EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO"

Transcrição

1 Agrupamento de escolas de Santa Maria dos Olivais Escola Secundária António Damásio Escola Básica 2-3 dos Olivais GRUPO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 3.º Ciclo e Ensino Secundário 2014/2015

2 INTRODUÇÃO A avaliação é um processo contínuo e sistemático que tem como principal finalidade contribuir para que os alunos atinjam determinados objetivos estabelecidos para a aprendizagem. Respeitando o princípio da continuidade, recorrer- se- á à Avaliação Inicial, Avaliação Formativa e Avaliação Sumativa. A classificação ocorre apenas no final dos períodos, e constitui uma forma de traduzir os resultados da avaliação. Dada a necessidade crescente de desenvolvimento das capacidades sociais, foi decidido dar uma maior ênfase às ATITUDES E VALORES, de modo a fomentar comportamentos responsáveis, com reflexo real e significativo na avaliação final do aluno. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Na disciplina de Educação Física, segundo os Programas Nacionais de Educação Física (PNEF), a avaliação incide sobre as seguintes três áreas: Atividades; Aptidão física; Conhecimentos. A avaliação consiste em verificar com o maior rigor possível, em que medida o aluno atingiu os objetivos previstos. O aluno, para efeitos de aprovação na disciplina, como resultado da aplicação da seguinte fórmula, terá que obter uma classificação igual ou superior a 3 no Básico e 10 no Secundário: (Atividades Físicas x 0,7+Aptidão Física x 0,2 + Conhecimentos x 0,1) 3 (ou 10) 2/11

3 Atividades Físicas A classificação obtida nesta área corresponde a 70% da nota final dos alunos. Neste parâmetro, estão incluídas as Modalidades e as Atitudes e Valores. Modalidades no 3º Ciclo São consideradas para avaliação de cada aluno os sete melhores níveis obtidos (onde revelou melhores níveis de interpretação) nas modalidades lecionadas, selecionadas de entre as categorias abaixo discriminados: - Categoria A (Futebol, Andebol, Basquetebol e Voleibol); - Categoria B (Ginástica de Solo, Ginástica de Aparelhos e Ginástica Acrobática); - Categoria C (Atletismo); - Categoria D (Patinagem); - Categoria E (Danças Tradicionais e Danças Sociais); - Categoria F (Raquetes); - Categoria G (Corfebol, Judo, Ginástica Rítmica, Aeróbica, Râguebi, Jogos Tradicionais). Em cada atividade lecionada o aluno é situado num nível, ao qual corresponde um valor numérico. A média aritmética de todos os valores obtidos será a classificação do aluno nas Modalidades, quantificada em 40% da nota final (quadro 1). Modalidades no Secundário No 10º, 11º e 12º ano, e respeitando o regime de opções do ensino secundário, os alunos e o Professor devem selecionar duas atividades da Categoria A, uma da B, uma da C e duas das D, E, F ou G. Em cada atividade lecionada o aluno é situado num nível, ao qual corresponde um valor numérico. A média aritmética de todos os valores obtidos será a classificação do aluno nas Modalidades, quantificada em 40% da nota final (quadro 2). 3/11

4 Atitudes e Valores no 3º Ciclo e Ensino Secundário São considerados três parâmetros de Avaliação: Assiduidade e Pontualidade (10%). o O aluno é assíduo, pontual e vem devidamente equipado para a prática da disciplina Cooperação (10%). o Coopera com os colegas e professores, demonstrando empenho e interesse nas tarefas propostas Comportamento Social (10%). o Trata com respeito e cordialidade os colegas, professores e funcionários e respeita instalações e materiais 4/11

5 Aptidão Física Esta área refere- se à condição física e representa 20% da avaliação final. Os alunos serão avaliados em três componentes: Aptidão Aeróbia, Aptidão Muscular (força, resistência e flexibilidade) e Composição Corporal, sendo que neste último o Índice de Massa Corporal (IMC) será utilizado apenas como elemento indicador e de referência para o aluno. Para os outros serão utilizados cinco testes do Fitnessgram: Vai- Vem, Abdominais, Extensões de Braços, Senta e Alcança, Impulsão horizontal. Os resultados obtidos pelos alunos deverão situar- se na Zona Saudável da Aptidão Física (ZSAF). Em cada um corresponde uma nota individual de acordo com o desempenho, de cuja média resultará a classificação final. Vide Quadro 3 em Anexos Conhecimentos A área dos conhecimentos representa 10% da avaliação final e refere- se à aquisição por parte dos alunos de determinados conteúdos teóricos, de grau de dificuldade diferenciada entre o 3º ciclo e o Secundário. A avaliação dos conteúdos poderá assumir várias formas, designadamente a de fichas de trabalho, testes escritos e trabalhos individuais ou em grupo, podendo ainda ser oral ou escrita No 3º Ciclo os temas a abordar são seleccionados de entre os que estão descritos nos PNEF para cada ano de escolaridade. No Secundário a avaliação será efetuada através dos seguintes temas: 10º ano Capacidades motoras e treino desportivo ; 11º ano A influência da pratica da atividade física na saúde dos indivíduos ; 12º ano Alimentação e saúde 5/11

6 ALUNOS COM ATESTADO MÉDICO A classificação final obtida será a resultante, das notas obtidas em cada um dos parâmetros de avaliação seguintes: - Trabalho Diário 60% - Conhecimentos 10% - Atitudes e Valores 30% O Trabalho Diário é definido no início do ano letivo sendo comunicado ao aluno o que compreende. Pode corresponder às tarefas desempenhadas na aula e aos conhecimentos adquiridos nas mesmas e respetiva avaliação oral ou escrita ou pode assumir a forma de um Caderno Diário avaliado em cada período escolar, onde deve constar o registo de todas as matérias leccionadas, as aprendizagens adquiridas e, numa perspetiva crítica fundamentada, as ocorrências das aulas. Os Conhecimentos e as Atitudes e valores são avaliados da mesma forma que para os outros alunos. 6/11

7 Critérios de Avaliação de Educação Física Cursos Profissionais 2014/2015 O aluno, para efeitos de aprovação nos Módulos (1, 2, 3, 4, 6, 7, 8, 9, 11, 12, 13, 14) correspondentes às Atividades Físicas, terá que obter uma classificação igual ou superior 10, em cada Módulo, como resultado da aplicação da seguinte fórmula: (Atividades Físicas x 0,6 +Atitudes e Valores x 0,4) 10 Nas atitudes e valores são considerados os seguintes parâmetros:. Assiduidade e Pontualidade : 10%. O aluno é assíduo, pontual e vem devidamente equipado para a prática da disciplina.. Cooperação: 10%. Coopera com os colegas e professores, demonstrando empenho e interesse nas tarefas propostas.. Comportamento social: 20%. Trata com respeito e cordialidade os colegas, professores e funcionários e respeita instalações e material. O aluno, para efeitos de aprovação no Módulo 16 (parte I - 10º ano + parte II - 11º ano + parte III 12º ano) correspondente à Aptidão Física, terá que obter uma classificação igual ou superior 10, como resultado da aplicação da seguinte fórmula: média dos testes no 10ª Ano 10 média dos testes 11º ano 10 média dos testes 12º ano 10 O aluno, para efeitos de aprovação nos Módulos (5, 10 e 15) correspondentes às Atividades Físicas em contextos de Saúde, terá que obter uma classificação igual ou superior 10, em cada Módulo, como resultado da aplicação da seguinte fórmula: (Conhecimentos x 0,8 +Atitudes e Valores x 0,2) 10 7/11

8 ANEXOS 8/11

9 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA 3º CICLO Quadro 1 3º Ciclo Áreas % Nota Níveis Atividades Físicas Modalidades 40% 1-5 Média dos níveis das modalidades 70% Atitudes e Valores 30% 1-5 Média das notas nos parâmetros Aptidão Física 20% 1-5 Média dos níveis dos testes do Fitnessgram Conhecimentos 10% 1-5 Média ponderada das classificações obtidas nos parâmetros CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA O SECUNDÁRIO Quadro 2 SECUNDÁRIO Áreas % Nota Níveis Atividades Físicas Modalidades 40% 0-20 Média dos níveis das modalidades 70% Atitudes e Valores 30% 0-20 Média das notas nos parâmetros Aptidão Física 20% 0-20 Média dos níveis dos testes do Fitnessgram Conhecimentos 10% 0-20 Média ponderada das classificações obtidas nos parâmetros 9/11

10 Quadro 3 20% Aptidão Física - Tabela de Classificação do FITNESSGRAM 3º ciclo 3 testes obrigatórios : - vai-vem; - abdominais; - senta e alcança Testes do Fitnessgram Nível 3 testes na zona saudável da aptidão física 5 2 testes na zona saudável da aptidão física 4 1 teste na zona saudável da aptidão física 3 0 testes na zona saudável da aptidão física 2 Não realizou os testes 1 Ensino Secundário Classificação/ valores número de testes Classificação/ valores número de testes 10 3 testes positivos 16 5 testes positivos dos quais 1 é MB 11 3 testes positivos dos quais 1 ou 2 são MB 17 5 testes positivos dos quais 2 são MB 12 3 testes MB ou 4 positivos 18 5 testes positivos dos quais 3 são MB 13 4 testes positivos dos quais 1 é MB 19 5 testes positivos dos quais 4 são MB 14 4 testes positivos dos quais 2 ou 3 são MB 20 5 testes MB 15 4 testes MB ou 5 positivos Actualizado em 15 de Setembro de 2014 NOTA: Para avaliação do final de cada período tem-se em conta o melhor registo de cada teste, realizado ao longo do ano, até à data da avaliação. 10/11

11 RAPARIGAS idade* Vai Vem Abdominais Extensão de braços Extensão do tronco Senta e Alcança Impulsão horizontal (percursos) (execuções) (execuções) (cm) (cm) (cm) P MB P MB P MB P MB P MB P MB , , , , , , , RAPAZES idade* Vai Vem Abdominais Extensão de braços Extensão do tronco Senta e Alcança Impulsão horizontal (percursos) (execuções) (execuções) (cm) (cm) (cm) P MB P MB P MB P MB P MB P MB MB - Teste Muito P - Teste Positivo Bom * Idade do aluno no final do presente ano letivo ( ) Retirado de: Núcleo de Exercício e Saúde (sem data): FITNESSGRAM - Manual de Aplicação de Testes Faculdades de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa 11/11

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo A avaliação das aprendizagens dos alunos em Educação Física decorre

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2016 /2017

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2016 /2017 MÓDULOS ATIVIDADE FÍSICA: Jogos Desportivos Coletivos; Ginástica; Atletismo; Dança, Patinagem, Badminton e Orientação Habilidades Motoras 90 % Regulamentos 10 % Aplica as habilidades motoras características

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES 20/2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2.º CICLO 3.º CICLO EDUCAÇÃO FÍSICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES DEPARTAMENTO DE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES 3. ÁREA Conhecimentos CAPACIDADES e CONHECIMENTOS

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora. Introdução s de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressão e Educação Físico Motora A definição de s de Aprendizagem na Área Curricular de Educação Física tem como base os seguintes instrumentos legais: Programas Nacionais

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA. Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO

EDUCAÇÃO FÍSICA. Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO Ano letivo de 2016/2017 Departamento de EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE CURSOS PROFISSIONAIS O Departamento de Educação Física, após consulta dos

Leia mais

Metas de Aprendizagem de Educação Física

Metas de Aprendizagem de Educação Física Metas de Aprendizagem de Educação Física ENSINO BÁSICO AUTORES LEONARDO ROCHA (Coordenador da equipa) JOÃO COMÉDIAS JORGE MIRA MÁRIO GUIMARÃES JULHO de 2010 1 Metas de Aprendizagem de Educação Física ENSINO

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2015/2016 DOMÍNIOS DE AVALIAÇÃO. Assiduidade/Pontualidade (2%) Comportamento / Relação com os outros (6%)

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2015/2016 DOMÍNIOS DE AVALIAÇÃO. Assiduidade/Pontualidade (2%) Comportamento / Relação com os outros (6%) PORTUGUÊS DOMÍNIOS DE Leitura / Educação literária (25) Escrita (25) Gramática (15) Oralidade (15) 80 Assiduidade/Pontualidade (2) Comportamento / Relação com os outros (6) Organização do material (2)

Leia mais

Educação Física - 10º/11º/12º anos

Educação Física - 10º/11º/12º anos CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2014/2015 Educação Física - 10º/11º/12º anos CONSIDERAÇÕES GERAIS A avaliação na disciplina de Educação Física centra-se nas três áreas de desenvolvimento das aprendizagens, definidas

Leia mais

Orientações Programáticas 2015/2016

Orientações Programáticas 2015/2016 Orientações Programáticas 2015/2016 Orientações Programáticas - Projeto do Desporto Escolar no 1.º Ciclo Ano Letivo 2015/2016 Índice 1. Fundamentação 3 2. Objetivos do Projeto do Desporto Escolar no 1.º

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL ENSINO SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Educação Física CURSO: Profissionais ANO: 10º ANO LETIVO 2011/2012 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ATIVIDADES

Leia mais

FITNESSGRAM MENSAGENS ACTIVIDADE APTIDÃO AERÓBIA FORÇA MUSCULAR, RESISTÊNCIA, FLEXIBILIDADE COMP. CORPORAL NÚCLEO DE EXERCÍCIO E SAÚDE

FITNESSGRAM MENSAGENS ACTIVIDADE APTIDÃO AERÓBIA FORÇA MUSCULAR, RESISTÊNCIA, FLEXIBILIDADE COMP. CORPORAL NÚCLEO DE EXERCÍCIO E SAÚDE Manual de Aplicação de Testes 35 APTIDÃO AERÓBIA FORÇA MUSCULAR, RESISTÊNCIA, FLEXIBILIDADE COMP. CORPORAL ACTIVIDADE ZONA SAUDÁVEL Precisa Bom Óptimo Os meus Melhorar resultados Vaivém Nº Voltas Actual

Leia mais

SÍNTESE DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ano letivo 2011/12

SÍNTESE DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ano letivo 2011/12 Departamento de Expressões SÍNTESE DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ano letivo 2011/12 1. ÁREA DE ATIVIDADES FÍSICAS 3º CICLO MATÉRIAS NUCLEARES SECUNDÁRIO 10º ano 11º e 12º ano Futsal Voleibol Basquetebol

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Ensino Básico 2º Ciclo CIÊNCIAS NATURAIS Peso na Avaliação Final Testes de avaliação e/ou outros trabalhos escritos; Aquisição de conhecimentos; Domínio da Língua Portuguesa ao nível da expressão oral

Leia mais

Disciplina - Desporto

Disciplina - Desporto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AMADORA OESTE Ano Letivo 2014/2015 Planificação Anual Disciplina - Desporto Cursos Vocacionais de 2º Ciclo A- Planificação da Área Curricular de Desporto Tendo em conta as Competências

Leia mais

Disciplina - 1º e 2º ano

Disciplina - 1º e 2º ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AMADORA OESTE Ano Letivo 2014/2015 Planificação Bianual Disciplina - 1º e 2º ano Cursos Vocacionais de 3º Ciclo A- Planificação da Área Curricular de Desporto Tendo em conta as Competências

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JÚLIO DANTAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Grupo de Educação Física Normas de Referência para a definição do sucesso em Educação Física Ano lectivo de 2016/ 2017 1. AVALIAÇÃO A avaliação

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO 2016-2017 A avaliação na disciplina de Educação Física tem um carácter diagnóstico e formativo, pelo que a atribuição dos níveis de aprendizagem atingidos

Leia mais

Disciplina educação física

Disciplina educação física AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AMADORA OESTE Ano Letivo 2014/2015 Planificação Anual Disciplina educação física Curso Vocacional de 3º Ciclo A- Planificação da Área Curricular de Tendo em conta as Competências

Leia mais

1 OBJETO DE AVALIAÇÃO

1 OBJETO DE AVALIAÇÃO Informação- Prova de Equivalência à Frequência Educação Física Prova escrita e prática Prova 26 2016 3º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à

Leia mais

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma Planificação do trabalho a desenvolver com a turma DISCIPLINA: PORTUGUÊS (METAS) Módulo 1 - (Poesia trovadoresca/ Fernão Lopes) Módulo 2- (Gil Vicente/ Rimas de Camões) Módulo 3 - Textos dos Media I Módulo

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6.º ANO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 6.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO METAS INTERMÉDIAS ATIVIDADES DESPORTIVAS O aluno cumpre o nível introdutório de quatro matérias diferentes. Dois níveis introdutório na categoria

Leia mais

Prova de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada

Prova de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Prova de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Ensino Secundário Educação Física - 311 INFORMAÇÃO-PROVA Curso Científico-Humanísticos Formação Geral Ano 10º, 11º e 12º anos Legislação

Leia mais

Prova Escrita e Prática de Educação Física

Prova Escrita e Prática de Educação Física INFORMAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita e Prática de Educação

Leia mais

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática).

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática). INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Nº 2/2016 EDUCAÇÃO FÍSICA Prova Escrita e Prova Prática Maio 2016 Prova 28 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) O presente

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano letivo 2011/2012 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Prova/Código: 311 Ano de Escolaridade: 12º ano (CH/AEDC) 1. Introdução

Leia mais

CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA

CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA CRONOGRAMA ANUAL DA ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA 1º e 2º Anos de Escolaridade 3º e 4º anos de Escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período ATIVIDADES FÍSICAS A ABORDAR Perícia e Manipulação Atividades

Leia mais

Critérios de Avaliação. Departamento de Expressões

Critérios de Avaliação. Departamento de Expressões Critérios de Avaliação Departamento de Expressões 2015/2016 5.º ano Disciplina Educação Visual instrumental 60% Trabalhos realizados de acordo com a planificação da disciplina Interesse e empenho 10% Comportamento/adequação

Leia mais

Educação Física 2016

Educação Física 2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUÉLIA DE SOUSA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Física 2016 Prova 311 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Informação - Prova de Equivalência à Frequência Formação: Geral Educação Física 12º Ano Código 311 2016 1 - Introdução: O presente documento visa divulgar

Leia mais

GRUPO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO SECUNDÁRIO. Critérios de Avaliação 2014/2015

GRUPO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO SECUNDÁRIO. Critérios de Avaliação 2014/2015 GRUPO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ENSINO SECUNDÁRIO Critérios de Avaliação 2014/2015 A avaliação/classificação dos alunos nesta disciplina é realizada considerando-se a legislação em vigor, nomeadamente as NORMAS

Leia mais

1 OBJETO DE AVALIAÇÃO

1 OBJETO DE AVALIAÇÃO Informação- Prova de Equivalência à Frequência Educação Física Prova 28 2016 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do 2º Ciclo

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Prova/Código: 311 Ano de Escolaridade: 12º Ano (CH/AEDC) 1. Introdução

Leia mais

Ano letivo

Ano letivo ESCOLA SECUNDÁRIA DE EMÍDIO NAVARRO VISEU (401626) Critérios de avaliação das disciplinas do Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância Ano letivo 2016-2017 DEPARTAMENTO: LÍNGUAS DISCIPLINA: PORTUGUÊS

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Educação Física. Código: º Ano de Escolaridade / 2.º Ciclo do Ensino Básico

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Educação Física. Código: º Ano de Escolaridade / 2.º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TRANCOSO Cód. 161561 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de Educação Física Código: 028 28 6.º Ano de Escolaridade / 2.º Ciclo do Ensino Básico Duração da Prova:

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA (exceto Cursos Profissionais) Ano Letivo 2011/2012 Índice 1. Introdução... 3 2. Áreas de avaliação...

Leia mais

Agrupamento de Escolas Diogo Cão, Vila Real

Agrupamento de Escolas Diogo Cão, Vila Real Agrupamento de Escolas Diogo Cão, Vila Real 2015/2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO MUSICAL/OFERTA COMPLEMENTAR 2º Ciclo Aplicação de conhecimentos teorico-práticos relacionados com as matérias programáticas.

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO DE MÉRITO

REGULAMENTO DO PRÉMIO DE MÉRITO Agrupamento de Escolas da Maia REGULAMENTO DO PRÉMIO DE MÉRITO 2013/2014 Índice 1. Enquadramento... 1 2. Objetivos... 2 3. Disposições gerais... 2 3.1. Âmbito... 2 3.2. Intervenientes... 2 3.3. Divulgação

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FISICA ANO: 5º, 6º TURMAS: A, B, C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L - 2º C I C L O DE AÇÃO No 5º e 6º ano o aluno deverá adquirir competências de nível "introdução"

Leia mais

Planificação Detalhada Anual : 9º Ano Educação Física. Ao longo do ano* Testes Fitnessgram (opcional)

Planificação Detalhada Anual : 9º Ano Educação Física. Ao longo do ano* Testes Fitnessgram (opcional) DOMÍNIO/TEMA: Atletismo DOMÍNIO/TEMA Aptidão físicas Direção de Serviços da Região Norte Planificação Detalhada Anual : 9º Ano Educação Física Resistência Força Velocidade Flexibilidade Coordenação Equilíbrio

Leia mais

Português 3.º ciclo Ano letivo 2013/ Critérios de avaliação 1.º Período

Português 3.º ciclo Ano letivo 2013/ Critérios de avaliação 1.º Período Domínio cognitivo Domínio das atitudes e valores Português 3.º ciclo Ano letivo 2013/ 2014 Docente: Malvina da Silva Teixeira Sousa Turma: 7.º A Critérios de avaliação 1.º Período Domínios de Avaliação

Leia mais

ESCRITA E PRÁTICA 1. INTRODUÇÃO

ESCRITA E PRÁTICA 1. INTRODUÇÃO INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo nº 1-G/2016, de 6 de abril Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Código: 26 Tipo de Prova: ESCRITA E PRÁTICA 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Ano Letivo 2011/2012

Ano Letivo 2011/2012 Ano Letivo 2011/2012 Informação/ Exame de Equivalência à Frequência Disciplina de Educação Física 3ºciclo 1. Objeto de Avaliação A prova tem por referência o Programa de Educação Física. A prova desta

Leia mais

ESCOLAS E.B.1 C/ J.I. DA COCA MARAVILHAS E DE VENDAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1.º CICLO ( )

ESCOLAS E.B.1 C/ J.I. DA COCA MARAVILHAS E DE VENDAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1.º CICLO ( ) Critérios de Avaliação 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017 ESCOLAS E.B.1 C/ J.I. DA COCA MARAVILHAS E DE VENDAS A avaliação incide sobre os conhecimentos e capacidades definidas no currículo nacional e nas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência Ensino Secundário 2014/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Aprovado em Conselho Pedagógico de 06 de maio de 2015

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Prova de Equivalência à Frequência Educação Física Prova Código 26-2015 3º Ciclo do Ensino Básico 9º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova de

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2012/13

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2012/13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2012/13 Quadro de síntese 2º Ciclo Domínios da Avaliação 0 Saber / 0 Saber Fazer 70% "0 Ser / Saber Ser" 25% Língua Portuguesa Inglês "0 Ser / 5% /Saber Ser" " O Saber /

Leia mais

GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/ º ciclo do Ensino Básico

GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/ º ciclo do Ensino Básico DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA - Ano Letivo 2016/2017 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 1. A avaliação é contínua e sistemática.

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA. Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva OBJETIVOS TRANSVERSAIS

PLANIFICAÇÃO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA. Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva OBJETIVOS TRANSVERSAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL 2012.13 EDUCAÇÃO FÍSICA Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva OBJETIVOS TRANSVERSAIS COMPETÊNCIAS TRANSVERSAIS Promoção da educação para a cidadania Promover: a

Leia mais

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009 Desporto Coletivo 1. Origem e evolução do Desporto Coletivo no Brasil: histórico e tendências atuais 2. Processos pedagógicos de iniciação do Desporto Coletivo no contexto escolar 3. A utilização de equipamentos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÂO DA DISCIPLINA DE PORTUGUÊS 2º CICLO ANO LETIVO 2015 / 2016 DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA PONDERAÇÃO INSTRUMENTOS DE

Leia mais

Escola Secundária Jaime Moniz Avaliação dos Alunos

Escola Secundária Jaime Moniz Avaliação dos Alunos Escola Secundária Jaime Moniz Avaliação dos Alunos Quadriénio letivo 2014-2018 Índice RECOMENDAÇÕES 1. AVALIAÇÃO DOS ALUNOS 1. AVALIAÇÃO DOS ALUNOS... 1 1.1. RECOMENDAÇÕES GERAIS... 2 1.2. RECOMENDAÇÕES

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e das metas da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e das metas da disciplina. Informação-Prova de Equivalência à Frequência Educação Física maio de 2016 Prova 28 2016 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO PARA O 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO PARA O 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães Departamento Curricular do 1º Ciclo Ano Letivo 2015/2016 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO PARA O 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Avaliação das Atitudes/Comportamentos

Leia mais

Gala do Desporto 2012

Gala do Desporto 2012 Gala do Desporto 2012 Reunião de Câmara 05-Nov-2012 Índice 1. Introdução... 3 2. Destinatários... 3 3. Processo e prazo de candidatura... 3 4. Processo de seleção... 3 5. Critérios de seleção... 4 7. Exceções...

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL ENSINO SECUNDÁRIO EDUCAÇÃO FÍSICA 11º ANO Documento(s) Orientador(es): Programas nacionais de Educação Física; legislação

Leia mais

PLANO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO

PLANO ANUAL EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO PLANO ANUAL EDUCAÇÃO 3º CICLO Ano Letivo 2012/2013 Rua Marquês de Olhão Bairro da Madre de Deus Telefone 21 8610100 Fax 218683995 1900-330 Lisboa E-Mail: eb23.lantonioverney@escolas.min-edu.pt 1 Competências

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º CICLO ANO LETIVO 2014 /15. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2014/15

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º CICLO ANO LETIVO 2014 /15. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2014/15 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2014/15 Quadro de síntese 2º Ciclo Domínios da Avaliação Ponderação 0 Saber / 0 Saber Fazer 70% Português Inglês "0 Ser / Saber Ser" 25% "0 Ser / 5% /Saber Ser" " O Saber

Leia mais

::Critérios de Avaliação/Cartão Eletrónico do Aluno /Segurança em Meio Escolar:: 5.º e 6.º Anos de Escolaridade

::Critérios de Avaliação/Cartão Eletrónico do Aluno /Segurança em Meio Escolar:: 5.º e 6.º Anos de Escolaridade Ministério da Educação Direção Regional de Educação do Centro Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos Marquês de Pombal (código 342130) 2.º Ciclo Critérios/Instrumentos de Avaliação Critérios de Transição Cartão

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE ARCOZELO CRITÉRIOS/INDICADORES DE AVALIAÇÃO 1º CICLO. Ano Letivo 2015/2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE ARCOZELO CRITÉRIOS/INDICADORES DE AVALIAÇÃO 1º CICLO. Ano Letivo 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE ARCOZELO 152640 CRITÉRIOS/INDICADORES DE AVALIAÇÃO 1º CICLO Ano Letivo 2015/2016 Agrupamento de Arcozelo Telef: 258 909 060 - Fax: 258 909 062 www.aearcozelo.pt Vilar Arcozelo

Leia mais

Conteúdos Programáticos 8º ano

Conteúdos Programáticos 8º ano Conteúdos Programáticos 8º ano DOMINIO SOCIO-AFETIVO Comuns a todas as áreas: Participação: - É assíduo e pontual - Participa com empenho nas atividades propostas Regras de Disciplina e higiene - Tem hábitos

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Departamento Ciências Sociais e Humanas Grupos: 200; 400; 410; 420; 430; 530 ESCOLA BÁSICA DO 2º CICLO DE PINHEL Critérios de Avaliação de Português- 2º Ciclo O R A L I D A D E Componente

Leia mais

DgestE Direção-GeraL dos Estabelecimentos Escolares DSRAI Direção de Serviços da Região Algarve Agrupamento de Escolas Júlio Dantas

DgestE Direção-GeraL dos Estabelecimentos Escolares DSRAI Direção de Serviços da Região Algarve Agrupamento de Escolas Júlio Dantas ENSINO BÁSICO PLANIFICAÇÃO ANUAL - 205-206 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO 7º e 8º anos ACTIVIDADES FÍSICAS DISTRIBUIÇÃO POR PERÍODOS º Período 2º Período 3º Período 3º Ciclo (7º e 8º anos) A - JDC:,

Leia mais

Planos curriculares simplificados

Planos curriculares simplificados AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ROMEU CORREIA Ano Letivo: 2013-2014 Planos curriculares simplificados TGD2 Curso Profissional Técnico de Apoio e Gestão Desportiva 2 Diretor de turma: Ana Paula Ribeiro AGRUPAMENTO

Leia mais

Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB

Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB ANO: CVITW1 DISCIPLINA: APLICAÇÕES INFORMÁTICAS DOCENTE: MICAEL ALVES COMPETÊNCIAS

Leia mais

Clube do Desporto Escolar

Clube do Desporto Escolar Agrupamento de Escolas das Taipas Clube do Desporto Escolar 1. Estrutura organizacional Coordenador: Maria Elisabete da Silva Martinho Grupo de Recrutamento: 620 Departamento: Expressões Composição do

Leia mais

Escola Secundária D.Pedro V. Ginástica de Solo. Ana Abel 06/04/13

Escola Secundária D.Pedro V. Ginástica de Solo. Ana Abel 06/04/13 Escola Secundária D.Pedro V Ginástica de Solo Ana Abel 06/04/13 Introdução Este trabalho sobre ginástica é um elemento de avaliação das disciplinas de Educação Física e Prática de Actividades Físicas e

Leia mais

Educação Física - Prática. 1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: 12º Ano do Ensino Secundário

Educação Física - Prática. 1. Introdução. Prova de Equivalência à Frequência de: 12º Ano do Ensino Secundário Prova de Equivalência à Frequência de: Educação Física - Prática 12º Ano do Ensino Secundário Decreto-Lei 39/2012, de 5 de julho. Portaria n.º 243/2012, de 10 de agosto. 1. Introdução O presente documento

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Disciplina: Português Período: 1º Testes 15% Fichas de Trabalho 15% Trabalhos de grupo/ pares 5% Trabalhos individuais Criatividade/Imaginação -------------------------------------- Domínio de técnicas

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PLANIFICAÇÃO DOS S - DISCIPLINA:PORTUGUÊS S 10 TEMPOS INÍCIO TÉRMINUS Textos épicos e textos épico-líricos 36 48 16.09 19.11 11 Textos de teatro II 21 28 20.11 15.01 12 Textos narrativos/descritivos II

Leia mais

INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico. Despacho Normativo nº 6A/2015 de 5 de março

INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico. Despacho Normativo nº 6A/2015 de 5 de março INFORMAÇÃO-Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico Despacho Normativo nº 6A/2015 de 5 de março Disciplina: EDUCAÇÃO FÍSICA Código: 28 Tipo de Prova: ESCRITA E PRÁTICA 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 11º ANO PLANIFICAÇÃO

EDUCAÇÃO FÍSICA 11º ANO PLANIFICAÇÃO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-402011 Objetivos gerais: Realizar atividades de forma autónoma, responsável e criativa Cooperar com outros em tarefas e projetos comuns Relacionar harmoniosamente

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul Escola sede Escola Secundária de S. Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul Escola sede Escola Secundária de S. Pedro do Sul CÓDIGO DA PROVA: 28 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA TIPO DA PROVA: TEÓRICA ESCOLA DE REALIZAÇÃO DA PROVA: ESCOLA BÁSICA Nº 2 DE S.PEDRO DO SUL Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALENTEJO Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Milfontes, Odemira CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO 2016/2017 1 CRITÉRIOS E INSTRUMENTOS

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL ENSINO SECUNDÁRIO EDUCAÇÃO FÍSICA 10º ANO Documento(s) Orientador(es): Programas nacionais de Educação Física; legislação

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Prova de Equivalência à Frequência Educação Física Prova Código 28-2016 2º Ciclo do Ensino Básico 6º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova de

Leia mais

Critérios específicos de avaliação

Critérios específicos de avaliação Critérios específicos de 1. Aspetos a considerar na específica A sumativa expressa-se de forma descritiva em todas as áreas curriculares, com exceção das disciplinas de Português e Matemática no 4º ano

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO (APROVADOS EM CP 2014/2015)1 1.º Introdução A avaliação constitui um processo regulador do ensino, orientador do percurso escolar e certificador dos conhecimentos adquiridos

Leia mais

DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS PERFIL DE SAÍDA

DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS PERFIL DE SAÍDA TRANSVERSALID ADE (5%) ATITUDES E VALORES (15%) CONHECIMENTOS (80%) DEPARTAMENTO CURRICULAR DE LÍNGUAS ANO LETIVO 2014/2015 DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS COMPREENSÃO/ INTERAÇÃO /PRODUÇÃO ORAL LEITURA ESCRITA

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Loureiro

Agrupamento de Escolas de Loureiro GOVERNO DE PORTUGAL EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2016-2017 Agrupamento de Escolas de Loureiro GOVERNO DE PORTUGAL EDUCAÇÃO 2 o CICLO DO ENSINO BÁSICO EDUCAÇÃO VISUAL (5 o

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 1.º Ciclo PORTUGUÊS

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 1.º Ciclo PORTUGUÊS PORTUGUÊS Oralidade Leitura e escrita Iniciação à Educação Literária Gramática - Fichas de avaliação 50% - Outros: fichas de trabalho (trabalho individual, trabalhos de grupo, trabalhos de pesquisa, ditados,

Leia mais

Planos curriculares simplificados

Planos curriculares simplificados AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ROMEU CORREIA Ano Letivo: 2013-2014 Planos curriculares simplificados TGD1 Curso Profissional Técnico de Apoio e Gestão Desportiva 1 Diretor de turma: Graça Lourenço 10º Ano / Curso

Leia mais

Critérios de Avaliação do Ensino Básico - 2º Ciclo. Língua Portuguesa

Critérios de Avaliação do Ensino Básico - 2º Ciclo. Língua Portuguesa Critérios de Avaliação do Ensino Básico - º Ciclo Língua Portuguesa DOMÍNIOS COMPETÊNCIAS PONDERAÇÃO NA CLASSIFICAÇÃO TIPOLOGIA DOS INSTRUMENTOS DE FINAL AVALIAÇÃO POR PERÍODO Teste(s) de compreensão oral

Leia mais

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER CONTEÚDOS Nº HORAS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. (30 x 45 ) Windows XP Office 2003 Internet Explorer

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER CONTEÚDOS Nº HORAS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. (30 x 45 ) Windows XP Office 2003 Internet Explorer PROFESSORES: Vasco Travassos /Alexandra Aragão *** GRUPO DISCIPLINAR: INFORMÁTICA [550] Módulo 1 - Introdução aos Sistemas Operativos Funções e características de um SO. Processos concorrentes. O Núcleo

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES Funchal

AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES Funchal AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES 2015 - Funchal Ações Creditadas pelo PNFT 2015 Preços de Inscrição: 1) Ações de 1,4 créditos - 20,00 a. Preço para Filiados - 20,00 2) Ações de 0,8 créditos

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Departamento 1º Ciclo Grupos: 110 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEL CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO CURRICULAR DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO UTILIZADOR Critérios

Leia mais

Diretores do Clube do Desporto Escolar e Coordenadores Técnicos CLDE LISBOA CIDADE. Reunião Abertura Ano Letivo

Diretores do Clube do Desporto Escolar e Coordenadores Técnicos CLDE LISBOA CIDADE. Reunião Abertura Ano Letivo Diretores do Clube do Desporto Escolar e Coordenadores Técnicos 2015.2016 CLDE LISBOA CIDADE Reunião Abertura Ano Letivo ORGANOGRAMA NACIONAL MEC DGE Dr. José Vitor Pedroso DGEstE Dr. José Alberto Duarte

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA Prova 28 2016 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL. ENSINO SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Educação Física ANO: 11º ANO LETIVO 2011/2012

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL. ENSINO SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Educação Física ANO: 11º ANO LETIVO 2011/2012 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL ENSINO SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Educação Física ANO: 11º ANO LETIVO 2011/2012 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES 2016 AGA

AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES 2016 AGA AÇÕES DE FORMAÇÃO CREDITADAS PARA TREINADORES 2016 AGA Ações Creditadas pelo PNFT 2016 Preços de Inscrição: 1) Ações de 0,8 créditos (4h) - 15,00 a. Preço para Filiados - 10,00 2) Ações de 1,4 créditos

Leia mais

O Treino das Barreiras

O Treino das Barreiras O Treino das Barreiras Jornadas Técnicas da ADAL Rui Norte A Formação de um Atleta (Barreirista?) Na fase de Iniciação, devemos ter por base o desenvolvimento integral e multilateral do jovem; Devemos

Leia mais

Programa Ocupação Tempos Livres

Programa Ocupação Tempos Livres Programa Ocupação Tempos Livres Apoios: Local: Campo das Pedras - Bajouca Responsável: Licínio Silva (Treinador Camadas Jovens GAU e Professor no CDLPC) Formação: Licenciado em Treino Desportivo na Escola

Leia mais

10LH JM E2c P2bP5 P1d PM E1b P4b 8E PB P1d E1b PM E2c P4b P1bP5

10LH JM E2c P2bP5 P1d PM E1b P4b 8E PB P1d E1b PM E2c P4b P1bP5 Dia Hora 1 8:30 PARTAMENTO EDUCAÇÃO FISICA E SPORTO DA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA FERNÃO DO PÓ MAPA ESPAÇOS ENSINO / MODALIDAS SPORTIVAS / BALNEÁRIOS 2016/2017 2ª FEIRA 3ªFEIRA 4ªFEIRA 5ªFEIRA 6ªFEIRA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA - Prova teórica e prática 2016 Prova 26. 3º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação

Leia mais

Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo

Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA Informação

EDUCAÇÃO FÍSICA Informação PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova 26 / 2016 3º Ciclo do Ensino Básico 3º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei nº139/2012, de 5 de julho Despacho normativo nº1-f/2016 de 5 de abril Despacho normativo

Leia mais

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h]

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h] PORTUGUÊS: Módulo 1.1.: Textos de Carácter Autobiográfico 30 27,0 Módulo 1.2.: Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos 24 22,0 Módulo 1.3.: Textos dos Media I 24 22,0 Módulo 1.4.: Textos Narrativos

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA. Objeto de avaliação. Caracterização da prova escrita INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA

EDUCAÇÃO FÍSICA. Objeto de avaliação. Caracterização da prova escrita INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 28 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril; DN 1-G/2016; DN 1-F/2016) O presente documento divulga informação

Leia mais

ESCOLA: Escola Básica 2,3 D. Miguel de Almeida DISCIPLINA: Educação Física ANO: 6.º ANO LETIVO 2013/2014

ESCOLA: Escola Básica 2,3 D. Miguel de Almeida DISCIPLINA: Educação Física ANO: 6.º ANO LETIVO 2013/2014 ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº de Abrantes ESCOLA: Escola Básica, D. Miguel de Almeida DISCIPLINA: Educação Física ANO:.º ANO LETIVO 0/0 METAS DE APRENDIZAGEM: Domínio da Aptidão Física (EDF00);

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA - Prova teórica e prática 2016 Prova 28. 2º Ciclo do Ensino Básico 1. OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova de Educação Física tem por referência o programa

Leia mais