Pharmanager Estudo de Mercado e Supply Chain para o Varejo Farmacêutico Paulo Paiva Diretor Comercial, Vendas Regionais Latam & Consultoria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pharmanager 2013. Estudo de Mercado e Supply Chain para o Varejo Farmacêutico Paulo Paiva Diretor Comercial, Vendas Regionais Latam & Consultoria"

Transcrição

1 Pharmanager 2013 Estudo de Mercado e Supply Chain para o Varejo Farmacêutico Paulo Paiva Diretor Comercial, Vendas Regionais Latam & Consultoria Junho/13

2 Mercado de Varejo 1. Vendas Previsão de Volume em Unidades Standard (SU) CAGR ,0% CAGR ,5% Variação +/- 2% CAGR Principais Impulsionadores Economia Cresce e Inflação sob controle Cresc. PIB~ +1,5 3,5% Inflação ~ 5% Crescimento do Emprego Formal Aumento de Vendas por aumento de renda e melhor distribuição Aumento da Idade Média da população LOE Perda de Exclusividade Incremento da Farmácia Popular History 2 and forecast MAT March

3 Mercado de Varejo 1. Previsão em Volume Unidades Standard (SU) Volume SU RX vs OTC detalhes RX 49% 49% 50% 50% 52% 52% 53% 54% 54% 55% OTC 51% 51% 50% 50% 48% 48% 47% 46% 46% 45% Volume SU RX quebra ORI UGX BGX 24% 8% 16% 14% 13% 12% 16% 15% 14% 23% 20% 17% 17% 18% 13% 14% 15% 16% 9% 10% 11% 18% 20% 22% 23% 23% 24% 24% 25% 25% History 3 and forecast MAT March ORI = Products classified as Reference by ANVISA, UGX = unbranded generics (classified as generics by ANVISA), BGX = branded generics

4 Mercado Varejo - Previsão 2. Previsão R$ com descontos (PPP) RX OTC 26 71% 29% +12% 29 71% 29% +5% Valores com descontos RX vs OTC quebra 31 70% 30% 34 70% 30% CAGR ,7% 38 70% 30% 41 70% 30% 46 70% 30% Variation of +/- 2% in forecast CAGR 51 70% 30% Valores com Descontos RX quebra ORI 38% 35% 35% 34% 34% 33% 32% 31% UGX 10% 12% 11% 11% 11% 12% 13% 14% BGX 23% 23% 24% 25% 25% 25% 26% 26% History 4 and forecast MAT March ORI = Products classified as Reference by ANVISA, UGX = unbranded generics (classified as generics by ANVISA), BGX = branded generics

5 CONSUMER HEALTH Dez/12 em R$ OTC Valor MAT: 12.1 Bi Peso: 53% +7.0% PAC Valor MAT: 1.4 Bi Peso: 6% +11.4% BRASIL CONSUMER HEALTH 22.8 Bi Anuais +8.9% Rx R$ 28bi (PPP) PEC Valor MAT: 8.5 Bi Peso: 37% +9.7% NTR Valor MAT: 730M Peso: 3% +29.5% Os mercados Personal Care, Patient Care e Nutrição atingem um valor ~14bi Reais 5

6 Mercado Consumer Health por regiões Mercado Consumo em Farmácia OTC na Farmácia +19% +21% +18% +19% 1 Bi 5% 3.5 Bi 16% 600M 5% 2.3 Bi 19% +32% +24% 1.8bi 8% 1 Bi 9% +9% 11.3BI 53% +10% 6 BI 51% WEI8HT +11% 3,8 Bi 18% +8% 2 Bi 17% <Presentation title> 6 6/26/2013 MAT MAR DADOS NACIONAIS NÃO PROJETADOS

7 Mercado Consumer Health por regiões Mercado Consumo em Farmácia Personal Care na Farmácia +19% +21% +12% +19% 1 Bi 5% 3.5 Bi 16% 260 M 4% 800 M 11% +32% +42% 1.8bi 8% 500 M 7% +9% 11.3BI 53% +3% 4 BI 54% WEI8HT +11% 3,8 Bi 18% +13% 1.3 Bi 19% <Presentation title> 7 6/26/2013 MAT MAR DADOS NACIONAIS NÃO PROJETADOS

8 Mercado Consumer Health por regiões Mercado Consumo em Farmácia Patient Care na Farmácia +19% +21% +42% +33% 1 Bi 5% 3.5 Bi 16% 95 M 4% 280 M 11% +32% +62% 1.8bi 8% 145 M 7% +9% 11.3BI 53% +11% 830 M 54% WEI8HT +11% 3,8 Bi 18% +20% 340 M 19% <Presentation title> 8 6/26/2013 MAT MAR DADOS NACIONAIS NÃO PROJETADOS

9 Mercado Consumer Health por regiões Mercado Consumo em Farmácia Nutrition na Farmácia +19% +21% +34% +37% 1 Bi 5% 3.5 Bi 16% 25 M 3% 100 M 12% +32% +59% 1.8bi 8% 75 M 9% +9% 11.3BI 53% +42% 510 M 61% WEI8HT +11% 3,8 Bi 18% +33% 120 M 15% <Presentation title> 9 6/26/2013 MAT MAR DADOS NACIONAIS NÃO PROJETADOS

10 Total Pharma Market Existem +68K Farmácias no Brasil e aprox. 13K são responsáveis por 75% da venda de medicamentos Categorias de PDVs CAT % R$ PDVs 1 12,5% ,5% ,5% ,5% , ,5% ,5% ,5% ,5% Total 100% , , ,175 2,935 1,531 1,404 5,630 4,516 1,114 10, CAT 1 CAT 2 CAT 3 CAT 4 CAT 5 CAT 6 CAT 7 CAT 8 Source: IMS, MAT Set/12 10

11 Existem +68K Farmácias no Brasil e aprox. 6K são responsáveis por 75% da venda de Consumer Health (PEC, PAC, NTR) Segmentação das Farmácias R / I por Categoria para HPC em R$* MAT Set12 CAT HPC #PDVs R I R R$/Loja I R$ / Loja I Uma loja Independente categoria 1 vende vezes mais em R$* que uma loja Independente categoria 8 8 R Uma loja REDE categoria 1 vende 10 vezes mais em R$* que uma loja REDE categoria 8 IMS HPC * R$ preço ao consumidor

12 O Consumidor na Farmácia Independentes Redes Razão da ida do consumidor à farmácia: 92% 91% 6% 8% 2% 1% Ao entrar na farmácia, 92% dos entrevistados estavam em busca de medicamentos. Compra de medicamento Compra de Produto de Higiene e Beleza Outros Comprou medicamentos: 86% 85% E do total de entrevistados, 86% acabaram comprando algum itemdurante sua ida a farmácia. 14% 15% Sim Não Perfil 1 IMS Comercial Health Brasil 2012

13 O Perfil das Farmácias no Brasil Independentes Redes Check-Outs: Metros Quadrados: 40% 39% 38% 23% 29% 22% 14% 23% 9% 19% 7% 13% 17% 14% 16% 15% 32% 28% ou mais Até 50 m² Entre 51 e 100 m² Entre 101 e 150 m² Mais de 150 m² Atendentes: 4% 1% 7% 7% 20% 19% 27% 26% 8% 12% 10% 9% 25% 26% As farmácias da amostra tem na sua maioria 1 ou 2 check-outs. Nas redes temos mais lojas com 3 ou 4 check-outs ou mais Perfil 1 IMS Comercial Health Brasil 2012

14 o Perfil das Farmácias no Brasil Independentes Redes Espaço para Dermocosméticos: Motoboy: 81% 84% 30% 35% 33% 36% 19% 16% 7% 2% 12% 12% 7% 4% 3% 0% 9% 10% Sim Serviço de Entrega: Não ou mais 61% 46% 39% 54% Mais de 80% das farmácias da amostra já contam com espaço para dermocosméticos. Em 2010 somente 67% das independentes possuíam tal espaço. Sim Não Perfil 1 IMS Comercial Health Brasil 2012

15 o Perfil das Farmácias no Brasil Independentes Redes Sala para Atendimento: Vagas de Estacionamento: 74% 71% 42% 45% 32% 26% 29% 13% 13% 21% 10% 12% 3% 9% Sim Não Nenhuma Até 2 De 3 a 5 De 6 a 10 Mais de 10 Farmácia de Manipulação: 94% 90% Aumentou o número de farmácias com sala de atendimento comparado a São mais de 70% versus menos de 50% do último estudo. 6% 10% Sim Não Perfil 1 IMS Comercial Health Brasil 2012

16 o Perfil das Farmácias no Brasil Independentes Redes Predominância da localização: Proximidade da localização: 44% 42% 39% 38% 73% 69% 16% 18% 0% 1% 1% 1% 13% 7% 5% 5% 1% 1% 14% 11% 5% 3% Residencial Comercial Industrial Misto Não Especificado Metrô Rodoviária Estação de Trem Ponto de Ônibus Aeroporto Nenhuma das opções Localização em esquina: Localização em Complexos Comerciais: 83% 79% 52% 50% 48% 50% 1% 1% 1% 2% 12% 8% 5% 3% 2% 2% Sim Não Posto de Gasolina Shopping Center Centro Comercial Supermercado Outros Não está localizada dentro de outro complexo Perfil 1 IMS Comercial Health Brasil 2012

17 A complexidade da cadeia de suprimentos da Indústria até o varejo A Cadeia Farma (Produtos Farma e Consumo) Varejo (Redes/Independentes) Outros SKUs Rx+OTC+PEC+PAC+NTR

18 a complexidade dessa cadeia gera rupturas e altera o nível de serviços prestados pela farmácia (medicamentos) Alto nível de ruptura/faltas tem reduzido a rentabilidade e competitividade das farmácias Fato: 27% consumidores das farmácias não encontram tudo o que procuram em um único ponto de venda; 11% destes NÃO buscarão os produtos procurados em outras farmácias = perda de vendas (~3% Mercado Total ~R$ 1.41bi) 1

19 Como Integrar essa Cadeia de Suprimentos e reduzir rupturas, melhorar margens e níveis de serviços? Pontos Chave Oportunidades na Cadeia Integração eletrônica para cima e para baixo da cadeia de suprimentos Gestão pró-ativa entre Fabricantes e Distribuidores e Redes dos volumes de estoque (VMI, CMI) Definir e Gerenciar indicadores de nível de serviços no quesito reposição do estoque do Varejo Redução de custos de Estoque por uma melhor gestão dos nós da cadeia de suprimentos (visibilidade) Incrementar o uso de ecommerce ao Consumidor 19

20 IMS ecommerce Tecnologia que integra a cadeia de distribuição e oferece soluções completas e diferenciadas à todos os stakeholders Fabricante (Vendedor) Farmácia (Comprador) Fluxo Comercial ecommerce ecommerce PDV Canal de Distribuição (Comprador ou Operador Logístico) ecommerce / EcommercePDV 32 Fabricantes +600 WHS Todas as Grandes Redes de Varejo ~8.200 Lojas Outras Farmácias R$ 28bi em

21 O que o Farmácia 360º oferece? Em um mercado cada vez mais competitivo, identificar oportunidades e ter informações que suportem as melhores decisões pode fazer toda a diferença no sucesso da sua farmácia. Pensando nisso, a IMS Health, através de uma parceria estratégica com a Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico (ABCFarma), desenvolveu o Farmácia 360º; um relatório que oferece importantes visões para ampliar seu poder analítico e possibilitar uma melhor gestão de sua farmácia: Performance da sua farmácia na região Tendências de mercado nacional e por micro-região Oportunidades para a sua farmácia Footer [via Insert tab > Header & Footer] 21 Fixed Date [via Insert tab > Header & Footer]

22 Obrigado CONSUMER HEALTH Paulo Paiva Diretor Comercial/Vendas Regionais Latam & Consultoria <Presentation title> 22 6/26/2013

Farmácias: Estratégia e Diferenciação

Farmácias: Estratégia e Diferenciação Seminário GVcev Farmácias: Estratégia e Diferenciação Evolução e Tendências do Mercado de Farmácias Paulo Paiva IMS Health do Brasil Brasil Retail Market 2 O mercado vive hoje um bom momento Evolução mercado

Leia mais

RANKING ABAD NIELSEN 2015 BASE 2014

RANKING ABAD NIELSEN 2015 BASE 2014 RANKING ABAD NIELSEN 2015 BASE 2014 Abril, 2015 AGENDA Um resumo das Mudanças no Mercado Brasileiro em 2014 O Setor Atacadista-distribuidor neste contexto O processo de interiorização do consumo e o reflexo

Leia mais

Close-Up. Sincofarma/SP 16 de Setembro de 2015 Paulo Paiva Diretor Regional Latam

Close-Up. Sincofarma/SP 16 de Setembro de 2015 Paulo Paiva Diretor Regional Latam Close-Up Sincofarma/SP 16 de Setembro de 2015 Paulo Paiva Diretor Regional Latam Empresa criadora dos primeiros Livros e Relatórios Estatísticos do Mercado de Prescrição em todo o mundo. Quem Somos Fundada

Leia mais

IMS Health do Brasil - Farmácia 360º A visão que faltava para o seu negócio. Tutorial para a leitura analítica do relatório Farmácia 360º

IMS Health do Brasil - Farmácia 360º A visão que faltava para o seu negócio. Tutorial para a leitura analítica do relatório Farmácia 360º IMS Health do Brasil - Farmácia 360º A visão que faltava para o seu negócio Tutorial para a leitura analítica do relatório Farmácia 360º Índice Objetivos e Aplicações do Farmácia 360º 3-4 Conteúdo do Farmácia

Leia mais

Fatores de pressão da mudança do papel da logística com enfoque na DrogaFuji

Fatores de pressão da mudança do papel da logística com enfoque na DrogaFuji Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação - FACE ADM Departamento de Administração Administração de Recursos Materiais Fatores

Leia mais

Projeto TRANSFORMAR. No Contexto Varejo há que se trocar a turbina durante o voo, logo:

Projeto TRANSFORMAR. No Contexto Varejo há que se trocar a turbina durante o voo, logo: 1 Projeto TRANSFORMAR Levando em consideração que as PERDAS podem ser provenientes de diversas fontes, sejam elas OPERACIONAIS, OBSOLESCÊNCIA, FURTO ou INCONSISTÊNCIA DE DADOS, o Supermercados Russi adotou

Leia mais

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné Trade Marketing Estratégico ou Tático Tania Zahar Miné Agenda Mercado - Farmácias Trade Marketing Consumidor e shopper Desafios e oportunidades Farma Mercado Farmácias Números do setor Canal em crescimento

Leia mais

TECNOLOGIAS PARA ESTOQUE EFICIENTE E REDUÇÃO DE RUPTURAS

TECNOLOGIAS PARA ESTOQUE EFICIENTE E REDUÇÃO DE RUPTURAS TECNOLOGIAS PARA ESTOQUE EFICIENTE E REDUÇÃO DE RUPTURAS DISPONIBILIDADE EM GÔNDOLA Claudia Fajuri 21/05/2014 QUAL É O LUCRO DO SETOR SUPERMERCADISTA? Para cada R$100,00que entram no caixa, quantos Reais

Leia mais

ESTUDO DE ÓTICAS 2014 MERCADO, VAREJISTAS E CLIENTES

ESTUDO DE ÓTICAS 2014 MERCADO, VAREJISTAS E CLIENTES ESTUDO DE ÓTICAS 2014 MERCADO, VAREJISTAS E CLIENTES VAREJISTAS E CLIENTES PESQUISA DE MERCADO - MÉTODO E AMOSTRA 2012 350 entrevistas com gerentes e proprietários de óticas 2014 541 entrevistas com gerentes

Leia mais

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias Curso Intensivo Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual

Leia mais

7 erros mais comuns no supply chain, pela visão colaborativa dos processos B2B

7 erros mais comuns no supply chain, pela visão colaborativa dos processos B2B 7 erros mais comuns no supply chain, pela visão colaborativa dos processos B2B A Jango Assessoria, há 11 anos no mercado, já atuou em conjunto com várias equipes e projetos que, direta ou indiretamente,

Leia mais

Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução"

Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução Os Desafios de Gestão do Canal Indireto Como garantir a execução" 07.07.2014 Today s Agenda 9:30am - 9:45am Introdução & Objetivos 3 Today s Agenda 9:45am 10:00am Os desafios do GTM e do Canal Indireto

Leia mais

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009

Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Reunião Pública com Analistas Abril, 2009 Profarma Overview Profarma: Overview da Companhia Desde 1961, a Profarma distribui produtos farmacêuticos, higiene pessoal e cosméticos para farmácias e hospitais

Leia mais

AVALIAÇÃO DO EVENTO. Local ÍNDICE DE SATISFAÇÃO 98% Bom 26% Excelente 72% Fraco 2%

AVALIAÇÃO DO EVENTO. Local ÍNDICE DE SATISFAÇÃO 98% Bom 26% Excelente 72% Fraco 2% AVALIAÇÃO DO EVENTO AVALIAÇÃO DO EVENTO Local 2% 26% 98% 72% AVALIAÇÃO DO EVENTO A & B 6% 34% 60% 94% AVALIAÇÃO DO EVENTO Salas e Espaços de Relacionamento 1% 47% 52% 99% Almoço 1% AVALIAÇÃO DO EVENTO

Leia mais

COMO FAZER UM. Imagem do curso PRODUTOS

COMO FAZER UM. Imagem do curso PRODUTOS Bem Vindos! COMO FAZER UM CORRETO Imagem do curso MIX DE PRODUTOS Messias Cavalcante Responde pela Recycle Consultoria. Mais de 15 anos nas áreas corporativas de Marketing, Trade Marketing, Branding e

Leia mais

MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK

MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK Data: Abril de 2014 MANUAL LOJA VIRTUAL - PORTAL PHARMA LINK ÍNDICE Objetivo:... 2 Premissas:... 2 1 CADASTRO NA LOJA VIRTUAL... 3 1.1 Acesso...3 1.2. Cadastrar Loja...3 1.3 Ativação de Cadastro...6 1.3.1

Leia mais

Farmácias Estratégia e Diferenciação

Farmácias Estratégia e Diferenciação Seminário GVcev Farmácias Estratégia e Diferenciação Varejo multicanal Alternativa de negócio? Lismeri Avila Pesquisa e-commerce Pesquisa feita pelo Provar em 2006 40% dos consumidores pretendem comprar

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS c Custos Logísticos no Brasil - 2014 - Apresentação O tema custos é uma preocupação recorrente dos executivos de logística no Brasil. Por isso, de dois em dois anos, o ILOS vai

Leia mais

As diretrizes de consumo no Brasil

As diretrizes de consumo no Brasil As diretrizes de consumo no Brasil A visão do consumidor Luiz Goes A GS&MD Gouvêa de Souza Consultoria Empresarial Canais de distribuição / Centrais e redes de negócios/ Controladoria e finanças / Crédito

Leia mais

Regulação & Desenvolvimento Segurança Sanitária versus Liberdade de Mercado

Regulação & Desenvolvimento Segurança Sanitária versus Liberdade de Mercado 2012 Regulação & Desenvolvimento Segurança Sanitária versus Liberdade de Mercado Sussumu Honda Presidente da Abras Vamos falar sobre... A Abras. O Setor de Autosserviço Segurança Sanitária versus Liberdade

Leia mais

Logística no Ponto de Venda (PDV)

Logística no Ponto de Venda (PDV) Logística no Ponto de Venda (PDV) Pesquisa: Percepção do Varejo em Relação às Ações Promocionais Maio de 2005 Objetivo: Avaliar o impacto dos vários tipos de promoções praticadas em supermercados junto

Leia mais

Pesquisa sobre Logística no E-commerce Brasileiro 2013

Pesquisa sobre Logística no E-commerce Brasileiro 2013 Pesquisa sobre Logística no E-commerce Brasileiro 2013 www.brazilpanels.com.br www.abcomm.com.br www.ecommerceschool.com.br Apoio: INTRODUÇÃO A Logística foi escolhida para ser o tema do primeiro estudo

Leia mais

Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online

Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online Primeira Pesquisa Nacional do Varejo Online DADOS SOBRE A PESQUISA Data de início: 09/06/14 Data de Termino: 11/07/14 Base: E-commerce Brasil Amostra: 668 respondentes Confiança: 95% Margem de Erro: 4,0%

Leia mais

Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas. Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação Érico Veras Marques FGV/CIA/UFC

Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas. Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação Érico Veras Marques FGV/CIA/UFC Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação FGV/CIA/UFC Gastos e Investimentos % do Faturamento Média Grandes Empresas: 5,3% Média Indústria:

Leia mais

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo

Leia mais

Entrega domiciliar: A oportunidade de realização da cadeia de suprimentos omnicanal Visão de perspectiva

Entrega domiciliar: A oportunidade de realização da cadeia de suprimentos omnicanal Visão de perspectiva Entrega domiciliar: A oportunidade de realização da cadeia de suprimentos omnicanal Visão de perspectiva Nikki Baird e Brian Kilcourse, parceiros de gestão Maio de 2014 Patrocinado e traduzido pela SAP

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES ASI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Aula BUSINESS INTELLIGENCE - BI

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES ASI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Aula BUSINESS INTELLIGENCE - BI ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES ASI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Aula BUSINESS INTELLIGENCE - BI APRESENTAÇÃO APLICAÇÃO NO VAREJO SUPERMERCADO Desempenho e Serviço Aparência

Leia mais

TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid

TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid TOTVS COLABORAÇÃO 2.0 FISCAL powered by NeoGrid Recebimento de NF-e e CT-e Emissão de NF-e, CT-e, MDF-e e NFS-e Integração nativa com o seu ERP Exija a solução que é o melhor investimento para a gestão

Leia mais

9 e 10 de Junho de 2016 Ribeirão Preto - SP PROGRAMA PRELIMINAR

9 e 10 de Junho de 2016 Ribeirão Preto - SP PROGRAMA PRELIMINAR 9 e 10 de Junho de 2016 Ribeirão Preto - SP PROGRAMA PRELIMINAR PROGRAMA GERAL COFARMA Patrocínio Técnicas de Aplicação de Injetáveis / 9h às 17h Giovanna Dimitrov QUARTA-FEIRA - 8 DE JUNHO CREDENCIAMENTO

Leia mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais

SAÚDE DA EMPRESA. A concorrência vai acirrar ainda mais SAÚDE DA EMPRESA Produzido por: Ano 01 nº. 03 Maio de 2012 A concorrência vai acirrar ainda mais Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Educação Continuada (CPDEC)/Unicamp, aponta tendências para o Mercado

Leia mais

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA -feira EM 2014, A ECONOFARMA RETORNA COM UM NOVO OLHAR SOBRE O VAREJO FARMACÊUTICO CENÁRIO ATUAL O varejo nacional projeta otimismo de crescimento para os

Leia mais

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio.

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio. F R A N Q U I A Benefícios do Modelo Uma das marcas mais fortes e reconhecidas do país. A marca faz parte de um conglomerado que se consolida como um dos maiores do país (Alpargatas - Grupo Camargo Corrêa).

Leia mais

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda

COMPETITIVIDADE: DESENVOLVIMENTO PRÓXIMOS ANOS? COMO SERÁ O DO SEU NEGÓCIO NOS. Sussumu Honda REFLEXÕES SOBRE A COMPETITIVIDADE: COMO SERÁ O DESENVOLVIMENTO DO SEU NEGÓCIO NOS PRÓXIMOS ANOS? Sussumu Honda 2013: O MUNDO Perspectivas Globais RECUPERAÇÃO GRADATIVA COM GRANDES MUDANÇAS Perspectivas

Leia mais

Raia Drogasil Day Visão Geral da Execução 2014. Novembro de 2013

Raia Drogasil Day Visão Geral da Execução 2014. Novembro de 2013 Raia Drogasil Day Visão Geral da Execução 2014 Novembro de 2013 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade III DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade III DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Canais de distribuição Canal vertical: Antigamente, os canais de distribuição eram estruturas mercadológicas verticais, em que a responsabilidade

Leia mais

Paulo Gadas JUNHO-14 1

Paulo Gadas JUNHO-14 1 Paulo Gadas JUNHO-14 1 Cadeia de Suprimentos Fornecedor Fabricante Distribuidor Loja Paulo Gadas JUNHO-14 2 Exemplo de cadeia de suprimentos Fornecedores de matériaprima Indústria principal Varejistas

Leia mais

Como prosperar em um mercado em constante transformação?

Como prosperar em um mercado em constante transformação? Como prosperar em um mercado em constante transformação? "Estamos vivendo um momento de grandes e intensas mudanças". No entanto, após refletir mais profundamente, creio que a expressão mais adequada seria:

Leia mais

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA

de frente Na linha Automação e expansão ABAD ENTREVISTA Na linha Como a automação contribuiu para o desenvolvimento das empresas de distribuição e atacadistas? A automação foi fundamental para o crescimento e fortalecimento do setor. Sem o uso intensivo da

Leia mais

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial

1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo. 3. Produtos de Limpeza e Higiene & Beleza têm enorme potencial PRINCIPAIS MESSAGENS 1. O Brasil vive um momento de transformação no padrão do consumo 2. Temos indicadores demográficos e socio econômicos para ser otimistas nesta década 3. Produtos de Limpeza e Higiene

Leia mais

Alianças Estratégicas entre Indústria e Varejo

Alianças Estratégicas entre Indústria e Varejo Alianças Estratégicas entre Indústria e Varejo Agenda 1) Mudanças no Ambiente - A evolução do Varejo - A evolução da Indústria - A evolução Consumidor 2) Trade Marketing: Resposta ao Novo Cenário 3) Modelos

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2013 REGIÃO OESTE Este relatório, referente ao mês de NOVEMBRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

Seminário Valor Econômico

Seminário Valor Econômico Seminário Valor Econômico Porto Maravilha: Benefícios e Oportunidades Painel 2: O potencial lucrativo da renovação urbana Porto Maravilha: o Novo Destino do Rio COPACABANA IPANEMA PÃO DE AÇÚCAR BOTAFOGO

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Pesquisa Profissionais de Ecommerce

Pesquisa Profissionais de Ecommerce Pesquisa Profissionais de Ecommerce Agosto de 2011 http://www.ecommerceschool.com.br Introdução O crescimento do comércio eletrônico brasileiro é feito com tecnologia e pessoas. Por trás desse crescimento

Leia mais

Business Round Up BUSINESS ROUND UP

Business Round Up BUSINESS ROUND UP BUSINESS ROUND UP 1 Objetivo da Pesquisa QUAIS AS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS DOS PRINCIPAIS SETORES DA ECONOMIA DO BRASIL? Metodologia Pesquisa Quantitativa 400 entrevistas Com empresas associadas

Leia mais

O Mercado e o Shopper Masculino Men's Beauty Show. Abril de 2011

O Mercado e o Shopper Masculino Men's Beauty Show. Abril de 2011 O Mercado e o Shopper Masculino Men's Beauty Show Abril de 2011 Agenda Revisão da Indústria e Cestas Tendências Macro econômicas e Cestas de Consumo Cesta Foco e mercado Masculino Mercado Masculino Nível

Leia mais

SETOR de shopping center no Brasil: UMA VISÃO DO MERCADO

SETOR de shopping center no Brasil: UMA VISÃO DO MERCADO Informativo setorial de shopping centers Nº01 maio 2011 NÚMERO DE SHOPPINGS, 2 Descubra a distribuição dos shoppings por área bruta comercial. FLUXO DE CLIENTES, 6 Entenda o fluxo médio diário e a densidade

Leia mais

SETOR de shopping center no Brasil:

SETOR de shopping center no Brasil: Informativo setorial de shopping centers Nº01 maio 2011 número de Shoppings, 2 Descubra a distribuição dos shoppings por área bruta comercial. Fluxo de Clientes, 6 Entenda o fluxo médio diário e a densidade

Leia mais

A Nova Geografia de Negócios e a Diversidade de Formatos de Varejo e Implicaçõ. ções para Indústria de Bens de Consumo.

A Nova Geografia de Negócios e a Diversidade de Formatos de Varejo e Implicaçõ. ções para Indústria de Bens de Consumo. A Nova Geografia de Negócios e a Diversidade de Formatos de Varejo e Implicaçõ ções para Indústria de Bens de Consumo. Realização : 27 de Abril de 2010 Mercure Grand Hotel S.Paulo/SP 39º RELATÓRIO ANUAL

Leia mais

CASO PARA DISCUSSÃO EM SALA DE AULA PROF. Paulo Roberto Leite. Havaianas: logística para todo mundo usar

CASO PARA DISCUSSÃO EM SALA DE AULA PROF. Paulo Roberto Leite. Havaianas: logística para todo mundo usar CASO PARA DISCUSSÃO EM SALA DE AULA PROF. Paulo Roberto Leite Havaianas: logística para todo mundo usar As sandálias Havaianas, tradicional produto da Alpargatas que é praticamente um símbolo do Brasil,

Leia mais

Revolução Multicanal no Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Revolução Multicanal no Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Revolução Multicanal no Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Prof. Dr. Leandro Guissoni EAESP/FGV "N a fábrica fazem os cosm éticos, na loja vendem os esperança." ( Revlon) Agenda Multicanalidade

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: merchandising; varejo; conhecimento.

PALAVRAS-CHAVE: merchandising; varejo; conhecimento. AVALIAÇÃO DO MERCHANDISING NO VAREJO FARMACÊUTICO DE TOLEDO - PR TEGONNI, Anderson Richard 1 CREPALLI, David Ricardo 2 RESUMO: Este trabalho tem como principal objetivo averiguar o conhecimento sobre estratégias

Leia mais

A Cadeia de Abastecimentos corresponde ao conjunto de processos necessários para: agregar-lhes valor dentro da visão dos clientes e consumidores e

A Cadeia de Abastecimentos corresponde ao conjunto de processos necessários para: agregar-lhes valor dentro da visão dos clientes e consumidores e A Cadeia de Abastecimentos corresponde ao conjunto de processos necessários para: obter materiais, agregar-lhes valor dentro da visão dos clientes e consumidores e disponibilizar os produtos no local e

Leia mais

Software para Supermercado Revenda

Software para Supermercado Revenda Software para Supermercado Revenda Software para Automação Comercial, Completos e Simples para o seu negócio. SIA PDV (Frente de Caixa). SIA PDV vendido separadamente. TEF Dedicado vendido separadamente.

Leia mais

GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes

GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes GfK. Crescimento a partir do conhecimento Transformamos informações em decisões de negócios inteligentes 4 ª maior empresa de pesquisa de mercado. Vendas em 2014: 1,5 bi 13.000 especialistas em 100 países

Leia mais

Estudo sobre o aftermarket no Brasil

Estudo sobre o aftermarket no Brasil Estudo sobre o aftermarket no Brasil Seminário da Reposição Automotiva São Paulo, 14 de outubro de 2014 O Sindipeças, Sindirepa e Sincopeças, em conjunto com a Roland Berger, estão elaborando um novo estudo

Leia mais

Questões que afetam o Preço

Questões que afetam o Preço Questões que afetam o Preço Este artigo aborda uma variedade de fatores que devem ser considerados ao estabelecer o preço de seu produto ou serviço. Dentre eles, incluem-se o método de precificação, o

Leia mais

O VAREJO E A DISTRIBUIÇÃO FARMACÊUTICA EM 2010. Eugênio De Zagottis Vice Presidente Comercial Droga Raia

O VAREJO E A DISTRIBUIÇÃO FARMACÊUTICA EM 2010. Eugênio De Zagottis Vice Presidente Comercial Droga Raia O VAREJO E A DISTRIBUIÇÃO FARMACÊUTICA EM 2010 Eugênio De Zagottis Vice Presidente Comercial Droga Raia TÓPICOS PARA DISCUSSÃO O VAREJO E O ATACADO DE MEDICAMENTOS EM 2005 TENDÊNCIAS PARA 2010 PERGUNTAS

Leia mais

UM PANORAMA DO VAREJO DE FARMÁCIAS E DROGARIAS, NO BRASIL

UM PANORAMA DO VAREJO DE FARMÁCIAS E DROGARIAS, NO BRASIL ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Março/2001 N o 25 UM PANORAMA DO VAREJO DE FARMÁCIAS E DROGARIAS, NO BRASIL INTRODUÇÃO As farmácias e drogarias constituem-se

Leia mais

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing de serviços: Marketing de agronegócios Área: Marketing e Vendas Competências diagnóstico mercadológico; metodologia de análise e segmentação de mercado

Leia mais

LOGÍSTICA EMPRESARIAL. Rodolfo Cola Santolin 2009

LOGÍSTICA EMPRESARIAL. Rodolfo Cola Santolin 2009 LOGÍSTICA EMPRESARIAL Rodolfo Cola Santolin 2009 Conteúdo Cadeia de suprimentos Custos Logísticos Administração de Compras e Suprimentos Logística Reversa CADEIA DE SUPRIMENTOS Logística Logística Fornecedor

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO OPERAÇÃO DE LOJA Açougue Prático e Teórico Açougue Prático e Verticalizado Atendimento - amenizando filas em supermercados Cartazista Cartazista

Leia mais

VISÃO DO VAREJO DE MATERIAL DE. Claudio Conz Presidente da Anamaco

VISÃO DO VAREJO DE MATERIAL DE. Claudio Conz Presidente da Anamaco VISÃO DO VAREJO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO Claudio Conz Presidente da Anamaco O universo de lojas varejistas de material de construção no Brasil segundo a RAIS (Relatório Anual de Informações Sociais) do

Leia mais

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco O que é o NTCPE? O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco/NTCPE é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos.

Leia mais

UMA ANÁLISE DA ATRATIVIDADE DO VAREJO DE FARMÁCIAS BRASILEIRO PARA INVESTIDORES

UMA ANÁLISE DA ATRATIVIDADE DO VAREJO DE FARMÁCIAS BRASILEIRO PARA INVESTIDORES UMA ANÁLISE DA ATRATIVIDADE DO VAREJO DE FARMÁCIAS BRASILEIRO PARA INVESTIDORES Bernardo Cunha de Miranda Marco Mordehachvili Projeto de Graduação apresentado ao Curso de Engenharia de Produção da Escola

Leia mais

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management)

Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Gestão da Produção Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management) Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br CADEIA DE SUPRIMENTOS 2 Cadeia de Suprimentos Cadeia de Fornecimento SCM

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

A WZ É UMA EMPRESA EMPRESA

A WZ É UMA EMPRESA EMPRESA EMPRESA A WZ É UMA EMPRESA de consultoria em logística formada por profissionais com ampla experiência de mercado e oriundos de empresas dos setores varejista, atacadista, distribuidores e industrias.

Leia mais

COMÉRCIO SIMPLIFICADO

COMÉRCIO SIMPLIFICADO COMÉRCIO SIMPLIFICADO BLOCO 3 Unidades Produtivas Comerciais ANO-BASE 2001 CÓDIGO PAEP DA EMPRESA - GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Economia e Planejamento SEADE Fundação Sistema Estadual

Leia mais

Girafa: SAP Business One leva agilidade ao e-commerce

Girafa: SAP Business One leva agilidade ao e-commerce Picture Credit Customer Name, City, State/Country. Used with permission. Girafa: SAP Business One leva agilidade ao e-commerce Geral Executiva Nome da Girafa Comércio Eletrônico Indústria Comércio Eletrônico

Leia mais

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos JOGO DA CERVEJA Experimento e 2: Abordagem gerencial hierárquica e centralizada Planejamento Integrado de todos os Estágios de Produção e Distribuição Motivação para um novo Experimento Atender à demanda

Leia mais

:: Webinar. Como o E-Commerce B2B ajuda Indústrias, Distribuidores e Importadores a vender. Eduardo Santos é Gestor de Negócios da Vertis E-Commerce.

:: Webinar. Como o E-Commerce B2B ajuda Indústrias, Distribuidores e Importadores a vender. Eduardo Santos é Gestor de Negócios da Vertis E-Commerce. :: Webinar Como o E-Commerce B2B ajuda Indústrias, Distribuidores e Importadores a vender Eduardo Santos é Gestor de Negócios da Vertis E-Commerce. E-mail: eduardo@vertisnet.com.br Linkedin: br.linkedin.com/pub/eduardo-santos/21/a03/796/

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS DO COMERCIAL

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS DO COMERCIAL COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS DO COMERCIAL DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Por que investir no Brasil

Por que investir no Brasil Por que investir no Brasil Por que investir em Eventos? Expertise nacional e internacional dos organizadores contribui para o desenvolvimento dos seus negócios, impactando os seus atuais e potenciais clientes

Leia mais

1º Cremer Day. Blumenau, SC

1º Cremer Day. Blumenau, SC 1º Cremer Day Blumenau, SC 02 de Dezembro, 2009 0 Aviso Algumas informações desta apresentação são meras projeções e tendências, cuja verificação depende do comportamento do mercado e do Poder Público,

Leia mais

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário,

Leia mais

O PHARMANAGER. Indústria. Atacado VAREJO. Serviços RESULTADO

O PHARMANAGER. Indústria. Atacado VAREJO. Serviços RESULTADO O PHARMANAGER PharManager Fórum Nacional para o Desenvolvimento do Setor Farmacêutico e Cosmético é o principal Fórum para discussão sobre as oportunidades e desafios desses setores, abrangendo temas e

Leia mais

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY.

ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. FRANQUIAS ACREDITE: VOCÊ PODE SER UM FRANQUEADO MAHOGANY. significado/ Tradução de Mogno - é uma ÁRVORE NOBRE da região amazônica, de raiz profunda, tronco reto e sem falhas. Sob luz intensa, atinge grandes

Leia mais

HypeDay. 10 de dezembro 2012

HypeDay. 10 de dezembro 2012 HypeDay 10 de dezembro 2012 1 14:30 Institucional 2 Institucional Claudio Bergamo 3 Institucional Novo ciclo de crescimento 4 Crescimento Acelerado Consolidação da Indústria 23 aquisições Crescimento 52x

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos ... lembrando Uma cadeia de suprimentos consiste em todas

Leia mais

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010 Enterprise Resource Planning - ERP Objetivo da Aula Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 2 1 Sumário Informação & TI Sistemas Legados ERP Classificação Módulos Medidas

Leia mais

Implementação da Solução de Integração da Cadeia de Suprimentos de Etanol

Implementação da Solução de Integração da Cadeia de Suprimentos de Etanol Implementação da Solução de Integração da Cadeia de Suprimentos de Etanol Rafael Cezar Menezes, Líder de Compras de Etanol / Petrobras Thiago de Siqueira Rodrigues, Líder de Projetos TI / Petrobras Maithê

Leia mais

CST - Zona Oeste. Total de Vagas: 834. Cargos com maior número de vagas na área operacional

CST - Zona Oeste. Total de Vagas: 834. Cargos com maior número de vagas na área operacional CST - Zona Oeste Total de Vagas: 834 Cargos com maior número de vagas na área operacional Operador de caixa (42) Requisitos: ensino fundamental completo ou incompleto e médio completo (35 vagas não exigem

Leia mais

Business Intelligence na área de Compras

Business Intelligence na área de Compras Business Intelligence na área de Compras - Caso de Sucesso DeciLogic - 2007 Agenda Introdução - Business Intelligence Eric Sarzana - Diretor - DeciLogic O projeto de BI da Telhanorte Marcelo Dalbone -

Leia mais

Visão Geral da Marisa

Visão Geral da Marisa Junho 2012 Visão Geral da Marisa 63 anos de história Produtos e serviços financeiros Foco na classe C Maior varejista de moda feminina e íntima do Brasil Lojas multiformato Top of mind Presença em todo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Levando bem-estar para o Brasil.

RELATÓRIO ANUAL. Levando bem-estar para o Brasil. RELATÓRIO ANUAL 2012 Levando bem-estar para o Brasil. TEMPOS DE MUDANÇA. Conheça a nova marca Brasil Pharma. Em mais um passo rumo à nossa estratégia de fortalecimento da marca com nossa presença nacional,

Leia mais

A Fórmula de Sucesso para os Supermercados de Descontos

A Fórmula de Sucesso para os Supermercados de Descontos A Fórmula de Sucesso para os Supermercados de Descontos Convenção da ABRAS - Brasil Paul Foley São Paulo, 17 de setembro 2015 estratégias de varejo que funcionam Vamos iniciar esta palestra de um jeito

Leia mais

Logística Agroindustrial Canais de suprimentos e distribuição. Prof. Paulo Medeiros

Logística Agroindustrial Canais de suprimentos e distribuição. Prof. Paulo Medeiros Logística Agroindustrial Canais de suprimentos e distribuição Prof. Paulo Medeiros Canais de suprimento e distribuição Podemos dividir as operações logísticas de uma empresa em três áreas: Suprimentos;

Leia mais

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias Curso Intensivo Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual

Leia mais

Sorriso aberto - Edição 11 - DEC News. Escrito por Adriana Bruno Sex, 09 de Setembro de 2011 14:50

Sorriso aberto - Edição 11 - DEC News. Escrito por Adriana Bruno Sex, 09 de Setembro de 2011 14:50 Categorias de oral care confirmam tendência de crescimento em 2010. Segmentação de produtos é positiva e abre o leque de opções para todas as classes sociais O brasileiro está experimentando mais e também

Leia mais

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014

SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 GCV GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO SYMM CONSULTORIA TAILAN OLIVEIRA 2014 ABORDAGEM 1. O GESTÃO COMERCIAL PARA VAREJO 2. DIFICULDADE E DORES ATUAIS 3. COMO RESOLVER COM GCV 4. COMO GERIR FRANQUIA COM O GCV

Leia mais

Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi. Logística Empresarial e Sistema Integrado. Objetivos do Tema. Logística

Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi. Logística Empresarial e Sistema Integrado. Objetivos do Tema. Logística Recursos Humanos Prof. Angelo Polizzi e Sistema Integrado Objetivos do Tema Apresentar: Uma visão da logística e seu desenvolvimento com o marketing. A participação da logística como elemento agregador

Leia mais

f a s t t o r p e d o

f a s t t o r p e d o Insira o slogan da empresa aqui. f a s t t o r p e d o Com o intuito de conectar organizações e pessoas, o fasttorpedo desenvolveu uma plataforma para ajudar a transmitir informações de forma eficiente

Leia mais

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Profª Caroline Pauletto Spanhol

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Profª Caroline Pauletto Spanhol Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Profª Caroline Pauletto Spanhol Cadeia de Abastecimento Conceitos e Definições Elementos Principais Entendendo a Cadeia de Abastecimento Integrada Importância

Leia mais

Gestão Estratégica de Compras no Varejo MANUAL DO CANDIDATO. ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP

Gestão Estratégica de Compras no Varejo MANUAL DO CANDIDATO. ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Gestão Estratégica de Compras no Varejo MANUAL DO CANDIDATO ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8225 Segunda

Leia mais

BTS AUTOMAÇÃO BTS AUTOMAÇÃO. Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas

BTS AUTOMAÇÃO BTS AUTOMAÇÃO. Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas O que um ERP faz? Aumentar a produtividade Permite mais qualidade Maior rentabilidade O que

Leia mais

O elo de comunicação entre a indústria e o pequeno varejo.

O elo de comunicação entre a indústria e o pequeno varejo. Mídia Kit 2016 O elo de comunicação entre a indústria e o pequeno varejo. R. Leonardo Nunes, 198 Vila Clementino - São Paulo Daniela Jardim dani@contento.com.br (11) 5082-2200 SOBRE A DEC NEWS A revista

Leia mais