Índice. Analogon Software

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. Analogon Software"

Transcrição

1

2 Índice Introdução... 3 Workflow - VFV... 4 Registo dos componentes... 8 Ficha do componente... 9 Estado do componente Tipo de componente Situação componente Extracto do Números de Série (Componentes) Saída dos N.º de Série (Componentes) Guias de Acompanhamento de Resíduos (VFV)

3 Introdução Este documento pretende apresentar apenas o módulo de gestão de Viatura em Fim de Vida (VFV). 3

4 Workflow - VFV A Gestão de Resíduos Analogon possibilita definir um fluxo rígido do processo de tratamento das veículos em fim de vida. Para isso foi criado um Tipo de Fluxo onde é possível definir o fluxo dos Tipo de Processos de forma rígida. Esta solução permite ter um histórico do fluxo e associar um estado ao veículo, permitindo assim, a qualquer momento, saber as tarefas/operações que faltam realizar ao veículo. No Tipo de Fluxo permite definir os sub-fluxos e a sua cardinalidade, ou seja, quantas vezes são permitidas serem criadas. Na imagem seguinte aparece o formulário onde estão definidos os precedentes do Tipo de Sub-Fluxo Oleos. Isto quer dizer que o Tipo Sub-Fluxo Oleos só aparece quando as operações Cert ou Pneus estiverem realizadas. Ao nível dos Tipos de Processos foram criados os tipos: Operações de despoluição/desmantelamento; Recepção do VFV. 4

5 5 Analogon Software

6 A ficha do veículo foi é o elemento central do fluxo e dá início ao fluxo. Ou seja, quando um veículo é recepcionado a primeira operação é realizar o seu registo no GRA. Depois de registo o veículo pode-se dar início ao fluxo de tratamento do veículo. Para isso, foi existe um formulário para operacionalizar os fluxos. O fluxo, como exemplo, está definido para que depois da recepção (registo do veículo), seja feita a emissão do certificado e depois possa ocorrer as operações de despoluição/desmantelamento de pneus e óleos. Recepção da Veículo Certificado de destruição Operação de desmantelamento - pneus Operação de despoluição - óleos Trata-se de um fluxo exemplo e incompleto. 6

7 Depois do certificado torna-se possível realizar as operações de despoluição /desmantelamento. Depois de realizada a operação de despoluição óleos só é possível realizar a operação que sobra., porque foi definido no fluxo a carnalidade 1, isso significa que só pode ser realizada uma vez (ver imagem do tipo de fluxo). 7

8 A imagem seguinte apresenta um exemplo do lançamento da operação de desmantelamento de pneus. Registo dos componentes Na imagem anterior podemos verificar, sinalizados a vermelho, dois botões que permitem ver a grelha dos LERs ou dos componentes. A imagem seguinte apresenta a grelha de registo dos componentes. O componente representa um produto de venda diferenciado. Ou seja, se existirem dois motores no stock, então existem dois componentes com códigos diferentes pertencentes ao mesmo produto. Assim, podemos atribuir um valor ao componente e, se interessar, proceder à sua venda no editor de vendas. De uma forma simples o componente é um número 8

9 de série de um produto. A vantagem da solução é também permitir definir um valor diferenciado a cada componente que pode variar em função da estado de conservação, etc. Ficha do componente Depois do registo do componente é criada uma ficha, que se apresenta em seguida. Na lista dos componentes é possível ter algumas listagens que podem ser aumentadas em função das necessidades. As imagens seguintes são alguns dos exemplos já disponíveis. 9

10 Estado do componente Na ficha do componente é possível definir um estado. 10

11 Tipo de componente Na ficha do componente é possível definir um tipo. Situação componente Na ficha do componente é possível definir a sua situação 11

12 Extracto do Números de Série (Componentes) No extracto dos número de série é possível consultar as entradas e saídas N.º de Série dos componentes. Pode-se também obter algumas listagens. Apresenta-se a seguinte como exemplo. Para poder aceder à janela basta aceder ao menu listagens como mostra a imagem seguinte: 12

13 Saída dos N.º de Série (Componentes) No editor de vendas depois de lançar o produto, por exemplo M01, é apresentada a seguinte janela como os componentes disponíveis para dar saída. Podemos verificar no extracto dos n.º de série a saída. 13

14 Guias de Acompanhamento de Resíduos (VFV) Depois do registo dos códigos LER nas operações de desmantelamento e/ou despoluição torna-se necessário a emissão das respectivas Guias de Acompanhamento de Resíduos (GAR). Para isso, basta aceder ao editor de processos e converter os códigos LER dos processos de desmantelamento e/ou despoluição numa GAR, como é mostrado nas imagens seguintes. Selecciona-se o tipo de processo e o n.º da guia. Em seguida selecciona-se o código LER pretendido. Em seguida aparece a janela de conversão onde são apresentados os processos que contém linhas (sub-processos) não convertidas do código LER seleccionado, como se pode ver nas imagens seguintes. 14

15 Para se aceder às linhas (sub-processos) basta clicar na opção da grelha no respectivo processo que pretende converter. Como mostra a seguinte imagem. Depois de seleccionar os processos aparecem as respectivas linhas (sub-processos) do código LER em questão. O processo pode conter outras linhas que poderão ser convertidas com o respectivo LER da linha. Depois das linhas seleccionadas basta clicar em Confirmar. O resultado apresenta-se na seguinte imagem. Por fim, basta preencher o resto da guia e gravar e imprimir. 15

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Ficha de Fornecedor Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Consulta de todas as entradas de material deste Fornecedor Poderá realizar Notas de Encomenda, Devoluções,

Leia mais

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos:

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: Assistências Técnicas (indicado para empresas que façam deslocações, intervenções ex: sector de jardinagem, informática, reparação de

Leia mais

Números de Série é uma gestão utilizada em empresas que trabalhem com artigos/equipamentos eletrónicos.

Números de Série é uma gestão utilizada em empresas que trabalhem com artigos/equipamentos eletrónicos. O que é o módulo Números de Série e IMEI? Para que serve? Números de Série é uma gestão utilizada em empresas que trabalhem com artigos/equipamentos eletrónicos. Cade um destes equipamentos vem sempre

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS Gostaríamos previamente de transmitir alguma informação que a Autoridade Tributária considera sobre este tema: Empresas sem existências As empresas sem existências

Leia mais

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Novas funcionalidades: - Fatura Simplificada (Certificação AT Janeiro de 2013) - Ficheiro SAFT (Certificação AT Janeiro de 2013) - Séries de Faturação (Certificação

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0 Novas funcionalidades do Snc2010 e melhoramentos em relação ao Poc2005 Versão 7.0 1. Sistema de Normalização Contabilística: 1.1 Tabela de equivalências do POC para o SNC. 1.2 Conversão automática do plano

Leia mais

O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a

O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a Cores e Tamanhos O que é o módulo Cores e Tamanhos? Para que serve? O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a uma tabela matriz de cores e tamanhos.

Leia mais

POSTOUCH. Manual Software

POSTOUCH. Manual Software POSTOUCH Manual Software Introdução Introdução POS TOUCH é uma solução direcionada a pequenos postos de venda, que tem necessidade de criação de muitos talões de uma forma linear e rápida. A solução implementa

Leia mais

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 25 de fevereiro de 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito www.escritadigital.pt ÍNDICE

Leia mais

Curso EFA Empregado Comercial

Curso EFA Empregado Comercial 1 INTRODUZIR OS DADOS DA EMPRESA Começe por abrir o programa Administrador. Posicione-se na empresa EXPRESS Empresa de Trabalho. Com o botão direito do rato escolha a opção Propriedades e preencha os campos

Leia mais

TEMA: Processo de Sinistros Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de Sinistros Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de Sinistros Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 10 de Abril de 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito www.escritadigital.pt

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos SOFTWARE Fácil utilização. Ambiente Windows XP Profissional. Controle individual dos operadores com diferentes níveis de acesso. Registo de todas as entradas, pagamentos, saídas e de anomalias. Informação

Leia mais

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 13 de Outubro de 2014 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Carolina Esteves Pedro

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

Apresentação do Segplus FX 2014

Apresentação do Segplus FX 2014 1 Apresentação do Segplus FX 2014 Alguns destaques do software Segplus gestão seguros Digitalização, visualização e gravação de documentos ligados a segurados, apólices, sinistros etc. Criação, envio,

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

Manual Gespos Propriedades

Manual Gespos Propriedades Manual Gespos Propriedades ÍNDICE O MANUAL DE PROPRIEDADES... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 PROPRIEDADES... 2 O que são?... 2 Configuração do sistema... 2 Aplicação das

Leia mais

Porque deveremos usar?...5. O GreenERP é uma plataforma para gerir o ciclo de vida de resíduos, da sua origem ao seu destino...5

Porque deveremos usar?...5. O GreenERP é uma plataforma para gerir o ciclo de vida de resíduos, da sua origem ao seu destino...5 1 2 Índice Porque deveremos usar?...5 O GreenERP é uma plataforma para gerir o ciclo de vida de resíduos, da sua origem ao seu destino....5 Módulo de Facturação...6 Sumário...6 Facturas...7 Imprimindo

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Fecho de Ano WEuroGest 2000

Fecho de Ano WEuroGest 2000 Fecho de Ano WEuroGest 2000 INTRODUÇÃO Neste documento são descritos os passos a seguir para uma boa execução do fecho de ano e respectiva conversão da empresa em euros. No final é apresentada uma checklist

Leia mais

ACESSAR O SISCONV. O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov.

ACESSAR O SISCONV. O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov. ACESSAR O SISCONV O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov.br/ TELA PARA LOGIN CLICAR NO BOTÃO VIATURAS SERÁ DIRECIONADO PARA TELA

Leia mais

TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 30 de novembro de 2014 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito Escrita Digital, S.A.

Leia mais

Conteúdo deste Manual

Conteúdo deste Manual GestCom 64 intelli 1 Conteúdo deste Manual Parte I:>> Introdução...4 Parte II:>> Instalação do Programa...5 1. Configuração mínima exigida...5 2. Como instalar...5 3. Licenciamento e Registo...6 3.1. Instalar

Leia mais

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt Manual de Utilizador de Clínicas www.softwhere.com.pt Formulário de login de Clínicas Utilizador : Administrador Password: 123 Formulário Principal do Software de Clínicas Este formulário lista todos os

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

TEMA: Processo de multas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de multas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de multas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 6 de Abril de 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito Escrita Digital, S.A. Rua

Leia mais

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES]

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Módulo de CRM Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Um software com cada vez mais funcionalidades a pensar no seu negócio! A quem se destina As empresas que pretendem

Leia mais

Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados

Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados Objectivos: Criar uma base de dados vazia. O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access Criar uma base dados vazia O Access é um Sistema de Gestão de Bases

Leia mais

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros 2. Utilitários de sistema para ambiente Windows 2.1. Ferramentas de gestão de Os compressores de são programas com capacidade para comprimir ou pastas, tornando-as mais magras, ou seja, ocupando menos

Leia mais

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR)

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) COPE - Configuração e Recolha de Informação (COMUNICAÇÃO DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) Versão 1.0 abril de 2013 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Configurações Gerais... 4 Administrador...4

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Ficha de Compra do veículo

Ficha de Compra do veículo Ficha de Compra do veículo O estado poderá ser Usado, Usado com Iva ou NOVO, para controle de apuramentos de IVA de bens em 2ª mão Poderá enviar o veículo/fotos/extras/ características para a Internet

Leia mais

Introdução. 1 Lançar uma nova operação. Manual: Venda com opção de compra Pág. 1/14

Introdução. 1 Lançar uma nova operação. Manual: Venda com opção de compra Pág. 1/14 Manual: Venda com opção de compra Pág. 1/14 Introdução Este novo serviço irá funcionar de forma similar à Sala de Mercados. Desta forma, cada vez que seja necessário efectuar uma operação, terão que lançar

Leia mais

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias

Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Página 1 de 11 Configuração inicial para gestão de contas correntes bancárias Deverá iniciar a utilização criando as tabelas relacionadas com bancos. Note que no GESPOS estão previamente configurados uma

Leia mais

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo

Controle de Estoque. Configuração e personalização do módulo Controle de Estoque O objetivo do módulo de Controle de Estoque á ajudar a controlar a quantidade de produtos no estoque da empresa, avisar sobre problemas com quantidades mínimas, lotes e validades vencendo.

Leia mais

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server Instituto Superior Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia Departamento de Informática Ficha prática nº 7 SGBD Microsoft Access e SQL Server Objectivo: Criação de uma aplicação em arquitectura

Leia mais

ZOOPDA Guia do Utilizador

ZOOPDA Guia do Utilizador ZOOPDA Guia do Utilizador I ZOOPDA INDICE I Como se Utiliza 1 1 Lançar... 3 Parições Ocorrências Medições... 4... 5... 6 Medições Agrupadas... 8 Cobrições... 9 2 Listar... 10 3 Sair... 13 Indice remissivo

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes I - De ordem geral: 1 - Em que consiste o incentivo fiscal ao abate de veículos em fim de vida previsto na lei da fiscalidade verde (Lei n.º 82-D/2014, de 31 de dezembro) Consiste

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA ARS Gestão de Unidades Funcionais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA ARS Gestão de Unidades Funcionais SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA ARS Gestão de Unidades Funcionais Manual de Utilização Administração Regional de Saúde do Norte Departamento de Estudos e Planeamento Março de 2011 Índice 1 Introdução... 3 1.1

Leia mais

1 - Imprimir documentos na rede da escola.

1 - Imprimir documentos na rede da escola. 1 - Imprimir documentos na rede da escola. 1.1 - Entrar no sistema interno da escola (escopal.edu) Inserir o seu Nome de Utilizador Inserir a sua Palavra - passe Seleccionar ESCOPAL 1.2 Instalar a impressora

Leia mais

Sign & Go. Manual do utilizador

Sign & Go. Manual do utilizador Sign & Go Manual do utilizador Índice 1 - Instalação Instalação do software Registo do software 2 - Utilização Capítulo 1 Instalação Instalação Depois de descarregar o software o processo de instalação

Leia mais

XD SPA. www.xdsoftware.pt

XD SPA. www.xdsoftware.pt 1. Introdução XD SPA é uma aplicação direcionada à gestão de Institutos de Beleza, Cabeleireiros e SPA s. É desenvolvido na mesma base da aplicação XD POS tirando todo o partido das mesmas funcionalidades

Leia mais

Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes

Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes ABACO Consultores Pág. 1 Demo script V01 Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes Este documento descreve os passos necessários para criar um Serviço de Transportes no módulo ABACO Transportes,

Leia mais

Manual de abertura de ano. Gestão Administrativa 2 e 3

Manual de abertura de ano. Gestão Administrativa 2 e 3 Manual de abertura de ano Gestão Administrativa 2 e 3 Introdução Este manual tem como principal objectivo ajudar o utilizador a realizar a abertura de uma nova sigla de trabalho no software Gestão Administrativa

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Webmail@IPVC. Configuração de contas em Microsoft Outlook 2003/Mozilla Thunderbird

Webmail@IPVC. Configuração de contas em Microsoft Outlook 2003/Mozilla Thunderbird Webmail@IPVC Configuração de contas em Microsoft Outlook 2003/Mozilla Thunderbird Documento Realizado por: Pedro Barbosa Documento Revisto por: Pedro Sousa Documento Realizado por: Pedro Barbosa Página

Leia mais

Gestix Life. Software para Prestadores de Cuidados Continuados de Saúde

Gestix Life. Software para Prestadores de Cuidados Continuados de Saúde Gestix Life Software para Prestadores de Cuidados Continuados de Saúde Apresentação O novo sistema GESTIX LIFE é um software de gestão dirigido para a administração de entidades prestadoras de cuidados

Leia mais

PHC Letras. Execute todos os movimentos com letras a receber ou a pagar e controle totalmente a situação por cliente ou fornecedor

PHC Letras. Execute todos os movimentos com letras a receber ou a pagar e controle totalmente a situação por cliente ou fornecedor PHCLetras DESCRITIVO Com o módulo Letras, pode ter de uma forma integrada com o módulo Gestão e com o módulo Contabilidade a gestão completa e simples de todas as tarefas relacionadas com Letras. PHC Letras

Leia mais

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED www.xdsoftware.pt Gestão de Stocks XD UNLIMITED 1. O que necessita para Controlar Stock...4 2. Criação de Armazéns...5 3. Configuração do Artigo...6 4. Configuração

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1 Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking Português - Índice Introdução... 2 Capitulo I... 3 1.1 Localização da funcionalidade... 3 1.2 Tipo de Ficheiros... 3

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

Introdução. I. Nova Mensagem

Introdução. I. Nova Mensagem Introdução A partir da plataforma do Geonaut é possível enviar mensagens aos recursos, este módulo é muito importante porque permite informar ou pedir informação a um recurso pretendido. Além de se poder

Leia mais

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO www.xdsoftware.pt A partir de Janeiro de 2015 todas as empresas com faturação superior a cem mil euros são obrigadas a comunicar o

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Movimentação de Contas Sumário 1 MOVIMENTAÇÃO DE CONTAS...3 2 CONTAS A RECEBER...8 2.1 Lançamento Contas a Receber...9 2.2 Baixa Contas a Receber...11 3 CONTAS A PAGAR...13

Leia mais

Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores

Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores Emissão de Recibos a Clientes e Avisos de Lançamento a Fornecedores Página 1 de 1 O Recibo é documento de quitação, isto é, é um documento que certifica que determinados documentos foram pagos por parte

Leia mais

A simplicidade do seu funcionamento permite ser utilizado por qualquer pessoa mesmo sem conhecimentos de informática.

A simplicidade do seu funcionamento permite ser utilizado por qualquer pessoa mesmo sem conhecimentos de informática. O WinAvenças Pro é um software destinado a faturação de serviços e produtos. A quem se destina: para todas as empresas que necessitem de um programa de faturação completo e certificado e fácil de utilizar.

Leia mais

Manual de Treinamento. Área do Membro

Manual de Treinamento. Área do Membro Manual de Treinamento Área do Membro 0 Contents Geral... 2 Transações... 3 Negociação e Estoque... 10 Licenças... 15 Mercado... 19 Finanças... 22 Fazer uma Declaração de Venda... 27 Fazer uma Declaração

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Índice Índice... 2 1. Registo de Utilizadores Individuais... 3 2. Alteração da Senha de Acesso... 5 3. Recuperação da Senha de Acesso... 5 4. Dados do Utilizador... 6 4.1 Perfil pessoal...

Leia mais

MANUAL DE INTRODUÇÃO AO ALFRESCO 3.0

MANUAL DE INTRODUÇÃO AO ALFRESCO 3.0 MANUAL DE INTRODUÇÃO AO ALFRESCO 3.0 Alfresco é uma marca registada da Alfresco Software Inc. 1 / 42 Índice de conteúdos Alfresco Visão geral...4 O que é e o que permite...4 Página Inicial do Alfresco...5

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

PHC dgestão. ππ Área de Clientes. ππ Área de Fornecedores ππ Área de Stocks e Serviços ππ Área de Tesouraria. ππ Todas as empresas com

PHC dgestão. ππ Área de Clientes. ππ Área de Fornecedores ππ Área de Stocks e Serviços ππ Área de Tesouraria. ππ Todas as empresas com PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

5.2. Outras configurações. 5.2.1. Gestão de utilizadores

5.2. Outras configurações. 5.2.1. Gestão de utilizadores 5.2. Outras configurações 5.2.1. Gestão de utilizadores 1 Gestão de utilizadores O Linux é um sistema multiutilizador, sendo necessário que cada utilizador tenha a sua conta com privilégios definidos pelo

Leia mais

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Pág. 1 Índice Índice... 2 Dados Gerais da formação... 3 Objetivos da formação... 3 Estrutura e desenvolvimento da formação...

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

Curso de Formação Especializada em BE/CRE Módulo: Software Educativo e aprendizagem com as TIC

Curso de Formação Especializada em BE/CRE Módulo: Software Educativo e aprendizagem com as TIC Módulo: Software Educativo e aprendizagem com as TIC Trabalho realizado pelas professoras: Graça Pedrosa Ivone Pedroso Outubro 2003 Introdução Concordando com Papert, pensamos que a aprendizagem tipo familiar

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

GoWorkFlow Gestão de Processos

GoWorkFlow Gestão de Processos GoWorkFlow Gestão de Processos Desde criar processos a seguir o seu trajeto, esta plataforma permite uma completa gestão do fluxo de informação entre várias entidades A Dimep Europa S.A. é uma empresa

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Configuração de Software ZSRest

Configuração de Software ZSRest Configuração de Software ZSRest 1 Para realizar a configuração do Software ZSRest necessita de aceder ao backoffice. No backoffice necessita de aceder ao menu Configuração, seguidamente clicar em Aplicação

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Índice Activar conta WebEDI... 1 Aceder ao serviço WebEDI... 2 Recuperar dados de acesso... 3 WebEDI... 4 Editar dados do utilizador... 5 Consultar dados da Empresa...

Leia mais

SugarCRM, Integração com Produtos IPBrick iportalmais

SugarCRM, Integração com Produtos IPBrick iportalmais SugarCRM, Integração com Produtos IPBrick iportalmais iportalmais 12 de Junho de 2012 1 Introdução Este documento ilustra o procedimento de configuração das aplicações necessárias na integração do SugarCRM

Leia mais

FOLHA DE CÁLCULO EXCEL

FOLHA DE CÁLCULO EXCEL 1 FOLHA DE CÁLCULO EXCEL segunda-feira, 25 de Abril de 2011 SUMÁRIO 1. Características e Potencialidades de uma folha de cálculo. 2. Ambiente de trabalho do Excel. 3. Noção de livro e de folha de cálculo.

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta PHCLogística DESCRITIVO O módulo PHC Logística permite fazer o tracking total de uma mercadoria: desde a sua recepção, passando pelo seu armazenamento, até à expedição. PHC Logística A solução para diminuir

Leia mais

Manual de Verificação de Estoque Menu Fiscal

Manual de Verificação de Estoque Menu Fiscal Manual de Verificação de Estoque Menu Fiscal 1- Objetivo: O objetivo deste manual é demonstrar o procedimento de emissão do relatório de ESTOQUE através do MENU FISCAL no sistema Autosystem. É extremamente

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO SAMI HOTELEIRO. www.samisistemas.com.br. Versão 1.0.2.11

MANUAL DE OPERAÇÃO SAMI HOTELEIRO. www.samisistemas.com.br. Versão 1.0.2.11 MANUAL DE OPERAÇÃO SAMI HOTELEIRO www.samisistemas.com.br Versão 1.0.2.11 1 Sumário ADMINISTRATIVO... 5 PERFIL DO USUÁRIO... 5 CADASTROS ADICIONAIS... 5 Cargo do Funcionário... 6 Estado Civil... 6 Identificação...

Leia mais

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas Manual de Registro de Saída Procedimentos e Especificações Técnicas Versão 1.0 Dezembro 2010 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO REGISTRO DE SAÍDA - SIARE... 3 2.1 SEGURANÇA... 4 2.2

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos O objetivo do módulo de Gerenciamento de Projetos é ajudar a empresa a gerenciar com mais eficiência os seus projetos. Controle dos prazos, das tarefas, dos eventos, da quantidade

Leia mais

Guia de utilização. Acesso Universal

Guia de utilização. Acesso Universal Guia de utilização Março de 2009 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 4 Área de Trabalho... 5 Apresentar Propostas... 12 Classificar Documentos... 20 Submeter a Proposta... 21 Solicitação de Esclarecimentos/Comunicações...

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

MANUAL INOVAR ALUNOS Área Docente

MANUAL INOVAR ALUNOS Área Docente MANUAL INOVAR ALUNOS Área Docente Índice INOVAR ALUNOS Área Docente 1. Menu Eventos... 2 2. Menu Inicial - Faltas... 4 2.1. Inserir Faltas... 5 2.1.1. Falta por aluno... 5 2.1.2. Por disciplina... 5 2.1.

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CONTABILIZAÇÃO AUTOMÁTICA DOS INVENTÁRIOS (ESTOQUE INICIAL E ESTOQUE FINAL)

PROCEDIMENTOS PARA CONTABILIZAÇÃO AUTOMÁTICA DOS INVENTÁRIOS (ESTOQUE INICIAL E ESTOQUE FINAL) PROCEDIMENTOS PARA CONTABILIZAÇÃO AUTOMÁTICA DOS INVENTÁRIOS (ESTOQUE INICIAL E ESTOQUE FINAL) Por Carlos Antônio Barbosa A contabilização dos Inventários (Estoque inicial e Estoque final) integra o processo

Leia mais

Planear. dinamizar. avaliar. orientar. monitorizar

Planear. dinamizar. avaliar. orientar. monitorizar dinamizar Planear orientar avaliar monitorizar Conceito Ankira é uma NOVA Plataforma para A gestão de Estruturas residenciais para idosos. A gestão destes equipamentos assenta em dois pilares fundamentais:

Leia mais

Todas as imagens, logos e demais conteúdo deste manual de utilizador são propriedade da LEILOLEASE Unipessoal Lda.

Todas as imagens, logos e demais conteúdo deste manual de utilizador são propriedade da LEILOLEASE Unipessoal Lda. Registo da Empresa e Documentação Necessária Condições Gerais do Leilão e Conduta Ferramentas de Leilão Registo de Viaturas Recebimentos Pagamentos Comissões Serviços Todas as imagens, logos e demais conteúdo

Leia mais

Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA

Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA Procedimentos Fim de Ano - PRIMAVERA A finalidade deste documento é, essencialmente, clarificar os procedimentos a considerar antes da abertura de ano e a forma como realizar esta operação. O manual está

Leia mais

Objectivos. No painel de tarefas selecciona a opção Web site de uma página.

Objectivos. No painel de tarefas selecciona a opção Web site de uma página. Curso Profissional De Técnico De Tecnologias de Informação e Comunicação 10.º Ano Módulo III Páginas WEB -- FrontPage -- 2011/2012 Ficha de Trabalho n.º 1 GUIA Criar um Web site no MS FrontPage Guardar

Leia mais

Programa Salão de Beleza

Programa Salão de Beleza Polyvan Informática e Computação Gráfica Ltda. Email : polyvan@polyvanet.com.br MSN : polyvan@polyvanet.com.br Programa Salão de Beleza Objetivo : Controla serviços, comissões dos funcionários, débitos

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de faturação, encomendas, compras,

Leia mais

Área Docente. Menu Eventos. Manual Inovar Alunos Área Docente. No menu eventos poderá ver de uma forma rápida os últimos acontecimentos da turma.

Área Docente. Menu Eventos. Manual Inovar Alunos Área Docente. No menu eventos poderá ver de uma forma rápida os últimos acontecimentos da turma. Área Docente Menu Eventos No menu eventos poderá ver de uma forma rápida os últimos acontecimentos da turma. A informação pode ser filtrada por classes: faltas, comportamentos, agenda, notificações, convocatórias

Leia mais