ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS"

Transcrição

1 Ano Letivo 201/201 PLANIFICAÇÃO ANUAL Disciplina de MATEMÁTICA - 11º Ano Turma J A PROFESSORA: Paula Cristina Gomes 1

2 1. OBJECTIVOS GERAIS São finalidades da disciplina no ensino secundário: desenvolver a capacidade de usar a Matemática como instrumento de interpretação e intervenção no real; desenvolver a capacidade de seleccionar a Matemática relevante para cada problema da realidade; desenvolver as capacidades de formular e resolver problemas, de comunicar, assim como a memória, o rigor, o espírito crítico e a criatividade; promover o aprofundamento de uma cultura científica, técnica e humanista que constitua suporte cognitivo e metodológico tanto para a inserção plena na vida profissional como para o prosseguimento de estudos ; contribuir para uma atitude positiva face à ciência; promover a realização pessoal mediante o desenvolvimento de atitudes de autonomia e solidariedade; criar capacidades de intervenção social pelo estudo e compreensão de problemas e situações da sociedade actual e pela discussão de sistemas e instâncias de decisão que influenciam a vida dos cidadãos, participando desse modo na formação para a cidadania activa e participada. (Matemática - Programa Cursos Profissionais de Nível Secundário Ministério da Educação, Direcção Geral de Formação Vocacional 2004/0) 2

3 2. GESTÃO DO TEMPO 1º PERÍODO:...Início a 21/09/1... Conclusão a 17/12/1 NÚMERO DE AULAS PREVISTAS: FUNÇÕES PERIÓDICAS...43 aulas - FUNÇÕES RACIONAIS aulas 2º PERÍODO:...Início a 04/01/1...Conclusão a 17/03/1 NÚMERO DE AULAS PREVISTAS: 1 - FUNÇÕES RACIONAIS (continuação)...22 aulas - TAXA DE VARIAÇÃO aulas 3º PERÍODO:...Início a 04/04/1...Conclusão a 0/04/1 NÚMERO DE AULAS PREVISTAS: 4 - TAXA DE VARIAÇÃO (continuação)...4 aulas 3

4 PLANIFICAÇÃO DO 1º PERÍODO Matemática Ano Letivo 201/1 CONTEÚDOS Aulas Previstas MÓDULO A4 - FUNÇÕES PERIÓDICAS 43 Motivação: exemplos de movimentos periódicos. Movimentos Periódicos; Razões trigonométricas de um ângulo agudo; Generalização das noções de ângulo e arco; radiano; Seno, co-seno e tangente de um número real; Resolução de equações trigonométricas muito simples; Utilização das relações entre seno, co-seno e tangente. Funções trigonométricas domínios, contradomínios, etc.; 37 Gráficos das funções seno, co-seno e tangente; Simetria e paridade; Periodicidade; modelo de funções mais adequado à descrição da situação. Teste de Avaliação e respetiva correção. Trabalhos de MÓDULO A - FUNÇÕES RACIONAIS Motivação: estudo de relações numéricas concretas entre variáveis inversamente proporcionais. 21 Função racional; Características e comportamentos de algumas funções racionais: y 1 ( ax) 2 = ; y 1/ ( ax ) y = 1 a x h ; = ; ( ) 2 21 Assíntotas; Total de aulas previstas para o 1º Período 4 4

5 PLANIFICAÇÃO DO 2º PERÍODO Matemática Ano Letivo 201/1 CONTEÚDOS Aulas Previstas MÓDULO A - FUNÇÕES RACIONAIS (continuação) 22 Resolução de equações e inequações com fracções no contexto de resolução de problemas; modelo de funções mais adequado à descrição da situação. Teste de Avaliação e respetiva correção. Trabalhos de 1 MÓDULO A - TAXA DE VARIAÇÃO 29 Taxa de variação média: noção e cálculo. Interpretação geométrica e física das taxas de variação (média e num ponto). Taxa de variação com funções polinomiais; Taxas de variação com funções racionais e trigonométricas simples. 24 Relações entre valores e sinais das taxas de variação e comportamentos dos gráficos das funções (monotonia, ). modelo de funções mais adequado à descrição da situação. Teste de Avaliação e respetiva correção. Trabalhos de Total de aulas previstas para o 2º período 1

6 PLANIFICAÇÃO DO 3º PERÍODO Matemática Ano Letivo 201/1 CONTEÚDOS Aulas Previstas MÓDULO A - TAXA DE VARIAÇÃO (continuação) 4 modelo de funções mais adequado à descrição da situação (continuação). 3 Teste de Avaliação e respectiva correcção. Trabalhos de 1 Total de aulas previstas para o 3º período 4

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Tema/Subtema Conteúdos Metas Nº de Aulas Previstas Org.Trat.Dados / Planeamento Estatístico Especificação do problema Recolha de dados População

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Disciplina de MATEMÁTICA - 11º Ano Turma O A PROFESSORA: Teresa Clain 1 1. OBJECTIVOS GERAIS São finalidades da disciplina no ensino secundário: desenvolver a capacidade

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática Aplicada às Ciências Sociais Ensino Regular Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas 10º Ano Planificação 2014/2015 Índice Finalidades... 2 Objectivos e competências

Leia mais

Matemática B Programa do 11 ō Ano Texto para Discussão

Matemática B Programa do 11 ō Ano Texto para Discussão Matemática B Programa do 11 ō Ano Texto para Discussão Novembro de 2000 1 Notas Introdutórias 1.1 No 10 ō ano, os estudantes dos Cursos Tecnológicos recuperaram e aprofundaram, para um nível secundário,

Leia mais

Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web

Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web PROVA DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE REFERENCIAL DE CONHECIMENTOS E APTIDÕES Áreas relevantes para o curso de acordo com o n.º 4 do art.º 11.º do

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 OBJECTIVOS ESPECÍFICOS

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 OBJECTIVOS ESPECÍFICOS PROBABILIDADES E COMBINATÓRIA ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Introdução ao cálculo Conhecer terminologia das probabilidades de Probabilidades

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 COMPETÊNCIAS OBJECTIVOS CONCEITOS METEDOLOGIAS /SITUAÇÕES DE APREDIZAGEM AULAS PREVISTAS Módulo 11

Leia mais

CURSO: CONTABILIDADE E AUDITORIA

CURSO: CONTABILIDADE E AUDITORIA REGIME ESPECIAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS Ano 2012 ATENÇÃO: PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS A PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS SERÁ CONSTITUÍDA POR DOIS MÓDULOS. UM MÓDULO

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIA DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: MATEMÁTICA I SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:.

Leia mais

Colégio Liceal de Sta. Mª de Lamas - Ano Letivo de 2013/2014 Matrizes de INGLÊS Módulo 9 - A Comunicação no Mundo Profissional PROVA ESCRITA Duração - 90 minutos 1. Objeto de avaliação A prova tem por

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS 1 Ano Letivo de 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Disciplina de MATEMÁTICA - 10º Ano Turma N Curso Profissional de Técnico de Termalismo Professora: Cláudia Domingues 2 1.OBJETIVOS GERAIS São finalidades da

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500. Planificação Anual /Critérios de avaliação

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500. Planificação Anual /Critérios de avaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Matemática A 10º ano 2014/2015 Início Fim

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática A 10º ano Ano Letivo 2015/2016 TEMA

Leia mais

MATEMÁTICA Abril 2015

MATEMÁTICA Abril 2015 152547 - Agrupamento de Escolas D. António Ferreira Gomes 342592 - Escola E.B. 2,3 D. António Ferreira Gomes INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA Abril 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

A classificação final da prova será calculada de acordo com os seguintes critérios:

A classificação final da prova será calculada de acordo com os seguintes critérios: ANEXO II Estrutura e Referenciais da Prova de Ingresso Curso Técnico Superior Profissional em Climatização e Refrigeração da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu 1. Introdução Relativamente

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 7º ano PROFESSORAS: SANDRA MARA

Leia mais

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS O conteúdo programático de Matemática dos processos seletivos da UFU tem como objetivo identificar a habilidade do estudante em resolver problemas, fazer conexões

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA PLANOS DE CURSO PARA 6º E 7º ANOS Campina Grande, 2011 -

Leia mais

Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1

Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1 Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1 Período letivo do 1º semestre de 2012 para Matemática Básica De 30 de janeiro de 2012 a 01 de julho de 2012 1ª semana 30/01 a 05/02 Assunto: Números Naturais

Leia mais

b : nas representações gráficas de funções do tipo

b : nas representações gráficas de funções do tipo do as suas escolhas a partir daí. Nesta situação, tendem a identificar as assímptotas verticais, as assímptotas horizontais e a associar as representações analítica e gráfica que têm estas características

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas

Escola Básica e Secundária de Velas Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual do 12º Ano Matemática A Ano letivo 2015 /2016 1º Período 2º Período 3º Período Nº DE BLOCOS PREVISTOS 39 32 24 Apresentação 0,5 1º Período 2º Período

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA 5º ano 2012/2013 UNIDADE: Números e Operações 1 - NÚMEROS NATURAIS OBJECTIVOS GERAIS: - Compreender e ser capaz de usar propriedades dos números inteiros

Leia mais

Curso de Formação Complementar. Apresentação

Curso de Formação Complementar. Apresentação Curso de Formação Complementar I Apresentação O curso de Formação Complementar destina-se a jovens titulares de cursos de Tipo 2, Tipo 3 ou outros cursos de qualificação inicial de nível 2, que pretendam

Leia mais

UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO

UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO DANIELLA ASSEMANY DA GUIA CAp- UFRJ danyprof@bol.com.br 1.1. RESUMO Esta comunicação científica tem como objetivo tratar e apresentar a Geometria

Leia mais

Função Logarítmica Função Exponencial

Função Logarítmica Função Exponencial ROTEIRO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2014 Aluno (a): nº 1ª Série Turma: Data: /10/2014. 3ª Etapa Professor: WELLINGTON SCHÜHLI DE CARVALHO Caro aluno, O objetivo desse roteiro é orientá-lo em relação aos conteúdos

Leia mais

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP)

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) 1. Apresentação/Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado especialmente a alunos graduados

Leia mais

Matriz Curricular de Matemática 6º ao 9º ano 6º ano 6º Ano Conteúdo Sistemas de Numeração Sistema de numeração Egípcio Sistema de numeração Romano Sistema de numeração Indo-arábico 1º Trimestre Conjunto

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL RELAÇÃO

Leia mais

Planejamento Anual 2014. Modalidade: Ensino Médio. Disciplina: Matemática. 1º Ano D. Prof: Alan Ricardo Lorenzon

Planejamento Anual 2014. Modalidade: Ensino Médio. Disciplina: Matemática. 1º Ano D. Prof: Alan Ricardo Lorenzon COLEGIO ESTADUAL DARIO VELLOZO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL Rua Haroldo Hamilton, 271 Centro - CEP 85905-390 Fone/Fax 45 3378-5343 - Email: colegiodariovellozo@yahoo.com.br Toledo Paraná Planejamento

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS- 3ºCICLO - DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

AVALIAÇÃO EFECTUADA PELO COORDENADOR DE DEPARTAMENTO. A - Preparação e organização das actividades N A

AVALIAÇÃO EFECTUADA PELO COORDENADOR DE DEPARTAMENTO. A - Preparação e organização das actividades N A AVALIAÇÃO EFECTUADA PELO COORDENADOR DE DEPARTAMENTO Nome do Docente: Período de Avaliação:200 / 2009 Grupo de Recrutamento: Departamento: A - Preparação e organização das actividades N A A.1 Correcção

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES MAGALHÃES 1º CICLO. Critérios de Avaliação. 2º Ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES MAGALHÃES 1º CICLO. Critérios de Avaliação. 2º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES MAGALHÃES 1º CICLO Critérios de Avaliação 2º Ano Atitudes e Valores Conhecimentos e Capacidades Disciplina: PORTUGUÊS Domínio Parâmetros de Avaliação Instrumentos de

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ DISCIPLINA PRISE/PROSEL - 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ DISCIPLINA PRISE/PROSEL - 1ª ETAPA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ DISCIPLINA PRISE/PROSEL - 1ª ETAPA Competência Geral para a Matemática no Ensino Médio: Reconhecer, Interpretar e utilizar as informações matemáticas selecionadas a partir

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva DISCIPLINA: INGLÊS Módulo 4: Os Media e a Comunicação Global: A evolução dos media; A Internet e a Comunicação

Leia mais

Instituto dos Pupilos do Exército

Instituto dos Pupilos do Exército Instituto dos Pupilos do Exército Critérios de Avaliação 015-016 Página 1 de 5 1. Introdução A aplicação de critérios de avaliação pretende refletir o resultado da apreciação clara, coerente e objetiva

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO PLANO DE ENSINO. Modalidade de Ensino: Componente Curricular: Matemática Básica

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO PLANO DE ENSINO. Modalidade de Ensino: Componente Curricular: Matemática Básica 1 IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Química Componente Curricular: Matemática Básica Área: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO PLANO DE ENSINO Modalidade de Ensino: Superior

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: MAR 33 Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): - Período: IV Ano: 2015.2

PLANO DE CURSO. Código: MAR 33 Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): - Período: IV Ano: 2015.2 PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Pesquisa de Marketing Professor: Daiany Macieira Varjão e-mail: daianymv@gmail.com Código: MAR 33 Carga Horária:

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS- 3ºCICLO - DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO - 2013 VP4 MATEMÁTICA 3 a ETAPA 6 o ao 9º Ano INTEGRAL ENSINO FUNDAMENTAL 1º E 2º ANOS INTEGRAIS ENSINO MÉDIO

ROTEIRO DE ESTUDO - 2013 VP4 MATEMÁTICA 3 a ETAPA 6 o ao 9º Ano INTEGRAL ENSINO FUNDAMENTAL 1º E 2º ANOS INTEGRAIS ENSINO MÉDIO 6 o ANO MATEMÁTICA I Adição e subtração de frações: Frações com denominadores iguais. Frações com denominadores diferentes. Multiplicação de um número natural por uma fração. Divisão entre um número natural

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: MATEMÁTICA Período: Anual Professor: AMPARO MAGUILLA RODRIGUEZ Série e segmento: 1º ENSINO MÉDIO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE Objetivo Geral * Desenvolver

Leia mais

CFC - (ACESSO A CEF TIPO 5 TÉCNICO DE INFORMÁTICA) Planificação anual de Empreendedorismo e Organização da Empresa

CFC - (ACESSO A CEF TIPO 5 TÉCNICO DE INFORMÁTICA) Planificação anual de Empreendedorismo e Organização da Empresa CFC - (ACESSO A CEF TIPO 5 TÉCNICO DE INFORMÁTICA) Planificação anual de Empreendedorismo e Organização da Empresa Turma Única Professora: Maria do Carmo Aboim Madeira 1 - Estrutura e finalidades da disciplina

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS

CONHECIMENTOS GERAIS CANDIDATO (S) AO 6º ANO - EF CANDIDATO (S) AO 7º ANO - EF CANDIDATO (S) AO 8º ANO - EF CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS CONJUNTO DOS NÚMEROS RACIONAIS EQUAÇÃO DO 1º GRAU SISTEMA DE EQUAÇÕES DO 1º GRAU PROBLEMAS

Leia mais

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série)

Universidade Federal do Pará Processo Seletivo Seriado Conteúdo de Matemática - (1ª série) Relacionar e resolver problemas que envolvem conjuntos; Reconhecer, operar e resolver problemas com conjuntos numéricos; Compreender os conceitos e propriedades aritméticas; Resolver problemas de porcentagem,

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Os Conteúdos Programáticos estão enunciados segundo o programa em vigor e as Metas Curriculares definidas pelo ministério da Educação e Ciência.* 1º Período 26/28 aulas previstas

Leia mais

Guião da Atividade Aceite para publicação em 22 de Setembro de 2011

Guião da Atividade Aceite para publicação em 22 de Setembro de 2011 Aceite para publicação em 22 de Setembro de 2011 Ficha técnica Autor da atividade : José António Fernandes de Freitas Licença da atividade: Creative Commons da Casa das Ciências José António Fernandes

Leia mais

PROJECTO MAIS SUCESSO ESCOLAR A MATEMÁTICA

PROJECTO MAIS SUCESSO ESCOLAR A MATEMÁTICA PROJECTO MAIS SUCESSO ESCOLAR A MATEMÁTICA 2010/2011 Coordenadora Elvira Maria Azevedo Mendes Projecto: Mais Sucesso Escolar Grupo de Matemática 500 1 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJECTO 1.1 Nome do projecto:

Leia mais

Avaliação da Aprendizagem

Avaliação da Aprendizagem Avaliação da Aprendizagem A avaliação constitui um processo regulador do ensino, orientador do percurso escolar e certificador dos conhecimentos adquiridos e capacidades desenvolvidas pelo aluno. A avaliação

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016

PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016 PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016 Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPADRV) 1. PLANO DE ESTUDOS Os cursos vocacionais do ensino

Leia mais

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. OCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Critérios de Avaliação. 3º Ano. Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães 1º Ciclo

Critérios de Avaliação. 3º Ano. Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães 1º Ciclo Critérios de Avaliação 3º Ano 1º Ciclo Disciplina: PORTUGUÊS Domínio Parâmetros de Avaliação Instrumentos de avaliação Ponderação Oralidade Assimilar e expressar as ideias essenciais e as intenções de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 4 DE ÉVORA. Critérios específicos de avaliação História

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 4 DE ÉVORA. Critérios específicos de avaliação História Critérios específicos de avaliação História Ponto 1 : Informações gerais Os elementos de avaliação serão classificados de forma qualitativa, de acordo com a terminologia que a seguir se indica. A classificação

Leia mais

GRUPO DISCIPLINAR DE INGLÊS - 330. Critérios de Avaliação. Ano letivo 2015/2016

GRUPO DISCIPLINAR DE INGLÊS - 330. Critérios de Avaliação. Ano letivo 2015/2016 GRUPO DISCIPLINAR DE INGLÊS - 330 Critérios de Avaliação Ano letivo 2015/2016 Em conformidade com os programas e respectivas orientações e processos de operacionalização da disciplina de Inglês procurou-se

Leia mais

MATEMÁTICA I AULA 07: TESTES PARA EXTREMOS LOCAIS, CONVEXIDADE, CONCAVIDADE E GRÁFICO TÓPICO 02: CONVEXIDADE, CONCAVIDADE E GRÁFICO Este tópico tem o objetivo de mostrar como a derivada pode ser usada

Leia mais

Registo de Disciplinas

Registo de Disciplinas 16-09-2009 1 1 Apresentação. Preenchimento das fichas individuais dos alunos. 12:27 16-09-2009 2 2 Informação sobre o material necesario para o decorrer das aulas. Normas e regras. Ficha de criptografia.

Leia mais

A formação do licenciado em matemática

A formação do licenciado em matemática A formação do licenciado em matemática VIANA,P.A. Sobral Matemática Universidade Estadual Vale do Acaraú 6 de agosto de 2011 paty.alvi@hotmail.com pré-prints da Sobral Matemática no.2011-02 Editor Tarcisio

Leia mais

FUNDAMENTOS DE UMA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA

FUNDAMENTOS DE UMA EDUCAÇÃO CIENTÍFICA O sistema educativo deve garantir a coordenação, a consistência e a coerência do ensino para o desenvolvimento da educação científica Critérios de qualidade O conhecimento dos alunos e das suas aptidões

Leia mais

GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE. Cursos Profissionais. Ano Lectivo 2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA

GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE. Cursos Profissionais. Ano Lectivo 2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Cursos Profissionais Ano Lectivo 2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PLANIFICAÇÃO ANUAL ECONOMIA (2º ano de formação) Página 1 de 6 Competências Gerais Usar os conceitos

Leia mais

CURSOS VOCACIONAIS PRÁTICA SIMULADA REGULAMENTO ESPECÍFICO

CURSOS VOCACIONAIS PRÁTICA SIMULADA REGULAMENTO ESPECÍFICO REGULAMENTO ESPECÍFICO MARÇO DE 2014 ÍNDICE ENQUADRAMENTO NORMATIVO... 1 ÂMBITO E DEFINIÇÃO 1 CONDIÇÕES DE ACESSO 1 OBJETIVOS 1 COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER 2 ESTRUTURA E DESENVOLVIMENTO DE PS 2 AVALIAÇÃO

Leia mais

Vestibular 2ª Fase Resolução das Questões Discursivas

Vestibular 2ª Fase Resolução das Questões Discursivas COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 010 Prova de Matemática Vestibular ª Fase Resolução das Questões Discursivas São apresentadas abaixo possíveis

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO CURSO DE MATEMÁTICA APLICADA À ECONOMIA E GESTÃO ANÁLISE MATEMÁTICA I ELEMENTOS DE ANÁLISE REAL Volume 1 Por : Gregório Luís I PREFÁCIO O presente texto destina-se

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia 1. Componentes curriculares O currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia engloba as seguintes dimensões. 1.1. Conteúdos de natureza teórica Estes conteúdos

Leia mais

Proposta para Abordagem da Trigonometria da Primeira Volta Utilizando o Software Sintesoft Trigonometria 2.0

Proposta para Abordagem da Trigonometria da Primeira Volta Utilizando o Software Sintesoft Trigonometria 2.0 Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Exatas, Curso de Licenciatura em Ciências Exatas, com habilitação integrada em Física, Química e Matemática Atividades desenvolvidas na pesquisa Inserção

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 EMENTA DA DISCIPLINA O Estudo das funções e suas aplicações

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE ALUNOS

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE ALUNOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 4 DE ÉVORA SEDE: ESCOLA SECUNDÁRIA ANDRÉ DE GOUVEIA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE ALUNOS INGLÊS ESPANHOL FRANCÊS ENSINO BÁSICO (2.º e 3.º CICLOS) ENSINO

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA 1 - IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO CURSO: Técnico Subsequente em Agricultura DISCIPLINA/ COMPONENTE CURRICULAR: Matemática Aplicada a Agricultura ANO/ CARGA

Leia mais

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos

Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Análise dos resultados da informação relativa à aprendizagem dos alunos Avaliação do impacto das atividades desenvolvidas nos resultados escolares de 2014/2015 Plano estratégico para 2015/2016 (Conforme

Leia mais

PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental. Desenvolvimento de atividades

PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental. Desenvolvimento de atividades PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental 1. Atividade: Aula de reforço Desenvolvimento de atividades 2. Objetivo da atividade: Identificar

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação DGEstE Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Centro Agrupamento de Escolas Figueira Mar Critérios de Avaliação 1º Ciclo Ano Letivo 14/ Terminologia a utilizar na classificação

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Departamento de Línguas Grupos: 220; 300; 320; 330; 350 ESCOLA BÁSICA DO 2º CICLO DE PINHEL Critérios de Avaliação de Língua Portuguesa- 2º Ciclo O R A L I D A D E Componente Cognitiva

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA AVALIAÇÃO CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2)

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA AVALIAÇÃO CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2) DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2) ENQUADRAMENTO Os programas de Educação Física não se estruturam segundo o fraccionamento de domínios/áreas da personalidade,

Leia mais

Conhecer melhor os números

Conhecer melhor os números A partir do Currículo Nacional de Matemática do 7º ano de escolaridade desenvolvem-se actividades com recurso ao computador utilizando essencialmente Excel e Geogebra Conhecer melhor os números Esta unidade

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo

Leia mais

Capítulo 2. Funções complexas. 2.1. Introdução

Capítulo 2. Funções complexas. 2.1. Introdução Capítulo Funções complexas 1 Introdução Neste capítulo consideram-se vários exemplos de funções complexas e ilustram-se formas de representação geométrica destas funções que contribuem para a apreensão

Leia mais

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Eduardo Campos VICE-GOVERNADOR João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO Ricardo

Leia mais

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS. 1 - Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais de Educação Física

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS. 1 - Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais de Educação Física CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS Os Critérios de Avaliação de Educação Física têm como base de referência os seguintes documentos: 1. Decreto-Lei nº 139 de 5 de julho de 2012 2. Currículo Nacional

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO DE MATEMÁTICA 8.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de relacionar números racionais e dízimas, completar a reta numérica e ordenar números

Leia mais

2014/2015. 9º Ano Turma A. Orientação Escolar e Vocacional

2014/2015. 9º Ano Turma A. Orientação Escolar e Vocacional 2014/2015 9º Ano Turma A Orientação Escolar e Vocacional Programa de Orientação Escolar e Profissional 9.º Ano e agora??? Serviço de Apoios Educativos Ano Lectivo 2014/2015 Orientação Escolar e Profissional

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Planificação Psicologia º Ano ANO LETIVO 2015/2016 º GRUPO B MÓDULO 1- Descobrindo a Psicologia 26 1. Especificidade da Psicologia

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO D. MANUEL I BEJA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO D. MANUEL I BEJA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA 7º Ano actividades - mas apenas de algumas modalidades). EDUCAÇÃO FÍSICA 8º Ano actividades - mas apenas de algumas modalidades). EDUCAÇÃO FÍSICA 9º Ano actividades - mas apenas de algumas

Leia mais

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 A Prefeitura Municipal de João Pessoa - PB, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Área de conhecimento: :CIENCIAS DA NATUREZA, MATEMATICA E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular:

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Domínio Cognitivo - 60% Domínio Sócio afectivo- 40% Oralidade (Compreensão do Oral e Expressão Oral) - 5%

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Domínio Cognitivo - 60% Domínio Sócio afectivo- 40% Oralidade (Compreensão do Oral e Expressão Oral) - 5% Domínio Cognitivo - Domínio Sócio afectivo- Componente geral Português Oralidade (Compreensão do Oral e Expressão Oral) - 5% Testes de (30%) Gramática - 5% Leitura e Escrita - 20% Organização do material

Leia mais

3)Seno de alguns arcos importantes

3)Seno de alguns arcos importantes Aula 4-A -Funções trigonométricas no ciclo trigonométrico ) Função seno (definição) )Gráfico da função seno )Seno de alguns arcos imortantes 4) Equações e inequações 5) Resolução de exercícios ) Função

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1

A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1 A MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR POLICIAL 1 A IMPORTÂNCIA DA MATEMÁTICA O desenvolvimento das sociedades tem sido também materializado por um progresso acentuado no plano científico e nos diversos domínios

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO. Planificação anual

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO. Planificação anual Agrupamento de Escolas Júlio Dantas 1515 ESCOLA SECUNDÁRIA JÚLIO DANTAS LAGOS (00312) CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE DESIGN GRÁFICO Disciplina: sign Gráfico - 10ºH Professores: Mara Taquelim, Rui Calmeiro.

Leia mais

Anexo 1. Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria

Anexo 1. Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria Aneo 1 Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria Quadro 1 Área a avaliar: Resultados do 1º Período Sucesso

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Cientifico-Humanísticos

AVALIAÇÃO DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Cientifico-Humanísticos AVALIAÇÃO DO ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Cientifico-Humanísticos PORTUGUÊS 2 2 2 1 Oralidade Leitura Escrita Funcionamento da Língua LITERATURA PORTUGUESA 90% Domínio do Conhecimento 3 3 Leitura Escrita Oralidade

Leia mais

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa EDUCAÇÃO INFANTIL JUSTIFICATIVA O momento social, econômico, político e histórico em que vivemos está exigindo um novo perfil de profissional, de cidadão: informado, bem qualificado, crítico, ágil, criativo,

Leia mais

Componente de Formação Técnica. Disciplina de

Componente de Formação Técnica. Disciplina de CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Técnico de Multimédia PROGRAMA Componente de Formação Técnica Disciplina de Projecto e Produção Multimédia Escolas Proponentes / Autores Direcção-Geral de Formação

Leia mais

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma*

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Glória Macedo, PQND do 4º Grupo do 2º Ciclo do EB e Formadora do CFAE Calvet de Magalhães, Lisboa A Reorganização Curricular do Ensino Básico

Leia mais

AULA PRÁTICA UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM SISTEMAS DE COORDENADAS GEODÉSICAS

AULA PRÁTICA UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM SISTEMAS DE COORDENADAS GEODÉSICAS AULA PRÁTICA UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM SISTEMAS DE COORDENADAS GEODÉSICAS PROF. DR. CARLOS AURÉLIO NADAL Transformação de graus, minutos e segundos em radianos e minutos A B C D E F 1 grau

Leia mais

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades.

1. Linguagens e Códigos; 2. Raciocínio Lógico e Matemática; 3. Leitura e Interpretação de Textos; 4. Atualidades. ANEXO I - PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS E DE REDAÇÃO Prova (Todos os Cursos) Trabalhando em consonância com as diretrizes curriculares nacionais, o UNIFEMM entende que as avaliações do processo

Leia mais

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES ESCOLA BÁSICA LUÍS DE STTAU MONTEIRO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE LOURES AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES DOMÍNIOS / CRITÉRIOS 3º Ciclo DISCIPLINA COGNITIVO / OPERATIVO E INSTRUMENTAL CONHECIMENTOS

Leia mais

AULA COM O SOFTWARE GRAPHMATICA PARA AUXILIAR NO ENSINO E APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

AULA COM O SOFTWARE GRAPHMATICA PARA AUXILIAR NO ENSINO E APRENDIZAGEM DOS ALUNOS AULA COM O SOFTWARE GRAPHMATICA PARA AUXILIAR NO ENSINO E APRENDIZAGEM DOS ALUNOS Tecnologias da Informação e Comunicação e Educação Matemática (TICEM) GT 06 Manoel Luiz de Souza JÚNIOR Universidade Estadual

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty

qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOÃO CARLOS CELESTINO GOMES uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 5.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL ANO LETIVO 2012/2013 Planificação Global 5º Ano 2012-2013 1/7 NÚMEROS

Leia mais