Implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL v3: propostas para as gerências de portfólio, demanda, incidentes e problemas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL v3: propostas para as gerências de portfólio, demanda, incidentes e problemas"

Transcrição

1 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Pós-Graduação Lato Sensu em Governança de Tecnologia da Informação Gustavo Setúbal Nazareno Implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL v3: propostas para as gerências de portfólio, demanda, incidentes e problemas Brasília-DF 2013

2 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Gustavo Setúbal Nazareno Implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL v3: propostas para as gerências de portfólio, demanda, incidentes e problemas Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito para a obtenção do título de Especialista em Governança de Tecnologia da Informação ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial SENAC, Unidade EAD SENAC/DF. Orientador: Prof. ME. Edilberto Magalhães Silva Brasília-DF 2013

3 . N335i Nazareno, Gustavo Setúbal. Implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL v3: proposta para as gerências de portfólio, demanda, incidentes e problemas / Gustavo Setúbal Nazareno Brasília: Senac - DF, f.: il. Orientador: Edilberto Magalhães Silva Trabalho de Conclusão de Curso (Especialista em Governança de T.I.) Senac - DF, Tecnologia da Informação. 2. ITIL. 3. Central de Service Desk. I. Título. CDU 658:004

4

5 AGRADECIMENTOS Agradeço primeiramente a Deus, por me conceder a oportunidade de concluir mais uma etapa na minha vida, oportunidade esta que irá colaborar sobremaneira na carreira profissional. À minha família, pela compreensão nos momentos de ausência, em especial a minha esposa Alice Carla, que se predispôs em colaborar com o projeto. Aos colegas de trabalho pelo apoio e incentivo para a realização desse trabalho. Ao professor e orientador Edilberto Magalhães Silva, pela paciência, apoio e orientações fundamentais para o sucesso deste trabalho. A toda equipe de professores do Curso de Governança de TI.

6 Talvez não tenha conseguido fazer o melhor, mas lutei para que o melhor fosse feito. Não sou o que deveria ser, mas Graças a Deus, não sou o que era antes. Marthin Luther King

7 RESUMO O presente trabalho apresenta uma proposta de implantação de uma Central de Service Desk, com base no portfólio e demanda (da estratégia) e, incidentes e problema (da operação) à luz do ITIL - Information Technology Infrastructure Library V3 em uma autarquia do Governo do Estado do Tocantins. Inicialmente é feito uma abordagem teórica sobre os processos do framework a serem aplicados a solução de uma Central de Serviços. A proposta se inicia com analise da instituição quanto às dificuldades enfrentadas no suporte ao usuário. Em seguida é descrito os procedimentos a serem adotados para a implantação dos processos de gerenciamento de serviços proposto. Palavras-chave: Tecnologia da Informação. Information Technology Infrastructure Library. Central de Serviço.

8 ABSTRACT This paper presents a proposal for implementation of a Central Service Desk based on demand and portfolio (strategy), and incident and problem (operation) in the light of ITIL - Information Technology Infrastructure Library V3 in a municipality of the State of Tocantins. Initially it made a theoretical framework on the processes to be applied to the solution of a Service Center. The proposal starts with analysis of the institution of the difficulties encountered in user support. Next is described the procedures to be adopted for the implementation of service management processes proposed. KeyWords: Information Technology. Information Technology Infrastructure Library. Service Desk.

9 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 - Núcleo do ITIL...20 Figura 2 - Estrutura do Portfólio de Serviços...32 Figura 3 Proposta para o Fluxo do Gerenciamento da Demanda...34 Figura 4 Níveis de Serviço de Suporte...37 Figura 5 Proposta para o Fluxo do Gerenciamento de Incidente...39 Figura 6 Proposta para o Fluxo do Gerenciamento de Problema...42

10 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Cronograma de Implementação do TCC...17 Tabela 2 Instrumentos de coleta de dados...27 Tabela 3 Proposta de correlações com os achados do estudo de caso...29 Tabela 4 Subprocessos do gerenciamento de portfólio...32 Tabela 5 Proposta do Cronograma para Gerenciamento do Portfólio...33 Tabela 6 Proposta do Cronograma para Gerenciamento da Demanda...35 Tabela 7 Prioridade de incidentes...37 Tabela 8 Matriz de Classificação dos incidentes...38 Tabela 9 Proposta do Cronograma para Gerenciamento de Incidente...40 Tabela 10 Proposta do Cronograma para Gerenciamento do Problema...43 Tabela 11 Proposta do Cronograma para Implantação do Projeto...43

11 LISTA DE SIGLAS COBIT - Control Objectives for Information and Related Technology. ITIL - Information Technology Infrastructure Library. OGC - Office of Govermment Commerce. PDCA Plan, Do, Check e Action TCO Total Cost of Ownership TI - Tecnologia da Informação. TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação.

12 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO Formulação da situação problema (Questões de pesquisa) Objetivos Objetivo Geral Objetivos Específicos Justificativa METODOLOGIA Cronograma de Implementação REVISÃO DE LITERATURA E FUNDAMENTOS Tecnologia da Informação Governança de TI ITIL V Estrutura do Modelo Central de Serviços A evolução do conceito Motivadores para implantação de um Service Desk Service Desk e os processos de gerenciamento de serviços Gerenciamento do Portfólio Gerenciamento da Demanda Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Problemas ESTUDO DE CASO A Organização Setor de Tecnologia Coleta de Dados...27

13 5 DISCUSSÃO Critérios para interpretação dos achados do estudo de caso Apresentação e Análise da Realidade Observada Interpretação dos achados do estudo de caso Combinação dos dados para responder às questões de pesquisa Proposta de implantação da Central Service Desk Gerenciamento de Portfólio Gerenciamento da Demanda Gerenciamento de Incidente Gerenciamento de Problema Cronograma de Implantação do projeto Custo Estimado Resultados esperados CONCLUSÃO Trabalhos futuros...47 REFERÊNCIAS E FONTES CONSULTADAS...48

14 14 1 INTRODUÇÃO As transformações que vêm ocorrendo, impulsionam o crescimento de diversas áreas do conhecimento, e cada vez mais esse crescimento tem colaborado para que a Tecnologia da Informação (TI) seja o diferencial para uma instituição. Considerando a realidade de algumas instituições, que possuem unidades distribuídas geograficamente, as mesmas encontram dificuldades na gestão dos seus serviços internos. Para tanto, este trabalho busca apresentar uma proposta para a implantação de uma Central de Service Desk à luz do ITIL V3. O enfoque dado é na apresentação de um planejamento estruturado para a implantação do serviço voltado para áreas de negócios, utilizando-se para isso de técnicas, ferramentas e conceitos de TI. Além da estrutura de implantação, espera produzir-se com este trabalho uma base a condução dos serviços de forma a obter os melhores benefícios das práticas a serem adotadas. Para tanto pretende-se com este trabalho realizar o levantamento dos processos do ITIL V3 mais importantes para a implantação de uma Central de Serviço. Baseado neste cenário, o trabalho apresenta a proposta para implantação de uma Central de Service Desk, com base no portfólio e demanda (da estratégia) e, incidentes e problema (da operação). A instituição escopo do trabalho é autarquia do Governo do Estado do Tocantins, onde se realizou um estudo de caso com vista a contextualizar o projeto apresentado neste trabalho. A utilização das práticas do ITIL V3 se justifica, por ser um dos recursos mais aceito mundialmente. O conjunto de processos e funções que reúne as melhores práticas para se adotar no gerenciamento dos serviços de TI em uma organização. Para o desenvolvimento do trabalho propõe-se a implantação do processo de gerenciamento de incidentes, para desenvolver um processo de resolução de falhas mais adequado. Tem-se como objetivo a implantação do gerenciamento de problema, para o tratamento definitivo dos incidentes identificado pela equipe da central. O trabalho está assim organizado: O Capítulo 1 trata da introdução, objetivos e justificativa;

15 15 O Capítulo 2 é apresentado a metodologia da pesquisa e cronograma de implantação; O Capítulo 3 contém revisão de literatura englobando estudo sobre o ITIL e seus processos a serem adotados no desenvolvimento do trabalho; O Capítulo 4 descreve o estudo de caso; No Capítulo 5 é apresentado a Discussão a cerca da proposta do projeto; O Capitulo 6 é feito a Conclusão e apresentado as sugestões para trabalhos futuros. As Referências Bibliográficas no Capítulo 7; 1.1 Formulação da situação problema (Questões de pesquisa) O ITIL contempla um conjunto de disciplinas que orientam o gerenciamento de serviços. A biblioteca mostra os objetivos, as atividades e as entradas e saídas do vários processos, os quais podem ser incorporados em uma organização de TI. (OGC, 2000) No contexto da instituição em questão, o problema de pesquisa pode se resumir à seguinte pergunta: Quais processos e funções do ITIL V3 devem ser implantados na instituição a fim de se obter uma melhoria na qualidade do serviço de suporte de TI? 1.2 Objetivos Objetivo Geral Propor a Implantação de uma Central de Service Desk com base no portfólio e demanda (da estratégia) e, incidentes e problema (da operação) à luz do ITIL V Objetivos Específicos 1. Efetuar uma revisão bibliográfica e análise comparativa sobre as boas práticas do ITIL V3 afetas à resolução do problema; 2. Realizar avaliação e análise da situação atual na instituição em relação ao serviço de suporte de TI;

16 16 3. Avaliar e propor a implantação da gerência de incidentes; 4. Avaliar e propor a implantação da gerência de problemas; 5. Avaliar e propor a implantação de uma ferramenta de TI para gerência de incidentes. 1.3 Justificativa A área de tecnologia da empresa busca cada vez mais estar qualificada em técnicas e ferramentas a auxiliar a suas atividades. Para isso é necessário acompanhar as tendências de mercado, a fim de melhorarem suas técnicas e consequentemente prestarem um serviço de qualidade ao seu cliente. Considerando as diversas técnicas que poderiam ser aplicadas a este trabalho optou-se por utilizar o ITIL, por se encontrar amplamente consagrada como o caminho mais seguro e bem-sucedido a busca por níveis mais elevados de desempenho no Gerenciamento dos Serviços de TI, trazendo uma visão world class, ou seja, uma visão mais aprimorada da excelência no atendimento para a área de TI, de forma alinhada com as áreas de negócio e à estratégia de negócio da organização. (MAGALHÃES e PINHEIRO, 2007) A Central de Service Desk é uma função de gerenciamento dos serviços de TIC da organização, isto é, uma unidade organizacional com estrutura funcional, técnica e administrativa. (MELENDEZ FILHO, 2011) Portanto pretende-se com o uso das técnicas apresentadas, propor a implementação de uma Central de Serviços e desta forma conseguir benefícios na melhoria da prestação de serviço.

17 17 2 METODOLOGIA Para execução desta monografia foi adotada a modalidade de pesquisa exploratória adotando se a: Análise bibliográfica incluindo o material base das disciplinas do curso de Governança de TI do SENAC, com vistas a fundamentar teoricamente seu conteúdo; Análise documental de frameworks e guias de boas práticas relacionadas à governança de TI; Estudo com obtenção de dados de processos atuais executados pelo departamento de informática da instituição. 2.1 Cronograma de Implementação A proposta de implantação dos processos de Gerenciamento de Portfólio, Demanda, Incidente e Problema será implementada no período de 5 (cinco) meses, conforme cronograma abaixo: Tabela 1 Cronograma de Implementação do TCC CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO TCC Semana Atividades 1º 2 º 3 º 4 º 5 º 6 º 7 º 8 º Elaboração e validação da pergunta base, tema e objetivos Elaboração da proposta de trabalho Elaboração da estrutura do trabalho Elaboração da fundamentação teórica Elaboração do estudo de caso - levantamento dos dados e análise da instituição Elaboração do estudo de caso desenvolvimento do projeto e avaliação Elaboração dos elementos pré e pós textuais Consolidação e revisão de todo o tcc Fonte: Autor (2013)

18 18 3 REVISÃO DE LITERATURA E FUNDAMENTOS 3.1 Tecnologia da Informação Para Magalhães e Pinheiro (2007), o papel desempenhado pela área de TI em uma organização em seu segmento de atuação, move-se de eficiência e eficácia para a efetividade e a economicidade em relação à estratégia de negócio da organização, forçando a implementação de Gerenciamento de Serviços de TI que leve à exteriorização da contribuição da área de TI para a geração de valor para a organização, maximizando o retorno para o negócio dos investimentos e das despesas efetuados em Tecnologia da Informação. Ainda segundo Magalhães e Pinheiro (2007), a cada dia que passa, as organizações tornam-se mais dependentes da Tecnologia da Informação a fim de satisfazer seus objetivos estratégicos e para atender às necessidades do negócio em que atuam. Uma área de TI que não considerar os objetivos estratégicos da organização em que se insere como os seus próprios objetivos, será uma área de TI que deseja ser apenas um simples provedor de tecnologia, haja vista que até mesmo os provedores de tecnologia, atualmente, tendem a preocupar-se com a estratégia de negócio de seus clientes, condição básica para a venda de serviços sob demanda. 3.2 Governança de TI De acordo com Silva et al. (2010), atualmente a TI tornou-se fundamental para o negócio da empresa a busca pela otimização de seus processos e a redução de custos e riscos levou à criação de vários frameworks de processos e melhores práticas. Magalhães e Pinheiro (2007) analisam que as áreas de TI das empresas tendem a adotar processos guiados pelas melhores práticas do mercado com objetivo de não terem de aprender e crescer por meio tentativas e erros já vivenciados e superados por outras organizações. Para Fernandes e Abreu (2008), o principal objetivo da Governança de TI é alinhar a TI aos requisitos do negócio, considerando soluções de apoio ao negócio, assim como a garantia da continuidade dos serviços e minimização da exposição do negócio aos riscos de TI.

19 19 Ainda dentro dessa ótica, segundo Fernandes e Abreu (2008), a Governança de TI deve: Promover o alinhamento da TI ao negócio, tanto no que diz respeito a aplicações como à infraestrutura de serviços de TI. Promover a implantação de mecanismos que garantam a continuidade do negócio contra interrupções e falhas. Seguindo Weill e Ross (2006), para que qualquer mudança ocorra é de suma necessidade que a governança não utilize apenas da estratégia somente e sim da implantação da cultura para que elas ocorram. 3.3 ITIL V3 Para Silva et al. (2010), os executivos das empresas precisam acompanhar as principais inovações tecnológicas, investindo na melhoria contínua de sua infraestrutura de modo a garantir alta performance e um ambiente altamente seguro e transparente. Magalhães e Pinheiro (2007) apresentam o ITIL como um conjunto de melhores práticas que vem ao encontro do novo estilo de vida imposto às áreas de TI, promovendo maturidade ao processo de gerenciamento de TI e propiciando a construção de valor para TI. Silva et al. (2010) ressalta que o principal foco das boas práticas reunidas no ITIL é descrever os processos necessários para gerenciar toda a infraestrutura de TI de forma eficiente e eficaz, garantindo os níveis de serviço acordados com os clientes. Ainda em Silva et al. (2010), o principal objetivo do ITIL é prover um conjunto de práticas de gerenciamento de serviços de TI testadas e comprovadas no mercado que podem servir como balizadoras, tanto para organizações que já possuem operações de TI em andamento e pretendem empreender melhorias, quanto para a criação de novas operações Estrutura do Modelo Para Fernandes e Abreu (2008), o ITIL pode ser considerada uma fonte de boas práticas utilizadas pelas organizações para estabelecer e melhora suas capacitações em gerenciamento de serviços e é composta por um núcleo e

20 20 orientações complementares (figura 1), como pode ser visto na estrutura detalhada que é apresentada mais a frente. Figura 1 - Núcleo do ITIL Fonte:OGC(2007) Ainda segundo Fernandes e Abreu (2008), segue uma breve abordagem de cada publicação do: Estratégia de Serviço: orienta sobre como as políticas e processos de gerenciamento de serviços podem ser desenhadas, desenvolvidas e implementada como ativos estratégicos ao longo do ciclo de vida de serviço. Entre os tópicos abordados nesta publicação, estão os ativos de serviço, o catálogo de serviços, gerenciamento financeiro, gerenciamento do portfólio de serviços, desenvolvimento organizacional, riscos estratégicos etc. Desenho de Serviço: fornece orientação para o desenho e desenvolvimento dos serviços e dos processos de gerenciamento de serviços, detalhando aspectos do gerenciamento do catalogo de serviços, do nível de serviço, da capacidade, da disponibilidade, da continuidade, da segurança da informação e dos fornecedores, além de mudanças e melhoria necessárias para manter ou agregar valor aos clientes ao longo do ciclo de vida de serviço. Transição de Serviço: orienta sobre como efetivar a transição de serviços novos e modificados para operações implementadas, detalhando os processos de planejamento e suporte à transição, gerenciamento de mudanças, gerenciamento de configuração e dos ativos de serviço,

21 21 gerenciamento da liberação e da distribuição, teste e validação de serviço, avaliação e gerenciamento do conhecimento. Operação de Serviço: descreve a fase do ciclo de vida do gerenciamento de serviços que é responsável pelas atividades do dia a dia, orientando sobre como garantir a entrega e suporte a serviços de forma eficiente e eficaz e detalhando os processos de gerenciamento de eventos, incidentes, problemas, acesso e de execução de requisições. Melhoria de Serviço Continuada: orienta, através de princípios, práticas e métodos de gerenciamento da qualidade, sobre como fazer sistematicamente melhorias incrementais e de larga escala na qualidade do serviço, nas metas de eficiência operacional, na continuidade do serviço etc., com base no modelo PDCA preconizado pela NBR ISO/IEC 20000:2005. Considerando os diversos processos e funções do ITIL, somente serão descritos os processos e funções afetos diretamente ao objetivo do trabalho. 3.4 Central de Serviços A elevação constante do nível de exigência dos clientes em relação ao desempenho dos serviços prestados e o acirramento da concorrência decorrente da globalização das organizações e dos mercados, tornou a entrega de serviços de classe mundial um importante fator, que pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma organização e, que sem duvida alguma, passível de ser considerado uma vantagem competitiva para a maioria das organizações. (MAGALHÃES E PINHEIRO,2007) Para Abreu e Fernandes (2008), estes serviços destinam-se a responder de forma rápida e eficiente as questões, reclamações e problemas dos usuários, de forma a permitir que os serviços sejam executados com o grau de qualidade esperado. A implementação de uma Central de Serviços permite centralizar a comunicação dos erros, dúvidas e solicitações relacionadas com os serviços de TI disponibilizados pela área de TI à organização, contribuindo para a diminuição do tempo de atendimento e de reparação dos serviços de TI. (MAGALHÃES E PINHEIRO,2007)

22 A evolução do conceito Para alcançar os objetivos traçados pelos clientes e pela estratégia de negócio da organização em relação aos serviços de TI, muitas organizações têm implementado um Ponto Único de Contato para a recepção das chamadas dos usuários e clientes relacionados ao serviço de TI e ao tratamento de eventos a eles relacionados. Em Magalhães e Pinheiro (2007), esta função é conhecida por diversos nomes, entretanto, há diferenças entre as abordagens habitualmente utilizadas: Central de Suporte: o propósito de uma Central de Suporte (Help Desk) é gerenciar, coordenar e resolver incidentes o mais rapidamente possível e assegurar que nenhuma requisição de ajuda será perdida, esquecida ou ignorada. Centro de Contatos: a principal ênfase de um Centro de Contato (Contact Center) está no atendimento profissional de grandes volumes de transações baseadas em chamadas telefônicas de serviços relacionados aos setores, como, por exemplo, tecnologia da informação, financeiro, seguros, mídia, promoções etc. Central de Serviço: a Central de Serviço (Service Desk) estende a gama de serviços e oferece uma abordagem ao mesmo tempo global, por ser a única porta de entrada, focada, pela especialização nos diferentes tipos de atendimento, permitindo que os processos de negócio sejam integrados aos processos que compõem o Gerenciamento dos Serviços de TI Motivadores para implantação de um Service Desk Segundo Magalhães e Pinheiro (2007), os principais aspectos que levam uma organização a investir na implementação e operação de uma Central de Serviços são: Fornecer um ponto único de contato com a área de TI para os usuários dos serviços de TI; Prover um suporte técnico de alta qualidade para o alcance dos objetivos de negócio, dedicando uma equipe de profissionais especialmente treinada para o suporte aos serviços disponibilizados e dimensionados de acordo com as reais necessidades de suporte ao usuário;

23 23 Ajudar a identificar e a reduzir o custo de propriedade (TCO) dos serviços de TI como um todo, assegurando o registro de todas as chamadas e o acompanhamento dos indicadores de desempenho do atendimento, permitindo a contabilização correta para cada serviço de TI dos seus custos de suporte; Suporte e comunicação das mudanças relacionadas com os serviços de TI; Ajudar na retenção, buscando a fidelização, dos usuários dos serviços de TI, uma vez que o registro de todas as chamadas e procedimentos executados permite a analise dos históricos dos clientes e a proposição de ações específicas para a melhoria da integração destes usuários com os serviços de TI; Contribuir para o incremento da satisfação dos usuários com os serviços prestados pela área de TI, pela criação de um padrão de atendimento e apresentação de uma postura frente aos usuários; Colaborar com a identificação de oportunidades de negócio que possa vir a ser atendidas pela área de TI Service Desk e os processos de gerenciamento de serviços Para o entendimento adequado do escopo e abrangência do trabalho, faz-se necessário uma explicação sobre os processos de serviços que serão abordados. Considerando os processos do ITIL, pretende-se explorar a aplicabilidade do framework ao contexto de uma Central de Serviço abrangendo o gerenciamento dos serviços a seguir Gerenciamento do Portfólio O processo de gerenciamento de portfólio, tem por objetivo documentar o ciclo de vida dos serviços oferecidos pela Central de Service Desk, desde a sua origem até a sua desativação. Portanto o portfólio é o repositório de todos os serviços ofertados pela Central de Service Desk, abrangendo a descrição básica daqueles que estão em operação, dos que já foram desativados, dos serviços que estão em análise de viabilidade e também dos serviços que estão em desenvolvimento e previsão de entrada em operação. (MELENDEZ FILHO, 2011)

24 Gerenciamento da Demanda Em qualquer atividade bem-sucedida, a demanda por produtos ou serviços é sempre maior do que a capacidade de atendimento do fornecedor. É raro encontrar um processo bem estruturado de gerenciamento de demanda no ambiente de TIC, que não possua mecanismos de priorização das demandas, muito menos de antecipação de providências antes que as demandas aconteçam. O principal desafio do processo de gerenciamento da demanda de serviços é manter o elevado grau de satisfação dos usuários, que tem relação direta com a agilidade no atendimento de suas requisições e com o custo envolvido. (MELENDEZ FILHO, 2011) O objetivo do gerenciamento da demanda é entender e influenciar a demanda dos clientes para os serviços e a provisão de capacidade para atender a essa demanda (FREITAS, 2010). O Gerenciamento de Demanda na Central de Serviço tem por finalidade principal a construção e manutenção de uma base de conhecimento a respeito do comportamento de seus usuários, permitindo a identificação, análise, qualificação e quantificação dos elementos básicos que servem de base para o desenvolvimento de ofertas de serviços diferenciados. (MELENDEZ FILHO, 2011) Gerenciamento de Incidentes O processo de gerenciamento de incidentes tem a ver com a resolução de uma falha ou interrupção de um ativo de serviço de TIC, de maneira mais rápida possível e dentro da meta previamente estabelecida no acordo de nível de serviço, reduzindo o impacto negativo no andamento dos negócios. Busca-se a maior disponibilidade dos ativos de serviços entregues, propiciando elevar a produtividade dos usuários e, por consequência, aumentar o desempenho da organização, isso sem contar com a manutenção elevada do nível de satisfação do usuário. Para se ter sucesso no processo de Gerenciamento de Incidente, é necessária a implementação de um procedimento robusto de escalonamento e a interação com os demais processos de gerenciamento descritos no ITIL, em especial o Gerenciamento de Problema. O objetivo final é a implementação de uma solução definitiva para o erro detectado pelo usuário do serviço de TI. (MELENDEZ FILHO, 2011)

25 25 O Gerenciamento de Incidentes contempla o registro da falha reportada pelo usuário, a adoção de procedimentos rápidos de resolução, o acompanhamento da solução até o fechamento do registro de incidente de serviço, que será efetivado com o aceite final do usuário. (MELENDEZ FILHO, 2011) Gerenciamento de Problemas O processo de gerenciamento de problema busca eliminar, de forma permanente, os problemas e os incidentes repetitivos que afetam a infraestrutura de TI e, consequentemente, a prestação dos serviços de TI à organização dentro dos níveis de serviços acordados, com a finalidade de oferecer serviços de TI mais estáveis e reduzir o impacto sobre a produtividade das áreas cliente e do negócio de uma forma ampla (MAGALHÃES e PINHEIRO,2007). O conceito do gerenciamento de problemas está ligado à prevenção de incidentes por meio da identificação e do tratamento definitivo da causa raiz de maneira que haja a redução do número geral de incidentes. Parte da premissa que, com a eliminação das causas, haverá uma diminuição da quantidade de incidentes e o consequente aumento do índice de disponibilidade dos ativos de serviços entregues aos usuários (MELENDEZ FILHO, 2011).

26 26 4 ESTUDO DE CASO 4.1 A Organização A instituição objeto do estudo é um órgão da administração pública indireta vinculada diretamente ao Governo do Estado do Tocantins, presente na capital e 20 cidades do interior com cerca de 550 funcionários. A área de Tecnologia da Informação do órgão trabalha no apoio as ações da instituição como área meio, nas atividades de desenvolvimento de sistemas, segurança da informação e suporte técnico Setor de Tecnologia A Assessoria de Tecnologia da Informação, como é conhecida hoje, surgiu no ano de 1995, no formato de Centro de Processamento de Dados CPD. Nesse período os principais serviços oferecidos eram aquisição de equipamentos e suporte a usuário. Esse formato perdurou até início do ano 2000, quando os primeiros analistas de tecnologia da informação foram contratados pela instituição. A partir desse momento as ações da informática passaram a estar mais alinhadas com a estratégia da instituição. Em meados dos anos 2000, o departamento TI passou a desenvolver os primeiros produtos de sistemas. Nesse período foi criado o sistema administrativo e em seguida o sistema finalístico da instituição. Atualmente a Assessoria de TI é responsável pelas seguintes atividades: aquisição de equipamentos, aquisição de serviços de informática, manutenção corretiva e adaptativa dos sistemas internos, manutenção dos serviços de rede e internet e suporte técnico aos usuários da instituição. A equipe é formada por 8 técnicos, sendo 4 analistas de sistemas, 2 analistas de redes e 2 técnicos de manutenção. Atualmente área de TI está subordinada a Presidência da instituição, e no mesmo nível hierárquico dos setores da área meio e finalístico.

27 Coleta de Dados Para a coleta dos dados, foi realizada análise de documentos, dados da base de chamados do suporte técnico e entrevistas com os funcionários das respectivas áreas. Outros dados foram obtidos por meio da observação participante do autor da monografia que faz parte do quadro de TI, sendo assim possível a análise e levantamento de dados por meio de observação direta das atividades e serviços executados. Os instrumentos de coleta de dados adotados neste trabalho são descritos no quadro a seguir: Instrumento de Coleta de Dados Entrevista Observação Direta ou dos participantes Documentos Dados Arquivos Tabela 2 Instrumentos de coleta de dados Universo Finalidade do Instrumento pesquisado 2 Gerentes da área Coletar informações necessárias de TI, 3 sobre a relação entre as demais coordenadores de com a área de suporte técnico na outras áreas Instituição Acompanhar a Compreender como funcionam os equipe de Suporte processos executados e Técnico gerenciados pela área de suporte técnico e atendimento ao usuário e identificar interdependências com os demais processos Solicitações de Departamento (Memorandos e Ofícios) Dados arquivos no sistema que controla os atendimentos Fonte: Autor (2013) Coletar informações de solicitações de suporte técnico Levantar informações sobre fluxo de atendimento e procedimentos

28 28 5 DISCUSSÃO 5.1 Critérios para interpretação dos achados do estudo de caso Apresentação e Análise da Realidade Observada O departamento de informática do instituto é denominado Assessoria de Tecnologia da Informação. Tem por função orientar os processos de tecnologia da informação de forma que as recomendações e melhores práticas sejam adotadas, visando a melhoria da qualidade dos serviços prestados. Funcionalmente a assessoria possui ainda duas divisões setoriais. A primeira é a Área de Desenvolvimento de Sistemas. Esse departamento é responsável pelo desenvolvimento de sistemas e suporte técnico dos sistemas implementados na instituição e adquiridos de terceiros. O departamento possui 3 (três) analistas de sistemas que são responsáveis pela análise de requisitos, projeto, implementação, teste, implantação e suporte técnico. O suporte técnico da área de sistemas é realizado por solicitações via telefone, e chat. Por não possuir um ponto único de registro de chamados não foi possível contabilizar os atendimentos de suporte da área de sistemas. A segunda Área de atuação diz respeito a Redes, Segurança e suporte ao usuário. Neste departamento as atividades estão ligadas a implantação e manutenção da infra estrutura de TI, manutenção de equipamentos de informática, instalação de softwares e suporte técnico ao usuário. O departamento conta com 2 (dois) analistas de redes e 2 (dois) técnicos de manutenção. O suporte técnico da área de infra estrutura é baseado em chamados por telefone, e solicitação no sistema de help desk. A partir da abertura do chamado é feito um deslocamento do técnico do suporte ao local do incidente para que seja feito o reparo. O departamento possui uma média de 130 registros por mês de chamados no sistema Interpretação dos achados do estudo de caso Após realizar entrevistas e observação dos serviços executados, foi possível relacionar os principais problemas enfrentados pela equipe no que tange o suporte técnico ao usuário da instituição.

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula III - 25/08/2011

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula III - 25/08/2011 Disciplina: Administração de Departamento de TI Professor: Aldo Rocha Aula III - 25/08/2011 ITIL 1.A Central de Serviços; 1.1 Necessidade da Central de Serviços; 1.2 Dilema do Suporte; 1.3 Evolução do

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação ITIL na Prática Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Ciência da Computação Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Agenda Histórico Conceitos básicos Objetivos Visão Geral do Modelo Publicações: Estratégia de

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL São Paulo 2011 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES

Leia mais

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi Administração de Ativos de TI Prof. André Montevecchi Introdução a ITIL Em um mundo altamente competitivo, de mudanças constantes e inesperadas, é preciso ter flexibilidade e agilidade suficientes para

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

Gestão de Processos. Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL

Gestão de Processos. Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL Conhecimento em Tecnologia da Informação Gestão de Processos Principais etapas, decisões e desafios da implantação de processos de TI com base no ITIL 2011 Bridge Consulting Apresentação É comum que as

Leia mais

MAXIMILIANO MINUCELLI GAIA SERVICE DESK: IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO SERVICE DESK

MAXIMILIANO MINUCELLI GAIA SERVICE DESK: IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO SERVICE DESK MAXIMILIANO MINUCELLI GAIA SERVICE DESK: IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO SERVICE DESK LONDRINA PR 2015 MAXIMILIANO MINUCELLI GAIA SERVICE DESK: IMPLEMENTAÇÃO DE UMA APLICAÇÃO SERVICE DESK Versão Preliminar

Leia mais

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 ISO/IEC 20000:2005 Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 André Jacobucci andre.jacobucci@ilumna.com +55 11 5087 8829 www.ilumna.com Objetivos desta Apresentação

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano Gerenciamento de Incidentes - ITIL Prof. Rafael Marciano Conteúdo Objetivos Conceitos e Definições Atividades Indicadores Chaves de Desempenho Papéis Desafios Um pouco sobre a certificação ITIL Foundations

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade III GOVERNANÇA DE TI Information Technology Infrastructure Library ITIL Criado pelo governo do Reino Unido, tem como objetivo a criação de um guia com as melhores práticas

Leia mais

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot. Curso ITIL Foundation Introdução a ITIL ITIL Introduction Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com Agenda Definição / Histórico Escopo Objetivos Benefícios e Problemas

Leia mais

GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT

GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT GERIC GERENCIAMENTO DO I.T.I.L E DO COBIT Angélica A. da Silva, Regiani R.Nunes e Sabrina R. de Carvalho 1 Tathiana Barrére Sistemas de Informação AEDB - Associação Educacional Dom Bosco RESUMO Esta sendo

Leia mais

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br ITIL Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Objetivo Prover uma visão geral sobre Gerenciamento de Serviços de TI: Conceito; Desafios; Estrutura; Benefícios;

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado A, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos.

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos. ITIL V3 Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender o gerenciamento de riscos. Porquê Governança? Porque suas ações e seus requisitos

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes

Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Incidentes Os usuários do negócio ou os usuários finais solicitam os serviços de Tecnologia da Informação para melhorar a eficiência dos seus próprios processos de negócio, de forma que

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

Exame de Fundamentos ITIL v.3

Exame de Fundamentos ITIL v.3 Exame de Fundamentos ITIL v.3 Exame de Fundamentos ITIL v.3: Exame simulado A, versão 3.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Não existem perguntas capciosas.

Leia mais

ITIL. Information Technology Infrastructure Library

ITIL. Information Technology Infrastructure Library Information Technology Infrastructure Library 34929 - Daniel Aquere de Oliveira 34771 - Daniel Tornieri 34490 - Edson Gonçalves Rodrigues 34831 - Fernando Túlio 34908 - Luiz Gustavo de Mendonça Janjacomo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE PROBLEMA

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE PROBLEMA 1 ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE PROBLEMA 2 INTRODUÇÃO O processo de gerenciamento de problema busca eliminar, de forma permanente, os problemas e os incidentes repetitivos que afetam a

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Adriano Olimpio Tonelli Redes & Cia 1. Introdução A crescente dependência entre os negócios das organizações e a TI e o conseqüente aumento

Leia mais

Simulado ITIL V3 Português Sicoob

Simulado ITIL V3 Português Sicoob Simulado ITIL V3 Português Sicoob Dezembro 2009 1 de 40 A Implementação do Gerenciamento de Serviços Baseados na ITIL requer preparação e planejamento do uso eficaz e eficiente de quais dos seguintes?

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Gerenciamento de Suporte Professor: Fernando Zaidan Ago-2009 1 2 Contexto Área de TI lugar estratégico

Leia mais

Plano de Governança de Tecnologia de Informação

Plano de Governança de Tecnologia de Informação Plano de Governança de Tecnologia de Informação Julho/2012 Junho/2014 1 Universidade Federal Fluminense Superintendência de Tecnologia da Informação Fernando Cesar Cunha Gonçalves Superintendência de Tecnologia

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

ivirtua Solutions 4 ITIL

ivirtua Solutions 4 ITIL ivirtua Solutions 4 ITIL ivirtua Solutions ITIL WHITEPAPER ITIL INTRODUÇÃO O ITIL é o modelo de referência para endereçar estruturas de processos e procedimentos à gestão de TI, organizado em disciplinas

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO ITIL V3 1.1. Introdução ao gerenciamento de serviços. Devemos ressaltar que nos últimos anos, muitos profissionais da

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Metodologias de Sistemas 1 Profa. Rosângela Penteado Grupo Guilherme Leme Janito V. Ferreira Filho João Victor Martins Patrícia Inoue Nakagawa Rafael

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Governança de TI ITIL v.2&3 Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento

Leia mais

CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD

CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD 1 CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD 05 2009 Elton Siqueira Moura, Msc, MBA Ifes - elton@ifes.edu.br Renato Pescinalli Morati Ifes renatomorati@gmail.com

Leia mais

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3.

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - Tecnologia da Informação, bem como

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS

APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS APRENDA COMO GERENCIAR SEUS SERVIÇOS Treinamento ISO 20000 Foundation Presencial ou EAD O Gerenciamento de Serviços de TI tem como foco o fornecimento eficiente e eficaz de serviços que assegura a satisfação

Leia mais

Café da Manhã Corporativo

Café da Manhã Corporativo Café da Manhã Corporativo O ITIL como ferramenta de Governança de TI Palestrante: Julio Cesar R. S. Avila Palestrante: Julio Cesar R. S. Avila Especialista Newtrend em Governança de TI, é um profissional

Leia mais

A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI

A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI A era da informação Informação, palavra derivada do verbo latim "informare", que significa "disciplinar", "ensinar", "instruir", juntamente com o seu significado

Leia mais

Service Desk Corporativo

Service Desk Corporativo Service Desk Corporativo Solução com base na ITIL V3 Rubem Melendez Filho Novatec Copyright 2011 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios.

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Autor: Douglas Marcos da Silva 7 Sumário Executivo Nas últimas décadas, a evolução tecnológica, a interdependência dos mercados e a intensificação

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 LEVANTAMENTO, MODELAGEM

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Sistema Help Desk: um estudo de caso da empresa Marluvas

Sistema Help Desk: um estudo de caso da empresa Marluvas Sistema Help Desk: um estudo de caso da empresa Marluvas Antônio Luiz de Melo 1, Luís Augusto Mattos Mendes 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) Antônio

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Publicada no DJE/STF, n. 127, p. 1-3 em 3/7/2013. RESOLUÇÃO Nº 506, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre a Governança Corporativa de Tecnologia da Informação no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras

Leia mais

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Gilberto Zorello (USP) gilberto.zorello@poli.usp.br Resumo Este artigo apresenta o Modelo de Alinhamento Estratégico

Leia mais

ITIL - Information Technology Infraestructure Library

ITIL - Information Technology Infraestructure Library ITIL Biblioteca de infra estrutura de TI (do Inglês, Information Technology Infraestructure Library) e ISO/IEC 20.000 ITIL - Information Technology Infraestructure Library Foi criado no fim dos anos 80

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Gerenciamento de Serviços de TIC ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Agenda O que é serviço de TIC? O que é Qualidade de Serviços de TIC? O que é Gerenciamento de Serviços de TIC? ISO IEC/20.000-2005 ITIL versão

Leia mais

EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000

EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000 Exame simulado EXIN IT Service Management Foundation based on ISO/IEC 20000 Edição Novembro 2013 Copyright 2013 EXIN All rights reserved. No part of this publication may be published, reproduced, copied

Leia mais

GERÊNCIA DE INCIDENTES UTILIZANDO UMA APLICAÇÃO OPEN SOURCE SEGUINDO AS BOAS PRÁTICAS DA BIBLIOTECA ITIL V3

GERÊNCIA DE INCIDENTES UTILIZANDO UMA APLICAÇÃO OPEN SOURCE SEGUINDO AS BOAS PRÁTICAS DA BIBLIOTECA ITIL V3 GERÊNCIA DE INCIDENTES UTILIZANDO UMA APLICAÇÃO OPEN SOURCE SEGUINDO AS BOAS PRÁTICAS DA BIBLIOTECA ITIL V3 Paulo H. da Silva Franco 1, Francisco J. A. de Aquino 2 Resumo Este artigo tem como objetivo

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO CA IT Asset Manager como gerenciar o ciclo de vida de ativos, maximizar o valor dos investimentos em TI e obter uma exibição do portfólio de todos os meus ativos? agility made possible

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL v.3

Exame de Fundamentos da ITIL v.3 Exame de Fundamentos da ITIL v.3 Exame de Fundamentos da ITIL v.3 Exame simulado B, versão 3.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Não existem perguntas capciosas.

Leia mais

Governança de TI. Focos: Altas doses de Negociação Educação dos dirigentes das áreas de negócios

Governança de TI. Focos: Altas doses de Negociação Educação dos dirigentes das áreas de negócios Governança de TI Parte 3 Modelo de Governança v2 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR Modelo de Governança de TI Modelo adaptação para qualquer tipo de organização Componentes do modelo construídos/adaptados

Leia mais

Conhecimento em Tecnologia da Informação. Catálogo de Serviços. Conceitos, Maturidade Atual e Desafios. 2012 Bridge Consulting All rights reserved

Conhecimento em Tecnologia da Informação. Catálogo de Serviços. Conceitos, Maturidade Atual e Desafios. 2012 Bridge Consulting All rights reserved Conhecimento em Tecnologia da Informação Catálogo de Serviços Conceitos, Maturidade Atual e Desafios 2012 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Esta publicação tem por objetivo apresentar

Leia mais

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula I - 11/08/2011

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula I - 11/08/2011 Disciplina: Administração de Departamento de TI Professor: Aldo Rocha Aula I - 11/08/2011 Gerenciamento de Serviços TI 1.Introdução; 2. Panorama Atual; 3. Necessidade do alinhamento de TI a estratégia

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY)

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE INCIDENTE

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE INCIDENTE 1 ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE INCIDENTE 2 INTRODUÇÃO Tem por objetivo assegurar que, depois da ocorrência de um incidente, o serviço de TI afetado tenha restaurada a sua condição original

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes, segundo a ITIL

Gerenciamento de Incidentes, segundo a ITIL Gerenciamento de Incidentes, segundo a ITIL Larissa R. Lira Aquino da Silva MBA Governança de Tecnologia da Informação Faculdade Católica de Cuiabá Cuiabá, MT Brasil larissa.lira@gmail.com Abstract. Based

Leia mais

Juliana Rodrigues Pereira* Marta Alves de Souza** Helder Rodrigues da Costa*** RESUMO

Juliana Rodrigues Pereira* Marta Alves de Souza** Helder Rodrigues da Costa*** RESUMO 1 1 GERENCIAMENTO DE PROBLEMA: UMA ABORDAGEM COM BASE NA ITIL Juliana Rodrigues Pereira* Marta Alves de Souza** Helder Rodrigues da Costa*** RESUMO Este artigo visa apresentar o conceito da Biblioteca

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL - Livros Estratégia de Serviços (Service Strategy): Esse livro

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 Gerência de Níveis de Serviço Manter e aprimorar a qualidade dos serviços de TI Revisar continuamente os custos e os resultados dos serviços para garantir a sua adequação Processo

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 Planejamento Estratégico Planejamento de TI Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a

Leia mais

Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior

Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior Governança de TI em Instituições Federais de Ensino Superior Aluno: Mauro André Augusto Leitão Orientador: Asterio Kiyoshi Tanaka Co-Orientadora: Renata Mendes Araujo Programa de Pós-Graduação em Informática

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 8 GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3.

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3. TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em conceitos da biblioteca ITIL V3 - Infrastructure

Leia mais

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe 1 FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe ITIL V2 Service Support Aracaju, Setembro de 2009 EDUARDO DA PAIXÃO RODRIGUES LUCIELMO DE AQUINO SANTOS 2 ITIL V2 Service Support Trabalho de graduação

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Como Aumentar a Produtividade Através de Processos Inteligentes na TI

Como Aumentar a Produtividade Através de Processos Inteligentes na TI Como Aumentar a Produtividade Luciana Ribeiro Apolinário AGENDA Apresentação Introdução ITIL Qualidade Diagnóstico Casos Reais Case Setor Público / Resultados Aumentando a Produtividade Considerações Finais

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Clóvis Diego Schuldt. Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli

Clóvis Diego Schuldt. Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE MUDANÇAS DE AMBIENTES CORPORATIVOS BASEADO NA BIBLIOTECA ITIL Clóvis Diego Schuldt Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli Roteiro da Apresentação Introdução Objetivos Fundamentação

Leia mais

Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior

Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Unidade I PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior A disciplina Nossa disciplina se divide em 4 unidades de aprendizagem: 1. Conceitos e contexto empresarial

Leia mais

Teoria x Prática. Como a implantação de um sistema de Service Desk pode afetar a governança de TI. Conhecimento em Tecnologia da Informação

Teoria x Prática. Como a implantação de um sistema de Service Desk pode afetar a governança de TI. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Teoria x Prática Como a implantação de um sistema de Service Desk pode afetar a governança de TI Apresentação A tradução dos conceitos de governança e gestão de

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v3 Livros ITIL v3 Novos Conceitos Serviço de TI: Meio para entregar valor aos clientes propicia

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de ativos de software com o CA IT Asset Manager como posso administrar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade? agility made possible

Leia mais

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Conceitos de Governança de TI Fatores motivadores das mudanças Evolução da Gestão de TI Ciclo da Governança

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ UTFPR CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FABIANO DA ROSA

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ UTFPR CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FABIANO DA ROSA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ UTFPR CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FABIANO DA ROSA Avaliação sobre as melhores práticas e estudo de migração para ITIL V3 TRABALHO

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial

Sistemas de Informação Empresarial Sistemas de Informação Empresarial Governança de Tecnologia da Informação parte 2 Fonte: Mônica C. Rodrigues Padrões e Gestão de TI ISO,COBIT, ITIL 3 International Organization for Standardization d -

Leia mais

I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações

I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações I Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (GSI/PR) OBJETIVO Identificar a Metodologia de Gestão de SIC na APF AGENDA Gestão

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 Gerenciamento de Serviços de TI Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 A Informática, ou Tecnologia da Informação, antigamente era vista como apenas mais um departamento, como um apoio à empresa. Hoje, qualquer

Leia mais