Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO"

Transcrição

1 Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO

2 Açúcar: Avaliação de Oferta e Demanda Mundial F o n t e : U S D A

3 Superávit/Déficit Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Produção / Demanda Balanço de Oferta e Demanda Mundial (Milhões de tons) / / / / / / / /15 Superavit/Deficit Total Sugar Production Total Use Fonte: USDA ; Elaboração: Bioagência

4 Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Fonte: USDA ; Elaboração: Bioagência

5 Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Consumo China /15 (mt) +6 % +9 % +5 % +2 % Fonte: USDA ; Elaboração: Bioagência

6 2000/ / / / / / / / / / / / / / / / ( 000 Tons) World Sugar Production Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

7 2000/ / / / / / / / / / / / / / / / World Sugar Consumption ( 000 Tons) Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

8 Balanço Mundial x Produção da Tailândia ( 000 Tons) Superavit/Deficit Produção ( 000 Tons) Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

9 Balanço Mundial x Produção da Índia ( 000 Tons) Superavit/Deficit Produção ( 000 Tons) Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

10 Balanço Mundial x Produção do Brasil ( 000 Tons) Superavit/Deficit Produção ( 000 Tons) Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

11 ( 000 Tons) Balanço Mundial x Novas Usinas Superavit/Deficit Novas Usinas Usinas Fechadas + RJ (Usinas) Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

12 Superávit/Déficit Produção / Demanda Análise: Estimativa S&D 3 anos (Mmt) TOTAL / / / / / / / /18 Superavit/Deficit Total Sugar Production Total Use Fonte: USDA - Elaboração: Bioagência

13 Preços Açúcar Fonte: NY E ESALQ

14 Preço Histórico Esalq Mercado Interno 70,0 65,0 60,0 64,47 Esalq Index Líquido (R$/50kg Bag) Mín./15: 43,02 R$ Máx./15: 71,96 R$ Volatilidade: 67,3% Vol.14: 18% Vol. 13: 24% 55,0 50,0 Média: 47,78 R$ 45,0 40,0 35,0 50,77 55,23 45,89 42,37 45,99 49,91 30,0 jan-10 jan-11 jan-12 jan-13 jan-14 jan-15 ESALQ st (1/4) 59,43 62,03 49,82 39,56 47,29 47,18 2nd (1/4) 41,30 50,50 46,38 40,89 47,35 47,08 3rd (1/4) 40,26 55,28 45,47 41,35 42,59 45,17 4th (1/4) 62,09 53,10 41,87 47,66 46,73 65,34 Fonte: NY

15 Preço Histórico NY - Internacionais 34,0 29,0 NY (cts/lb) - Últimos 5 anos Mín./15: 10,39 cts Máx./15: 15,92cts Volatilidade: 53% Vol.14: 36% Vol. 13: 23% 24,0 Média: 19,74 cts/lb 19,0 14,0 22,34 27,12 21,58 17,47 16,35 12,98 9,0 jan-10 jan-11 jan-12 jan-13 jan-14 jan-15 NY # st (1/4) 24,75 30,62 24,56 18,42 16,45 14,14 2nd (1/4) 15,48 24,45 21,21 17,11 17,25 12,46 3rd (1/4) 20,16 28,68 20,91 16,70 15,92 11,31 4th (1/4) 28,97 24,74 19,64 17,64 15,78 14,51 Fonte: NY

16 4,5 4,0 Mín. 2015: 2,259 R$ Máx. 2015: 4,145 R$ Volatilidade: 83,5% Vol.14: 13,4% Vol. 13: 26% Preço Histórico Dólar Dólar - Últimos 5 anos 3,5 3,0 2,5 2,0 Média: 2,15 R$ 1,76 1,67 1,95 2,16 2,35 1,5 jan-10 jan-11 jan-12 jan-13 jan-14 jan-15 3,28 US$ st (1/4) 1,80 1,67 1,77 2,00 2,36 2,86 2nd (1/4) 1,79 1,59 1,96 2,07 2,23 3,07 3rd (1/4) 1,75 1,64 2,03 2,29 2,28 3,55 4th (1/4) 1,70 1,80 2,06 2,28 2,55 3,83 Fonte: NY

17 Preço Histórico NY R$/ton FOB Máx.: 1.350,32 NY + pol (R$/ton) - Últimos 5 anos Mín./15: 789,42 R$/t Máx./15: 1.339,58 R$/t Volatilidade: 69,7% Vol.14: 35% Vol. 13: 20,6% Média: 924,27 R$/ton , ,5 961,8 864,1 880, Mín.: 569,34 jan-10 jan-11 jan-12 jan-13 jan-14 jan ,65 NY (R$/T) st (1/4) 1.023, ,4 994,55 843,60 890,03 923,83 2nd (1/4) 636,7 893,6 952,80 813,67 882,48 877,43 3rd (1/4) 808, ,3 973,09 878,07 829,73 918,79 4th (1/4) 1.128, ,5 926,92 920,93 921, ,8 Fonte: NY

18 LINE-UP: Açúcar VHP C-Sul TONS Exportação VHP-CSUL - Sf. 15/16 Prod.: 31,2 mt (Bioag.) Exp. VHP: 20,1 mt (Bioag.) Acum. sf.: 12,41 mt (18/11) Realiz. x Proj.: +306 kt May June July August September October November December January February March April Max. 3 anos Min. 3 anos Total 2015/16 Line-up Média 3 anos Est. Bioagencia Fonte: WILLIAMS

19 NY Curva em R$ (R$/t) ?? A ser definido Range Médio (NY Prompt): (R$/t) Superado Fonte: NY

20 Vendas e Produção de Veículos Automotores Fonte: ANFAVEA

21 ,7% -2,7% -2,4% -1,4% -0,5% +3,0% +3,9% +4,1% +3,4% +2,7% +3,5% +3,4% +4,1% +5,9% +6,7% +7,3% +7,7% +7,3% +7,2% +6,3% +5,0% +2,8% +8,1% +19,1% +29,2% +32,3% +28,4% +25,1% +21,5% +17,1% +16,0% +13,4% +10,3% +6,0% Projeção 2015 pela Anfávea: Venda de leves cái 27,4% ( ) Frota: crescimento revisto 2,8% (antes 3,3%) - Flex cresce 6,0% - Gasolina encolhe 2,4% Veículos Leves e Flex Licenciamento x Sucateamento Autoveículos Leves - Fonte Anfávea\Bioagência % +9% +8% +7% +6% +5% +4% +3% +2% +1% +0% Crescimento da Frota - Autoveículos Leves Fonte:Anfávea/Fenabrave - Edição Bioagência MIL +35% +30% +25% +20% +15% +10% +5% +0% -5% -10% Licenciamento Sucateamento Crescimento da Frota Flex Fonte Anfávea\Bioagência; Edição Bioagência Fonte: Anfavea \Bioagência

22 Mercado de Etanol e Gasolina S A F R A 1 5 / 1 6

23 Fonte: Bioagência Projeção Demanda Safra 15/16

24 Fonte: Bioagência Projeção Demanda Safra 15/16

25 U$/Barril ,56 20,59 14,42 19,17 30,32 25,87 26,12 31,10 41,45 56,44 49,95 66,05 61,74 72,33 79,49 99,97 95,14 94,25 97,92 92,98 Petróleo NY Petróleo New York Média Anual - USD/Barril Fonte Bioagência Fonte: NY

26 Usd/Barril 97,92 92,98 49,95 120,00 100,00 80,00 Petróleo NY Petróleo NY - Médias Anuais - USD/Barril - 5,0% - 46,3% 91,96 60,00 40,00 20,00 0, Petr.NY U$/Barril Média Fonte: NY

27 U$/Barril jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov Petróleo New York USD/Barril Fonte Bioagência Petróleo NY 61, /11/15 41, ,46 38,24 Fonte: NY

28 ,00 120,00 100,00 80,00 60,00 Média mensal Petróleo NY 2003 à 2015 x Dólar Petróleo NY - U$/Barril Dolar 3,60 jun/08 134,02 83,41 Dolar 3,78 4,00 3,50 3,00 2,50 2,00 40,00 20,00-28,96 dez/04 43,31 fev/09 39,15 nov/15 43,24 1,50 1,00 0,50 Petr.NY U$/Barril MédiaP.NY U$/Barril Dolar Fonte: NY

29 jan/05 set/05 mai/06 jan/07 set/07 mai/08 jan/09 set/09 mai/10 jan/11 set/11 mai/12 jan/13 set/13 mai/14 jan/15 set/15 Preços Gasolina Importada X Nacional 2,00 1,50 1,00 0,50 0,00 RBOB R$/Litro - Fob Santos 1,539 1,249 1,524 nov/15 1,350 1,179 0,648 RBOB R$/litro Fob Santos Preço Gasolina R$/L 12 por Média Móvel (RBOB R$/litro Fob Santos) Fonte: NY

30 R$/Litro jan/12 abr/12 jul/12 out/12 jan/13 abr/13 jul/13 out/13 jan/14 abr/14 jul/14 out/14 jan/15 abr/15 jul/15 out/15 2,20 2,00 1,80 1,60 1,40 1,20 1,00 0,80 0,60 0,40 0,20 0,00-0,20-0,40-0,60-0,80 Preços RBOB Futuros Defasagem de preço da gasolina nacional x importada R$/Litro - Paulínia\Santos -0,51 1,452 1,539 0,98 nov/15 +0,48 1,35 nov/15 +0,19 Diferença R$/L Gasolina Petrobras Gasolina Importada Fonte: NY

31 R$/Litro nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16 jun-16 jul-16 ago-16 R$/Litro -0,07-0,10-0,11-0,12-0,11 +0,19 +0,21 +0,22 +0,20 +0,17 1,35 1,33 1,32 1,33 1,37 1,61 1,64 1,65 1,66 1,65 1,90 Preços RBOB Futuros +1,60 1,80 +1,40 1,70 +1,20 1,60 1,50 1,539 +1,00 +0,80 1,40 1,452 +0,60 1,30 +0,40 1,20 +0,20 1,10 +0,00 1,00-0,20 0,90-0,40 Diferença R$/Litro Preço RBOB Equiv. na Refinaria Gasolina Petrobras Petrobras Anterior Fonte: NY

32 R$ 2.500,00 R$ 2.000,00 Exportação Etanol Ethanol US - R$/m³ x Anidro Esalq 20/11/2015 R$ 1.975,20 R$400,00 R$200,00 R$ 1.500,00 R$0,00 R$ 1.000,00 20/11/2015 R$ 1.485,32 (R$200,00) (R$400,00) R$ 500,00 20/11/2015 -R$ 489,88 (R$600,00) R$ 0,00 (R$800,00) Dif. Ethanol US x Anidro Esalq-R$/m³ Ethanol US-R$/m³ Anidro-Esalq Fonte: NY

33 P r e ç o s Fonte: ANP / ESALQ

34 Etanol Hidratado - R$/Litro 2,70 2,65 2,60 2,55 2,50 Média - Precificação MS 2,611 2,529 2,691 2,45 Fonte: ANP 2,461 Gasolina - R$/Litro 2,40 3,40 3,42 3,44 3,46 3,48 3,50 3,52 3,54 M S Paridade 70% Paridade 76% Paridade 74% Paridade 72%

35 Etanol Hidratado - R$/Litro Média - Precificação MG 2,67 2,62 2,57 2,52 2,47 2,479 2,597 2,664 Fonte: ANP 2,428 Gasolina - R$/Litro 2,42 3,51 3,53 3,55 3,57 3,59 3,61 Minas Gerais Paridade 74,0% Paridade 70,0% Paridade 72,0% Paridade 68,0%

36 Etanol Hidratado - R$/Litro Média - Precificação São Paulo 2,51 2,46 2,41 2,403 2,503 2,489 2,36 2,31 Fonte: ANP 2,296 Gasolina - R$/Litro 2,26 3,32 3,34 3,36 3,38 3,40 3,42 3,44 3,46 São Paulo Paridade 70% Paridade 74% Paridade 72% Paridade 68%

37 Etanol Hidratado - R$/Litro Média - Precificação GO 2,58 2,56 2,54 2,536 2,524 2,559 2,52 2,50 2,510 2,48 Gasolina - R$/Litro 2,46 3,59 3,60 3,61 3,62 Goiás Paridade 71% Paridade 70% Paridade 69% Paridade 68% Fonte: ANP

38 Fonte: ANP ESALQ.

39 Fonte: ANP ESALQ. Preço Etanol R$/litro

40 Fonte: ANP ESALQ.

41 Fonte: ANP Paridade por UF Semanal

42 Fonte: ANP Paridade por UF Semanal

43 Consumo e Market Share Gasolina C x Hidratado Fonte: ANP

44 Fonte: ANP Consumo Gasolina-C mensal x acum. Brasil

45 Milhares Milhares Consumo Gasolina-C mensal x acum. C-Sul Consumo Mensal de Gasolina C - C-SUL Consumo Gasolina C - Mês Consumo Gasolina C - Acumulado ,9% -14,8% ,8% -8,9% Set/13 Set/14 Set/15 0 Jan-Set/13 Jan-Set/14 Jan-Set/15 Fonte: ANP

46 Fonte: ANP Consumo Gasolina-C mensal x acum. N-NE

47 Fonte: ANP Consumo Hidratado mensal x acum. Brasil

48 Fonte: ANP Consumo Hidratado mensal x acum. C-Sul

49 Fonte: ANP Consumo Hidratado mensal x acum. N-NE

50 Fonte: ANP Consumo Ciclo OTTO mensal x acum. Brasil

51 Fonte: ANP Consumo Ciclo OTTO mensal x acum. C-Sul

52 Fonte: ANP Consumo Ciclo OTTO mensal x acum. N-NE

53 Fonte: ANP Variação do Consumo Ciclo OTTO mensal

54 Fonte: ANP Consumo Diesel mensal x acum. Brasil

55 Fonte: ANP Consumo Diesel mensal x acum. C-Sul

56 Fonte: ANP Consumo Diesel mensal x acumulado N-NE

57 Fonte: ANP Market-Share Combustíveis Centro-Sul

58 Fonte: ANP Market-Share Combustíveis Norte-Nordeste

59 Milhares Milhares Mkt Share Hidratado - RJ 16,9% 88,7% set-14 Mkt Share Hidratado - RJ 21,1% 78,9% set-15 Variação +26% RIO DE JANEIRO set-14 set Mkt Share Hidratado- Brasil 77,4% 22,6 % set-14 Mkt Share Hidratado- Brasil 33,0% 67,0% set-15 Variação +48% Brasil set-14 set-15 ANP

60 Milhares Milhares Milhares Mkt Share Hidratado - C-Sul 72,9% 27,1 % Mkt Share Hidratado - C-Sul 61,3% 38,7% Variação +45% set-14 set-15 set-14 C-Sul set-15 0 Mkt Share Hidratado - SP 62,0% 44,1% Mkt Share Hidratado - SP 46,9% 53,1% Variação +29% set-14 set-15 SÃO PAULO set-14 set Mkt Share Hidratado - PR 72,5% 31,5 % set-14 Mkt Share Hidratado - PR 57,3% 42,7% set-15 Variação +45% PARANÁ set-14 set ANP

61 Milhares Milhares Milhares Mkt Share Hidratado - MG 13,0% 88,9% set-14 Mkt Share Hidratado - MG 62,1% 37,9% set-15 Variação +216% MINAS GERAIS set-14 set Mkt Share Hidratado - MT 59,7% 48,5% set-14 Mkt Share Hidratado - MT 42,4% 57,6% set-15 Variação +36% MATO GROSSO set-14 set Mkt Share Hidratado - MS 17,4% 91,6% set-14 Mkt Share Hidratado - MS 28,3% 71,7% set-15 Variação +77% MATO GROSSO DO SUL set-14 set ANP

62 Fonte: ANP

63 OBRIGADO C r é d i t o s : Tarcilo Ricardo Rodrigues Tel.: V i s i t e n o s s o S i t e : T w i t t e r

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Guariba, 13 de dezembro de 2017. SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Tarcilo Ricardo Rodrigues A g e n d a Cenário Atual Combustíveis Cenário Mundial Combustíveis

Leia mais

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 16 de junho de 2016 Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2015/2016 Moagem e produção

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 21 de maio de 2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 ROTEIRO I. Dados finais da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e faturamento

Leia mais

XLIII Reunião da Mesa Tripartite

XLIII Reunião da Mesa Tripartite XLIII Reunião da Mesa Tripartite Governo Produtores - Distribuidores Brasília, 25 de fevereiro de 2015 mil m³ Evolução Demanda Gasolina A x Etanol Total (anidro + hidratado) janeiro 2007 a janeiro de 2015

Leia mais

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2015/2016 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2015/2016 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2014/2015 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2016/2017 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2016/2017 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2015/2016 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2017/2018 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2017/2018 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2016/2017 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² Etanol

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 20 de dezembro de 2018 Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 ROTEIRO I. Condições climáticas e agronômicas II. Dados preliminares - produção safra 2018/2019 na região Centro-Sul até 16/12/2018

Leia mais

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO PERFIL DA PRODUÇÃO BRASIL 2 NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Estrutura produtiva: 356 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. 840.281

Leia mais

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Palestra anual para os fornecedores de cana Usina da Pedra CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Estatística - UNICA Serrana, 20 de junho de 2013 ROTEIRO I.

Leia mais

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2014/2015 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2013/2014 Produtos Safra 2013/2014 2014/2015 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Safra 2015/2016 Mensal Acumulado Cana Campo (1) Cana Esteira (2) R$/Kg ATR R$/Kg ATR R$/Ton. R$/Ton. Abr/15 0,4909

Leia mais

São Martinho APIMEC 2009

São Martinho APIMEC 2009 São Martinho APIMEC 2009 AGENDA Visão Geral da Companhia Destaques Financeiros Valuation Panorama de Mercado 2 VISÃO GERAL DA COMPANHIA Logística Privilegiada Usina São Martinho Capacidade de Moagem de

Leia mais

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 São Paulo, 20 de setembro de 2012 ROTEIRO I. Metodologia e fonte de dados II. Aspectos climáticos e condições agrícolas III. Evolução da safra da região

Leia mais

Relatório final da safra 2012/2013. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2012/2013. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2012/2013 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2012/2013 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2011/2012 Produtos Cana-de-açúcar ¹ Safra 2011/2012 2012/2013

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira

Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira Etanol de milho: situação atual, desafios e perspectivas da produção Glauber Silveira Aprosoja e Abramilho Mercado do milho Produção mundial Safra 17/18* EUA 370,3 CHINA 215,0 BRASIL 95,0 EUROPA 59,6 ARGENTINA

Leia mais

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos 15º Seminário sobre Produtividade & Redução de Custos Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial 1 - SAFRA

Leia mais

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético XIX Seminário ABMR&A Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético Luciano Rodrigues Assessor Econômico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) São Paulo 01 de outubro de 2008

Leia mais

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Vanessa Nardy Agribusiness Research & Knowledge Center Pricewaterhouse Coopers Situação do setor sucroenergético no Brasil

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar Cana-de-açúcar 85 86 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 DÉFICIT NA PRODUÇÃO MUNDIAL DE AÇÚCAR, AUMENTO DA DEMANDA E QUEDA NOS ESTOQUES MANTERÃO TENDÊNCIA DE PREÇOS ALTOS A perspectiva é de

Leia mais

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2013/2014 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2013/2014 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2012/2013 Produtos Safra 2012/2013 2013/2014 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Superintendência de Distribuição e Logística - ANP FGV - SP 29 de novembro de 2018 QUANTITATIVO DE AGENTES REFINARIAS 17 Refinarias no

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018

Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018 Nova Independência/SP, 18 de maio de 2017 REUNIÃO DE FORNECEDORES Pedra Agroindustrial S/A Usina Ipê Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018 Prof. Ms Antonio Cesar Salibe* *Com

Leia mais

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 26 de maio de 2017 Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Avaliação da safra 2016/2017 Moagem e produção Mercados de etanol

Leia mais

Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013

Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013 Por que Estamos Importando Gasolina? Adriano Pires Agosto/2013 1 Agenda Oferta e Demanda de Gasolina Preços da Gasolina: Defasagem e Perdas Soluções do Governo Propostas 2 Oferta e Demanda de Gasolina

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 São Paulo, 23 de abril de 2014 ROTEIRO I. Safra 2013/2014 na região Centro-Sul: dados finais Condições climáticas e agronômicas Moagem e produção Mercados

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV 2º Seminário Internacional CANA & ENERGIA Agosto de 2002 Produção Mensal na Região Centro-Sul Álcool

Leia mais

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio 21 de junho de 2018 Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/02/2019 Centro-Sul registra recorde de vendas de etanol hidratado em janeiro São Paulo, 12 de fevereiro de 2019 O volume de etanol

Leia mais

Biocombustíveis BOLETIM ENERGÉTICO DEZEMBRO Tamar Roitman

Biocombustíveis BOLETIM ENERGÉTICO DEZEMBRO Tamar Roitman Biocombustíveis Tamar Roitman A) PRODUÇÃO O volume total de etanol (anidro e hidratado) produzido em outubro/17 somou 3,4 bilhões de litros, representando uma queda de 21,1% em relação ao mês anterior

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca AGOSTO 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: agosto/2018

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 9º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 24 de Novembro de 2010 Modelo

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca ABRIL 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: abril/2018 MUNDO

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca JUNHO 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: junho/2018 MUNDO

Leia mais

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Liberação de Variedades RB de Cana-de-Açúcar DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Marcos Sawaya Jank Presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) Ribeirão Preto, 08 de outubro

Leia mais

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol BMFBovespa Seminário Perspectivas do Agribusiness 2012-2013 Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol Andy Duff, Food & Agribusiness Research, Rabobank Brasil 22 de maio de 2012 Food & Agribusiness

Leia mais

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL Elizabeth Farina Diretora Presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar São Paulo, 21 de outubro de 2013 Qual é a expectativa para a safra 2013/2014

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/11/2016 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de novembro A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Perspectivas do Setor Sucroenergético MBF AGRIBUSINESS PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Luciano Rodrigues Gerente de Economia e Análise Setorial da UNICA Sertãozinho, 24 de maio de 2012 2000/01 2001/02

Leia mais

i t soluções para destravar o setor Plinio Nastari DATAGRO 14o. ENCONTRO FIESP DE ENERGIA MATRIZ SEGURA E COMPETITIVA 5 e 6 de Agosto de 2013

i t soluções para destravar o setor Plinio Nastari DATAGRO 14o. ENCONTRO FIESP DE ENERGIA MATRIZ SEGURA E COMPETITIVA 5 e 6 de Agosto de 2013 Biocombustíveis/etanol: i t soluções para destravar o setor Plinio Nastari DATAGRO 14o. ENCONTRO FIESP DE ENERGIA MATRIZ SEGURA E COMPETITIVA 5 e 6 de Agosto de 2013 Demanda Potencial Produção Brasileira

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO 2014-2015 10 DE OUTUBRO DE 2014 Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO AGRÍCOLA PRODUÇÃO GLOBAL DE GRÃOS SAFRA 2014/15

Leia mais

Relatório de Acompanhamento Econômico. Apresentação: Conselheiro George Rugitsky

Relatório de Acompanhamento Econômico. Apresentação: Conselheiro George Rugitsky Relatório de Acompanhamento Econômico Apresentação: Conselheiro George Rugitsky Elaboração: Assessoria Econômica do Sindipeças São Paulo, 17 de agosto de 2015 PIB do Brasil 2 Gráfico - PIB Brasil Var.

Leia mais

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS

PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS PROJETO AGROMINERAIS PARA BIOCOMBUSTÍVEIS Potencial Agrícola e de Mercado no Brasil para Biocombustíveis e Biodiesel Centro de Tecnologia Mineral - CETEM Cia. Nacional de Abastecimento - Conab ÂNGELO BRESSAN

Leia mais

Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de 2009

Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de 2009 Resultados 2T 10 São Paulo 13 de novembro de 2009 1 Considerações Iniciais Em função da alteração do exercício social de 2009, os resultados do 2T 10 compreendem os meses de julho, agosto e setembro, enquanto

Leia mais

PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018. Cana-de-açúcar

PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018. Cana-de-açúcar PARIDADES ENTRE PRODUTOS 29/05/2018 Cana-de-açúcar Aviso legal A INTL FCStone não é responsável por qualquer redistribuição deste material por terceiros, ou quaisquer decisões comerciais tomadas por pessoas

Leia mais

Desafios e Oportunidades no Setor Sucroenergético: Perspectivas para os produtos derivados da cana-de-açúcar

Desafios e Oportunidades no Setor Sucroenergético: Perspectivas para os produtos derivados da cana-de-açúcar Desafios e Oportunidades no Setor Sucroenergético: Perspectivas para os produtos derivados da cana-de-açúcar Paulo Andrés Trucco da Cunha Jales, 07 de Outubro de 2016. Índice 1ª Ciclo da Cana-de-açúcar

Leia mais

Indústria Automobilística Brasileira

Indústria Automobilística Brasileira Indústria Automobilística Brasileira Realidade 2010 Encontro Prof. Manoel A. S. Reis, PhD Os Novos Desafios da Logística O Exemplo da Indústria Automobilística São Paulo 20 de outubro de 2010 Indústria

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 1/05/2018 Com produção recorde na 2ª quinzena de abril, etanol hidratado segue mais competitivo São Paulo, 10 de maio de 2018 A moagem

Leia mais

Clusters de etanol de milho em Mato Grosso

Clusters de etanol de milho em Mato Grosso Realização Parceria Técnica Clusters de etanol de milho em Mato Grosso Daniel Latorraca Ferreira daniel@imea.com.br Agenda Análise de mercado Escopo do trabalho Metodologia de composição dos clusters Resultados

Leia mais

APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008

APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008 APIMEC - SP 16 de dezembro de 2008 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e

Leia mais

A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL. Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA

A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL. Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA JUNHO 2012 Evolução da produção brasileira de CANA nos últimos 60 anos Ano Toneladas (milhões) Década

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/05/2018 Com novo recorde, vendas de etanol hidratado seguem como destaque da safra de cana-de-açúcar no Centro-Sul São Paulo, 24 de

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Projeções do mercado de açúcar e etanol para November 2014

Projeções do mercado de açúcar e etanol para November 2014 Projeções do mercado de açúcar e etanol para 2015 November 2014 Mercado do Açúcar Panorama geral Perspectivas de safras Conclusões Etanol Programa Panorama e expectativas 2 Açúcar Panorama do mercado nos

Leia mais

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO PERFIL DA PRODUÇÃO BRASIL 2 NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Estrutura produtiva: 367 unidades e mais de 1000 municípios atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país.¹ com 794.911

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

Brasil - Complexo Soja

Brasil - Complexo Soja - Complexo Soja Balanço de Oferta/Demanda (1.000 t) Ano Civil (Janeiro-Dezembro) Discriminação 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 (P) 2015 (E) 1. Soja 1.1. Estoque Inicial 5.337 5.167

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 618.931,34 410.212,09 455.952,50 656.360,91 374.803,98 492.235,91 540.100,50

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 31.148,98 30.567,04 30.668,99 27.234,05 26.012,97 145.632,03 Valor

Leia mais

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão A safra mundial 2017/18 será maior, mas com melhor ajuste de estoques já que o consumo

Leia mais

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO PERFIL DA PRODUÇÃO BRASIL 2 NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Estrutura produtiva: 367 unidades e mais de 1000 municípios atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país.¹ com 773.422

Leia mais

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 26 de maio de 2017 Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Avaliação da safra 2015/2016 Moagem e produção Mercados de etanol

Leia mais

w w w. i m e a. c o m. b r

w w w. i m e a. c o m. b r w w w. i m e a. c o m. b r Relatório Semanal de Mercado de Suínos 19/02/2018 Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária Mercado suinícola em Mato Grosso 2013 2014 2015 2016 2000 2001 2002 2003 2004

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

Relatório do Setor Automotivo

Relatório do Setor Automotivo Relatório do Setor Automotivo Junho 2018 Desempenho da produção e emprego Projeções Subseção Dieese- CNTM-FS 06/07/2018 Sumário Subseção Dieese- CNTM-FS 06/07/2018 Sumário Licenciamentos Os licenciamentos

Leia mais

BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 618.931,34 410.212,09 455.952,50 656.360,91 374.803,98 492.235,91 540.100,50

Leia mais

1. CAMINHÕES PRODUÇÃO

1. CAMINHÕES PRODUÇÃO Novembro de 2018 1. CAMINHÕES 1 1.1. PRODUÇÃO Produção (unidades) jan 3.535 12.622 13.776 8.291 4.158 4.482 6.707 fev 12.209 13.664 15.174 7.648 5.317 5.314 7.780 Semi-Leves Produção por Porte 2 (unidades)

Leia mais

PREÇOS CORRENTES 17/06/2013

PREÇOS CORRENTES 17/06/2013 PREÇOS CORRENTES 17/06/2013 SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. Cotações Base Agrícola 05. Açúcar 07.

Leia mais

w w w. i m e a. c o m. b r

w w w. i m e a. c o m. b r w w w. i m e a. c o m. b r Relatório Semanal de Mercado de Suínos 29/01/2018 Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária Mercado suinícola em Mato Grosso 2013 2014 2015 2016 2000 2001 2002 2003 2004

Leia mais

DELEGACIA REGIONAL TRIBUTÁRIA DE

DELEGACIA REGIONAL TRIBUTÁRIA DE Fatores válidos para recolhimento em 01/08/2016 JANEIRO 3,3714 3,2396 3,0166 2,8566 2,6932 2,5122 2,3076 2,1551 1,9790 1,8411 1,7203 1,5947 FEVEREIRO 3,3614 3,2158 3,0021 2,8464 2,6807 2,4939 2,2968 2,1429

Leia mais

w w w. i m e a. c o m. b r

w w w. i m e a. c o m. b r w w w. i m e a. c o m. b r Relatório Semanal de Mercado de Suínos 23/10/2017 Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária Mercado suinícola em Mato Grosso 2013 2014 2015 2016 2000 2001 2002 2003 2004

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15 abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15-822 -869-928 -761-829 -678-749 -708-748 -537-482 -349 I Resultados Mensal: -31,9% Acum. Ano:

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 31.148,98 30.567,04 30.668,99 27.234,05 26.012,97 21.396,66 26.979,63

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/01/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/01/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/01/2019 Moagem no Centro-Sul acumula 562,7 milhões de toneladas na primeira quinzena de janeiro São Paulo, 24 de janeiro de 2019 volume

Leia mais

A BUSCA PELA AUTOSUFICIÊNCIA

A BUSCA PELA AUTOSUFICIÊNCIA A BUSCA PELA AUTOSUFICIÊNCIA Análise do Mercado de Gasolina no Brasil Prof. Marcelo Colomer São Paulo Agosto de 2013 Importações Acumuladas de Janeiro a Junho de 2013 Fonte: MDIC, 2013 2 Crescimento da

Leia mais

Teleconferência De Resultados. 4T18 Safra 17/18

Teleconferência De Resultados. 4T18 Safra 17/18 Teleconferência De Resultados 4T18 Safra 17/18 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais

Leia mais

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO

ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO ALGODÃO TENDÊNCIAS PARA O MERCADO Analista de Mercado Élcio A. Bento elcio@safras.com.br ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/@ Preço Mínimo R$ 44,6/@ ALGODÃO CIF SÃO PAULO R$/2 Jul A FORMAÇÃO DE PREÇOS NO MERCADO

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15 fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15-748 -635-482 -548-559 -508-395 -457-386 -404-359 -113 I Resultados Mensal: -67,5% Acum. Ano:

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Política Agrícola Departamento de Financiamento e Informação SUMÁRIO EXECUTIVO.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Política Agrícola Departamento de Financiamento e Informação SUMÁRIO EXECUTIVO. SUMÁRIO EXECUTIVO Café Posição: março/2019 Café: Quadro de Suprimento Mundo (milhões de sacas de 60kg) Safra Arábica Robusta Total 2009/2010 39,6 77,8 52,0 129,8 104,1 138,3 106,3 28,8 2010/2011 28,8 87,9

Leia mais

PROJEÇÕES DA DEMANDA DE ÓLEO DIESEL E DE CICLO OTTO

PROJEÇÕES DA DEMANDA DE ÓLEO DIESEL E DE CICLO OTTO PROJEÇÕES DA DEMANDA DE ÓLEO DIESEL E DE CICLO OTTO Workshop Combustível Brasil: O Abastecimento de Combustíveis no Brasil Rio de Janeiro/RJ 13 nov. 2017 José Mauro Coelho Diretor de Estudos do Petróleo,

Leia mais

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio 24 de maio de 2017 Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

Diretoria de Pesquisas. Coordenação de Indústria PIM-PF REGIONAL. Resultados de Julho de 2017

Diretoria de Pesquisas. Coordenação de Indústria PIM-PF REGIONAL. Resultados de Julho de 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF REGIONAL Resultados de Julho de 2017 Resumo - Julho/2017 Variação (%) Locais Acumulado nos Julho 2017/Junho 2017* Julho 2017/Julho 2016 Acumulado

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/03/2017 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de março A quantidade processada de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras

Leia mais

ANÁLISE TÉCNICA E CICLOS FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE FUNDAMENTAL (OFERTA E DEMANDA)

ANÁLISE TÉCNICA E CICLOS FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE FUNDAMENTAL (OFERTA E DEMANDA) www.agrural.com.br OS MERCADOS DE SOJA E MILHO EM 12/13 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro-agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas SINDIADUBOS-Curitiba (PR), 25/out/12 FINANCEIRIZAÇÃO

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/11/2017 Vendas de hidratado avançam no Centro-Sul O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 1/03/2018 Vendas de hidratado permanecem aquecidas em fevereiro São Paulo, 09 de março de 2018 Na 2ª metade de fevereiro de 2018, a moagem

Leia mais

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético 23 de julho de 2015 Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico ROTEIRO I. Perspectivas para a safra 2015/2016 II. Mercados de açúcar e de etanol

Leia mais

JANEIRO , , ,4

JANEIRO , , ,4 A partir desta edição, o Relatório da Balança, com nova diagramação, oferece mais destaque a gráficos e tabelas e torna a consulta mais fácil e rápida. Esperamos que esse novo formato permita às empresas

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14 dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14-1.067-914 -822-869 -707-761 -829-928 -678-749 -708-528 I Resultados Mensal: -30,3% Acum.

Leia mais

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil

Evolução das Vendas de Veículos - Brasil Martinho Seiiti Ono Criada em 2000 Evolução das Vendas de Veículos - Brasil 1.000 unidades 300 275 250 225 200 175 150 125 100 75 50 25 0 Flex Gasolina % Flex - média anual 100% 95% 90% 85% 80% 75% 70%

Leia mais