BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA"

Transcrição

1 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Efetuadas diversas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal com o objetivo de tratar a apuração do ICMS-ST, emissão de GNRE e geração da GIA-ST, bem como, a geração destes dados na Escrituração Fiscal Digital. As alterações por ora efetuadas seguem regras gerais estabelecidas pelo Convênio ICMS 81/93 e suas alterações. Tratamentos específicos dos estados, serão implementados a medida que ocorram. CADASTRO DE EMPRESA/ESTABELECIMENTO No cadastro do Estabelecimento, em Parâmetros\ Escrita Fiscal\ Tributação\ Geral, ao marcar a opção Substituto Tributário, habilita o botão Inscrições Auxiliares. Neste cadastro devem ser informadas as inscrições estaduais auxiliares que a empresa possui em cada UF. Esta tela sofreu as seguintes alterações: Criado o campo Código Recolhimento do ICMS : Informar neste campo o código de recolhimento, conforme regras do estado, que será utilizado na emissão da guia GNRE. Criado o campo Dia do Vencimento : Informe neste campo a data de vencimento do ICMS ST, conforme regras do estado, que será utilizada na emissão da guia GNRE. Será considerado o dia do vencimento para o mês subsequente à apuração do tributo. Criado o quadro Dia de Vencimento não útil com as opções: - Mantêm: considera na GNRE o dia exato de vencimento - Antecipa: considera na GNRE o dia útil imediatamente anterior ao vencimento - Prorroga: considera na GNRE o dia útil imediatamente posterior ao vencimento OBSERVAÇÃO: Esta opção depende das regras estabelecidas em cada estado.

2 SALDO CREDOR ANTERIOR Em Tributos, criada a rotina Saldo Credor de ICMS-ST. Nesta rotina pode ser informado saldo credor anterior de ICMS Substituição Tributária, referente a meses não apurados pelo sistema, que deve ser considerado na apuração do próximo mês. Também, exibirá valores credores apurados mensalmente em Tributos\ Apuração Mensal. A informação do valor deve ser por mês/ano e por Unidade de Federação. Para informar saldo credor anterior, deve-se utilizar o mês anterior ao mês de início de utilização do sistema. Isto porque, ao apurar os tributos esses valores são regravados. Por exemplo: Iniciado o uso do sistema a partir de 01/2011. A empresa tinha um saldo credor de 100,00 para PR. Nesta rotina, deve informar o valor em 12/2010, pois ao apurar 01/2011 o valor será regravado conforme a apuração deste mês. Informando em 12/2010 será utilizado na composição do valor de 01/2011, gravando neste mês o valor atualizado, se continuar credor. DETALHAMENTO DE ICMS Em Tributos\ Detalhamento de ICMS/IPI, criado o campo UF. Este campo será habilitado somente se o tributo for 1- ICMS ST e considerará automaticamente a UF do estabelecimento, permitindo alteração. A UF será considerada também no campo Código SPED, que habilitará somente os códigos específicos daquela UF.

3 Nesta rotina é possível informar valor de outros débitos, estorno de créditos, outros créditos e estorno de débitos referentes ao ICMS-ST, que serão considerados na apuração do tributo, bem como informados na GIA-ST e SPED Fiscal. LANÇAMENTO DE NOTAS FISCAIS No lançamento de nota de entrada e saída, na aba Bases, quadro Substituição Tributária ICMS, criado o campo Recolhido Antecipadamente. Este campo deve ser marcado caso o ICMS ST da nota tenha sido recolhido antecipadamente, em GNRE, quando da saída da mercadoria. Se o ICMS-ST não for recolhido na saída da mercadoria, e sim na apuração mensal, não marcar o campo. Para notas de entrada, o campo sempre ficará por padrão desmarcado, devendo o usuário marcá-lo, se for o caso. Para notas de saída, o sistema marcará o campo automaticamente se a empresa for substituto tributário e em Inscrições Auxiliares não estiver informada a IE da UF correspondente ao destinatário da nota. Este campo será utilizado na apuração do ICMS ST. As notas que estiverem com o campo marcado não serão somadas ao valor a recolher em GNRE, para o respectivo mês. Também, esta informação será gerada na GIA ST. IMPORTAÇÃO DE LANÇAMENTOS Em Utilitários\ Importação\ Layout EBS\ Lançamentos, alterado para importar esta informação, caso esteja no arquivo. Para isso, foi alterado o layout conforme abaixo: REGISTRO 5- DADOS COMPLEMENTARES DA NOTA FISCAL DE ENTRADA ICMS-ST RETIDO ICMS-ST já recolhido X(001) 172 a 172 S Informar S (sim) ou N (não). ANTECIPADAMENTIE antecipadamente BRANCOS X(317) 193 a 489 Campo vazio. Gravar brancos. Gravar Brancos. REGISTRO 5- DADOS COMPLEMENTARES DA NOTA FISCAL DE SAÍDA ICMS-ST RETIDO ANTECIPADAMENTIE X(001) 310 a 310 ICMS-ST já recolhido antecipadamente S Informar S (sim) ou N (não). BRANCOS X(179) 331 a 489 Campo vazio. Gravar brancos. Gravar Brancos. Se o campo estiver em branco, será importado como N (não retido antecipadamente).

4 Em Utilitários\ Importação\ NFe (Código de Barras - DANFE) e em Utilitários\ Importação\ NF-e (Saída/Devolução), o sistema terá o seguinte tratamento: - Na nota de entrada, importará sempre como N (não retido antecipadamente). - Na nota de saída, se tiver valor de ICMS-ST, o sistema marcará o campo automaticamente se a empresa for substituto tributário e em Inscrições Auxiliares não estiver informada a IE da UF correspondente ao destinatário da nota. APURAÇÃO DE TRIBUTOS Em Tributos\ Apuração Mensal, incluído tratamento para apuração do ICMS-ST. Para isso foram criados novos códigos de tributo, por UF, conforme segue: 101 Acre 102 Alagoas 103 Amapá 104 Amazonas 105 Bahia 106 Ceará 107 Distrito Federal 108 Espírito Santo 110 Goiás 112 Maranhão 113 Mato Grosso 114 Minas Gerais 115 Pará 116 Paraíba 117 Paraná 118 Pernambuco 119 Piauí Rio Grande do Norte 121 Rio Grande do Sul 122 Rio de Janeiro 123 Rondônia 124 Roraima 125 Santa Catarina São Paulo 127 Sergipe 128 Mato Grosso do Sul 129 Tocantins O cálculo do ICMS-ST, será por estabelecimento e por UF. Na tela da Apuração de Tributos, exibirá uma linha para cada UF, conforme figura abaixo. O cálculo do ICMS-ST será efetuado da seguinte forma: Apura o valor do ICMS retido por substituição tributária das notas de saída, cujo recolhimento antecipado não tenha sido efetuado, agrupado por UF do destinatário (ICMS-saídas-recolher). Apura o valor do ICMS retido por substituição tributária das notas de saída, cujo recolhimento antecipado tenha sido efetuado, agrupado por UF do destinatário (ICMS-saídas-recolhido). Apura o valor do ICMS retido por substituição tributária das notas de entrada com CFOP 1410, 1411, 1660, 1661, 1662, 2410, 2411, 2660, 2661 e 2662 (notas de devolução), agrupado por UF do remetente (ICMS-devolução).

5 Apura o valor do ICMS retido por substituição tributária das notas de entrada com CFOP 1603 e 2603 (notas de ressarcimento), agrupado por UF do remetente (ICMS-ressarcimento). Apura o valor de outros débitos/créditos e estorno débitos/créditos, da tabela de Detalhamento de ICMS, agrupado por UF (ICMS-OD (+) ICMS-EC ( ) ICMS-OC ( ) ICMS-ED). Verifica se há saldo credor anterior de ICMS-ST para qualquer Estado (mesmo que não haja lançamento de notas fiscais de entrada/saída) (ICMS-saldo-anterior). Apura o valor a recolher, agrupado por UF: ICMS-saídas-recolher ( ) ICMS-devolução ( ) ICMSressarcimento (+) ICMS-OD (+) ICMS-EC ( ) ICMS-OC ( ) ICMS-ED ( ) ICMS-saldo-anterior. Grava o valor na tabela de recolhimento, se positivo, ou na tabela de saldo credor, se negativo. Na apuração de tributos, serão apurados e armazenados também, dados que serão utilizados na geração da Escrituração Fiscal Digital (SPED). MEMÓRIA DE CÁLCULO A memória de cálculo do ICMS-ST poderá ser emitida pela tela de Apuração de Tributos, clicando no botão Emitir de cada UF. Ou em Tributos\ Memória de Cálculo. Nesta rotina, terá apenas uma opção de ICMS-ST e na impressão será gerada uma página para cada UF. A memória de cálculo exibirá separadamente os valores apurados, inclusive os valores que foram recolhidos antecipadamente (opção marcada no lançamento da nota fiscal). Porém, os valores recolhidos antecipadamente são apenas informativos e não compõe o quadro de valores a recolher, pois já foram recolhidos em GNRE quando da saída da mercadoria. Conforme modelo abaixo:

6 EMISSÃO DE GUIA - GNRE Em Tributos\ Guias de Recolhimento, efetuados ajustes na emissão da guia GNRE Substituição Tributária. Por esta rotina é possível emitir a guia para recolhimento do ICMS ST para as Unidades de Federação.

7 Nesta tela, ao informar mês/ano e UF, os sistema preencherá automaticamente o vencimento e o código de recolhimento (conforme informado no cadastro de Inscrições Auxiliares), além do valor apurado, se já tiver sido efetuada a Apuração Mensal de Tributos. Se não existir a apuração de tributos no mês, os campos deverão ser preenchidos manualmente. Esta mesma guia será emitida a partir da Apuração Mensal de Tributos e do Resumo de Débitos. Regra específica para São Paulo SP: Para estabelecimento substituto tributário de SP, será emitida GNRE e/ou GARE. Se o ICMS-ST for de outros estados, será emitida a GNRE e se for de SP, será emitida a GARE com a Inscrição Estadual do próprio estabelecimento. CONTROLE DE PAGAMENTO DE GNRE Em Tributos\ Pagamento de Guias, poderá ser efetuado o controle/baixa deste tributo. A GNRE poderá ser baixada mesmo que não tenha sido emitida no sistema, caso opte-se por gerar o arquivo e emitir a guia com código de barras. O pagamento da guia será contabilizado normalmente, utilizando a mesma operação contábil do pagamento de ICMS a recolher. Quanto a contabilização da apropriação do ICMS ST, não houve alterações e o procedimento continua sendo efetuado da mesma forma. RELATÓRIO RESUMO PARA GIA ST Em Tributos\ Guias de Recolhimento, efetuados alguns ajustes no Resumo para GIA-ST. Este relatório pode ser utilizado como auxiliar no preenchimento manual da GIA-ST e/ou sua conferência. GERAÇÃO DE ARQUIVO PARA GNRE Em Módulos\ Geração de Arquivos, criada a rotina GNRE. Nesta rotina é possível gerar o arquivo com os dados da guia para importação no programa nacional de emissão da GNRE e impressão da mesma com código de barras.

8 Na tela, deve ser informado mês/ano, selecionada a UF e o diretório de geração. Será gerado o arquivo IncorporacaoUF.TXT (IncorporacaoPR.TXT, por exemplo). Este arquivo deve ser importado para o programa da GNRE para posterior emissão da guia. GERAÇÃO DE ARQUIVO PARA GIA-ST Em Módulos\ Geração de Arquivos, criada a rotina GIA ST. Nesta rotina pode ser gerado o arquivo para a GIA de Substituição Tributária. Na tela, deve ser informado mês/ano, selecionada a UF e o diretório de geração. Será gerado o arquivo GIAST02UF.TXT (GIAST02PR.TXT, por exemplo). Este arquivo deve ser importado para o programa GIA de Substituição Tributária. GERAÇÃO DOS REGISTROS DE ST NO SPED Em Módulos\ Geração de Arquivos\ Escrituração Fiscal Digital, alterado para gerar os registros referentes a ICMS ST. Os novos registros gerados são:

9 Registro 0015: Dados do Contribuinte Substituto (um registro para cada inscrição auxiliar + a do próprio estabelecimento); Registro E200: Período da Apuração do ICMS ST (um registro para cada inscrição auxiliar + a do próprio estabelecimento); Registro E210: Apuração do ICMS ST (um registro para cada inscrição auxiliar + a do próprio estabelecimento); Registro E220: Ajuste/Benefícios/Incentivo da Apuração do ICMS ST (um registro para cada inscrição auxiliar + a do próprio estabelecimento, caso haja lançamentos em detalhamento de ICMS/IPI); Registro E250: Obrigações do ICMS ST a Recolher (um registro para cada inscrição auxiliar + a do próprio estabelecimento, caso haja imposto a recolher).

Manual de documento de arrecadação GNRE

Manual de documento de arrecadação GNRE Manual de documento de arrecadação GNRE Sumário 1. Códigos de receita ICMS... 3 1.1. Cadastro dos códigos de receita... 3 1.2. Consultando a tabela de códigos de receita ICMS... 4 2. Documento de arrecadação...

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA RODOVIÁRIAS Quadro 13 - UF: ACRE Ano de 211 82 5 6 8 9 5 3 14 4 11 9 4 4 63 2 4 7 6 6 9 4 8 4 4 3 6 68 4 2 8 3 1 8 4 9 2 6 7 5 63 3 6 3 2 13 9 8 7 5 1 5 1 67 4 2 9 6 8 5 5 7 6 6 4 5 85 3 7 1 1 4 7 9 6

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 0 0,00 0 0 0 0,00 Rondônia

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS

Leia mais

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014

LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N o 1.300, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013. ANEXO III À PORTARIA SEFAZ N o 1.859 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009 LEIAUTE ARQUIVO TEXTO DIF ELETRÔNICO - VERSÃO 2014 1. DADOS TÉCNICOS DE

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA -

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

DIFAL e Partilha do ICMS

DIFAL e Partilha do ICMS DIFAL e Partilha do ICMS 1 Índice 1. 2. LEGISLAÇÃO NACIONAL... 4 EMENTA CONSTITUCIONAL 87/2015... 5 3. RESPONSABILIDADE PELO RECOLHIMENTO DO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS... 6 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

Leia mais

BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFOMATIVO PARA REVENDAS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇAO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS CRH 2.82a Protocolo 87504 1) O reajuste salarial será calculado corretamente mesmo quando o

Leia mais

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009)

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) População Ocupada 5 a 17 anos 2008 Taxa de Ocupação 2008 Posição no Ranking 2008 População Ocupada 5 a 17

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento

ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento ICMS - Tabela - Pagamento do Imposto - Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) Formas de Preenchimento Este procedimento dispõe sobre os requisitos necessários para a emissão da GNRE

Leia mais

FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS TRANSPORTES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS TRANSPORTES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DO ARMAZENAMENTO E ATIVIDADES AUXILIARES DOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos Unidades da Federação 1980 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT Revisado em 03/12/2013 MANUAL DOS APLICATIVOS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

: 06/01/2015 Data da revisão : 06/02/15 Banco(s) de Dados

: 06/01/2015 Data da revisão : 06/02/15 Banco(s) de Dados Produto : Data da criação SPED Fiscal Registro 1900 País(es) : Brasil Datasul, Módulo Layout Fiscal, MLF, EMS206B, TOTVS12 Chamado : TQRBOD/TQRBTU : 06/01/2015 Data da revisão : 06/02/15 Banco(s) de Dados

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO

Leia mais

Boletim Informativo. Junho de 2015

Boletim Informativo. Junho de 2015 Boletim Informativo Junho de 2015 Extrato Geral Brasil 1 EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 227.679.854 ha 57,27% Número de Imóveis cadastrados: 1.727.660 Observações: Dados obtidos do Sistema de Cadastro

Leia mais

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 Entendendo o Negócio: Substituição Tributária (ST) é um tributo criado e implementado pelas Unidades da Federação antes do advento da atual Constituição Federal,

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOVA GIA-ST NOVIDADES 11/06/2012

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOVA GIA-ST NOVIDADES 11/06/2012 INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOVA GIA-ST Atualizado em: 11.06.2012 06.01.2012 21.03.2011 NOVIDADES 11/06/2012 - acrescentado item 1.5. que será selecionado pelos contribuintes que operem com combustíveis

Leia mais

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Boletim Informativo Maio de 2015 * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Extrato Geral Brasil EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 212.920.419 ha 53,56 % Número de Imóveis cadastrados: 1.530.443

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Receita Federal do Brasil Ricardo Rezende Barbosa nfe@sefaz.pi.gov.br 06 de dezembro de 2007 Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Luiz Antonio Baptista

Leia mais

GIARS Guia de Informação e Apuração de ICMS Rio Grande do Sul

GIARS Guia de Informação e Apuração de ICMS Rio Grande do Sul GIARS Guia de Informação e Apuração de ICMS Rio Grande do Sul Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 10/01/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TDRRZL

Leia mais

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2 Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba Escrita Fiscal... 08 Responsável... 09 Responsável pela Contabilidade... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI...

Leia mais

<< Roteiro de Procedimentos >>

<< Roteiro de Procedimentos >> > As ferramentas apresentadas a seguir, permitirão aos usuários do sistema Avance Retguarda, a partir da versão 8.4, o lançamento e manutenção de todas as informações necessárias

Leia mais

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Total de profissionais, independentemente da escolaridade 2003 2007 2008 Professores da Ed Básica (públicas não

Leia mais

FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE TRANSPORTES TERRESTRE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.108A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.108A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA - DIAT GERÊNCIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÕES TRIBUTÁRIAS - GESIT Atualizado em 03/04/14 MANUAL DOS APLICATIVOS: SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

Figura 1: Distribuição de CAPS no Brasil, 25. RORAIMA AMAPÁ AMAZONAS PARÁ MARANHÃO CEARÁ RIO GRANDE DO NORTE PAIUÍ PERNAMBUCO ACRE ALAGOAS SERGIPE TOCANTINS RONDÔNIA PARAÍBA BAHIA MATO GROSSO DISTRITO

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária

Parecer Consultoria Tributária Questão O cliente, no ramo de atividade industrial no segmento de produtos elétricos para profissionais de beleza, sediado em São Paulo, informa que na emissão da nota fiscal complementar de ICMS em sua

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE Criada a rotina de Plano de Assistência a Saúde. Esta rotina irá possibilitar gerar a DIRF com valores descontados

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS O Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais GNRE é um documento para operações de vendas que são feitas para fora do estado de produção do produto, sujeitas à substituição

Leia mais

http://www.econeteditora.com.br/bdi/ats/12/ato_cotepe_icms_009_2012.php

http://www.econeteditora.com.br/bdi/ats/12/ato_cotepe_icms_009_2012.php Página 1 de 6 ATO COTEPE/ICMS Nº 009, DE 13 DE MARÇO DE 2012 (DOU de 22.03.2012) Estabelece a disciplina relativa à utilização pelo contribuinte do Sistema de Autenticação e Transmissão de Cupom Fiscal

Leia mais

A EMENDA CONSTITUCIONAL 87 E PARTILHA DO ICMS ENTRE OS ESTADOS O QUE VAI MUDAR PARA SUA EMPRESA

A EMENDA CONSTITUCIONAL 87 E PARTILHA DO ICMS ENTRE OS ESTADOS O QUE VAI MUDAR PARA SUA EMPRESA Meus Caros, A EMENDA CONSTITUCIONAL 87 E PARTILHA DO ICMS ENTRE OS ESTADOS O QUE VAI MUDAR PARA SUA EMPRESA Fizemos esse manual no formato - perguntas e respostas- com o objeto de ajudá-lo na emissão de

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 29 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 29 E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS,

Leia mais

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração... Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...3 2.1.2.Contabilização de Notas Fiscais...4 2.1.3.Agrupamento...4

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. Anexo II Lançamento de Ajustes por documento.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. Anexo II Lançamento de Ajustes por documento. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. Anexo II Lançamento de Ajustes por documento. NF Modelo 1 e 1A, Avulsa, Produtor e NF-e. Este anexo detalha todos os lançamentos de Observações e Ajustes (filhos

Leia mais

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA Goiânia, 01 de março de 2012 Aos clientes Sabre, Novos procedimentos após atualização do sistema para versão 2.1.289.13 Será disponibilizada versão 2.1.289.13, nossos colaboradores deveram realizar cadastro

Leia mais

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA OFICINA DE PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1. OPERAÇÕES INTERNAS 1.1-BASE DE CÁLCULO - OPERAÇÃO INTERNA No RICMS/SP temos as hipóteses de definição da base de cálculo do ICMS-ST

Leia mais

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2 EFD PIS/COFINS SUMÁRIO O que é a EFD PIS/COFINS?...2 A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2 1. Procedimentos Iniciais...2 a) Classificando as Empresas... 3 b) Conferindo os Cadastros que Influenciam

Leia mais

ANEXO 18 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD

ANEXO 18 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ANEXO 18 REVOGADO OS ARTIGOS 1º, 2º, 3º, 4º, 5º, 6º, 7º, 8º e 8º-A pela RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA 10/11 de 14.12.11. Alteração: Resolução Administrativa nº 03/2015 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD Acrescentado

Leia mais

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atividades Sujeitas ao Regime. Julho 2010. Apoio: Elaborado por:

Palestra. ICMS - Substituição Tributária - Atividades Sujeitas ao Regime. Julho 2010. Apoio: Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 Tributos incluídos no Simples Nacional Brasília 19 de setembro de 2013 ROTEIRO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS

Leia mais

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS TRÊS TIPOS DE DIFERENCIAIS (não confunda!!!) 1 Diferencial clássico 2 Diferencial S.T. 3 Diferencial nas

Leia mais

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Estado Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins Maranhão Piauí Ceará Rio Grande do Norte

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA APURAÇÃO DO ICMS. 1. APRESENTAÇÃO. 2. PREPARAÇÃO PARA A GERAÇÃO DOS REGISTROS. 2.1. Tabela de Ajuste da Apuração e Dedução. 2.2. Tabela

Leia mais

O que é um inventário?

O que é um inventário? Com a chegada do fim de ano e os encerramentos fiscais e contábeis, as empresas fazem o processo de inventário do seu estoque. O que é um inventário? Inventário basicamente é uma lista de bens e materiais

Leia mais

ESTUDO SOBRE IPVA EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO

ESTUDO SOBRE IPVA EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO 1 ESTUDO SOBRE IPVA EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO - O IPVA é o tributo estadual, cuja arrecadação é a segunda mais importante, depois do ICMS; - A estimativa de arrecadação de IPVA (Imposto

Leia mais

: 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14. Banco(s) de Dados

: 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14. Banco(s) de Dados Geração do Arquivo Digital da GIA-MS Produto : Totvs 12 Chamado : TQY767 Data da criação : 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Progress/Oracle/SQL Importante Desenvolvimento

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. (atualizado até 27/09/2013)

ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS. (atualizado até 27/09/2013) ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF 2012 Livros da Apuração do ICMS (atualizado até 27/09/2013) 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...5 2. REQUISITOS GERAIS DA ESCRITURAÇÃO FISCAL...5 2.1 Fonte dos lançamentos...5 2.2 Tempestividade

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400 ORGAO : 33000 - MINISTERIO DA PREVIDENCIA SOCIAL UNIDADE : 33201 - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ANEXO CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP 90420-150 Fone: (51) 3330-4444 Vendas: (51) 9701-2295 SPED FISCAL O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) FISCAL é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série do cliente.

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

Tutorial para emissão de NF-e

Tutorial para emissão de NF-e Tutorial para emissão de NF-e Conteúdo 1.Configuração do Módulo de NF-e... 2 1.1.Códigos Fiscais... 3 1.2.Contas Contábeis... 4 1.3.Conta corrente... 6 2.Emissão de NF-e... 8 2.1.Gerar NF-e... 9 2.2.NF-e

Leia mais

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015 Neste bip Configuração para Contabilização Automática... 1 Vale Transporte... 2 Como Programar Reajuste Salarial... 3 Contabilização da Folha... 4 Configuração para Contabilização Automática O cadastro

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA

ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTUDO SOBRE ARRECADAÇÃO DE IPVA E SUA PROPORCIONALIDADE EM RELAÇÃO À FROTA DE VEÍCULOS E À POPULAÇÃO BRASILEIRA JOÃO ELOI OLENIKE GILBERTO LUIZ DO AMARAL LETÍCIA MARY FERNANDES DO AMARAL FERNANDO STEINBRUCH

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS DISPOSIÇÕES GERAIS CONCEITOS Lei Complementar

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2013 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2013 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA LANÇAMENTO DE UM DOCUMENTO FISCAL. 1. APRESENTAÇÃO. 2. PREPARAÇÃO PARA A GERAÇÃO DOS REGISTROS. 2.1. Classificação Física dos Documentos

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica Emissão de Nota Fiscal Eletrônica DANFE - Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica. É um documento que serve para acobertar a circulação da mercadoria. Impresso em via única; Validade em meio digital

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2014 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2014 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF-PE

SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF-PE SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO FISCAL - SEF-PE O arquivo digital do Sistema de Escrituração Fiscal (SEF) deve ser declarado pelos contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes do Estado de Pernambuco CACEPE,

Leia mais

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED No validador SPED poderão ocorrer erros e/ou advertências ao importar o arquivo. As advertências não impedem a transmissão do arquivo, no entanto é importante analisar e corrigir as informações. Os erros

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE SUPERMERCADOS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD 1 - Informações referentes à Escrituração Fiscal Digital EFD A Escrituração Fiscal Digital é um dos módulos do um sistema púbico

Leia mais

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES

AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES AQUISIÇÕES INTERESTADUAIS INSTRUTORA: VALÉRIA PERES 1 Entradas de mercadorias de outros Estados sujeitas ao regime da substituição tributária no Rio Grande do Sul ( ICMS ST pago na Entrada ) Procedimentos

Leia mais

Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL

Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL 1 Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse dos

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR DA NOTA FISCAL SPED

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR DA NOTA FISCAL SPED 1 INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR DA NOTA FISCAL SPED O Presente documento tem como objetivo, orientar o preenchimento das informações complementares de Nota Fiscal, para atender ao SPED Fiscal ICMS/IPI e seus

Leia mais

Sistema Nota Fiscal Eletrônica

Sistema Nota Fiscal Eletrônica Fiscal eletrônica Sistema Fiscal Eletrônica Técnica 2013/007 Apresenta o novo ambiente de autorização de contingência do Sistema NF-e e disciplina a sua forma de uso pelas empresas: SVC - SEFAZ VIRTUAL

Leia mais

ALTERAÇÕES NA SISTEMÁTICA DE COBRANÇA DO ICMS

ALTERAÇÕES NA SISTEMÁTICA DE COBRANÇA DO ICMS ALTERAÇÕES NA SISTEMÁTICA DE COBRANÇA DO ICMS LEGISLAÇÕES Emenda Constitucional 87/2015-17 de Abril de 2015; Lei nº 15.856/2015-03 de Julho de 2015; Convênio de ICMS 93/2015-21 de Setembro de 2015; Decreto

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

1. Alterações no Menu de Acesso do Gerenciador de Sistemas

1. Alterações no Menu de Acesso do Gerenciador de Sistemas BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO CONTROLE DE PERMISSÕES DE ACESSO No Gerenciador de Sistemas, efetuadas alterações na forma de permissão de acesso às empresas, às rotinas dos módulos e acesso ao cadastro de

Leia mais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Manual Prático do MerchSintegra

Manual Prático do MerchSintegra Manual Prático do MerchSintegra Bento Gonçalves Setembro de 2010 Índice 1. Introdução... 3 2. O MerchSintegra... 4 2.1. Configurador... 4 2.2. Inconsistências... 16 2.2.1. Gerar Nota Entrada... 16 2.2.2.

Leia mais

DCIP-SC Declaração de Créditos Informados Previamente

DCIP-SC Declaração de Créditos Informados Previamente DCIP-SC Declaração de Créditos Informados Previamente Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 16/02/2012 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TEONYZ,

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Antecipação Tributária Total (ICMS-ST) Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais versão 10 Data da publicação : 27/03/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TDVAQ2, TEAOAS, TENABK,

Leia mais

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. Entendendo o Negócio: O Sistema Siagri Agribusiness já permitia a inclusão de notas fiscais de prestação de serviço com retenções de impostos, porém,

Leia mais

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012 Contas Regionais do Brasil 2012 (continua) Brasil Agropecuária 5,3 Indústria 26,0 Indústria extrativa 4,3 Indústria de transformação 13,0 Construção civil 5,7 Produção e distribuição de eletricidade e

Leia mais