Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A."

Transcrição

1 WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

2 2 WinREST Sensor Log

3 Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log Instalação (aplicação ou serviço) Licenciamento Ficheiros (Interface) Principal Transceiver Sensores Características do Sensor TL Áreas Relatórios Sensores - Log Sensores Gráficos Sensores - Valores Ferramentas Exportar dados dos sensores Definições Configurações Temas Exportar SMS Servidor Relatórios Linguagens

4 Manual do WinREST Sensor Log Versão: Nº de Actualizações: 1 4

5 1. WinREST Sensor Log O Sensor Log é uma aplicação para monitorizar as medições efectuadas pelos Sensores TLH (temperatura, luminosidade e humidade) instalados no estabelecimento. Com a certificação HACCP o controlo das temperaturas das arcas é essencial, e com o Sensor Log pode automatizar os registos do tipo de controlo monitorizado, gravando as leituras para uma base de dados, onde pode consultar as variações de temperatura e ser alertado quando um determinado equipamento estiver fora dos parâmetros estabelecidos. Características: Gestão dos sensores PIE associados à loja Especificação das características dos sensores, nomeadamente os limites inferior e superior para cada tipo de medida. Visualização online dos sensores a transmitir dados Visualização de um gráfico com os valores mais recentes de determinada medida Visualização de dados guardados na Base de Dados, especificando as datas, o sensor e o tipo de medida que se pretende visualizar Execução de relatórios que permite a visualização dos dados adquiridos Execução dos relatórios referidos no ponto anterior a partir da web Exportação de registos de medições dos sensores para o WinREST HACCP 5

6 Avisos por SMS e quando algum dos sensores está fora dos limites estabelecidos Possibilidade de execução da aplicação como serviço 1.1. Instalação (aplicação ou serviço) Para a instalação do WinREST Sensor Log deve executar o ficheiro SensorLog.exe fornecido para a sua instalação, e seguir os vários passos, tendo em consideração toda a informação que lhe será fornecida durante a mesma. Informação essa que lhe ajudará na instalação correcta da aplicação. Este setup de instalação cria um atalho para a aplicação, no submenu Programas do Menu Iniciar Licenciamento Para licenciar do WinREST Sensor Log, terá que pedir o licenciamento ao Distribuidor. Para efectuar o licenciamento do WinREST Sensor Log, deve colocar o ficheiro de licenciamento (sensorlog.lic), no mesmo directório onde foi colocado o executável da aplicação. NOTA: O nome do ficheiro de licenciamento terá de se chamar mesmo sensorlog.lic. 6

7 Ficheiros 2. Ficheiros Neste menu podemos encontrar todas as opções para configuração do WinREST Sensor Log, desde o Transceiver, os sensores e as respectivas áreas as do estabelecimento (Interface) Principal O interface do WinREST Sensor Log é bastante reduzido, contendo apenas as secções necessárias para a sua utilização. Monitorização de alertas: Nesta secção aparecem apenas os avisos acerca do estado equipamento e os alertas para determinados sensores que saiam dos padrões definidos para cada um deles. Consulta do histórico de leituras: Nesta secção é possível consultar as leituras gravadas na base de dados. De salientar que nesta secção não aparecem as leituras on-line. As leituras não são gravadas constantemente na base de dados, por isso podem faltar os valores correspondentes 7

8 aos últimos 30 minutos, mas através da selecção dos parâmetros é possível saber quais foram as leituras efectuadas num determinado período. Parâmetros a seleccionar para consulta: Sensores Medidas (Temperatura, luminosidade, humidade) Data inicial Data final Consultas das leituras on-line: Nesta secção é onde aparecem os dados on-line. Deve seleccionar com as linhas dos sensores que pretende monitorizar e para ter acesso ao gráfico, deve seleccionar a coluna da unidade de medida pretendida. Este gráfico apresenta um intervalo de uma hora de leituras. A janela principal apresenta 2 ícones no canto superior direito: Este ícone mostra o estado da base de dados (ligada - desligada) Este ícone mostra o estado do Transceiver (ligado - desligado). Tem ainda a particularidade de funcionar como atalho para a janela de configuração do Transceiver, podendo então ligar ou desligar o Transceiver alterando assim o seu estado. 8

9 Ficheiros A barra do WinREST tem o Esc como função, fazendo com que feche as janelas que estejam abertas voltando assim ao ecrã principal de monitorização. Esta função é executada zona vazia da barra, ou seja, fora do ícone da PIE e da designação da aplicação Transceiver Para aceder a esta janela deve abrir o menu Ficheiros... Transceiver. Nesta janela é possível proceder à configuração do Transceiver e a sua respectiva actualização. Deve começar por definir a Porta onde está instalado o Transceiver e o respectivo BaudRate: Prima este botão após terminar a configuração (ligar o Transceiver para começar a receber os dados). o ter ligado. Prima este botão para testar a comunicação com o Transceiver após 9

10 Prima neste botão para enviar a lista de sensores para o Transceiver. Ao criar os sensores a lista é actualizada no Transceiver, mas esta função serve principalmente para situações em que se troca o Transceiver e é necessário actualizar a lista de sensores no dispositivo. Prima este botão se a instalação do WinREST Sensor Log possuir um novo firmware, e se receber esse indicação por parte dos serviços técnicos, procedendo assim à actualização do Transceiver 2.3. Sensores Para aceder a esta janela deve abrir o menu Ficheiros... Sensores. Nesta janela pode criar a lista de sensores existentes, mas antes deve definir as áreas onde estes deverão estar instalados. Para proceder à edição dos sensores deve utilizar as várias opções da barra de ferramentas: 10

11 Ficheiros Prima este botão para inserir um novo sensor. Prima este botão para eliminar o sensor seleccionado. Prima este botão para editar o sensor seleccionado. Prima este botão se por acaso existir mais do que uma pessoa a editar os sensores e assim poder ficar com a lista actualizada. A janela para criar e editar sensores é idêntica e possui os seguintes campos: Sensor Designação do sensor. Sensor ID Código de identificação do sensor. Para preencher este campo, coloque o cursor neste campo e de seguida prima o botão do sensor para que o código interno seja enviado, e o campo ficará automaticamente preenchido. Série Preencher neste campo o número de série do sensor. Frequência Definir o número de frequências de leituras diárias pretendidas. O Sensor Log receberá várias leituras mas para efeito de relatórios convém especificar o número de leituras pretendidas. Área Seleccionar em que área o sensor em questão será colocado. Temperatura No caso do leitor proceder à monitorização de temperaturas, deve activar este campo e proceder à especificação dos parâmetros mínimos e máximos para que possa receber posteriormente os alertas quando as medições saírem dos valores estabelecidos. Luz No caso do leitor proceder à monitorização da luminosidade, deve activar este campo e proceder à especificação dos parâmetros mínimos e máximos para que possa 11

12 receber posteriormente os alertas quando as medições saírem dos valores estabelecidos. Humidade No caso do leitor proceder à monitorização da humidade, deve activar este campo e proceder à especificação dos parâmetros mínimos e máximos para que possa receber posteriormente os alertas quando as medições saírem dos valores estabelecidos. Desactivado Se um determinado sensor estiver fora de utilização, mas não definitivamente eliminado, então deve activar este campo para o desactivar temporariamente Características do Sensor TL O Sensor TL é um produto desenvolvido pelo GrupoPIE cujo objectivo é a medição de dois tipos de medida: Temperatura Luminosidade. Além destas duas medidas, existe também a versão que possui a capacidade de medir a humidade. As gamas de medição são as seguintes: Temperatura: ºC Luminosidade: lux Humidade: % Os modos de funcionamento do sensor, de acordo com as cores, são os seguintes: Vermelho: Desligado. Não existem medições, nem emissões rádio. Verde e Amarelo: Modos normal e teste. Medições e emissões rádio efectuadas 4 a 8 vezes por minuto para o modo Verde e cerca de 30 vezes por minuto para o modo Amarelo. Azul e Rosa: Normal e teste de alta potência. Semelhantes aos modos Verde e Amarelo, mas em alta potência. 12

13 Ficheiros Nota: Prima o botão do sensor para alterar o estado. O Vermelho desliga o sensor e é a cor que fica acesa durante mais tempo, para ser perceptível que o dispositivo vai ser desligado Áreas Para aceder a esta janela deve abrir o menu Ficheiros... Áreas. Nesta janela é possível configurar as várias áreas do estabelecimento que o Sensor Log estará a monitorizar. Esta informação é basicamente necessária para quem faz a exportação dos dados para o WinREST HACCP, dado que este precisa desta informação. Para proceder à edição das áreas deve utilizar as várias opções da barra de ferramentas: Prima este botão para inserir uma nova área. Prima este botão para eliminar a área seleccionada. Prima este botão para editar a área seleccionada. 13

14 Prima este botão se por acaso existir mais do que uma pessoa a editar as áreas e assim poder ficar com a lista actualizada. A edição dos registos é feita directamente na grelha e deve apenas definir uma Designação e se está ou não Eliminado. Ao eliminar uma determinada área esta deixa de ser exportada para o WinREST HACCP. 14

15 Relatórios 3. Relatórios Neste menu pode consultar os vários relatórios existentes: Sensores Log Sensores Gráficos Sensores Valores 3.1. Sensores - Log Para aceder a este relatório deve abrir o menu Relatórios... Sensores log. Este relatório apresenta as leituras efectuadas por intervalos de 15 minutos. RSSI (Received Signal Strength Indication) Quanto mais baixo for este valor pior está o sinal recebido. Se o valor for muito baixo poderá ser necessário trocar o sensor ou o Transceiver de sítio. Medidas Indicação das unidades de medida listada. Valor Valor médio das medições efectuadas no intervalo dos 15 minutos. Nº Medidas Numero de medidas efectuadas para calcular o valor. Min. Especificação do valor mínimo permitido. 15

16 Max. Especificação do valor máximo permitido Sensores Gráficos Para aceder a este relatório deve abrir o menu Relatórios... Sensores Gráficos. Este relatório apresenta o gráfico das leituras efectuadas pelos sensores seleccionados nos parâmetros, mas como o gráfico por não ser muito perceptível, as paginas que antecedem a página do gráfico apresenta os valores que são graficamente reapresentados na última página Sensores - Valores Para aceder a este relatório deve abrir o menu Relatórios... Sensores Valores. Este relatório apresenta os valores das leituras para uma determinada unidade de medida, tendo em consideração a frequência de leituras estabelecidas para cada um dos sensores. 16

17 Relatórios 17

18 4. Ferramentas Este menu serve apenas para proceder à exportação de dados Exportar dados dos sensores Para aceder a esta opção deve abrir o menu Ferramentas... Exportar dados dos sensores. A exportação de dados dos sensores serve para enviar as leituras efectuadas para o WinREST HACCP. Deve seleccionar o intervalo de datas que pretende exportar e premir em OK. Será exportado um ficheiro por cada dia de registos. Nota: De salientar que antes de proceder à exportação dos dados deve aceder ao menu Definições Configurações Exportar e proceder à configuração do directório de exportação e respectiva zona. 18

19 Definições 5. Definições Neste menu é possível actualizar as definições gerais do Sensor Log assim como as suas configurações Configurações Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações. Nesta opção é possível proceder às várias configurações do Sensor Log, desde o aspecto visual, até aos vários modos de exportação de informação Temas Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações Temas. Esta janela é utilizada para configurar o aspecto visual do programa, definindo a cor ambiente para o interface Exportar Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações Exportar. Nesta janela pode proceder à configuração dos dados para exportação dos dados dos sensores para o WinREST HACCP. 19

20 Dir. Exportação Directório para onde pretende exportar os dados. Zona Código de loja dos dados exportados SMS Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações SMS. Nesta janela é possível configurar os SMS s de aviso. Activando a opção Enviar avisos por SMS, quando um determinado sensor sair das especificações será enviado um SMS de alerta. Este serviço é fornecido pela KLM ( e são eles que devem ser contactados para poder receber os dados de Utilizador e Password. No campo Telemóveis pode configurar mais do que um telemóvel, devendo estar os vários números separados ; (ponto e virgula), mas devemos salientar que para cada mensagem de aviso é gasto um crédito por cada um desses números. Após proceder à configuração pode executar as seguintes operações: Testar se o envio de SMS está a funcionar correctamente. 20

21 Definições Consultar o número de créditos disponíveis Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações . Nesta janela é possível configurar os s de aviso. Activando a opção Enviar avisos por , quando um determinado sensor sair das especificações será enviado um de alerta. Para a configuração deste serviço basta que tenha instalado um cliente de com uma conta configurada. No campo Para pode configurar mais do que um , devendo estar os vários endereços separados ; (ponto e virgula). Prima este botão para testar o envio de s Servidor Relatórios Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Configurações Servidor de Relatórios. Esta janela permite fazer a configuração para que juntamente com a configuração do portal tecnológico, seja possível obter relatórios via Web. 21

22 Para ter acesso aos relatórios via Web através do portal tecnológico deve activar a opção Permitir execução de Relatórios Web., e depois proceder à configuração dos restantes campos: Porta Utilizador Password 5.2. Linguagens Para aceder a esta janela deve abrir o menu Definições... Linguagens. A língua que por defeito é instalada no programa é a portuguesa, mas no caso de pretender utilizar uma outra (Espanhol ou Inglês), pode faze-lo através desta opção. A alteração da língua irá traduzir todos os menus, mensagens de erro e cabeçalhos das tabelas, permitindo assim que o utilizador se sinta confortável com a utilização do programa, através dessa tradução. 22

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. ComServer ComServer A Restauração do Séc. XXI Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. 1. WinREST ComServer...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação...5 1.3. Licenciamento...6 1.4. Interface...7 1.5. Método

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Alarme Aquecimento Quarto Sala Cozinha Garagem Presente Param. Mensagem

Alarme Aquecimento Quarto Sala Cozinha Garagem Presente Param. Mensagem Minha habitação Aplicação para telemóvel Manual de instalação e utilização PT Alarme Aquecimento Quarto Sala Cozinha Garagem Presente Mensagem Índice 1- Apresentação...............................................3

Leia mais

WinREST DNS DNS DNS. A Restauração do Séc. XXI. Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

WinREST DNS DNS DNS. A Restauração do Séc. XXI. Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST A Restauração do Séc. XXI WinREST Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. EST 2 Índice Índice Pag. 1. WinREST...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação Windows...6 1.3. Instalação Linux...12 1.4.Sistema

Leia mais

NOVO Panda Antivirus 2007 Manual resumido sobre a instalação, registo e serviços Importante! Leia a secção de registo on-line deste manual atentamente. As informações contidas nesta secção são essenciais

Leia mais

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. ComServer ComServer Linux A Restauração do Séc. XXI Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. 1. WinREST ComServer...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação e upgrade...6 1.3. Licenciamento...7 1.4. Interface...8

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR TABLET PARA O SETOR DA RESTAURAÇÃO SDILAB Investigação e Desenvolvimento de Software, Lda. Parque Industrial de Celeirós - 1ª Fase, Lote C 4705 Celeirós Braga, Portugal +351 253 678

Leia mais

My Storage para Microsoft Windows* XP

My Storage para Microsoft Windows* XP A Intel e o respectivo logótipo são marcas ou marcas registadas da Intel Corporation ou das respectivas subsidiárias nos Estados Unidos e noutros países. *Outros nomes e marcas podem ser reivindicados

Leia mais

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado Manual Profissional Comandos Rádio X64 V2011-Certificado 1 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. Configuração inicial... 3 4. Configurações X64... 5 a) Definições Gerais... 5 b) Documentos e Periféricos... 8

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda.

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda. 1 P á g i n a Procedimentos Inventário AT 2014 Software Olisoft-SIG.2014 Verificar Versão dos Módulos Instalados Em primeiro lugar deveremos verificar se o programa SIG está actualizado. Esta nova rotina

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS

ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS Manual de Instalação Rápida DN-70591 INTRODUÇÃO DN-70591 é um dispositivo conjunto de rede com fios/sem fios destinado especificamente para as necessidades de pequenas

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Data última actualização: 20-06-2014. Instalação E-Portals

Data última actualização: 20-06-2014. Instalação E-Portals Data última actualização: 20-06-2014 Instalação E-Portals 1. Conteúdo 1. Conteúdo... 2 2. Instalação e Manutenção do EPT... 3 3. Configuração de perfis de sincronização... 6 3.1 Módulos Oficinas, GCE e

Leia mais

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Centro de Formação da Batalha Centro de Competência Entre Mar e Serra Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Batalha Novembro de 2001 1 - Como começar com o Outlook Express Com uma

Leia mais

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111 Manual de Instalação DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE A NOKIA MOBILE PHONES Ltd declara ser a única responsável pela conformidade dos produtos DTN-10 e DTN-11 com

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador Internet Update de PaintManager TM Manual de registo do utilizador ÍNDICE O que é o registo CTS? 3 Como é realizado o pedido de registo? 3 Opção 1: Se o número de registo CTS for conhecido 3 Passo 1: 3

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Índice Introdução... 2 Instalar o Microcat Authorisation Server (MAS)... 3 Configurar o MAS... 4 Opções de licença... 4 Opções de Internet... 5 Gestor

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Smartphone 5 IPS Quad Core

Smartphone 5 IPS Quad Core Smartphone 5 IPS Quad Core GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO PRIMEIROS PASSOS Instalando o cartão SIM e a bateria Desligue o telemóvel completamente. Retire a tampa traseira. Insira o cartão SIM no slot do cartão

Leia mais

Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL

Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL Acessórios SUNNY MATRIX ADMIN TOOL Instruções de serviço MatrixAdmin-BPT100510 Versão 1.0 PT Índice SMA Solar Technology AG Índice 1 Indicações relativas ao presente manual............. 3 1.1 Objectivo..........................................

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online A pedido da Coordenação Nacional, o grupo de Coordenação Distrital de Coimbra elaborou este pequeno tutorial que ensina como criar um formulário online

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Manual Gespos SMS. (ultima revisão 20 Fev. 2003)

Manual Gespos SMS. (ultima revisão 20 Fev. 2003) Manual Gespos SMS (ultima revisão 20 Fev. 2003) Prezado Utilizador, É objectivo deste manual servir de ferramenta de formação para que o utilizador dos aplicativos Escripóvoa, possa de uma forma simples

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

Perguntas frequentes. Gravador Philips para iphone

Perguntas frequentes. Gravador Philips para iphone Perguntas frequentes Gravador Philips para iphone Índice O que é necessário para criar um sistema de ditado profissional? 3 1. Software do servidor Web 2. Servidor Philips SpeechExec Mobile 3. Aplicação

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

QNAP Surveillance Client para MAC

QNAP Surveillance Client para MAC QNAP Surveillance Client para MAC Chapter 1. Instalar o QNAP Surveillance Client 1. Clique duas vezes em "QNAP Surveillance Client V1.0.1 Build 5411.dmg". Após alguns segundos, é exibida a seguinte imagem.

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8)

Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8) Utilizar Serviços web para digitalização na rede (Windows Vista SP2 ou superior, Windows 7 e Windows 8) O protocolo de Serviços web permite que os utilizadores de Windows Vista (SP2 ou superior), Windows

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Referências de tarefas de comunicação do Sametime

Referências de tarefas de comunicação do Sametime Referências de tarefas de comunicação do Sametime ii Referências de tarefas de comunicação do Sametime Índice Referências de tarefas de comunicação do Sametime............ 1 iii iv Referências de tarefas

Leia mais

FemtoM2M. Programação de Firmware. Versão: 1.0 Data: 2014-11-05

FemtoM2M. Programação de Firmware. Versão: 1.0 Data: 2014-11-05 FemtoM2M Programação de Firmware Versão: 1.0 Data: 2014-11-05 Nome do Documento: FemtoM2M Programação de Firmware Versão: 1.0 Data: 2014-11-05 Identificador: TC_FemtoM2M-Firmware-Load-PT_v1.0 Conteúdo

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

Free Edition Manual do Utilizador

Free Edition Manual do Utilizador Free Edition Manual do Utilizador Global Id - Creative Thinkers 20 Índice Manual do Utilizador 02 Acerca do CC Free 03 Instalação 04 Visão Geral 05 Clientes 05 Clientes 05 Clientes 05 Ver/Alterar Dados

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP MANUAL DE ACESSO AO GeADAP OBJETIVO DO MANUAL O objectivo deste manual é explicar como pode um utilizador aceder ao GeADAP. 1 ENDEREÇOS DE ACESSO AO GeADAP 1.1. Serviços da Administração Central Os utilizadores

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

www.enviarsms.smsvianetportugal.com Descrição de Como Utilizar

www.enviarsms.smsvianetportugal.com Descrição de Como Utilizar www.enviarsms.smsvianetportugal.com Descrição de Como Utilizar Este interface de utilizador, do serviço www.smsvianetportugal.com, permite a ceder à mesma conta de cliente, que através do interface simplesms.smsvianetportugal.

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO CHEQUE PRINT Versão 1.0 de 01-01-2010 Um produto da empresa World Solutions Unip. Lda. Telefone +351 22 9720375 E-Mail: INTRODUÇÃO Este documento tem como finalidade servir

Leia mais

Copyright 1999-2001 Restinfor, Lda

Copyright 1999-2001 Restinfor, Lda WinREST FrontOffice A Restauração do Séc. XXI Manual de Transição para uro Copyright 1999-2001 Restinfor, Lda Índice Pag. Transição para o Euro... 3 1. Módulo de conversão de valores... 3 2. Interface

Leia mais

CAPÍTULO 4 Implementação do modelo num programa de cálculo automático

CAPÍTULO 4 Implementação do modelo num programa de cálculo automático CAPÍTULO 4 Implementação do modelo num programa de cálculo automático Neste capítulo, será feita a demonstração da aplicação do modelo num programa de cálculo automático, desenvolvido em linguagem de programação

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

Manual de Utilização do Sítio da Disciplina

Manual de Utilização do Sítio da Disciplina UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DSI Manual de Utilização do Sítio da Disciplina para: Docentes Versão 7.00 Palma de Cima 1649-023 Lisboa Portugal Tel. 21 721 42 19 Fax 21721 42 79 helpdesk@lisboa.ucp.pt

Leia mais

Guia de instalação e Activação

Guia de instalação e Activação Guia de instalação e Activação Obrigado por ter escolhido o memoq 5, o melhor ambiente de tradução para tradutores freelancer, companhias de tradução e empresas. Este guia encaminha-o através do processo

Leia mais

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual.

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. 604 wifi FUNÇÕES WIFI e Internet Suplemento ao Manual do Utilizador ARCHOS 504/604 Versão 1.2 Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. Este manual contém informações

Leia mais

Copyright 2004-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2004-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. Unidade Modelo WinREST A Restauração do Séc. XXI Dossier Unidade Modelo Copyright 2004-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. UNIDADE MODELO WinREST Dossier do projecto da Unidade modelo Versão: 1 Nº de Actualizações:

Leia mais

1 Ajuda da Internet M vel Clix

1 Ajuda da Internet M vel Clix 1 Ajuda da Internet M vel Clix Descrição geral Esta aplicação permite Ligar/Desligar por intermédio de uma PC Card / Modem USB. Janela principal da Internet M vel Clix Indica o estado de roaming Minimizes

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Guia do Signatário SAP DocuSign

Guia do Signatário SAP DocuSign Guia do Signatário SAP DocuSign Índice 1. Guia do Signatário SAP DocuSign... 2 2. Receber uma notificação por e-mail... 2 3. Assinar o documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Terminar mais tarde... 4

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP Inserir o cd de instalação do programa e executar a opção Next ERP Clicar em instalar Alguns instantes depois aparecerá a mensagem: o Sage Next utiliza o Microsoft

Leia mais

Principais correcções efectuadas

Principais correcções efectuadas GIAE Versão 2.0.5 Setembro de 2010 Com o objectivo de unificar a versão em todos os módulos do GIAE, incluindo o GestorGIAE, alguns módulos passam directamente da versão 2.0.x para a versão 2.0.5. Muito

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB

ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB COMO ENCOMENDAR Antes de começar a encomendar... página 2 6 Criar uma encomenda... página 7 22 2015-02-18 ANTES DE COMEÇAR A ENCOMENDAR Esta aplicação

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto V1.00 UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Outubro 30, 2004 www.imsi.pt Código #MOaR01 EMPRESA Código Documento MOAR01 Sobre a utilização do programa de assistência remota Versão Elaborado

Leia mais

Tutorial exe elearning XHTML editor (versão 1.0x)

Tutorial exe elearning XHTML editor (versão 1.0x) UOe-L 13 Março 2008 Ficha Técnica Autor: Susana Azevedo UOe-L CEMED UA Revisão: Helder Caixinha UOe-L CEMED UA Versão: 3.0 Data de criação: 15/Dezembro/2005 Data da última revisão: 13/Março/2008 1 Tutorial

Leia mais

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Objectivos: Inserção de dados. Alteração de dados. Eliminação de dados. Definição de Listas de Pesquisa (Lookup Lists) O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650 Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650...1 3. SELECCIONAR

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Guia Rápido do Contacts

Guia Rápido do Contacts Guia Rápido do Contacts IPBRICK SA 12 de Novembro de 2014 1 Conteúdo 1 Introdução 3 2 IPBrick - Contactos 3 2.1 Separador Administração........................ 4 2.1.1 Requisitos dos ficheiros.csv..................

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA APP INTERCALL REMOTE VIP

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA APP INTERCALL REMOTE VIP PT MANUAL TÉCNICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA APP INTERCALL REMOTE VIP PARA DISPOSITIVOS: www.comelitgroup.com Instalação da app Intercall Remote VIP... Configurar aplicação... 4 Responder a uma chamada...

Leia mais

Manual de Utilizador MP-209/509/1009

Manual de Utilizador MP-209/509/1009 ALL RIGHTS RESERVED COPY RIGHT DENVER ELECTRONICS A/S www.denver-electronics.com Manual de Utilizador MP-209/509/1009 Aviso: Obrigado por escolher os nossos produtos! Leia atentamente o manual de utilizador

Leia mais

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Ao abrir a caixa do CD que contém o programa EMPRESÁRIO, o utilizador aceita os termos do contracto de licenciamento deste acordo. Licença Garantias A T&T outorga-lhe

Leia mais

4.1. TRABALHAR COM O CALENDÁRIO

4.1. TRABALHAR COM O CALENDÁRIO Calendário 2Calendário 14 INTRODUÇÃO O Calendário é uma grande ferramenta do Outlook que se pode usar como livro de reuniões para escalonar eventos, aperceber-se de datas importantes e gerir a lista de

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Conteúdos/Temas Competências Avaliação 1.1. Conceitos Introdutórios - Conhecer os conceitos básicos: Informação Informática Tecnologias da Informação e - Conhecer

Leia mais

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006 EIC Engenharia de Informática e Comunicações Morro do Lena, Alto Vieiro Apart. 4163 2401 951 Leiria Tel.: +351 244 820 300 Fax.: +351 244 820 310 E-mail: estg@estg.iplei.pt http://www.estg.iplei.pt Engenharia

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY. P Code: 578413

GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY. P Code: 578413 GUIA DE INSTALAÇÃO E REFERÊNCIA ECR8200S/8220SPROGRAMMING UTILITY P Code: 578413 PUBLICAÇÃO EMITIDA POR: Olivetti S.p.A. www.olivetti.com Copyright 2013, Olivetti Todos os direitos reservados Chamamos

Leia mais

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1 Documento de actualização funcional Refª JURI-DEV-20121221-v1 21 de Dezembro de 2012 Índice 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT... 3 1.1 Sobre a Certificação... 3 1.2 Novas regras para

Leia mais

Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1

Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1 Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1 Instalação e Actualização do Windows 8.1 Actualizar o BIOS, aplicações, controladores e executar o Windows Update Seleccionar o tipo de instalação Instalar

Leia mais

PT MANUAL UTILIZADOR. Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote 3.0 para dispositivos. Passion.Technology.Design.

PT MANUAL UTILIZADOR. Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote 3.0 para dispositivos. Passion.Technology.Design. PT MANUAL UTILIZADOR Manual do utilizador da aplicação ComelitViP Remote.0 para dispositivos Passion.Technology.Design. Índice Instalação... Configuração automática da administração de apartamento... 4

Leia mais

Importante! Leia atentamente a secção de Activação dos serviços deste guia. As informações contidas nesta secção são essenciais para manter o seu PC protegido. MEGA DETECTION Manual de instalação rápida

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Instruções de utilização do portal Web da Visteon

Instruções de utilização do portal Web da Visteon FORD MOTOR COMPANY LIMITED Issued by European Warranty Operations Ford Customer Service Division Instruções de utilização do portal Web da Visteon 1. Entrar Na janela de endereço no seu browser da internet,

Leia mais

GlobalPhone - Central Telefónica. Manual de Configuração do ATA SPA2102 Linksys

GlobalPhone - Central Telefónica. Manual de Configuração do ATA SPA2102 Linksys Manual de Configuração do ATA SPA2102 Linksys Indíce 1 Introdução... 3 2 Upgrade de Firmware... 3 2.1 Verificação da Versão da FW... 3 2.2 Configuração do IP Fixo sem DHCP Server... 4 2.3 Obtenção do IP

Leia mais

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos:

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: Assistências Técnicas (indicado para empresas que façam deslocações, intervenções ex: sector de jardinagem, informática, reparação de

Leia mais

Sistema de Inscrições Automáticas na Internet. Manual do Utilizador

Sistema de Inscrições Automáticas na Internet. Manual do Utilizador Sistema de Inscrições Automáticas na Internet Manual do Utilizador Versão 1.6 Agosto de 2005 O Sistema de Inscrições Automáticas está disponível nos seguintes anos: 1ºano (repetentes), 2ºano, 3ºano e 4ºano

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais