Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento"

Transcrição

1 Lista de Questões neste documento Q#1: O que é o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#2: Que informação contém o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#3: No Sifarma2000 que dados têm de estar obrigatoriamente preenchidos para efeitos da geração do ficheiro SAFT- PT?... 2 Q#4: O Sistema dá alguma mensagem de aviso se esse preenchimento for deficiente?... 2 Q#4.1: Esse alerta surge quando? Em que ecrãs?... 2 Q#5: Como é que se gera o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#6: Quando é que o Sifarma2000 gera o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#7: Posso ter todo o Sistema desligado (Servidor e Postos de Trabalho)?... 2 Q#8: Então que postos é que têm de estar ligados para a geração automática?... 3 Q#9: Como é que posso verificar que o ficheiro SAFT-PT foi gerado?... 3 Q#10: O ficheiro SAFT-PT não foi gerado. O Sifarma2000 dá algum alerta? Quando e em que postos?... 3 Q#11: O ficheiro SAFT-PT não foi gerado. E agora?... 3 Q#12: Como é que se gera manualmente o ficheiro SAFT-PT?... 3 Q#13: O ficheiro SAFT-PT está gerado. Que falta fazer?... 3 Q#14: Como é que posso proceder ao envio do ficheiro SAFT-PT?... 3 Q#15: Esse envio é feito pelo Sifarma2000?... 3 Q#15.1: Como proceder ao envio/submissão do ficheiro SAFT-PT usando o botão e-fatura?... 4 Q#16: O ficheiro SAFT-PT tem de ser enviado/submetido obrigatoriamente a partir da Farmácia?... 4 Q#16.1: Vou enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT fora da farmácia. Como obtenho o ficheiro SAFT-PT que quero enviar/submeter?... 4 Q#17: Quem é que pode enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT?... 4 Q#18: O envio/submissão foi efetuado. Falta fazer mais alguma coisa?... 4 Q#19: Como é que se consulta a validação feita pela AT (Autoridade Tributária)?... 4 Q#20: O ficheiro SAFT-PT foi enviado/submetido à AT (Autoridade Tributária). Após esta operação é necessário registar no Sifarma2000 o seu sucesso. Como?... 5 Q#21: O ficheiro SAFT-PT dispensa a produção dos duplicados dos documentos contabilísticos (Arquivo Eletrónico/Impressora Fiscal)?... 5 Q#22: Tem de ser gerado um único ficheiro SAFT-PT por período/mês para envio/submissão?... 5 Q#23: A Farmácia tem Postos de Medicamentos. Como se deve proceder?... 5 Q#24: E no caso das Parafarmácias?... 5 Q#25: A Farmácia começou a trabalhar com o Sifarma2000 já no decurso do mês de janeiro de Como proceder?... 5 Q#26: Até quando é que se pode enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT?... 6 Q#27: Posso enviar/submeter um ficheiro SAFT-PT com informação relativa ao mês em curso?... 6 Q#28: Não consegui fazer o envio/submissão do ficheiro SAFT-PT dentro do prazo estabelecido. Como proceder?... 6 Adenda SIFARMA (clássico)... 7 Ficheiro SAFT-PT - Esquema com os passos do processo desde a geração à validação

2 Q#1: O que é o ficheiro SAFT-PT? R#1: O ficheiro SAFT-PT, nome abreviado para Standard Audit File for Tax Purposes - Portuguese version, é um ficheiro que, num formato normalizado, reúne toda a documentação contabilisticamente relevante emitida pela farmácia, no decurso da sua atividade, relativa a um determinado período de tempo. O período de tempo predefinido para efeitos da criação/geração do ficheiro SAFT-PT é o que corresponde a cada um dos doze meses de cada ano. Q#2: Que informação contém o ficheiro SAFT-PT? R#2: Tem blocos de informação com: A identificação da empresa; A Identificação de Clientes; A Identificação de Produtos; As Taxas do IVA; Os Documentos dos tipos Fatura, Fatura Simplificada e Notas de Crédito emitidos, incluindo as suas linhas de detalhe. Q#3: No Sifarma2000 que dados têm de estar obrigatoriamente preenchidos para efeitos da geração do ficheiro SAFT-PT? R#3: O quadro de Cabeçalhos e Rodapés, do menu de Parâmetros, separador Cabeçalhos, deve estar preenchido de acordo com os dados da Farmácia. Q#4: O Sistema dá alguma mensagem de aviso se esse preenchimento for deficiente? R#4: O Sistema só alerta para a ausência de algum elemento obrigatório. Não produz qualquer aviso quando o preenchimento é feito com dados incorretos. A validação dos dados é da responsabilidade da própria Farmácia. Q#4.1: Esse alerta surge quando? Em que ecrãs? R#4.1: Esse alerta surge na inicialização do sistema, num quadro de aviso e/ou na entrada do ecrã Parâmetros->Gestão do Sistema->Exportação SAF-T. Q#5: Como é que se gera o ficheiro SAFT-PT? R#5: O ficheiro é gerado automaticamente pelo Sifarma2000. Pode, no entanto, fazer-se a produção manual do ficheiro (ver a Q#12 para a geração manual). Q#6: Quando é que o Sifarma2000 gera o ficheiro SAFT-PT? R#6: Sempre que há mudança de mês. Q#7: Posso ter todo o Sistema desligado (Servidor e Postos de Trabalho)? R#7: Não. Se o sistema estiver todo desligado o ficheiro SAFT PT não é gerado automaticamente. 2

3 Nota: Na eventualidade de o Servidor estar desligado no momento da passagem de mês, o ficheiro será gerado automaticamente no próximo arranque do sistema após a activação do programa de Impressora Fiscal/Arquivo Eletrónico. Q#8: Então que postos é que têm de estar ligados para a geração automática? R#8: É fundamental que o Servidor esteja ligado. É, também, fundamental que o programa de Impressora Fiscal/Arquivo Eletrónico esteja ativado. Q#9: Como é que posso verificar que o ficheiro SAFT-PT foi gerado? R#9: Se o ficheiro foi gerado pode ser consultado a partir do menu Parâmetros- >Gestão do Sistema->Exportação SAF-T, na lista apresentada recorrendo ao botão F6 Hist. Envios. Q#10: O ficheiro SAFT-PT não foi gerado. O Sifarma2000 dá algum alerta? Quando e em que postos? R#10: Sim, dá uma mensagem de aviso. Em qualquer posto sempre que se inicia o Sifarma2000. Q#11: O ficheiro SAFT-PT não foi gerado. E agora? R#11: Terá de desencadear o processo de geração manual. Q#12: Como é que se gera manualmente o ficheiro SAFT-PT? R#12: A partir do menu Parâmetros->Gestão do Sistema->Exportação SAF-T, recorrendo ao botão F2 Gerar XML. Q#13: O ficheiro SAFT-PT está gerado. Que falta fazer? R#13: Falta fazer o seu envio/submissão à AT (Autoridade Tributária). Q#14: Como é que posso proceder ao envio do ficheiro SAFT-PT? R#14: Recorrendo ao sítio da internet da AT (Autoridade Tributária) cujo endereço eletrónico, conhecido à data, é: https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/external/factemipf/home.action. Q#15: Esse envio é feito pelo Sifarma2000? R#15: Não, o Sifarma2000 não faz esse envio. No entanto, no quadro Parâmetros- >Gestão do Sistema->Exportação SAF-T, o botão e-fatura [F8] abre o navegador de internet pré-definido, redirecionando-o para a página de envio/submissão do ficheiro SAFT-PT da AT (Autoridade Tributária), sendo da inteira responsabilidade do utilizador esse envio/submissão. 3

4 Q#15.1: Como proceder ao envio/submissão do ficheiro SAFT-PT usando o botão e-fatura? R#15.1: Garantindo que, antes de usar o botão e-fatura, está selecionado/destacado o ficheiro alvo de envio/submissão. Após o redirecionamento para o sítio da internet da AT (Autoridade Tributária) deve seguir os procedimentos definidos pela própria AT (Autoridade Tributária). Nota: A AT (Autoridade Tributária) disponibiliza uma linha de apoio a partir do número Q#16: O ficheiro SAFT-PT tem de ser enviado/submetido obrigatoriamente a partir da Farmácia? R: Não. O seu envio/submissão pode fazer-se a partir de qualquer lugar/computador, desde que haja acesso à internet, que permita aceder à página de entrega/submissão da AT (Autoridade Tributária) e que se tenha disponível o respetivo ficheiro SAFT-PT. Q#16.1: Vou enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT fora da farmácia. Como obtenho o ficheiro SAFT-PT que quero enviar/submeter? R: Tem de se gravar o ficheiro pretendido num dispositivo físico móvel/portátil (p. ex. Pen Drive, Disco Externo). A partir do Sifarma2000, no ecrã Histórico de Geração e Envio de Ficheiros SAFT-PT, disponível a partir de Parâmetros- >Gestão do Sistema->Exportação SAF-T->[F6] Hist. Envios : 1. Selecionar o ficheiro que se pretende guardar/gravar no dispositivo móvel; 2. Usar o botão Guardar [F4] ; 3. Indicar o caminho Windows para o destino do ficheiro a guardar. Q#17: Quem é que pode enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT? R#17: Qualquer pessoa, desde que munida dos elementos de identificação da farmácia no sítio da internet da AT (Autoridade Tributária). Q#18: O envio/submissão foi efetuado. Falta fazer mais alguma coisa? R#18: Sim, falta. Após o envio/submissão deve ser consultada a validação feita pela AT (Autoridade Tributária) ao ficheiro submetido. Q#19: Como é que se consulta a validação feita pela AT (Autoridade Tributária)? R#19: No sítio da internet da AT (Autoridade Tributária), utilizado para o envio/submissão, está disponível uma opção para fazer a consulta à situação dos ficheiros SAFT-PT submetidos. 4

5 Q#20: O ficheiro SAFT-PT foi enviado/submetido à AT (Autoridade Tributária). Após esta operação é necessário registar no Sifarma2000 o seu sucesso. Como? R#20: Há duas formas de o fazer: Se o envio/submissão foi despoletado a partir do Sifarma2000, por utilização do botão e-fatura [F8] - Após o procedimento do envio/submissão do ficheiro, ao regressar do portal da AT (Autoridade Tributária) abre-se uma caixa de diálogo onde responderá sim ou não à questão: Submeteu com sucesso o ficheiro SAFT no Portal das? Se o envio/submissão foi efetuado externamente - deverá aceder ao Sifarma2000, consultar o estado do envio /submissão do ficheiro por utilização do botão e-fatura [F8] - ao fechar a janela do navegador de internet abre-se a referida caixa de diálogo onde responderá sim ou não à questão: Submeteu com sucesso o ficheiro SAFT no Portal das? Q#21: O ficheiro SAFT-PT dispensa a produção dos duplicados dos documentos contabilísticos (Arquivo Eletrónico/Impressora Fiscal)? R#21: Não. A farmácia não está dispensada da produção/arquivo desses duplicados. Q#22: Tem de ser gerado um único ficheiro SAFT-PT por período/mês para envio/submissão? R#22: Não. A farmácia poderá gerar e enviar/submeter vários ficheiros SAFT-PT desde que, no seu conjunto, contemplem a globalidade do período/mês em questão. Deve, no entanto, garantir-se que a mesma informação não se encontra repetida. Q#23: A Farmácia tem Postos de Medicamentos. Como se deve proceder? R#23: Há dois casos distintos: Os postos estão a funcionar online O ficheiro SAFT-PT gerado na farmácia inclui todas as localizações de venda. Os postos estão a funcionar de modo independente Têm de ser gerados e enviados/submetidos ficheiros SAFT-PT para cada local de venda. Q#24: E no caso das Parafarmácias? R#24: A resposta é idêntica à da questão #23. Q#25: A Farmácia começou a trabalhar com o Sifarma2000 já no decurso do mês de janeiro de Como proceder? R#25: Terá de ser feito o envio/submissão dos ficheiros SAFT-PT produzidos em cada um dos sistemas informáticos utilizados nesse período. No sistema antigo: Gerar o ficheiros SAFT-PT desde 1 de janeiro até ao último dia de funcionamento do sistema; 5

6 No Sifarma2000: Desde o primeiro dia de funcionamento em diante até ao dia 31 de janeiro. Q#26: Até quando é que se pode enviar/submeter o ficheiro SAFT-PT? R#26: Até ao dia 25 do mês seguinte ao do período/mês em questão. Q#27: Posso enviar/submeter um ficheiro SAFT-PT com informação relativa ao mês em curso? R#27: Não. Só pode ser enviada/submetida informação relativa ao mês anterior. Q#28: Não consegui fazer o envio/submissão do ficheiro SAFT-PT dentro do prazo estabelecido. Como proceder? R#28: Contacte a AT (Autoridade Tributária). 6

7 Adenda SIFARMA (clássico) Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT À semelhança do Sifarma2000 os dados de identificação da Farmácia devem estar corretamente preenchidos e são da inteira responsabilidade da Farmácia. Este preenchimento deve ser feito/validado em MENU GERAL->FUNÇÕES DIVERSAS- >PARAMETROS->GLOBAIS->Dados para Geração SAFT. O SIFARMA não produz automaticamente o ficheiro SAFT-PT. Tanto a sua produção como o momento para a sua realização são, também, da inteira responsabilidade da Farmácia. O caminho para a respetiva funcionalidade é MENU GERAL->FUNÇÕES DIVERSAS->Exportação SAF_T. Ao contrário do Sifarma2000, o SIFARMA não contempla o redirecionamento para o sítio da internet da AT (Autoridade Tributária). Ao contrário do Sifarma2000, o SIFARMA não inclui um ecrã com o histórico dos ficheiros SAFT-PT gerados. No quadro de exportação pode ser especificado o caminho Windows com o destino do ficheiro SAFT-PT. No quadro de exportação pode ser especificado o intervalo de tempo a considerar para efeitos da produção do ficheiro SAFT-PT. 7

8 Ficheiro SAFT-PT - Esquema com os passos do processo desde a geração à validação No Sifarma2000 No Sifarma2000 No Sifarma2000 Geração do SAF- T(PT) Selecção do ficheiro SAF-T(PT) Validação do ficheiro SAF- T(PT) Envio do ficheiro SAF-T(PT) Consulta da Situação da validação A partir de dia 1 de cada mês Até dia 25 Até ao fim do mês No Sifarma No Sifarma Geração do SAF- T(PT) Selecção do ficheiro SAF-T(PT) Validação do ficheiro SAF-T(PT) Envio do ficheiro SAF-T(PT) Consulta da Situação da validação A partir de dia 1 de cada mês Até dia 25 Até ao fim do mês 8

GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT

GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT GUIA DE APOIO À SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT (STANDARD AUDIT FILE FOR TAX PURPOSES PORTUGUESE VERSION) ATRAVÉS DO PORTAL DAS FINANÇAS / E-FACTURA DATA DE ELABORAÇÃO:

Leia mais

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1 Documento de actualização funcional Refª JURI-DEV-20121221-v1 21 de Dezembro de 2012 Índice 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT... 3 1.1 Sobre a Certificação... 3 1.2 Novas regras para

Leia mais

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos Introdução... 3 Comunicação dos elementos dos documentos de transporte... 3 Licenciamento via sms... 4 Configuração do ETPOS... 5 Dados para autenticação no Portal da AT... 5 Criação de uma nova série

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada O SAFT 2013 1) Faturação simplificada Existe agora uma série com descrição FS. Esta série foi adicionada automaticamente com a versão 2.4.3.0 do SoftManagement, para que, possa ser utilizada em atividades

Leia mais

Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte:

Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte: Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte: A 1 de Julho de 2013 entraram em vigor as novas regras para os Documentos de Transporte. Passa a ser obrigatório a comunicação, de todos

Leia mais

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos:

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos: Introdução O novo regime de bens em circulação entrará em vigor no dia 1 de julho de 2013. A Portaria nº 161/2013, publicada a 23 de abril no Diário da República, veio regulamentar o modo de cumprimento

Leia mais

Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015

Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015 Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015 Na Lei do Orçamento do Estado para 2015 está contemplada uma alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de Agosto, entretanto

Leia mais

Quando extrair o ficheiro SAFT

Quando extrair o ficheiro SAFT Conheça o seu ficheiro SAFT Quando extrair o ficheiro SAFT A partir de Janeiro de 2014 muitas empresas que não eram obrigadas a utilizar software de faturação certificado passaram a ser, tendo assim de

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES. Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências

GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES. Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências Alidata Versão 1.0 Data de Criação: 15.12.2014 INTRODUÇÃO Este documento inclui

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE Comunicação do Inventário de Existências à AT HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES DATA ALTERAÇÕES 24-11-2014 Elaboração do manual de comunicação do Inventário de Existências à AT.

Leia mais

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013)

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Este documento pretende explicar de forma sucinta como fazer a parametrização do software Primavera para o envio dos Documentos de Transporte.

Leia mais

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte Comunicação documentos de transporte Enquadramento De acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto, os sujeitos passivos de IVA têm de comunicar os documentos de transporte emitidos

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE Comunicação do Inventário de Existências à AT HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES DATA ALTERAÇÕES 24-11-2014 Elaboração do manual de comunicação do Inventário de Existências à AT.

Leia mais

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e - Front-Office V1.0 Página 1 Índice Índice... 2 1. Introdução... 3 2. Instruções Gerais... 4 2.1 Acesso... 5 2.1.1 Regras para Aceder

Leia mais

Paula Teixeira Manuel Fernandes. 15 de Janeiro de 2015. www.sage.pt 1

Paula Teixeira Manuel Fernandes. 15 de Janeiro de 2015. www.sage.pt 1 Paula Teixeira Manuel Fernandes 15 de Janeiro de 2015 www.sage.pt 1 Sage Portugal Apresentação www.sage.pt 2 Agenda 1.0 Comunicação de inventários à AT 1.1 Breve resumo legal 1.2 Boas práticas 1.3 A solução

Leia mais

Manual Upgrade para a Versão 6

Manual Upgrade para a Versão 6 Manual Upgrade para a Versão 6 Gabinete de Manutenção Informática Unipessoal, Lda. Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 Fax. 21 274 34 43 www.gmi.co.pt * geral@gmi.mail.pt -1- Conteúdo

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

Comunicação dos inventários

Comunicação dos inventários Comunicação dos inventários Alterações ao Decreto-Lei n.º 198/2012 2015/03/04 1 Organização da sessão Enquadramento Objetivos Conceitos Alterações ao Decreto-Lei n.º 198/2012 Forma de comunicação Estrutura

Leia mais

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação -

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. - Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica Novembro de 2013 1/24 ÍNDICE ÍNDICE...

Leia mais

Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte.

Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte. Comunicação documentos de transporte Gestix 5.0 Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte. É Facil e rapido. Comunicação dos Documentos

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO 2014-15

MANUAL DO CANDIDATO 2014-15 MANUAL DO CANDIDATO 2014-15 1.1 Candidaturas Online Para iniciar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal do IGOT http://www.igot.ulisboa.pt e clicar no separador «CANDIDATURAS»: Para

Leia mais

1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3

1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3 1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3 3. Alterações por imposição legal ao funcionamento da aplicação WINOPT:... 3 3.1. Alertas / Avisos... 3 3.2.

Leia mais

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE Novas Obrigações de Emissão e Comunicação, a partir de 1/julho/2013 - FICHA INFORMATIVA - Junho.2013 Os Decretos-Lei 198/2012, de 24 de Agosto, e a

Leia mais

FAQ s ELEVATION Express

FAQ s ELEVATION Express FAQ s ELEVATION Express PRIMAVERA Business Software Solutions Contents FAQ s... 3 2 FAQ s 1. Como configurar Motivos de Isenção Diferentes por artigo na mesma FA? 1º Criar novos Tipos de Imposto para cada

Leia mais

Actualização. Versão 5.3.1

Actualização. Versão 5.3.1 Actualização Versão 5.3.1 Janeiro 2011 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL 1 Índice 2 Facturação Certificada Conformidade de procedimentos... 4 2.1 Documentos Certificados...

Leia mais

GUIA DE APOIO CANDIDATURA

GUIA DE APOIO CANDIDATURA Ano 2013 Câmara Municipal de Lisboa Direção Municipal Habitação e Desenvolvimento Social GUIA DE APOIO CANDIDATURA Indice RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA... 3 SIMULADOR...

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales

MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales MANUAL ARTSOFT Mobile AutoSales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

Adenda ao Manual. Versão 3.90

Adenda ao Manual. Versão 3.90 Adenda ao Manual Versão 3.90 Copyright Esta adenda foi elaborada pela itbase soluções informáticas S.A., ( itbase ), tendo sido redigido ao abrigo do novo acordo ortográfico. Esta adenda é entregue aos

Leia mais

Regime de IVA de Caixa

Regime de IVA de Caixa Regime de IVA de Caixa Versão 1.4 maio de 2014 (Última atualização a 05.05.2014) Índice Índice... 2 Introdução... 3 Notas prévias... 4 Configurações Gerais... 4 Administrador...4 ERP PRIMAVERA...8 Perfis

Leia mais

Disponibilização da v4.20 do ETPOS - Procedimentos

Disponibilização da v4.20 do ETPOS - Procedimentos 1. Introdução... 3 2. Licenciamento via sms... 3 3. Configuração do ETPOS... 5 3.1. Ativação do Regime de IVA de caixa no cliente... 5 3.2. Criação de novos tipos de recibos... 5 3.2.1. Criar um recibo

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto. AQs (Frequently Asked Questions)

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto. AQs (Frequently Asked Questions) PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto AQs (Frequently Asked Questions) Como Instalar/Atualizar a nova versão 6.40 do PRIMAVERA EXPRESS (Saf-T PT 2010)? Para atualizar a versão que tem no seu computador,

Leia mais

Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos

Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos Manual XML-Validador-Conversor Registar recursos humanos Sistema de Informação da Organização do Estado (SIOE-RH) XML março de 2012 Introdução De acordo com o previsto na Lei n.º 57/2011, de 28 de novembro,

Leia mais

2) Em Configurações Designação dos Documentos poderá visualizar os tipos de documentos, antes e após a aplicação do Decreto-lei n.

2) Em Configurações Designação dos Documentos poderá visualizar os tipos de documentos, antes e após a aplicação do Decreto-lei n. GESTWARE Vendas \ Pontos de Venda 1) Devem ser criados novos Locais de Venda (tantos quantos os necessários para substituírem os actuais) tendo o cuidado de assinalar a opção [x] Documentos de acordo com

Leia mais

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR ÍNDICE Biblioteca ANACOM - Manual do utilizador... 2 Página de entrada... 3 Barra de menus da Biblioteca ANACOM... 3 Tipos de pesquisa... 3 Pesquisa simples... 3

Leia mais

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade.

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. Módulo TOC Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. A partir deste menu, o seu Contabilista tem a possibilidade de consultar

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile POS

MANUAL ARTSOFT Mobile POS MANUAL ARTSOFT Mobile POS INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Sincronização... 6 Utilizadores... 7 Entrada de stock... 7 Acerca... 8 Configuração...

Leia mais

Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.facebook.com/sdilab. www.youtube.com/sdilab. www.linkedin.com/company/sdilab

Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.facebook.com/sdilab. www.youtube.com/sdilab. www.linkedin.com/company/sdilab ~ SDILAB Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.sdilab.pt Redes Sociais www.facebook.com/sdilab www.youtube.com/sdilab www.linkedin.com/company/sdilab Informação sujeita a alterações Última

Leia mais

Princalculo Contabilidade e Gestão

Princalculo Contabilidade e Gestão COMUNICAÇÃO EXTERNA Junho/2013 REGIME DOS BENS EM CIRCULAÇÃO A obrigação é a partir de quando? 1 de Julho de 2013 Quem está obrigado? Os que no ano anterior tiveram um volume de negócios superior a 100.000

Leia mais

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Geração e transmissão de NF-e Após preencher os dados da nota fiscal, se não houver alguma informação faltando, o sistema sugere a geração do arquivo texto necessário

Leia mais

POSTOUCH. Manual Software

POSTOUCH. Manual Software POSTOUCH Manual Software Introdução Introdução POS TOUCH é uma solução direcionada a pequenos postos de venda, que tem necessidade de criação de muitos talões de uma forma linear e rápida. A solução implementa

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software Comunicação documentos de transporte AT via Webservice 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software I. Índice I. Índice... 1 II. Introdução... 2 III. Configuração de documentos de transporte...

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO www.xdsoftware.pt A partir de Janeiro de 2015 todas as empresas com faturação superior a cem mil euros são obrigadas a comunicar o

Leia mais

Ligação com PHC XDPEOPLE

Ligação com PHC XDPEOPLE Ligação com PHC XDPEOPLE Introdução A partir da versão 2014.21 o software XD passa a incluir sincronização de dados com o PHC para todos os clientes com Active Protection, sendo possível exportar dados

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 2 Departamento de Segurança Privada Março de 2014 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 2. (Março de 2014)

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003 Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via de Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5 1.3 Autenticação...5

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador

Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Adenda de Janeiro de 2013 Manual de Utilizador Novas funcionalidades: - Fatura Simplificada (Certificação AT Janeiro de 2013) - Ficheiro SAFT (Certificação AT Janeiro de 2013) - Séries de Faturação (Certificação

Leia mais

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM Utilização da plataforma SMUH-AIM INFARMED Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. 1 Pré-Submissão eletrónica de pedidos de AIM Pedidos de

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

Novo Regime dos Bens em Circulação. Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo. 21 de maio de 2013

Novo Regime dos Bens em Circulação. Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo. 21 de maio de 2013 Novo Regime dos Bens em Circulação Ação Promovida pela AEPL 21 de maio de 2013 Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo Regime dos Bens em Circulação (RBC)

Leia mais

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR)

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) COPE - Configuração e Recolha de Informação (COMUNICAÇÃO DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) Versão 1.0 abril de 2013 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Configurações Gerais... 4 Administrador...4

Leia mais

User Guide. PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0. Março de 2012. Pg 1

User Guide. PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0. Março de 2012. Pg 1 User Guide PRIMAVERA EXPRESS V7 Versão 1.0 Março de 2012 Pg 1 1. Instalação Para poder efetuar o download do produto PRIMAVERA Express deve começar por se registar no site da PRIMAVERA, indicando os dados

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS Gostaríamos previamente de transmitir alguma informação que a Autoridade Tributária considera sobre este tema: Empresas sem existências As empresas sem existências

Leia mais

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas 01-01-2006 SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas Rev 1.0 1 INDICE 1 Indice... 2 2 Introdução... 3 2.1 Acesso ao sistema... 3 3 Login... 4 3.1 Primeiro Login... 4 4 Gestão de Declarações...

Leia mais

ERP AIRC. Transição de Ano Económico 2014-2015 (Receita) Apresentado por: AIRC

ERP AIRC. Transição de Ano Económico 2014-2015 (Receita) Apresentado por: AIRC Apresentado por: AIRC Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 ÂMBITO... 3 1.2 OBJETIVOS... 3 1.3 REQUISITOS A OBSERVAR... 3 1.3.1 Versões das aplicações... 3 1.4 RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS... 3 2. SCA ENTRADA EM VIGOR

Leia mais

ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE

ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE ADSE DIRETA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO ÀS ENTIDADES EMPREGADORAS Este documento destina-se a apoiar as entidades empregadoras na elaboração dos protocolos dos documentos de

Leia mais

Gestão de Empresas de Contabilidade

Gestão de Empresas de Contabilidade Gestão de Empresas de Contabilidade Pensada especificamente para as Empresas de Contabilidade, esta solução ARTSOFT permite-lhe o controlo total da gestão a dois níveis: o trabalho da sua empresa e a contabilidade

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

MDI Facturação Alterações Fiscais DL 197 e 198 de 24 de agosto de 2012

MDI Facturação Alterações Fiscais DL 197 e 198 de 24 de agosto de 2012 Introdução O conteúdo deste documento, por não ser uma descrição exaustiva, não invalida a consulta dos decretos-lei mencionados ou de qualquer informação complementar. Alterações fiscais Com efeito a

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Para efectuar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal do ICS e clicar na informação com a

Leia mais

Procedimento para inscrição online 2015/16

Procedimento para inscrição online 2015/16 Procedimento para inscrição online 2015/16 Passo 1. Aceder à Secretaria Virtual A inscrição deverá ser realizada no netp@ - Portal de serviços académicos, em: https://academico.ualg.pt Passo 2. Efetuar

Leia mais

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/fazer? Consultar as Normas do Programa e as Perguntas mais Frequentes disponíveis

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Este manual é um documento de passo a passo de como efetuar a sua candidatura. As imagens apresentadas são exemplos do processo de candidaturas. De acordo com o regime de candidatura

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

Portal Fornecedores 1

Portal Fornecedores 1 Portal Fornecedores 1 o endereço Internet: http://www.jumbo.pt/pfornecedores 2 3 O Fluxo da Informação Inscrição no Portal Atualizar Dados / Gerir Utilizadores Aprovar Inscrição Manutenção de Artigos Aprovar

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013. Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05)

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013. Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05) INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013 Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05) Índice 1.Âmbito... 1 2.Opção pelo regime - permanência e saída por opção do mesmo... 1 2.1.Opção pelo regime em 2013... 1 2.2.

Leia mais

FAQ'S - Perguntas frequentes

FAQ'S - Perguntas frequentes 1 de 5 SOBRE O E-FATURA FAQS CONTACTOS FAQ'S - Perguntas frequentes CLIENTE / CONSUMIDOR FINAL Em que consiste o novo regime de faturação eletrónica? O novo regime de faturação eletrónica consiste na obrigatoriedade

Leia mais

FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril

FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril O que é considerado um documento de transporte? Consideram-se documentos de transporte: Faturas, Guias de Remessa, Guias de Transporte, Notas de Devolução, Guias

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

Manual de Produto (última atualização em 28.11.2014)

Manual de Produto (última atualização em 28.11.2014) Manual de Produto (última atualização em 28.11.2014) PRIMAVERA Business Software Solutions Índice Introdução 4 Subscrição do Serviço 4 Como subscrevo o serviço? 4 Acesso ao ELEVATION Space 4 Portal ELEVATION

Leia mais

Mobilidade por Doença

Mobilidade por Doença MANUAL DE INSTRUÇÕES Candidatura Eletrónica Mobilidade por Doença Tipo de candidato Docentes de carreira dos estabelecimentos de ensino da rede pública de Portugal Continental e das Regiões Autónomas nos

Leia mais

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda?

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda? O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde Pedir Receitas A de pela Internet, no âmbito do Programa Simplex, surge no seguimento do

Leia mais

Conheça o seu ficheiro SAFT

Conheça o seu ficheiro SAFT Conheça o seu ficheiro SAFT Quando extrair o ficheiro SAFT A partir de 2013, passa a ser obrigatória a transmissão periódica do ficheiro SAFT às Finanças. Antes de 2013, a Lei exigia o SAFT para fins de

Leia mais

Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap

Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap Tendo em conta que a grande maioria das aplicações Enterprisesnap contém dados com anos de histórico e existindo hoje regras de obrigatoriedade que não se aplicavam

Leia mais

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores MANUAL DE PROCEDIMENTOS Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores Ecopilhas Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda. JUNHO 2011 Índice 1. Início do Registo de Produtor de Pilhas

Leia mais

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/ fazer? Reunir informação: Consultar as Normas

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg

dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg Introdução... 3 dbgep-f... 4 Novas opções no menu SAF-T... 4 Alterações na opção Exportação... 4

Leia mais

Manual do Utilizador. Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows. Versão 1.3, Novembro de 2013

Manual do Utilizador. Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows. Versão 1.3, Novembro de 2013 Manual do Utilizador Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows Versão 1.3, Novembro de 2013 Quaisquer duvidas podem ser esclarecidas através do email: si@esmae-ipp.pt Serviços de Informática, ESMAE

Leia mais

Manual de Registo de Certificados no. Microsoft Windows

Manual de Registo de Certificados no. Microsoft Windows Manual de Registo de Certificados no Microsoft Windows Manual de Registo de Certificados no Microsoft Windows Página 2 de 12 CONTROLO DOCUMENTAL REGISTO DE MODIFICAÇÕES Versão Data Motivo da Modificação

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Índice Índice... 2 1. Registo de Utilizadores Individuais... 3 2. Alteração da Senha de Acesso... 5 3. Recuperação da Senha de Acesso... 5 4. Dados do Utilizador... 6 4.1 Perfil pessoal...

Leia mais

Manual de Utilização. GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015. Versão 4.0

Manual de Utilização. GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015. Versão 4.0 Manual de Utilização GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015 Versão 4.0 FICHA TÉCNICA TÍTULO: Manual de Utilização do Gestor de Metadados dos Açores (GeMA) AUTORIA: Grupo de Trabalho INSPIRE

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Manual de utilização Inventários Inventários Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 * Fax. 21 274 34 43 Geral: geral@gmi.mail.pt Assistência:

Leia mais

SIFARMA 2000 VERSÃO 2.8.7 DOCUMENTO DE APOIO AO UTILIZADOR

SIFARMA 2000 VERSÃO 2.8.7 DOCUMENTO DE APOIO AO UTILIZADOR SIFARMA 2000 VERSÃO 2.8.7 DOCUMENTO DE APOIO AO UTILIZADOR Janeiro 2013 Conteúdo 1. ATENDIMENTO... 4 1.1. DISPENSA...4 1.1.1. Ecrã da Dispensa... 4 1.1.2. Recolha de Dados da Receita... 4 1.1.3. Criação

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP MANUAL DE ACESSO AO GeADAP OBJETIVO DO MANUAL O objectivo deste manual é explicar como pode um utilizador aceder ao GeADAP. 1 ENDEREÇOS DE ACESSO AO GeADAP 1.1. Serviços da Administração Central Os utilizadores

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

Comunicação electrónica do Inventário à AT

Comunicação electrónica do Inventário à AT Comunicação electrónica do Inventário à AT aplicações v1.00-22 Dezembro 2014 Sumário Fundamento legal: Legislação A quem se aplica Formato do ficheiro Quando Operacionalidade: Como deve ser criado o ficheiro

Leia mais

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE CSSNET CANDIDATURAS ONLINE f d. c a n d i d a t u r a s. u l i s b o a. p t Para efetuar o processo de candidatura deverá aceder ao site abaixo indicado. Link: https://fd.candidaturas.ulisboa.pt (Portal

Leia mais

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos PHC Faturação CS Chegou o software de faturação para todos Simples e fácil de usar para pequenos negócios, PME e trabalhadores independentes. Tudo o que precisa para começar a faturar. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

INSTRUÇÕES VERSÃO 7.01

INSTRUÇÕES VERSÃO 7.01 GESTWARE Administrador do Sistema Nº Série / Código de Activação passam a ser 6 grupos de 7 caracteres ('0' a '9' e 'A' a 'Z' excepto 'B', 'O', 'Q' e 'U') As aplicações apenas correm se devidamente licenciadas.

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE 2 ÍNDICE ADSE Direta... 4 Serviços Disponíveis... 6 Atividade Convencionada... 7 Atualizar/Propor Locais de Prestação... 9 Propor Novo

Leia mais