GESPOS WINDOWS. Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESPOS WINDOWS. Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS"

Transcrição

1 GESPOS WINDOWS Manual do Utilizador GESTÃO DE CORES E TAMANHOS 1

2 A Gestão de cores e tamanhos do Gespos Windows é seguramente a gestão mais eficaz para qualquer tipo de loja que comercialize produtos no sector do vestuário e calçado. No entanto o Gespos Windows foi mais longe e para além da gestão de cores e tamanhos para o comércio a retalho, devido à sua grande flexibilidade e personalização, é também possível colocar este aplicativo em distribuidores (grossistas) para esta área de produtos. Iremos verificar que para além da gestão das cores e tamanhos, e da personalização de movimentação e documentos, é também possível imprimir etiquetas com códigos de barras específicos para este tipo de mercado. 1- Configuração Inicial Para que se active o módulo de gestão de cores e tamanhos, o utilizador tem apenas que seleccionar a opção de cores e tamanhos que se encontra nas Configurações, no item Parâmetros. Como é indicado na Fig.1, o utilizador deverá activar a opção específica de cores e tamanhos, no menu: Diversos\Configurações\Parâmetros. Em seguida deverá pressionar na opção Fechar e Gravar. Importante: Depois de activar e gravar a função específica de cores e tamanhos, o utilizador deverá sair da aplicação e voltar a entrar para que todas as configurações fiquem devidamente activadas. Fig Como Criar Cores O utilizador do Gespos Windows tem a possibilidade de criar até 999 cores no aplicativo, de forma a poder efectuar as mais diversas combinações nos artigos. Para tal, deverá criar as várias cores necessárias para os seus artigos, no menu de TABELAS, sub menu CORES. Sugestão: Crie inicialmente todas as cores que poderá utilizar em todos os seus artigos. 2

3 Fig. 2 Fig. 3 No Sub menu Cores, conforme indicado na Fig.2, o utilizador tem duas hipóteses de criar a cor, podendo optar por pressionar no ícone NOVO e em seguida em ENTER ou pressionar de imediato em ENTER, quando o cursor se encontra no campo do número da ficha, passando o cursor para o campo do descritivo da cor. Após inserir o descritivo da cor, ao efectuar ENTER para o campo seguinte, o aplicativo irá abrir uma janela onde o utilizador poderá seleccionar a cor pretendida para o descritivo anteriormente indicado (Fig. 3). Para visualizar as cores já preenchidas, o utilizador poderá pressionar no ícone de pesquisa ou indicar zero no nº da cor e em seguida pressionar em Enter. Serão apresentadas todas as cores criadas até então. Sugestão: a selecção da cor na respectiva paleta não é obrigatória, no entanto, caso a indique, será apresentada a cor aquando da associação das cores aos artigos assim como na movimentação (vendas, compras, movimentos de stock) por grelha. Desta forma, o utilizador identificará a cor com maior rapidez. 3 - Como Criar Tamanhos O utilizador do Gespos Windows tem a possibilidade de criar até 99 tamanhos no aplicativo, de forma a poder efectuar as mais diversas combinações nos artigos. Para tal, deverá criar os vários tamanhos necessários para os seus artigos, no menu de TABELAS, sub menu TAMANHOS. Sugestão: Crie inicialmente todos os tamanhos que poderá utilizar em todos os seus artigos. Fig. 4 Fig. 5 No Sub menu Tamanhos, conforme indicado na Fig.4, o utilizador tem duas hipóteses de criar o tamanho, podendo optar por pressionar no ícone NOVO e em seguida em ENTER ou pressionar de imediato em ENTER, quando o cursor se encontra no campo do número da ficha, passando o cursor para o campo do descritivo do tamanho. Para gravar o tamanho criado, pode pressionar no ícone da janela do lado esquerdo GRAVAR ou, após inserir o descritivo do tamanho, efectuar ENTER, sendo então visualizada uma caixa para gravar. (Fig. 5). Para visualizar os tamanhos já criados, o utilizador poderá pressionar no ícone de pesquisa ou indicar zero no nº do tamanho e em seguida pressionar em Enter. Serão apresentados todos os tamanhos criados até então. 3

4 4 - Como associar cores e tamanhos nos artigos Após ter criado as cores e tamanhos é altura agora de associa-los aos respectivos artigos. Após ter seleccionado o artigo onde irá associar as cores e tamanhos, deverá seleccionar no tabulador que se encontra do lado esquerdo, na vertical, da ficha do artigo com o nome COT/TAM.( Fig.6). Será então apresentada a ficha de associação das cores e tamanhos (Fig.7). Fig. 6 Fig. 7 De forma a podermos elucidar de forma mais precisa, esta associação das cores e tamanhos, iremos criar alguns sub itens a exemplificar na imagem seguinte: 4

5 Fig. 12 A Indicação de Padrão para cores e tamanhos entretanto criados num determinado artigo e que servirá de base para a associação das mesmas cores e tamanhos para outros artigos ( ver item nº 4.4) B - Indicação do código de barras de 7 dígitos, para posterior indicação automática da cor e tamanho (ver item 4.3) C - Seleccionar Tamanhos D Seleccionar Cores E Indicação da forma de indicar tipo de preços : Com Iva ou Sem Iva (ver item 4.5) F Indicação de preços diferentes para tamanhos diferentes Como associar tamanhos nos artigos Conforme indicado na Fig. 8, o utilizador deverá pressionar no Ícone de selecção de tamanhos (C), onde serão apresentados os diversos que foram criados nas tabelas de tamanhos. Depois de seleccionados estes passarão para o ecrã conforme indicado na Fig. 9 5

6 Fig. 8 Fig Como associar Cores Conforme indicado na Fig. 10, o utilizador deverá pressionar no Ícone de selecção de cores (C), onde serão apresentadas as diversas cores que foram criadas nas tabelas de cores. Depois de seleccionadas estas passarão para o ecrã conforme indicado na Fig. 11. Fig. 10 Fig Como associar código de barras nos artigos Se o utilizador pretender criar código de barras nos artigos com cores tamanhos, deverá indicar 7 dígitos numéricos no campo B da Fig. 12. Desta forma o artigo terá sempre 7 dígitos, mas aquando da criação do código de barras, ou aquando da movimentação, o Gespos Windows reconhecerá o artigo e as respectivas cores e tamanhos pelo próprio código de barras, uma vez que o Gespos Windows criará/reconhecerá os restantes 5 dígitos, sendo os 3 primeiros referentes aos códigos das cores (3 dígitos referentes a 999 cores) e os restantes 2 dígitos, referentes aos 99 tamanhos possíveis. Desta forma o utilizador ao registar, por exemplo, um artigo com o código , será imediatamente reconhecido que é o artigo (camisola Homem XX ) da cor 001(por exemplo verde) e do tamanho 01 (por exemplo XL). O Gespos Windows interpretará sempre 12 dígitos para artigos com cores e tamanhos. 6

7 4.4 - Como seleccionar um padrão de cores e tamanhos para artigos identicos O Gespos Windows tem a possibilidade de gravar determinado padrão de cores e tamanhos e posteriormente utilizar esse mesmo padrão pode ser utilizado para outros artigos, sem necessidade de se indicar novamente as cores e tamanhos. Exemplo: se criar para o artigo CASACO as cores Amarelo, Verde e Azul, e os tamanhos S, M, L, XL, pressiona no campo A da Fig. 12 e cria um descritivo padrão, por exemplo, com o nome Padrão-casaco e grava a ficha do artigo. Nos próximos artigos que criar, idênticos ao CASACO, poderá utilizar as mesmas cores e tamanhos do artigo anterior, necessitando apenas que, após a criação da ficha geral do artigo, pressionar no campo A da Fig.12 e seleccionar o descritivo padrão. De imediato o Gespos Windows irá colocar as mesmas cores e tamanhos do artigo anterior ( do padrão padracasaco ). 4.5 Como indicar preços diferentes para cada tamanho Conforme indicado na Fig. 13, após a selecção dos diversos tamanhos, o utilizador poderá criar diversos preços de custo e de venda ( 1,2, e 3) para diversos tamanhos. Para tal tem apenas que seleccionar o campo dos preços conforme indicado na Fig.13 e aí mesmo indicar os respectivos preços. Em relação aos preços de custo, aquando da criação do artigo não é necessário a indicação do preço de custo, uma vez que efectuando a compra ( ou entrada de artigo por movimentos), este será actualizado automaticamente baseado no último Preço de Custo. 4.6 Como eliminar cores ou tamanhos já seleccionados num artigo Para eliminar as cores ou tamanhos já seleccionados na ficha do artigo, seleccione com o rato a cor/tamanho pretendido e de seguida pressione no Ícone de eliminação indicado na Fig. 14. NOTA: não poderá eliminar cores e tamanhos de determinado artigo que tenham já sido movimentados. Fig. 13 Fig MOVIMENTOS DE ARTIGOS COM CORES E TAMANHOS Existem duas formas de movimentação possíveis para artigos com cores e tamanhos : Por Grelha ou por campo cor e tamanho na linha de movimentação. 5.1 Movimento de artigos cor/tamanho com GRELHA 7

8 Caso o utilizador deseje movimentar artigos com cores e tamanhos em sistema de GRELHA, deverá activar os campos dos documentos com a configuração necessária. Para tal, os CAMPOS por DOCUMENTOS (em Configurações \Configuração de documentos \ Campos de Documentos) deverão estar configurados de forma a que seja solicitada grelha, escolhendo para tal a configuração PADRÃO que se encontra demonstrado na fig. 15, sob o item A (Depois de seleccionada a opção Padrão, deverá pressionar no botão carregar ). Pode ainda alterar a disposição desses mesmos campos, assim como eliminar algum que seja desnecessário e desta forma personalizar a configuração de campos para o ecrã de movimentos. NOTA: conforme indicado na Fig. 15, no item B, pode ter diferentes personalizações por tipo de documento, quer em vendas, compras ou documentos directos de Stock. Usualmente, para lojas, os utilizadores preferem que nas compras os artigos entrem em forma de GRELHA, ao contrário das vendas, em que este é efectuado com o campo cor e tamanho disponíveis na própria linha de movimentos. (Configuração COR/TAMANHO) Conforme indicado na Fig. 16, assim que o utilizador, por exemplo, numa compra cuja configuração de documento tenha sido seleccionado como configuração PADRÃO, tenha indicado o artigo a comprar, aparecerá de imediato uma grelha em que o utilizador indicará a quantidade por cada cor e tamanho, assim como os preços de custo. Nota: Para finalizar a indicação das diversas quantidades na Grelha, o utilizador pode pressionar com o rato no botão OK, ou então premir simplesmente em PAGEDOWN. Fig. 15 Fig. 16 Quer nas compras, quer nas vendas, após indicação das quantidades de cores e tamanhos, o Gespos desdobrará essa mesma grelha em várias linhas de movimentos, sendo que cada uma das linhas conterá então a quantidade respectiva de cada cor e tamanho introduzidas na grelha. (Fig. 17) Para alterar ou anular uma das linhas, o processo é o mesmo que para a utilização genérica do aplicativo, ou seja, pode pressionar com o rato directamente na linha que deseja alterar, ou no campo LINHA, indicando directamente o nº da linha a alterar. Terá então de imediato um menu onde indicará se pretende alterar ou anular a respectiva linha 5.2 Movimento de artigos cor/tam. com campos em linha (referência ou cód. de barras) Para o utilizadores que não deseje utilizar o sistema de GRELHA, deverá activar os campos dos documentos com a configuração necessária. Para tal, os CAMPOS por DOCUMENTOS (em Configurações \Configuração de documentos \ Campos de Documentos) deverão estar configurados de forma a que não seja solicitada a Grelha, mas sim que visualize na própria linha de movimentos, os campos COR e TAMANHO., escolhendo para tal a configuração COR/TAM. que se encontra demonstrado na fig. 17, (Depois de seleccionada a opção COR/TAM. ), deverá pressionar no botão carregar ). 8

9 Pode ainda alterar a disposição desses mesmos campos, assim como eliminar algum que seja desnecessário e desta forma personalizar a configuração de campos para o ecrã de movimentos. NOTA: conforme indicado na fig 15, no item B, pode ter diferentes personalizações por tipo de documento, quer em vendas, compras ou documentos directos de Stock. Usualmente, para lojas, os utilizadores preferem que nas compras os artigos entrem em forma de GRELHA, ao contrário das vendas, em que este é efectuado com o campo cor e tamanho disponíveis na própria linha de movimentos. (Configuração COR/TAMANHO). No entanto, no caso de distribuidores / grossistas, estes preferem a utilização do sistema de GRELHA, quer nas compras, quer nas vendas. Não utilizando o sistema de Grelha, o utilizador, quando estiver na linha de movimentos, após indicar o artigo, terá o cursor posicionado nos campos COR e TAM. Poderá então escolher qual a cor e tamanho a movimentar (Fig. 18), indicando de seguida, qual a quantidade para a cor e tamanho que seleccionou na respectiva linha de movimentos. O processo é o mesmo quer esteja a movimentar no Back Office, ou no POS para vendas, assim como para compras e movimentos de documentos de Stock. Caso esteja a utilizar Código de barras, uma vez que ao imprimir a etiqueta, esta é impressa já com os 7 dígitos e os restantes 5 que identificam a cor a tamanho, ao ser lido, imediatamente o cursor ficará posicionado na quantidade ( se estiver configurado para tal). Pode efectuar um teste, indicando no campo Código de barras, o código de barras do artigo manualmente com 12 dígitos, por exemplo, (com o código do artigo com 7 dígitos, por exemplo ). Ao registar estes dígitos, imediatamente o aplicativo identificará a cor e o tamanho, neste caso a cor nº 1 e o tamanho nº 1. Fig. 17 Fig Consultar Stock por cor e tamanho Existem duas formas de consultar stock de determinado artigo com cores e tamanhos 6.1 Inventário por cor e tamanho (Relatórios de Stock Inventários) Nos Relatórios de Stock (Inventários de existência global ou por armazém), poderá visualizar o Stock dos artigos com cores e tamanhos e respectiva quantidade. Quando emite um relatório dos acima mencionados, os campos cores e tamanhos não estão disponíveis de imediato. Para tal deverá pressionar com o botão do lado direito do rato em cima da listagem entretanto enviada para o ecrã e escolher a opção MOSTRAR CAMPOS (FIG19). (pode, entretanto criar uma nova listagem, 9

10 optimizada optando por não alterar a original, ) É então visualizado um ecrã em que o utilizador pode personalizar a sua listagem, acrescentando ou retirando campos (des)necessários (FIG.20). Seleccione os dois campos referentes à COR e TAMANHO. Estes campos são então acrescentados na listagem (relatório), mantendo-se do lado direito da listagem. Pode arrastar ambos os campos e coloca-los à frente do descritivo do produto, conforme indicado na FIG.21 e FIG22. Fig. 19 Fig. 20 Fig. 21 Fig Visualização de quantidades por cor e tamanho na ficha do artigo Na ficha do artigo, poderá visualizar as quantidades por cor e tamanho respectivos. Para tal, quando está na ficha do artigo, pressione no tabulador do lado direito da ficha com o nome STOCK, conforme indicado na FIG23. Será então apresentado um ecrã que contém a quantidade do artigo nos diversos armazéns. Para visualizar as quantidades por cor e tamanho, pressione no campo EXISTENCIA POR, conforme assinalado na FIG23, e seleccione a opção Cor e Tamanho. Será então apresentado um ecrã com as quantidades das respectivas cores e tamanhos ( FIG.24). Poderá ainda visualizar a quantidade do artigo (por cor e tamanho ou referencia) existente nos vários armazéns (ou lojas), conforme seleccionado na FIG.24, no campo ARMAZÉM. 10

11 Fig. 23 Fig

BMLABEL MANUAL DO UTILIZADOR

BMLABEL MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Ao executar o programa abre-se uma janela com a lista das empresas registadas e 2 menus activos: Menu Seleccionar para seleccionar a empresa. Menu Sair para sair da aplicação. Para

Leia mais

Manual de Formação. Elaborado por: Carina Castro

Manual de Formação. Elaborado por: Carina Castro Secretaria Regional de Educação e Cultura Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação Direcção de Serviços de Formação e Adaptações Tecnológicas Manual de Formação Elaborado por: Rua dos Ilhéus,

Leia mais

PAGAMENTO A FORNECEDORES E ORDENADOS

PAGAMENTO A FORNECEDORES E ORDENADOS PAGAMENTO A FORNECEDORES E ORDENADOS 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS Opção Utilitários/Selecção de Empresas O primeiro passo a seguir é parametrizar quais as Empresas que irão utilizar o aplicativo. Note-se

Leia mais

OpenOffice.org. tutorial apresentação

OpenOffice.org. tutorial apresentação tutorial apresentação Criar uma nova apresentação Assistente Apresentação Inserir diapositivos Seleccionar diapositivos Formatar uma página Formatar diapositivos Vistas do espaço de trabalho Iniciar apresentação

Leia mais

Versão 1.1. DEEP Departamento de Estudos, Estatística e Planeamento Rua Castilho, Nº Lisboa Internet :

Versão 1.1. DEEP Departamento de Estudos, Estatística e Planeamento Rua Castilho, Nº Lisboa Internet : Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística e Planeamento Rua Castilho, Nº 24 2 1250-069 Lisboa Internet : http://www.deep.msst.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Iniciação à Informática Dr. Manuel Monteiro Conteúdo 5 Folha de Cálculo Conceitos básicos Os programas denominados de folhas de cálculo permitem aos seus utilizadores elaborar documentos com cálculos,

Leia mais

Manual Prático. Elisabete Aguiar

Manual Prático. Elisabete Aguiar Manual Prático Elisabete Aguiar Índice A BARRA DE OPÇÕES... 4 Abrir um documento existente... 6 Guardar um documento Word... 7 Ambiente de Trabalho no Microsoft Word 2007... 9 Configuração de Páginas...

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO... 2 CRIAR, ABRIR E GUARDAR DOCUMENTOS... 6 EDIÇÃO DE DOCUMENTOS... 7 FORMATAÇÃO DE TEXTO Manual de Word INTRODUÇÃO...

O AMBIENTE DE TRABALHO... 2 CRIAR, ABRIR E GUARDAR DOCUMENTOS... 6 EDIÇÃO DE DOCUMENTOS... 7 FORMATAÇÃO DE TEXTO Manual de Word INTRODUÇÃO... INTRODUÇÃO... 2 Noção de processador de texto... 2 O AMBIENTE DE TRABALHO... 2 Área de trabalho... 3 Barra de menus... 3 Barras de ferramentas... 4 Réguas... 5 Botões de visualização... 5 Barra de estados...

Leia mais

I Extintores. Manual de utilizador

I Extintores. Manual de utilizador I Extintores Manual de utilizador As informações descritas neste documento podem ser alteradas sem aviso prévio e sem que a ISOFT Tecnologias de Informação tenha que actualizar este Manual para todos os

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest Backoffice... 3 1 4. Confirmar desenho de mesas...... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5.

Leia mais

Manual de Utilização ZSPDA

Manual de Utilização ZSPDA Manual de Utilização ZSPDA Ao entrar no software de PDA, é mostrado o seguinte menu. (Fig. 1) 1 (Fig. 1) A data mostrada no menu, indica a data de facturação. Para alterar essa data, o utilizador deverá

Leia mais

imax Concepção Centrada no Utilizador 2007/2008 Manual do Utilizador

imax Concepção Centrada no Utilizador 2007/2008 Manual do Utilizador Concepção Centrada no Utilizador 2007/2008 imax Manual do Utilizador Grupo 04: Pedro João Grácio Rodrigues 48952 Raquel Garcez Coutinho Costa 57745 Renato Filipe Robles Sousa 52368 Índice Índice... 2 Introdução...

Leia mais

GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa Lisboa Homepage :

GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa Lisboa Homepage : Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos ------------------------------------------------------------

Leia mais

Tarefa Orientada 7 Consultas de selecção

Tarefa Orientada 7 Consultas de selecção Tarefa Orientada 7 Consultas de selecção Objectivos: Consultas de selecção O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access Consultas As consultas (queries) permitem interrogar a base de dados, de acordo

Leia mais

FORMAÇÃO DE MICROSOFT WORD Mário de Almeida Pedro, M. Sc. Janeiro 2014

FORMAÇÃO DE MICROSOFT WORD Mário de Almeida Pedro, M. Sc. Janeiro 2014 FORMAÇÃO DE MICROSOFT WORD 2007 Mário de Almeida Pedro, M. Sc. Janeiro 2014 Bemvindo Identificação da UFCD UFCD nº 0754 Processador de Texto, com a duração de 50 horas Microsoft Word 2007 Para criar um

Leia mais

INICIAÇÃO AO EXCEL Renato Albuquerque abril de 2016

INICIAÇÃO AO EXCEL Renato Albuquerque abril de 2016 Noções básicas Vamos trabalhar com o Microsoft Office EXCEL 2010, software que está instalado em todos os computadores da escola. O EXCEL é uma folha de cálculo eletrónica, isto é, um programa que permite

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE 1.º CHEQUE-DENTISTA

UTILIZAÇÃO DE 1.º CHEQUE-DENTISTA GUIA DO UTILIZADOR DO SISO UTILIZAÇÃO DE 1.º CHEQUE-DENTISTA Data: 30-06-2008 Versão: 1.0 Sumário: Guia do utilizador do SISO para Estomatologistas e Médicos Dentistas, relativo à utilização do 1.º Cheque-Dentista,

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE REQUISIÇÃO DE MATERIAL PARA OS LABORATÓRIOS DE ENFERMAGEM

PROCEDIMENTOS DE REQUISIÇÃO DE MATERIAL PARA OS LABORATÓRIOS DE ENFERMAGEM PROCEDIMENTOS DE REQUISIÇÃO DE MATERIAL PARA OS LABORATÓRIOS DE ENFERMAGEM I - Acesso ao Programa 1 - Ícone Para aceder ao programa clique sobre o atalho PHC_ESEUM no ambiente de trabalho, este poderá

Leia mais

FORMAÇÃO DE MICROSOFT EXCEL 2010

FORMAÇÃO DE MICROSOFT EXCEL 2010 FORMAÇÃO DE MICROSOFT EXCEL 2010 Mário de Almeida Pedro, M. Sc. Novembro 2013 Bemvindo Identificação da UFCD UFCD nº 0756 Folha de Cálculo, com a duração de 50 horas Microsoft Excel 2010 Objectivos: No

Leia mais

w w w. b a l a n c a s m a r q u e s. p t B M G e s t

w w w. b a l a n c a s m a r q u e s. p t B M G e s t M a n u a l d e U t i l i z a d o r w w w. b a l a n c a s m a r q u e s. p t B M G e s t Índice 1 INTRODUÇÃO... 1 1.1 REQUISITOS DO SISTEMA... 1 1.2 INSTALAÇÃO... 1 1.3 PRIMEIRA EXECUÇÃO... 1 1.3.1 Seleccionar

Leia mais

Gestão de Base de dados Formulários

Gestão de Base de dados Formulários Gestão de Base de dados Formulários Ano Letivo 2014/2015 Professora: Vanda Pereira Formulários Os Formulários constituem uma outra forma de visualizar os dados armazenados nas tabela ou disponibilizados

Leia mais

UTILIZAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE IMPOSTOS, TAXAS OU ENCARGOS PARAFISCAIS (ECOTAXAS)

UTILIZAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE IMPOSTOS, TAXAS OU ENCARGOS PARAFISCAIS (ECOTAXAS) UTILIZAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE IMPOSTOS, TAXAS OU ENCARGOS PARAFISCAIS (ECOTAXAS) Conteúdo 1. Listagem de Impostos, taxas ou encargos parafiscais... 3 2. Criação de Configuração... 4 3. Fórmula de Cálculo...

Leia mais

TUTORIAL DO SOFTWARE SMART NOTEBOOK 10

TUTORIAL DO SOFTWARE SMART NOTEBOOK 10 TUTORIAL DO SOFTWARE SMART NOTEBOOK 10 Índice 1. BARRA DE FERRAMENTAS... 2 2. BARRA DE MENUS:... 3 Menu FICHEIRO... 3 -GUARDAR PÁGINA COMO ITEM DA GALERIA... 3 - IMPRIMIR... 4 Menu EDITAR... 4 - CLONAR...

Leia mais

Neste exercício, vamos criar uma Folha de Cálculo, onde vamos utilizar alguns Controlos de Formulários.

Neste exercício, vamos criar uma Folha de Cálculo, onde vamos utilizar alguns Controlos de Formulários. BARRA DE FERRAMENTAS DE FORMULÁRIOS Neste exercício, vamos criar uma Folha de Cálculo, onde vamos utilizar alguns Controlos de Formulários. A Barra de Ferramentas de Formulário contém objectos gráficos

Leia mais

Escola Superior de Enfermagem. ANEXO I Procedimentos para requisição de material

Escola Superior de Enfermagem. ANEXO I Procedimentos para requisição de material ANEXO I Procedimentos para requisição de material 7 1. Acesso ao Programa Para aceder ao programa clique sobre o atalho PHC_ESEUM, no ambiente de trabalho. Este poderá ser apresentado da seguinte forma:

Leia mais

aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização

aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização Manual das condições gerais que regulam a utilização dos serviços disponibilizados pela aplicação Arquivo, plataforma de gestão de informação, do Municipio

Leia mais

Manual de Utilizador. Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA

Manual de Utilizador. Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA Manual de Utilizador Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA Índice 1. PROCEDIMENTOS DE ACESSO...4 2. RECOLHA DE TURNOS...15 2.1 NAVEGAÇÃO NO ECRÃ...16 2.2 PESQUISAS NO

Leia mais

Copyright Restinfor, Lda

Copyright Restinfor, Lda WinCAFÉ A Registadora Inteligente Configuração Inicial Copyright 1999-2000 Restinfor, Lda Índice Pag. 1.Configuração Inicial... 3 1.1. Tabelas... 3 1.2. Controlo de Acessos... 4 1.3. Definições Gerais...

Leia mais

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio/2011

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio/2011 Formatar colunas (1, 2 ou 3 ) Limites à volta do texto: Pág. 1/21 Capitulares Maiúsculas / Minúsculas Seleccionar a opção pretendida: (não esquecer que tem de estar já seleccionado o texto ao qual se pretende

Leia mais

Manual de Utilizador do Backoffice

Manual de Utilizador do Backoffice Manual de Utilizador do Backoffice Conteúdo Acesso ao Backoffice... 2 Actualizar Conteúdos do Website... 3 Homepage... 3 Quem Somos... 5 Serviços... 7 Outros Produtos... 8 Empresas Parceiras... 9 Contactos...

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 1 Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1º Período SUMÁRIO Sistema Operativo: definição e tipos. Elementos básicos

Leia mais

Manual Rápido do Sistema GPC Gestão de Classificações Federação Columbófila Brasileira

Manual Rápido do Sistema GPC Gestão de Classificações Federação Columbófila Brasileira Manual Rápido do Sistema GPC Gestão de Classificações 2016 - Federação Columbófila Brasileira Este manual pretende dar uma visão da estrutura principal do programa. Se o usuário seguir os passos indicados

Leia mais

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext )

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext ) Índice 1 1. Operações de Alunos... 3 1.1. Matricular aluno... 3 1.2. Visualizar alunos... 7 1.2.1. Visualizar dados pessoais... 8 1.3. Matrículas do aluno... 9 1.3.1. Detalhes da matrícula... 9 1.3.1.1.

Leia mais

Tarefa Orientada 11 Consultas de acção

Tarefa Orientada 11 Consultas de acção Tarefa Orientada 11 Consultas de acção Objectivos: Consultas de acção O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access Consultas de Acção As consultas apresentadas até agora permitem consultar e processar

Leia mais

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio a Jul/2011

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio a Jul/2011 AULA Nº 13 (29/06/2011) MANUAL Criar Tabela em Excel (folha de cálculo) 1ª Regra p/ utilizar o Excel: Por defeito em o Excel encosta à esquerda o texto e os números à direita Iniciar a tabela colocando

Leia mais

INFORMAÇÃO DO TECLADO (Módulo de Acesso/Segmentos)

INFORMAÇÃO DO TECLADO (Módulo de Acesso/Segmentos) INFORMAÇÃO DO TECLADO (Módulo de Acesso/Segmentos) Para um controlo correcto e indicação do estado do sistema JABLOTRON 100, disponibiliza-se vários tipos de módulos de acesso. Para controlo (Armar, Desarmar

Leia mais

Principais correcções efectuadas

Principais correcções efectuadas GIAE Versão 2.1.0 15 Março de 2011 Com o objectivo de unificar a versão em todos os módulos do GIAE, incluindo o GestorGIAE, todos os módulos são actualizados para a versão 2.1.0. Muito Importante: Antes

Leia mais

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a e começar a jogar.

Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a  e começar a jogar. Manual do Utilizador Como começar a Jogar? Para iniciar o jogo a forma mais fácil é ir a http://mega.ist.utl.pt/~jsnl/sudoku/ e começar a jogar. O que preciso para jogar? Precisa de um computador, ligação

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE BASE DE DADOS FORMULÁRIOS

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE BASE DE DADOS FORMULÁRIOS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE BASE DE DADOS FORMULÁRIOS Os constituem uma outra forma de visualizar os dados armazenados nas tabela ou disponibilizados numa consulta. Também

Leia mais

Portal CAUL. Manual de Utilizador. Certificado de Autorização de Utilização de Lote. Versão 1.0 Página 1 de 39

Portal CAUL. Manual de Utilizador. Certificado de Autorização de Utilização de Lote. Versão 1.0 Página 1 de 39 Portal CAUL Certificado de Autorização de Utilização de Lote Manual de Utilizador Versão 1.0 Página 1 de 39 Índice 1 Resumo da Aplicação... 3 1.1 Sobre este documento... 3 2 Níveis de Acesso... 4 2.1 Perfil:

Leia mais

Praticar os princípios da ordenação, cópia de formatos, hifenização, trabalho com múltiplos documentos, modos de visualização e impressão.

Praticar os princípios da ordenação, cópia de formatos, hifenização, trabalho com múltiplos documentos, modos de visualização e impressão. Sessão nº 7 Mais opções de formatação e impressão Objectivos: Praticar os princípios da ordenação, cópia de formatos, hifenização, trabalho com múltiplos documentos, modos de visualização e impressão.

Leia mais

Este template permite implementar uma solução de cartão de pontos de cliente. Em cada compra efetuada, o cliente beneficia de pontos, que podem ser

Este template permite implementar uma solução de cartão de pontos de cliente. Em cada compra efetuada, o cliente beneficia de pontos, que podem ser Este template permite implementar uma solução de cartão de pontos de cliente. Em cada compra efetuada, o cliente beneficia de pontos, que podem ser utilizados para os mais diversos fins. 1 Cartão de Pontos

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Início v.1. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Início v.1. v2011 Manual Avançado Funcionamento Início v.1 com cartões v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. Séries... 4 b) Adicionar Série... 4 i. Tipo de série... 5 c) Modificar

Leia mais

BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS

BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS BEMATECH LOJA PRACTICO PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO AMBIENTE DE CADASTROS Acesse o programa pelo ícone indicado pelo suporte como padrão para manutenção de cadastros. Geralmente esse aplicativo estará

Leia mais

Guia do Serviço EcoFactura (Receptor) da Generix Group Portugal

Guia do Serviço EcoFactura (Receptor) da Generix Group Portugal Guia do Serviço EcoFactura (Receptor) da Generix Group Portugal Este manual visa ser uma ajuda na utilização do Serviço On-Demand Ecofactura. São descritas as várias funcionalidades com base em vários

Leia mais

atualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção ativo.

atualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção ativo. novidades da versão 5.0 Faturação o Descontos o NIF estrangeiro o Observações o IVA nas linhas o Parametrização das margens o N.º de conta sequencial o Honorários editáveis o Impressão do meio de pagamento

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados Acesso ao Direito Portal da Ordem dos Advogados Manual utilizador Escalas Versão 3.0 Junho de 2016 ÍNDICE INTRODUÇÃO DESCRIÇÃO FUNCIONAL ESCALAS 1.1

Leia mais

Alteração da taxa de IVA - siscom

Alteração da taxa de IVA - siscom Manual do Utilizador Alteração da taxa de IVA - siscom Software Sisgarbe Data última versão: 21-12-2010 Data última versão Base de Dados: Data criação: 21-12-2010 Versão: 1.00 R. Dr. José Filipe Alvares,

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados Apoio Judiciário Portal da Ordem dos Advogados Manual de Utilizador V1.6 11 de Setembro de 2008 Elaborado por Link Consulting Tecnologias de Informação,

Leia mais

SAGE RETAIL, GESTÃO COMERCIAL

SAGE RETAIL, GESTÃO COMERCIAL SAGE RETAIL, GESTÃO COMERCIAL Gestão de propriedades Sage Dezembro 2016 Propriedades... 4 Configuração do sistema... 4 Ativação... 4 Documentos... 4 Criação das propriedades... 5 Propriedades com tabelas

Leia mais

Cypedoc. Manual de utilização e manutenção do edifício

Cypedoc. Manual de utilização e manutenção do edifício Cypedoc. Manual de utilização e manutenção do edifício Cypedoc. Manual de utilização e manutenção do edifício Software para Arquitetura, Engenharia e Construção 2 IMPORTANTE: ESTE TEXTO REQUER A SUA ATENÇÃO

Leia mais

UFCD 786 Instalação e configuração de sistemas de bases de dados

UFCD 786 Instalação e configuração de sistemas de bases de dados Pág 2 UFCD 786 Instalação e configuração de sistemas de bases de dados Formadora Elsa Almeida Índice 1 Introdução... 3 2 Formulários... 4 2.1 Criar Formulários... 4 2.2 Inserção de Novos Registos e Manipulação

Leia mais

Questões mais frequentes ENCOMENDAS NO MYHERBALIFE.COM PORTUGAL, 18 de Janeiro de 2013

Questões mais frequentes ENCOMENDAS NO MYHERBALIFE.COM PORTUGAL, 18 de Janeiro de 2013 Clique em quaisquer das questões mais frequentes abaixo para obter a resposta. Se não encontrar a resposta á sua questão, por favor contacte o Departamento de Apoio ao Membro através dos números 21 714400

Leia mais

Apresentador Gráfico - Microsoft PowerPoint. Apresentação de Diapositivos - 90 min. 1. Criação de transições entre diapositivos

Apresentador Gráfico - Microsoft PowerPoint. Apresentação de Diapositivos - 90 min. 1. Criação de transições entre diapositivos Apresentador Gráfico - Microsoft PowerPoint Apresentação de Diapositivos - 90 min Ficha orientada nº5 Objectivos: Criação de transições entre diapositivos Aplicação de efeitos de animação Definição de

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Funcionamento com cartões Sistema Pré-Pago. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Funcionamento com cartões Sistema Pré-Pago. v2011 Manual Avançado Funcionamento com cartões Sistema Pré-Pago v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. Iniciar cartões pré-pagos... 4 b) Adicionar Cartões Pré-Pagoc) Atribuir

Leia mais

Escola EB 2,3 de Amares

Escola EB 2,3 de Amares Manual da Acção de Formação INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Escola EB 2,3 de Amares 2006/2007 ÍNDICE 1. CORREIO ELECTRÓNICO... 3 1.1. INTRODUÇÃO AO CORREIO ELECTRÓNICO... 3 1.2. CRIAÇÃO

Leia mais

INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS

INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS Curso Educação e Formação de Adultos Nível Básico Microsoft Word UFCD 0754 Processador de Texto Formador FICHA TÉCNICA NOME DO MANUAL Microsoft Word AUTOR DESTINATÁRIOS Formandos do curso de Instalação

Leia mais

ÁBACO MÓDULOS DE CÁLCULO

ÁBACO MÓDULOS DE CÁLCULO 1 / 9 1. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO ÁBACO. 2. ECRÃ PRINCIPAL 3. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DE DADOS. (TECLADO E RATO) 4. LARGURA DE COLUNAS DAS PASTAS, DADO E VALOR 5. MENU SUPERIOR 6. IMAGENS DE INFORMAÇÃO.

Leia mais

Software-Global 1/10

Software-Global 1/10 Acesso ao Programa: Manual do Utilizador O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir todas as opções do programa. CONFIGURAÇÕES: Uma

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica de Telecomunicações de Computadores Guia de utilização do Moodle (Versão 1.6.2) Vista do Professor Versão 2.0 Outubro

Leia mais

Índice. LeYa Multimédia

Índice. LeYa Multimédia Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 3 2. Registo no 20 Aula Digital... 4 3. Autenticação... 5 3.1. Editar os dados de perfil... 5 3.2. Ativar código... 5 4. Página de entrada... 6 4.1. Pesquisar um

Leia mais

VISU-schéma Ajuda em linha Junho de AJUDA VISU-Schéma

VISU-schéma Ajuda em linha Junho de AJUDA VISU-Schéma AJUDA VISU-Schéma Um CD-ROM VISU-schéma corresponde a uma Nota Técnica de esquemas eléctricos de papel (NTxxxx). Tal como as Notas Técnicas de esquemas eléctricos de papel, um CD-ROM VISU- Schéma contém

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 32 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

FERRAMENTA DE COMPRESSÃO E CIFRAGEM

FERRAMENTA DE COMPRESSÃO E CIFRAGEM Programa de COMPRESSÃO E CIFRAGEM SECRETZIP (apenas para Windows) O programa está incluído na unidade Flash USB. Consulte o manual na unidade Flash USB ou visite www.integralmemory.com para transferir

Leia mais

VISU-Schéma Ajuda em linha 19 Setembro AJUDA VISU-Schéma

VISU-Schéma Ajuda em linha 19 Setembro AJUDA VISU-Schéma AJUDA VISU-Schéma Um CD-ROM VISU-schéma corresponde a uma Nota Técnica Esquemas Eléctricos em formato papel e, portanto, a uma referência NTxxxx. Tal como as Notas Técnicas «Esquemas Eléctricos» em papel,

Leia mais

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio a Jul/2011

MANUAL Formação: TIC (Word) Maio a Jul/2011 Fazer uma lista (de convidados/ de contactos): Criar lista de contactos (com título): Seleccionar a lista (completa) e clicar no ícone Numeração (automaticamente é numerada a lista) Poderemos também escolher

Leia mais

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS?

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS? Menu POS - Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale, ou seja, Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, como por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público.

Leia mais

Microsoft Excel

Microsoft Excel 1 O Microsoft Excel 2003, além de pertencer ao Microsoft Office 2003, tem a particularidade de ser o software desenvolvido para se trabalhar com cálculos, listas de dados, operações matemáticas entre muitas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO. Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013

MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO. Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013 MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013 Aviso de Confidencialidade A informação contida neste documento é confidencial e pertence à Indra. Qualquer divulgação,

Leia mais

Agrupamento de Escolas Templários

Agrupamento de Escolas Templários Agrupamento de Escolas Templários Guião do utilizador Início Na página inicial do GIAE Online poderá aceder à área pessoal (netgiae) e a área geral (netalunos). O GIAE Online é uma aplicação instalada

Leia mais

A actividade MINI- TESTE*

A actividade MINI- TESTE* Página Web 1 de 10 A actividade MINI- TESTE* Informações sobre a actividade MINI-TESTE Sítio: Moodle do Carlos Disciplina: MOODLE para professores (ver. 1.5) Livro: A actividade MINI-TESTE* Impresso por:

Leia mais

Base de Dados de Gestão de Anilhagem e Recapturas Manual do Utilizador

Base de Dados de Gestão de Anilhagem e Recapturas Manual do Utilizador 4 - ANILHAGEM QUADRO DE INSERÇÃO DE DADOS DE ANILHAGEM Ao seleccionar o botão Anilhagem, obtêm-se acesso ao quadro de inserção de dados de anilhagem, cujo aspecto pode ser visto nas figuras 22 e 22a, uma

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Portal de Credenciação: Manual do utilizador

Portal de Credenciação: Manual do utilizador Portal de Credenciação: Manual do utilizador Rua Viriato, n.º 7, 1050-233 LISBOA Tel: (+351) 213 878 046/7 Fax: (+351) 213 858 823 credencial@cases.pt http://www.cases.pt cooperativaantoniosergio Portal

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

1 - DESENHAR O SEU ESPAÇO

1 - DESENHAR O SEU ESPAÇO 1 - DESENHAR O SEU ESPAÇO Quando se entra no programa Recer3D ( Versão Profissional e Versão Recer), o fundo de base é: Para se desenhar a planta, existem 3 formas: Projectos Modelos ( Projectos standard

Leia mais

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL 1 o º ciclo Índice ABRIR O EXCEL 2 O ambiente de trabalho do Excel.3 O botão do Office 4 OPERAÇÕES COM FOLHAS DE CÁLCULO.. 4 Criar um documento novo 4 Colunas, linhas e células. 5 Inserir Fórmulas 6 TUTORIAL

Leia mais

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS?

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS? Menu POS - Restauração O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale, ou seja, Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público.

Leia mais

Super Business. Guia Rápido - Condicional & Devolução SuperSys Tecnologia

Super Business. Guia Rápido - Condicional & Devolução SuperSys Tecnologia Super Business Guia Rápido - Condicional & Devolução Conteúdo 3 Lista de Conteúdo Índice Parte I Guia Rápido - Condicional e Devolução 1 Condicional... 0 6 6 Como acessar... a tela de vendas? 6 Como efetuar

Leia mais

Guia do Utilizador MYFX GUIA DO UTILIZADOR. Versão 2.2 Pág. 1

Guia do Utilizador MYFX GUIA DO UTILIZADOR. Versão 2.2 Pág. 1 MYFX GUIA DO UTILIZADOR Versão 2.2 Pág. 1 Índice 1. INICIO...3 1.1 REQUISITOS INFORMÁTICOS RECOMENDADOS...3 1.2 O PRIMEIRO ACESSO AO MYFX...3 1.2.1 Se não é cliente do Banco BiG...3 1.2.2 Se já é cliente

Leia mais

GIAE ONLINE GIAE ONLINE. J.P.M & Abreu, Lda.

GIAE ONLINE GIAE ONLINE. J.P.M & Abreu, Lda. GIE ONLINE 1 Índice Índice 2 Índice de Figuras 3 1. Introdução 4 2. Novas funcionalidades 5 2.1. Mensagens 5 2.1.1. Recebidas 6 2.1.2. Enviadas 6 2.1.3. Enviar Mensagem 6 2.2. Consulta de Extracto 9 2.3.

Leia mais

Stock da Dívida. Serviços e Fundos Autónomos SIN2/DSI5 SFA MANUAL. SFA_Stock Divida - Manual Utilizador_Serv.doc Não classificado

Stock da Dívida. Serviços e Fundos Autónomos SIN2/DSI5 SFA MANUAL. SFA_Stock Divida - Manual Utilizador_Serv.doc Não classificado Stock da Dívida Serviços e Fundos Autónomos Versão 1.0 Página 1 de 12 Histórico de Alterações Versão Data Descrição Autor Data da Aprovação 1.0 2006/04/10 Versão Inicial António Monteiro Controlo do documento

Leia mais

Rato. Mike McBride Brad Hards Tradução: José Pires

Rato. Mike McBride Brad Hards Tradução: José Pires Mike McBride Brad Hards Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Rato 4 1.1 Geral............................................. 4 1.2 Avançado........................................... 4 1.3 Navegação do Rato.....................................

Leia mais

Gestor de Actividades TIC na Educação. Guia de Utilização. Versão 2.30

Gestor de Actividades TIC na Educação. Guia de Utilização. Versão 2.30 Gestor de Actividades TIC na Educação Guia de Utilização Versão 2.30 Desenvolvido por Paulo Reis (preis@ccems.pt) Centro de Competência «Entre Mar E Serra» (www.ccems.pt) Batalha, 2006 GATo CCEMS, 2006

Leia mais

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS?

Posso interligar a Impressora, Caixa Registadora, Leitor Código de Barras e TouchScreen com o POS? Menu POS - Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale, ou seja, Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, como por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público.

Leia mais

Manual de Utilização MU /2013. Plataforma de Atividade Docente- PAD (Versão Docente) Registo de atividades letivas e gestão de presenças

Manual de Utilização MU /2013. Plataforma de Atividade Docente- PAD (Versão Docente) Registo de atividades letivas e gestão de presenças Manual de Utilização MU003-2.0/2013 Plataforma de Atividade Docente- PAD (Versão Docente) Registo de atividades letivas e gestão de presenças Introdução I Acesso ao PAD I Inserção de sumários I Inserção

Leia mais

BEKS. Modelos: BEKY e BEKS. Manual de Referência Rápida

BEKS. Modelos: BEKY e BEKS. Manual de Referência Rápida BEKS Modelos: BEKY e BEKS Manual de Referência Rápida Junho, 2017 Ícone Nome Descrição USB Imp./Exp. Entrada e Saída de bordados a partir de uma memória USB Pen Drive. Memória Acesso às 100 posições de

Leia mais

O Manual do Skanlite. Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires

O Manual do Skanlite. Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires Kåre Särs Anne-Marie Mahfouf Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Usar o Skanlite 6 2.1 Selecção do Scanner.................................... 6 3 Janela Principal do Skanlite 8 3.1 Digitalização.........................................

Leia mais

Manual Prático Microsoft Word 2007 Pedro Filipe C. Jesus

Manual Prático Microsoft Word 2007 Pedro Filipe C. Jesus FORMATAÇÃO DE TEXTO Manual Prático Microsoft Word 2007 Formatar A maioria das funções de formatação de texto pode ser feita simplesmente com o rato, depois de seleccionado o texto a formatar. Pode formatar

Leia mais

Escola Sec. do Padrão da Légua OE: TIC Ano: 2008/2009

Escola Sec. do Padrão da Légua OE: TIC Ano: 2008/2009 Ficha de Trabalho: Aula 05 Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Como já sabes o SOFTWARE pode ser de sistema ou de aplicação, conforme seja um conjunto de programas responsáveis pelo funcionamento do

Leia mais

Configuração da Notificação do Sistema. Mike McBride Tradução: José Pires

Configuração da Notificação do Sistema. Mike McBride Tradução: José Pires Configuração da Notificação do Sistema Mike McBride Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Configuração da Notificação do Sistema 4 1.1 Aplicações.......................................... 4 1.1.1 Mudar uma

Leia mais

JURINFOR JURIGEST 4.4 Módulo de Contencioso e Pré-Contencioso Refª Documento: V

JURINFOR JURIGEST 4.4 Módulo de Contencioso e Pré-Contencioso Refª Documento: V JURINFOR JURIGEST 4.4 Módulo de Contencioso e Pré-Contencioso Refª Documento: V1.1-2007.09.05 Índice 1. Activação do Módulo de Contencioso e Pré-Contencioso... 5 2. Gestão de informação relativa a "partes

Leia mais

PACWIN Módulo de Pesquisa MANUAL DO UTILIZADOR

PACWIN Módulo de Pesquisa MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.2 INDÍCE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA... 2 3. JANELA PRINCIPAL PESQUISAR... 3 3.1. BASES DE DADOS DE BIBLIOGRAFIA E AUTORIDADES... 3 3.2. MENU... 4 3.2.1. Base

Leia mais

3 Cabeçalho/ logótipo 4 Menu principal 5 Autenticação

3 Cabeçalho/ logótipo 4 Menu principal 5 Autenticação Escolas de Primeiro Ciclo no site do Agrupamento Iniciar com o endereço www.aecarvalhos.pt 1 1 Clicar em ESCOLAS DO AGRUPAMENTO (lado direito do site). 2 2 Apontar para EB1/JI e clicar na escola respetiva.

Leia mais

Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação

Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação AGÊNCIAS Iniciativa de : Financiado por: www.eeagrants.org AGÊNCIAS Esta plataforma permite apoiar o funcionamento das agências do Banco

Leia mais

TIC 1 Processamento de Texto UMA INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO MS WORD [André Coutinho]

TIC 1 Processamento de Texto UMA INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO MS WORD [André Coutinho] TIC 1 Processamento de Texto UMA INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO MS WORD 2010 [André Coutinho] O QUE É UM PROCESSADOR DE TEXTO? É uma ferramenta; permite produzir documentos diversos, utilizando diferentes

Leia mais

Vodafone Negócios. Manual de utilizador. Telefone Fixo Express com Base Vodafone 312/612 Vodafone One Net

Vodafone Negócios. Manual de utilizador. Telefone Fixo Express com Base Vodafone 312/612 Vodafone One Net Vodafone Negócios Manual de utilizador Telefone Fixo Express com Base Vodafone 312/612 Vodafone One Net Preparação do Telefone Conteúdo da Embalagem 1 Telefone 2 Bateria 3 Base de apoio 4 Auricular 5

Leia mais

Partes Principais da Janela 3/26

Partes Principais da Janela 3/26 EDITOR DE TEXTO Write O Writer é o responsável pela edição de texto dos aplicativos do LibreOffice. Ele possui as características habituais de um processador de texto: inserir e editar texto, verificação

Leia mais

Elementos estruturais

Elementos estruturais Software para Arquitetura, Engenharia e Construção Elementos estruturais Elementos estruturais Exemplo prático 2 IMPORTANTE: ESTE TEXTO REQUER A SUA ATENÇÃO E A SUA LEITURA A informação contida neste documento

Leia mais

Tecnologias da informação e comunicação

Tecnologias da informação e comunicação TIC Excel Tecnologias da informação e comunicação Módulo n.º 1 (32 horas) Folha de cálculo MS Excel Módulo n.º 2 (32 horas) Gestão de bases de dados MS Access Módulo n.º 3 (36 horas) Páginas web Avaliação

Leia mais