Índice 1.Integração Contábil EBS Sistema Contábil Parametrizando o Cadastro da Empresa Opções de integração...

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração..."

Transcrição

1 Índice 1.Integração Contábil EBS Sistema Contábil Parametrizando o Cadastro da Empresa Opções de integração Contabilização de Notas Fiscais Agrupamento Cadastrar contas de clientes/fornecedores automaticamente Matriz de Contabilização/ Notas Fiscais Parametrizando o EBS Escrita Fiscal Operações Contábeis Natureza/ Classificação Tipos de Contas Contábeis a serem cadastradas nesta rotina Cadastros/ Contabilização/ Emitentes Destinatários: Cadastros/ Contabilização/ Caixa/Banco Cadastros/ Contabilização/Apropriação de impostos Cadastros/ Contabilização/ Apropriação de Impostos/ Geral Cadastros/ Contabilização/ Apropriação de Impostos/ Natureza de Operação Cadastros/ Prestação de Serviços/ Itens de Serviço Transportando os lançamentos do CEF para o CSC Integração por lote Geração do lote para integração Integração Contábil em Arquivo Texto Layout do Arquivo de Exportação Contábil Integração com o EBS Sistema Contábil Remoto Parametrizando o EBS Recursos Humanos Complemento de Histórico Contas por evento Apropriação de Impostos Transportando os lançamentos do CRH para o CSC Geração do lote para integração Integração Contábil em Arquivo Texto Layout de Integração Contábil da Folha de Pagamento EBS Remoto Transportando os lançamentos do CCP para o CSC Geração do lote para integração Ajuda Ajuda F BIT Acesso ao site da EBS Suporte On-Line - SOL Procedimento para utilizar o SOL:...29

2 1.Integração Contábil A integração contábil é um procedimento que gera lançamentos automaticamente em um determinado módulo. Esse processo economiza o trabalho de contabilização e torna a escrituração contábil mais prática e confiável. Para realizar a integração será necessário efetuar a parametrização do sistema gerador dos lançamentos, ou seja, tanto o sistema EBS Escrita Fiscal (CEF), quanto o EBS Recursos Humanos (CRH) e EBS Controle Patrimonial (CCP) podem gerar lançamentos para o EBS Sistema Contábil (CSC). Para que o sistema gere com sucesso os lançamentos para a integração, será necessário parametrizá-lo antes de efetuar os lançamentos.

3 2.EBS Sistema Contábil Para parametrizar os demais módulos para que efetuem a integração contábil, será necessário primeiramente cadastrar um plano de contas no EBS Sistema Contábil, na rotina de Cadastros / Plano de Contas. Certifique-se que todas as contas contábeis estão corretamente cadastradas, pois é através deste cadastro, que serão localizadas as contas que serão informadas nos demais módulos Parametrizando o Cadastro da Empresa As parametrizações para integração estão disponíveis no cadastro da empresa. Em Cadastros / Empresas / Parâmetros / Contabilização / Integração/ Parâmetros, marque a opção Utiliza Integração Contábil para posterior integração do módulo Escrita Fiscal com o Sistema Contábil. Com opção marcada será habilitada a guia Contabilização das rotinas de Lançamento de notas de Entrada, Saída e Conhecimento de Frete Opções de integração Contabilizar nota fiscal pelos itens: Com esta opção marcada, a contabilização das notas de entrada, saída e frete será efetuada a partir do CFOP informado nos itens das notas.

4 Se não marcar a opção, a contabilização será efetuada a partir do CFOP principal da nota, informado na aba Nota. Contabilizar por Centro de Custo: habilitará o campo Centro de Custos nos lançamentos de notas fiscais. Contabilizar apropriação de tributos: Contabiliza os tributos a partir da apuração destes no EBS Escrita Fiscal. Contabilizar pagamentos de tributos CEF e CRH: Contabiliza os pagamentos de tributos registrados no sistema nas rotinas de Tributos / Pagamento de Guias. Efetuar Contabilização On-line: Os lançamentos contábeis serão realizados no momento da inclusão da nota fiscal, sem necessidade de posterior geração de lote para integração. Os tributos são contabilizados automaticamente quando efetuada a Apuração de Tributos. Validar contas no módulo Cordilheira Sistema Contábil: Valida as contas contábeis informadas nos módulos CRH, CEF e CCP, com a finalidade de efetuar a integração contábil com o CSC. Quando a contabilidade não é efetuada pelo CSC e sim por outro sistema contábil, não há porque validar tais contas e esse campo não deve ser selecionado. Note que o campo só permite alteração quando a opção Efetuar Contabilização On-line não estiver selecionada Contabilização de Notas Fiscais Excluir ICMS do valor contábil das notas de entrada: O valor do ICMS será subtraído do valor contábil da nota fiscal e contabilizado em conta separada. Excluir IPI do valor contábil das notas de entrada/saída: O valor do IPI será subtraído do valor contábil da nota fiscal e contabilizado em conta separada. Contabilizar tributos nota a nota: Será gerado um lançamento do tributo para cada nota fiscal Agrupamento Selecione a forma que será utilizada na geração do lote para contabilidade. Esta opção é desabilitada quando a empresa utiliza Contabilização On Line. Agrupar lançamentos de entrada/saída: Marque caso deseje reduzir o número de lançamentos contábeis efetuando agrupamentos. Agrupar por conta contábil: Agrupa os lançamentos contábeis por conta, gerando um único lançamento (em uma única data) com o valor total de cada conta contábil.

5 Agrupar por data/conta contábil: Agrupa os lançamentos contábeis por conta e data, gerando um lançamento para cada data e conta contábil Cadastrar contas de clientes/fornecedores automaticamente Habilita os quadros abaixo: Clientes no plano de contas Conta Sintética: Informe a classificação contábil do grupo de clientes no plano de contas, desta forma, para cada novo cliente cadastrado será criada uma nova conta analítica. Cliente Único: Se utiliza apenas uma conta contábil para todos os clientes, informe o código reduzido desta conta, Fornecedores no plano de contas Conta Sintética: Informe a classificação contábil do grupo dos fornecedores no plano de contas, desta forma, para cada novo fornecedor cadastrado será criada uma nova conta analítica. Fornecedor Único: Se utiliza apenas uma conta contábil para todos os fornecedores, informe o código reduzido desta conta Matriz de Contabilização/ Notas Fiscais O botão Matriz de Contabilização está organizado em cinco guias: Notas Fiscais Detalhamento do ICMS Detalhamento do IPI Apropriação de Tributos Pagamento de Tributos

6 Todos os campos das guias Notas Fiscais, Detalhamento do ICMS, Detalhamento do IPI, Apropriação de Tributos e Pagamento de Tributos serão preenchidos automaticamente de acordo com os parâmetros de contabilização da empresa. As operações contábeis sugeridas podem ser alteradas pelo usuário. Para reaver as operações contábeis originais do sistema clique no botão Restaurar.

7 3.Parametrizando o EBS Escrita Fiscal 3.1. Operações Contábeis Em Cadastros/ Genéricos/ Operações Contábeis defina como serão efetuados os lançamentos contábeis. As operações contábeis são utilizadas na contabilização das notas de entrada, notas de saída e conhecimento de frete, onde a operação contábil é sugerida de acordo com os parâmetros do estabelecimento, não sendo permitindo ao usuário alterar. Caso seja necessário, poderá cadastrar novas operações contábeis utilizando códigos a partir de 501. Código: Campo destinado ao cadastro do código de novas operações contábeis. Já estão pré-cadastradas 48 operações. Utilize códigos a partir de 501 para efetuar novos cadastros. Descrição: Inclua uma descrição resumida para a operação, com até 50 caracteres, como por exemplo Contabilização de notas de entrada Parâmetros: Explique quais serão as regras deste lançamento. Ex.: Lançamento sem exclusão de ICMS ou IPI, e sem apropriação de impostos. Contabilização: Explique como será a contabilização deste lançamento. Ex.: Débito na conta informada em CFOP/classificação pelo valor da nota; Crédito no fornecedor pelo valor da nota.

8 Uma operação contábil pode ser composta por vários lançamentos. Para visualizá-los clique no botão Lançamentos. É o local onde estão armazenados os lançamentos contábeis que compõe cada operação contábil. Utilize o botão Pesquisar para consultar os lançamentos já cadastrados. Utilize o botão Importar para copiar os lançamentos de outra operação. 1. Código da Operação: Preenchimento automático com a operação informada na tela anterior. 2. Código: Campo destinado ao cadastro do código de novos lançamentos dentro de uma operação contábil. Aceita até 12 dígitos. 3. Descrição: Informe uma descrição para identificação do lançamento. Aceita até 255 caracteres. 4. Conta Débito: Selecione a conta contábil que será debitada. 5. Conta Crédito: Selecione a conta contábil que será creditada. 6. Histórico: Clique no botão A para selecionar os itens que vão compor a estrutura de histórico desejada. 7. Valor: Clique no botão A para selecionar os itens que vão compor a fórmula do valor a ser contabilizado; e no botão + para definir soma ou subtração entre os itens selecionados.

9 3.2. Natureza/ Classificação Em Cadastros/ Contabilização/ Natureza Classificação. Esta rotina apresenta uma estrutura bastante flexível, possibilitando o cadastro simplificado das contas contábeis, baseado apenas na natureza de operação, ou mais detalhado, utilizando os dois subníveis (classificação) por natureza de operação. As contas contábeis podem ser informadas em qualquer nível de cadastramento. Exemplo: Natureza Clas1 Clas2 Descrição Código Reduzido Compras Compra Mercadorias Revenda Produtos Alimentícios Produtos de Higiene Venda genérica Venda a vista Vendas a Prazo Note a possibilidade de informação da conta contábil em qualquer nível (somente na natureza, natureza + classificação 1, natureza + classificação 1 + classificação 2). Ao efetuar o lançamento de notas fiscais, poderá também informar somente a natureza, para um lançamento simplificado, ou detalhar o lançamento nas classificações desejadas.

10 Tipos de Contas Contábeis a serem cadastradas nesta rotina Entradas : Conta Débito (Exemplo: Compras, Estoques, Despesa etc.) Saídas: Conta Crédito (Exemplo: Receita com Vendas, Vendas à Vista, Vendas à Prazo etc.) Estabelecimento: Selecione o estabelecimento. (F12) Nat. de Operação: Selecione a natureza de operação (CFOP) desejada. Classificação 1: Primeiro código de classificação, com até 2 dígitos. (opcional) Classificação 2: Segundo código de classificação, com até 2 dígitos. (opcional). Para utilizar a classificação 2 é necessário ter cadastrado primeiramente a classificação 1. Descrição: Nome para identificação desta operação. Conta: Código da conta reduzida para integração contábil. Contra Partida: Este campo será obrigatório para informação do código da conta reduzida para integração contábil, quando a opção Conta Fixa for selecionada no quadro Contra Partida. No quadro Contra Partida, defina se o lançamento de contra partida será feita no: Cliente: A contra partida da Natureza de Operação será na conta contábil do Cliente (destinatário). Fornecedor: A contra partida da Natureza de Operação será na conta contábil do Fornecedor (emitente). Conta Fixa: A contra partida da Natureza de Operação será na conta contábil informada no campo Contra partida. Após a confirmação os dados serão incluídos na tabela abaixo desta rotina. Clique no botão Imprimir para listar os dados cadastrados Cadastros/ Contabilização/ Emitentes Destinatários: Nesta rotina deverão ser informadas as contas contábeis pertinentes aos emitentes/ destinatários. O cadastro de emitentes e destinatários é genérico, ou seja, serve para todos os estabelecimentos. Caso não estejam informadas, o usuário será alertado durante o lançamento.

11 Fornecedores: Conta Crédito (Exemplo: Fornecedores, Dupl. a Pagar, etc.) Clientes: Conta Débito (Exemplo: Clientes, Dupl. a Receber, etc.) Estabelecimento: Selecione o estabelecimento. (F12) Emitente/Destinatário: Selecione o emitente ou destinatário. (F12) No quadro Emitente: Informe o Código reduzido da conta contábil. (F12) No quadro Destinatário: Informe o Código reduzido da conta contábil. (F12) Clique no botão Imprimir, a direita, para listar os dados cadastrados Cadastros/ Contabilização/ Caixa/Banco Armazena as contas de caixa e as contas de banco que serão utilizadas na integração contábil, conforme plano de contas cadastrado no EBS Sistema Contábil. Estabelecimento: Selecione o estabelecimento. (F12)

12 Código: Crie um código com até 2 dígitos para cada conta de caixa/banco. Descrição: Informe o nome do banco ou da conta caixa. Conta: Selecione a conta contábil no Plano de Contas Cadastros/ Contabilização/Apropriação de impostos Possui duas opções: Apropriação de Impostos Geral: Manutenção de contas que serão utilizadas para a contabilização de qualquer natureza de operação constante nos lançamentos de notas fiscais de entrada e saída. Apropriação por Natureza de Operação: Utilizada para a contabilização dos lançamentos referentes ao ICMS de uma natureza de operação específica, comum quando se tem contas detalhadas de resultado com ICMS.

13 3.6. Cadastros/ Contabilização/ Apropriação de Impostos/ Geral. Manutenção de contas que serão utilizadas para a contabilização de qualquer natureza de operação constante nos lançamentos de notas fiscais de entrada, saída e serviço. Importante: Durante a integração contábil serão utilizadas as contas informadas para apropriação geral, exceto para as naturezas cadastradas com contas específicas em Contabilização/ Apropriação de Impostos/ Natureza de Operação. A apropriação de impostos está organizada nas guias: ICMS IPI PIS COFINS CSLL IRPJ SIMPLES ISS Notas Pagamento de Tributos 3.7. Cadastros/ Contabilização/ Apropriação de Impostos/ Natureza de Operação. Essa rotina deve ser utilizada quando desejar que os valores de ICMS de uma determinada natureza sejam contabilizados em uma conta diferente do normal. Um exemplo comum é a contabilização de notas de devolução de compra, que apesar de ser uma saída, pode ter seu valor de ICMS gerado em conta distinta dos demais valores de saída. As contas deverão ser informadas com até 07 dígitos, incluindo o dígito verificador. Estabelecimento: Selecione o estabelecimento. (F12) Natureza de Operação: Código na natureza de operação (CFOP). Classificação 1: Primeiro código de classificação com até 2 dígitos. Esta informação é obrigatória para que os próximos campos de cadastro sejam habilitados. Caso não queira criar classificações, informe o número zero. Classificação 2: Segundo código de classificação com até 2 dígitos (opcional). Para utilizar a classificação 2 é necessário ter cadastrado primeiramente a

14 classificação 1. Esta informação é obrigatória para que os próximos campos de cadastro sejam habilitados. Caso não queira criar classificações, informe o número zero. ICMS das Entradas / Saídas: Informe o código reduzido da conta contábil, para contabilização do valor de ICMS das entradas ou saídas, conforme a natureza de operação. Prestação de Serviços Itens de Serviços 3.8. Cadastros/ Prestação de Serviços/ Itens de Serviço. Registra os serviços prestados, a serem informados nos lançamentos de notas fiscais de entrada e saída de serviço, bem como a apuração, recolhimento e contabilização do ISS. É obrigatório o cadastro de pelo menos 1 (um) código de serviço. No quadro Contabilização: Conta de receita: Informe a conta de Receita de Prestação de Serviços (notas de saída), do Plano de Contas, para a contabilização das notas fiscais. (F12) Conta de despesa: Informe a conta de Despesa com Prestação de Serviços (notas de entrada), do Plano de Contas, para a contabilização das notas fiscais. (F12) 3.9. Transportando os lançamentos do CEF para o CSC A integração contábil poderá ser realizada de duas formas: on-line ou por lote. Integração On-line Os lançamentos contábeis serão realizados no momento da inclusão da nota fiscal, sem necessidade de posterior geração de lote para integração. Os tributos são contabilizados automaticamente quando efetuada a Apuração de Tributos. Para que seja efetuada a integração on-line, basta que seja assinalada a opção Efetuar Contabilização On-line, em Cadastros/ Empresas/ Parâmetros/ Contabilização/ Integração.

15 3.10.Integração por lote O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil em Módulos/ Integração Contábil/ Planilha: A planilha é um espelho do lote que será gerado pelo sistema, é utilizada para a conferência das contas contábeis e históricos, contendo os lançamentos contábeis referentes aos lançamentos fiscais de um determinado período. A integração contábil propriamente dita só deverá ser executada no final do mês após emissão das guias. Mês/Ano: Informe o mês e ano que deseja gerar a planilha. Intervalo de dias: Se desejar efetuar a integração de apenas um período do mês, informe o intervalo de dias a serem integrados. Opções: Assinale as opções que deseja visualizar na planilha: Listar notas de entrada: Listará os lançamentos gerados pelas notas de entrada. Listar notas de saída: Listará os lançamentos gerados pelas notas de saída. Listar apropriação de impostos: Listará os lançamentos gerados pela apuração dos impostos. 1. No quadro EBS Sistema Contábil, selecione as opções desejadas. Listar descrição das contas contábeis: Auxilia na identificação das contas contábeis cadastradas no EBS Sistema Contábil neste relatório com a respectivo lançamento fiscal. Listar somente lançamentos sem conta: Listará somente os lançamentos que porventura contenham contas contábeis ou históricos não cadastrados no EBS Sistema Contábil. Esta opção é bastante útil para conferência prévia antes da integração, uma vez que permite trabalhar com um relatório menor Geração do lote para integração Em Módulos/ Integração Contábil/ EBS Sistema Contábil. Gera um lote para o EBS Sistema Contábil contendo os lançamentos fiscais. O lote deve ser liberado no EBS Sistema Contábil. Se existir alguma conta ou histórico zerada, não será possível fazer a integração. Para efetuar a integração é necessário que as contas existam no plano de contas e

16 estejam cadastradas todas as contas e históricos para Emitentes/Destinatários, Natureza de Operação e Apropriação de Impostos. Mês/Ano: Informe o mês e ano desejado. Opções: Integrar Notas de Entrada: Integra as notas fiscais de entradas Integrar Notas de Saída: Integra as notas fiscais de saída e serviços. Integrar Apropriação de Tributos: Nesta opção serão gerados os lançamentos de notas fiscais e apropriação de impostos. Se já efetuou a integração das notas, os lançamentos de apropriação de impostos devem ser apurados e efetuados manualmente. Clique no botão OK. O sistema vai varrer o lote em busca de ocorrências que, se houverem, devem ser corrigidas. Caso não possua ocorrências clique no botão Gerar Lote. Gerar Lote: Número do Lote a Gerar: Informe o número do lote, ou clicar no botão Lote Vago, para que o sistema gere o número. Descrição: Informe uma descrição que identifique facilmente no EBS o conteúdo deste lote. Identificador do Lote: Informe algum código que identifique este lote no sistema contábil. Exemplo de Identificador: Código alfanumérico Significado CEF0114 EBS Escrita Fiscal do mês 01 do ano de 2014

17 3.12.Integração Contábil em Arquivo Texto Esta rotina gera os lançamentos contábeis em arquivo texto com o nome de LIFSAI.TXT, que pode ser importado em outros sistemas contábeis. O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil. Mês/Ano: Informe o mês e ano que desejado. Diretório: Informe o caminho onde será gerado o arquivo. Dia: Informe o dia inicial e final de integração (opcional). Gerar Notas de Entrada: Integrar as notas fiscais de entradas. Gerar Notas de Saída: Integrar as notas fiscais de saída e serviços. Gerar Apropriação de Tributos: Nesta opção serão gerados os lançamentos de notas fiscais e apropriação de impostos. Se já efetuou a integração das notas, os lançamentos de apropriação de impostos devem ser apurados e efetuados manualmente Layout do Arquivo de Exportação Contábil O layout abaixo refere-se ao arquivo em formato texto para exportação dos lançamentos contábeis para outros sistemas. Nome do arquivo: LIFSAI.TXT Conteúdo: Lançamentos para contabilidade Organização: SEQUENCIAL Tam. do registro: 96 bytes Campo Formato Posição Conteúdo do Campo FILIAL 9(003) 001 a 003 Código da filial SEPARADOR-1 X(001) 004 a 004 Separador de campo (vírgula) Campo Formato Posição Conteúdo do Campo DATA LANÇAMENTO 9(006) 005 a 010 Data do lançamento, DDMMAA SEPARADOR-1 X(001) 011 a 011 Separador de campo (vírgula) CONTA A DÉBITO 9(005) 012 a 016 Código da conta a debito (com DV) SEPARADOR-2 X(001) 017 a 017 Separador de campo (vírgula) CONTA A CRÉDITO 9(005) 018 a 022 Código da conta a crédito (com DV) SEPARADOR-3 X(001) 023 a 023 Separador de campo (vírgula) INTEIROS DO VALOR 9(012) 024 a 035 Parte inteira do valor do lançamento PONTO DECIMAL X(001) 036 a 036 Separador de inteiros e decimais (ponto) CENTAVOS DO VALOR 9(002) 037 a 038 Parte decimal do valor do lançamento SEPARADOR-4 X(001) 039 a 039 Separador de campo (vírgula) CÓDIGO HISTÓRICO 9(003) 040 a 042 Código do histórico de lançamento SEPARADOR-5 X(001) 043 a 043 Separador de campo (vírgula)

18 DELIMITADOR-1 X(001) 044 a 044 Delimit. campo alfanumérico (aspas) COMPLEMENTO X(050) 045 a 094 Complemento do histórico DELIMITADOR-2 X(001) 095 a 095 Delimit. campo alfanumérico (aspas) 3.14.Integração com o EBS Sistema Contábil Remoto Gera o lote de lançamentos em arquivo texto para o EBS Sistema Contábil quando o Sistema Contábil não está instalado na mesma máquina ou em rede. O arquivo gerado poderá ser transmitido para o contador via Internet ou outro meio, e deverá ser importado através da rotina de Módulos/ Importação/ Lote Normal. O usuário do sistema contábil deverá liberar o lote, após a importação, para aceitar os lançamentos, ou poderá ainda alterar, incluir ou excluir os lançamentos do lote. O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil. Mês/Ano: Informe o mês e ano que desejado. Número do Lote: Informe o número do lote. Identificador: Informe algum código que identifique este lote no sistema contábil. Data do Lote: Informe a data do lote no formato DD/MM/AAAA. Descrição: Informe uma descrição que identifique facilmente no EBS o conteúdo deste lote. Diretório: Informe o diretório onde será gerado do arquivo LOTDNNNN.TXT, onde nnnn corresponde ao Número do Lote a ser gerado. Dia: Intervalo de Dias: Informe o dia inicial e final de integração (opcional). Gerar Notas de Entrada: Integrar as notas fiscais de entradas. Gerar Notas de Saída: Integrar as notas fiscais de saída e serviços. Gerar Apropriação de Tributos: Nesta opção serão gerados os lançamentos de notas fiscais e apropriação de impostos. Se já efetuou a integração das notas, os lançamentos de apropriação de impostos devem ser apurados e efetuados manualmente.

19 4.Parametrizando o EBS Recursos Humanos Será possível efetuar a integração contábil dos lançamentos do EBS Recursos Humanos para o EBS Sistema Contábil. Para que a integração seja realizada com sucesso, será necessário efetuar a parametrização antes de gerar a integração Complemento de Histórico Em Cadastros/ Contabilização/ Complemento de Histórico. Cadastre o complemento para a estrutura de histórico padrão que será utilizado na integração contábil. O complemento será composto da descrição deste cadastro mais a informação do campo Complemento da rotina de Integração Contábil (Módulos/ Integração Contábil). Código: Atribua um código para o cadastro. Complemento: Informe a descrição do complemento. Botão Importar - Importação do Complemento do Histórico. Permite importar o complemento de histórico de outras empresas. Empresa de Destino: Preenchimento automático com a empresa selecionada na barra de ferramentas, refere-se a empresa que receberá os complementos. Empresa de Origem: Selecione a empresa que possui os complementos. (F12) Sobrescrever os complementos: Caso esta opção esteja selecionada os complementos existentes serão substituídos no processo de importação. Selecione os complementos que deverão ser importados, ou utilize o botão Marcar todos e clique no botão Importar.

20 4.2. Contas por evento Em Cadastros/ Contabilização/ Contas por Evento. Registra, por centro de custo, as contas contábeis dos eventos utilizados pela empresa no EBS Recursos Humanos. Todos os eventos utilizados em qualquer processamento devem ter sua respectiva conta contábil cadastrada. Centro de Custo: Selecione o código do centro de custo. (F12) Evento: Selecione o código do evento. Conta Contábil: Selecione o código reduzido da conta contábil. Tecle F12 e será apresentado o Plano de Contas da empresa correspondente no EBS Sistema Contábil, para seleção da conta. Complemento Histórico: Selecione o complemento do histórico padrão. Após a confirmação os dados serão inclusos na tabela abaixo, desta rotina. O botão DUPLICAR copia as contas contábeis registradas em um centro de custo para um outro centro de custo, dispensando o cadastro para cada centro de custo Apropriação de Impostos Em Cadastros/ Contabilização/ Apropriação de Impostos registre, por centros de custos, as contas contábeis do líquido a receber e dos impostos, que será utilizado para efetuar a integração com o EBS Sistema Contábil.

21 Centro de Custo: Selecione o código do centro de custo (F12). Esta rotina está dividida nas guias relacionadas abaixo, em cada uma delas é necessário informar o código reduzido da referida Conta Contábil. Utilize a tecla F12 para selecionar as contas no Plano de Contas. Folha Mensal Líquido a Receber Diversos INSS Provisão de Férias Provisão de 13º Salário Retiradas Autônomos 4.4. Transportando os lançamentos do CRH para o CSC Antes de gerar o lote de integração para o EBS Sistema Contábil, poderá ser efetuada uma conferência dos lançamentos emitindo a Planilha de integração em Módulos/ Integração Contábil/ Planilha. Emite o relatório com as contas contábeis por evento e os valores, necessários para a conferência dos lançamentos que serão gerados na integração contábil. Orientamos a emitir mensalmente a planilha antes de gerar a integração contábil. Mês/Ano: Informe o mês e ano que deseja gerar a planilha. Processamento: Selecione o Tipo de Processamento desejado. Os campos Estabelecimento, Funcionário, Função, Centro de Custo, Departamento, Setor e Seção são filtros para a emissão do relatório. No quadro Integração, marque as opções:

22 Folha Mensal: Processe a Folha Mensal antes de gerar esta rotina. Provisão de Férias/13º Salário: Efetue o Cálculo da Provisão de Férias e 13º Salário antes de gerar esta rotina. Pró-labore/Autônomos: Efetue o cálculo das retiradas de pró-labore e pagamentos a autônomos, antes de gerar esta rotina. No quadro Opções de Agrupamento, marque uma das opções: Por Centro de Custo/Evento (padrão) Por Centro de Custo/Conta Contábil Por Conta Contábil Utiliza as contas contábeis informadas em cada centro de custo/evento. Sendo assim, se tiver mais de um centro de custo, irá gerar um lançamento para cada centro de custo vinculado ao evento. É a forma mais detalhada de contabilização. Agrupa os lançamentos por centro de custo/conta contábil, ou seja, todos os lançamentos referentes a um centro de custo, que tiverem contas contábeis iguais, serão agrupados em somente um lançamento. Esta forma de contabilização reduz um pouco o volume de lançamentos, mas pode dificultar as conciliações. Agrupa os lançamentos por conta contábil somente. Todos os lançamentos que possuírem conta contábil igual serão agrupados em um único lançamento. Esta forma de contabilização é a mais resumida Geração do lote para integração Em Módulos/ Integração Contábil/ EBS Sistema Contábil. Esta rotina gera um Lote para o EBS Sistema Contábil. O usuário do sistema contábil deverá liberar o lote para aceitar os lançamentos, ou poderá ainda alterar, incluir ou excluir os lançamentos do lote. O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil.

23 Estabelecimento Centralizador: Selecione o estabelecimento que centralizará os lançamentos para a geração do lote. (F12) Mês/Ano: Informe o mês e ano desejado. Processamento: Selecione o Tipo de Processamento desejado. Número do Lote: Informe o número do lote ou clique no botão Lote Vago, para que o sistema gere o número de um lote disponível. Descrição do Lote: Informe uma descrição do lote. Data dos Lançamentos: Informe uma data para os lançamentos contábeis, todos os pagamentos e impostos serão contabilizados nesta data. Identificador do Lote: Atribua algum código que identifique e facilite a busca do lote no EBS Sistema Contábil. Complemento: Informe o complemento para o histórico contábil. Os campos Estabelecimento, Funcionário, Função, Centro de Custo, Departamento, Setor e Seção são filtros para a integração. No quadro Integração, marque as opções: Folha Mensal Provisão de Férias/13º Salário Pró-labore/Autônomos No quadro Opções de Agrupamento, marcar uma das opções: Por Centro de Custo/Evento (padrão); Por Centro de Custo/Conta Contábil; Por Conta Contábil

24 Para informar ou alterar as contas contábeis dos eventos utilize as rotinas Contas por Evento e Apropriação de Impostos em Cadastros/ Genéricos/ Contabilização Integração Contábil em Arquivo Texto Em Módulos/ Integração Contábil/ Arquivo Texto. Gera o arquivo FPGSAI.TXT para posterior importação por outros programas contábeis. O sistema contábil deve possuir recurso para importar os lotes, conforme o layout fornecido pela EBS Sistemas. Este layout deve ser fornecido ao programador do sistema contábil. O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil Layout de Integração Contábil da Folha de Pagamento O layout abaixo descreve como é gerado o arquivo FPGSAI.TXT para que outros sistema contábeis possam importar os lançamentos gerados pelo EBS Recursos Humanos. Abaixo temos as descrições técnicas do arquivo. Nome do arquivo: FPGSAI.TXT Conteúdo: Lançamentos contábeis da folha de pagamento Organização: SEQÜENCIAL Tamanho Reg: 95 ou 99 bytes REGISTRO DETALHE CAMPO FORMATO POSIÇÃO CONTEÚDO DO CAMPO FILIAL 9(003) 001 a 003 Código da filial.

25 DELIMITADOR X(001) 004 a 004 Separador de campo (pipeline). DATA 9(006) 005 a 010 Data no formato DDMMAA. DELIMITADOR X(001) 011 a 011 Separador de campo (pipeline). DÉBITO 9(005) 012 a 016 Conta a débito. DELIMITADOR X(001) 017 a 017 Separador de campo (pipeline). CRÉDITO 9(005) 018 a 022 Conta a crédito. DELIMITADOR X(001) 023 a 023 Separador de campo (pipeline). VALOR 9(012) 024 a 035 Valor do lançamento (parte inteira). SEPARADOR X(001) 036 a 036 Separador de valor (ponto decimal). VALOR 9(002) 037 a 038 Valor do lançamento (parte decimal). DELIMITADOR X(001) 039 a 039 Separador de campo (pipeline). HISTÓRICO 9(003) 040 a 042 Código do histórico padrão. DELIMITADOR X(001) 043 a 043 Separador de campo (pipeline). ASPAS X(001) 044 a 044 Separador de campo texto ("). COMPLEMENTO X(050) 045 a 094 Complemento do histórico. ASPAS X(001) 095 a 095 Separador de campo texto ("). Caso a opção Gerar Centro de Custo seja selecionada na geração do arquivo texto, serão adicionadas as seguintes informações ao layout: CAMPO FORMATO POSIÇÃO CONTEÚDO DO CAMPO DELIMITADOR X(001) 096 a 096 Separador de campo (pipeline). CENTRO DE CUSTO 9(003) 097 a 099 Centro de custo. DELIMITADOR X(001) 100 a 100 Separador de campo (pipeline). HISTÓRICO 9(004) 101 a 104 Código do histórico padrão EBS Remoto Em Módulos/ Integração Contábil/ EBS Remoto.

26 Gera o lote de lançamentos em arquivo texto para o EBS Sistema Contábil, quando este não está instalado na mesma máquina ou em rede. O arquivo pode ser transmitido para o contador por ou disquete, para que possa fazer a importação do lote pelo sistema EBS Sistema Contábil. A importação deve ser efetuada no CSC em Utilitários / Importação / Lote Normal, e o lote deverá ser liberado. Também poderá alterar, incluir ou excluir os lançamentos do lote. O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil.

27 5.Transportando os lançamentos do CCP para o CSC Antes de gerar o lote de integração para o EBS Sistema Contábil, poderá ser efetuada uma conferência dos lançamentos emitindo a Planilha de integração. Em Módulos/ Integração Contábil/ Planilha. Emite o relatório com as contas contábeis por evento e os valores, necessários para a conferência dos lançamentos que serão gerados na integração contábil. Orientamos a emitir mensalmente a planilha antes de gerar a integração contábil. Estabelecimento: Selecione o código do estabelecimento para a elaboração da planilha. (F12) Mês/Ano: Informe o período inicial e final. O preenchimento dos campos Grupo e Bem delimitará a emissão da planilha. Grupo: Selecione o código inicial e final de grupo. Bem: Informe o código inicial e final do bem a ser listado. Dica: Deixe os campos Grupo e Bem em branco para gerar a planilha de todos os grupos e bens. Data de Emissão: Informe uma data para impressão na planilha. No quadro Classificação, marcar a opção desejada: alfabética ou numérica Geração do lote para integração Em Módulos/ Integração Contábil/ EBS Sistema Contábil gere um lote contábil dos lançamentos de depreciação diretamente no EBS Sistema Contábil. O usuário do sistema contábil deverá liberar o lote para aceitar os lançamentos, ou poderá ainda alterar, incluir ou excluir os lançamentos do lote.

28 O sucesso da geração do Lote Contábil depende da conferência da Planilha Contábil. Estabelecimento: Selecione o código do estabelecimento. (F12) Número do Lote: Informe um número para o lote, ou clique no botão Lote Vago para o sistema sugerir o número do próximo lote. Descrição do Lote: Informe uma descrição para o lote, campo alfanumérico, aceita letras e números. Mês/Ano: Informe o mês e ano, inicial e final de integração. Data dos Lançamentos: Informe uma data para os lançamentos contábeis. Identificador do Lote: Informe um código que identifique este lote no sistema contábil. Exemplos de Identificador: Código alfanumérico Significado CP Controle Patrimonial do mês 03 do ano de 2014 CP Controle Patrimonial do mês 04 do ano de 2014 CP Controle Patrimonial do mês 05 do ano de 2014 Complemento: Complemento ao histórico padrão. Grupo: Código inicial e final. Bem: Código inicial e final. Importante: Caso alguma conta esteja zerada, não será possível fazer a integração. Para efetuar a integração com o EBS Sistema Contábil é necessário que estejam cadastradas todas as contas para os grupos ou para os bens. É necessário lembrar que essas contas devem existir no plano de contas da contabilidade.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. C C P SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

Fox Gerenciador de Sistemas

Fox Gerenciador de Sistemas Fox Gerenciador de Sistemas Índice 1. FOX GERENCIADOR DE SISTEMAS... 4 2. ACESSO AO SISTEMA... 5 3. TELA PRINCIPAL... 6 4. MENU SISTEMAS... 7 5. MENU SERVIÇOS... 8 5.1. Ativação Fox... 8 5.2. Atualização

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium Integração WinLivros X ContabMilenium Para configurar a integração entre os sistemas WinLivros e ContabMilenium devemos primeiramente verificar se a base de dados é integrada (se está no mesmo local) ou

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO ANO 2004 1 ÍNDICE 1 - Provisão de 13º Salário e Férias Preparando a Provisão 1.1 Cadastro de Provisão de férias 1.2 Cadastro de provisão de 13º Salário 1.3 Relatório

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost O Novo Gerenciador Financeiro Micropost é acessado através do botão "Gerenciador Financeiro" na tela principal do sistema (como mostra a figura 1). Caso o botão esteja desabilitado deve-se entrar nas configurações

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1 2 1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1.1. Cadastro de Códigos Contábeis Para que os lançamentos sejam integralizados é necessário o preenchimento do código contabil de integração. Siga as instruções

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Efetuadas diversas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal com o objetivo de tratar a apuração do ICMS-ST, emissão de GNRE e geração da GIA-ST, bem

Leia mais

G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL

G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL G5 PHOENIX - COMO FAZER INTEGRAÇÃO DOS LANÇAMENTOS FISCAIS PARA A CONTABILIDADE 1º passo Através do menu Cadastro/ das Empresas, ficha Escrita, determinar se o plano de contas

Leia mais

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 Página 1 de 15 Maiores informações a respeito dos assuntos destacados abaixo devem ser obtidas no Manual do Comply v4.00 disponível no Portal de Produtos. Página 2 de 15 CADASTROS

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE Criada a rotina de Plano de Assistência a Saúde. Esta rotina irá possibilitar gerar a DIRF com valores descontados

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS As mudanças ocorridas com a publicação da lei 11.638/07 e alterações da lei 11.941/09 exigiram das empresas uma adequação em sua estrutura de balanços e demonstrações

Leia mais

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014 Neste bip Como converter o arquivo CAGED para acerto... 1 Novo modo de alterar senha de operador... 2 Novo recurso no lançamento [+ planilha]... 2 13 parcela final e SEFIP... 3 Como converter o arquivo

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e 2 Índice CADASTROS... 4 Cliente Fornecedor - Transportadora... 4 Unidade de Medida... 5 Produto... 7 NCM... 8 Artigos da Nota Fiscal... 10 Natureza de Operação - CFOP...

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Razão. Impairment Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Razão Data publicação da : 12/11/2014 O relatório razão tem a finalidade de demonstrar a movimentação analítica das

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO 1 PARÂMETROS 1.1 Aba Geral 1. No quadro Período, no campo: Observação: Após ser efetuado o cálculo de qualquer período, o campo Inicial, não poderá mais ser alterado. Inicial, informe

Leia mais

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Manual de envio das remessas de RPS para UPLOAD, V1.00 P a g e 1 NFWeb RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Conteúdo do arquivo com os dados do RPS Um ou mais RPS

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

Para facilitar o entendimento do processo de geração da DIRF 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas

Para facilitar o entendimento do processo de geração da DIRF 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas Para facilitar o entendimento do processo de geração da DIRF 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas disponibilizou este pequeno manual que contém dicas importantes sobre

Leia mais

MANUAL PAPELETA MOTORISTA Criado em: 15/02/2013 Atualizado em: 12/11/2014

MANUAL PAPELETA MOTORISTA Criado em: 15/02/2013 Atualizado em: 12/11/2014 O objetivo deste manual é explicar passo a passo o controle da papeleta do motorista realizado no SAT. De acordo com a LEI Nº 12.619, DE 30 DE ABRIL DE 2012, que pode ser acessada em: http://www.planalto.gov.br

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166 Sistema Nota Já Este manual tem por objetivo apresentar o sistema NotaJá a fim de auxiliar o usuário com todos os processos de cadastro, lançamentos de notas, cancelamentos, inutilizações, notas complementares

Leia mais

Análise de Sugestão de Compra

Análise de Sugestão de Compra Análise de Sugestão de Compra Introdução O TCar possui a função para análise de sugestão de compra que permite a geração de pedidos de compra com maior eficiência e praticidade, através dos dados detalhadas

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio

Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio 2010 Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio Leandro Ribeiro da Silva Jonathan Joahnn Becker Bma Sistemas 03/08/2010 Sumário Sumário...2 1) Digitar Orçamento...3 2) Digitar Pedido de Venda...10 3)

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Auditoria Financeira

Auditoria Financeira Auditoria Financeira Processo de Uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO 2012 TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 PÓS MÉDIO 1 AULA 1 Verificação de Erros cometidos no Domínio Escrita Fiscal Para verificar o que já foi realizado no domínio escrita fiscal (e também

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Relatórios...3 Mix de Compra...3 Peças >> Relatórios >> Mix de Compra Peças...3 Mix de Vendas...4 Peças >> Relatórios >> Mix de Venda Peças...4 Tabela de Preços...6 Peças

Leia mais

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática:

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática: SCPI 8.0 Novas funcionalidades A partir de agora o SCPI conta com algumas novas funcionalidades que valem a pena serem comentadas, e dar uma breve introdução de seu funcionamento. Entre elas podemos destacar:

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil

Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil 1 Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil Na versão 7.0.2.102, as seguintes opções foram implementadas no sistema: Integração das Contas a Pagar/Receber com a Contabilidade; Integração das Notas

Leia mais

CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR

CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR 1. Captação de Pedidos - pela Central (Back office) 1 2. Como consultar Pedido 16 3. Como visualizar Detalhes de um Pedido 19 4. Como consultar Vendas/Cortes em Pedidos

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295 SPED FISCAL O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) FISCAL é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série do cliente.

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. Entendendo o Negócio: O Sistema Siagri Agribusiness já permitia a inclusão de notas fiscais de prestação de serviço com retenções de impostos, porém,

Leia mais

Configuração Empresa/Filial

Configuração Empresa/Filial Configuração Empresa/Filial Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É?

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse

Leia mais

RESUMO DE CATALOGAÇÃO

RESUMO DE CATALOGAÇÃO RESUMO DE CATALOGAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DISTINTA Contatos: Cirineo Zenere (c.zenere@pucpr.br) Eulália M. Soares (eulalia.soares@pucpr.br) Josilaine O. Cezar (josilaine.cezar@pucpr.br) SUMÁRIO INICIANDO A CATALOGAÇÃO...2

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL PEDIDO DE VENDA Casa Magalhães Comércio e Representações Ltda O objetivo deste tutorial é apresentar

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP Página: 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações sobre as características do SPED

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.93A 1- Adequada a rotina Módulos\ Férias\ Férias Normais para calcular as férias em dobro quando

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Portal de Fornecedores Não-Revenda

Portal de Fornecedores Não-Revenda Portal de Fornecedores Não-Revenda Emissão de Nota Fiscal e Criação de Espelho Consulte neste manual os procedimentos para emissão de Nota Fiscal para o Walmart e as atividades relativas à Criação do Espelho

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

Módulo SAC Atendimento ao Cliente

Módulo SAC Atendimento ao Cliente Módulo SAC Atendimento ao Cliente Objetivo O Módulo SAC ou Serviço de Atendimento ao Cliente é uma ferramenta que gerencia, cria e administra informações num canal de comunicação informatizado entre a

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO III - MOVIMENTOS Folha Union> Vale transporte> Geração de movimento de Vale transporte Para que o sistema calcule o valor do vale transporte para o mês de referência é necessário

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA...4 2.1 CONCILIAÇÃO MOVIMENTOS COM LANÇAMENTOS...6 3 PASSO A PASSO: CONCILIAÇÃO

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Renegociação de Títulos e Apropriação de Juros Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Plano de Contas... 3 3.1.1 Transitória - Renegociação...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

Parâmetros LOG2240 - CONTABILIZAÇÃO

Parâmetros LOG2240 - CONTABILIZAÇÃO Parâmetros LOG2240 - CONTABILIZAÇÃO Consistir duplicação de lançamentos contábeis? Indica se deverá ser consistido ou não a duplicação de lançamentos contábeis pelo RHU5280 (Geração de Lotes para a Contabilidade/CMI

Leia mais

TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES

TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA 1 Manual prático Pág. 2 Pág. 4 Pág. 9 Pág. 11 SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DECLARAÇÃO DE NOTA FISCAL RECEBIDA GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS IMPOSTO

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais