Bate-Papo Gerente de Customer Service fala sobre a importância do trabalho integrado para o atingimento dos resultados estratégicos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bate-Papo Gerente de Customer Service fala sobre a importância do trabalho integrado para o atingimento dos resultados estratégicos."

Transcrição

1

2

3 Nesta Edição 06 Diferencial Competitivo Programa de Excelência é implementado em todas as unidades fabris e moinhos. 10 Bate-Papo Gerente de Customer Service fala sobre a importância do trabalho integrado para o atingimento dos resultados estratégicos. 20 Visite Nossa Cozinha Para surpreender sua família e seus amigos, experimente fazer um cardápio sofisticado e delicioso com massas Petybon. 14 Planejamento de Vendas e Operações Resultados melhores através de planejamento e alinhamento entre as áreas. 18 Inovação Workshop realizado por profissinais de diferentes áreas fomenta o processo de inovação na companhia. 22 Filhos & Filhas O cuidado com o meio ambiente começa em casa, com a ajuda dos pais. Expediente Revista Diálogo Junho / Agosto 2012 Conselho de Administração Presidente Amarílio Macêdo VICE-Presidente Roberto Macêdo Conselheiros Amarílio Macêdo, Georgina Macêdo, Humar Oliveira, Itamar Correia, Maurízio Mauro, Roberto Macêdo e Sérgio Maia. Diretoria Executiva Presidente Enrique Ussher Diretores Carlos Augusto Rocha, Luís Eduardo Vallim, Sérgio Povoa e Vagner Ludovichi. Sugestões e comentários: Zilmara (85) Endereço: Rua Benedito Macêdo 79, Vicente Pinzón, Fortaleza-CE, CEP Site: A Revista Diálogo é uma publicação trimestral dirigida aos funcionários da J.Macêdo S/A, com o objetivo de intensificar o diálogo e a participação, praticar a transparência, fortalecer o trabalho de equipe, divulgando os valores da empresa, assim como fatos, iniciativas e projetos em andamento na Companhia. Coordenação Geral Zilmara Azevedo Jornalista Responsável Flávio Paiva MTB CE00755JP Analistas de Comunicação Emanuelle Bessa, Rafaela Matos Assistente de Comunicação Thiago Sena Projeto Gráfico e Editoração OMNI Editora Associados Impressão Halley Gráfica Tiragem desta edição exemplares Diálogo 3

4 Diga Lá suas estratégias de desenvolvimento que já vêm apresentando grandes resultados, como podemos constatar nos programas de desenvolvimento profissional, qualidade de vida, entre outros. Parabéns a toda a equipe de RH pelo seu papel na ajuda pela busca dos resultados. Lílian Camilo da Silva Controles Industriais - Jaguaré (SP) Alvos Estratégicos 2012 Fico orgulhoso em fazer parte desta nova fase da J.Macêdo, na qual todos estaremos ainda mais empenhados em ser um time de alta performance, buscando a excelência profissional para alcançarmos resultados cada vez maiores e melhores para a companhia. Cabe a cada um adotar esta nova cultura e fazer dela um papel diário. Elton Raniery Gonçalves Santos Recursos Humanos Maceió (AL) RH como parceiro do negócio Qualquer instituição que almeja crescer precisa ter uma visão de parceria e toda área pode ser um parceiro estratégico, desde que alinhada com os objetivos da companhia. Essa atuação do RH o leva para além das suas atividades do dia a dia, tornando-se um importante catalizador e suporte para as áreas. Michel Navarro Trade Marketing Verbo Divino (SP) Gostei muito da entrevista com os gerentes de RH, onde pudemos conhecer um pouco mais sobre os propósitos da área, Como acompanhar os estudos do seu filho em casa Muito pertinente a colocação. Destaco dois itens: evitar dar respostas prontas e perguntar à criança o que ela aprendeu de novo. A criança deve ser estimulada à leitura e nosso papel como pais é auxiliá-la a encontrar as respostas. Além disso, sempre fiz questão de acordar junto com meus filhos para que não perdessem o horário da aula, pois uma falta representa perda na sequência do aprendizado. Lauri de Oliveira Gerente de Planta Londrina (PR) Gostei muito das dicas, irei criar um espaço no escritório de casa para incentivar meu filho a estudar. Muito importante também é o tempo dedicado para correção do exercício. É fundamental participar, pois a escola é um suporte para a família e não a única forma de educar nossos filhos. Marta Andrea S. Pacheco Gomes Qualidade - Salvador (BA) É importante a participaçã dos pais na educação das crianças. Sempre incentivo meu filho a fazer o que gosta e mostrar a ele que a disciplina é fundamental para o aprendizado. José Cláudio Maciel Qualidade - Salvador (BA) Mande seu recado, críticas e sugestões para ou entregue sua mensagem ao Coordenador de RH de sua Unidade. 4 Diálogo

5 Editorial O que você pode fazer ainda melhor? Buscar formas de fazer ainda melhor o que você já faz muito bem hoje. É isto que o Comex da J.Macêdo espera de cada funcionário. Para chegarmos ao resultado acordado no início de 2012, cada um de nós deve fazer a sua parte e aplicar no dia a dia nossas 6 Atitudes Vencedoras. Liderança em Custos Baixos, Olho do Dono, Todos Somos Vendedores, Trabalho em Equipe, Disciplina nas Iniciativas e Espírito Competitivo são comportamentos que devem ser assumidos verdadeiramente por todos, visando redução de custos, excelência na qualidade e resultados sustentáveis. Nesta edição da Diálogo, trazemos exemplos de como algumas áreas de nossa empresa estão aplicando estas Atitudes Vencedoras com resultados significativos. No Bate-Papo, você terá a oportunidade de ler uma entrevista com a gerente de Customer Service, Elisângela Soares, em que ela explica como a área está trabalhando para apoiar a J.Macêdo no atingimento dos Alvos Estratégicos 2012 e como é importante todas as áreas estarem melhor integradas e terem a posturas de Olho do Dono, Todos Somos Vendedores e Trabalho em Equipe. Já na História de Capa, você saberá como a implantação do Programa de Excelência em nossas unidades fabris está integrando ainda mais os processos da companhia, levando as áreas a conversarem melhor e a termos mais disciplina nas operações do dia a dia. Olho do Dono e Liderança em Custos Baixos são atitudes muito presentes quando o assunto é excelência operacional. Também nesta edição, encontramos de forma mais destacada exemplos de adesão ao Trabalho em Equipe na matéria sobre S&OP e de Espírito Competitivo na reportagem que fala sobre o Workshop de Inovação. Mesmo com abordagens e assuntos distintos, na maioria dos textos desta edição, identificamos formas diferentes de cada funcionário ou área buscar o seu melhor. Recentemente, Comex e gerentes seniores da J.Macêdo estiveram reunidos em São Paulo para definir ações prioritárias para os próximos meses, que irão garantir o alcance dos nossos Alvos Estratégicos. Todas elas pautadas em nossas 6 Atitudes Vencedoras. O que eu espero de vocês é que apliquem nossas Atitudes Vencedoras cada vez mais. Busquem melhorar todos os dias, mesmo nas coisas mais simples. Esta foi a mensagem de encerramento de Enrique Ussher neste encontro de líderes e é o desafio diário que fica a partir de agora, para cada um de nós. O que você pode fazer melhor do que faz hoje? Esta edição da Diálogo te ajudará a responder esta pergunta. Boa leitura! Enrique Ussher Carlos Augusto Rocha Luis Eduardo Vallim Sérgio Povoa Vagner Ludovichi COMEX Comitê Executivo da J.Macêdo S/A Diálogo 5

6 História de Capa Programa de Gestão Integrada e de Excelência Focada em resultados cada vez mais consistentes, a J.Macêdo implantou o Programa de Excelência em todas as suas unidades, promovendo a padronização dos processos para alavancar os resultados da empresa. A J.Macêdo lançou este ano nas suas unidades de consumo o Programa de Excelência. O modelo funciona nos moinhos Fortaleza, Londrina e Salvador desde 2011 e vem com a proposta de integrar totalmente os processos da Companhia, com as áreas conversando mais entre si e tendo disciplina nas operações do dia a dia. Com isto, a Companhia dá um importante passo para se tornar referência na indústria alimentícia, maximizando e sustentando resultados de qualidade, com custos baixos e melhoria no atendimento ao cliente. O PEJM, como costuma ser chamado nosso Programa de Excelência, trabalha através de pilares que norteiam as decisões e a operacionalização. Cada pilar é composto por diretrizes, métodos, ferramentas, processos e procedimentos organizados em níveis de prioridade de implementação. O sucesso do Programa só é possível através de pessoas comprometidas e capacitadas, executando uma gestão exemplar de padronização em um ambiente de melhoria contínua. Veja no quadro abaixo os objetivos específicos de cada pilar e converse com o seu gestor e/ou com o gerente de planta da sua unidade/moinho para saber como contribuir melhor para o Programa. Buscando a melhoria contínua Para estimular uma adesão cada vez maior aos pilares do PEJM e a melhoria contínua dos nossos processos internos foram criadas duas diferentes formas de reconhecer aqueles que se destacam no Programa: a Copa da Excelência e o Destaque em Excelência. A Copa de Excelência estimula a competição entre as unidades e entre os moinhos participantes do Programa incentivando o aprendizado corporativo pela adoção das melhores práticas de cada local, reconhecendo esforços coletivos e premiando resultados diferenciados. A avaliação é feita através da análise do grau de atendimento a indicadores operacionais (plano de metas) e da aderência aos processos Pilar Gente Garantir o suporte à gestão de pessoas nas unidades, de forma a aumentar o engajamento e melhorar cada vez mais os resultados e o clima da organização. Pilar Segurança/MASS Garantir a integridade das nossas pessoas com base no atendimento aos requisitos legais. Pilar Qualidade Garantir o atendimento às expectativas dos nossos clientes e consumidores. Este pilar traz as ferramentas necessárias para entregar resultados sustentáveis através de processos e procedimentos padrões. Pilar Meio Ambiente/MASS Garantir que a gestão ambiental seja feita de acordo com a Política Integrada e as diretrizes da J.Macêdo, baseados na estrutura das normas ISO e da legislação ambiental. Pilar Manutenção Garantir a confiabilidade e a disponibilidade dos equipamentos, utilizando rotinas de planejamento e check. Pilar Gestão / Gestão LEAN Garantir o elo entre meios e resultados, o planejamento de longo prazo e a execução. É essencial para a manutenção e melhoria dos resultados. 6 Diálogo

7 FALA FUNCIONÁRIO Veja o que dizem nossos gerentes de planta sobre o Programa de Excelência Maurício Garrafielo Moinho Fortaleza O Programa de Excelência da J.Macêdo (PEJM) vem conduzindo nossa empresa a um patamar de gestão compatível com as empresas consideradas classe mundial, onde os processos são mapeados e padronizados com base nas melhores práticas de mercado e a melhoria contínua é fruto do alinhamento das metas estratégicas da empresa com o uso eficaz das ferramentas de análise e solução de problemas. Em 2011, conseguimos padronizar as principais atividades de cada pilar, mobilizando todo o time do moinho para o alcance das metas e principalmente desenvolver novas lideranças, competências e talentos na equipe. Percebemos que estabelecer metas, mensurar ao longo do tempo, acompanhar os desvios, é muito importante e cada vez mais tem feito parte da nossa cultura, assim como ajudar os funcionários a evoluir, seguindo um padrão da empresa, pois aproxima as pessoas e confere a identidade da empresa no nosso dia a dia. Olhando para cada pilar do Programa de Excelência, vemos uma casa onde dentro dela estão todos nós, zelando pela sua estrutura, fazendo-a crescer, trabalhando com uma só diretriz rumo à excelência. Todos juntos e com organização somos mais fortes e sem dúvida venceremos. Antônio Luiz Periotto Moinho Salvador Kwami Correia São José dos Campos A Excelência Operacional deixa de ser uma opção e torna-se um diferencial competitivo, fator essencial para o sucesso e crescimento da nossa empresa. Como defensor fervoroso da Gestão Lean e da busca incessante pela excelência, busquei desde o início mostrar a importância do programa para o time da unidade de SJC e os resultados são bem evidentes, tanto no que se refere à performance da unidade, como no alinhamento entre os times e principalmente na disciplina no cumprimento das rotinas básicas do dia a dia. O Programa de Excelência funciona como um grande farol que mostra aos gestores de operação a direção correta e o nível de disciplina que deve ser aplicado para que se atinja a excelência operacional, ajudando assim a empresa a se manter firme neste mercado tão competitivo. Werner Ferreira Pouso Alegre implantados pelo PEJM. Conquista a Copa de Excelência aquela unidade e moinho que mais pontos acumular durante as auditorias realizadas no ano. Os participantes concorrem em 2 grupos: Moinho (FOR, LON e SAL/ MO) e Consumo (POU, SJC, SIF, JAG, MAC e SAL/FA). No Programa de Excelência da J.Macêdo, além do reconhecimento das melhores unidades e moinhos, os responsáveis por cada pilar localmente podem ser reconhecidos pelo atingimento de metas específicas criadas pelo Programa através do prêmio Destaques em Excelência. Neste caso, o prêmio não está atrelado a nenhum ranking, mas ao atingimento da meta estabelecida no pilar. Em 2013, reconheceremos os melhores de 2012 através dos prêmios: Copa de Excelência e Destaques em Excelência. É compromisso de todos contribuir para a melhoria dos nossos processos e operação independente da área, local ou função exercida. Faça você também a sua parte! Diálogo 7

8 Na Pauta Lideranças de Alta Performance Para se obter um time de alta performance, é necessário também formar líderes comprometidos e conscientes do seu papel como orientador e impulsionador de resultados. Diante disto, a J.Macêdo desenvolveu e realizou, em todas as suas unidades fabris, o Programa de Desenvolvimento de Líderes. Capacidade de atingir objetivos desafiadores da equipe, por meio da direção, inspiração e alinhamento dos envolvidos. É assim que a J.Macêdo define uma liderança eficaz. De março a junho deste ano, o Programa de Desenvolvimento de Líderes foi levado a 100% de nossas unidades fabris, com o propósito de capacitar especialmente o time de líderes que está diariamente em contato com nossa operação. Gerentes de planta e coordenadores de diferentes áreas também participaram do treinamento em algumas unidades. Através da exposição de conteúdo, exercícios, dinâmicas e da troca de experiências entre os participantes, o programa buscou sensibilizar o grupo sobre a importância de conhecer e aderir às nossas políticas de RH e principalmente aos processos internos relacionados à gestão de pessoas, fazendo-os entender que eles são peça-chave no engajamento da equipe e consequentemente no atingimento dos resultados da companhia. O Programa de Desenvolvimento de Líderes foi elaborado em quatro módulos sequenciais e ministrado por um consultor interno. No quadro abaixo, veja o que trata cada um dos módulos: 1 REFLETIR Conscientizar o grupo sobre a importância de adotar nosso Código de Ética e de Conduta na construção de relações de confiança e respeito com os seus liderados. 2 AGIR Reforçar os pontos das normas de Frequência, Desligamento, Férias e Disciplina que possuem maior impacto na condução da equipe e nos resultados financeiros da Empresa. Conscientizar o grupo sobre a importância da comunicação eficaz e do feedback para formar equipes de alta performance. 3 CONSTRUIR Reforçar junto ao time de líderes os pontos de maior relevância da Norma de Treinamento e Desenvolvimento, no que se refere à gestão e transformação do conhecimento de seus liderados, conscientizando-os sobre a importância da liderança situacional. 4 MANTER Destacar e reforçar o compromisso do líder na gestão de pessoas: monitorar, avaliar, desenvolver, reter e valorizar os funcionários que estão envolvidos e comprometidos com resultados e promovem a diferença. 8 Diálogo

9 Meses após a conclusão do programa, o que se percebe nas unidades é um time de líderes muito mais preparado para a gestão da sua equipe no cotidiano e ciente da importância do seu papel na qualidade de gestor. Além disso, o Programa de Desenvolvimento de Líderes contribuiu para a melhoria da comunicação entre gestores e suas equipes, para o uso com maior cautela de medidas disciplinares por parte dos gestores e a maturidade em administrar conflitos sem a interferência direta do RH, da gestão de ponto com significativa redução de abonos pela gerência e interjornadas, bem como da participação do gestor no desenvolvimento de sua equipe e de um clima de trabalho mais agradável. Alguns números do Programa: líderes foram treinados em todo o Brasil, ou seja, 97% do público-alvo 123 foram ministradas durante os cinco meses do programa 2.446h de treinamento 99% dos participantes avaliaram o programa como bom e ótimo FALA FUNCIONÁRIO Tânia Cristina Honorato Santos Simões Filho (BA) Com este treinamento, melhoramos a comunicação, a visão de alinhamento quanto ao atendimento às legislações e normas internas. Foi reforçada a preocupação em estimular, envolver e dar direcionamento para a equipe. Ampliou a importância do feedback, de comemorar resultados e estimular os grupos a se empenharem na busca do cumprimento de metas. Enfim, fazê-los entender que são parte importante do processo. Murilo Carlos Salini da Silva S.J.Campos (SP) Aprendi que um resultado sem engajar as pessoas é apenas sorte. Com o tempo, a sorte acaba e os maus frutos aparecem. Agora, os objetivos alcançados passarão de sorte para resultados consolidados. Descontração. Em clima de alegria, funcionários participam de dinâmicas que estimulam o trabalho em equipe e a capacidade de liderança. Diálogo 9

10 Bate-Papo Entregando valor ao cliente Da entrada do pedido à sua entrega ao cliente. Neste bate-papo, a gerente de Customer Service, Elisângela Soares, explica de que forma a área está trabalhando atualmente para apoiar a J.Macêdo no atingimento dos seus Alvos Estratégicos para Cada vez mais focada no cliente, a área de Customer Service da J.Macêdo ganha um perfil mais dinâmico e estratégico ao incentivar uma maior integração entre as áreas e promover, no dia a dia, as Atitudes Vencedoras Olho do Dono, Todos Somos Vendedores e Trabalho em Equipe. Com o desafio de entregar os pedidos no tempo certo, no local certo e na quantidade certa, o time de Customer Service busca minimizar os problemas operacionais, comerciais e de distribuição, através do acompanhamento de todo o ciclo do pedido. Nesta entrevista, a gerente Elisângela Soares fala sobre as principais atividades de Customer Service, qual o papel de cada área para a construção de uma verdadeira cultura de alta performance e como estamos conseguindo elevar o OTIF, um indicador de desempenho utilizado para medir a performance de atendimento ao cliente. OTIF é uma abreviação de On Time In Full, que significa entregar o produto ou serviço no tempo certo e na quantidade solicitada. William Guimarães. Quais as principais atividades de Customer Service e em quais delas encontramos oportunidades para o desenvolvimento de atitudes da cultura de alta performance? Elisângela. A área de Customer Service está passando por uma importante reestruturação. Saímos de um perfil meramente operacional para atuar agora de forma muito mais estratégica para a empresa. Responsável por gerenciar o ciclo do pedido, da recepção à entrega ao cliente, Customer Service tem o papel de integrar todas as áreas envolvidas neste processo. Além disso, somos o principal elo na cadeia entre J.Macêdo e cliente, desenhando soluções, propondo melhorias no processo, traduzindo a necessidade do cliente, buscando o ponto de equilíbrio entre o nível de serviço e o custo. Acredito que a busca pela excelência do nível de serviço é papel de todos na J.Macêdo e por isso temos estimulado muito a cultura de Olho do Dono, Trabalho em Equipe e Todos Somos Vendedores. Daniela Nishimura, Jonson Araújo e César Cardoso Porto. Quais ações estão sendo tomadas para elevar o OTIF, tendo em vista o crescimento que tivemos em relação ao mesmo período do ano passado? Como podemos evoluir na entrega de valor ao cliente para melhorar nossos resultados cada vez mais? Elisângela. O trabalho em equipe entre as áreas é o nosso grande diferencial. Investimos na qualificação do nosso time, em ferramentas de trabalho, estruturamos a área de Customer Service para atender por canal, da mesma forma como está sendo trabalhado pela 10 Diálogo

11 Cada um precisa assumir a cultura de Olho do Dono, pois todos estão envolvidos no processo. equipe da área Comercial. Estamos revisando processos através de fóruns mensais entre as áreas pares e ainda virão mais investimentos em tecnologia, planejamento, transporte e produção, para que melhoremos cada vez mais a disponibilidade de produtos e serviços para o cliente. A estratégia por canal tem se mostrado muito eficaz, pois coloca o investimento certo por canal. A proximidade com nossos clientes através dessas reuniões presenciais traz confiabilidade nas relações com a J.Macêdo e demonstra o nosso interesse em melhorar o nível de serviço por meio do desenvolvimento de parcerias. Eduardo Andrade da Silva. Qual o papel dos funcionários para que consigamos atingir altos níveis de OTIF? Elisângela. Cada um precisa assumir a cultura de Olho do Dono, pois todos estão envolvidos no processo. Se um produto que está sendo produzido na fábrica não tiver alta Diálogo 11

12 Perfil Elisângela Corrêa Soares Gerente de Customer Service Elisângela Corrêa da Silva Soares tem 36 anos, é formada em Administração de Empresas com MBA em Gestão de Processos e Serviços. Quando não está trabalhando, seu tempo livre é dedicado aos passeios a três, com o marido Alexandre e o filho de sete anos, Matheus. Vale tudo: de parques a uma partida de futebol no estádio, o importante mesmo é curtir os momentos em família. qualidade, vai gerar uma devolução. Se isso acontecer, todo mundo é envolvido no processo, pois a devolução afeta o nível de serviço. O trabalho em equipe é muito importante, assim como é indispensável sermos críticos e analíticos, vestir mesmo a camisa da empresa. Todos participam, direta ou indiretamente, desta cadeia. Vejam RH, por exemplo: a área não atende diretamente o nosso cliente externo, mas ajuda na qualificação do nosso time, levando a todos mais conhecimento sobre o OTIF, proporcionando treinamentos, etc. Heleno Júnior. Quais procedimentos devem estar alinhados entre Vendas, Cliente, Customer Service e Logística para não haver baixo desempenho em OTIF? Elisângela. Como já foi citado anteriormente, da entrada à entrega do pedido, cada um tem sua atividade dentro do ciclo do pedido. Trata-se de uma sequência onde todos precisam estar em total sintonia para que nada interrompa o fluxo. Temos que ter acordado todo o tempo necessário para o processo ser executado e o cliente precisa estar ciente deste tempo para programar seus pedidos. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Logística e Supply Chain com os principais clientes varejistas nas principais capitais do país, os clientes percebem como valor a consistência no cumprimento dos acordos de nível de serviço. Portanto, não podemos prometer algo que não podemos cumprir, pois isso gera um desgaste de imagem junto aos clientes. Está em fase de desenvolvimento junto à nossa área de Tecnologia da Informação, com previsão para entrega em outubro deste ano, um relatório chamado Tracking de Pedido, onde será possível acompanhar, através de um arquivo único, todo o status do pedido, da entrada à entrega, por cliente, vendedor, pedido, etc. Charlles Gleydson. Como os clientes de menor porte podem ser melhor atendidos? Elisângela. Através da segregação por canal, podemos elaborar para cada segmento uma estratégia diferenciada de atendimento, desde a revisão do pedido, portfólio de produtos até o perfil de entrega. Hoje, já temos uma equipe dedicada para atender todos os nossos clientes e, com a proximidade junto ao time de vendas, procuramos traduzir as necessidades para o dia a dia das nossas operações. Flávia Mônica Magalhães. Observamos que as multas de logística dos clientes key account (grandes redes) vêm diminuindo gradativamente. A que você atribui exatamente o alcance desse resultado? Elisângela. Para os clientes key account, revisamos os processos que geravam multas, com o intuito de estancar este ofensor dos resultados financeiros da J.Macêdo e, consequentemente, nos aproximarmos deles para entender o cenário. O mapeamento, que foi feito em parceria com as áreas envolvidas, resultou na elaboração de um plano de atendimento e nível de serviço para este canal. Os clientes não conheciam os processos que envolviam o seu ciclo de pedido da J.Macêdo, o que ocasionava com frequência as divergências no nível de serviço. Com as reuniões mensais, conseguimos rever nosso atendimento e discutir estratégia. A redução das multas foi uma consequência deste mapeamento e da proximidade com foco mais estratégico. Temos muito a evoluir neste processo, com o objetivo de agregar valor nas negociações entre cliente e empresa. Sandro Jesus. Em que fase do ciclo do pedido o OTIF interfere diretamente no resultado do Ebitda? Elisângela. Não existe uma etapa específica. O que posso afirmar é 12 Diálogo

13 que uma empresa com um bom nível de serviço tem uma imagem melhor junto aos seus clientes e isso acaba sendo um diferencial competitivo nas negociações. Os nossos produtos precisam estar no ponto de venda certo e na hora certa, ou seja, à disposição dos nossos consumidores, para gerar novas demandas. Para que isso ocorra, o ciclo do pedido deve seguir seu fluxo de forma sistêmica e sem interrupções. Esse é o objetivo da J.Macêdo e ele está sendo estruturado por meio de um importante projeto estratégico que conta com todo o apoio do Comex. Rebeca Maciel. Quais os maiores entraves que dificultam a otimização das entregas e quais ações estão sendo tomadas? Elisângela. A J.Macêdo como um todo está em fase de adaptação ao modelo de atendimento por canal. A mudança começou na equipe Comercial e agora está sendo feito o roll-out para as demais áreas, inclusive Supply Chain. Existem algumas dificuldades, mas elas estão sendo mapeadas e tratadas caso a caso. Precisamos ter sempre em mente o equilíbrio entre o custo e o nível de serviço. Hoje, através do Projeto Rota Positiva, que estuda o perfil da região x clientes, algumas dificuldades já foram resolvidas de forma a atender melhor nossos clientes. A previsão é de que, até outubro de 2012, tenhamos 100% das regiões mapeadas. Conheça os entrevistadores César Porto Vendedor Pouso Alegre Charlles Leão Conferente Maceió Daniela Nishimura Coordenadora de RH Jaguaré Eduardo Andrade Analista de Contas a Pagar Fortaleza Flávia Mônica Analista de Contratos Fortaleza Heleno Júnior Supervisor de Vendas Pouso Alegre Jonson de Jesus Analista de PCP Salvador Rebeca Maciel Vendedora Recife Sandro Colônia Líder de Logística Simões Filho William Guimarães Analista de Plan. Operações Verbo Divino Diálogo 13

14 Na Pauta S&OP: equilíbrio entre a demanda e a oferta de produto Melhoria do nível de serviço aos clientes, redução do capital empregado em estoques e redução de custos. Veja como o S&OP tem ajudado a alavancar resultados através de um melhor planejamento e integração entre as áreas. Um dos maiores desafios das empresas, em termos de planejamento, é manter o equilíbrio entre o que se produz e o que se vende. É justamente neste cenário que ganha uma importância cada vez maior o processo de S&OP - Sales & Operations Planning, que significa em português, Planejamento de Vendas e Operações. Com o suporte de ferramentas e sistemas, inclusive do SAP, o S&OP atua diretamente na melhoria dos indicadores de eficiência e eficácia da organização, possibilitando o acompanhamento permanente do desempenho e da sinergia entre as diversas áreas envolvidas. Na J.Macêdo, o S&OP chegou logo após a implantação do SAP, em 2009, e vem trazendo ano a ano resultados cada vez mais relevantes: A diferença entre o que vendemos e faturamos dentro do próprio mês caiu de 10% em 2010 para 4,6% em Nosso stock out, ou seja, a falta de estoque para atender a carteira de clientes do momento, era de toneladas/dia em Este ano, estamos em 575 ton/dia. O capital empregado em estoques de produtos acabados, matérias-primas, insumos e embalagens também reduziu em mais de R$ 7 milhões, comparando o primeiro semestre deste ano com o de 2011, liberando este valor para o caixa da empresa. O OTIF aumentou de 34% no 1º semestre de 2011 para 48% em A verdade é que o S&OP vai além do estudo de mercado e vendas dos produtos. Ele suporta o planejamento estratégico da empresa, garante que os planos sejam mais realistas, gerencia mudanças de forma eficaz, administra estoques garantindo um melhor nível de serviço ao cliente, avalia o desempenho e desenvolve o trabalho em equipe. Na J.Macêdo, o processo de S&OP busca balancear a demanda do mercado com a oferta interna de produtos, tendo como foco principal nossos objetivos orçamentários. Áreas como Vendas, Marketing, Administração de Vendas, Planejamento de Operações, Indústria e Finanças participam diretamente do processo de S&OP, que, se considerarmos dentro de uma visão simplificada, seria o seguinte: 1) A demanda é definida pelo planejamento de vendas feito pelos vendedores, gerentes regionais e nacionais de vendas e diretoria comercial; 2) O produto gerado nesta atividade é conhecido como demanda irrestrita e deve refletir a real necessidade do mercado, independente da capacidade de atendimento da companhia; 3) Neste momento, são feitas as primeiras verificações do plano contra o orçamento, com foco em volume, preço, custo e margem de contribuição; 4) Fechada a demanda irrestrita, é feita uma análise de capacidade e definida a forma como a demanda será atendida. Este ano, a J.Macêdo está redesenhando sua forma de trabalho para aperfeiçoar ainda mais a execução e consolidar o S&OP como um processo organizacional. Entendendo melhor sobre o equilíbrio entre a demanda e a oferta O que acontece quando... a demanda é muito maior que a oferta? Baixo nível de serviço ao cliente com muita falta de produto. Aumento de custos com tempos não planejados. Preços de compras desfavoráveis. a oferta é muito maior que a demanda? Aumento de estoques, que impactam em aumento de custos e produtos vencidos. Redução do ritmo de produção e da eficiência da planta. Maiores descontos para escoar produtos comprometendo a rentabilidade. 14 Diálogo

15 Na Pauta Novo Modelo de Integração Novo programa de integração reforça a identidade corporativa, apresenta de forma dinâmica e interativa os produtos, marcas e processos da companhia, e leva o funcionário a agir como um embaixador das nossas marcas. Os primeiros dias de um funcionário na empresa são importantíssimos para sua adaptação ao ambiente de trabalho e para a melhor absorção da cultura corporativa e valores essenciais. Quando um novo funcionário é bem acolhido, consegue trazer resultados mais rápidos e com mais qualidade. Sua boa adaptação contribui em muito para a redução do nosso índice de turnover e para a melhoria da nossa eficiência de contratação. Diante deste cenário, a J.Macêdo vem adotando um novo modelo de integração, muito mais participativo, informativo e que fala bastante sobre produtos e marcas, características dos nossos consumidores e do papel do funcionário como um verdadeiro embaixador das nossas marcas. A interatividade, as dinâmicas de grupo, o contato com os produtos e a degustação também são novidades nesse processo. Todos os funcionários, estagiários, aprendizes, terceiros e temporários da J.Macêdo recém-contratados participam presencialmente desse processo até no máximo 30 dias após sua admissão. Os módulos de qualidade e segurança, previstos no treinamento de Integração, são ministrados logo nos primeiros dias de empresa, antes do novato assumir sua função. O programa prevê também a escolha de um funcionário com maior tempo de casa para ser seu anjo da guarda, que tem o papel fundamental de acolher o novo contratado, apresentá-lo à equipe, mostrar as instalações da empresa e orientar sobre o uso dos principais sistemas corporativos e da área. O anjo da guarda tem a missão de tornar estes primeiros dias de trabalho mais agradáveis e especialmente marcantes para o recém-chegado. A integração corporativa tem duração média de um dia e meio. Já a integração funcional, que trata sobre o que é relativo às atividades que vai executar, leva em média uma semana. Nesta etapa, o funcionário vai bater um papo com clientes e/ ou fornecedores internos, conhecer o organograma de sua área, responsabilidades, atividades, fluxos de trabalho, processos internos específicos, objetivos estratégicos da empresa para o ano, metas, entre outras orientações. O novo modelo repercutiu de forma bastante positiva em todas as unidades. Das 115 pessoas integradas, de maio a julho deste ano, 99% avaliaram o programa como bom e ótimo. INTEGRAÇÃO. Novos funcionários aprendem a ser verdadeiros embaixadores de nossas marcas e produtos. FALA FUNCIONÁRIO Veja o que dizem nossos funcionários sobre o Novo Modelo de Integração Foi a primeira integração que participei e não achei maçante. O dinamismo dos participantes possibilitou conhecer um pouco mais das pessoas, dos principais produtos e objetivos da empresa. Nosso encontro foi extremamente feliz. Nos deram a oportunidade de conhecer melhor a empresa que nos acolheu e seus produtos, tudo isso num clima que nos deixou muito à vontade. Paulo Rodrigues São José dos Campos Claudênia do Carmo Fortaleza Diálogo 15

16 Na Pauta Colocando em prática as ações de clima definidas por todos Após um forte trabalho de definição dos planos, as ações referentes à pesquisa de clima organizacional estão sendo implementadas, contribuindo para o engajamento do time da J.Macêdo e um ambiente de trabalho cada vez melhor. Disciplina e comprometimento. Estas são características indispensáveis naqueles que são os responsáveis pelo cumprimento dos planos de ação definidos corporativamente e localmente em nossa última Pesquisa de Clima. Para atender aos anseios de nossos funcionários e alcançar resultados consistentes até o final de junho de 2013, quando se encerra o atual ciclo de gestão de clima, é necessário buscar sinergia entre as áreas, utilizar da melhor forma possível o orçamento disponível e ter muita persistência para cumprir os prazos e condições acordadas. Das 374 ações definidas, 26% delas estão concluídas ou em andamento, 72% serão implementadas a partir de setembro e 2% foram canceladas por inviabilidade de execução. Neste momento, a área de Recursos Humanos atua como facilitador do processo de gestão de clima, gerindo e acompanhando a execução das ações. No entanto, é essencial que todos os funcionários sejam conscientes do seu papel e façam a sua parte na busca contínua da melhoria do clima. Acompanhar o andamento dos planos contribuindo no que for necessário, ser ético, respeitar os colegas e as diferenças, trabalhar em equipe, transformar dificuldades em oportunidades, ter disciplina nas iniciativas, manter um diálogo aberto com seu gestor imediato pedindo sempre feedback do seu trabalho e participar das ações promovidas pela J.Macêdo devem ser compromisso de todos e praticados no cotidiano. Estamos empenhados em tornar a J.Macêdo uma das melhores empresas para se trabalhar. Queremos que nossos funcionários venham trabalhar muito mais felizes, com a certeza de encontrar um clima saudável, para que possam dar o melhor de si e manter o foco nos resultados. Esta deve ser a meta de todos, pois cada um de nós é responsável pelo clima no ambiente de trabalho. Dê sua parcela de contribuição!, comenta Elisabete Fonseca, Gerente de Desenvolvimento Organizacional. Fique atento à comunicação dos status dos planos de Entenda as etapas do processo de gestão de clima Aplicação da Pesquisa de Clima via formulário impresso e eletrônico; Apuração e tratamento dos resultados pela consultoria externa Hay Group; Apresentação dos resultados da pesquisa aos funcionários; Aplicação de questionário com perguntas abertas e focado em assuntos que ofereciam oportunidades de melhoria, onde todos puderam sugerir ideias sobre o que nossa empresa precisava realizar para elevar a satisfação dos funcionários; Apresentação ao Comex do consolidado de tudo o que foi levantado pelos funcionários em termos de sugestão de melhoria e que serviram de subsídio para definição dos planos de ação; Reunião de grupos de funcionários de diferentes áreas e níveis hierárquicos nas unidades, a fim de detalhar os planos definidos referentes à pesquisa de clima, determinando prazos, responsáveis e ações para favorecer a sua implementação no decorrer dos meses. ação corporativos e de sua unidade. Eles são divulgados, periodicamente, através de e dos nossos quadros de comunicação. Converse também com o Coordenador de RH Local e verifique como você pode contribuir para dar andamento aos planos de ação da sua unidade. Nesta edição da Diálogo, confira como foi a campanha do agasalho na seção Mistura Fina, página 25, e participe da ação você conhece a J.Macêdo, lendo a matéria aqui ao lado. Essas iniciativas atendem às demandas indicadas na Pesquisa de Clima. 16 Diálogo

17 Na Pauta Você conhece a J.Macêdo? Sua sugestão de pauta pode ser matéria na próxima Diálogo. Participe desta ação e conheça mais sobre a J.Macêdo. Revista de Comunicação J.Macêdo S/A Interna da ero 35 Ano VI n núm A o S/ acêd rna ão icaç da J.M Inte un Com o 34 de er sta núm Revi VII n Revista de Comunicação Interna da J.Macêdo S/A Ano VI n número 33 Ano a en nto a o me uist aja conq do. ng ê o e aceió J.Mac n co, M na a m fo ção Co ticipa m clim par gar e 1º lu Revis ta de Com unica ção Inte rna da Ano J.Mac V êd núm o S/ ero A 31 Revista de Comunicação Interna da J.Macêdo S/A Ano VI n número 32 o teremos o focnos rformance tos ra de alta pe os resultados previs ndo a cultu çar Desenvolve cessários para alcan ratégicos. ne est e agilidade nossos alvos Am suc arílio ess ão Macê à fr e de s do fala ent eus da e de A do Co planos n dm inis selho traç ão Os diretores Luís Eduardo Vallim, Carlos Enrique Ussher fala do Ludovichi Augusto Rocha e Vagner de suas integrado trabalho desenvolvido explicam como onotrabalho va para o atingimento oa áreas está contribuindo na presidência e com ócio. m g de resultados. a ne lic da importância do exp ra o das i pa Ven ibu alinhamento para a busca de contr nais nal de resultados acio r ca s N a po Ambiente, Saúde e Segurança realiza Meio de Área SEGURANÇA. te d n ere ializa encontro nacional e apoia a SIPATMA em todo o Brasil. c sg trê spe Os das e OR O: Ç AP ven a efi AMEN E-P ra de T ci ênci TO M BA rutu A ae o co TRICIA est ntro L le n. Nova a ge m stão etod de d olog esp ia pe esa rm s fixa ite au s. m enta s explicam os Humano s de Recurs ultados corporativo busca de res : Gerentes negócio na BATE-PAPO parceira do o com a a atu das pessoas. o como a áre ent im desenvolv através do O que você gostaria de ler na Diálogo? Envie sua sugestão de tema sobre uma das categorias abaixo e explique por que sua ideia merece ser destaque nas páginas da nossa revista. As cinco sugestões mais interessantes serão selecionadas como tema de reportagens das próximas edições e os funcionários que tiverem suas idéias escolhidas serão entrevistados pela Diálogo. Até o dia 25 de outubro, funcionários de todo o Brasil podem participar da ação. Não há limite de sugestões, basta solicitar ao RH local o cupom Você conhece a J.Macêdo?, preencher as informações indicadas e depositar nas urnas da sua unidade. Outra forma de participar é através do cupom eletrônico que será enviado por , pela área de Comunicação. Os RHs encaminharão à área de Comunicação Interna, no Escritório Central, todos os cupons preenchidos. Durante a 1ª quinzena de novembro, será feita a triagem e análise de ideias. O resultado será divulgado nos quadros de comunicação interna, e na próxima edição da revista Diálogo. r ALVOS ESTRATÉGICOS. As pessoas são o diferencial competitivo para que a J.Macêdo acerte em cheio os 5 Alvos Estratégicos, que foram amplamente divulgados em toda a empresa. Esta é mais uma Ação de Clima que teve início em 2010, com o objetivo de promover um maior conhecimento dos funcionários sobre nossa empresa, além de incentivar a participação de todos na construção de uma Diálogo cada vez melhor. Na primeira vez em que foi realizada, obtivemos 181 participações. Você conhece a J.Macêdo? Veja abaixo as categorias de temas sobre quais você pode enviar suas sugestões: Atitudes Vencedoras Comunicação Ética Inovação Minha Unidade Nossas Marcas Nosso Negócio Segurança e Qualidade Sustentabilidade Visão Financeira Outros Diálogo 17

18 Na Pauta Inovação: componente essencial na estratégia empresarial Perseguir a visão da empresa com ousadia, atitude empreendedora, senso de urgência e foco em resultados. É assim que a J.Macêdo define Inovação, um dos valores essenciais expressos em nosso Código de Ética e tema central do Workshop de Inovação Apresentar novas idéias e fomentar o processo de inovação junto ao Comex, trazer percepções de como as empresas brasileiras estão tratando o assunto e traçar estratégias de médio e longo prazo para a companhia. Com estes objetivos, realizou-se no mês de junho, na Casa Arno, em São Paulo, o Workshop de Inovação da J.Macêdo. O evento contou com a participação do Comex e de profissionais das áreas de Qualidade, P&D e SAC. A visão macro de como está sendo trabalhada a inovação no Brasil e no mundo foi trazida para o workshop pelo palestrante Naldo Dantas, da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras ANPEI. Os participantes também tiveram a oportunidade de saber mais sobre as tendências mundiais de mercado, com a exposição de alguns produtos que se encaixavam neste contexto. Fernanda Reche, da área de Relacionamento com o Consumidor, bem como Flávia Medina e Renata Delavy, de P&D, também enriqueceram a programação falando sobre os produtos lançados entre 2008 e 2012 pela J.Macêdo. Alexandre Martos e Eudes Michiute, de P&D, falaram sobre o processo de lançamento de produtos. Todos estes recursos permitiram aos participantes do workshop compreender a J.Macêdo dentro de um contexto macro e promoveu o alinhamento das expectativas da área técnica, em termos de inovação, com o Comex. Temos incentivado a inovação em nossa Empresa, através de eventos com grupos multidisciplinares, para geração de idéias, comenta Nádia Martarello, gerente de Qualidade e P&D. Hoje, a J.Macêdo possui um acervo com aproximadamente 320 idéias. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) é parte integrante deste processo, pois é através dele que a J.Macêdo ouve seus consumidores, recebe sugestões e idéias, inclusive reclamações, que norteiam o caminho para o melhor atendimento das necessidades destes consumidores e suas expectativas em relação ao lançamento de novos produtos. FALA FUNCIONÁRIO Alexandre Martos Coordenador de P&D Um dos grandes desafios estratégicos das organizações nos mercados interligados de hoje é captar e entender as principais mudanças do futuro para o negócio, a fim de garantir um retorno para os acionistas. Nesse processo, começar a pensar em inovação é peça-chave para um diferencial competitivo A inovação tem sido mundialmente considerada a força motriz do desenvolvimento econômico. É através dela que os negócios se tornam mais sustentáveis. Diante deste cenário, o time de Pesquisa e Desenvolvimento entendeu ser o momento oportuno para retomar os desenvolvimentos inovativos, alinhados às macro-estratégias da companhia. Flávia Medina Especialista de P&D Produtos 18 Diálogo

19 Olha Que Legal PASSEIO Búzios (RJ) Indicação de Fernanda Jucá Recursos Humanos Fortaleza (CE) A vila de pescadores que encantou Brigitte Bardot nos anos 60 transformou-se em um sofisticado balneário, repleto de atrações o ano inteiro. Búzios possui praias paradisíacas, onde o visitante tem a opção de escolher a que mais se adequa ao seu estilo. A analista de Desenvolvimetno Organizacional, Fernanda Jucá, indica a Praia Brava, para quem quer paz e tranquilidade, e a Praia do Geribá, para quem quer badalação. Serviço: Búzios fica a 170 km do Rio de Janeiro. As pousadas e hotéis oferecem serviços de traslado para Búzios direto dos aeroportos do Rio de Janeiro. Os preços variam de acordo com o meio de transporte escolhido. Mais detalhes com o Centro de Informações Turísticas: (22) CD Exaltasamba 25 Anos Indicação de Janice Cavalcante Rodrigues Financeiro Fortaleza (CE) O álbum Exaltasamba 25 anos Ao Vivo foi lançado em 2010 e chegou ao número 1 no Top 20 ABPD a parada oficial de vendas do Brasil. Tem participações especiais, como Chitãozinho & Xororó, Mariana Rios, Padre Reginaldo Manzotti, Rodriguinho e a Orquestra Bachiana. Para um fim de semana mais animado, é indispensável o bom e velho pagodinho, melhor ainda se for ao som do Exalta, declara Janice. Serviço: Título: Exaltasamba 25 Anos Ao Vivo Gênero: Samba e Pagode Preço Médio: R$12,90 Livro Ágape Indicação de Sandra Regina Bittencour Industrial Salvador (BA) Nesta obra, o Padre Marcelo Rossi nos leva a refletir sobre o cotidiano e convida a todos para seguir os ensinamentos deixados por Jesus em torno de sentimentos como amizade, caridade e amor. É um exercício de amor incondicional pela humanidade, declara Sandra. Serviço: Título: Ágape Autor: Padre Marcelo Rossi Editora: Globo Ano: 2012 Preço Médio: R$24,90 Fale conosco Ajude a fazer a Revista Diálogo. Mande suas dicas para Diálogo 19

20 Visite Nossa Cozinha Toque de Chef Que tal surpreender sua família, seus amigos ou aquela pessoa especial com um jantar inesquecível e um cardápio sofisticado e delicioso? Nesta edição, apresentamos três sugestões de receitas para você levar requinte e sabor à sua mesa. Experimente e bom apetite! Fusilli Defumado com Gengibre e Frutas Secas Ingredientes 1 embalagem de MASSA DE SÊMOLA GRANO DURO PETYBON FUSILLI 2 colheres (sopa) de manteiga 1 colher (sopa) de gengibre ralado 2 ½ xícaras (chá) de frango defumado desfiado ¾ xícara (chá) de uvas passas pretas sem semente ¾ xícara (chá) de uvas passas brancas sem semente ¾ xícara (chá) de damascos 1 xícara de nozes pecã picadas grosseiramente 1 xícara (chá) de erva doce bem picada Sal a gosto Pimenta do reino a gosto Sálvia para decorar Modo de preparo Prepare a massa PETYBON conforme as instruções da embalagem. Derreta a manteiga e frite por 5 minutos o gengibre. Coloque os demais ingredientes e refogue por 8 minutos. Acrescente a massa, misture bem e sirva decorado com as folhas de sálvia. Tempo de preparo: 20 minutos Rendimento: 6 pessoas 20 Diálogo

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

Carreteiro dos Pampas

Carreteiro dos Pampas Carreteiro dos Pampas 500g Arroz Parboilizado Namorado 200g alcatra cortado em cubos 200g sobre-paleta suína cortado em cubos 200g coração de galinha (limpo) 200g calabresa média cortada em meia lua 200g

Leia mais

RISOTOS. As melhores receitas

RISOTOS. As melhores receitas RISOTOS As melhores receitas INTRODUÇÃO Sempre tivemos vontade de postar receitas de risoto no nosso blog, já que é um prato muito apreciado pelos nossos clientes e leitores. Como o risoto tem seus segredinhos,

Leia mais

FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados

FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados FAÇA DE CADA RECEITA UMA OBRA-PRIMA. CHEF Fundos Líquidos Concentrados SEMPRE EM BUSCA DA EXCELÊNCIA CULINÁRIA, CHEF OFERECE A VOCÊ UMA LINHA COMPLETA DE PRODUTOS FEITA COM OS MELHORES INGREDIENTES. OS

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO OUTRAS RECEITAS CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO 2 colheres (sopa) de suco de pêssego pronto para beber 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 colheres (sopa) de alecrim picado 2 colheres (sopa) de

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos Livro de Receitas Receitas do Chef César Santos Camarão com arroz de coco Ingredientes: 400 g de filé de camarão 10 quiabos médios 50 g de pimentão verde 50 g de pimentão amarelo 50 g de pimentão vermelho

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

ENTRADA Salada Requintada

ENTRADA Salada Requintada ENTRADA Salada Requintada Rendimento: 6 porções (1 pires = 75 g) 1 pé de alface americana pequeno lavado 1 maço pequeno de rúcula lavado 100 g de peito de peru defumado em tiras 100 g de queijo minas em

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira nossas sugestões!

O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira nossas sugestões! Que tal aproveitar esse inverno e preparar uma deliciosa sopa quentinha? O Almanaque Gourmet, o HONDASHI e o AJI-NO-MOTO selecionaram nove receitas práticas que vão esquentar de vez o seu cardápio. Confira

Leia mais

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO

Modo de Preparo. Modo de Preparo RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO RECEITAS FÁCEIS 1 ARROZ SORTIDO 280 gramas de peito de frango,2 dentes de Alho picados,4 xícaras de chá de Arroz,banco cozido,2 Ovos cozidos e picados,1 xícara de chá de Cebolinha picada,sal a gosto,pimenta-do-reino

Leia mais

Modo de Fazer: Reserve a cebola, Bata os outros ingredientes no liquidificador. Misture com a cebola e tempere a gosto

Modo de Fazer: Reserve a cebola, Bata os outros ingredientes no liquidificador. Misture com a cebola e tempere a gosto PATÊ DE AGRIÃO Ingredientes: 1 xícara de chá de folhas de agrião (secas) 1 xícara de chá de maionese ½ copo de requeijão 1 dente de alho amassado ½ xícara de chá de cebola picadinha Modo de Fazer: Reserve

Leia mais

Vendas na Empresa Lean

Vendas na Empresa Lean Vendas na Empresa Lean Autor: Alexandre Cardoso Publicado: 29/04/2011 Introdução Em uma empresa, a área de Vendas é de extrema importância para o sucesso do negócio. Aprimorar o seu desempenho tem sido

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital.

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse terá suas etapas e prazos muito bem definidos, garantindo um processo

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa

Camarões a Monterrey. Foto ilustrativa Receitas Camarões a Monterrey 10 camarões MARIS 10 fatias de bacon 100g de queijo gruyere 2 dentes de alho 4 colheres de sopa de azeite ½ limão Sal e pimenta do reino a gosto 3 tomates grandes maduros

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De Gergelin Com Frango 7 Almoço Mexicano 8 Pizza Saudável 9 Vegetais Grelhados 10 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado,

Leia mais

pates Modo de Fazer: Bata o milho no liquidificador e misture-o aos demais ingredientes, temperando a gosto. Acrescente maionese até obter uma pasta.

pates Modo de Fazer: Bata o milho no liquidificador e misture-o aos demais ingredientes, temperando a gosto. Acrescente maionese até obter uma pasta. PATÊ DE BERINJELA COM QUEIJO Ingredientes: 2 berinjelas picadas, previamente aferventadas 1 cebola picada 3 colheres de sopas de óleo 1 colher de sobremesa de amido de milho 1 xícara de chá de queijo parmesão

Leia mais

O PLANEJAMENTO ESTRATÉGIO EM RECURSOS HUMANOS: Um Estudo de Caso das Melhores Empresas para se Trabalhar segundo o Guia VOCÊ S/A EXAME

O PLANEJAMENTO ESTRATÉGIO EM RECURSOS HUMANOS: Um Estudo de Caso das Melhores Empresas para se Trabalhar segundo o Guia VOCÊ S/A EXAME O PLANEJAMENTO ESTRATÉGIO EM RECURSOS HUMANOS: Um Estudo de Caso das Melhores Empresas para se Trabalhar segundo o Guia VOCÊ S/A EXAME Felipe Barbetta Soares da Silva 1, Vilma da Silva Santos 2, Paulo

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP Em um ambiente de negócios competitivo, a condução de projetos de forma eficiente e sem desperdícios é um grande diferencial para o sucesso.

Leia mais

Receitas incríveis de MAGGI

Receitas incríveis de MAGGI Receitas incríveis de MAGGI Assisting the amazing since 1886 Ingredientes que poupam tempo e adicionam sabor. Assisting the amazing Inspirar a criatividade dos chefs é a nossa motivação diária. Por isso,

Leia mais

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Índice Índice Massa & Feijões Perú O Roti Saudável Almoço Mexicano Pizza Saudável Vegetais Grelhados Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Massa & Feijões Este prato saudável combina feijão que enchem

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

Receitas da Chef Michelle Welcker

Receitas da Chef Michelle Welcker Receitas da Chef Michelle Welcker Ceviche nordestino e molho de manga, maracujá e gengibre. Ceviche: 500g de filé de salmão limpo 250g de queijo coalho de cabra 80g de pimentão amarelo em cubinhos 80g

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda

Caderno de Receitas da Dona Onça. por Janaina Rueda Caderno de Receitas da Dona Onça por Janaina Rueda Para Joaquim, João Pedro, Jeffinho e Seu Júlio os homens da minha vida. Índice Estrogonofe de carne ensinado por minha mãe 03 Puchero que faço para minha

Leia mais

Sua majestade o. www.evsvipmooca.com.br

Sua majestade o. www.evsvipmooca.com.br Sua majestade o www.evsvipmooca.com.br Shake Tradicional - Muito simples e delicioso! Esta é a maneira mais comum, simples e prática de preparar o seu Shake Herbalife no dia-a-dia. Serve para qualquer

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko. Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br

Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko. Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br Sejam bem vindos! Convenção de Vendas Nilko 2012 Facilitador: Adriano Lunardon adriano@univeb.com.br Adriano Lunardon Empresário, Diretor Fundador da UniveB Escola Superior de Vendas do Brasil Diretor

Leia mais

Gestão estratégica por KPIs 1

Gestão estratégica por KPIs 1 Gestão estratégica por KPIs 1 Sumário Introdução 03 Por que usar indicadores na gestão 05 Dado, informação ou indicadores? 07 KPI: Os indicadores chave de desempenho 09 KPIs do PMO Conclusão Sobre a Project

Leia mais

Criando o hábito de ser mais produtivo

Criando o hábito de ser mais produtivo Criando o hábito de ser mais produtivo Introdução No momento atual brasileiro, aumentar a produtividade é um fator essencial para a sobrevivência das empresas. Além da produtividade, empresas de pequeno

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais

Pesquisa Thomas: Tendências em Gestão de Pessoas 2012

Pesquisa Thomas: Tendências em Gestão de Pessoas 2012 Pesquisa Thomas: Tendências em Gestão de Pessoas 2012 O estudo foi realizado no mês de novembro de 2012, e contou com a participação de 224 empresas de diferentes portes e segmentos de negócio. Podemos

Leia mais

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER INTRODUÇÃO Este é um complemento ao Livreto de Inverno - Receitas para Aquecer. Adoramos sopas e já publicamos diversas no blog... Como o inverno chegou com tudo,

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecimentom Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO Por Andréa Santa Rosa & Márcio Garcia Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa Revisão técnica: Luana Vilas Bôas Revisão editorial: Clara Koziner Laís Barbosa www.vidafuncional.com.br

Leia mais

O desafio da qualificação dos atendentes para o aprimoramento dos níveis de atendimento ORLANDO SOUZA

O desafio da qualificação dos atendentes para o aprimoramento dos níveis de atendimento ORLANDO SOUZA O desafio da qualificação dos atendentes para o aprimoramento dos níveis de atendimento ORLANDO SOUZA SOBRE A TELEPERFORMANCE LÍDER GLOBAL EM CUSTOMER EXPERIENCE fundada em 1978 Receita em 2011 de US$ 2,9

Leia mais

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto s Feira Fika Risoto de calabresa com limão siciliano Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie Risoto 4 dentes de alho 1 cálice pequeno de vinho branco Azeite

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

Balanced Scorecard Construção e execução

Balanced Scorecard Construção e execução Balanced Scorecard Construção e execução 1 Apresentação Executivo por mais de 30 anos, ocupou cargos de diretor, direção geral e de conselheiro em empresas multinacionais e nacionais de médio e grande

Leia mais

Cód. Doc. TAB-RHU-003

Cód. Doc. TAB-RHU-003 1 de 27 ÁREA: SUPERINTENDÊNCIA CARGO: Diretor Superintendente Garantir o correto funcionamento dos sistemas de informação utilizados pela empresa; Aprovar projetos de melhorias nos equipamentos e sistemas

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" - 1ª Edição Versão do Modelo 1..0-01/Fev/008 - Editora INDG-Tecs - 008 WWW.MATURITYRESEARCH.COM

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir.

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir. 1 BOLINHO DE JACARÉ I 1 kg. de carne de jacaré moída 100 g. de farinha de milho ou farinha de mandioca flocada 3 ovos inteiros 3 dentes de alho, picadinhos pimenta-do-reino e salsinha e cebolinha bem picadinhas

Leia mais

A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado

A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado RELATÓRIO ANUAL GERDAU 27 65 COLABORADORES A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado Ed Carlos Alves

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô 18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA Fabiana Nanô O que você encontrará neste ebook? Este ebook contém 18 receitas deliciosas para você fazer no dia a dia. São receitas fáceis de se preparar

Leia mais

Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros.

Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros. SalaDAS Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros. Possibilitam a mistura de várias cores, tornando o visual bonito

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

Criando uma equipe vencedora

Criando uma equipe vencedora Criando uma equipe vencedora Como montar uma equipe vencedora? Hoje em dia, empresas de todos os tamanhos têm um objetivo em comum: fazer mais com menos. Desde a crise financeira global, alcançar novos

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 4 NOVO ENFOQUE PARA O SUPPLY CHAIN

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 4 NOVO ENFOQUE PARA O SUPPLY CHAIN PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 4 NOVO ENFOQUE PARA O SUPPLY CHAIN Índice 1. Novo enfoque para o supply...3 1.1. Projeto 99... 4 1.2. Problemas x soluções... 4 1.3. Entregas padronizadas...

Leia mais

Indicadores Gestão da Ética

Indicadores Gestão da Ética Indicadores Gestão da Ética Identificação Segmento: Diversos Resultados Sua Pontuação: 0 Sua Avaliação: INICIANTE Descrição: A empresa utiliza muito pouco ou praticamente nenhuma ferramenta de gestão de

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2014

Questionário de Governança de TI 2014 Questionário de Governança de TI 2014 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização 15 DE MAIO DE 2014 Hotel Staybridge - Sao Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO BRONZE APOIO REALIZAÇÃO Desafios para a Implementação por Processos

Leia mais

Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Presidente. Diretoria Executiva Luiz Barretto Diretor-Presidente

Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Presidente. Diretoria Executiva Luiz Barretto Diretor-Presidente SISTEMA SEBRAE DIRECIONAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2022 1 2 2012 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 3. Gestão empresarial 3.1 Gestão empresarial Objetivo: prover

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE

Entrada SALADA BOLOGNA OVO DE CODORNA PICANTE Entrada OVO DE CODORNA PICANTE 12 ovos de codorna 1 colher de sopa de azeite de oliva 1 colher de café de vinagre Pimenta calabresa a gosto 1 pitada de sal 1 pitada de orégano 1 colher de chá de salsinha

Leia mais

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico.

Desde a criação do programa, a New Age implementou e tem monitorado diversas ações com foco ambiental, social e econômico. Faz parte da vontade da diretoria da New Age contribuir socialmente para um mundo melhor, mais justo e sustentável. Acreditamos que através da educação e com a experiência que temos, transportando tantos

Leia mais

Gestão da Mudança na Implantação de um Escritório de Processos

Gestão da Mudança na Implantação de um Escritório de Processos de um Escritório de Processos - Os principais pontos de atenção, seus sintomas e as medidas que o Gestor do Escritório de Processos deve adotar durante a sua implantação - Introdução...2 A Importancia

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento Humano ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento Humano ADVISORY Os desafios transformam-se em fatores motivacionais quando os profissionais se sentem bem preparados para enfrentá-los. E uma equipe

Leia mais

Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada

Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada Manual do SGI Sistema de Gestão Integrada Revisão 02 Manual MN-01.00.00 Requisito Norma ISO 14.001 / OHSAS 18001 / ISO 9001 4.4.4 Página 1 de 14 Índice 1. Objetivo e Abrangência 2. Documentos Referenciados

Leia mais

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente do Sebrae Luiz Barretto

Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões. Diretor-Presidente do Sebrae Luiz Barretto 2012 Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei n.º

Leia mais

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes:

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes: Caldeirada de Peixe - 4 cebolas médias -8 dentes de alho - 6 tomates médios - 1/2 pimentão verde - 1/2 pimentão vermelho - 1/2 pimentão amarelo - 3 folhas de louro - salsa - coentro - 1,5kg batata - 2kg

Leia mais

Portfólio de Produtos

Portfólio de Produtos Portfólio de Produtos 2014 Quem somos: A Focus Educação Corporativa nasceu da necessidade identificada no interior do estado de Minas Gerais, que carece de Consultorias especializadas em pequenas e médias

Leia mais

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional PURÊ DE ABÓBORA COM GENGIBRE E CÚRCUMA 1 Kg de abóbora cabochá picada 2 colher (sopa) de manteiga 2 rodelas de gengibre fresco ralado 2 colheres (chá) de raspinhas de limão 1 colher (sopa) cúrcuma 12 medidas

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

Pesquisa de Clima Organizacional apresenta melhorias significativas

Pesquisa de Clima Organizacional apresenta melhorias significativas Saiba mais sobre nossa estrutura, conheça a Área de Operação Pág. 2 Pesquisa de Clima Organizacional apresenta melhorias significativas Pág. 3 Um brinde para você: recorte e monte uma miniatura de nosso

Leia mais

Nossa missão O que fazemos para sua empresa crescer

Nossa missão O que fazemos para sua empresa crescer A Revista VendaMais, a mais conceituada Revista de Vendas do Brasil, uniu-se a Solução Comercial, consultoria com experiência em mais de 80 empresas de diferentes segmentos, para criar a Solução Comercial/VendaMais.

Leia mais

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano DETOX 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano Índice Introdução... Como Fazer... Suco Detox de Melancia com Linhaça... Suco Detox de Chá Verde e Uva... Sopa Detox Energizante...

Leia mais