CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Plano de Desenvolvimento Social de São Brás de Alportel 2006/2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL. Plano de Desenvolvimento Social de São Brás de Alportel 2006/2010"

Transcrição

1 CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL Plano de Desenvolvimento Social de São Brás de Alportel 2006/2010 PLANO DE ACÇÃO 2010

2 LISTA DE SIGLAS APEASBA Associação de País e Encarregados de Educação do Agrupamento Vertical de São Brás de Alportel CCD Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de São Brás de Alportel CDSS Faro Centro Distrital de Segurança Social de Faro CLAS Conselho Local de Acção Social CMSBA Câmara Municipal de São Brás de Alportel CNPCJR - Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco DGRS Direcção Geral de Reinserção Social DREALG Direcção Regional de Educação do Algarve GNR SBA Guarda Nacional Republicana, Posto de São Brás de Alportel IEFP Instituto do Emprego e Formação Profissional ISS Serra Caldeirão Instituição de Solidariedade Social da Serra do Caldeirão PARES Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais PDS Plano de Desenvolvimento Social PRODER Programa de Desenvolvimento Rural 1

3 INTRODUÇÃO Na sequência do deliberado na sessão plenária realizada no dia 28 de Abril de 2010, após votação por maioria dos membros do CLAS/SBA, apresentamos o presente Plano de Acção referente ao período compreendido entre Janeiro e Abril de Este documento surge na continuidade dos anteriores, mantendo total coerência relativamente às grandes linhas orientadoras definidas no PDS. O seu principal objectivo é expor o conjunto de acções e de intervenções previstas para o ano de 2010, mais concretamente para o período acima descrito. Tendo em conta o desfasamento temporal com que este documento surge, é importante referir que todas as acções aqui inscritas já foram iniciadas ou já estão concluídas. É de primordial importância também informar que o Núcleo Executivo já iniciou os trabalhos conducentes à actualização do Diagnóstico Social Concelhio, do Plano de Desenvolvimento Social e à elaboração da Carta Social, sendo sua intenção que os mesmos entrem em vigor durante o próximo ano de

4 Eixo Medida Actividade/Projecto Parceiros a envolver Financiamento previsto 1. Promover a construção de uma sociedade local participativa, integradora e solidária 4. Melhorar o ambiente sóciofamiliar 4.3. Grupo de trabalho e de reflexão acerca das situações de perigo nas crianças e jovens / Implementação da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco - CDSS de Faro, CCD, Centro de Saúde de SBA, CMSBA, GNR SBA, DGRS, Escolas, APEASBA - Outras entidades parceiras - CNPCJR 3

5 Eixo Medida Actividade/Projecto Parceiros a envolver Financiamento previsto 2. Promover a coesão sócio-territorial 10. Aumentar as respostas sociais aos idosos isolados 10. Aumentar as respostas sociais aos idosos isolados 12. Aumentar a capacidade dos equipamentos de Creche e Secundário 12. Aumentar a capacidade dos equipamentos de Creche e Secundário Criação de um espaço de apoio - CDSS de Faro, CMSBA, ISS Serra Caldeirão, para idosos na Serra Rede de Voluntariado, outras entidades parceiras Criação do cartão S. Brás Sénior, - Outras entidades parceiras 12.1 Ampliação da Escola Secundária José Belchior Viegas - Direcção Regional de Educação do Algarve - Agrupamento de Escolas de S. Brás Construção de Creche - CCD - CDSS Faro - Junta de Freguesia -CDSSF - ISS Serra do Caldeirão - PRODER, - Outras entidades parceiras - DREALG - Programa PARES - CCD - Junta de Freguesia 4

6 Eixo Medida Actividade/Projecto Parceiros a envolver Financiamento previsto Pacto Territorial para o Emprego e - Associação In Loco, Agrupamento de - Entidades participantes 3. Apoiar a dinamização da economia local Formação 15. Promover as actividades económicas locais Promoção da orientação vocacional no Agrupamento Vertical de Escolas de S. Brás Escolas de S. Brás, CMSBA, Escola Secundária José Belchior Viegas, IEFP, outras entidades parceiras - Agrupamento de Escolas de S. Brás - APEASBA - Agrupamento de Escola de S. Brás 5

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Soure

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Soure / Ano 1 ÍNDICE 1 - Introdução 3 Pág. 2- Plano de Acção dos Projectos Estruturantes Transversais do Concelho de 4 2.1. Projecto Estruturante Apoio na Dependência 5 2.2. Projecto Estruturante Criar para

Leia mais

2008 Concelho de Ourique

2008 Concelho de Ourique Plano de Acção 2008 Concelho de Rede Social Programa Rede Social Conselho Local de Acção Social de Janeiro 2008 Ficha Técnica Título: Plano de Acção 2008 do Concelho de Autoria: Núcleo Executivo da Rede

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011

PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011 PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA 2011 Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011 PLANO DE ACÇÃO PARA 2010 PRORROGAÇÃO PARA 2011 OBJECTIVO ESTRATÉGICO OBJECTIVO ESPECÍFICO

Leia mais

Plano de Ação Plano de Ação 2012

Plano de Ação Plano de Ação 2012 Plano de Ação PLANO DE AÇÃO DOCUMENTO ELABORADO PELO: da Rede Social do Concelho do CONTACTOS: Câmara Municipal do Rede Social do Concelho do Av. Dr. Francisco Sá Carneiro 2550-103 Tel. 262 690 100/262

Leia mais

Plano de Acção 2006/2007. Rede Social Concelho da Lourinhã

Plano de Acção 2006/2007. Rede Social Concelho da Lourinhã Plano de Acção 2006/2007 Rede Social Concelho da Lourinhã E I X O I Intervenção Dirigida a Grupos Específicos EIXO I : INTERVENÇÃO DIRIGIDA A GRUPOS ESPECIFICOS OBJECTIVO GERAL: Até Dezembro de 2007 existem

Leia mais

Relatório de Actividades. Ano 2006. Rede Social de Lagos

Relatório de Actividades. Ano 2006. Rede Social de Lagos Relatório de Actividades Ano 2006 Rede Social de Lagos Núcleo Executivo e CLAS- Conselho Local de Acção Social Núcleo Executivo - 27 Reuniões de Trabalho Actividades (Trabalho de planificação, concepção,

Leia mais

FAMALICÃO INCLUSIVO. Município de Vila Nova de Famalicão

FAMALICÃO INCLUSIVO. Município de Vila Nova de Famalicão FAMALICÃO INCLUSIVO Município de Vila Nova de Famalicão FAMALICÃO INCLUSIVO O grupo temático Famalicão Inclusivo surge no âmbito das atividades desenvolvidas pela Rede Social de Vila Nova de Famalicão

Leia mais

Plano de Desenvolvimento. Social

Plano de Desenvolvimento. Social Plano de Desenvolvimento Social 2010-2012 Índice 1. Ficha Técnica... 1 2. Introdução... 2 3. Metodologia... 3 4. Enquadramento dos Eixos e Objectivos de Intervenção... 13 5. Quadros Resumo Dos Eixos, Objectivos

Leia mais

Plano de Ação Rede Social. Ourique

Plano de Ação Rede Social. Ourique Plano de Ação 204 Rede Social Ourique Conselho Local de Acção Social de Ourique Janeiro 204 Ficha Técnica Título: Plano de Acção 204 do Concelho de Ourique Autoria: Núcleo Executivo da Rede Social de Ourique

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CONCELHO DE TORRES VEDRAS

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CONCELHO DE TORRES VEDRAS PARTE III PLANO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO CONCELHO DE TORRES VEDRAS Financiado pelo Estado Português Ministério do Trabalho e Solidariedade Social 2005-2008 Rede Social PARTE III 100 CAPÍTULO V PLANO

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social

Plano de Desenvolvimento Social Plano de Desenvolvimento Social 65 6. Planear para Intervir Objectivos e Estratégias Numa fase seguinte, após a consequente identificação das vulnerabilidades concelhias /eixos estratégicos de intervenção

Leia mais

Entidade responsável pela Execução

Entidade responsável pela Execução Eixo Estratégico I - Parcerias e Economia Solidária 2009, 3 acções de sensibilização/formação para dirigentes Associativos com vista à melhoria do seu desempenho. 2009, 3 acções de formação para técnicos

Leia mais

SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO

SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SPO DECRETO-LEI Nº190/1991 DE 17 MAIO DECRETO-LEI Nº300/1997 DE 31 OUTUBRO / PORTARIA Nº 63 / 2001 DE 30 DE JANEIRO A escola e seus actores Agrupamento de Escolas de

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 O ano de 2005 é o último ano de vigência do I Plano Estratégico para o Desenvolvimento da. Assim sendo, este Plano de Acção constitui, de certa forma, o encerrar de um ciclo

Leia mais

Plano desenvolvimento social

Plano desenvolvimento social Plano desenvolvimento social 2014-2016 Área Intervenção I FAMÍLIA (HABITAÇÃO/EDUCAÇÃO) - Problemas ao nível do parque habitacional; - Falta de expetativas/ objetivos ao nível educativo; - Défice de competências

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição)

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) A necessidade de renovar as práticas e as metodologias de intervenção social com vista a aumentar a eficácia e a eficiência do trabalho com os

Leia mais

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde CASCAIS SAUDÁVEL 1. Contexto SÓCIO-POLÍTICO: Saúde na ordem do dia Envelhecimento da população Sustentabilidade do SNS Transferência de competências para as Autarquias

Leia mais

REDE SOCIAL POEFDS. UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

REDE SOCIAL POEFDS. UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu REDE SOCIAL POEFDS UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Vila Nova ÍNDICE Nota Introdutória ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------3

Leia mais

Comissão Nacional. de Protecção das Crianças. e Jovens em Risco (CNPCJR) Que actividade em dois anos. de existência? Junho de 2000

Comissão Nacional. de Protecção das Crianças. e Jovens em Risco (CNPCJR) Que actividade em dois anos. de existência? Junho de 2000 Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) Que actividade em dois anos de existência? Junho de 2000 Decorridos dois anos na existência da Comissão Nacional de Protecção das

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE Realizada de 08 a 11 de agosto de 2012 MÁRIO DOS SANTOS BARBOSA Assessor Especial para Assuntos Internacionais Coordenador da I CNETD

Leia mais

Rede Social de Coimbra

Rede Social de Coimbra Divisão de Acção Social e Família Boletim Informativo Nº. 12 22/07/2009 NOVIDADES: 7, 8, 9 e 10 de Setembro Projecto EluSIDA na Escola Casa Municipal da Cultura Rede Social de Coimbra EDITORIAL A Rede

Leia mais

Conselho Local de Acção Social de Odivelas

Conselho Local de Acção Social de Odivelas Conselho Local de Acção Social de Odivelas 8ª Reunião 12 de Outubro de 2006 No dia 12 de Outubro de 2006, pelas quinze horas e trinta minutos, reuniu-se o Conselho Local de Acção Social de Odivelas (CLAS),

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO 2007-201 Apresentação da Proposta ÍNDICE 1 O PROBLEMA 2 A ESTRATÉGIA 4 PLANO DE FINANCIAMENTO 1 1 O PROBLEMA Taxa de emprego Emprego em média e alta tecnologia

Leia mais

Revisão da Carta Educativa do Concelho de Cascais Elaboração do Plano Estratégico Educativo Municipal. Metodologia e Programa de Trabalhos

Revisão da Carta Educativa do Concelho de Cascais Elaboração do Plano Estratégico Educativo Municipal. Metodologia e Programa de Trabalhos Revisão da Carta Educativa do Concelho de Cascais Elaboração do Plano Estratégico Educativo Municipal Metodologia e Programa de Trabalhos 24 de fevereiro 2016 Agenda 1. Equipa de trabalho 2. Carta Educativa:

Leia mais

REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MANGUALDE

REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MANGUALDE REDE SOCIAL CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MANGUALDE PLANO DE AÇÃO 2014-1 ENTIDADES QUE CONSTITUEM O CLASM (CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE MANGUALDE) Câmara Municipal de Mangualde Centro Distrital

Leia mais

associação de pais / encarregados de educação do agrupamento de escolas do concelho de Valença do Minho Relatório de Atividades e Contas 2014/2015

associação de pais / encarregados de educação do agrupamento de escolas do concelho de Valença do Minho Relatório de Atividades e Contas 2014/2015 Relatório de Atividades e Contas 2014/2015 Com o presente relatório a Associação de Pais e Encarregados de Educação do Concelho de Valença vem informar os seus associados sobre as atividades desenvolvidas

Leia mais

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO DA REPUBLICA PORTUGUESA

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO DA REPUBLICA PORTUGUESA MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO DA REPUBLICA PORTUGUESA E O MINISTÉRIO FEDERAL DE TRABALHO E DE ASSUNTOS SOCIAIS DA REPÚBLICA FEDERAL DA ALEMANHA Considerando a necessidade

Leia mais

Liga Nacional Contra a Fome

Liga Nacional Contra a Fome Liga Nacional Contra a Fome IPSS de Utilidade Pública PLANO DE ATIVIDADES 2016-2019 E ORÇAMENTO 2016 NOVEMBRO 2015 Liga Nacional Contra a Fome IPSS de Utilidade Pública A Liga Nacional Contra a Fome é

Leia mais

PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO PROJETO DE APOIO À EDUCAÇÃO FÍSICA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 25-Set-2012 1. FUNDAMENTAÇÃO DO PROJETO Garantir o cumprimento do Currículo do 1º Ciclo, no que respeita à área da Expressão e Educação Físico-Motora;

Leia mais

Designação do Projeto: Divida Zero

Designação do Projeto: Divida Zero Designação do Projeto: Divida Zero Objetivo Geral C5 (PDS) Objetivos Prevenir e apoiar situações de sobre endividamento pessoal e social. Reduzir o peso percentual de utentes com processos em anos anteriores.

Leia mais

Plano de Acção 2013 Concelho de Ourique

Plano de Acção 2013 Concelho de Ourique Plano de Acção 203 Concelho de Ourique Rede Social Ourique Programa Rede Social Conselho Local de Acção Social de Ourique Janeiro 20 Ficha Técnica Título: Plano de Acção 203 do Concelho de Ourique Autoria:

Leia mais

Apresentação Projeto TASSE. Agrupamento de Escolas José Afonso 7 e 8 de setembro de 2016

Apresentação Projeto TASSE. Agrupamento de Escolas José Afonso 7 e 8 de setembro de 2016 Apresentação Projeto TASSE Agrupamento de Escolas José Afonso 7 e 8 de setembro de 2016 Valências da Fundação Santa Rafaela Maria 1.TASSE 2.SIM 3.PAF 4.CAPAZ 5.CAMPOS DE FÉRIAS http://www.fsantarafaelamaria.org/

Leia mais

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas Informação Escrita Nos termos da alínea o) do artº.17º da Lei nº.5-a/2002 de 11 de Janeiro, e no âmbito das suas competências, a Junta de Freguesia de Portimão apresenta à Assembleia de Freguesia, a informação

Leia mais

EIXO I ATRACTIVIDADE TERRITORIAL

EIXO I ATRACTIVIDADE TERRITORIAL Plano de Acção para 2007 1 Um Plano de Acção, mais do que um documento, pretende-se que seja um instrumento de trabalho manuseável, flexível, ajustável à realidade e útil. Neste sentido, considerou-se

Leia mais

Plano de actividades e Orçamento para 2011

Plano de actividades e Orçamento para 2011 Plano de actividades e Orçamento para 2011 Sumário Actualização da quota Acções estratégicas Plano de actividades para 2011 Receitas previsionais Aplicação das receitas Donativos (não orçamentados) Actualização

Leia mais

REDE SOCIAL DE ALANDROAL

REDE SOCIAL DE ALANDROAL REDE SOCIAL DE ALANDROAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO ) Área de Intervenção: Equipamentos e Respostas Sociais e Serviços Objetivo Geral Objetivos Específicos Ação População - Alvo Entidades/ Parceiros

Leia mais

Boas Práticas de Municípios ECOXXI Ação de Formação. 11 fevereiro 2014

Boas Práticas de Municípios ECOXXI Ação de Formação. 11 fevereiro 2014 Boas Práticas de Municípios ECOXXI Ação de Formação 11 fevereiro 2014 Documento orientador que pretende referenciar, congregar e q p, g g potenciar a ação educativa e formativa do território, no qual as

Leia mais

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1.º

Capítulo I Disposições Gerais. Artigo 1.º Conselho Local de Acção Social de Ponte de Sor Regullamento Interno Ouuttuubbrroo ddee 22000088 Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1.º Objectivo Este regulamento tem como finalidade definir e dar a conhecer

Leia mais

Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade

Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade Projecto GPS Gabinete de Proximidade para a Sustentabilidade Actividade Formativa - Intervenção Comunitária Data 13 e 14 de Maio de 2009 Local Auditório do Edifício Cultural Município de Peniche Participação:

Leia mais

1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4. PROJECTOS SUPRAMUNICIPAIS Cuidar de Quem Cuida e cidades Amigas das Pessoas Idosas 9

1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4. PROJECTOS SUPRAMUNICIPAIS Cuidar de Quem Cuida e cidades Amigas das Pessoas Idosas 9 PLANO DE ACÇÃO DE GERONTOLOGIA 2011 1 ÍNDICE PROJECTOS CONCELHIOS Lazer, Cultura e Desporto 2 1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4 Intergeracionalidade 5 4. Troca de Saberes

Leia mais

E N T I D A D E DATA : 2014/03/31 EXECUÇÃO DO PLANO DE ACTIVIDADES MUNICIPAL ANO CONTABILÍSTICO 2013 MUNICIPIO DE BEJA HORA : 09:47:45

E N T I D A D E DATA : 2014/03/31 EXECUÇÃO DO PLANO DE ACTIVIDADES MUNICIPAL ANO CONTABILÍSTICO 2013 MUNICIPIO DE BEJA HORA : 09:47:45 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 Pagina : 1 1. Funções gerais 692.793,77 700.893,77 502.238,97 494.714,37 442.264,06 425.619,24 425.619,24 198.654,80 69.095,13 60.73 60.73 100.00 1.1. Serviços gerais

Leia mais

Plano de Atividades Intervenção Precoce Plano de Atividades Intervenção Precoce

Plano de Atividades Intervenção Precoce Plano de Atividades Intervenção Precoce Mod46/V01.Org (09.02.2015) Página 1 de 8 2015 Elaborado: Ângela Madureira Data: 20.02.2015 Aprovado: Direção Data: 26.02.2015 1 Mod46/V01. Org (09.02.2015) Página 2 de 9 ÍNDICE Introdução... 3 Objetivos

Leia mais

Constituição do Núcleo Executivo:

Constituição do Núcleo Executivo: Índice Constituição do Núcleo Executivo Pág. 2 Constituição do Conselho Local de Ação Social de Sousel Pág. 3 Enquadramento Pág. 4 Introdução Pág. 5 Metodologia Pág. 6 Linhas Orientadoras Pág. 7 Eixo 1

Leia mais

Estratégias para a Saúde

Estratégias para a Saúde Estratégias para a Saúde V.1) Cadernos do PNS Acções e Recomendações Promoção da Cidadania em Saúde (Versão Discussão) ESTRATÉGIAS PARA A SAÚDE V.1) CADERNOS DO PNS - ACÇÕES E RECOMENDAÇÕES PROMOÇÃO DA

Leia mais

Rede Social de Gouveia. Conselho Local de Ação Social. Plano de Ação 2015

Rede Social de Gouveia. Conselho Local de Ação Social. Plano de Ação 2015 Conselho Local Ação Social Plano Ação Aprovado em reunião plenário 02-03- Eixo I : Intervenção com Famílias e Comunida Finalida Objetivo (s) Ação Desenvolver ações que permitam melhorar a qualida vida

Leia mais

Conselho Local de Ação Social

Conselho Local de Ação Social Conselho Local de Ação Social Índice Introdução... 6 Eixo I - Demografia... 7 Eixo II Educação/Nível de Instrução... 8 Eixo III Economia... 11 Eixo IV Grupos Vulneráveis... 13 Avaliação.26 2 Ficha Técnica

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome ALHO, ANDREIA MARISA SUZANO DOS SANTOS Morada Nº 18, 3.º Andar, Av. Infante de Sagres Edf. Espadarte, 8125-000, Quarteira,

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ODIVELAS (CLASO) ACTA DA 10.ª SESSÃO PLENÁRIA

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ODIVELAS (CLASO) ACTA DA 10.ª SESSÃO PLENÁRIA CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE ODIVELAS (CLASO) ACTA DA 10.ª SESSÃO PLENÁRIA No dia 26 de Fevereiro de 2007, pelas catorze e trinta horas, reuniu-se o Conselho Local de Acção Social de Odivelas, no

Leia mais

SEJA VOLUNTÁRIO! CONTRIBUA PARA O CRESCIMENTO DE UMA NOVA CONSCIÊNCIA SOCIAL

SEJA VOLUNTÁRIO! CONTRIBUA PARA O CRESCIMENTO DE UMA NOVA CONSCIÊNCIA SOCIAL SEJA VOLUNTÁRIO! CONTRIBUA PARA O CRESCIMENTO DE UMA NOVA CONSCIÊNCIA SOCIAL Objectivos: Promover o encontro entre a oferta e a procura de voluntariado; Sensibilizar os cidadãos e as organizações para

Leia mais

Base de dados I. Questionário de levantamento de recursos institucionais/ 2009

Base de dados I. Questionário de levantamento de recursos institucionais/ 2009 Base de dados I Nº de referência da instituição Nº de registo Questionário de levantamento de recursos institucionais/ 2009 Este questionário tem como objectivo proceder à actualização do Diagnóstico Social,

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Almodôvar 2015/2017

Plano de Desenvolvimento Social de Almodôvar 2015/2017 Plano de Desenvolvimento Social de FICHA TÉCNICA Título: Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Coordenação Técnica: Câmara Municipal de Divisão de Intervenção Social, Educação, Cultura, Desporto

Leia mais

no Outras Entidades Cofinanciamento Município de Ribeira de Pena 2º Semestre 1º Semestre

no Outras Entidades Cofinanciamento Município de Ribeira de Pena 2º Semestre 1º Semestre MECANISMO DE FINANCIAMENTO Programa Operacional Regional do Norte ON.2, DESIGNAÇÃO DA OPERAÇÃO NORTE-10-0156-FEDER-000132 - Rede Desportiva de Ribeira de Pena- Requalificação do pavilhão Municipal EIO

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social e Plano de Acção do Concelho de Mondim de Basto

Plano de Desenvolvimento Social e Plano de Acção do Concelho de Mondim de Basto CLAS de Mondim de Basto Plano de Desenvolvimento Social e Plano de Acção do Concelho de Mondim de Basto Mondim de Basto, Maio de 2006 Fundo Social Europeu Projecto co-financiado pelo FSE Índice Câmara

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO REDE SOCIAL MIRANDELA SISTEMA DE INFORMAÇÃO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO REDE SOCIAL MIRANDELA SISTEMA DE INFORMAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 TERRITÓRIO Número de Freguesias Tipologia das Freguesias (urbano, rural, semi urbano) Área Total das Freguesias Cidades Estatísticas Total (2001, 2008, 2009) Freguesias Área Média

Leia mais

PRÉMIO DAMIÃO DE GÓIS - DE EMPREE DEDORISMO SOCIAL - PROMOVIDO PELA EMBAIXADA DOS PAÍSES BAIXOS EM LISBOA

PRÉMIO DAMIÃO DE GÓIS - DE EMPREE DEDORISMO SOCIAL - PROMOVIDO PELA EMBAIXADA DOS PAÍSES BAIXOS EM LISBOA PRÉMIO DAMIÃO DE GÓIS - DE EMPREE DEDORISMO SOCIAL - LISBOA, 2011 PROMOVIDO PELA EMBAIXADA DOS PAÍSES BAIXOS EM LISBOA E PELO I STITUTO PORTUGUÊS DE CORPORATE GOVER A CE Índice Considerandos; Parceiros

Leia mais

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA (Decreto-Lei 203/2006, de 27 de Outubro) Guarda Nacional Republicana (GNR) Forças de Segurança Polícia de Segurança Pública (PSP) Forças de Segurança Serviço de Estrangeiros

Leia mais

ESTRUTURA ORGANIZATIVA DA ISCMPSA

ESTRUTURA ORGANIZATIVA DA ISCMPSA ESTRUTURA ORGANIZATIVA DA ISCMPSA Este documento visa dar corpo á orgânica dos serviços da Santa Casa, ou seja, definir competências, hierarquias e formas de actuação. Como a Santa Casa da Póvoa de Santo

Leia mais

3,11% 3,03% 2,82% 2,76% 2,56% 1,92% 1,62% 1,52% 1,48% 0,00% 1,00% 2,00% 3,00% 4,00% 5,00% 6,00%

3,11% 3,03% 2,82% 2,76% 2,56% 1,92% 1,62% 1,52% 1,48% 0,00% 1,00% 2,00% 3,00% 4,00% 5,00% 6,00% Problemáticas Especificas e Respostas Sociais Famílias e comunidade Rendimento Social de Inserção População Beneficiária de RSI (%) Barreiro Montijo Almada Setúbal Peninsula de Setúbal Portugal Continental

Leia mais

ACORDO DE PRINCÍPIO PARA O ESTABELECIMENTO DE COLIGAÇÕES ELEITORAIS AUTÁRQUICAS NO DISTRITO DO PORTO

ACORDO DE PRINCÍPIO PARA O ESTABELECIMENTO DE COLIGAÇÕES ELEITORAIS AUTÁRQUICAS NO DISTRITO DO PORTO ACORDO DE PRINCÍPIO PARA O ESTABELECIMENTO DE COLIGAÇÕES ELEITORAIS AUTÁRQUICAS NO DISTRITO DO PORTO Entre as Comissões Políticas Distritais do Porto: PPD/PSD CDS/PP Portugal assiste hoje a um dos maiores

Leia mais

II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo

II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo Orçamento Participativo A Experiência de Cabo Verde Dakar Senegal 10 de Fevereiro, de 2011 O Orçamento Participativo no Contexto Cabo-verdiano

Leia mais

agrupamento927agrupamento9 27agrupamento927agrupament o927agrupamento927agrupame nto927agrupamento927agrupa mento927agrupamento927agru

agrupamento927agrupamento9 27agrupamento927agrupament o927agrupamento927agrupame nto927agrupamento927agrupa mento927agrupamento927agru agrupamento927agrupamento9 o927agrupamento927agrupame nto927agrupamento927agrupa mento927agrupamento927agru pamento927agrupamento927ag rupamento927agrupamento927 agrupamento927agrupamento9 o927agrupamento927agrupame

Leia mais

CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (CLAS)

CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (CLAS) Preâmbulo A Resolução do Conselho de Ministros nº197/97 de 18 de Novembro, visa a criação e implementação do Programa. Esta é uma mediada da política social activa, que tem como objectivo desenvolver parcerias

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO. Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO. Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO 2015 Programa Operacional MAR 2020 PORTUGAL Relatório Anual 2015 RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO PO MAR 2020 ANO DE 2015 CCI: 2014PT14MFOP001 PROGRAMA OPERACIONAL: PROGRAMA OPERACIONAL

Leia mais

Acta de reunião Rede Social do Seixal - Comissão Social da Freguesia de Fernão Ferro

Acta de reunião Rede Social do Seixal - Comissão Social da Freguesia de Fernão Ferro Acta de reunião Rede Social do Seixal - Comissão Social da Freguesia de Fernão Ferro Data: 17 de Janeiro de 2006 Horário: 9.30h Local: Junta de Freguesia de Fernão Ferro Presenças: Constituição da Mesa:

Leia mais

Plano de Actividades e Orçamento 2010

Plano de Actividades e Orçamento 2010 Plano de Actividades e Orçamento 2010 1 2 1. Missão A CooLabora é uma cooperativa de consultoria e intervenção social criada em 2008. Tem por missão contribuir para a inovação social no desenvolvimento

Leia mais

POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir

POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir POAT/FSE: Gerir, Conhecer e Intervir 1. INTRODUÇÃO O presente seminário, realizado em Loures no dia 13 de Novembro de 2014 numa organização conjunta SERGA com a Câmara Municipal de Loures contou com a

Leia mais

Anexo 1. Objectivo Central, Objectivos Estratégicos (OE) e Linhas de Orientação do PEGC OBJECTIVO CENTRAL

Anexo 1. Objectivo Central, Objectivos Estratégicos (OE) e Linhas de Orientação do PEGC OBJECTIVO CENTRAL ANEXOS Anexo 1. Objectivo Central, Objectivos Estratégicos (OE) e Linhas de Orientação do PEGC OBJECTIVO CENTRAL Desenvolver e criar um espaço dinâmico a nível económico, social e cultural, actuando ao

Leia mais

Gabinete de Gestão Financeira

Gabinete de Gestão Financeira Gabinete de Gestão Financeira Í N D I C E Pág. ORÇAMENTO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PARA 2 0 0 8 EVOLUÇÃO DA DESPESA CONSOLIDADA - 2007 / 2008 2 DESPESA CONSOLIDADA SEGUNDO A CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA 3 EVOLUÇÃO

Leia mais

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania.

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania. Formação Profissional para Pessoas ou Grupos com Necessidades Especiais Práticas do Centro de Reabilitação Profissional da CERCIPENICHE Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO PARA 2017

PROGRAMA DE AÇÃO PARA 2017 PROGRAMA DE AÇÃO PARA 2017 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 26 DE NOVEMBRO DE 2016 1 A LATI mantém, apesar das dificuldades de ordem social e económica impostas pelas restrições que obrigatoriamente vive um

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO ACTIVIDADES PARA ANO 2011

JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO ACTIVIDADES PARA ANO 2011 JUNTA DE FREGUESIA DE GUADALUPE OPÇÕES DO PLANO E ACTIVIDADES PARA ANO 2011 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Srª. Guadalupe Tel. 266 781 165 Tel. 266 747 916 Fax : 266 747 917 Email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Peniche 2016-2020

Plano de Desenvolvimento Social do Concelho de Peniche 2016-2020 Plano de Desenvolvimento Social aprovado na reunião plenária do Conselho Local de Ação Social de Peniche de 24 de novembro de 2015 Índice Índice... 1 1. Introdução... 2 2. Finalidade do Plano de Desenvolvimento

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÕES Elaborada pelos participantes do 2º Encontro da Rede Participação Juvenil de Sintra

CARTA DE RECOMENDAÇÕES Elaborada pelos participantes do 2º Encontro da Rede Participação Juvenil de Sintra CARTA DE RECOMENDAÇÕES Elaborada pelos participantes do 2º Encontro da Rede Participação Juvenil de Sintra 03.03.2012 PARTICIPAÇÃO EM ACTIVIDADES JUVENIS 1. Realizar inquéritos, a nível local, para averiguar

Leia mais

PROTOCOLO. Colaboração entre o Município de Setúbal e Núcleo de Bicross de Setúbal

PROTOCOLO. Colaboração entre o Município de Setúbal e Núcleo de Bicross de Setúbal PROTOCOLO Colaboração entre o Município de Setúbal e Núcleo de Bicross de Setúbal Entre A Câmara Municipal de Setúbal, adiante designada por CMS, na qualidade de 1.º Outorgante, representada pela Presidente,

Leia mais

Programa BIP/ZIP de Lisboa

Programa BIP/ZIP de Lisboa Programa BIP/ZIP de Lisboa Objectivos e âmbito O Programa BIP-ZIP Bairros e Zonas de Intervenção prioritária de Lisboa é criado pela Câmara Municipal de Lisboa, no quadro do Programa Local de Habitação

Leia mais

DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL. Conselho Local de Acção Social do Cadaval. Maio Câmara Municipal Cadaval SEGURANÇA SOCIAL

DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL. Conselho Local de Acção Social do Cadaval. Maio Câmara Municipal Cadaval SEGURANÇA SOCIAL REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL Conselho Local de Acção Social do Cadaval Maio 2005 VILA DO CADAVAL Câmara Municipal Cadaval SEGURANÇA SOCIAL GOVERNO DA REPÚBLICA PORTUGUESA ÍNDICE pág. Introdução... 4

Leia mais

2000 Ano Mundial da Matemática

2000 Ano Mundial da Matemática 2000 Ano Mundial da Matemática Projecto de Actividades Semana da Matemática 20 a 25 de Março de 2000 Organização: Escola do Ensino Básico de Tondela Escola Secundária de Tondela O ano 2000 foi declarado

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade. ATA nº 1 CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL (CLAS) Grupo de Trabalho Pessoas Idosas, Envelhecimento e Intergeracionalidade ATA nº 1 Data: 24 de fevereiro de 2012 (sexta-feira) Local: Câmara Municipal de Peniche Hora

Leia mais

Programa de Emergência Social

Programa de Emergência Social 2012 Programa de Emergência Social Câmara Municipal de Condeixa Coordenação: Margarida Guedes Equipa Técnica do Serviço de Ação Social e Saúde Índice Página Capítulo I 1. Introdução. 3 2. Enquadramento

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA Ponto 2.2 Análise, discussão e votação do Plano e Orçamento para o ano de 2016 - Artigo 9º, nº1, alínea a) da Lei nº 75/2013 Guarda, dezembro 2015 Orçamento Inicial da

Leia mais

Apresentação Programa TEIP3

Apresentação Programa TEIP3 Apresentação Programa TEIP3 Programa TEIP O Programa TEIP visa estabelecer condições para a promoção do sucesso educativo de todos os alunos e, em particular, das crianças e dos jovens que se encontram

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO

PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROJETO DE REGULAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática regular e sistemática de atividades de animação gera significativas melhorias quer

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA

PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA ONU - ACÇÃO DIREITOS HUMANOS E O ENVELHECIMENTO Lisboa, 12 de ABRIL 2012 PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA ODETE SEVERINO População mundial Outubro 2011: 7 bilhões de Pessoas 893

Leia mais

PACTO PELA EDUCAÇÃO DO PARÁ

PACTO PELA EDUCAÇÃO DO PARÁ PACTO PELA EDUCAÇÃO DO PARÁ O Pará vive a perspectiva de um cenário socioeconômico bastante favorável grandes projetos produtivos implantados ou em implantação volume substantivo de recursos sendo aplicados

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES

PLANO DE ACTIVIDADES DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA ALIMENTAR, BIOTECNOLOGIA E NUTRIÇÃO 1. Introdução PLANO DE ACTIVIDADES 2010 2012 Ao abrigo dos Estatutos da Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS) (DR N.º 125 (II Série)

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS SOCIAIS RELATÓRIO E PARECER AO PROJECTO DE DECRETO-LEI QUE REGULAMENTA OS CONSELHOS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO E APROVA O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CARTA EDUCATIVA, TRANSFERINDO

Leia mais

Casa do Povo do Concelho de Vila Nova de Paiva

Casa do Povo do Concelho de Vila Nova de Paiva PLANO DE ACTIVIDADES CASA DO POVO DE VILA NOVA DE PAIVA ANO DE 2016 Atividades a desenvolver para 2016 O plano de actividades a que nos propomos tem o objetivo de manter a imagem e a presença da Casa do

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE MACEDO DE CAVALEIROS. Assunto Resolução Notas 1. Leitura da acta n.º 3/2008 do Plenário de 03 de Julho

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE MACEDO DE CAVALEIROS. Assunto Resolução Notas 1. Leitura da acta n.º 3/2008 do Plenário de 03 de Julho ACTA N.º 04/2008 Âmbito da Reunião: Reunião Extraordinária de Plenário do CLASMC Assuntos debatidos: Assunto Resolução Notas 1. Leitura da acta n.º 3/2008 do Plenário de 03 de Julho A Acta foi aprovada

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL DE ALFÂNDEGA DA FÉ

AGENDA 21 LOCAL DE ALFÂNDEGA DA FÉ AGENDA 21 LOCAL DE ALFÂNDEGA DA FÉ Resultados da primeira reunião do Fórum Participativo Realizada no dia 5 de Junho de 2006 20 de Novembro de 2006 Versão para o Grupo Coordenador Equipa Técnica Na realização

Leia mais

Centro de Recursos TEIA

Centro de Recursos TEIA Quem somos O Contrato Local Desenvolvimento Social 3ª Geração do Concelho Ourém (CLDS 3G) Centro de Recursos TEIA - iniciou a sua atividade a 2 de Novembro de 2015, tem como Entidade Coordenadora Local

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades 2014 / 2015 APAEA Índice 1. NOTA INTRODUTÓRIA... 1 2. RELAÇÃO COM OS PAIS/ENCARREGADOS DE EDUCACAÇÃO E SOCIOS... 2 3. REPRESENTAÇÃO NOS ORGÃOS DO AGRUPAMENTO... 3 4. MELHORIA

Leia mais

Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território

Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território José Manuel Alho Vogal do Conselho de Administração Organização: Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável Confederação

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017

Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Página 2 de 29 Plano de Desenvolvimento Social de Ponte de Lima 2014-2017 Índice Índice de Siglas. 4 Nota Prévia... 5 Exposição e Explicação dos

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades ANO LECTIVO 2011 / 2012 Índice Introdução -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Procedimentos adoptados -----------------------------------------------------------------------

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO

GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO Junta Freguesia Castelo Branco Município Castelo Branco GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO 2008/2011 APROVADO PELA JUNTA DE FREGUESIA Em reunião / / PELA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA Em sessão / / Fl.

Leia mais

JORNAL DA CONSTRUÇÃO. Lisboa, 28 de Maio de 2007

JORNAL DA CONSTRUÇÃO. Lisboa, 28 de Maio de 2007 JORNAL DA CONSTRUÇÃO Lisboa, 28 de Maio de 2007 1. LISBOA OCIDENTAL, SRU (ENQUADRAMENTO) O Município de Lisboa criou a Sociedade de Reabilitação Urbana Lisboa Ocidental, SRU, em Julho de 2004. A Empresa,

Leia mais

IV. Questionário aos professores e outros funcionários da escola.

IV. Questionário aos professores e outros funcionários da escola. IV. Questionário aos professores e outros funcionários da escola. Ex.mo/a Senhores/as Este questionário faz parte dum estudo que pretendemos realizar no âmbito da conclusão da etapa de Licenciatura, do

Leia mais

Proposta de Plano de Desenvolvimento Social Agenda Estratégica Para apresentação na 14ª Sessão Plenária do CLAS-Lx

Proposta de Plano de Desenvolvimento Social Agenda Estratégica Para apresentação na 14ª Sessão Plenária do CLAS-Lx Proposta de Plano de Desenvolvimento Social Agenda Estratégica Para apresentação na 14ª Sessão Plenária do CLAS-Lx VALIDADO a 30 de abril de 2012 em reunião da Comissão Tripartida (Câmara Municipal de

Leia mais

Conselho Local de Ação Social de. Pinhel. Plano de Ação 2014

Conselho Local de Ação Social de. Pinhel. Plano de Ação 2014 Conselho Local de Ação Social de Pinhel Plano de Ação 2014 Plano de Ação 2014 Enquadramento Legal Objetivo Geral Área Geográfica de Intervenção Eixos de Intervenção Resolução do Conselho de Ministros nº

Leia mais

Regulamento Interno do Conselho Local de Ação Social de Lisboa

Regulamento Interno do Conselho Local de Ação Social de Lisboa Regulamento Interno do Conselho Local de Ação Social de Lisboa 09-10-2014 1 PREÂMBULO A Rede Social assenta no trabalho de parceria alargada efectiva e dinâmica e visa o planeamento estratégico da intervenção

Leia mais