Escrituração Contábil Digital ECD. Brasília, 18 de maio de 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escrituração Contábil Digital ECD. Brasília, 18 de maio de 2012"

Transcrição

1 Escrituração Contábil Digital ECD Brasília, 18 de maio de 2012

2 Abrangência do Sped NF-e Integração ECD NFS-e ReceitanetBX EFD Int e-lalur CT-e EFD Social FCont EFD Contribuições

3 e-lalur Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do IRPJ e CSLL sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real e-lalur

4 e-lalur ECD e-lalur Lucro Líquido Contábil Lucro Presumido Lucro Arbitrado Lucro Real Fichas de Informações da DIPJ

5 e-lalur Fcont Controle Fiscal Contábil de Transição termina a obrigatoriedade no ano-calendário ª Etapa (julho de 2012) - ECD com alterações. 2ª Etapa (dezembro de 2012) - ECD + e-lalur (Parte A) 3ª Etapa (dezembro de 2013) ECD + e-lalur (Partes A e B) + DIPJ otimizada

6 Escrituração Contábil Digital ECD O que é SPED Contábil: substituição da escrituração contábil em papel pela Escrituração Contábil Digital ECD. Essa substituição ocorre para todos os efeitos legais. A validade jurídica é assegurada pela assinatura digital.

7 ECD - Legislação Básica Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007 Ato instituidor do Sistema Público de Escrituração Digital - SPED. Departamento Nacional do Registro de Comércio - Instrução Normativa Nº 107, de 23 de maio de 2008 Dispõe sobre a autenticação de instrumentos de escrituração dos empresários, sociedades empresárias, leiloeiros e tradutores públicos e intérpretes comerciais.

8 ECD - Legislação Básica Conselho Federal de Contabilidade Resolução CFC n 1.299/10 Aprova o Comunicado Técnico CT 04 que define as formalidades da escrituração contábil em forma digital para fins de atendimento ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Plano de contas: no mínimo, 4 níveis. Lançamentos de 4ª fórmula: vários registros a débito e vários registros a crédito, quando relativos ao mesmo fato contábil.

9 ECD - Legislação Básica Receita Federal Instrução Normativa RFB nº 787, de 19 de novembro de 2007 (com as alterações das Instruções Normativas RFB n os 825/08, 926/09, 1.056/10 e 1.139/11). Institui a Escrituração Contábil Digital.

10 ECD - Legislação Básica Receita Federal Ato Declaratório Executivo Cofis nº 36, de 18 de dezembro de 2007 Dispõe sobre as regras de validação e as tabelas de códigos aplicáveis à Escrituração Contábil Digital. Ato Declaratório Executivo Cofis nº 20, de 28 de maio de Ato Declaratório Executivo Cofis nº 29, de 09 de junho de 2010.

11 Quem deve apresentar a ECD A partir de 2009: Sociedades empresárias tributadas pelo Lucro Real. Qualquer empresa pode apresentar a ECD facultativamente. Alteração do Decreto nº 6.022/07: Todas as pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real, inclusive imunes e isentas.

12 Prazos para Apresentação da ECD Art. 5º da IN RFB nº 787, de 19 de novembro de 2007 Regra: entrega dos dados referentes a determinado ano-calendário até junho do ano subsequente. Exceção: extinção, cisão parcial, cisão total, fusão ou incorporação: entrega dos dados relativos ao período desde o início do ano calendário até a data do evento até o último dia útil do mês subsequente ao evento.

13 Prazos para Apresentação da ECD Não obrigatoriedade de entrega: Incorporadora, no caso de incorporadora e incorporada estarem sob o mesmo controle societário no ano-calendário anterior ao evento.

14 Quantidade e limites dos arquivos da ECD Regra geral: o livro é mensal, mas pode conter mais de um mês, desde que o tamanho não ultrapasse 1 GB.

15 Quantidade e limites dos arquivos da ECD Todos os meses da escrituração devem estar contidos em um mesmo ano-calendário. Um mês não pode ser partido, isto é, não pode haver frações de mês, exceto nos casos das situações especiais de cisão, fusão, incorporação ou extinção ou de início de atividade no decorrer do ano-calendário. Se a escrituração contém mais de um mês, não pode haver descontinuidades (Exemplo: em uma escrituração de janeiro a junho, não informar o mês de março).

16 Quantidade e limites dos arquivos da ECD Nos casos das situações especiais de cisão, fusão ou incorporação, devem ser geradas duas escriturações: uma desde o primeiro dia do ano-calendário (ou data posterior, se o contribuinte iniciou atividades no ano-calendário) até a data do evento outra para o período remanescente (data imediatamente posterior ao evento até o fim do ano-calendário).

17 Exemplo Situação Especial Um contribuinte iniciou atividades em 01/03 no ano Ocorreu um evento de cisão em 30/06/2010 e o contribuinte prosseguiu as atividades. Duas escriturações devem ser entregues. A primeira abrangendo o período de 01/03 até 30/06/2010, a data do evento. A segunda abrangendo o período de 01/07/2010 até o final do ano-calendário, 31/12/2010. A primeira escrituração deve ser entregue até o último dia útil do mês subsequente, 30/07/2010. A segunda escrituração deve ser entregue até 30/06/2011.

18 Assinatura dos Livros Digitais Contábeis Assinatura eletrônica (com certificado digital): garante a validade jurídica da escrituração contábil. possibilita a verificação de autenticidade (quem assinou o documento é quem alega ser) e a integridade (o PVA só permite a assinatura após as validações do arquivo).

19 Assinatura dos Livros Digitais Contábeis Duas pessoas, no mínimo, devem assinar a escrituração contábil: a pessoa que, conforme os documentos arquivados na Junta Comercial, tiver poderes para tal ato, e um contabilista. Devem ser utilizados somente certificados digitais e-pf ou e-cpf de segurança mínima A3. Certificados de pessoa jurídica (e-cnpj ou e-pj) não podem ser utilizados.

20 Assinatura dos Livros Digitais Contábeis A ECD pode ser assinada por procuração, mas ela deve ser arquivada na Junta Comercial, já que o SPED Contábil não efetua qualquer conferência da assinatura ou dos procuradores. Esta verificação é feita somente pela Junta Comercial. Desse modo, a procuração eletrônica da Receita Federal do Brasil não pode ser utilizada.

21 Formas de Escrituração do SPED Contábil No SPED Contábil, existem as seguintes formas de escrituração: G - Diário Geral; R - Diário com Escrituração Resumida (vinculado a livro auxiliar); A - Diário Auxiliar; Z - Razão Auxiliar; e B - Livro de Balancetes Diários e Balanços.

22 Formas de Escrituração do SPED Contábil A escrituração G, Diário Geral, não pode conviver com nenhuma outra no mesmo período. As escriturações principais (G, R ou B) não podem coexistir. Adicionalmente, a escrituração G não possui livros auxiliares (A ou Z), não podendo, portanto, conviver com esses tipos de escrituração.

23 Formas de Escrituração do SPED Contábil A escrituração resumida R traz contas que são detalhadas nos livros auxiliares A ou Z. Algumas dessas contas típicas são Fornecedores e Clientes. A escrituração R, como escrituração principal, não pode conviver com outra escrituração principal (G ou B), mas deve ser necessariamente acompanhada de escriturações auxiliares, A ou Z.

24 Formas de Escrituração do SPED Contábil O livro auxiliar Z é utilizado quando o leiaute do livro A não se mostrar adequado para a apresentação das informações. É basicamente um tipo de tabela em que o usuário define as colunas e seus conteúdos. A escrituração Z é, então, um livro contábil auxiliar com o leiaute definido pelo titular da escrituração. Ela pode coexistir com a escrituração auxiliar A, com a escrituração resumida R e com o Livro de Balancetes Diários e Balanços, B.

25 Formas de Escrituração do SPED Contábil A escrituração B encontra seu embasamento legal no art do Código Civil: "Art O empresário ou sociedade empresária que adotar o sistema de fichas de lançamentos poderá substituir o livro Diário pelo livro Balancetes Diários e Balanços, observadas as mesmas formalidades extrínsecas exigidas para aquele."

26 Formas de Escrituração do SPED Contábil Como sua utilização foi regulamentada somente pelo Banco Central, o livro B é utilizado basicamente pelas instituições financeiras, embora possa ser utilizado por outras instituições. É possível utilizar a escrituração B juntamente com as A e Z.

27 Regras de coexistência das escriturações Resumo: O livro G deve ser único. O livro R deve conviver com os livros A ou Z (um ou mais deles). O livro B pode coexistir com os auxiliares A ou Z ou pode ser único. Livros principais G, R e B não podem coexistir.

28 Funcionalidades do SPED Contábil

29 Funcionalidades do SPED Contábil Uma função criada recentemente no sítio SPED é a Consulta Situação de Escrituração Contábil. O usuário informa o hash da escrituração ou aponta um documento que identifique a escrituração contábil (como Arquivo de recibo, Termo de Autenticação, Termo de Notificação, ou Arquivo de Dados Agregados), e o sítio informa a situação da escrituração contábil.

30 Funcionalidades do SPED Contábil ReceitanetBX: download das escriturações. Por meio de um certificado digital, que assina digitalmente o pedido de baixa da escrituração, o responsável legal ou procurador da sociedade empresária pode baixar a ECD, o FCONT ou Dados Agregados.

31 A autenticação e substituição da ECD Os livros G, R e B são equivalentes todos são livros principais. Assim, a substituição entre tais tipos é livre. Por exemplo, um livro R pode substituir um livro G, e vice-versa. No entanto, ao substituir um livro R por um G, deve-se ter em mente que os livros auxiliares são automaticamente substituídos. Uma questão que sempre surge é: como se pode alterar a escrituração depois que ela foi autenticada?

32 A autenticação e substituição da ECD Após a autenticação do livro, as retificações de lançamentos feitos com erro estão disciplinadas no art. 5º da IN DNRC 107/08 (existem normas do CFC no mesmo sentido): Art. 5º A retificação de lançamento feito com erro, em livro já autenticado pela Junta Comercial, deverá ser efetuada nos livros de escrituração do exercício em que foi constatada a sua ocorrência, observadas as Normas Brasileiras de Contabilidade, não podendo o livro já autenticado ser substituído por outro, de mesmo número ou não, contendo a escrituração retificada."

33 Leiaute da Escrituração Contábil O arquivo da ECD é dividido em blocos do seguinte modo: Bloco Descrição 0 Abertura, Identificação e Referências I J Lançamentos Contábeis Demonstrações Contábeis 9 Controle e Encerramento do Arquivo Digital

34 Leiaute da Escrituração Contábil Bloco 0: contém o registro 0000, que abre a escrituração digital, informando seu período e identifica o empresário ou a sociedade empresária.

35 Leiaute da Escrituração Contábil Só no caso de escrituração descentralizada deve ser informado o respectivo registro (0020). Nele, consta a informação se a escrituração é da matriz ou filial. No caso de escrituração descentralizada, devem constar na escrituração da matriz os resultados da consolidação do resultado da empresa.

36 Leiaute da Escrituração Contábil O registro referente à tabela de cadastro do participante (0150) deve ser preenchido, na escrituração contábil, somente quando se referir a participantes cujos códigos de relacionamento constem da tabela publicada pelo SPED (relativa ao campo 02 - COD_REL do registro 0180, filho do registro 0150, Tabela de Cadastro do Participante). Essa tabela, constante no Anexo 2 do ADE COFIS 36/2007, descreve os tipos de relacionamento que devem constar nos registros 0150 e 0180.

37 Leiaute da Escrituração Contábil No bloco I constam os lançamentos contábeis. O registro I010 identifica a forma da escrituração contábil, G, R, A, B ou Z. Os registros I012 e I015 servem para efetuar a ligação entre os livros principais e os auxiliares. Quando o livro é resumido (R ou eventualmente, B), os registros I012 devem elencar os hashs dos livros auxiliares. Quando o livro é auxiliar (A ou Z), deve haver apenas uma ocorrência do registro I012, onde se informa o hash do livro principal.

38 Leiaute da Escrituração Contábil O registro I015 identifica as contas da escrituração resumida a que se refere a escrituração auxiliar. Pode ocorrer em quantidade ilimitada, dependendo do número de contas resumidas, e só é informado para escriturações A, R ou Z. Campos adicionais ao final dos registros I050 a I355, não constantes do leiaute e necessários para manter a integridade e correção dos dados, podem ser informados nos registros I020, que identificam o campo adicional, seu conteúdo e o registro ao qual se acrescenta o campo.

39 Leiaute da Escrituração Contábil O Termo de Abertura (registro I030, Bloco I) e o Termo de Encerramento (registro J900) localizam-se, respectivamente, no bloco dos lançamentos contábeis (bloco I) e no bloco das demonstrações contábeis (bloco J). O bloco I contém os registros centrais da contabilidade, isto é, o plano de contas contábeis (registro I050), os saldos das contas (registros I150 e I155) e os lançamentos contábeis (registros I200 e I250).

40 Leiaute da Escrituração Contábil As contas contábeis são descritas no registro I050 fornecendo-se seu código e descrição, seu tipo (analítica ou sintética), o nível, o código da conta superior (pai) e um código da natureza da conta/grupo de contas, conforme tabela interna ao SPED constante no Anexo 2 do ADE COFIS 36/2007. O registro I051, filho do I050, informa uma conta do plano de contas referencial (da RFB, da Susep ou do Bacen COSIF, conforme a natureza do usuário, pessoa jurídica em geral ou financeira) que é vinculada à conta contábil do registro I050.

41 Leiaute da Escrituração Contábil Os registros I150 e I155 informam os saldos das contas contábeis. Eles trazem os saldos e o total dos débitos e créditos mensais para contas patrimoniais e de resultado após o encerramento do período. Os saldos são informados para cada mês (um registro I150 por mês). Exceção a esta regras são os casos das situações especiais de cisão, fusão, incorporação ou extinção ou de início de atividade no decorrer do anocalendário, quando pode ocorrer fração de mês.

42 Leiaute da Escrituração Contábil Os registros I155 são filhos do registro I050 e informam para cada conta analítica centro de custos no período discriminado no registro I050: o valor do saldo inicial; o indicador da situação do saldo inicial D ou C; o valor total dos débitos no período; o valor total dos créditos no período; o valor do saldo final do período; o indicador da situação do saldo final D ou C.

43 Leiaute da Escrituração Contábil Os lançamentos contábeis são descritos nos registros I200 e I250. O registro I200 é o cabeçalho do lançamento. Contém o número ou o código de identificação único do lançamento, a data do lançamento, o valor do lançamento e o tipo do lançamento: E: lançamentos de encerramento de contas de resultados. N: demais lançamentos, chamados normais.

44 Leiaute da Escrituração Contábil Abaixo do cabeçalho do lançamento, vêm todas as contrapartidas, os registros I250. Cada contrapartida traz o centro de custos, o indicador D ou C (débito ou crédito), o valor da partida e o histórico, além de algumas outras informações.

45 Leiaute da Escrituração Contábil Os registros I300 e I310 trazem os balancetes diários, isto é, os totais de débitos e créditos para cada conta contábil-centro de custos em determinada data. Esses registros são utilizados exclusivamente quando a forma da escrituração é B (Livro de Balancetes Diários e Balanços). Os registros I350 e I355 trazem os saldos das contas de resultado antes do encerramento.

46 Leiaute da Escrituração Contábil O usuário da ECD pode informar quantas apurações de resultado desejar, bastando discriminar a data de cada uma das apurações no registro I350 e informar o saldo final das contas de resultado nos registros I355, filhos do I350. Os registros I500, I510, I550 e I555 são usados exclusivamente nas escriturações de tipo Z.

47 Leiaute da Escrituração Contábil No Bloco J informam-se as demonstrações contábeis. Atualmente existem duas demonstrações na ECD: o Balanço Patrimonial BP (registro J100) e a Demonstração do Resultado do Exercício DRE (registro J150). As demonstrações são consolidações de valores informados no bloco I, Lançamentos Contábeis.

48 Leiaute da Escrituração Contábil A ECD faz o cotejamento por meio da emissão de advertências na verificação de pendências, etapa de validação da escrituração que ocorre antes da assinatura e transmissão da escrituração pelo PVA. Os totais são obtidos por meio dos códigos de aglutinação, que são vinculados a contas do plano de contas (registro I050) por meio do registro filho I052, onde constam os códigos.

49 Leiaute da Escrituração Contábil Esses mesmos códigos são informados no Balanço e DRE (registros J100 e J150), possibilitando a comparação dos valores aglutinados com as linhas das demonstrações contábeis. A verificação do registro J100 é efetuada na data do Balanço, comparando-se os saldos com as totalizações obtidas do registro I155. No caso da Demonstração do Resultado do Exercício, os valores para comparação são obtidos do registro I355, que informa os saldos das contas de resultado antes do encerramento.

50 Leiaute da Escrituração Contábil Ainda no bloco J, o registro J800 permite a anexação na ECD de um arquivo em formato texto RTF (Rich Text Format), que se destina a receber informações que devam constar do livro, tais como outras demonstrações contábeis, pareceres, relatórios, etc. Antes do encerramento do Bloco J, localiza-se o registro J930, que identifica os signatários da escrituração.

51 Termos de Abertura e Encerramento da ECD Na ECD, os Termos de Abertura e Encerramento estão contidos nos registros I030 e J900. No Termo de Abertura identifica-se o usuário com seu nome empresarial, NIRE e CNPJ. O livro é identificado por meio de seu número de ordem e sua natureza.

52 Termos de Abertura e Encerramento da ECD A numeração dos livros é sequencial, por tipo de livro, independente de sua forma (em papel, fichas, microfichas ou digital). Os livros auxiliares (A ou Z) devem ter numeração própria, sequencial, por espécie. Se foram utilizados "Diário Auxiliar de Fornecedores" e "Diário Auxiliar de Clientes", cada um terá uma sequência distinta.

53 Termos de Abertura e Encerramento da ECD O controle da repetição de números de livros em um mesmo período é efetuado pelo sistema SPED, mas o controle da sequência correta é efetuado pela Junta Comercial, que pode não aceitar um número fora do ordenamento correto colocando a escrituração em exigência. O Termo de Encerramento redunda algumas informações contidas no Termo de Abertura, como o número e natureza do livro, nome empresarial, ou quantidade total de linhas do arquivo, mas contém alguns outros dados, como data de início e término da escrituração.

54 Demonstrações Contábeis na ECD Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício, informadas, respectivamente, nos registros J100 e J150, bloco J, da ECD.

55 Dispensa de obrigações acessórias com a ECD Automaticamente, com a entrega da ECD tornase desnecessária a impressão e manuseio dos livros em papel.

56 Multa por atraso na entrega da ECD A legislação prevê multa de R$ 5.000,00, por mês ou fração de atraso (inciso I do art. 57 da Medida Provisória /01). Exemplo: Se o prazo termina no dia 30/06 e o livro for entregue no dia 01/07, a multa é de R$ 5.000,00. O valor é mantido até o último dia do julho. Iniciado o mês de agosto, a multa passa para R$ ,00. E, assim, sucessivamente. Esse é o significado de fração de mês. A notificação não é automática, como ocorre no caso do FCONT.

57 José Jayme Moraes Junior Supervisor Nacional do Sped Contábil e do Fcont

Sistema Público de Escrituração Digital. Diário Geral com Escrituração Resumida R. Balancetes Diários e Balanços - B

Sistema Público de Escrituração Digital. Diário Geral com Escrituração Resumida R. Balancetes Diários e Balanços - B Rio de Janeiro, 17 de fevereiro de 2009 Livros Abrangidos Diário Geral G Diário Geral com Escrituração Resumida R Diário Auxiliar - A Razão Auxiliar - Z Balancetes Diários e Balanços - B ESCRITURAÇÃO DIGITAL

Leia mais

Escrituração Contábil Digital (ECD) Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

Escrituração Contábil Digital (ECD) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Escrituração Contábil Digital (ECD) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) José Jayme Moraes Junior Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Supervisor Nacional da ECD e da ECF Escrituração Contábil Digital

Leia mais

ECF Considerações Iniciais

ECF Considerações Iniciais Outubro de 2014 ECF Considerações Iniciais A ECF é mais um dos projetos da RFB que integrará o SPED (Disciplinada pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013). O layout da ECF pode ser encontrado no website

Leia mais

SPED Contábil. ECD Escrituração Contábil Digital. Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC. www.spednet.com.br 1

SPED Contábil. ECD Escrituração Contábil Digital. Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC. www.spednet.com.br 1 SPED Contábil ECD Escrituração Contábil Digital Vera Lucia Gomes 28/08/2008 ABBC www.spednet.com.br 1 Programa Apresentação e Objetivos Regulamentação Livros contemplados Aspectos importantes da legislação

Leia mais

Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013

Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013 Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013 PRINCIPAIS CONSIDERAÇÕES O Art. 1 da IN RFB n 1353/13 instituiu a Escrituração Fiscal Digital do Imposto sobre a Renda e da Contribuição Social sobre o

Leia mais

SPED Contábil e SPED ECF

SPED Contábil e SPED ECF SPED Contábil e SPED ECF Impactos nas Rotinas Empresárias Prof. Marcos Lima Marcos Lima Contador (graduado pela UECE) Especialista em Auditoria (UNIFOR) Diretor de Relacionamentos da Fortes Contabilidade

Leia mais

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA

ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA ANO XXII - 2011-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2011 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2011 PIS/PASEP/COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DO PIS/PASEP E DA COFINS - EFD-PIS/COFINS - NORMAS GERAIS Introdução - Pessoas Jurídicas

Leia mais

SPED CONTÁBIL. Escrituração Contábil Digital. Professor Filemon Augusto de Oliveira 23/05/2014 Congresso de Contabilidade do Agreste Alagoano

SPED CONTÁBIL. Escrituração Contábil Digital. Professor Filemon Augusto de Oliveira 23/05/2014 Congresso de Contabilidade do Agreste Alagoano SPED CONTÁBIL Escrituração Contábil Digital Professor Filemon Augusto de Oliveira 23/05/2014 Congresso de Contabilidade do Agreste Alagoano É HORA DE AGRADECER!!! O modelo mudou... Quem escrevia cartinha,

Leia mais

I Alterações do Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil (ECD)

I Alterações do Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil (ECD) Nota Técnica do Sped Contábil nº 001, de 16 de dezembro de 2013 Dispõe sobre as alterações no Manual de Orientação do Leiaute do Sped Contábil. Considerando que o Ato Declaratório Executivo n o 33, de

Leia mais

SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014

SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014 SPED CONTÁBIL TREINAMENTO CONTABIL, 2014 SPED PRAZOS O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) ou Escrituração Digital Contábil (ECD) é a substituição da escrituração em papel pela Escrituração

Leia mais

SPED Contábil - Versão 2.0

SPED Contábil - Versão 2.0 SPED Contábil - Versão 2.0 A Escrituração Contábil Digital (ECD) é parte integrante do projeto SPED e tem por objetivo a substituição da escrituração em papel pela escrituração transmitida via arquivo,

Leia mais

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado.

É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Geração do SPED ECD e FCONT referente ao exercício de 2013. É necessário que a contabilidade de 2013 da empresa esteja com o período encerrado. Porém antes de encerrar o exercício, efetue os procedimentos

Leia mais

VISÃO DA COMUNIDADE EMPRESARIAL

VISÃO DA COMUNIDADE EMPRESARIAL SEMINÁRIO SPED ACE GUARULHOS 20/03/2009 VISÃO DA COMUNIDADE EMPRESARIAL Paulo Roberto da Silva BRASIL - SITUAÇÃO ATUAL EX. OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS DOS ESTADOS SPED UMA NOVA ERA NA ESCRITURAÇÃO NACIONAL SPED

Leia mais

Escrituração Contábil Digital - ECD. Instrutor: Márcio Tonelli (tt.consultoria.sped@gmail.com)

Escrituração Contábil Digital - ECD. Instrutor: Márcio Tonelli (tt.consultoria.sped@gmail.com) Escrituração Contábil Digital - ECD Instrutor: Márcio Tonelli (tt.consultoria.sped@gmail.com) CONCEITO Sped Contábil Escrituração Contábil Digital ECD Escrituração Contábil em Forma Digital Livro Digital

Leia mais

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015.

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015. ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Sergipe, 24 de Agosto de 2015. PROFESSOR: FELLIPE GUERRA Contador, Consultor Empresarial e Especialista em SPED. Coordenador da Comissão

Leia mais

SPED ECF. ECF Escrituração Contábil Fiscal. Danilo Lollio São Paulo - SP. Esta apresentação é de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft.

SPED ECF. ECF Escrituração Contábil Fiscal. Danilo Lollio São Paulo - SP. Esta apresentação é de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft. SPED ECF ECF Escrituração Contábil Fiscal Danilo Lollio São Paulo - SP Esta apresentação é de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft. É proibida a reprodução, distribuição ou comercialização deste conteúdo.

Leia mais

Índice (selecione a pergunta para ser direcionado a resposta)

Índice (selecione a pergunta para ser direcionado a resposta) 1 Índice (selecione a pergunta para ser direcionado a resposta) 1. O que é o Sped?... 4 2. Quem são obrigados a efetuarem entrega do Sped Contábil?... 4 3. Prazo para entrega Sped Contábil?... 5 4. Quais

Leia mais

Mapeamento ECF. w w w. b r l c o n s u l t o r e s. c o m. b r

Mapeamento ECF. w w w. b r l c o n s u l t o r e s. c o m. b r Mapeamento ECF Projeto SPED ECF Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico- Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014. São

Leia mais

Elaborado por: Gisleise Nogueira de Aguiar. O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a).

Elaborado por: Gisleise Nogueira de Aguiar. O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a). Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

O que é a ECD Escrituração Contábil Digital

O que é a ECD Escrituração Contábil Digital SPED Contábil ECD 1 O que é a ECD Escrituração Contábil Digital A ECD Escrituração Contábil Digital é parte integrante do Projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital e visa substituir a escrituração

Leia mais

EFD PIS COFINS Teoria e Prática

EFD PIS COFINS Teoria e Prática EFD PIS COFINS Teoria e Prática É uma solução tecnológica que oficializa os arquivos digitais das escriturações fiscal e contábil dos sistemas empresariais dentro de um formato digital específico e padronizado.

Leia mais

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED O que é ECF Escrituração Contábil Fiscal? Demonstra o cálculo do IRPJ e da CSLL Sucessora da DIPJ Faz parte do projeto SPED Instituída pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Demonstrações Contábeis por Tipo e Tamanho de Empresa e Reflexos na Escrituração Contábil Digital (ECD)

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Demonstrações Contábeis por Tipo e Tamanho de Empresa e Reflexos na Escrituração Contábil Digital (ECD) 1 Parecer Consultoria Tributária Segmentos Demonstrações Contábeis por Tipo e Tamanho de Empresa e Reflexos na Escrituração Contábil Digital (ECD) 04/06/2014. Contábeis por Tipo e Tamanho de Empresa 1

Leia mais

PALESTRA. A ECF e a Eficiência no Controle Fiscal

PALESTRA. A ECF e a Eficiência no Controle Fiscal PALESTRA A ECF e a Eficiência no Controle Fiscal Palestrante: Ivo Ribeiro Viana Advogado, contabilista, especialista em direito tributário pela PUC-SP, MBE em gestão e controladoria pela FECAP-SP. Consultor

Leia mais

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF)

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF) ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF) Grant Thornton - Brasil Junho de 2015 Agenda Considerações Iniciais; Obrigatoriedade de Transmissão; Penalidades (Multas); Informações a serem Transmitidas; Recuperação

Leia mais

ECF - escrituração contábil fiscal

ECF - escrituração contábil fiscal ECF - escrituração contábil fiscal O que é a ECF? Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação do SPED Sistema Público de Escrituração Digital, que entrará em vigor em 2015 e nessa deverão ser informados

Leia mais

www.audicgroup.com.br DR SPED

www.audicgroup.com.br DR SPED www.audicgroup.com.br DR SPED a EMPRESA A Audic Group no Brasil tem o compromisso com os seus clientes de buscar a satisfação por eles desejada, para tanto dedica-se na identificação dos problemas, na

Leia mais

EM 2015 ALGUMAS EXIGENCIAS PASSAM A SER MAIS EVIDENTES, E UMA DELAS E O ECF EMPRESAS OPTANTES PELO LUCRO PRESUMIDO E REAL.

EM 2015 ALGUMAS EXIGENCIAS PASSAM A SER MAIS EVIDENTES, E UMA DELAS E O ECF EMPRESAS OPTANTES PELO LUCRO PRESUMIDO E REAL. EM 2015 ALGUMAS EXIGENCIAS PASSAM A SER MAIS EVIDENTES, E UMA DELAS E O ECF EMPRESAS OPTANTES PELO LUCRO PRESUMIDO E REAL. A VELOCIDADE DE INFORMACAO NOS NOSSOS DIAS SE TORNA A CHAVE PARA TANTAS MUDANCAS.

Leia mais

expert PDF Trial Escrituração Contábil Digital Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos

expert PDF Trial Escrituração Contábil Digital Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT

MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT MANUAL DO SISTEMA WCONTÁBIL GERAÇÃO DO ARQUIVO FCONT Página 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações necessárias de como proceder a preparação os dados e configuração do sistema Wcontábil na geração

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007. Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação,

Leia mais

ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014

ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014 XII ENCONTRO ALAGOANO DE CONTABILIDADE CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE ALAGOAS ECD + ECF - NOVAS REGRAS - 2014 Prof. Filemon Augusto de Oliveira MUITO PRAZER!!! Fé Família Trabalho AGRADECIMENTOS

Leia mais

EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012

EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012 PIS/COFINS EFD Contribuições (PIS/COFINS) Atualizado com a Instrução Normativa RFB nº 1.280/2012 CONTEÚDO 1. INTRODUÇÃO 2. CERTIFICADO DIGITAL 3. OBRIGATORIEDADE 3.a Dispensa de Apresentação da EFD-Contribuições

Leia mais

1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6. Considerações Finais.

1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6. Considerações Finais. ECF Escrituração Contábil Fiscal Aspectos gerais. Por: Luana Romaniuk. Em junho de 2015. SUMÁRIO 1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6.

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL. Socorro Oliveira 11.MARÇO.2010

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL. Socorro Oliveira 11.MARÇO.2010 SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL Socorro Oliveira 11.MARÇO.2010 DECRETO Nº 6.022-22/01/07 Eliminar a redundância de informações por meio da padronização das Obrigações Acessórias Uniformizar as

Leia mais

06/04/2011. Convênio ICMS nº 143, de 15 de dezembro de 2006 - Institui a Escrituração Fiscal Digital EFD. Ato Cotepe ICMS 09/2008

06/04/2011. Convênio ICMS nº 143, de 15 de dezembro de 2006 - Institui a Escrituração Fiscal Digital EFD. Ato Cotepe ICMS 09/2008 Curso Fortaleza-Ce EFD Pis/Cofins e ICMS/IPI Teoria e Prática Palestrante: Edison Garcia Junior Auditório do CRC-CECE 06 de abril de 2011 IN 1052/2010 EFD Pis/Cofins Estabelece regras de obrigatoriedade,

Leia mais

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED?

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? SPED PIS/COFINS Teoria e Prática O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? E v e l i n e B a r r o s o Maracanaú - CE Março/2 0 1 2 1 2 Conceito O SPED é instrumento que unifica as atividades

Leia mais

EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL

EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD PIS COFINS ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL 1. INTRODUÇÃO Este artigo tem por objetivo trazer considerações relevantes quanto a dados inerentes à Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep

Leia mais

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( 0 4 8 ) 3 2 4 7-0 0 0 1

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( 0 4 8 ) 3 2 4 7-0 0 0 1 ! "# " $ % &'()*+,(&)-!" # " $% $ &' $ $ ($ ) & * $+ *('./,+)() (012+0345 (65)*+,(&)-& 05 07'&5,-.//0# 1 2 34") $ 25 + 8 9,.1:( + + ;8 9,.1:( + +

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD) MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD) ECD Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil)... 5 Capítulo 1 Informações Gerais... 5 Seção 1.1. Introdução... 5 Seção 1.2. Legislação... 6 Seção

Leia mais

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Como trabalhamos? no passado a pouco tempo Daqui para frente ECD Escrituração Contábil Digital IN RFB 787/07 O que é? : É a substituição

Leia mais

Sped Contábil. III - livro Balancetes Diários, Balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos neles transcritos.

Sped Contábil. III - livro Balancetes Diários, Balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos neles transcritos. Sped Contábil 1. O que é o Sped Contábil? É a substituição da escrituração em papel pela Escrituração Contábil Digital (ECD), também chamada de Sped Contábil. Corresponde à obrigação de transmitir em versão

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD) MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DO SPED CONTÁBIL (ECD) ECD Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil)... 6 Capítulo 1 Informações Gerais... 6 Seção 1.1. Introdução... 6 Seção 1.2. Legislação... 7 Seção

Leia mais

Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá

Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá Programa Contag Consultoria e Escola de Negócios, representação da Nasajon Sistemas no Amapá Instrutor: José Jeová Junior Contador, com formação nesta área pelo Instituto IOB de São Paulo Dinâmica das

Leia mais

Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do IRPJ e CSLL sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real e-lalur

Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do IRPJ e CSLL sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real e-lalur Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do IRPJ e CSLL sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real e-lalur São Paulo, 11 de setembro de 2012 Abrangência do Sped NF-e Integração

Leia mais

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.218, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2011 Altera a Instrução Normativa RFB nº1.052, de 5 de julho de 2010, que institui a Escrituração Fiscal Digital

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP SPED, ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD E OS DOCUMENTOS ELETRÔNICOS 2007/2008 Programa: - Sistema Público de Escrituração Digital - SPED - Escrituração Fiscal Digital - EFD - Documentos Eletrônicos do SPED:

Leia mais

Palestra. SPED - Escrituração Contábil Digital - ECD - Roteiro. Julho 2012. Elaborado por: Antonio Sérgio de Oliveira

Palestra. SPED - Escrituração Contábil Digital - ECD - Roteiro. Julho 2012. Elaborado por: Antonio Sérgio de Oliveira Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos Professor Apresentação: 1. Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal

Leia mais

EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal)

EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) SPED Sistema Público de Escrituração Digital Instituído pelo Decreto nº 6022, de 22/01/2007, o projeto é composto: EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal).

Leia mais

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES Maio de 2012 O QUE É A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito

Leia mais

Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF

Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF 1 - Configurações Necessárias Empresa Lucro Real: 1.1 Pacote 3000 Apontar o plano referencial a ser utilizado pela empresa; 1.2 Pacote 3012

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais

E C D Escrituração Contábil Digital. Manual Prático

E C D Escrituração Contábil Digital. Manual Prático E C D Escrituração Contábil Digital ALDENIR ORTIZ RODRIGUES Contabilista, advogado, especialista em tributos diretos, contribuições para o PIS/Cofins e legislação societária. Coautor de livros das áreas

Leia mais

Bloco K + ECF. Bloco K no SPED Fiscal. Apresentação: 21/05/2015

Bloco K + ECF. Bloco K no SPED Fiscal. Apresentação: 21/05/2015 Bloco K + ECF Apresentação: Danilo Lollio Graduado em Análise de Sistemas pela Universidade Mackenzie. Formado em Pedagogia pela Universidade de São Paulo -USP. Gerente de Legislação da Wolters Kluwer

Leia mais

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Este tutorial destina-se a empresas de Regime Lucro Presumido. A exportação para o SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema LedWin, deverá ser feita da

Leia mais

Plantão de Dúvidas. Escrituração Contábil Fiscal ECF e Escrituração Contábil Digital - ECD

Plantão de Dúvidas. Escrituração Contábil Fiscal ECF e Escrituração Contábil Digital - ECD Plantão de Dúvidas Tema: Escrituração Contábil Fiscal ECF e Escrituração Contábil Digital - ECD com Lázaro Rosa da Silva 1 - Somos uma entidade sem fins lucrativos e temos mensalmente um PIS Sobre Folha

Leia mais

GUIA PRÁTICO DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD

GUIA PRÁTICO DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD GUIA PRÁTICO DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD Guia Prático da ECD Versão 1.0.1 ECD Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil)... 6 Capítulo 1 Informações Gerais... 6 Seção 1.1. Introdução... 6

Leia mais

Bloco Contábil e Fiscal

Bloco Contábil e Fiscal Bloco Contábil e Fiscal EFD Contribuições Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo EFD Contribuições, que faz parte do Bloco Contábil e Fiscal. Todas informações aqui disponibilizadas

Leia mais

Confira também a legislação estadual do seu domicílio nos portais das Secretarias Estaduais de Fazenda.

Confira também a legislação estadual do seu domicílio nos portais das Secretarias Estaduais de Fazenda. Legislação pertinente ao SPED FISCAL em ordem anticronológica: Ato COTEPE/ICMS 17, de 15 de junho de 2011 - Altera o Ato COTEPE/ICMS 09/08, que dispõe sobre as especificações técnicas para a geração de

Leia mais

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte.

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte. SPED O Sistema Público de Escrituração Digital, mais conhecido como Sped, trata de um projeto/obrigação acessória instituído no ano de 2007, através do Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. É um

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped)

Sistema Público de Escrituração Digital. Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) Escrituração Fiscal Digital Evolução 2003 2004 2005 2006 2007 Decreto nº 6.022-22/01/07 Institui o (Sped) Objetivo: promover a atuação integrada dos fiscos, mediante a padronização e racionalização das

Leia mais

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO

1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO 1. FCONT CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO Conforme disciplina a Instrução Normativa RFB nº 949/09, O FCONT é uma escrituração, das contas patrimoniais e de resultado, em partidas dobradas, que considera

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF 05/05/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Time da Eficiência Comercial... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Comparativo

Leia mais

SIAGRI SISTEMAS Esclarecimentos SPED Contábil

SIAGRI SISTEMAS Esclarecimentos SPED Contábil SIAGRI SISTEMAS Esclarecimentos SPED Contábil O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital É um projeto de âmbito NACIONAL sendo gerenciado pela RECEITA FEDERAL, tem como objetivo a uniformização

Leia mais

Funcionalidades do sistema SPED Contábil. Luiz Campos

Funcionalidades do sistema SPED Contábil. Luiz Campos Funcionalidades do sistema SPED Contábil Luiz Campos Conteúdo As funcionalidades do Programa Validador e Assinador PVA do SPED Contábil As funcionalidade do sistema o repositório nacional e sua interação

Leia mais

Informações Importantes Escrituração Contábil Digital ECD. 2 Existe um ambiente de treinamento dentro do próprio Sped Contábil?

Informações Importantes Escrituração Contábil Digital ECD. 2 Existe um ambiente de treinamento dentro do próprio Sped Contábil? Informações Importantes Escrituração Contábil Digital ECD 1 - Onde eu consigo visualizar o manual de orientação do ECD? No help do validador, em Ajuda Ajuda. Ou no link: file:///c:/arquivos%20de%20programas%20rfb/programas

Leia mais

Escrituração Contábil Digital (ECD)

Escrituração Contábil Digital (ECD) Escrituração Contábil Digital (ECD) Índice 1. SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL... 1 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. 1.6. Projeto do SPED... 1 Objetivos do SPED... 1 Universo de atuação... 2 O que

Leia mais

Manual Escrituração Contábil Digital

Manual Escrituração Contábil Digital SPED Contábil Vínculo de Contas e Geração do Arquivo O SPED Sistema Público de Escrituração Digital é composto por três grandes subprojetos: Escrituração Contábil Digital, Escrituração Fiscal Digital e

Leia mais

LEI 12.973/2014 E SPED: ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS

LEI 12.973/2014 E SPED: ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS LEI 12.973/2014 E SPED: ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS Visão geral dos impactos das novas evidenciações e diferenças de práticas contábeis advindas da IN 1.515. Subcontas. ECF e suas implicações.

Leia mais

ÍNDICE. S.P.E.D. Sistema Público de Escrituração Digital 1

ÍNDICE. S.P.E.D. Sistema Público de Escrituração Digital 1 Fevereiro - 2010 ATENÇÃO: A presente Cartilha possui caráter meramente informativo, refletindo o entendimento do Departamento Jurídico da FIESP/CIESP na data indicada como a de sua última alteração e abordando

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. São Paulo, agosto de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS São Paulo, agosto de 2011 m28 Obrigações Tributárias: Emissão de Documento Fiscal Escrituração Contábil Obrigação Acessória Escrituração Fiscal Entrega de Declarações

Leia mais

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 Versão 1.4 (03/09/2015) Prazo de entrega 2015-30/09/2015. Instrução Normativa RFB nº 1524, de 08 de dezembro de 2014) Art. 3º A ECF será transmitida anualmente ao

Leia mais

Palestra. Sistema Público de Escrituração Digital - SPED / Escrituração Contábil Digital - ECD. Junho 2012. Elaborado por:

Palestra. Sistema Público de Escrituração Digital - SPED / Escrituração Contábil Digital - ECD. Junho 2012. Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

ÍNDICE. GERAÇÃO FCONT CTB VERSÃO 1.1 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados.

ÍNDICE. GERAÇÃO FCONT CTB VERSÃO 1.1 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados. GERAÇÃO FCONT CTB RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Palestrante NIVALDO CLETO 26 DE MAIO DE 2010. Apoio Técnico Fiscosoft Editora Ltda FORTALEZA-CE

Palestrante NIVALDO CLETO 26 DE MAIO DE 2010. Apoio Técnico Fiscosoft Editora Ltda FORTALEZA-CE SPED Contábil Palestrante NIVALDO CLETO FORTALEZA-CE 26 DE MAIO DE 2010 Apoio Técnico Fiscosoft Editora Ltda Objetivo O OBJETIVO DESTE TREINAMENTO É APRESENTAR A parte teórica e técnica da Escrituração

Leia mais

Funcionalidades da Escrituração Fiscal Digital EFD Revisão dos Fundamentos da EFD Caso Prático EFD. Luiz Campos

Funcionalidades da Escrituração Fiscal Digital EFD Revisão dos Fundamentos da EFD Caso Prático EFD. Luiz Campos Funcionalidades da Escrituração Fiscal Digital EFD Revisão dos Fundamentos da EFD Caso Prático EFD Luiz Campos 1 QUEM ESTÁ OBRIGADO À APRESENTAÇÃO DA EFD A cláusula terceira do Ajuste SINIEF 2, de 3 de

Leia mais

EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS

EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS EFD-Contribuições Informações PIS/COFINS 1. Introdução 2. Obrigatoriedade e dispensa 3. Periodicidade e prazo de entrega (Alterações IN nº 1.305/2012 e ADE Cofis nº 65/2012) 4. Dispensa do Dacon 5. Forma

Leia mais

SPED - EFD - Escrituração Fiscal Digital

SPED - EFD - Escrituração Fiscal Digital Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT. Claudio Yano 20 de maio de 2014

Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT. Claudio Yano 20 de maio de 2014 Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT Claudio Yano 20 de maio de 2014 DIPJ 2014 Prazo de entrega Programa Gerador aprovado pela IN RFB 1.463/14; Prazo para entrega:

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Contabilidade Digital O termo Contabilidade Digital é aqui utilizado para traduzir os (nem tão novos) rumos que a contabilidade tomou, principalmente a partir

Leia mais

Boletim Técnico. Geração Sped Contábil Layout 2.00. Procedimento para Implementação. Procedimentos para Utilização

Boletim Técnico. Geração Sped Contábil Layout 2.00. Procedimento para Implementação. Procedimentos para Utilização Boletim Técnico Geração Sped Contábil Layout 2.00 Produto : Data da criação EMS2/TOTVS 11 MLF - Layout Fiscal/Gerador de Arquivos do Layout Sped Contábil : 01/07/2013 País(es) : Brasil Chamado : THOGB3

Leia mais

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso

SPED PIS E COFINS SPED PIS E COFINS. Sistema Questor SPED PIS E COFINS - SPED PIS E COFINS - 0brigatoriedade. Objetivos do Curso Sistema Questor SPED PIS E COFINS SPED Sistema Público de Escrituração Digital EFD Escrituração Fiscal Digital Instrutor: - Jocenei Friedrich Apoio: - Sejam todos bem-vindos Objetivos do Curso Conhecer

Leia mais

PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena

PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital É um projeto de âmbito

Leia mais

Certificado Digital Usos e Aplicações

Certificado Digital Usos e Aplicações Certificado Digital Usos e Aplicações Certificado Digital: Onde usar? O certificado digital é um documento eletrônico que proporciona agilidade em muitas das atividades realizadas atualmente por seu titular.

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL (ECD)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL (ECD) MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO LEIAUTE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL (ECD) Capítulo 1 Informações Gerais... 7 Seção 1.1. Introdução... 7 Seção 1.2. Legislação... 8 Seção 1.3. Pessoas Jurídicas Obrigadas a

Leia mais

ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECD (Escrituração Contábil Digital) Regras Novas 2014 Maria Ilene Imlau Winter Informações Gerais Obrigatoriedade (inclusive Lucro Presumido, Imunes e Isentas) Obrigações

Leia mais

EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal)

EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) EFD Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) SPED Sistema Público de Escrituração Digital Instituído pelo Decreto nº 6022, de 22/01/2007, o projeto é composto dos seguintes subprojetos: EFD Escrituração

Leia mais

03/08/2015 ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF

03/08/2015 ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL SPED ECF PROFESSOR: FELLIPE GUERRA MÓDULO 1 CONTEXTO TRIBUTÁRIO BRASILEIRO MÓDULO 2 CONTROLE FISCAL DOS AJUSTES MÓDULO 3 ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL MÓDULO 4 ESCRITURAÇÃO

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2015 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 5 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das Associações de Pais e Mestres APMs de Escolas Estaduais conveniadas

Leia mais

PIS/ COFINS. NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11)

PIS/ COFINS. NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11) PIS/ COFINS NOTÍCIAS DA SEMANA (14/02/11 a 18/02/11) I NOVAS SOLUÇÕES DE CONSULTAS.... 2 A) LOCADORAS DE VEÍCULOS PODEM SE CREDITAR DE 1/48 (UM QUARENTA O OITO AVOS) NO CÁLCULO DOS CRÉDITOS DE PIS/COFINS

Leia mais

MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M4 D2 SPED CONTÁBIL GUIA DE ESTUDO PARTE I: FUNDAMENTOS DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL ECD PROFESSOR AUTOR: LUIZ CAMPOS

MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M4 D2 SPED CONTÁBIL GUIA DE ESTUDO PARTE I: FUNDAMENTOS DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL ECD PROFESSOR AUTOR: LUIZ CAMPOS MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M4 D2 SPED CONTÁBIL GUIA DE ESTUDO PARTE I: FUNDAMENTOS DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL ECD PROFESSOR AUTOR: LUIZ CAMPOS PROFESSOR TELEPRESENCIAL: LUIZ CAMPOS COORDENADOR

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

ECF Escrituração Contábil Fiscal. Maio de 2015

ECF Escrituração Contábil Fiscal. Maio de 2015 Maio de 2015 Histórico Desde o ano de 2007, com a criação Sistema público de Escrituração Digital (SPED), por meio do Decreto nº 6.022, o fisco vem gradativamente migrando sua base de análises para os

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DA CONTRIBUIÇÃO (EFD CONTRIBUIÇÕES) Diário Oficial da União Nº 43, Seção 1, sexta-feira, 2 de Março de 2012

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DA CONTRIBUIÇÃO (EFD CONTRIBUIÇÕES) Diário Oficial da União Nº 43, Seção 1, sexta-feira, 2 de Março de 2012 Circular 112/2012 São Paulo, 06 de Março de 2012. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DA CONTRIBUIÇÃO (EFD CONTRIBUIÇÕES) Diário Oficial da União Nº 43, Seção 1, sexta-feira, 2 de

Leia mais

SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL. Instrução Alterações ECD (Layout 2.00)

SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL. Instrução Alterações ECD (Layout 2.00) Página 1 de 6 1 Objetivo Orientar os usuários do sistema Consultor s referente alterações na geração da Escrituração Contábil Digital (ECD) atendendo a versão 2.00 do layout (a partir do ano-calendário

Leia mais

SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA

SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA SPED CONTÁBIL CONTABILIDADE NOVA RMS Software S.A. Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

Índice I. DADOS DA EMPRESA... 2. a) Dados para contabilização da Empresa Modelo... 3. b) Cálculo do IRPJ... 4. c) Cálculo da Contribuição Social...

Índice I. DADOS DA EMPRESA... 2. a) Dados para contabilização da Empresa Modelo... 3. b) Cálculo do IRPJ... 4. c) Cálculo da Contribuição Social... Índice I. DADOS DA EMPRESA... 2 a) Dados para contabilização da Empresa Modelo... 3 b) Cálculo do IRPJ... 4 c) Cálculo da Contribuição Social... 5 d) Plano de Contas... 6 e) Histórico Padrão... 7 f) Lançamentos

Leia mais

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped.

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped. 001 O que é a EFD-Contribuições? A EFD-Contribuições é a Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição

Leia mais

Guia Rápido ECF e ECD - SPED Contábil 2016

Guia Rápido ECF e ECD - SPED Contábil 2016 ÍNDICE Introdução... 3 SPED Contábil: Maio de 2016... 4 O que é o ECD - SPED Contábil?... 4 Empresas obrigadas a entregar o SPED Contábil... 4 Layout 4: enquadre de forma legal sua empresa... 5 Prazo de

Leia mais