QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz"

Transcrição

1

2 QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 17 SAIS

3 INTRODUÇÃO Os sais são também muito comuns em nosso cotidiano: o sal comum, NaCl (cloreto de sódio), está presente em nossa alimentação, na conservação de alimentos (carne-seca, bacalhau e outros) etc; o bicabornato de sódio, NaHCO 3, é usado como antiácido e também no preparo de bolos e biscoitos; o sulfato de sódio, Na 2 SO 4 (sal de Glauber), e o sulfato de magnésio, MgSO 4 (sal amargo), são usados como purgante, o gesso usado em ortopedia ou em construção é o sulfato de cálcio hidratado, 2 CaSO 4 H 2 O; e assim por diante.

4 SAIS São compostos, em geral, produzidos a partir de uma reação de salificação, ou ainda: SAIS são substâncias que, em solução aquosa, se dissociam ionicamente liberando, na forma de ânions, diferentes íons OH - e qualquer cátion diferente de H + (H 3 O + ).

5 Apesar de muitos sais serem altamente tóxicos, vários deles são utilizados em nosso cotidiano. Podemos citar como exemplos: o cloreto de sódio (NaCl), também conhecido como sal de cozinha, é utilizado em nossa alimentação diária; o bicarbonato de sódio (NaHCO 3 ), usado como antiácido e no preparo de bolos e bolachas; o sulfato de sódio (Na 2 SO 4 ) e o sulfato de magnésio (MgSO 4 ), usados como purgante; o sulfato de cálcio di-hidratado (CaSO 4. 2H 2 O), também conhecido como gesso, é utilizado em ortopedia e em construções CaSO 2H O CaSO 2H O sulfato de cálcio di hidratado (gesso) sulfato de cálcio anidro (giz)

6 Entre um ácido e uma base ocorre uma reação chamada de neutralização ou salificação. Pode-se dizer que quando se mistura um ácido e uma base, ocorre a formação do sal e de água, assim temos: ácido + base sal + H 2 O HCl + NaOH NaCl + H 2 O

7 CLASSIFICAÇÃO DE SAIS Os sais podem ser classificados de acordo com vários critérios: A molécula de um sal pode apresentar ou não o elemento oxigênio. Assim, conforme a presença ou não desse elemento, temos: Sal halóides ou não-oxigenado: sal cuja molécula não contém oxigênio. EXEMPLO: NaCl, K 2 S, Ca(CN) 2 Oxissais ou oxigenados: sal cuja molécula contém oxigênio. EXEMPLO: NaNO 3, K 2 SO 4, Al 3 PO 4

8 A molécula de um sal pode apresentar dois ou mais elementos. Assim, conforme a quantidade de elementos, temos: Sal binário: sal cuja molécula contém dois elementos. EXEMPLO: KCl, Na 2 s, Cas Sal ternário: sal cuja molécula contém três elementos. EXEMPLO: NaNO 3, K 2 SO 4, Al 3 PO 4 Sal quartenário: sal cuja molécula contém quatro elementos. EXEMPLO: NH 2 ClO 3, K 3 Fe(CN) 6, NaOCN

9 Sal normal: sal que não apresenta hidrogênio ionizável e nem íons OH -. É formado pela neutralização total do ácido e total da base, logo, podemos dizer que sal normal é o produto de uma neutralização total entre um ácido e uma base. Todo sal é constituído pelo cátion de uma base e pelo ânion de um ácido, sendo, por isso mesmo, um composto iônico. EXEMPLO: NaCl, KNO 3, CaCO 3, K 2 SO 4 Para escrevermos a fórmula de um sal normal, obedecemos ao seguinte esquema:

10 Neste esquema: Bx+ é o cátion proveniente da base; Ay- é o ânion proveniente do ácido. Veja os exemplos: cátion potássio: K 1+ ânion brometo: Br 1- Fórmula do sal:

11 cátion sódio: Na 1+ ânion sulfito: SO 2 3 Fórmula do sal: cátion alumínio: Al 3+ ânion nitrato: NO 1 3 Fórmula do sal:

12 sal que apresenta hidrogênio ionizável. É formado pela neutralização parcial do ácido e total da base. EXEMPLO: NaHCO 3, NaH 2 PO 4, KHSO 4, NaHS sal que apresenta OH -. É formado pela neutralização parcial da base e total do ácido. EXEMPLO: Ca(OH)Br, Bi(OH) 2 Cl sal que apresenta dois cátions diferentes que não sejam hidrogênio ionizável ou dois ânions diferentes que não sejam íons OH -. EXEMPLO: NaKCO 3, AlClF 2, CaBrCl, CaKPO 4

13 sal que apresenta moléculas de água em seu retículo cristalino. Esta água é chamada de água de cristalização ou de hidratação, sendo a sua quantidade indicada, na nomenclatura do sal, por prefixos. Exemplos:

14 NOMENCLATURA DE SAIS A nomenclatura dos sais é similar à do ácido e da base que lhe deram origem. O ácido sempre formará o ânion correspondente do sal, portanto, o nome do ânion será derivado do ácido:

15 EXEMPLO GERAL

16 HCl ácido clorídrico Cl - = cloreto HBr ácido bromídrico Br - = brometo H 2 SO 4 ácido sulfúrico SO 2 4 = sulfato HClO 4 ácido perclórico ClO 4 = perclorato A base sempre formará o cátion correspondente do sal. Portanto, o nome do cátion será derivado da base. Então: nome do ânion de nome do cátion

17 NaCl cloreto de sódio CaCO 3 carbonato de cálcio MgSO 4 sulfato de magnésio NH 4 NO 3 nitrato de amônio 1. Pelo N ox absoluto do elemento formador do óxido: nome do ânion de nome do cátion N ox OBSERVAÇÃO: N ox expresso em algarismo romano.

18 FeCl 3 cloreto de ferro III FeCl 2 cloreto de ferro II Cu 2 SO 4 sulfato de cobre I CuSO 4 sulfato de cobre II 2. Pelo N ox relativo:

19 FeCl 3 cloreto férrico FeCl 2 cloreto ferroso Cu 2 SO 4 sulfato cuproso CuSO 4 sulfato cúprico

20 NaHCO 3 monoidrogenocarbonato de sódio (NH 4 )H 2 PO 4 diidrogenofosfato de amônio Bi(OH) 2 Cl diidroxicloreto de bismuto Al(OH) 2 NO 3 diidroxinitrato de alumínio a) Sais duplos com dois ânions nome dos dois ânions de nome do cátion

21 AlClF 2 fluoreto cloreto de alumínio CaBrCl cloreto brometo de cálcio b) Sais duplos com dois cátions nome dos ânions de nome dos dois cátions

22 EXEMPLO: NaKCO 3 carbonato de sódio e potássio CaKPO 4 fosfato de cálcio e postássio

23

24 OBSERVAÇÕES: As neutralizações totais são reações entre ácidos e bases de Arrhenius em que não há sobre de H + ou de OH -, por exemplo: HNO 3 + KOH KNO 3 + H 2 O HCl + AgOH AgCl + H 2 O Já as neutralizações parciais são reações químicas entre ácidos e bases de Arrhenius, em que há sobra de H+ ou de OH-, que ficará incorporada à estrutura do sal, tornando-o um sal ácido ou básico, em geral. H 2 SO 4 + NaOH NaHSO 4 + H 2 O HCl + Ca(OH) 2 Ca(OH)Cl + H 2 O

25 São sais provenientes da reação de neutralização entre dois ácidos e uma base ou um ácido e duas bases. Com isso, um sal duplo ou misto tem, pelo menos, dois cátions ou dois ânions. HCl + HBr + Cu(OH) 2 CuBrCl + 2H 2 O H 3 PO 4 + Ca(OH) 2 + NaOH NaCuPO 4 + 3H 2 O

26 Todos os sais com cátions da família 1A (grupo I) e NH são solúveis. Todos os sais em que o ânion for nitrato (NO 3 ) -, clorato (ClO 3 ) - ou acetato (CH 3 COO) - são solúveis. Praticamente todos os sais de cloretos (Cl) -, brometos (Br) - e iodetos (I) - são solúveis, exceto quando o cátion for Ag +, Pb 2+ e Hg 2+. Sais como AgCl (precipitado branco) e PbI 2 (precipitado amarelo) são praticamente insolúveis. 4 Praticamente todos os sais de sulfatos (SO 4 ) 2- são solúveis, exceto quando o cátion for Ca 2+, Ba 2+, Sr 2+ e Pb 2+. Praticamente todos os sais de sulfetos (S) 2- são quase totalmente insolúveis, menos para os cátions das famílias 1A, 2A e o NH, que tornam o íon sulfeto solúvel. 4 Praticamente todos os sais formados pelos demais ânions são quase totalmente insolúveis, excetuando evidentemente aqueles em que os cátions são da família 1A ou o NH. 4

27 Todavia, como já dissemos, esta é uma regra generalizada, em que existe ainda um grande número de exceções, mas de importância irrelevante para o vestibular. De uma forma geral, podemos dizer que:

28 Os sais são compostos iônicos formados por cátions de bases e ânions de ácidos. Como já estudamos as fórmulas eletrônicas e estruturais dos ácidos e bases, foram também estudadas as dos sais. EXEMPLO: Fosfato de amônio

29

1) Faça o balanceamento das equações abaixo:

1) Faça o balanceamento das equações abaixo: PROFESSORA: GIOVANA CARABALLO MELATTI DATA: / /2015 COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE SALA ALUNO: LISTA DE EXERCÍCIOS REVISÃO 1) Faça o balanceamento das equações abaixo: a) C 2 H 6

Leia mais

Química Geral 3º ANO

Química Geral 3º ANO Química Geral 3º ANO Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Ácido são substâncias que, dissolvidas em água, se ionizam liberando, na forma de cátions, exclusivamente

Leia mais

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada?

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? SAIS 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? 02) Explique formação de um sal e como é representada a equação de sua formação? 03) Qual o conceito teórico de sal segundo Arrhenius?

Leia mais

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final)

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) 01. (Uftm) Em soluções aquosas de acetato de sódio, o íon acetato sofre hidrólise: 3 l 3 CH COO (aq) + H O( ) CH COOH (aq) + OH

Leia mais

Teoria de Arrhenius. Ácidos: definição e classificação

Teoria de Arrhenius. Ácidos: definição e classificação Química Teoria de Arrhenius Eletrólitos e não eletrólitos. Soluções eletrolíticas e não eletrolíticas. Ionização: formação de íons em uma solução devido à reação das moléculas de uma substância dissolvida

Leia mais

Química B Extensivo V. 3

Química B Extensivo V. 3 Química B Extensivo V. 3 01) Alternativa correta: D Exercícios A água pura (destilada ) não é condutora de eletricidade pois não há presença de sais lá, mas a partir do momento que se adiciona alguma substância

Leia mais

CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL. UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos

CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL. UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos CADERNO DE APOIO DE QUÍMICA GERAL APLICADA AOS CURSOS DE ENGENHARIA UNIDADE 4 FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos, bases, sais e óxidos NOME DOS PROFESSORES: Ana Mauriceia Castellani Danilo Giarola Rodolfo Lopes

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Norma Sá

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Norma Sá FUNÇÕES INORGÂNICAS Prof. Norma Sá FUNÇÕES INORGÂNICAS Identificação das Funções: ÁCIDOS começam com H. BASES terminam com OH. ÓXIDOS formados por 2 elementos, sendo um deles o oxigênio. HIDRETOS formados

Leia mais

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!!

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! As principais funções inorgânicas são: ácidos, bases, sais e óxidos. Ácidos Uma características

Leia mais

FORMULAÇÃO DOS SAIS NOMENCLATURA DOS SAIS FORMULAÇÃO DE UM SAL GENERALIZANDO TEMOS: RESUMINDO FICAMOS COM:

FORMULAÇÃO DOS SAIS NOMENCLATURA DOS SAIS FORMULAÇÃO DE UM SAL GENERALIZANDO TEMOS: RESUMINDO FICAMOS COM: FORMULAÇÃO DOS SAIS NOMENCLATURA DOS SAIS FORMULAÇÃO DE UM SAL GENERALIZANDO TEMOS: RESUMINDO FICAMOS COM: Onde: C = cátion proveniente da base A = ânion proveniente do ácido Portal de Estudos em Química

Leia mais

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas.

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. 1. X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não conduz corrente elétrica, porém forma solução aquosa que conduz

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 4 ============================================================================================= Funções

Leia mais

Funções Inorgânicas 5 - Sais

Funções Inorgânicas 5 - Sais Funções Inorgânicas 5 - Sais São compostos que apresentam, pelo menos, um cátion que seja diferente de H +, proveniente de uma base; e, pelo menos, um ânion que seja diferente de OH -, proveniente de um

Leia mais

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química Prof. Jair Alberto Funções Inorgânicas Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias inorgânicas podem ser classificadas

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Professora: Wellington Dias Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias

Leia mais

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escrever a equação de ionização (total) dos ácidos abaixo em solução aquosa, nomeando seu respectivo ânion. a) HCl b) HBrO 3 c) H

Leia mais

De onde vêm as lágrimas?

De onde vêm as lágrimas? De onde vêm as lágrimas? É toda substância que, em solução aquosa, sofre dissociação, liberado pelo menos um cátion diferente de H + e um ânion diferente de OH -. a) Presença de oxigênio b) Sal não oxigenado

Leia mais

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

Funções inorgânicas - Sais

Funções inorgânicas - Sais Funções inorgânicas - Sais 01. Faça as equações de neutralização (ou salificação) total entre os seguintes compostos: 02. (UNESP) Os sais hidrogenocarbonato de potássio, ortofosfato de cálcio, cianeto

Leia mais

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL Reação da salificação com neutralização total do ácido e da base Todos os H + ionizáveis do ácido e todos os OH - da base são neutralizados. Nessa reação, forma-se um sal

Leia mais

Química - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo. Funções Inorgânicas

Química - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo. Funções Inorgânicas Funções Inorgânicas 01. Ácido de Arrhenius Substância que, em solução aquosa, libera como cátions somente íons H + (ou H 3 O + ). Nomenclatura: Ácido não-oxigenado (HxE): ácido + [nome do E] + ídrico Exemplo:

Leia mais

Funções Inorgânicas: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos ph e poh

Funções Inorgânicas: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos ph e poh Funções Inorgânicas:, Bases, Sais e Óxidos ph e poh Química Prof. Renan Campos. Funções químicas Função química um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. Estas são classificadas

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 3ª Série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL

Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas IF/AL Coordenadoria de Química Disciplina: Química - 4º bimestre ALAGOAS Aluno:... Prof. Luis Carlos F. Oliveira IFAL- Campus Marechal/AL

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Paulo Migoto Caderno II Frente II ÁCIDOS E BASES (HIDRÓXIDOS) Aulas 10 a 12 Paulo Migoto Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira MODELOS DE LIGAÇÕES QUÍMICAS E PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS 1 Os conceitos

Leia mais

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 BASES 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 02) Classifique as bases contidas na tabela abaixo: Ácidos Qto ao nº de OH Qto a solubilidade

Leia mais

pode se reduzir a NO, causando a oxidação de metais. Assim, metais na presença de

pode se reduzir a NO, causando a oxidação de metais. Assim, metais na presença de Unidade 5 (10ª. e 11ª. Semanas) REACÕES QUÍMICAS A Química Analítica Qualitativa é a área da Química que estuda, desenvolve e aplica métodos para a determinação da natureza de uma substância ou de seus

Leia mais

Centro Universitário Anchieta

Centro Universitário Anchieta 1) Um elemento da família 2 da tabela periódica forma um composto com o flúor. A massa molar desse composto é 78,074g. Escreva a fórmula e o nome do composto. O composto formado entre flúor e um elemento

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS Ácido ídrico eto oso ito ico ato Sal nome do ácido de origem eto ito ato nome do cátion da base de origem +y B x +x A y Como pode cair no enem O etanol é considerado um

Leia mais

~ 1 ~ Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2012

~ 1 ~ Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2012 Questão 02: Ao nosso redor vemos diversos materiais assumindo os estados sólido, líquido ou gasoso. Abaixo você vê uma imagem mostrando água pura nos três estados físicos mais comuns. MODALIDADE EM-1 Nº

Leia mais

Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita)

Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita) Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica 2ª Fase - Funções da química inorgânica Investigando caminhos As substâncias sejam da Química Orgânica ou Inorgânica são divididas em grupos denominados funções químicas. As substâncias que pertencem a

Leia mais

Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE

Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE Rua Siqueira de Menezes, 406 Centro, Capela SE, 49700000, Brasil Exercício de revisão do 1º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE 1. Classifique os seguintes ácidos em: Hidráxidos ou oxiácidos; monoácidos, diácidos...;

Leia mais

EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015. MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/

EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015. MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/ EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015 MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/ 01. Observe na tabela a distribuição percentual dos principais elementos químicos cujos átomos, combinados,

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001 CENTRO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA - LICENCIATURA INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE QUÍMICA SÉRIE: EXPERIÊNCIAS DEMONSTRATIVAS REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães

Leia mais

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escreva as fórmulas estruturais dos ácidos: a) HBr b) HClO 3 c) HNO 3 d) H 2 SO 3 e) H 3 AsO 4 f) H 4 P 2 O 7 02 Retirando-se os hidrogênios ligados

Leia mais

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE 1.NOMENCLATURA DAS BASES Para cátions que formam uma única base: Principais cátions com suas respectivas valências: Os cátions que formam uma única base são: metais

Leia mais

Aluno (a): 07. (FGV SP) O hidrogenossulfito de sódio, NaHSO 3, é um insumo

Aluno (a): 07. (FGV SP) O hidrogenossulfito de sódio, NaHSO 3, é um insumo Química 04 Professor Duda Aluno (a): 08/03/2013 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO 01. (IFSP) O metal manganês, empregado na obtenção de ligas metálicas, pode ser obtido no estado líquido, a partir do mineral pirolusita,

Leia mais

QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO

QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO QUIMICA - 3ª SÉRIE - REVISÃO Questão 01) Considere a reação em fase gasosa: Gab: B N 2 + 3H 2 2NH 3 Fazendo-se reagir 4L de N 2 com 9L de H 2 em condições de temperatura e pressão constantes, pode-se afirmar

Leia mais

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento Métodos de Balanceamento Conteúdo Introdução... 1 Método das tentativas... 1 Método algébrico... 1 Método do íon-elétron... 2 Método da oxi-redução... 3 Auto oxi-redução... 3 Balanceamento dependendo do

Leia mais

Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / /

Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / / Aluno(a) Nº. Série:1º Turma: Ensino Médio Trimestre [ 1,2,3 ] Data: / / PROF. DÉBORA PERÔNIO DA SILVA EXERCÍCIOS DE REFORÇO PARA O EXAME FINAL OBS. : Lembrem-se que este material é apenas um auxílio para

Leia mais

Tópico Especial ITA CORES DE COMPOSTOS

Tópico Especial ITA CORES DE COMPOSTOS Autor: Eurico Dias (eurico@gmail.com) Professor de Química e Matemática, Membro Fundador do Projeto Futuro Militar e Projeto Medicina, Colaborador do Projeto Rumo ao ITA. Ex-aluno do ITA (Turma 06) Tópico

Leia mais

ELETROQUÍMICA (Parte II)

ELETROQUÍMICA (Parte II) ELETROQUÍMICA (Parte II) I ELETRÓLISE A eletrólise é um processo de oxirredução não espontâneo, em que a passagem da corrente elétrica em uma solução eletrolítica (solução com íons), produz reações químicas.

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET 1. Unifor-CE O metal potássio reage vigorosamente com água, produzindo hidrogênio

Leia mais

Lista de Exercícios. Química Inorgânica: SAIS. Professor Anderson Dino

Lista de Exercícios. Química Inorgânica: SAIS. Professor Anderson Dino Lista de Exercícios Química Inorgânica: SAIS Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br FORMULAÇÃO DE SAIS Em química, um sal é um composto que em água se dissocia num cátion diferente de H + e

Leia mais

ÁCIDOS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

ÁCIDOS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 ÁCIDOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Mackenzie-SP) Um ácido, quanto à força, classifica-se como forte, moderado e fraco, conforme a escala de

Leia mais

EXERCÍCIOS 1º EM EXAME FINAL 2014

EXERCÍCIOS 1º EM EXAME FINAL 2014 Nome: Nº Ano: Turma: Disciplina: Professor: Data: / / EXERCÍCIOS 1º EM EXAME FINAL 2014 01 - (UNIFICADO RJ) Em uma investigação química, as propriedades e transformações da matéria são parâmetros de estudos.

Leia mais

Equilíbrio Ácido-base. Controle de ph por meio de soluções tampão

Equilíbrio Ácido-base. Controle de ph por meio de soluções tampão Equilíbrio Ácido-base Controle de ph por meio de soluções tampão Conceitos Soluções tampão = são sistemas aquosos que tendem a resistir a mudanças no seu ph quando pequenas quantidades de ácido ( H + )

Leia mais

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA PROFESSOR: RENIR DAMASCENO

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA PROFESSOR: RENIR DAMASCENO 01. Ana, Lúcia, Renata e Fernanda participaram de uma olimpíada química. A vencedora foi a que apresentou o objeto com maior número de átomos. O resultado foi registrado na tabela a seguir. PARTICIPANTES

Leia mais

TRATAMENTO DA ÁGUA. Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio

TRATAMENTO DA ÁGUA. Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio TRATAMENTO DA ÁGUA Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio Água poluída: água inadequada para beber ou para fazer nossa higiene. Diversas substâncias naturalmente presentes na água são

Leia mais

Química 1ª série Ensino Médio v. 3

Química 1ª série Ensino Médio v. 3 1ª série Ensino Médio v. 3 Exercícios Caro Professor: Neste material do terceiro bimestre é dado enfoque nas funções químicas inorgânicas, tendo em vista a importância do domínio destes conteúdos por parte

Leia mais

ETEC LAURO GOMES. Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014. Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu)

ETEC LAURO GOMES. Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014. Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu) 1 ETEC LAURO GOMES Apostila Prática de TMI I Tecnologia dos Materiais Inorgânicos I 2014 Profª. Maria Lucia O. Machado (Malu) 2 ETEC Lauro Gomes Curso: Técnico em Química Disciplina: TMI Tecnologia dos

Leia mais

Regras para cálculo do nox

Regras para cálculo do nox SÉRiE Rumo ao ITA Nº 02 ENSiN PRÉ-UNIVERSITÁRI PRFESSR(a) ALuN(a) SÉRGI MATS SEDE Nº TC TuRma TuRN DaTa / / QUÍMICA Número de xidação Número de oxidação (nox) ou estado de oxidação é a real ou imaginária

Leia mais

QUÍMICA. metal ligado a um ametal ou um radical. Ex: NaCl, CaSO 3, Fe 3(PO 4) 2 etc... Óxidos, Ácidos, Bases e Sais TREINAMENTO DE SALA: Módulo III

QUÍMICA. metal ligado a um ametal ou um radical. Ex: NaCl, CaSO 3, Fe 3(PO 4) 2 etc... Óxidos, Ácidos, Bases e Sais TREINAMENTO DE SALA: Módulo III Apresentação geral À medida que as substâncias químicas foram sendo obtidas e estudadas, os pesquisadores perceberam a existência de substâncias diferentes com propriedades químicas semelhantes denominadas

Leia mais

QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013

QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013 Exercícios de revisão QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013 1) Balanceie as equações abaixo: a) Cu + HNO 3 Cu (NO 3 ) 2 + NO +H 2 O b) CrO 3 + SnCl 2 + HCl CrCl 3 + SnCl 4 + H 2 O c) PbO 2 + HCl

Leia mais

Militar. e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa?

Militar. e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa? e) LiH TESTES. 1. (Unisinos) Qual das substâncias a seguir apresenta sabor azedo quando em solução aquosa? a) Na 2 S b) NaCl c) CaO d) HCl e) NaOH 2. (UFES) Qual dos compostos abaixo é usado na fabricação

Leia mais

Exercícios de Funções Inorgânicas

Exercícios de Funções Inorgânicas Exercícios de Funções Inorgânicas 1. (ITA) Ácido sulfúrico pode ser obtido, em várias etapas, a partir da pirita. Uma das etapas é representada pela equação: a) S + 3/2O 2 SO 3 b) 2SO 2 + O 2 2SO 3 c)

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio Aluno (a): Turma n Mol Massa de átomos molécula, íons, mol e determinação de fórmula química Aspectos quantitativos das reações químicas. Relações

Leia mais

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7 2001 1. - Uma camada escura é formada sobre objetos de prata exposta a uma atmosfera poluída contendo compostos de enxofre. Esta camada pode ser removida quimicamente envolvendo os objetos em questão com

Leia mais

ácido 1 base 2 base 1 ácido 2

ácido 1 base 2 base 1 ácido 2 Experimento 7 ESTUDO DE ÁCIDOS E BASES EM MEIO AQUOSO OBJETIVOS Reforçar a aprendizagem do conceito de ácidos e bases por meio de experimentos simples em meio aquoso. Identificar substâncias ácidas e básicas

Leia mais

Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto

Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto Quando misturamos soluções de mesmo soluto, obtemos uma nova solução de concentração intermediária às das soluções misturadas. Nesse caso,

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final Disciplina: Química Ano: 2012 Professor (a): Elisa Landim Turma: 1º FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista

Leia mais

2º ANO QUÍMICA 1 PROFª ELAINE CRISTINA. Educação para toda a vida. Colégio Santo Inácio. Jesuítas

2º ANO QUÍMICA 1 PROFª ELAINE CRISTINA. Educação para toda a vida. Colégio Santo Inácio. Jesuítas 2º ANO QUÍMICA 1 1 mol 6,02.10 23 partículas Massa (g)? Massa molar Cálculo do número de mols (n) Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA VESTIBULAR 2008. Química

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA VESTIBULAR 2008. Química INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA VESTIBULAR 2008 Química CONSTANTES Constante de Avogadro = 6,02 x 10 2 mol 1 Constante de Faraday (F) = 9,65 x 10 4 C mol 1 = 9,65 x 10 4 A s mol 1 = 9,65 x 10 4 J

Leia mais

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: 01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais Alcalinos e) Gases Nobres 02) (UFF-RJ)

Leia mais

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DESLOCAMENTO EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Complete as equações (se ocorrerem), mencionando o nome dos produtos formados. a) Zn(s) + CuSO 4 (aq) b) Cu(s) + ZnSO 4 (aq) c) Fe(s) +

Leia mais

TITULAÇÃO ÁCIDO-BASE

TITULAÇÃO ÁCIDO-BASE Introdução a Analise Química - II sem/2013 Profa Ma Auxiliadora - 1 Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina QUIO94 - Introdução à Análise Química

Leia mais

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO Centro Universitário de Brasília Disciplina: Química Tecnológica Geral Professor: Edil Reis MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO No estudo dos processos corrosivos devem ser sempre consideradas as variáveis

Leia mais

Concentrações das Soluções

Concentrações das Soluções Concentrações das Soluções Concentração em mol/l ou Concentração molar A concentração em mol/l de uma solução indica a quantidade de mols do soluto considerado, para cada litro de solução. Símbolos = M

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO: 01) (UEL-PR) X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não

Leia mais

Funções Químicas Inorgânicas

Funções Químicas Inorgânicas Volume 2 Módulo 2 Química Unidade 13 Funções Químicas Inorgânicas Para início de conversa... Você já deve ter ouvido, alguma vez na vida, alguém dizer que Nós somos o que nos comemos!. Mas afinal, o que

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 QUESTÕES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2013

~ 1 ~ PARTE 1 QUESTÕES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2013 Questão 02: Para o bom funcionamento do organismo, devemos ingerir, diariamente, uma pequena quantidade de sais minerais, que são encontradas em alguns alimentos. Dentre os principais íons relevantes ao

Leia mais

Metais Alcalino-Terrosos

Metais Alcalino-Terrosos Metais Alcalino-Terrosos Produtos Químicos Produção nos EUA Classificação Produto Químico Milhões de toneladas 1 Ácido sulfúrico 36,64 2 Etileno 25,41 3 Cal 20,12 4 Propileno 16,17 5 Ácido fosfórico 11,00

Leia mais

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2 QUÍMICA As questões 31 e 32 referem-se às informações abaixo. Por contribuir para a preservação ambiental, o uso do gás hidrogênio, como combustível economicamente viável, já está sendo considerado como

Leia mais

Química 1ª série Ensino Médio v. 3

Química 1ª série Ensino Médio v. 3 1ª série Ensino Médio v. Exercícios 01) a) SbO O + + SbO b) SiO O + + SiO O c) SCN + + SCN d) PO O + + PO e) SO O + + SO 0) I) a) monoácido b) ternário c) oxiácido d) moderado 0) A 0) C 05) C 06) E II)

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

SOLUÇÕES. 3) (UNIFOR) O gráfico seguinte dá a solubilidade em água do açúcar de cana em função da temperatura.

SOLUÇÕES. 3) (UNIFOR) O gráfico seguinte dá a solubilidade em água do açúcar de cana em função da temperatura. SOLUÇÕES 1) (FEI) Tem-se 500g de uma solução aquosa de sacarose (C 12 H 22 O 11 ), saturada a 50 C. Qual a massa de cristais que se separam da solução, quando ela é resfriada até 30 C? Dados: Coeficiente

Leia mais

Atividade de Recuperação Final de Química

Atividade de Recuperação Final de Química ENSINO MÉDIO Data: / /2014 Professora: Rosa Valor da prova/atividade: 2.0 Nota: Disciplina: Química Nome: n o : SÉRIE: 3ª Atividade de Recuperação Final de Química Rec. Final Instruções: Responder todas

Leia mais

Eletroquímica Eletrólise

Eletroquímica Eletrólise ] 01 Introdução Eletrólise é todo processo químico não espontâneo (ΔG > 0) provocado por corrente elétrica. Estudaremos dois tipos de eletrólise: Eletrólise Ígnea: É a eletrólise da substância fundida.

Leia mais

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq)

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq) ÁCIDOS E BASES O conhecimento sobre termodinâmica, particularmente sobre as constantes de equilíbrio é de grande importância na discussão quantitativa das forças de ácidos e bases o que permite desenvolver

Leia mais

Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx

Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx UFMS/CPCS AGRONOMIA e Disciplina: Química Geral ENG. FLORESTAL Professora Matildes Blanco TEORIA E LISTA DE EXERCÍCIOS 01 REFERENTE À AVALIAÇÃO 03 (P 3 ) NÚMERO DE OXIDAÇÃO: NOx Que se entende por número

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Nome: nº: Ensino: Curso Pré-Vestibular série/ano: Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS 01. (FUVEST) O alumínio é obtido pela eletrólise

Leia mais

Exercícios de Química Colégio Naval

Exercícios de Química Colégio Naval Exercícios de Química Colégio Naval 01 - O átomo é algo tão minúsculo que até hoje, com toda a tecnologia existente, nenhum ser humano conseguiu ver como realmente é um átomo. Por isso essa pequena estrutura

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

Substâncias puras e misturas; análise imediata

Substâncias puras e misturas; análise imediata Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 5 Substâncias puras e misturas; análise imediata 1. C Considerando as ilustrações, temos: I. Mistura

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello Níveis de dificuldade das Questões Fácil 11 questões Médio 14 questões Difícil 5 questões Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello www.quimica.net/emiliano chemelloe@yahoo.com.br

Leia mais

01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O são respectivamente:

01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O são respectivamente: Prof Exercícios extras Número de oxidação Aluno : Lista 01 Exercícios Extras Número de oxidação 01. (UFSC) O número de oxidação do chalcogênio (O, S, Se, Te, Po) nos compostos H2O2, HMnO4, Na2O4 e F2O

Leia mais

Lista II (Princípios de Equilíbrios Químicos)

Lista II (Princípios de Equilíbrios Químicos) Lista II (Princípios de Equilíbrios Químicos) ATKINS, Peter e JONES, Loretta. Princípios de Química, 5ª edição. Bookman, 2012 1 Examine o equilíbrio CO(g) + H2O(g) CO2(g) + H2(g). a) Se a pressão parcial

Leia mais

Sistema Elite de Ensino. Química Orgânica. Testes de identificação de compostos

Sistema Elite de Ensino. Química Orgânica. Testes de identificação de compostos Sistema Elite de Ensino Química Orgânica Testes de identificação de compostos Roberto Rezende 14/09/2008 Introdução Este material tem por finalidade mostrar alguns métodos de identificar qual a função

Leia mais

Química em Solventes não Aquosos. Prof. Fernando R. Xavier

Química em Solventes não Aquosos. Prof. Fernando R. Xavier Química em Solventes não Aquosos Prof. Fernando R. Xavier UDESC 2013 Reações químicas podem acontecer em cada uma das fases ordinárias da matéria (gasosa, líquida ou sólida). Exemplos: Grande parte das

Leia mais

CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES

CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES CONCEITOS MODERNOS DE ÁCIDOS E BASES Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 Na reação segundo a equação: EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 1 1 1 3 2 2 4 NH H O NH OH a) Qual o doador de

Leia mais

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA

COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA COVEST/UFPE 2003 2ª ETAPA 97. A solubilidade do oxalato de cálcio a 20 C é de 33,0 g por 100 g de água. Qual a massa, em gramas, de CaC 2 O 4 depositada no fundo do recipiente quando 100 g de CaC 2 O 4

Leia mais

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DUPLA TROCA

OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DUPLA TROCA OCORRÊNCIA DE REAÇÕES DE DUPLA TROCA Solubilidade dos sais Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Fuvest-SP) Considere soluções aquosas de nitrato de

Leia mais

TITULAÇÃO DE ÁCIDO-BASE

TITULAÇÃO DE ÁCIDO-BASE Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Introdução a Analise Química - II sem/2012 Profa Ma Auxiliadora - 1 Disciplina QUIO94 - Introdução à Análise Química

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1

Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 Prof. Agamenon Roberto FUNÇÕES INORGÂNICAS www.auladequimica.cjb.net 1 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO: 01) (UEL-PR) X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não

Leia mais

Propriedades dos Compostos Inorgânicos

Propriedades dos Compostos Inorgânicos RECIFE Colégio Salesiano Sagrado Coração ] Aluna(o): Nº: Turma: 3º ano Recife, de de 2013 Disciplina: Química Professor: Eber Barbosa Propriedades dos Compostos Inorgânicos 01 Solubilidade em Água Substância

Leia mais