Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont"

Transcrição

1 Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias aba Básico, na empresa que terá a integração dos sistemas Efiscal e Telecont, informe na opção Folhamatic Office, as opções CONTABILIDADE e EFISCAL, conforme imagem abaixo:

2 Atualizado em Maio/2008 Pág 2/36 CADASTRO DE EMPRESAS ABA EFISCAL Depois acesse a aba Efiscal da empresa, na opção INTEGRAÇÃO COM O TELECONT, conforme imagem abaixo: Preencha os campos: - Cód. Empresa Informe o número da empresa no Sistema Telecont Obs: Caso queira integrar movimentações de uma filial do Efiscal na matriz do Telecont, deve informar neste campo no cadastro da filial, o número da matriz. Ex: Matriz (0001) e Filial (0002), no cadastro Efiscal da filial, informar no campo Cód. Empresa, o número da matriz (0001).

3 Atualizado em Maio/2008 Pág 3/36 - Configuração: Específica: Selecione esta opção para criar a integração contábil somente para a empresa que está sendo configurada, ao utilizar está opção no Menu Arquivos - Empresas Usuárias Efiscal - campo: Cliente/Fornecedor deve estar selecionado Específico, ou seja, para integrar cliente por cliente, fornecedor por fornecedor na contabilidade. Genérica: Selecione esta opção quando for criar uma mesma integração contábil para várias empresas, ao utilizar está opção no Menu Arquivos - Empresas Usuárias Efiscal - campo: Cliente/fornecedor deve estar selecionado Genérica. Neste caso, todas as empresas que estiverem como genérica, terão acesso as mesmas configurações de integração. - On Line: Selecione esta opção caso queira integrar para a contabilidade no momento em que estiver gravando a nota no Sistema Efiscal. Deixando está opção desabilitada, efetue a exportação das notas de uma só vez pelo Menu Diversos - Exportação de Notas para Contabilidade.

4 Atualizado em Maio/2008 Pág 4/36 SISTEMA TELECONT Ative a empresa no mês/ano que vai iniciar a contabilidade no sistema Telecont Acesse Menu Diversos Cópia do Plano de Contas Padrão, conforme imagem ao lado, para que o sistema crie um plano de contas padrão para ser utilizado pela empresa, depois configure este plano de contas de acordo com sua necessidade.

5 Atualizado em Maio/2008 Pág 5/36 Para configurar o Plano de contas ou criar seu próprio Plano de Contas, acesse menu Arquivos Plano Contábil, conforme a primeira opção da imagem ao lado: OBS: Para integrar cliente por cliente ou fornecedor por fornecedor, cadastre todos os cliente e fornecedores neste plano de contas, antes de cadastrar no sistema Efiscal, pois não existe opção nos sistemas para que os clientes/fornecedores cadastrados no sistema Efiscal sejam cadastrados automaticamente no sistema Telecont Depois acesse menu Arquivos Históricos, para criar os históricos que serão utilizados por esta empresa, conforme segunda opção da imagem ao lado:

6 Atualizado em Maio/2008 Pág 6/36 SISTEMA EFISCAL Ative a empresa no mês/ano que deseja criar a integração. CADASTRO DE TIPOS DE CONTAS REDUZIDAS Processo desenvolvido, pois a tela de cadastro para clientes/fornecedores do Sistema Efiscal é única, e desta forma há opção de informar várias contas contábeis reduzidas para o mesmo CNPJ, tendo como identificação o campo <Tipo>. Acesse menu Arquivos Integração Contabilidade Tipos de contas reduzidas, será demonstrada a imagem abaixo: O sistema já traz cadastrados alguns tipos de contas padrão do número: 00 ao 04, onde: <00 - Conta Reduzida>, <01 - Cliente>, < 02 - Fornecedor>, <03 - Devolução de Compra> e <04 - Devolução de Venda>, não permitindo serem alterados nem excluídos, com opção para incluir novas contas. O

7 Atualizado em Maio/2008 Pág 7/36 Os códigos já cadastrados tem as funções: 00 <Conta Reduzida> - Utilizando este código no Menu Arquivos Integração Contabilidade- Notas Fiscais de Entradas e Saídas, e Notas Fiscais de Serviços, nos campos Débito/Crédito, o campo conta reduzida ficará habilitado para informar a conta reduzida cadastrada no Sistema Telecont. 01 <Cliente> - Utilizando este código no Menu Arquivos Integração Contabilidade- Notas Fiscais de Entradas e Saídas, e Notas Fiscais de Serviços, nos campos Débito/Crédito, o campo conta reduzida ficará desabilitado, esta conta reduzida deve ser informada no cadastro de clientes e fornecedores. No lançamento da nota fiscal o Sistema fará uma validação pelo CNPJ cadastrado no Menu Arquivos Cadastros Cliente/Fornecedor, buscando assim a conta reduzida deste CNPJ do tipo <Cliente>. Utilize este código, quando for integrar nota a nota e CNPJ por CNPJ. 02 <Fornecedor> - Utilizando este código no Menu Arquivos Integração Contabilidade- Notas Fiscais de Entradas e Saídas, e Notas Fiscais de Serviços, nos campos Débito/Crédito, o campo conta reduzida ficará desabilitado, esta conta reduzida deve ser informada no cadastro de clientes e fornecedores. No lançamento da nota fiscal o Sistema fará uma validação pelo CNPJ cadastrado no Menu Arquivos Cadastros Cliente/Fornecedor, buscando assim a conta reduzida deste CNPJ do tipo <Fornecedor>. Utilize este código, quando for integrar nota a nota e CNPJ por CNPJ. 03 <Devolução de Compra> - Utilizando este código no Menu Arquivos Integração Contabilidade- Notas Fiscais de Entradas e Saídas, e Notas Fiscais de Serviços, nos campos Débito/Crédito, o campo conta reduzida ficará desabilitado, esta conta reduzida deve ser informada no cadastro de clientes e fornecedores. No lançamento da nota fiscal o Sistema fará uma validação pelo CNPJ cadastrado no Menu Arquivos Cadastros Cliente/Fornecedor, buscando assim a conta reduzida deste CNPJ do tipo <Devolução de Compra>. Utilize este código, quando for integrar nota a nota e CNPJ por CNPJ. 04 <Devolução de Vendas> - Utilizando este código no Menu Arquivos Integração Contabilidade- Notas Fiscais de Entradas e Saídas, e Notas Fiscais de Serviços, nos campos Débito/Crédito, o campo conta reduzida ficará desabilitado, esta conta reduzida deve ser informada no cadastro de clientes e fornecedores. No lançamento da nota fiscal o Sistema fará uma validação pelo CNPJ cadastrado no Menu Arquivos Cadastros Cliente/Fornecedor, buscando assim a conta reduzida deste CNPJ do tipo <Devolução de Vendas>.Utilize este código, quando for integrar nota a nota e CNPJ por CNPJ. Obs: Caso tenha que inserir um novo tipo de conta reduzida. Exemplo: Consignação Clique em <Novo> e cadastre esta conta utilizando o código: 05 (por exemplo) após inserir o código, informe a Descrição e clique em <Gravar>. Verifique as contas cadastradas utilizando os botões: <Primeiro- Anterior- Próximo-Último> ou utilizando a aba <Pesquisa>, que pode ser efetuada por código ou descrição. Após pesquisar, clique na aba <Cadastro> para trazer a informação para tela principal. Os botões <Alterar e Excluir> serão utilizados somente para novas contas cadastradas.

8 Atualizado em Maio/2008 Pág 8/36 CADASTRO DE CFOP + C.I.PARA NOTAS FISCAIS DE ENTRADAS/SAÍDAS Acesse menu Arquivos Integração Contabilidade Notas fiscais de Entrada e Saída, será demonstrada a imagem abaixo: Utilize está opção para cadastrar a configuração de integração contabilidade, das notas fiscais de Entradas e Saídas. Ao acessar pela primeira vez esta opção, será apresentada a mensagem:

9 Atualizado em Maio/2008 Pág 9/36 Esta mensagem é demonstra quando a Configuração cadastrada no Menu Arquivos Empresas Usuárias Efiscal campo Integração com Telecont, estiver seleciona como: Específica: será demonstrada no primeiro acesso de todas as empresas cadastradas desta forma, pois o cadastro é utilizado somente para empresa ativa. Genérica: será demonstrada somente uma vez, no primeiro acesso da primeira empresa que for efetuar a configuração, pois este cadastro é utilizado por todas as empresas cadastradas com está opção, portanto o sistema assume automaticamente as mesmas configurações criadas na primeira empresa genérica. Ao clicar em Ok o sistema abrirá a tela para iniciar o cadastro da integração contabilidade. Dados para Exportação: Exportar para Contabilidade no campo Complemento do Histórico. - Nome do Fornecedor/Cliente. - CNPJ Fornecedor/Cliente. Selecione estes campos caso queira que estas informações sejam exportadas para o Sistema Telecont, na digitação de movimentos no campo: <complementos do histórico> e nos relatórios <Razão e Diário>. Clique no botão <Novo> para iniciar a configuração contábil: Campo CFOP: Informe o código fiscal de operações e prestações, ao digitar o CFOP o sistema traz automaticamente sua descrição. Campo Cód. Int.: Informe um código de integração utilizando dois dígitos para que seja à base dessa integração, este campo é alfanumérico, ou seja, aceita letras e números, de escolha do cliente. Obs: Podem-se criar vários códigos de integração para o mesmo CFOP, utilizando contas contábeis diferentes, para isso basta diferenciar o <C.I.>(código de integração), para que a integração seja feita corretamente será necessária à criação de códigos de integração para lançamentos à vista e a prazo. Ex: 1.101= <C.I.> 01 Compra a prazo e 1.101= <C.I.> 02 Compra à vista. Da mesma forma que pode-se utilizar o mesmo código de integração para outros CFOP's. Ex: = <C.I.> 01 Compra p/ Industrialização e = <C.I.> 01 Compra p/ Comercialização. Importante: 1) Quando é feita a importação geral do Sistema Efiscal Dos para Efiscal Windows referente à integração contábil, o sistema traz primeiramente as integrações que antes foram criadas conforme <CFOP e C. I> a prazo, depois cria uma nova integração para as contas à vista <caixa>, criando automaticamente no campo <C. I> conforme número disponível no sistema, porém não existirá mais as contas sintéticas. 2) Se optar por fazer a integração com a contabilidade, e também a integração com o livro caixa, o C.I. (Código de integração) criado deve ser o mesmo, pois no lançamento das notas fiscais só é aceito um código de integração. 3) Para integração online, se em algum lançamento de nota fiscal, não for informado o <C. I>, esse lançamento não será integrado com a contabilidade e o sistema apresenta uma mensagem especificando o número da nota fiscal, a série, sub-série, CFOP e o C.I. referente à nota fiscal não integrada. Campo Descrição: Informe para discriminar a configuração que está sendo cadastrada. Está informação será demonstrada no relatório: No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas> Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos:

10 Atualizado em Maio/2008 Pág 10/36 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas>. Botão Copiar: O sistema habilita este item somente quando ativa a empresa em 12/2002 e encontra configuração de integração contábil com CFOP antigo (3 dígitos). Ao clicar em < copiar > o sistema abre uma tela para que seja copiado. Ex: CFOP antigo (1.11) para CFOP novo (1.101), selecione o CFOP, verifique se o código de integração está correto e clique em copiar. Pode-se fazer pesquisa da integração criada através dos botões: <Primeiro Anterior Próximo - Último>. Após ter criado e gravado uma configuração e queira apagá-lo, selecione o botão <Excluir>. Aba ICMS: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CFOP, CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do ICMS. Após inserir as informações clique em <gravar>. Obs: Quando é feita a importação geral do Dos para Windows referente à integração contábil, o sistema traz primeiramente as integrações que foram criadas conforme <CFOP e C. I> a prazo, depois cria automaticamente uma nova integração para as contas à vista <caixa>, criando no campo <C.I> conforme número disponível no sistema, porém não existirá mais as contas sintéticas, as configurações de ICMS/IPI continuaram as mesmas. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (ICMS) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do ICMS não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. Aba IPI: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CFOP, CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do IPI. Após inserir as informações clique em <gravar>.

11 Atualizado em Maio/2008 Pág 11/36 Obs: Quando é feita a importação geral do Dos para Windows referente à integração contábil, o sistema traz primeiramente as integrações que foram criadas conforme <CFOP e C. I> a prazo, depois cria automaticamente uma nova integração para as contas à vista <caixa>, criando no campo <C.I> conforme número disponível no sistema, porém não existirá mais as contas sintéticas, as configurações de ICMS/IPI continuaram as mesmas. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (IPI) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do IPI não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. Impostos Retidos Saídas: A partir da versão 2.40 release 0002, é possível integrar com a contabilidade os impostos retidos PIS, COFINS, CSLL e IRRF das notas de saídas. Para integração On Line e também para a exportação Off Line. Atenção: Está em desenvolvimento a integração com a contabilidade das deduções e compensações dos impostos federais e também está sendo alterada a integração dos valores dos impostos PIS, COFINS, CSLL e IRPJ, onde será incluído no botão Impostos Federais, opções para exportá-los pelo valor a pagar ou pelo valor bruto. Enquanto a alteração acima não for disponibilizada, alertamos que no momento os impostos federais são exportados pelo valor a pagar, ou seja, já deduzidos os valores dos impostos retidos e as deduções, portanto, após a exportação dos valores dos impostos retidos conforme disponibilizados nesta versão, será necessário fazer um ajuste nos lançamentos contábeis do valor dos impostos federais para que fiquem corretos. Exemplo: PIS= 150,00 (-) Deduções= 20,00 (-) PIS RET= 30,00 PIS a Pagar= 100,00 Na exportação deste imposto PIS, será levado 100,00 e na exportação do imposto retido (PIS Ret.) será levado 30,00, portanto, na contabilidade o resultado deste imposto a pagar ficará 70,00, ou seja, será deduzido o valor do imposto retido duas vezes, por isso, neste caso deve ser ajustado o valor deste imposto na contabilidade, alterando o valor de 100,00 para 150,00, e neste exemplo também deve ser lançado manualmente o valor das deduções de 20,00. Importante: O sistema contabilizará o valor dos impostos retidos PIS, COFINS e CSLL conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de Retidos: - PIS - Data para Compensação 10/01/ valor 150,00 - COFINS - Data para Compensação 10/01/ valor 200,00 - CSLL - Data para Compensação 10/01/ valor 300,00 - PIS - Data para Compensação 10/02/ valor 50,00 - COFINS - Data para Compensação 10/02/ valor 70,00 - CSLL - Data para Compensação 10/02/ valor 40,00

12 Atualizado em Maio/2008 Pág 12/36 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 150,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/01/2007 de 200,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/01/2007 de 300,00 referente a CSLL Um lançamento em 10/02/2007 de 50,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/02/2007 de 70,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/02/2007 de 40,00 referente a CSLL OBS: O valor de IRRF sempre será contabilizado conforme a data de saída da nota. Aba IRRF Utilize para efetuar a configuração referente ao valor do IRRF Clique no botão <Novo> para iniciar a configuração contábil dos Impostos Retidos Saídas: Campo C.I: Informe um código de integração utilizando dois dígitos para que seja à base dessa integração, este campo é alfanumérico, ou seja, aceita letras e números, de escolha do cliente. Campo Descrição: Informe para discriminar a configuração que está sendo cadastrada. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas e Listagem dos Códigos de Integração Contábil>. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas e Listagem dos Códigos de Integração Contábil>. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (IRRF) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do IRRF não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK.

13 Atualizado em Maio/2008 Pág 13/36 OBS: O valor de IRRF sempre será contabilizado conforme a data de saída da nota. Aba PIS Ret. - Ao clicar nesta opção o sistema traz preenchido automaticamente os campos: (Cód. Int. e Descrição). Clique no botão <Alterar> para iniciar a configuração referente o valor do PIS Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas e Listagem dos Códigos de Integração Contábil>. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (PIS Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do PIS Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de PIS Retido: - PIS - Data para Compensação 10/01/ valor 150,00 - PIS - Data para Compensação 10/02/ valor 50,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 150,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/02/2007 de 50,00 referente ao PIS Aba COFINS Ret. - Ao clicar nesta opção o sistema traz preenchido automaticamente os campos: (Cód. Int. e Descrição). Clique no botão <Alterar> para iniciar a configuração referente o valor do Cofins Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos:

14 Atualizado em Maio/2008 Pág 14/36 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas e Listagem dos Códigos de Integração Contábil>. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (COFINS Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do COFINS Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de COFINS Retido: - COFINS - Data para Compensação 10/01/ valor 200,00 - COFINS - Data para Compensação 10/02/ valor 70,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 200,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/02/2007 de 70,00 referente a COFINS Aba CSLL Ret. - Ao clicar nesta opção o sistema traz preenchido automaticamente os campos: (Cód. Int. e Descrição). Clique no botão <Alterar> para iniciar a configuração referente o valor do CSLL Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição.

15 Atualizado em Maio/2008 Pág 15/36 Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Entradas/Saídas e Listagem dos Códigos de Integração Contábil>. Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (CSLL Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do CSLL Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de COFINS Retido: - CSLL - Data para Compensação 10/01/ valor 300,00 - CSLL - Data para Compensação 10/02/ valor 40,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 300,00 referente a CSLL Um lançamento em 10/02/2007 de 40,00 referente a CSLL

16 Atualizado em Maio/2008 Pág 16/36 CADASTRO DE C.I.PARA NOTAS FISCAIS DE SERVIÇOS Acesse menu Arquivos Integração Contabilidade Notas fiscais de Serviços, será demonstrada a imagem abaixo: Utilize está opção para cadastrar a configuração de integração contabilidade, das notas fiscais de Serviços. O sistema abrirá a tela para iniciar o cadastro da integração contabilidade. Dados para Exportação: Exportar para Contabilidade no campo Complemento do Histórico. - Nome do Fornecedor/Cliente. - CNPJ Fornecedor/Cliente. Selecione estes campos caso queira que estas informações sejam exportadas para o Sistema Telecont, na digitação de movimentos no campo: <complementos do histórico> e nos relatórios <Razão e Diário>. Clique no botão <Novo> para iniciar a configuração contábil: Campo Cód. Int.: Informe um código de integração utilizando três dígitos para que seja à base dessa integração, este campo é alfanumérico, ou seja, aceita letras e números, de escolha do cliente. Campo Descrição: Informe para discriminar a configuração que está sendo cadastrada. Está informação será demonstrada no relatório: No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida>

17 Atualizado em Maio/2008 Pág 17/36 Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços>. Aba ISS: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do ISS. Após inserir as informações clique em <gravar>. Caso deixe este campo sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar esta tela o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (ISS) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do ISS não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. Aba Imposto de Renda na Fonte: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do ISS. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios:

18 Atualizado em Maio/2008 Pág 18/36 No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (Imposto de Renda na Fonte) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do Imposto de Renda na Fonte não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O valor do Imposto de Renda Retido na Fonte sempre será contabilizado conforme a data de saída da nota. Aba Retenção para Seguridade Social: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor da Retenção para Seguridade Social. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (Retenção para Seguridade Social) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do Retenção para Seguridade Social não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK.

19 Atualizado em Maio/2008 Pág 19/36 OBS: O valor da Retenção para Seguridade Social sempre será contabilizado conforme a data de saída da nota. Impostos Retidos Serviços: A partir da versão 2.40 release 0002, é possível integrar com a contabilidade os impostos retidos PIS, COFINS, CSLL, IRRF e ISS Retido das notas de serviços. Para integração On Line e também para a exportação Off Line. Atenção: Está em desenvolvimento a integração com a contabilidade das deduções e compensações dos impostos federais e também está sendo alterada a integração dos valores dos impostos PIS, COFINS, CSLL e IRPJ, onde será incluído no botão Impostos Federais, opções para exportá-los pelo valor a pagar ou pelo valor bruto. Enquanto a alteração acima não for disponibilizada, alertamos que no momento os impostos federais são exportados pelo valor a pagar, ou seja, já deduzidos os valores dos impostos retidos e as deduções, portanto, após a exportação dos valores dos impostos retidos conforme disponibilizados nesta versão, será necessário fazer um ajuste nos lançamentos contábeis do valor dos impostos federais para que fiquem corretos. Exemplo: PIS= 150,00 (-) Deduções= 20,00 (-) PIS RET= 30,00 PIS a Pagar= 100,00 Na exportação deste imposto PIS, será levado 100,00 e na exportação do imposto retido (PIS Ret.) será levado 30,00, portanto, na contabilidade o resultado deste imposto a pagar ficará 70,00, ou seja, será deduzido o valor do imposto retido duas vezes, por isso, neste caso deve ser ajustado o valor deste imposto na contabilidade, alterando o valor de 100,00 para 150,00, e neste exemplo também deve ser lançado manualmente o valor das deduções de 20,00. Importante: O sistema contabilizará o valor dos impostos retidos PIS, COFINS e CSLL conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de Retido - PIS - Data para Compensação 10/01/ valor 150,00 - COFINS - Data para Compensação 10/01/ valor 200,00 - CSLL - Data para Compensação 10/01/ valor 300,00 - PIS - Data para Compensação 10/02/ valor 50,00 - COFINS - Data para Compensação 10/02/ valor 70,00 - CSLL - Data para Compensação 10/02/ valor 40,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 150,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/01/2007 de 200,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/01/2007 de 300,00 referente a CSLL Um lançamento em 10/02/2007 de 50,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/02/2007 de 70,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/02/2007 de 40,00 referente a CSLL OBS: Os valores de IRRF, Retenção para Seguridade Social e ISS retido sempre serão contabilizados conforme a data de emissão da nota.

20 Atualizado em Maio/2008 Pág 20/36 Aba ISS Ret.: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do ISS Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (ISS Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do ISS Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O valor de ISS Retido sempre será contabilizado conforme a data de saída da nota. Aba PIS Ret.: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do PIS Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente.

21 Atualizado em Maio/2008 Pág 21/36 Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (PIS Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do PIS Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de PIS Retido: - PIS - Data para Compensação 10/01/ valor 150,00 - PIS - Data para Compensação 10/02/ valor 50,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 150,00 referente ao PIS Um lançamento em 10/02/2007 de 50,00 referente ao PIS Aba COFINS Ret.: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor do Cofins Retido. Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços>

22 Atualizado em Maio/2008 Pág 22/36 Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (COFINS Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do COFINS Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de COFINS Retido: - COFINS - Data para Compensação 10/01/ valor 200,00 - COFINS - Data para Compensação 10/02/ valor 70,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 200,00 referente a COFINS Um lançamento em 10/02/2007 de 70,00 referente a COFINS Aba CSLL Ret.: Neste item o sistema abre uma tela onde trará automaticamente o CI e Descrição. Clique em <alterar> para configurar o número da conta reduzida a ser debitada e creditada e histórico referente o valor da CSLL Retida Campo Débito/Crédito: Separado em 2 campos: 1º campo <Tipos de Contas Reduzidas> 2º campo <Número da Conta Reduzida> Conforme a opção selecionada no 1º Campo, será habilitado ou não o 2º campo, conforme abaixo: <00 - Conta Reduzida> - o sistema habilita o 2º campo para que seja informado o número da conta contábil reduzida, fazendo a verificação se está conta está cadastrada no Plano de Contas do Sistema Telecont, se encontrar a conta cadastrada, demonstrará sua descrição. Selecionando qualquer outro tipo de conta reduzida (<01 Cliente> - <02 Fornecedor> - <03 Devolução Compra> - <04-Devolução Venda>, etc...) - o sistema irá nublar o 2º campo e mostrará a descrição conforme tipo selecionado no 1º campo. No momento de integrar este cliente na contabilidade, o sistema buscará a conta reduzida cadastrada no Menu Arquivos- Cadastros - Clientes/Fornecedores no campo: conta reduzida cadastrada com o Tipo correspondente. Campo Histórico - Informe o número do histórico a ser utilizado conforme cadastro feito no Sistema Telecont, Menu Arquivos Histórico. Está informação será demonstrada nos seguintes relatórios: No Telecont - <Diário e Razão>. No Efiscal - <Listagem dos Códigos de Integração Contábil Serviços> Caso deixe esta aba sem informação nos campos: Débitos-Créditos, ao gravar as informações da aba referente a nota fiscal, por exemplo, o sistema irá emitir seguinte mensagem: Existe(m) ABA(s) sem informação das contas débitos e créditos, sendo assim, o(s) valor(es) referente(s) a esta(s) ABA(s) não será(ão) integrado(s) com a contabilidade (OK). Significa que ao exportar a NF para contabilidade será(ão) integrado somente o valor da(s) aba(s) com o

23 Atualizado em Maio/2008 Pág 23/36 cadastro informado, pois os campos: débito e crédito da ABA (CSLL Ret.) está(ão) sem a informação. Obs: Essa mensagem é apenas um aviso, informando que a Aba referente as informações de integração do CSLL Ret. não foram preenchidas, caso não as tenha, clique em OK. OBS: O sistema contabilizará o valor deste imposto conforme a data informada no botão Impostos Retidos, campo Data para Compensação. Exemplo: Supondo uma NF de 01/01/2007, com os seguintes lançamentos de COFINS Retido: - CSLL - Data para Compensação 10/01/ valor 300,00 - CSLL - Data para Compensação 10/02/ valor 40,00 A contabilização será feita da seguinte maneira: Um lançamento em 10/01/2007 de 300,00 referente a CSLL Um lançamento em 10/02/2007 de 40,00 referente a CSLL LANÇAMENTO DE NOTA FISCAL DE ENTRADAS/SAÍDAS Acesse menu Movimentos NF Entradas e Saídas, será demonstrada a tela abaixo:

24 Atualizado em Maio/2008 Pág 24/36 Os campos que efetuam a integração com o sistema Telecont são: Campo CFOP: Informe o código fiscal de operações e ou prestações Campo C.I. (Código de Integração): Informe o código de integração com a contabilidade com 02 dígitos, conforme criado para as notas de Entradas/Saídas no Menu Arquivos Integração Contabilidade Notas Fiscais de Entradas e Saídas. LANÇAMENTO DE IMPOSTOS RETIDOS SAÍDAS Acesse menu Movimentos NF Entradas e Saídas Saídas Impostos Retidos, será demonstrada a tela abaixo: Campo Cód. Int. Contábil Impostos Retidos: Neste campo deverá ser informado o código de integração (C.I.) conforme a configuração feita no campo Cód. Int. do Menu Arquivos, Integração Contabilidade, Notas Fiscais de Entradas e Saídas, aba Impostos Retidos Saídas. Campo IRRF: Este campo estará separado dos outros impostos retidos, pois existe apenas um valor a ser compensado por nota. Este campo estará sempre habilitado e não terá vínculo com os botões padrões da tela, ou seja, ao acessar a tela de lançamento, o cursor estará posicionado no campo IRRF, não sendo necessário a utilização do botão Novo. Da mesma forma, para alterar ou excluir o valor informado neste campo, não é necessário o uso dos botões Alterar ou Excluir.

25 Atualizado em Maio/2008 Pág 25/36 OBS: Ao sair da tela através do (botão Sair), permanecerão as últimas informações feitas neste campo. A compensação do IRRF será feita no mês/ano da NF, portanto, este campo não utilizará a data informada no campo "Data para Compensação. Campo Base de Calc. Da Retenção Ao clicar no botão <Novo> o sistema trará para este campo o Valor Contábil da nota, podendo ser alterado quando necessário. Através deste valor, o sistema calculará os valores dos campos PIS e COFINS e CSLL retidos na fonte. Campo Data para Compensação: Informe a data que deseja compensar os impostos. Se este campo não for informado, a compensação não será feita. Campo PIS/COFINS e CSLL: Os valores informados nestes campos, serão compensados de acordo com a data informada no campo: mês/ano para compensação. OBS: Ao informar o campo Mês/Ano para Compensação, o sistema irá calcular automaticamente o valor das retenções aplicando sobre o valor do campo "Base Calc. da Retenção" os seguintes percentuais: <PIS: 0,5% > e <COFINS: 2,5%> e <CSLL: 1%>. O sistema permitirá a alteração dos valores, e sempre que esta tela for acessada, se o valor informado for diferente do calculado pelo sistema, será apresentada uma pergunta se deseja recalcular os impostos. Nesta tela será possível informar vários meses e seus respectivos impostos retidos para compensação. Estas informações serão utilizadas no relatório da DIPJ - Demonstr. IRRF - Notas de Saídas e Serviços (ficha 53).

26 Atualizado em Maio/2008 Pág 26/36 LANÇAMENTO DE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS MODELO 51/MODELO 53 Acesse menu Movimentos ISS Modelo 51 ou Modelo 53, será demonstrada esta tela: O campo que efetua a integração com o sistema Telecont é: Campo Cód. Int.: Informe o código de integração com a contabilidade com 03 dígitos, conforme criado para as notas de ISS no Menu Arquivos Integração Contabilidade Notas Fiscais de Serviços.

27 Atualizado em Maio/2008 Pág 27/36 LANÇAMENTO DE IMPOSTOS RETIDOS SERVIÇOS Acesse menu Movimentos ISS Modelo 51 ou Modelo 53 Impostos Retidos, será demonstrada esta tela:

28 Atualizado em Maio/2008 Pág 28/36 TIPOS DE EXPORTAÇÃO PARA O TELECONT ONLINE ocorre no momento de gravar a nota fiscal é exportada para o sistema Telecont automaticamente, ocorre em novos lançamentos ou alteração de lançamento já gravado anteriormente, quando a nota é excluída do sistema Efiscal automaticamente é excluída do sistema Telecont. Para Notas de Entradas e Saídas, se em algum lançamento de nota fiscal, não for informado o <C.I.>, ou for informado um CFOP+CI não cadastrado previamente no menu Arquivos Integração Contabilidade Notas Fiscais de Entrada e Saída, esse lançamento não será integrado com a contabilidade e no momento de gravar a nota fiscal, o sistema apresentará está mensagem abaixo, informando que a nota fiscal não foi integrada com a contabilidade:

29 Atualizado em Maio/2008 Pág 29/36 Para Notas de Serviços modelo 51 ou modelo 53, se em algum lançamento de nota fiscal, não for informado o <C.I.>, ou for informado um C.I. não cadastrado previamente no menu Arquivos Integração Contabilidade Notas Fiscais de Serviços, esse lançamento não será integrado com a contabilidade e no momento de gravar a nota fiscal, o sistema apresentará está mensagem abaixo, informando que a nota fiscal não foi integrada com a contabilidade:

30 Atualizado em Maio/2008 Pág 30/36 EXPORTAÇÃO DE DADOS PARA A CONTABILIDADE (OFF-LINE ou VIA ARQUIVO): É efetuada acessando menu Diversos Exportação de dados para a Contabilidade no sistema Efiscal, é demonstrada a tela abaixo: Exportação de Notas para Contabilidade Utilizada por empresa que fazem integração de notas fiscais com a contabilidade. Período Neste campo informe a data inicial e final, que será feita à exportação, onde o sistema traz padronizado o 1º dia do mês como inicial, e o último dia como final, somente será possível fazer a exportação para contabilidade da movimentação do ano ativo. Isso devido a exportação dos Impostos Federais, onde são realizados alguns cálculos internos e também devido a exportação Via Arquivo, onde o nome do arquivo gerado é o código da empresa.mês e neste caso os meses iguais iriam sobrepor os outros.

31 Atualizado em Maio/2008 Pág 31/36 Exportar Selecionem os tipos de notas que serão exportadas para contabilidade, ENTRADAS SAÍDAS SERVIÇOS - IMPOSTOS FEDERAIS Configurar Exportação: Neste item deve efetuar as configurações para exportação das Notas Fiscais de (Entradas - Saídas e Serviços), selecionando uma das opções: 1- Nota a Nota, Selecione esta opção caso deseja exportar para contabilidade o valor da Nota, ICMS, IPI, nota a nota, o sistema utilizará para exportação as contas cadastradas no menu arquivos\integração contabilidade\nfs de entradas e saídas. 2- Por Totais (Total Único), Selecione esta opção caso deseja exportar para contabilidade o valor da Nota, ICMS, IPI, somente por totais. O sistema habilitará os campos Débito/Crédito- Histórico - Dia e Complemento para que sejam digitadas as contas reduzidas. 3- Não Exportar, Selecione caso não deseja exportar algum dos ítens valor da Nota, ICMS, IPI, para notas de Entradas e Saídas ou valor da Nota - ISS - IRRF e Seg. Social, para notas de Serviços. 4- Por Totais de CFOP e C.I, Selecione caso deseja fazer a exportação das notas agrupando-as Por Totais de CFOP e C.I. O sistema irá habilitar o campo Dia, onde deverá informar o dia que deseja contabilizar os lançamentos. Quanto ao mês e o ano, serão conforme o período que está sendo exportado. Lembrando que se no campo Dia for informado 31, ao exportar os meses em que não existe esse dia, será considerado o último dia do mês. Caso não seja preenchido o campo Dia, o sistema ordenará internamente as notas (referente a cada grupo de CFOP e C.I )segundo a chave da nota e irá contabilizar o lançamento conforme a data da primeira nota ordenada que encontrar. Botão Impostos Federais: Neste item deverão ser configurados obrigatoriamente os dados para exportação dos valores dos impostos PIS, PIS Lucro Real, COFINS, COFINS Lucro Real, IRPJ, CSLL e Simples. IMPORTANTE: Os impostos IRPJ e CSLL serão exportados conforme o cadastro da empresa, campo IRPJ. Se selecionado L. Presumido o valor a ser exportado será correspondente ao trimestre (último mês do trimestre), se selecionado Estimativa o valor exportado será referente ao mês. Na frente de cada uma destas opções estão disponíveis os campos para serem configurados. Se no cadastro da empresa ativa na aba Efiscal, no campo "Integração com Telecont - Configuração" estiver selecionado Genérica, as configurações desta tela serão iguais para todas as empresas que estiverem como genérica, e se no cadastro estiver como Especifica, esta tela será especifica para a empresa. Campo Exportar - Para fazer a exportação dos impostos, selecione este campo, caso contrário deixe-o vazio. O sistema trará este campo vazio como padrão, se necessário altere. Os campos abaixo somente serão habilitados se o campo Exportar estiver selecionado. Campo Débito Informe a conta contábil reduzida que deseja debitar o valor do imposto, a mesma deverá estar cadastrada no plano de contas contábil. Campo Crédito - Informe a conta contábil reduzida que deseja creditar o valor do imposto, a mesma deverá estar cadastrada no plano de contas contábil.

32 Atualizado em Maio/2008 Pág 32/36 Campo Histórico - Informe o histórico, o mesmo deverá estar cadastrado na contabilidade. Campo Dia - Informe o dia que deseja contabilizar o imposto. Obs: O mês e o ano serão considerados conforme período a ser exportado. Se neste campo for informado 31, ao exportar os meses que não existe esse dia, será considerado o último dia do mês. Campo Complemento do Histórico - Informe o texto que deseja exportar para o campo OBS da tela de digitação dos lançamentos contábeis, esta informação será levada para contabilidade nos relatórios Diário e Razão. Caso queira exportar o mês de referência dos impostos para o complemento do histórico na contabilidade sem que seja necessário alterar mensalmente a descrição do campo Complemento do Histórico da tela de exportação. Para isso, configure no campo Complemento do Histórico da tela de exportação a formula: <MES/ANO>, onde neste caso o sistema substituirá essa fórmula pelo mês/ano de referência do imposto. Ex.: Supondo que seja exportado o período de 11/2005 a 12/2005 e no complemento do histórico esteja informado PIS <MES/ANO>. No sistema Telecont, no campo complemento de histórico do mês 11/2005 irá constar PIS 11/2005 e no mês 12/2005, irá constar PIS 12/2005. Obs: Se o campo complemento estiver vazio, na contabilidade também ficará vazio. Campo Exportar os Impostos acima unificando Matriz e Filial(is) - Para exportar os valores dos impostos unificando Matriz e Filial(is), selecione o campo. Este campo somente será habilitado se a empresa for Matriz. O sistema trará este campo vazio como padrão, se necessário altere Campo Exportar valor de imposto menor que R$ 10,00 - O sistema trará como padrão este campo selecionado, porém permitirá alteração. Clicar em Ok para Gravar e depois Sair. Atenção: Permanecerão gravadas na tela os últimos dados informados. Botão Copiar Configurações Através desta tela é possível fazer a cópia da configuração Por Totais feita nos botões Entradas, Saídas, Serviços e Impostos Federais de um empresa para outra. Obs: As empresas que nunca foram ativadas no sistema Telecont, não serão demonstradas nos campos abaixo. Campo Selecione a empresa que fornecerá a configuração- Nesta opção serão apresentadas todas as empresas cadastradas no sistema, onde deverá clicar na empresa que irá fornecer a configuração. Campo Selecione a(s) empresa(s) que receberá(ão) a configuração Nesta opção serão apresentadas todas as empresas cujo campo "Integração com Telecont - Configuração" do cadastro de empresas, esteja selecionado como Especifica. Após selecionar a(s) empresa(s) que receberá(ão) as configurações, clique no botão <Adiciona>, para copiar somente para uma empresa, ou <Adiciona Todas>, caso queira copiar a configuração para todas as empresas da lista.

33 Atualizado em Maio/2008 Pág 33/36 Após inserir uma ou todas as empresas, o sistema habilitará o botão <Remove> e <Remove Todas>. Caso queira retirar empresa da lista que receberá a configuração. Clicar no botão <Copia> e depois <Sair>. Atenção: Por motivos técnicos, não é possível copiar dados para a empresa que estiver ativa no sistema no momento da cópia. Tipo de Exportação Selecione o tipo de exportação a ser efetuada para contabilidade: Off-Line ao selecionar esta opção e clicar em EXPORTAR será enviada automaticamente a movimentação cadastradas para o sistema Telecont. Via Arquivo nesta opção é criado um arquivo que deverá ser importado no sistema Telecont, através do menu Utilitários Importação de Movimentos por Arquivo Texto Quando selecionada a opção Via Arquivo, o sistema fará a geração da movimentação a ser exportada em um arquivo mensal Campo Caminho do Arquivo Este campo somente será habilitado quando a opção Via Arquivo for selecionada. O sistema trará como padrão a pasta \contint, porém permitirá alteração. Se não existir a pasta Contint na unidade onde está instalado o Folhawin, o sistema criará essa pasta automaticamente. Campo Nome do Arquivo Este campo somente será habilitado quando a opção Via Arquivo for selecionada. O nome do arquivo será o (código da empresa ativa).(mês) exemplo: empresa 9999 gerando mês 01/2005, o nome será O sistema permitirá que sejam gerados arquivos de um mês a outro, e se isso ocorrer este campo ficará vazio, pois ao clicar no botão Exportar, será apresentada uma listagem com os nomes dos arquivos gerados. Botão Exportar Ao clicar neste botão o sistema mostra a progressão do processo de exportação, emitindo uma mensagem de Conclusão. Caso ocorra algum erro de importação, após a mensagem de conclusão, o sistema emitirá a seguinte mensagem; Houve(ram) erro(s) durante a exportação de dados, para visualizá-lo(s), clique no botão Visualizar Pendências. Ao clicar em OK, será habilitado os seguintes botões: <Visualizar> e <Imprimir Pendências>. Botão Imprimir Pendências ou Botão Visualizar Pendências - Através deste botão poderá imprimir/visualizar os relatórios com os problemas ocorridos durante o processo de exportação.

34 Atualizado em Maio/2008 Pág 34/36 Ex: Quando não for possível fazer a exportação dos lançamentos Por Totais de CFOP e C.I ou Por Totais de C.I (no caso das NF de Serviços), pelo fato dos lançamentos já terem sido exportados e estarem abertos. Quando houver Notas sem C.I ou C.I inválido: também as notas que não foram exportadas para a contabilidade (referente ao período que está sendo exportado) por estarem sem a informação do C.I ou pelo fato do C.I não estar cadastrado. As notas serão apresentadas independente da forma que estão sendo exportadas (Nota a Nota, Por Total único ou Por total de CFOP-C.I). O sistema permite imprimir a listagem com os erros encontrados em forma de Legenda. Erro:1- Não Foi possível incluir o lançamento na digitação da Contabilidade, pois a mesma esta sendo utilizada. Erro:2- Não foi possível excluir o lançamento da digitação da contabilidade, pois a mesma esta sendo utilizada. Botões Imprimir Exportação ou Botões Visualizar Exportação: Através deste botão, você poderá imprimir/visualizar um relatório contendo todas as Notas Fiscais e Impostos Exportados no período informado, tanto Off - Line como Via Arquivo, contendo as contas Débitos Créditos Históricos - Valor e informações Complementares. Através deste botão, você poderá visualizar um relatório contendo todas as Notas Fiscais e Impostos Exportados no período informado, tanto Off - Line como Via Arquivo, contendo as contas Débitos Créditos Históricos - Valor e informações Complementares. Este relatório da ultima exportação também pode ser visualizado no sistema Efiscal, menu Relatórios Listagem da última exportação para a Contabilidade Off-line ou Via Arquivo.

35 Atualizado em Maio/2008 Pág 35/36 SISTEMA TELECONT IMPORTANDO O ARQUIVO TEXTO NO SISTEMA TELECONT No sistema Telecont acesse menu Utilitários Importação de Movimentos por Arquivo Texto, será demonstrada a tela abaixo: Clique na lupa para selecionar a pasta onde está salvo o arquivo texto de importação. Ao selecionar a pasta, habilitará a Escolha do sistema de Origem da Importação, selecione a opção 2- Escrita Fiscal, como demonstra abaixo:

36 Atualizado em Maio/2008 Pág 36/36 Será demonstrada está tela: DIGITE O APELIDO USADO NA ESCRITA FISCAL selecione o código desta empresa no sistema Efiscal SELECIONE O MÊS PARA IMPORTAÇÃO selecione o mês para importação dentro do ano ativo LAYOUT DO OUTROS SISTEMAS (DATA NO FORMATO DD/MM/AA) habilite este campo caso o arquivo tenha sido gerado em outro sistema que não o EFISCAL. Clique em INICIAR para importar os dados do arquivo IMPORTANTE: 1 - Caso sua empresa efetue a exportação de notas ONLINE, não efetue a exportação destas notas novamente OFF-LINE ou VIA ARQUIVO, pois os dados ficarão duplicados no sistema Telecont. 2 Se sua empresa efetue a exportação de notas ONLINE, acesse no sistema Efiscal - Diversos Exportação de dados para a Contabilidade, desabilite os itens ENTRADAS SAÍDAS SERVIÇOS, para exportar somente IMPOSTOS FEDERAIS.

Entre no Menu Arquivos do Efiscal e acesse a opção Empresas Usuárias-Efiscal/Integração com Telecont.

Entre no Menu Arquivos do Efiscal e acesse a opção Empresas Usuárias-Efiscal/Integração com Telecont. Integração Contabil 1.Configuração... 2 1.1.Configuração no Cadastro de empresas...2 1.2.Configuração no Cadastro de Clientes/Fornecedores...3 1.3.Configuração em Arquivos/Integração Contabilidade... 4

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium

Data Cempro Informática Ltda. Integração WinLivros X ContabMilenium Integração WinLivros X ContabMilenium Para configurar a integração entre os sistemas WinLivros e ContabMilenium devemos primeiramente verificar se a base de dados é integrada (se está no mesmo local) ou

Leia mais

6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3

6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3 1 6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3 6.1 Descrição dos ítens da tela...4 6.1.a Ao selecionar ,...4 6.1.b Ao selecionar ,...4 6.1.c Gerar Relatório Selecionado em Arquivo

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2

9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 1 9. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU UTILITÁRIOS...2 9.1 Cópia de Segurança (Backup)...2 9.1.a Adicionar ou Remover Empresas da Lista... 2 9.1.b Empresas Cadastradas no Sistema... 2 9.1.c Inserir uma Empresa...

Leia mais

G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL

G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL G5 PHOENIX INTEGRAÇÃO CONTÁBIL G5 PHOENIX - COMO FAZER INTEGRAÇÃO DOS LANÇAMENTOS FISCAIS PARA A CONTABILIDADE 1º passo Através do menu Cadastro/ das Empresas, ficha Escrita, determinar se o plano de contas

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

Manual do Usuário SUMÁRIO

Manual do Usuário SUMÁRIO SUMÁRIO VISUAL LIVRO CAIXA 1. Noções Gerais 1.1. Objetivo... 03 1.2. Sistema com Fundamento Legal Atualizado...03 1.3. Assistência Técnica... 03 1.3.1. Suporte Técnico... 03 1.3.2. Office Service... 03

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2 Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba Escrita Fiscal... 08 Responsável... 09 Responsável pela Contabilidade... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI...

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É?

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD O QUE É? A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse

Leia mais

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 1 7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 7.1 Guia de Recolhimento Gare/ICMS...3 7.1.a Campo Data de Vencimento... 3 7.1.b Campo Código Receita... 3 7.1.c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição

Leia mais

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática

Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais. Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática Entrada de Notas Fiscais de Serviço pela Rotina de Materiais Manual desenvolvido para Célula Fiscal Equipe Avanço Informática 1 A Rotina de lançamento de Notas Fiscais de Serviço foi alterada, agora os

Leia mais

Sistema Admsoft MANUAL SISTEMA ADMSOFT

Sistema Admsoft MANUAL SISTEMA ADMSOFT MANUAL SISTEMA ADMSOFT APRESENTAÇÃO ADMINISTRADOR DE ESCRITÓRIO CONTÁBIL Muito mais que um administrador de Escritório Contábil. Com o Admsoft, você gerencia a administração financeira do seu escritório.

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...

Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração... Índice 1.Integração Contábil...2 2.EBS Sistema Contábil...3 2.1. Parametrizando o Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Opções de integração...3 2.1.2.Contabilização de Notas Fiscais...4 2.1.3.Agrupamento...4

Leia mais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1 2 1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1.1. Cadastro de Códigos Contábeis Para que os lançamentos sejam integralizados é necessário o preenchimento do código contabil de integração. Siga as instruções

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3 III. Cadastro...

Leia mais

1-Outras Informações, 2-Balanço (Ativo e Passivo), 3-DRE (Custos, Despesas e Resultado), 4- DLPA, 5-REFIS e 6-PAES.

1-Outras Informações, 2-Balanço (Ativo e Passivo), 3-DRE (Custos, Despesas e Resultado), 4- DLPA, 5-REFIS e 6-PAES. Prezado Cliente, Para exportar os dados do programa JBCepil- Windows para a -2012 (Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica), segue configurações abaixo a serem realizadas. Configurações

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015 jfiscal Versão 3.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFISCAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfiscal... 3 3 ADQUIRIR UMA LICENÇA DO

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS

SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS Visual Adm - Soft Administrador de Escritório Contábil. Pág : 1 Sumário Menu Arquivos Empresas...

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Roteiro passo a passo Módulo Faturamento Sistema Gestor New Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New 1 INDICE

Leia mais

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New INDICE 1 1. CADASTRO DE USUÁRIOS...1 2. MODULO EMPRESA...4 2.1. Cadastro da Empresa...4 2.2. Parâmetros da Empresa...4 3. MÓDULO

Leia mais

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED

Confira alguns dos possíveis impedimentos de validação do arquivo SPED No validador SPED poderão ocorrer erros e/ou advertências ao importar o arquivo. As advertências não impedem a transmissão do arquivo, no entanto é importante analisar e corrigir as informações. Os erros

Leia mais

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272).

Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Lista completa das atualizações JBCepil: Inovações: Digitação de Centros de Custo pela movimentação de produtos dos documentos fiscais (Pacotes: 3102,3103,3270,3271,3272). Disponibilizada no sistema nova

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP Página: 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações sobre as características do SPED

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

Manual Fechamento Fiscal

Manual Fechamento Fiscal Manual Fechamento DESENVOLVENDO SOLUÇÕES Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Revisores: Silmara Rebeca e Mauro Martinelli Aprovado em: março de 2013 Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava. Todos

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br.

SUPORTE TÉCNICO EBS. E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. SUPORTE TÉCNICO EBS Horário de atendimento: Das 08h30min às 18h, de Segunda a Sexta-feira. Formas de atendimento: E-mail: Envie-nos suas dúvidas e/ou sugestões para suporte@ebs.com.br. Suporte On-Line

Leia mais

TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE

TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

1. Alterações no Menu de Acesso do Gerenciador de Sistemas

1. Alterações no Menu de Acesso do Gerenciador de Sistemas BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO CONTROLE DE PERMISSÕES DE ACESSO No Gerenciador de Sistemas, efetuadas alterações na forma de permissão de acesso às empresas, às rotinas dos módulos e acesso ao cadastro de

Leia mais

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRADA DE NOTA FISCAL DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. Entendendo o Negócio: O Sistema Siagri Agribusiness já permitia a inclusão de notas fiscais de prestação de serviço com retenções de impostos, porém,

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015 Neste bip Configuração para Contabilização Automática... 1 Vale Transporte... 2 Como Programar Reajuste Salarial... 3 Contabilização da Folha... 4 Configuração para Contabilização Automática O cadastro

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES Maio de 2012 O QUE É A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito

Leia mais

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS.

Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Roteiro de Procedimentos para EFD PIS/COFINS. Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

CONTROLE DE CONTRATOS

CONTROLE DE CONTRATOS CONTROLE DE CONTRATOS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

Roteiro para usar Sped no JB Cepil

Roteiro para usar Sped no JB Cepil Roteiro para usar Sped no JB Cepil Este roteiro tem o objetivo orientar os passos básicos dentro do sistema JB Cepil, para preparar o sistema e as informações para a correta geração do arquivo magnético

Leia mais

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 Versão 1.4 (03/09/2015) Prazo de entrega 2015-30/09/2015. Instrução Normativa RFB nº 1524, de 08 de dezembro de 2014) Art. 3º A ECF será transmitida anualmente ao

Leia mais

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO

APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO APOSTILA PROVISÃO E CONTABILIZAÇÃO ANO 2004 1 ÍNDICE 1 - Provisão de 13º Salário e Férias Preparando a Provisão 1.1 Cadastro de Provisão de férias 1.2 Cadastro de provisão de 13º Salário 1.3 Relatório

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para tornar

Leia mais

INFORMATIVO ISSQN. Descritivo de Funcionalidades

INFORMATIVO ISSQN. Descritivo de Funcionalidades INFORMATIVO ISSQN Descritivo de Funcionalidades INFORMATIVO ISSQN 1 Sumário DESABILITE O BLOQUEADOR DE POP-UPS... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 LANÇAMENTO EVENTUAL DE RETENÇÃO NA FONTE PARA TOMADOR NÃO SEDIADO

Leia mais

4. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU MOVIMENTOS...6 4.1 N.F.

4. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU MOVIMENTOS...6 4.1 N.F. 1 4. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU MOVIMENTOS...6 4.1 N.F. Entradas e Saídas...6 1- Entrada e 2- Saída...6 0-Ativar Empresa...6 4.1.a Campo Número da (s) nota (s)... 6 4.1.b Campo CNPJ... 6 4.1.c Campo

Leia mais

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped.

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. ATIVIDADE IMOBILÁRIA Como configurar no sistema? Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. Para iniciar as configurações,

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância.

MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS. Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. MANUAL DO CVCONT/ SPED PIS COFINS Recomendamos que este manual seja impresso para futuras consultas, devido à sua importância. 1. Configuração Primeiramente para que os sistemas estejam aptos para a geração

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões desabilitados ou Congelados... 2 Resolução 2... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Célula com o campo #VALOR... 3 4. Erro em tempo de

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

Cadastros. Cadastro do Emitente

Cadastros. Cadastro do Emitente Página1 Cadastros O sistema dispõe de algumas vantagens interessantes e importantes no processo de emissão da NF-e, como é o caso dos cadastros. A principal funcionalidade é auxiliar o usuário no preenchimento

Leia mais

LANÇAMENTO CONTÁBIL AUTOMÁTICO da contrapartida na inclusão de DOCUMENTOS PAGAR/RECEBER

LANÇAMENTO CONTÁBIL AUTOMÁTICO da contrapartida na inclusão de DOCUMENTOS PAGAR/RECEBER LANÇAMENTO CONTÁBIL AUTOMÁTICO da contrapartida na inclusão de DOCUMENTOS PAGAR/RECEBER Por Cristiane Sateles A partir da versão 3.2.0.1, encontra-se disponível no sistema a opção de configurar a contabilização

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos O CIAF Hotelaria, é um sistema que permite ao administrador, gerenciar completamente sua empresa que presta serviço de hospedagem como hotéis e pousadas por exemplo. Facilmente você poderá cadastrar suas

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

Sistema de Livros Fiscais Imediata

Sistema de Livros Fiscais Imediata 1 Sistema de Livros Fiscais Imediata 2 Descritivo das Rotinas Operacionais do Sistema de Livros Fiscais para geração EFD PIS/Cofins SPED Contribuições Após a instalação do Sistema de Livros Fiscais, basta

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo.

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo. Manual do usuário Acesso do sistema Página 1 Veja que em sua área de trabalho irá aparecer o ícone do Sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra

Leia mais

Novidades da Versão 13.01a

Novidades da Versão 13.01a Novidades da Versão 13.01a DESENVOLVENDO SOLUÇÕES, SUPERANDO DESAFIOS Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 02 Aprovado em: 17 de janeiro de 2013. Nota de copyright Copyright 2013 Teorema Informática, Guarapuava.

Leia mais

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 Página 1 de 15 Maiores informações a respeito dos assuntos destacados abaixo devem ser obtidas no Manual do Comply v4.00 disponível no Portal de Produtos. Página 2 de 15 CADASTROS

Leia mais

SPED PIS/COFINS. v.1.3

SPED PIS/COFINS. v.1.3 SPED PIS/COFINS v.1.3 1 Caro Cliente, Diante das novas exigências da Receita Federal para ampliação do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), a partir de abril/2011, alguns clientes deverão gerar

Leia mais

Manual de Acesso e Utilização ao Safeweb enota NFSe

Manual de Acesso e Utilização ao Safeweb enota NFSe Manual de Acesso e Utilização ao Safeweb enota NFSe Safeweb enota NFSe Sistema de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário - Versão 1.0.0 1. Sobre O enota NFSe é um sistema de emissão de Nota

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

Para gerar os dados de uma nota fiscal eletrônica.

Para gerar os dados de uma nota fiscal eletrônica. Para gerar os dados de uma nota fiscal eletrônica. Entre em: Cadastro Nota Fiscal Abrirá a tela a seguir. Na parte em branco clique com o botão direito do mouse, e depois em Importar Nota ou Chamada de

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o módulo... 5 Impostos... 5 Situação Tributária... 6 Configurações para I.C.M.S. Retido... 8 Configurações para Redução de Base de Cálculo SP... 10 Natureza de

Leia mais

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Controller Gold possui, facilitando o seu processo de venda e compra. Criando

Leia mais

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema.

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Página1 Configurações A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Como vimos o Plano de Contas dá a ideia inicial

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Bancos de dados relacionais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Bancos de dados relacionais Apuração IRPJ/CSLL para empresas de Lucro Produto : Microsiga Protheus Financeiro versão 11 Chamado : TPNCXQ Data da publicação : 27/11/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Bancos de dados relacionais

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo Controle de Estoque O objetivo do módulo de Controle de Estoque á ajudar a controlar a quantidade de produtos no estoque da empresa, avisar sobre problemas com quantidades mínimas, lotes e validades vencendo.

Leia mais

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br 2013 inux Sistemas Ltda. s MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br Sumário 1 Introdução... 2 2 Visão Geral do Sistema... 2 3 Tela de Configuração... 3 4 Tela de Mensagens... 5 5 Tela de Importação... 8 6 Tela

Leia mais

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES)

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO DE PRODUTOS (Valores, preós de venda, tipos (especiais, varejo atacado) ESTOQUE, etc) FATURAMENTO Para inclusão de pgto, faturamento, e impressão de NF

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais