Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Brasil Telecom. Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg. Dezembro de 2002"

Transcrição

1 Brasil Telecom Gigantes dos Mercados Emergentes UBS Warburg Dezembro de

2 OSetor de Telecomunicações no Brasil 2

3 Empresas de Telefonia Fixa Região IV (Somente Longa Distância) Preço Mínimo: US$1.548 milhões Preço Pago: US$2.276 milhões População: 160,2 milhões Concessionária: Embratel Empresa Espelho: Intelig Região I Preço Mínimo: US$2.924 milhões Preço Pago: US$2.949 milhões População: 86,3 milhões Linhas Instaladas: Linhas em Serviço (LES): Penetração: 8,3 LES/100 habitantes Telefones Públicos: Concessionária: Telemar Empresa Espelho: Vesper Região II Região III Preço Mínimo: US$1.677 milhões Preço Pago: US$1.778 milhões População: 27,2 milhões Linhas Instaladas: Linhas em Serviço (LES): Penetração: 12,5 LES/100 habitantes Telefones Públicos: Concessionária: Brasil Telecom Empresa Espelho: GVT Rio Grande do Sul Vendida antes da Privatização População: 10,0 milhões Linhas Instaladas: Linhas em Serviço (LES): Penetração: 13,4 LES/100 hab. Telefones Públicos: Concessionária: Brasil Telecom Empresa Espelho: GVT Preço Mínimo: US$3.027 milhões Preço Pago: US$4.967 milhões População: 33,9 milhões Linhas Instaladas: Linhas em Serviço (LES): Penetração: 17,4 LES/100 habitantes Telefones Públicos: Concessionária: Telesp Empresa Espelho: Vesper 3

4 Empresas de Telefonia Celular Área X Área IX Preço Mínimo: US$193 milhões Preço Pago: US$567 milhões Concessionária: TIM Nordeste Competidores: BCP (Bellsouth), Oi (Telemar), Vesper Preço Mínimo: US$107 milhões Preço Pago: US$368 milhões Concessionária: Telefonica Celular Competidores: Maxitel (TIM), Oi (Telemar), Telecom Americas Área VIII Preço Mínimo: US$77 milhões Preço Pago: US$161 milhões Concessionária: Amazonia Celular (Opportunity/TIW) Competidores: NBT (Splice), TIM, Oi (Telemar) Área VII Preço Mínimo: US$198 milhões Preço Pago: US$378 milhões Concessionária: Tele Centro Oeste Celular (Splice) Competidores: Americel (Telecom Americas), TIM, Brasil Telecom Área V Preço Mínimo: US$198 milhões Preço Pago: US$601 milhões Concessionária: TIM Sul Competidores: Global Telecom (Portugal Telecom), TIM, Brasil Telecom Área VI Vendida antes da Privatização Concessionária: Telefonica Celular Competidores: Claro Digital (Telecom Americas), TIM, Brasil Telecom Área IV Preço Mínimo: US$198 milhões Preço Pago: US$649 milhões Concessionária: Telemig Celular (Opportunity/TIW) Competidores: Maxitel (TIM), Oi (Telemar), Vesper Área III Preço Mínimo: US$490 milhões Preço Pago: US$1,168 milhões Concessionária: Telefonica Celular Competidores: ATL (Telecom Americas), TIM, Oi (Telemar) Áreas I & II Preço Mínimo: US$946 milhões Preço Pago: US$3,082 milhões Concessionária: Telesp Celular (Portugal Telecom) Competidores: BCP (Bellsouth), Telecom Americas, TIM 4

5 Regras Existentes Metas de universalização e qualidade a serem alcançadas. Novos serviços podem ser oferecidos pelas concessionárias de telefonia fixa somente após terem cumprido as metas de Mudanças no controle permitidas após julho de Fusão de concessionárias de telefonia fixa não é permitida. Aquisição de empresas espelho locais permitida somente fora da área de concessão. Aquisição de empresas de telefonia celular permitida. 5

6 Visão Geral da Empresa 6

7 Visão Geral da Área de Concessão A Brasil Telecom está estrategicamente localizada no Brasil e na América do Sul Região II do Plano Geral de Outorgas, correspondendo a 33% do território nacional (2,8 milhões Km 2 ), 23% da população (40 milhões de habitantes) e 25% do PIB (R$276 bilhões) Área de Concessão da Brasil com Telecom 4 áreas metropolitanas com mais de 1 milhão de habitantes Corredor para o Mercosul Linhas instaladas ao final do 3T02 totalizavam 10,5 milhões Linhas em serviço (LES) ao final do 3T02 totalizavam 9,23 milhões, resultando em uma teledensidade de 23 LES/100 habitantes 7

8 Estrutura Acionária Antes do Acordo (1) Depois do Acordo (1) Techold Participações S.A. Opportunity, Fundos Fundos de de Pensão Pensão e e Investimento Telecom Italia International N.V. Timepart Participações S.A. Fundos Fundos de de Investimento Techold Participações S.A. Opportunity, Fundos Fundos de de Pensão Pensão e e Investimento Telecom Italia International N.V. Timepart Participações S.A. Fundos Fundos de de Investimento ON: 12,7% PN: 62,0% Total: 45,3% ON: 37,3% PN: 38,0% Total: 37,8% ON: 50,0% PN: 0,0% Total: 16,9% ON: 19,0% PN: 62,0% Total: 47,5% ON: 19,0% PN: 38,0% Total: 31,6% ON: 62,0% PN: 0,0% Total: 20,9% Participação indireta da Telecom Italia: 7,6% do capital total Solpart Participações S.A. Participação indireta da Telecom Italia: 6,3% do capital total ON: 53,5% PN: 0,0% Total: 20,1% Brasil Telecom Participações S.A. (BRP) ON: 97,7% PN: 38,8% Total: 65,4% Brasil Telecom S.A. (BTM) Total: 100,0% ON: Ações Ordinárias PN: Ações Preferenciais BrT Serviços de de Internet S.A. (1) Acordo assinado em 28 de agosto de

9 A Empresa em Números PLANTA Crescimento 2001/1998 CAGR 2001/1998 Linhas instaladas (mil) ,6% 34,0% Linhas em serviço - LES (mil) ,9% 32,0% Telefones públicos (mil) ,3% 43,1% 290 Taxa de utilização 90,3% 90,0% 83,1% 86,3% -4,0 p.p. N.S. 87,5% Densidade telefônica (LES/100 habitantes) 13,5 20,9 21,5 22,0 63,2% 17,7% 22,6 9M02 FINANCEIRO Crescimento 2001/1998 CAGR 2001/1998 Receita líquida (R$ milhões) ,4% 33,2% EBITDA (R$ milhões) ,8% 27,4% Lucro líquido (R$ milhões) ,0% -7,6% 314 9M02 ESTRUTURA DE CAPITAL Crescimento 2001/1998 CAGR 2001/1998 Dívida total (R$ milhões) N.S. N.S Dívida líquida (R$ milhões) (346) (573) N.S. N.S Patrimônio líquido (R$ milhões) ,3% 5,5% Dívida líquida/patrimônio líquido N.S. N.S. 24,9% 44,7% N.D. N.D. 44,7% 9M02 PRODUTIVIDADE Crescimento 2001/1998 CAGR 2001/1998 Nº de empregados ,4% -14,9% LES/empregado ,5% 55,2% M02 9

10 Principais Serviços Composição da Receita Bruta - 9M02 Cessão de Meios 2,5% Comunicação de Dados 5,0% Serviços Suplementares e de Valor Adicionado 2,8% Outros 0,3% Interconexão 7,8% Serviço Local 41,7% Chamadas Fixo- Móvel 22,1% Serviço de Longa Distância 14,2% Telefonia Pública 3,5% 10

11 Governança Corporativa Primeiras empresas do setor de telecomunicações brasileiro a aderirem ao Nível 1 de Governança Corporativa. A Brasil Telecom ratifica seu compromisso de garantir: Qualidade e consistência da informação; Transparência e rapidez nas respostas aos seus acionistas e ao mercado em geral. Manual de Divulgação e Uso de Informações e de Negociação de Valores Mobiliários. 11

12 Estratégia da Empresa 12

13 Linha do Tempo Aquisição da Tele Centro Sul pela Solpart, formada pelo Opportunity, Telecom Italia e Fundos de Pensão Brasileiros Expansão sobre capacidade existente; aumentando taxa de utilização Investimento total de R$964 milhões Competição em LDN (segmento intra-setorial) Primeira concessionária a ter seu backbone totalmente operacional: Supervia Digital Reorganização Societária: Telepar incorpora as outras 8 operadoras Decisão de não antecipar as metas de 2003 Foco na demanda, qualidade dos serviços e retorno aos acionistas Aquisição de participação de 19,9% na Vant Crescimento em comunicação de dados: ADSL Investimento em transmissão de dados e tecnologia da informação Aquisição do sistema de cabos submarinos da Globenet Lançamento da nova marca: Brasil Telecom Aquisição da CRT Investimento total de R$ 2,1 bilhões Parceria com o ibest Investimento total de R$3,4 bilhões Aquisição de licenças SMP na própria área de concessão Investimento estimado de R$1,74 bilhões 13

14 Investimento/Receita Bruta Em 2000, o investimento total alcançou 58% da receita bruta em função da aquisição da CRT, que totalizou R$1,4 bilhões % % % % % 60% 50% 40% 30% 20% 10% M02 0% Investimento Receita Bruta Investimento/Receita Bruta 14

15 CapEx 2002 : Foco em TI e Dados Nos 9M02, o investimento em tecnologia da informação e rede de dados alcançou 31,8% do total, comparado a 8,3% nos 9M01. 9M01 R$2.600 milhões 9M02 R$1.165 milhões Tecnologia da Informação 4,6% Despesa Financeira de Expansão 7,4% Outros 8,4% Rede de Acesso 29,7% Despesa Financeira de Expansão 8,9% Outros 8,6% Rede de Acesso 9,8% Pessoal de Expansão 3,2% Telefones Públicos 1,9% Tecnologia da Informação 19,0% Comutação 14,7% Transmissão 7,6% Infra-Estrutura 11,6% Rede de Dados e Rede Inteligente 3,7% Transmissão 14,7% Comutação 14,8% Pessoal de Expansão 6,4% Telefones Públicos 1,0% Infra-Estrutura 11,4% Rede de Dados e Rede Inteligente 12,6% 15

16 Receita de Comunicação de Dados A receita de comunicação de dados cresceu 21,4% e 66,1% na comparação com o 2T02 e o 3T01, respectivamente ,6% 6% R$ milhões ,9% 85,7 3,5% 78,0 4,6% 103,3 4,9% 117,2 142,3 5% 4% 3% 2% 20 1% 0 3T01 4T01 1T02 2T02 3T02 0% Receita de Comunicação de Dados Participação na Receita Bruta 16

17 Acessos ADSL O número de acessos ADSL em serviço cresceu 20,7% no 3T02 em relação ao 2T % 95% % % mil % 85% 84% % % 75% 0 3T01 4T01 1T02 2T02 3T02 70% Comercializados Em Serviço Em Serviço/Comercializados 17

18 Vant Aquisição de participação de 19,9% na Vant (subsidiária da AES) por US$1,6 milhões. Backbone IP de última geração, com mais de portas na nossa área de concessão e 17 pontos-de-presença nas principais cidades do País (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, entre outras). Equipe altamente qualificada com especialização em IP. Aumento da carteira de produtos da especialmente em transmissão de dados. Brasil Telecom, Opção de compra do restante da participação quando não houverem impedimentos regulatóros. 18

19 Globenet Aquisição do sistema de cabos submarinos da Globenet por US$48 milhões. A Brasil Telecom não está assumindo dívida com a transação. 2 anéis com sistema de cabos de fibra ótica submarinos de quilômetros que fornecem serviços administrados de largura banda e conectividade entre os Estados Unidos, Bermudas, Brasil e Venezuela. O design auto-curável do anel do sistema tem uma capacidade de 1,36 Tbps em cada segmento usando 4 pares de fibras com tecnologia de última geração. Nenhum investimento necessário no curto e médio prazo. 19

20 Mobilidade Não é core-business, mas um serviço complementar para os clientes da Brasil Telecom. Nenhuma intenção de ser a 3 a ou 4 a operadora móvel. Diferentes opções para oferecer mobilidade: Parcerias Aquisições Construção de capacidade Licenças oferecidas a um preço muito baixo com cronograma de pagamento de longo prazo. 20

21 Licenças SMP O preço pago pela Brasil Telecom pelas licenças SMP de sua própria região, leiloadas em novembro de 2002, é equivalente a 20% do preço pago em fevereiro de 2001 pelas mesmas licenças Preço da licença: US$273,2 milhões Preço da licença: US$54,3 milhões US$ milhões Pagamento: 50% na assinatura da Autorização e 50% em até 12 meses após a assinatura, corrigido pelo IGP-DI. Pagamento: 10% na assinatura da Autorização e 90% em 6 prestaçõs anuais, iniciando no 36º mês após a assinatura, corrigidas pelo IGP-DI. 0 fevereiro de 2001 novembro de

22 Esta apresentação contém previsões acerca de eventos futuros que não constituem fatos ocorridos no passado e refletem apenas as expectativas dos administradores da companhia. Termos como "antecipa", "acredita", "estima", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "projeta, "objetiva, entre outros, visam identificar tais previsões, que evidentemente envolvem riscos ou incertezas. Resultados futuros das operações podem diferir das atuais expectativas. Essas previsões refletem a opinião na data em que foram feitas e a companhia não se obriga a atualizá-las à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. 22

23 Relações com Investidores Web Site Endereço SIA Sul, ASP, Lote D, Bloco B Brasilia, DF - CEP Tel: (61) Fax (61)

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

Apresentação institucional CTBC 1T07

Apresentação institucional CTBC 1T07 Apresentação institucional CTBC 1T07 1 Visão geral Empresa integrada de telecomunicações - há mais de 53 anos no mercado de telecom - portfolio completo de serviços - forma de atuação regional (proximidade

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Resultados Financeiros e Operacionais de 2002. Fevereiro - 2003

Resultados Financeiros e Operacionais de 2002. Fevereiro - 2003 1 Resultados Financeiros e Operacionais de 2002 Fevereiro - 2003 Agenda 2 Ambiente Competitivo Posicionamento Resultados Operacionais e Financeiros Amazônia Celular Telemig Celular Ambiente Competitivo

Leia mais

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores 10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009 Relações com Investidores AGENDA O Mercado de Telecomunicações no Brasil Perfil e Estratégia da Oi Resultados Operacionais e Financeiros Atuação no

Leia mais

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA CORPORATE TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA De empresa regional para empresa nacional De 24 cidades em 9 estados para 95 cidades em 17 estados De 800 funcionários em 2000 para 8 mil atualmente Oferta completa de

Leia mais

3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO

3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO 27 3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO Este capítulo apresenta o setor de telecomunicações no Brasil e o mercado de banda larga residencial. 3.1 O setor de telecomunicações no Brasil O setor de telecomunicações

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10 Apresentação de resultados Algar Telecom 2T10 Destaques do 2T10 A Algar ficou com a 6 melhor colocação no setor de Telecomunicações e a 1ª no ranking de rentabilidade, conforme publicado pela Revista Exame

Leia mais

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito

TV por Assinatura. Telefonia Fixa. Banda Larga. Respeito Banda Larga TV por Assinatura Telefonia Fixa Respeito APIMEC RIO Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2013 A GVT é uma empresa autorizada pela Anatel a prestar serviços em todo o país A GVT tem licença STFC

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

CRT Celular - Telecomunicações CRTC

CRT Celular - Telecomunicações CRTC Crt Celular 20/Jun/2006 Obs: No dia 31 de maio de 2006, a Bovespa cancelou o registro para negociação dos valores mobiliários de emissão da empresa CRT Celular, em razão da mesma ter sido incorporada pela

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP Tendências, Panorama e Desafios do Roaming Internacional II Painel Que Mercado na CPLP? Agenda Sobre a Oi Que Mercado na CPLP Panorama Roaming Internacional

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10 Apresentação de resultados Algar Telecom Destaques do Lucro Líquido consolidado de R$ 32,8 milhões, 49,5% maior que o do. Margem de 8,6% no, ante 6,2% no. Algar Telecom inicia oferta de varejo (voz, banda

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 FATO RELEVANTE A ("Companhia") vem a público, na forma e para os fins da Instrução CVM nº 358/02, em complemento

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Brasil Telecom S.A. Divulgação de Resultado Consolidado. 3 O Trimestre de 2003 Não Auditado. Brasília, 04 de novembro de 2003.

Brasil Telecom S.A. Divulgação de Resultado Consolidado. 3 O Trimestre de 2003 Não Auditado. Brasília, 04 de novembro de 2003. BRTO3: R$13,40 / 1.000 ações BRTO4: R$13,78 / 1.000 ações BTM: US$14,46 / ADR Valor de Mercado: R$7.418 milhões Fechamento de 03 de novembro de 2003 Brasil Telecom S.A. Divulgação de Resultado Consolidado

Leia mais

Plano industrial 2014-2016 TIM Participações

Plano industrial 2014-2016 TIM Participações Plano industrial 2014-2016 TIM Participações Limitação de Responsabilidade Este documento pode incluir declarações prospectivas. Essas declarações não são declarações de fatos históricos e refletem crenças

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008 Apresentação de resultados Algar Telecom 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Segmentos de negócios

Leia mais

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007 Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007 11 de março de 2007 Aviso Reorganização Societária e Apresentação das Demonstrações Financeiras As informações financeiras do ano de 2006 aqui apresentadas

Leia mais

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Agenda I. Panorama do Setor II. Convergência e Consolidações 2 O mercado de telecomunicações no mundo alcançou 1,3bi de linhas

Leia mais

TELEFÓNICA MÓVILES, S.A.

TELEFÓNICA MÓVILES, S.A. COMUNICAÇÃO DE FATO RELEVANTE TELEFÓNICA MÓVILES, S.A. Madri, 28 de outubro de 2004 Em cumprimento ao disposto no artigo 82 da Lei 24/1988, de 28 de julho, do Mercado de Valores espanhol e disposições

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 5 de Maio de 2006 1 Principais realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro 2 Status da Reestruturação Corporativa Principais realizações Melhorando a Estrutura

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

na Light S.A. Janeiro/2010

na Light S.A. Janeiro/2010 Aumento de participação na Light S.A. Janeiro/2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de Valores Mobiliários Americanos e estão

Leia mais

Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013. Operadora:

Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013. Operadora: Número 04 São Paulo, 07 de outubro de 2013 Operadora: Indicadores operacionais e financeiros 2º trimestre/2013 1. Desempenho Operacional - Claro No 2º trimestre de 2013 (2T13) a Claro teve aumento de 5,6%

Leia mais

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri Novembro 2006 www.telemar.com.br/ri Índice Visão Geral Telemar Mercado de Telecom no Brasil Telemar: Destaques Operacionais e Financeiros Anexos 2 Telemar: Visão Geral Empresa líder em serviços integrados

Leia mais

Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03

Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03 Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03 Mercado de Internet Nos próximos 5 anos...... o número de contas deverá crescer a uma taxa média anual de 9%... o mercado brasileiro deverá

Leia mais

Número de operações: 93

Número de operações: 93 APIMEC Maio de 2010 PRESENÇA GEOGRÁFICA 2 Número de operações: 93 Principais cidades São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Recife Brasília Manaus Curitiba Florianópolis Porto Alegre Guarulhos Ponta Grossa

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010 I Fórum Lusófono de Comunicações Abril. 2010 Evolução do Setor de Telecomunicações no Brasil Pré-Privatização Monopólio estatal Poucos investimentos Baixa qualidade dos serviços 98 Grande demanda reprimida

Leia mais

do 4º Trimestre de 2009

do 4º Trimestre de 2009 Divulgação dos Resultados Divulgação dos Resultados do 4º Trimestre de 2009 Destaques Operacionais O ano de 2009 foi marcado por investimentos em sistemas (plataforma proprietária de planos odontológicos),

Leia mais

BRASIL TELECOM S.A. First Field Trip Posicionamento estratégico para a abertura do mercado

BRASIL TELECOM S.A. First Field Trip Posicionamento estratégico para a abertura do mercado BRASIL TELECOM S.A. First Field Trip Posicionamento estratégico para a abertura do mercado Abril 2002 1 A presente apresentação contém previsões acerca de eventos futuros que não constituem fatos ocorridos

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Seminário sobre Telecomunicações APIMEC RIO As Oportunidades do Mercado de Telecom no Brasil Universalização dos Serviços Através do Móvel Crescimento

Leia mais

Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle

Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Brasília, 17 de abril de 2012 Visão Geral AC Rio Branco Venezuela Boa Vista Manaus AM Hub Satélite RR Porto Velho Rede de fibra ótica

Leia mais

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA?

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? Tecnologia 40 Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? DSL Cabo Fibra Móvel Móvel WiFi em movimento Convergência TERMINAL é poder MULTI- se comunicar ÓTIMO MÍDIA independente de local, dispositivo de acesso

Leia mais

Prospecto Definitivo do 1 Programa de Distribuição Pública de Valores Mobiliários da

Prospecto Definitivo do 1 Programa de Distribuição Pública de Valores Mobiliários da ESTE DOCUMENTO É O PROSPECTO DO PRIMEIRO PROGRAMA DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE VALORES MOBILIÁRIOS DA BRASIL TELECOM S.A. ESTE DOCUMENTO NÃO CONSTITUI UMA OFERTA DE VENDA OU UMA SOLICITAÇÃO PARA OFERTA DE

Leia mais

Promovendo o Futuro do Brasil Conectado

Promovendo o Futuro do Brasil Conectado Promovendo o Futuro do Brasil Conectado Tá na Mesa - Federasul Porto Alegre, 26 de maio de 2010 SUMÁRIO 1 -Telecomunicações e o desenvolvimento 2 - Expansão dos serviços 3 - Parcerias em política pública

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

serviço de telefonia móvel no Brasil

serviço de telefonia móvel no Brasil TI Brasil - eeting with Investors Fatores de sucesso para expansão do September, 2012 serviço de telefonia móvel no Brasil Seminário de Telecom APIEC-RJ - Set/12 - 50,00 100,00 150,00 200,00 250,00 300,00

Leia mais

EIXO MERCOSUL - CHILE

EIXO MERCOSUL - CHILE EIXO MERCOSUL - CHILE INFRA-ESTRUTURA DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES - BRASIL Eixo Mercosul - Chile Telefonia Fixa milhares de acessos 2002 2003 2004 2005 Total de Instalados

Leia mais

Divulgação de Resultado Consolidado

Divulgação de Resultado Consolidado Divulgação de Resultado Consolidado 4º Trimestre 2006 Não Auditado Brasília, 30 de janeiro de 2007 BRTO3: R$ 25,70 / 1.000 ações BRTO4: R$ 9,90 / 1.000 ações BTM: US$ 13,84 / ADR Valor de Mercado: R$ 9.497,0

Leia mais

4. Mercado de Telefonia Móvel

4. Mercado de Telefonia Móvel 70 4. Mercado de Telefonia Móvel Tendo em vista que este estudo de caso é de uma empresa de telefonia móvel, torna-se relevante que seja abordada a evolução histórica da telefonia móvel no Brasil, suas

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A 02.570.688/0001-70 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01768-0 BRASIL TELECOM PARTICIPAÇÕES S.A 02.570.688/0001-70 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/22 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações. ões. Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil

Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações. ões. Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações ões Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil em homenagem a Sérgio S Motta (1940 1998) S. Paulo, 3 de junho de 2008 Juarez Quadros

Leia mais

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006 7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa 21 e 22 de agosto de 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Destaques do Trimestre 2 Lançamento recente do Net Fone.com, produto que combina os serviços de telefonia, acesso rápido à internet e melhoria de imagem,

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07 NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07 Destaques 2 Lançamento do NET Digital HD, que combina as funções de gravador e conversor de alta definição; Aquisição da BIGTV traz 12 importantes cidades

Leia mais

Operadora: Indicadores econômico-financeiros

Operadora: Indicadores econômico-financeiros Número 02 São Paulo, 13 de agosto de 2013 Operadora: Indicadores econômico-financeiros RESUMO A GVT tem apresentado variações positivas significativas na quantidade de acessos nos últimos três anos, e

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

Algar Telecom. Abril de 2013

Algar Telecom. Abril de 2013 Algar Telecom Abril de 2013 Algar Telecom Portfólio diversificado e complementar. Soluções em Telecom e Tecnologia de Processos de negócios Foco na qualidade de atendimento e relacionamento com seus clientes.

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999 INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: BR 55 21 519-9662 fax: 55 21 519-6388 Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: BR 21 519-7282 fax: 021-519-8010 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

APIMEC SP Maio 2006 1

APIMEC SP Maio 2006 1 APIMEC SP Maio 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

DESTAQUES. TCP R$ milhões 3T03 TCO. 3T02 próforma

DESTAQUES. TCP R$ milhões 3T03 TCO. 3T02 próforma VIVO, O MAIOR GRUPO EMPRESARIAL DE TELEFONIA MÓVEL DA AMÉRICA DO SUL DIVULGA OS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2003 DA TELESP CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES:

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados APRESENTAÇÃO APIMEC Março de 2015 Copyright Cielo Todos os direitos reservados A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base

Leia mais

A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações

A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações CONFIDENCIAL A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações José Antônio Guaraldi Félix Presidente da NET Serviços de Comunicação S.A. São Paulo, 29 de setembro de 2009 SUMÁRIO

Leia mais

4. Perfil Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam.

4. Perfil Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam. 4. Abordagem pure mobile com infraestrutura fixa, para gerar inovação e qualidade com objetivo de criar ofertas que revolucionam. istockphoto.com/yuri_arcurs A TIM Participações S.A. é uma companhia holding

Leia mais

SMP: Leilão das Sobras de Licenças de Telefonia Móvel (Bandas D e E)

SMP: Leilão das Sobras de Licenças de Telefonia Móvel (Bandas D e E) ANÁLISE DE INVESTIMENTOS Relatório Especial SMP: Leilão das Sobras de Licenças de Telefonia Móvel (Bandas D e E) Roberta Kosaka de Oliveira roberta.oliveira@itau.com.br 55 11 3247 4803 Ricardo Ventrilho

Leia mais

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009

Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo. Telefônica 17 de julho de 2009 Transparência e Internet, as Telecomunicações apoiando a Administração Pública Case Prefeitura de São Paulo 17 de julho de 2009 1. Grupo 1 Grupo dados de 2008 No Mundo Presença em 25 países na Europa,

Leia mais

Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 2014 Plano 2012 14

Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 2014 Plano 2012 14 Telecom Italia TIM Brasil Plano 2012 14 14 LUCA LUCIANI Limitação de Responsabilidade Este documento pode incluir declarações prospectivas. Essas declarações não são declarações de fatos históricos e refletem

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Sugestão de Política Pública para o Atendimento Rural via Satélite

Sugestão de Política Pública para o Atendimento Rural via Satélite Sugestão de Política Pública para o Atendimento Rural via Satélite Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite SINDISAT Suporte: TELECO - Inteligência em Telecomunicações Brasília,

Leia mais

Comunicado à Imprensa. S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A.

Comunicado à Imprensa. S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A. Comunicado à Imprensa S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A. Analistas: Ana Claudia Nunes, São Paulo (55) 11-5501-8956; Reginaldo Takara, São Paulo (55) 11-5501- 8932; Milena Zaniboni,

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

Divulgação de Resultado

Divulgação de Resultado TEPR3: R$10,19/1.000 ações TEPR4: R$13,59/1.000 ações BTM: US$16,90/ADR VALOR DE MERCADO: R$6.433 MILHÕES Preço de fechamento (26 de fevereiro de 2002) Divulgação de Resultado 4 o Trimestre de 2001 Não

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

Divulgação de Resultado Consolidado

Divulgação de Resultado Consolidado TCSP3: R$19,00/1.000 ações TCSP4: R$18,99/1.000 ações BRP: US$39,58/ADR VALOR DE MERCADO: R$6,616 MILHÕES Preço de fechamento (26 de fevereiro de 2002) Divulgação de Resultado Consolidado 4 o Trimestre

Leia mais

Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP)

Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP) Lei nº 11.079, de 30.12.2004 Decreto nº 5.385, de 04.03.2005 Financiamento Projetos de Infra-estrutura: Financiamento Corporativo, Project Finance e Parcerias Público-Privadas (PPP) Luiz Ferreira Xavier

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A.

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A. Resultados do 1 Trimestre de 2007 GVT (Holding) S.A. RECEITA LÍQUIDA DA GVT CRESCE 25,2% E EBITDA AJUSTADO ATINGE CRESCIMENTO DE 38,6% NO 1T07 Durante o 1T07 a GVT completou seu IPO que atingiu um acréscimo

Leia mais

I. DA AQUISIÇÃO DO CONTROLE DA BRASIL TELECOM

I. DA AQUISIÇÃO DO CONTROLE DA BRASIL TELECOM TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 02.558.134/0001-58 NIRE nº 33300262539 TELEMAR NORTE LESTE S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 33.000.118/0001-79 NIRE nº 33300152580 F A T

Leia mais

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 Tele Celular Sul Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 8 de Maio, 2002 Agenda Estratégia Operacional Realizações no 1º Trimestre/2002 Estratégia Operacional Ações para 2002 Capacidade do CRM

Leia mais

Nota sobre a Privatização no Brasil para informar missão de parlamentares sulafricanos

Nota sobre a Privatização no Brasil para informar missão de parlamentares sulafricanos Nota sobre a Privatização no Brasil para informar missão de parlamentares sulafricanos EDUARDO FERNANDEZ SILVA Consultor Legislativo da Área IX Política e Planejamento Econômicos,Desenvolvimento Econômico,

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Aquisição da JGM e Marcos Koenigkan 28 de fevereiro de 2008

Aquisição da JGM e Marcos Koenigkan 28 de fevereiro de 2008 Aquisição da JGM e Marcos Koenigkan 28 de fevereiro de 2008 + + = Aquisição de 100% da JGM Imóveis; Aquisição de 100% da Marcos Koenigkan Imóveis; Entrada no mercado do Distrito Federal e Ampliação da

Leia mais

Aquisição da Microlins. Agosto 2008

Aquisição da Microlins. Agosto 2008 Aquisição da Microlins Agosto 2008 Overview da Transação A Anhanguera adquiriu uma participação de 30% na Microlins, a maior rede de cursos profissionalizantes do país Overview 657 franquias em todo Brasil

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998

Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998 Contatos: Tele Nordeste Celular Mário Gomes 0xx81.216.2592 Fabíola Almeida 0xx81.216.2594 Octavio Muniz 0xx81.216.2593 Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998 Brasília, Brasil

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de 2007. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06024/2007/RJ COGCE/SEAE/MF Rio de Janeiro, 16 de janeiro de 2007. Referência: Ofício SDE/GAB nº 088, de 05 de janeiro de

Leia mais

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Conference Call 221 de dezembro de 2009 Aviso importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

CTBC. Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007

CTBC. Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007 CTBC Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007 Coordenador Líder Coordenador 1 Disclaimer Este material foi preparado exclusivamente como material de suporte

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais