Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011"

Transcrição

1 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS Florianópolis/SC, novembro de 2011

2 CONFIGURAÇÕES DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL: SPED NF-e [2008] SPED Contábil [2008] SPED Fiscal (ICMS) [2009] SPED Fiscal (FCONT) [2008] SPED Fiscal (EFD - PIS/COFINS) [2011/2012] SPED Fiscal (EFD - SOCIAL) [201X]

3 EFD PIS/COFINS - CRONOGRAMA DE ENTREGA: PERIODO DE APURAÇÃO ABRIL / 2011 JULHO / 2011 JANEIRO / 2012 JANEIRO / 2012 OBRIGATORIEDADE DE ENTREGA: Até 07 de junho de 2011 (Prorrogada para 07/02/2012) PJ LUCRO REAL (Acomp.Diferenciado em 2010) Até 08 de setembro de 2011 (Prorrogada para 07/02/2012) PJ LUCRO REAL (Demais Pessoas Jurídicas) Até 05 de março de 2012 PJ LUCRO PRESUMIDO/ARBITRADO Até 05 de março de 2012 PJ FINANCEIRAS E EQUIPARADAS INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB nº 1.085/2010

4 MODELO ATUAL PROJETO SPED CRÉDITOS INFORMADOS NO DACON NF AQUISIÇÕES Arquivo para Fiscalização/SCC CUSTOS DESPESAS PVA EFD PIS/COFINS CUSTOS NF AQUISIÇÕES DESPESAS CREDITO VALIDADO x CREDITO NÃO VALIDADO CREDITO VALIDADO

5 OPERAÇÕES COM INCIDÊNCIA DE CONTRIBUIÇÃO OU CRÉDITO: OPERAÇÕES SUJEITAS À APURAÇÃO DE CONTRIBUIÇÕES: RECEITA DA VENDA DE PRODUTOS DE FABRICAÇÃO PRÓPRIA (Indústria) RECEITA DA REVENDA DE PRODUTOS (Comércio) RECEITA DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS OUTRAS RECEITAS AUFERIDAS x OPERAÇÕES SUJEITAS À APURAÇÃO DE CRÉDITOS: AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS UTILIZADOS COMO INSUMOS (Indústria) AQUISIÇÃO DE BENS PARA REVENDA (Comércio) DESPESAS COM ENERGIA ELÉTRICA CONTRAPRESTAÇÃO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL ALUGUÉIS DE PRÉDIOS, MAQUINAS E EQUIPAMENTOS DEPRECIAÇÃO DE BENS DO ATIVO IMOBILIZADO ARMAZENAGEM E FRETES NAS OPERAÇÕES DE VENDAS

6 BLOCOS DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL PIS/Pasep e Cofins Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referencias A C D F M Documentos Fiscais - Serviços (ISS) Documentos Fiscais I - Mercadorias (ICMS/IPI) Documentos Fiscais II - Serviços (ICMS) Outros Documentos e Operações Apuração da Contribuição e Créditos de PIS/Pasep e COFINS 1 Outras Informações 9 Controle e Encerramento do Arquivo Digital

7 DOCUMENTOS DA ESCRITURAÇÃO NOTA FISCAL (ICMS) BLOCOS C e D NOTA FISCAL (ISS) BLOCO A OUTRAS RECEITAS BLOCO F ALUGUEL BLOCO F ARRENDAMENTO MERCANTIL BLOCO F DEPRECIAÇÃO BLOCO F BENS INCORP. AO IMOBILIZADO BLOCO F INCORPORAÇÃO CISÃO E FUSÃO BLOCO F

8 EFD-PIS/COFINS: PVA x Tabelas CST CFOP Tipos de Créditos Bases de Cálculo do Crédito NCM PVA Tipos de Contribuições Cadastros: Estabelecimentos Clientes Fornecedores Itens Créditos da Agroindústria Operações com Suspensão Operações com Isenção Operações Sem Incidência Produtos Monofásicos Produtos Subs. Trib. Produtos com Alíquota 0

9 EFD PIS/COFINS: Demonstração das Operações EMPRESA Registros Registros Registros Registros CNPJ 0001 CNPJ 0002 CNPJ 0005 CNPJ 0009 Registros Registros Registros Registros CNPJ 0010 CNPJ 0011 CNPJ 0015 CNPJ 0021 Arquivo Digital Único PVA - EFD PIS/COFINS

10 EFD-PIS/COFINS Escrituração por Nota Fiscal Nº Campo Descrição 1 Texto fixo contendo "C170" C170 2 Número seqüencial do item no documento fiscal 1 3 Código do item (campo 02 do Registro 0200) - NCM Descrição complementar do item como adotado no 5 Quantidade do item Unidade do item(campo 02 do registro 0190) Unid 7 Valor total do item (mercadorias ou serviços) ,00 8 Valor do desconto comercial / exclusão 9 Código Fiscal de Operação e Prestação Código da Situação Tributária referente ao PIS Valor da base de cálculo do PIS ,00 18 Alíquota do PIS (em percentual) 0, Valor do PIS 1.650,00 22 Código da Situação Tributária referente ao COFINS Valor da base de cálculo da COFINS ,00 24 Alíquota do COFINS (em percentual) 0, Valor da COFINS 7.600,00 28 Código da conta analítica contábil debitada/creditada

11 CLASSIFICAÇÃO DOS CRÉDITOS CST NATUREZA DO CRÉDITO TRIBUTADAS NÃO-TRIBUTADAS DA EXPORTAÇÃO 50 Vinculado Exclusivamente a Receitas 51 Vinculado Exclusivamente a Receitas 52 Vinculado Exclusivamente a Receitas 53 Vinculado Concomitantemente a Receitas 54 Vinculado Concomitantemente a Receitas 55 Vinculado Concomitantemente a Receitas 56 Vinculado Concomitantemente a Receitas

12 EFD-PIS/Cofins Escrituração das Vendas com NF-e: NCM C180 Item PRODUTO A Rec. Bruta M ensal R$ ,00 C185 C185 C185 C185 CST VENDA TRIBUTÁVEL (CST 01) VENDA ALÍQUOTA (CST 06) ZERO VENDA COM SUSPENSÃO (CST 09) EXPORTAÇÃO (CST 08) CFOP VALOR ITEM R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 BASE DE CÁLCULO R$ ,00 R$ ,00 ALÍQUOTA 7,6% COFINS R$ ,00 R$ 0,00

13 EFD-PIS/Cofins Escrituração das Vendas com NF-e: NCM C180 Item PRODUTO A Rec. Bruta M ensal R$ ,00 C185 C185 C185 C185 CST VENDA TRIBUTÁVEL (CST 01) VENDA ALÍQUOTA (CST 06) ZERO VENDA COM SUSPENSÃO (CST 09) EXPORTAÇÃO (CST 08) CFOP VALOR ITEM R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 BASE DE CÁLCULO R$ ,00 R$ ,00 ALÍQUOTA 7,6% COFINS R$ ,00 R$ 0,00

14 EFD-PIS/Cofins Escrituração das Aquisições: C190 Item INSUMO "X" NCM = VL Mensal Aquisição R$ ,00 C195 C195 C195 C195 Fornecedor Fornecedor PJ "A" Fornecedor PJ "B" Fornecedor Merc. Ext. Fornecedor PJ "X" CST CFOP Valor do Item R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 Base de Cálculo R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 Alíquota 7,6% 7,6% 7,6% COFINS R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00

15 EFD PIS/COFINS VALIDAÇÃO DE DADOS Registro C170 QUADRO COMPARATIVO DE BLOCOS - SPED REGISTRO C170 (Visão Documento) ou C190 (Visão Consolidada) Registro Tabela de Receita Bruta para Fins de Rateio Campo Descrição Receita Bruta Especificação REG COD_ITEM VL_BC CST_PIS ALIQ_PIS_ "C170 / C190" (Matéria-Prima) ,00 56 (Trib + N-Trib +Exp) 1,65% ,00 Rec. Bruta Não-Cumulativa - Tributada Merc. Interno ,00 Rec. Bruta Não-Cumulativa - Não Tributada MI ,00 Rec. Bruta Não-Cumulativa - Exportação 0,00 Receita Bruta Cumulativa ,00 Receita Bruta Total VL_PIS (Cred) 1.650,00 825,00 Créditos Vinculados a Receitas Tributadas - Mercado Interno 330,00 Créditos Vinculados a Receitas Não Tributadas 495,00 Créditos Vinculados a Receitas da Exportação

16 Lucro presumido Leiaute modificado pelo ADE COFIS 24/2011 Válido a partir de janeiro/ opções para escrituração (campo IND_REG_CUM registro 0110) 1 Regime de Caixa Escrituração consolidada (Registro F500/F510); 2 Regime de Competência - Escrituração consolidada (Registro F550/F560); 9 Regime de Competência - Escrituração detalhada, com base nos registros dos Blocos A, C, D e F. Registro 1900 Consolidação dos documentos emitidos no período Regime caixa e de competência

17 EFD-PIS/COFINS:PJ Lucro Real Regime Não Cumulativo SERVIÇOS MERCADORIAS / PRODUTOS OUTRAS OPERAÇÕES A100 C100 F100 SPED FISCAL (ICMS / IPI)

18 EFD-PIS/COFINS: PESSOA JURIDICA DO LUCRO PRESUMIDO CADASTRO REGIME DE CAIXA X REGIME DE COMPETÊNCIA F500 F550 BLOCO A BLOCO C F525 BLOCO D BLOCO F

19 DACON Ficha de Apuração da Contribuição

20 EFD-PIS/COFINS:PJ Lucro Presumido Regime de Caixa Produtos Diversos Frutas Verduras e Cerveja Refrigerante e Cigarros EFD - PIS/COFINS 01 REGISTRO F500 F500 F500 F VL_RECECEBIDO_CAIXA , , , ,00 03 CST_PIS VL_DESCONTO_PIS 0,00 0,00 0,00 0,00 05 VL_BASE CALCULO_PIS , , , ,00 06 ALIQUOTA_PIS 0,65% 0,00% 0,00% - 07 VALOR_PIS 6.500, CST_COFINS VL_DESCONTO_COFINS 0,00 0,00 0,00 0,00 10 VL_BASE CALCULO_COFINS , , , ,00 11 ALIQUOTA_COFINS 3% 0,00% 0,00% - 12 VALOR_COFINS , DACON - FICHAS 08A e 18A Linha 01 Linha 05 Linha 06 Linha 11

21 Regime Caixa Exemplo escrituração VALOR TOTAL RECEBIDO R$ ,00 F500 Valor receita recebida R$ ,00 Valor receita recebida R$ ,00 CST 01 CST 04 Base Cálculo R$ ,00 Base Cálculo R$ ,00 Alíquota 3% Alíquota 0% VL_COFINS R$ 3.000,00 VL_COFINS R$ 0,00 F525 F525 F525 F525 Total Receita R$ ,00 R$ ,00 VL Total Receita R$ ,00 R$ ,00 Indicador 01 (clientes) 01 (clientes) Indicador 05 (item) 05 (item) CNPJ/CPF / /0001 Item Produto "A" Produto "B" Valor CNPJ R$ ,00 R$ ,00 Valor Item R$ ,00 R$ ,00

22 Previsão de Contribuintes alcançados pela EFD-PIS/Cofins: PA = ABRIL/2011 : Empresas (PJ sujeitas a Acompanhamento Tributário Diferenciado) PA = JULHO/2011 : Empresas (PJ sujeitas ao Regime Não Cumulativo Lucro Real) PA = JANEIRO/2012 : Empresas (PJ sujeitas ao Regime Cumulativo Lucro Presumido /Arbitrado)

23 Certificação Digital Assinatura Digital - garantia de autenticidade, de integridade e de validade jurídica da EFD-PIS/Cofins O arquivo assinado digitalmente tem validade jurídica para todos os fins, nos termos dispostos na MP /2001

24 Certificação Digital Poderão assinar a EFD-PIS/Cofins: e-cnpj que contenha a mesma base do CNPJ da Pessoa Jurídica e-cpf do representante legal da empresa no cadastro CNPJ Pessoa Física ou Pessoa Jurídica com procuração eletrônica cadastrada no site da RFB

25 Guarda das informações O contribuinte deverá conservar pelo menos uma cópia do arquivo da escrituração pelo prazo decadencial ou para o reconhecimento de direitos creditórios. Prazo mínimo de 5 anos Todos os documentos contábeis e fiscais relacionados com a EFD-PIS/Cofins deverão ser conservados pelo prazo previsto para comprovar os valores escriturados.

26 Retificação da EFD PIS/COFINS: Novo arquivo com todas as informações relativas à EFD-PIS/Cofins Registro 0000: Tipo de Escrituração Indicador 1 Prazo para Transmissão de Arquivos Retificadores da EFD-PIS/COFINS de 2011: 30 de junho de 2012

27 Leiaute e Guia Prático da EFD-PIS/COFINS: Disciplinado nos Atos Declaratórios Executivo Cofis/RFB nº 31, 34 e 37, de 2010 Guia Prático da EFD - orientações sobre a geração dos dados concernentes à EFD: Disponível no site da RFB O leiaute da EFD está organizado em blocos de informações dispostos por tipos de documentos e detalhados por registros

28

29 Bloco A Bloco C

30 Guia Prático

31 Leiaute Após o Bloco 0, inicial, a ordem de apresentação dos demais blocos é a seqüência constante na Tabela de Blocos A apresentação de todos os blocos é obrigatória e o respectivo registro de abertura indicará a presença ou a ausência de dados informados Registros dispensados Identificados como OC nas Tabelas dos Blocos constante no leiaute da EFD-PIS/Cofins

32 Leiaute Após o Bloco 0, inicial, a ordem de apresentação dos demais blocos é a seqüência constante na Tabela de Blocos A apresentação de todos os blocos é obrigatória e o respectivo registro de abertura indicará a presença ou a ausência de dados informados Registros dispensados - Identificados como OC nas Tabelas dos Blocos constante no leiaute da EFD-PIS/Cofins

33 Leiaute Após o Bloco 0, inicial, a ordem de apresentação dos demais blocos é a seqüência constante na Tabela de Blocos A apresentação de todos os blocos é obrigatória e o respectivo registro de abertura indicará a presença ou a ausência de dados informados Registros dispensados - Identificados como OC nas Tabelas dos Blocos constante no leiaute da EFD-PIS/Cofins

34 Programa Validador e Assinador - PVA Os dados são escriturados com base: na importação de arquivo txt elaborado pelo contribuinte; na edição de dados (digitação) pelo contribuinte no próprio PVA

35

36

37 Programa Validador e Assinador - PVA Download no site da Receita Federal do Brasil Validação de consistência de leiaute Verificação de autenticidade da assinatura digital Envio do arquivo

38

39 Programa Validador e Assinador - PVA Validação de consistência de leiaute Assina e verificação a autenticidade da assinatura Envio do arquivo

40 Programa Validador e Assinador - PVA Importar Arquivo da Escrituração Verifica Inconsistências da EFD Gerar Arquivo para Transmissão Editar Registros da Escrituração Assinatura Digital do Arquivo Transmissão do Arquivo Emissão do Recibo de Transmissão

41 Legislação SPED: EFD PIS/COFINS: IN RFB nº / 2010, Decreto nº / 2007 alterada pela IN RFB nº / 2010 e 1.161, de MP nº / 2001 ADE Cofis/RFB nº 34 e 37, de ADE Cofis/RFB nº 11 e 24, de 2011.

42 ReceitanetBX Sistema capaz de transmitir arquivos da base da Receita Federal diretamente para contribuintes Download no site da Receita Federal Permite o download da EFD do próprio contribuinte enviada ao ambiente nacional

43 Obrigado! Equipe EFD PIS/COFINS

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES Análise dos layouts da EFDPIS/COFINS como blocos e tabelas, Estrutura do arquivo do SPED fiscal EFD PIS/COFINS Walison de Paula Silva Agenda Regras de Preenchimento do arquivo Cenário Lucro Presumido Relatórios

Leia mais

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED

SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED SISTEMA PUBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED OUT/2010 REGIME NÃO-CUMULATIVO REGIME CUMULATIVO TRIBUTAÇÃO MONOFÁSICA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA VENDAS COM SUSPENSÃO VENDAS A ALÍQUOTA ZERO VENDAS COM ISENÇÃO

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições. Agosto de 2012

Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições. Agosto de 2012 Escrituração Fiscal Digital EFD - Contribuições Agosto de 2012 Sistema Publico de Escrituração Digital SPED - Abrangência Atual e Futura: NF-e Integração DW Trans ECD EFD ICMS / IPI CT-e FCont e-social

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital

Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins. Sistema Público de Escrituração Digital Escrituração Fiscal Digital de PIS/Pasep e Cofins BLOCOS DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL PIS/Pasep e Cofins Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referencias A C D F M Documentos Fiscais - Serviços (ISS)

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS São Paulo, agosto de 2011 m28 Obrigações Tributárias: Emissão de Documento Fiscal Escrituração Contábil Obrigação Acessória Escrituração Fiscal Entrega de Declarações

Leia mais

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto)

Operação Tributável (base de cálculo = quantidade vendida x alíquota por unidade de produto) 1. Finalidade do CST Para a elaboração dos arquivos digitais da Escrituração Fiscal Digital (EFD), bem como para a geração do conteúdo das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), foram instituídos através da

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

Mapeando o SPED PIS/COFINS

Mapeando o SPED PIS/COFINS Mapeando o SPED PIS/COFINS 1 SPED PIS/COFINS Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 2 BLOCO DESCRIÇÃO QTDE REGISTROS 0 Abertura, Identificação e Referências 16 A Documentos Fiscais - Serviços

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECD (Escrituração Contábil Digital) Regras Novas 2014 Maria Ilene Imlau Winter Informações Gerais Obrigatoriedade (inclusive Lucro Presumido, Imunes e Isentas) Obrigações

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 ANO XXVII - 2016-4ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DECLARAÇÃO SOBRE A OPÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DE PLANOS PREVIDENCIÁRIOS DPREV 2016 INFORMAÇÕES GERAIS...

Leia mais

SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851

SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851 www.gefisc.com.br SPED GESTÃO E TREINAMENTO LTDA Av. Guilherme Cotching, 1948, Conj. 20 V. Maria - 02113-014 São Paulo SP (11) 2386-8850 / 2386-8851 UNIDADE SOROCABA/SP Rua Elisa Bramante Francisco, 15

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

02/02/2017. Prof. Marcos Lima

02/02/2017. Prof. Marcos Lima Prof. Marcos Lima Contador, graduado pela Universidade Estadual do Ceará - UECE Especialista em Auditoria (UNIFOR) Consultor Tributário e Contábil Independente Diretor Executivo da Fortes Educação Professor

Leia mais

Encontro sobre Escrituração do PIS e COFINS nas Cooperativas do Distrito Federal. Agosto de 2011

Encontro sobre Escrituração do PIS e COFINS nas Cooperativas do Distrito Federal. Agosto de 2011 Encontro sobre Escrituração do PIS e COFINS nas Cooperativas do Distrito Federal Agosto de 2011 Dados do Cooperativismo Sistema Cooperativista 26 Estados da Federação 01 Distrito Federal Exportações: US$

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT)

IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT) CONFIGURAÇÃO DO ARQUIVO TXT IMPORTAÇÃO DO MOVIMENTO DE ENTRADAS (Padrão TXT) O arquivo TXT deverá ser gerado da seguinte forma: Um registro por linha Campos separados por vírgulas Campos Alfanuméricos

Leia mais

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos Objetivos e Módulos do SPED Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007 Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação, armazenamento

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como informar o IPI no SPED Fiscal nas entradas sem direito ao crédito.

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como informar o IPI no SPED Fiscal nas entradas sem direito ao crédito. Como. 11/04/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6.

Leia mais

EFD Contribuições (PIS/Cofins)

EFD Contribuições (PIS/Cofins) EFD Contribuições (PIS/Cofins) Principais Aspectos no Preenchimento e Implantação da Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep, da Cofinse da Contribuição Previdenciária sobre Receitas. Assunto: Escrituração

Leia mais

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 195 Conteúdo - Atos publicados em junho de 2016 Divulgação em julho de 2016

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 195 Conteúdo - Atos publicados em junho de 2016 Divulgação em julho de 2016 www.pwc.com.br Clipping Legis IOF/Câmbio e títulos ou valores mobiliários - Esclarecimentos - IN RFB nº 1.649/2016 Consolidação de débitos objetos da reabertura dos parcelamentos da Lei nº 11.941/2009

Leia mais

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0

Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 PASSO-A-PASSO Preenchimento do cadastro de produtos para adequação ao SAT ou NFC-e - Rev1.0 JS SoftCom Documentação Automação Dropbox Pasta 07 Manuais e Procedimentos Configurações Retaguarda Informações

Leia mais

TABELA DE CST Simples Nacional

TABELA DE CST Simples Nacional TABELA DE CST Simples Nacional 101 Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito Classificam-se neste código as operações que permitem a indicação da alíquota do ICMS devido no Simples Nacional

Leia mais

EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES

EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES Versão 15 INSTRUTOR ÍTALO CAVALCANTE CONCEITO A Escrituração Fiscal Digital EFD é parte integrante do projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital

Leia mais

Legislação e regras da ECF

Legislação e regras da ECF ECF Legislação e regras da ECF Definição ECF Escrituração Contábil Fiscal (novo nome da EFD-IRPJ) de acordo com o disposto na Instrução Normativa RFB nº 1.422, de 19 de dezembro de 2013 DOU 20.12.2013.

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital - EFD Contribuições. Setembro de 2012

Escrituração Fiscal Digital - EFD Contribuições. Setembro de 2012 Escrituração Fiscal Digital - EFD Contribuições Setembro de 2012 Abrangência Atual e Futura: NF-e Integração DW Trans ECD EFD ICMS / IPI CT-e FCont e-social (2013/2014) EFD Contribuições - PIS/Pasep -

Leia mais

Fundamentos da Escrituração Fiscal Digital EFD e Revisão do Caso Prático do Livro de Apuração e NF-e. Luiz Campos

Fundamentos da Escrituração Fiscal Digital EFD e Revisão do Caso Prático do Livro de Apuração e NF-e. Luiz Campos Fundamentos da Escrituração Fiscal Digital EFD e Revisão do Caso Prático do Livro de Apuração e NF-e Luiz Campos 1 Exemplo Prático Montagem do Livro de Apuração do IPI 1.101 Compra para industrialização

Leia mais

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia*

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia* SPED na Prá*ca Caso Verdemar Carlos Furia* Apresentação Verdemar Contexto SPED Preparação Organizacional para sua Implantação O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) passa a exigir das organizações

Leia mais

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto

PIS e COFINS. Aspectos conceituais. Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto PIS e COFINS Aspectos conceituais Núcleo de Estudos em Controladoria e Contabilidade Tributária Prof. Amaury

Leia mais

Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = , , , ,00

Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = , , , ,00 p. 86 Teoria Patrimonialista: Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo, PL) = 13.400,00 + 2.400,00 + 10.500,00 + 5.300,00 = = 31.600,00 Gabarito: B Teoria Patrimonialista: Contas Patrimoniais (Ativo, Passivo,

Leia mais

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA ANO XXIII - 2012-1ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD - NORMAS GERAIS Introdução - Obrigatoriedade de Adoção da ECD - Sociedades

Leia mais

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 04/06-4 Feira Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital próprio, aplicações financeiras, títulos de capitalização;

Leia mais

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins Assunto: Contribuição para PIS/PASEP e COFINS Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Decreto nº 6.022, de 2007

Decreto nº 6.022, de 2007 - Abrangência Atual - - Perspectivas para o ano de 2013 - Janeiro de 2013 O Sped é instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos que

Leia mais

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 22 - Data 4 de março de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP CRÉDITOS PARA DESCONTO DO PIS/PASEP. NÃO-CUMULATIVIDADE.

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014, com

Leia mais

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6

CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6 CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA MÓDULO 6 Índice 1. Deduções da base de cálculo...3 1.1 Base de cálculo, alíquotas e despesas... 3 1.2 Exemplo numérico com deduções... 3 2. Faturamento bruto/receita bruta regime

Leia mais

CIRCULAR Nº 13/2012. Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior. São Paulo, 12 de setembro de 2012.

CIRCULAR Nº 13/2012. Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior. São Paulo, 12 de setembro de 2012. São Paulo, 12 de setembro de 2012. CIRCULAR Nº 13/2012 Prezado Cliente, Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior A Lei nº 12.546/2011 instituiu a obrigação

Leia mais

Guia Prático de. Cruzamento de Obrigações Acessórias

Guia Prático de. Cruzamento de Obrigações Acessórias Guia Prático de Cruzamento de Obrigações Acessórias Sumário Apresentação... 19 1 Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) 1.1. Conceito e Informações Gerais... 21 1.2. Manual de Integração - Contribuinte... 21 1.3.

Leia mais

Gestão Tributária- Escrituração Fiscal- Prof.Ademir Macedo de Oliveira Senac São Paulo- Unidade 24 de Maio

Gestão Tributária- Escrituração Fiscal- Prof.Ademir Macedo de Oliveira Senac São Paulo- Unidade 24 de Maio 1 CST: ICMS - IPI PIS - COFINS e Quadro sinótico das fiscais e tratamento tributário com base nas Legislações: ICMS- RICMS-SP DECRETO 45.490/2000 IPI- LEGISLAÇÃO FEDERAL Tabelas: I- II III da Instrução

Leia mais

I ENCONTRO DAS ÁGUAS. 13 a 15 de maio de Campo Grande MS. Realização: SINTERCON. Painel : Gestão Financeira e Tributária

I ENCONTRO DAS ÁGUAS. 13 a 15 de maio de Campo Grande MS. Realização: SINTERCON. Painel : Gestão Financeira e Tributária I ENCONTRO DAS ÁGUAS 13 a 15 de maio de 2009 - Campo Grande MS Realização: SINTERCON Painel : Gestão Financeira e Tributária Título da Palestra: SPED - Sistema Público de Escrituração Digital Palestrante:

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal

Parecer Consultoria Tributária Segmentos EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal EFD Contribuições - Bloco I tratamento para dedução e exclusões da Base de Cálculo da PIS/COFINS - Federal 13/03/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente...

Leia mais

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815).

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). 1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). Disponibilizada nova versão revisada da geração do arquivo magnético da EFD Pis/Cofins, compatibilizada com as regras publicadas até a última versão

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Livros Contábeis e Fiscais Conforme disposto nas Leis 6.404/76 e 11.638/07 e RIR/99, as empresas estão obrigadas a manter escriturados os seguintes livros:

Leia mais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais Objetivos do Workshop 1 Conhecer e Atualizar os Conhecimentos acerca da Legislação Tributária e Fiscal Vigente 2 Adotar Procedimentos

Leia mais

SPED CONTÁBIL E FISCAL

SPED CONTÁBIL E FISCAL SPED CONTÁBIL E FISCAL Os Desafios da Implementação Uma Abordagem Prática Ricardo Lopes Cardoso Sócio Subdivisões do Projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED?

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? SPED PIS/COFINS Teoria e Prática O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? E v e l i n e B a r r o s o Maracanaú - CE Março/2 0 1 2 1 2 Conceito O SPED é instrumento que unifica as atividades

Leia mais

Escrito por Eduardo Sex, 09 de Outubro de 2009 08:28 - Última atualização Qua, 09 de Dezembro de 2009 14:05

Escrito por Eduardo Sex, 09 de Outubro de 2009 08:28 - Última atualização Qua, 09 de Dezembro de 2009 14:05 Os códigos de situação tributária abaixo identificados para ICMS foram extraídos do manual de integração da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, disponível também no endereço: http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/integracao.aspx,

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital

Sistema Público de Escrituração Digital INTRODUÇÃO PIS/PASEP E COFINS SISTEMÁTICA DA NÃO-CUMULATIVIDADE AS DIFICULDADES Não é um regime pleno de não-cumulatividade, como o IPI e o ICMS. O legislador preferiu listar as operações geradoras de

Leia mais

Fatores para o cálculo do preço de exportação

Fatores para o cálculo do preço de exportação Fatores para o cálculo do preço de exportação No cálculo do preço de exportação devem ser levados em conta, entre outros fatores: IPI - IMUNIDADE do Imposto sobre Produtos Industrializados, na saída de

Leia mais

FCONT. Geração do Arquivo

FCONT. Geração do Arquivo 1 FCONT Geração do Arquivo 2 Sumário 1. Geração do arquivo FCONT:... 3 1.1. Blocos do arquivo de importação do FCONT:... 3 1.2. Descrição das informações referentes aos registros:... 3 1.3. Exemplo de

Leia mais

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS %

Tabela Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Crédito Alíquotas COFINS % Tabela 4.3.17 - Tabela Outros Produtos e Operações Sujeitos a Alíquotas Diferenciadas (CST 02): Contribuição Contribuição Crédito Alíquotas Alíquotas Alíquotas Código Descrição do Produto NCM PIS COFINS

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011

Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011 Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011 DOU de 17.10.2011 Dispõe sobre procedimentos fiscais dispensados aos consórcios constituídos nos termos dos arts. 278 e 279 da Lei nº 6.404, de

Leia mais

Terceiro Setor. Apresentação da ECF

Terceiro Setor. Apresentação da ECF Terceiro Setor e Apresentação da ECF 1 PALESTRANTES Marcone Hahan de Souza, contador, mestre em Economia, com ênfase em Controladoria, professor universitário e membro da Comissão de Estudos do Terceiro

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012

Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012 Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012 DOU de 2.3.2012 Dispõe sobre a Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade

Leia mais

ECF Obrigatoriedade, prazo e multas

ECF Obrigatoriedade, prazo e multas ECF Obrigatoriedade, prazo e multas 4 de abril de 2016 Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a DIPJ desde 2015 A ECF referente ao ano-calendário 2015 deve ser entregue até 30 de junho de 2016. A

Leia mais

Anexo Único. 1.2 Regras de Formatação Cada registro deve estar contido em uma linha e todas as linhas devem ter o mesmo tamanho.

Anexo Único. 1.2 Regras de Formatação Cada registro deve estar contido em uma linha e todas as linhas devem ter o mesmo tamanho. Anexo Único Ato. 1. Especificações Técnicas dos Sistemas e Arquivos Os arquivos digitais solicitados por AFRFB deverão obedecer às regras de armazenamento e formatação estabelecidas neste 1.1 Codificação

Leia mais

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes

CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO. Prof. André Gomes CURSO PIS COFINS CUMULATIVO E NÃO CUMULATIVO Prof. André Gomes 1 Contribuição para PIS/PASEP PIS contribuição para o Programa de Integração Social funcionários das empresas do setor privado; PASEP contribuição

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ. Sped Contábil

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ. Sped Contábil Sped Contábil 1. Quais os livros abrangidos? Podem ser incluídos todos os livros da escrituração contábil, em suas diversas formas. O diário e o razão são, para o Sped Contábil, um livro digital único.

Leia mais

S N FI SPED PIS/CO 0

S N FI SPED PIS/CO 0 0SPED PIS/COFINS Versão Observação Data Modificação Responsável 1 Criação do Manual 31/03/2011 Edilson J. Martins 2 Natureza de operação, CST PIS Cofins por empresa 30/05/2011 Edilson J. Martins Página

Leia mais

AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI

AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI AC FISCAL IMPORTAÇÃO ARQUIVO SPED ICMS/IPI Esse manual tem por objetivo mostrar o que deve estar cadastrado no AC Fiscal para que a importação do arquivo do SPED ICMS seja processada de forma correta.

Leia mais

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba E-Fiscal... 08 Cadastros... 11 Filas... 11 Clientes e Fornecedores... 12 Sócios... 13 Serviços... 14 Código

Leia mais

Márcio Tonelli ECD e ECF LIÇÕES DE 2015 EXPECTATIVAS PARA 2016

Márcio Tonelli ECD e ECF LIÇÕES DE 2015 EXPECTATIVAS PARA 2016 Márcio Tonelli tt.consultoria.sped@gmail.com ECD e ECF LIÇÕES DE 2015 EXPECTATIVAS PARA 2016 NÚMEROS QUE IMPRESSIONAM Quantidade de versões de produção: Com alteração do número da versão: 13 Sem alteração

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O Í N D I C E A N A L Í T I C O I - REGRAS GERAIS... 15 I.1 - Introdução... 15 I.2 - Conceitos e definições... 15 I.2.1 - Restituição... 15 I.2.2 - Compensação... 16 I.2.3 - Ressarcimento... 16 I.2.4 - Reembolso...

Leia mais

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Nilson José Goedert Contador 2016 Slide 2 Obrigações Federais para Pessoas Jurídicas em Geral: 1. SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

Iob.com.br folhamatic.com.br. Índice

Iob.com.br folhamatic.com.br. Índice Índice MÓDULO BÁSICO Central Folhamatic... 06 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba E-Fiscal... 08 Cadastros... 09 Responsável... 09 Contador... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI... 11 PIS/PASEP, COFINS,

Leia mais

1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED. www.sth.net.br

1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED. www.sth.net.br 1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED www.sth.net.br Entrada de Mercadoria - SPED Antonio Taumar Benício Filgueiras. Sistech Informática - Sistemas Empresariais. www.sth.net.br SPED Sistema

Leia mais

Page of Ato Declaratório Executivo COFIS nº, de.0.00 - DOU 0.0.00 de Junho de 00 Ato Declaratório Executivo COFIS nº, de.0.00 - DOU 0.0.00 Altera o anexo único do Ato Declaratório Executivo Cofis nº, de

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil

Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil Sumário Capítulo 1 Escrituração contábil 01 1.1 Conceito 01 1.2 Métodos de escrituração 01 1.2.1 Método das partidas dobradas 02 1.2.1.1 Funcionamento das contas nas partidas dobradas 04 1.3 Normas legais

Leia mais

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital - Bases..

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital - Bases.. SPED - Sistema Público de Escrituração Digital - Bases.. A Emenda Constitucional nº 42/2003 introduziu o inciso XXII ao artigo 37 da Constituição Federal, que determina que as administrações tributárias

Leia mais

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS E-BOOK Governança das Obrigações Acessórias FIQUE ATENTO! A automação dos órgãos fiscalizadores, como a Receita Federal e a Secretaria da Fazenda, exige total controle e planejamento

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Livro Fiscal Eletrônico Ato Cotepe 35/2005 Nota Fiscal Conjugada DF

Parecer Consultoria Tributária Segmentos. Livro Fiscal Eletrônico Ato Cotepe 35/2005 Nota Fiscal Conjugada DF 15/09/2016 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3 Análise da Consultoria... 3 3.1 Livro Fiscal Eletrônico Resposta SEFAZ - DF... 4 4 Conclusão... 6 5 Informações Complementares...

Leia mais

EFD Contribuições (PIS/Cofins)

EFD Contribuições (PIS/Cofins) EFD Contribuições (PIS/Cofins) Principais Aspectos no Preenchimento e Implantação da Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre Receitas. Assunto: Escrituração

Leia mais

ICMS/IPI Exposições e Feiras de Amostras

ICMS/IPI Exposições e Feiras de Amostras ICMS/IPI Exposições e Feiras de Amostras Apresentação: Samyr Qbar Conceito A operação de remessa de mercadorias para feiras de amostras ou exposição ocorre quando o contribuinte do ICMS remete mercadorias

Leia mais

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu Soluções Sistema Fiscal Integração via Chave de Acesso XML Sistema Fiscal Importação de XML em Lote Sistema Fiscal Integração via Portal XML-e Sistema Fiscal Mapa de Apuração / Fechamento Tratamento por

Leia mais

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital? 2 SPED - Sistema Público de Escrituração Digital Projeto do PAC 2007-2010 Instituído pelo Convênio ICMS 143/06.

Leia mais

O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso de atribuição que lhe confere o artigo

O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso de atribuição que lhe confere o artigo INSTRUÇÃO NORMATIVA RE Nº 094/11 (DOE 26/12/2011) Porto Alegre, 21 de dezembro de 2011. Introduz alteração na Instrução Normativa DRP nº 45/98, de 26/10/98. O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso

Leia mais

ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL

ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL ORIENTAÇÃO QUANTO AOS DIVERSOS PROCEDIMENTOS PARA EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA REGIME NORMAL Segue abaixo apenas orientações, e não regras, nossa legislação é muito complexa, portanto consulte seu

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal - Cadastro de Departamentos - Cadastro de COIs - Cadastro de Grupos de Patrimônios - Cadastro de Situação de Patrimônios - Cadastro de Localização de Patrimônios

Leia mais

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES. Geração e transmissão do SPED fiscal- EFD PIS/COFINS no pva. Walison de Paula Silva

SPED EFD DAS CONTRIBUIÇÕES. Geração e transmissão do SPED fiscal- EFD PIS/COFINS no pva. Walison de Paula Silva Geração e transmissão do SPED fiscal- EFD PIS/COFINS no pva Walison de Paula Silva Agenda Instalação do Programa Navegação Exemplo Prático Requisitos mínimos para instalação (Hardware) Microcomputador

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Direito de crédito PIS-COFINS sobre despesas de frete no regime de incidência não cumulativa

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Direito de crédito PIS-COFINS sobre despesas de frete no regime de incidência não cumulativa Direito de crédito PIS-COFINS sobre despesas de frete no regime de incidência não cumulativa 13/05/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3

Leia mais

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF Cruzamento das Informações: DACON DIRF SPED DCTF DIPJ DCOMP DARF Palestrante: Thamara Jardim CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais Acompanhamento Diferenciado: Art. 2º O acompanhamento diferenciado deverá

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Roteiro de Escrituração das Contribuições Sociais (Pessoa Jurídica

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Contabilidade Digital O termo Contabilidade Digital é aqui utilizado para traduzir os (nem tão novos) rumos que a contabilidade tomou, principalmente a partir

Leia mais

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico.

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico. CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: 3242-2406 COACH CONTÁBIL PE-01023 40h 40 40 40 0 CAPACITADORA: 4M TREINAMENTOS EMPRESARIAIS E ASESSORIA (PE-00022) CONTATO: 3465.7495 CREDITOS PIS/PASEP E

Leia mais

Janeiro/ Minas Gerais. Rio Grande do Sul. Santa Catarina São Paulo. Federal Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG

Janeiro/ Minas Gerais. Rio Grande do Sul. Santa Catarina São Paulo. Federal Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG Janeiro/ 2014 02 03 ICMS-MG GIA/SN Gia de Informação e Apuração do ICMS Simples Nacional; GIA/ Serviço Aeroviário Regular; ICMS/ Débito Próprio Refinarias de Petróleo; ICMS/ Débito Próprio Cimento; ICMS/Débito

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016) BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016) 01. ECF: RFB LIBERA CONSOLIDAÇÃO DE PERGUNTAS FREQUENTES Consolidação das perguntas frequentes da ECF das últimas quatro semanas. 1 Mesmo tendo

Leia mais

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso Sistema Questor SPED PIS E COFINS SPED Sistema Público de Escrituração Digital EFD Escrituração Fiscal Digital Instrutor: - Jocenei Friedrich Apoio: - Sejam todos bem-vindos Objetivos do Curso Conhecer

Leia mais

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 1 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 2 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Transição ÍNDICE I) Regime Tributário de Transição - RTT II) FCONT Controle

Leia mais

Portaria CAT 53, de

Portaria CAT 53, de Publicado no D.O.E. (SP) de 25/05/2013 Portaria CAT 53, de 24-05-2013 Disciplina a atribuição, por regime especial, da condição de sujeito passivo por substituição tributária, conforme inciso VI do artigo

Leia mais

CHEQUE MORADIA FEV

CHEQUE MORADIA FEV CHEQUE MORADIA FEV - 2016 CHEQUE MORADIA É o instrumento de operacionalização do Programa CHEQUE MORADIA (Nossa Casa), que permite o aproveitamento do crédito outorgado do ICMS ao fornecedor de mercadoria

Leia mais

Declaração Anual do Simples Nacional

Declaração Anual do Simples Nacional Declaração Anual do Simples Nacional Declaração Original Exercício 2010 Ano-Calendário 2009 Período abrangido pela Declaração: 01/01/2009 a 31/12/2009 1 Identificação do Contribuinte CNPJ Matriz: 00559582/0001-40

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016 Neste bip Como atualizar as tabelas no SEFIP... 1 Depreciação... 2 Empresas Imunes e Isentas... 3 Notas explicativas... 3 Você Sabia? Como atualizar as tabelas no SEFIP? No nosso site de documentação on-line

Leia mais

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS TRIBUTOS CÓDIGOS VENCIMENTO PERIODICIDADE PIS PIS - FOLHA DE PAGAMENTO DARF 8301 25º (vigésimo quinto) dia do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. COFINS COFINS - Somente sobre as

Leia mais

Importação de Sped Contribuições

Importação de Sped Contribuições Importação de Sped Contribuições Para fazer a importação de Sped Contribuições Acesse: Menu utilitários, Importação, Importação padrão, Sped Pis e Confins Nesta opção do sistema, deverá ser informada a

Leia mais

REVISÃO FISCAL. Não é novidade o fato de que o cenário fiscal brasileiro exige o conhecimento multidisciplinar dos gestores de tributos.

REVISÃO FISCAL. Não é novidade o fato de que o cenário fiscal brasileiro exige o conhecimento multidisciplinar dos gestores de tributos. REVISÃO FISCAL Não é novidade o fato de que o cenário fiscal brasileiro exige o conhecimento multidisciplinar dos gestores de tributos. As constantes alterações na legislação, a implementação do padrão

Leia mais

Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal

Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal Sistema de escrita fiscal e apuração de impostos SCI Visual Suprema Cliente x Empresa contábil x Governo Analisador Sped Fiscal

Leia mais