamento humano é orientado para objetivos. O homem caracteriza por um padrão dual de comportamento. 83

84 Teoria Comportamental Novas Proposições Sobre a Motivação Hierarquia das Necessidades de Maslow. Teoria dos Dois Fatores de Herzberg. Estilos de Administração (McGregor X e Y). Sistemas de Administração (Likert 1 a 4). 84

85 Teoria Comportamental Processo Decisorial 85

86 Teoria Comportamental Processo Decisorial 86

87 Teoria Comportamental Ênfase nas pessoas. Apreciação Critica Abordagem mais Descritiva e menos Prescritiva. Profunda reformulação da filosofia administrativa. Dimensões Bipolares da Teoria Comportamental. A relatividade das Teorias de Motivação. Influência das Ciências do comportamento sobre a Administração. A Organização como um Sistema de Decisões. Análise Organizacional a Partir do Comportamento. 87

88 Abordagem Comportamental Administração Teoria do Desenvolvimento Organizacional O movimento de DO surgiu em 1962 como um conjunto de ideias a respeito do homem, da organização e do ambiente, no sentido de facilitar o crescimento e desenvolvimento das organizações. No sentido restrito, o DO é um desdobramento prático e operacional da Teoria Comportamental em direção à abordagem sistêmica.não se trata de uma teoria administrativa, mas um movimento congregando vários autores no sentido de aplicar as ciências do comportamento. 88

89 Abordagem Comportamental Administração Teoria do Desenvolvimento Organizacional As origens do DO são atribuídos a vários fatores: a dificuldade de operacionalizar os conceitos de diversas teorias. Os estudos sobre motivação. A criação do National Training Laboratory (NTL). A publicação de um livro pelo NTL, sobre pesquisas com os T-Groups. A pluralidade de mudanças no mundo. A fusão de duas tendências no estudo das organizações: estrutura e comportamento. Os estudos dos conflitos interpessoais e pequenos grupos. Destaca-se que os modelos de DO se baseiam em quatro variáveis: ambiente, organização, grupo e indivíduo. 89

90 Teoria do Desenvolvimento Organizacional As mudanças e a Organização Um novo conceito de organização (SM x SO). Conceito de Cultura Organizacional. Conceito de Mudança. Conceito de Desenvolvimento. Fases da Organização. Críticas às Estruturas Convencionais. 90

91 Teoria do Desenvolvimento Organizacional O que DO? French e Bell definem o DO como esforço de longo prazo, apoiado pela alta administração, no sentido de melhorar os processos de resolução de problemas de renovação organizacional, particularmente através de um eficaz e colaborativo diagnóstico e administração da cultura organizacional com ênfase especial nas equipes formais de trabalho, equipes temporárias, e cultura intergrupal com a assistência de um consultorfacilitador e a utilização da teoria e tecnologia das ciências comportamentais, incluindo pesquisa-ação. 91

92 Teoria do Desenvolvimento Organizacional Pressupostos Básicos Constante e rápida mudança do ambiente. A necessidade de participação e comprometimento. Necessidade contínua adaptação. A melhoria da eficácia organizacional. Interação entre o indivíduo e a organização. A variedade de modelos e estratégias de DO. A mudança organizacional deve ser planejada. O DO é uma resposta às mudanças. 92

93 Teoria do Desenvolvimento Organizacional As Características do DO 93

94 Teoria do Desenvolvimento Organizacional O processo de DO 94

95 Teoria do Desenvolvimento Organizacional Técnicas de DO Técnicas de Intervenção para Indivíduos. Técnicas de Intervenção para Duas ou Mais pessoas. Técnicas de Intervenção para Equipes ou Grupos. Técnicas de Intervenção para Relações Intergrupais. Técnicas de Intervenção para a Organização Como um Todo. 95

96 Abordagem Sistêmica da Administração Visão Geral - Escolas Cibernética e Administração. Teoria Matemática da Administração. Teoria dos Sistemas. 96

97 Abordagem Sistêmica da Administração Cibernética e Administração A cibernética surgiu como uma ciência interdisciplinar destinada a estabelecer relações entre as várias ciências e permitir que cada ciência utilizasse os conhecimentos desenvolvidos pelas demais ciências. O campo de estudo da Cibernética: Os sistemas. Representação dos Sistemas: Os modelos. 97

98 Abordagem Sistêmica da Administração Cibernética e Administração 98

99 Cibernética e Administração Principais Conceitos de Sistemas Conceito de entrada (input). Conceito de saída (output). Conceito de Caixa Negra ( Black Box). Conceito de Retroação (Feedback). Conceito de Homeostasia. Conceito de Informação (comunicação). 99

100 Abordagem Sistêmica da Administração Teoria Matemática da Administração Teoria dos Jogos. Teoria das Filas. Teoria dos Grafos. Programação Linear. Programação Dinâmica. Probabilidade e Análise Estatística. 100

101 Abordagem Sistêmica da Administração Teoria dos Sistemas A TGS surgiu com os trabalhos do biólogo alemão Ludwig Von Bertalanfy. A TGS não busca solucionar problemas ou tentar soluções práticas, mas produzir teorias e formulações conceituais para aplicações na realidade empírica. 101

102 Teoria dos Sistemas Três Premissas Básicas Os sistemas existem dentro de outros sistemas. Os sistemas são abertos. As funções dos sistemas dependem de sua estrutura. 102

103 Teoria dos Sistemas A Organização como um Sistema Aberto Comportamento Probabilístico e Não Determinístico. As Organizações como Partes de uma Sociedade Maior. Interdependência das Partes. Homeostase ou Estado Firme. Fronteiras ou Limites. Morfogênese. Resiliência. 103

104 Teoria dos Sistemas O Modelo de Katz e Kahn Katz e Kahn desenvolveram um modelo de organização através da aplicação da Teoria dos Sistemas à teoria administrativa. No modelo proposto, a organização apresenta as características típicas de um sistema aberto: Importação (entradas). Transformação (processamento). Exportação (Saídas). Os sistemas são Ciclos recorrentes. Entropia Negativa ou negentropia. Informação como insumo, retroação negativa e processo de codificação. Estado firme e homeostase dinâmica. Diferenciação. Eqüifinalidade. Limites ou fronteiras. 104

105 Teoria dos Sistemas Modelo Sociotécnico de Tavistock O modelo sociotécnico de Tavistock foi proposto por sociólogos e psicólogos do Instituto de Relações Humanas de Tavistock. A organização é um sistema aberto em interação constante com seu ambiente. Mas que isso, a organização é um sistema sociotécnico estruturado sobre dois subsistemas: Subsistema Técnico (EP) e Subsistema Social (ER). 105

106 Teoria dos Sistemas Apreciação Crítica Confronto entre as Teorias de SA e SF. Características básicas Análise Sistêmica. Caráter Integrativo e Abstrato da TS. O efeito Sinérgico das Organizações como SA. O Homem Funcional. Uma nova abordagem funcional. Ordem e Desordem. 106

107 Abordagem Contingencial da Administração Teoria Contingencial A teoria da contingência enfatiza que não há nada de absoluto nas organizações ou na teoria administrativa. Tudo é relativo. Tudo depende. A abordagem contingencial explica que existe uma relação funcional entre as condições do ambiente e as técnicas administrativas apropriadas para o alcance eficaz de objetivos da organização. As variáveis ambientais são variáveis independentes, enquanto as técnicas administrativas são variáveis dependentes dentro de uma relação funcional. Em vez de uma relação de causaefeito temos uma relação se-então (funcional). 107

108 Teoria Contingencial 108

109 Teoria Contingencial Pesquisa de Burns e Stalker - Organizações 109

110 Teoria Contingencial Imperativo Ambiental 110

111 Teoria Contingencial Imperativo Ambiental 111

112 Teoria Contingencial Imperativo Ambiental 112

113 Teoria Contingencial Imperativo Tecnológico 113

114 Teoria Contingencial Imperativo Tecnológico 114

115 Teoria da Contingência Novas Abordagens ao Desenho Organizacional 115

116 Teoria da Contingência Apreciação Crítica Relativismo em Administração. Bipolaridade Contínua. Ênfase no Ambiente. Ênfase na Tecnologia. Compatibilização entre as Abordagens de Sistema fechado e de Sistema Aberto. 116

117 Novas Abordagens em Administração Para onde vai a TGA? Melhoria Contínua (Kaizen). Qualidade Total. Reengenharia. Benchmarking. Equipes de Alto Desempenho. A Nova Lógica das Organizações. Teoria da Complexidade. Teoria do Caos. Gestão do Capital Intelectual Gestão do Conhecimento. Organizações que Aprendem. 117

118 118

119 119

12/02/2012. Administração I. Estrutura da Administração INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

12/02/2012. Administração I. Estrutura da Administração INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Idalberto Chiavenato Conceitos; Evidências históricas; e Estruturando a administração. 1 Administração I Administração é criar um ambiente para o esforço grupal

Leia mais

Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA

Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA Prof. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO - SOROCABA Engenheiro Agrônomo CCA/UFSCar 1998 Mestre em Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente IE/UNICAMP 2001 Doutor em Engenharia de Produção PPGEP/UFSCar

Leia mais

Gestão Empresarial. Um Pouco de História... Administração Científica. Aula 2. Comércio Exterior. Frederick Taylor (1856-1915) Tarefa

Gestão Empresarial. Um Pouco de História... Administração Científica. Aula 2. Comércio Exterior. Frederick Taylor (1856-1915) Tarefa Gestão Empresarial Um Pouco de História... Aula 2 Prof. Elton Ivan Schneider tutoriacomercioexterior@grupouninter.com.br Comércio Exterior Administração Pré-Científica Administração Científica Maior interesse

Leia mais

Evolução do Pensamento

Evolução do Pensamento Unidade I Evolução do Pensamento Administrativo Prof. José Benedito Regina Conteúdo da disciplina EPA Parte 1 - Conceitos gerais da administração Parte 2 - Evolução histórica: Abordagens administrativas

Leia mais

TGA TEORIAS DAS ORGANIZAÇÕES FUPAC - FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS. Profº Cláudio de Almeida Fernandes, D.Sc

TGA TEORIAS DAS ORGANIZAÇÕES FUPAC - FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS. Profº Cláudio de Almeida Fernandes, D.Sc FUPAC - FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA TGA TEORIAS DAS ORGANIZAÇÕES Profº Cláudio de Almeida Fernandes, D.Sc Ph.D in Business Administration Doutorado

Leia mais

Teorias e Modelos de Gestão

Teorias e Modelos de Gestão Teorias e Modelos de Gestão Objetivo Apresentar a evolução das teorias e modelo de gestão a partir das dimensões econômicas, filosóficas, pol Iticas, sociológicas, antropológicas, psicológicas que se fazem

Leia mais

TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO FAYOLISMO PREVER ORGANIZAR COMANDAR COORDENAR CONTROLAR HENRY FAYOL (1841-1925) NOS MOMENTOS DE CRISE SÓ A IMAGINAÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO Albert Einstein

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM. TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM. TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior CONCEITOS Administração é o processo de conjugar recursos humanos e materiais de forma a atingir fins

Leia mais

21/08/2011 INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ABORDAGEM CLÁSSICA DA. As três Habilidades do Profissional de Gestão

21/08/2011 INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ABORDAGEM CLÁSSICA DA. As três Habilidades do Profissional de Gestão ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Profº Adm. Dr. Cláudio de Almeida Fernandes Ph.D in Business Administration Idalberto Chiavenato As três do Profissional de

Leia mais

Objetivos da aula 9/8/2012. Gestão de Recursos Humanos. Teorias da Administração. Empresas X Pessoas X Administração: uma coisa tem a ver com a outra?

Objetivos da aula 9/8/2012. Gestão de Recursos Humanos. Teorias da Administração. Empresas X Pessoas X Administração: uma coisa tem a ver com a outra? Gestão de Recursos Humanos Profª: Silvia Gattai Teorias da Administração Objetivos da aula Construir conhecimentos sobre as várias teorias da administração, que embasam as metodologias de gestão de pessoas

Leia mais

3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA)

3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA) 3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA) Conteúdo 1. Conceitos Básicos 2. Histórico da Teoria Geral da Administração (TGA) 3. Abordagem Clássica da Administração 1 Bibliografia Recomenda Livro

Leia mais

TEORIA DOS SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO

TEORIA DOS SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO TEORIA DOS SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO. ORIGENS DA TEORIA DOS SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO A Teoria dos Sistemas foi introduzida na Administração, a partir da década de 1960, tornando-se parte integrante da

Leia mais

TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO. Fundamentos da Administração. Conteúdo programático: Administração e suas Perspectivas

TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO. Fundamentos da Administração. Conteúdo programático: Administração e suas Perspectivas TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO Fundamentos da Administração Prof. Me. Olney Bruno da Silveira Junior Conteúdo programático:. Ênfase nas tarefas e Ênfase na Estrutura Organizacional. Ênfase nas Pessoas. Ênfase

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão Pública

Curso de Especialização em Gestão Pública Universidade Federal de Santa Catarina Centro Sócio-Econômico Departamento de Ciências da Administração Curso de Especialização em Gestão Pública 1. Assinale a alternativa falsa: (A) No processo gerencial,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA)

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) A administração participativa é uma filosofia ou política de administração de pessoas, que valoriza sua capacidade de tomar decisões e resolver problemas,

Leia mais

USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração. 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias

USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração. 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias Evolução da Administração e as Escolas Clássicas Anteriormente XVIII XIX 1895-1911 1916 1930 Tempo

Leia mais

20/04/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2.

20/04/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Dinâmica nas Organizações Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2.1 2 ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO DA TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA. drivanmelo@yahoo.com.br

FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA. drivanmelo@yahoo.com.br FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA drivanmelo@yahoo.com.br ADMINISTRAÇÃO AD Prefixo latino = Junto de AD MINISTRAÇÃO MINISTER Radical = Obediência, Subordinação Significa aquele que realiza uma função

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Fundamentos da Administração

ADMINISTRAÇÃO. Fundamentos da Administração UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GENÉTICA E BIOQUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA: BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO Fundamentos da Fábio Júnio Ferreira Patos de Minas, 26 de novembro de

Leia mais

Módulo 11 Socialização organizacional

Módulo 11 Socialização organizacional Módulo 11 Socialização organizacional O subsistema de aplicação de recursos humanos está relacionado ao desempenho eficaz das pessoas na execução de suas atividades e, por conseguinte, na contribuição

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO GERAL TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Atualizado em 09/11/2015 TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA Os alicerces fundamentais da Administração Científica, descritos por Taylor,

Leia mais

Teorias da Administração

Teorias da Administração Teorias da Administração Cronologia das teorias da administração 1903 Administração Científica 1903 Teoria Geral da Administração 1909 Teoria da Burocracia 1916 Teoria Clássica da Administração 1932 Teoria

Leia mais

Gestão de pessoas. Gestão de pessoas

Gestão de pessoas. Gestão de pessoas Gestão de pessoas Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Gestão de pessoas Gestão de pessoas ou administração de RH? Uma transformação das áreas e de seus escopos de atuação; Houve mudança ou é somente semântica;

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR. Prof. Bento

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR. Prof. Bento ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR Prof. Bento QUESTÕES Doc. # 1 Revisão Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação UMA TEORIA É UMA EXPLICAÇÃO LÓGICA OU ABSTRACTA DE UM PROBLEMA OU CONJUNTO DE

Leia mais

paulo.santosi9@aedu.com

paulo.santosi9@aedu.com 1 2 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp Clube Trainer Graduado em Administração de Empresas Pós-graduado em Gestão Estratégica de Negócios MBA em Negociação Mestrando

Leia mais

Sociologia das organizações

Sociologia das organizações Sociologia das organizações Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Pessoas: recursos X parceiros Pessoas como recursos Empregados isolados nos cargos Horário rigidamente estabelecido Preocupação com normas

Leia mais

Capítulo 1 Abordagem da localização da Gestão de Pessoas na estrutura organizacional da empresa

Capítulo 1 Abordagem da localização da Gestão de Pessoas na estrutura organizacional da empresa Capítulo 1 Abordagem da localização da Gestão de Pessoas na estrutura organizacional da empresa - Abordagem da localização da Gestão de Pessoas na estrutura organizacional da empresa A teoria clássica

Leia mais

Introdução à Teoria Geral da Administração

Introdução à Teoria Geral da Administração à Teoria Geral da Administração Disciplina: Modelo de Gestão Página: 1 Aula: 01 Página: 2 O mundo em que vivemos é uma sociedade institucionalizada e composta por organizações. Todas as atividades relacionadas

Leia mais

CÓDIGO: IH 129 CRÉDITOS: 04 (4T-0P) INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

CÓDIGO: IH 129 CRÉDITOS: 04 (4T-0P) INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CÓDIGO: IH 129 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais. Sistemas de Informações Gerenciais. Tecnologia e Gestão. Prof. Ms. André Ricardo Nahas

Sistemas de Informação Gerenciais. Sistemas de Informações Gerenciais. Tecnologia e Gestão. Prof. Ms. André Ricardo Nahas Sistemas de Informações Gerenciais Tecnologia e Gestão Pauta: Contexto Histórico Teoria Geral de Sistemas Administração de Sistemas de Informação Conceituação Instrumentos de Gestão Tendências Administração

Leia mais

Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações. Prof Rodrigo Legrazie

Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações. Prof Rodrigo Legrazie Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações Prof Rodrigo Legrazie Escola Neoclássica Conceitua o trabalho como atividade social. Os trabalhadores precisam muito mais de ambiente adequado e

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM. As Teorias de administração e os serviços de enfermagem

ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM. As Teorias de administração e os serviços de enfermagem ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM As Teorias de administração e os serviços de enfermagem Teorias da administração no processo da enfermagem Administrar: é um processo de planejamento, organização, liderança

Leia mais

Unidade II FUNDAMENTOS DA. Prof. Me. Livaldo dos Santos

Unidade II FUNDAMENTOS DA. Prof. Me. Livaldo dos Santos Unidade II FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Me. Livaldo dos Santos Objetivos da unidade Abordar, caracterizar e apresentar os princípios das Teorias Teoria Científica (1903) Teoria Clássica (1916) Teoria

Leia mais

Administração Pública

Administração Pública Administração Pública Sumário Aula 1- Características básicas das organizações formais modernas: tipos de estrutura organizacional, natureza, finalidades e critérios de departamentalização. Aula 2- Processo

Leia mais

IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico PLANO DE ENSINO FACITEC Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas Teorias de Administração IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico Credenciada pelas Portarias MEC 292, de 15.02.2001

Leia mais

10. Abordagem Neoclássica

10. Abordagem Neoclássica 10. Abordagem Neoclássica Conteúdo 1. Abordagem Neoclássica 2. Características da Abordagem Neoclássica 3. Administração como Técnica Social 4. Aspectos Administrativos Comuns às Organizações 5. Eficiência

Leia mais

Capítulo 8 Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização

Capítulo 8 Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização Capítulo 8 Decorrências da Teoria Neoclássica: Tipos de Organização ESTRUTURA LINEAR Características: 1. Autoridade linear ou única. 2. Linhas formais de comunicação. 3. Centralização das decisões. 4.

Leia mais

6. Modelo Burocrático

6. Modelo Burocrático 6. Modelo Burocrático Conteúdo 1. Burocracia 2. Teoria da Burocracia 3. Tipos de Sociedade 4. Tipos de Autoridade 5. Características da Burocracia segundo Weber 6. Disfunções da Burocracia 7. Modelo Geral

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS. Ludwig Von Bertalanffy biólogo alemão Estudos entre 1950 e 1968

TEORIA GERAL DE SISTEMAS. Ludwig Von Bertalanffy biólogo alemão Estudos entre 1950 e 1968 TEORIA GERAL DE SISTEMAS Ludwig Von Bertalanffy biólogo alemão Estudos entre 1950 e 1968 Critica a visão de que o mundo se divide em áreas como física, biologia, química, psicologia, sociologia pregando

Leia mais

Filósofos. A história administração. Filósofos. Igreja Católica e Organização Militar. Revolução Industrial

Filósofos. A história administração. Filósofos. Igreja Católica e Organização Militar. Revolução Industrial Uninove Sistemas de Informação Teoria Geral da Administração 3º Semestre Prof. Fábio Magalhães Blog da disciplina: http://fabiotga.blogspot.com A história administração A história da Administração é recente,

Leia mais

Resumo. Leonel Fonseca Ivo. 17 de novembro de 2009

Resumo. Leonel Fonseca Ivo. 17 de novembro de 2009 Resumo Leonel Fonseca Ivo 17 de novembro de 2009 1 Teoria de Sistemas A Teoria de Sistemas (TS) é um ramo específico da Teoria Geral de Sistemas (TGS), cujo objetivo é produzir teorias e formulações conceituais

Leia mais

Síntese de TGA. Teoria Comportamental da Administração

Síntese de TGA. Teoria Comportamental da Administração Síntese de TGA Teoria Comportamental da Administração A Teoria Comportamental surgiu nos Estados Unidos por volta de 1950, com uma redefinição dos conceitos antigos administrativos ao criticar as teorias

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM NÚCLEO 15 TEORIAS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO. Profa. Ivete Maroso Krauzer

CURSO DE ENFERMAGEM NÚCLEO 15 TEORIAS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO. Profa. Ivete Maroso Krauzer UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ CURSO DE ENFERMAGEM NÚCLEO 15 TEORIAS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO Profa. Ivete Maroso Krauzer TEORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO 1.Administração Científica 2.Teoria

Leia mais

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 2 1.2-História

Leia mais

Pode ser desdobrada em 2 orientações diferentes que se completam.

Pode ser desdobrada em 2 orientações diferentes que se completam. Evolução da Teoria Administrativa Escolas de Concepção Administrativa. Abordagem Clássica da Administração. Pode ser desdobrada em 2 orientações diferentes que se completam. 1 - Visão Americana: Liderada

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA O exame a ser aplicado na Certificação por Prova, na ênfase Recursos

Leia mais

Introdução à Administração. Prof. Adilson Mendes Ricardo Novembro de 2012

Introdução à Administração. Prof. Adilson Mendes Ricardo Novembro de 2012 Novembro de 2012 Aula baseada no livro Teoria Geral da Administração Idalberto Chiavenato 7ª edição Editora Campus - 2004 Nova ênfase Administração científica tarefas Teoria clássica estrutura organizacional

Leia mais

Douglas Filenga TGA I. Tópicos do módulo: a)campo de atuação profissional; b)perspectivas organizacionais;

Douglas Filenga TGA I. Tópicos do módulo: a)campo de atuação profissional; b)perspectivas organizacionais; Administração Douglas Filenga TGA I Tópicos do módulo: a)campo de atuação profissional; b)perspectivas organizacionais; c) Habilidades profissionais; d)influências históricas. Campo de atuação: Os diferentes

Leia mais

8. Abordagem Sistêmica

8. Abordagem Sistêmica 8. Abordagem Sistêmica Conteúdo 1. Abordagem Sistêmica 2. Cibernética 3. Teria Geral dos sistemas 4. Sistema Empresa 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Administração - Teoria, Processo e Prática Chiavenato,

Leia mais

Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração. Abordagem Clássica da Administração:

Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração. Abordagem Clássica da Administração: TGA Abordagem Clássica da Administração Profa. Andréia Antunes da Luz andreia-luz@hotmail.com No despontar do XX, 2 engenheiros desenvolveram os primeiros trabalhos pioneiros a respeito da Administração.

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: SISTEMAS E MÉTODOS ADMINISTRATIVOS

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: SISTEMAS E MÉTODOS ADMINISTRATIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA CÓDIGO: IH

Leia mais

Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens. Psicossociologia do trabalho 1

Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens. Psicossociologia do trabalho 1 Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens Psicossociologia do trabalho 1 Sumário As organizações modernas A transferência do papel da comunidade para as organizações O processo de interdependência

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Aula N : 09 Tema:

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I Turma 1ADN -2010

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I Turma 1ADN -2010 1ª PARTE TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO Enquanto Taylor e outros engenheiros desenvolviam a Administração Científica nos Estados Unidos, em 1916 surgia na França, espraiando-se rapidamente pela Europa,

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO. Prof.: Daniela Pedroso Campos

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO. Prof.: Daniela Pedroso Campos FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof.: Daniela Pedroso Campos Objetivo Geral: Compreender o que é Administração, o que os administradores fazem e quais os princípios, as técnicas e as ferramentas que direcionam

Leia mais

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral.

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral. Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos *Operários (1933) Tarsila do Amaral. A Função Administrativa RH É uma função administrativa compreendida por um conjunto de

Leia mais

Tipos de Administração Pública. 1 - Administração Patrimonialista 2 - Administração Burocrática 3 Administração Gerencial

Tipos de Administração Pública. 1 - Administração Patrimonialista 2 - Administração Burocrática 3 Administração Gerencial Tipos de Administração Pública Professor Luiz Antonio de Carvalho Tipos de Administração Pública BUROCRÁTICA 1 - Administração 2 - Administração Burocrática 3 Administração Gerencial lac.consultoria@gmail.com

Leia mais

ATIVIDADES DE LINHA E DE ASSESSORIA

ATIVIDADES DE LINHA E DE ASSESSORIA 1 ATIVIDADES DE LINHA E DE ASSESSORIA SUMÁRIO Introdução... 01 1. Diferenciação das Atividades de Linha e Assessoria... 02 2. Autoridade de Linha... 03 3. Autoridade de Assessoria... 04 4. A Atuação da

Leia mais

TEORIA ESTRUTURALISTA

TEORIA ESTRUTURALISTA TEORIA ESTRUTURALISTA 1. Origens 2. Idéias Centrais 3. Contribuições à Teoria Estruturalista 4. Críticas à Teoria Estruturalista 1. Origens Alguns autores identificaram a corrente, que foi denominada corrente

Leia mais

PLANO DE CURSO. organizações. Novas configurações organizacionais. Organização. Planejamento. Direção: comunicação,

PLANO DE CURSO. organizações. Novas configurações organizacionais. Organização. Planejamento. Direção: comunicação, PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Teoria da Administração I Professor: Salomão David Vergne Cardoso e-mail: vergne07@gmail.com Código: MAR00 Carga

Leia mais

2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO

2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO 2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO 2.1 IMPORTÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO Um ponto muito importante na administração é a sua fina relação com objetivos, decisões e recursos, como é ilustrado na Figura 2.1. Conforme

Leia mais

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas As pessoas devem ser tratadas como parceiros da organização. ( Como é isso?) Reconhecer o mais importante aporte para as organizações: A INTELIGÊNCIA. Pessoas:

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 5 CONCEITOS DO PLANEJAMENTO OPERACIONAL

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 5 CONCEITOS DO PLANEJAMENTO OPERACIONAL PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 5 CONCEITOS DO PLANEJAMENTO OPERACIONAL Índice 1. Conceitos do planejamento...3 1.1. Planejamento... 5 1.2. Conceituação de planejamento... 5 1.3.

Leia mais

TGS TEORIA GERAL DE SISTEMAS 17/09/2015 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA

TGS TEORIA GERAL DE SISTEMAS 17/09/2015 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA TEORIA GERAL DE SISTEMAS TGS Fundamentos Prof. Reginaldo Brito Egípcios e Babilônios (3000 a. C) Jacó e Labão (4000 a.c.) Frederick Taylor (1856-1915) 1890 - Modelo de Administração científica (taylorismo)

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

Teoria Geral da Administração (TGA)

Teoria Geral da Administração (TGA) Uma empresa é uma organização social que utiliza recursos a fim de atingir tais objetivos. O lucro, na visão moderna das empresas privadas, é conseqüência do processo produtivo e o retorno esperado pelos

Leia mais

Os pressupostos básicos para a teoria de Bertalanffy foram os seguintes:

Os pressupostos básicos para a teoria de Bertalanffy foram os seguintes: Teoria Geral de Sistemas Uma introdução As Teorias Clássicas (Administração Científica e Teoria Clássica), a Abordagem Humanística (Teoria das Relações Humanas), a Teoria Estruturalista e a Teoria da Burocracia

Leia mais

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 1.2-História do Pensamento sobre a Gestão As organizações e a prática da Gestão foram,

Leia mais

Teoria Geral da Administração Abordagem Clássica da Administração

Teoria Geral da Administração Abordagem Clássica da Administração Teoria Geral da Administração Abordagem Clássica da Administração Prof. Paulo César Campos Bibliografia: Idalberto Chiavenato Elsevier/Campus SUMÁRIO RESUMIDO PARTE 1: INTRODUÇÃO À TGA PARTE 2: OS PRIMÓRDIOS

Leia mais

Enquadramento geral A gestão e os seus atores. Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23

Enquadramento geral A gestão e os seus atores. Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23 Índice PREFÁCIO PARA OS ESTUDANTES 13 PREFÁCIO PARA OS PROFESSORES 15 INTRODUÇÃO 17 PARTE 1 Enquadramento geral A gestão e os seus atores Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23 1.1. As

Leia mais

FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS

FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS Pessoas em Primeiro Lugar!!! DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A REVOLUÇÃO DIGITAL Prof. Flavio A. Pavan O velho conceito das organizações: Uma organização é um conjunto integrado

Leia mais

Planejamento Organização Direção Controle. Termos chaves Planejamento processo de determinar os objetivos e metas organizacionais e como realiza-los.

Planejamento Organização Direção Controle. Termos chaves Planejamento processo de determinar os objetivos e metas organizacionais e como realiza-los. Decorrência da Teoria Neoclássica Processo Administrativo. A Teoria Neoclássica é também denominada Escola Operacional ou Escola do Processo Administrativo, pela sua concepção da Administração como um

Leia mais

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA Conteúdo Programático Módulo I 1) Teoria das Organizações Imagens das Organizações como Paradigmas Científicos

Leia mais

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas:

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas: Gestão de Pessoas: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. Fundamentos, teorias, escolas da administração e o seu impacto na gestão de pessoas. Função do órgão de recursos

Leia mais

2- FUNDAMENTOS DO CONTROLE 2.1 - CONCEITO DE CONTROLE:

2- FUNDAMENTOS DO CONTROLE 2.1 - CONCEITO DE CONTROLE: 1 - INTRODUÇÃO Neste trabalho iremos enfocar a função do controle na administração. Trataremos do controle como a quarta função administrativa, a qual depende do planejamento, da Organização e da Direção

Leia mais

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Universidade Federal Fluminense Oficina de Trabalho Elaboração de Provas Escritas Questões Objetivas Profª Marcia Memére Rio de Janeiro, janeiro de 2013 QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Cada uma das

Leia mais

TEORIAS E MODELOS DE GESTÃO

TEORIAS E MODELOS DE GESTÃO TEORIAS E MODELOS DE GESTÃO Capítulo 02 1 EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ORGANIZACIONAIS INICIADAS DE FATO POR FAYOL E TAYLOR NO INÍCIO DO SÉCULO XX PRODUZIDAS COM BASE EM UMA NECESSIDADE DE CADA MOMENTO DA GERAÇÃO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO PROF. WALTENO MARTINS PARREIRA JÚNIOR CONTEÚDO E OBJETO DE ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO PROF. WALTENO MARTINS PARREIRA JÚNIOR CONTEÚDO E OBJETO DE ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO PROF. WALTENO MARTINS PARREIRA JÚNIOR CONTEÚDO E OBJETO DE ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO Administração do latim ad(direção, tendência para) e minister(subordinação

Leia mais

Prof. Dr.Onofre Miranda Agosto/2014

Prof. Dr.Onofre Miranda Agosto/2014 Prof. Dr.Onofre Miranda Agosto/2014 1 OBJETIVOS Objetivo Geral: Revisar conceitos e abordagens clássicas das Teorias da Administração (Introdução à Administração); Objetivos Específicos: Contextualizar

Leia mais

TIPOS DE PROCESSOS Existem três categorias básicas de processos empresariais:

TIPOS DE PROCESSOS Existem três categorias básicas de processos empresariais: PROCESSOS GERENCIAIS Conceito de Processos Todo trabalho importante realizado nas empresas faz parte de algum processo (Graham e LeBaron, 1994). Não existe um produto ou um serviço oferecido por uma empresa

Leia mais

ORGANIZAÇÕES NOS NOVOS TEMPOS. Prof. Marcio R. G. de Vazzi

ORGANIZAÇÕES NOS NOVOS TEMPOS. Prof. Marcio R. G. de Vazzi ORGANIZAÇÕES NOS NOVOS TEMPOS Prof. Marcio R. G. de Vazzi UMA PEQUENA REVISÃO TEORIA ORGANIZACIONAL - CONCEITOS Organização: É uma combinação de esforços individuais que tem por finalidade realizar propósitos

Leia mais

Teoria Básica da Administração. Teoria das Relações Humanas. Professor: Roberto César

Teoria Básica da Administração. Teoria das Relações Humanas. Professor: Roberto César Teoria Básica da Administração Teoria das Relações Humanas Professor: Roberto César Abordagem Humanística Ênfase Tarefas Estrutura Pessoas Preocupação Máquina e Método Organização formal e princípios O

Leia mais

SISTEMAS ABERTOS. Nichollas Rennah

SISTEMAS ABERTOS. Nichollas Rennah SISTEMAS ABERTOS Nichollas Rennah Conceito O Sistema aberto caracteriza-se por um intercâmbio de transações com o ambiente e conserva-se constantemente no mesmo estado(auto-regulação) apesar de a matéria

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador

ADMINISTRAÇÃO. Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador ADMINISTRAÇÃO Tema : Fundamentos da Administração 1 Aula Conceitos da Administração História da Administração Funções do Administrador O que devemos.. Tirar todas as dúvidas a qualquer momento Participar

Leia mais

Origens da Teoria de Sistemas: O biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy a elaborou na década de 1950. Conceito de Sistemas:

Origens da Teoria de Sistemas: O biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy a elaborou na década de 1950. Conceito de Sistemas: Origens da Teoria de Sistemas: O biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy a elaborou na década de 1950. Conceito de Sistemas: Sistema é um conjunto de elementos dinâicamente relacionados entre si, formando

Leia mais

1.Natureza e evolução do pensamento administrativo: abordagens clássica, humanista, burocrática, sistêmica e contingencial

1.Natureza e evolução do pensamento administrativo: abordagens clássica, humanista, burocrática, sistêmica e contingencial 1.Natureza e evolução do pensamento administrativo: abordagens clássica, humanista, burocrática, sistêmica e contingencial 1. A Administração e suas Perspectivas O conhecimento administrativo: as Teorias

Leia mais

O competitivo mercado de trabalho hoje

O competitivo mercado de trabalho hoje MBA MAUÁ AULA INAUGURAL TURMA 16 O competitivo mercado de trabalho hoje Prof. Helton Haddad Silva São Paulo, 04/08/2003 Conteúdo da Aula Inaugural - O mercado hoje; - O papel do administrador; - O MBA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

Qual a melhor forma de fazer um determinado trabalho?

Qual a melhor forma de fazer um determinado trabalho? A abordagem típica da Escola da Administração Científica é a ênfase nas tarefas; Objetivava a eliminação dos desperdícios e elevar os níveis de produtividade Frederick W. Taylor (1856-1915): Primeiro período

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

Fayol e a Escola do Processo de Administração

Fayol e a Escola do Processo de Administração CAPÍTULO 4 Fayol e a Escola do Processo de Administração Empresa Função de Administração Função Comercial Função Financeira Função de Segurança Função de Contabilidade Função Técnica Planejamento Organização

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Disciplina: Planejamento e Gestão

Leia mais

Introdução... teor i neoclá neocl ss s i s ca da a dmini mi s ni t s r t ação

Introdução... teor i neoclá neocl ss s i s ca da a dmini mi s ni t s r t ação Teoria neoclássica da administração Prof. Paulo Barreto Introdução... A teoria neoclássica da administração é o nome dado a um conjunto de teorias que surgiram na década de 50 e que propõem uma retomada

Leia mais

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I 1 TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO I Administração é a maneira de governar organizações ou parte delas. É o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar o uso de recursos

Leia mais

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Prof. WAGNER RABELLO JR TEORIAS ADMINISTRATIVAS

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Prof. WAGNER RABELLO JR TEORIAS ADMINISTRATIVAS NATUREZA E EVOLUÇÃO DO CONHECIMENTO ADMINISTRATIVO TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Prof. WAGNER RABELLO JR TEORIAS ADMINISTRATIVAS Categorias das teorias administrativas Ênfase nas tarefas Ênfase na estrutura

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA REOPÇÃO DE CURSO E TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA. Prova de Conhecimento Específico - Administração

PROCESSO SELETIVO PARA REOPÇÃO DE CURSO E TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA. Prova de Conhecimento Específico - Administração PROCESSO SELETIVO PARA REOPÇÃO DE CURSO E TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA Prova de Conhecimento Específico - Administração Orientações Você está recebendo O Caderno de Questões da Prova de Conhecimento Específico.

Leia mais