SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED"

Transcrição

1 SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED OUT/2010

2 REGIME NÃO-CUMULATIVO REGIME CUMULATIVO TRIBUTAÇÃO MONOFÁSICA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA VENDAS COM SUSPENSÃO VENDAS A ALÍQUOTA ZERO VENDAS COM ISENÇÃO EXPORTAÇÃO

3 TIPOS DE CONTRIBUIÇÃO SOBRE O FATURAMENTO: Código Descrição 01 Contribuição não-cumulativa - Alíquota Básica 02 Contribuição não-cumulativa - Alíquotas Diferenciadas 03 Contribuição não-cumulativa - Alíquotas por Unidade de Produto 04 Contribuição não-cumulativa - Atividade Imobiliária 31 Contribuição apurada por substituição tributária 32 Contribuição apurada por substituição tributária Vendas à ZFM 51 Contribuição cumulativa apurada - Alíquota Básica 52 Contribuição cumulativa apurada - Alíquotas Diferenciadas 53 Contribuição cumulativa - Alíquotas por Unidade de Produto 54 Contribuição cumulativa Atividade Imobiliária 71 Contribuição apurada de SCP Incidência Não Cumulativa 72 Contribuição apurada de SCP Incidência Cumulativa

4 ALÍQUOTAS APLICÁVEIS PIS/Pasep COFINS Básica - Cumulatividade 0,65 3,0 Básica - Não-Cumulatividade 1,65 7,6 Gasolina 5,08 23,44 Oleo Diesel 4,21 19,42 GLP 10,20 47,40 Produtos Farmaceuticos 2,10 9,90 Artigos de Perfumaria 2,11 10,30 Veiculos 2,00 9,60 Autopeças 1,65 7,60 Autopeças 2,30 10,80 Pneus 2,0 9,50 Agua, Cerveja e Refrigerantes 3,50 16,65 Álcool - Produtor/Importador 1,50 6,90 Álcool - Distribuidor 3,75 17,25

5 REGIME NÃO-CUMULATIVO TIPOS DE CRÉDITOS: 100 Vinculados a Receitas Tributadas 200 Vinculados a Receitas Não Tributadas 300 Vinculados a Receitas de Exportação

6 100 - CRÉDITOS VINCULADOS A RECEITAS TRIBUTADAS: CÓDIGO DESCRIÇÃO 101 Crédito Determinado a Alíquota Básica 102 Crédito Determinado a Alíquotas Diferenciadas 103 Crédito Determinado a Alíquota por Unidade de Produto 104 Crédito Presumido Estoque de Abertura 105 Crédito vinculado à Aquisição Embalagens para revenda 106 Crédito Presumido da Agroindústria 108 Crédito vinculado à Importação 109 Crédito relativo à Atividade Imobiliária 199 Crédito vinculado à receita tributada no mercado interno Outros

7 Custos + Despesas + Encargos Créditos da Não-Cumulatividade Vendas Tributáveis no Mercado Interno Exportação / Vendas Não-Tributáveis M.I. Desconto Desconto Compensação Ressarcimento

8 DOCUMENTOS DA ESCRITURACAO PIS/COFINS:

9 DOCUMENTOS DA ESCRITURACAO PIS/COFINS: NOTA FISCAL (ICMS) BLOCOS C e D NOTA FISCAL (ISS) BLOCO A OUTRAS RECEITAS BLOCO F ALUGUEL BLOCO F ARRENDAMENTO MERCANTIL BLOCO F DEPRECIAÇÃO BLOCO F BENS INCORP. AO IMOBILIZADO BLOCO F INCORPORAÇÃO CISÃO E FUSÃO BLOCO F

10 BLOCOS DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL PIS/Pasep e Cofins Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referencias A C D F M Documentos Fiscais - Serviços (ISS) Documentos Fiscais I - Mercadorias (ICMS/IPI) Documentos Fiscais II - Serviços (ICMS) Outros Documentos e Operações Apuração da Contribuição e Créditos de PIS/Pasep e COFINS 1 Outras Informações 9 Controle e Encerramento do Arquivo Digital

11 BLOCOS DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL PIS/Pasep e Cofins Bloco A C D F Descrição Documentos Fiscais - Serviços (ISS) Documentos Fiscais I - Mercadorias (ICMS/IPI) Documentos Fiscais II - Serviços (ICMS) Outros Documentos e Operações M Apuração da Contribuição e Crédito de PIS/PASEP e da COFINS ESCRITURAÇÃO DOS CRÉDITOS APURADOS NO PERÍODO (M100 e M500) ESCRITURAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES APURADAS NO PERÍODO (M200 e M600) ESCRITURAÇÃO DAS OPERAÇÕES NÃO TRIBUTADAS (M400 e M800)

12 Bens Para Revenda + Insumos + Aquisições: Tributadas Não Tributadas Créditos: SIM NÃO Maquinas/Equipamentos

13 Contribuição Não-Cumulativa x Cumulativa: REGIME DE APURAÇÃO CUMULATIVO NÃO-CUMULATIVO ESPECIFICAÇÃO , ,00 Faturamento Mensal (Total das Receitas Auferidas) (-) , ,00 Exclusões da base de Cálculo = , ,00 Base de Cálculo (x) 3% 7,60% Alíquotas = , ,00 Contribuição Apurada (-) ,00 Créditos da Não-Cumulatividade = , ,00 Contribuição Devida (-) , ,00 Deduções e Retenções na Fonte = , ,00 Contribuição Social a Pagar

14 Fatos Geradores dos créditos da Não-Cumulatividade: Aquisição de Bens para revenda (Inclui o ICMS) Bens e Serviços Utilizados como Insumos Despesas de Energia Elétrica Aluguéis de Prédios, Maquinas e Equipamentos Despesas Financeiras (Até ) Contraprestação de Arrendamento mercantil Máquinas e Equipamentos p/o Imobilizado Edificações e Benfeitorias em Imóveis Utilizados nas Atividades da Empresa Bens Recebidos em Devolução Despesas de Armazenagem de Mercadoria e Frete nas Operações de Vendas Vale-transporte, vale-refeição, fardamento ou uniforme fornecidos por PJ de serviços de limpeza, conservação e manutenção (abril/2009).

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS Florianópolis/SC, novembro de 2011 CONFIGURAÇÕES DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL: SPED NF-e [2008] SPED Contábil [2008] SPED Fiscal (ICMS) [2009] SPED Fiscal (FCONT)

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 22 - Data 4 de março de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP CRÉDITOS PARA DESCONTO DO PIS/PASEP. NÃO-CUMULATIVIDADE.

Leia mais

Mapeando o SPED PIS/COFINS

Mapeando o SPED PIS/COFINS Mapeando o SPED PIS/COFINS 1 SPED PIS/COFINS Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 2 BLOCO DESCRIÇÃO QTDE REGISTROS 0 Abertura, Identificação e Referências 16 A Documentos Fiscais - Serviços

Leia mais

Código de Situação Tributária

Código de Situação Tributária Código de Situação O código da situação tributária será composto de três dígitos, onde o 1 dígito indicará a origem da mercadoria, com base na Tabela A e os dois últimos dígitos a tributação pelo ICMS,

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT)

IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT) CONFIGURAÇÃO DO ARQUIVO TXT IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT) O arquivo TXT deverá ser gerado da seguinte forma: Um registro por linha Campos separados por vírgulas Campos Alfanuméricos

Leia mais

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS %

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS % Tabela 4.3.17 - Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Contribuição Contribuição Crédito Alíquotas Alíquotas Alíquotas Código Descrição do Produto NCM PIS COFINS

Leia mais

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto PIS e COFINS Aspectos conceituais Núcleo de Estudos em Controladoria e Contabilidade Tributária Prof. Amaury

Leia mais

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO Prof. André Gomes 1 Contribuição para PIS/PASEP PIS contribuição para o Programa de Integração Social funcionários das empresas do setor privado; PASEP contribuição

Leia mais

Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = , , , ,00

Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = , , , ,00 p. 86 Teoria Patrimonialista: Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = 13.400,00 + 2.400,00 + 10.500,00 + 5.300,00 = = 31.600,00 Gabarito: B Teoria Patrimonialista: Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo,

Leia mais

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto)

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto) 1. Finalidade do CST Para a elaboração dos arquivos digitais da Escrituração Fiscal Digital (EFD), bem como para a geração do conteúdo das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), foram instituídos através da

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Altera a Instrução Normativa SRF nº 247, de 21 de novembro de 2002, que dispõe sobre o PIS/Pasep e a Cofins. O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, no

Leia mais

Saiba tudo sobre PIS e COFINS e acabe com qualquer tipo de dúvida

Saiba tudo sobre PIS e COFINS e acabe com qualquer tipo de dúvida Saiba tudo sobre PIS e COFINS e acabe com qualquer tipo de dúvida Você com certeza já deve ter ouvido isto em algum lugar, pois bem, se ouviu, quem disse tem toda razão. Essa afirmação se deve pelas inúmeras

Leia mais

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO Prof. André Gomes 1 QUANDO O GOVERNO É HONESTO, O PAÍS TEM SEGURANÇA; MAS, QUANDO O GOVERNO COBRA IMPOSTOS DEMAIS, A NAÇÃO ACABA EM DESGRAÇA Provérbios, 29:4

Leia mais

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins Assunto: Contribuição para PIS/PASEP e COFINS Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação

Leia mais

Os 7 erros mais comuns na apuração do PIS e da COFINS. Fabio Rodrigues

Os 7 erros mais comuns na apuração do PIS e da COFINS. Fabio Rodrigues Os 7 erros mais comuns na apuração do PIS e da COFINS Fabio Rodrigues Fabio Rodrigues Advogado. Mestre em Ciências Contábeis. Professor do MBA em Contabilidade e Direito Tributário do IPOG. Coordenador,

Leia mais

Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS

Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS/COFINS 1 -Fazendo um comparativo entre o DACON e a EFD PIS-COFINS Agenda 1- Aspectos introdutórios 1.1- Instituição 1.2- Conceito 1.3- Obrigatoriedade 1.4-

Leia mais

CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18

CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18 CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18 A função de Analista Fiscal é uma das mais nobres na área fiscal de um estabelecimento, tendo em vista sua importância na verificação do processamento de todo

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2016 PIS (PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL) COFINS (CONTRIBUIÇÃO PARA FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL) REGIME CUMULATIVO E NÃO-CUMULATIVO Para iniciar o estudo

Leia mais

LEI Nº , de 29 de dezembro de Altera a Legislação Tributária Federal e dá outras providências.

LEI Nº , de 29 de dezembro de Altera a Legislação Tributária Federal e dá outras providências. LEI Nº 10.833, de 29 de dezembro de 2003. Altera a Legislação Tributária Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte

Leia mais

TABELA DE CST Simples Nacional

TABELA DE CST Simples Nacional TABELA DE CST Simples Nacional 101 Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito Classificam-se neste código as operações que permitem a indicação da alíquota do ICMS devido no Simples Nacional

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PIS/COFINS (Regime Cumulativo e não Cumulativo com preenchimento do DACON e DCTF) contato@agmcontadores.com.br 28/03/2014 2 Sumário CONTRIBUINTES

Leia mais

PIS/PASEP E COFINS - PROCEDIMENTOS PARA O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO - FATOS GERADORES A PARTIR DE DEZEMBRO DE 2002.

PIS/PASEP E COFINS - PROCEDIMENTOS PARA O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO - FATOS GERADORES A PARTIR DE DEZEMBRO DE 2002. PIS/PASEP E COFINS - PROCEDIMENTOS PARA O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO - FATOS GERADORES A PARTIR DE DEZEMBRO DE 2002. Incidência não-cumulativa 1) Da apuração do valor devido Permite o desconto de créditos

Leia mais

Relação de Ajustes e Alterações ao Leiaute da EFD-PIS/Cofins na versão 1.01 do Anexo Único do ADE Cofis nº 34, 28 de outubro de 2010.

Relação de Ajustes e Alterações ao Leiaute da EFD-PIS/Cofins na versão 1.01 do Anexo Único do ADE Cofis nº 34, 28 de outubro de 2010. Anexo Único do ADE Cofis nº 37 /2010 Relação de Ajustes e Alterações ao Leiaute da EFD-PIS/Cofins na versão 1.01 do Anexo Único do ADE Cofis nº 34, 28 de outubro de 2010. 2.6.1.1 Abertura do arquivo digital

Leia mais

CURSO ANALISTA FISCAL-TIANGUÁ

CURSO ANALISTA FISCAL-TIANGUÁ CURSO ANALISTA FISCAL-TIANGUÁ A função de Analista Fiscal é uma das mais nobres na área fiscal de um estabelecimento, tendo em vista sua importância na verificação do processamento de todo o movimento

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 9ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 240, DE 9 DE SETEMBRO DE 2008: A substituição de embalagens de produtos, alterando sua apresentação, exceto se destinada unicamente ao transporte

Leia mais

PIS/PASEP/COFINS ANO XXII ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2011

PIS/PASEP/COFINS ANO XXII ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2011 ANO XXII - 2011-5ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 44/2011 PIS/PASEP/COFINS INCIDÊNCIA NÃO-CUMULATIVA DO PIS/PASEP E DA COFINS - EMPRESAS TRIBUTADAS PELO LUCRO REAL - NORMAS GERAIS Introdução

Leia mais

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 04/06-4 Feira Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital próprio, aplicações financeiras, títulos de capitalização;

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 594 de 26/12/05

Instrução Normativa SRF nº 594 de 26/12/05 Instrução Normativa SRF nº 594 de 26/12/05 DOU 30/12/05 Obs.: Ret. DOU de 02/02/06 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep- Importação e

Leia mais

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES Análise dos layouts da EFDPIS/COFINS como blocos e tabelas, Estrutura do arquivo do SPED fiscal EFD PIS/COFINS Walison de Paula Silva Agenda Regras de Preenchimento do arquivo Cenário Lucro Presumido Relatórios

Leia mais

PIS/COFINS NÃO-CUMULATIVIDADE

PIS/COFINS NÃO-CUMULATIVIDADE PIS/COFINS NÃO-CUMULATIVIDADE PRINCÍPIO OU REGRA DE TRIBUTAÇÃO Professora Doutora Denise Lucena Cavalcante Gramado, 27/06/2008. PRINCÍPIO DA NÃO-CUMULATIVIDADE Princípio constitucional que tem por finalidade

Leia mais

INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04

INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04 INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04 CONTABILIZAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES PARA O PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL (PIS) E PARA O FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL (COFINS) Em 31 de dezembro de 2002 e em

Leia mais

IMPACTOS TRIBUTÁRIOS DA LEI /2014 NO SETOR ELÉTRICO

IMPACTOS TRIBUTÁRIOS DA LEI /2014 NO SETOR ELÉTRICO IMPACTOS TRIBUTÁRIOS DA LEI 12.973/2014 NO SETOR ELÉTRICO Sumário: Contratos de Concessão de Serviço Público (OCPC 05 e ICPC 01): PIS/Pasep e Cofins Regime Cumulativo e não-cumulativo: Atividade de Distribuição;

Leia mais

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6 CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6 Índice 1. Deduções da base de cálculo...3 1.1 Base de cálculo, alíquotas e despesas... 3 1.2 Exemplo numérico com deduções... 3 2. Faturamento bruto/receita bruta regime

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins BLOCOS DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL PIS/Pasep e Cofins Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referencias A C D F M Documentos Fiscais - Serviços (ISS)

Leia mais

Do Sintegra ao SPEDFiscal

Do Sintegra ao SPEDFiscal m28 Do Sintegra ao SPEDFiscal Obrigação Tributária Obrigação Principal Pagamento de tributo Pagamento de penalidade pecuniária Emissão de Documento Fiscal Escrituração Contábil (Livro Diário) Obrigação

Leia mais

DACON Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais

DACON Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais DACON Demonstrativo de Apuração de Contribuições Sociais Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 02/02/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TDOCIZ

Leia mais

pis/pasep e Cofins - Como calcular e recolher

pis/pasep e Cofins - Como calcular e recolher pis/pasep e Cofins - Como calcular e recolher Cleônimo dos Santos É bacharel em Ciências Contábeis, com MBA em Controladoria Estratégica. Professor universitário em cursos de graduação e pós-graduação.

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O Í N D I C E A N A L Í T I C O I - REGRAS GERAIS... 15 I.1 - Introdução... 15 I.2 - Conceitos e definições... 15 I.2.1 - Restituição... 15 I.2.2 - Compensação... 16 I.2.3 - Ressarcimento... 16 I.2.4 - Reembolso...

Leia mais

COMITÊ FISCAL PAUTA DE ASSUNTOS JANEIRO DE 2017 ICMS... 2 LEGISLAÇÃO... 7 II... 5 JURISPRUDÊNCIA... 8 IPI... 6 IR E CSLL... 7 PIS E COFINS...

COMITÊ FISCAL PAUTA DE ASSUNTOS JANEIRO DE 2017 ICMS... 2 LEGISLAÇÃO... 7 II... 5 JURISPRUDÊNCIA... 8 IPI... 6 IR E CSLL... 7 PIS E COFINS... COMITÊ FISCAL PAUTA DE ASSUNTOS JANEIRO DE 2017 ICMS... 2 LEGISLAÇÃO... 2 II... 5 JURISPRUDÊNCIA... 5 IPI... 6 JURISPRUDÊNCIA... 6 IR E CSLL... 7 LEGISLAÇÃO... 7 JURISPRUDÊNCIA... 7 PIS E COFINS... 8 JURISPRUDÊNCIA...

Leia mais

Fatores para o cálculo do preço de exportação

Fatores para o cálculo do preço de exportação Fatores para o cálculo do preço de exportação No cálculo do preço de exportação devem ser levados em conta, entre outros fatores: IPI - IMUNIDADE do Imposto sobre Produtos Industrializados, na saída de

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins

Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins CURSO Analista Fiscal ICMS, IPI, ISS, PIS e Cofins (O único curso da região ministrado por especialistas em cada área abordada) Orientadores Andréa Giungi Contadora; consultora da CPA; MBA em Controladoria

Leia mais

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP

NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP NOVA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP Não cumulatividade plena Dezembro/2015 PRINCÍPIOS ORIENTADORES 1. SIMPLIFICAÇÃO DA APURAÇÃO DO TRIBUTO 2. TRIBUTAÇÃO DO VALOR AGREGADO EM CADA ETAPA ECONÔMICA 3. NEUTRALIDADE

Leia mais

Gestão Tributária- Escrituração Fiscal- Prof.Ademir Macedo de Oliveira Senac São Paulo- Unidade 24 de Maio

Gestão Tributária- Escrituração Fiscal- Prof.Ademir Macedo de Oliveira Senac São Paulo- Unidade 24 de Maio 1 CST: ICMS - IPI PIS - COFINS e Quadro sinótico das fiscais e tratamento tributário com base nas Legislações: ICMS- RICMS-SP DECRETO 45.490/2000 IPI- LEGISLAÇÃO FEDERAL Tabelas: I- II III da Instrução

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 99 - Data 9 de abril de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP NÃO CUMULATIVIDADE. SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO

Leia mais

PALESTRA ANEFAC - IBRACON. Tema: Medida Provisória 627/13 - PIS/COFINS

PALESTRA ANEFAC - IBRACON. Tema: Medida Provisória 627/13 - PIS/COFINS PALESTRA ANEFAC - IBRACON Tema: Medida Provisória 627/13 - PIS/COFINS Até 1998 PIS e COFINS incidiam sobre o faturamento à 2,65%; Era cumulativo; Poucas exceções; Legislação relativamente simples; Ônus

Leia mais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais Objetivos do Workshop 1 Conhecer e Atualizar os Conhecimentos acerca da Legislação Tributária e Fiscal Vigente 2 Adotar Procedimentos

Leia mais

Sumário. Introdução. Patrimônio

Sumário. Introdução. Patrimônio Sumário Sumário Introdução 2 Objeto 3 Finalidade ou objetivo 4 Pessoas interessadas nas informações contábeis 5 Funções 6 Identificação dos aspectos patrimoniais 7 Campo de aplicação 8 Áreas ou ramos 9

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 0 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 100 - Data 9 de abril de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP NÃO CUMULATIVIDADE. CRÉDITOS. COMÉRCIO

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de Impressão

Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de Impressão Page 1 of 6 Instrução Normativa SRF nº 660, de 17 de julho de 2006 DOU de 25.7.2006 Dispõe sobre a suspensão da exigibilidade da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins incidentes sobre a venda de produtos

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições. Agosto de 2012

Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições. Agosto de 2012 Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições Agosto de 2012 Sistema Publico de Escrituração Digital SPED - Abrangência Atual e Futura: NF-e Integração DW Trans ECD EFD ICMS / IPI CT-e FCont e-social

Leia mais

1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO

1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO 1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO Maria Alzirene Mota de Brito Empresária da Contabilidade (92) 99981-9878 / 99116-6622 TÓPICOS PARA ABORDAGEM 1) QUAIS TRIBUTOS

Leia mais

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014 ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 04/04/2014 001 Quais são os fatos geradores da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação? Os fatos geradores da Contribuição para o PIS/PASEP-Importação e da

Leia mais

SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851

SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851 www.gefisc.com.br SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851 UNIDADE SOROCABA/SP Rua Elisa Bramante Francisco, 15

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Detalhamento de Receitas Recebidas no Registro F500 do SPED Contribuições 21/07/14

Orientações Consultoria de Segmentos Detalhamento de Receitas Recebidas no Registro F500 do SPED Contribuições 21/07/14 21/07/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Perguntas RFB... 3 2.2. Artigo Portal Tributário... 4 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Manual SPED...

Leia mais

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 PASSO-A-PASSO Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 JS SoftCom Documentação Automação Dropbox Pasta 07 Manuais e Procedimentos Configurações Retaguarda Informações

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica. NÃO CUMULATIVIDADE DO PIS/PASEP e COFINS CONSIDERAÇÕES GENÉRICAS LEGISLAÇÃO ATUAL

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica. NÃO CUMULATIVIDADE DO PIS/PASEP e COFINS CONSIDERAÇÕES GENÉRICAS LEGISLAÇÃO ATUAL TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica NÃO CUMULATIVIDADE DO PIS/PASEP e COFINS CONSIDERAÇÕES GENÉRICAS LEGISLAÇÃO ATUAL Jorge Cézar Moreira Lima Advogado Por intermédio da nova redação trazida pelos arts.

Leia mais

Revisão Geral. Prof. Thiago S.Oliveira CRC-MG Revisão Geral

Revisão Geral. Prof. Thiago S.Oliveira CRC-MG Revisão Geral Revisão Geral Prof. Thiago S.Oliveira CRC-MG 093969 Revisão Geral Escrita Fiscal Escrita Fiscal são registros de documentos fiscais lançados em livros fiscais, obrigatórios pela legislação. Visa atender,

Leia mais

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010.

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010. Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Próximos passos São Paulo, 15 de julho de 2010. NOVOS PROJETOS AGENDA e-ciap (Bloco G do SPED Fiscal) e-lalur e FCONT SPED Fiscal de PIS e Cofins e-fopag

Leia mais

Guia Prático da EFD Contribuições Versão 1.22: Atualização em 31/07/2017

Guia Prático da EFD Contribuições Versão 1.22: Atualização em 31/07/2017 GUIA PRÁTICO DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE E DA ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DA CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS /PASEP, DA COFINS E DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA (CPRB) Principais Alterações do

Leia mais

fabioroliveira.blogspot.com.br

fabioroliveira.blogspot.com.br MBA EM CONTABILIDADE EMPRESARIAL CONTRIBUIÇÕES SOBRE O FATURAMENTO PIS E COFINS Fabio Rodrigues de Oliveira Advogado; Contabilista; Mestre em Ciências Contábeis; Autor e coautor de diversos livros em matéria

Leia mais

Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 9ª RF

Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 9ª RF 1 Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 9ª RF Solução de Consulta nº 1 - SRRF09/Disit Data 9 de janeiro de 2013 Processo **** Interessado **** CNPJ/CPF **** ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA

Leia mais

Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Prof. Dr. Érico Hack

Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Prof. Dr. Érico Hack Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Prof. Dr. Érico Hack IR Pessoa Jurídica Pessoa Física equiparada à pessoa jurídica (Empresas individuais) Empresário

Leia mais

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA CADERNO DE EXERCÍCIOS

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA CADERNO DE EXERCÍCIOS CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA CADERNO DE EXERCÍCIOS Caderno de Exercícios de Contabilidade Tributária elaborado pelo Prof. Marcelo Gabriel, organização e diagramação feita pelo Prof. Olair Ferreira Nunes Marcelo

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

Como Funciona o Sintegra? FEF12

Como Funciona o Sintegra? FEF12 Como Funciona o Sintegra? FEF12 Caminho: Fiscal> Arquivo> Sintegra> Sintegra Referência: FEF12 Como Funciona: O SINTEGRA consiste num conjunto de procedimentos administrativos e de sistemas computacionais

Leia mais

Vamos nos apresentar? Qual é o seu nome? Que função você exerce na sua empresa? Quais as suas expectativas em relação a este curso?

Vamos nos apresentar? Qual é o seu nome? Que função você exerce na sua empresa? Quais as suas expectativas em relação a este curso? Vamos nos apresentar? Qual é o seu nome? Que função você exerce na sua empresa? Quais as suas expectativas em relação a este curso? 2 Associativismo: a união faz a força! 3 Associativismo: a união faz

Leia mais

COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS 2

COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS 2 COMENTÁRIOS ÀS QUESTÕES PROPOSTAS 2 1. Uma empresa apurou em determinado período trimestral de 2003 um Lucro Real de R$ 27.000,00. As adições eram de R$ 5.000,00 e as exclusões de R$ 3.000,00. No Patrimônio

Leia mais

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas...

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas... S u m á r i o Unidade I Teoria Geral dos Tributos Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3 1.1. Conceito de Tributo... 3 1.2. As Espécies Tributárias... 8 Capítulo 2 Os Impostos... 18 2.1. Teoria

Leia mais

Contabilidade Tributária Aula 4 - ICMS

Contabilidade Tributária Aula 4 - ICMS Contabilidade Tributária Aula 4 - ICMS Prof. Gustavo Gonçalves Vettori BASE DE CÁLCULO 1 Base de Cálculo Nas saídas de mercadorias: Valor da operação Fornecimento de alimentos em restaurantes e bares Valor

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15

Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15 Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15 I.1 Introdução... 15 I.2 Conceitos e de nições... 15 I.2.1 Restituição... 15 I.2.2 Compensação... 16 I.2.3 Ressarcimento... 16 I.2.4 Reembolso... 17 I.3 Legislação

Leia mais

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 8ª Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 Assunto: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins TRIBUTAÇÃO CONCENTRADA. REGIME DE APURAÇÃO

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013

MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013 MEDIDA PROVISÓRIA No 609, DE 8 DE MARÇO DE 2013 Reduz a zero as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP, da COFINS, da Contribuição para o PIS/PASEP-Importação e da COFINS-Importação incidentes sobre

Leia mais

MODELAGEM FISCAL E TRIBUTOS OPORTUNIDADES E DESAFIOS. Alessandro Dessimoni

MODELAGEM FISCAL E TRIBUTOS OPORTUNIDADES E DESAFIOS. Alessandro Dessimoni MODELAGEM FISCAL E TRIBUTOS OPORTUNIDADES E DESAFIOS Alessandro Dessimoni Temas abordados 1. Alta carga tributária; 2. A burocracia e entraves da legislação; 3. Interpretação restritiva do Fisco sobre

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 404, de 12 de março de 2004

Instrução Normativa SRF nº 404, de 12 de março de 2004 Instrução Normativa SRF nº 404, de 12 de março de 2004 DOU de 15.3.2004 Dispõe sobre a incidência não-cumulativa da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social na forma estabelecida pela Lei

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Exclusão do Desconto Condicional da Receita de Atividade Imobiliária - PIS COFINS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Exclusão do Desconto Condicional da Receita de Atividade Imobiliária - PIS COFINS Parecer Consultoria Tributária Segmentos Exclusão do Desconto Condicional da Receita de Atividade Imobiliária - 06/02/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente...

Leia mais

INFORMAÇÕES CONCEITUAIS QUANTO AO F100

INFORMAÇÕES CONCEITUAIS QUANTO AO F100 INFORMAÇÕES CONCEITUAIS QUANTO AO F100 Neste bloco serão informadas pela pessoa jurídica, as demais operações geradoras de contribuição ou de crédito, não informadas nos Blocos A, C e D: Onde esta localizado

Leia mais

Considerando-se apenas as informações apresentadas, apresente o registro contábil relativo à apuração do ICMS no mês de fevereiro de 2017:

Considerando-se apenas as informações apresentadas, apresente o registro contábil relativo à apuração do ICMS no mês de fevereiro de 2017: CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA: QUESTÕES DE REVISÃO 01) Uma Sociedade Empresária que possui um único estabelecimento apresentava, em 31.1.2017, após a apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias ICMS,

Leia mais

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial 1 SPED PIS/Cofins Conforme Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 (D.O.U. 7.7.2010), que institui a Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins - EFD-PIS/Cofins (Alterada pela

Leia mais

Contabilidade Tributária Aula 7 PIS E COFINS: Sistemática não-cumulativa

Contabilidade Tributária Aula 7 PIS E COFINS: Sistemática não-cumulativa Contabilidade Tributária Aula 7 PIS E COFINS: Sistemática não-cumulativa Prof. Gustavo Gonçalves Vettori + 1. Créditos no regime não cumulativo: regras gerais 1 + Regime não cumulativo Receitas totais,

Leia mais

Lei nº , de 29 de dezembro de Impressão

Lei nº , de 29 de dezembro de Impressão Page 1 of 53 Lei nº 10.833, de 29 de dezembro de 2003 DOU de 30.12.2003 Altera a Legislação Tributária Federal e dá outras providências. Alterada pela Lei nº 10.865, de 30 de abril de 2004. Alterada pela

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal 13/03/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente...

Leia mais

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA Código das Melhores Práticas de N 19 Data 17.06.2016 Período Governança pesquisado: Atos publicados entre 10.06.2016 a 17.06.2016 LEGISLAÇÃO FEDERAL Data da publicação:

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta

Orientações Consultoria de Segmentos EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta EFD-Contribuições Regs M400 E M600 Valor da receita bruta 02/08/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão...

Leia mais

III A ausência ou irregularidade na inscrição municipal ou estadual do contribuinte, Olá Pessoal

III A ausência ou irregularidade na inscrição municipal ou estadual do contribuinte, Olá Pessoal Olá Pessoal Você acessou os exercícios da disciplina ED - Estudos Disciplinares. Dos exercícios propostos você terá que responser corretamente 10 (dez) exercícios. Assinale a alternativa correta e inclua

Leia mais

6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 6ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 178, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2008: EMENTA: DISTRIBUIDOR ATACADISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS E DE HIGIENE PESSOAL. CRÉDITOS. POSSIBILIDADE. Relativamente

Leia mais

MÓDULO 2 IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS LUCRO PRESUMIDO E LUCRO ARBITRADO

MÓDULO 2 IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS LUCRO PRESUMIDO E LUCRO ARBITRADO MÓDULO 2 IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS JURÍDICAS LUCRO PRESUMIDO E LUCRO ARBITRADO I LUCRO PRESUMIDO As pessoas jurídicas não obrigadas à apuração do lucro real poderão optar pela apuração do Imposto trimestral

Leia mais

IRPJ, CSLL, PIS, COFINS

IRPJ, CSLL, PIS, COFINS Alguns Clientes O objetivo da Studio Fiscal é oferecer serviços de consultoria tributária, buscando otimizar a carga tributária das empresas com base em trabalhos que envolvem gestão contábil, fiscal e

Leia mais

Receita Bruta( R$/ ano) Comércio Indústria Serviços

Receita Bruta( R$/ ano) Comércio Indústria Serviços 2 Aspectos Tributários Nossa estrutura tributária é extremamente complexa. Por isso, é de fundamental importância que a conheçamos, pois vários impostos são correlacionados diretamente aos preços de venda

Leia mais

PIS/Pasep e Cofins - Regimes Cumulativo e Não Cumulativo. 1. Introdução Modalidades Regimes Regime cumulativo...

PIS/Pasep e Cofins - Regimes Cumulativo e Não Cumulativo. 1. Introdução Modalidades Regimes Regime cumulativo... PIS/Pasep e Cofins - Regimes Cumulativo e Não Cumulativo 1. Introdução... 2 2. Modalidades... 2 3. Regimes... 2 4. Regime cumulativo... 2 4.1 - Contribuintes expressamente incluídos no regime cumulativo...

Leia mais

RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E PREVIDENCIÁRIAS

RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E PREVIDENCIÁRIAS IBEF-RIO - TREINAMENTO RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E PREVIDENCIÁRIAS P R O G R A M A Módulo 01 - Retenções Tributárias 1º Módulo - Contribuições sociais (CSLL, PIS, COFINS) Serviços sujeitos a retenção: Definição

Leia mais

PIS E COFINS NA TEORIA E NA PRÁTICA Uma Abordagem Completa dos Regimes Cumulativo e Não Cumulativo

PIS E COFINS NA TEORIA E NA PRÁTICA Uma Abordagem Completa dos Regimes Cumulativo e Não Cumulativo PIS E COFINS NA TEORIA E NA PRÁTICA Uma Abordagem Completa dos Regimes Cumulativo e Não Cumulativo 1 pis confis 1.indd 1 26/2/2009 17:01:08 Currículo dos autores Adolpho Bergamini Advogado em São Paulo

Leia mais

1. EFD-PIS/COFINS OBRIGATORIEDADE PRAZO PENALIDADES RETIFICAÇÃO PIS E COFINS ASPECTOS GERAIS...

1. EFD-PIS/COFINS OBRIGATORIEDADE PRAZO PENALIDADES RETIFICAÇÃO PIS E COFINS ASPECTOS GERAIS... 1 Conteúdo 1. EFD-PIS/COFINS... 3 1.1. OBRIGATORIEDADE... 3 1.2. PRAZO... 3 1.3. PENALIDADES... 4 1.4. RETIFICAÇÃO... 4 2. PIS E COFINS ASPECTOS GERAIS... 5 2.1. HISTÓRICO... 5 2.2. PIS/PASEP NÃO CUMULATIVO

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012

MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 MEDIDA PROVISÓRIA No- 582, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 Altera a Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, quanto à contribuição previdenciária de empresas dos setores industriais e de serviços; permite depreciação

Leia mais

O disposto neste item aplica-se, inclusive, à pessoa jurídica que explore atividade rural.

O disposto neste item aplica-se, inclusive, à pessoa jurídica que explore atividade rural. LUCRO PRESUMIDO O Lucro Presumido é a forma de tributação simplificada do Imposto de Renda (IR) e Contribuição Social sobre o Lucro (CSLL). A sistemática de tributação pelo Lucro Presumido é regulamentada

Leia mais