Plano de Estudo 3ª Etapa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Estudo 3ª Etapa"

Transcrição

1 Plano de Estudo 3ª Etapa NÍVEL DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL I ANO: 1º Srs. Pais, SAÚDE E PAZ! Esse plano de estudo tem como finalidade levá-los a conhecer melhor a proposta desenvolvida no 1º ano. Nele constam os conteúdos que serão trabalhados durante a 3ª etapa. Um bom acompanhamento dos seus filhos requer paciência, comprometimento, estímulo, envolvimento e persistência. Lembrem-se sempre de que, a criação do hábito diário de estudo, a autonomia e disciplina capacitam as crianças a serem autoconfiantes, a serem bons estudantes e mais felizes, levando-as desse modo às melhores oportunidades na vida pessoal e profissional. Lembrete importante: Alguns conteúdos podem sofrer alterações de acordo com a demanda e especificidades da sua turma e/ou ano. Período da etapa Início: 27/08 Término: 06/12 Valor da etapa 35 pontos Média 21 pontos Dimensão Atitudinal Sistema de Avaliação Atividade diversificada poderá ser utilizado um ou mais instrumentos. Prova Trimestral poderá ser objetiva e discursiva. 4,0 pontos 21,0 pontos 10, 0 pontos Equipe de professores

2 Área do Conhecimento: Língua Portuguesa A compreensão geral do mundo da leitura e da escrita é um fator que favorece a alfabetização. Devemos promover simultaneamente a alfabetização e o letramento. Os conteúdos propostos aqui constituem estratégias para aproximação com as hipóteses dos alunos em relação à leitura e escrita. 1 LEITURA Poemas de vários tipos Canções atuais: diversos ritmos Contos tradicionais Listagem e bilhetes Leitura de imagens(obras de arte, gravuras) História em quadrinhos Cartaz e bilhetes Regras de jogo Tirinhas mudas Propagandas Gráficos Receitas 2- PRODUÇÃO DE TEXTO (escrita) Pequenos relatos Receitas Pequenas histórias Manchete e cartaz 3- LINGUAGEM ORAL Conversações espontâneas Narrativas orais Relatos Recados Habilidades: Transmitir recados e notícias com clareza e objetividade. Expressar opiniões em situações diversificadas. Representar na escrita unidades da língua oral, fazendo relação de quantidade e sonoridade. Valer-se da linguagem oral para conversar, expressar pontos de vista, transmitir recados. Relatar experiências vividas e narrar fatos em sequência temporal e causal. Identificar rimas e aliterações em jogos verbais. Identificar, na fala, os sons que formam as palavras e fazer a correspondência entre sons e letras. Reproduzir a direcionalidade da escrita. Realizar hipóteses e antecipações sobre o escrito. Recontar histórias conhecidas com aproximação às características da história original.

3 Área do Conhecimento: História Esta área pretende abordar o papel importante de cada um na sociedade propiciando ao aluno compreender a diversidade humana, no passado/presente através das noções de espaço/tempo, investigando os processos, os sujeitos históricos e discutindo as relações entre grupos humanos em diferentes épocas e lugares. JEITOS DE CONVIVER Convivência fora da escola Tipos de lazer. Jeitos de brincar de diferentes povos. Brinquedos e brincadeiras antigos e atuais. Habilidade: Identificar brinquedos e brincadeiras. Reconhecer que alguns brinquedos precisam de energia elétrica para funcionar. Perceber e identificar alguns materiais utilizados na fabricação de brinquedos. Reconhecer brincadeiras e brinquedos antigos, diferenciando-os dos atuais. Conhecer brinquedos e brincadeiras de diferentes povos, reconhecendo outras formas de brincar. Perceber a diversidade cultural presente nos brinquedos e brincadeiras de outros povos. Identificar algumas atividades de lazer praticadas em diferentes locais.

4 Área do Conhecimento: Matemática A Matemática está inserida em nosso cotidiano bem como em todas as atividades que propomos aos nossos alunos. É preciso que eles desenvolvam capacidades que lhes permitam aprender matemática sem dificuldades, desde que tal aprendizagem esteja vinculada a contextos e situações cultural e socialmente significativas. 1- NÚMEROS E OPERAÇÕES Contagem até 100 Registro dos números até 50 Utilização da contagem em situações do cotidiano Função social do número Sequência ordenada dos números (antecessor/sucessivo ideia) Números ordinais até 10 (uso social, oralidade) Ideias da adição e subtração 2- GRANDEZAS E MEDIDAS Uso do calendário (semana, mês e ano) Pontos de referência do tempo (dia/noite, manhã/tarde, ontem/hoje/amanhã) 3- ESPAÇO E FORMA Composição de figuras Identificação de pontos de referência para situar-se e deslocar-se no espaço (proximidade, direcionalidade, noções de distância) Traçado de percursos para observação da localização de determinados lugares. 4- TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO - Gráficos simples (noção) Habilidade: Utilizar a contagem oral. Identificar e nomear os números escritos até 30, sabendo o que vem antes, depois e entre. Utilizar estratégias convencionais ou não de cálculo, como ferramenta para resolver problemas. Comparar quantidades, utilizando diferentes estratégias. Interpretar e produzir escritas numéricas nos diversos contextos, observando regularidades. Utilizar estimativas ao trabalhar com quantidades, cálculos e soluções de problemas. Criar e continuar sequências. Utilizar linguagem adequada ao deslocamento, a partir de referência. Marcar tempo por meio de calendário mensal, relacionando dia, semana,mês e ano. Ler e interpretar mensagens contidas em imagens/gráficos Coletar, organizar e registrar informações. Traçar corretamente os números.

5 Área do Conhecimento: Geografia Esta área pretende explicar as relações entre sociedade e a natureza como também perceber a relação sociedade/espaço geográfico e seus impactos, possibilitando aos alunos compreender o mundo em que vivem, observar os problemas ambientais, econômicos e culturais, refletir sobre eles e atuar na sociedade como cidadãos conscientes dos seus direitos e deveres. EU E O ESPAÇO Outros espaços, novas paisagens (urbana/ rural/ litorânea) Habilidade: Reconhecer as diferenças entre as paisagens da cidade, do campo e do litoral. Conhecer algumas atividades de lazer praticadas na cidade, no campo e no litoral. Relacionar informações que permitam identificar os diferentes elementos constitutivos da paisagem. Descrever paisagens de seu espaço de vivência discriminando os elementos que as compõem.

6 Área do Conhecimento: Ciências Esta área pretende mostrar de modo integrado e sistêmico, as relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Cabe a ela fazer com que o homem se reconheça como parte do universo, consciente de seu dever de cuidar do ambiente e da sua saúde física e psíquica. O CÈU DA NOSSA TERRA Observando o céu Noite e dia O tempo na natureza Comportamento dos seres vivos: hábitos diurnos e noturnos Habilidade: Reconhecer a passagem do tempo relacionando a sucessão dos dias e das noites. Perceber que a passagem do tempo pode ser observada na natureza. Identificar alguns elementos do céu que indicam o dia ou a noite. Conhecer a organização de calendário. Identificar animais de hábitos noturnos e diurnos.

7

8 Ensino Fundamental I Rua Cesário Alvim, 810. Padre Eustáquio, BH. Cep: tel: (31)

PLANEJAMENTO DO TRIMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL III

PLANEJAMENTO DO TRIMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL III 1ª ETAPA COMPONENTE CURRICULAR - BRINCAR Objetos e Significados na brincadeira Participar das brincadeiras exploradas. Utilizar os brinquedos de maneira cuidadosa. Participar de jogos com ou sem a intervenção

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e

Leia mais

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS Curitiba, 15 de março de 2012. Senhores pais ou responsáveis, Enviamos-lhes o cronograma do que vai ser trabalhado nesta 1ª Etapa no 2º ano. O cronograma

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V OBJETIVOS GERAIS. Desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do próprio corpo; Desenvolvimento

Leia mais

HABILIDADES. Compreender que cada pessoa é única e especial. Valorizar a identidade de cada um. Descobrir e conhecer a sua história de vida.

HABILIDADES. Compreender que cada pessoa é única e especial. Valorizar a identidade de cada um. Descobrir e conhecer a sua história de vida. Disciplina: História Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL - 2012 Série: 2º ano Turma: 21, 22, 23 e 24 CONTEÚDOS HABILIDADES AVALIAÇÕES Unidade 1 Cada um tem um jeito de ser. Descobrindo a minha história. Eu

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 1º VOLUME ARTES VISUAIS O FAZER ARTÍSTICO Criação de desenhos, pinturas e colagens, com base em seu próprio repertório. Exploração das possibilidades oferecidas por diferentes

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados Unidade 4 O mundo secreto das tocas e dos ninhos Unidade 5 Luz, sombra e ação! Unidade

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, interessando-se por conhecer

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

Plano de Estudo 3ª Etapa

Plano de Estudo 3ª Etapa Plano de Estudo 3ª Etapa NÍVEL DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL I ANO: 4º Querido (a) aluno(a), SAÚDE E PAZ! Esse plano de estudo tem como finalidade ajudá-lo (a) a se organizar melhor em seu hábito de estudo

Leia mais

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano Com o objetivo de promover avanços no desenvolvimento dos educandos, tendo em vista a aquisição de novos conhecimentos, habilidades e a formação de atitudes e valores

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando Linguagem oral e escrita Planejamento Educação infantil Ciranda Nível 3 Unidade 1: Cirandando Formas textuais Conhecer diferentes tipos de textos. Conhecer um texto instrucional e sua função social. Priorizar

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA BÁRBARA Departamento Pré-Escolar/1º Ciclo 151 956 Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar Área

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III OBJETIVOS GERAIS Construção da auto-imagem e desenvolvimento da auto-estima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

Maternal 3 anos Educação Infantil

Maternal 3 anos Educação Infantil Maternal 3 anos Educação Infantil Eixo temático: Tema: Joca e suas aventuras As crianças, nesta fase, caracterizam-se pelo movimento e pela ação. Agem ativamente em seu entorno, acompanhando seus movimentos

Leia mais

1 o Período Educação Infantil

1 o Período Educação Infantil 1 o Período Educação Infantil Eixo temático: O tema Imaginação visa a estimular as distintas áreas de desenvolvimento integral das crianças, bem como favorecer o crescimento de suas habilidades e competências.

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I LÍNGUA PORTUGUESA Nome Vogais Encontro vocálico/ Sons nasais Consoante T Gêneros textuais:parlenda;trava língua;poema;história em quadrinhos;piada;lista

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 324, Toledo PR Fone: 3277-850 PLANEJAMENTO ANUAL NATUREZA E SOCIEDADE SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR:

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO. Português

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO. Português ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO ESCUTA/ LEITURA/ PRODUÇÃO DE TEXTO ORAL E ESCRITO Textos narrativos Contos de

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades: OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL V - 2012 A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2014 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e do desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

48 Os professores optaram por estudar a urbanização, partindo dos espaços conhecidos pelos alunos no entorno da escola. Buscavam, nesse projeto, refletir sobre as características das moradias existentes,

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do próprio

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 3ª Fase

Leia mais

Coordenação Pedagógica Educação Infantil e 1º Ano Ensino Fundamental I Profª. Hevelyn Tatiane Silva Barcelos Campelo

Coordenação Pedagógica Educação Infantil e 1º Ano Ensino Fundamental I Profª. Hevelyn Tatiane Silva Barcelos Campelo 01 Direção: Profª Renata Teixeira Junqueira Freire Vice Direção Administrativa: Márcio Lóes Alcalá Coordenação Pedagógica Educação Infantil e 1º Ano Ensino Fundamental I Profª. Hevelyn Tatiane Silva Barcelos

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /.

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /. ROTEIRO DE ESTUDOS 3º ano 1º trimestre / 2015 Nome: Data: / /. Querido (a) Aluno (a), Elaboramos este roteiro com dicas sobre os conteúdos trabalhados no 1º trimestre e que serão abordados nas avaliações

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 1º ANO C e D 1º SEMESTRE/2012 PROFESSORAS: JULIANA E MARCELA

REUNIÃO DE PAIS 1º ANO C e D 1º SEMESTRE/2012 PROFESSORAS: JULIANA E MARCELA REUNIÃO DE PAIS 1º ANO C e D 1º SEMESTRE/2012 PROFESSORAS: JULIANA E MARCELA PROPÓSITOS DA REUNIÃO Apresentar o trabalho que será realizado no decorrer do ano letivo, em cada área do conhecimento. Compartilhar

Leia mais

Plano de Estudo 3ª Etapa

Plano de Estudo 3ª Etapa Plano de Estudo 3ª Etapa NÍVEL DE ENSINO: ENSINO FUNDAMENTAL I ANO: 5º Querido (a) aluno(a), SAÚDE E PAZ! Esse plano de estudo tem como finalidade ajudá-lo (a) a se organizar melhor em seu hábito de estudo

Leia mais

Notícias do grupo. REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA 21/3/2011

Notícias do grupo. REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA 21/3/2011 REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA Notícias do grupo QUANDO EU TINHA UM ANO, EU ESTAVA APENAS COMEÇANDO. QUANDO EU TINHA DOIS, EU ERA QUASE NOVO. QUANDO EU TINHA TRÊS,

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC Professora Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Área de conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Geografia

Leia mais

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G)

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) Resumo: Este artigo procurou abordar o ensino da matemática na Educação Infantil através de brincadeiras,

Leia mais

O Ensino de Matemática na Educação Infantil

O Ensino de Matemática na Educação Infantil Débora de Oliveira O Ensino de Matemática na Educação Infantil No Brasil, desde 1996, a Educação Infantil é considerada a primeira etapa da educação básica e tem como guia de reflexão de cunho educacional

Leia mais

Estudos da Natureza na Educação Infantil

Estudos da Natureza na Educação Infantil Estudos da Natureza na Educação Infantil Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Infantil (RCNEI) parte 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e do desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos.

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos. Língua Portuguesa As crianças do 1º ano têm o direito de aprender e desenvolver competências em comunicação oral, em ler e escrever de acordo com suas hipóteses. Para isto é necessário que a escola de

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 1º ANO PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 1º ANO A verdadeira unidade entre os homens é produzida, reforçada e protegida pela comunhão no

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

Apresentação do projeto:

Apresentação do projeto: Apresentação do projeto: Este projeto tem o intuito do conhecimento global do ser humano: conhecendo seu corpo, ampliando conceitos de higiene e saúde, descobrindo que o indivíduo está presente em todas

Leia mais

Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 14/06/2011

Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 14/06/2011 Explorando grandezas e medidas: Experiências práticas Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 14/06/2011 Conteúdos RCN Espaço e forma (Oficina de maquetes) Número e sistema de numeração:

Leia mais

4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS 1ª etapa Professoras Regentes: Alessandra / Ana Paula / Solange

4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS 1ª etapa Professoras Regentes: Alessandra / Ana Paula / Solange 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS 1ª etapa Professoras Regentes: Alessandra / Ana Paula / Solange LÍNGUA PORTUGUESA Leitura: Meu nome não é esse (Notícia); Pesquisa de opinião (entrevista); Aprofundamento

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato.

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos e Silvana Bento de Melo Couto. Escola: E. M. José

Leia mais

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos Prefeitura Municipal do Salvador Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos COMPETÊNCIA CONTEÚDO

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

Trabalhando a convivência a partir da transversalidade

Trabalhando a convivência a partir da transversalidade PROGRAMA ÉTICA E CIDADANIA construindo valores na escola e na sociedade Trabalhando a convivência a partir da transversalidade Cristina Satiê de Oliveira Pátaro 1 Ricardo Fernandes Pátaro 2 Já há alguns

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA 11ª Classe Formação de Professores para o Pré-Escolar e para o Ensino Primário Opção: Ensino Primário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia

Leia mais

2º ANO A - ENSINO FUNDAMENTAL

2º ANO A - ENSINO FUNDAMENTAL 2º ANO A - ENSINO FUNDAMENTAL Segue abaixo o calendário das avaliações do 3º trimestre 2015 (1ª Etapa) 21/10 Geografia Páginas 84 a 95 Materiais para construção de moradias e os trabalhadores da construção.

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 2014/2015 A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa. Na educação pré-escolar assume uma dimensão marcadamente formativa,

Leia mais

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA ESCOLA ESTADUAL ALMIRANTE TOYODA-2014 PROJETO IDENTIDADE MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA TURMA: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL (AZALÉIA E ACÁCIA) PROFESSORAS: GENISMEYRE E LUCILEILA Projeto Identidade Público

Leia mais

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA INICIANDO A CONVERSA APROFUNDANDO O TEMA Por que ensinar gêneros textuais na escola? Registro

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA LEITURA NA PONTA DA LÍNGUA E ESCRITA NA PONTA DO LÁPIS

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA LEITURA NA PONTA DA LÍNGUA E ESCRITA NA PONTA DO LÁPIS PROJETO DE LEITURA E ESCRITA LEITURA NA PONTA DA LÍNGUA E ESCRITA NA PONTA DO LÁPIS A língua é um sistema que se estrutura no uso e para o uso, escrito e falado, sempre contextualizado. (Autor desconhecido)

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I SÉRIE: EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL

Leia mais

O interesse por atividades práticas contribuindo na alfabetização através do letramento

O interesse por atividades práticas contribuindo na alfabetização através do letramento O interesse por atividades práticas contribuindo na alfabetização através do letramento A contribuição do interesse e da curiosidade por atividades práticas em ciências, para melhorar a alfabetização de

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE DISCIPLINA CONTEÚDO HABILIDADES/COMPETÊNCIAS PORTUGUÊS - Construção da identidade social e do grupo; Linguagem oral Linguagem oral Desenvolver a coordenação visomotora, a criatividade

Leia mais

Unidade II ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO. Profa. Ma. Adriana Rosa

Unidade II ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO. Profa. Ma. Adriana Rosa Unidade II ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Profa. Ma. Adriana Rosa Ementa Propostas para aquisição da língua escrita. Oralidade e comunicação. A escola e o desenvolvimento da linguagem. O ensino da escrita.

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Agrupamento de Escolas José Maria dos antos Critérios de Avaliação 4. º Ano Língua Portuguesa 2011/12 Capacidade de compreensão Interpreta Responde Reconta Questiona Revela dificuldades na interpretação.

Leia mais

Identificar a passagem do tempo no dia-a-dia e sua organização. Compreender o conceito de cidadania e responsabilidade.

Identificar a passagem do tempo no dia-a-dia e sua organização. Compreender o conceito de cidadania e responsabilidade. Disciplina: História Período: 1º Unidade 1: Tempo para todos. 1.1. Ser solidário 1.2. Cada coisa a seu tempo 1.3. Todos nós temos responsabilidades Identificar a passagem do tempo no dia-a-dia e sua organização.

Leia mais

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM Justificativa ABREU,Tamires de Sá 1 BARRETO, Maria de Fátima Teixeira² Palavras chave: crenças, matemática, softwares, vídeos.

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Metodologia I nvestigativa Escolha de uma situação inicial: Adequado ao plano de trabalho geral; Caráter produtivo (questionamentos); Recursos (materiais/

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Área de conhecimento: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular:

Leia mais

ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS.

ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS. ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS. Introdução: O presente artigo tem a pretensão de fazer uma sucinta exposição a respeito das noções de espaço e tempo trabalhados

Leia mais

EIXO: TEMPO, ESPAÇO E CIDADANIA Conhecer o próprio corpo por meio do uso de habilidades físicas, motoras e perceptivas.

EIXO: TEMPO, ESPAÇO E CIDADANIA Conhecer o próprio corpo por meio do uso de habilidades físicas, motoras e perceptivas. O que se aprende, como se aprende e onde se aprende O Currículo O trabalho na educação infantil da Nossa Infância é organizado por eixos que são orientados por faixa etária: BERÇÁRIO 1 Nos primeiros anos

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL 1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL ANTECEDENTES Art. 210. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum

Leia mais

DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR Planificação Anual Ano Letivo de 2014/2015. Área da Formação Pessoal e Social

DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR Planificação Anual Ano Letivo de 2014/2015. Área da Formação Pessoal e Social Área da Formação Pessoal e Social a-identidade / autoestima b-independência/ autonomia a- Noção de pertença a diferentes grupos(família, escola, comunidade entre outros). a- Expressão de emoções e sentimentos

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 MATERNAL III PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 MATERNAL 3 ANOS Organize suas atividades de forma ordenada, dando a cada uma o seu tempo

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

3ºANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Andreza, Déborah, keiti e Letícia.

3ºANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Andreza, Déborah, keiti e Letícia. COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS Curitiba, 6 de Junho de 2012. Senhores pais ou responsáveis, Enviamos-lhes o cronograma do que vai ser trabalhado nesta 2ª Etapa no 3º ano. O cronograma

Leia mais

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL IV

Conteúdo Programático INFANTIL IV Conteúdo Programático INFANTIL IV 1 TRIMESTRE LINGUAGEM POEMA TEXTO NARRATIVO CARTAZ VOGAIS A, E e I. LETRA DE MÚSICA RÓTULO VOGAIS Oe U HISTÓRIA EM QUADRINHOS / CARTUM ENCONTROS VOCÁLICOS ADIVINHAS DE

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2011 Educação Infantil III Área de conhecimento: Linguagem Série: Infantil III Educação Infantil Competências Habilidades a serem desenvolvidas Eixo/Conteúdos

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NUMA ESCOLA DO CAMPO

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NUMA ESCOLA DO CAMPO eliane.enaile@hotmail.com Introdução Nos últimos anos, as reflexões realizadas sobre a alfabetização têm mostrado que a aquisição da escrita é um processo complexo e multifacetado. Nesse processo, considera

Leia mais

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação PORTUGUÊS Domínios em Domínios/Competências Fatores de ponderação Instrumentos de Domínio Cognitivo Compreensão oral 20% Registos e grelhas de observação

Leia mais

PROFESSORAS DO INFANTIL II:

PROFESSORAS DO INFANTIL II: REUNIÃO DE PAIS 09 de Fevereiro de 2012 PROFESSORAS DO INFANTIL II: INFANTIL II A - Cristiane de Moraes Fabbri Grassi INFANTIL II B - Liliana Brenelli Vidotti INFANTIL II C - Thelma Pereira Ribeiro Ferrari

Leia mais

PLANEJAMENTO TURMA 3º ano DISCIPLINA CONTEÚDOS Vol. 1 e 2 Língua Portuguesa

PLANEJAMENTO TURMA 3º ano DISCIPLINA CONTEÚDOS Vol. 1 e 2 Língua Portuguesa COLÉGIO SANTA TERESINHA - CAMPO BOM Fone 3597-1215 Rua Santo Inácio de Loiola, 196 Centro Campo Bom RS. PLANEJAMENTO TURMA 3º ano DISCIPLINA CONTEÚDOS Vol. 1 e 2 Língua Portuguesa Gêneros textuais: Poemas,

Leia mais

Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil

Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil 1. Apresentação 2.Inserção da Cronobiologia na pré-escola 3.Inserção da Cronobiologia no fundamental ciclo I 4.Referências. 1. Apresentação Este

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM

EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO DE LINGUAGEM COMUNICAÇÃO FASE I FASE II ORALIDADE Transmitir recados simples. Formar frases com seqüência. Argumentar para resolver conflitos. Verbalizar suas necessidades e

Leia mais

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Resumo Este projeto propõe a discussão da Década de Ações para a Segurança no Trânsito e a relação dessa com o cotidiano dos alunos, considerando como a prática

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL COMPONENTE CURRICULAR CIÊNCIAS HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL COMPONENTE CURRICULAR CIÊNCIAS HABILIDADES E COMPETÊNCIAS PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL COMPONENTE CURRICULAR CIÊNCIAS CONTEÚDO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS A VIDA E O LUGAR DE CADA UM NOS DIVERSOS AMBIENTES DA TERRA Compreender que as plantas

Leia mais

Utilizar pontos de referência e descrever percursos.

Utilizar pontos de referência e descrever percursos. Conteúdos Curriculares do 1º Ano de escolaridade 1º PERÍODO - apropriar-se de padrões de entoação e ritmo; - memorizar e reproduzir sequências de sons; - apropriar-se de novos vocábulos; - associar palavras

Leia mais

Planificação Anual 1º Ciclo 3º ano

Planificação Anual 1º Ciclo 3º ano Planificação Anual 1º Ciclo ano Planificação do Período Língua Portuguesa Descritores de desempenho Compreensão do oral Prestar atenção ao que ouve de modo a tornar possível:, responder a questões sobre

Leia mais

O USO DE SOFTWARE EDUCATIVO NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DE CRIANÇA COM SEQUELAS DECORRENTES DE PARALISIA CEREBRAL

O USO DE SOFTWARE EDUCATIVO NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DE CRIANÇA COM SEQUELAS DECORRENTES DE PARALISIA CEREBRAL O USO DE SOFTWARE EDUCATIVO NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DE CRIANÇA COM SEQUELAS DECORRENTES DE PARALISIA CEREBRAL Introdução Com frequência as tecnologias digitais estão sendo empregadas pelos educadores em

Leia mais

PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1. Fevereiro de 2013

PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1. Fevereiro de 2013 PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1 Fevereiro de 2013 Iniciando a conversa Nesta unidade discutiremos a importância do planejamento das atividades, da organização

Leia mais

Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA

Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA QUESTÃO 01 HABILIDADE: Escrever texto, com correspondência sonora; Escrever texto, a partir do tema proposto. 1. Escreve textos, sem erros ortográficos,

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE Zilma de Moraes Ramos de Oliveira HISTÓRICO Constituição brasileira LDB Plano Nacional de Educação CONSTITUIÇÃO

Leia mais

METODOLOGIA & Hábito de estudos AULA DADA AULA ESTUDADA

METODOLOGIA & Hábito de estudos AULA DADA AULA ESTUDADA Educação Infantil METODOLOGIA & Hábito de estudos AULA DADA AULA ESTUDADA s s s Precisao e organizacao nos conceitos A agitação é a mesma. Com algumas adaptações ao espaço e ao tempo, a rotina e as histórias

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 3º Ano - III Trimestre

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 3º Ano - III Trimestre CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 3º Ano - III Trimestre Língua Portuguesa PRODUÇÃO DE LEITURA Fábulas Tirinhas História em quadrinhos Crônicas Biografia Cartaz Reportagem Comandos verbais (específicos da etapa) Gêneros

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil.

A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil. Matemática na Educação Infantil: é possível A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil. Nas avaliações

Leia mais

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro Olimpíada de LP Escrevendo o futuro QUATRO GÊNEROS EM CARTAZ: OS CAMINHOS DA ESCRITA Cristiane Cagnoto Mori 19/03/2012 Referências bibliográficas RANGEL, Egon de Oliveira. Caminhos da escrita: O que precisariam

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO

INFORMATIVO 2015 GRUPO INFORMATIVO 2015 GRUPO 5 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais