TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS"

Transcrição

1 Tipos de Reações químicas 1 TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Introdução Várias reações da química inorgânica podem ser classificadas em uma das quatro categorias: combinação, decomposição, deslocamento simples e deslocamento duplo. O propósito deste experimento é examinar reações representativas de cada categoria, fazendo uma correlação com os princípios teóricos. 1- Reações de Combinação Consiste na união de duas substâncias simples para gerar uma terceira substância, mais complexa. Este processo pode ser representado por: A + B AB. Exemplos: 1. A combinação de um metal e um não metal para formar um composto. Fe + S FeS 4Li + O 2 2Li 2 O 2. A combinação de dois compostos para gerar um terceiro. CaO + CO 2 CaCO 3 SO 2 + H 2 O H 2 SO 3 2- Reações de Decomposição A decomposição é a reação inversa à combinação. Neste caso, um composto é decomposto em duas ou mais substâncias, de acordo com o esquema geral: AB A + B. Por exemplo, muitas substâncias se decompõem com o calor da chama do bico de Bunsen, liberando oxigênio. 2HgO 2Hg + O 2 2KNO 3 2KNO 2 + O 2 3- Reações de Deslocamento Simples Envolve a reação de um elemento com um composto, de forma que o elemento ao combinar-se, desloca um dos elementos do composto (deixando-o livre). A + BC AC + B Exemplos incluem a reação de um metal ativo com: i) um composto de outro metal menos ativo, ii) com um ácido, deslocando o hidrogênio. Ba + ZnSO 4 BaSO 4 + Zn

2 Tipos de Reações químicas 2 Zn + HgCl 2 ZnCl 2 + Hg 2Al + 6HCl 2AlCl 3 + 3H 2 No entanto, Zn não reagirá com BaSO 4, pois Zn é um metal menos ativo que o Ba. Reações como esta sustenta a evidência experimental da atividade (ou série de forças eletromotrizes) dos metais. Zn + BaSO 4 não reage 4- Reações de Deslocamento Duplo A equação geral é AB + CD AD + BC Neste tipo de reação os íons positivos e negativos simplesmente trocam de parceiros. Estas reações ocorrem em solução se um dos três critérios é satisfeito: formação de precipitado, formação de gás, formação de eletrólito fraco. Se nenhum dos produtos (AD ou BC) é insolúvel (precipitado), envolve um gás ou é um eletrólito fraco (como água), então não há reação química. a. Reações de Precipitação (em solução aquosa) Dois compostos solúveis em água reagem para formar dois novos compostos, um dos quais é insolúvel em água. AgNO 3 + NaCl AgCl(s) + NaNO 3 BaCl 2 + Na 2 SO 4 BaSO 4 (s) + 2NaCl Nas equações acima todos os compostos são solúveis em água, exceto AgCl e BaSO 4. Regras gerais de solubilidade de compostos iônicos em água 1. Nitratos, cloratos e acetatos são solúveis. 2. Cloretos, iodetos, e brometos são solúveis, exceto os de Ag +, Pb 2+ e Hg Sulfatos são solúveis, exceto os de Ba 2+, Sr 2+ e Pb 2+. CaSO 4 e Ag 2 SO 4 são ligeiramente solúveis. 4. Hidróxidos são insolúveis, exceto os de metais alcalinos e NH4 +. Hidróxidos de metais alcalinos terrosos são parcialmente solúveis. 5. Carbonatos, fosfatos e silicatos são insolúveis, exceto os de metais alcalinos e NH Sulfetos são insolúveis, exceto os de metais alcalinos e NH4 +. Os sulfetos de Mg 2+, Al 3+, Cr 3+ e de metais alcalinos terrosos não podem ser precipitados porque se decompõem.

3 Tipos de Reações químicas 3 b. Formação de Gás Freqüentemente resulta da reação de um ácido ou base, com um sal. H 2 SO 4 + Na 2 CO 3 Na 2 SO 4 + H 2 O + CO 2 (g) K 2 S + 2HCl H 2 S(g) + 2KCl NH 4 Cl + NaOH NaCl + NH 3 (g) + H 2 O c. Formação de Eletrólito Fraco Em todas as neutralizações ácido-base, a formação de água é a força diretora ou o fator de maior contribuição energética para a reação. Na formação de um eletrólito fraco, tem-se a possibilidade de remover íons da solução, diminuindo a energia do sistema. 1. Reação ácido-base. HCl + KOH KCl + H 2 O H 2 SO 4 + Ca(OH) 2 CaSO 4 + 2H 2 O 2. Óxido metálico + ácido sal + água. Quando óxidos de metais são adicionados à água, bases são formadas. Muitos óxidos metálicos são óxidos básicos e atuam como bases. Na 2 O + H 2 O 2NaOH CaO + 2HCl CaCl 2 + H 2 O 3. Óxido não metálico + base sal + água. Óxidos de vários não metais são óxidos ácidos e quando são adicionados à água, ácidos são formados. Portanto, óxidos não metálicos atuam como ácidos e reagem com bases. SO 2 + H 2 O H 2 SO 3 SO 3 + 2KOH K 2 SO 4 + H 2 O CO 2 + 2Ca(OH) 2 CaCO 3 + H 2 O Prelab.: A partir das informações disponíveis na introdução deste experimento, preveja os produtos de cada uma das seguintes reações. Escreva a equação balanceada para cada reação. a. Cu + O 2 b. KClO 3 c. Ca + H 2 O d. Zn + CuSO 4 e. NH 4 Cl + NaOH

4 Tipos de Reações químicas 4 Procedimento A. Reações de Combinação 1. Teste uma pequena quantidade das seguintes substâncias em relação à reação com o oxigênio. Coloque-as à chama do bico de Bunsen, com o auxílio de uma pinça ou de uma alça de platina: magnésio (recolha o sólido formado em um tubo de ensaio) e enxofre (use a capela e recolha o gás em tubo de ensaio, munido de rolha). Guarde estes produtos para a próxima etapa. 2. Em tubo de ensaio, misture uma pequena quantidade (uma ponta de espátula) das seguintes substâncias (teste uma a uma) com 10 gotas de água: óxido de cálcio (CaO), óxido de magnésio (MgO, obtido na etapa anterior) e óxido sulfúrico (SO 3, obtido na etapa anterior). Teste a solução resultante com papel tornassol azul e vermelho. Rejeitos: Enxofre: colocar em frasco rotulado como agentes redutores sólidos. B. Reações de Decomposição Em tubo de ensaio, teste uma pequena quantidade (uma ponta de espátula) das seguintes substâncias em relação à decomposição por aquecimento: carbonato de cálcio (CaCO 3 ), sulfato de sódio (Na 2 SO 4 ) e clorato de potássio (KClO 3 ). Teste cada uma das substâncias sólidas com papel tornassol umedecido (grude-os nas paredes do tubo de ensaio). Anotar as alterações. Rejeitos: CaCO 3, Na 2 SO 4 : colocar na pia, com água corrente. KClO 3 : colocar em frasco rotulado como agentes oxidantes sólidos. C. Reações de Deslocamento Simples 1. Em tubo de ensaio, adicione uma pequena quantidade das seguintes substâncias (teste uma de cada vez) a 10 gotas de solução de ácido clorídrico diluído, HCl(aq). Neste item observa-se a reatividade do metal em relação ao deslocamento do hidrogênio do ácido. Metais a serem testados: Mg, Al, Fe, Zn, Pb e Cu. Rejeitos: Derivados de Pb e Zn: colocar em frasco rotulado como metais pesados solução. Metais não reagidos, lavar e colocar no seu devido frasco. 2. Misture os seguintes pares de substâncias em tubo de ensaio e observe se há reação química. Adicione uma pequena quantidade do metal a 1 ml de

5 Tipos de Reações químicas 5 solução de concentração 1M. Zn(s) + CuSO 4 Al(s) + ZnCl 2 Cu(s) + FeSO 4 Mg(s) + Pb(NO 3 ) 2 Zn(s) + Mg(NO 3 ) 2 3. Para aquelas combinações do item 3 que não reagiram, misture a combinação oposta. Por exemplo, se Cu não reage com FeSO 4 (1M), misture Fe com CuSO 4. Rejeitos: derivados de Cu, Zn e Pb, colocar em frasco rotulado metais pesados solução. D. Reações de Deslocamento Duplo Em tubo de ensaio, misture os seguintes pares de substâncias e observe se há reação química. Use 0,5 ml de cada solução de concentração 1M. AgNO 3 + HCl Na 2 CO 3 + H 2 SO 4 BaCl 2 + H 2 SO 4 Pb(NO 3 ) 2 + KI Rejeitos: derivados de chumbo, prata e bário, colocar em frasco rotulado metais pesados solução. Registros A. Reações de Combinação Reação Previsão Observação Equação 1. Mg + O 2? S + O 2? 2. CaO + H 2 O? (exemplo) MgO + H 2 O? SO 3 + H 2 O? Sim, CaO reage com H 2 O A solução aquece e azula o papel tornassol vermelho CaO + H 2 O Ca(OH) 2 B. Reações de Decomposição Reação Previsão Observação Equação KNO 3? Sim, KNO 3 se decompõe Há evolução de gás 2KNO 3 2KNO 2 + O 2 com aquecimento CaCO 3? Na 2 SO 4? KClO 3?

6 Tipos de Reações químicas 6 C. Reações de Deslocamento Simples Reação Previsão Observação Equação na Forma Iônica 1. Mg + HCl? Mg reage com Reação vigorosa, com Mg + H + Mg 2+ + H 2 (exemplo) HCl rápida evolução de gás Al + HCl? Zn + HCl? Fe + HCl? Pb + HCl? Cu + HCl? 2. Ca + CuSO 4? Ca reage com A solução descora e Cu Ca + Cu 2+ Ca 2+ + Cu (exemplo) CuSO 4 precipita Zn + CuSO 4? Al + ZnCl 2? Cu + FeSO 4? Mg + Pb(NO 3 ) 2? Zn + Mg(NO 3 ) 2? 3. Fila de Reatividade de Metais Li, K, Ca, Na, Mg, Al, Zn, Cr, Fe, Ni, Sn, Pb, H, Cu, Hg, Ag, Au D. Reações de Deslocamento Duplo Reação Previsão Observação Equação na Forma Iônica Pb(NO 3 ) 2 + NaCl? Há reação Forma-se um Pb 2+ + Cl PbCl 2 (s) (exemplo) precipitado branco AgNO 3 + HCl? Na 2 CO 3 + H 2 SO 4? BaCl 2 + H 2 SO 4? Pb(NO 3 ) 2 + KI? Questões 1- Na parte A, item 2, quais compostos comportam-se como ácidos e quais como bases? O comportamento exibido pelos óxidos testados é o esperado?

7 Tipos de Reações químicas 7 2- Na parte B, os compostos aquecidos se decompuseram para produzir o mesmo gás? Que teste você faria para responder esta questão? 3- Para cada reação ocorrida na parte D, indique qual a força diretora na formação do precipitado, evolução de gás ou formação de eletrólito fraco. 4- A partir das suas observações, qual é a ordem de reatividade dos metais na parte C? 5- Baseado nas suas observações da parte C, os metais são mais reativos em água ou em ácido clorídrico (faça uma previsão)? Referência Weiss, G.; Greco, T. G.; Rickard, L. H. Experiments in General Chemistry. Sixth edition. New Jersey. Prentice-Hall, Inc

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS REAÇÕES INORGÂNICAS CONSIDERAÇÕES INICIAIS CLASSIFICAÇÕES 1. Reação de síntese ou adição 2. Reação de decomposição ou análise 3. Reação de deslocamento ou simples troca 3.1 Metais Zn (s) + CuSO 4(aq) ZnSO

Leia mais

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS Prezados Alunos Conforme orientação da Diretoria Geral, o reinício das aulas, teoria e laboratório, ocorrerá no dia 17 de agosto.

Leia mais

Reações Químicas GERAL

Reações Químicas GERAL Reações Químicas GERAL É o processo no qual 1 ou mais substâncias (reagentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Formação de ferrugem Equações químicas: representação gráfica, informa

Leia mais

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT Departamento de Ciências Básicas e Sociais - DCBS Disciplina Química Experimental QEX Prof. Sivaldo Leite Correia EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Reações Químicas GERAL

Reações Químicas GERAL Reações Químicas GERAL É o processo no qual 1 ou mais substâncias (reagentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Formação de ferrugem Combustão de um palito de fósforo Efervescência

Leia mais

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional:

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional: REAÇÕES INORGÂNICAS INTRODUÇÃO Uma reação química ocorre quando uma ou mais substâncias interagem de modo a formar novas substâncias. A ocorrência de uma reação pode ser detectada através de evidências

Leia mais

Reações em Soluções Aquosas

Reações em Soluções Aquosas Reações em Soluções Aquosas Classificação Reações sem transferência de elétrons: Reações de precipitação; Reações de neutralização. Reações com transferência de elétrons: Reações de oxirredução. Reações

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4 1) Observe as reações I e II abaixo: I NH 3 + HCl NH 4 Cl II 2HgO aquecimento 2Hg + O 2 Podemos afirmar que I e II são, respectivamente, reações de: a) síntese e análise b) simples troca e síntese c) dupla

Leia mais

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A GABARIT Química B Extensivo V 6 Exercícios 01) A a) Certa S + 2 S 2 Na síntese total, os reagentes são substâncias simples + Ca(H) 2 Ca + 2 Reação de neutralização do solo b) Errada S 3 é óxido ácido,

Leia mais

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada.

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Ficha de exercícios 1. Considere a seguinte equação química: 2NaOH (aq.) + H 2 SO 4 (aq.) Na 2 SO 4 (aq.) + 2H 2 O (l) (a) Indique

Leia mais

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O.

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Soluções da ficha de exercícios 1. (a) NaOH = hidróxido de sódio. H 2 SO 4 = ácido súlfurico. Na 2 SO 4 = sulfato de sódio. H 2 O

Leia mais

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE Fundamentos de Química Analítica (009) AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE OBJETIVOS Definir solubilidade do soluto. Definir solução saturada, não saturada e supersaturada. Conhecer as regras de solubilidade.

Leia mais

Química B Semiextensivo V. 3

Química B Semiextensivo V. 3 Química B Semiextensivo V. Exercícios 01) E 02) B 0) E a) Certa. Para Brönsted-Lowry, é a espécie que doa próton e a que recebe próton. b) Certa. Quando uma espécie perde o próton, outra recebe. Assim,

Leia mais

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula /

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / 2016-2 Prof. Mauricio X. Coutrim (disponível em: http://professor.ufop.br/mcoutrim) REAÇÃO EM SOLUÇÃO AQUOSA São reações envolvendo compostos iônicos

Leia mais

Pacheco Disciplina: Química III Trimestre 1ºAno Lista de Exercício

Pacheco Disciplina: Química III Trimestre 1ºAno Lista de Exercício Professor: Cassio Pacheco Disciplina: Química III Trimestre 1ºAno Lista de Exercício 1- Complete a Reação de Neutralização Total: a)naoh + HCl b)hcl + Mg(OH)2 c)ca(oh)2 + HCl d)h3po4 + NaOH e)h2so4 + Al(OH)3

Leia mais

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1-A Chuva ácida: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 2-B Neutralização: 2 H 3 PO 4 + 3 Ba(OH) 2 Ba 3 (PO 4 ) 2 + 6 H 2 O 3-E O NOX do enxofre no Na 2 SO 3 é +4, sendo o sulfito de sódio.

Leia mais

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B 01) E a) Certa para Brönsted-Lowry, ácido é a espécie que doa próton e base á a que recebe próton; b) Certa quando uma espécie perde o próton, outra recebe. Assim, haverá um ácido e uma base de cada lado

Leia mais

h) óxido de magnésio b) CO

h) óxido de magnésio b) CO Professor: Cassio Pacheco Disciplina: Química III Trimestre 1ºAno ROTEIRO DE ESTUDO PARA A PROVA DE RECUPERAÇÃO 1- Complete a Reação de Neutralização Total: a)naoh + HCl b)hcl + Mg(OH)2 c)ca(oh)2 + HCl

Leia mais

Prática 01 Reações e equações químicas

Prática 01 Reações e equações químicas UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC Disciplina: Química Geral Experimental QEX0002 Prática 01 Reações e equações químicas 1. Introdução

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre - 2018 Disciplina: Química Série: 2ª série do Ensino Médio Professor(a): Paola Araújo Objetivo: Recuperar o conteúdo referente ao 1º trimestre, mesclando conteúdos

Leia mais

Ocorrência das Reações

Ocorrência das Reações Ocorrência das Reações Efervescência Mudança de Cor Ocorrência das Reações Formação de Precipitado Reação x Equações Químicas Classificação 1. De acordo com a complexibilidade Adição ou síntese ou composição:

Leia mais

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Ácidos são substâncias que, em solução aquosa, sofrem ionização, liberando como cátion somente H +. Ex:. HNO 3 H + + NO 3 Se colocarmos a água como reagente podemos

Leia mais

QUÍMICA. Soluções e Substâncias Inorgânicas

QUÍMICA. Soluções e Substâncias Inorgânicas QUÍMICA Soluções e Substâncias Inorgânicas Substâncias Inorgânicas e suas características: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos. Reações de Neutralização - Parte 4 Prof ª. Giselle Blois SAIS O sal comum era usado

Leia mais

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral I QM81B Turmas Q13 e Q14

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral I QM81B Turmas Q13 e Q14 REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral I QM81B Turmas Q13 e Q14 CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES EM SOLUÇÕES Sem transferência de elétrons AQUOSAS

Leia mais

é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos).

é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos). REAÇÕES QUÍMICAS Reação Química é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos). é um fenômeno onde os átomos

Leia mais

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas Resumão do Hondinha Reações químicas Em uma reação química ocorre a transformação de substâncias com determinadas propriedades iniciais (reagentes) em outras com propriedades diferentes (produtos). As

Leia mais

QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA - PROVAS RECOMENDADAS PARA A IDENTIFICAÇÃO DOS ÍONS SÓDIO, POTÁSSIO E AMÔNIO. USAR SAIS DE CLORETO OU NITRATO!!!!

QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA - PROVAS RECOMENDADAS PARA A IDENTIFICAÇÃO DOS ÍONS SÓDIO, POTÁSSIO E AMÔNIO. USAR SAIS DE CLORETO OU NITRATO!!!! QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA PROVAS RECOMENDADAS PARA A IDENTIFICAÇÃO DOS ÍONS SÓDIO, POTÁSSIO E AMÔNIO. USAR SAIS DE CLORETO OU NITRATO!!!! Sódio (amostra sólida): a) Coloração da chama. Esta prova é

Leia mais

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 3ª aula /

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 3ª aula / QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 3ª aula / 2016-2 Prof. Mauricio X. Coutrim (disponível em: http://professor.ufop.br/mcoutrim) Massa / Mol Massa é uma medida invariável da quantidade de matéria

Leia mais

Reações Químicas. Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química

Reações Químicas. Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química Reações Químicas Reações Químicas Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química Fórmulas (ex: H 2, O 2, H 2 O) Indicam quais são as substâncias participantes da reação

Leia mais

Ocorrência de reações

Ocorrência de reações Ocorrência de reações Dados: Força de ácidos e bases Classificação dos hidrácidos mais conhecidos: Regra prática para a classificação dos oxiácidos Determine a diferença (D) entre a quantidade de átomos

Leia mais

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS Os sais são comuns em nosso cotidiano: SAIS São compostos iônicos que possuem, pelo menos um cátion diferente do H + e um ânion diferente do OH -. Exemplos: NaCl

Leia mais

Gabarito de Química Frente 2

Gabarito de Química Frente 2 Gabarito de Química Frente 2 Módulo 05 01. E Calculo do nox: 1) HNO 3 1 + X + 3 x (- 2) = 0 X= + 5 +1 2 X 2) HNO 2 1 + Y + 2 x (- 2) = 0 Y= + 3 +1 Y 2 3) NH 3 Z + 3 x (+1) = 0 Z = - 3 Z 02.A +1 Para calcular

Leia mais

c) NH4OH. d) H2SO4. 4) Qual a classificação correta das moléculas NaOH, NaCl e HCl? a) Ácido, base e sal b) Sal, base e ácido

c) NH4OH. d) H2SO4. 4) Qual a classificação correta das moléculas NaOH, NaCl e HCl? a) Ácido, base e sal b) Sal, base e ácido Funções e reações inorgânicas - Exercícios 1) (UFPA) Considerando a equação química: Cl2O7 + 2 NaOH 2 NaClO4 + H2O os reagentes e produtos pertencem, respectivamente, às funções: a) óxido, base, sal e

Leia mais

1ª Série Ensino Médio. 16. O sistema a seguir mostra a ocorrência de reação química entre um ácido e um metal, com liberação do gás X:

1ª Série Ensino Médio. 16. O sistema a seguir mostra a ocorrência de reação química entre um ácido e um metal, com liberação do gás X: 1ª Série Ensino Médio 16. O sistema a seguir mostra a ocorrência de reação química entre um ácido e um metal, com liberação do gás X: O gás X, liberado neste sistema, é o: (A) O 2 ; (B) Cl 2 ; (C) O 3

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON TEORIA DE ARRHENIUS 1.Eletrólitos e não eletrólitos As substâncias cujas soluções aquosas apresentam íons livres conduzem eletricidade, portanto, são chamadas de eletrólitos.

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO REAGENTES PRODUTOS Como pode cair no enem (UNIRIO) I) Zn + 2AgNO 3 2Ag + Zn(NO 3 ) 2 II) (NH 4 ) 2 Cr 2 O 7 N 2 + Cr 2 O 3 + 4H 2 O III) 2Mg +

Leia mais

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14

REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS Reações em soluções aquosas

Leia mais

Exercícios Sobre Ocorrência de ReaÇões

Exercícios Sobre Ocorrência de ReaÇões Exercícios Sobre Ocorrência de ReaÇões Dados: Força de ácidos e bases Ácidos fortes α 50 % Ácidos semifortes ou moderados 5 % α 50% Ácidos fracos α 5% Classificação dos hidrácidos mais conhecidos: Hidrácidos

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS E-books PCNA Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 SUMÁRIO Apresentação -------------------------------------------- 3 Capítulo 3 ------------------------------------------------

Leia mais

QUÍMICA INORGÂNICA. Reaçõ. (qg. E qf.) Patricia Borim

QUÍMICA INORGÂNICA. Reaçõ. (qg. E qf.) Patricia Borim QUÍMICA INORGÂNICA (qg. E qf.) Reaçõ ções Químicas Patricia Borim e-mail: borim.patricia@gmail.com As reações químicas são processos que transformam uma ou mais substâncias, chamados reagentes, em outras

Leia mais

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS 1. Soluções básicas servem para a dissolução de gorduras sólidas que obstruem tubulações das cozinhas. O hidróxido de sódio é um exemplo, pois reage com gorduras e gera produtos solúveis. Qual a massa

Leia mais

CQ136 Química Experimental I. Água Dura e Halogênios - Diagrama de Latimer

CQ136 Química Experimental I. Água Dura e Halogênios - Diagrama de Latimer 1 CQ136 Química Experimental I Água Dura e Halogênios - Diagrama de Latimer Introdução: Os elementos do grupo 2 são tipicamente metálicos, porém menos reativos que os metais alcalinos. Magnésio é um elemento

Leia mais

Mas o que um sal? Do ponto de vista prático. Os sais apresentam como principal característica o sabor salgado:

Mas o que um sal? Do ponto de vista prático. Os sais apresentam como principal característica o sabor salgado: Mas o que um sal? Do ponto de vista prático. Os sais apresentam como principal característica o sabor salgado: Sal de cozinha Bicarbonato de sódio Permanganato de potássio Mas será que, além do sabor,

Leia mais

Ácido. Base. Classifique as substâncias abaixo. HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq)

Ácido. Base. Classifique as substâncias abaixo. HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq) Classifique as substâncias abaixo HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq) Ácido Base Conceito de ácido e base de Arrhenius Restrito ao meio aquoso Classifique as substâncias abaixo

Leia mais

QUÍMICA. Equilíbrio Químico. Sistemas Homogêneos: Solubilidade dos Sais, Hidrólise dos Sais e Curvas de Titulação - Parte 1. Prof ª.

QUÍMICA. Equilíbrio Químico. Sistemas Homogêneos: Solubilidade dos Sais, Hidrólise dos Sais e Curvas de Titulação - Parte 1. Prof ª. QUÍMICA Equilíbrio Químico Sistemas Homogêneos: Solubilidade dos Sais, - Parte 1 Prof ª. Giselle Blois SOLUBILIDADE DOS SAIS A solubilidade dos sais está relacionada com a capacidade de dissolução na água

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 17 SAIS INTRODUÇÃO Os sais são também muito comuns em nosso cotidiano: o sal comum, NaCl (cloreto de sódio), está presente em nossa alimentação, na conservação de alimentos

Leia mais

Atividade complementar de Química. Transformação química das substâncias. Atenção

Atividade complementar de Química. Transformação química das substâncias. Atenção Atividade complementar de Química Transformação química das substâncias Educação de Jovens e Adultos Nas transformações químicas, também conhecida como reação química, as substâncias são transformadas

Leia mais

Lista de exercícios de 4 a U.L

Lista de exercícios de 4 a U.L Lista de exercícios de 4 a U.L 01-Dada a tabela a seguir, e levando-se em consideração que as substâncias se encontram à temperatura de 50 o C, responda o que se pede: SUBSTANCIA T.F ( o C) T.E ( o C)

Leia mais

GRUPO 2 METAIS ALCALINOS TERROSOS

GRUPO 2 METAIS ALCALINOS TERROSOS GRUPO 2 METAIS ALCALINOS TERROSOS O grupo 2 compreende o berílio (Be), magnésio (Mg), cálcio (Ca), estrôncio (Sr), bário (Ba) e rádio (Ra) e são chamados metais alcalinos terrosos. Estes elementos formam

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO Questão 1 Questão 2 Questão 3 Questão 4 Química GABARITO a) I) Fe 2 O 3 (s)+3h 2 SO 4 (aq) Fe 2 (SO 4 (aq)+3h 2 O II) 2Al(OH (s)+3h 2 SO 4 (aq) Al 2 (SO 4 (aq)+6h 2 O IIICaO(s)+2H 3 PO 4 (aq) Ca 3 (PO

Leia mais

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio EQUAÇÕES QUÍMICAS REAÇÃO QUÍMICA: É o processo de uma mudança química (Átkins). Este processo é representado por meio de uma EQUAÇÃO QUÌMICA. As EQUAÇÕES QUÍMICAS são representadas por: REAGENTES PRODUTOS

Leia mais

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS NOME: N.º Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Conteúdo disciplinar: Química Funções Inorgânicas : ácidos, bases, sais e óxidos. PROVA: Mensal: Bimestral:

Leia mais

Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

Trabalho Prático nº 3. Metais, cor de chamas e solubilidade de sais

Trabalho Prático nº 3. Metais, cor de chamas e solubilidade de sais Trabalho Prático nº 3 Metais, cor de chamas e solubilidade de sais 1. Introdução A cor de uma chama é afectada pela presença de um metal, uma vez que o átomo metálico é excitado, e essa cor é característica

Leia mais

QUÍMICA. Professora Caroline Azevedo

QUÍMICA. Professora Caroline Azevedo QUÍMICA Professora Caroline Azevedo FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácidos Segundo Arrhenius, toda substância que em solução aquosa sofre ionização produzindo como cátion, apenas o íon H +, é um ácido. Ex. H 2 O +

Leia mais

CQ136 Química Experimental I. Grupos 1, 2 e 17

CQ136 Química Experimental I. Grupos 1, 2 e 17 1 CQ136 Química Experimental I Grupos 1, 2 e 17 Introdução: Os elementos do Grupo 1 possuem uma química bastante homogênea, mostrando de modo bem claro os efeitos do tamanho crescente dos átomos em suas

Leia mais

CORPO DE BOMBEIRO MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO CENTRO DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO/CMDPII COORDENAÇÃO DE CFB

CORPO DE BOMBEIRO MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO CENTRO DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO/CMDPII COORDENAÇÃO DE CFB CORPO DE BOMBEIRO MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DIRETORIA DE ENSINO E INSTRUÇÃO CENTRO DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO/CMDPII COORDENAÇÃO DE CFB Professor(a): Manoel Everton Aluno (a) : 1º ano Turma: Lista de Exercício

Leia mais

Reações envolvendo substâncias em solução aquosa: (reações por via úmida) e reações por via seca (substâncias não dissolvidas em solventes)

Reações envolvendo substâncias em solução aquosa: (reações por via úmida) e reações por via seca (substâncias não dissolvidas em solventes) Reações envolvendo substâncias em solução aquosa: (reações por via úmida) e reações por via seca (substâncias não dissolvidas em solventes) OBJETIVO: é possível fazer generalizações a respeito da ocorrência

Leia mais

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono:

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono: EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 4. Reacções químicas II Ficha de exercícios 1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol

Leia mais

GOIÂNIA, / / SÉRIE: 1 Ano. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / SÉRIE: 1 Ano. ALUNO(a): Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR:Taynara Oliveira DISCIPLINA: Química SÉRIE: 1 Ano ALUNO(a): Data entrega: / /2016 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes

Leia mais

Prática 3 Determinação do Teor de Bicarbonato de Sódio em Comprimidos Efervescentes

Prática 3 Determinação do Teor de Bicarbonato de Sódio em Comprimidos Efervescentes Universidade Federal do ABC Disciplina: Laboratório de Transformações Químicas Prática 3 Determinação do Teor de Bicarbonato de Sódio em Comprimidos Efervescentes Hueder Paulo M. de Oliveira Santo André

Leia mais

GUIA DE LABORATÓRIO ANÁLISES QUALITATIVAS. Departamento de Química. Instituto de Ciências Exatas. Universidade Federal de Juiz de Fora

GUIA DE LABORATÓRIO ANÁLISES QUALITATIVAS. Departamento de Química. Instituto de Ciências Exatas. Universidade Federal de Juiz de Fora GUIA DE LABORATÓRIO ANÁLISES QUALITATIVAS Departamento de Química Instituto de Ciências Exatas Universidade Federal de Juiz de Fora 2 INSTRUÇÕES GERAIS O trabalho que se realiza em um curso prático de

Leia mais

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos Luis Eduardo C. Aleotti Química Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos SAIS O que é? - H + proveniente de um ácido deixa o meio ácido. - OH - proveniente de uma base deixa o meio básico. - O que acontece

Leia mais

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE BRASILIA. A contribuição dos portugueses. ATAN/DAB/SPS/MS.

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE BRASILIA. A contribuição dos portugueses. ATAN/DAB/SPS/MS. REAÇÕES INORGÂNICAS AULAS 55-56 01. (Pucpr 2005) Uma das etapas da formação da chuva ácida pode ser representada pela equação a seguir: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 A respeito desse processo, podemos afirmar:

Leia mais

CaO + H2O Ca(OH)2 3 H2 + 1 N2 2 NH3 3 H2 + 1 N2 2 NH3 + 01) A equação refere-se à transformação de ozônio em oxigênio comum, representada pela equação: 2 O3 3 O2 Os números 2 e 3 que aparecem no lado esquerdo

Leia mais

EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO

EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO 1. OBJETIVOS No final desta experiência o aluno deverá ser capaz de: Dada a equação química de um equilíbrio, escrever a expressão para a constante

Leia mais

Estequiometria. Priscila Milani

Estequiometria. Priscila Milani Estequiometria Priscila Milani Cálculo de massa para amostras impuras: Reagentes impuros, principalmente em reações industriais, ou porque eles são mais baratos ou porque eles já são encontrados na Natureza

Leia mais

3 CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS BASEADOS EM EQUAÇÕES QUÍMICAS

3 CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS BASEADOS EM EQUAÇÕES QUÍMICAS 3 CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS BASEADOS EM EQUAÇÕES S 1. Na preparação comercial do hidróxido de sódio (soda cáustica - NaOH) faz-se reagir o carbonato de sódio (Na 2 CO 3 ) com uma solução de hidróxido de

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica.

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica. Aula 7 Funções Inorgânicas (sais e óxidos) Sal Os sais são compostos que possuem um cátion qualquer (só não pode ser exclusivamente o H +, senão será um ácido) e um ânion qualquer(só não pode ser exclusivamente

Leia mais

BC-1302 QUÍMICA DOS ELEMENTOS

BC-1302 QUÍMICA DOS ELEMENTOS PRÁTICA 5: Oxigênio e Enxofre Objetivos Preparar o gás oxigênio, por método laboratorial e estudar algumas de suas propriedades. Estudar o enxofre nas suas variações alotrópicas e algumas de suas reações.

Leia mais

PRÁTICA 5 GRUPO 15 (Pnictogênios)

PRÁTICA 5 GRUPO 15 (Pnictogênios) PRÁTICA 5 GRUPO 15 (Pnictogênios) Departamento de Química Inorgânica, IQ-UFF Responsável: Prof. Dr. Fabio da Silva Miranda Revisores: Prof. Dra. Maria Domingues Vargas, Bsc. Eloisa Borges e Borges Última

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS

REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS Disciplina: Química Prof.: Guilherme Turma: TR 30/ 06/2016 Tema da aula: Reações Químicas REAÇÕES QUÍMICAS - As reações químicas estão, constantemente, ao nosso redor e também no nosso organismo, de tal

Leia mais

QUÍMICA. Transformações Químicas. Elementos Químicos, Tabela Periódica e Reações Químicas Parte 7. Prof ª. Giselle Blois

QUÍMICA. Transformações Químicas. Elementos Químicos, Tabela Periódica e Reações Químicas Parte 7. Prof ª. Giselle Blois QUÍMICA Transformações Químicas Elementos Químicos, Tabela Periódica e Reações Químicas Parte 7 Prof ª. Giselle Blois Exercícios de fixação: Elementos Químicos, Tabela Periódica e Reações Químicas 1. Considere

Leia mais

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1 SAIS: CARACTERÍSTICAS, SOLUBILIDADE E NEUTRALIZAÇÃO Alana Guaragni Cristiane Garbinatto Fabricia Zen Giovane Z. Arus Nádia Kroth Simone Pereira Cloreto de Sódio (NaCl): função de salgar a comida, conservação

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO GAB LISTA - 11 a) Elemento: Carbono; número de massa do isótopo do carbono com 8 nêutrons:14 b) Moléculas com ligações polares: (figura 01) Moléculas com ligações apolares: (figura 02) a) Observe a figura

Leia mais

Esta actividade laboratorial será realizada à microescala utilizando uma folha de laboratório e utilizando pequenas quantidades de reagentes.

Esta actividade laboratorial será realizada à microescala utilizando uma folha de laboratório e utilizando pequenas quantidades de reagentes. REALIZAÇÃO EXPERIMENTAL Esta actividade laboratorial será realizada à microescala utilizando uma folha de laboratório e utilizando pequenas quantidades de reagentes. Objectivos Caracterizar o equilíbrio

Leia mais

Concentração de soluções

Concentração de soluções Concentração de soluções Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 02/09/2016 Solução: mistura homogênea, em nível molecular, de duas ou mais substâncias O solvente é o meio em que uma outra substância,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS

CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUÍMICAS Devido à quantidade e variedade de reações químicas, é necessário fazer sua classificação sobre diferentes aspectos. As reações químicas podem ser classificadas segundo

Leia mais

Reações químicas. Profe. Cristiane Rangel 8ª série Ciências

Reações químicas. Profe. Cristiane Rangel 8ª série Ciências Reações químicas Profe. Cristiane Rangel 8ª série Ciências Reações químicas As reações químicas não ocorrem apenas em laboratórios e indústrias, ocorrem também no dia a dia. Como se pode saber que uma

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Representação

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

Capítulo by Pearson Education

Capítulo by Pearson Education QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Aspectos adicionais dos equilíbrios aquosos David P. White O efeito do íon comum A solubilidade de um sal parcialmente solúvel diminui quando um íon comum é adicionado.

Leia mais

Condutividade de Soluções Aquosas, Funções e Reações Inorgânicas

Condutividade de Soluções Aquosas, Funções e Reações Inorgânicas Ensino Médio QUÍMICA Data: / /01 Atividade : Exercícios de Recuperação Paralela e Anual aula Nome : n o Classe: 1MB Condutividade de Soluções Aquosas, Funções e Reações Inorgânicas 1. (Espcex (Aman)) Considere

Leia mais

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Química Geral I Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Conteúdo 04/04/2017 Rendimento Determinar Fórmulas Moleculares Reações em Solução aquosa Propriedades dos Compostos em Solução Aquosa, Reações

Leia mais

Química. Funções químicas. Prof. Geraldo Lopes Crossetti. Química - Prof. Geraldo Lopes Crossetti 12/04/2017. Page 1

Química. Funções químicas. Prof. Geraldo Lopes Crossetti. Química - Prof. Geraldo Lopes Crossetti 12/04/2017. Page 1 Química Funções químicas Prof. Geraldo Lopes Crossetti Page 1 Funções químicas Definição: substâncias com propriedades químicas semelhantes. Classificação geral funções inorgânicas funções orgânicas Page

Leia mais

BC Transformações Químicas

BC Transformações Químicas Transformações Químicas BC0307 Prof. Anderson O. Ribeiro http://www.andersonorzari.com BC 0307 Transformações Químicas ANDERSON ORZARI RIBEIRO Bloco B, 10º andar - Sala 1043 www.andersonorzari.com Transformações

Leia mais

Funções Inorgânicas Ácidos e Bases

Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Ácidos e bases de Lewis Ácido de Lewis: receptor de par de elétrons. Base de Lewis: doador de par de elétrons. Observe: os ácidos e as bases de Lewis não precisam conter

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Semana 7 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Exercícios sobre Sais- FunÇões Inorgânicas

Exercícios sobre Sais- FunÇões Inorgânicas Exercícios sobre Sais- FunÇões Inorgânicas 01. Represente as equações de neutralização (ou salificação) total entre os seguintes compostos (supondo ocorrência hipotética): Observação: água 3 3 4 4 H PO

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE CÁTIONS ATRAVÉS DA MARCHA ANALÍTICA COMO PROPOSTA DE PRÁTICA DE ENSINO

IDENTIFICAÇÃO DE CÁTIONS ATRAVÉS DA MARCHA ANALÍTICA COMO PROPOSTA DE PRÁTICA DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DE CÁTIONS ATRAVÉS DA MARCHA ANALÍTICA COMO PROPOSTA DE PRÁTICA DE ENSINO Levy S. Ribeiro 1 (EG), Reyla R. Ribeiro 1 (EG), Simone M. Goulart (PQ) 1 1 Instituto Federal de Goiás, Câmpus Itumbiara

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA 4 ELETROQUÍMICA - Prof Emanuele. d) KMnO 4 + H 2 C 2 O 4 + H 2 SO 4 K 2 SO 4 + MnSO 4 + CO 2 + H 2 O. Ag. Redutor: H 2 C 2 O 4

REVISÃO QUÍMICA 4 ELETROQUÍMICA - Prof Emanuele. d) KMnO 4 + H 2 C 2 O 4 + H 2 SO 4 K 2 SO 4 + MnSO 4 + CO 2 + H 2 O. Ag. Redutor: H 2 C 2 O 4 REVISÃO QUÍMICA 4 ELETROQUÍMICA - Prof Emanuele 1) Os números de oxidação dos halogênios nos compostos NaCl, NaClO 3, KI, I 2, NH 4 IO 3 são, respectivamente: a) +1, +3, 0, -2, +4 b) +1, -5, -1, 0, +5

Leia mais

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um Números de Oxidação As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um material sofrendo combustão (queima);

Leia mais

Equilíbrios de Solubilidade

Equilíbrios de Solubilidade Equilíbrio entre um sal sólido e seus íons dissolvidos em uma solução saturada Aplicação no tratamento do esgoto sanitário a) Produto de Solubilidade: constante de equilíbrio entre um sólido e seus íons

Leia mais

CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7. Funções Inorgânicas. NaOH. NaCl

CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7. Funções Inorgânicas. NaOH. NaCl CuSO 4 K 2 Cr 2 O 7 Funções Inorgânicas NaOH NaCl Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. ÁCIDO: H + + ÂNION BASE: CÁTION + OH SAL: CÁTION

Leia mais