RESULTADO DO 4º TRIMESTRE E DO ANO DE 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADO DO 4º TRIMESTRE E DO ANO DE 2014"

Transcrição

1 RESULTADO DO 4º TRIMESTRE E DO ANO DE 2014 Receita bruta 4T14 cresce Receita bruta 4T14 atinge Geração de caixa operacional 4T14 de 8,0% R$744,1 MM R$33,4 MM Pedro de Godoy Bueno Presidente Octávio Fernandes Vice-Presidente de Operações Antônio Carlos Gaeta Vice-Presidente de Negócios Carlos de Barros Vice-Presidente Administrativo e Financeiro Paulo Bokel Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Tel.: (011) Fax: (011) TELECONFERÊNCIA Inglês Data: 24/ Hora: 12h00 (Brasília) Tel.: 1 (412) Senha: DASA DASA ON Bovespa: DASA3 Última Cotação: 23/03/15: R$ 10,66 Negociação média diária 2014: R$ 5,5 milhões Valor de Mercado: R$ 3,3 bilhões US$ 1,0 bilhões Free Float: 25,3% 1/18

2 AVISO LEGAL Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima ou palavras de sentido similar. As informações contidas nesta apresentação sobre as declarações futuras da Companhia, incluindo perspectivas de negócios, projeções operacionais e financeiras e crescimento potencial são meras previsões baseadas nas expectativas da administração em relação a sua performance futura. Estas estimativas são altamente dependentes do comportamento do mercado, da performance da economia brasileira, indústria e de condições do mercado internacional. Como tal, estão sujeitas a mudanças. 2/18

3 DESTAQUES E FATOS RECENTES CRESCIMENTO RECEITA BRUTA atingiu R$744,1 milhões no 4T14 (+8,0%) e R$3.021,4 milhões em 2014 (+10,1%) DESTAQUE de crescimento no 4T14 em APOIO (+18,5%) e AMBULATORIAL (+7,9%) 20 REFORMAS de unidades entregues no 4T14, além de 25 OBRAS EM ANDAMENTO, 11 NOVAS UNIDADES, e instalação de 4 RESSONÂNCIAS e 2 TOMOGRAFIAS QUALIDADE 30 MÉDICOS da DASA participaram do congresso RSNA (Radiological Society of North America) em Chicago em dezembro Médicos do grupo DASA têm DOIS TRABALHOS PREMIADOS no congresso RSNA SÉRGIO FRANCO recebe PRÊMIO ÉPOCA RECLAMEAQUI melhor atendimento do mercado de Laboratório e Imagem, LABPASTEUR recebe PRÊMIO GRANDES MARCAS 2014 no setor de Laboratórios de Análises Clínicas. RETORNO PARA O ACIONISTA EBITDA de R$54,4 milhões no 4T14 e R$410,6 milhões em 2014 FLUXO DE CAIXA OPERACIONAL de R$33,4 milhões no 4T14 e R$ 270,3 milhões em 2014 LUCRO LÍQUIDO R$82,6 milhões em /18

4 RECEITA OPERACIONAL BRUTA (R$ MILHÕES) 33,9% 688,7 233,8 8,0% 9,1% 744,1 255,2 34,3% 33,5% 2.744,4 918,7 10,1% 10,3% 3.021, ,4 33,5% 66,1% 454,9 7,5% 488,9 65,7% 66,5% 1.825,7 10,0% 2.008,4 66,5% 4T13 4T14 RDI Análises Clínicas RDI Análises Clínicas A receita bruta atingiu R$744,1 MILHÕES no 4T14, com crescimento de 8,0% R$3.021,7 MILHÕES em 2014, com crescimento de 10,1% 4/18

5 RECEITA OPERACIONAL BRUTA UNIDADES DE ATENDIMENTO RECEITA OPERACIONAL BRUTA (R$ milhões) VALOR MÉDIO POR REQUISIÇÃO (R$) E VOLUME (milhões) 7,9% 548,8 508,5 41,6% 211,7 10,8% 234,5 42,7% 146,3 148,6 152,2 153,9 155,7 58,4% 296,9 5,9% 314,3 57,3% 3,5 3,6 3,6 3,9 3,5 4T ,6 Análises Clínicas 11,1% RDI 4T ,2 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 Requisições Valor Médio por Requisição Requisições Valor Médio por Requisição 41,2% 58,8% 826, ,9 11,9% 10,6% 924, ,5 41,4% 58,6% Forte crescimento de RDI Mix de exames de MAIOR COMPLEXIDADE (RDI) e MAIOR NÚMERO DE EXAMES POR REQUISIÇÃO elevam o valor médio por requisição Análises Clínicas RDI 5/18

6 RECEITA OPERACIONAL BRUTA HOSPITAIS RECEITA OPERACIONAL BRUTA (R$ milhões) 21,4% 66,0 3,2% 68,2 14,1 3,5% 14,6 21,5% VALOR MÉDIO POR REQUISIÇÃO (R$) E VOLUME (milhões) 78,6% 3,1% 51,9 53,5 78,5% 68,5 68,6 67,7 69,8 65,6 1,0 1,0 1,1 1,0 1,0 4T13 Análises Clínicas 266,8 5,2% 22,7% 60,7-1,0% 4T14 RDI 280,8 60,1 21,4% 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 Requisições Requisições Valor Médio por Requisição Valor Médio por requisição 77,3% 206,2 7,0% 220,7 78,6% CRESCIMENTO de 3,2% com seletividade de clientes Diminuição do TICKET MÉDIO com cancelamento de contratos ocorrido no ano passado Análises Clínicas RDI 6/18

7 RECEITA OPERACIONAL BRUTA APOIO RECEITA OPERACIONAL BRUTA (R$ milhões) DESEMPENHO 17,2 18,5% 86,9 14,6 73, T13 4T14 4T13 4T14 16,5% 335,6 # de laboratórios Receita média/laboratório (em mil R$) 288,0 Aumento de 18,0% na receita por laboratório Foco em GANHO DE CAPILARIDADE E MELHORA DO MIX /18

8 RECEITA OPERACIONAL BRUTA PÚBLICO RECEITA OPERACIONAL BRUTA (R$ milhões) 69,1-1,4% 40,8 40,2 DESEMPENHO 67, T13-4,3% 4T14 4T13 4T14 # Pontos de Coleta Receita por pontos de Coleta (R$ mil) 182,0 174,2 Seletividade na ESCOLHA DE NOVOS CLIENTES /18

9 CUSTOS DE SERVIÇOS PRESTADOS 4T14 Em milhões de R$ % da Receita Líquida Variação % 4T13 3T14 4T14 4T13 3T14 4T14 4T14 x 4T14 x 4T13 % 3T14 % Pessoal 126,0 138,5 139,8 20,0% 19,0% 21,1% 11,0% 0,9% Material 113,8 127,1 123,5 18,1% 17,5% 18,6% 8,6% -2,8% Serviços e Utilidades 167,9 186,5 183,2 26,7% 25,6% 27,6% 9,1% -1,8% Gastos Gerais 7,3 9,0 9,4 1,2% 1,2% 1,4% 28,8% 5,5% Custo dos Serviços Prestados Caixa 415,0 461,0 455,9 66,0% 63,3% 68,8% 9,9% -1,1% Depreciação 26,2 26,1 28,5 4,2% 3,6% 4,3% 8,9% 9,3% Custo dos Serviços Prestados 441,2 487,1 484,5 70,2% 66,9% 73,1% 9,8% -0,5% PESSOAL: impactado pelo aumento no número de colaboradores e dissídios MATERIAL: forte crescimento do apoio SERVIÇOS E UTILIDADES: gastos com laudos médicos e comissão de representantes (variáveis) e novas unidades 9/18

10 DESPESAS GERAIS E ADMINISTRATIVAS 4T14 Em milhões de R$ % da Receita Líquida Variação % 4T13 3T14 4T14 4T13 3T14 4T14 4T14 4T14 x x 4T13 3T14 % Gerais e Administrativas 104,9 128,2 123,7 16,7% 17,6% 18,7% 18,0% -3,5% PPR 3,9 9,8 5,6 0,6% 1,4% 0,8% 42,6% -43,2% Outras receitas / Despesas Operacionais (8,4) 0,1 22,9-1,3% 0,0% 3,5% -373,8% 16151,9% Despesas Operacionais Caixa 100,4 138,2 152,2 16,0% 19,0% 23,0% 51,5% 10,1% Depreciação e amortizações 12,1 14,6 13,9 1,9% 2,0% 2,1% 15,0% -5,0% Despesas Operacionais 112,5 152,8 166,1 17,9% 21,0% 25,1% 47,6% 8,7% GERAIS E ADMINISTRATIVAS: aumento devido a dissídios e contratação de colaboradores, além de R$ 0,2 milhões não recorrentes - CADE OUTRAS RECEITAS/ DESPESAS OPERACIONAIS: impacto não recorrente de R$23,5 milhões baixa de imobilizado 10/18

11 EBITDA CONTÁBIL (R$ MILHÕES) 18,0% -1,1% -0,5% -0,9% -0,3% -7,0% 8,2% EBITDA 4T13 Pessoal Materiais Serviços e Utilidades Gastos Gerais SG&A EBITDA 4T14 18,0% 16,0% 18,0% 17,0% 16,7% 17,7% 180,0 160,0 14,0% 12,0% 113,0 112,6 115,0 128,6 140,0 120,0 10,0% 8,0% 6,0% 54,4 8,2% 100,0 80,0 60,0 4,0% 40,0 2,0% 20,0 0,0% 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 Ebitda Margem Ebitda - 11/18

12 2014 IR / CSLL ,6% 6,2% 34,0% 40,2% -119,5% 14,3% Alíquota Padrão Ajustes permanentes no LALUR IR/CSLL DRE Prejuizo Fiscal/ Outros Compensação de ágio Compensação IR fonte (corrente)/ IR/CSLL pago - Caixa* * IR Fonte: Oriundo de aplicação financeira e retenção na fonte da receita bruta 12/18

13 ÍNDICE DE COBERTURA R$ milhões 4T12 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 Duplicatas a Vencer 376,8 448,2 467,2 480,7 452,1 496,6 501,2 532,4 539,8 vencidas ,8 79,5 80,2 84,0 93,9 114,9 116,0 118,8 98,9 Vencidas ,1 14,1 9,6 13,7 13,5 14,6 17,1 19,3 9,0 Acima de ,9 118,8 109,4 91,5 80,2 91,9 79,4 84,2 70,4 Provisões (109,2) (107,7) (95,0) (77,3) (67,5) (76,6) (69,3) (72,9) (62,5) Total CR 498,5 552,9 571,3 592,6 572,2 641,5 644,5 681,8 655,6 Indíce de cobertura¹ 91,1% 90,7% 86,9% 84,5% 84,2% 83,3% 87,2% 86,6% 88,8% (1) índice de cobertura= saldo de PDD / vencidos > 120 dias Regra de provisionamento 91 a 120 dias 25% 121 a 180 dias 50% 181 a 360 dias 75% Acima 361 dias 100% Provisão e perda por glosa e inadimplência (% receita bruta) Prazo médio de recebimento (dias) 3,7% 83,8 87,2 85,3 86,2 91,4 2,3% 1,3% 2,6% 3,0% 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 4T13 1T14 2T14 3T14 4T14 % Receita Bruta - Provisão e perda por glosa e inadimplência 13/18

14 GESTÃO DE BALANÇO Fluxo de Caixa Gerencial (R$ milhões) 4T14 Ebitda Contábil 54,4 Capital de Giro Operacional 49,0 Outras Contas de Capital de Giro (46,0) Despesas Financeiras (23,8) Imposto de Renda (0,2) Fluxo de Caixa Operacional 33,4 Capex (91,9) Fluxo de Caixa Livre para o Acionista (58,4) COMPOSIÇÃO DA DÍVIDA (R$ milhões) Disponibilidades Dívida - Curto Prazo Dívida Longo Prazo Dívida Líquida* 440,2 (433,6) (794,6) (788,0) FLUXO DE CAIXA impactado pelo pagamento do 13º salário DÍVIDA LÍQUIDA estável (*) Metodologia adotada pelo agente fiduciário. Desse modo, não foram incluídas as operações descontinuadas. 14/18

15 PERFIL DO ENDIVIDAMENTO Evolução do Custo da Dívida Perfil da Dívida Líquida (4T14) R$ Milhões Pré BRL R$ 7,5 MM 1,0% % Pré USD (R$ 1,3 MM) -0,2% % CDI R$ 71,6 MM 9,1 % Emissão Ano Valor (R$MM) Taxa 2ª Emissão ,0 CDI + 1,40% a.a 3ª Emissão ,0 CDI + 0,80% a.a 4ª Emissão ,0 CDI + 1,15% a.a Prazo 5 anos 4 anos 5 anos Custo médio dez/13 mar/14 jun/14 set/14 Dez/14 % CDI 111,0% 111,0% 108,8% 108,7% 108,5% CDI + 1,2% 1,2% 1,2% 1,2% 1,2% Pré BRL 17,6% 17,6% 7,8% 7,5% 6,7% Pré USD 2,1% 1,9% 1,7% 1,6% 1,5% CDI + R$ 710,2 MM 90,1% Cronograma de Amortização Covenants Financeiros R$ Milhões Covenants dez/13 mar/14 jun/14 set/14 Dez/14 Dívida Bruta 1.475, , , , ,3 Caixa 608,9 697,7 497,6 592,2 440,2 Dívida Líquida 866,2 807,3 791,5 729,7 788,0 Ebitda (LT M) 443,6 457,1 461,3 469,1 410,6 Resultado Financeiro (LT M) 86,6 90,2 101,9 94,9 98,6 1º) Dívida Líquida / Ebitda <= 2,5 2,0 1,8 1,7 1,6 1,9 2º) Ebitda / Resultado Financeiro >= 2,0 5,1 5,1 4,5 4,9 4,2 34,6 80,1 18,8 318,9 294,8 18,0 9,5 224,2 224, > 4 anos Debêntures (2ª e 3ª Emissão) DASA FINANCE Empréstimos e financiamentos 15/18 5,0

16 ROIC 10,4% 10,5% 10,7% 10,7% 8,4% 4Q13 LTM 1Q14 LTM 2Q14 LTM 3Q14 LTM 4T14 LTM NOPAT LTM/média(capital de giro + ativo intangível+ ativo imobilizado valor troca de ações DASA e MD1) 34% alíquota efetiva de imposto de renda 16/18

17 CAPEX ,0 207,8 144,3 91,9 41,3 51,0 42,6 30,2 29,1 34,7 31, T13 1T14 2T13 2T14 3T13 3T14 4T13 4T14 Abertura e expansão de unidades R$ 71,0 MM 34,2% Equipamentos R$ 79,1 MM 38,1% TI R$ 55,0 MM 26,5% Outros R$ 2,8 MM 1,3% 4T14: 11 NOVAS UNIDADES, 20 REFORMAS entregues em unidades já existentes, instalação de 4 RESSONÂNCIAS e 2 TOMOGRAFIAS 17/18

18 Q & A CALL DE RESULTADOS 4T14 18/18 18/18

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 DASA divulga receita bruta de R$ 640,4 milhões e geração de caixa operacional de R$ 43,3 milhões no 1T13 Romeu Cortes Domingues Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

Reunião Pública Apimec 2015

Reunião Pública Apimec 2015 Reunião Pública Apimec 2015 DASA DAY Receita bruta 3T15 cresce Receita bruta 3T15 atinge 5,3% R$842,8 MM 1/25 Agenda 2/25 DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. AVISO LEGAL Este documento contém declarações futuras,

Leia mais

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Reunião Pública com APIMEC - SP Resultados 2010 e 4T10 06 de Abril de 2011 Destaques 2010 Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Receita Bruta

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010

Divulgação de Resultados do 1T10 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados do 07 de maio de 2010 Divulgação de Resultados Comentários de abertura Rubens Menin 2 Divulgação de Resultados Destaques Crescimento com margens diferenciadas; Maior operação no

Leia mais

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016

Brasil Pharma. Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 Brasil Pharma Conferência de Resultados 2T16 11 de Agosto de 2016 2 Destaques 2T16 Destaques: Margem Bruta Margem bruta de 30,0%, com crescimento de 1,6 p.p. em relação ao 1T16 e 2,4 p.p. em relação ao

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

Resultados 2T14 FLRY3. Agosto de 2014

Resultados 2T14 FLRY3. Agosto de 2014 Resultados 2T14 FLRY3 Agosto de 2014 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros, Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI Resultados 4T10 CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas

Leia mais

Resultados Título da apresentação

Resultados Título da apresentação Resultados 2015 Título da apresentação Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T16

Apresentação de Resultados 3T16 Estação de Tratamento de Esgoto Arrudas Apresentação de Resultados 3T16 11 de Novembro de 2016 AVISO Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Teleconferência de Resultados e 2006 José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos,

Leia mais

Resultados 2T16 FLRY3. Julho de 2016

Resultados 2T16 FLRY3. Julho de 2016 Resultados FLRY3 Julho de 2016 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros, tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

Aquisição do Labs D Or

Aquisição do Labs D Or FLRY3 Prêmio IBGC 2010 de Governança Corporativa na categoria de companhias listadas IBGC - Instituto Brasileiro de Governança Corporativa A marca mais valiosa do setor de saúde do Brasil A 6ª empresa

Leia mais

Banco do Brasil: Destaques

Banco do Brasil: Destaques 4º Trimestre 2014 1 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras

Leia mais

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A)

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) São Paulo, SP 30 de Setembro de 2014 1 IN CVM 371/2002 CPC 32 Planos de Longo Prazo 2014-2024 Ativos Fiscais Diferidos Realização Ativos

Leia mais

Resultados do 4T15 e 2015

Resultados do 4T15 e 2015 Resultados do 4T15 e 2015 Rogério Melzi Presidente Virgílio Gibbon Diretor Financeiro e DRI Destaques 2015 Crescimento base de alunos (+15,2%) e Receita Líquida Recorrente (+23,4%) Crescimento sustentável

Leia mais

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T07

Teleconferência Resultados 3T07 Teleconferência Resultados 3T07 Destaques no trimestre Crescimento orgânico da receita bruta de 31,4% no 3T07 e 36,6% nos12 mesesatésetembrode 2007 Impulsionado pelo crescimento de vendas no MI de 58,4%

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Resultados do 2T15 Agosto, 2015

Resultados do 2T15 Agosto, 2015 Resultados do Agosto, 2015 Destaques Operacional Redução de 0,61 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,50 vezes, 14,6% menor do que no ; DEC de 9,97 horas, 22,2% maior do que Investimentos

Leia mais

Resultados 2015 e 4T15 FLRY3. Março de 2016

Resultados 2015 e 4T15 FLRY3. Março de 2016 Resultados 2015 e FLRY3 Março de 2016 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros, Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 5 de novembro de 2009 Teleconferência

Leia mais

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA Assinatura: Nº Questão: 5 INSTRUÇÕES DA PROVA A prova é individual e intransferível, confira os seus dados. Responda dentro da área reservada ao aluno. Não escreva fora das margens ou atrás da folha. Textos

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T16 11/11/2016

Teleconferência Resultados 3T16 11/11/2016 Teleconferência Resultados 3T16 11/11/2016 Aviso Importante Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Resultados 3T16 FLRY3. Outubro de 2016

Resultados 3T16 FLRY3. Outubro de 2016 Resultados FLRY3 Outubro de 2016 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros, tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas

Leia mais

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido 12º 11º 12º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 8º 7º Nº de Agências 7º 7º 7º 7º 7º Fonte: Banco

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 05 de novembro de 2010 1 Contexto

Leia mais

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09;

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09; Apresentação Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Informações Consolidadas

Informações Consolidadas METALÚRGICA GERDAU S.A. e empresas controladas Desempenho da Gerdau no 2 o trimestre As Demonstrações Financeiras Consolidadas da Metalúrgica Gerdau S.A. são apresentadas em conformidade com as normas

Leia mais

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T13

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T13 Divulgação Resultados 1T09 Conference Call 2T13 Agenda Highlights Projetos em Andamento Resultados Guidance 2 Destaques 2T13 (1 de 2) As vendas atingiram R$ 2,1 bilhões no trimestre, 13,2% acima do mesmo

Leia mais

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013

Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Divulgação dos Resultados 4T13 e 2013 Market Share Indicadores dez/09 dez/10 dez/11 dez/12 set/13 Ativo Total * 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido * 11º 12º 11º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 7º

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer informações,

Leia mais

RESULTADOS 1T14 RESULTADOS 1T14

RESULTADOS 1T14 RESULTADOS 1T14 DESTAQUES DO Receita Bruta Lucro Bruto SG&A Crescimento de 14,1% no, atingindo R$ 82,6 m. Atingiu R$ 36,8 m no, representando aumento de 15,0% e margem de 54,6% aumento de 0,6 p.p. Atingiu R$ 32,9 m no,

Leia mais

Resultados do ano de 2008

Resultados do ano de 2008 Resultados do ano de 2008 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16).

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). 25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO Informações Consolidadas

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Resultado Consolidado 2010 Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas

Leia mais

Banco do Brasil. Divulgação do Resultado 1T09

Banco do Brasil. Divulgação do Resultado 1T09 Banco do Brasil Divulgação do Resultado 1 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

Resultado do 3 o Trimestre de 2016

Resultado do 3 o Trimestre de 2016 Resultado do 3 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 11/11/2016 João Silveira - CEO Marcus Martino - CFO e Diretor de RI Disclaimers Esta apresentação contém informações sobre os negócios da Par Corretora,

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Julho, 2009 1 Divisão de aluguel de carros Receita líquida (R$ milhões) 197,1 271,3 CAGR: 31,3% 357,2 442,7 585,7 278,6 4,8% 291,9

Leia mais

Apresentação da Companhia

Apresentação da Companhia Apresentação da Companhia Janeiro 2006 www.cyrela.com.br Aviso - Informações e Projeções O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos

Leia mais

Resultado do 1 o Trimestre de 2016

Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 12/05/2016 João Silveira - CEO João Villas - CFO e Diretor de RI Disclaimers Esta apresentação contêm informações sobre os negócios da Par Corretora,

Leia mais

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Dezembro 2005 www.cyrela.com.br Time Cyrela Brazil Realty Diretor Financeiro e de RI Luis Largman Diretor de Controle e Planej. Financeiro

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de 2015 Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 1 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Apresentação Corporativa. Nova Nação América - Bauru

Apresentação Corporativa. Nova Nação América - Bauru Apresentação Corporativa 2016 Nova Nação América - Bauru Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS São Paulo, 12 de Maio de 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2 DESTAQUES CONSOLIDADOS DO RECEITA LÍQUIDA (R$ MILHÕES) LUCRO BRUTO (R$ MILHÕES)

Leia mais

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números preliminares preparados

Leia mais

Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015

Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015 Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015 ESTRUTURA SOCIETÁRIA E ATIVOS ATUAIS DESEMPENHO FINANCEIRO CONSOLIDADO OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO DESEMPENHO ACIONÁRIO

Leia mais

Release de Resultados

Release de Resultados São Paulo, 14 de novembro de 2016 O Banco Sofisa S.A. (SFSA4), banco múltiplo, especializado na concessão de crédito para empresas de pequeno e médio porte, anuncia hoje seu resultado do 3º trimestre de

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Resultado Consolidado para o primeiro semestre de 2004 Publicação, 26 de julho de 2004 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Charles E. Allen TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A., SP, Brasil.

Leia mais

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15 São Paulo, 03 de Agosto de 2015 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do segundo trimestre de 2015 (2T15) e do primeiro semestre de 2015 (1S15). As informações financeiras

Leia mais

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013

Souza Barros Fique por dentro. Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant. Ricardo Pansa Presidente e DRI. Maio de 2013 Souza Barros Fique por dentro Apresentação dos Resultados 1T13 Nutriplant Ricardo Pansa Presidente e DRI Maio de 2013 Nutriplant: opção de investimento em insumos diferenciados para o agronegócio brasileiro.

Leia mais

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 29 de Janeiro de 2014 AVISO LEGAL A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

c) Pressupõe-se que a empresa esteja atrasando um tipo de obrigação. Qual seria, mais provavelmente?

c) Pressupõe-se que a empresa esteja atrasando um tipo de obrigação. Qual seria, mais provavelmente? 1-Estruture o Balanço Patrimonial da Cia Alfa com os dados a seguir (em $ milhões - empresa comercial): (não há problema se sobrarem linhas...) Caixa 100; Ações de Outras Companhias 1.000; Fornecedores

Leia mais

Resultados 3º Trimestre 2012

Resultados 3º Trimestre 2012 Resultados 3º Trimestre 2012 jan/03 abr/03 jul/03 out/03 jan/04 abr/04 jul/04 out/04 jan/05 abr/05 jul/05 out/05 jan/06 abr/06 jul/06 out/06 jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T16

Apresentação dos Resultados 2T16 Apresentação dos Resultados 2T16 O Mercado Preço das Commodities e Dólar 2 140 Queda de 9,8% do dólar no 2T16 Alta de 29,0% no preço da soja no 2T16 Alta de 7,5% no preço do algodão no 2T16 Alta de 2,1%

Leia mais

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16.

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. São Paulo, 10 de agosto de 2016 As informações trimestrais (2TR) e as demonstrações financeiras padronizadas (DFP)

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras 75º edição 1 de Abril de 214 à 31 de março de 215 Balanço Anual Ativos Ativos circulante Caixa Títulos a receber Contas a receber mobiliários Produtos Materia-Prima Trabalhos

Leia mais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Ativo Passivo e Patrimônio Líquido Circulante R$ Circulante R$ Caixa e equivalentes

Leia mais

Resultados 4T14 e 2014 FLRY3. Fevereiro de 2014

Resultados 4T14 e 2014 FLRY3. Fevereiro de 2014 Resultados 4T14 e 2014 FLRY3 Fevereiro de 2014 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros, Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos

Leia mais

USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração

USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 5: Demonstração do Resultado do Exercício Prof.: Márcio Luiz Borinelli

Leia mais

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 AVISO LEGAL 2 Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Flávio Smania Ferreira 5 termo ADMINISTRAÇÃO GERAL e-mail: flavioferreira@live.estacio.br blog: http://flaviosferreira.wordpress.com Demonstrações Contábeis: Representa

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros da

Leia mais

Destaques do 2º trimestre de 2016

Destaques do 2º trimestre de 2016 Destaques do 2º trimestre Principais Destaques Melhora do EBITDA e da margem EBITDA no 2T16 em relação ao 1T16, em todas as operações de negócio. Fluxo de caixa livre positivo de R$ 807 milhões no 2T16:

Leia mais

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013 1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN Janeiro a Março/2013 As informações financeiras e operacionais abaixo são apresentadas de acordo com a Legislação Societária e as comparações são referentes

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

Apresentação dos Resultados 4T13 e Relações com Investidores

Apresentação dos Resultados 4T13 e Relações com Investidores Apresentação dos Resultados 4T13 e 2013 Relações com Investidores Índice Abertura e Planejamento Estratégico: Leonardo Nogueira Diniz CEO Desempenho Operacional: Rodrigo Martins Diretor Comercial Desempenho

Leia mais

Reunião Pública com Analistas e Investidores

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2014 Reunião Pública com Analistas e Investidores Grupo São Martinho 300.000 Ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 20 milhões de toneladas Capacidade de processamento

Leia mais

Renar atinge R$4,7 milhões de EBITDA no 1S14 (+R$8,3mm vs. 1S13), e Revisa Guidance 2014

Renar atinge R$4,7 milhões de EBITDA no 1S14 (+R$8,3mm vs. 1S13), e Revisa Guidance 2014 Renar atinge R$4,7 milhões de EBITDA no 1S14 (+R$8,3mm vs. 1S13), e Revisa Guidance 2014 Resultado do 1S14 é o melhor dos últimos 10 anos Fraiburgo, 13 de agosto de 2014 A Renar Maçãs (BM&FBovespa: RNAR3)

Leia mais

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições.

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições. 1 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da B2W, eventualmente expressas neste

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 Relações com Investidores São Paulo, 5 de Agosto de 2016 RESSALVA SOBRE DECLARAÇÕES FUTURAS Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são

Leia mais

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos...1 1. Contabilidade: Conceitos, Objeto, Objetivo, Finalidade e Campo de Aplicação...1 2. Usuários da Informação Contábil...2 3. Principais Tipos de Sociedades Existentes

Leia mais

Aviso. atualmente disponíveis para a Companhia.

Aviso. atualmente disponíveis para a Companhia. Aviso Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem se em crenças e

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T14

Teleconferência de Resultados 3T14 Teleconferência de Resultados 3T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente e Diretor de RI Construção de planta de perfis estruturais no México

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A.

LOCALIZA RENT A CAR S.A. LOCALIZA RENT A CAR S.A. Conference call 1º de Outubro de 2008 As informações financeiras a seguir são preliminares, ainda não revisadas pelos auditores independentes e apresentadas em Reais. Dívida em

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa PÁG 2 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários 65ª Série Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA INSTITUIÇÃO

Leia mais

NIM, líquida de provisões

NIM, líquida de provisões Brasil 26 Var. M 15 / M 14 +6% / 4T'14 Volumes 1 +2% / 4T'14 Atividade Margem Líquida de Juros NIM 6,5% 6,3% 5,9% 5,7% 5,8% Milhões de EUR L&P 1T15 %4T14 %1T14 * NII + receita de tarifas 2.997 2,2 5,2

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

Earnings Release. Relações com Investidores. Destaques do 1T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 1T11

Earnings Release. Relações com Investidores. Destaques do 1T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 1T11 Relações com Investidores Bruno Padilha de Lima Costa Diretor de Relações com Investidores (55 21) 3433-5060 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência de Resultados 1T11 Terça-feira, 17 de maio de 2011

Leia mais

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS Bovespa (São Paulo) NYSE (Nova Iorque) AMBV4 Preferenciais AMBV3 Ordinárias ABV Preferenciais ABVc Ordinárias AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS São Paulo, 30 de junho

Leia mais

Apresentação. Presentation de novembro de H07 9 de novembro de 2007

Apresentação. Presentation de novembro de H07 9 de novembro de 2007 Apresentação Apresentação dos dos Resultados Resultados do do 3T07 3T07 Presentation de novembro de 2007 1H07 9 de novembro de 2007 1 As Demonstrações Financeiras são de caráter pro-forma, abrangendo demonstrações

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 0 Plataforma integrada Plataforma integrada 123 agências 20.096 carros 13.116 carros Estratégia de negócios Objetivos Vantagens competitivas Oportunidades

Leia mais

Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO

Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-Presidente Executivo de Finanças e Controladoria

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração Resultado do 1º trimestre de 2016 São Paulo, 22 de junho de 2016 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado em 1º trimestre de 2016. A s informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados Apresentação dos Resultados do 1T10 Teleconferência de Resultados Visão Geral do 1T10 2 Destaques A Companhia Alcançou Resultados Operacionais Positivos e Concluiu Plano de Capitalização Plano de Capitalização

Leia mais