Gabarito de Química Frente 2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gabarito de Química Frente 2"

Transcrição

1 Gabarito de Química Frente 2 Módulo E Calculo do nox: 1) HNO X + 3 x (- 2) = 0 X= X 2) HNO Y + 2 x (- 2) = 0 Y= Y 2 3) NH 3 Z + 3 x (+1) = 0 Z = - 3 Z 02.A +1 Para calcular a acidez dos oxiácidos utiliza se a seguinte regra: calcula a variação entre o numero de oxigênios e o numero de hidrogênios ionizáveis. Se 2; temos que o ácido é forte. Se = 1; temos que o ácido é moderado Se = 0; temos que o ácido é fraco.

2 1) Para o H 2 SO 4 : = 4-2 = 2 2) Para H 3 PO 4 = 4 3 = 1 3) Para o HClO = 1 1 = 0 Dessa forma a ordem crescente de acidez é: 03.B 04.D HClO< H 3 PO 4 < H 2 SO 4 A espécie que apresentará maior concentração de H 1+ será aquela que possuir maior K, no caso será o H 3 AsO B Item I: Correto Item II: Correto Item III: Incorreto; A molécula com maior momento dipolar é o HF, pois a ligação entre seus átomos é mais forte. 06.B Y ao reagir com água formando hidróxido, conclui se que é um metal, e ao reagir com cloro e formando oxido na proporção de 2 oxigênios para 1, temos, portanto um metal alcalino. 07.B 08.D Item I: Incorreto; limão e vinagre são ácidos, ao passo que leite de magnésia e soda cáustica são básicos. Item II: Correto. Item III: Correto.

3 09. nitrato de sódio: NaNO 3 ácido sulfúrico: H 2 SO 4 ácido nítrico: HNO 3 bissulfato de sódio Uma das fórmulas: 10. H 2 SO 3 e H 2 SO 4 O ácido mais forte é o H 2 SO 4, pois a diferença entre o número de átomos de oxigênio e o número de átomos de hidrogênio ácido é igual a 2, enquanto no H 2 SO 3 essa diferença é igual a a) apenas um (01) hidrogênio ionizável. b) H 3 PO 2 + NaOH NaH 2 PO 2 + H 2 O 12. a) 80% b) 4, íons a) básico, pois reage com a água produzindo base: BaO + H 2 O Ba(OH) 2 b) peróxido inorgânico c) BaO 2 + H 2 SO 4 BaSO 4 + H 2 O 2

4 Cátion Ba 2+ Ânion NO - 3 Fórmula do composto NH Cl 4 AgNO - 3 Fe S 2 3 Fe(OH) 2 Nome do composto Cloreto de amônio Cloreto de bário Sulfeto de ferro-ii Hidróxido de ferro-ii 15. a) Al 2 O 3 + 2NaOH + 3H 2 O 2NaAl(OH) 4 b) No tratamento com HCl(aq) concentrado, seriam solubilizados Fe 2 O 3, que é óxido básico, e Al 2 O 3, que é óxido anfótero: Fe 2 O 3 + 6HCl 2FeCl 3 + 3H 2 O Al 2 O 3 + 6HCl 2AlCl 3 + 3H 2 O Módulo A (I) H 2 SO 4 acido sulfúrico. (II) H 2 CO 3 acido carbônico (III) Ba(OH) 2 hidróxido de bário (IV) BaSO 4 sulfato de bário (V) Ba(HCO 3 ) 2 bicarbonato de bário (VI) BaCO 3 carbonato de bário Item 01: Incorreto: O sulfato de cromo (III) é formado por um ânion divalente (SO 4 ) 2- e um cátion trivalente (Cr 3+ ). Item 02: Incorreto: O alumínio tem nox = +3 tanto no óxido quanto na base. Item 04: Correto Item 08: Correto Item 16: Correto 03. A

5 04. C 05.C Hipoclorito de sódio: NaClO: sal Leite de magnésia: Mg(OH) 2 : Base Vinagre: ácido etanóico: ácido organico Soda cáustica: base: NaOH 06. B Sulfeto de sódio: Na 2 S, derivado do acido sulfídrico: H 2 S Sulfato de cálcio: CaSO 4, derivado do acido sulfúrico: H 2 SO 4 Sulfito de sódio: CaSO 3, derivado do acido sulfuroso: H 2 SO B 08. C Fosfato de cálcio: Ca 3 (PO 4 ) 2 Bicarbonato de sódio: NaHCO 3 Dihidrogenopirofosfato de sódio: Na 2 H 2 P 2 O 7 Tiossulfato de sódio: Na 2 S 2 O a) cátions: Na + ; Ca 2+ ânions: Cl - ; PO 4 3- ; CO formulas e nomes: NaCl cloreto de sódio Na 3 PO 4 fosfato de sódio Na 2 CO 3 carbonato de sódio CaCl 2 cloreto de cálcio Ca 3 (PO 4 ) 2 fosfato de cálcio CaCO 3 carbonato de cálcio 10. 1º foguete cloreto de sódio; 2º foguete cloreto de cobre (I); 3º foguete carbonato de estrôncio;

6 4º foguete alumínio. 11. BaCl 2 Cl: Nox -1 BaClO 4 Cl: Nox a) +5 b) NH 4 NO a) b) dois 14. Cu 2 CO 3 Carbonato de cobre I, Carbonato cuproso (NH 4 ) 2 C2O 4 Oxalato de amônio Fe(OH) 3 Hidróxido de férrico, hidróxido de ferro III KHSO 4 Sulfato ácido de potássio Mg(NO 3 3) 2 Nitrato de magnésio Na 2 S Sulfeto de sódio CuSO 4.5H 2 O Sulfato cúprico pentaidratado Al 2 O 3 Óxido de alumínio 15. a) ambos apresentam três camadas de energia, porém o sódio apreseta menor carga nuclear e, portanto atrai menos seus elétron resultando num raio maior.

7 b) Li 2 CO 3 Módulo B M Fe 2 O 3 = 160 g Calculo da massa de hematita em 300 g de solo: 300 g % X % X = 75 g Calculo da massa de ferro: 160 g de hematita g d e Fe 75 g Y Y = 52,5 g 02.A NaCl(aq) + AgNO 3 (aq) NaNO 3 (aq) + AgCl(s) 1 mol mol 58,5 g ,5 g 11, 7 g X X = 28,7 g 03.A 2NH3 + OCl N2H4 + Cl + H2O 2 mols---- 1mol mol-----1mol----1mol 3,6 mols X X = 1,8 mols. Como possui apenas 1,5 mols, conclui se que a amônia esta em excesso. Calculo do numero de mols de hidralazina partindo do reagente limitante. OCl N 2 H 4

8 1 mol mol 1,5 mols X X 1,5 mols 04.D 2 NaOH(aq) + H 2 SO 4 (aq) Na 2 SO 4 (aq) + 2H 2 O 2 mols mol 2 x 40 g x 98 g 10 g X X = 12,25 como possuímos 20 g do acido, conclui se que este encontra se em excesso. Calculo da massa de sal formada utilizando o reagente limitante. 2 NaOH(aq) Na 2 SO 4 (aq) 2 mols mol 2 x 40 g x 142 g 10 g Y Y = 17,75 g 05. B O 3(g) + C 2 H 4(g) HCHO (g) + CO 2(g) + H 2(g) 1 mol mol 1 x 28g x 30 g X Kg X = 11,2 Kg 06. B 1 mol de Al2(SO4) mols de AlPO4 1 x 342 g x 122 g X g X= 1438 g 07.D

9 1 mol de acido acetil salicílico mol anidrido acético 138 g g 100 g X X= 74 g Concluímos que o anidrido acético esta em excesso. Calculo do excesso: = 26 g 08.C 3H 2 (g) 2NH 3 (g) 3 mols mols 3 x 2 g mols 8 g X X = 2,7 mols 09. a) S (s) + O 2(g) SO 2(g) SO 2(g) + 1/2 O 2(g) SO 3(g) SO 3(g) + H 2 O (l) H 2 SO 4(aq) b) S (s) + O 2(g) SO 2(g) SO 2(g) + 1/2 O 2(g) SO 3(g) SO 3(g) + H 2 O (l) H 2 SO 4(aq) S (s) + 3/2O 2(g) + H 2 O (l) H 2 SO 4(aq) 1 mol mol 32 g g 1605 g X X = 4906 g 10. )

10 I) NaOH( aq) + HC NaC (aq) + H2O II) Mg(OH) 2 (aq) + 2HC MgC 2 + 2H2O III) CaCO 3 + HC CaC 2 + H2O + CO2 b) frasco I: haverá mudança de cor frasco II: haverá formação de sólido, precipitado c) 1) Calculo da quantidade de HCl esperada a partir de 1 tonelada. 73 g de polimero x 36,5 g de HCl 1000 Kg X X = 500 Kg 2) Calculo da pureza: 500 Kg % 450 Kg Y Y = 0,9 ou 90% 11. a) KClO 3 (s) Δ KCl(s) + 3/2 O 2 (g) b) 1 mol de KClO 3 (s) ,5 x 32 g c) 10 mols X X = 480 g 1) Calculo da massa pura: 153, % X % X = 122,6 g 2) Calculo da massa de KCl

11 1 mol de KClO 3 (s) mol KCl(s) 122, 6 g ,5 g 122,6 g Y Y= 74,5g 12. a) CaCO 3 + HCl CaCl2 + H2O + CO2 b) 1) calculo da massa pura de CaCO 3 80 g % X % X = 76 g 2) Calculo do numero de mols de CaCO 3 1 mol g n g n = 0,76 mol 3) Utilizando a equação de Clapeyron temos: P x V = n x R x T 3 x V = 0,76 x 0,082 x 300 T = 6,232 L 13. a) A reação química balanceada que ocorre no processo (i), (ii) e (iii): i) S(s) + O 2 (g) SO 2 (g) ii) SO 2 (g) + ½O 2 (g) SO 3 (g) iii) SO 2 (g) + H 2 O(l) H 2 SO 4 (aq)

12 b) A massa do sal formado será: S(s) + O 2 (g) SO 2 (g) 32,0 gramas 64,0 gramas 6,4 gramas X.: X = 12,8 gramas SO 2 (g) + Ba(OH) 2 (aq) BaSO 3 (aq) + H 2 O(l) 64,0 gramas 217,4 gramas 12,8 gramas y.: y = 43,5 gramas 14. a) Na 3 PO 4 e Ba(NO 3 ) 2 b) 6,01g c) 4 mol 15. Módulo E Calculo do numero de mols: 1) C: 27,78/12 = 2,065 2) H: 2,08/1 = 2,08 3) Cl: 73,14/35,5 = 2,065 Dividindo pelo menor numero: 1) C: 2,065/2,08 1 2) H: 2,08/2,08 = 1

13 3) Cl: 2,065/2,08 1 Formula minina: CHCl, cuja massa é 48,5 g Calculo de n N = 290,85/48,5 6 Formula molecular é: C 6 H 6 Cl 6 02.E Calculo do numero de mols de: 1) N: 30,43/14 = 2,2 2) O: 69,57/16 = 4,4 Dividindo pelo menor numero temos: 1) N: 2,2/2,2 = 1 2) O: 4,4/2,2 = 2 Formula Mínima= NO 2, cuja massa é 46 Calculo de n: N= 92/46 = 2 Formula molecular é: N 2 O C 1) Potássio: n= 16,09/39,1 n 0,4 Dividindo pelo menor numero de mols temos: 0,4/0,2 = 2 2) Platina: n = 40,15/195 n 0,2 Dividindo pelo menor numero de mols temos: 0,2/0,2 = 1 3) Cloro n = 43,76/35,5 n 1,2

14 Dividindo pelo menor numero de mols temos: 1,2/0,2 = 6 Portanto a formula mínima é: K 2 PtCl E 05. D K: 56,58/39 = 1,5 C: 8,68/12 = 0,75 O: 34,74/16 = 2,15 Dividindo pelo menor numero temos: K: 1,5/0,75 = 2 C: 0,75/0,75 = 1 O: 2,15/0,75 = 3 Formula empírica: K 2 CO 3 06.A Oxido 1: Fe=70% O=30% Fe: 70/56 = 1,25 O: 30/ 16 = 1,875 Dividindo pelo menor numero: Fe: 1,25/1,25 = 1 x 2 = 2 O: 1,875/1,25 = 1,5 x 2 = 3 Portanto: Fe 2 O 3 Oxido 2: Fe=77,8%

15 O=22,2% Fe: 77,8/56 = 1,4 O: 22,2/ 16 = 1,4 Dividindo pelo menor numero: Fe: 1,4/1,4 = 1 O: 1,4/1,4 = 1 Portanto: FeO 07.D 08.C Massa da formula mínima: 30 g n = massa da formula molecular/ massa formula mínima n= 180/ 30 n =6

16 09. b) Ligações de hidrogênio 10. N 2 O 5 N: 25,9/14 = 1,85 O: 74,1/16 = 4,6 Dividindo pelo menor numero: N: 1,85/1,85 = 1

17 O: 4,6/ 1,85 2,5 Multiplicar por 2: N=2 O = 5 Portanto a formula do composto será: N 2 O a) 62,8% C; 7,2% H; 20,9% O; 9,1% N Massa total da dopamina: 153 g Calculo da porcentagem de C: 153g % 96g X X = 62,8 g Calculo da porcentagem de H: 153g % 11 g Y Y = 7,2% Calculo da porcentagem de O: 153g % 32 g Z Z = 20,91% Calculo da porcentagem de N: 153g % 14 g W W = 9,1% b) 1,1 g 1 mol g 6,91 x X X = 1,1 g

18 c) 3,6 x 10-3 mol 153 g mol 0, Y Y = 3,6 x 10-3 mol 12. a) b) CuCl 2 2H 2 O 2CuCl 2 (s) 2CuCl(s) + Cl 2 (g) 13. a) NO 2 b) N 2 O Al 2 (SO 4 ) H 2 O 15. a) C 6 H 12 2O 2 b) C 3 H6O 6

19

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1-A Chuva ácida: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 2-B Neutralização: 2 H 3 PO 4 + 3 Ba(OH) 2 Ba 3 (PO 4 ) 2 + 6 H 2 O 3-E O NOX do enxofre no Na 2 SO 3 é +4, sendo o sulfito de sódio.

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Ano: 1º Professora: Maria Luiza ENSINO MÉDIO Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Ocorrência de reações

Ocorrência de reações Ocorrência de reações Dados: Força de ácidos e bases Classificação dos hidrácidos mais conhecidos: Regra prática para a classificação dos oxiácidos Determine a diferença (D) entre a quantidade de átomos

Leia mais

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional:

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional: REAÇÕES INORGÂNICAS INTRODUÇÃO Uma reação química ocorre quando uma ou mais substâncias interagem de modo a formar novas substâncias. A ocorrência de uma reação pode ser detectada através de evidências

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

As substâncias químicas podem ser agrupadas de acordo com suas PROPRIEDADES COMUNS. Estas propriedades comuns são chamadas de PROPRIEDADES FUNCIONAIS

As substâncias químicas podem ser agrupadas de acordo com suas PROPRIEDADES COMUNS. Estas propriedades comuns são chamadas de PROPRIEDADES FUNCIONAIS As substâncias químicas podem ser agrupadas de acordo com suas PROPRIEDADES COMUNS Estas propriedades comuns são chamadas de PROPRIEDADES FUNCIONAIS Em função dessas propriedades podemos agrupar as substâncias

Leia mais

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica.

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica. Aula 7 Funções Inorgânicas (sais e óxidos) Sal Os sais são compostos que possuem um cátion qualquer (só não pode ser exclusivamente o H +, senão será um ácido) e um ânion qualquer(só não pode ser exclusivamente

Leia mais

Reações inorgânicas Atividades 2

Reações inorgânicas Atividades 2 Reações inorgânicas Atividades 2 Introdução Os exercícios propostos abaixo abordam o conteúdo de reações inorgânicas, com os principais tipos dessas reações, dessa vez com os nomes das substâncias, para

Leia mais

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química.

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química. 01 O processo A é físico. Não há transformação das espécies químicas apresentadas, ou seja, é um processo de mistura sem que haja a ocorrência de reação química. O processo B é químico. Ocorre uma recombinação

Leia mais

Iremos começar nosso estudo das principais funções inorgânicas:

Iremos começar nosso estudo das principais funções inorgânicas: Aula 6 Funções Inorgânicas I (ácidos e bases) Iremos começar nosso estudo das principais funções inorgânicas: Funções Inorgânicas - ácidos - bases - sais - óxidos Mas antes de entrarmos nas funções inorgânicas

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Tipos de Reações químicas 1 TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Introdução Várias reações da química inorgânica podem ser classificadas em uma das quatro categorias: combinação, decomposição, deslocamento simples

Leia mais

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O.

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Soluções da ficha de exercícios 1. (a) NaOH = hidróxido de sódio. H 2 SO 4 = ácido súlfurico. Na 2 SO 4 = sulfato de sódio. H 2 O

Leia mais

Nome do ácido H x EO y. ácido [nome de E] + ico. ácido [nome de E] + oso

Nome do ácido H x EO y. ácido [nome de E] + ico. ácido [nome de E] + oso ÁCIDOS Ácido de Arrhenius - Substância que, em solução aquosa, libera como cátions somente íons H + (ou H 3 O + ). Ácido não-oxigenado (H x E): Exemplo: HCl - ácido clorídrico ácido + [nome de E] + ídrico

Leia mais

Disciplina: Química Geral Docente Responsável: Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran. Assunto: Ácidos e Bases de Lewis/ Óxidos/ Sais: classificação

Disciplina: Química Geral Docente Responsável: Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran. Assunto: Ácidos e Bases de Lewis/ Óxidos/ Sais: classificação Disciplina: Química Geral Docente Responsável: Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 Assunto: Ácidos e Bases de Lewis/ Óxidos/ Sais: classificação 1. Ácidos e Bases: conceito de Lewis O modelo de Lewis baseia-se

Leia mais

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono:

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono: EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 4. Reacções químicas II Ficha de exercícios 1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol

Leia mais

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas 1.0 Dissociação Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas Teoria da dissociação (Arrhenius, 1903) Determinadas substâncias, quando dissolvidas em água, são capazes de originar cátions e ânions (íons livres).

Leia mais

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO PARCIAL

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO PARCIAL REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO PARCIAL Reação de salificação com neutralização parcial do ácido Nessa reação, forma-se um hidrogênio sal (sal ácido), cujo ânion contém H ionizável. Reação de salificação com

Leia mais

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga 01 Cl 2 Cl Nox = 0 Nox = 1 Cl O +1 2 Nox +1 2 Carga Cl O 4 +7 2 Nox +7 8 Carga Resposta: Respectivamente zero, 1, +1, +7. 1 02 a) NH 4 NO 3 NH 4 + cátion + NO 3 ânion N H 4 + 3 +1 Nox 3 +4 Carga N O 3

Leia mais

Professor: José Tiago Pereira Barbosa

Professor: José Tiago Pereira Barbosa Professor: José Tiago Pereira Barbosa Química Orgânica Inorgânica Compostos que possuem átomos de Carbono Compostos que não possuem átomos de Carbono* *Alguns compostos contendo carbono são estudados

Leia mais

1) Faça o balanceamento das equações abaixo:

1) Faça o balanceamento das equações abaixo: PROFESSORA: GIOVANA CARABALLO MELATTI DATA: / /2015 COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE SALA ALUNO: LISTA DE EXERCÍCIOS REVISÃO 1) Faça o balanceamento das equações abaixo: a) C 2 H 6

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas.

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas. Unidade III Ligações químicas e funções inorgânicas. 2 Aula 11.2 Conteúdo: Função Inorgânica: sais e óxidos. 3 Habilidades: Compreender os códigos e símbolos próprios da Química atual. 4 REVISÃO 5 Xampu

Leia mais

Funções inorgânicas. 1. Óxidos. São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion.

Funções inorgânicas. 1. Óxidos. São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion. Funções inorgânicas 1. Óxidos São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion. E x+ + O 2- E2Ox Exemplos: Al 3+ + O 2- Al2O3; Cl 5+ + O 2- Cl2O5.

Leia mais

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais).

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). 1. Funções orgânicas 2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). Eletrólitos e Não Eletrólitos Eletrólitos são substâncias que, em

Leia mais

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Química Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Re Resolução 1. O carbeto de cálcio CaC 2 (s) (massa molar = 64 g mol 1 ), também conhecido como carbureto, pode ser obtido aquecendo-se

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4 1) Observe as reações I e II abaixo: I NH 3 + HCl NH 4 Cl II 2HgO aquecimento 2Hg + O 2 Podemos afirmar que I e II são, respectivamente, reações de: a) síntese e análise b) simples troca e síntese c) dupla

Leia mais

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas Grupo de substâncias compostas que possuem propriedades químicas semelhantes; As funções químicas são divididas de acordo com a divisão clássica

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO

FUNÇÕES INORGÂNICAS. As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO FUNÇÕES INORGÂNICAS As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO ÁCIDOS e BASES de ARRHENIUS Acidos são substâncias que em solução aquosa liberam H +. Ex. HCl +

Leia mais

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV)

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) GEOMETRIA MOLECULAR TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) A teoria da repulsão dos pares de elétrons da camada de valência afirma que o arranjo geométrico dos átomos

Leia mais

A Água e Suas Relações. Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais

A Água e Suas Relações. Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais A Água e Suas Relações Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais Introdução: É constituída por 2 gases: Hidrogênio Oxigênio Água Na proporção 2:1, ou seja 2 átomos de hidrogênio e 1 átomo de oxigênio Sua

Leia mais

1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8).

1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8). Lista de exercícios Parte 3 REVISÃO 1 Ligações Químicas 1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8). 2) Estabeleça a ligação através de pares eletrônicos entre: a) carbono e hidrogênio:

Leia mais

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada:

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: 1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) CO 2(g) + H 2 O (l) Quando se utilizam 5,0 mols de metanol nessa reação, quantos mols

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

Lista de Exercícios Reações em Solução Aquosa ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO.

Lista de Exercícios Reações em Solução Aquosa ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO. ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO. ph = ph final ph inicial 1 Dê nome e a massa dos sólidos formados a partir das misturas um mol de cada dos reagentes

Leia mais

Química B Semiextensivo V. 3

Química B Semiextensivo V. 3 Química B Semiextensivo V. Exercícios 01) E 02) B 0) E a) Certa. Para Brönsted-Lowry, é a espécie que doa próton e a que recebe próton. b) Certa. Quando uma espécie perde o próton, outra recebe. Assim,

Leia mais

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões]

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões] Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões] 01 - (UFPR) Das equações abaixo, qual(quais) está(estão) balanceada(s) corretamente? I. NH 3 + HCl NH 4 Cl II. BaCl 2 + H 2 SO 4 HCl +

Leia mais

REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE

REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE 1) Escreva as equações de ionização dos seguintes ácidos: REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE a) ácido bromídrico: b) ácido nitroso: c) ácido sulfuroso: d) ácido cianídrico: 2)

Leia mais

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A GABARIT Química B Extensivo V 6 Exercícios 01) A a) Certa S + 2 S 2 Na síntese total, os reagentes são substâncias simples + Ca(H) 2 Ca + 2 Reação de neutralização do solo b) Errada S 3 é óxido ácido,

Leia mais

Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos

Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Compostos iônicos Regra geral Nomenclatura (nome do ânion) de (nome do cátion) Exemplos Brometo de sódio, sulfato de potássio, cianeto de lítio, cloreto

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 02

2005 by Pearson Education. Capítulo 02 Moléculas e compostos moleculares Moléculas e fórmulas químicas Moléculas são reuniões de dois ou mais átomos ligados entre si. Cada molécula tem uma fórmula química. A fórmula química indica quais átomos

Leia mais

SEI Ensina - Militar Química

SEI Ensina - Militar Química SEI Ensina - Militar Química FUNÇÕES E NOMENCLATURAS EM QUÍMICA INORGÂNICA ESTUDO DOS ÁCIDOS HIDRÁCIDOS São ácidos que não apresentam o elemento oxigênio. Ex: HCl,HCN,H 2 S Obs: Todos os citados são considerados

Leia mais

O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES

O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES ÁCIDOS E BASES O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES Apresentado pelo químico, físico e matemático sueco Svante August Arrhenius (18591927) em 1887. Ácidos são substâncias que, quando dissolvidas

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 04

2005 by Pearson Education. Capítulo 04 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 4 Reações em soluções aquosas e estequiometria de soluções David P. White Propriedades gerais das soluções aquosas Propriedades eletrolíticas As soluções aquosas

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS

PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS Boa Prova NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul

Leia mais

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação:

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação: 3ª Série / Vestibular 01. I _ 2SO 2(g) + O 2(g) 2SO 3(g) II _ SO 3(g) + H 2O(l) H 2SO 4(ag) As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Plano da Intervenção

Plano da Intervenção Ácidos e Bases Mayra Carvalho Plano da Intervenção CONTEXTUALIZAÇÃO Na química inorgânica foram descobertos milhares de compostos que se combinam entre si por suas propriedades. Essa junção foi denominada

Leia mais

LOGO. Funções Inorgânicas e Tipos de Reações. Profa. Samara Garcia

LOGO. Funções Inorgânicas e Tipos de Reações. Profa. Samara Garcia LOGO Funções Inorgânicas e Tipos de Reações Profa. Samara Garcia ÁCIDOS Definição segundo Arrhenius: são substâncias que em solução aquosa sofrem ionização, liberando como cátions somente íons H + (H 3

Leia mais

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS NOME: N.º Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Conteúdo disciplinar: Química Funções Inorgânicas : ácidos, bases, sais e óxidos. PROVA: Mensal: Bimestral:

Leia mais

FCAV/ UNESP EQUILÍBRIO ÁCIDO-BASE

FCAV/ UNESP EQUILÍBRIO ÁCIDO-BASE FCAV/ UNESP EQUILÍBRIO ÁCIDO-BASE Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1 Tópicos da Aula: Substâncias que interferem no equilíbrio químico da água; Equilíbrio ácido-base; Soluções ácidas, neutras e alcalinas;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE ENGENHARIA AGRONÔMICA PET - AGRONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE ENGENHARIA AGRONÔMICA PET - AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE ENGENHARIA AGRONÔMICA PET - AGRONOMIA Tutor: Prof. Dr. José de Ribamar Torres Petiano:Victoram Costa ÁCIDOS CONCEITO É toda espécie Química que Em gua se ioniza originando

Leia mais

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final)

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) 01. (Uftm) Em soluções aquosas de acetato de sódio, o íon acetato sofre hidrólise: 3 l 3 CH COO (aq) + H O( ) CH COOH (aq) + OH

Leia mais

Exercícios de Funções Inorgânicas 3

Exercícios de Funções Inorgânicas 3 Exercícios de Funções Inorgânicas 3 Material de apoio do Extensivo 1. O sal faz uma grande viagem até chegar à nossa mesa. No Brasil, as principais salinas produtoras de sal marinho estão localizadas nos

Leia mais

Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS Disciplina: Química Prof.: Guilherme Turma: TR 30/ 06/2016 Tema da aula: Reações Químicas REAÇÕES QUÍMICAS - As reações químicas estão, constantemente, ao nosso redor e também no nosso organismo, de tal

Leia mais

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas Resumão do Hondinha Reações químicas Em uma reação química ocorre a transformação de substâncias com determinadas propriedades iniciais (reagentes) em outras com propriedades diferentes (produtos). As

Leia mais

6ª OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA EXAME 2011

6ª OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA EXAME 2011 Data da prova: 30.07.2011 Data da publicação do gabarito: 01.09.2011 GABARITO QUESTÕES DISCURSIVAS QUESTÃO 1. (Peso 2) Uma vela de massa 34,5g é acesa e encoberta por um bequer. Após algum tempo a chama

Leia mais

Gabarito Química Volume 1

Gabarito Química Volume 1 Gabarito Química Volume 1 Química 1 Capítulo 1 01. D 05. A 06. C 07. A 08. C 09. E 10. C 11. E 12. D 13. D 14. C 15. D 16. A 17. A 19. A 21. B 23. C 24. D 25. B 26. D 27. A 28. C 29. D 30. E 31. C 33.

Leia mais

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):.

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):. FOLHA DE EXERCÍCIOS CURSO: Otimizado ASS.: Exercícios de Conteúdo DISCIPLINA: Fundamentos de Química e Bioquímica NOME: TURMA: 1SAU 1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e

Leia mais

REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE. d) ácido cianídrico: HCN H + + CN -

REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE. d) ácido cianídrico: HCN H + + CN - 1) Escreva as equações de ionização dos seguintes ácidos: REVISÃO PARA A PRIMEIRA AVALIAÇÃO DE QUÍMICA 2 PROF EMANUELE a) ácido bromídrico: HBr H + + Br - b) ácido nitroso: HNO 2 H + + NO 2 - c) ácido

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS REAÇÕES INORGÂNICAS CONSIDERAÇÕES INICIAIS CLASSIFICAÇÕES 1. Reação de síntese ou adição 2. Reação de decomposição ou análise 3. Reação de deslocamento ou simples troca 3.1 Metais Zn (s) + CuSO 4(aq) ZnSO

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei 01. (UFC 2009) O principal componente da cal, importante produto industrial fabricado no Ceará, é o óxido de cálcio (CaO). A produção de CaO se processa de acordo com a seguinte reação química: CaCO 3(s)

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Título do Podcast Área Segmento Duração Chuva ácida... será que a água da chuva vai corroer tudo? Ciências da Natureza Química Ensino Médio 5min 44seg

Leia mais

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um Números de Oxidação As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um material sofrendo combustão (queima);

Leia mais

Questão 10: Sobre as moléculas de CO 2 e SO 2, cujas estruturas estão representadas a seguir, é CORRETO afirmar que: S O O C O

Questão 10: Sobre as moléculas de CO 2 e SO 2, cujas estruturas estão representadas a seguir, é CORRETO afirmar que: S O O C O QUESTÕES OBJETIVAS Questão 9: Nitrogênio e fósforo são elementos essenciais para a nutrição das plantas e por isso alguns de seus compostos são utilizados na maioria dos fertilizantes. Sobre esses elementos

Leia mais

Feito por André Silva Franco

Feito por André Silva Franco Feito por André Silva Franco Visão Geral da Aula Cátions (Metais carga +) Manter nome do metal Lítio Sódio Potássio Berílio Magnésio Cálcio Estrôncio Bário Mangânes (II, III...) Ferro (II, III) Cobre (I,

Leia mais

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS Reações em soluções aquosas

Leia mais

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução AULA 11 Oxidação e Redução Nº de oxidação (Nox) é a carga que surge quando os elementos estão combinados NaCl Æ Na + Cl - (sódio doou 1 e - e o cloro recebeu 1e - ) H 2 Æ H H zero Quando a ligação for

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação

Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação Várias teorias tentaram explicar o fato de algumas soluções conduzirem energia elétrica e outra não 1903 Arrhenius experiências

Leia mais

QUÍMICA. Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral?

QUÍMICA. Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral? QUÍMICA Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral? C 6 H 10 ; C 7 H 10 ; C 7 H 12 ; C 6 H 8. C 6 H 12 ; O mirceno, composto responsável pelo gosto amargo da cerveja, possui

Leia mais

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1. (G1 - cftmg 2016) Sobre as características do dióxido de enxofre (SO 2 ), afirma-se que: I. apresenta geometria angular. II. apresenta ligações covalentes. III. corresponde a um óxido básico. IV. corresponde

Leia mais

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas Ligações Químicas Ligações Químicas Os diferentes elementos químicos combinam-se de várias maneiras formando uma grande variedade de substâncias, por meio das ligações químicas. Através das ligações químicas

Leia mais

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 Moléculas e compostos moleculares Moléculas e fórmulas químicas Moléculas são reuniões de

Leia mais

Química C Semiextensivo V. 4

Química C Semiextensivo V. 4 Química C Semiextensivo V. Exercícios 01) E 02) B 0) D 0) C 05) B Quanto maior a constante ácida, maior a força do ácido (acidez). Assim, HF

Leia mais

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1 SAIS: CARACTERÍSTICAS, SOLUBILIDADE E NEUTRALIZAÇÃO Alana Guaragni Cristiane Garbinatto Fabricia Zen Giovane Z. Arus Nádia Kroth Simone Pereira Cloreto de Sódio (NaCl): função de salgar a comida, conservação

Leia mais

9º Ano/Turma: Data / / ) Observe os sistemas onde as esferas representam átomos. Sobre esses sistemas, a afirmação incorreta é:

9º Ano/Turma: Data / / ) Observe os sistemas onde as esferas representam átomos. Sobre esses sistemas, a afirmação incorreta é: Estudante: Educadora: Daiana Araújo 9º Ano/Turma: Data / /2015 C.Curricular: Ciências/ Química 1) Observe os sistemas onde as esferas representam átomos. Sobre esses sistemas, a afirmação incorreta é:

Leia mais

Reações Químicas GERAL

Reações Químicas GERAL Reações Químicas GERAL É o processo no qual 1 ou mais substâncias (reagentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Formação de ferrugem Combustão de um palito de fósforo Efervescência

Leia mais

Lista de Exercícios. Química Inorgânica: Óxidos. Professor Anderson Dino

Lista de Exercícios. Química Inorgânica: Óxidos. Professor Anderson Dino Lista de Exercícios Química Inorgânica: Óxidos Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br O óxido é um composto químico binário formado por átomos de oxigênio com outro elemento em que o oxigênio

Leia mais

QUÍMICA INORGÂNICA (ÁCIDOS E BASES)

QUÍMICA INORGÂNICA (ÁCIDOS E BASES) QUÍMICA INORGÂNICA (ÁCIDOS E BASES) 1. Gás incolor, muito tóxico e corrosivo. A solução aquosa impura é denominada ácido muriático, que é usado na limpeza de pisos e paredes de pedra. A substância a que

Leia mais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

QUÍMICA FUNÇÕES QUÍMICAS INORGÂNICAS

QUÍMICA FUNÇÕES QUÍMICAS INORGÂNICAS QUÍMICA Prof. Daniel Pires FUNÇÕES QUÍMICAS INORGÂNICAS 1. (UEL-PR) X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não conduz corrente elétrica, porém forma solução

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

QUÍMICA INORGÂNICA. Reaçõ. (qg. E qf.) Patricia Borim

QUÍMICA INORGÂNICA. Reaçõ. (qg. E qf.) Patricia Borim QUÍMICA INORGÂNICA (qg. E qf.) Reaçõ ções Químicas Patricia Borim e-mail: borim.patricia@gmail.com As reações químicas são processos que transformam uma ou mais substâncias, chamados reagentes, em outras

Leia mais

Aula 5 Nomenclatura de Compostos Inorgânicos

Aula 5 Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Aula 5 Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Nomeclatura de composto inorgânicos A nomenclatura de compostos é dividida em compostos orgânicos (aqueles que contêm C) e compostos inorgânicos (o resto da

Leia mais

, para vários sais, assinale a opção correta. CrO 4. (aq) em concentrações iguais, haverá precipitação, em primeiro lugar, do sal PbSO 4

, para vários sais, assinale a opção correta. CrO 4. (aq) em concentrações iguais, haverá precipitação, em primeiro lugar, do sal PbSO 4 Resolução das atividades complementares 3 Química Q47 Coeficiente de solubilidade p. 72 1 (UFV-MG) Com base na tabela, na qual são apresentados os valores das constantes de produto de solubilidade,, para

Leia mais

A DEFINIÇÃO DE ÁCIDO DE ARRHENIUS

A DEFINIÇÃO DE ÁCIDO DE ARRHENIUS ÁCIDOS Do ponto de vista prático, os ácidos apresentam as seguintes características: formam soluções aquosas condutoras de eletricidade; mudam a cor de certas substâncias (chamadas, por esse motivo, de

Leia mais

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O PROF. AGAMENON ROBERTO < 2010 > Prof. Agamenon Roberto OXIDAÇÃO E REDUÇÃO www.agamenonquimica.com 2 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO INTRODUÇÃO Colocando-se uma lâmina de zinco dentro

Leia mais

Reações inorgânicas Atividades 1

Reações inorgânicas Atividades 1 Reações inorgânicas Atividades 1 Introdução Indicamos abaixo uma série de exercícios do conteúdo de reações inorgânicas, com os principais tipos dessas reações, para que você possa verificar seu aprendizado.

Leia mais

Química B Extensivo V. 3

Química B Extensivo V. 3 Química B Extensivo V. 3 01) Alternativa correta: D Exercícios A água pura (destilada ) não é condutora de eletricidade pois não há presença de sais lá, mas a partir do momento que se adiciona alguma substância

Leia mais

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa.

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa. Escola Secundária Lagoa Física e Química A 10º Ano Turma A Emília Correia e Paula Melo Silva Correção da Ficha Trabalho 1 Unida Zero Materiais: diversida e constituição 2014/2015 1.1. (A) Falso (B) Falso

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões]

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões] Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões] 01 - (UNIFESP SP) Substâncias orgânicas, quando despejadas em sistemas aquáticos, podem sofrer diferentes reações em função, principalmente,

Leia mais

Número atômico de A = número atômico de B = 18

Número atômico de A = número atômico de B = 18 61 e QUÍMICA O elemento químico B possui 20 nêutrons, é isótopo do elemento químico A, que possui 18 prótons, e isóbaro do elemento químico C, que tem 16 nêutrons Com base nessas informações, pode-se afirmar

Leia mais

Química C Extensivo V. 1

Química C Extensivo V. 1 GABARIT Química C Extensivo V. 1 Exercícios 01) C 10 H 14 5 NSP C: 12. 10 = 120 H: 1. 14 = 14 :. 5 = 80 N: 14. 1 = 14 S: 32. 1 = 32 P: 31. 1 = 31 291 u 02) C 9 H 13 3 N C: 12. 9 = 108 H: 1. 13 = 13 :.

Leia mais

III.1 Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões.

III.1 Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões. III SOLUÇÕES III.1 Classificação das Misturas: Soluções e Dispersões. Frequentemente as substâncias químicas (elementos e compostos) encontram-se misturadas umas às outras. O sangue, a água do mar, o solo

Leia mais

AULA 1. A Química Analítica

AULA 1. A Química Analítica AULA 1 A Química Analítica Objetivos Definir Química Analítica. Definir o conceito de soluções. Definir o conceito de não eletrólitos, eletrólitos s e fracos. Reconhecer quando uma reação química deve

Leia mais

Aluno: Série:_2ºAno_Data: Matéria: _Química _Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane

Aluno: Série:_2ºAno_Data: Matéria: _Química _Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DE PROGRESSÃO PARCIAL 2012 ESCOLA REFERENCIA Aluno: Série:_2ºAno_Data: Matéria: _Química _Turno: Valor: Nota: Supervisoras: Rejane 01. (OSEC) Analise

Leia mais

CQ136 Química Experimental I. Grupos 1, 2 e 17

CQ136 Química Experimental I. Grupos 1, 2 e 17 1 CQ136 Química Experimental I Grupos 1, 2 e 17 Introdução: Os elementos do Grupo 1 possuem uma química bastante homogênea, mostrando de modo bem claro os efeitos do tamanho crescente dos átomos em suas

Leia mais

Funções Inorgânicas. Prof. Fernando R. Xavier

Funções Inorgânicas. Prof. Fernando R. Xavier Funções Inorgânicas Prof. Fernando R. Xavier UDESC 2013 Histórico or olta de 1777 ocorreu a primeira divisão da química em subáreas distintas: A Química Orgânica e a Química Inorgânica. A química orgânica

Leia mais