Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários - 30.130-140 - Belo Horizonte/MG Fone: (31) 3409-8830 - Fax: (31) 3409-8818"

Transcrição

1 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN Conteúdo Programático Disciplinas OPTATIVAS

2 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA CAD 187 EMPREENDEDORISMO Departamento(s) responsável(eis): Faculdade de Ciências Econômicas Departamento de Administração Eixo estruturante: Área Sociais Aplicadas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 2 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: É importante adequar o estudante universitário de qualquer área do conhecimento na nova realidade do mundo do trabalho. No cenário atual o conhecimento sobre o empreendedorismo e o desenvolvimento do perfil empreendedor torna-se de suma importância para sobrevivência no mercado competitivo. Pretende-se motivar o aluno para a importância do comportamento empreendedor e instrumentalizá-lo na construção da visão de negócio com a elaboração de um plano de negócios. Bibliografia básica: 1. BAKER, Michael. Administração de Marketing. Rio de Janeiro: Elsevier, BESSANT, John e TIDD, Joe. Inovação e Empreendedorismo Porto Alegre: Bookman, DRUCKER, Peter Ferdinando. Inovação e espírito empreendedor: entrepreneurship. 6. ed. São Paulo: Pioneira, DRUCKER, Peter. Administração para o futuro: os anos 90 e a virada do século. São Paulo: Pioneira, DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedor. São Paulo: Editora de Cultura, Bibliografia complementar: 1. DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luiza. Ed. Cultura, TREVISAN, Antoninho M. Empresários do futuro: como os jovens vão conquistar o mundo dos negócios. 3. ed. São Paulo: Infinito, HOOLEY, Graham J.; SAUNDERS, John A.; PIERCY, Nigel F. Estratégia de Marketing e Posicionamento Competitivo. Sao Paulo: Prentice Hall, KOTLER, Philip; KELLER, Kevin. Administração de Marketing. 12ª Ed. São Paulo: Pearson,

3 Objetivo: 1. Sensibilizar e motivar sobre a importância da Gestão Empreendedora. 2. Demonstrar as possibilidades de desenvolvimento das competências empreendedoras. 3. Abordar as questões relacionadas com a identificação das oportunidades de negócios, metas e objetivos, apontando tendências globais que geram estas oportunidades, discutindo atributos ou características que devem ter para atender as necessidades dos clientes e agregar valor. 4. Refletir sobre questões de criatividade, sustentabilidade e propriedade intelectual. 5. Construção de um Plano de Negócios Simplificado, realizando dessa forma um planejamento financeiro do empreendimento para expressar a viabilidade do seu futuro negócio. 6. Informar sobre as opções legais para abertura de negócios próprios e sobre o Direito do Consumidor. Conteúdo: Introdução: - Apresentação da disciplina - Sensibilizar e motivar sobre importância da Gestão Empreendedora - Contextualização GEM Apresentação Geral dos Conceitos de empreendedorismo e Inovação - Ambiente brasileiro do empreendedorismo - Técnicas no levantamento de idéias para negócios - Introdução ao Plano de negócios -Plano de Negócios - A mentalidade empreendedora - Competências empreendedoras - Proteção do conhecimento e Propriedade Intelectual; - Patentes - A perspectiva do empreendedorismo - A importância das start ups e spin offs - Conceito da Hélice tripla - Hélice de oportunidades - Conceito do Vale da Morte Financiamento - Angels, Venture Capital, abertura de capital, private equity - Procedimento para abertura de empresa - Direito do Consumidor - Técnica de Apresentação: Como Vender Gelo a Esquimós em Cinco Slides Estudo de Caso Convidados 3 grupos Estudo de Caso Convidados 3 grupos Apresentação de trabalho Plano de Negócios 3 grupos de 8 pessoas Apresentação de trabalho Plano de Negócios 3 grupos de 8 pessoas 3

4 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA ACR 043 Arte e Sociedade Departamento(s) responsável(eis): Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Análise crítica dos aspectos socioculturais das artes na contemporaneidade. Aborda as linguagens visuais contemporâneas a partir dos desafios da sociedade pós-industrial, observando-se seja as contribuições dos pontos de vista espacial e artístico, seja a partir das conjunturas e apresentações sociais na cidade. Proporciona contato da arte com a experiência estética pública através de visitas a coleções, eventos, exposições e o contato direto com o artista e o meio social. Bibliografia básica: Benjamin, W A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica Em Walter Benjamin, São Paulo, Abril (Coleção Os Pensadores). Benjamin, W A Coleção Em Paris capital do século XIX o livro das passagens, Belo Horizonte, UFMG. Debord, G A sociedade do espetáculo, capítulos V,VI,VII e VIII, Rio de Janeiro, Contraponto, 1997 Machado Arlindo A fotografia como expressão do conceito. Revista Studium, Campinas (http://www.studium.iar.unicamp.br/dois/1.htm) Machado, Arlindo O quarto iconoclasmo. Contracapa, 2001 Valéry, Paul Discurso sobre a fotografia. Suplemento Literário, Belo Horizonte, Imprensa Oficial, , p (trad Myriam Bahia Lopes). Bibliografia complementar: 4

5 Dagonet, F (org) Le musée sans fin, Champ Vallon, 1993 * Heidegger, Martin Remarques sur art-sculpture-espace, Paris, Payot, Livros sobre artistas: Cildo Meirelles São Paulo, Cosaq Naif MAM RJ Anna Bella Geiger: Constelações. Rio de Janeiro, 1996 Hélio Oiticica Cartas Lygia Clark Hélio Oiticia Rio de Janeiro, UFRJ, 2001 Textos publicados na web: Itaú Cultural Programa Hélio Oiticica (http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia/ho/home/dsp_ho me.cfm) Tate Modern Hélio Oiticica the body of colour (http://www.tate.org.uk/modern/exhibitions/heliooiticica) Vídeos: Orion Ossario, São Paulo, 2009 João Jardim e W Carvalho - Janela da Alma, 2002 Richard Copans - Centro Georges Pompidou, Paris, RMN Peter Cohen Arquitetura da Destruição, Suécia 1992 Visitas: Museu Inhotim Museu de Arte da Pampulha Museu de Artes e Ofícios Objetivo: Pesquisar a historicidade da arte e aprender a relacionar as condições sócio-técnicas do processo de produção e de difusão da arte. Conteúdo: 1) Arte e técnica 2) Arte e história 3) Lugares de produção 4) Lugares de exibição 5) A produção e a circulação: fazer e mostrar 5

6 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA ACR 045 Sociedade e Cultura Departamento(s) responsável(eis): Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Fundamentos das Ciências Sociais desde o seu surgimento no século XIX e seu desenvolvimento posterior com ênfase nos conceitos de indivíduo, sociedade, cultura e suas diversas manifestações. Analisa a cultura através da criação material espontânea, artesanal e vernacular e suas articulações com as representações sociais e simbólicas. Enfoque na cultura como instrumento voltado para a compreensão, reprodução e transformação do sistema social e sua contribuição para a criação e produção técnica do design. Bibliografia básica: BENJAMIN, Walter Experiência e pobreza Em Obras escolhidas. Magia e técnica. Arte e política, São Paulo, Brasiliense, pp A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica Em idem. O narrador Em Walter Benjamin. Em ibidem MATOS, Olgaria 1968 As barricadas do desejo. São Paulo, Brasiliense, 1981 (908 C v.9) SENNETT, Richard O Artífice. Rio de Janeiro, Record, (331 S478c.Pm 2009) Bibliografia complementar: CERTEAU, Michel As artes de fazer Petrópolis, Vozes, 2004 ( C418i.Pa 2005) GAGNEBIN, J M A adorável primavera perdeu seu odor Em Alea, vol 9, jan-jun, 2007, p MARX, Karl A mercadoria Em O Capital, cap 2, Rio de Janeiro, DIFEL VIRILIO, P Os motores da história Em Araújo, H Tecnociência e cultura: ensaios sobre o tempo presente, São Paulo, Estação Liberdade, pp Filmografia: Festival 67 Milou em Maio Tati. Traffic Vertov Um homem com a câmara na mão 6

7 Objetivo: Partir do contexto da revolução industrial para pensar a partir dos textos de autores indicados na bibliografia e de filmes que serão exibidos em sala de aula como na economia capitalista o objeto é identificado simultaneamente como meta do desejo e motor da história. Conteúdo: As multidões e a cultura de massa. A arte e o mercado. Do original à cópia. A revolução industrial e o desenraizamento O cinema e o tranporte. Vertov e a cidade em movimento. A escala monumental. A cidade como imagem. A mídia ocupa o espaço público 7

8 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA ACR 043 Arte e Sociedade Departamento(s) responsável(eis): Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): 1 o período Ementa: Análise crítica dos aspectos socio-culturais das artes na contemporaneidade. Aborda as linguagens visuais contemporâneas a partir dos desafios da sociedade pós-industrial, observando-se seja as contribuições dos pontos de vista espacial e artístico, seja a partir das conjunturas e apresentações sociais na cidade. Proporciona contato da arte com a experiência estética pública através de visitas a coleções, eventos, exposições e o contato direto com o artista e o meio social. Bibliografia básica: Benjamin, W A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica Em Walter Benjamin, São Paulo, Abril (Coleção Os Pensadores). Benjamin, W A Coleção Em Paris capital do século XIX o livro das passagens, Belo Horizonte, UFMG. Cauquelin, A Arte Contemporânea Matins Fontes, Deleuze, Gilles e Felix Guattari. Revolução Molecular São Paulo, Brasiliense Urlberger Andrea Parcours artistiques et virtualités urbaines. Paris. L Harmattan, 2003 Bibliografia complementar: Cildo Meirelles São Paulo, Cosaq Naif MAM RJ Anna Bella Geiger: Constelações. Rio de Janeiro, 1996 LE MEN Les Français peints par eux-même Paris, Musée D`Orsay, RMN, 1999 DAGOGNET, F Le musée sans fin. Champ Vallon,

9 Objetivo: Apresentar o contexto sócio-técnico e a história do sentido relacionada ao processo de produção da arte contemporânea. Analisar a produção de artistas contemporâneos e destacar os questionamentos que ela suscita. Entender os lugares de produção da arte contemporânea e situá-los na história dos museus e da cidade. Conteúdo: Revolução Industrial, urbanização e produção em série O advento da fotografia A velocidade e seu impacto na produção artísitica A diminuição do papel do tátil e a primazia do olhar A pré-história do cinema A metrópole e a arte para a massa O cinema e a arte como indústria A arte e a revolução A reprodução em série e os conceitos de aura, autenticidade, unidade As coleções e os museus Os eco-museus A arte e o território Das telas aos cyborgs 9

10 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA CAD188 Marketing e Comércio Departamento(s) responsável(eis): Departamento de Ciências Administrativas Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Introdução ao estudo do composto mercadológico. Mercado consumidor. Comportamento do consumidor e segmentação de mercado. Gestão de comunicação, de estratégia de produto, vendas, serviço e mercado. Bibliografia básica: ENGEL, James F.; BLACKWELL, Roger D.; MINIARD, Paul W. Comportamento do Consumidor. 8ª ed. Rio de Janeiro: LTC, KOTLER, P. ARMSTRONG, G. Princípios de marketing. 7ª Ed. Rio de Janeiro: PHB, KOTLER, P. Marketing Essencial: Conceitos, estratégias e casos. São Paulo: Prentice Hall, Bibliografia complementar: 10

11 COBRA, M. Administração de marketing no Brasil. São Paulo, Cobra Editores, CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. IACOBUCCI, D. (org.) Os desafios do marketing: aprendendo com os mestres da Kellog Graduate School of Management. São Paulo, Futura, KOTLER, P. Administração de marketing: a edição do milênio. 10ª Ed. São Paulo: Prentice Hall, LEVITT, Teodore. A imaginação de Marketing. São Paulo: Atlas, PORTER, Michael. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Ed. Campus, Objetivo: Geral: Apresentar, discutir e aplicar os fundamentos da gestão de marketing, através de um enfoque contemporâneo e gerencial. Específicos: Explicar o conceito de marketing. Apresentar uma visão do marketing, com uma perspectiva ética e global. Estudar os elementos do planejamento de Marketing. Estudar a gestão do composto mercadológico. Discutir casos práticos. Debater questões de marketing no contexto da sociedade brasileira atual. Conteúdo: Apresentação do curso, conceito de marketing, orientação da empresa para o mercado. Definição de valor e satisfação para o cliente, etapas do processo de administração de Marketing. Sistema de informações em Marketing. Comportamento do consumidor e segmentação. Posicionamento e diferenciação de produtos. Mix de Marketing: O produto / serviço. Mix de Marketing: O preço. Mix de Marketing: A praça. Mix de Marketing: A promoção. Apresentação de trabalho final. Aulas expositivas. Exercícios e estudos de caso. Discussões. Realização e apresentação de trabalhos em grupo. 11

12 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA DES 059 Ergonomia Visual Departamento(s) responsável(eis): Desenho Eixo estruturante: Área de Tecnologia Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Estudo dos parâmetros de legibilidade e leiturabilidade da informação visual. Metodologia da ergonomia aplicada ao design gráfico. Bibliografia básica: ARAÚJO, Emanuel. O princípio da legibilidade. In:. A construção do livro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p SPENCER, Herbert. The visible word. New York: Hasting House, TSCHICHOLD, Jan. Tipografia elementar. São Paulo: Altamira, Bibliografia complementar: 12

13 BLACKWELL, Lewis. The end of print: the design graphic of David Carson. (s.l.): Lawrence King, CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: Unesp; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, HEITLINGER, Paulo. Tipografia: origens, formas e uso das letras. Lisboa: Dinalivro, HENDEL, Richard. O design do livro. São Paulo: Ateliê, HOLLIS, Richard. Design gráfico: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, LUPTON, Helen; MILLER, Abbott. Design writing research: writing on graphic design. London: Phaidon: MARTINS, W. A palavra escrita; história do livro, da imprensa e da biblioteca. São Paulo: Ática, POYNOR, Rick (org.). Ray Gun: Out of control. New York: Simon & Schuster, Objetivo: Habilitar o aluno a aplicar princípios de legibilidade em projetos de design gráfico. Conteúdo: A linguagem visual; Sistemas de escrita; Noções de tipografia; Anatomia do tipo; Micro-tipografia e macro-tipografia; Fisiologia da leitura; Legibilidade e leiturabilidade; Elementos do design gráfico; Hierarquia visual; Relação texto/imagem; Legibilidade e design editorial; Legibilidade e design de informação; Legibilidade no meio eletrônico; Experimentalismos (tipo)gráficos contemporâneos. 13

14 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA DES 061 Teoria e História do Design Gráfico Departamento(s) responsável(eis): Desenho Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Estudos teóricos, históricos e críticos do Design Gráfico. Bibliografia básica: BEIRUT, Michael et al (org.). Textos clássicos do design gráfico. São Paulo: WMF Martins Fontes, HOLLIS, Richard. Design gráfico: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, MEGGS, Philip. B.; PURVIS, Alston. W. História do design gráfico. São Paulo: Cosac Naif, Bibliografia complementar: 14

15 AGRA, Lúcio. História da arte no século XX; idéias e movimentos. São Paulo: Anhembi Morumbi, ARGAN, Giulio Carlo. Arte moderna; do Iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo: Companhia das Letras, BLACKWELL, Lewis. The end of print: the design graphic of David Carson. (s.l.): Lawrence King, CARDOSO, Rafael (org.). O design brasileiro antes do design. São Paulo: Cosac Naif, COUTO, Hildo Honorio do. Uma introdução à semiótica. Rio de Janeiro. Presença LUPTON, Helen; MILLER, Abbott. Design writing research: writing on graphic design. London: Phaidon, MELO, Chico Homem (org.). O design gráfico brasileiro; anos 60. São Paulo: Cosac Naif, POYNOR, Rick (org.). Ray Gun: Out of control. New York: Simon & Schuster, TSCHICHOLD, Jan. Tipografia elementar. São Paulo: Altamira, WINCKELMANN, Johann Joachim. Lo bello en el arte. Buenos Aires: Nueva Visión, BARTHES, R. Aula; aula inaugural da cadeira de semiologia literária do Colégio de França. São Paulo: Cultrix, Crítica e verdade. São Paulo: Perspectiva, O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, COCCHIARALE, F.; GEISER, A. Abstracionismo geométrico e informal. Rio de Janeiro: Funarte, De MICHELLI, Mario. As vanguardas artísticas. São Paulo: Martins Fontes, FRUTIGER, A. Signos e símbolos. São Paulo: Martins Fontes, LIMA, Guilherme Cunha. O gráfico amador: as origens da moderna tipografia brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ, NIEMEYER, Lucy. Design no Brasil: origens e instalação. Rio de Janeiro: 2AB, PIGNATARI, D. Informação, linguagem, comunicação. São Paulo: Cultrix, Objetivo: Fornecer ao aluno um embasamento teórico que o possibilite desempenhar a profissão de modo crítico. Conteúdo: Arte Ocidental: conceitos e transformações; Artes plásticas moderna e contemporânea: vanguardas, correntes, tendências e desdobramentos; Artes gráficas e design gráfico: semelhanças e distinções; Origens do design gráfico (contexto e fundamentos); A cultura modernista e a pós-modernista; O design gráfico racionalista e as rupturas pós-modernas; Noções de semiótica e suas implicações no campo do design gráfico; O impacto das tecnologias eletrônicas; O design gráfico no Brasil. 15

16 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA EES 050 Análise Estrutural Aplicada ao Design Departamento(s) responsável(eis): Engenharia de Estruturas Eixo estruturante: Área de Tecnologia Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Conceitos básicos de estática; equilíbrio de partículas e de corpos rígidos; estruturas isostáticas simples: diagrama de corpo livre, reações de apoio e esforços solicitantes; deformações e deslocamentos nas estruturas; métodos clássicos para a resolução de estruturas hiperestáticas; softwares para a solução de vigas, pórticos planos e treliças; aplicações na criação de objetos tecnológicos. Bibliografia básica: MARTHA, Luiz F. Análise de Estruturas. Rio de Janeiro: Elsevier, LEET, Kenneth. Fundamentos da Análise Estrutural. São Paulo: McGraw-Hill, Bibliografia complementar: SORIANO, Humberto L. Análise de Estruturas, V.1 e V.2. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, ALMEIDA, Maria C. F. Estruturas Isostáticas. São Paulo: Oficina de Textos,

17 Objetivo: Apresentar o método do equilíbrio para a resolução de estruturas isostáticas e os métodos clássicos para a resolução de estruturas hiperestáticas. Apresentar o software gratuito Ftool desenvolvido pela PUC - Rio para a resolução de vigas, pórticos e treliças. Analisar a distribuição dos diversos esforços que solicitam as peças estruturais, visando desenvolver a análise qualitativa das estruturas. Conteúdo: I) INTRODUÇÃO/CONCEITOS BÁSICOS Estruturas reticuladas. Ações, tipos de carregamentos. Tipos de apoios. Condições de equilíbrio. Compatibilidade de ações e deslocamentos. Indeterminação estática e cinemática. Equações de ação e deslocamento. Teorema de Maxwell. 2) MÉTODOS CLÁSSICOS DE RESOLUÇÃO DE ESTRUTURAS HIPERESTÁTICAS Método das Forças: física da resolução, simbologia, aplicações. Método dos Deslocamentos: física da resolução, simbologia, aplicações. 3) SOFTWARE GRATUITO FTOOL Resolução de vigas, pórticos planos e treliças com a utilização do software Ftool, desenvolvido pela PUC - Rio. 4) PROCESSO DE AVALIACÃO Três provas com valor compreendido entre trinta e trinta e quatro pontos, e trabalhos práticos com valor total entre cinco e dez pontos. 17

18 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA EES 056 Representação Técnica Departamento(s) responsável(eis): Engenharia de Estruturas Eixo estruturante: Área de Representação Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Conhecimento das formas e representação dos objetos para a fabricação de peças e máquinas. Domínio das representações em vistas e cotagem funcional. O uso de vistas e perspectivas no registro de idéias; o rigor dimensional na indicação de fabricação de projetados. Desenho técnico e introdução ao AutoCAD. Bibliografia básica: PEREIRA, Jailson S. Prática de Projeto em AutoCAD. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, SILVA, Arlindo. Desenho Técnico Moderno. Rio de Janeiro: LTC, Bibliografia complementar: KATORI, Rosa. AutoCAD Projetos em 2d. São Paulo: SENAC, LEAKE, James. Manual de Desenho Técnico para Engenharia. Rio de Janeiro: LTC, SCHNEIDER, W. Desenho Técnico Industrial. São Paulo: Hemus,

19 Objetivo: Contribuir para a qualificação do aluno de Design no que se refere ao domínio do desenho técnico mecânico e sua interface com as demais disciplinas que compõem o currículo do curso. Introdução ao desenho auxiliado por computador. Conteúdo: I) INTRODUÇÃO/CONCEITOS BÁSICOS Representação de objetos tridimensionais em superfícies bidimensionais. Geometria Descritiva. II) DESENHO PROJETIVO Vistas ortográficas. Perspectivas. III) DESENHO TÉCNICO Normas técnicas. Padronização. IV) DESENHO AUXILIADO POR COMPUTADOR Introdução ao AutoCAD. V) AVALIAÇÕES Três provas valendo trinta pontos cada e trabalhos práticos com valor total de dez pontos. 19

20 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA FTC 087 Fotografia Departamento(s) responsável(eis): Fotografia, Teatro e Cinema Eixo estruturante: Área de Tecnologia Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 45 horas Créditos: 3 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Noções de fotografia. Técnicas básicas da operação de equipamentos e de processos fotográficos. Fotografia como forma de construção da imagem. Recursos fotográficos para a pesquisa em design. Bibliografia básica: TRIGO JUNIOR, Thales. Equipamento fotografico: teoria e pratica. 2ªed. rev. e ampl. São Paulo: Senac São Paulo, p. ISBN HEDGECOE, John. Guia completo de fotografia. São Paulo: Martins Fontes, p. ISBN ADAMS, Ansel; BAKER, Robert. A câmera. 3. ed. São Paulo: Ed. SENAC, p. ISBN Bibliografia complementar: CAMPANY, David.. Art and photography. London; New York: Phaidon, p. (Themes and movements) ISBN LANGFORD, Michael John. Basic photography : a primer for professionals. 2. ed. New York: Amphoto, p. 20

21 Objetivo: Levar conteúdo técnico sobre fotografia de modo a capacitar o aluno a buscar soluções para questões estéticas peculiares ao design, sejam de enquadramento, de iluminação, de posicionamento de câmera, de linguagem visual, entre outras. Conteúdo: I) INTRODUÇÃO/CONCEITOS BÁSICOS Apresentação da Disciplina com a exposição dos objetivos, conteúdos e sistema de avaliação. Introdução dos conceitos a serem trabalhos, apresentando questões da imagem fotográfica, do equipamento e do uso da fotografia na linguagem visual. II) A CÂMERA Apresentar o funcionamento da câmera fotografia e seus recursos que compõem uma fotografia. Funcionamento do diafragma, do obturador, das objetivas e da fotossensibilidade apresentando os resultados estéticos de cada um dos recursos. Atividades práticas para se familiarizar com o equipamento e exercitar a produção estética. III) A LUZ / FOTOMETRAGEM Apresentar as características da luz e como funciona a fotometragem no meio químico e digital. As questões estéticase expressivas diretamente ligadas à iluminação, tais como direção dos raios luminosos, intensidade, cor, natureza difusa ou pontual, texturas. Atividades práticas para exercitar a fotometragem e o uso do equipamento. IV) HISTÓRIA Noções históricas desde a invenção da fotografia ao meio digital, apresentando fotógrafos pioneiros, mestres do século XX e pesquisas contemporâneas. V) FOTOGRAFIA COMO LINGUAGEM Noções de composição no quadro, usos da distância focal, sequências de imagem para construção de narrativas (storyboards, apresentações de produtos, etc.). Atividades práticas para exercitar o uso estético da fotografia no campo do design. 21

22 Escola de Arquitetura/UFMG Rua Paraíba, 697- Funcionários Belo Horizonte/MG Fone: (31) Fax: (31) COLEGIADO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE DESIGN DISCIPLINA TAU 069 Design e Teoria do Objeto Departamento(s) responsável(eis): Tecnologia da Arquitetura e do Urbanismo Eixo estruturante: Área de Humanas Classificação: [ ] Obrigatória [ X ] Optativa Carga horária: 30 horas Créditos: 2 Pré-Requisitos: [ X ] Não [ ] Sim Período (caso seja obrigatória): Ementa: Obra de arte e objeto utilitário. A indústria cultural, consumo e crítica à cultura. Objeto e sociedade. O "kitsch" e o "anti-kitsch". Arte na sociedade industrial. Teorias estéticas contemporâneas. A cultura como determinante da estruturação do mundo perceptivo. Estudos teóricos dos modelos e meios gerados pelo design. Perspectiva teórica e suas aplicações no campo do design. Bibliografia básica: BAUDRILLARD, J. A sociedade de consumo. Lisboa: Edições 7O, p. BAUDRILLARD, J. O sistema dos objetos. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, p. BENJAMIN, W. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. In: Magia e Técnica, Arte e Política, CANCLINI, N. G. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Trad. Maurício S. Dias. Rio de Janeiro: UFRJ, CARDOSO, F. A. Possibilidades de legitimação do design vernarcular. In: P&D Design º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2008, São Paulo. FAGGIANI, K. O Poder do Design da Ostentação à Emoção. Thesaurus, 1ªedição, 2006, 144 p. LIPOVETSKY, G. O império do efêmero: a moda e o seu destino nas sociedades modernas. Lisboa, Dom Quixote, MOLES, A. A.; MICELI, S. O Kitsch: a arte da felicidade. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, p. ONO, M. Design e cultura: sintonia essencial. Curitiba: Edição da Autora, 2006, 132 p. PIGNATARI, D. Informação, linguagem, comunicação. 25ª. ed. Cotia: Ateliê Editorial, p. VILLAS-BOAS, A. Identidade e Cultura. Rio de Janeiro: 2AB, 2002, 120 p. Bibliografia complementar: 22

23 ADORNO, T.; HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, BERMAN, M. Tudo que é sólido desmancha no ar. São Paulo, Cia. das Letras, BOMFIM, G. A. Idéias e formas na história do design: uma investigação estética. João Pessoa, Ed. Universitária/UFPB, DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. 2 ed. Rio de Janeiro: Contraponto, DENIS, R. D. Design, cultura material e o fetichismo dos objetos. In: Arcos: Design, cultura material e visualidade. Número único, p ECO, U. Obra aberta: forma e indeterminação nas poéticas contemporâneas. São Paulo: Perspectiva, FLUSSER, V. O mundo codificado: por uma filosofia do design e da comunicação. Org. Rafael Cardoso. Ed. Cosac & Naify, p. Objetivo: Estimular a reflexão e a análise crítica dos conteúdos expostos na disciplina, que consistem em um convite à reflexão e abertura para discussão sobre as inter-relações entre pessoas e objetos. Nossos objetos do dia-a-dia: onde se situam os limites entre arte e design? Reflexão sobre como pessoas e sociedade se apropriam dos objetos, produtos utilitários ou arte, os re-significando no tempo e no espaço. Conteúdo: 23

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN Matriz Curricular do Curso de Design Fase Cód. Disciplina Créditos Carga Horária 01

Leia mais

DESIGN. 1. TURNO: Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharelado. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

DESIGN. 1. TURNO: Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharelado. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos DESIGN 1. TURNO: Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharelado HABILITAÇÃO: Projeto do Produto PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 7 anos 2. OBJETIVO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO Objetivo: Proporcionar

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1 1 1 ACESSÓRIOS Fase: 5ª Carga Horária: 30h/a Créditos: 02 Concepção e desenvolvimento de desenho. Modelagem. Montagem. Técnicas de aprimoramento. Fichas técnicas. Processo de padronização. Mostruário.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 514502 INTRODUÇÃO AO DESIGN Conceituação e história do desenvolvimento do Design e sua influência nas sociedades contemporâneas no

Leia mais

MODA. HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

MODA. HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos MODA 1. TURNO: Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Moda PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 7 anos 2.

Leia mais

Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1

Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1 Fase Cod. Disciplina I II III IV Prérequisitos Carga Horária Teórica

Leia mais

Design Manual do curso

Design Manual do curso Design Manual do curso Informações gerais INFORMAÇÕES GERAIS Nome: curso de Design, bacharelado Código do currículo: 2130 Nível: curso superior de graduação Início: o curso de Design com habilitação em

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Curso de Jornalismo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Área 1 Jornalismo Especializado (1 vaga) Graduação Exigida: Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo Titulação mínima exigida:

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2016.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 49/15, 2015 de 7 de outubro de 2015. SUMÁRIO 2 1ª FASE... 4 01 DESENHO DE MODA I... 4 02 HISTÓRIA: ARTE E INDUMENTÁRIA...

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013 Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: COMUNICAÇÃO SOCIAL BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR PUBLICIDADE E PROPAGANDA SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

Ementas 2011 Tecnólogo em Segurança do Trabalho

Ementas 2011 Tecnólogo em Segurança do Trabalho Ementas 2011 Tecnólogo em Segurança do Trabalho Disciplina: Desenvolvimento Sustentável Capacitar e qualificar os alunos para o desenvolvimento e incremento de ações voltadas à proteção, conservação e

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de São Paulo. Curso null - null. Ênfase. Disciplina LAC1532T1 - Linguagem Visual I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de São Paulo. Curso null - null. Ênfase. Disciplina LAC1532T1 - Linguagem Visual I Curso null - null Ênfase Identificação Disciplina LAC1532T1 - Linguagem Visual I Docente(s) Rita Luciana Berti Bredariolli Unidade Instituto de Artes Departamento Departamento de Artes Cênicas, Educação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 63/14, 2011 de 10 de dezembro de 2014. 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO AO CONHECIMENTO TECNOLÓGICO...

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1 1 1 INTRODUÇÃO AO DESIGN DE MODA Terminologias e conceitos da área. Contextualização e processo de moda. Mercado. Ciência e. 2 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO Leitura analítica e crítica. Gêneros textuais.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 CRIATIVIDADE... 3 02 HISTÓRIA DA ARTE E DO DESIGN... 3 03 INTRODUÇÃO AO... 3 04 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 3

Leia mais

Design gráfico: Programas de Disciplinas e Seus Componentes Pedagógicos.

Design gráfico: Programas de Disciplinas e Seus Componentes Pedagógicos. Design gráfico: Programas de Disciplinas e Seus Componentes Pedagógicos. 1º PERÍODO Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCILINA: Metodologia Científica CARGA CÓDIGO CRÉDITOS HORÁRIA H11900 04

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MARKETING APLICADO A ENGENHARIA Código: ENGP - 587 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO UNIDADE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓD. CURSO CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO CÓD. DISC. DISCIPLINA 34033408 ARTE BRASILEIRA II CRÉDITOS ETAPA 3 Período CH ANO 2009

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Design

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Design Disciplina: Departamento: Interface Visual e Tecnológica Planejamento e Configuração - DEPC Carga Horária: 45 h/a Créditos: 03 Professor Responsável: Maria Regina Álvares Correia Dias EMENTA: Estudo dos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Artes Visuais busca formar profissionais habilitados para a produção, a pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Arte e Educação - JP0029 PROFESSOR: Ms. Clóvis Da Rolt I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II EMENTA A disciplina de Arte e

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CHS TEORIA PRÁTICA ANO 340.3451.1 ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE 4ª 04 04 2/2009 OBJETIVOS Desenvolver

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CURSO DE DESIGN DISCIPLINAS OPTATIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CURSO DE DESIGN DISCIPLINAS OPTATIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CURSO DE DESIGN DISCIPLINAS OPTATIVAS DDI11243 Estudo e Concepção de Jogos Estudo da história, conceituação e características dos jogos. Aspectos cognitivos, estéticos

Leia mais

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA DESIGN NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO Raciocínio Lógico Matemática Financeira A disciplina trata

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DA DISCIPLINA AUDIOVISUAL DA ESCOLA POLITÉCNICA DE SAÚDE JOAQUIM VENÂNCIO

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DA DISCIPLINA AUDIOVISUAL DA ESCOLA POLITÉCNICA DE SAÚDE JOAQUIM VENÂNCIO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DA DISCIPLINA AUDIOVISUAL DA ESCOLA POLITÉCNICA DE SAÚDE JOAQUIM VENÂNCIO 1. AUDIOVISUAL NO ENSINO MÉDIO O audiovisual tem como finalidade realizar-se como crítica da cultura,

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia Científica Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito e concepção de ciência

Leia mais

fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção

fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção Por que tenho saudade de você, no retrato ainda que o

Leia mais

fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção

fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção Por que tenho saudade de você, no retrato ainda que o mais recente? E por que um simples retrato, mais que você, me comove, se

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina 0003615B - História da Arte III

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina 0003615B - História da Arte III Curso 2302N - Bacharelado em Design Ênfase Identificação Disciplina 0003615B - História da Arte III Docente(s) Joedy Luciana Barros Marins Bamonte Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu).

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu). 43 RELAÇÃO DE EMENTAS CURSO: ARTES VISUAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA: Artes Visuais I CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA Coordenadora do Curso: Prof a Maria Cláudia Alves Guimarães IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Missão da Fean Formar profissionais competentes e eficientemente preparados para atuar no mercado, aptos a prever, antecipar e intervir positivamente nas mudanças e oportunidades.

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Marketing Aplicado à Engenharia Código: ENGP - 587 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO. 1. Das inscrições

EDITAL DE SELEÇÃO. 1. Das inscrições UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE DESIGN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN MESTRADO EM DESIGN EDITAL DE SELEÇÃO O Coordenador do Programa de

Leia mais

ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA

ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA ORGANIZAÇÃO SOCIAL NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS COPIADOS DE MODA EM EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE EM GOIÂNIA Humberto Pinheiro LOPES umpiro@gmail.com Faculdade de Artes Visuais Míriam da Costa Manso

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Curso: COMUNICAÇÃO SOCIAL 2. Código: 12 3.Modalidade(s): Bacharelado X Licenciatura Profissional

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Licenciatura em História Disciplina: Métodos e técnicas de pesquisa Histórica Carga Horária: 45h Teórica: 45h Prática: Semestre: 23.2 Professor: Reinaldo

Leia mais

Aulas expositivas, mesas-redondas e interação online. Cada mês, um tema para apreciação.

Aulas expositivas, mesas-redondas e interação online. Cada mês, um tema para apreciação. Universidade de Brasília Programa de Graduação em Comunicação Disciplina: Estética e Cultura de Massa (145548) Professor: Dr. Silva (1009478) Doutoranda: Segunda e quarta-feira (08h - 09h50) Xerox Elefante

Leia mais

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/ MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: HISTÓRIA LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 05 (CINCO)

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

DESIGN GRÁFICO. Criação Desenho Industrial:Resolução n.º 3007, de 16.07.96, alterada a denominação através da Resolução CEPE n.º 98, de 18.08.04.

DESIGN GRÁFICO. Criação Desenho Industrial:Resolução n.º 3007, de 16.07.96, alterada a denominação através da Resolução CEPE n.º 98, de 18.08.04. DESIGN GRÁFICO Criação Desenho Industrial:Resolução n.º 3007, de 16.07.96, alterada a denominação através da Resolução CEPE n.º 98, de 18.08.04. Implantação do Curso na UEL 24.02.97 Reconhecimento Decreto

Leia mais

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa Bacharelado em Engenharia Civil bibliografia complementar ALMEIDA, Márcio de Souza S. Aterros sobre solos moles: projeto e desempenho. 1. reimpr.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design)

MATRIZ CURRICULAR. (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design) Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR DESIGN DE MODA (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013

PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013 PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013 Curso: TECNOLOGIA EM MARKETING Habilitação: TECNOLÓGO Disciplina: FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING Período: M V N 3º semestre do Curso Carga Horária:

Leia mais

6. movimentos da câmara fotográfica.

6. movimentos da câmara fotográfica. Ficha de Unidade Curricular Designação - Fotografia Área Científica - FOT Ciclo de Estudos 1º Ciclo/ Lic. Som e Imagem Carácter - Obrigatória Semestre 2º Semestre ECTS - 6 Tempo de Trabalho- Total: 150h

Leia mais

Mostra de Projetos 2011 PROJETO "DIREITO E CINEMA"

Mostra de Projetos 2011 PROJETO DIREITO E CINEMA Mostra de Projetos 2011 PROJETO "DIREITO E CINEMA" Mostra Local de: Cornélio Procópio. Categoria do projeto: Projetos finalizados. Nome da Instituição/Empresa: (Campo não preenchido). Cidade: Cornélio

Leia mais

Faculdade de Engenharia de Presidente Prudente FEPP. Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores UNOESTE. E-mail: marcelomota@unoeste.

Faculdade de Engenharia de Presidente Prudente FEPP. Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores UNOESTE. E-mail: marcelomota@unoeste. 1032 MODELO CRIATIVO E AVALIAÇÃO NO DESIGN Marcelo José da Mota Faculdade de Engenharia de Presidente Prudente FEPP. Curso Superior de Tecnologia em Design de Interiores UNOESTE. E-mail: marcelomota@unoeste.br

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA I OBJETIVOS: DESCRIÇÃO DA EMENTA: BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

INTRODUÇÃO À ECONOMIA I OBJETIVOS: DESCRIÇÃO DA EMENTA: BIBLIOGRAFIA BÁSICA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA I I. O Sistema Econômico II. A circulação no Sistema Econômico III. Relações com o Exterior IV. O Setor Público IV. A Unidade Produtora no Sistema Econômico V. O Sistema Monetário

Leia mais

Considerações sobre Walter Benjamin e a Reprodutibilidade Técnica. mais possível. Com efeito, uma certeza acerca do conceito de arte é sua indefinição

Considerações sobre Walter Benjamin e a Reprodutibilidade Técnica. mais possível. Com efeito, uma certeza acerca do conceito de arte é sua indefinição Considerações sobre Walter Benjamin e a Reprodutibilidade Técnica Danilo L. Brito (UFRJ) A arte tem sido alvo de discussões de diferentes teóricos ao longo da história, desde os gregos, com sua concepção

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Móveis FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA. NÍVEL VII e VIII-MANHÃ; NÍVEL IX e X-NOITE

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA. NÍVEL VII e VIII-MANHÃ; NÍVEL IX e X-NOITE CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA NÍVEL VII e VIII-MANHÃ; NÍVEL IX e X-NOITE PROFESSORES - ORIENTADORES PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO Adriana S. Kurtz Mídia e cultura de massa Cinema

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

PLANO DE ENSINO BIBLIOGRAFIA BÁSICA. ASCENSÃO, José de Oliveira. Direito autoral. Rio de Janeiro: Forense, 1980.

PLANO DE ENSINO BIBLIOGRAFIA BÁSICA. ASCENSÃO, José de Oliveira. Direito autoral. Rio de Janeiro: Forense, 1980. PLANO DE ENSINO Disciplina: DIREITOS AUTORAIS: TEORIA CRÍTICA E Código: ESTUDO DE CASOS Natureza: ( ) obrigatória (X) optativa Semestral (X) Anual ( ) Modular ( ) Pré-requisito: Co-requisito: Modalidade:

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/ GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/ ESTRUTURA CURRICULAR DO 1º CICLO Bacharelado interdisciplinar em Artes e Design 3 anos Componentes curriculares

Leia mais

Ementa. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano

Ementa. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano Curso: Ciências Econômicas Modalidade: Bacharelado Turno: Noturno

Leia mais

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias C/H Memória Social 45 Cultura 45 Seminários de Pesquisa 45 Oficinas de Produção e Gestão Cultural 45 Orientação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO 2015 Design de Interiores Contemporâneo

PÓS-GRADUAÇÃO 2015 Design de Interiores Contemporâneo Os programas de Pós-Graduação oferecidos pela Faculdade de Tecnologia do Istituto Europeo di Design estão em conformidade legal e atendem as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e nº 1, de 8

Leia mais

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO ENADE VOLUME

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO ENADE VOLUME CADERNO PEDAGÓGICO TEORIAS DA COMUNICAÇÃO ENADE VOLUME 4 ISBN: 2015/1 ALUNO(A): APOIO PEDAGÓGICO: NUCLEO DE FORMAÇÃO GERAL ANNA PAULA SOARES LEMOS JOAQUIM HUMBERTO COELHO DE OLIVEIRA LUCIMAR LEVEGNHAGEN

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2009 Programa: Pós-Graduação stricto sensu em Educação/PPGE Área de Concentração: Sociedade,

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 10 h/a Créditos: 2 : A Antropologia enquanto ciência e seus principais ramos. Metodologia da pesquisa em Antropologia

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Física FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( X ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( X ) Presencial

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES 1 PERÍODO DISCIPLINA: Artes Visuais I CÓDIGO DA DISCIPLINA: APL008 PROGRAMA DE DISCIPLINA CARGA HORÁRIA: 60 h/s CRÉDITOS: 04 DEPARTAMENTO OFERTANTE:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA VISUAL MESTRADO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA VISUAL MESTRADO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA VISUAL MESTRADO ANO: PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Disciplina: Tópicos Especiais em Arte e Visualidades - Imagem

Leia mais

(30h/a 02 créditos) Dissertação III (90h/a 06 Leituras preparatórias para a

(30h/a 02 créditos) Dissertação III (90h/a 06 Leituras preparatórias para a GRADE CURRICULAR DO MESTRADO EM LETRAS: LINGUAGEM E SOCIEDADE DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 34 CRÉDITOS Teorias da Linguagem (60h/a 04 Teorias Sociológicas (60h/a 04 Metodologia da Pesquisa em Linguagem (30h/a

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 3º T 03 EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 3º T 03 EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Superior em Administração FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES:

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: A Teoria das Organizações em seu contexto histórico. Conceitos fundamentais. Abordagens contemporâneas da teoria e temas emergentes. Balanço crítico. Fornecer aos mestrandos

Leia mais

PROGRAMA PRONOTURNO-DESIGN

PROGRAMA PRONOTURNO-DESIGN PROGRAMA PRONOTURNO-DESIGN Proposta encaminhada ao Comitê Coordenador do Programa PRONOTURNO PROGRAD 1. Proposta O projeto apresentado a seguir diz respeito ao Grupo PRONOTURNO-Design e está estruturado

Leia mais

Projeto Música e Cidadania no CAp: Extensão, Universidade, Comunidade

Projeto Música e Cidadania no CAp: Extensão, Universidade, Comunidade 1 Projeto Música e Cidadania no CAp: Extensão, Universidade, Comunidade Maria Helena de Lima helenal@terra.com.br/helena.lima@ufrgs.br Universidade Federal do Rio Grande do Sul Resumo. Este artigo constitui

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( ) Presencial

Leia mais

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Tópicos Avançados em Memória Social 45 Tópicos Avançados em Cultura 45 Tópicos Avançados em Gestão de Bens Culturais 45 Seminários

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA PPGDIR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA PPGDIR Disciplina: METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS. Regente: Prof. Dr. Paulo Fernandes Keller Carga horária: 60 horas Número de créditos: Semestre letivo: 2013.2 1. EMENTA Epistemologia das Ciências Sociais.

Leia mais

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente

DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente DESIGN DE INTERAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS - NPG1143 DESIGN DE INTEGRAÇÃO E INTERFACES DIGITAIS (04/08/2014) Perfil Docente Pós-graduação lato ou stricto sensu na área da disciplina. Currículo publicado

Leia mais

ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO

ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO Animal print and symbolic consumption explaining models Garcia, Maria Carolina; Doutora; Centro Universitário Belas Artes, maria.garcia@belasartes.br

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO 1 Conteúdos conceituais ANEXO VI CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO CONSTRUÇÃO DO PENSAMENTO PSICOLÓGICO Definição dos conceitos de conhecimento científico e de senso comum; Estudo do processo de obtenção

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina Questão Ambiental e Energética Código Semestre Ano Letivo 1º 2014 Área de Concentração Desenvolvimento Territorial Linha de Pesquisa: 1 Campesinato, capitalismo e tecnologias;

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de AutoCAD 2D na Construção Civil. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de AutoCAD 2D na Construção Civil. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA EMENTA

PROGRAMA DA DISCIPLINA EMENTA UPE Campus Petrolina Obrigatória: ( x ) PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: GEOGRAFIA Disciplina: Geografia Urbana Carga Horária: 60 Teórica: Semestre: 8º. Professora: Gêisa Silva Prática: Obrigatória: ( x )

Leia mais

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado (

Leia mais

EMENTÁRIO DE COMPONENTES CURRICULARES

EMENTÁRIO DE COMPONENTES CURRICULARES Disciplinas obrigatórias: ICIA39 Administração de Unidades de Básica EMENTA: Conceitos de informação e gestão de organizações. Qualidade e competitividade (noções). Estudo de serviços de informação em

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA. Característica: Obrigatória. Créditos: 2 (30 h)

METODOLOGIA DA PESQUISA. Característica: Obrigatória. Créditos: 2 (30 h) METODOLOGIA DA PESQUISA Ementa: Pesquisa qualitativa e quantitativa. As técnicas de observação e o trabalho de campo: componentes do trabalho de campo: componentes do trabalho de campo. O método cientifico.

Leia mais

VIII Colóquio de Moda 5ºCongresso Internacional

VIII Colóquio de Moda 5ºCongresso Internacional FORMATO POSTER DESEJOS DE MUDANÇAS DESIRES FOR CHANGES Martins, Claudia Regina; Universidade Anhembi Morumbi cacau_regina@hotmail.com Navalon, Eloize; Msa; Universidade Anhembi Morumbi eloizenavalon@gmail.com

Leia mais

2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE DESENHO 10ª, 11ª e 12ª classes 2º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Área das Artes Visuais Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Desenho - 10ª, 11ª e 12ª classes EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica,

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROGRAMA GERAL DE COMPONENTE CURRICULAR - PGCC

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROGRAMA GERAL DE COMPONENTE CURRICULAR - PGCC FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROGRAMA GERAL DE COMPONENTE CURRICULAR - PGCC I. Identificação Área de Concentração: Estudos do Texto e do Discurso Linha de Pesquisa: Discurso, memória e identidade Disciplina:

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre DISCIPLINA: Antropologia e Sociologia

Leia mais

PROGRAMA DE ENSINO DA GRADUAÇÂO Bacharelado 2009 OPÇÃO

PROGRAMA DE ENSINO DA GRADUAÇÂO Bacharelado 2009 OPÇÃO UNIDADE UNIVERSITÁRIA Faculdade de Ciências e Tecnologia/UNESP CURSO DE Geografia HABILITAÇÃO PROGRAMA DE ENSINO DA GRADUAÇÂO Bacharelado 2009 OPÇÃO DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL Departamento de Geografia -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 351 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 01351 História da Matemática Créditos/horas-aula Súmula

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Móveis FORMA/GRAU:(X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS O programa irá prepará-lo para ser um especialista em Design de Interiores Comerciais na elaboração de projetos comerciais ou de serviços. MBA EM DESIGN DE INTERIORES

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

ARANTES, Priscila. Arte e mídia: perspectivas da estética. São Paulo: Senac São Paulo, 2008. 190 p. : il.

ARANTES, Priscila. Arte e mídia: perspectivas da estética. São Paulo: Senac São Paulo, 2008. 190 p. : il. ARANTES, Priscila. Arte e mídia: perspectivas da estética. São Paulo: Senac São Paulo, 2008. 190 p. : il. QUANTIDADE: 25 NÚMERO DE CHAMADA: 700.105 A684a TILLEY, Alvin R.; SALVATERRA, Alexandre (Tradução

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Disciplina: CRIAÇÃO PUBLICITÁRIA I Código: HT/OC 261 Curso: Comunicação Social Publicidade e Propaganda Pré-requisito: não tem Natureza: Semestral Carga horária: Aulas teóricas: 30 horas-aula Aulas práticas:

Leia mais

Aula 2 - Especi cidades do design. professor Rafael Ho mann

Aula 2 - Especi cidades do design. professor Rafael Ho mann Aula 2 - Especi cidades do design professor Rafael Ho mann Especi cidades do design Design de produto/industrial Trabalha com a criação e produção de objetos e produtos (bens de consumo) tridimensionais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Estudos filosóficos em educação I - JP0003 PROFESSOR: Dr. Lúcio Jorge Hammes I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60 (4 créditos) II EMENTA Aborda os pressupostos

Leia mais