8º ANO PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "8º ANO PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST)"

Transcrição

1 SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO FUNDAMENTAL ELABORADO EM 2007 Fl-1 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS 8º ANO CARGA HORÁRIA: 90 HORAS N SESSÕES: 120 HORAS/AULA PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST) APROVADO PELO ADT BOL INTR / DEP 1. OBJETIVOS PARTICULARES DA ÁREA DE ESTUDO NO ANO a. Explicar a importância dos diversos sistemas que compõem o corpo humano. b. Compreender a morfofisiologia do corpo humano. c. Distinguir as principais patologias, enfatizando os procedimentos profiláticos e terapêuticos. d. Compreender a importância da orientação sexual no combate às doenças sexualmente transmissíveis (DST) e no controle da natalidade. e. Reconhecer que a complexidade do corpo humano confere-nos responsabilidade com relação à preservação da vida. f. Reconhecer a necessidade de sua integração com meio ambiente respeitando-o e protegendo-o; e g. Desenvolver habilidades de investigação por meio da pesquisa individual e em grupo seguindo metodologia científica.

2 2. UNIDADES DIDÁTICAS NÚMERO TÍTULO HORA/AULA Fl-2 I INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO 11 II FUNÇÕES VITAIS 41 III FUNÇÕES DE RELAÇÃO E COORDENAÇÃO 38 IV REPRODUÇÃO E HEREDITARIEDADE 19 VERIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM 08 RETIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM (MOSTRAGEM DAS AE 1ª a 3ª) 03 CARGA HORÁRIA TOTAL PARA O PLANEJAMENTO DO PET 120

3 Fl-3 UNIDADE DIDÁTICA I INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO CARGA HORÁRIA: 11 HORAS/AULA A S S U N T O S OBJETIVOS ESPECÍFICOS NR DE SESSÕES 1. Células e Tecidos. a. Caracterizar célula como a unidade morfofisiológica do ser vivo. b. Identificar estruturas relacionado-as às suas respectivas funções. c. Identificar os principais tipos de células humanas. d. Caracterizar morfofisiologicamente os diversos tipos de tecidos humanos. 11

4 Fl-4 UNIDADE DIDÁTICA I INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CORPO HUMANO INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS CARGA HORÁRIA: 11 HORAS a. Apresentar slides, filmes, vídeos, transparências e programas de computador sobre as células humanas comparando-as quanto à estrutura e modo de divisão celular e destacando as organelas celulares. b. Orientar o aluno para o uso adequado do material de laboratório e do manuseio do microscópio, culminando com a observação das células humanas. c. Mostrar, por meio de cartazes, murais e modelos anatômicos, os sistemas que compreendem as funções vitais. d. Levar o aluno, por meio de diálogos, a relacionar fisiologia celular às funções vitais. e. Orientar o discente a complementar seu aprendizado com o estudo a domicílio. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Adotado para os discentes: - César, Sezar e Bedaque. Ciências - Entendendo a natureza O Homem Ambiente. Editora Saraiva, 18 ª Edição, 2001, (livro texto). - Demétrio Gowdak e Eduardo Martins. Corpo Humano com Atualizações. 7ª série. Editora FTD, Daniel Cruz. Ciências e Meio Ambiente O Corpo Humano. Editora Ática, Carlos Barros e Wilson Paulino. Ciências A Vida Continua. Editora Ática, 66ª Edição, 2004.

5 Fl-5 UNIDADE DIDÁTICA II FUNÇÕES VITAIS CARGA HORÁRIA: 41 HORAS A S S U N T O S OBJETIVOS ESPECÍFICOS HORA/AULA 1. Funções vitais. a. Caracterizar e exemplificar as funções vitais Alimentos. a. Caracterizar por meio de exemplos, a importância dos alimentos. b. Classificar os alimentos quanto à sua origem, composição química e função. c. Explicar a importância da água e dos sais minerais para o bom funcionamento do organismo. d. Enumerar as diversas vitaminas, sua importância e em que alimentos são 08 encontradas. e. Identificar as doenças transmitidas pelos alimentos e/ou hábitos alimentares, assim como as suas medidas preventivas. f. Citar os métodos de conservação dos alimentos. 3. Digestão. a. Identificar os órgãos por onde passam os alimentos durante a digestão. b. Explicar a importância dos dentes e maneiras de conservá-los. c. Descrever os mecanismos de transformações químicas e mecânicas dos 08 alimentos. d. Identificar as doenças do sistema digestório e as maneiras de evitá-las. 4. Respiração. a. Identificar os órgãos que compõe o sistema respiratório. b. Descrever o processo de respiração, abordando as etapas de ventilação, hematose e respiração celular. 08 c. Identificar as doenças do sistema respiratório e as suas medidas preventivas. d. Descrever o processo de fonação. 5. Circulação. a. Identificar as principais características e funções dos elementos do sangue. b. Identificar os órgãos que compõe o sistema circulatório. c. Relacionar os órgãos às suas respectivas funções. d. Identificar o material transportado pelo sangue e linfa. e. Descrever o mecanismo da circulação sangüínea e linfática. f. Descrever o processo de produção de vacinas. g. Citar as principais vacinas. h. Destacar a ação preventiva das vacinas i. Identificar os grupos sangüíneos. j. Ressaltar as características que determinam as possíveis transfusões sanguíneas. k. Identificar as doenças do sistema circulatório e do sangue e as medidas profiláticas cabíveis. 09

6 6. Excreção. a. Descrever os mecanismos da excreção através da respiração, da urina e suor. b. Comparar a composição química da urina e do suor. c. Caracterizar o suor como meio de equilíbrio térmico do corpo. d. Identificar os órgãos componentes do sistema urinário e suas funções. e. Identificar o néfron como unidade funcional do rim. f. Caracterizar as principais doenças do sistema urinário e as medidas para preveni-las. 07 Fl-6

7 UNIDADE DIDÁTICA II FUNÇÕES VITAIS INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS Fl-7 CARGA HORÁRIA: 41 HORAS a. Apresentar slides, transparências, filmes, vídeos e programas de computador sobre a fisiologia e a anatomia dos sistemas relacionados às funções de nutrição. b. Montar experiências, com o auxílio dos alunos, sobre a fisiologia dos diversos sistemas associados às funções de nutrição. c. Mostrar, por meio de cartazes, murais e modelos anatômicos, os órgãos relacionados às funções de nutrição, localizando-os. d. Despertar o aluno para importância de uma dieta equilibrada, alertando-o para o perigo dos alimentos contaminados. e. Orientar o discente a complementar seu aprendizado com o estudo a domicílio. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Adotado para os discentes: - César, Sezar e Bedaque. Ciências - Entendendo a natureza O Homem Ambiente. Editora Saraiva, 18 ª Edição, 2001, (livro texto). - Demétrio Gowdak e Eduardo Martins. Corpo Humano com Atualizações. 7ª série. Editora FTD, Daniel Cruz. Ciências e Meio Ambiente O Corpo Humano. Editora Ática, Carlos Barros e Wilson Paulino. Ciências A Vida Continua. Editora Ática, 66ª Edição, 2004.

8 Fl-8 IDADE DIDÁTICA III FUNÇÕES DE RELAÇÃO E COORDENAÇÃO CARGA HORÁRIA:38 HORAS A S S U N T O S OBJETIVOS ESPECÍFICOS HORA/AULA 1. Sistema Locomotor. a. Identificar as divisões do Corpo Humano. b. Reconhecer o esqueleto como sustentáculo e protetor dos órgãos do corpo. c. Citar os elementos constituintes dos ossos reconhecendo as suas funções. d. Identificar as partes do osso. e. Identificar os diferentes tipos de ossos do corpo humano e suas articulações. f. Enumerar os cuidados que devemos ter com o esqueleto. g. Explicar a importância dos músculos para a locomoção. 12 h. Identificar os principais músculos do corpo humano. i. Relacionar os principais músculos com o movimento das regiões do corpo. j. Caracterizar os músculos estriado, liso e cardíaco. k. Determinar as funções e propriedades dos músculos liso, estriado e cardíaco. l. Relacionar a prática de esportes com a saúde física e mental do indivíduo. 2. Sistema Nervoso. a. Caracterizar o neurônio, identificando as suas diversas partes com as respectivas funções. b. Descrever o processo de sinapse enfatizando a sua importância no funcionamento de todo o organismo. c. Enumerar as divisões do Sistema Nervoso. d. Citar os órgãos do Sistema Nervoso Central com suas respectivas funções. e. Identificar as proteções do Sistema Nervoso Central. f. Classificar os nervos quanto ao tipo de estímulos que conduzem e quanto ao seu ponto de origem. g. Descrever o ato reflexo. h. Identificar as partes do Sistema Nervoso Autônomo descrevendo o seu funcionamento e funções. 11 i. Identificar os males causados ao Sistema Nervoso pelo álcool e pelas drogas

9 Fl-9 3. Sistema Sensorial. 4. Sistema Endócrino. j. Enumerar os órgãos dos sentidos, definindo sua importância. k. Identificar a pele como órgão sensorial, enfatizando o seu funcionamento. l. Identificar a língua e as fossas nasais como órgãos do paladar e do olfato. m. Relacionar as sensações de paladar e olfato, descrevendo o seu funcionamento. n. Identificar e localizar as estruturas componentes do ouvido descrevendo o mecanismo da audição e do equilíbrio. o. Enumerar os cuidados que devemos ter com a língua, as fossas nasais e os ouvidos. p. Identificar e localizar as partes constituintes do globo ocular e suas funções. q. Descrever o mecanismo da visão. r. Identificar os defeitos da visão e as respectivas lentes de correção. s. Enumerar as doenças do globo ocular. a. Caracterizar as glândulas exócrinas, endócrinas e mistas. b. Enumerar os hormônios, enfatizando sua origem e ação. c. Identificar os distúrbios ocasionados pela produção inadequada dos hormônios no organismo

10 UNIDADE DIDÁTICA III FUNÇÕES DE RELAÇÃO E COORDENAÇÃO INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS Fl-10 CARGA HORÁRIA: 38 HORAS a. Apresentar slides, vídeos, filmes e programas de computador que mostrem o funcionamento dos sistemas nervoso e endócrino, relacionando-os. b. Levar o aluno, por meio de aulas expositivas e experimentos, a entender o ato reflexo, a coordenação, os sentidos e a memória como funções do sistema nervoso. c. Mostrar, por meio de modelos anatômicos, cartazes e murais, a localização dos órgãos que compõem o sistema nervoso e endócrino. d. Orientar o aluno a complementar a seu aprendizado com pesquisas, relatórios e trabalhos em grupo. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Adotado para os discentes: - César, Sezar e Bedaque. Ciências - Entendendo a natureza O Homem Ambiente. Editora Saraiva, 18 ª Edição, 2001, (livro texto). - Demétrio Gowdak e Eduardo Martins. Corpo Humano com Atualizações. 7ª série. Editora FTD, Daniel Cruz. Ciências e Meio Ambiente O Corpo Humano. Editora Ática, Carlos Barros e Wilson Paulino. Ciências A Vida Continua. Editora Ática, 66ª Edição, 2004.

11 UNIDADE DIDÁTICA IV REPRODUÇÃO E HEREDITARIEDADE CARGA HORÁRIA: 19 HORAS A S S U N T O S OBJETIVOS ESPECÍFICOS HORA/AULA 1. Reprodução. a. Identificar os órgãos que compõem o sistema reprodutor feminino e masculino relacionando-os com suas respectivas funções. b. Relacionar a fecundação com a determinação do sexo na espécie humana. c. Descrever o mecanismo da menstruação. d. Descrever a fecundação e as diversas fases do desenvolvimento intra-uterino. e. Diferenciar a formação de gêmeos univitelinos e fraternos. f. Identificar os principais tipos de doenças sexualmente transmissíveis e as medidas profiláticas adequadas a cada uma. g. Identificar os principais métodos anticoncepcionais. 13 Fl Introdução à Genética a. Identificar o gene como a partícula portadora da informação hereditária, contida no cromossomo. b. Caracterizar dominância e recessividade. c. Reconhecer a interação entre genes e ambiente na formação das características. d. Compreender que apenas um cromossomo de cada par é transmitido através do gameta. e. Descrever como o sexo é determinado, em termos cromossômicos. 06

12 Fl-12 UNIDADE DIDÁTICA IV REPRODUÇÃO E HEREDITARIEDADE INSTRUÇÕES METODOLÓGICAS CARGA HORÁRIA: 19 HORAS a. Apresentar filmes, vídeos, programas de computador e slides sobre a fisiologia e a anatomia dos sistemas reprodutores. b. Mostrar, por meio de modelos anatômicos, o sistema reprodutor masculino e feminino, identificando-os e relacionando-os. c. Levar o aluno a compreender a importância da genética. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Adotado para os discentes: - César, Sezar e Bedaque. Ciências - Entendendo a natureza O Homem Ambiente. Editora Saraiva, 18 ª Edição, 2001, (livro texto). - Demétrio Gowdak e Eduardo Martins. Corpo Humano com Atualizações. 7ª série. Editora FTD, Daniel Cruz. Ciências e Meio Ambiente O Corpo Humano. Editora Ática, Carlos Barros e Wilson Paulino. Ciências A Vida Continua. Editora Ática, 66ª Edição, 2004.

13 Fl RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM: de acordo com a sistemática estabelecida pela DEPA nas NPCE. 4. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM PROCESSO DE AVALIAÇÃO INSTRUMENTO DE MEDIDA RETIFICAÇÃO DA UD (Tipo de Avaliação) Tipo de Prova Tempo APRENDIZAGEM AVALIADAS Destinado AE1 Formal (*) Até 90 minutos 45 minutos (**) I e II (parte) AE2 Formal (*) Até 90 minutos 45 minutos (**) II e III (parte) AE3 Formal (*) Até 90 minutos 45 minutos (**) III e IV (parte) AE4 Formal (*) Até 90 minutos 45 minutos (**) IV (parte) e V APR Formal (*) Até 120 minutos - TODAS a. Observações: ( * ) de acordo com as NEIAE, Port Nr 104/DEP, de 28 Dez 00. (**) se não houver necessidade de retificação da aprendizagem, reverter a carga horária para UD julgada mais conveniente ou explorar assunto da atualidade; b. Legenda: AE = Avaliação de estudo PRF = Prova de recuperação final Rio de Janeiro RJ Gen Diretor de Ensino Preparatório e Assistencial

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE Fl-1 SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO MÉDIO ELABORADO EM 2007 BIOLOGIA 2º ANO CARGA HORÁRIA: 90 HORAS Nr SESSÕES: 120 HORAS-AULA PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT

Leia mais

- Compreender a formação do universo em se tratando da evolução do homem como um todo. - análise de texto - Leitura; - Texto descritivo.

- Compreender a formação do universo em se tratando da evolução do homem como um todo. - análise de texto - Leitura; - Texto descritivo. Plano de ação- 2015 - trimestral Colégio Estadual Mahatma Gandhi Ensino Fundamental Ciências 8º A, 8ºB, 8C Professora: Josiane Maria Guerra Conteúdo específico Objetivos Encaminhamentos metodológicos e

Leia mais

PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST)

PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST) SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO FUNDAMENTAL ELABORADO EM 2007 Fl-1 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS 6ª ANO CARGA HORÁRIA: 120 HORAS Nr SESSÕES: 160 horas-aula PLANO DE

Leia mais

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 Departamento de Ciências Experimentais Grupo de recrutamento 520 - Biologia e Geologia Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 1 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de

Leia mais

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde.

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2014/2015 AULAS PREVISTAS TEMA ORGANIZADOR CONTEÚDOS CONCETUAIS (45 MINUTOS) A B VIVER MELHOR NA TERRA 1. Saúde individual e comunitária.

Leia mais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais ANO LETIVO 2013/2014 Departamento Curricular: Ciências Experimentais Grupo Disciplinar: Biologia e Geologia 9º Ano Planificação da disciplina de Ciências Naturais 1º Conteúdos / Unidades Didáticas 1.Saúde

Leia mais

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde;

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde; Saúde individual e comunitária 1º Período Indicadores do estado de saúde de uma população Medidas de ação para a promoção da saúde Compreender o conceito de saúde; Conhecer os indicadores do estado de

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 8º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária UNIDADE TEMÁTICA: Saúde N.º DE Saúde Individual e Comunitária. - Desenvolvimento do conceito de saúde Definição de Saúde pela O.M.S..2 -Medidas para a promoção

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras: Escola Secundária de Valongo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia As Professoras: Cláudia Rocha Fátima Garcia Tema Organizador: Viver Melhor na Terra 1º PERÍODO

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO Livro adotado: Ciências da natureza 6 Satillana Ano Letivo 2012/2013 UNIDADE DIDÁCTICA CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS Nº DE AULAS (1ºP) Preparação do ano escolar.

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população Sintetizar as estratégias de promoção da saúde Conhecer os distintos níveis estruturais do corpo Viver Melhor

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Ano letivo 01/016 CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período : Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS 1.1. Importância de uma alimentação equilibrada e segura Alimentos e nutrientes;

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Fisiologia Humana Professor: Ricardo Marques Nogueira Filho e-mail: ricardonogfilho@ig.com.br Código: Carga Horária:

Leia mais

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação N.º de tempos previstos Período lectivo Apresentação - Diálogo professor/aluno. SAÚDE INDIVIDUAL E - Avaliação

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16 Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16 Período 1ºPeríodo Nº Aulas previstas 37 aulas Conteúdos

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1) e Elisangela

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES ANO LECTIVO 2014 / 2015 PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano DOMÍNIO: PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Processos vitais comuns aos seres vivos o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância de uma alimentação equilibrada

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Competências essenciais Conteúdos Materiais N.º de aulas (45 min.) Compreender que a vida dos seres é assegurada pela realização de funções

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade Saúde Individual e comunitária Indicadores do estado de saúde de uma população

Leia mais

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente 1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS Eu um ser no ambiente Higiene Corporal Os cinco sentidos Corpo humano Perceber a importância do cuidado com o corpo, da vacinação e da prevenção de acidentes.

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL PLANEJAMENTO ANUAL

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL PLANEJAMENTO ANUAL CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL Professor: Cleide Maria Senger Disciplina: Biologia Série: 3º Ano: 2013 1º Bimestre PLANEJAMENTO ANUAL Conteúdo Estruturante

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais A proposta Em sua organização teórico-metodológica, a proposta enfatiza a construção do pensamento científico acerca

Leia mais

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há Pré-Requisitos 2. EMENTA: Conceito de Anatomia com as diversas formas de seu estudo. Conceito de normal,

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE - 161718 GRUPO DISCIPLINAR 230 MATEMÁTICA/ CIÊNCIAS DA NATUREZA ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 TEMA/ CONTEÚDO: Processos Vitais

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) Série: 3º Turmas: 301, 30, 303, 304 PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 013

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 2015 IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO JALLES MACHADO ESCOLA LUIZ CÉSAR DE SIQUEIRA MELO PROFESSOR: ELIAS ALVES DE SOUZA SÉRIE: 6º ANO TURMA: A/B TURNO: MATUTINO OBJETIVOS GERAIS O

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Sistema Solar e exploração do Universo - Movimentos da - Terra e da Lua Reconhecer

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura Nutrientes - o que são Funções dos nutrientes ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE Apresentar

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II Alerta Professor Disciplina Tarefa/Trabalhos/ Provas /Testes Prazo

9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II Alerta Professor Disciplina Tarefa/Trabalhos/ Provas /Testes Prazo Rede Concepcionista De Ensino Machado- MG Colégio Imaculada Conceição Somando forças na construção de um mundo melhor. Ficha de Acompanhamento de Tarefas On Line 9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9.º Ano UNIDADES DIDÁTICAS CONTEÚDOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período VIVER MELHOR NA TERRA Saúde individual e comunitária Medidas de ação para a promoção

Leia mais

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO BIOLOGIA 12º ANO

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO BIOLOGIA 12º ANO MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO Duração da Prova 90 minutos + 30 minutos de tolerância BIOLOGIA 12º ANO (Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

CIÊNCIAS DESCRITORES

CIÊNCIAS DESCRITORES CIÊNCIAS DESCRITORES 1. BIMESTRE - 2015 4.º ANO Identificar a permeabilidade nos diferentes tipos de solo. Identificar a presença de água no interior do corpo dos seres vivos. Identificar as condições

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Série: I C. H. Semanal: 5,0

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Série: I C. H. Semanal: 5,0 Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Área de conhecimento: Ambiente, Saúde e Segurança Componente Curricular: Fisiologia Humana Série: I

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS UNIDADE 1 Conteúdos. UNIDADE 2 Conteúdos

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS UNIDADE 1 Conteúdos. UNIDADE 2 Conteúdos Ser humano: semelhanças e diferenças (características físicas e comportamentais, gostos pessoais) Partes do corpo humano Sentidos humanos: audição, visão, paladar, tato e olfato Cuidados com os órgãos

Leia mais

Saúde Individual e Comunitária

Saúde Individual e Comunitária CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 outubro de 2015) Saúde Individual e Comunitária - Saúde e qualidade de vida -Indicadores

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: HISTOLOGIA DOS ÓRGÃOS GRADE: RESOLUÇÃO CEPEC Nº 831 SEMESTRE: 2 ANO: 2011 MATRIZ

Leia mais

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, saúde e segurança. Habilitação Profissional: sem habilitação

Leia mais

pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbn Ciências

pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbn Ciências Qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg hjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuio Planejamento Anual 2014 pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe

Leia mais

Conteúdos. Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários.

Conteúdos. Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários. Conteúdos Composição dos ossos humanos. Importância dos ossos e músculos nos movimentos. Reflexos voluntários e involuntários. Conteúdos Constituição e funcionamento do sistema nervoso central. Glândulas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO Período Nº semanas Nº de aulas Previstas 1º 13 37 2º 10 32 3º 9 27 TOTAL 96 Domínios Subdomínios

Leia mais

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5 Escola EB 2,3 de António Feijó Ponte de Lima Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Subestrutura de Ciências Naturais PROGRAMA CALENDARIZAÇÃO Ano Letivo: 2015/2016 Disciplina de: CIÊNCIAS

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Trocas nutricionais entre o organismo e o meio: nos animais. 1. Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura 1.1. Apresentar um conceito de

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Colégio Nossa Senhora do Rosário. CONTEÚDOS DA 3ª ETAPA 7ª Série

Colégio Nossa Senhora do Rosário. CONTEÚDOS DA 3ª ETAPA 7ª Série Colégio Nossa Senhora do Rosário. CONTEÚDOS DA 3ª ETAPA 7ª Série LÍNGUA PORTUGUESA Leitura:. Leitura de textos não verbais;. Leitura de poemas em Língua Portuguesa, produzidos fora do Brasil;. Leitura

Leia mais

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano Ciências Naturais Projeto 1 Os alimentos como veículo de nutrientes. Tempo Previsto: 3 quinzenas do 1ºPeríodo 1.ª Fase: Alimentação saudável e segura 2.ª Fase: O Processo digestivo de ser humano 3.ª Fase:

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc-BP 9/2005 ALTERA AS EMENTAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Bragança

Leia mais

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico.

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. 1 O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. Note essa organização na figura abaixo. - Átomos formam

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR FUNÇÃO: Educação para Saúde SUBFUNÇÃO OU COMPONENTE CURRICULAR: ANATOMIA

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Planificação Anual Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação o Relacionar alimento

Leia mais

DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional

DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional Química Aprenda química de forma super interativa e inovadora. Explore diversos conteúdos da disciplina: os elementos químicos, tabela periódica, modelos atômicos

Leia mais

Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2

Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 8.1 e 8.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Ciências da Natureza. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Ciências da Natureza. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Ciências da Natureza baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA Elementary School 2 K5 Meu corpo Meu corpo. Higiene do corpo. Órgãos

Leia mais

Curso de Graduação em Medicina

Curso de Graduação em Medicina Curso de Graduação em Medicina Disciplina: Histologia e Citologia Ano: 2012 Série: 1º ano Carga Horária: 172 horas teórico-práticas Departamento: ogia Coordenador: Profa. Duarte Barros Considerações: A

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Área de conhecimento: CIENCIAS DA NATUREZA, MATEMATICA E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular:

Leia mais

Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre

Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 8ºcie302r Caros alunos, Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre No 2º trimestre nos dedicamos ao estudo do funcionamento do corpo humano,

Leia mais

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular.

Sistema Nervoso. Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Neurônio Sistema Nervoso Corpo celular constituída pela membrana, organelas e núcleo celular. Dendritos prolongamentos ramificados que captam os estímulos nervosos. Axônio prolongamento único e responsável

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. Ao lançar

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 CIÊNCIAS DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa Email: liamara@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1ª Fase Semestre:

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados:

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: PLANO DE ESTUDOS O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: 1.º PERÍODO DOMÍNIO SUBDOMÍNIO / CONTEÚDOS Saúde individual e comunitária 1 -Compreender a importância

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: / /2013 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 90 pontos MATUTINO: Orientações

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA PLANO DE AULA BIOLOGIA 1º ANO/EM

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA PLANO DE AULA BIOLOGIA 1º ANO/EM MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA Prof. Salomão profsalomao@gmail.com PLANO DE AULA BIOLOGIA 1º ANO/EM Sem Mês Início Término CH 1ª FEV 7 11 3 ASSUNTO: ASPECTOS

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultores Conceição

Leia mais

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre ESTUDO BASE 8 ANO Prof. Alexandre FORMA E FUNÇÃO Natureza FORMA E FUNÇÃO Artificiais FORMA E FUNÇÃO Todos os objetos apresentam uma relação intíma entre sua forma e função Relação = FORMA/FUNÇÃO BIOLOGIA

Leia mais

Informação Prova de equivalência à frequência

Informação Prova de equivalência à frequência Informação Prova de equivalência à frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 1ª e 2ª fases Ano Letivo 2014/2015 Disciplina: Ciências Naturais Duração: 90 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1-

Leia mais

Resposta: No terço externo das tubas uterinas (=trompas, ovidutos, trompas de Falópio) Tubas uterinas útero endométrio

Resposta: No terço externo das tubas uterinas (=trompas, ovidutos, trompas de Falópio) Tubas uterinas útero endométrio 1 a Questão: (15 pontos) Uma mulher de 30 anos tem um ciclo padrão de 28 dias e deseja engravidar. A data da última menstruação foi no dia 1 o do mês passado. Suas dosagens hormonais estão normais. a)

Leia mais

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 1. Introdução Os exames de equivalência à frequência incidem sobre a aprendizagem definida para o final do 2.º ciclo do ensino básico, de acordo com o currículo

Leia mais

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013)

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013) ESCOLA BÁSICA 2/3 D. AFONSO III FARO Departamento Curricular de Ciências Experimentais Grupo Disciplinar 520 PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LECTIVO 2014/2015 DOMÍNIO: Viver

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PLANO DE TRABALHO DOCENTE IDENTIFICAÇÃO: COLÉGIO ESTDUAL DARIO VELLOZO CURSO: TÉCNICO EM ENFERMAGEM PROF. ENFª. ARLETE JUÇARA REFOSCO TANURE DISCPLINA: ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA APLICADA A ENFERMAGEM

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS A proposta O Material Didático Positivo, em sua proposição textual e metodológica, procura fornecer elementos para que

Leia mais

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Introdução O corpo humano é coordenado por dois sistemas: o nervoso e o endócrino. O sistema nervoso é o que coordena, por meio da ação dos neurônios, as respostas fisiológicas, como a ação dos músculos

Leia mais

Sistema Endócrino Sistema Endócrino Sistema Endócrino Sistema Endócrino Sistema Endócrino Sistema Endócrino Mensagem Química: Hormônios Os hormônios são substâncias químicas liberadas na corrente sanguínea

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS CONTEÚDOS CIÊNCIAS DA NATUREZA AULAS PREVISTAS 6.ºA 6.ºB 6.ºC 6.ºD 98 97 97 97 Tema 1 Processos vitais comuns aos seres vivos CONTEÚDOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico

Sistema nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico SISTEMA NERVOSO Sistema nervoso Funções: Coordena o funcionamento dos outros sistemas. Controla os movimentos (voluntários e involuntários). É responsável pela recepção de estímulos externos e pela resposta

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultora Conceição Santos

Leia mais

O humano e o ambiente

O humano e o ambiente Aula 01 O humano e o ambiente O ser humano é formado por um conjunto de células. Um conjunto de células forma os tecidos. Um conjunto de tecidos forma os órgãos. Um conjunto de órgão forma os sistemas.

Leia mais

Planificação a longo prazo 2014/2015

Planificação a longo prazo 2014/2015 Planificação a longo prazo 2014/2015 1º Período Tema organizador: Viver melhor na Terra Conteúdos Nº de aulas Apresentação 1 1. Trocas nutricionais entre o organismo e o meio 9 1.1. Os alimentos como veículos

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS A proposta A proposta de ensino das Ciências Naturais se fundamenta na construção do pensamento científico acerca dos fenômenos

Leia mais

MATRIZ DA COMPONENTE ESCRITA TIPO DE QUESTÕES

MATRIZ DA COMPONENTE ESCRITA TIPO DE QUESTÕES MATRIZ DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 1. Níveis de organização biológica 2. Reprodução Humana. 2.1. Morfologia do sistema reprodutor humano. 2.2 Vida intra-uterina. 2.3 Métodos contraceptivos. 3. Factores

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016. PLANIFICAÇÃO ANUAL 3ºCiclo. Ciências Naturais 9ºano Documento(s) Orientador(es): Metas Curriculares de Ciências Naturais de 9º ano, Projeto

Leia mais

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi

Sistema Nervoso Professor: Fernando Stuchi Fisiologia Animal Sistema Nervoso Sistema Nervoso Exclusivo dos animais, vale-se de mensagens elétricas que caminham pelos nervos mais rapidamente que os hormônios pelo sangue. Mantido vivo pela eletricidade,

Leia mais

Sondar os conhecimentos prévios dos alunos antes da abordagem do conteúdo a ser trabalhado.

Sondar os conhecimentos prévios dos alunos antes da abordagem do conteúdo a ser trabalhado. PLANO DE AULAS-REPOSIÇÃO - lº BIMESTRE/2015 Disciplina: Biologia 2 ano A, B, C, D. Período: de 20/03/2015a 30/04/2015 As funções vitais básicas: O papel da membrana na interação entre célula e ambiente

Leia mais

Ciências Naturais. Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais

Ciências Naturais. Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais A proposta O Material Didático Positivo, em sua proposição textual e metodológica, procura fornecer elementos para que

Leia mais

ESCOLA E.B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 2012/2013 1º Período. Tempo (x45 )

ESCOLA E.B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 2012/2013 1º Período. Tempo (x45 ) ESCOLA E.B. /3 CICLOS DE PEDROUÇOS Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 0/03 º Período TEMA ORGANIZADOR: Viver melhor na Terra: Trocas nutricionais entre os animais e o meio Conteúdos Competências

Leia mais

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 8º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Ciências ANO/TURMA SEMESTRE DATA 8º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Juliana TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. A pele é um órgão

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE. Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE. Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO As Docentes Responsáveis: 1º Periodo Unidade

Leia mais