MODELOS ORGANIZACIONAIS E COMPORTAMENTOS...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MODELOS ORGANIZACIONAIS E COMPORTAMENTOS..."

Transcrição

1 AULA DEMONSTRATIVA 1. APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO- APRENDIZAGEM E COMPORTAMENTOS ORGANIZACIONAIS CARACTERÍSTICAS DA APRENDIZAGEM NAS ORGANIZAÇÕES MODELOS ORGANIZACIONAIS E COMPORTAMENTOS DESAFIOS DA GESTÃO DO CONHECIMENTO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DESENVOLVIMENTO Educação Corporativa QUESTÕES COMENTADAS REFERÊNCIAS Concurso: Ministério da Fazenda Cargo: Assistente Técnico Administrativo nível médio Matéria: Gestão de Pessoas Professor: Andrea Alexandre Dos Santos Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei n.º 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências.

2 1. Apresentação Caro aluno (a), a matéria de Gestão de Pessoas está presente na maioria dos concursos como disciplina específica e por isso, o seu estudo é de suma importância. E é com enorme prazer que irei não só ensinar, como guiar o estudo da matéria Gestão de Pessoas, meu nome é Andrea Alexandre, minha área é Administração de Empresas, pós-graduada em gestão de pessoas e experiência com pró-monitoria para a gestão de pessoas. Meu interesse por gestão de pessoas começou na faculdade, onde percebi a importância da gestão de pessoas como ciência, considerando a transição existente entre a área de Recursos Humanos para Gestão de Pessoas, pois, atualmente as empresas se preocupam em gerir pessoas, atentando para a importância da liderança, motivação, clima organizacional, gestão do conhecimento e outros temas relevantes. Nas aulas sobre gestão de pessoas conversaremos sobre os conteúdos que serão cobrados no concurso para ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO. O conteúdo de gestão de pessoas não é difícil, mas exige leitura e realização de exercícios para fixação da matéria. Para melhor compreensão dos assuntos estudados vamos realizar a leitura de questões comentadas de provas já aplicadas pela Esaf e pelas principais bancas examinadoras. Para dar início sobre o estudo de gestão de pessoas vamos nos deter ao conteúdo programático que está constante no edital e assim planejaremos melhor o tempo de estudo. Recomendamos a leitura atenta do edital e livros sobre tema, sendo que aqui exporemos a matéria e ainda exercícios com gabarito comentado. Dessa forma, o aluno estará a par sobre como as bancas examinadoras cobram o assunto nas provas. Então, vamos ao trabalho: No edital da Esaf para o cargo Assistente Administrativo o primeiro assunto na área de gestão de pessoas aborda o tema: Aprendizagem e Comportamentos Organizacionais. Abaixo detalharemos o assunto e ainda realizaremos diversos exercícios: 1.1. Introdução- Aprendizagem e Comportamentos Organizacionais A Aprendizagem nas empresas marca o início da gestão moderna que está baseada em princípios calcados na flexibilidade, integração e participação. Neste aspecto o profissional está inserido em uma realidade de interação, constante aprendizado e desafios, até porque, as empresas estão inseridas em um ambiente competitivo e globalizado. 2

3 Com isso a Aprendizagem Organizacional é um tema moderno e de suma importância. Mas o que significa Aprendizagem nas Organizações, ou ainda Organizações que Aprendem? Como vimos aprender continuamente é essencial para as organizações. Mas, aprender requer um processo, como na vida do estudante, isso também é uma realidade na vida das organizações e dos profissionais. Nas empresas o processo de aprendizagem requer as seguintes características ressaltadas por Medinick (1973): O processo de aprendizagem tem como pressuposto uma mudança de comportamento. O processo de aprender requer prática. A mudança a ser produzida com o aprendizado se torna quase permanente Características da Aprendizagem nas Organizações Comportamento e Aprendizagem O aprendizado nas organizações requer mais do que o tradicional treinamento das funções, requer desenvolvimento. Para isso, o processo de Aprendizagem das Organizações deve levar em consideração algumas características: Mudança no Comportamento Além de investir em treinamento e desenvolvimento as empresas deve investir também na avaliação de treinamento, isso, porque a participação dos colaboradores em treinamentos não pode garantir o aprendizado ou a mudança de comportamento. Mudar o comportamento não significa somente estar preparado para exercer as atividades, quer dizer que o profissional adquiriu outra visão do trabalho que já exercia, possui agora maior desenvolvimento comportamental, realizando as tarefas de forma a enxergar sua importância, com foco sistêmico e maior motivação. Isso pode acontecer com gerentes que nunca foram capazes de delegar tarefas e após o desenvolvimento enxerga a importância de integrar a equipe. Por em prática é outra característica da Aprendizagem Organizacional, isso porque, o profissional só aprende praticando, no momento em aplica todo o aprendizado; aprendendo com os erros e não só memorizando aulas e manuais. O que deve existir, portanto, é uma oportunidade de por o aprendizado em prática. 3

4 Comportamento adquirido Um novo comportamento adquirido com o aprendizado só pode ser considerado válido, se constituir um comportamento permanente na rotina do profissional. Por isso, um novo comportamento é como um novo hábito precisa ser praticado e mantido com a segurança de que se deixou para trás padrões antigos. Ou seja, para ter aprendizado é necessário que o comportamento seja constante. Aprendizagem e Desempenho A aprendizagem pode melhorar o desempenho do profissional, mas não pode ser considerada como uma variável isolada, pois, um bom desempenho depende de diversos fatores como: liderança, motivação, clima organizacional e outros. 2. Modelos organizacionais e Comportamentos Os modelos organizacionais atravessam uma época de transição o que requer também uma mudança de comportamentos. Sobre modelos organizacionais vamos observar características, estilos e evolução, confira: Modelo Burocrático Todos já ouviram falar sobre a Burocracia e suas implicações, mas com a dinâmica do Modelo Burocrático? O modelo burocrático é um modelo pautado na formalidade do trabalho, impessoalidade e a especialização. O modelo burocrático é guiado por regras e diretrizes que formam o padrão organizacional para uso de técnicas, comportamento e cultura organizacional, não deixando espaço para a criatividade e inovação. Por isso, o modelo burocrático existente nas empresas públicas encontra o desafio constante marcado pelo ambiente de evolução na gestão que é presente atualmente nas organizações públicas e que tem o intuito de prezar pela qualidade dos serviços oferecidos, transparência e modernização de processos. Modelos Contemporâneos O mercado globalizado e cada vez mais competitivo fez com que surgisse um modelo de gestão contemporâneo que segundo Nagler (1994) integre participação e colaboração integradas ao conhecimento. Em um ambiente em que valores, tecnologia, estrutura e processos estão integrados para manter a competitividade. As modernas organizações focam a flexibilidade, a participação, a transparência, ética e responsabilidade social. 4

5 Priorizando a horizontalização e o trabalho em equipe. Mas, o que modelo organizacional tem a ver com Aprendizagem Organizacional? A relação entre modelo organizacional e aprendizagem reside no fato de que para se tornar uma empresa competitiva e atual é necessário inovar e agir sinergicamente no ambiente de tarefa e para isso, a empresa precisa incentivar um ambiente de aprendizagem, inovação, criatividade e desenvolvimento constante, ou seja, se tornar uma organização que aprende. Organizações que Aprendem A organização que aprende é aquela que continuamente aprende e exercita competências e inteligência existente na organização para responder ás demandas internas e externas. Para Senge as pessoas expandem continuamente sua capacidade de criar os resultados que realmente desejam, onde surgem novos e elevados padrões de raciocínio, onde a aspiração coletiva é liberada e onde as pessoas aprendem continuamente a aprender em grupo. Para isso, as empresas devem considerar o futuro desejado em comparação com o desempenho atual e assim planejar cenários futuros, de acordo com a Curva de Aprendizagem. Constituindo o aprendizado contínuo de detecção e correção de erros. Para a metodologia Aprendizagem Organizacional as empresas aprendem com os erros, desde que sejam capazes de documentar esses erros; para posterior avaliação de erros, medição do desempenho e correção. Para a construção de um sistema em que dados e informações se tornem conhecimento é necessário que a empresa estruture um sistema voltado para Gestão do Conhecimento. Sendo a gestão do conhecimento essencial para que a organização gere conhecimento e ainda promova mudanças que são inevitáveis para seu desenvolvimento e sucesso. Gestão do Conhecimento e Aprendizagem Organizacional A Gestão do conhecimento é um conceito bem recente, surgiu na década de 90 e requer a compreensão de três pilares: Dado, Conhecimento e Informação. Segundo Davenport e Prusak o conhecimento decorre da informação que consiste em um conjunto de dados. Em que Dados são registros ainda sem significados e Informação são dados com significado, relevância e capazes de causar impacto. Portanto, na pirâmide do Aprendizado existe a hierarquia entre Dados, Informação e Conhecimento. 5

6 Portanto, Conhecimento é adquirir informação para determinado fim, assim Nonaka e Takeuchi, define conhecimento como ação, pois requer compromisso, crenças e sentido que pode ser específico ao contexto ou relacional. Nas organizações a gestão do conhecimento consiste em um processo que tem início na identificação de objetivos organizacionais e para concretização desses objetivos é necessário criar o Conhecimento empresarial observando-se a validade e relevância. Para termos uma visão completa sobre o conceito de Gestão de Conhecimento vejamos o que diz NONAKA & TAKEUCHI: empresa que gera conhecimento a organização deve completar uma espiral do conhecimento, espiral esta que vai de tácito para tácito, de explícito a explícito (...). Para se entender melhor sobre a dinâmica de Conhecimento é necessário o estudo sobre os conceitos: conhecimento explicito e conhecimento tácito. CONHECIMENTO TÁCITO é o relacionado á experiência individual e por isso, composto de habilidades, crenças, valor, insights, intuições, emoções, advindos da cultura e ambiente do individuo. conhecimento explicito é aquele que pode ser articulado com afirmações gramaticais, matemáticas, especificações, com uso de manuais. Sendo que a formação do conhecimento consiste na combinação entre conhecimento explicito e o tácito. Para as empresas o desafio é combinar os tipos de conhecimentos para que sejam compartilhados e internalizados pela organização, com isso, a organização possui constrói conhecimentos tácitos em explícitos em um processo de conversão que abrange Combinação e Internalização. Sendo a combinação o conhecimento padronizado que pode ser reunido em um manual para padronização de operações ou produto. Já a Internalização é um processo de compartilhamento de novos conhecimentos explícitos que sendo utilizados começa a aumentar e constituir o próprio conhecimento tácito. Já o processo de Socialização pode ser entendido como a conversão existente entre conhecimento tácito para outro conhecimento tácito. O processo de Socialização do conhecimento é aquele que consiste na interação entre pessoas e com isso, requer o uso de imitação e observação constante. 6

7 Por isso, a palavra-chave da socialização é a experiência, podemos notar o processo de socialização quando um funcionário mais antigo treina um funcionário que acabou de chegar à empresa. Outro exemplo de passagem de conhecimentos acontece um colaborador ensina ao outro, conhecimentos relativos á cultura da empresa, o que ocorre, portanto é a transformação do conhecimento tácito em explicito, seja por meio de manual ou qualquer outro meio; o que se denomina Externalização. 3. Desafios da Gestão do Conhecimento Sabendo que a Gestão do Conhecimento consiste em identificar, criar, renovar e aplicar dos conhecimentos que são estratégicos para a organização, o desafio maior, portanto, é influenciar comportamentos e estabelecer liderança. Portanto, o processo de Gestão do Conhecimento se torna mais eficaz quando as empresas utilizam os instrumentos: Benchmarking- consiste no foco externo, sabendo que as organizações fazem parte de um sistema aberto que se comunica com o ambiente externo e dele aprende. O Benchmarking é, portanto, a técnica para melhoria de gestão com a comparação de práticas, processos e métodos que têm tido um resultado satisfatório em outas empresas. Gestão de desempenho- com avaliação constante do desempenho dos colaboradores que busca avaliar resultados, competências individuais, resultados da equipe e outros fatores relevantes. Gestão de pessoas- o que se busca aqui é disseminar o conhecimento capaz de produzir aprendizado, desenvolvimento e envolvimento no trabalho. E claro, a Educação Corporativa. Mas, antes de tratarmos sobre Educação Corporativa vamos falar um pouco sobre T&D- Treinamento e Desenvolvimento. 4. Treinamento e Desenvolvimento O Treinamento pode ser conceituado como um processo a ser organizado de modo sistemático que visa desenvolver o aprendizado de conhecimentos, habilidades e atitudes. O treinamento consiste na transmissão de conhecimentos que sejam específicos para o trabalho, atitudes para fazer frente às demandas da organização relativas ao ambiente, tarefas e ainda para o desenvolvimento de habilidades. Para ter um resultado satisfatório o Treinamento deve se desenvolver com os seguintes objetivos: 7

8 Preparar os colaboradores para a execução imediata das tarefas; Garantir o desenvolvimento contínuo para atuar não somente no cargo, mas também em outras funções; Promover mudanças de atitudes dos colaboradores e motivação, para que os colaboradores sejam mais receptivos ao feedback e á supervisão. Fazer com que o colaborador adquira novos hábitos e costumes que torne o profissional habilitado para o desempenho de diversas tarefas. O treinamento é benéfico tanto para a empresa quanto para o empregado. Para o empregado o beneficio é poder realizar suas tarefas de forma segura, diminuindo esforço, retrabalhos e o stress. Para a empresa o beneficio é o aumento da produtividade, como também a racionalização e padronização do trabalho. Como vimos, o treinamento de pessoal é altamente benéfico, mas para desenvolver um sistema de treinamento satisfatório é necessário planejamento. Sendo que, a primeira etapa para o planejamento e desenvolvimento do treinamento é o diagnostico de resultados tanto da empresa quanto dos colaboradores. Outras etapas para desenvolvimento do treinamento são: Avaliação das necessidades do treinamento. Programação do treinamento. E por último, execução e avaliação do treinamento. Tipos de Treinamento Quanto aos tipos de treinamentos as possibilidades são diversas: treinamento dentro da empresa, fora da empresa, formal e treinamento informal. Treinamento dentro da empresa- é o treinamento ministrado por funcionários qualificados em determinado assunto e que passam seu conhecimento aos outros colaboradores. Treinamento fora da empresa- é o treinamento ministrado por profissionais externos contratados pela assessoria de staff. Treinamento formal-obedece ao sistema formal de aulas com estrutura acadêmica: aulas expositivas, grade horária, salas de aulas, horário. Treinamento informal- o treinamento informal possui formato mais dinâmico e flexível, sendo utilizadas técnicas como: apresentação de filmes, vídeos, debates, dinâmicas e outros Desenvolvimento 8

9 O Desenvolvimento no ambiente de trabalho requer educação profissional visando o longo prazo, pois visa o aperfeiçoamento e crescimento profissional. O desenvolvimento para o profissional é importante para seu crescimento na carreira e para melhoria da sua vida profissional tornando-o mais eficiente. Um desenvolvimento eficaz é aquele que vai além do aprendizado necessário para realização de tarefas no cargo atual. Pois, o desenvolvimento promove aprendizado que pode ser utilizado ao longo da carreira em funções com maior nível de complexidade. Sendo, que o desenvolvimento constitui um importante sistema de gestão para identificação de talentos e descoberta do potencial dos colaboradores, além disso, o Desenvolvimento possibilita que a empresa formule um plano de cargos e carreira mais sólido com ascensão baseada na competência e motivação Educação Corporativa O Treinamento e Desenvolvimento visa à melhoria na qualidade dos processos empresariais e por isso, a produtividade empresarial. E para o colaborador o Desenvolvimento promove motivação, crescimento profissional e expectativas quanto ao futuro. Por isso, a Educação Corporativa é essencial para estabelecer o Desenvolvimento contínuo e gerir o conhecimento empresarial. No Brasil a Educação Corporativa busca preencher lacunas existentes na formação do profissional, uma vez, que as empresas contratam excelentes profissionais que possui potencial, mas que muitas vezes possuem pouco conhecimento formal para realização das tarefas. Por isso, a Educação Corporativa tem como objetivo oferecer o aprendizado de conhecimentos básicos como Língua Portuguesa, Redação, Matemática, Informática e outros. Ou ainda conhecimentos específicos voltados para as atividades essenciais da organização. Para implantar a Educação Corporativa as empresas estabelecem convênios e parcerias com instituições técnicas, profissionais e de ensino superior. Conceito de Educação Corporativa A Educação Corporativa ou Continuada pode ser conceituada como educação permanente para requalificação e desenvolvimento profissional em torno de um núcleo de formação. Portanto, a educação continuada permite constante aperfeiçoamento e atualização de conhecimentos, visando a capacitação tanto técnica como cultural. 9

10 Diante das mudanças existentes no ambiente interno e externo das empresas a constante atualização é essencial, fazendo com que o profissional se atualize quanto á técnicas e conhecimentos. A educação continuada é parte de um sistema de educação no qual os recursos humanos são constantemente aperfeiçoados com o auxílio da educação formal, informal e cultural. Objetivos da Educação Corporativa Segundo Fleury e Oliveira a educação corporativa está pautada nos seguintes objetivos: Desenvolvimento de competências críticas e não somente de habilidades. Reforçar o aprendizado conjunto visando à identificação cultural da empresa. Conhecimento concentrado nas necessidades do negócio de forma estratégica e não somente em necessidades imediatas e individuais. Construção de conhecimento que vise o público interno e externo. Criação de sistemas que sejam efetivos para diversas formas de aprendizagem e não só o modelo sala de aula. Como isso é possível? O uso da tecnologia tem sido crucial para a gestão da aprendizagem nas organizações, pois existem diversas tecnologias disponíveis para alimentação, tratamento e disseminação de informações. 5. Questões Comentadas QUESTÃO 01 (Cespe - Assistente II - Gestão de Pessoas - SEBRAE/BA) As estratégias de capacitação devem ser selecionadas, entre outros critérios, de acordo com os objetivos instrucionais definidos e com as características dos sujeitos que receberão o treinamento. COMENTÁRIOS: Certo o treinamento deve atender os profissionais de acordo com o cargo e com as necessidades de capacitação da função que exerce. QUESTÃO 02 (Cespe-Assistente II - Gestão de Pessoas - SEBRAE/BA) Não é possível verificar o impacto dos treinamentos na melhoria do desempenho dos treinados, no que se refere à sua atuação no trabalho. COMENTÁRIOS: Errado- O treinamento pode e deve ser avaliado quanto aos resultados e quanto ao impacto real na rotina dos colaboradores. 10

11 QUESTÃO 03 (Esaf- Analista Recursos Humanos-CMV- Segundo Chiavenato (1989), o conteúdo do treinamento envolve quatro tipos de mudança de comportamento, a saber: a) levantamento de informações, desenvolvimento de habilidades, desenvolvimento ou modificação de vivências, desenvolvimento de conceitos. b) levantamento de informações, desenvolvimento de conhecimentos, desenvolvimento ou modificação de atitudes, desenvolvimento de conceitos. c) transmissão de informações, desenvolvimento de habilidades, desenvolvimento ou modificação de vivências, fixação de conceitos. d) transmissão de informações, desenvolvimento de conhecimentos, desenvolvimento ou modificação de atitudes, fixação de conceitos. e) transmissão de informações, desenvolvimento de habilidades, desenvolvimento ou modificação de atitudes, desenvolvimento de conceitos. Resposta: Letra E Comentário: Para ter um treinamento efetivo, o conteúdo e avaliação devem envolver mudanças no comportamento e construção de conceitos que sejam duradouros. QUESTÃO 04 (Esaf-Analista de Recursos Humanos-CMV) As técnicas de treinamento podem ser classificadas quanto ao uso, tempo e local de aplicação. São técnicas de treinamento, quanto ao uso: a) de indução ou de integração à empresa e depois do ingresso no trabalho. b) presenciais e à distância. c) orientadas para o conteúdo, orientadas para o processo e mistas. d) cognitivas e afetivas. e) no local de trabalho e fora do local de trabalho. Resposta: Letra C Comentário: As técnicas de treinamento se dividem em técnicas ao uso, tempo e local de aplicação. Quanto ao uso, as técnicas devem orientar o conteúdo, utilizando as ferramentas que transmitem informações de forma efetiva com uso de recursos audiovisuais, dentre outros. QUESTÃO 05 (IADES - EBSERH - Analista Administrativo - Organizações de aprendizagem são as organizações cujos membros estão continuamente a reforçar a sua capacidade de criar o seu futuro. Assinale a alternativa que não apresenta característica das organizações de aprendizagem. a) Domínio pessoal e autoconhecimento, em que as pessoas aprendem a clarificar e aprofundar seus próprios objetivos. 11

12 b) Ênfase no individualismo, em que as habilidades individuais são maiores que as habilidades coletivas. c) Aprendizagem em grupo, com a capacidade dos membros do grupo em propor suas ideias e participar da elaboração de uma lógica comum. d) Visões partilhadas, quando um objetivo é percebido como concreto e legítimo, as pessoas dedicam-se a aprender não como uma obrigação, mas por vontade própria, construindo visões partilhadas. e) Pensamento sistêmico, que visam melhorar o processo de aprendizagem como um todo, e apontar futuras direções para aperfeiçoamento. Resposta letra: B Comentário Nesta questão o examinador pede que o candidato marque a incorreta; quanto ao assunto Aprendizagem tem-se que o individualismo e as habilidades individuais ressaltados na questão B divergem dos princípios da aprendizagem organizacional que estão descritos na alternativa D. QUESTÃO 06 (CONSULPLAN TSE - Analista Judiciário - Área Administrativa Considerando o conhecimento tácito na aprendizagem organizacional, analise. I. É um conhecimento proveniente da racionalidade. II. É um conhecimento sequencial. III. Pode ser transmitido de uma forma não estruturada. IV. É um conhecimento com base na teoria. Está correto somente o que se afirma em a) I, III b) II, IV c) III d) I, II, IV esposta: letra C Comentário: O conhecimento tácito é aquele não formal provido da experiência, crenças, emoções, intuições; é um conhecimento não estruturado e subjetivo. QUESTÃO 07 (CESPE TRE-ES - Analista - O suporte à aprendizagem contínua reflete a percepção compartilhada de significados e expectativas dos indivíduos acerca do quanto a organização maximiza processos de inovação e competitividade, promovendo aprendizagem constante para seus membros. Gabarito: errado Comentário: O fato de a aprendizagem contínua refletir a percepção compartilhada não há relação com o suporte á aprendizagem. 12

13 O próprio sistema de aprendizagem contínua é que deverá maximizar processos de inovação, competitividade e aprendizagem constante dos indivíduos e da organização. QUESTÃO 08 (CESPE PREVIC - Analista Administrativo - Área Administrativa- Comparando-se as organizações orientadas para aprendizagem e as organizações tradicionais, percebe-se que as primeiras são mais propensas à inovação. Gabarito: Certo Comentário: Esta questão é bastante fácil para candidatos que aprenderam o assunto sobre comportamento organizacional e sabem que as organizações modernas são mais competitivas, dinâmicas e inovadoras e por isso, investem na aprendizagem contínua. QUESTÃO 09 (COVEST-COPSET UFPE Pedagogo- Refere-se ao conjunto de experiências de aprendizagem centradas na posição atual do local de trabalho. Trata-se de um processo educacional de curto prazo. Este é o conceito para: a) educação profissional. b) desenvolvimento de competências. c) treinamento. d) formação corporativa. e) gerenciamento de habilidades. Resposta: Letra C Comentário: O Treinamento deve ser aplicado como sistema de aprendizagem em curto prazo, para o aprendizado de tarefas especificas, com o objetivo de melhor execução dessas tarefas e aumento da produtividade e ainda para mudanças de atitudes para melhor adequação ao ambiente de trabalho e demandas geradas pela organização. O Treinamento possibilita ainda o aumento da motivação e segurança na realização das tarefas. QUESTÃO 10 (CESPE MPU - Analista Administrativo) A educação corporativa pode ser entendida como uma entidade educacional que funciona como ferramenta estratégica para ajudar a organização a cumprir sua missão. Resposta errada. Comentário: A questão é bem simples de ser solucionada, pois lendo o enunciado vimos que o conceito de educação corporativa está equivocado e resumido. Para elucidarmos o conceito de Educação Corporativo, vejamos o que diz o autor Meister (1999): Educação Corporativa é o esforço institucional estruturado de desenvolvimento continuado do potencial humano, compreendendo toda a cadeia de valor composta dos fornecedores e clientes da organização, dela própria e da sociedade, com o objetivo de 13

14 contribuir para o alcance de metas e resultados essenciais à sobrevivência e ao crescimento sustentado da organização. QUESTÃO 11 (Covest-Pedagogo- UFPE) Para se realizar a verificação da necessidade do treinamento, é imprescindível uma pesquisa desenvolvida em três níveis: A) análise computacional, análise das tarefas e análise dos recursos humanos. B) análise organizacional, análise das qualidades dos profissionais e análise dos recursos humanos. C) análise organizacional, análise das tarefas e análise dos recursos financeiros. D) análise organizacional, análise das tarefas e análise dos recursos humanos. E) análise computacional, análise das tarefas de informática e análise dos recursos tecnológicos. Resposta certa: D Comentário: O treinamento deve considerar o diagnóstico organizacional que deverá dar respaldo sobre a necessidade de treinamento e ainda cargos e tarefas para os quais o treinamento será dirigido. QUESTÃO 12 (CESPE MPU - Analista Administrativo) O sucesso de ações de educação corporativa depende mais do comprometimento da alta cúpula da empresa do que da sinergia entre os programas educacionais e os projetos sociais das organizações. Resposta Errada. Comentário: Para a educação corporativa apresentar bons resultados deve haver comprometimento da cúpula combinado com a sinergia de programas educacionais e projetos desenvolvidos, compreende então a integração de diversas variáveis. QUESTÃO 13 (CESPE ANTAQ - Analista Administrativo) Dentro de uma organização, a aprendizagem das práticas relevantes para o exercício de suas funções por um trabalhador só ocorre se esse for submetido a situações formais de instrução ou treinamento. Resposta errada Comentário: A aprendizagem para o exercício das funções requer que as empresas invistam em Treinamento e Desenvolvimento com o auxílio da Educação Corporativa, contando com uma eficiente gestão de conhecimentos. 14

15 QUESTÃO 14 (Covest-UFPE- Pedagogo) As fases do processo de aprendizagem são: A) apreensão sensorial, aquisição, retenção, rememoração, generalização, desempenho e feedback. B) motivação intelectual, aquisição espacial e temporal, retenção, rememoração, generalização, desempenho e feedback. C) aquisição dos conteúdos matemáticos, retenção das informações, rememoração, generalização, e desempenho de resultados. D) motivação, apreensão, aquisição, retenção, rememoração, generalização, desempenho e feedback. E) apreensão, aquisição, retenção, rememoração, generalização, desempenho e feedback. Resposta: Letra D Comentários: Como vimos no texto-aula o processo de aprendizagem da organização deve ter como resultado a criação de um ambiente de motivação, retenção de conhecimentos, como também melhoria de desempenho e mudanças de atitudes e comportamentos. As outras questões falam sobre o feedback, o feedback é importante na construção do aprendizado, mas não pode ser caracterizado como fase, pois deve estar contido nas fases. QUESTÃO 15 (CESPE ANEEL - Analista Administrativo - Área 1) Ao criar um programa de capacitação embasado em educação a distância, o gerente de RH tem dificuldades em levantar modelos, pois é um advento recente próprio da era dos computadores em rede. Resposta Errada Comentários: A questão afirma a dificuldade do gerente de RH, por isso, marcar certo é precipitado, com certeza a educação a distância só é possível com o auxilio da tecnologia, mas a dificuldade apenas surgirá se o gerente de RH não aceitar a importância da tecnologia no processo de educação corporativa. QUESTÃO 16 (Covest- UFPE-Pedagogo) Existem inúmeros métodos e técnicas de treinamento disponíveis. Os mais importantes na área de treinamento e desenvolvimento são: A) exposição de motivos, discussão emblemática, estudo de caso, dramatização, jogos, leituras e instrução programada. B) discussão em grupo, demonstração de habilidades comportamentais, estudo em grupo, dramatização, leituras e instrução programada. 15

16 C) demonstração de atitudes no cotidiano escolar, estudo de caso dos alunos, jogos escolares, leituras e instrução educacional. D) exposição, discussão terapêutica em grupo, demonstração de tarefas, dramatização teatral, jogos, e instrução dos programas curriculares. E) exposição, discussão em grupo, demonstração, estudo de caso, dramatização, jogos, leituras e instrução programada. Resposta certa: Letra E Comentário: A Aprendizagem Organizacional consiste em diversas técnicas e métodos, com isso, a resposta correta é a E. A letra C está errada, pois o estudo de caso deve relatar assuntos empresariais com simulação de fatos voltados para a realidade da empresa, e não assuntos relacionados aos alunos. As outras questões trazem a palavra exposição, mas descrevem sobre qual assunto se refere á exposição, por isso, está errada. 6. Referências Cetsp- Gestão do Conhecimento nas Organizações, Notas Técnicas, 2012.NT 221. Fonte: Oliveira. Pedro. Aprendizagem e Comportamentos Organizacionais. site:www.pt.scribd.com Paco. Marcos. Apostila STJ. Área Administrativa. Editora: Obcursos,

Ilca Maria Moya de Oliveira

Ilca Maria Moya de Oliveira Plano de Desenvolvimento Relação Ergonomia e Moda e Educação Corporativa Ilca Maria Moya de Oliveira Segundo Dutra (2004), a preparação para o futuro exige investimentos simultâneos: um na modernização

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO: PRÁTICAS QUE CRIAM VALOR

GESTÃO DO CONHECIMENTO: PRÁTICAS QUE CRIAM VALOR GESTÃO DO CONHECIMENTO: PRÁTICAS QUE CRIAM VALOR Área: ADMINISTRAÇÃO Categoria: EXTENSÃO Francielle Cwikla Fundação Getulio Vargas, Rua Canafistula 96 Vila B, francwikla@gmail.com Resumo A gestão do conhecimento

Leia mais

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO Profa. Leonor Cordeiro Brandão Relembrando Vimos alguns conceitos importantes: O que são dados; O que é informação; Quando uma informação se transforma em conhecimento;

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO

GESTÃO DO CONHECIMENTO GESTÃO DO CONHECIMENTO OconceitodeGestãodoConhecimentosurgiunoinício da década de 90 e, segundo SVEIBY (1998, p. 3), a Gestão do Conhecimento não é mais uma moda de eficiência operacional. Faz parte da

Leia mais

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec Capital Intelectual O Grande Desafio das Organizações José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago Novatec 1 Tudo começa com o conhecimento A gestão do conhecimento é um assunto multidisciplinar

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO. Prof. WAGNER RABELLO JR

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO. Prof. WAGNER RABELLO JR TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Prof. WAGNER RABELLO JR TREINAMENTO Treinamentoéoprocessoeducacional,aplicadode maneira sistemática e organizada, pelo qual as pessoas aprendem conhecimentos, atitudes e habilidades

Leia mais

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management Profº Walter Lerner lernerwl@terra.com.br Filme 7 CONTEXTUALIZAÇÃO da ADM e do Administrador

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA

GESTÃO DO CONHECIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA GESTÃO DO CONHECIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA Maria de Fátima Soares Ribeiro Monografia apresentada para a conclusão do Curso de Gestão Empresarial para a Indústria Química GETIQ pela Escola de Química da

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Desenvolvimento de pessoas.

Desenvolvimento de pessoas. Desenvolvimento de pessoas. 2.2 FORMULAÇÃO DE UM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Gestão de Pessoas (Antonio Carlos Gil) e Gestão de Pessoas (Idalberto Chiavenato) "Se ensinardes alguma coisa a um

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO 2009 Renata Araújo Volpe Estudante do curso de Engenharia de Produção (Brasil) Docente orientadora Carla Bittencourt Lorusso Email: revolpe@pop.com.br

Leia mais

Gestão do Conhecimento

Gestão do Conhecimento e do Capital Intelectual Anhanguera Educacional Unidade FACNET Curso: MBA em Gestão de Pessoas Disciplina: Aula 01 08/02/2014 Professor: Rodrigo Porto Agenda 1º encontro 08/02/2014 Parte 1 Curso e Apresentações

Leia mais

MBA em Administração e Gestão do Conhecimento

MBA em Administração e Gestão do Conhecimento MBA em Administração e Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento Aula 3 Profa. Me. Ana Carolina Bustamante Olá! Bem-vindos à nossa terceira aula. Antes de mais nada, assista ao vídeo a seguir e conheça

Leia mais

O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento. Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008

O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento. Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008 O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008 Apresentação Doutora e Mestre em Ciências da Comunicação / Bibliotecária (ECA/USP); Docente do curso de

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

GABARITO OFICIAL(preliminar)

GABARITO OFICIAL(preliminar) QUESTÃO RESPOSTA COMENTÁRIO E(OU) REMISSÃO LEGAL 051 A 052 A 053 A RECURSO Recrutar faz parte do processo de AGREGAR OU SUPRIR PESSOAS e é o ato de atrair candidatos para uma vaga (provisão). Treinar faz

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13

PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13 PLANEJAMENTO OPERACIONAL: RECURSOS HUMANOS E FINANÇAS MÓDULO 13 Índice 1. Tecnologia educacional de treinamento...3 2. Dicas: a evolução da tecnologia de treinamento...5 3. EXECUÇÃO DO TREINAMENTO...6

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE SAÚDE CÓDIGO: SAU532 DISCIPLINA: GESTÃO EMPRESARIAL EM ORGANIZAÇÕES NA ÁREA DA SAÚDE CARGA HORÁRIA: 45h EMENTA: Abordagens contemporâneas

Leia mais

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO ESTRATÉGIAS DE REMUNERAÇÃO REMUNERAÇÃO ESTRATÉGICA É O USO INTELIGENTE DAS VÁRIAS FORMAS DE REMUNERAÇÃO, CUJO CONJUNTO ESTABELECE UM FORTE VÍNCULO COM A NOVA REALIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

Saber de Verdade! Gestão de Pessoas

Saber de Verdade! Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas PROPÓSITO E RESULTADOS ESPERADOS DO PROGRAMA Tornar-se um programa de educação corporativa capaz de desenvolver competências individuais aplicadas de seus participantes, como, em igual

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA. Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA. Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br PUBLICAÇÕES Solicitar slides: eventos@lemeconsultoria.com.br Contato: rogerio@lemeconsultoria.com.br

Leia mais

Gestão do Conhecimento: Uma Visão Geral Para Business Intelligence

Gestão do Conhecimento: Uma Visão Geral Para Business Intelligence Gestão do Conhecimento: Uma Visão Geral Para Business Intelligence Banco de Dados para BI: José Roberto Escodeiro 10/10/2011 1. Linha do Tempo 2. Era do Conhecimento Índice 3. Ativos Tangíveis e intangíveis

Leia mais

Concurso: Recursos Humanos Aula 03 LEONARDO FERREIRA SENADO FEDERAL ADMINISTRADOR

Concurso: Recursos Humanos Aula 03 LEONARDO FERREIRA SENADO FEDERAL ADMINISTRADOR Concurso: SENADO FEDERAL ADMINISTRADOR Recursos Humanos Aula 03 LEONARDO FERREIRA Conteúdo Programático! Recursos Humanos Senado Federal! Recrutamento e Seleção. Avaliação Desempenho. Treinamento e Desenvolvimento.

Leia mais

Gestão do Conhecimento nas Instituições Educacionais

Gestão do Conhecimento nas Instituições Educacionais Gestão do Conhecimento nas Instituições Educacionais Sylvia Helena Resende Simão sylviasimao@yahoo.com.br Centro Universitário UNA Belo Horizinte - MG Abstract: This article presents a methodology Make

Leia mais

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1. O QUE SIGNIFICA GESTÃO DE PESSOAS... 3 2. PRINCIPAIS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS... 3 3. O CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS... 4 4. EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO...

Leia mais

ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL

ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL Antonia Maria Gimenes 1, Renato Nogueira Perez Avila 2 Cleiton Riz Aleixo 3, Jakeline da Silva 4 Thayane C. Anjos Afonso 5 RESUMO Este estudo

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES

CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES Aline Martins Mendes Luciano José Vieira Franco Luis Guilherme Esteves Leocádio Sônia Madali Bosêja

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Práticas de Apoio à Gestão

Práticas de Apoio à Gestão Práticas de Apoio à Gestão Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Organizações de Aprendizagem Learning Organization Conceitos Organizações de Aprendizagem

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO

PLANO DE CAPACITAÇÃO DO www.unp.br PLANO DE CAPACITAÇÃO do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Plano de Capacitação do Corpo Técnico-Administrativo 2015 Natal/RN 2015 DIRIGENTES DA UNIVERSIDADE POTIGUAR PRESIDENTE Prof. Marcus

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: CST em Gestão em Recursos Humanos MISSÃO DO CURSO A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da ESTÁCIO EUROPAN consiste em formar

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES

GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES NT 221 2012 GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES Eunice Soares Franco Luchesi 1 INTRODUÇÃO Estamos diante de um cenário de rara complexidade, no mundo corporativo e na sociedade em geral. Fenômenos

Leia mais

Gestão de Negócios. Aula 01. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Gestão de Negócios. Aula 01. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Gestão de Negócios Aula 01 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente

Leia mais

PPI PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL Política Pedagógica Institucional Faculdade Eniac Ver. 02 (2010 / 2011) APRESENTAÇÃO

PPI PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL Política Pedagógica Institucional Faculdade Eniac Ver. 02 (2010 / 2011) APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente documento tem por finalidade apresentar o PPI que é o Projeto Pedagógico Institucional do ENIAC, conjunto das melhores práticas pedagógicas, tecnológicas, administrativas e de gestão

Leia mais

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores Coordenação Acadêmica: Prof. Edmarson Bacelar Mota, M. A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios

Leia mais

1. Introdução: 2. Desafios da automação no Brasil

1. Introdução: 2. Desafios da automação no Brasil A automação no processo produtivo: desafios e perspectivas Bruciapaglia, A. H., Farines, J.-M.; e Cury, J. E. R. Departamento de Automação e Sistemas Universidade Federal de Santa Catarina 1. Introdução:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Ementário Relações Interpessoais e Ética Profissional Concepções sobre o Processo Inter-relacional no Trabalho; Competência Interpessoal; Qualidade de Vida no

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL INTRODUÇÃO O estágio curricular obrigatório é aquele definido

Leia mais

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO, AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: ATUAÇÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS

RECRUTAMENTO, SELEÇÃO, AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: ATUAÇÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS Centro de Educação Superior Barnabita CESB 1 RECRUTAMENTO, SELEÇÃO, AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO: ATUAÇÃO ESTRATÉGICA DOS RECURSOS HUMANOS Clara de Oliveira Durães 1 Profª. Pollyanna

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Atual Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo, nesse

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Gestão do conhecimento Wikipédia, a enciclopédia livre

Gestão do conhecimento Wikipédia, a enciclopédia livre Página 1 de 5 Gestão do conhecimento Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A Gestão do Conhecimento, do inglês KM - Knowledge Management, é uma disciplina que tem suscitado cada vez mais atenção nas

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas:

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas: Gestão de Pessoas: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. Fundamentos, teorias, escolas da administração e o seu impacto na gestão de pessoas. Função do órgão de recursos

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II Índice Sistemático Capitulo I Da apresentação...02 Capitulo II Dos objetivos da proposta pedagógica...02 Capitulo III Dos fundamentos da proposta pedagógica...02 Capitulo IV Da sinopse histórica...03 Capitulo

Leia mais

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di?

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di? GESTÃO DE DESEMPENHO Prof. WAGNER RABELLO JR Conceito de desempenho Níveis de desempenho O di? O que medir? Resultados Desempenho Competências Fatores críticos de desempenho 1 Segundo Chiavenato, existem

Leia mais

Permita-se ir além e descubra uma nova possibilidade, um conjunto de ideias e inovação, construído por você.

Permita-se ir além e descubra uma nova possibilidade, um conjunto de ideias e inovação, construído por você. Somos uma empresa inovadora, que através de uma metodologia vencedora proporciona a nossos clientes um ambiente favorável ao desenvolvimento de capacidades, para que seus profissionais alcancem o melhor

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Rogério Salles Loureiro; Dalila Alves Corrêa

Rogério Salles Loureiro; Dalila Alves Corrêa COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO EM PROJETOS DE INOVAÇÃO COM FOCO NO PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA NO CENTRO DE TECNOLOGIA CANAVIEIRA. Rogério Salles Loureiro; Dalila Alves Corrêa

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 ÁREAS DE NEGÓCIOS E ENGENHARIA O Programa Pós-Flex da Universidade Positivo possui 15 cursos voltados para

Leia mais

FORMAÇÃO: ADMINISTRAÇÃO PADRÃO DE RESPOSTA ( 2 a FASE)

FORMAÇÃO: ADMINISTRAÇÃO PADRÃO DE RESPOSTA ( 2 a FASE) Questão n o 1 a) Na visão de Chiavenato, há pelo menos 10 ações que podem colaborar para a criação de um ambiente de criatividade na organização, duas das quais o candidato deve citar e descrever (evidentemente

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Questões sobre o tópico Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens. Olá Pessoal, Espero que estejam gostando dos artigos. Hoje veremos

Leia mais

Plano Anual de Educação Institucional 2013

Plano Anual de Educação Institucional 2013 Plano Anual de Educação Institucional 2013 Sumário Apresentação Metodologia de Construção do Plano Anual de Educação Ações do CEAF Planejadas para 2013 Programa Direito Programa Atuação Ministerial Programa

Leia mais

Working Paper A avaliação dos alunos em jogos de empresas Material de suporte à utilização de jogos de simulação de empresas

Working Paper A avaliação dos alunos em jogos de empresas Material de suporte à utilização de jogos de simulação de empresas Working Paper A avaliação dos alunos em jogos de empresas Material de suporte à utilização de jogos de simulação de empresas Prof. Dr. Luiz Antonio Titton Versão março, 2015 A avaliação dos alunos em jogos

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Introdução. Gestão do Conhecimento GC

Introdução. Gestão do Conhecimento GC Introdução A tecnologia da informação tem um aspecto muito peculiar quanto aos seus resultados, uma vez que a simples disponibilização dos recursos computacionais (banco de dados, sistemas de ERP, CRM,

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Gestão de TI. Aula 9 - Prof. Bruno Moreno 27/06/2011

Gestão de TI. Aula 9 - Prof. Bruno Moreno 27/06/2011 Gestão de TI Aula 9 - Prof. Bruno Moreno 27/06/2011 Aula passada... CRM BI - Introdução Sistemas Interorganizacionais 17:08 2 Aula de hoje... Gestão do Conhecimento 17:08 3 85% dos ativos de conhecimento

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS "Felizaquelequetransfereo quesabee aprendeo queensina." Cora Coralina Se não sabes, aprende; se já sabes, ensina. Confúcio Tipo de Programa Objetivos Programas de Aperfeiçoamento Melhorar o nível de desempenho

Leia mais

Módulo 07 Gestão de Conhecimento

Módulo 07 Gestão de Conhecimento Módulo 07 Gestão de Conhecimento Por ser uma disciplina considerada nova dentro do campo da administração, a gestão de conhecimento ainda hoje tem várias definições e percepções, como mostro a seguir:

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

Business & Executive Coaching - BEC

Business & Executive Coaching - BEC IAC International Association of Coaching Empresas são Resultados de Pessoas José Roberto Marques - JRM O Novo Cenário no Mundo dos Negócios O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo e as empresas

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL MBA e Pós-Graduação Cursos inovadores e alinhados às tendências globais Nossos cursos seguem modelos globais e inovadores de educação. Os professores

Leia mais

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos.

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos. Apresentação AVS Training Telefone: 11 3637 3139 Web site: Emails: http:// avst@khalanet.com khala@khalanet.com CNPJ: 12.808.691/0001-33 AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS APRESENTAÇÃO O curso de especialização Gestão de Pessoas tem por meta desenvolver gestores para atuarem em empresas que estejam inseridas no processo de globalização

Leia mais

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Ingresso agosto de 2016 Informações: (51) 3218-1355 ernani.neto@espm.br O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de práticas contemporâneas

Leia mais

Uma resposta às mudanças organizacionais através do trabalho em equipes multifuncionais: um estudo de caso na indústria de fertilizantes

Uma resposta às mudanças organizacionais através do trabalho em equipes multifuncionais: um estudo de caso na indústria de fertilizantes Uma resposta às mudanças organizacionais através do trabalho em equipes multifuncionais: um estudo de caso na indústria de fertilizantes Adriane Hartman (CEFET-PR-PG) adriane.h@terra.com.br Prof. Dr. Dálcio

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL

XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL XIII ENCONTRO ANUAL DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL TEMA: INOVAÇÕES E INVESTIMENTOS NO ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO NO BRASIL COMUNICAÇÃO SUBTEMA: QUESTÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS A MATEMÁTICA

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

INSIGHTS DO MAIOR EVENTO MUNDIAL SOBRE TREINAMENTO & DESENVOLVIMENTO PARA O FRANCHISING & VAREJO BRASILEIRO

INSIGHTS DO MAIOR EVENTO MUNDIAL SOBRE TREINAMENTO & DESENVOLVIMENTO PARA O FRANCHISING & VAREJO BRASILEIRO INSIGHTS DO MAIOR EVENTO MUNDIAL SOBRE TREINAMENTO & DESENVOLVIMENTO PARA O FRANCHISING & VAREJO BRASILEIRO De 17 a 20 de maio de 2015 aconteceu em Orlando (Flórida-EUA) o maior congresso mundial de Treinamento

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores NÚCLEO AVANÇADO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores De acordo com a Resolução n o 1 de 08/06/2007 da CES do CNE do MEC Coordenação

Leia mais

Al. dos Pamaris, 308 Moema São Paulo / SP - CEP: 04086-020 Fone: 11 5535-1397 Fax: 11 5531-5988 www.humus.com.br

Al. dos Pamaris, 308 Moema São Paulo / SP - CEP: 04086-020 Fone: 11 5535-1397 Fax: 11 5531-5988 www.humus.com.br PALESTRAS E CURSOS IN COMPANY PARA O ENSINO SUPERIOR ACADÊMICOS A Coordenação de Curso e sua Relevância no Processo de Competitividade e Excelência da IES Acessibilidade: requisito legal no processo de

Leia mais

A área de recursos humanos é o filtro da empresa, a porta de entrada de todas as companhias. (Reinaldo Passadori)

A área de recursos humanos é o filtro da empresa, a porta de entrada de todas as companhias. (Reinaldo Passadori) TATIANA LOPES 2012 A área de recursos humanos é o filtro da empresa, a porta de entrada de todas as companhias. (Reinaldo Passadori) PLANEJAMENTO: é uma ferramenta administrativa, que possibilita perceber

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula de Capacitação e Desenvolvimento Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Era Industrial Era Conhecimento Competência..., o que é? Qualidade

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL

APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL APLICAÇÃO DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AUMENTO DA COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Fábio Augusto Aquino Gonçalves 1, Vilma da Silva Santos 2, Paulo Cesar Ribeiro Quintairos 3, Edson Aparecida de Araújo Querido

Leia mais