Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de 2009"

Transcrição

1 Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de

2 Considerações Iniciais Em função da alteração do exercício social de 2009, os resultados do 2T 10 compreendem os meses de julho, agosto e setembro, enquanto o 2T 09 compreende os meses de agosto, setembro e outubro; Este será o primeiro trimestre de resultados com 3 meses de operações da NovAmerica integradas ao Grupo Cosan; 2

3 Destaques 2T 10 Receita Líquida Consolidado (R$MM) 3.575,3 +400% Receita Líquida por Produto 2T 09 22% 9% 5% 3% 2T 10 1% 2.412,1 33% 60% 4% 62% 715, ,6 57% 9% (102,3) 10% 22% 5% CAA CCL Eliminações de Consolidação Receita Líquida Consolidada de R$3,6 bilhões, 400% maior comparado ao 2T 09; CAA teve faturamento líquido de R$1,2 bilhões, com aumento do volume de açúcar e melhores preços de açúcar/etanol; CCL teve receita líquida de R$2,4 bilhões, com crescimento de volumes de etanol e diesel e captura de sinergias logísticas Mercado Interno 30% Açúcar Etanol Outros Combustíveis Lubrificantes Receita Líquida por Mercado 2T 09 Mercado Externo 70% Mercado Interno 83% 2T 10 Mercado Externo 17% 3

4 Destaques 2T 10 EBITDA Consolidado EBITDA por segmento (R$MM) +95% 355,6 86,3 2T % 2T 10 75,7% 182,5 269,3 24,3% CAA CCL EBITDA recorde de R$355,6 MM, 95% superior ao 2T 09; CAA contribuiu com R$269,3 MM, 47% maior comparado ao 2T 09; No 2T 09, a CAA representou 100% do EBITDA; No 2T 10, a CAA representou 75,7%. Enquanto a CCL representou 24,3% do EBITDA Consolidado CCL teve um EBITDA de R$86,3 MM 4

5 Destaques 2T 10 Lucro Líquido Consolidado (R$MM) 173,4 4,8% 173,4 4,8% 7,2% 511,0 2T 09 2T 10 (381,0) (381,0) YTD 09 (439,0) YTD 10-53,3% -53,3% Lucro Líquido -32,4% Mg. Líquida Lucro Líquido no 2T 10 de R$173,4 MM, com margem líquida de 4,8%. Efeito positivo não-caixa decorrente da variação cambial e, principalmente, do forte resultado operacional do período, derivado de bons preços para o açúcar, recuperação dos preços do etanol e boas margens da distribuição contribuíram para o resultado; No acumulado, o lucro líquido YTD 10 é de R$511 milhões, com margem líquida de 7,2%. 5

6 CAA 6

7 Mercado de Açúcar Brasil Região Centro-Sul ESTADOS MONITORADOS São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso Volume de Chuvas Meses de julho, agosto e setembro foram excessivamente chuvosos 7

8 Mercado de Açúcar Brasil Moagem de Cana Nível de ATR Moagem no Centro-Sul do Brasil afetada, reduzindo a produção de cana-de-açúcar e o nível de ATR Estimativas da UNICA para a safra 09/10 revisadas para baixo. Índia Volume de Estoques Stock ratio no final da safra 08/09 (em Set 09) foi de 15,7%, menor percentual de todos os tempos; Recentemente, o governo federal do país anunciou um preço justo e remunerador (FRP) para a cana, de Rs1.298,4/mt (US$27,9/ton) 8

9 US /lb US$/ton Mercado de Açúcar Países Importadores México Situação de Estoques se deteriorando como resultado de uma última safra ruim e exportações para os EUA. Rússia Dados preliminares da safra de beterraba indicam menor produtividade por hectare; Menor produção de açúcar e baixo nível de estoques poderão levar o governo a remover a sobretaxa aduaneira Mercado Doméstico de Açúcar Preços do Açúcar Mercado Internacional e Doméstico Menor produção devido às chuvas atípicas como também pelas fortes exportações de açúcar. 30,0 25,0 NY#11 +39,7% no trimestre 661,4 551,2 O preço médio, base ESALQ, para o açúcar cristal no 2T 10 foi de R$47,37 por saca de 50Kg (ou R$ 947,34/ton), um acréscimo de 6,6% em relação ao trimestre anterior e 63,3% se comparado ao 2T 09; 20,0 15,0 10,0 5,0 - out-07 jan-08 abr-08 jul-08 out-08 jan-09 abr-09 jul ,9 330,7 220,5 110,2 - NY #11 LIFFE #5 ESALQ Cristal 9

10 R$/mil litros Milhares Mercado de Etanol Segundo a ANFAVEA, até o mês de setembro, as vendas de veículos flex totalizaram 1,962 milhões, crescimento de 7% em relação aos 9 meses de 2008, Vendas de Veículos Flex-Fuel Nos últimos 3 meses sem IPI, as vendas de veículos apresentaram níveis elevados, sendo as vendas no mês de setembro o recorde do setor; Aproximadamente 90% do total de veículos vendidos em 2009 foram veículos flex Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Preços do Etanol Mercado Doméstico Recuperação de preços começam a refletir: 1.200, ,0 800,0 Menor nível de estoques esperado para o final desta safra, resultado do mix mais açucareiro; Vendas aceleradas de etanol no mercado doméstico; 600,0 Chuvas fora de época que atrasaram a moagem 400,0 out-07 jan-08 abr-08 jul-08 out-08 jan-09 abr-09 jul-09 Anidro Hidratado Preço do anidro atingiu R$0,838/litro, 21,9% superior ao trimestre anterior; Preço do hidratado atingiu R$0,736/litro, 22,4% superior ao trimestre anterior; 10

11 Destaques Financeiros - Açúcar Volume e Preço Médio Receita Líquida (Mil tons R$ / ton) 726 (R$ MM) +95,0% 798,9 232,8 143,5 89, ,9 647,7 92,2 +48,8% 327,8 212,9 114, ,1 778,6 322,5 232,8 143,5 89,3 409,7 352,5 57,2 327,8 212,9 114,9 496,7 302,2 MI Volume ME Preço Médio Merc. MI Interno ME Merc. Externo CPV e Custo Médio Unitário Margem Bruta Unitária (R$ MM R$ / ton) (R$ / ton) 27,0% 34,6% +74,7% 522,7 +68,5% 251,0 299,2 149,0 CPV Custo Médio Unitário Margem Bruta Unitária Mg. Bruta % 11

12 Destaques Financeiros - Etanol Volume e Preço Médio (Milhões de Litros R$ / mil litros) 857 (R$ MM) Receita Líquida 232,8 143,5 89,3 281,7 167,4 114,3 327,8 +60% 212,9 114, ,7 165,6 285,0 232,8 143,5 89,3 +40,8% 327,8 114,9 212,9 212,9 114,9 MI VolumeME Preço Médio MI ME CPV e Custo Médio Unitário (R$ MM R$ / mil litros) ,3% 318,8 189,4 Margem Bruta Unitária (R$ / mil litros) 18,6% 2,7% 154,0 20,0 CPV Custo Médio Unitário Margem Bruta Unitária Mg. Bruta % 12

13 Destaques Financeiros CAA EBITDA - CAA EBITDAH - CAA (R$MM) 25,5% 182,5 +47,6% 21,3% 269,3 (R$MM) 25,8% 185,5 +36,2% 21,0% 252,6 EBITDA Mg. EBITDA % EBITDAH Mg. EBITDAH % 13

14 CCL 14

15 Destaques Financeiros CCL (R$ MM) Receita Líquida CCL -11,1% 2.713,9 17,2 163, , , , ,2 (%) 6% 1% 6% Receita Líquida por Produto - CCL 12% 2T 09 37% 39% 8% 1% 1% 7% 8% 1% 7% 1% 45% 2T 10 38% 38% 45% Combustível Lubrificantes Outros Etanol Diesel Lubrificantes Gasolina Outros Combustíveis Outros Produtos e Serviços Custo do Produto Vendido - CCL (R$ MM) -12,1% 2.533, ,3 Margem Bruta Unitária - CCL (R$ / mil litros) 6,0% 7,7% +18,3% 136,0 115,0 Margem Bruta Unitária Mg. Bruta % 15

16 Destaques Financeiros CCL EBITDA - CCL EBITDA/m3 - CCL (R$MM) 3,6% (R$/m3) 3,6% 86,3 63,8 EBITDA Mg. EBITDA % EBITDA/m3 Mg. EBITDA % 16

17 Hedge Sumário das operações de Hedge em 30/09/09: Safra 2009/ /11 Açúcar Sugar #11 (NY) - * Volume (mil tons) Preço Médio ( US$/lb) 18,5 20,5 London #5 Volume (mil tons) 14 - Preço Médio (US$/ton) 573,7 - Câmbio US$ Volume (US$ milhões) Preço Médio (R$/US$) 1,837 1,931 * - Inlcui operações de futuros, opções in the money e contratos comerciais de venda com preço fixado 17

18 Dívida Líquida Dívida por Tipo (R$MM) 1T'10 % CP Var. 12/Nov Moeda Estrangeira 2.135, ,37 359, ,5 Bônus Perpétuos 888,57 809,58 1,2% (79,0) 800,2 Senior Notes ,26 719,40 1,1% (83,9) 709,7 Senior Notes ,08 66,40 100,0% (4,7) - Senior Notes ,97 1,3% 630,0 616,8 IFC 98,82 82,96 23,2% (15,9) 82,1 Adiant. de Contratos de Câmbio 152,09 90,98 100,0% (61,1) 74,6 Pré-pagamento de Exportações 121,33 95,08 40,2% (26,3) 813,6 Nota de Crédito a Exportação (NCE) ,5 Moeda Local 2.489, ,98 274, ,4 Notas Promissórias 1.198, ,71 24,5% 35,5 - BNDES 360,11 714,76 3,4% 354,6 821,1 Finame 222,71 210,00 24,5% (12,7) 206,4 Capital de Giro 24,54 20,53 20,5% (4,0) 20,5 Conta Garantida 0,27 37,24 98,5% 37,0 - Cédula de Crédito Bancário 216,81 217,44 72,4% 0,6 126,2 Debêntures 157,77 152,56 100,0% (5,2) - Notas de Créditos 343,23 222,93 98,8% (120,3) 125,2 Despesas de Colocação de Títulos (34,32) (45,19) 40,6% (10,9) - Cédula de Crédito a Exportação (CCE) ,0 Endividamento Bruto 4.624, ,34 22,3% 633, ,9 Disponib. e Aplic. Financeiras 932, ,18 165,3 793,3 Dívida Líquida 3.691, ,16 5,4% 468, ,7 Curto Prazo 1.115, ,57 (55,6) 238,1 Longo Prazo 3.508, ,77 (578,3) 4.638,8 Dívida Líquida / EBITDA (LTM) 2,98x 3,12x 3,06x Endividamento em 2T 10 O perfil reflete a emissão do bond no valor de US$350 milhões na CCL Finance com o objetivo de alongar a dívida; O perfil também reflete a liberação de recursos realizada pelo BNDES de parte dos R$639 milhões de Jataí e R$149 milhões da unidade GASA Pagamento da totalidade dos Senior Notes 2009 Contratação de US$430 milhões em Pré-pagamento de exportações c/ duration de 2,5 anos Contratação de US$100 milhões em Notas de Crédito a Exportação (NCE) c/ prazo de 3 anos Pagamento da totalidade das Notas Promissórias Liberação de parte de recursos do BNDES para Jataí; Pagamento das debêntures e de parte de CCB e Notas de Crédito Contratação de CCE c/ duration de 2 anos Perfil da Dívida 12/Nov Curto Prazo 22.3% 4.9% Longo Prazo 77.7% 95.1% EBITDA (LTM) 2T 10 Últimos 12 meses de CAA, encerrados em 30 de setembro de 2009, 10 meses da CCL anualizados e 4 meses de NovAmerica anualizados 18

19 Investimentos T'09 Capex(R$MM) Capex(R$MM) YTD'09 YTD'10 Capex(R$MM) YTD'09 YTD'10 24,6 44,8 Plantio 24,6 do Período 44,8 Plantio do Período 79,5 24,6 116,4 44,8 Plantio 79,5 do Período 116,4 14,7 1,8 Manutenção 14,7 de 1,8 entressafra Manutenção de entressafra 14,7 26,6 1,8 Manutenção 14,7 26,6 de entressafra 34,4 57,2 Projetos 34,4 CAA57,2 Projetos CAA 134,4 127,9 57,2 134,4 Projetos CAA 127,9-7,7 Projetos - CCL 7,7 Projetos CCL ,3 7,7 Projetos - CCL19,3 73,7 111,5 (=) Capex 73,7 Operacional 111,5 (=) Capex Operacional 228,7 73,7 290,2 111,5 (=) 228,7 Capex Operacional 290,2 127,3 92,4 Projetos 127,3 de Co-geração 92,4 Projetos de Co-geração 168,9 127,3 170,9 92,4 168,9 Projetos de 170,9 Co-geração 113,3 155,2 Greenfield 113,3 155,2 Greenfield 181,6 113,3 318,6 155,2 181,6 Greenfield 318,6 314,3 359,1 (=) Capex 314,3 359,1 (=) Capex 579,1 314,3 779,7 359,1 (=) 579,1 Capex 779,7 61,4 29,2 Investimentos 61,4 29,2 Investimentos 62,1 61,4 (29,4) 29,2 Investimentos 62,1 (29,4) 1,6 (1,5) Caixa 1,6 Recebido (1,5) na Venda Caixa Ativo Permanente Recebido na Venda Ativo - 1,6 Permanente (119,2) (1,5) Caixa - Recebido (119,2) na Venda Ativo Perman 377,3 386,8 (=) Fluxo 377,3de Investimentos 386,8 (=) Fluxo de Investimentos 641,3 377,3 631,1 386,8 (=) 641,3 Fluxo de Investimentos 631,1 Capex: Os investimentos de R$359,1 milhões em 2T 10 foram 14,3% superior ao 2T 09, principalmente em função de: Greenfield: Unidade de Jataí já em operação e Caarapó até o final desta safra. Co-geração: Avanço nos projetos das usinas da Barra e Bonfim; Projetos CAA: Ampliação de fábricas de açúcar, melhorias ambientais, processos e infraestrutura interna; Plantio: Renovação e aquisição de lavouras. 19

20 Fatos Relevantes Emissão do bond no valor de US$350 milhões na CCL Finance Criação do Centro de Apoio ao Negócios (CAN) Anúncio do sr. Marcos Marinho Lutz como Diretor Presidente da Cosan S.A. a partir de 1 de novembro de 2009 Cosan Limited alienou 10 milhões de bônus de subscrição e exerceu bônus de subscrição, equivalentes a novas ações da Cosan S.A.. 20

21 Guidance Guidance 2008FY 2009FY Volume de Cana Moída (mil tons) Volume de Açúcar Vendido (mil tons) Volume de Etanol Vendido (milhões de litros) Receita Líquida (R$MM) EBITDA (R$MM) Lucro (Prejuízo) Líquido (R$MM) (48) (474) Capex (R$MM) FY Anterior Atual +20% +30% +20% +30% +60% +80% +30% +50% +50% +70% +40% +60% +100% +130% +110% +140% +60% +80% +100% +120% * * +10% +20% +20% +30% * O lucro (prejuízo) líquido é muito volátil com relação à taxa de câmbio. Ao patamar de taxa de câmbio na data de hoje, de R$1,73/US$, espera-se que o prejuízo líquido de R$473,8 milhões do FY 09 seja invertido para lucro líquido no próximo exercício social. 21

22 Contatos Marcelo Martins Diretor Vice-Presidente de Finanças e de Relação com Investidores Luiz Felipe Jansen Gerente de Relação com Investidores Site: Telefone:

23 OBRIGADO! Perguntas e Respostas 23

Resultados FY 11 São Paulo 07 de junho de 2011

Resultados FY 11 São Paulo 07 de junho de 2011 Resultados FY 11 São Paulo 07 de junho de 2011 1 Disclaimer Considerações Futuras Esta apresentação contém estimativas e projeções relacionadas a nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro.

Leia mais

Preços de açúcar atingem altas históricas

Preços de açúcar atingem altas históricas 1 Preços de açúcar atingem altas históricas São Paulo, 01 de fevereiro de 2010 - A COSAN LIMITED (NYSE: CZZ; Bovespa: CZLT11) e a COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO (Bovespa: CSAN3) anunciam hoje seus resultados

Leia mais

Relatório da administração

Relatório da administração Relatório da Administração Safra 2016/2017 Relatório da administração Avanhandava, 05 de junho de 2017. Senhores acionistas, Apresentamos o Relatório da Administração, as Demonstrações Financeiras combinadas

Leia mais

Mais de 5 milhões de toneladas de cana-deaçúcar moídas na safra 2012/2013 garantem elevado EBITDA nos resultados de 2012/13

Mais de 5 milhões de toneladas de cana-deaçúcar moídas na safra 2012/2013 garantem elevado EBITDA nos resultados de 2012/13 Mais de 5 milhões de toneladas de cana-deaçúcar moídas na safra 2012/2013 garantem elevado EBITDA nos resultados de 2012/13 Bocaina, 14 de maio de 2013 A Tonon Bionergia S/A anuncia hoje seus resultados

Leia mais

No primeiro ano de IFRS, Cosan apresenta EBITDA recorde de R$2,7 bilhões

No primeiro ano de IFRS, Cosan apresenta EBITDA recorde de R$2,7 bilhões No primeiro ano de IFRS, Cosan apresenta EBITDA recorde de R$2,7 bilhões São Paulo, 06 de junho de 2011 - A COSAN LIMITED (NYSE: CZZ; BM&FBovespa: CZLT11) e a COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO (BM&FBovespa:

Leia mais

EBITDA atinge R$358,0 milhões no 1T 11, 15% superior ao 1T 10, beneficiado pelo crescimento de Rumo, Cogeração e CCL

EBITDA atinge R$358,0 milhões no 1T 11, 15% superior ao 1T 10, beneficiado pelo crescimento de Rumo, Cogeração e CCL 1º Trimestre do Exercício Social de 2011 Abril, Maio e Junho EBITDA atinge R$358,0 milhões no 1T 11, 15% superior ao 1T 10, beneficiado pelo crescimento de Rumo, Cogeração e CCL São Paulo, 12 de agosto

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

Receita Líquida de R$4,6 bilhões no 4T'11

Receita Líquida de R$4,6 bilhões no 4T'11 COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ/MF nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN LIMITED Companhia Emissora de BDR CNPJ/MF nº 08.887.330/0001-52 Prévia de Resultados - 4T'11 A COSAN

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T Safra 15/16 12 de fevereiro de 2016

Teleconferência de Resultados 3T Safra 15/16 12 de fevereiro de 2016 Teleconferência de Resultados 3T Safra 15/16 12 de fevereiro de 2016 DISCLAIMER Esta apresentação, e quaisquer materiais distribuídos em relação à mesma, poderão incluir determinados números, resultados,

Leia mais

Cosan S/A. Reunião APIMEC Resultados 3T de novembro de 2015

Cosan S/A. Reunião APIMEC Resultados 3T de novembro de 2015 Cosan S/A Reunião APIMEC 2015 - Resultados 12 de novembro de 2015 APRESENTAÇÃO RESULTADOS 2 DISCLAIMER Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia

Leia mais

5 anos desde o IPO...

5 anos desde o IPO... 1 5 anos desde o IPO... 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Moagem: 10,3 MT Moagem: 12,0 MT Moagem: 12,9 MT Moagem: 13,1 MT Moagem: 14,5 MT Moagem: 14,5 MT IPO da SMTO Aquisição Usina Santa Luiza aprox. 1MT

Leia mais

Cosan S/A. Apresentação dos Resultados do 2T de agosto de 2017

Cosan S/A. Apresentação dos Resultados do 2T de agosto de 2017 Cosan S/A Apresentação dos Resultados do 10 de agosto de 2017 APRESENTAÇÃO RESULTADOS 2 DISCLAIMER Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia

Leia mais

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Vanessa Nardy Agribusiness Research & Knowledge Center Pricewaterhouse Coopers Situação do setor sucroenergético no Brasil

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar Cana-de-açúcar 85 86 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 DÉFICIT NA PRODUÇÃO MUNDIAL DE AÇÚCAR, AUMENTO DA DEMANDA E QUEDA NOS ESTOQUES MANTERÃO TENDÊNCIA DE PREÇOS ALTOS A perspectiva é de

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/11/2017 Vendas de hidratado avançam no Centro-Sul O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul

Leia mais

Resultado recorde no trimestre da formação da Raízen

Resultado recorde no trimestre da formação da Raízen 1º Trimestre do Exercício Social de 2012 Abril, Maio e Junho Resultado recorde no trimestre da formação da Raízen São Paulo, 16 de agosto de 2011 - A COSAN LIMITED (NYSE: CZZ; BM&FBovespa: CZLT11) e a

Leia mais

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2015/2016 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2015/2016 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2014/2015 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2016/2017 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2016/2017 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2015/2016 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Reunião Pública com Analistas e Investidores

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2014 Reunião Pública com Analistas e Investidores Grupo São Martinho 300.000 Ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 20 milhões de toneladas Capacidade de processamento

Leia mais

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 21 de maio de 2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 ROTEIRO I. Dados finais da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e faturamento

Leia mais

APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008

APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008 APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e

Leia mais

Diversificação estratégica garante resiliência dos resultados no 1T13

Diversificação estratégica garante resiliência dos resultados no 1T13 Diversificação estratégica garante resiliência dos resultados no 1T13 São Paulo, 8 de agosto de 2012 A COSAN LIMITED (NYSE: CZZ; BM&FBovespa: CZLT11) e a COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO (BM&FBovespa: CSAN3)

Leia mais

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 São Paulo, 20 de setembro de 2012 ROTEIRO I. Metodologia e fonte de dados II. Aspectos climáticos e condições agrícolas III. Evolução da safra da região

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/11/2016 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de novembro A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu

Leia mais

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos 15º Seminário sobre Produtividade & Redução de Custos Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial 1 - SAFRA

Leia mais

DESTAQUES DO 2T12. Resumo dos Destaques Operacionais - 2T12. Revisão do Guidance de Produção 2T11 2T12

DESTAQUES DO 2T12. Resumo dos Destaques Operacionais - 2T12. Revisão do Guidance de Produção 2T11 2T12 Resultados DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem-se

Leia mais

Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010

Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010 Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2013/2014 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2013/2014 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2012/2013 Produtos Safra 2012/2013 2013/2014 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 9º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 24 de Novembro de 2010 Modelo

Leia mais

Relatório de Resultados: 2T 16

Relatório de Resultados: 2T 16 Os saldos e resultados apresentados neste relatório podem diferir daqueles reportados pela Cosan como sendo referentes à Raízen. Isto se deve a (i) o exercício social da Raízen ser de abril a março de

Leia mais

Panorama do Setor de Açúcar e Álcool. Alexandre Enrico Figliolino

Panorama do Setor de Açúcar e Álcool. Alexandre Enrico Figliolino Panorama do Setor de Açúcar e Álcool Alexandre Enrico Figliolino AGOSTO, 2012 SUMÁRIO SEÇÃO 1 SEÇÃO 2 SEÇÃO 3 SEÇÃO 4 SEÇÃO 5 Avaliação Setorial Desempenho Econômico-Financeiro Quadro Evolutivo Setorial

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 11º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 28 de Novembro de

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 15º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de

Leia mais

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO PERFIL DA PRODUÇÃO BRASIL 2 NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Estrutura produtiva: 356 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. 840.281

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 10º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de 2011 Modelo

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T12

Apresentação de Resultados 3T12 Apresentação de Resultados 3T2 Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

COSAN S/A 3 Trimestre do Exercício Social de 2016

COSAN S/A 3 Trimestre do Exercício Social de 2016 COSAN S/A Relatório de Resultados 3T16 São Paulo, 09 de novembro de 2016 A COSAN S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO (BM&FBovespa: CSAN3) anuncia hoje seu resultado referente ao terceiro trimestre (julho, agosto

Leia mais

Carta Financeira Trimestral

Carta Financeira Trimestral Carta Financeira Trimestral 1º Trimestre do Exercício Social de 2009 Mai, Jun e Jul Performance da Ação IPO 31/jul/08 11/set/08 CZZ Preço (US$/Ação) 10,50 13,11 8,15 desde o IPO (%) 24,9% -22,4% Vol. Diário

Leia mais

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Liberação de Variedades RB de Cana-de-Açúcar DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Marcos Sawaya Jank Presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) Ribeirão Preto, 08 de outubro

Leia mais

Apresentação dos Resultados 1T14

Apresentação dos Resultados 1T14 Apresentação dos Resultados 1T14 2 Processo de Turnaround Primeiros Resultados Medidas Implementadas Resultado Devolução de áreas com baixa relação entre produtividade e custo Definição e implementação

Leia mais

Resultados 4T16 e Iochpe-Maxion S.A.

Resultados 4T16 e Iochpe-Maxion S.A. Resultados 4T16 e 2016 Iochpe-Maxion S.A. 28 de março de 2017 Destaques 4T16 e 2016 Receita operacional líquida consolidada de R$ 1.678,5 milhões no 4T16 e 6.816,5 milhões em 2016, redução de 8,6% em relação

Leia mais

Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil

Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil Dezembro, 2011 11 Sumário SEÇÃO 1 SEÇÃO 2 SEÇÃO 3 SEÇÃO 4 Rápida Avaliação Setorial Desempenho Econômico-Financeiro Quadro Evolutivo Setorial

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 1 2 Destaques Receita Líquida de R$100,0 milhões no 6M16. Lucro Líquido de R$45,8 milhões no 6M16. EBITDA Ajustado de R$18,3 milhões no 6M16. Fornecimento de 1,0 milhão

Leia mais

Tereos Internacional Resultados do 1T 15/16. São Paulo 6 de agosto de 2015

Tereos Internacional Resultados do 1T 15/16. São Paulo 6 de agosto de 2015 Tereos Internacional Resultados do 15/16 São Paulo 6 de agosto de 2015 Principais iniciativas e destaques no 2015/16 Operacional Açúcar & Energia Brasil Bom início da safra no Brasil com notável progresso

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 05 de novembro de 2010 1 Contexto

Leia mais

1T15 Apresentação dos Resultados

1T15 Apresentação dos Resultados 1 1T15 Apresentação dos Resultados Ressalva sobre informações acerca de eventos futuros O material a seguir é uma apresentação de informações gerais básicas sobre a Tonon Bioenergia S.A. (coletivamente,

Leia mais

Release de Resultados 1T de abril de 2016

Release de Resultados 1T de abril de 2016 Release de Resultados 1T16 27 de abril de 2016 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil Martinho Seiiti Ono Criada em 2000 Evolução das Vendas de Veículos - Brasil 1.000 unidades 300 275 250 225 200 175 150 125 100 75 50 25 0 Flex Gasolina % Flex - média anual 100% 95% 90% 85% 80% 75% 70%

Leia mais

Tereos Internacional Resultados do 2T 15/16. São Paulo 12 de novembro de 2015

Tereos Internacional Resultados do 2T 15/16. São Paulo 12 de novembro de 2015 Tereos Internacional Resultados do 15/16 São Paulo 12 de novembro de 2015 Principais iniciativas e destaques do 2015/16 Operacional 2 Açúcar & Energia Brasil: Aumento de 2,5% na moagem apesar do clima

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 12ºSeminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 04 de Dezembro de 2013

Leia mais

Relatório de Resultados: 4T 16

Relatório de Resultados: 4T 16 Os saldos e resultados apresentados neste relatório podem diferir daqueles reportados pela Cosan como sendo referentes à Raízen. Isto se deve a (i) o exercício social da Raízen ser de abril a março de

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T16

Apresentação dos Resultados 2T16 Apresentação dos Resultados 2T16 O Mercado Preço das Commodities e Dólar 2 140 Queda de 9,8% do dólar no 2T16 Alta de 29,0% no preço da soja no 2T16 Alta de 7,5% no preço do algodão no 2T16 Alta de 2,1%

Leia mais

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO Brasília,26 de novembro de 2015. SETOR SUCROALCOOLEIRO Açúcar: Avaliação de Oferta e Demanda Mundial F o n t e : U S D A Superávit/Déficit Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Produção / Demanda Balanço

Leia mais

3º Trimestre de 2013 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2013 Resultados Tupy Joinville, 14 de novembro de 2013 1 3º Trimestre de 2013 Resultados Tupy 2 DESTAQUES DO PERÍODO 1 Volume físico de vendas 163,0 mil toneladas no, 4% superior ao 2 Receitas R$ 843,3 milhões no, 13% superior

Leia mais

Resultados 1T17. Iochpe-Maxion S.A.

Resultados 1T17. Iochpe-Maxion S.A. Resultados Iochpe-Maxion S.A. 12 de maio de 2017 Destaques Receita operacional líquida consolidada de R$ 1.699,0 milhões no, uma queda de 4,7% em relação ao. Desconsiderando os efeitos da variação cambial

Leia mais

Webcast de Resultados 4T de março de 2014

Webcast de Resultados 4T de março de 2014 Webcast de Resultados 4T13 20 de março de 2014 Destaques 4T13 e 2013 O valor global dos novos contratos de locação fechados durante o 4T13 bateu recorde histórico, o que aponta para uma melhora no cenário

Leia mais

Relatório de Resultados: 2T 18

Relatório de Resultados: 2T 18 Os saldos e resultados apresentados neste relatório podem diferir daqueles reportados pela Cosan como sendo referentes à Raízen. Isto se deve a (i) o exercício social da Raízen ser de abril a março de

Leia mais

Criação da Raízen 2 de Junho de 2011

Criação da Raízen 2 de Junho de 2011 Criação da Raízen 2 de Junho de 2011 Disclaimer Considerações Futuras Esta apresentação contém estimativas e projeções relacionadas a nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro. Tais afirmações

Leia mais

Conferência Telefônica. Desempenho do segundo trimestre e período acumulado de MAHLE Metal Leve S.A. 8/8/ h00 (em Português) 1 MAHLE

Conferência Telefônica. Desempenho do segundo trimestre e período acumulado de MAHLE Metal Leve S.A. 8/8/ h00 (em Português) 1 MAHLE Conferência Telefônica Desempenho do segundo trimestre e período acumulado de 2012 MAHLE Metal Leve S.A. 8/8/2012 11h00 (em Português) 1 Destaques (Desempenho do 2T12 e período acumulado) Receita Líquida

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T18

Teleconferência de Resultados 1T18 Teleconferência de Resultados 1T18 1 2 Destaques R$ 98,9 milhões Receita Líquida R$ 20,1 milhões Lucro Líquido R$ 33,7 milhões Ebitda Ajustado Distribuição de R$ 12,9 milhões em dividendos ou R$ 0,24 por

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

COSAN S/A 1 Trimestre do Exercício Social de 2016

COSAN S/A 1 Trimestre do Exercício Social de 2016 COSAN S/A Relatório de Resultados 1T16 São Paulo, 12 de maio de 2016 A COSAN S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO (BM&FBovespa: CSAN3) anuncia hoje seu resultado referente ao primeiro trimestre (janeiro, fevereiro

Leia mais

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015 Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015 Teleconferência de Resultados (Tradução Simultânea) 16 de março de 2016 15:30 (horário de Brasília) 14:30 (horário de Nova York)

Leia mais

Crescimento de 11% na receita liquida e EBITDA atinge R$ 3,8 bilhões em 2014

Crescimento de 11% na receita liquida e EBITDA atinge R$ 3,8 bilhões em 2014 Cosan S.A - Relatório de Resultados Crescimento de 11% na receita liquida e EBITDA atinge R$ 3,8 bilhões em 2014 São Paulo, 18 de março de 2015 A COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO ( Cosan ou Companhia )

Leia mais

COSAN S/A 3º Trimestre do Exercício Social de 2015

COSAN S/A 3º Trimestre do Exercício Social de 2015 COSAN S/A Relatório de Resultados 3T15 São Paulo, 11 de novembro de 2015 A COSAN S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO (BM&FBovespa: CSAN3) anuncia hoje seu resultado referente ao terceiro trimestre (julho, agosto

Leia mais

RUMO ALL. Reunião Anual com Investidores. Dezembro 2015

RUMO ALL. Reunião Anual com Investidores. Dezembro 2015 RUMO ALL Reunião Anual com Investidores Dezembro 2015 2 Disclaimer Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados DESTAQUES - RECEITA A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 821,8 MM no, uma redução de 5% em relação ao e de 1% sobre. Conforme divulgado anteriormente, houve uma

Leia mais

Resultados 4T16 23 de Fevereiro de 2017

Resultados 4T16 23 de Fevereiro de 2017 Resultados 4T16 23 de Fevereiro de 2017 13h00 (Brasília) / 11h00 (US EST) Português: +55 (11) 2188-0155 Inglês: +1 (646) 843-6054 Código de Acesso: Marisa Principais Pontos 4T16 Receita Líquida de Varejo

Leia mais

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV 2º Seminário Internacional CANA & ENERGIA Agosto de 2002 Produção Mensal na Região Centro-Sul Álcool

Leia mais

Indústria do Tabaco. Visão Geral. Souza Cruz 24% do volume total produzido 3usinas de tabaco Receita de exportação de tabaco: R$ 1,4 bilhão.

Indústria do Tabaco. Visão Geral. Souza Cruz 24% do volume total produzido 3usinas de tabaco Receita de exportação de tabaco: R$ 1,4 bilhão. Reunião Apimec Indústria do Tabaco Visão Geral 160 mil produtores integrados Mais de 700 mil toneladas de tabaco produzidas R$ 5,3 bilhões de receita gerada aos produtores Receita de exportação de tabaco:

Leia mais

FORJAS TAURUS S.A. 3T11

FORJAS TAURUS S.A. 3T11 FORJAS TAURUS S.A. 3T11 Cotações (30-09-11): FJTA3 R$ 1,91 FJTA4 R$ 1,79 Porto Alegre, 11 de novembro de 2011 - A Forjas Taurus S.A. (Bovespa: FJTA3, FJTA4), maior produtora de armas curtas da América

Leia mais

(41) (41) Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas

(41) (41) Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas OS MERCADOS DE SOJA e MILHO EM 13/14 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas SINDIADUBOS Curitiba (PR), 31/out/13 www.agrural.com.br fmuraro@agrural.com.br

Leia mais

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS Potencial Agrícola e de Mercado no Brasil para Biocombustíveis e Biodiesel Centro de Tecnologia Mineral - CETEM Cia. Nacional de Abastecimento - Conab ÂNGELO BRESSAN

Leia mais

Grupo São Martinho anuncia Lucro Líquido de R$ 68,9 milhões no 4T16 21,9% superior ao 4T15

Grupo São Martinho anuncia Lucro Líquido de R$ 68,9 milhões no 4T16 21,9% superior ao 4T15 Grupo São Martinho anuncia Lucro Líquido de R$ 68,9 milhões no 4T16 21,9% superior ao 4T15 São Paulo, 06 de junho de 2016 SÃO MARTINHO S.A. (BM&FBovespa: SMTO3; Reuters SMTO3.SA e Bloomberg SMTO3 BZ),

Leia mais

BRF. Resultados 2T11 Agosto de José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO

BRF. Resultados 2T11 Agosto de José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO BRF Resultados 2T11 Agosto de 2011 José Antonio Fay - CEO Leopoldo Saboya - CFO Os resultados do segundo trimestre de 2011 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral).

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 São Paulo, 30 de outubro de 2008. Confab Industrial S.A. (BOVESPA: CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao

Leia mais

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11 RESULTADOS 4T08 / 2008 3T11 Novembro de 2011 1 Principais Indicadores 3T11 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010 EBITDA(*)

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Tereos Internacional Resultados do Segundo Trimestre de 2013/14

Tereos Internacional Resultados do Segundo Trimestre de 2013/14 Tereos Internacional Resultados do Segundo Trimestre de São Paulo 14 de novembro de 2013 Destaques do Operacional Guarani: Melhoria na produtividade agrícola devido a investimentos passados e condições

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 São Paulo, 23 de abril de 2014 ROTEIRO I. Safra 2013/2014 na região Centro-Sul: dados finais Condições climáticas e agronômicas Moagem e produção Mercados

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados 4T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente Executivo Finanças e Controladoria Sobre oferta mundial de aço segue

Leia mais

Projeções do mercado de açúcar e etanol para November 2014

Projeções do mercado de açúcar e etanol para November 2014 Projeções do mercado de açúcar e etanol para 2015 November 2014 Mercado do Açúcar Panorama geral Perspectivas de safras Conclusões Etanol Programa Panorama e expectativas 2 Açúcar Panorama do mercado nos

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Seminário. Oportunidades e desafio dos investimentos em usinas flex Desempenho econômico e ambiental do etanol produzido pela integração milho/cana

Seminário. Oportunidades e desafio dos investimentos em usinas flex Desempenho econômico e ambiental do etanol produzido pela integração milho/cana Seminário Oportunidades e desafio dos investimentos em usinas flex Desempenho econômico e ambiental do etanol produzido pela integração milho/cana Palestra: Desempenho econômico Carlos Eduardo Osório Xavier

Leia mais

3T14 Apresentação de Resultados

3T14 Apresentação de Resultados 3T14 Apresentação de Resultados 21 de Outubro de 2014 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados DESTAQUES A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 3.452,2 MM em. Forte crescimento das operações Contact Center na América Latina (ex-brasil), que totalizaram uma receita

Leia mais

Destaques do 1T12: Mensagem da Administração

Destaques do 1T12: Mensagem da Administração Vigor registra Receita Líquida de R$ 314,1 milhões e EBITDA de R$ $24,9 milhões, representando um crescimento de 8,2% e 167,9%, respectivamente, quando comparado com igual período do ano anterior Destaques

Leia mais

Cosan Day Marcelo Martins, Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores

Cosan Day Marcelo Martins, Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores Cosan Day Marcelo Martins, Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores São Paulo 21 de Novembro de 2011 Disclaimer Declarações sobre operações futuras Esta apresentação contém estimativas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2015

Teleconferência de Resultados 2015 Teleconferência de Resultados 2015 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) Laminador de chapas grossas entrará em operação

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 3T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 3T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 3T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 4T13 +29% RB Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

Tereos Internacional Resultados do Ano 2014/15. São Paulo 03 de junho de 2015

Tereos Internacional Resultados do Ano 2014/15. São Paulo 03 de junho de 2015 Tereos Internacional Resultados do Ano 20 São Paulo 03 de junho de 2015 Principais iniciativas e destaques em 20 Operacional Cana-de-açúcar Brasil: Aumento de 3% na moagem, em base anual, para 20,2 milhões

Leia mais

O Mercado Drivers de Demanda

O Mercado Drivers de Demanda Apresentação dos Resultados 4T12 15/03/2013 O Mercado Drivers de Demanda Crescimento Populacional (bilhões de indivíduos) Soja (Milhões de toneladas) China 6,5 6,9 7,7 8,3 8,8 9,3 Urbana Rural 187,6%*

Leia mais

Ultrapar Participações S.A. Conferência de resultados Comentários sobre desempenho no 2T16 e perspectivas

Ultrapar Participações S.A. Conferência de resultados Comentários sobre desempenho no 2T16 e perspectivas Ultrapar Participações S.A. Conferência de resultados Comentários sobre desempenho no e perspectivas 12.08.2016 Considerações iniciais Previsões acerca de eventos futuros Este documento pode conter previsões

Leia mais

Divulgação dos Resultados do 1T13

Divulgação dos Resultados do 1T13 Divulgação dos Resultados do 1T13 José Rubens de la Rosa CEO Apresentação: Carlos Zignani Diretor de Relações com Investidores José Antonio Valiati Diretor de Controladoria e Finanças Thiago A. Deiro Gerente

Leia mais

Apresentação de Resultados - 3T de novembro de 2016

Apresentação de Resultados - 3T de novembro de 2016 Apresentação de Resultados - 3T16 09 de novembro de 2016 OBS: As referências estão no slide 8 2 Principais Destaques do 3T16 JSL Consolidada Receita Bruta Consolidada¹ de R$1,9 bilhão (+12,9% a/a) Receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T17

Teleconferência de Resultados 1T17 Teleconferência de Resultados 1T17 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) A joint venture Gerdau Summit inicia operações

Leia mais

COSAN DAY 2013 VASCO DIAS

COSAN DAY 2013 VASCO DIAS COSAN DAY 2013 VASCO DIAS 2 DISCLAIMER Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro. Essas informações

Leia mais