CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7. Funções Inorgânicas. NaOH. NaCl

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7. Funções Inorgânicas. NaOH. NaCl"

Transcrição

1 CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7 Funções Inorgânicas NaOH NaCl

2 Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. ÁCIDO: H + + ÂNION BASE: CÁTION + OH SAL: CÁTION + ÂNION ÓXIDO : ELEMENTO + O 2

3 ÁCIDOS Arrhenius = são compostos que liberam H + quando dissolvidos em água. Possuem como único cátion o íon H +. Ex: HCl, H 2 SO 4, H 3 PO 4. Classificação: 1) Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis: a) monoácido - HCl b) diácido - H 2 SO 4, H 3 PO 3 c) triácido - H 3 PO 4 2) Quanto ao número de elementos presentes na fórmula: a) binário - HCl b) ternário - HCN c) quaternário - HCNS

4 ÁCIDOS 3) Quanto à presença de oxigênio: a) hidrácido - HCl b) oxiácido - H 2 SO 4 4) Quanto ao grau de ionização: a) hidrácidos fortes - HCl, HBr, HI moderado - HF fracos - os demais b) oxiácidos fortes - (nº de oxigênios - nº de hidrogênios 2). Ex: H 2 SO 4, HMnO 4 moderados - (nº de oxigênios - nº de hidrogênios = 1). Ex: H 2 SO 3 fracos - (nº de oxigênios nº de hidrogênios). Ex: H 3 PO 3

5 ÁCIDOS NOMENCLATURA: HIDRÁCIDO: ácido ídrico Formam hidrácidos: grupo 17, grupo 16 e ciano ( -CN) HCl ácido clorídrico H 2 S ácido sulfídrico HCN ácido cianídrico

6 ÁCIDOS OXIÁCIDO: ácido OSO (menor NOX) ácido ICO (maior NOX) Grupo 13 Único ácido: H 3 BO 3 ácido bórico Grupo 14 Único ácido: H 2 CO 3 ácido carbônico Grupo 15: N, P e As Menor NOX = +3 HNO 2 ácido nitroso Maior NOX = +5 HNO 3 ácido nítrico

7 ÁCIDOS Grupo 16: S, Se e Te Menor NOX = +4 H 2 SO 3 ácido sulfuroso Maior NOX = +6 H 2 SO 4 ácido sulfúrico Grupo 17 NOX = +1 HClO ácido hipocloroso NOX = +3 HClO 2 ácido cloroso NOX = +5 HClO 3 ácido clórico NOX = +7 HClO 4 ácido perclórico

8 BASES Arrhenius = são compostos que liberam OH quando dissolvidos em água. Compostos que possuem como único ânion OH -. Ex: NaOH, Ca(OH) 2, Al(OH) 3. Classificação: 1) Quanto ao número de hidroxilas: a) monobase - NaOH b) dibase - Ca(OH) 2 c) tribase - Al(OH) 3 d) tetrabase - Pb(OH) 4 3) Quanto ao grau de dissociação iônica: a) fortes - do grupo 1 b) moderadas - do grupo 2 c) fracas - as demais 2) Quanto à solubilidade em água: a) solúveis - dos metais alcalinos ( grupo 1) b) parcialmente solúveis - dos metais alcalinos-terrosos ( grupo 2) c) insolúveis - as demais

9 BASES OBS: NH 4 OH é uma base solúvel e fraca. É a única base volátil! Usos do amoníaco ( hidróxido de amônio): -Indústria de fertilizantes -Industria de plásticos (acido nítrico) -Tratamento e águas (ph) -Soluções amoniacais (detergentes caseiros) -Industria de refrigeração -Extração de metais -Industria farmacêutica

10 BASES 1) Quando o metal tem NOX fixo ( grupos 1 e 2, Ag +, Zn +2, Al +3 ) HIDRÓXIDO DE nome do metal 2) Quando o metal tem NOX variado HIDRÓXIDO DE nome do metal + nº romano = NOX do metal Exemplos: NaOH - hidróxido de sódio CuOH hidróxido de cobre I Ca(OH) 2 hidróxido de cálcio Fe(OH) 2 - hidróxido de ferro II Fe(OH) 3 - hidróxido de ferro III Al(OH) 3 hidróxido de alumínio

11 SAIS Compostos que não possuem como único cátion o H +, nem como único ânion OH -. A reação de um ácido com uma base recebe o nome de neutralização. Ácido + Base Sal + Água HCl + NaOH NaCl + H 2 O

12 SAIS Os sais podem ser: a) normais NaCl (cloreto de sódio), K 2 SO 4 (sulfato de potássio). Obtido através da neutralização total entre um ácido e uma base ( n de H + = n de OH ) 2 KOH + 1 H2SO4 K 2 SO4 + 2 H 2 O (H OH) b) hidrogenossais - NaHCO 3 ( carbonato ácido de sódio, hidrogeno-carbonato de sódio ou bicarbonato de sódio) obtidos a partir da neutralização parcial de um ácido. Observe que a presença do H não confere caráter ácido ao sal! 1 NaOH + 1 H 2 CO 3 NaHCO H 2 O c) hidroxissais - CaOHCl ( hidróxi-cloreto de cálcio, cloreto básico de cálcio). Obtido através da neutralização parcial de uma base. 1 Ca(OH) HCl Ca(OH)Cl + 1 H 2 O

13 SAIS NOMENCLATURA (nome do ânion) de (nome do cátion) Sufixo do ácido ídrico ico oso Sufixo do ânion eto ato ito H 2 SO 4 + Ca(OH) 2 CaSO H 2 O Sulfato de cálcio (gesso)

14 ÓXIDOS Óxido é todo composto binário oxigenado, no qual o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. E x+ 2 O 2- X Todos os elementos, com exceção do Flúor e dos Gases Nobres, formam óxidos. Alguns formam vários, como o nitrogênio: N 2 O, NO, NO 2, N 2 O 3 e N 2 O 5.

15 ÓXIDOS OFICIAL Nox fixo óxido de elemento Nox - óxido de elemento + nºromano USUAL Prefixo + óxido de + prefixo + elemento Prefixo = mono, di, tri, tetra, penta, hexa ou hepta N 2 O 3 óxido de nitrogênio III trióxido de dinitrogênio CO 2 óxido de carbono IV dióxido de carbono gás carbônico

16 ÓXIDOS A ligação entre o oxigênio e outro elemento pode ser iônica ou covalente. - Óxidos iônicos são compostos nos quais o oxigênio está ligado a um metal de baixa eletronegatividade, isto é, alcalinos e alcalino-terrosos, que fornecem elétrons para o oxigênio. Exemplos: Li 2 O e MgO - Óxidos moleculares são compostos nos quais o oxigênio está ligado a um elemento de grande eletronegatividade. Exemplos: CO 2, SO 2 e NO. -Óxidos covalentes cristalinos são compostos que apresentam estrutura cristalina. -Ex: minérios de SiO 2 (quartzo, ametista, cristal de rocha)

17 ÓXIDO BÁSICO São óxidos em que o elemento ligado ao oxigênio é um metal com baixo número de oxidação. Os óxidos de caráter mais básico são os óxidos de metais alcalinos e alcalinos-terrosos. São compostos iônicos, sólidos cristalinos que podem ser mais ou menos solúveis em água. Na 2 O - óxido de sódio CaO CaO - óxido de cálcio (cal viva)

18 ÓXIDO BÁSICO ÓXIDO BÁSICO + ÁGUA BASE Na 2 O + H 2 O 2 NaOH CaO + H 2 O Ca(OH) 2

19 ÓXIDO BÁSICO ÓXIDO BÁSICO + ÁCIDO SAL + ÁGUA Na 2 O + 2 HNO 3 2 NaNO 3 + H 2 O CaO + H 2 SO 4 CaSO 4 + H 2 O Não há variação de NOX.

20 ÓXIDO ÁCIDO São óxidos em que o elemento ligado ao oxigênio é um ametal ou metal com alto número de oxidação (nox ). Possuem estrutura molecular, pois a diferença de eletronegatividade entre o oxigênio e o outro elemento não é tão grande. Resultam da desidratação dos ácidos e, por isso, são chamados anidridos de ácidos. SO 2 óxido de enxofre IV ou dióxido de enxofre ou anidrido sulfuroso. SO 3 óxido de enxofre VI ou trióxido de enxofre ou anidrido sulfúrico.

21 ÓXIDO ÁCIDO ÓXIDO ÁCIDO + ÁGUA ÁCIDO SO 2 + H 2 O H 2 SO 3 N 2 O 3 + H 2 O 2HNO 2 CO 2 + H 2 O H 2 CO 3

22 ÓXIDO ÁCIDO ÓXIDO ÁCIDO + BASE SAL + ÁGUA SO KOH K 2 SO 3 + H 2 O CO 2 + Ca(OH) 2 CaCO 3 + H 2 O

23 ÓXIDO ANFÓTERO São compostos que apresentam caráter intermediário entre o dos óxidos ácidos e dos óxidos básicos. Reagem com substâncias de caráter químico pronunciado: ácido ou base fortes. Não reagem com água. COMO ÓXIDO BÁSICO ZnO + 2 HCl ZnCl 2 + H 2 O cloreto de zinco COMO ÓXIDO ÁCIDO ZnO + 2 NaOH Na 2 ZnO 2 + H 2 O zincato de sódio

24 ÓXIDO ANFÓTERO Óxidos anfóteros são sólidos iônicos e insolúveis em água. Principais: ZnO, Al 2 O 3, SnO e SnO 2, PbO e PbO 2, As 2 O 3 e As 2 O 5 Litargírio: PbO Bauxita: óxido de alumínio (A 2 O 3 )

25 ÓXIDO NEUTRO São óxidos que não apresentam características ácidas nem básicas. Não reagem com água, nem com ácidos, nem com bases. O fato de não apresentarem caráter ácido ou básico não significa que sejam inertes. São formados por não-metais ligados ao oxigênio, e geralmente apresentam-se no estado físico gasoso. PRINCIPAIS: CO óxido de carbono II ou monóxido de carbono NO óxido de nitrogênio II N 2 O óxido de nitrogênio I (gás hilariante)

26 PERÓXIDO São os óxidos formados por cátions das famílias dos metais alcalinos (G.1) e metais alcalinos terrosos (G.2) e pelo oxigênio com NOX igual a -1. Grupo 1 Grupo 2 + O 2-2 H 2 O 2 peróxido de hidrogênio Na 2 O 2 peróxido de sódio CaO 2 peróxido de cálcio

27 PERÓXIDO PERÓXIDO + ÁGUA BASE + O 2 Na 2 O 2 + H 2 O 2 NaOH + ½ O 2 CaO 2 + H 2 O Ca(OH) 2 + ½ O 2 PERÓXIDO + ÁCIDO SAL + H 2 O 2 CaO 2 + H 2 SO 4 CaSO 4 + H 2 O 2

28 Reações Inorgânicas

29 SÍNTESE Ocorre quando duas ou mais substâncias unem-se formando um só produto. Também são chamadas de reações de ADIÇÃO.

30 SÍNTESE 2) Formação da chuva a) normal (ph 6) CO 2 (g) + H 2 O (l) H 2 CO 3 (aq) b) ácida (ph < 5) queima de combustíveis fósseis: S (s) + O 2 (g) SO 2 (g) oxidação do SO 2 : SO 2 (g) + ½ O 2 g) SO 3 (g) reação com a água: SO 3 (g) + H 2 O (l) H 2 SO 4 (aq) queima do N 2 do ar junto com a gasolina: N 2 (g) + 2 O 2 (g) 2 NO 2 (g)

31 ANÁLISE Ocorre quando uma única substância decompõe-se formando duas ou mais substâncias novas. A decomposição é, geralmente, provocada por um agente externo. 1) PIRÓLISE - Decomposição provocada pelo calor. CaCO 3 CaO + CO 2 2) FOTÓLISE - Decomposição provocada pela luz. H 2 O 2 H 2 O + O 2 3) ELETRÓLISE - Decomposição provocada pela eletricidade. 2NaCl 2Na + Cl 2

32 SIMPLES TROCA Ocorre quando uma substância simples desloca um dos elementos de uma substância composta. São sempre reações de oxirredução. Somente ocorrem quando a substância simples é mais reativa que o elemento deslocado. a) série de reatividade dos metais: M + CA MA + C O metal desloca o cátion. Li Rb K Cs Ba Sr Ca Na Mg Al Mn Zn Cr Fe Co Ni Sn Pb H Cu Hg Ag Pd Pt Au Zn + CuSO 4 ZnSO 4 + Cu b) série de reatividade dos não-metais: N + CA CN + A O não-metal desloca o ânion. F O Cl Br I S F 2 + CaCl 2 CaF 2 + Cl 2

33 DUPLA TROCA Ocorre quando dois elementos que pertencem a substâncias compostas diferentes trocam de lugar entre si. Há três situações que possibilitam a ocorrência desse tipo de reação. 1- formação de água 2- formação de um precipitado (produto insolúvel) 3- formação de um produto volátil

34 DUPLA TROCA formação de água - reação de neutralização. Ocorre devido à formação de um produto mais molecular (menos iônico) que os reagentes. a) ÁCIDO + BASE SAL + ÁGUA HCl + NaOH NaCl + H 2 O b) ÓXIDO BÁSICO + ÁCIDO SAL + ÁGUA Na 2 O + 2 HNO 3 2 NaNO 3 + H 2 O c) ÓXIDO ÁCIDO + BASE SAL + ÁGUA SO 2 + Mg(OH) 2 MgSO 3 + H 2 O

35 DUPLA TROCA formação de produto insolúvel ácidos - são todos solúveis. bases - somente as do grupo 1 são totalmente solúveis sais - solubilidade variada, dependendo do ânion e do cátion. Todos os sais do grupo 1 são solúveis. Todos os nitratos são solúveis. NaCl (aq) + AgNO 3 (aq) NaNO 3 (aq) + AgCl (s)

36 DUPLA TROCA formação de produto volátil (líquido que evapora com facilidade) SAL DE CARBONATO + ÁCIDO SAL + H 2 O + CO 2 CaCO 3 + H 2 SO 4 CaSO 4 + H 2 O + CO 2 mármore chuva ácida gesso

Química Geral 3º ANO

Química Geral 3º ANO Química Geral 3º ANO Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Ácido são substâncias que, dissolvidas em água, se ionizam liberando, na forma de cátions, exclusivamente

Leia mais

1) Faça o balanceamento das equações abaixo:

1) Faça o balanceamento das equações abaixo: PROFESSORA: GIOVANA CARABALLO MELATTI DATA: / /2015 COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE SALA ALUNO: LISTA DE EXERCÍCIOS REVISÃO 1) Faça o balanceamento das equações abaixo: a) C 2 H 6

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Professora: Wellington Dias Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias

Leia mais

CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL. UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos

CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL. UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL APLICADA AOS CURSOS DE ENGENHARIA UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos NOME DOS PROFESSORES: Ana Mauriceia Castellani Danilo Giarola Rodolfo Lopes

Leia mais

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química Prof. Jair Alberto Funções Inorgânicas Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias inorgânicas podem ser classificadas

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Norma Sá

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Norma Sá FUNÇÕES INORGÂNICAS Prof. Norma Sá FUNÇÕES INORGÂNICAS Identificação das Funções: ÁCIDOS começam com H. BASES terminam com OH. ÓXIDOS formados por 2 elementos, sendo um deles o oxigênio. HIDRETOS formados

Leia mais

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!!

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! As principais funções inorgânicas são: ácidos, bases, sais e óxidos. Ácidos Uma características

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Paulo Migoto Caderno II Frente II ÁCIDOS E BASES (HIDRÓXIDOS) Aulas 10 a 12 Paulo Migoto Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias

Leia mais

Química B Extensivo V. 3

Química B Extensivo V. 3 Química B Extensivo V. 3 01) Alternativa correta: D Exercícios A água pura (destilada ) não é condutora de eletricidade pois não há presença de sais lá, mas a partir do momento que se adiciona alguma substância

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

Funções Inorgânicas: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos ph e poh

Funções Inorgânicas: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos ph e poh Funções Inorgânicas:, Bases, Sais e Óxidos ph e poh Química Prof. Renan Campos. Funções químicas Função química um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. Estas são classificadas

Leia mais

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas.

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. 1. X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não conduz corrente elétrica, porém forma solução aquosa que conduz

Leia mais

Teoria de Arrhenius. Ácidos: definição e classificação

Teoria de Arrhenius. Ácidos: definição e classificação Química Teoria de Arrhenius Eletrólitos e não eletrólitos. Soluções eletrolíticas e não eletrolíticas. Ionização: formação de íons em uma solução devido à reação das moléculas de uma substância dissolvida

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 3ª Série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET 1. Unifor-CE O metal potássio reage vigorosamente com água, produzindo hidrogênio

Leia mais

QUÍMICA. Geral Funções Inorgânicas (I) Prof. Italo Mammini Filho

QUÍMICA. Geral Funções Inorgânicas (I) Prof. Italo Mammini Filho QUÍMICA Geral Funções Inorgânicas (I) Prof. Italo Mammini Filho Ácidos Segundo Arrhenius... Ionizar significa formar íons, ou seja, os ácidos são compostos moleculares (seus átomos se unem por ligações

Leia mais

De onde vêm as lágrimas?

De onde vêm as lágrimas? De onde vêm as lágrimas? É toda substância que, em solução aquosa, sofre dissociação, liberado pelo menos um cátion diferente de H + e um ânion diferente de OH -. a) Presença de oxigênio b) Sal não oxigenado

Leia mais

Química B Superextensivo

Química B Superextensivo GABARIT Química B Superextensivo Exercícios 01) B 02) D 03) D 04) E I Certa Existem apenas dois tipos de átomos: bolinhas maiores e bolinhas menores II Certa Par de bolinhas maiores, par de bolinhas menores

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO BASES EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (PUC-SP) Qual dos pares de reagentes abaixo indica, respectivamente, um ácido fraco e uma base forte? a) ácido clorídrico (muriático) e hidróxido de potássio. b) ácido

Leia mais

Química - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo. Funções Inorgânicas

Química - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo. Funções Inorgânicas Funções Inorgânicas 01. Ácido de Arrhenius Substância que, em solução aquosa, libera como cátions somente íons H + (ou H 3 O + ). Nomenclatura: Ácido não-oxigenado (HxE): ácido + [nome do E] + ídrico Exemplo:

Leia mais

Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE

Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE Rua Siqueira de Menezes, 406 Centro, Capela SE, 49700000, Brasil Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE 1. Classifique os seguintes ácidos em: Hidráxidos ou oxiácidos; monoácidos, diácidos...;

Leia mais

Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL

Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas IF/AL Coordenadoria de Química Disciplina: Química - 4º bimestre ALAGOAS Aluno:... Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL

Leia mais

Militar. e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa?

Militar. e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa? e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa? a) Na 2 S b) NaCl c) CaO d) HCl e) NaOH 2. (UFES) Qual dos compostos abaixo é usado na fabricação

Leia mais

Química 1ª série Ensino Médio v. 3

Química 1ª série Ensino Médio v. 3 1ª série Ensino Médio v. Exercícios 01) a) SbO O + + SbO b) SiO O + + SiO O c) SCN + + SCN d) PO O + + PO e) SO O + + SO 0) I) a) monoácido b) ternário c) oxiácido d) moderado 0) A 0) C 05) C 06) E II)

Leia mais

QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO

QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO Questão 01) Considere a reação em fase gasosa: Gab: B N 2 + 3H 2 2NH 3 Fazendo-se reagir 4L de N 2 com 9L de H 2 em condições de temperatura e pressão constantes, pode-se afirmar

Leia mais

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 BASES 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 02) Classifique as bases contidas na tabela abaixo: Ácidos Qto ao nº de OH Qto a solubilidade

Leia mais

Regras para cálculo do nox

Regras para cálculo do nox SÉRiE Rumo ao ITA Nº 02 ENSiN PRÉ-UNIVERSITÁRI PRFESSR(a) ALuN(a) SÉRGI MATS SEDE Nº TC TuRma TuRN DaTa / / QUÍMICA Número de xidação Número de oxidação (nox) ou estado de oxidação é a real ou imaginária

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira MODELOS DE LIGAÇÕES QUÍMICAS E PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS 1 Os conceitos

Leia mais

Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx

Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx UFMS/CPCS AGRONOMIA e Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora Matildes Blanco TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx Que se entende por número

Leia mais

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escreva as fórmulas estruturais dos ácidos: a) HBr b) HClO 3 c) HNO 3 d) H 2 SO 3 e) H 3 AsO 4 f) H 4 P 2 O 7 02 Retirando-se os hidrogênios ligados

Leia mais

Colégio Paulo VI Ensino Médio

Colégio Paulo VI Ensino Médio Colégio Paulo VI Ensino Médio Aluno (a): Nº.: 1º Ano - Ensino médio Turma: Turno: Vespertino Disciplina: Química Professor: Willian Prado Data: / / 2015 LISTA 1 Reações Químicas Balanceamento Introdução

Leia mais

a) H 2 S, ligação iônica b) H 2 S, ligação covalente c) HS 2, ligação iônica d) HS 2, ligação covalente e) H 2 S, ligação metálica

a) H 2 S, ligação iônica b) H 2 S, ligação covalente c) HS 2, ligação iônica d) HS 2, ligação covalente e) H 2 S, ligação metálica SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1 TURMA(S):

Leia mais

Reações Químicas Reações Químicas DG O QUE É UMA REAÇÃO QUÍMICA? É processo de mudanças químicas, onde ocorre a conversão de uma substância, ou mais, em outras substâncias. A + B REAGENTES C +

Leia mais

C C O H O 2HC CO CO C CO C COC. H 1g mol ; C 12g mol ; O 16g mol ; C 35,5g mol. http://sao-paulo.estadao.com.br. Adaptado.

C C O H O 2HC CO CO C CO C COC. H 1g mol ; C 12g mol ; O 16g mol ; C 35,5g mol. http://sao-paulo.estadao.com.br. Adaptado. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Uma medida adotada pelo governo do estado para amenizar a crise hídrica que afeta a cidade de São Paulo envolve a utilização do chamado volume morto dos reservatórios do Sistema

Leia mais

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

Metais alcalinos - Grupo 1A

Metais alcalinos - Grupo 1A Metais alcalinos - Grupo 1A Li / Na / K / Rb / Cs / Fr Na e K são os mais abundantes ns 1 - aparecem normalmente como iões positivos ( +) Não se encontram isolados na natureza / reacção com não-metais

Leia mais

ÁCIDOS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

ÁCIDOS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 ÁCIDOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Mackenzie-SP) Um ácido, quanto à força, classifica-se como forte, moderado e fraco, conforme a escala de

Leia mais

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada?

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? SAIS 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? 02) Explique formação de um sal e como é representada a equação de sua formação? 03) Qual o conceito teórico de sal segundo Arrhenius?

Leia mais

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica 2ª Fase - Funções da química inorgânica Investigando caminhos As substâncias sejam da Química Orgânica ou Inorgânica são divididas em grupos denominados funções químicas. As substâncias que pertencem a

Leia mais

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas.

Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. 1 Parte I - Considere as informações abaixo: Lista exercícios N1 Química Geral Tabela Periódica, distribuição eletrônica e ligações químicas. Núcleo: Prótons e nêutrons. Eletrosfera: elétrons Os átomos

Leia mais

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final)

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) 01. (Uftm) Em soluções aquosas de acetato de sódio, o íon acetato sofre hidrólise: 3 l 3 CH COO (aq) + H O( ) CH COOH (aq) + OH

Leia mais

Centro Universitário Anchieta

Centro Universitário Anchieta 1) Um elemento da família 2 da tabela periódica forma um composto com o flúor. A massa molar desse composto é 78,074g. Escreva a fórmula e o nome do composto. O composto formado entre flúor e um elemento

Leia mais

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7 2001 1. - Uma camada escura é formada sobre objetos de prata exposta a uma atmosfera poluída contendo compostos de enxofre. Esta camada pode ser removida quimicamente envolvendo os objetos em questão com

Leia mais

Metais Alcalino-Terrosos

Metais Alcalino-Terrosos Metais Alcalino-Terrosos Produtos Químicos Produção nos EUA Classificação Produto Químico Milhões de toneladas 1 Ácido sulfúrico 36,64 2 Etileno 25,41 3 Cal 20,12 4 Propileno 16,17 5 Ácido fosfórico 11,00

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Funções Inorgânicas 5 - Sais

Funções Inorgânicas 5 - Sais Funções Inorgânicas 5 - Sais São compostos que apresentam, pelo menos, um cátion que seja diferente de H +, proveniente de uma base; e, pelo menos, um ânion que seja diferente de OH -, proveniente de um

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 1 1 1 H 1, 00 2 3 4 2 Li 6, 94 Be 9, 01 11 12 3 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 4 K 39, 10 Ca 40, 08 37 38 5 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 6 Cs 132, 91 Ba 137, 33 87 88 7 Fr Ra 223, 02 226, 03 CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA

Leia mais

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq)

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq) ÁCIDOS E BASES O conhecimento sobre termodinâmica, particularmente sobre as constantes de equilíbrio é de grande importância na discussão quantitativa das forças de ácidos e bases o que permite desenvolver

Leia mais

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 4 ============================================================================================= Funções

Leia mais

Funções Químicas Inorgânicas

Funções Químicas Inorgânicas Volume 2 Módulo 2 Química Unidade 13 Funções Químicas Inorgânicas Para início de conversa... Você já deve ter ouvido, alguma vez na vida, alguém dizer que Nós somos o que nos comemos!. Mas afinal, o que

Leia mais

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA 97. A solubilidade do oxalato de cálcio a 20 C é de 33,0 g por 100 g de água. Qual a massa, em gramas, de CaC 2 O 4 depositada no fundo do recipiente quando 100 g de CaC 2 O 4

Leia mais

01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O são respectivamente:

01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O são respectivamente: Prof Exercícios extras Número de oxidação Aluno : Lista 01 Exercícios Extras Número de oxidação 01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS Ácido ídrico eto oso ito ico ato Sal nome do ácido de origem eto ito ato nome do cátion da base de origem +y B x +x A y Como pode cair no enem O etanol é considerado um

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello Níveis de dificuldade das Questões Fácil 11 questões Médio 14 questões Difícil 5 questões Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello www.quimica.net/emiliano chemelloe@yahoo.com.br

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

Química. Prof. Oromar

Química. Prof. Oromar LIGAÇÕES QUÍMICAS Se compararmos o número de elentos químicos existentes atualmente (118 elentos), como o número de substâncias conhecidas, perceberos que existe uma diferença enorme entre estes números.

Leia mais

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: 01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais Alcalinos e) Gases Nobres 02) (UFF-RJ)

Leia mais

CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES

CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 Na reação segundo a equação: EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 1 1 1 3 2 2 4 NH H O NH OH a) Qual o doador de

Leia mais

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL Reação da salificação com neutralização total do ácido e da base Todos os H + ionizáveis do ácido e todos os OH - da base são neutralizados. Nessa reação, forma-se um sal

Leia mais

Estequiometria. Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira

Estequiometria. Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Bacharelado em Ciência e Tecnologia Diamantina - MG Estequiometria Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira -A palavra estequiometria deriva das palavras

Leia mais

SÉRIE: 9º ano EF Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO SUGESTÕES DE QUESTÕES

SÉRIE: 9º ano EF Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO SUGESTÕES DE QUESTÕES SÉRIE: 9º ano EF Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO SUGESTÕES DE QUESTÕES TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO Na(s) questão(ões) a seguir escreva no espaço apropriado

Leia mais

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Complete as equações (se ocorrerem), mencionando o nome dos produtos formados. a) Zn(s) + CuSO 4 (aq) b) Cu(s) + ZnSO 4 (aq) c) Fe(s) +

Leia mais

Jogos Didáticos de Química 4

Jogos Didáticos de Química 4 Jogos Didáticos de Química 4 Jogos Didáticos de Química 5 APRESENTAÇÃO Esta publicação traz exemplos jogos didáticos destinados ao ensino de química. Os jogos elaborados até o momento contemplam conteúdos

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS DISCIPLINA PRNCÍPIOS FÍSICO-QUÍMICOS APLICADOS À FARMÁCIA

FUNÇÕES INORGÂNICAS DISCIPLINA PRNCÍPIOS FÍSICO-QUÍMICOS APLICADOS À FARMÁCIA FUNÇÕES INORGÂNICAS DISCIPLINA PRNCÍPIOS FÍSICO-QUÍMICOS APLICADOS À FARMÁCIA NÚMERO DE OXIDAÇÃO NOX ou número de oxidação: carga de um átomo em um composto, descreve seu estado relativo de oxidação ou

Leia mais

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS REGRA DO OCTETO Cada átomo tem um número de elétrons diferente e estes e - (elétrons) estão distribuídos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Nome: nº: Ensino: Curso Pré-Vestibular série/ano: Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS 01. (FUVEST) O alumínio é obtido pela eletrólise

Leia mais

Funções Inorgânicas. Letícia R. Teixeira. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Funções Inorgânicas. Letícia R. Teixeira. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. Letícia R. Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

Tabel e a l P rió dica

Tabel e a l P rió dica Tabela Periódica Desenvolvimento histórico da Tabela Periódica Dmitri Mendeleev (1834-1907 ) Escreveu em fichas separadas as propriedades (estado físico, massa, etc) dos elementos químicos. Enquanto arruma

Leia mais

Roteiro de Estudos 2 trimestre - 2015 Disciplina: Química 1ª SÉRIE

Roteiro de Estudos 2 trimestre - 2015 Disciplina: Química 1ª SÉRIE Roteiro de Estudos 2 trimestre - 2015 Disciplina: Química 1ª SÉRIE Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa O que devo saber: Unidade 6: Dissociação e ionização condutividade elétrica. Conceito de ácido,

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001 CENTRO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA - LICENCIATURA INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE QUÍMICA SÉRIE: EXPERIÊNCIAS DEMONSTRATIVAS REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães

Leia mais

PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES

PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA VIII OLIMPÍADA DE QUÍMICA DA LIBERATO OQL DATA: 24/08/2013 MODALIDADE: EM-1 Nº DE INSCRIÇÃO: INFORMAÇÕES Escrever o NÚMERO DE INSCRIÇÃO na grade

Leia mais

Conteúdo para Recuperação Final de Química. 1 ano do Ensino Médio. Bimestre Apostila Tema Páginas

Conteúdo para Recuperação Final de Química. 1 ano do Ensino Médio. Bimestre Apostila Tema Páginas Conteúdo para Recuperação Final de Química 1 ano do Ensino Médio Bimestre Apostila Tema Páginas 1 1 2 Substâncias e átomos: tipos de substâncias, simples ou composta, íons, núcleo e eletrosfera, isótopos,

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

UFU 2009/1. 2- Uma das alternativas para reduzir a quantidade de lixo produzida mundialmente é aplicar a teoria dos 3Rs:

UFU 2009/1. 2- Uma das alternativas para reduzir a quantidade de lixo produzida mundialmente é aplicar a teoria dos 3Rs: UFU 2009/1 1-Nas festas de Réveillon, o céu fica embelezado pelas cores emitidas pela queima dos fogos de artifício. A esses fogos são adicionadas substâncias, cujos átomos emitem radiações de luminosidades

Leia mais

ETEC LAURO GOMES. Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014. Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu)

ETEC LAURO GOMES. Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014. Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu) 1 ETEC LAURO GOMES Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014 Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu) 2 ETEC Lauro Gomes Curso: Técnico em Química Disciplina: TMI Tecnologia dos

Leia mais

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento Métodos de Balanceamento Conteúdo Introdução... 1 Método das tentativas... 1 Método algébrico... 1 Método do íon-elétron... 2 Método da oxi-redução... 3 Auto oxi-redução... 3 Balanceamento dependendo do

Leia mais

NÚMERO DE OXIDAÇÃO. Porém, nem todos os compostos que existem são formados por íons. Observe a seguinte estrutura: METANO H C

NÚMERO DE OXIDAÇÃO. Porém, nem todos os compostos que existem são formados por íons. Observe a seguinte estrutura: METANO H C NÚMER DE XIDAÇÃ INTRDUÇÃ Na química há reações chamadas reações de óxido-redução que são de extrema importância no nosso dia-a-dia. Essas reações (que serão estudadas na próxima unidade) podem apresentar

Leia mais

pode se reduzir a NO, causando a oxidação de metais. Assim, metais na presença de

pode se reduzir a NO, causando a oxidação de metais. Assim, metais na presença de Unidade 5 (10ª. e 11ª. Semanas) REACÕES QUÍMICAS A Química Analítica Qualitativa é a área da Química que estuda, desenvolve e aplica métodos para a determinação da natureza de uma substância ou de seus

Leia mais

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE 1.NOMENCLATURA DAS BASES Para cátions que formam uma única base: Principais cátions com suas respectivas valências: Os cátions que formam uma única base são: metais

Leia mais

ÁCIDOS. Função Inorgânica

ÁCIDOS. Função Inorgânica ÁCIDOS Função Inorgânica LEMBRANDO CONCEITOS: PH POTENCIAL HIDROGENIÔNICO É a medida de acidez de uma solução aquosa, cuja escala de medidas vai de 0 a 14. ALGUNS VALORES DE PH: Substância ph Coca-cola

Leia mais

7- (PUCCAMP) Examine as equações químicas a seguir: I- 2CrO 4

7- (PUCCAMP) Examine as equações químicas a seguir: I- 2CrO 4 OXIRREDUÇÃO 1- Se X, Y e Q apresentam número de oxidação máximo nas espécies químicas XO 4 2-, MgYO 3 e H 3 QO 4, então pertencem, respectivamente, à família dos: A) Metais Alcalinos, Carbono e Nitrogênio.

Leia mais

Os óxidos ácidos, como são obtidos a partir dos ácidos, pela retirada de água, são denominados de anidridos de ácidos.

Os óxidos ácidos, como são obtidos a partir dos ácidos, pela retirada de água, são denominados de anidridos de ácidos. ÓXIDOS ÁCIDOS Óxidos ácidos ou anidridos São óxidos que reagem com a água, produzindo um ácido, ou reagem com uma base, produzindo sal e água. Os óxidos ácidos, como são obtidos a partir dos ácidos, pela

Leia mais

Funções Químicas 3 Questões do ENEM e Vestibulares 10. Reações Químicas 11 Questões do ENEM e Vestibulares 20

Funções Químicas 3 Questões do ENEM e Vestibulares 10. Reações Químicas 11 Questões do ENEM e Vestibulares 20 1 2º Unidade Capítulo V Funções Químicas 3 Questões do ENEM e Vestibulares 10 Capítulo VI Reações Químicas 11 Questões do ENEM e Vestibulares 20 Capítulo VII Estrutura e Propriedades dos Compostos Orgânicos

Leia mais

Introdução. Princípios da corrosão: reações de oxiredução potencial de eletrodo - sistema redox em equilíbrio - Diagrama de Pourbaix

Introdução. Princípios da corrosão: reações de oxiredução potencial de eletrodo - sistema redox em equilíbrio - Diagrama de Pourbaix Introdução Princípios da corrosão: reações de oxiredução potencial de eletrodo - sistema redox em equilíbrio - Diagrama de Pourbaix Introdução Conceitos de oxidação e redução 1 - Ganho ou perda de oxigênio

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio Aluno (a): Turma n Mol Massa de átomos molécula, íons, mol e determinação de fórmula química Aspectos quantitativos das reações químicas. Relações

Leia mais

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO Centro Universitário de Brasília Disciplina: Química Tecnológica Geral Professor: Edil Reis MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO No estudo dos processos corrosivos devem ser sempre consideradas as variáveis

Leia mais

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário UFSC Química (Amarela) 1) Resposta: 4 01. Correta. Ao perder elétrons, o núcleo exerce maior atração sobre os elétrons restantes, diminuindo o raio. Li 1s2 2s 1 Li+ 1s 2 Raio atômico: átomo neutro > íon

Leia mais

Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / /

Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / / Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / / PROF. DÉBORA PERÔNIO DA SILVA EXERCÍCIOS DE REFORÇO PARA O EXAME FINAL OBS. : Lembrem-se que este material é apenas um auxílio para

Leia mais

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)?

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? EXERCÍCIOS REVISÃO 1ª série 1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? 2. Qual a fórmula do composto formado entre o potássio, K (Z = 19) e o enxofre, S (Z =

Leia mais

9. REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO

9. REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO Departamento de Química Inorgânica IQ / UFRJ IQG 18 / IQG 31 9. REAÇÕES DE OXIRREDUÇÃO I. INTRODUÇÃO As reações de oxirredução estão entre as reações químicas mais comuns e importantes. Estão envolvidas

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE QUÍMICA EQUIPE DE QUÍMICA DO CURSO POSITIVO

COMENTÁRIO DA PROVA DE QUÍMICA EQUIPE DE QUÍMICA DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO DA PROVA DE QUÍMICA Sem sombra de dúvida, a prova deste ano está muito melhor que a dos anos anteriores. Maior abrangência com temas mais relevantes e grau de dificuldade de médio para difícil,

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Mackenzie-SP) Quando se adicionam 2 ml de HNO 3, 0,1 molar, a 2 ml de NaOH, 0,1 molar, a temperatura do sistema eleva-se. Pode-se concluir que

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO: 01) (UEL-PR) X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não

Leia mais

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe A H,0 Li 7,0 Na 2,0 9 K 9,0 7 Rb 85,5 55 Cs,0 87 Fr (22) 2 2A Be 9,0 2 Mg 2,0 20 Ca 0,0 8 Sr 88,0 56 Ba 7,0 88 Ra (226) Elementos de Transição B B 5B 6B 7B 8B B 2B 5 6 7 A A 5A 6A 7A 78,5 8,0 8,0 86,0

Leia mais

A resposta correta deve ser a letra B.

A resposta correta deve ser a letra B. ITA - 1999 1- (ITA-99) Assinale a opção CORRETA em relação à comparação das temperaturas de ebulição dos seguintes pares de substâncias: a) Éter dimetílico > etanol; Propanona > ácido etanóico; Naftaleno

Leia mais

Química 1ª série Ensino Médio v. 3

Química 1ª série Ensino Médio v. 3 1ª série Ensino Médio v. 3 Exercícios Caro Professor: Neste material do terceiro bimestre é dado enfoque nas funções químicas inorgânicas, tendo em vista a importância do domínio destes conteúdos por parte

Leia mais

ELETROQUÍMICA (Parte II)

ELETROQUÍMICA (Parte II) ELETROQUÍMICA (Parte II) I ELETRÓLISE A eletrólise é um processo de oxirredução não espontâneo, em que a passagem da corrente elétrica em uma solução eletrolítica (solução com íons), produz reações químicas.

Leia mais

AULA 1 FRENTE 1. Se a base apresenta fórmula M(OH) 3

AULA 1 FRENTE 1. Se a base apresenta fórmula M(OH) 3 Exercícios propostos AULA 1 FRENTE 1 1 Bases são compostos que, em água, sofrem dissociação (separação) iônica, liberando o ânion OH Nomeie as bases abaixo, sabendo que os elementos dos grupos 1 e 2 apresentam

Leia mais

Exercícios de ph Turma Evolução

Exercícios de ph Turma Evolução . A forma dos fios do cabelo (liso ou ondulado) se deve à forma das estruturas proteicas da queratina. Promovendo reações químicas nas ligações dissulfeto (RSSR) presentes na proteína, é possível alterar

Leia mais