MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA (Decreto-Lei 203/2006, de 27 de Outubro) Guarda Nacional Republicana (GNR) Forças de Segurança Polícia de Segurança Pública (PSP) Forças de Segurança Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) Serviço de Segurança Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) da Administração Interna (DGAI) Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI) Secretaria-Geral (SG MAI) Secretaria-Geral de Infra-estruturas e Equipamentos (DGIE)

2 MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS (Decreto-Lei 204/2006, de 27 de Outubro) Secretaria-Geral Secretaria-Geral de Política Externa dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas dos Assuntos Europeus dos Assuntos Técnicos e Económicos Inspecção-Geral Diplomática e Consular Inspecção-Geral Conselho das Comunidades Portuguesas Órgão consultivo Comissão Interministerial de Limites e Bacias Hidrográficas Luso-Espanholas Comissão Nacional da UNESCO

3 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (Decreto-Lei 205/2006, de 27 de Outubro) Gabinete de Planeamento, Estratégia e Relações Internacionais (GPEARI) Inspecção-Geral de Finanças (IGF) Inspecção-Geral Secretaria-Geral (Secretaria-Geral MFAP) Secretaria-Geral do Orçamento (DGO) do Tesouro e Finanças (DGTF) dos Impostos (DGCI) das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) da Administração e do Emprego Público (DGAEP) de Protecção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública (ADSE) de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros (DGITA) Instituto de Informática (II) Serviços Sociais da Administração Pública (SSAP)

4 Conselho Superior de Finanças Órgão consultivo Comissão de Acompanhamento das Reprivatizações Conselho de Garantias Financeiras à Exportação e ao Investimento

5 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS (Decreto-Lei 202/2006, de 27 de Outubro) Centro de Gestão da Rede Informática do Governo Centro Jurídico das Autarquias Locais Gabinete de Estudos, Planeamento e Avaliação Inspecção-Geral da Administração Local Inspecção-Geral Secretaria-Geral Secretaria-Geral Conselho Superior de Informações Órgão consultivo Conselho Superior de Segurança Interna Órgão consultivo Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género Conselho Nacional do Planeamento Civil de Emergência Gabinete Coordenador de Segurança

6 Gabinete para os Meios de Comunicação Social Secretário-Geral do Sistema de Informações da República Portuguesa Serviço de Informações de Segurança Sistema de Informações Estratégicas de Defesa

7 MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL (Decreto-Lei n.º 47/93, de 26 de Fevereiro 1 ) Inspecção-Geral da Defesa Nacional (IGDN) Inspecção-Geral Secretaria-Geral (SG) Secretaria-Geral de Armamento e Equipamento de Defesa (DGAED) de Infra-Estruturas (DGIE) de Pessoal e Recrutamento Militar (DGPRM) de Política de Defesa Nacional (DGPDN) Instituto de Defesa Nacional (IDN) Instituto Hidrográfico (IH)* Polícia Judiciária Militar (PJM) Corpo Superior de Polícia * A competência relativa à definição das orientações estratégicas do Instituto Hidrográfico, bem como ao acompanhamento da sua execução, é exercida pelo Ministro da Defesa Nacional em articulação com o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. 1 Alterações: Decreto Regulamentar n. 12/95, de 23 de Maio, dl 211/97, de 16 de Agosto, Decreto-Lei n.º 217/97, de 20 de Agosto, Decreto-Lei n.º 263/97, de 2 de Outubro, Decreto-Lei n.º 290/2000, de 14 de Novembro e Decreto-Lei n.º 171/2002, de 25 de Julho.

8 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA (Decreto-Lei n.º 206/2006, de 27 de Outubro) Inspecção-Geral dos Serviços de Justiça Inspecção-Geral Inspecção-Geral dos Serviços de Justiça Inspecção-Geral Polícia Judiciária Corpo Superior de Polícia Secretaria-Geral Secretaria-Geral da Política de Justiça dos Serviços Prisionais de Reinserção Social Gabinete para a Resolução Alternativa de Litígios da Administração da Justiça Conselho Consultivo da Justiça Órgão consultivo Centro de Estudos Judiciários Comissão de Protecção às Vítimas de Crimes

9 Comissão de Programas Especiais de Segurança

10 MINISTÉRIO DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL (Decreto-Lei 207/2006, de 27 de Outubro) Departamento de Prospectiva e Planeamento e Relações Internacionais (DPP) Inspecção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAOT) Inspecção-Geral Secretaria-Geral (SG MAOTDR) Secretaria-Geral Agência Portuguesa do Ambiente (APA) do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU) Instituto Geográfico Português (IGP) Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-Alentejo) Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR-Algarve) Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-Centro) Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte)

11 Comissão de Acompanhamento da Gestão de Resíduos Órgão consultivo Conselho Nacional da Água Órgão consultivo Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável Órgão consultivo Comissão Nacional da Reserva Ecológica Nacional Comissão para as Alterações Climáticas

12 MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO (Decreto-Lei 208/2006, de 27 de Outubro) das Actividades Económicas de Energia e Geologia do Consumidor Gabinete de Estratégia e Estudos Secretaria-Geral Secretaria-Geral Autoridade de Segurança Alimentar e Económica Inspecção-Geral Direcção Regional da Economia de Lisboa e Vale do Tejo Direcção Regional Direcção Regional da Economia do Alentejo Direcção Regional Direcção Regional da Economia do Algarve Direcção Regional Direcção Regional da Economia do Centro Direcção Regional Direcção Regional da Economia do Norte Direcção Regional

13 Comissão de Aplicação de Coimas em Matéria Económica e de Publicidade Comissão de Avaliação e Acompanhamento de Projectos de Interesse Nacional Comissão Permanente de Contrapartidas

14 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS (Decreto-Lei 209/2006, de 27 de Outubro) Gabinete de Planeamento e Políticas (GPP) Direcção- Geral/Equiparado Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas (IGAP) Inspecção-Geral Secretaria-Geral (SG MADRP) Secretaria-Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) das Pescas e Aquicultura (DGPA) de Veterinária (DGV) dos Recursos Florestais (DGRF) Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo (DRAP-LVT) Direcção Regional Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo (DRAP-Alentejo) Direcção Regional Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP-Algarve) Direcção Regional Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAP-Centro) Direcção Regional Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAP-Norte) Direcção Regional

15 MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES (Decreto-Lei 210/2006, de 27 de Outubro) Gabinete de Planeamento Estratégico e Relações Internacionais Inspecção-Geral das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Inspecção-Geral Secretaria-Geral Secretaria-Geral Conselho Consultivo das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Órgão consultivo Comissão Técnica do Registo Internacional de Navios da Madeira Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves

16 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL (Decreto-Lei 211/2006, de 27 de Outubro) Autoridade para as Condições de Trabalho da Segurança Social do Emprego e das Relações de Trabalho Gabinete de Estratégia e Planeamento Secretaria-Geral Secretaria-Geral Inspecção-Geral Inspecção-Geral Comissão Nacional do Rendimento Social de Inserção Órgão consultivo Comissão para a Promoção de Políticas de Família Órgão consultivo Conselho Consultivo das Famílias Órgão consultivo Conselho Nacional da Formação Profissional Órgão consultivo Conselho Nacional de Higiene e Segurança no Trabalho Órgão consultivo

17 Conselho Nacional de Segurança Social Órgão consultivo Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado Órgão consultivo Conselho Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência Órgão consultivo Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

18 MINISTÉRIO DA SAÚDE (Decreto-Lei 212/2006, de 27 de Outubro) Alto Comissariado da Saúde Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação Inspecção-Geral das Actividades em Saúde Inspecção-Geral da Saúde Secretaria-Geral Secretaria-Geral Conselho Nacional da Saúde Órgão Consultivo

19 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (Decreto-Lei 213/2006, de 27 de Outubro) de Inovação e de Desenvolvimento Curricular dos Recursos Humanos da Educação Gabinete de Avaliação Educacional Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação Gabinete de Gestão Financeira Secretaria-Geral Secretaria-Geral Inspecção-Geral da Educação Inspecção-Geral Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo Direcção Regional Direcção Regional de Educação do Alentejo Direcção Regional Direcção Regional de Educação do Algarve Direcção Regional Direcção Regional de Educação do Centro Direcção Regional

20 Direcção Regional de Educação do Norte Direcção Regional Conselho das Escolas Órgão Consultivo Conselho Nacional de Educação Órgão Consultivo Gabinete Coordenador do Sistema de Informação do Ministério da Educação

21 MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR (Decreto-Lei 214/2006, de 27 de Outubro) Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI) Inspecção-Geral (IG MCTES) Inspecção-Geral do Ensino Superior (DGES) Secretaria-Geral (SG MCTES) Secretaria-Geral Conselho Coordenador da Ciência e Tecnologia Órgão Consultivo Conselho Coordenador do Ensino Superior Órgão Consultivo Conselho Nacional de Educação Órgão Consultivo

22 MINISTÉRIO DA CULTURA (Decreto-Lei 215/2006, de 27 de Outubro) Biblioteca Nacional de Portugal das Artes de Arquivos do Livro e das Bibliotecas Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais Inspecção-Geral das Actividades Culturais Inspecção-Geral Conselho Nacional de Cultura Órgão Consultivo Secretaria-Geral Secretaria-Geral Direcção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo Direcção Regional Direcção Regional de Cultura do Alentejo Direcção Regional Direcção Regional de Cultura do Algarve Direcção Regional

23 Direcção Regional de Cultura do Centro Direcção Regional Direcção Regional de Cultura do Norte Direcção Regional

MAPA XVII RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS E DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO (EM EURO)

MAPA XVII RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS E DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO (EM EURO) RESPONSABILIDADES CONTRATUAIS PLURIANUAIS DOS E DOS, AGRUPADOS POR MINISTÉRIO Página 1/8 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 20 981 20 981 20 981 20 981 ENTIDADE REGULADORA PARA

Leia mais

Anexo IV Tabela das Áreas de Actividades

Anexo IV Tabela das Áreas de Actividades Actividades Relacionadas com o Património Cultural 101/801 Artes Plásticas e Visuais 102/802 Cinema e Audiovisual 103/803 Bibliotecas e Património Bibliográfico 104/804 Arquivos e Património Arquivistico

Leia mais

SÚMULA DAS MACRO-ESTRUTURAS PROPOSTAS

SÚMULA DAS MACRO-ESTRUTURAS PROPOSTAS I SÚMULA DAS MACRO-ESTRUTURAS PROPOSTAS Apresentação das Propostas Sectoriais 1. Presidência do de Ministros 2. Ministério da Interna 3. Ministério dos Negócios Estrangeiros 4. Ministério das Finanças

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Ministério da Economia e Finanças SISTAFE Orçamento do Estado para o Ano de 2017 Código Designação 01A000141 PRESIDENCIA DA REPUBLICA 44.978,53 0,00 44.978,53 01A000741 CASA MILITAR

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Ministério da Economia e Finanças SISTAFE Orçamento do Estado para o Ano de 2016 Código Designação 01A000141 PRESIDENCIA DA REPUBLICA 98.160,00 0,00 98.160,00 01A000741 CASA MILITAR

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Ministério da Economia e Finanças SISTAFE Orçamento do Estado para o Ano de 2016 Código Designação 01A000141 PRESIDENCIA DA REPUBLICA 59.291,02 0,00 59.291,02 01A000741 CASA MILITAR

Leia mais

PATROCINADOREPRINCIPAISS

PATROCINADOREPRINCIPAISS PATROCINADOREPRINCIPAISS IPv6 na Administração Pública Agenda Abordagem Geral Histórico Evolução e taxa de Adoção Endereçamento IPv6 Porquê usar IPv6 Entidades Gestoras do espaço de Endereçamento Endereçamento

Leia mais

Transportes & Negócios Seminário de Transporte Rodoviário

Transportes & Negócios Seminário de Transporte Rodoviário Transportes & Negócios Seminário de Transporte Rodoviário PRACE Res.Cons.Min. 39/2006 DL 210/2006, 27Out DL 147/2007, 27Abr P 545/2007, 30 Abr. DGTTF INTF DGV (MAI) - Veículos e condutores DGV (MAI) -

Leia mais

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL FORUM PARA A SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO Economia Digital: Como fazer de Portugal um caso de sucesso COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL Base de dados de Portugal Contemporâneo Maria João Valente Rosa Lisboa,

Leia mais

2834 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o de Abril de 2006 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

2834 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o de Abril de 2006 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS 2834 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 79 21 de Abril de 2006 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Resolução do Conselho de Ministros n. o 39/2006 O Programa do Governo consagra a modernização da Administração

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, MAR, AMBIENTE E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. 21 de Setembro de 2011

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, MAR, AMBIENTE E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. 21 de Setembro de 2011 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, MAR, AMBIENTE E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO 21 de Setembro de 2011 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, MAR, AMBIENTE E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO SITUAÇÃO ACTUAL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA,

Leia mais

Apresentação do PAEIS Programa Administração Eletrónica e Interoperabilidade Semântica

Apresentação do PAEIS Programa Administração Eletrónica e Interoperabilidade Semântica Apresentação do PAEIS Programa Administração Eletrónica e Interoperabilidade Semântica Pedro Penteado Auditório da Torre do Tombo Alameda da Universidade Lisboa, 24 julho 2013 Sumário 1. Serviços públicos

Leia mais

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente MADRP Entida Promotora Autorida Gestão do Programa Desenvolvimento Rural do Continente Autorida Gestão do PROMAR Autorida Florestal Nacional Direcção-Geral Veterinária Direcção Regional das Florestas Lisboa

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 2016 Nos termos da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho

MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 2016 Nos termos da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 206 Nos termos da Lei n.º 35/204, de 20 de junho CÂMARA MUNICIPAL Assistente Técnico 4 4 4 [a3] 4 4 0 0 0 4 GABINETE DE APOIO À PRESIDÊNCIA 4 Planeamento

Leia mais

IGUALDADE DE GÉNERO NOS CARGOS DE DIRECÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CENTRAL 14 ANOS DE POLÍTICAS PARA A IGUALDADE

IGUALDADE DE GÉNERO NOS CARGOS DE DIRECÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CENTRAL 14 ANOS DE POLÍTICAS PARA A IGUALDADE IGUALDADE DE GÉNERO NOS CARGOS DE DIRECÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CENTRAL 14 ANOS DE POLÍTICAS PARA A IGUALDADE ESTUDO Belén Rando, Matilde Gago da Silva & Cláudia Anjos DEZEMBRO 2011 Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

4188 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o de Maio de 2002 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

4188 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o de Maio de 2002 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS 4188 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 102 3 de Maio de 2002 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-Lei n. o 120/2002 de 3 de Maio A Constituição da República Portuguesa comete ao Governo competência

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 2017 Nos termos da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho

MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 2017 Nos termos da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho MAPA DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA - Ano 207 Nos termos da Lei n.º 35/204, de 20 de junho CÂMARA MUNICIPAL Assistente Técnico 4 4 4 [a3] 4 4 0 0 0 4 GABINETE DE APOIO À PRESIDÊNCIA 2 Direito

Leia mais

Emergências radiológicas O papel da protecção civil. Patrícia Pires

Emergências radiológicas O papel da protecção civil. Patrícia Pires Emergências radiológicas O papel da protecção civil Patrícia Pires 1 Lei de Bases da Proteção Civil (Lei 27/2006, de 3 de julho): É a actividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e autarquias

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 906-() Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Portaria n.º 7-A/00 de de Março O Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, prevê, no seu artigo

Leia mais

O Sistema Nacional de Informação Geográfica. Direção Geral do Território Paulo Patrício

O Sistema Nacional de Informação Geográfica. Direção Geral do Território Paulo Patrício O Sistema Nacional de Informação Geográfica Direção Geral do Território Paulo Patrício Sistema Nacional lde Informação Geográfica SNIG Infraestrutura nacional de dados espaciais que através do seu geoportal,

Leia mais

Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas. Portaria n.º 55/2010 de 21 de Janeiro; Lei n.º 105/2009 de 14 de Setembro.

Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas. Portaria n.º 55/2010 de 21 de Janeiro; Lei n.º 105/2009 de 14 de Setembro. Legislação Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas 1 Orgânica Lei Orgânica da Secretaria Regional dos Recursos Humanos Decreto Regulamentar Regional n.º 1/2009/M D.R. n.º 5 de 8 de Janeiro;

Leia mais

Protocolo. Data de. Entidade. Definição de articulação técnica DGSP

Protocolo. Data de. Entidade. Definição de articulação técnica DGSP s Entidade Data de DGSP 01.06.1984 Instituto de Apoio à Emigração e Comunidades Portuguesas 01.08.1993 Fundação para o Desenvolvimento das Tecnologias da Educação 14.02.2004 Ministério da Ciência e Tecnologia

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA 2004-2007 (Projeto de Lei nº 41/2005-CN) PARECER DA COMISSÃO SUBSTITUTIVO

Leia mais

PORTAL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL COM INTERVENÇÃO NA SAÚDE

PORTAL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL COM INTERVENÇÃO NA SAÚDE PORTAL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL COM INTERVENÇÃO NA SAÚDE Sistema de Informação de Apoio à Gestão das Organizações da Sociedade Civil Direcção de Serviços de Prevenção e Controlo de Doenças Divisão

Leia mais

Delegações de competências e pelouros na Câmara Municipal

Delegações de competências e pelouros na Câmara Municipal Delegações de competências e pelouros na Câmara Municipal Competências delegadas pela Câmara no Presidente Por deliberação da Câmara Municipal são fixadas as competências delegadas no seu Presidente e

Leia mais

ASSSSUNTTO Cria Agência Nacional para a gestão das 2ªs fases dos programas de acção comunitária: Leonardo da Vinci e Socrates

ASSSSUNTTO Cria Agência Nacional para a gestão das 2ªs fases dos programas de acção comunitária: Leonardo da Vinci e Socrates DIÁRIOS DA REPUBLLI ICA DEESSI IGNAÇÇÃO: : PPrrooggrraamaass EEMI ITTI IDO PPOR: : Ministério do Emprego e da Segurança Social ASSSSUNTTO Aprova o regime de apoio técnico e financeiro a programas de reabilitação

Leia mais

Plano de Pormenor da Praia Grande. Direção Municipal de Ambiente, Planeamento e Gestão do Território

Plano de Pormenor da Praia Grande. Direção Municipal de Ambiente, Planeamento e Gestão do Território Direção Municipal de Ambiente, Planeamento e Gestão do Território Índice 1. Localização e Termos de referência 2. Eixos Estratégicos e Objetivos 3. Enquadramento legal 4. Diagnóstico 5. Proposta 6. Concertação

Leia mais

DOTAÇÕES ORÇAMENTAIS PARA C&T E I&D 2015

DOTAÇÕES ORÇAMENTAIS PARA C&T E I&D 2015 PARA C&T E I&D 2015 FICHA TÉCNICA Título Dotações Orçamentais para C&T e I&D 2015 Autor Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) Direção de Serviços de Estatística da Ciência e Tecnologia

Leia mais

CURRÍCULO PROFISSIONAL

CURRÍCULO PROFISSIONAL CURRÍCULO PROFISSIONAL CURRÍCULO PROFISSIONAL Nome - António Manuel Correia Valente I Habilitações Académicas 1 - Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa, em

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologias

Faculdade de Ciências e Tecnologias Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade Nova de Lisboa Mestrado Integrado em Engenharia do Ambiente Duração: 5 anos Grau: Mestrado Coordenador: Maria de Graça Martinho Objectivos: A Engenharia

Leia mais

1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030

1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030 Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC2020/2030) Avaliação do âmbito de aplicação do Decreto-Lei n.º 232/2007, de 15 de junho 1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030 O Programa

Leia mais

LEI ORGÂNICA DO XVI GOVERNO CONSTITUCIONAL. Decreto-Lei n.º 215-A/2004, de 3 de Setembro

LEI ORGÂNICA DO XVI GOVERNO CONSTITUCIONAL. Decreto-Lei n.º 215-A/2004, de 3 de Setembro LEI ORGÂNICA DO XVI GOVERNO CONSTITUCIONAL Decreto-Lei n.º 215-A/2004, de 3 de Setembro A Constituição da República Portuguesa comete ao Governo competência exclusiva para legislar no que respeita à sua

Leia mais

Avaliação Ambiental Estratégica: Âmbito e Alcance

Avaliação Ambiental Estratégica: Âmbito e Alcance Revisão do PDM de Vila Real de Santo António Avaliação Ambiental Estratégica: Âmbito e Alcance Pedro Bettencourt 1 1 Geólogo, Director-Geral NEMUS, Gestão e Requalificação Ambiental Vila Real de Santo

Leia mais

MODELO DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE. 9 de Janeiro de

MODELO DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE. 9 de Janeiro de MODELO DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE 9 de Janeiro de 2010 1 Modelo CRITÉRIOS RIOS MEIOS CRITÉRIO 1. LIDERANÇA, PLANEAMENTO E ESTRATÉGIA Como a gestão desenvolve e prossegue a missão, a visão e os valores da

Leia mais

CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS

CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Língua Estrangeira (I/II/III) Matemática A Física e Química A Biologia e Geologia Biologia/ Física/ Química/ Geologia a) Psicologia B/ Língua Estrangeira (I/II/III)* b)

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 254/XI INTEGRA O CONCELHO DE MAÇÃO NA UNIDADE TERRITORIAL DO MÉDIO TEJO

PROJECTO DE LEI N.º 254/XI INTEGRA O CONCELHO DE MAÇÃO NA UNIDADE TERRITORIAL DO MÉDIO TEJO Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 254/XI INTEGRA O CONCELHO DE MAÇÃO NA UNIDADE TERRITORIAL DO MÉDIO TEJO Exposição de Motivos O Município de Mação tem a sua integração coerente com o Médio Tejo e

Leia mais

IX SessãoTécnica: Fórum de Auditores de Segurança Rodoviária. Revisão da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária Eng.

IX SessãoTécnica: Fórum de Auditores de Segurança Rodoviária. Revisão da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária Eng. IX SessãoTécnica: Fórum de Auditores de Segurança Rodoviária Revisão da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária Eng. Jorge Jacob Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária 2009-2015 Metas 62 mortos/milhão

Leia mais

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo!

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! apresentação PORTUGAL 2020 www.in-formacao.com.pt Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! 03-02-2015 FAMALICÃO PORTO IN.03.03.00 1 INTRODUÇÃO O PORTUGAL 2020 é o Acordo de Parceria adotado

Leia mais

O valor da água como bem público

O valor da água como bem público Universidade de Lisboa Institituto de Ciências Sociais O valor da água como bem público Anexo III Administração Pública da Água - Orgânica João Howell Pato Doutoramento em Ciências Sociais Especialidade:

Leia mais

Gabinete de Gestão Financeira

Gabinete de Gestão Financeira Gabinete de Gestão Financeira Í N D I C E Pág. ORÇAMENTO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PARA 2 0 0 8 EVOLUÇÃO DA DESPESA CONSOLIDADA - 2007 / 2008 2 DESPESA CONSOLIDADA SEGUNDO A CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA 3 EVOLUÇÃO

Leia mais

Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Proposta de reestruturação do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Secretário Gabinete COPAM e CERH Assessoria Jurídica Auditoria Setorial Assessoria de Comunicação Social Assessoria de

Leia mais

Síntese de Legislação Nacional e Comunitária. 04 de Janeiro de 2012

Síntese de Legislação Nacional e Comunitária. 04 de Janeiro de 2012 LEGISLAÇÃO Síntese de Legislação Nacional e Comunitária de 2012 Legislação Nacional Energias Renováveis Portaria n.º 8/2012 I Série n.º 3, de 4/01 Aprova, no âmbito da política de promoção da utilização

Leia mais

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 1 Portugal 2020, o Acordo de Parceria (AP) que Portugal irá submeter à Comissão Europeia estrutura as intervenções, os investimentos e as prioridades de financiamento

Leia mais

Conteúdos sobre segurança e saúde no trabalho Organismos e instituições

Conteúdos sobre segurança e saúde no trabalho Organismos e instituições ISHST - Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Criado em 2004, pelo Decreto-lei n.º 171, de 17 de Julho, o Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (ISHST), I. P., é o organismo

Leia mais

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto LISTA E CODIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE ACTIVIDADES Actividades relacionadas com o património cultural 101/801 Artes plásticas e visuais 102/802 Cinema, audiovisual e multimédia 103/803 Bibliotecas 104/804 Arquivos

Leia mais

Actividades e Realizações da UE. Actividades e Realizações da UE

Actividades e Realizações da UE. Actividades e Realizações da UE Actividades e Realizações da UE Actividades e Realizações da UE Como gasta a UE o seu dinheiro? Orçamento da UE para 2010: 141,5 mil milhões de euros = 1,20% do Rendimento Nacional Bruto Acção da UE na

Leia mais

Encontro Nacional de Zonas de Intervenção Florestal, Seia,

Encontro Nacional de Zonas de Intervenção Florestal, Seia, Seia, 30 de abril de 2013 Cadastro cronologia Resolução de Conselho de Ministros Constituição e Missão do GTCIG Objetivo Fichas de inventário de Projeto Conclusões do GTCIG Encargos com a realização de

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DE 2003

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DE 2003 S. R. MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO-GERAL DO ORÇAMENTO GABINETE DO DIRECTOR-GERAL RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DE 2003 APRESENTAÇÃO 1. Participação Os diversos Serviços que integram a Direcção-Geral do

Leia mais

CALENDÁRIO DE ESPECIAL DE EXAMES 2016/2017 (De 17 a 29 de Julho de 2017) Mestrado em Direito Administrativo

CALENDÁRIO DE ESPECIAL DE EXAMES 2016/2017 (De 17 a 29 de Julho de 2017) Mestrado em Direito Administrativo Mestrado em Direito Administrativo Direito Administrativo Global Direito Administrativo I Direito do Ambiente Metodologias de Investigação Direito da Contratação Pública Direito Processual Administrativo

Leia mais

O Mar no próximo QFP

O Mar no próximo QFP O Mar no próximo QFP 2014-2020 Fórum do Mar José Manuel Fernandes Deputado ao Parlamento Europeu Estratégia Europa 2020 A guia das próximas perspectivas financeiras Estratégia Europa 2020 2020 Crescimento

Leia mais

PLANO DE AVISOS 2016 (*)

PLANO DE AVISOS 2016 (*) PO PO PO PO Calendário de de Dados do Identificação do Referência do Empreendedorismo Qualificado 3 3.1, 8.5 janeiro 16 abril 16 SI - 02/SI/2016 Inovação Empresarial Inovação Produtiva Científico e Tecnológico

Leia mais

Município de Fronteira Mapa de Pessoal Divisão Administrativa e Financeira

Município de Fronteira Mapa de Pessoal Divisão Administrativa e Financeira Atribuição Dirigente Administração Geral e Finanças Contabilidade e Finanças públicas Gestão autárquica e património Contabilidade e gestão de stocks Gestão de recursos humanos e recrutamento Planeamento

Leia mais

Encontro científico ESTUDO E CONSERVAÇÃO DO LOBO IBÉRICO

Encontro científico ESTUDO E CONSERVAÇÃO DO LOBO IBÉRICO Encontro científico ESTUDO E CONSERVAÇÃO DO LOBO IBÉRICO ATIVIDADE DA GUARDA NO ÂMBITO DA PRESERVAÇÃO DE ESPÉCIES EM VIAS DE EXTINÇÃO NOS DISTRITOS DA GUARDA E DE CASTELO BRANCO FISCALIZAÇÃO DE CAÇA FURTIVA

Leia mais

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa Workshop O Sistema Nacional de Investigação e Inovação - Desafios, forças e fraquezas rumo a 2020 Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa Eduardo Brito Henriques, PhD Presidente

Leia mais

ANO 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1

ANO 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1 2011 ENTIDADE MUNICIPIO DE FAF - MUNICIPIO DE FAFE PÁG. 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO INICIO DO BRUTAS EMITIDOS PAGOS LIQUIDA FINAL DO DAS RECEITAS CORRENTES 24.884.735,00 75.968,04 25.221.143,08 576.877,56 24.675.187,28

Leia mais

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira 2015 As tabelas seguintes contêm a lista das entidades que, em 2015, integravam o subsector institucional da Administração

Leia mais

MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL E DO TRABALHO

MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL E DO TRABALHO N. o 167 17 de Julho de 2004 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A 4411 MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL E DO TRABALHO Decreto-Lei n. o 171/2004 de 17 de Julho Através do presente diploma procede-se a uma reestruturação

Leia mais

Quadro Estratégico Comum

Quadro Estratégico Comum Quadro Estratégico Comum 2014-2020 Objetivos Prioridades Estrutura Orgânica Sociedade de Geografia de Lisboa, 8 de Julho de 2013 Piedade Valente Vogal da Comissão Diretiva do COMPETE Quadro Estratégico

Leia mais

Diplomados pela U.Porto inscritos nos centros de emprego do Continente a 31 de Dezembro de 2010

Diplomados pela U.Porto inscritos nos centros de emprego do Continente a 31 de Dezembro de 2010 pela U.Porto inscritos nos centros de emprego do Continente a 31 de Dezembro de 2010 Universidade do Porto. Reitoria Serviço de Melhoria Contínua. 9 Junho de 2011 1 Índice Introdução e notas... 3 I. (Dezembro

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO 2007-201 Apresentação da Proposta ÍNDICE 1 O PROBLEMA 2 A ESTRATÉGIA 4 PLANO DE FINANCIAMENTO 1 1 O PROBLEMA Taxa de emprego Emprego em média e alta tecnologia

Leia mais

Portugal 2020: Objetivos e Desafios António Dieb

Portugal 2020: Objetivos e Desafios António Dieb Portugal 2020: Objetivos e Desafios 2014-2020 António Dieb Porto, 11 de julho de 2016 Tópicos: 1. Enquadramento Estratégico (EU 2020) 2. Portugal 2020: Objetivos e prioridades 3. Estrutura Operacional

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR - DRA Calendário de Exames Especiais 28 de Fevereiro a 04 de Março de Inscrições até ao dia 27/02/2017

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR - DRA Calendário de Exames Especiais 28 de Fevereiro a 04 de Março de Inscrições até ao dia 27/02/2017 Psicologia do Desenvolvimento I 28/02/2017 09:30-11:30 Matemática Financeira 28/02/2017 09:30-11:30 Empreendedorismo 28/02/2017 09:30-11:30 Sociologia do Direito 28/02/2017 09:30-11:30 Direito de Integração

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR - DRA Calendário de Exames Especiais 22 a 26 de Novembro de Inscrições até ao dia 21/11/2016

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR - DRA Calendário de Exames Especiais 22 a 26 de Novembro de Inscrições até ao dia 21/11/2016 Psicologia do Desenvolvimento I 22/11/2016 09:30-11:30 Matemática Financeira 22/11/2016 09:30-11:30 Empreendedorismo 22/11/2016 09:30-11:30 Sociologia do Direito 22/11/2016 09:30-11:30 Direito de Integração

Leia mais

DÉCADA DE ACÇÃO PARA A SEGURANÇA RODOVIÁRIA

DÉCADA DE ACÇÃO PARA A SEGURANÇA RODOVIÁRIA DÉCADA DE ACÇÃO PARA A SEGURANÇA RODOVIÁRIA 2011-2020 Gestão da Segurança Rodoviária A Estratégia Nacional Escola Nacional de Saúde Pública, 11 de Maio Paulo Marques Augusto 1965 1966 1967 1968 1969 1970

Leia mais

Tomada de posse do Director-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo

Tomada de posse do Director-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo Tomada de posse do Director-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo Intervenção do Ministro de Estado e das Finanças Fernando Teixeira dos Santos - 16 de Janeiro de 2008 - Senhores

Leia mais

A República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe:

A República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe: Decreto n.º 12/93 Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe Relativo à Instalação do Centro de Formação e de Investigação Jurídica e Judiciária

Leia mais

Económico Ambiental Social

Económico Ambiental Social EUROPA 2020 Desenvolvimento Sustentável Crescimento Inteligente, Sustentável e Inclusivo (CISI) Estratégia Marítima da União Europeia para a Área do Atlântico Estratégias Regionais de Suporte (asseguram

Leia mais

Identidade Digital do Governo Federal

Identidade Digital do Governo Federal Identidade Digital do Governo Federal Identidade Digital do Governo Federal Direcionamentos Barra de Governo Redes Sociais Portal Padrão Instrução Normativa Fluxo de desenvolvimento de projetos digitais

Leia mais

Resolução do Conselho de Ministros n.º 104/2005

Resolução do Conselho de Ministros n.º 104/2005 Resolução do Conselho de Ministros n.º 104/2005 A consciência do nosso tempo tem permitido pôr em evidência que os objectivos da igualdade de género e de realização dos direitos pessoais das mulheres e

Leia mais

Política de Coesão da UE

Política de Coesão da UE da UE 2014 2020 Propostas da Comissão Europeia da União Europeia Estrutura da apresentação 1. Qual é o impacto da política de coesão da UE? 2. A que se devem as alterações propostas pela Comissão para

Leia mais

Diploma. Aprova a orgânica da Secretaria-Geral do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia

Diploma. Aprova a orgânica da Secretaria-Geral do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia Diploma Aprova a orgânica da Secretaria-Geral do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia Decreto-Lei n.º 54/2014 de 9 de abril O Decreto-Lei n.º 119/2013, de 21 de agosto, alterou a

Leia mais

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A MADEIRA-AÇORES-CANÁRIAS 2014-2020 Angra do Heroísmo, 29 janeiro 2016 QUAL O TERRITÓRIO DO ESPAÇO DE COOPERAÇÃO? - As regiões insulares ultraperiféricas de

Leia mais

Diplomas. Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho)

Diplomas. Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho) Diplomas Lei n.º 80/2015, de 3 de agosto Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho) A alteração teve como finalidade a atualização da Lei de Bases atendendo à importância

Leia mais

Área de formação académica e/ou profissional. Actividade /Atribuições / Projectos / Competências ou Perfil. Lic. Adm. Pública e Autárquica

Área de formação académica e/ou profissional. Actividade /Atribuições / Projectos / Competências ou Perfil. Lic. Adm. Pública e Autárquica MAPA DE PESSOAL 2017 Mapa de Pessoal 2017 ESTRUTURA ORGÂNICA POSTOS DE TRABALHO OCUPADOS POSTOS DE TRABALHO CATIVOS * POSTOS TRABALHO A OCUPAR Unidade Orgânica Serviço ou Função Director de Serviços Director

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2013 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

Atividades Introdutórias. Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas. Beto Ferreira Martins Vasconcelos

Atividades Introdutórias. Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas. Beto Ferreira Martins Vasconcelos Atividades Introdutórias Coordenação, articulação e monitoramento de políticas públicas Beto Ferreira Martins Vasconcelos Casa Civil da Presidência da República: coordenação, articulação e monitoramento

Leia mais

GESTÃO SUSTENTÁVEL DA ORLA COSTEIRA

GESTÃO SUSTENTÁVEL DA ORLA COSTEIRA S e m i n á r i o DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL O MAR GESTÃO SUSTENTÁVEL DA ORLA COSTEIRA IST 03 Nov 2004 Quaternaire Portugal http://www.quaternaire.pt Decreto-lei n.º 380/99: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Leia mais

A República Portuguesa e a República de Cuba, adiante denominadas «Partes»:

A República Portuguesa e a República de Cuba, adiante denominadas «Partes»: Decreto n.º 41/98 Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cuba sobre Cooperação na Prevenção do Uso Indevido e Repressão do Tráfico Ilícito de Estupefacientes e Substâncias Psicotrópicas,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E C A R R E G A L D O S A L

M U N I C Í P I O D E C A R R E G A L D O S A L M U N I C Í P I O D E C A R R E G A L D O S A L Mapa de Pessoal para o Ano de 0 - artigos 4.º e 5.º da Lei n.º -A/008 Unidades s/subunidades s Cargo/carreira /categoria Chefe de divisão - Dirigente intermédio

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO 12629 Despacho (extrato) n.º 5181/2013 Em conformidade com o estipulado na alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de fevereiro, torna -se público para os devidos efeitos que por

Leia mais

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos.

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Ana Dias Lourenço Ana Afonso Dias Lourenço formou--se em Economia na Universidade de Angola e fez a sua formação complementar na área de Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Entre outros

Leia mais

ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SUMÉ Lei n 1.176/2015. ANEXO I (art. 25)

ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SUMÉ Lei n 1.176/2015. ANEXO I (art. 25) ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SUMÉ Lei n 1.176/2015 ANEXO I (art. 25) Tabela 1 ADMINISTRAÇÃO DIRETA QUADRO PERMANENTE DE PESSOAL CARGOS DE PROVIMENTO EM COMISSÃO 1. ÓRGÃO DE DECISÃO

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2010 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DO ORÇAMENTO

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO GERAL DO ORÇAMENTO ANO ECONÓMICO DE 23 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS EM CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO N. 2 DO ART. 5 DO DEC. LEI 71/95, DE 15 DE ABRIL, ENVIA-SE A RELAÇÃO TRIMESTRAL DAS ALTERAÇÕES ORÇAMENTAIS EFECTUADAS NOS ORÇAMENTOS

Leia mais

O Mar nos Programas Temáticos Regionais João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar

O Mar nos Programas Temáticos Regionais João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar O Mar nos Programas Temáticos Regionais 2014-2020 João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar O Panorama Nacional e Internacional Oceano Atlântico Norte Oceano Atlântico Sul Reafirmar Portugal

Leia mais

Bibliografia Seleccionada

Bibliografia Seleccionada Maio de 2008 Bibliografia Seleccionada BARRADAS, Susana Processo de convergência regional em Portugal - absoluta, condicionada ou clube? / Susana Barradas, Emídio Lopes In: Prospectiva e Planeamento. -

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2014 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208 Nome do Curso: Licenciatura Arqueologia Civilização Grega Introdução à Arqueologia Civilizações Antigas Arqueologia da Pré-História Recente e da proto-história Introdução à Informática Pré-História Arte

Leia mais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais Cargo/Carreira/categoria Atribuições / Competências/Actividades Nº de postos Planeados Nº de postos de trabalho providos Observações (Universo

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS. Normas regulamentares

REGIME DE TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS. Normas regulamentares UNIVERSIDADE ABERTA Nos termos da deliberação nº 13/07 do Senado Universitário, aprovada em sessão de 31 de Maio de 2007, e ao abrigo do disposto no artigo 43º do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de Fevereiro,

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 768, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2017.

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 768, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2017. MEDIDA PROVISÓRIA Nº 768, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2017. Cria a Secretaria-Geral da Presidência da República e o Ministério dos Direitos Humanos, altera a Lei n o 10.683, de 28 de maio de 2003, que dispõe

Leia mais

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Capítulo I Âmbito Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo Programa Operacional de Assistência Técnica

Leia mais

e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC)

e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC) Regulação dos serviços públicos e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC) Sumário 1. Os beneficiários dos serviços públicos 2. O impacto da liberalização dos serviços públicos

Leia mais

LISTAGEM DE LEGISLAÇÃO

LISTAGEM DE LEGISLAÇÃO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DOS RECURSOS HUMANOS DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO LISTAGEM DE LEGISLAÇÃO Divisão de Higiene e Segurança no Trabalho Rua de João Gago, 4-2º

Leia mais

Protecção Civil. Quais os objetivos e domínios da Proteção Civil? Como está organizada a nível Nacional? Como se organiza a nível Municipal?

Protecção Civil. Quais os objetivos e domínios da Proteção Civil? Como está organizada a nível Nacional? Como se organiza a nível Municipal? Professor Doutor António Duarte Amaro / 2015 Protecção Civil Actividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas com

Leia mais

ESTATÍSTICAS SOBRE CORRUPÇÃO ( )

ESTATÍSTICAS SOBRE CORRUPÇÃO ( ) Dezembro de 214 Número 32 BOLETIM ESTATÍSTICO TEMÁTICO ESTATÍSTICAS SOBRE CORRUPÇÃO (27-213) O PRESENTE DOCUMENTO PRETENDE RETRATAR, DE FORMA INTEGRADA E TRANSVERSAL, OS DADOS ESTATÍSTICOS REFERENTES AO

Leia mais

Conselho Estratégico Ambiental. Protocolo

Conselho Estratégico Ambiental. Protocolo Conselho Estratégico Ambiental Protocolo Considerando que as políticas de ambiente, ordenamento do território e conservação da natureza assumem uma importância crescente no desenvolvimento nacional e local,

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Nacionalidade Vilhena Valente Rodrigues da Silva, Henrique Pedro Portuguesa Data de nascimento 09.03.1979 Sexo Emprego pretendido

Leia mais

Sessão: ENSINO SECUNDÁRIO

Sessão: ENSINO SECUNDÁRIO Sessão: ENSINO SECUNDÁRIO Gabinete de Psicologia Externato de Penafirme Carla Duarte Ensino Básico Do 1º ao 9º ano Ensino Secundário anos lectivos: 10º, 11º 1º ano Licenciatura anos Ensino Superior Mestrado

Leia mais