Paula Teixeira Manuel Fernandes. 15 de Janeiro de

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Paula Teixeira Manuel Fernandes. 15 de Janeiro de 2015. www.sage.pt 1"

Transcrição

1 Paula Teixeira Manuel Fernandes 15 de Janeiro de

2 Sage Portugal Apresentação 2

3 Agenda 1.0 Comunicação de inventários à AT 1.1 Breve resumo legal 1.2 Boas práticas 1.3 A solução na facturação Sage 1.4 Sage Inventários 2.0 SAFT(PT) de auditoria fiscal 2.1 SAFT de Facturação 2.2 SAFT de Contabilidade 3.0 Importação do SAFT de vendas na Contabilidade Sage 3

4 Lei 82-B /2014 Comunicação de inventários à AT Breve resumo legal 4

5 Comunicação de inventários à AT Breve resumo legal Quem está obrigado a comunicar os inventários? As pessoas, singulares ou colectivas, que tenham sede, estabelecimento estável ou domicílio fiscal em território português, que disponham de contabilidade organizada e estejam obrigadas à elaboração de inventário. Excepções à obrigatoriedade de Comunicação electrónica do inventário Ficam dispensados da obrigação de comunicação os sujeitos passivos cujo volume de negócios do exercício anterior ao da referida comunicação não exceda ,00. Que terá que ser comunicado Deverão ser comunicadas as quantidades disponíveis em stock de cada artigo, ou seja, mercadorias, matérias-primas, subsidiárias e de consumo, produtos acabados e intermédios, subprodutos, desperdícios e refugos e produtos e trabalhos em curso. 5

6 Comunicação de inventários à AT Breve resumo legal Empresas sem existências no dia 31 de Dezembro As empresas sem existências e obrigadas por lei a comunicar o inventário, declararão no portal e-fatura que não têm existências (ainda não se encontra disponível). Não precisam, portanto, de construir ficheiro vazio. Artigos fora de stock Os artigos que na data do inventário não existem em stock (estão esgotados, por exemplo) não devem constar dos ficheiros que são comunicados à AT. Como é que é efectuada a comunicação? Por transmissão electrónica de dados no portal da AT, nomeadamente através da submissão de um ficheiro XML cuja estrutura foi definida pela AT ou, em alternativa através de um ficheiro em Excel. 6

7 Comunicação de inventários à AT Breve resumo legal o Conteúdo do ficheiro Identificador do tipo de Produto M Mercadorias; P Matérias-primas, subsidiárias e de consumo; A produtos acabados e intermédios; S subprodutos, desperdícios e refugos; T produtos e trabalhos em curso. Identificador do Produto Código único do produto na lista de produtos Descrição Descrição do produto Código do Produto Código EAN, quando não existe é preenchido com o valor do campo Identificador do Produto Quantidade Existência final Unidade Unidade de medida 7

8 Lei 82-B /2014 Comunicação de inventários à AT Boas práticas 8

9 Comunicação de inventários à AT Boas práticas Controlo de stocks a 31 Dez. 2014, com valorização Comunicação do inventário à AT, a partir da solução de facturação/gestão comercial ou do Sage Inventários Preenchimento da Modelo 22, com a valorização do stock (CMVMC) 9

10 Lei 82-B /2014 Comunicação de inventários à AT A solução na facturação Sage 10

11 Comunicação de inventários à AT A solução na facturação Sage 1º passo: Identificar o tipo de artigo 2º passo: Com stocks controlados Sem stocks controlados Exportar o inventário de existências, de acordo com as exigências da AT Utilizar os mecanismos de controlo de stock da aplicação Exportar o inventário de existências, de acordo com as exigências da AT *Opcionalmente, poderá ser usado o Sage Inventários. 11

12 Comunicação de inventários à AT A solução na Gestão Comercial Next 1º passo: Configurar a categoria de artigo (Ficha do artigo, grupos, famílias, sub-famílias, armazéns) 2º passo: Com stocks controlados Sem stocks controlados Exportar o inventário de existências à AT Usar os mecanismos da aplicação para acertos Exportar o inventário de existências à AT Opcionalmente, poderá ser usado o Sage Inventários. 12

13 Lei 82-B /2014 Comunicação de inventários à AT Sage Inventários 13

14 Sage Comunicação de inventários à AT Outras acções a decorrer 14

15 Comunicação de inventários à AT Outras acções a decorrer 15

16 Portaria 321-A/2007 SAFT(PT) de auditoria fiscal Breve descrição 16

17 SAFT(PT) de auditoria fiscal O que é? É um ficheiro normalizado, em formato xml que contém dados contabilísticos e dados comerciais de uma empresa de um determinado exercício. É obrigatório incluir o ficheiro SAFT-PT nas ferramentas de auxílio à gestão, tais como aplicações de Contabilidade e Facturação e, futuramente, nas aplicações de Salários e de Controlo de Existências. 17

18 SAFT(PT) de auditoria fiscal Diagrama da estrutura 18

19 SAFT(PT) de auditoria fiscal Geração do ficheiro Facturação Contabilidade + Estabelecimento 1 + Estabelecimento 2 19

20 Portaria 321-A/2007 SAFT(PT) de auditoria fiscal SAFT de Facturação 20

21 SAFT(PT) de auditoria fiscal SAFT de Facturação Conteúdo do SAF-T(PT) de Facturação - Cabeçalho - Clientes - Produtos/Serviços - Regimes fiscais de IVA - Documentos comerciais emitidos a clientes - Recibos emitidos SAF-T(PT) Auto-facturação - Exportado e entregue ao fornecedor. (será o fornecedor a comunicar à AT) 21

22 Portaria 321-A/2007 SAFT(PT) de auditoria fiscal SAFT de Contabilidade 22

23 SAFT(PT) de auditoria fiscal SAFT de Contabilidade Conteúdo do SAF-T(PT) de Contabilidade - Cabeçalho - Plano de Contas - Clientes - Fornecedores - Regimes fiscais de IVA - Movimentos Contabilísticos 23

24 Sage Portugal Contabilistas/ Gabinetes de Contabilidade 24

25 Evento Perian Importação do SAFT de vendas para a Contabilidade 25

26 Importação do SAFT de Vendas Para a Contabilidade Sage Através do ficheiro SAFT gerado numa qualquer aplicação de facturação é possível importar todas as vendas emitidas a cliente e convertê-las em movimentos contabilísticos, automaticamente. Assistente de importação do ficheiro SAFT de facturação é: Fácil configuração Permite separar contabilisticamente as mercadorias dos serviços Permite seprar contabilisricamente por taxas de IVA Permite criar os cliente novos na respectiva tabela 26

27 Obrigado 27

Gestão de Stocks v 2.8.1 Como funciona o envio para a Autoridade Tributária

Gestão de Stocks v 2.8.1 Como funciona o envio para a Autoridade Tributária Gestão de Stocks v 2.8.1 Como funciona o envio para a Autoridade Tributária Comunicação de Stocks à Autoridade Tributária 1 Indíce 1. Para quem é obrigatório o envio do inventário para a Autoridade Tributária?...

Leia mais

Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015

Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015 Obrigatoriedade de Comunicação Eletrónica do Inventário ATÉ 31 DE JANEIRO DE 2015 Na Lei do Orçamento do Estado para 2015 está contemplada uma alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de Agosto, entretanto

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS

EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS EXPORTAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EXISTÊNCIAS Gostaríamos previamente de transmitir alguma informação que a Autoridade Tributária considera sobre este tema: Empresas sem existências As empresas sem existências

Leia mais

Comunicação electrónica do Inventário à AT

Comunicação electrónica do Inventário à AT Comunicação electrónica do Inventário à AT aplicações v1.00-22 Dezembro 2014 Sumário Fundamento legal: Legislação A quem se aplica Formato do ficheiro Quando Operacionalidade: Como deve ser criado o ficheiro

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE Comunicação do Inventário de Existências à AT HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES DATA ALTERAÇÕES 24-11-2014 Elaboração do manual de comunicação do Inventário de Existências à AT.

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE

MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE MANUAL DE INTEGRAÇÃO DE SOFTWARE Comunicação do Inventário de Existências à AT HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES DATA ALTERAÇÕES 24-11-2014 Elaboração do manual de comunicação do Inventário de Existências à AT.

Leia mais

Comunicação dos inventários

Comunicação dos inventários Comunicação dos inventários Alterações ao Decreto-Lei n.º 198/2012 2015/03/04 1 Organização da sessão Enquadramento Objetivos Conceitos Alterações ao Decreto-Lei n.º 198/2012 Forma de comunicação Estrutura

Leia mais

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PARA 2013

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PARA 2013 PRINCIPAIS ALTERAÇÕES PARA 2013 Índice CERTIFICAÇAO DOS PROGRAMAS DE FATURAÇAO... 3 DECRETO-LEI Nº 197/2012... 4 FATURAS... 5 PRAZO PARA EMISSÃO DAS FATURAS:... 5 ELEMENTOS E MENÇÕES EXIGÍVEIS NAS FATURAS...

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES. Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências

GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES. Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências GUIA DE PROCEDIMENTOS E CONFIGURAÇÕES Inclui informações sobre Cópias de Segurança e Comunicação do Inventário de Existências Alidata Versão 1.0 Data de Criação: 15.12.2014 INTRODUÇÃO Este documento inclui

Leia mais

Tudo o que precisa de saber

Tudo o que precisa de saber Pág. 1 de 10 Com a publicação, no passado mês de Agosto, dos Decretos-Lei n. os 197/2012 e 198/2012, várias e (bastante) substanciais foram as alterações introduzidas em matéria de regras a observar ao

Leia mais

OBRIGAÇÕES PARA DIA 1 DE JANEIRO DE 2013

OBRIGAÇÕES PARA DIA 1 DE JANEIRO DE 2013 WORKSHOP NOVAS REGRAS DE FACTURAÇÃO OBRIGAÇÕES PARA DIA 1 DE JANEIRO DE 2013 Marco Rodrigues Servicontabil Serviços de Contabilidade e Informática, Lda Ricardo Rodrigues Espaço Digital Informática e Serviços,

Leia mais

Inventário Permanente. Documento FAQs

Inventário Permanente. Documento FAQs Inventário Permanente Documento FAQs 1 Os valores de balanço, volume de negócios e n.º funcionários como critério de classificação são cumulativos ou basta o cumprimento de um dos requisitos para a exclusão

Leia mais

Regime de IVA de caixa DL n.º 71/2013, de 30 de maio. Teoria / Aplicações práticas. Formação: Departamento técnico Carcavelos,11 de setembro de 2013

Regime de IVA de caixa DL n.º 71/2013, de 30 de maio. Teoria / Aplicações práticas. Formação: Departamento técnico Carcavelos,11 de setembro de 2013 DL n.º 71/2013, de 30 de maio Teoria / Aplicações práticas Formação: Departamento técnico Carcavelos,11 de setembro de 2013 SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel.

Leia mais

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos:

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos: Introdução O novo regime de bens em circulação entrará em vigor no dia 1 de julho de 2013. A Portaria nº 161/2013, publicada a 23 de abril no Diário da República, veio regulamentar o modo de cumprimento

Leia mais

INVENTÁRIO PERMANENTE - 2016 Alteração em Portugal

INVENTÁRIO PERMANENTE - 2016 Alteração em Portugal INVENTÁRIO PERMANENTE - 2016 Alteração em Portugal W: www.centralgest.com E: comercial@centralgest.com T: (+351) 231 209 530 Portugal Angola Moçambique Cabo Verde 1987-2015 CentralGest Produção de Software

Leia mais

FATURAS E OUTROS DOCUMENTOS COM RELEVÂNCIA FISCAL

FATURAS E OUTROS DOCUMENTOS COM RELEVÂNCIA FISCAL FATURAS E OUTROS DOCUMENTOS COM RELEVÂNCIA FISCAL Controlo da emissão e comunicação Comunicação dos inventários Incentivo fiscal DECRETO-LEI N.º 198/2012, DE 24 DE AGOSTO Estabelece medidas de controlo

Leia mais

Sumário. Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial. (síntese)

Sumário. Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial. (síntese) Obrigações e enquadramento fiscal decorrentes do exercício duma actividade empresarial (síntese) Sumário 1. Início de actividade 2. Enquadramento em sede de IRS 3. Enquadramento em sede de IVA 4. Obrigações

Leia mais

Portaria n.º 92-A/2011, de 28 de Fevereiro - 41 SÉRIE I, 1º SUPLEMENTO

Portaria n.º 92-A/2011, de 28 de Fevereiro - 41 SÉRIE I, 1º SUPLEMENTO Define os elementos que integram o dossier fiscal, aprova novos mapas de modelo oficial e revoga a Portaria n.º 359/2000, de 20 de Junho A Nos termos do artigo 129.º do Código do Imposto sobre o Rendimento

Leia mais

sage Infologia50 Contabilidade

sage Infologia50 Contabilidade Contabilidade Nova Versão SAFT-PT Sage 2008 e Analisador SAFT: Validação, consulta e exploração de dados do ficheiro SAFT. Automatização do CMVMC: Automatização do CMVMC, permitindo a introdução da existência

Leia mais

Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento

Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento Lista de Questões neste documento Q#1: O que é o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#2: Que informação contém o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#3: No Sifarma2000 que dados têm de estar obrigatoriamente preenchidos para

Leia mais

GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT

GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT GUIA RÁPIDO SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT GUIA DE APOIO À SUBMISSÃO DO FICHEIRO SAF-T PT (STANDARD AUDIT FILE FOR TAX PURPOSES PORTUGUESE VERSION) ATRAVÉS DO PORTAL DAS FINANÇAS / E-FACTURA DATA DE ELABORAÇÃO:

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

1. Passo-a-passo para validar as despesas no E-fatura. A partir deste ano, o contribuinte pode consultar on-line todas as deduções que

1. Passo-a-passo para validar as despesas no E-fatura. A partir deste ano, o contribuinte pode consultar on-line todas as deduções que Guia IRS 2015 E-Factura 1. Passo-a-passo para validar as despesas no E-fatura A partir deste ano, o contribuinte pode consultar on-line todas as deduções que vão constar no seu IRS referente ao ano de

Leia mais

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO E STOCK SIMPLIFICADO COM POS / REST / DISCO www.xdsoftware.pt A partir de Janeiro de 2015 todas as empresas com faturação superior a cem mil euros são obrigadas a comunicar o

Leia mais

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte Comunicação documentos de transporte Enquadramento De acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto, os sujeitos passivos de IVA têm de comunicar os documentos de transporte emitidos

Leia mais

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda.

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda. 1 P á g i n a Procedimentos Inventário AT 2014 Software Olisoft-SIG.2014 Verificar Versão dos Módulos Instalados Em primeiro lugar deveremos verificar se o programa SIG está actualizado. Esta nova rotina

Leia mais

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada O SAFT 2013 1) Faturação simplificada Existe agora uma série com descrição FS. Esta série foi adicionada automaticamente com a versão 2.4.3.0 do SoftManagement, para que, possa ser utilizada em atividades

Leia mais

Certificação facturação

Certificação facturação NOVAS REGRAS DE FACTURAÇÃO Formador: Maria Mestra Carcavelos, Janeiro de 2013 SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel. 214 585 700 fax. 214 585 799 www.nucase.pt

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: nº 14 do art. 29º; 36º. Assunto:

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: nº 14 do art. 29º; 36º. Assunto: FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: Artigo: Assunto: CIVA nº 14 do art. 29º; 36º Auto Facturação - Facturas elaboradas pelo adquirente dos bens e/ou serviços, em nome e por conta do fornecedor. Processo: nº 2791,

Leia mais

Novo Regime dos Bens em Circulação. Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo. 21 de maio de 2013

Novo Regime dos Bens em Circulação. Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo. 21 de maio de 2013 Novo Regime dos Bens em Circulação Ação Promovida pela AEPL 21 de maio de 2013 Teresa Lima e Pedro Veiga Inspetores Tributários Direção de Finanças de Viana do Castelo Regime dos Bens em Circulação (RBC)

Leia mais

Regime de IVA de Caixa

Regime de IVA de Caixa Regime de IVA de Caixa Versão 1.4 maio de 2014 (Última atualização a 05.05.2014) Índice Índice... 2 Introdução... 3 Notas prévias... 4 Configurações Gerais... 4 Administrador...4 ERP PRIMAVERA...8 Perfis

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest Faturação. 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest Faturação. 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Singest Faturação 04-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada, de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo decreto de lei 71/2013,

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest POS Touch. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest POS Touch. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo Decreto-lei 71/2013, que regulamenta

Leia mais

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE Novas Obrigações de Emissão e Comunicação, a partir de 1/julho/2013 - FICHA INFORMATIVA - Junho.2013 Os Decretos-Lei 198/2012, de 24 de Agosto, e a

Leia mais

Salários Ver 3.6. - Criação de um novo Tipo de Desconto - I.R.S. Sobretaxa Extraordinária (cálculo de 2013)

Salários Ver 3.6. - Criação de um novo Tipo de Desconto - I.R.S. Sobretaxa Extraordinária (cálculo de 2013) Salários Ver 3.6 Em virtude das alterações à legislação decorrentes do orçamento de estado para 2013 a Cigest e a MTC Informática produziram uma nova versão do sistema de salários que contempla essas alterações.

Leia mais

Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.facebook.com/sdilab. www.youtube.com/sdilab. www.linkedin.com/company/sdilab

Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.facebook.com/sdilab. www.youtube.com/sdilab. www.linkedin.com/company/sdilab ~ SDILAB Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. www.sdilab.pt Redes Sociais www.facebook.com/sdilab www.youtube.com/sdilab www.linkedin.com/company/sdilab Informação sujeita a alterações Última

Leia mais

NOVOS PRAZOS. Prazo para confirmação e comunicação pelo consumidor final de faturas no e-fatura

NOVOS PRAZOS. Prazo para confirmação e comunicação pelo consumidor final de faturas no e-fatura NOVOS PRAZOS Prazo para confirmação e comunicação pelo consumidor final de faturas no e-fatura Disponibilização pela AT do valor das despesas e encargos no Portal das Finanças Prazo de reclamação prévia

Leia mais

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos

PHC Faturação CS. Chegou o software de faturação para todos PHC Faturação CS Chegou o software de faturação para todos Simples e fácil de usar para pequenos negócios, PME e trabalhadores independentes. Tudo o que precisa para começar a faturar. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

Princalculo Contabilidade e Gestão

Princalculo Contabilidade e Gestão COMUNICAÇÃO EXTERNA Junho/2013 REGIME DOS BENS EM CIRCULAÇÃO A obrigação é a partir de quando? 1 de Julho de 2013 Quem está obrigado? Os que no ano anterior tiveram um volume de negócios superior a 100.000

Leia mais

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto FactuPlus Evolução Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto base* Funcionalidades gerais dos produtos Nº de postos 1 3 5 1 Nº de empresas 2 25 50 2 Muti-Utilizador Base de Dados MDB MDB MDB MDB

Leia mais

Índice. 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing V 1.0

Índice. 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing V 1.0 Índice 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing 2 Enquadramento A Autoridade Tributária (AT), desde 2011, que obriga as empresas

Leia mais

Facturação (Questões a Abordar)

Facturação (Questões a Abordar) 1 ção (Questões a Abordar) 1. Emissão de facturas Normas fiscais aplicáveis Quem está obrigado; Quais os tipos de documentos a emitir; Elementos obrigatórios dos documentos; Quais as formas de emissão

Leia mais

WinVending BackOffice 2012 Listagem de Alterações

WinVending BackOffice 2012 Listagem de Alterações WinVending BackOffice 2012 Listagem de Alterações Versão 2012.12.3.0; data: 3-06-2016 1. Integração de Inventários Na integração de inventários, os documentos anulados de transferência de armazém emitidos

Leia mais

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Este documento deve ser impresso e lido com atenção, preferencialmente, na presença do contabilista da sua empresa. Caso subsistam dúvidas após a sua

Leia mais

I - Regime de contabilidade de caixa. 1. Âmbito de aplicação. (artigo 1º do regime)

I - Regime de contabilidade de caixa. 1. Âmbito de aplicação. (artigo 1º do regime) Classificação: 020.01.10 Segurança: Processo: 2013 004333 ÁREA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA DO IVA - GABINETE DO Of.Circulado N.º: 30150/2013 2013-08-30 Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF): 770 004 407

Leia mais

Manual Atualização 4.2 Singest Restauração. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda

Manual Atualização 4.2 Singest Restauração. 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Singest Restauração 15-10-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software, Lda Introdução A versão 4.2 do Singest foi lançada de forma a responder às obrigatoriedades legais impostas pelo Decreto-lei 71/2013,

Leia mais

Software PHC preparado para SAF-T PT

Software PHC preparado para SAF-T PT Software PHC preparado para SAF-T PT Descritivo completo A solução para produzir o ficheiro de Auditoria Fiscal Normalizado de acordo com os requisitos legais estabelecidos t b l pela l Direcção ã Geral

Leia mais

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade.

Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. Módulo TOC Com o módulo TOC já pode, através do KeyInvoice, disponibilizar toda a informação relevante para o seu Dep. de Contabilidade. A partir deste menu, o seu Contabilista tem a possibilidade de consultar

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA. Processo:

FICHA DOUTRINÁRIA. Processo: FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: CIVA Artigo: 1º 29º Assunto: Empresa não residente Armazém em Portugal T909 2006018 despacho do SDG dos Impostos, em substituição do Director- Geral, em 24-02-06 Conteúdo: 1.

Leia mais

Razões da alteração. ALTERAÇÃO DO SAF-T_PT (PORTARIA n.º 1192/2009, de 08/10) OBJECTIVOS DA APRESENTAÇÃO

Razões da alteração. ALTERAÇÃO DO SAF-T_PT (PORTARIA n.º 1192/2009, de 08/10) OBJECTIVOS DA APRESENTAÇÃO DO SAF-T_PT (PORTARIA n.º 1192/2009, de 08/10) dspcit-dpat@dgci.min-financas.pt OBJECTIVOS DA APRESENTAÇÃO Razões alteração Portaria Novo anexo à Portaria Aspectos genéricos e Situações especiais Tipos

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto

E-FACTURA. Serena Cabrita Neto ECONOMIA DIGITAL E DIREITO E-FACTURA Serena Cabrita Neto Partilhamos a Experiência. Inovamos nas Soluções. 20 Novembro 2013 A Factura na era digital Adequação e adaptação da Factura aos novos meios digitais

Leia mais

O sistema é dividido por quatro menus principais: Cadastro, Comercial, Estoque e Pesquisa como verá a seguir:

O sistema é dividido por quatro menus principais: Cadastro, Comercial, Estoque e Pesquisa como verá a seguir: Visão Rápida do sistema Administrativo LC O sistema Administrativo LC é um sistema completo para administrar o seu escritório, loja ou comercio em geral. Nosso sistema pode ser customizado a necessidade

Leia mais

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 À Semelhança de medidas tomadas por administrações Fiscais de outros países, foi publicada em Portugal a portaria a regulamentar a Certificação

Leia mais

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda.

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda. Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda. Email:m.saudadeesilva@netvisao.pt Estimado cliente: A propósito da enxurrada de novas regras, designadamente, a nível da fiscalidade e da Segurança Social,

Leia mais

NOVAS REGRAS SOBRE UTILIZAÇÃO DE PROGRAMAS INFORMÁTICOS DE FATURAÇÃO

NOVAS REGRAS SOBRE UTILIZAÇÃO DE PROGRAMAS INFORMÁTICOS DE FATURAÇÃO NOVAS REGRAS SOBRE UTILIZAÇÃO DE PROGRAMAS INFORMÁTICOS DE FATURAÇÃO Direção de Serviços de Comunicação e Apoio ao Contribuinte Legislação: Portaria n.º 363/2010, de 23 de junho, após a primeira alteração

Leia mais

Gerar o Ficheiro de Inventário

Gerar o Ficheiro de Inventário Gerar o Ficheiro de Inventário Data: 05-12-2014 Os dados a enviar no ficheiro são os seguintes Código do Artigo Código de Barras (se não existir deve preencher neste campo o código do artigo) Descrição

Leia mais

Adenda ao Manual. Versão 3.90

Adenda ao Manual. Versão 3.90 Adenda ao Manual Versão 3.90 Copyright Esta adenda foi elaborada pela itbase soluções informáticas S.A., ( itbase ), tendo sido redigido ao abrigo do novo acordo ortográfico. Esta adenda é entregue aos

Leia mais

Alterações ao Gestor de Documentos

Alterações ao Gestor de Documentos Procuraremos neste documento descrever algumas das alterações mais significativas implementadas na versão 3.5 do Gestor de Documentos, principalmente no que respeita às modificações a implementar por força

Leia mais

Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior. Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS

Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior. Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel. 214 585 700

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

Enquadramento Fiscal dos Advogados em. sede de IRS, IVA e segurança social

Enquadramento Fiscal dos Advogados em. sede de IRS, IVA e segurança social Enquadramento Fiscal dos Advogados em sede de IRS, IVA e segurança social Fiscalidade IVA / IRS / Segurança social Março 2015 1 IAE -Instituto dos Advogados de Empresa da Ordem dos Advogados 1 Formas de

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO NOVAS REGRAS DA FACTURAÇÃO 2013. Novidades legislativas e alguma informação sobre aspetos práticos

BOLETIM INFORMATIVO NOVAS REGRAS DA FACTURAÇÃO 2013. Novidades legislativas e alguma informação sobre aspetos práticos Departamento: Fiscalidade, Direito Comum e do Trabalho BOLETIM INFORMATIVO 17 de Dezembro de 2012 NOVAS REGRAS DA FACTURAÇÃO 2013 Novidades legislativas e alguma informação sobre aspetos práticos 1ª Versão

Leia mais

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos Introdução... 3 Comunicação dos elementos dos documentos de transporte... 3 Licenciamento via sms... 4 Configuração do ETPOS... 5 Dados para autenticação no Portal da AT... 5 Criação de uma nova série

Leia mais

Alterações Fiscais. XD Rest/Pos. Portaria nº 160/2013 de 23 de Abril

Alterações Fiscais. XD Rest/Pos. Portaria nº 160/2013 de 23 de Abril Alterações Fiscais XD Rest/Pos Portaria nº 160/2013 de 23 de Abril 1 Alterações Fiscais Tendo em conta as alterações previstas na Portaria n.º 160/2013 de 23 de Abril com entrada em vigor prevista a partir

Leia mais

Madeira. Bens e serviços. Açores. Taxa Taxa intermédia. Observações / Legislação reduzida

Madeira. Bens e serviços. Açores. Taxa Taxa intermédia. Observações / Legislação reduzida F i s c a l i d a d e TOC 86 - Maio 2007 Para determinar a taxa aplicável nas operações relacionadas com as Regiões Autónomas são chamados os critérios constantes do artigo 6. do Código do IVA, por força

Leia mais

FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril

FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril FAQ s Portaria nº 161/2013 de 23 de Abril O que é considerado um documento de transporte? Consideram-se documentos de transporte: Faturas, Guias de Remessa, Guias de Transporte, Notas de Devolução, Guias

Leia mais

Banco de Portugal - Comunicação para a balança de pagamentos e informação sobre a estrutura empresarial distrital. Formação eventual OTOC 0113

Banco de Portugal - Comunicação para a balança de pagamentos e informação sobre a estrutura empresarial distrital. Formação eventual OTOC 0113 Banco de Portugal - Comunicação para a balança de pagamentos e informação sobre a estrutura empresarial distrital Formação eventual OTOC 0113 Esquema da Apresentação Área de Empresa e estrutura empresarial

Leia mais

www.sage.pt Manual Sage Retail v2011 Fase 1

www.sage.pt Manual Sage Retail v2011 Fase 1 www.sage.pt Manual Sage Retail v2011 Fase 1 www.sage.pt Versão Autor Data Observações 2011 Sage Portugal 12/11/2010 2011.01.001 www.sage.pt Índice MANUAL SAGE RETAIL V2011 FASE 1... 1 ÍNDICE... 1 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg

dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg dbgep-a e dbegp-f Versa o 3.3.5 dbgep-c Versa o 3.5.4 Alteraço es relativas ao SAF-T Julho 2013 v1.0/dbg Introdução... 3 dbgep-f... 4 Novas opções no menu SAF-T... 4 Alterações na opção Exportação... 4

Leia mais

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1 Documento de actualização funcional Refª JURI-DEV-20121221-v1 21 de Dezembro de 2012 Índice 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT... 3 1.1 Sobre a Certificação... 3 1.2 Novas regras para

Leia mais

Circular n.º 37/2011 Série II

Circular n.º 37/2011 Série II Proc.º 205.15.03.01-01/2011 DSIVAVA Circular n.º 37/2011 Série II Assunto: Facturas comercias (Ref.ª às circulares n.ºs 14/2004 e 31/2008, Série II) De harmonia com o Despacho Conjunto de 12 de Maio de

Leia mais

Obrigações declarativas das entidades que não exercem a título principal

Obrigações declarativas das entidades que não exercem a título principal Obrigações declarativas das entidades que não exercem a título principal atividades comerciais, industriais ou agrícolas Com as alterações introduzidas aos n.ºs 6 e 7 do art. 117 do CIRC 1, as obrigações

Leia mais

Ligação com Sage Retail XDPEOPLE

Ligação com Sage Retail XDPEOPLE Ligação com Sage Retail XDPEOPLE Introdução A partir da versão 2014.26 o software XD passa a incluir sincronização de dados com o Sage Retail para todos os clientes com Active Protection, sendo possível

Leia mais

Regime de Contabilidade de Caixa em Sede de IVA

Regime de Contabilidade de Caixa em Sede de IVA Regime de Contabilidade de Caixa em Sede de IVA Legislação: Decreto-Lei n.º 71/2013 de 30 de Maio Data de entrada em vigência: 1 de Outubro de 2013 Aplicação: o regime de IVA de caixa aplica-se a todas

Leia mais

Nota introdutória. Glossário

Nota introdutória. Glossário Nota introdutória Este documento propõe-se ser uma ferramenta com instruções e informação, que permitam aos beneficiários, conhecer os encargos que foram apurados para a declaração de IRS, no seguimento

Leia mais

Regime de Iva de Caixa

Regime de Iva de Caixa Regime de Iva de Caixa XD Rest/Pos 2014 1 Alterações Fiscais O Decreto Lei nº71/2013, que aprovou o regime de contabilidade de caixa em sede do Imposto Sobre o Valor Acrescentado (regime de IVA de caixa)

Leia mais

Facturação (Questões a Abordar)

Facturação (Questões a Abordar) Alterações Legislativas "E-" Dr. Manuel Gonçalves Cecílio ISG Instituto Superior de Gestão 10 Janeiro 2013 1 ção (Questões a Abordar) 1. Emissão de facturas Quem está obrigado; Quais os tipos de documentos

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013. Certificação de Programas de Faturação

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013. Certificação de Programas de Faturação INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 41/2013 Certificação de Programas de Faturação A presente informação técnica substitui a informação n.º 6/2012 e a n.º 22/2010, introduzindolhe as atualizações resultantes da Portaria

Leia mais

Transporte de mercadorias

Transporte de mercadorias Transporte de mercadorias A portaria 161/2013 de 23 de Abril vem estabelecer novas regras para a comunicação dos dados de transporte que constam do Regime de Bens em Circulação. Esta entra em vigor desde

Leia mais

LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES CONFEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES E CORPOS DE BOMBEIROS

LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES CONFEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES E CORPOS DE BOMBEIROS LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES CONFEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES E CORPOS DE BOMBEIROS Comendador da Ordem de Benemerência 1935 Membro Honorário da Ordem Militar de Cristo 1980 Membro Honorário da Ordem da

Leia mais

Fiscalidade e o Proprietário MAXGER - CONSULTORES DE GESTÃO, LDA 1

Fiscalidade e o Proprietário MAXGER - CONSULTORES DE GESTÃO, LDA 1 Fiscalidade e o Proprietário 1 Sumário: 1. Recibo Eletrónico 2. Contratos de Arrendamento Comunicação AT 3. IMI 4. IRS Rendimentos Prediais 2014/2015 2 Recibos 3 1- Recibos Eletrónicos 4 Recibo eletrónico

Leia mais

FAQ S Certificação Software GM

FAQ S Certificação Software GM FAQ S Certificação Software GM Macwin - Sistemas Informáticos S.A. A Portaria nº 363/2010, de 23 de Junho de 2010, regulamentou o processo de certificação dos programas informáticos de facturação tendo

Leia mais

As novas regras de facturação para 2013 Novidades no Software PHC CS. Principais alterações em todas as gamas da versão 2013 do PHC CS.

As novas regras de facturação para 2013 Novidades no Software PHC CS. Principais alterações em todas as gamas da versão 2013 do PHC CS. As novas regras de facturação para 2013 Novidades no Software PHC CS Principais alterações em todas as gamas da versão 2013 do PHC CS. Índice 1. Documentos que deixam de ser utilizados... 3 2. Factura

Leia mais

2) Em Configurações Designação dos Documentos poderá visualizar os tipos de documentos, antes e após a aplicação do Decreto-lei n.

2) Em Configurações Designação dos Documentos poderá visualizar os tipos de documentos, antes e após a aplicação do Decreto-lei n. GESTWARE Vendas \ Pontos de Venda 1) Devem ser criados novos Locais de Venda (tantos quantos os necessários para substituírem os actuais) tendo o cuidado de assinalar a opção [x] Documentos de acordo com

Leia mais

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software Comunicação documentos de transporte AT via Webservice 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software I. Índice I. Índice... 1 II. Introdução... 2 III. Configuração de documentos de transporte...

Leia mais

Março 2016 139 - - - - - Visitas Portal AIRO Fevereiro www.airo.pt

Março 2016 139 - - - - - Visitas Portal AIRO Fevereiro www.airo.pt Março 2016 139 - Formação Ação PME - Editorial - Caldas Empreende - Cartão de Saúde AIRO - Missão Empresarial Multisectorial - Fiscalidade - Programa SOU MAIS - Formação em Gestão para a Agro-Indústria

Leia mais

Passagem de Ano Primavera Software

Passagem de Ano Primavera Software Passagem de Ano Primavera Software Linha Profissional v 7 Manual Dezembro 2009 Procedimentos Fim de Ano A finalidade deste documento é, essencialmente, clarificar os procedimentos a considerar antes da

Leia mais

Resumo. As novas regras de Faturação para 2013

Resumo. As novas regras de Faturação para 2013 Resumo As novas regras de Faturação para 2013 Fontes: Decreto-Lei n.º 197/2012 Decreto-Lei n.º 198/2012 Ofícios Circulados 30.136 OE 2013 e restantes comunicações da AT Resumo 1. Regras de Faturação 2.

Leia mais

Regime de bens em circulação e SAF-T

Regime de bens em circulação e SAF-T Regime de bens em circulação e SAF-T Novas regras Julho 2013 Legislação Quem está abrangido Emissão de documentos transporte Comunicação de documentos à AT SAF-T Oportunidades comerciais Sage Portugal

Leia mais

O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a

O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a Cores e Tamanhos O que é o módulo Cores e Tamanhos? Para que serve? O módulo Cores e Tamanhos permite uma gestão de stocks (Compras e Vendas) através de uma associação a uma tabela matriz de cores e tamanhos.

Leia mais

Decreto-Lei n.º 147/2003, de 11/7

Decreto-Lei n.º 147/2003, de 11/7 Regime dos Bens em Circulação (RBC) Decreto-Lei n.º 47/003, de /7 Alterado pelo Decreto-Lei n.º 98/0, de 4/8 Alterado pela Lei n.º 66-B/0 - OE/03 Regulamentado pela Portaria n.º 6/03, de 3/4 Quadro Síntese

Leia mais

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade O início do exercício de atividade, com a entrega/ submissão da respetiva declaração de início de atividade, é um momento de crucial importância para o estabelecimento de um clima de maior confiança entre

Leia mais

NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO

NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO Sessão de esclarecimento para associações 1 2 Ofício n.º 30141 de 4 de Janeiro de 2013 da Direção de Serviços do IVA Novas Regras de Faturação Instruções complementares ao Ofício-Circulado

Leia mais

Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo

Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo PHC Suporte CS DESCRITIVO O PHC Suporte CS permite a qualquer empresa com assistência a clientes pós-venda, gerir todo o seu parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance e produtividade

Leia mais

Obrigação de comunicação à AT

Obrigação de comunicação à AT Obrigação de comunicação à AT Perguntas e respostas sobre o impacto das novas regras de comunicação à AT nas empresas Page 2 of 10 Introdução A Publicação do Decreto-Lei nº 197/2012, de 24 de agosto introduz

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013. Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05)

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013. Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05) INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 22/2013 Regime de caixa de IVA (DL 71/2013, 30.05) Índice 1.Âmbito... 1 2.Opção pelo regime - permanência e saída por opção do mesmo... 1 2.1.Opção pelo regime em 2013... 1 2.2.

Leia mais

Os rendimentos prediais em sede de IRS e. os recibos de renda eletrónicos

Os rendimentos prediais em sede de IRS e. os recibos de renda eletrónicos Os rendimentos prediais em sede de IRS e os recibos de renda eletrónicos A reforma do IRS, aprovada pela Lei n.º 82-E/2014, de 31 de dezembro, instituiu no artigo 115.º do Código do IRS a obrigatoriedade

Leia mais