Estruturas de polímeros

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estruturas de polímeros"

Transcrição

1 Estruturas de polímeros 1

2 Propriedade PEBD PELBD PEAD T fusão (K) >130 Dendidade (g/cm 3 ) Resistência a tração (MPa) 2

3 Fatores que influem nas propriedades p de polímeros Massa molar e distribuição de massa molar Conformação Se refere aos diferentes arranjos dos átomos da cadeia no espaço que podem acontecer por rotações das moléculas Configuração Se refere a organização dos átomos ao longo da cadeia. Uma cadeia pode passar de uma configuração a outra somente por quebra de ligações químicas Isômeros São moléculas de mesma fórmula química mas que tem configuração ou conformação diferente 3

4 Fatores que influem nas propriedades p de polímeros Configuração das cadeias: Encadeamento das unidades monoméricas: cabeça-cauda, cabeçacabeça, cauda-cauda, ou misto: : 4

5 Conformação Se refere aos diferentes arranjos dos átomos da cadeia no espaço, que podem acontecer por rotações de ligação simples das moléculas c3 c4 c2 c1 Mantidos: distância da ligação (1,54Å) e o ângulo de ligação (109º28 ), C4 pode variar sua posição na cadeia. 5

6 Conformação Rotação de ligação simples muda distancia entre átomos vizinhos e interação entre eles Diferentes conformações diferença na energia potencial da molécula Tipos de conformação: anti (trans); eclipsada (cis); gauche (+ ou -) Trans ( =180º) Eclipsada (instável) 6

7 Para o butano Conformação Gauche ( =60º e -60º) Trans ( =π) Eclipsada J.M.G. Cowie, Polymer Chemistry and Physics of Modern Materials; 2nd Edition, Blackie Academic and Professional

8 Conformação Zig-zag planar (toda trans) estável Polietileno (sindiotático) Hélice (g e t) Ex. Polímero com substituinte grande William D Callister, Material Science and Engineering, Wiley and Sons,

9 Conformação Zig-zag planar (toda trans) estável gauche (ng/nt )= 2 exp(- /kt) Número de estados trans (nt) e gauche (ng); K = cte de Boltzmann; = diferença de energia entre 2 mínimos Ex: PE = 3,34kJ/mol, T=100; 200 e 300K (ng/nt) = 0,036; 0,264; 0,524 E = barreira de energia potencial=16,7kj/mol (PE) 9

10 Isômeros São moléculas de mesma fórmula química mas que tem configuração ou conformação diferente Tipos de Isomeria: Arquitetura: Orientação Geométrica Configuração 10

11 De arquitetura Monômero: C 2 H 4 O, com arranjo diferente (-CH 2 -CH 2 -O-) poli(oxi etileno) Tg= 206K utilizado na indústria farmacêutica M w < PEG e > PEO (-CH 2 -CH-) poli(álcool vinílico) Tg=358K OH polímero com impermeabilidade a solventes (embalagens) e tintas (com vinil acetato) (-CH-O-) CH 3 poli(acetaldeído) Tg=243K Propriedades de elastômero accelrys.com/.../archive/studies/helsinki.ht ml 11

12 De orientação Configuração cabeça-cabeça ou cabeça-cauda: Durante polimerização em cadeia, radical ataca monômero e 2 tipos de adição podem ser realizadas R* + H 2 C=CH RCH 2 -CH* ou RCH-CH 2 * X X X -CH 2 -CH-CH 2 -CH-CH 2 -CH 2 -CH- X X X CH 2 -CH-CH-CH 2 -CH 2 -CH-CH-CH 2 -CH 2 -CH- X X X X X 12

13 Isomeria geométrica Para polímeros com ligação dupla: a conformação não pode ser desfeita pois não há rotação a partir de ligação dupla. Cis = mesmo lado Trans = lados opostos Cristalinidade baixa Tg =165K Tm=301K Cristalinida de mais alta Tg =255K Tm=347K A borracha natural é o poliisopreno cis: baixa cristalinidade e pode ser facilmente vulcanizada. Pode ser sintetizada. Usado na fabricação de carcaças de pneus. 13

14 Isomeria configuracional Para moléculas l que possuem carbono assimétrico (centro assimétrico) Taticidade: regularidade na colocação de grupos laterais (polímero com encadeamento cabeça-cauda) cauda) Isotático: grupos laterais dispostos do mesmo lado. Sindiotático: grupos laterais dispostos do lado alternado. Atático: não há regularidade na disposição. 14

15 Referências J.M.G. Cowie: Polymers: Chemistry and Physics of Modern Materials, 2nd edition,1991, Blackie Academic and Professional. L. H. Sperling Introduction to Physical Polymer Science 2ndEdition1992, JohnWiley andsons, New York Ciência dos polímeros: um texto básico para tecnólogos e engenheiros, Sebastião V. Canevarolo Jr., Editora Artliber, 2º edição,

Estruturas de polímeros

Estruturas de polímeros Estruturas de polímeros Propriedade PEBD PELBD PEAD Dendidade (g/cm 3 ) T fusão ( o C) 102 120 112 130 0.912 0.925 0.92 0.94 Cristalinidade 50 60% interme diário 128 135 0.962 0.968 >90% PEBD PEAD PELBD

Leia mais

PPGQTA. Prof. MGM D Oca

PPGQTA. Prof. MGM D Oca PPGQTA Prof. A Estereoquimica está relacionada ao arranjo tridimensional no espaço dos átomos em uma molécula. Estereoisômeros são moléculas que possuem os átomos com uma mesma conectividade entretanto,

Leia mais

Materiais Poliméricos. Conceitos Gerais

Materiais Poliméricos. Conceitos Gerais Materiais Poliméricos Conceitos Gerais ESTRUTURA DOS POLIMEROS DEFINIÇÃO São moléculas muito grandes (macromoléculas) formadas pela repetição de pequenas e simples unidades químicas (monômeros), ligadas

Leia mais

Física dos Materiais FMT0502 ( )

Física dos Materiais FMT0502 ( ) Física dos Materiais FMT0502 (4300502) 1º Semestre de 2010 Instituto de Física Universidade de São Paulo Professor: Antonio Dominguesdos Santos E-mail: adsantos@if.usp.br Fone: 3091.6886 http://plato.if.usp.br/~fmt0502n/

Leia mais

Química Orgânica. Conformação: qualquer arranjo tridimensional dos átomos numa molécula que resulte da rotação ao redor de uma ligação simples.

Química Orgânica. Conformação: qualquer arranjo tridimensional dos átomos numa molécula que resulte da rotação ao redor de uma ligação simples. Análise Conformacional Estereoisomeria em Cicloalcanos Estereoisomeria cis-trans; E, Z Prof. Davyson Moreira (davysonmoreira@hotmail.com) 1 Conformação: qualquer arranjo tridimensional dos átomos numa

Leia mais

Análise Conformacional. Estereoisomeria em Cicloalcanos. Estereoisomeria cis-trans; E, Z. Prof. Davyson Moreira

Análise Conformacional. Estereoisomeria em Cicloalcanos. Estereoisomeria cis-trans; E, Z. Prof. Davyson Moreira Análise Conformacional Estereoisomeria em Cicloalcanos Estereoisomeria cis-trans; E, Z Prof. Davyson Moreira (davysonmoreira@hotmail.com) 1 Conformação: qualquer arranjo tridimensional dos átomos numa

Leia mais

5. Análise Conformacional

5. Análise Conformacional 5. Análise Conformacional 5.1. Considerações Gerais 5.2. Análise Conformacional de Moléculas Acíclicas 5.3. Estabilidade Relativa dos Ciclo-alcanos: Tensão de Anel 5.4. Análise Conformacional de Ciclo-hexanos

Leia mais

ALCANOS E CICLO ALCANOS

ALCANOS E CICLO ALCANOS ALCANOS E CICLO ALCANOS INTRODUÇÃO Um grupo funcional é um grupo de átomos que tem um compostamento químico caracteristico em todas as moléculas que aparece. 30 milhões de compostos orgânicos A química

Leia mais

Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos)

Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos) Ciência que estuda a química da vida (características dos seres vivos) Características dos seres vivos 1 - Complexidade química e organização microscópica Elementos químicos comuns C, O, N, H e P Grande

Leia mais

MATERIAIS POLIMÉRICOS

MATERIAIS POLIMÉRICOS ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais MATERIAIS POLIMÉRICOS PMT 2100 - Introdução à Ciência dos Materiais para Engenharia 2º Semestre de

Leia mais

Ferro de construção, Latas de alumínio, Garrafas de cerveja, Casca de ovo, Areia e cimento. Restos de comida, Embalagens de plástico, Casca de coco.

Ferro de construção, Latas de alumínio, Garrafas de cerveja, Casca de ovo, Areia e cimento. Restos de comida, Embalagens de plástico, Casca de coco. 01 Inorgânico Primeiro Ferro de construção, Latas de alumínio, Garrafas de cerveja, Casca de ovo, Areia e cimento. Orgânico Segundo Restos de comida, Embalagens de plástico, Casca de coco. Resposta: D

Leia mais

Química A MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA DO AMBIENTE. 1º Semestre /2014. Doutor João Paulo Noronha.

Química A MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA DO AMBIENTE. 1º Semestre /2014. Doutor João Paulo Noronha. MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA DO AMBIENTE 1º Semestre - 2013/2014 Doutor João Paulo Noronha jpnoronha@fct.unl.pt (X) UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências e Tecnologia Cicloalcanos CICLOALCANOS

Leia mais

SUMÁRIO. 2 P á g i n a

SUMÁRIO. 2 P á g i n a SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE O POLÍMERO... 04 1.1 Definição de polímeros... 04 1.2 Cadeia produtiva de polímeros... 04 2. POLIPROPILENO... 06 2.1 Comercialização do polipropileno...

Leia mais

Carbonos Hidrogênios Oxigênios C 2 H 6 O

Carbonos Hidrogênios Oxigênios C 2 H 6 O Prof. Edson Cruz ISOMERIA Carbonos Hidrogênios Oxigênios H H H C C O H H C O C H H H H H H H C 2 H 6 O C 2 H 6 O Os compostos H 3 C CH 2 OH e H 3 C O CH 3 são ISÔMEROS. ISÔMEROS são compostos diferentes

Leia mais

a mesma fórmula molecular ou seja, é necessário recorrer às fórmulas estruturais para os diferenciar.

a mesma fórmula molecular ou seja, é necessário recorrer às fórmulas estruturais para os diferenciar. Química do arbono VIII. ISÓMEROS A fórmula molecular de um composto, indica o tipo e o número de átomos presentes num determinado composto. Alguns exemplos de fórmulas moleculares são 2 6 ou 5 10 O. ontudo,

Leia mais

Exercícios de Isomeria

Exercícios de Isomeria Exercícios de Isomeria 1. Cientistas brasileiros definem como transgênico um "organismo cujo genoma foi alterado pela introdução de DNA exógeno, que pode ser derivado de outros indivíduos da mesma espécie,

Leia mais

Maratona ENEM Química Prof. Geovani Barros

Maratona ENEM Química Prof. Geovani Barros Maratona ENEM 2016 Química Prof. Geovani Barros Histórico *Fonte: Revista Superinteressante Química Orgânica Classificação dos átomos de carbono Classificação dos átomos de carbono As moléculas de nanoputians

Leia mais

Estrutura Molecular de Polímeros

Estrutura Molecular de Polímeros Química de Polímeros Prof a. Dr a. Carla Dalmolin carla.dalmolin@udesc.br Estrutura Molecular de Polímeros Polímeros Material orgânico de alta massa molar (acima de 10 mil, podendo chegar a 10 milhões),

Leia mais

Química de Polímeros

Química de Polímeros Química de Polímeros Tópicos de QO essenciais para compreender a química de polímeros: 1. Estabilidade Relativa de Carbocátions, Carbânions e Radicais. 2. Estruturas de Ressonância. 3. Mecanismo de Reações

Leia mais

MATERIAIS CERÂMICOS E POLIMÉRICOS

MATERIAIS CERÂMICOS E POLIMÉRICOS MATERIAIS CERÂMICOS E POLIMÉRICOS Curso: Engenharia Mecânica - Terceiro Semestre Letivo Período: Primeiro Semestre 2010 Carga Horária: 60 horas Docente: Prof. Dr. Wagner M. Pachekoski MATERIAIS CERÂMICOS:

Leia mais

Solução Comentada Prova de Química

Solução Comentada Prova de Química 34. A histamina, estrutura mostrada abaixo, é uma substância orgânica que provoca inchaço e coceira, e que é liberada pelas células de defesa, quando somos picados por insetos. N NH 2 N H Se quisermos

Leia mais

Química D Extensivo V. 5

Química D Extensivo V. 5 Química D Extensivo V. 5 Exercícios 01) D H 3 C O 02) D éter H 3 C OH álcool C 2 H 6 O (isômeros) Funções diferentes isomeria de função. 06) D I. C 3 O P III. C 3 H 6 O O II. C 3 O P IV. C 3 O P Isômeros

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS POLÍMEROS

CLASSIFICAÇÃO DOS POLÍMEROS CLASSIFICAÇÃO DOS POLÍMEROS Curso: Engenharia Mecânica - Terceiro Semestre Letivo Período: Primeiro Semestre 2010 Carga Horária: 60 horas Docente: Prof. Dr. Wagner M. Pachekoski As formas geralmente utilizadas

Leia mais

Química E Extensivo V. 5

Química E Extensivo V. 5 Química E Extensivo V. 5 Exercícios 01) a) b) 02) F V V F a) Errada. Existem séries homólogas em qualquer função. b) Certa. Na série homóloga, cada membro tem um CH 2 a mais. Massa molecular: 14µ. c) Certa.

Leia mais

Estrutura Atômica. encontrada na natureza das ligações químicas. 2-0

Estrutura Atômica. encontrada na natureza das ligações químicas. 2-0 Estrutura Atômica A base para a classificação dos materiais é encontrada na natureza das ligações químicas. 2-0 As ligações tem duas categorias gerais a) Ligações Primárias Envolvem a transferência e/ou

Leia mais

Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos. Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição

Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos. Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição JPNoronha 1 Compostos Saturados e Insaturados Compostos saturados (alcanos) possuem o número máximo de

Leia mais

NORMAL: RAMIFICADA: H H H C C

NORMAL: RAMIFICADA: H H H C C C4 OBS.: C Carbono primário: Se o átomo de carbono estiver ligado a um átomo de carbono. Carbono secundário: se um átomo de carbono estiver ligado a dois átomos de carbono. Carbono terciário: se estiver

Leia mais

Classificação das cadeias orgânicas e hibridação

Classificação das cadeias orgânicas e hibridação Classificação das cadeias orgânicas e hibridação Gabarito: Resposta da questão 1: [E] [Resposta do ponto de vista da disciplina de Química] As cenouras de coloração laranja podem ter sido trazidas a Pernambuco

Leia mais

8. Estereoquímica. 1) Organic Chemistry Structure and Function, K. P. C. Vollhardt e N. E.

8. Estereoquímica. 1) Organic Chemistry Structure and Function, K. P. C. Vollhardt e N. E. 8. Estereoquímica 8.1. Estereoisômeros e Moléculas Quirais 8.2. Atividade Óptica 8.3. Configuração Absoluta 8.4. Compostos Meso 8.5. Obtenção de Moléculas Enantiomericamente Puras 8.6. Quiralidade no Mundo

Leia mais

POLÍMEROS POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE

POLÍMEROS POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE POLÍMEROS Os polímeros são macromoléculas formada pela união de pequenas unidades que se repetem, os monômeros. Existem basicamente dois tipos de polimerização: adição e condensação. Na polimeirzação por

Leia mais

ESTRUTURA DOS SÓLIDOS CRISTALINOS. Mestranda: Marindia Decol

ESTRUTURA DOS SÓLIDOS CRISTALINOS. Mestranda: Marindia Decol ESTRUTURA DOS SÓLIDOS CRISTALINOS Mestranda: Marindia Decol Bibliografia Callister Jr., W. D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução. LTC, 5ed., cap 3, 2002. Shackelford, J.F. Ciências dos Materiais,

Leia mais

PPGQTA. Prof. MGM D Oca

PPGQTA. Prof. MGM D Oca PPGQTA Prof. A Estereoquimica está relacionada ao arranjo tridimensional no espaço dos átomos em uma molécula. Estereoisômeros são moléculas que possuem os átomos com uma mesma conectividade entretanto,

Leia mais

Sintéticos: a classe mais importante / poucos monómeros diferentes polidispersão: misturas moleculares - peso molecular médio

Sintéticos: a classe mais importante / poucos monómeros diferentes polidispersão: misturas moleculares - peso molecular médio Polímeros 1868: celulóide 1907: bakelite Poli (muitas) -meros(partes) 120 Kg / ano.habitante (USA) / 80% da Indústria Química Embalagens (PE); Discos (PVC); vestuário (poliéster) 1930: ciência dos polímeros:

Leia mais

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente D

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente D 01) B Composto A: éter Composto B: fenol Composto C: álcool Fórmula molecular dos 3 compostos: C 7 H 8 O Compostos de mesma fórmula molecular e função química diferente isomeria de função. 02) B I. Álcool

Leia mais

ISOMERIA EM QUÍMICA ORGÂNICA Profº.: Wesley de Paula

ISOMERIA EM QUÍMICA ORGÂNICA Profº.: Wesley de Paula Química Orgânica Aula 1 (Específica) ISOMERIA EM QUÍMICA ORGÂNICA Profº.: Wesley de Paula ISOMERIA INTRODUÇÃO a substância A é um álcool: CH 3 -CH 2 -OH; a substância B é um éter: CH 3 -O-CH 3 ; A e B

Leia mais

ESTRUTURA E PROPRIEDADES DE POLÍMEROS

ESTRUTURA E PROPRIEDADES DE POLÍMEROS ESTRUTURA E PROPRIEDADES DE POLÍMEROS Maria da Conceição Paiva, Guimarães Outubro 2006 Maria da Conceição Paiva 1 ESTRUTURA E PROPRIEDADES DE POLÍMEROS Estereoquímica de polímeros Massas moleculares Organização

Leia mais

Prova escrita de: 1º Teste de Ciência de Materiais. Lisboa, 24 de Abril de Nome: FOLHA DE RESPOSTAS

Prova escrita de: 1º Teste de Ciência de Materiais. Lisboa, 24 de Abril de Nome: FOLHA DE RESPOSTAS Prova escrita de: 1º Teste de Ciência de Materiais Lisboa, 4 de Abril de 008 Nome: Número: Curso: FOLHA DE RESPOSTAS Pergunta Cotação Resposta 1 3 1. (a) 0,50 1. (b) 0,50 1. (c) 1,00 1. (d) 0,50 1. (e)

Leia mais

Resolução do 1º Teste de Ciência de Materiais. Lisboa, 27 de Abril de 2010 COTAÇÕES

Resolução do 1º Teste de Ciência de Materiais. Lisboa, 27 de Abril de 2010 COTAÇÕES Resolução do 1º Teste de Ciência de Materiais Lisboa, 27 de Abril de 2010 COTAÇÕES Pergunta Cotação 1. (a) 0,50 1. (b) 0,50 1. (c) 0,50 1. (d) 0,50 2. (a) 0,50 2. (b) 0,50 2. (c) 0,50 2. (d) 0,50 2. (e)

Leia mais

ISOMERIA ESPACIAL. paginapessoal.utfpr.edu.br/lorainejacobs. Profª Loraine Jacobs DAQBI

ISOMERIA ESPACIAL. paginapessoal.utfpr.edu.br/lorainejacobs. Profª Loraine Jacobs DAQBI ISOMERIA ESPACIAL lorainejacobs@utfpr.edu.br paginapessoal.utfpr.edu.br/lorainejacobs Profª Loraine Jacobs DAQBI Relembrando conceitos Isomeria Plana: Depende apenas da localização dos átomos nas moléculas

Leia mais

Química Orgânica Ambiental

Química Orgânica Ambiental Química Orgânica Ambiental Aula 7 Alcinos propriedades e síntese Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Introdução Os alcinos são hidrocarbonetos que apresentam pelo menos uma ligação tripla entre

Leia mais

Fala Gás Nobre! Preparado para reagir? O tema dessa semana é isomeria! Mas o que é isso? Você sabe?

Fala Gás Nobre! Preparado para reagir? O tema dessa semana é isomeria! Mas o que é isso? Você sabe? ISOMERIA Fala Gás Nobre! Preparado para reagir? O tema dessa semana é isomeria! Mas o que é isso? Você sabe? Bem, a isomeria é um fenômeno em que duas ou mais substâncias diferentes, apresentam a mesma

Leia mais

CPV seu pé direito também na Medicina

CPV seu pé direito também na Medicina seu pé direito também na Medicina UNIFESP 17/dezembro/2010 QUÍMICA 06. Ligas metálicas são comuns no cotidiano e muito utilizadas nas indústrias automobilística, aeronáutica, eletrônica e na construção

Leia mais

Isomeria espacial. Prof. Everson Marin

Isomeria espacial. Prof. Everson Marin Isomeria espacial Prof. Everson Marin Classificação Isomeria Geométrica Espacial Óptica Isomeria Geométrica Isomeria Geométrica (Cis Trans) Condições de existência: 1) Cadeias alifáticas com ligação dupla

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 4º Ano/série: 3ª série Ensino: Médio Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE TEORIA 28 POLÍMEROS Alguns tipos de moléculas

Leia mais

ISOMERIA. Compostos diferentes com a mesma fórmula molecular denominam-se isômeros.

ISOMERIA. Compostos diferentes com a mesma fórmula molecular denominam-se isômeros. ISOMERIA Compostos diferentes com a mesma fórmula molecular denominam-se isômeros. Isômeros constitucionais (ou estruturais) são isômeros que diferem devido à diferente ligação dos seus átomos. Por exemplo:

Leia mais

O QUE É UMA PROTEÍNA?

O QUE É UMA PROTEÍNA? PROTEÍNAS O QUE É UMA PROTEÍNA? Macromoléculas que agem em processos biológicos como: Mediação por catálise proteica, transporte de outras moléculas, controle de condições intra/extra celulares e transporte

Leia mais

Química de Polímeros. Prof a. Dr a. Carla Dalmolin Síntese de Polímeros

Química de Polímeros. Prof a. Dr a. Carla Dalmolin Síntese de Polímeros Química de Polímeros Prof a. Dr a. Carla Dalmolin carla.dalmolin@udesc.br Síntese de Polímeros Polimerização Conjunto de reações nos quais moléculas simples reagem entre si formando uma macromolécula de

Leia mais

20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, ). As descobertas de compostos como o XePtF 6

20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, ). As descobertas de compostos como o XePtF 6 20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, 17.08.2000). As descobertas de compostos como o XePtF 6, em 1962, e o HArF, recentemente obtido, contrariam a crença

Leia mais

Química D Superintensivo

Química D Superintensivo GABARIT Superintensivo Exercícios 0) 9 02) B 03) A 0. erta devido à propriedade de encadeamento do carbono, o número de compostos orgânicos é muito grande, com grande variação no arranjo dos átomos das

Leia mais

Aula 6. Organic Chemistry. Reações de Substituição em Haletos de Alquila. O que é uma reação de substituição?

Aula 6. Organic Chemistry. Reações de Substituição em Haletos de Alquila. O que é uma reação de substituição? Organic Chemistry 4 th Edition Paula Yurkanis Bruice Aula 6 Reações de Substituição em Haletos de Alquila Irene Lee Case Western Reserve University Cleveland, OH 2004, Prentice Hall O que é uma reação

Leia mais

POLÍMEROS O que são, suas aplicações e as áreas de formações técnicas e acadêmicas VII Semana de Polímeros

POLÍMEROS O que são, suas aplicações e as áreas de formações técnicas e acadêmicas VII Semana de Polímeros Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano - IMA POLÍMEROS O que são, suas aplicações e as áreas de formações técnicas e acadêmicas VII Semana de Polímeros

Leia mais

Gabarito - Hidrocarbonetos

Gabarito - Hidrocarbonetos Gabarito: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Química] As cenouras de coloração laranja podem ter sido trazidas a Pernambuco durante a invasão holandesa e contêm um pigmento

Leia mais

Exercícios Sobre ReaÇões Orgânicas: mecanismo da adição

Exercícios Sobre ReaÇões Orgânicas: mecanismo da adição Exercícios Sobre ReaÇões rgânicas: mecanismo da adição Enunciado dos exercícios de 01 a 24: Dê as equações químicas globais das reações orgânicas listadas a seguir. 01. H 2= + l 2 02. H 2= + Br 2 03. H

Leia mais

APLICAÇÃO DOS POLÍMEROS EM ODONTOLOGIA CLASSIFICAÇÃO DOS POLÍMEROS REQUISITOS PARA UMA RESINA ODONTOLÓGICA. 1. Compatibilidade Biológicos:

APLICAÇÃO DOS POLÍMEROS EM ODONTOLOGIA CLASSIFICAÇÃO DOS POLÍMEROS REQUISITOS PARA UMA RESINA ODONTOLÓGICA. 1. Compatibilidade Biológicos: APLICAÇÃO DOS POLÍMEROS EM ODONTOLOGIA Próteses totais Base, reembasadores, dentes artificiais. Materiais restauradores de cavidades Resinas compostas 2016-1 - Anusavice, Cap. 7 p. 136 Selantes Materiais

Leia mais

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB 1ª QUESTÃO O aspartame, estrutura representada a seguir, é uma substância que tem sabor doce ao paladar. Pequenas quantidades dessa substância são suficientes para

Leia mais

Questões Resolvidas Polímeros (com respostas e resoluções no final)

Questões Resolvidas Polímeros (com respostas e resoluções no final) Questões Resolvidas Polímeros (com respostas e resoluções no final) 01. (Uespi) Polímeros são compostos químicos de moléculas muito grandes, formadas pela reação de moléculas pequenas chamadas monômeros.

Leia mais

Prof. Willame Bezerra

Prof. Willame Bezerra 1. Os feromônios são compostos emitidos por animais para atrair outros da mesma espécie e sexo oposto. Um dos tipos de feromônios são os chamados atraentes sexuais de insetos, que facilitam sua reprodução.

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9ºANO

CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9ºANO CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9ºANO Tema: Compostos de carbono. Hidrocarbonetos. Fibras sintéticas, alimentos, cosméticos, medicamentos e combustíveis são alguns dos produtos que envolvem milhões de substâncias

Leia mais

FCAV/ UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Isomeria

FCAV/ UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Isomeria FCAV/ UNESP DISCIPLINA: Química Orgânica ASSUNTO: Isomeria Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 1. ISÔMEROS Isômeros são dois ou mais compostos diferentes que apresentam a mesma fórmula molecular. Isomeria

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE. Lista de Exercícios

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE. Lista de Exercícios Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DA DISCIPLINA DE QUÍMICA ORGÂNICA I (QUIO I) PRECEPTORES: INGRID DE LIMA FIGUEIREDO E BILL NISHAR SAFADI Lista de Exercícios Exercício 1 Represente

Leia mais

Gabarito-R Profº Jaqueline Química. a) Dados: Solubilidade do KOH em etanol a 25 C

Gabarito-R Profº Jaqueline Química. a) Dados: Solubilidade do KOH em etanol a 25 C 1: a) Dados: Solubilidade do KOH em etanol a 25 C 40 g em 100 ml. Adicionou-se 1,5 g de KOH a 35 ml de etanol, agitando-se continuamente a mistura. 100 ml (etanol) 40 g (KOH) 35 ml (etanol) mkoh mkoh 14

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens subsequentes, relativos a temperatura de fusão, massa molar e temperatura de transição vítrea de plásticos. Figura I Figura II Figura III Temperatura de fusão,

Leia mais

Química Orgânica II Profa. Rosângela de A. Epifanio Prova 2 16/05/2005

Química Orgânica II Profa. Rosângela de A. Epifanio Prova 2 16/05/2005 Química rgânica II Profa. Rosângela de A. Epifanio Prova 2 16/05/2005 Nome:...Nota:... 1) Mesilatos e triflatos são bons grupos de saída. No entanto, o deslocamento de triflato por um nucleófilo ocorre

Leia mais

PPGQTA. Prof. MGM D Oca

PPGQTA. Prof. MGM D Oca PPGQTA Prof. REGRA 1 Formas de Ressonância Não-equivalentes em Energia Qual das formas de ressonância contribui mais para o híbrido? As estruturas que possuem o maior número de átomos com octetos completos

Leia mais

RESUMO. Química Frente II Química Orgânica Vitor Terra Lista 2 Classificação de Cadeias Carbônicas

RESUMO. Química Frente II Química Orgânica Vitor Terra Lista 2 Classificação de Cadeias Carbônicas Química Frente II Química Orgânica Vitor Terra Lista 2 Classificação de Cadeias Carbônicas RESUMO Uma cadeia carbônica pode ser: Aberta/Acíclica ou Fechada/Cíclica Alicíclica = alifática + cíclica Heterocíclica

Leia mais

1. A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que apresenta, dentre outros, os seguintes componentes:

1. A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que apresenta, dentre outros, os seguintes componentes: Isomeria Tipos de Isomeria Isomeria Plana De cadeia De posição Metameria De função Tautomeria Isomeria Espacial Geométrica (Cis-Trans) Ótica 1. A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que

Leia mais

Abaixo são indicadas três possibilidades de nomenclatura usual para representar o p

Abaixo são indicadas três possibilidades de nomenclatura usual para representar o p 1. (Ufg 2013) A fórmula de um alcano é CH n 2n+ 2, onde n é um inteiro positivo. Neste caso, a massa molecular do alcano, em função de n, é, aproximadamente: a) 12n b) 14n c) 12n + 2 d) 14n + 2 e) 14n

Leia mais

QUÍMICA ORGÂNICA parte 1

QUÍMICA ORGÂNICA parte 1 QUÍMICA ORGÂNICA parte 1 1 QUÍMICA ORGÂNICA Cafeína Vinagre Glicose (É o ramo da Química que estuda os compostos do CARBONO) 2 CLASSIFICAÇÃO DO CARBONO Carbono primário Ligado diretamente, no máximo, a

Leia mais

CH 3 (CH 2 ) 14 COOH

CH 3 (CH 2 ) 14 COOH QUÍMICA SALA DE ESTUDS Data: 09/2015 Ensino Médio 2º ano classe: Prof. VALÉRIA Nome: nº ÁCIDS GRAXS Ácido palmítico CH 3 ( ) 14 CH Ácido hexadecanóico. Ác. olêico (C 18 :1) CH 3 ( ) 7 CH=CH( ) 7 CH Ácido

Leia mais

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran FCAV/UNESP ASSUNTO: Forças Intermoleculares Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 2 FLUXOGRAMA PARA RECONHECER OS PRINCIPAIS TIPOS DE FORÇAS INTERMOLECULARES 3 ENERGIA TÍPICA REQUERIDA PARA O ROMPIMENTO

Leia mais

Química D Extensivo V. 4

Química D Extensivo V. 4 Química D Extensivo V. 4 Exercícios 01) D 04) B I. II. III. 02) D Nas aminas terciárias, o nitrôgênio se liga a 3 carbonos. Isso ocorre nos dois compostos. 05) A O odor de peixe é provocado principalmente

Leia mais

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Profa. Roberlucia A. Candeia Disciplina: Química Orgânica Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos

Leia mais

Aula 5: Propriedades e Ligação Química

Aula 5: Propriedades e Ligação Química Aula 5: Propriedades e Ligação Química Relacionar o tipo de ligação química com as propriedades dos materiais Um entendimento de muitas propriedades físicas dos materiais é previsto através do conhecimento

Leia mais

Aula 02 Representação, nomenclatura e isomeria de compostos de coordenação

Aula 02 Representação, nomenclatura e isomeria de compostos de coordenação Aula 02 Representação, nomenclatura e isomeria de compostos de Representações H 3 Co 3 - Co Fórmula Entidade de : é composta pelo átomo central, o metal, ao qual é rodeado por outros átomos, dos ligantes.

Leia mais

Química Orgânica Ambiental

Química Orgânica Ambiental Química Orgânica Ambiental Aula 2 Formas de representação e interações moleculares Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Introdução: Estrutura de Lewis 1) Estruturas de Lewis mostram as conexões entre

Leia mais

ISOMERIA. Karla Gomes Diamantina-MG

ISOMERIA. Karla Gomes Diamantina-MG ISOMERIA Karla Gomes Diamantina-MG ISOMERIA Isomeria é o fenômeno em que compostos orgânicos têm a mesma fórmula molecular, sendo diferentes. ISOMERIA Etimologicamente, significa partes iguais. 1. ISO,

Leia mais

IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO

IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO - 2015 Química Orgânica estudo dos compostos do carbono com propriedades específicas. 1 O átomo de carbono é considerado especial pela sua capacidade

Leia mais

Ligação covalente em moléculas diatómicas

Ligação covalente em moléculas diatómicas Ligação covalente em moléculas diatómicas Os átomos tal como a Natureza regemse pelo princípio de energia mínima. Ligação covalente em moléculas diatómicas r e distância internuclear de equilíbrio r e

Leia mais

Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos

Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos Os principais fatores que influenciam nas propriedades físicas dos compostos orgânicos são: O tamanho das moléculas; Os tipos de interação intermolecular. Temperatura de Ebulição e Fusão Quanto mais fortes

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Título do Podcast Área Segmento Duração Plásticos Ciências da Natureza Ensino Médio 5min43seg SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Habilidades do Ensino Médio: H24: Reconhecer o petróleo

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 4 Sal orgânico, anidrido de ácido carboxílico e haleto de ácido, amina, amida, isonitrila e nitrocomposto Nomenclaturas e aplicações...1 Módulo 5 Isomeria plana

Leia mais

Famílias dos hidrocarbonetos. Combustíveis Energia e Ambiente

Famílias dos hidrocarbonetos. Combustíveis Energia e Ambiente Famílias dos hidrocarbonetos Combustíveis Energia e Ambiente 1 Nomenclatura dos Alcanos A. Alcanos de cadeia não ramificada B. Alcanos de cadeia ramificada: grupos substituintes alquilo C. Hidrocarbonetos

Leia mais

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS Como é a estrutura tridimensional das proteínas??? 4 níveis estruturais Estrutura primária, secundária, terciária e quaternária Mantidas por: ligações covalentes (ligação peptídica

Leia mais

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE EXERCÍCIOS DE CLASSE 1- De um modo geral, o ponto de ebulição dos compostos orgânicos cresce com o aumento do peso molecular, o que não acontece com os compostos do quadro abaixo: COMPOSTO PESO MOLECULAR

Leia mais

Química 2 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS. 2. Veja a estrutura do ácido β-ciano-butanoico:

Química 2 aula 1 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS. 2. Veja a estrutura do ácido β-ciano-butanoico: Química 2 aula 1 MENTÁRIS ATIVIDADES PARA SALA 4 8 ( 2 ) 4 4 8 2 2. Veja a estrutura do ácido β-ciano-butanoico: 3 2 N carbono β 2. 3 2 2 ( 4 6 ) 1 4 6 4 6 2 ( 3 4 2 ) 1 3 4 2 3 4 2 a) 9 12 b) 5 9 N 2

Leia mais

Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas

Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas CCT Departamento de Química BIO0001 - Bioquímica Lista de Exercícios Aminoácidos e Proteínas 1) Uma solução de 100 ml de glicina

Leia mais

Polímeros, Hidratos de Carbono, Lipídios e Proteínas

Polímeros, Hidratos de Carbono, Lipídios e Proteínas Polímeros, Hidratos de Carbono, Lipídios e Proteínas Polímeros, Hidratos de Carbono, Lipídios e Proteínas 1. naturais ou artificiais formados por macromoléculas que, por sua vez, são constituídas por unidades

Leia mais

Densidade (g/cm 3 ) 0,90 0,91 0,94 0,96 1,04 1,08 1,22 1,30. O esquema de separação desses materiais é:

Densidade (g/cm 3 ) 0,90 0,91 0,94 0,96 1,04 1,08 1,22 1,30. O esquema de separação desses materiais é: 8 QUÍMIA Na reciclagem de plásticos, uma das primeiras etapas é a separação dos diferentes tipos de materiais. Essa separação pode ser feita colocando-se a mistura de plásticos em líquidos de densidades

Leia mais

TABELA DE VALORES DE ABSORÇÃO NO INFRAVERMELHO PARA COMPOSTOS ORGÂNICOS

TABELA DE VALORES DE ABSORÇÃO NO INFRAVERMELHO PARA COMPOSTOS ORGÂNICOS TABELA DE VALORES DE ABSORÇÃO NO INFRAVERMELHO PARA COMPOSTOS ORGÂNICOS 1) 3.600-2.700 cm -1 A absorção nesta região é associada às vibrações de deformação axial nos átomos de hidrogênio ligados a carbono,

Leia mais

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Fisiológica. ASSUNTO: Noções de Química Orgânica

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Fisiológica. ASSUNTO: Noções de Química Orgânica FCAV/UNESP DISCIPLINA: Química Fisiológica ASSUNTO: Noções de Química Orgânica 1 QUÍMICA ORGÂNICA Química Orgânica é a área da Química que estuda os compostos que contêm carbono, chamados de compostos

Leia mais

GMEC7301-Materiais de Construção Mecânica Introdução

GMEC7301-Materiais de Construção Mecânica Introdução GMEC7301-Materiais de Construção Mecânica Introdução TIPOS DE MATERIAIS Quais são os materiais disponíveis para o engenheiro? Classificação dos materiais. i O sistema de classificação mais comum considera

Leia mais

QUÍMICA I AULAS 03 A 05: ESTRUTURA E PROPRIEDADES DOS HIDROCARBONETOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS. As ligações pi estão deslocalizadas (em rossanância).

QUÍMICA I AULAS 03 A 05: ESTRUTURA E PROPRIEDADES DOS HIDROCARBONETOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS. As ligações pi estão deslocalizadas (em rossanância). ANUAL VOLUME QUÍMICA I AULAS 0 A 0: ESTRUTURA E PROPRIEDADES DOS HIDROCARBONETOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS 0. C (carbono com hibridação sp ). C (carbono com hibridação sp ). C ou C (carbono com hibridação sp).

Leia mais

Capítulo 2. Polímeros: Introdução e conceitos fundamentais. 2.1 Classificação dos polímeros

Capítulo 2. Polímeros: Introdução e conceitos fundamentais. 2.1 Classificação dos polímeros Capítulo 2 Polímeros: Introdução e conceitos fundamentais 2.1 Classificação dos polímeros Segundo suas características tecnológicas os polímeros podem ser classificados em termoplásticos e termorrígidos.

Leia mais

Curso ENSINO MÉDIO GUILHERME ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

Curso ENSINO MÉDIO GUILHERME ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina QUÍMICA Curso Professor ENSINO MÉDIO GUILHERME ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 3º SÉRIE Número: 1 Conteúdo: Geometria molecular Polaridade e solubilidade Isomeria

Leia mais

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran FCAV/UNESP ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 FORÇAS INTERMOLECULARES Fonte: BARBOSA, 2004. 2 FORÇAS INTERMOLECULARES 1.

Leia mais

Isomeria e Quiralidade de Complexos. Prof. Fernando R. Xavier

Isomeria e Quiralidade de Complexos. Prof. Fernando R. Xavier Isomeria e Quiralidade de Complexos Prof. Fernando R. Xavier UDESC 2015 Histórico Durante o século 19, Werner estudando compostos de cobalto(iii) com amônia e íons cloreto foi capaz de isolar 4 espécies

Leia mais

ORGANOMETÁLICOS: PRINCIPAIS REAÇÕES DE COMPLEXOS ORGANOMETÁLICOS.

ORGANOMETÁLICOS: PRINCIPAIS REAÇÕES DE COMPLEXOS ORGANOMETÁLICOS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA NUCLEO DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA SEMINÁRIO 13 ORGANOMETÁLICOS: PRINCIPAIS REAÇÕES DE COMPLEXOS ORGANOMETÁLICOS.

Leia mais

Texto para as questões 31 e 32.

Texto para as questões 31 e 32. QUÍMICA Texto para as questões 31 e 32. Um sinal de que o bico do queimador do fogão está entupido é o aparecimento de chama amarela, quando o fogo é aceso. Nessa situação, ocorre a formação de carbono

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS PLÁSTICOS

INTRODUÇÃO AOS PLÁSTICOS INTRODUÇÃO AOS PLÁSTICOS Antonio Augusto Gorni Editor Técnico, Revista Plástico Industrial - POLÍMEROS: MATERIAIS DE NOSSO DIA A DIA O plástico é um dos materiais que pertence à família dos polímeros,

Leia mais

LOUCOS POR QUÍMICA. Prof. Neif Nagib

LOUCOS POR QUÍMICA. Prof. Neif Nagib LUS PR QUÍMIA Prof. Neif Nagib São dois ou mais compostos orgânicos diferentes que apresentam a mesma fórmula molecular. 3 2 Etanol 2 6 3 Metoximetano A isomeria se divide em: Isomeria Plana ou onstitucional.

Leia mais