NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS"

Transcrição

1 NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos

2 NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como sistemas sociais 2. Organizações formais 3. Organizações como sistemas abertos 4. Níveis de organizações (subsistemas) 5. Estratégia organizacional 6. Abordagem sistêmica e contingencial 7. Organizações de Aprendizagem 8. Linha e função de Staff 9. ARH como processo 10. Políticas de Recursos Humanos

3 NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS (CONT...) 11. Objetivos da Adm. de Rec. Humanos 12. Capital Intelectual 13. Variabilidade Humana 14. Motivação 15. Necessidades de Maslow 16. Fatores de Herzberg 17. Motivação de Vroom 18. Clima Organizacional 19. Exercícios

4 MODELOS DE HIERARQUIA Organizações altas : Organizações Chatas :

5 ORGANIZAÇÕES COMO SISTEMAS ABERTOS Recursos Materiais Recursos Humanos Recursos Financeiros Recursos Mercadológicos Maquinas Matérias primas Tecnologia Energia Pessoas e serviços Empregados novos Capital/investimentos Empréstimos Financiamentos Créditos a receber Pedidos de clientes Pesquisa de mercado Informações de mercado EMPRESA Subsistemas, especializados em processos de recursos / informações e energia específicos RESTRIÇÕES AMBIENTAIS Exigências legais Mercado de oferta e procura Conjuntura econômica Conjuntura política Cultura e educação Condições geográficas Produtos e serviços Resíduos, refugos e lixo Pesquisas e desenvolvimento Compras Pessoas Empregados desligados Aumento de capital Faturamento Contas a pagar Lucros e perdas Entregas a clientes Promoção e propaganda Vendas Informações ao mercado RETROAÇÃO Figura 1.1. Empresa como sistema aberto (Chiavenato, A p. 30)

6 NÍVEIS ORGANIZACIONAIS (SUBSISTEMAS) 1 Lógica de sistema aberto AMBIENTE EXTERNO Incerteza Mediação (limitação da incerteza) Lógica de sistema aberto Racionalidade limitada Figura 1.2. Níveis organizacionais (Chiavenato, A p. 52)

7 NÍVEIS ORGANIZACIONAIS (SUBSISTEMAS) 2 Níveis de Organizações Lógica utilizada Características Institucional Sistema aberto Independência entre o sistema e seu ambiente mais amplo. Expectativa de incerteza e de imprevisibilidade. Operacional Sistema fechado Baseado na certeza e na previsibilidade. Ênfase no planejamento e controle. Quadro 1.1. Níveis organizacionais (Chiavenato, A p. 52) Eficácia: medida de alcance dos resultados/objetivos através dos recursos disponíveis (relação com lucros). Eficiência: melhor maneira pela qual as ações devem ser feitas ou executadas (métodos), a fim de que os recursos sejam aplicados da forma mais racional possível.

8 ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL 1 Objetos da organização O que há no ambiente? Análise ambiental Análise organizacional O que temos na organização? Oportunidades, ameaças, restrições e contingencias Pontos fortes, fracos, recursos disponíveis, capacidades e habilidades Estratégia organizacional O que fazer? Como compatibilizar todas as variáveis envolvidas? Figura 1.3. Componentes da estratégia organizacional (Chiavenato, A p. 64)

9 ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL 2 Hierarquia dos Objetivos

10 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM 1 Características de uma organização de aprendizagem Visão compartilhada com a qual os membros concordam; Descarte de velhas maneiras de pensar e rotinas padronizadas, para resolução de problemas ou execução de trabalhos; Todos pensam nos processos, atividades, funções e interações organizacionais com o ambiente; As pessoas se comunicam abertamente entre elas, entre fronteiras verticais e horizontais; As pessoas compartilham seus interesses pessoais aos organizacionais, a fim de alcançar os objetivos institucionais

11 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM 2 Função Organizações Tradicionais Organizações de Aprendizagem Determinação da direção geral Formulação e implantação de idéias Natureza do pensamento organizacional Resolução de conflitos Liderança e motivação A visão é proporcionada pela cúpula da empresa A cúpula decide o que deve ser feito e o restante da empresa trabalha com essa idéias Cada pessoa é responsável pelas atividades de seu cargo e o foco está no desenvolvimento de suas competências individuais Os conflitos são resolvidos por meio do uso do poder e da influência hierárquica O papel do líder é definir a visão organizacional, providenciar recompensas e punições adequadas e manter o controle das atividades das pessoas A visão é compartilhada e emerge de muitos lugares, mas a cúpula é responsável por assegurar que essa visão existe e deve ser alcançada A formulação e a implantação de idéias ocorrem em todos os níveis da organização As pessoas conhecem suas atividades e como elas se inter-relacionam com as demais dentro da organização Os conflitos são resolvidos por meio da aprendizagem colaborativa e integração dos pontos de vista das pessoas na organização O papel do líder é construir uma visão compartilhada, empoderar as pessoas, inspirar compromisso e encorajar decisões eficazes da empresa Tabela 1.1. Comparação entre organização tradicional e de aprendizagem (Chiavenato, A p. 164)

12 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS COMO PROCESSO1 Processo Objetivo Atividades Envolvidas PROVISÃO Quem irá trabalhar na organização Pesquisa de mercado de RH; Recrutamento de pessoas; Seleção de pessoas APLICAÇÃO O que as pessoas farão na organização Integração de pessoas; Desenho de cargos; Descrição e análise de cargos; Avaliação de desempenho MANUTENÇÃO Como manter as pessoas na organização Remuneração e compensação; Benefícios e serviços sociais; Higiene e segurança do trabalho; Relações sindicais DESENVOLVIMENTO Como preparar e desenvolver pessoas Treinamento; Desenvolvimento organizacional MONITORAÇÃO Como saber o que são e o que fazem as pessoas Banco de dados; Sistemas de informação; Controles frequência Produtividade Balanço social Tabela 1.1. Comparação entre organização tradicional e de aprendizagem (Chiavenato, A p. 164)

13 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS COMO PROCESSO 2 Provisão Aplicação Desenvolvimento Manutenção Monitoração Figura 1.4. Os subsistemas do sistema de ARH (Chiavenato, A p. 176)

14 OBJETIVOS DA ADM. REC. HUMANOS Principais Objetivos Criar, manter e desenvolver um contingente de recursos humanos com habilidade e motivação para realizar os objetivos da organização; Criar, manter e desenvolver condições organizacionais de aplicação, desenvolvimento e satisfação plena dos recursos humanos, e alcance dos objetivos individuais; e Alcançar eficiência e eficácia através dos recursos humanos disponíveis.

15 CAPITAL INTELECTUAL 1 Capital Interno Capital Intelectual Capital Externo Talentos Capital Humano Estrutura Organizacional Cultura Organizacional Figura 1.5. Desdobramentos do capital intelectual (Chiavenato, A p. 187)

16 CAPITAL INTELECTUAL 2 Perspectivas Para reter e desenvolver o conhecimento, as organizações devem oferecer um trabalho desafiante que agregue experiências e conhecimento às pessoas; O conhecimento proporcionado por seus funcionários constitui a riqueza mais importante das organizações; As organizações precisam desenvolver estratégias claras de ARH para poderem conquistar, reter e motivar seus funcionários; Os funcionários que detêm o conhecimento são os principais contribuintes para o sucesso da organização; As organizações precisam transformar-se rapidamente em organizações de aprendizagem para poderem aplicar adequadamente o conhecimento; Para serem bem-sucedidas na Era da Informação, as organizações devem adotar a perspectiva do conhecimento e investir pesadamente nele.

17 VARIABILIDADE HUMANA Fatores internos Fatores externos Personalidade Ambiente organizacional A pessoa na organização Aprendizagem Motivação Percepção Valores Regras e regulamentos Cultura Políticas Métodos e processos Comporta-mento da pessoa dentro da organização Recompensas e punições Grau de confiança Figura 1.6. Influencias do comportamento humano (Chiavenato, A p. 82)

18 MOTIVAÇÃO Barreira FRUSTAÇÃO Equilíbrio interno Estímulo ou incentivo Necessidades Tensão Outro comportam ento derivativo COMPENSAÇÃO Figura 1.7. Etapas do ciclo motivacional (Chiavenato, A p. 92)

19 NECESSIDADES DE MASLOW NECESSIDADES SECUNDÁRIAS NECESSIDADES PRIMÁRIAS Figura 1.8. Hierarquias das necessidades de Maslow (Chiavenato, A p. 93)

20 FATORES DE HERZBERG NECESSIDADES DE MASLOW FATORES DE HERZBERG O trabalho em si, Responsabilidade, Progresso Crescimento Reconhecimento, status Relações interpessoais, estilo de supervisão, colegas e subordinados Supervisão técnica, políticas da organização, segurança no emprego Salário, condições físicas de trabalho, benefícios sociais Figura 1.9. Comparação dos modelos de motivação (Chiavenato, A p. 97)

21 MOTIVAÇÃO DE VROOM A motivação de produzir por função de... Força do desejo de alcançar objetivos individuais Relação percebida entre produtividade e alcance de objetivos individuais Capacidade percebida de influenciar seu próprio nível de produtividade Expectativas Recompensas Relações entre expectativas e recompensas Figura Dimensões básicas de Vroom (Chiavenato, A p. 101)

22 EXERCÍCIOS (Agente Adm PF) Suponha que, na organização Felicidade Ltda, a unidade de recursos humanos conta com 10 empregados. Nesse setor, o clima organizacional vem-se caracterizando por manifestações de inveja, ressentimentos, inimizades pessoais. As ações que o gerente de RH deve adotar para melhorar o clima organizacional dessa empresa incluem 1. promover, e primeiro lugar, a negociação entre os subordinados e a direção da organização, buscando conciliar as metas organizacionais com os interesses individuais. 2. Iniciar um processo de comunicação que exclua o feedback centrado em mentiras sobre desafetos. 3. Realizar uma análise organizacional, revendo o organograma, os fluxogramas, os estatuto e o regimento interno. 4. Propor aos insatisfeitos que se demitam. 5. Estimular a auto reflexão e, em um segundo momento, implantar um processo participativo que possibilite aos empregados explorarem o que sentem e proporem soluções para melhorar o clima organizacional 1- C; 2- C; 3- E; 4- E; 5- C

23 BIBLIOGRAFIA CHIAVENATO, I. Administração de Recursos Humanos: Fundamentos Básicos. São Paulo. Editora Atlas, 2003.

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas As pessoas devem ser tratadas como parceiros da organização. ( Como é isso?) Reconhecer o mais importante aporte para as organizações: A INTELIGÊNCIA. Pessoas:

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 5: ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 5.1 Conceito de ARH Sem as pessoas e sem as organizações não haveria ARH (Administração de Recursos Humanos). A administração de pessoas

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

Sumário. Capítulo 1: Evolução das Teorias Administrativas

Sumário. Capítulo 1: Evolução das Teorias Administrativas Sumário Capítulo 1: Evolução das Teorias Administrativas 1.1. A Administração Científica 1.2. A Teoria Clássica 1.3. Teoria das Relações Humanas 1.4. Burocracia 1.5. Teoria Estruturalista 1.6. Teoria dos

Leia mais

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral.

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral. Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos *Operários (1933) Tarsila do Amaral. A Função Administrativa RH É uma função administrativa compreendida por um conjunto de

Leia mais

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS Professora Ani Torres Gestão de Pessoas Conjunto de métodos, políticas,técnicas e práticas definidos com o objetivo de orientar o comportamento humano

Leia mais

MOTIVAÇÃO UM NOVO COMBUSTÍVEL EMPRESARIAL

MOTIVAÇÃO UM NOVO COMBUSTÍVEL EMPRESARIAL MOTIVAÇÃO UM NOVO COMBUSTÍVEL EMPRESARIAL Daniele Cristine Viana da Silva 1 Maria José Vencerlau 2 Regiane da Silva Rodrigues 3 André Rodrigues da Silva 4 Fábio Fernandes 5 RESUMO O Artigo Científico tem

Leia mais

1. Função Recursos Humanos/Administração de Pessoas 2. Abordagem Sistêmica dos Recursos Humanos

1. Função Recursos Humanos/Administração de Pessoas 2. Abordagem Sistêmica dos Recursos Humanos 5. Função Recursos Humanos/Administração de Pessoas Conteúdo 1. Função Recursos Humanos/Administração de Pessoas 2. Abordagem Sistêmica dos Recursos Humanos 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM. TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior

UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM. TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM TEORIAS DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Cassimiro Nogueira Junior CONCEITOS Administração é o processo de conjugar recursos humanos e materiais de forma a atingir fins

Leia mais

Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações. Prof Rodrigo Legrazie

Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações. Prof Rodrigo Legrazie Escola das relações humanas: Sociologia nas Organizações Prof Rodrigo Legrazie Escola Neoclássica Conceitua o trabalho como atividade social. Os trabalhadores precisam muito mais de ambiente adequado e

Leia mais

Padrão Resposta às Questões Discursivas Psicologia do Trabalho

Padrão Resposta às Questões Discursivas Psicologia do Trabalho Concurso Público 2015 Padrão Resposta às Questões Discursivas Psicologia do Trabalho Questão 1 a) Para Walton, QVT refere-se a valores ambientais e humanos, negligenciados pelas sociedades industriais

Leia mais

Processos de Recursos Humanos

Processos de Recursos Humanos Gestão Integrada RH Recursos Humanos Unida 2 Rosemeri da Silva Paixão Recursos Humanos 28 Gestão Integrada RH Sumário Introdução... 30 Objetivos... 31 Estrutura da Unida... 31 UNIDADE 2: Recursos Humanos

Leia mais

EIM/UFPR AT086 Gestão de Projetos Prof. Umberto Klock. Gestão de pessoas

EIM/UFPR AT086 Gestão de Projetos Prof. Umberto Klock. Gestão de pessoas EIM/UFPR AT086 Gestão de Projetos Prof. Umberto Klock Gestão de pessoas PRINCIPAIS TÓPICOS 1. Cultura organizacional e outros desafios de projetos; 2. O papel do gerente de projetos; 3. O relacionamento

Leia mais

GABARITO OFICIAL(preliminar)

GABARITO OFICIAL(preliminar) QUESTÃO RESPOSTA COMENTÁRIO E(OU) REMISSÃO LEGAL 051 A 052 A 053 A RECURSO Recrutar faz parte do processo de AGREGAR OU SUPRIR PESSOAS e é o ato de atrair candidatos para uma vaga (provisão). Treinar faz

Leia mais

Gestão Estratégica de Recursos Humanos

Gestão Estratégica de Recursos Humanos Gestão Estratégica de Recursos Humanos Professor conteudista: Ricardo Shitsuka Sumário Gestão Estratégica de Recursos Humanos Unidade I 1 INTRODUÇÃO...1 1.1 Organizações...1 1.2 Modelos de organizações...4

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas:

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas: Gestão de Pessoas: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. Fundamentos, teorias, escolas da administração e o seu impacto na gestão de pessoas. Função do órgão de recursos

Leia mais

Prof. Clovis Alvarenga Netto

Prof. Clovis Alvarenga Netto Escola Politécnica da USP Departamento de Engenharia de Produção Março/2009 Prof. Clovis Alvarenga Netto Aula 05 Organização da produção e do trabalho Pessoas e sua Organização em Produção e Operações

Leia mais

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di?

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di? GESTÃO DE DESEMPENHO Prof. WAGNER RABELLO JR Conceito de desempenho Níveis de desempenho O di? O que medir? Resultados Desempenho Competências Fatores críticos de desempenho 1 Segundo Chiavenato, existem

Leia mais

Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas

Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas Seja Bem-Vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas AULA 3 Administração de Recursos Humanos O papel do gestor

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-CEPE/UNICENTRO, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2011. Aprova o Curso de Especialização em MBA Gestão Estratégica de Pessoas, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz, da UNICENTRO.

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

Unidade IV GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres

Unidade IV GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres Unidade IV GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS Professora Ani Torres Visão estratégica Visão estratégica está relacionada com alcançar os objetivos empresariais. Considera: Tipos psicológicos, Motivação:

Leia mais

Sistema de Informação Gerencial SIG

Sistema de Informação Gerencial SIG Sistema de Informação Gerencial SIG O SIG abrange a empresa Estratégico Tático Operacional Conceitos Básicos: DADO: Qualquer elemento identificado em sua forma bruta que, por si só, não conduz a compensação

Leia mais

PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS

PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS PLANO DE CARGOS & SALÁRIOS UNIMED ANÁPOLIS 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 02 1 OBJETIVO DO MANUAL... 03 2 CONCEITOS UTILIZADOS... 04 3 POLÍTICA DE CARGOS E SALÁRIOS... 06 4 POLÍTICA DE CARREIRA... 07 5 AVALIAÇÃO

Leia mais

abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações

abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações O RH nesses 20 anos Tático, político e de políticas Desdobrador da estratégia Influenciador da estratégia e da operação Consultor e assessor para

Leia mais

TÍTULO: O PAPEL DA LIDERANÇA NA MOTIVAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL UM ESTUDO NA EMPRESA VISÃO DIGITAL 3D E-COMMERCE

TÍTULO: O PAPEL DA LIDERANÇA NA MOTIVAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL UM ESTUDO NA EMPRESA VISÃO DIGITAL 3D E-COMMERCE TÍTULO: O PAPEL DA LIDERANÇA NA MOTIVAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE ORGANIZACIONAL UM ESTUDO NA EMPRESA VISÃO DIGITAL 3D E-COMMERCE CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Motivação. O que é motivação?

Motivação. O que é motivação? Motivação A motivação representa um fator de sobrevivência para as organizações, pois hoje é um dos meios mais eficazes para atingir objetivos e metas. Além de as pessoas possuírem conhecimento, habilidades

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas

Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de gestão, mais especificamente o item 2 do edital: Gestão de Pessoas AULA 2 Administração de Recursos Humanos O papel do gestor

Leia mais

25/3/2009 EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NO BRASIL. Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Recursos Humanos e Finanças

25/3/2009 EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NO BRASIL. Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Recursos Humanos e Finanças Marketing RH Finanças Materiais Produção Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Recursos Humanos e Finanças É a área da administração que cuida do suprimento, da manutenção e do desenvolvimento de todos os

Leia mais

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Qualidade de Vida no Trabalho O conceito de QVT é muito abrangente, e precisa ser definido com clareza, uma vez que as posições profissionais dos trabalhadores dentro de uma organização

Leia mais

Ilca Maria Moya de Oliveira

Ilca Maria Moya de Oliveira Ilca Maria Moya de Oliveira Cargos e suas estruturas são hoje um tema complexo, com várias leituras e diferentes entendimentos. Drucker (1999, p.21) aponta que, na nova sociedade do conhecimento, a estrutura

Leia mais

Verônica A. Pereira Souto

Verônica A. Pereira Souto COMPORTAMENTO HUMANO NO TRABALHO Verônica A. Pereira Souto VITÓRIA-ES 11 de julho 2009 VERÔNICA APARECIDA PEREIRA SOUTO MINI-CURRÍCULO PSICÓLOGA GRADUADA EM LETRAS/INGLÊS PÓS-GRADUADA EM COMUNICAÇÃO SOCIAL

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1. O QUE SIGNIFICA GESTÃO DE PESSOAS... 3 2. PRINCIPAIS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS... 3 3. O CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS... 4 4. EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO...

Leia mais

TIPOS DE PROCESSOS Existem três categorias básicas de processos empresariais:

TIPOS DE PROCESSOS Existem três categorias básicas de processos empresariais: PROCESSOS GERENCIAIS Conceito de Processos Todo trabalho importante realizado nas empresas faz parte de algum processo (Graham e LeBaron, 1994). Não existe um produto ou um serviço oferecido por uma empresa

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA O exame a ser aplicado na Certificação por Prova, na ênfase Recursos

Leia mais

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381 GESTÃO DE PESSOAS APLICADA ÀS UNIDADES DE INFORMAÇÃO 1 Mailza Paulino de Brito e Silva Souza 2 Sandra Pontual da Silva 3 Sara Sunaria Almeida da Silva Xavier 4 Orientadora: Profª M.Sc. Luciana Moreira

Leia mais

Administração Pública

Administração Pública Administração Pública Sumário Aula 1- Características básicas das organizações formais modernas: tipos de estrutura organizacional, natureza, finalidades e critérios de departamentalização. Aula 2- Processo

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Disciplina: Planejamento e Gestão

Leia mais

Idalberto Chiavenato Administração Teoria, Processo e Prática

Idalberto Chiavenato Administração Teoria, Processo e Prática Idalberto Chiavenato Administração Teoria, Processo e Prática Elsevier/Campus www.elsevier.com.br www.chiavenato.com SUMÁRIO RESUMIDO PARTE I: Os fundamentos da Administração PARTE II: O contexto em que

Leia mais

TEORIAS DE CONTÉUDO DA MOTIVAÇÃO:

TEORIAS DE CONTÉUDO DA MOTIVAÇÃO: Fichamento / /2011 MOTIVAÇÃO Carga horária 2 HORAS CONCEITO: É o desejo de exercer um alto nível de esforço direcionado a objetivos organizacionais, condicionados pela habilidade do esforço em satisfazer

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Escola de Engenharia

Escola de Engenharia Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão em Recursos Humanos Professor(es): Roberto Pallesi Carga horária: 4hs/aula por semana Escola de Engenharia DRT: 1140127 Código da

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS No que se refere à gestão, recrutamento e seleção de pessoas, julgue os itens a seguir. 51 A gestão de pessoas recebeu forte influência dos estudos de Hawthrone, especialmente

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza

2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Gestão de Pessoas Questões Giovanna Carranza 01. Conceitualmente, recrutamento é: (A) Um conjunto de técnicas e procedimentos

Leia mais

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir.

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir. Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador 1. Leia as afirmativas a seguir. I. O comportamento organizacional refere-se ao estudo de indivíduos e grupos

Leia mais

1. As Áreas Funcionais e Ambiente Organizacional

1. As Áreas Funcionais e Ambiente Organizacional 1. As Áreas Funcionais e Ambiente Organizacional Conteúdo 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Introdução à Administração Eunice Lacava Kwasnicka - Editora Atlas Administração - Teoria, Processo e Prática

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira Nossa Missão Atrair o Talento certo para a Empresa M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira GESTÃO DE PESSOAS Gestão Liderança + Administrativo Para se tornar um excelente gestor Para se tornar um excelente gestor

Leia mais

L I D E R A N Ç A (Autoria não conhecida)

L I D E R A N Ç A (Autoria não conhecida) L I D E R A N Ç A (Autoria não conhecida) Liderança é inata? Abordagem Genética - Antigamente acreditava-se que o indivíduo nascia com características, aptidões e valores próprios de um líder. Na moderna

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 1-CEPE/UNICENTRO, DE 27 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO.

Leia mais

Noções de Administração - Prof. Claudiney Silvestre. Questões Comentadas:

Noções de Administração - Prof. Claudiney Silvestre. Questões Comentadas: Noções de Administração - Prof. Claudiney Silvestre Questões Comentadas: 1 - Q120630 ( Prova: FUNRIO - 2010 - FURP-SP - Assistente Financeiro / Administração Geral / Planejamento; ) De acordo com autor

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA)

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) A administração participativa é uma filosofia ou política de administração de pessoas, que valoriza sua capacidade de tomar decisões e resolver problemas,

Leia mais

Profº Rogério Tavares

Profº Rogério Tavares Profº Rogério Tavares Administração Por Objetivos - APO A partir da década de 1950, a Teoria Neoclássica deslocou a atenção antes fixada nas chamadas atividades meios para os objetivos ou finalidades da

Leia mais

CORREÇÃO DA PROVA DE GESTÃO DE PESSOAS STN 2013 Professor: Alyson Barros

CORREÇÃO DA PROVA DE GESTÃO DE PESSOAS STN 2013 Professor: Alyson Barros Caros colegas, como vão? No domingo passado muitos alunos fizeram a prova do STN e aproveito para colocar a parte de Gestão de Pessoas nas Organizações corrigida aqui. Alerto que as únicas que, na minha

Leia mais

Introdução. Uma forma comum de estabelecimento de metas usada nas organizações é a Administração por Objetivos - APO

Introdução. Uma forma comum de estabelecimento de metas usada nas organizações é a Administração por Objetivos - APO ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVOS 1 Introdução Uma forma comum de estabelecimento de metas usada nas organizações é a Administração por Objetivos - APO Este processo é uma tentativa de alinhar metas pessoais

Leia mais

Rotinas de DP-Professor: Robson Soares

Rotinas de DP-Professor: Robson Soares Rotinas de DP-Professor: Robson Soares Capítulo 3 Agregando Pessoas -Recrutamento e Seleção de Pessoas Nesse capítulo veremos com as organizações agregam pessoas através do recrutamento e seleção de pessoas.

Leia mais

Pessoas e negócios em evolução.

Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria desde 2001 Nossos Serviços: Pesquisa de Clima Cargos e Salários Avaliação de Desempenho Recrutamento Especializado Mapeamento

Leia mais

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA Conteúdo Programático Módulo I 1) Teoria das Organizações Imagens das Organizações como Paradigmas Científicos

Leia mais

Módulo 11 Socialização organizacional

Módulo 11 Socialização organizacional Módulo 11 Socialização organizacional O subsistema de aplicação de recursos humanos está relacionado ao desempenho eficaz das pessoas na execução de suas atividades e, por conseguinte, na contribuição

Leia mais

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão.

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. Liderança Objetivo Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. 2 Introdução O que significa ser líder? Todo gestor é um líder? E o contrário? Liderança

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES MPU. Professor: Renato Lacerda QUESTÕES DO CESPE. Teorias Motivacionais

GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES MPU. Professor: Renato Lacerda QUESTÕES DO CESPE. Teorias Motivacionais GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES MPU Professor: Renato Lacerda QUESTÕES DO CESPE Teorias Motivacionais (Cespe / Detran 2009) Julgue os itens a seguir, acerca de motivação e satisfação no trabalho. 1)

Leia mais

Responda as questões que orientam o sucesso na disciplina via web. Gestão de Pessoas. Qual o objetivo da disciplina?

Responda as questões que orientam o sucesso na disciplina via web. Gestão de Pessoas. Qual o objetivo da disciplina? Responda as questões que orientam o sucesso na disciplina via web Quem é a professora responsável? Qual o objetivo da disciplina? Como estudar e obter nota para aprovação? Qual é a bibliografia básica?

Leia mais

MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas

MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas MBA Executivo Liderança e Desenvolvimento de Pessoas Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Liderança e Desenvolvimento de Pessoas proporciona ao participante o conhecimento sobre liderança, motivação

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

LIDERANÇA DA NOVA ERA

LIDERANÇA DA NOVA ERA LIDERANÇA DA NOVA ERA Liderança da Nova Era Liderança é a realização de metas por meio da direção de colaboradores. A liderança ocorre quando há lideres que induzem seguidores a realizar certos objetivos

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias FACULDADE GOVERNADOR OZANAM COELHO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PESSOAS INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias ALINE GUIDUCCI UBÁ MINAS GERAIS 2009 ALINE GUIDUCCI INTRODUÇÃO À GESTÃO DE

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

Administração de Recursos Humanos

Administração de Recursos Humanos Administração de Recursos Humanos Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame O que é a Administração de Recursos Humanos? Refere-se às práticas e às políticas necessárias para conduzir os aspectos relacionados

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS APRESENTAÇÃO O curso de especialização Gestão de Pessoas tem por meta desenvolver gestores para atuarem em empresas que estejam inseridas no processo de globalização

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 22-CEPE/UNICENTRO, DE 2 DE SETEMBRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO. O VICE-REITOR,

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS. CESPE Prof. Marcelo Camacho

GESTÃO DE PESSOAS. CESPE Prof. Marcelo Camacho GESTÃO DE PESSOAS CESPE Prof. Marcelo Camacho PROGRAMAÇÃO DAS AULAS PROGRAMAÇÃO DAS AULAS OBJETIVOS, DESAFIOS E CARACTERÍSTICAS DA GESTÃO DE PESSOAS Segundo Chiavenato as práticas e políticas de Gestão

Leia mais

EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO MÓDULO 17 - Teorias Contingenciais de Liderança Para STONER e FREEMAN (1985; 350) a abordagem contingencial é a visão de que a técnica de administração que melhor

Leia mais

Desenvolvimento de pessoas.

Desenvolvimento de pessoas. Desenvolvimento de pessoas. 2.2 FORMULAÇÃO DE UM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Gestão de Pessoas (Antonio Carlos Gil) e Gestão de Pessoas (Idalberto Chiavenato) "Se ensinardes alguma coisa a um

Leia mais

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO ELABORANDO O PLANO DE NEGÓCIOS 16h Entendendo o negócio Perfil do Empreendedor de Sucesso Visão e missão do Negócio Características do Plano de Negócios Plano de Investimento

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (1ª parte)

ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (1ª parte) ADMINISTRAÇÃO DE (1ª parte) DISCIPLINA: Introdução à Administração FONTES: BATEMAN, Thomas S., SNELL, Scott A. Administração - Construindo Vantagem Competitiva. Atlas. São Paulo, 1998. 1 Programas de RH

Leia mais

Palestra do Centro de Estudos Técnicos do Terceiro Setor - CETTESE: A importância da Gestão de Pessoas no Terceiro Setor

Palestra do Centro de Estudos Técnicos do Terceiro Setor - CETTESE: A importância da Gestão de Pessoas no Terceiro Setor Palestra do Centro de Estudos Técnicos do Terceiro Setor - CETTESE: A importância da Gestão de Pessoas no Terceiro Setor Objetivos Organizacionais e Individuais da Pessoas O que é Recursos Humanos? CONCEITOS

Leia mais

A importância do RH na empresa

A importância do RH na empresa A importância do RH na empresa O modo pelo qual seus funcionários se sentem é o modo pelo qual os seus clientes irão se sentir." Karl Albrecht Infelizmente, muitas empresas ainda simplificam o RH à função

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Síntese de TGA. Teoria Comportamental da Administração

Síntese de TGA. Teoria Comportamental da Administração Síntese de TGA Teoria Comportamental da Administração A Teoria Comportamental surgiu nos Estados Unidos por volta de 1950, com uma redefinição dos conceitos antigos administrativos ao criticar as teorias

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO

MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO Considerando que o ser humano é formado por características de personalidade únicas e complexas, o seu comportamento no trabalho e em outros lugares,

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Concurso: ATPS MPOG Aula 1. Turma 01 LEONARDO FERREIRA

Concurso: ATPS MPOG Aula 1. Turma 01 LEONARDO FERREIRA Concurso: ATPS MPOG Aula 1 Turma 01 LEONARDO FERREIRA Gestão de Pessoas CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Teorias da motivação. Motivação e recompensas intrínsecas e extrínsecas. Motivação e contrato psicológico.

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS 1. TÍTULO AUXILIAR ADMINISTRATIVO CÓD. CBO 411 Preparar profissionais para prestar serviços de apoio e suporte às atividades administrativas,

Leia mais