17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A."

Transcrição

1 Resultado 1T10 17 de Maio de

2 Aviso Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima ou palavras de sentido similar. As informações contidas nesta apresentação sobre as declarações futuras da Companhia, incluindo perspectivas de negócios, projeções operacionais e financeiras e crescimento potencial são meras previsões baseadas nas expectativas da administração em relação a sua performance futura. Estas estimativas são altamente dependentes do comportamento do mercado, da performance da economia brasileira, indústria e de condições do mercado internacional. Como tal, estão sujeitas a mudanças. 2

3 Destaques Vestibular Recorde: captação de mais de 90 mil alunos Melhoria na Retenção: 91,6% no 1T10 vs 89,3% no 1T09 Melhoria no Recebimento de Mensalidades: Redução sequencial de 9 dias de CR Expansão de Margens: 2,8 p.p. em Campus; 5,3 p.p. em Pólos Crescimento Orgânico e Geração de Caixa Operacional Consolidação da Liderança e Força da Marca

4 Captação Captação CAGR: 33,0% 10,6% 89,8 81,2 15,6% 29,4 25,4 50,7 10,2 8,3% 55,8 60,4 40,5 Marca e Marketing reconhecidos: 1 29ª Marca Mais Valiosa do Brasil (BrandAnalytics/Millward Brown, 2010) 2 2 troféus de ouro e 1 troféu de prata em mídia digital no XVI Prêmio ABEMD (Associação Brasileira de Marketing Direto, 2010) Câmpus Pólos* ,3% Campus Entrantes / Campus * Não inclui cursos de extensão e preparatórios 4

5 Retenção Retenção* -8,4% 152,2 42,6-10,7% -8,5% 135,9 38,9 175,4 52,9-8,9% 160,7 48,2 109,6-11,5% 97,0 122,5-8,2% 112,5 4T08 1T09 4T09 1T10 Câmpus Pólos** * Dos 127,8 mil alunos médio nos Câmpus no 4T08, 18,2 mil eram formandos, resultando 109,6 mil alunos renováveis, enquanto nos pólos havia 43,1 mil alunos, dos quais 0,5 mil eram formandos, resultando em 42,6 mil alunos renováveis. No 4T09 havia 144,0 mil alunos nos Câmpus, dos quais 21,4 mil eram formandos, resultando em 122,5 mil alunos renováveis, enquanto nos pólos havia 55,9 mil alunos médio, dos quais 3,0 mil eram formandos, resultando em 52,9 mil alunos renováveis ** Não inclui cursos de extensão e preparatórios 5

6 Financiamento Estudantil - FIES Durante o Curso Carência Amortização Valor pago pelo Aluno Máximo de R$ 50 a cada 3 meses Máximo de R$ 50 a cada 3 meses Amortização do saldo devedor Tempo de Financiamento Duração do curso 18 meses Até 13 anos Até 19,5 anos* Outras Condições Taxa de Juros: 3,4% a.a. Mensalidade financiada: de 50% a 100% Período de solicitação: a qualquer momento * Considera curso com duração de 5 anos. 6

7 Destaques Financeiros 1T10 4T09 1T09 Var. % 1T10 x 4T09 1T09 Média de Alunos Matriculados ,1% 16,6% Alunos em Câmpus ,2% 13,2% Alunos em Pólos ,0% 22,0% Câmpus em Operação (médio) 54,0 54,0 53,0 0,0% 1,9% Alunos por Câmpus em Operação ,2% 11,1% Receita Líquida (em R$ MM) 274,8 210,3 242,8 30,7% 13,2% Lucro Bruto (em R$ MM) 144,1 81,6 121,0 76,6% 19,1% Margem Bruta 52,4% 38,8% 49,8% 13,6 p.p. 2,6 p.p. Despesas de Vendas, Gerais e Adm. (em R$ MM) 75,7 53,6 61,1 41,3% 23,9% (%) SG&A / RL 27,6% 25,5% 25,2% -2,1 p.p. -2,4 p.p. EBITDA (em R$ MM) 72,1 33,1 65,2 117,8% 10,5% Margem de EBITDA 26,2% 15,7% 26,9% 10,5 p.p. -0,7 p.p. EBITDA Recorrente (em R$ MM) 82,4 33,1 70,2 148,9% 17,3% Margem de EBITDA Recorrente 30,0% 15,7% 28,9% 14,2 p.p. 1,0 p.p. 7

8 Alunos, Ticket e Receita Líquida Alunos e Ticket* Receita Líquida Em milhões de R$ 304,4 265,1 299,5 252,1 251,0 17,1% 13,0% 294,0 121,0 CAGR: 38,9% 242,8 12,6 36,9 13,2% -14,9% 26,9% 274,8 10,7 46,9 99,2 107,1 152,9 144,0 20,2% 173,0 142,4 193,2 12,4% 217,2 1T09 4T09 1T10 Alunos em Campus Alunos em Pólos Ticket Médio 1T08 1T09 1T10 Consolidado Campus Pólos Formação Profissional % do Total 39,4% 42,7% 41,2% Pólos 60,6% 57,3% 58,8% Campus * Receita Líquida, exceto parcela referente à Formação Profissional, dividida pelo número de alunos de Campus e Pólos 8

9 Lucro Bruto Lucro Bruto por Segmento Em milhões de R$ 51,2% 52,4% 49,8% CAGR: 40,5% 19,1% 144,1 121,0-23,1% 7,5 9,7 39,1% 28,5 20,5 73,0 90,7 19,2% 108,1 % de Mg Bruta 1T08 1T09 1T10 Consolidado Campus Pólos Formação Profissional Campus 47,0% 49,8% +2,8 p.p. Pólos 55,4% 60,8% +5,3 p.p. Formação Profissional 77,4% 70,0% -7,4 p.p. 9

10 Vendas Despesas de Vendas Despesas de Marketing Em milhões de R$ Em milhões de R$ 6,8% 8,4% 10,8% 7,9% 11,6% 14,6% 16,4% 29,7 13,5% 8,0 45,1 16,5 17,7 21,7 8,0 1T09 4T09 1T10 Despesas de Marketing Não recorrente Desp. MKT s/rl Desp. MKT Recorrente s/rl 28,2 30,7 37,1 Em milhões de R$ PDD 6,2% 5,6% 4,8% 1T09 4T09 1T10 Despesas de Vendas Desp. Vendas s/rl Não recorrente Desp. Vendas Recorrente s/rl 11,7 13,0 15,4 1T09 4T09 1T10 PDD % Receita Líquida 10

11 Despesas Administrativas G&A* Em milhões de R$ 15,8% 11,3% 10,3% 10,6% 10,8% 13,5% 10,2% 10,4% 10,9% 11,1% 11,5% 10,3% 7,4% 67,1 95,6 32,8 5,0 23,0 30,6 2,3 17,8 30,9 15,4 27,8 23,6 6,7 16,3 22,9 28, T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 G&A Não Recorrente % G&A / RL % G&A Recorrente / RL *No 3T09 houve 9,0 MM de ganho de capital menos 2,3 de despesas não recorrentes; No 4T09 houve ganho de capital porém foi anulado pelas Despesas não recorrentes. 11

12 EBITDA e Lucro Líquido Ajustado EBITDA Lucro Líquido Ajustado Em milhões de R$ 31,2% 28,9% 30,0% 26,9% 26,2% Em milhões de R$ 22,7% 22,4% 21,6% 18,8% 15,8% CAGR: 36,1% 70,2 5,0 17,3% 82,4 10,3 59,4 9,3% 54,4 5,7 3,8 5,0 10,3 65,2 72,1 45,5 43,5 44,5 32,3 1T08 1T09 1T10 1T08 1T09 1T10 EBITDA Não Recorrente % EBITDA / R.L % EBITDA Recorrente / R.L Lucro Líquido Ajustado Não Recorrente AVP Mg L.L. Ajust. Mg L.L. Recorrente + AVP 12

13 Contas a Receber T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 Mensalidades a Receber Acordos a Receber Pólos e Livros Plano de Pagamento Piloto 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 Receita Líquida Variação T/T na 6% 12% 14% 27% -5% -5% -5% 31% Mensalidade a receber (CP) Variação T/T na 33% 17% 31% 26% 12% -19% 18% 18% Variação caixa na (21.6) (15.3) (31.6) (34.6) (20.7) 36.6 (27.4) (32.9) 13

14 Mensalidades a Receber Dias de Vendas Saldo de Mensalidades Em milhões de R$ ,9 159,7 119,0 146,4 165, ,6 77,9 69,9 83,2 82, ,3 81,8 49,1 63,2 83,4 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 Mensalidades a Receber Acordos a Receber 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 Mensalidades a Receber Acordos a Receber 14

15 Variação de CCL (R$ MM) 1T10 1T09 var % Variação do CCL (32.6) (48.3) -32.5% (-) Variação do Ativo Circulante (24.7) (40.8) -39.5% Contas a Receber (32.9) (34.6) -5.0% Adiantamentos Trabalhistas % Estoques 5.5 (6.4) % Outros 0.9 (0.9) % (+) Variação do Passivo Circulante (7.9) (7.4) 6.5% Fornecedores (0.7) % Salários e Encargos Sociais % Obrigações Fiscais (0.1) (2.0) -94.3% Outras Obrigações de Curto Prazo (0.2) (2.6) -93.3% Adiantamento de Mensalidades (14.0) (18.9) -25.9% 15

16 Fluxo de Caixa 1T10 1T09 var % Recebimentos de Caixa 66,4 63,6 4,4% EBITDA 72,1 65,2 10,5% (-) Contribuição Social e IR (5,7) (1,6) 247,3% Variação do CCL (32,6) (48,3) -32,5% Geração de Caixa Operacional 33,8 15,4 120,2% Investimentos* (30,2) (40,1) -24,7% Geração de Caixa após Investimentos 3,6 (24,7) -114,8% Atividades de Financiamento (5,2) 32,7-116,0% Variações de Caixa (1,6) 8,0-119,9% Caixa Inicial 265,3 29,1 811,5% Caixa Final 263,7 37,1 610,6% 16

17 Desafios e Guidance Satisfação e Retenção de Alunos com Melhoria de Recebimento Financiamentos: FIES & Privado Adição de Novos Alunos Vestibular 2010/2 Introdução de Novos Cursos Entrada em Novos Mercados: Pequenas Aquisições e lançamento de novos câmpus Expansão de Margem Bruta Penetração do EaD Melhoria dos câmpus adquiridos Guidance 2010 Expectativa da Administração: R$ 240 MM de EBITDA 17

18 Governança Management estruturado para superar os desafios: 1 Conselho de Administração: 7 membros; 1 independente = 20% de independentes seguindo norma do Nível 2 da Bovespa 2 Diretoria: Presidente (Prof. Carbonari) Dir. Superintendente (Ricardo Scavazza) VP Prog. Inst. (Profa. Maria Elisa) VP Acadêmica (Profa. Ana Maria) VP Planejamento (José Teixeira) VP Operações (Antônio Costa) VP Financeiro (Marcos Guimarães) 3 Concessão da Primeira Outorga do Plano de Opções Executivos participantes: 18 Vestings: 1/3 em 3 anos, 1/3 em 4 anos e 1/3 em 5 anos Diluição do Capital Social: 0,5 % 18

19 Perguntas 19 19

Resultados do 4T15 e 2015

Resultados do 4T15 e 2015 Resultados do 4T15 e 2015 Rogério Melzi Presidente Virgílio Gibbon Diretor Financeiro e DRI Destaques 2015 Crescimento base de alunos (+15,2%) e Receita Líquida Recorrente (+23,4%) Crescimento sustentável

Leia mais

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 Receita bruta cresce Receita bruta atinge Margem EBITDA atinge 11,7% R$800,7 MM 17,7% Dickson Esteves Tangerino Presidente Octávio Fernandes Vice-Presidente de Operações

Leia mais

Resultado 2T de Agosto de página 1

Resultado 2T de Agosto de página 1 Resultado 2T11 16 de Agosto de 2011 1 1 página 1 1 Fundamentos do Negócio Conveniência Qualidade Acessibilidade Proposição de Valor Grades flexíveis: Companhia oferece cursos de 1, 2, 3 ou 4 dias com atividades

Leia mais

4º Trimestre 2012 Apresentação de Resultados 11 de Março de 2013

4º Trimestre 2012 Apresentação de Resultados 11 de Março de 2013 4º Trimestre 2012 Apresentação de Resultados 11 de Março de 2013 Disclaimer Considerações futuras, se contidas nesse documento, são exclusivamente relacionadas às perspectivas do negócio, estimativas de

Leia mais

Resultados 3T16 Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016

Resultados 3T16 Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016 Resultados 3T16 Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016 Disclaimer O conteúdo desta apresentação pode incluir expectativas sobre eventos e resultados futuros estimados pela Administração. Entretanto, tais

Leia mais

Anhanguera reporta captação recorde de alunos e crescimento de 120% na geração de caixa operacional no 1º Trimestre de 2010

Anhanguera reporta captação recorde de alunos e crescimento de 120% na geração de caixa operacional no 1º Trimestre de 2010 Anhanguera reporta captação recorde de alunos e crescimento de 120% na geração de caixa operacional no 1º Trimestre de 2010 www.unianhanguera.edu.br 1T10 Ricardo Scavazza Diretor Superintendente José Augusto

Leia mais

Resultados 4T13

Resultados 4T13 www.animaeducacao.com.br/ri Resultados 4T13 Disclaimer As informações gerais e resumidas relacionadas às atividades desempenhadas pela Anima Educação até a presente data não constituem de forma alguma

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias 2 Nota Importante Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Guararapes

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017 Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017 Destaques 1T17 Vendas E-commerce Lucro Bruto Despesas Operacionais EBITDA Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Vendas

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer informações,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12

Apresentação de Resultados 2T12 Apresentação de Resultados Agosto/2012 O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Tratam-se de informações resumidas sem intenção de serem completas,

Leia mais

Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013

Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013 Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013 Operacionais & Financeiros Receita bruta de R$845,4 milhões, um crescimento de 13,2% ante o 2T12 Margem bruta de 31,5%, 1,4p.p acima do 2T12 SSS de 9,8%

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 Brasil Pharma Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 2 Destaques 2T16 Destaques: Margem Bruta Margem bruta de 30,0%, com crescimento de 1,6 p.p. em relação ao 1T16 e 2,4 p.p. em relação ao

Leia mais

Resultados do 1T de abril de 2008

Resultados do 1T de abril de 2008 Resultados do 25 de abril de 2008 mercado alvo CF&T Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2002-2007) = 15,5% 11,5 13,0 10,1 8,7 6,3 7,2 +13,1% 2002 2003 2004 2005 2006 2007

Leia mais

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias RESULTADOS 1T15 2 Nota Importante Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento

Leia mais

Resultados R$ Milhões

Resultados R$ Milhões 1 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido 2 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido Ajustado CAGR: 13,6%aa CAGR: 30,1%aa 3 Resultados R$ Milhões Lucro Líquido Trimestral Recorrente 4 Resultados R$ Milhões Patrimônio

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T de agosto de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T de agosto de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T16 04 de agosto de 2016 Magazine Luiza Destaques do 2T16 Vendas e Margem Bruta E-commerce Despesas Operacionais EBITDA e Lucro Líquido Endividamento Crescimento da receita

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados do 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados Comentários de abertura Rubens Menin 2 Divulgação de Resultados Destaques Crescimento com margens diferenciadas; Maior operação no

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias 2 Nota Importante Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Guararapes

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

FAL / FATERN RN. Fusões e Aquisições. Junho/2011 1

FAL / FATERN RN. Fusões e Aquisições. Junho/2011 1 FAL / FATERN RN Fusões e Aquisições Junho/2011 1 REGIÃO NORDESTE CRESCIMENTO Baixa penetração de matriculados na região Nordeste indica alto potencial de crescimento Penetração de matriculados na população

Leia mais

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14 24 de Julho de 2014 RESULTADOS E 1S14 Consolidado: Destaques do Receita líquida avança 13,4%, com crescimento mesmas lojas de 9,5%: Crescimento impulsionado pelo desempenho do Alimentar e da Nova Pontocom;

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11

Apresentação de Resultados 4T11 Apresentação de Resultados 4T11 Março/2012 KROT11 Disclaimer O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Tratam-se de informações resumidas sem

Leia mais

Divulgação de Resultado 4T15

Divulgação de Resultado 4T15 Divulgação de Resultado 4T15 1 Dados de mercado em 17/03/2016 Cotação: R$2,12 Valor de Mercado: R$140.103.091,68 T e l e c o n f e r ê n c i a 4T15 Teleconferência em português: 18 de março de 2016 Sexta-feira,

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Market Share Indicadores dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 set/13 Ativo Total * 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido * 11º 12º 11º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 7º

Leia mais

Droga Raia Resultados do 3º Trimestre

Droga Raia Resultados do 3º Trimestre Droga Raia Resultados do 3º Trimestre 11 de Novembro de 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Apresentação Resultados 2T08

Apresentação Resultados 2T08 Apresentação Resultados 2T08 São Paulo, 18 de agosto de 2008 Contatos: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Gerente de RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações

Leia mais

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013 Souza Barros Fique por dentro Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant Ricardo Pansa Presidente e DRI Maio de 2013 Nutriplant: opção de investimento em insumos diferenciados para o agronegócio brasileiro.

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 36,6% no EBITDA e de 172,6% na Geração de Caixa Operacional no 2º Trimestre de 2010

Anhanguera reporta crescimento de 36,6% no EBITDA e de 172,6% na Geração de Caixa Operacional no 2º Trimestre de 2010 Anhanguera reporta crescimento de 36,6% no EBITDA e de 172,6% na Geração de Caixa Operacional no 2º Trimestre de 2010 www.unianhanguera.edu.br/ri 2T10 Valinhos, 16 de agosto de 2010: A - ANHANGUERA (BOVESPA:

Leia mais

Resultados Título da apresentação

Resultados Título da apresentação Resultados 2015 Título da apresentação Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

Saraiva S.A. Livreiros Editores

Saraiva S.A. Livreiros Editores 1 Saraiva S.A. Livreiros Editores Teleconferência - Resultados até setembro de 2006 17 de novembro de 2006 Ressalvas sobre declarações futuras 2 Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido 12º 11º 12º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 8º 7º Nº de Agências 7º 7º 7º 7º 7º Fonte: Banco

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais

8.000 ATIVO CIRCULANTE

8.000 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Ativo X0 X1 Receita de Vendas 8.000 ATIVO CIRCULANTE 500 2.150 (-) CPV -5.000 Caixa 100 1.000 Lucro Bruto 3.000 Bancos 200 100 (-) Despesas financeiras -1.500

Leia mais

RESULTADOS 1T14 RESULTADOS 1T14

RESULTADOS 1T14 RESULTADOS 1T14 DESTAQUES DO Receita Bruta Lucro Bruto SG&A Crescimento de 14,1% no, atingindo R$ 82,6 m. Atingiu R$ 36,8 m no, representando aumento de 15,0% e margem de 54,6% aumento de 0,6 p.p. Atingiu R$ 32,9 m no,

Leia mais

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário Capítulo 16 DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO 16.1 Planejamento Orçamentário 16.1 Planejamento orçamentário 16.2 Elaboração de quadros orçamentários 16.3 Projeções de resultados Administração Financeira:

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 TELECONFERÊNCIAS 12/05/2010 (quarta-feira) AGENDA 2010 Uma só empresa, melhor e mais forte SUMÁRIO EXECUTIVO 1 PRESENÇA NACIONAL 2 2 1 720 escolas associadas no Ensino Básico

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 0 Plataforma integrada Plataforma integrada 123 agências 20.096 carros 13.116 carros Estratégia de negócios Objetivos Vantagens competitivas Oportunidades

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T16

Apresentação de Resultados 1T16 Apresentação de Resultados 1T16 29 de abril de 2016 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T de novembro de 2016

Divulgação de Resultados 3T de novembro de 2016 Divulgação de Resultados 04 de novembro de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003 Resultados Financeiros e Operacionais 1º Trimestre de 2003 Abril - 2003 Agenda Tendências Desafios Consórcio Brasil Celular Programa de Relacionamento Resultados Financeiros e Operacionais Amazônia Celular

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013

Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013 Anhanguera e Kroton 22 de abril de 2013 Disclaimer A operação aqui descrita ainda encontra-se sujeita à apreciação e aprovação prévia do CADE. As informações aqui contidas são simulações para as companhias

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Teleconferência de Resultados e 2006 José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos,

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 AVISO LEGAL As informações contidas nesta apresentação e eventuais declarações que possam ser feitas durante esta teleconferência, relativas às perspectivas de negócios, projeções

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 ATIVO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 ATIVO NE 31/12/2015 31/12/2014 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2015 31/12/2014 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 90.705.601 82.095.096

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 7.061 Fornecedores 33.947 Contas a Receber 41.832

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T de março de 2016

Teleconferência de Resultados 4T de março de 2016 Teleconferência de Resultados 4T15 22 de março de 2016 Agenda Cenário Setorial Destaques Operacionais Destaques Financeiros 2 Financiamento de Veículos Inadimplência em Financiamentos de Veículos Pessoa

Leia mais

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Agenda Destaques do 1T16 Inaugurações e Eventos Relevantes Projetos em Andamento Resultados Destaques do 1T16 (1/2) EBITDA atingiu R$ 129 milhões no 1T16, crescimento

Leia mais

resultados 3T08 24 de outubro de 2008

resultados 3T08 24 de outubro de 2008 resultados 3T08 1 24 de outubro de 2008 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 12 10 8 6 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 13,0 5,7 6,4 4 +12,0%

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T de abril de 2016

Teleconferência de Resultados 1T de abril de 2016 Teleconferência de Resultados 1T16 27 de abril de 2016 Agenda Cenário Setorial Destaques Operacionais Destaques Financeiros 2 Financiamento de Veículos Inadimplência em Financiamentos de Veículos Pessoa

Leia mais

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 12,0% +10,5 % +15,2 % Receita Líquida T13 1T14

receita líquida consolidado R$ milhões CAGR = 12,0% +10,5 % +15,2 % Receita Líquida T13 1T14 receita líquida RESULTADOS 1T14 # 2 consolidado R$ milhões CAGR 11 13 = 12,0% +10,5 % 5.591 6.346 7.010 +15,2 % 1.351 1.556 Receita Líquida ebitda e margem RESULTADOS 1T14 # 3 consolidado R$ milhões CAGR

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Novembro de 204 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 3T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 4T13 & 2013

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 4T13 & 2013 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 4T13 & 2013 Teleconferência*: 21 de fevereiro, às 13:00h (horário de Brasília) Acesso em Português: +55 11 3127 4971 / +55 11 3728 5971 Acesso em Inglês: +1 516 300 1066 Senha:

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T14

Apresentação de Resultados 3T14 Apresentação de Resultados 14 de Novembro de 2014 Teleconferência Português Data: 14/11/14 11:00 Brasília (08:00 NY) Tel: (11) 2188-0155 Password: Qualicorp Webcast: www.qualicorp.com.br/ri Inglês Data:

Leia mais

Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day. 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP

Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day. 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP 1 Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP Disclaimer 2 As informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados 2T15 Destaques Encerramento do 5º ano de fornecimento de cana-de-açúcar, entregando 724 mil toneladas. Área total plantada de 78.044 hectares. Construção de um silo na Bahia,

Leia mais

Resultados do 2T15 Teleconferência 13/08/2015

Resultados do 2T15 Teleconferência 13/08/2015 Resultados do 2T15 Teleconferência 13/08/2015 Aviso legal O presente material foi elaborado pela Senior Solution S.A. ( Companhia ) e pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças

Leia mais

Apresentação dos Resultados 4T de março de 2015

Apresentação dos Resultados 4T de março de 2015 Apresentação dos Resultados 4T14 31 de março de 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Teleconferência Resultados 1T11

Teleconferência Resultados 1T11 Teleconferência Resultados 1T11 Horário: 13h (Brasil) / 12h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688-6361 Replay em português : +55 (11) 4688-6312 - senha: 1898148 Acesso em inglês: +1 (786) 924-6977

Leia mais

Resultados do 2T15 Agosto, 2015

Resultados do 2T15 Agosto, 2015 Resultados do Agosto, 2015 Destaques Operacional Redução de 0,61 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,50 vezes, 14,6% menor do que no ; DEC de 9,97 horas, 22,2% maior do que Investimentos

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011 Teleconferência Resultados do 2T11 1 12 de Agosto de 2011 AVISO LEGAL Esta apresentação poderá conter considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

resultados 2T08 25 de julho de 2008

resultados 2T08 25 de julho de 2008 resultados 2T08 25 de julho de 2008 1 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 13,0 12 10 8 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 6 4 3,6 4,1 2 +12,0%

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 14 de Maio de 2013 Resultados 4T13/2013 28 de Fevereiro de 2014 Destaques do Período Receita Líquida R$ mm EBITDA Ajustado R$ mm Geração Op. de Caixa R$ mm 1 A receita líquida

Leia mais

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Reunião Pública com APIMEC - SP Resultados 2010 e 4T10 06 de Abril de 2011 Destaques 2010 Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Receita Bruta

Leia mais

Saraiva S.A. Livreiros Editores. Teleconferência - Resultados do 1º Trimestre/04

Saraiva S.A. Livreiros Editores. Teleconferência - Resultados do 1º Trimestre/04 Saraiva S.A. Livreiros Editores Teleconferência - Resultados do 1º Trimestre/04 20 de maio de 2004 Organograma Operacional 2 Agenda Conselho de Administração Consolidado Saraiva S.A. Livreiros Editores

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T13

Teleconferência de Resultados 3T13 Teleconferência de Resultados COLARABODORES E POSIÇÕES DE ATENDIMENTO Colaboradores e Posições de atendimento (em Mil) Colaborador por empresa (%, em Mil) 107,1 113,4 109,2 3,4% 1,7% 16,2% 50,6 50,8 49,3

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Resultado Consolidado 2010 Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas

Leia mais

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI Resultados 4T10 CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas

Leia mais

Relatório Econômico 2015

Relatório Econômico 2015 Índice 2 Relatório de Auditoria... 4 Balanço... 8 Demonstração de Resultados... 12 Receitas e Despesas Reconhecidas e Demonstrações... 16 Demonstração de Fluxos de Caixa... 20 Índice 3 1 Relatório de Auditoria

Leia mais

Crescimento SSS de 8,8%

Crescimento SSS de 8,8% Teleconferência e Webcast de Resultados - 4T15 e 1 EBITDA RECEITA LÍQUIDA Destaques Controladora Consolidado +11,0% 8.738 +11,5% 9.747 16.146 17.926 GMV Crescimento de 15,5% Crescimento SSS de 8,8% Margem

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T de Abril de 2012

Apresentação de Resultados 1T de Abril de 2012 Apresentação de Resultados 26 de Abril de 2012 DESTAQUES Receita Líquida de R$ 825 milhões: crescimento de 32,6% YoY Receita positivamente impactada pelos novos negócios Novo patamar de receita da Ability:

Leia mais

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 2T05 MRS BATE NOVOS RECORDES: 9,35 MILHÕES DE TONELADAS EM MAIO E ATINGE LUCRO LÍQUIDO DE MAIS DE R$199 MILHÕES NO 1 SEMESTRE A MRS Logística S.A.

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2014 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY maior disciplina financeira

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS São Paulo, 12 de Maio de 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2 DESTAQUES CONSOLIDADOS DO RECEITA LÍQUIDA (R$ MILHÕES) LUCRO BRUTO (R$ MILHÕES)

Leia mais

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11 RESULTADOS 4T08 / 2008 3T11 Novembro de 2011 1 Principais Indicadores 3T11 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010 EBITDA(*)

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17 Exercício Nº 17 1 Elaboração do Balanço Patrimonial de em moeda de ATIVO Valores Históricos Valores ajustados Quant. de Valores na moeda de Ativo circulante 350.000 105.132,3249 416.324 Caixa 80.000 80.000

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T15

Divulgação de Resultado 1T15 Divulgação de Resultado 1T15 1 Dados de mercado em 07/05/2015 Cotação: R$2,35 Valor de Mercado: R$155.302.955,40 T e l e c o n f e r ê n c i a 1T15 Teleconferência em português 08 de maio de 2015 Sexta-feira,

Leia mais

Teleconferência de Resultados Exercício 2008 e 4T2008

Teleconferência de Resultados Exercício 2008 e 4T2008 Teleconferência de Resultados Exercício 2008 e 4T2008 Teleconferência em Português Evento com tradução simultânea para inglês Horário: 13h (Brasil) / 11h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688-6301

Leia mais

Apresentação Resultados 4T08

Apresentação Resultados 4T08 Apresentação Resultados 4T08 São Paulo, 02 de abril de 2009 Contatos: t Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Gerente de RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações

Leia mais

Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica.

Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Resultados 2T12 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências estão sujeitas

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais