Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV v1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1"

Transcrição

1 Documento de actualização funcional Refª JURI-DEV v1 21 de Dezembro de 2012

2 Índice 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT Sobre a Certificação Novas regras para envio de ficheiro certificado para a AT Activar Validação SAF-PT no JuriGest Server Passo 1 Activar a validação SAF-T PT no JuriGest Server Passo 2 Definir parâmetros para SAF-T PT Passo 3 Validar SAF-T PT Passo 4 Realizar a exportação do ficheiro SAF-T PT Passo 5 Assistente de exportação Passo 6 Utilitário de exportação Passo 7 Validação na Aplicação de Validação Local da AT Novas funcionalidades desta versão... 14

3 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT 1.1 Sobre a Certificação O JuriGest exporta o ficheiro SAFT-PT de acordo com a legislação aplicável desde 2008 (Portaria 321-A/2007). Em 2010 o JuriGest foi também certificado pela Autoridade Tributária (AT) ao abrigo da alteração legislativa da Portaria 1192/2009 que especificou as regras da certificação. O produto está certificado com o nº de série: Novas regras para envio de ficheiro certificado para a AT De acordo com a legislação emitida pelo Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto, o ficheiro SAFT- PT gerado pelo JuriGest deverá ser remetido para a AT até ao dia 8 do mês seguinte ao período a reportar. Através desta nova legislação a AT procedeu a alguns esclarecimentos no seu portal que aqui são transcritos: Os elementos da fatura emitida devem ser comunicados à AT, por uma das seguintes vias: - Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT; - Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças; - Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças; Da informação transmitida, serão registados os elementos identificativos dos intervenientes bem como os valores globais da transmissão de bens ou prestação de serviços e do IVA faturado. Seguidamente, descreve-se o circuito de procedimentos para comunicação pelos emitentes dos dados das facturas.

4 1. Procedimento de Comunicação das Faturas Emitidas por transmissão electrónica em tempo real (via webservice) A comunicação por esta via deve ser efectuada através de webservice cuja definição se encontra em: Em anexo encontra-se informação complementar sobre a estrutura deste serviço e um exemplo das componentes do header de segurança. 2. Procedimento de Comunicação das Faturas Emitidas por SAF-T (PT) 2. a) Extração do Ficheiro SAF-T (PT) No momento ou após a transmissão do bem/prestação do serviço, o fornecedor emite a fatura respeitando as regras legais vigentes. No início do mês seguinte, o agente económico extrai do seu sistema de faturação o ficheiro SAF-T (PT) para o efeito de comunicação à AT das faturas emitidas no mês anterior. O ficheiro xml para este efeito deve conter as seguintes tabelas do SAF-T (PT): Cabeçalho (Header); Tabela de Clientes (Customer); Tabela de Impostos (TaxTable); Documentos Comerciais de Clientes (SalesInvoice). O ficheiro apenas deve conter os Documentos Comerciais com data movimento do período em extração. Numa situação de grande volume de faturas emitidas, a extração e envio poderá ser fracionada em períodos mais curtos. Até data a determinar, e para facilitar os sujeitos que emitem um volume não muito grande de faturas, serão aceites ficheiros SAF-T (PT) de faturação extraídos de forma integral (nos termos do n.º 1 do Anexo à Portaria n. 1192/2009, de 8 de Outubro), ou seja ficheiros com mais tabelas que as atrás referidas. 2. b) Upload do Ficheiro SAF-T (PT) extraído

5 Na posse do ficheiro extraído, o agente económico acede ao Portal das Finanças e: - Autentica-se no Portal das Finanças com NIF e senha de acesso; - Escolhe a opção de entrega de elementos de faturas; - Dentro da opção anterior escolhe a acção de Ficheiro SAF-T (PT); - Ao escolher esta opção é-lhe disponibilizada uma janela para indicação do ficheiro a comunicar (unidade, caminho-da-diretoria-onde-está-guardado e nome.xml); note-se que a extensão do ficheiro será obrigatoriamente.xml. - Após escolha do ficheiro é desencadeado automaticamente um processo de prévalidação do ficheiro extraído; - Se a pré-validação considerar que a estrutura do ficheiro é válida, é apresentado um resumo estatístico do seu conteúdo e disponibilizada a opção de Submissão; - Ao ser confirmado o ato de Submeter, o ficheiro é transmitido para a AT, por upload. Após a transmissão é retornada a mensagem de submissão com sucesso. Posteriormente, o ficheiro será processado pela AT e, se o conteúdo for válido, desse ficheiro serão extraídos os elementos sumários das faturas, que serão integrados na base de dados de faturas para os efeitos determinados na lei. Para seguimento do tratamento do ficheiro comunicado, o agente terá disponível uma opção de consulta aos ficheiros SAF-T (PT) por ele submetidos à AT. Sempre que comunique um ficheiro, o emissor deverá posteriormente aceder a essa consulta e verificar se o ficheiro foi Integrado com Sucesso. Os outros estados previstos são: Pendente (quando ainda espera tratamento), Rejeitado (quando se detectou um problema a nível de conteúdo que impediu o respectivo processamento) e Integrado Parcialmente (quando só parte da informação difere da enviada anteriormente por este ou outro meio). 3. Procedimento de Comunicação das Faturas Emitidas por registo directo no Portal das Finanças A comunicação por esta via pode ser utilizada pelos agentes económicos que apenas emitam uma quantidade reduzida de faturas através da digitação de todos os dados relevantes, no Portal das Finanças. No caso do JuriGest é aplicável o método mencionado no ponto 2 relativamente à exportação e upload do ficheiro SAFT-PT no formato XML.

6 1.3 Activar Validação SAF-PT no JuriGest Server Para executar uma validação integral do conteúdo da base de dados antes de fazer a primeira exportação, o JuriGest Server está preparado para validar os elementos inseridos em base de dados de acordo com as regras SAFT-PT de modo a diminuir qualquer hipótese de rejeição futura da validação central dos dados remetidos. Para utilizar o mecanismo de exportação, deve seguir os passos seguintes: Passo 1 Activar a validação SAF-T PT no JuriGest Server Para activar a validação SAF-T PT, deve abrir o JuriGest Server e aceder ao menú Opções, seleccionando Definições Gerais. Nas definições gerais deverão ficar marcadas (seleccionadas) as opções: 15 Definições Gerais de Facturação 36 Validação SAF-T PT

7 Passo 2 Definir parâmetros para SAF-T PT O conjunto de parâmetros que permitem a validação SAF-T PT estão disponíveis também nas Definições Gerais do JuriGest Server. Assim, acedendo às Definições Gerais, deve em seguida ser seleccionado o separador Facturação. Nesse separador terá que definir: Tipo de Organização: Escritório / Sociedade / Departamento Jurídico / Outro Espaço fiscal: Continente / Madeira / Açores / Outro Se nada for definido, o sistema assumirá automaticamente os parâmetros Escritório e Continente.

8 Passo 3 Validar SAF-T PT O recurso à validação explícita disponível no JuriGest Server pemite executar uma verificação sobre a base de dados de modo a confirmar que tudo está conforme, de acordo com a norma. A validação é executada sobre toda a base de dados mas a validação exaustiva de acordo com a norma só decorre para todos os documentos gerados desde 1 de Janeiro de Para executar a validação, no JuriGest Server, seleccionar o menú Opções, sub-menú Optimize e em seguida Validação SAF-T PT Se após a validação aparecer uma caixa de avisos (como a indicada em seguida), o utilizador deve resolver todos os avisos e em seguida repetir este comando de validação. Nota:neste exemplo de aviso o utilizador deve abrir a ficha de cliente correspondente ao Recibo nº 60 e preencher o campo <PAÍS> Se após a execução da operação de validação aparecer uma mensagem de execução com sucesso (ver mensagem completa mais abaixo), então a base de dados está actualizada com a norma SAF-T PT e a opção de menú desaparece, não voltando a ser necessária. A partir desse momento aparecerá a opção disponível para realizar a exportação no menú de Facturação do JuriGest.

9 Passo 4 Realizar a exportação do ficheiro SAF-T PT A capacidade de exportação do ficheiro SAF-T PT só está disponível para utilizadores Administradores de Sistema, Séniores e Partners. Para exportar o ficheiro, deve-se entrar no JuriGest, aceder ao menú Facturação e seleccionar a opção Exportação SAF-T PT. Em seguida surgirá o assistente de exportação que representa o passo seguinte da exportação.

10 Passo 5 Assistente de exportação Ao seleccionar do menú facturação a opção para exportar o ficheiro SAF-T PT será apresentada a lista de ficheiros anteriormente exportados e em base de dados. Essa lista contém os atributos essenciais da exportação, nomeadamente em relação à data da sua criação ao período a que se refere e os valores totais dos documentos que exportou. Para fazer uma nova exportação deve premir o botão Exportar novo ficheiro SAF-T PT>> Deve ler atentamente as indicações deste ecrã antes de prosseguir e, ao premir o botão indicado, surgirá o utilitário de exportação. O assistente de exportação permite também fazer a gestão dos ficheiros exportados, de modo a realizar uma cópia para Meus Documentos (My Documents) e localizar rapidamente essa pasta. Pode também ser apagado o último ficheiro gerado de modo a fazer as correcções de validação necessárias e em seguida voltar a iniciar todo o procedimento de exportação.

11 Passo 6 Utilitário de exportação O utilitário de exportação pede apenas 3 elementos essenciais: o período de exportação a que se refere (normalmente será o mês findo ou transacto) o local da exportação (será recomendável manter a sugestão automática porque posteriormente o assistente de exportação permite copiar o ficheiro para outro local) a última parte do nome a dar ao ficheiro Período da exportação (tipicamente representará 1 mês) Seleccionar a pasta destino da exportação Nome parcial do ficheiro XML a exportar e enviar (recomenda-se que haja alguma identificação do escritório/sociedade por iniciais sem recorrer a caracteres especiais ou espaços) Ao premir o botão exportar, será desencadeada a exportação e será criado o ficheiro, ou aparecerá uma mensagem contendo os erros identificados na exportação e que terão que ser corrigidos em sistema (à semelhança do exemplo dado anteriormente no ponto 1.3.3). Quando esta mensagem surgir, poderá premir OK e em seguida será automaticamente aberta a pasta do disco (ou da rede) em que o ficheiro foi criado. ATENÇÃO: A exportação não termina com a criação do ficheiro. Em seguida deverá realizar o envio do ficheiro para o portal das Finanças, de acordo com as instruções anteriores deste documento cedidas pela AT.

12 Passo 7 Validação na Aplicação de Validação Local da AT A AT disponibiliza uma Aplicação de Validação Local que pode ser utilizada para validar o ficheiro exportado antes da sua submissão no portal das Finanças. Estando essa aplicação instalada no computador, deverá executá-la. Seleccionar Ficheiro O primeiro passo será premir o botão Seleccionar Ficheiro e localizar o ficheiro exportado pelo JuriGest no passo anterior. Validar Depois de ter seleccionado o ficheiro, deverá premir o botão Validar. Se a aplicação detectar erros de validação, apresentará a sua lista e o utilizador deverá rectificar de modo apropriado novamente no JuriGest os campos identificados como não estando em conformidade.

13 Quando a aplicação de validação evidenciar que o ficheiro está correcto, então poderá submeter o ficheiro no portal das Finanças.

14 2 Novas funcionalidades desta versão Criados alertas na gravação das Notas de Despesas e Honorários para a selecção de motivo de Isenção do IVA mas não associado às observações para impressão. Adicionada validação de nº de caracteres permitido nos campos a quando da gravação do pedido de provisão. Alterado método para gestão de informação dos processos para que uma tarefa possa apenas ser despoletada depois de concluida a anterior, evitando desta forma o erro de término do programa. Adicionado o nome ao mapa de pagamentos pendentes, à coluna cliente e advogado responsável do mesmo. Alterada lista de facturas para mostrar o numero do primeiro recibo associado à factura mas que não esteja anulado. Alterada Nota de Crédito para quando se associa uma factura seja da responsabilidade do utilizador a associação dos valores, balizando apenas os totais. Workflow permite agora configuração por utilizador, de modo a só activar o Gestor de Actividades para os utilizadores pretendidos

Comunicação das Faturas à AT para cumprimento do disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto

Comunicação das Faturas à AT para cumprimento do disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto 13-11-2012 Comunicação das Faturas à AT para cumprimento do disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto 0. Introdução Os elementos da fatura emitida devem ser comunicados à AT, por uma das seguintes

Leia mais

1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3

1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3 1. Introdução... 3 2. Principais pontos de Impacto das novas imposições Legais para 2013:... 3 3. Alterações por imposição legal ao funcionamento da aplicação WINOPT:... 3 3.1. Alertas / Avisos... 3 3.2.

Leia mais

Actualização. Versão 5.3.1

Actualização. Versão 5.3.1 Actualização Versão 5.3.1 Janeiro 2011 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL 1 Índice 2 Facturação Certificada Conformidade de procedimentos... 4 2.1 Documentos Certificados...

Leia mais

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL Versão: 1.0 Data: 05-06-2009 Índice Acesso e estados dos Formulários... 3 Escolha do Formulário e submissão... 4 Bases para a navegação

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos

Disponibilização da v4.12 do ETPOS, alterações e procedimentos Introdução... 3 Comunicação dos elementos dos documentos de transporte... 3 Licenciamento via sms... 4 Configuração do ETPOS... 5 Dados para autenticação no Portal da AT... 5 Criação de uma nova série

Leia mais

Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte:

Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte: Certificação de software para a emissão de Documentos de Transporte: A 1 de Julho de 2013 entraram em vigor as novas regras para os Documentos de Transporte. Passa a ser obrigatório a comunicação, de todos

Leia mais

Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento

Obrigatoriedade de Comunicação SAFT-PT Questões Mais Frequentes Lista de Questões neste documento Lista de Questões neste documento Q#1: O que é o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#2: Que informação contém o ficheiro SAFT-PT?... 2 Q#3: No Sifarma2000 que dados têm de estar obrigatoriamente preenchidos para

Leia mais

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30 Aplicação da Qualidade Versão 1 2006-05-30 Índice 1. Introdução 2. Acesso à Aplicação 3. Menu principal 3.1. Processo 3.1.1. Registo da Ocorrência - Fase 1 3.1.2. Análise das Causas - Fase 2 3.1.3. Acção

Leia mais

Quando extrair o ficheiro SAFT

Quando extrair o ficheiro SAFT Conheça o seu ficheiro SAFT Quando extrair o ficheiro SAFT A partir de Janeiro de 2014 muitas empresas que não eram obrigadas a utilizar software de faturação certificado passaram a ser, tendo assim de

Leia mais

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE

GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE GIAE VERSÃO 2.1.1 28 JUNHO DE 2011 MUITO IMPORTANTE Devido a um bug detectado no motor da base de dados, situação agora corrigida pelo fabricante, esta nova actualização do GIAE é disponibilizada numa

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE 2 ÍNDICE ADSE Direta... 4 Serviços Disponíveis... 6 Atividade Convencionada... 7 Atualizar/Propor Locais de Prestação... 9 Propor Novo

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada O SAFT 2013 1) Faturação simplificada Existe agora uma série com descrição FS. Esta série foi adicionada automaticamente com a versão 2.4.3.0 do SoftManagement, para que, possa ser utilizada em atividades

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SVA PARA VALIDAÇÃO E TRANSMISSÃO DE ARQUIVOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Instrução Normativa RFB nº 1.452, de 21 de fevereiro de 2014 Ato Declaratório Executivo nº 21, de

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650 Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650...1 3. SELECCIONAR

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: Reunir informação: Para o correcto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os

Leia mais

Janeiro 2013 v1.2/dbg

Janeiro 2013 v1.2/dbg DBGEP Alteraço es para 2013 Janeiro 2013 v1.2/dbg Introdução... 3 Faturação... 4 Alterações legislativas... 4 Alterações no software... 5 A Subsídios e Propinas... 5 F - Faturação... 7 Processamento de

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Manual Upgrade para a Versão 6

Manual Upgrade para a Versão 6 Manual Upgrade para a Versão 6 Gabinete de Manutenção Informática Unipessoal, Lda. Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 Fax. 21 274 34 43 www.gmi.co.pt * geral@gmi.mail.pt -1- Conteúdo

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto. AQs (Frequently Asked Questions)

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto. AQs (Frequently Asked Questions) PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto AQs (Frequently Asked Questions) Como Instalar/Atualizar a nova versão 6.40 do PRIMAVERA EXPRESS (Saf-T PT 2010)? Para atualizar a versão que tem no seu computador,

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

IFFIRE. Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas. tel +351 227 459 324 fax +351 227 459 006

IFFIRE. Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas. tel +351 227 459 324 fax +351 227 459 006 IFFIRE Instruções para envio de ficheiro SAFT-PT versão 1.0 Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas tel +351 227 459 324 fax +351 227 459 006 info@ifthensoftware.com suporte@ifthensoftware.com

Leia mais

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano ÍNDICE PASSAGEM DE DADOS / FECHO DE ANO... 1 Objectivo da função... 1 Antes de efectuar a Passagem de dados / Fecho de Ano... 1 Cópia de segurança da base de

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

FAQ s ELEVATION Express

FAQ s ELEVATION Express FAQ s ELEVATION Express PRIMAVERA Business Software Solutions Contents FAQ s... 3 2 FAQ s 1. Como configurar Motivos de Isenção Diferentes por artigo na mesma FA? 1º Criar novos Tipos de Imposto para cada

Leia mais

MANUAL DA TRANSFERÊNCIA ELECTRÓNICA DE DADOS

MANUAL DA TRANSFERÊNCIA ELECTRÓNICA DE DADOS MANUAL DA TRANSFERÊNCIA ELECTRÓNICA DE DADOS O relacionamento com os prestadores convencionados tem vindo a sustentar-se na utilização de transferências electrónicas de dados (TED) que permitem alterar

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR VERSÃO DATA DESCRIÇÃO AUTOR 1.0 24-10-2008 VERSÃO INICAL LÍDIA AGOSTINHO 1.1 20-11-2008 ACTUALIZAÇÃO DE ECRANS LÍDIA AGOSTINHO

Leia mais

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda.

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda. 1 P á g i n a Procedimentos Inventário AT 2014 Software Olisoft-SIG.2014 Verificar Versão dos Módulos Instalados Em primeiro lugar deveremos verificar se o programa SIG está actualizado. Esta nova rotina

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte.

Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte. Comunicação documentos de transporte Gestix 5.0 Depois de instalado o software Gestix 5.0 Certificado AT o sistema fica pronto para comunicar as guias de transporte. É Facil e rapido. Comunicação dos Documentos

Leia mais

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013)

Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Comunicação de Documentos de Transporte à AT (portaria 161/2013) Este documento pretende explicar de forma sucinta como fazer a parametrização do software Primavera para o envio dos Documentos de Transporte.

Leia mais

Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap

Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap Pré-Analisador SAFT-PT EnterpriseSnap Tendo em conta que a grande maioria das aplicações Enterprisesnap contém dados com anos de histórico e existindo hoje regras de obrigatoriedade que não se aplicavam

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização Internet Update de PaintManager TM Manual de instalação e utilização do programa de actualização ÍNDICE O que é o programa Internet Update? 3 Como se instala e executa o programa? 3 Aceder ao programa

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores MANUAL DE PROCEDIMENTOS Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores Ecopilhas Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda. JUNHO 2011 Índice 1. Início do Registo de Produtor de Pilhas

Leia mais

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Manual de utilização Inventários Inventários Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 * Fax. 21 274 34 43 Geral: geral@gmi.mail.pt Assistência:

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

Projecto de Implementação da. Modelo 11

Projecto de Implementação da. Modelo 11 Projecto de Implementação da Reforma da Tributação do Património Modelo 11 MANUAL DO UTILIZADOR VERSÃO 1.0 DGITA Lisboa, 2004 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 1.1 Principais Funcionalidades da Aplicação...2 1.2

Leia mais

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software Comunicação documentos de transporte AT via Webservice 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software I. Índice I. Índice... 1 II. Introdução... 2 III. Configuração de documentos de transporte...

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

Manual de instruções BIOMUDA

Manual de instruções BIOMUDA Manual de instruções BIOMUDA Helder Cardoso Introdução Instalação 2 Introdução O programa Biomuda, gentilmente cedido pelo Instituto Catalão de Ornitologia (ICO) e adaptado para Português, é uma ferramenta

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 2 Departamento de Segurança Privada Março de 2014 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 2. (Março de 2014)

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura Para o correto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os seguintes documentos,

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

Obter Recibos Electrónicos

Obter Recibos Electrónicos Obter Recibos Electrónicos Início > Os seus serviços > Obter > Recibos verdes electrónicos>emitir Início > Os seus serviços > Obter > Recibos verdes electrónicos>emitir Recibo Acto isolado Início > Os

Leia mais

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Este documento deve ser impresso e lido com atenção, preferencialmente, na presença do contabilista da sua empresa. Caso subsistam dúvidas após a sua

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE

REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE REGIME DE BENS EM CIRCULAÇÃO DOCUMENTOS DE TRANSPORTE Novas Obrigações de Emissão e Comunicação, a partir de 1/julho/2013 - FICHA INFORMATIVA - Junho.2013 Os Decretos-Lei 198/2012, de 24 de Agosto, e a

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

Actualização. Versão 5.1.22

Actualização. Versão 5.1.22 Actualização Versão 5.1.22 Março 2009 2 JURINFOR Av. Engº Duarte Pacheco, 19 9º - 1099-086 LISBOA PORTUGAL Introdução Este documento descreve as características principais adicionadas ao JURINFOR JuriGest.

Leia mais

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Pressupostos introdutórios 3 Descrição da tarefa 4 Autenticação/Login 4 Página de entrada 4 Criar um novo evento 5 Colocar um evento em destaque

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO MANUAL DO UTILIZADOR 1 RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES E DE DESEMPENHO MANUAL DO UTILIZADOR

Leia mais

CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230

CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230 CONTABILIDADE GERAL e GESTÃO PREVISIONAL PARA ESNL Versões 5.220/5.230 Para as Entidades até agora classificadas como IPSS utilizadoras da Aplicação de Contabilidade PMR, vimos disponibilizar a passagem

Leia mais

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Direccionado para as escolas www.estagiostic.gov.pt Índice 1. Objectivo da Plataforma... 2 2. Acesso restrito... 2 3. Perfis... 2 3.1. O administrador...

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte

Gestix 5.0. Enquadramento. Comunicação documentos de transporte Comunicação documentos de transporte Enquadramento De acordo com o disposto no Decreto-Lei n.º 198/2012 de 24 de agosto, os sujeitos passivos de IVA têm de comunicar os documentos de transporte emitidos

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

Manual de utilizador

Manual de utilizador Manual de utilizador Índice Introdução... 1 NOTAS IMPORTANTES... 1 Declarações Legais... 3 Instalação e Configuração... 5 Requisitos do Sistema... 5 Instalação... 5 Activação... 7 Actualização Automática...

Leia mais

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos:

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos: Introdução O novo regime de bens em circulação entrará em vigor no dia 1 de julho de 2013. A Portaria nº 161/2013, publicada a 23 de abril no Diário da República, veio regulamentar o modo de cumprimento

Leia mais

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Assiduidade para Calendários Específicos Junho 2010 Versão 6.0-2010 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 4 2 ECRÃ ELIMINADO 4 3 NOVOS

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Serviço Carta-Cheque. Adesão e Utilização no portal http://corp.millenniumbcp.pt

Serviço Carta-Cheque. Adesão e Utilização no portal http://corp.millenniumbcp.pt Serviço Carta-Cheque Adesão e Utilização no portal http://corp.millenniumbcp.pt Serviço Carta-Cheque A A adesão ao Serviço A adesão ao Serviço de Carta Cheque em 1. Aceder a Pagamentos / Carta Cheque 2.

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Nota: Na versão Elite, certifique-se antes da realização da Organização de Ficheiros que nenhum utilizador/posto se encontra dentro da aplicação.

Nota: Na versão Elite, certifique-se antes da realização da Organização de Ficheiros que nenhum utilizador/posto se encontra dentro da aplicação. As instruções dadas neste documento referem-se à Linha Elite do Factuplus, no entanto, os procedimentos são iguais na linha Profissional, mudando apenas o número da opção. COMO ACTUALIZAR O FACTUPLUS??-

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Actualização. Versão 5.1.36

Actualização. Versão 5.1.36 Actualização Versão 5.1.36 Julho 2009 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL Introdução Este documento descreve as características principais adicionadas ao JURINFOR JuriGest.

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Novas regras de Facturação para 2013

Novas regras de Facturação para 2013 Novas regras de Facturação para 2013 Este documento pretende explicar de forma sucinta as Novas regras de Facturação e de Comunicação da Facturação, aprovadas pelos Decreto-Lei n.º 197/2012 e n.º 198/2012,

Leia mais

Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior. Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS

Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior. Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS Banco de Portugal Comunicação de Operações e Posições com o Exterior Formador: Tiago Nunes OTIMIZAMOS NEGÓCIOS SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel. 214 585 700

Leia mais

CSSnet - candidaturas on-line

CSSnet - candidaturas on-line CSSnet - candidaturas on-line Passamos a apresentar, os passos que deverá seguir para realizar a sua candidatura on-line, chamando a atenção para alguns aspetos a ter em conta. Leia, atentamente, todas

Leia mais

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação -

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. - Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica Novembro de 2013 1/24 ÍNDICE ÍNDICE...

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO Índice 1. INTRODUÇÃO... 5 1.1. Considerações Gerais... 5 1.2. Portal do IFAP... 6 1.3. Acesso à aplicação...11

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR)

DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) COPE - Configuração e Recolha de Informação (COMUNICAÇÃO DE OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM O EXTERIOR) Versão 1.0 abril de 2013 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Configurações Gerais... 4 Administrador...4

Leia mais

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador Acronis Servidor de Licença Manual do Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Descrição geral... 3 1.2 Política de licenças... 3 2. SISTEMAS OPERATIVOS SUPORTADOS... 4 3. INSTALAR O SERVIDOR DE LICENÇA

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

Manual de Utilização. GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015. Versão 4.0

Manual de Utilização. GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015. Versão 4.0 Manual de Utilização GESTOR DE METADADOS DOS AÇORES (GeMA) Setembro de 2015 Versão 4.0 FICHA TÉCNICA TÍTULO: Manual de Utilização do Gestor de Metadados dos Açores (GeMA) AUTORIA: Grupo de Trabalho INSPIRE

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS Este documento destina-se a apoiar os serviços processadores na elaboração dos protocolos dos documentos de despesa em

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O NOKIA MODEM OPTIONS...1 3. LIGAR O NOKIA 6600

Leia mais

TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de pedidos Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 30 de novembro de 2014 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito Escrita Digital, S.A.

Leia mais