PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades"

Transcrição

1 PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades

2 Série Feedback na Prática Estudo de caso Case #1 - A arte de reconhecer e superar suas fragilidades Por Eduardo Varela Março de Seja você muito bem-vindo a esta série que faz parte da Newsletter #EuFacoAcontecer sobre FEEDBACK NA PRÁTICA que você acompanha agora com exclusividade neste canal. Sem dúvidas, a melhor ferramenta de gerenciamento de equipes é o feedback. Podemos descrevê-lo como a atividade de repassar a um colaborador, informações sobre o seu desempenho profissional. Fazemos isso como forma de avaliar o seu atual resultado efetivo em relação às expectativas da sua função e estimular este colaborador a entender seu papel dentro da equipe. Durante o dia, somos virtualmente bombardeados com informações sobre a importância e os benefícios de oferecer feedback, mas por que uma ferramenta tão vital para a saúde de uma equipe, tem uma realidade tão difícil. Por que, na prática do dia-a-dia, não utilizamos adequadamente as técnicas do feedback? Será que há uma força oculta nos impedindo de oferecer informações sobre o desempenho das nossas equipes, ou há algo de mais humano acontecendo, tais como o medo, o despreparo, a procrastinação ou uma irracional benevolência? O certo é que Ser um Líder Efetivo não é uma das tarefas mais simples. Explico: A eficiência é uma dimensão Página 1 4

3 analógica e portanto, é possível encontrarmos Líderes com mais ou menos eficiência na execução de suas tarefas. A eficácia é uma dimensão binária, isto é, ela pode ser evidenciada ou não. É o aspecto de acertar ou não um alvo, atingir ou não um meta. Já a Efetividade é uma dimensão relativa e vai além de executar uma tarefa da melhor maneira possível com menor desperdício de recursos (eficiência), ou de atingir o resultado esperado com exploração do potencial e otimização das tarefas (eficácia). A Efetividade é o conceito de explorar a satisfação de uma necessidade como a de oferecer feedback, com equilíbrio entre resultado e a valorização do colaborador. Ficou difícil? Vamos analisar um caso em particular e verificar quais são as possibilidades de oferecer um feedback adequado a situação. Case 1 Roberto tem faltado com alguma frequência ao trabalho. Ele apresentou sua terceira falta nos últimos 30 dias, muito semelhante com as faltas dele no mês anterior. Arlete, sua supervisora, está muito pressionada com as metas de vendas deste mês e as ausências de Roberto podem impactar impactando no seu plano de ações e ela necessita entender o que está ocorrendo e preparar um feedback adequado a situação. Vamos entender quais ferramentas Arlete tem a sua disposição. Há cinco comportamentos fundamentais que ela precisa observar se estão ou estiveram presentes em suas atitudes ao oferecer feedback para Roberto: 1- Ela pode ter medo das consequências de um feedback inadequado ou da resposta que obterá de Roberto; 2- Está se sentindo despreparada para oferecer um feedback adequada a situação; 3- Pode estar desorganizada ou fragilizada por resultados anteriores ruins que lhe impedem de tomar as atitudes adequadas; 4- Está sofrendo de procrastinação, isto é, deixando que as coisas esfriem naturalmente, a famosa síndrome do... amanhã tudo se ajeita sozinho...; 5- Está colhendo os frutos do seu excesso de benevolência em ter aplicado um feedback insatisfatório ou de simplesmente não ter oferecido feedback a Roberto nos meses anteriores. Uma vez que Arlete entenda seu comportamento neste momento expressivo de sua liderança, ela pode preparar um dos quatro tipos de feedback adequados para este caso: 1- Feedback Insignificante: Acontece quando as informações sobre o desempenho profissional de Roberto são tão vagos ou genéricos que ele não tem certeza de seu propósito. Parece ironia nesta situação, mas é o tipo de feedback recomendado caso Arlete queira entender até que ponto Roberto está alinhado com os objetivos da equipe e qual o momento de preparar um plano onde Roberto não faça mais parte da equipe, seja por decisão própria ou das circunstâncias. É um feedback extremamente perigoso e deve ser usado com muita estratégia e cautela. Página 2 4

4 2- Feedback Ofensivo: É o tipo de feedback que tem o poder de irritar ou gerar atitudes ameaçadoras e não recomendado neste tipo de situação. Raramente o feedback ofensivo tem função prática na gestão de pessoas. Na verdade, conhece-lo ajuda a evitar seus efeitos deletérios. Colocando de maneira simples, se o comportamento de uma pessoa precisa mudar, a melhor chance de fazer com que isso aconteça é evitando o feedback ofensivo. 3- Feedback Positivo: Quando consegue reforçar os comportamentos que queremos que sejam repetidos e claramente não deve ser o foco de Arlete, exceto se Roberto é um bom executor de suas tarefas e tem um desempenho que mereça destaque. Reforçar o que ele tem de positivo é uma excelente estratégia inicial de abordagem para o verdadeiro feedback a ser aplicado. Um elogio bem aplicado pode abrir as portas de uma possível resistência de Roberto, aumentando sua autoestima e valorizando sua importância no grupo. É uma boa estratégia de abertura caso suas faltas estejam relacionadas com problemas relacionados a motivação. 4- Feedback Corretivo: É um alerta de que as coisas precisam mudar e corrigir comportamentos negativos e demonstrar que há regras e critérios formais a serem seguidos. O feedback Corretivo deve ter como função, estabelecer um plano de ações abrangente e proporcional ao impacto que o comportamento de Roberto, no caso gerou. O feedback Corretivo é sem dúvidas o tipo mais adequado a ser aplicado neste caso. Arlete precisa entender as situações que culminaram com as faltas ao trabalho de Roberto, mas não deve se envolver com os motivos e neste ponto, residem alguns erros fatais de gestão. Provavelmente Roberto poderá justificar suas faltas com várias situações inadministráveis para Arlete. Doenças dos filhos ou dele próprio, desagregação familiar, problemas de moradia estão entre as causas mais comuns de ausências ao trabalho. Arlete terá muito pouco a comentar sobre estas situações reais e tenderá a envolver-se com os problemas. Ajudá-lo seria uma prática socialmente adequada e em sendo do alcance de Arlete, isto traria um engajamento sustentável em Roberto e na equipe. Um líder deve se solidarizar com os problemas da equipe que interferem no desempenho. Mas há um limite tênue e perigoso entre uma ajuda profissional e um envolvimento emocional que será prejudicial no futuro. O foco nestes casos é sempre o de entender a abrangência da situação e oferecer auxílio real, mas sempre buscando compreender até onde a presença ao trabalho de Roberto irá prejudicar as metas da equipe. A primeira meta de Arlete é auxiliar Roberto na superação de seus problemas individuais, se possível for, e em segundo lugar, estabelecer um plano de ações para todo o grupo com o objetivo de compensar as possíveis ausências de Roberto. O terceiro desafio é solidarizar a equipe na busca da superação de todos em prol de Roberto. Se isto lhe parece familiar, bem-vindo ao mundo corporativo, onde seu desempenho como líder será avaliado em acordo com as suas escolhas. Página 3 4

5 Mas a questão que fica é: Até que ponto oferecer feedback a um colaborador difícil? A resposta da pergunta do título ficou mais simples: Aplique feedback sempre!... ou enquanto ele, o seu funcionário difícil, estiver na Equipe. Avalie com muita transparência os cinco comportamentos que você precisa entender nas suas atitudes para preparar o seus feedbacks: Medo; Desorganização, Despreparo, Procrastinação ou Benevolência e prepare-se para superar suas fragilidades. Nós da estamos prontos para te auxiliar. Veja mais em Sejamos honestos, não será fácil, mas você não pode abrir mão das suas metas operacionais e de sua carreira como líder, por não saber lidar com um colaborador difícil, certo? Aguardo os comentários através do Página 4 4

PARTE #2 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDO DE CASO. 5/15/2014 A decisão pessoal de Andreia

PARTE #2 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDO DE CASO. 5/15/2014 A decisão pessoal de Andreia PARTE #2 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDO DE CASO 5/15/2014 A decisão pessoal de Andreia Série Feedback na Prática Estudo de caso Case #2 - A decisão pessoal de Andreia Por Eduardo Varela Março de 2.014

Leia mais

PARTE #4 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 6/5/2014 Promessas não cumpridas

PARTE #4 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 6/5/2014 Promessas não cumpridas PARTE #4 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO 6/5/2014 Promessas não cumpridas Parte #4 Série Feedback na Prática Estudos de Caso Série Feedback na Prática Estudo de caso Case #4 Promessas não cumpridas

Leia mais

Importância do Feedback

Importância do Feedback FEEDBACK O que é Feedback? Técnica utilizada para dar um parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas na realização de um trabalho com o intuito de avaliar o seu desempenho. É uma ação que revela os pontos

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Mini Curso Parte I As Forças que controlam a sua vida Página 2 de 6 Como te falei, essa é a primeira etapa do mini-curso Superando

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Novembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Finalizar o conteúdo da Disciplina Governança de

Leia mais

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE? A força de trabalho é um dos principais ativos de uma empresa. Durante os períodos de crise, os colaboradores são atingidos por uma série de incertezas e preocupações

Leia mais

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Prof. Saravalli ademir_saravalli@yahoo.com.br O comportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o

Leia mais

7 DICAS INSPIRADORAS PARA UM GESTOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL

7 DICAS INSPIRADORAS PARA UM GESTOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL 7 DICAS INSPIRADORAS PARA UM GESTOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL ALCANÇAR UMA META DE EXPANSÃO #1 03 #01 ALCANÇAR UMA META DE EXPANSÃO Se você é um gestor de DEPARTAMENTO PESSOAL na sua empresa - seja realizando

Leia mais

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa:

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa: Sumário 1º ACREDITAR... 4 2º PERSISTIR... 5 3º TRABALHO DURO... 6 4º EXIGIR... 7 5º CLIENTES... 7 6º RELACIONAMENTO... 8 7º DINHEIRO... 9 8º SEJA INOVADOR... 10 O que você precisa saber antes de começar

Leia mais

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa:

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa: Sumário 1º ACREDITAR... 4 2º PERSISTIR... 5 3º TRABALHO DURO... 6 4º EXIGIR... 7 5º CLIENTES... 7 6º RELACIONAMENTO... 8 7º DINHEIRO... 9 8º SEJA INOVADOR... 10 O que você precisa saber antes de começar

Leia mais

CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO . SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRATÉGIA DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO... 5 OTIMIZANDO O RECRUTAMENTO E SELEÇÃO... 9

Leia mais

Avaliação de Desenvolvimento e Performance

Avaliação de Desenvolvimento e Performance Avaliação de Desenvolvimento e Performance - 2017 Metas Composição de Metas 2017 (Exceto Executivos de Vendas) Metas x PLR Diretores Gerentes Coordenadores Placar de metas individuais * e corporativas

Leia mais

INICIATIVA COM FOCO EM RESULTADOS

INICIATIVA COM FOCO EM RESULTADOS INICIATIVA COM FOCO EM RESULTADOS A FRVENDAS é a maior FRANQUIA DE SOLUÇÕES EM VENDAS do Brasil Agora você vai levar para sua vida e carreira UMA CAPACITAÇÃO QUE auxiliará o seu progresso e de sua empresa

Leia mais

Gestão de Pessoas para

Gestão de Pessoas para III SEMINÁRIO DE GESTÃO DE PESSOAS: O DESAFIO DE LIDERAR E MOTIVAR EQUIPES DE SUCESSO Gestão de Pessoas para Resultados Luciano Lima 30/05/2012 MOTIVAÇÃO = MOTIVO PARA... As pessoas podem ter motivos diferentes

Leia mais

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Este é o capítulo 13 do PMBoK e é uma área muito importante para o PMI, pois antes de levar em consideração o cumprimento dos prazos, orçamento e qualidade,

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas

6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas 6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas Uma grande parte do sucesso da gestão de pessoas se deve a capacidade dos gestores de liderar. E realmente essa é uma tarefa bem difícil

Leia mais

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações.

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. A Mudança O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. O objetivo deste documento é ajudar você a identificar qual área da sua vida precisa de mudanças urgentes, identificar

Leia mais

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido 1. Quais as principais causas da falta de apoio ao programa? Quando o gestor diretor é da área responsável pelo programa ele

Leia mais

Estratégia de sustentabilidade

Estratégia de sustentabilidade Estratégia de sustentabilidade Fusão I Itaú + Unibanco Visão I Itaú Unibanco Perguntas norteadoras I 2010 - Itaú Unibanco 1 2 3 O que é Performance Sustentável e qual a relação entre Performance Sustentável

Leia mais

Atendimento Inteligente

Atendimento Inteligente Atendimento Inteligente Com a quantidade de canais de comunicação disponíveis hoje em dia, a tendência é para que o consumidor comece a comunicar com marcas e empresas através de meios menos tradicionais.

Leia mais

Av. Inocêncio Seráfico, Centro Carapicuíba SP /

Av. Inocêncio Seráfico, Centro Carapicuíba SP / 0 Av. Inocêncio Seráfico, 146 - Centro Por quer terceirizar com a FULL TIME? A Full Time Soluções em Recrutamento e Terceirização de Serviços oferece soluções inteligentes, aprimorando as necessidades

Leia mais

Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro

Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro Curso de Gerente de Loja - Ações Práticas que Geram Lucro Módulo 1 Liderança e Gestão de Lojas de Varejo Tema 3 - Liderança Liderança Liderança: Como liderar uma equipe de vendas? Quais as habilidades

Leia mais

Indicadores de Desempenho

Indicadores de Desempenho Indicadores de Desempenho 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho. OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA

A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA O sucesso de uma empresa e um bom clima organizacional estão intimamente ligados. Quando os funcionários sentem felicidade nas tarefas e

Leia mais

MANUAL Avaliação de Indicadores

MANUAL Avaliação de Indicadores MANUAL Avaliação de Indicadores Revisão do Planejamento Estratégico e desdobramentos Sumário Apresentação Etapas de revisão do Planejamento Conceitos e desafios 03 04 Revisão/avaliação de Indicadores Metodologia

Leia mais

Business Case (Caso de Negócio)

Business Case (Caso de Negócio) Terceiro Módulo: Parte 5 Business Case (Caso de Negócio) AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Business Case: Duas

Leia mais

Gestão Estratégica A BATALHA DE KURSK. Aula 6 Estratégia Competitiva. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira

Gestão Estratégica A BATALHA DE KURSK. Aula 6 Estratégia Competitiva. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Gestão Estratégica Aula 6 Estratégia Competitiva Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br A BATALHA DE KURSK 1 Modelo de Porter As 5 forças Competitivas Estratégias Genéricas Propósito da Empresa

Leia mais

Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV

Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV Gabarito do curso de Recursos Humanos - Gestão de Pessoas da Fundação Getúlio Vargas/FGV Módulo 1 1. Para enfrentar desafios internos e superar ameaças externas, a organização precisa treinar seu pessoal.

Leia mais

O que é Auto-Avaliação de Desempenho

O que é Auto-Avaliação de Desempenho Muitas pessoas subestimam a importância de se autoavaliar. Porém, o autoconhecimento é o primeiro passo para o sucesso profissional. Isso, porque com uma boa autoavaliação é possível perceber quais são

Leia mais

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde 95 96 Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Princípio 1 Foco no cliente: dado que as organizações dependem

Leia mais

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Próximo Encontro 12/09 08:45 11:30 A Importância da Motivação Para a Sua Equipe Agenda 09:00 Início: Apresentação 09:10 10:15 Vamos conversar sobre: o

Leia mais

processo contínuo, dinâmico;

processo contínuo, dinâmico; Avaliação de Desempenho/Performance é a avaliação do desempenho atual ou passado do funcionário em relação a padrões de desempenho. O Processo envolve: a) Estabelecer padrões de desempenho; b) Avaliar

Leia mais

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 leitos 19 leitos de UTI 5 Salas Cirúrgicas 300 Cirurgias/mês

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico MBA: Gestão Empresarial IESI Planejamento Estratégico Planejamento estratégico: Visão integrada Alcance de objetivos Criar valor, diferencial e identidade Pensamento estratégico Planejamento Estratégico

Leia mais

DEFINIÇÃO DO PROBLEMA DE PESQUISA DE MARKETING

DEFINIÇÃO DO PROBLEMA DE PESQUISA DE MARKETING Considerações Iniciais Ao se considerar a possibilidade de realização de uma pesquisa, devemos responder algumas questões: -Qual é o propósito da pesquisa na ótica do contratante? Por que ela deve ser

Leia mais

Grupos e Equipes de Trabalho

Grupos e Equipes de Trabalho Aula 6 Grupos e Equipes de Trabalho Agenda Comportamento de grupos Caso Uma Equipe Desunida Trabalho em equipe 2 1 Fundamentos do comportamento de grupos Definição Um grupo é definido como dois ou mais

Leia mais

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING 8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING CONTEÚDO DO E-BOOK Neste material, iremos mostrar 8 sinais que está na hora de você mudar a forma como você gerencia

Leia mais

Motivação no trabalho

Motivação no trabalho Motivação no trabalho Um dos maiores desafios que todas as empresas enfrentam é manter a motivação de seus profissionais alta no dia a dia, afinal de contas, todos os resultados são obtidos com os esforços

Leia mais

Programa de Gestão da Performance

Programa de Gestão da Performance Programa de Gestão da Performance O impulso para ir mais longe está em suas mãos. Cada dia do ano é um passo à frente no seu desenvolvimento. Movimente-se! Quer ir mais longe? O primeiro passo é ler este

Leia mais

Construindo um.. estratégico

Construindo um.. estratégico Construindo um RH. estratégico O RH nos dias de hoje O foco dos executivos está cada vez mais voltado para o capital humano e como ele pode impactar os resultados do negócio. 700 líderes de negócios de

Leia mais

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO PRINCÍPIOS ISO 9001:2015 1. Foco no cliente 2. Liderança 3. Engajamento das pessoas 4. Abordagem de processo 5. Melhoria

Leia mais

Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE.

Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE. Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE. introdução: Vender é como fazer um café ou um bolo: se você não sabe os passos corretos

Leia mais

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016 Tipos de Indicadores 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho ; OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

Avaliação do Capital Humano

Avaliação do Capital Humano Avaliação do Capital Humano Pleno século XXI, A quantidade de água salgada espalhada pelos quatro oceanos do mundo, ainda é incontável. Já imaginou se eles não estivessem em EQUIPE? Avaliação do capital

Leia mais

Excelência na Gestão

Excelência na Gestão Mapa Estratégico 2012-2014 Visão Até 2014, ser referência no atendimento ao público, na fiscalização e na valorização das profissões tecnológicas, reconhecido pelos profissionais, empresas, instituições

Leia mais

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC)

Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Título Norma de Responsabilidade Socioambiental Gestor Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle (DPOC) Abrangência Agências, Departamentos, Empresas Ligadas e Unidades no Exterior Sinopse Diretrizes

Leia mais

Pesquisa de Satisfação. Uso Estratégico na Entidade

Pesquisa de Satisfação. Uso Estratégico na Entidade Pesquisa de Satisfação Uso Estratégico na Entidade RESPOSTAS São cruciais para o crescimento e sustentabilidade de qualquer negócio. Como saber o que quer e o que pensa o Participante? Como saber se está

Leia mais

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão de resultados e desempenho - AULA 11

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão de resultados e desempenho - AULA 11 de resultados e desempenho - OBJETIVO Propiciar o entendimento de teorias e métodos de avaliação de desempenho e resultados, identificando as competências essências do colaborador e as oportunidades de

Leia mais

Como antever a necessidade de reestruturar sua empresa

Como antever a necessidade de reestruturar sua empresa Como antever a necessidade de reestruturar sua empresa 2016 Como antever a necessidade de reestruturar sua empresa Toda empresa, ao longo de seu ciclo de vida, que engloba da concepção à maturidade, experimentam

Leia mais

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista.

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista. Sumário 1. Acreditar 2. Aprender a motivar 3. Criar um time inovador 4. Gerir o tempo 5. Criar e manter credibilidade no relacionamento 6. Facilitar o compartilhar com a sua equipe 7. Sobre nós 1. Acreditar

Leia mais

05/05/2014 LIDERANÇA ESTILOS DE LIDERANÇA DIFERENCIAR CHEFE DE LÍDER

05/05/2014 LIDERANÇA ESTILOS DE LIDERANÇA DIFERENCIAR CHEFE DE LÍDER LIDERANÇA DIFERENCIAR CHEFE DE LÍDER 1 LIDERANÇA Você já sentiu que não recebeu o reconhecimento merecido quando atingiu uma meta imposta por seu chefe ou realizou uma tarefa com sucesso? E, no entanto,

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 OBJETIVOS O que é Qualidade Entender o ciclo PDCA Apresentar técnicas para garantir a qualidade de software Apresentar ferramentas para

Leia mais

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA

NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA NÃO EXISTE GESTÃO SEM COMUNICAÇÃO DANIEL COSTA O que é engajamento? Engajamento no trabalho é uma forma de agir em que o indivíduo, motivado por uma causa, expressa sua vontade e predisposição de fazer

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS Atualizado em 27/10/2015 CONCEITOS BÁSICOS Administração, em seu conceito tradicional, é definida como um conjunto de atividades, princípios, regras, normas que têm

Leia mais

Planejamento SPU/SC. Cristiano De Angelis

Planejamento SPU/SC. Cristiano De Angelis Planejamento SPU/SC Cristiano De Angelis Tópicos da Apresentação 1. O que é missão? 2. O que é visão? 3. O que é um projeto? 4. O que é uma ação? 5. Sugestão de um projeto. Valores da SPU 1. Compromisso

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL Alinhamento Estratégico é um conceito da Administração que se fundamenta no princípio de que um determinado número de pessoas funciona melhor quando funciona como

Leia mais

Líder Coach. Alexandre Vinicius S. Pereira

Líder Coach. Alexandre Vinicius S. Pereira Líder Coach Alexandre Vinicius S. Pereira Alexandre Vinicius da Silva Doutorado Pereira em Psicologia USP Desenvolvimento e avaliação de equipe multidisciplinar. Mestrado em Psicologia USP. Comprometimento

Leia mais

Liderança e Gestão em ambientes de incerteza

Liderança e Gestão em ambientes de incerteza Liderança e Gestão em ambientes de incerteza As pessoas não gostam de sair da sua zona de conforto e por isso elas resistem e impedem que as mudanças aconteçam. As novas perspectivas para o mercado e para

Leia mais

Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS

Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS Disciplina: Processos Organizacionais Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 05 FERRAMENTAS E MÉTODOS PARA A RACIONALIZAÇÃO DOS PROCESSOS 4 Técnicas de Apoio à Melhoria de processo: As Sete Ferramentas

Leia mais

DuPont, sua Cultura de Segurança e PSM

DuPont, sua Cultura de Segurança e PSM DuPont, sua Cultura de Segurança e PSM Eduardo Francisco Gerente Corporativo SSMA Líder PSM América Latina A Cultura DuPont em Segurança, Saúde e Meio Ambiente 1802 Início das operações fábrica de pólvora

Leia mais

O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Anais do IV Seminário Eniac 2012 IV Encontro Da Engenharia Do Conhecimento Eniac IV Encontro De Iniciação Científica Eniac PROJETO DE PESQUISA O DESAFIO EM MANTER FUNCIONÁRIOS MOTIVADOS EM EMPRESAS DE

Leia mais

Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico

Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico Este artigo visa contribuir com os processos de gestão de clima organizacional das empresas. Procuramos apresentar melhorias

Leia mais

ASSUFBA REALIZA: CURSO PREPARATÓRIO PARA O

ASSUFBA REALIZA: CURSO PREPARATÓRIO PARA O Módulo teórico Questões comunicação interpessoal e Trabalho em equipe Prof. Alexandre LISTA DE EXERCÍCIO DE COMUNICAÇÃO INTERPERSSOAL 01. Oferecer feedback é (A) utilizar comunicação unidirecional para

Leia mais

Barker, J. (1993). 56

Barker, J. (1993). 56 PROCESSO CAPÍTULO VI CONSTRUINDO A VISÃO DA QUALIDADE TOTAL... não fui desobediente à visão celestial Apóstolo Paulo Como já vimos anteriormente, as empresas vivem num cenário de grandes desafios. A concorrência,

Leia mais

COMUNICAÇÃO QUE GERA RESULTADO

COMUNICAÇÃO QUE GERA RESULTADO COMUNICAÇÃO QUE GERA RESULTADO Minha missão é preparar, motivar e inspirar as pessoas para que elas conquistem seus objetivos. Romero Machado PALESTRAS PALESTRA OS SEGREDOS DAS APRESENTAÇÕES E PALESTRAS

Leia mais

Falta de. Engajamento. dos colaboradores. Qual o impacto para a empresa?

Falta de. Engajamento. dos colaboradores. Qual o impacto para a empresa? Falta de Engajamento dos colaboradores Qual o impacto para a empresa? 1 Índice Introdução Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Capítulo 4 Conclusão 3 4 9 11 12 13 2 Introdução Quando se fala em estratégias

Leia mais

PALESTRANTE ADRIANO SIMÕES

PALESTRANTE ADRIANO SIMÕES PALESTRANTE ADRIANO SIMÕES SOBRE O PALESTRANTE Adriano Simões trabalha com gestão de liderança e aumento da produtividade de pessoas e equipes, sendo escritor e parceiro da Revista Gestão RH e Blog Quero

Leia mais

Como fazer o projeto (usando os formulários fornecidos)

Como fazer o projeto (usando os formulários fornecidos) Projeto de Desenvolvimento Pessoal e Ministerial Propósito A partir do entendimento e aplicação dos conteúdos aprendidos no CTL, cada participante deverá elaborar um projeto pessoal para seu crescimento

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

Personal Coach. Seu Salto Para a Excelência Pessoal e Profissional

Personal Coach. Seu Salto Para a Excelência Pessoal e Profissional 1 Personal Coach Seu Salto Para a Excelência Pessoal e Profissional folder_ocoach1.indd 1 10/04/2013 10:01:14 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado,

Leia mais

O cliente interno pode ser aquele ao qual prestamos serviços com produtos e mão de obra dentro da própria instituição.

O cliente interno pode ser aquele ao qual prestamos serviços com produtos e mão de obra dentro da própria instituição. 1 Eu sou um cliente interno... Clientes internos são todos aqueles que fazem parte do dia a dia do ambiente de trabalho, como o diretor da empresa, o gerente, a recepcionista entre outros. 2 Eu sou um

Leia mais

Mês da Micro e pequena empresa

Mês da Micro e pequena empresa Mês da Micro e pequena empresa O QUE VOCÊ PRECISA PRA MELHORAR o seu negócio. ACESSE LOJASEBRAEAM.COM.BR PROGRAMAÇÃO UNIDADE CENTRO OUTUBRO / 2017 (AV. LEONARDO MALCHER, 924, CENTRO) CURSO DATA HORÁRIO

Leia mais

PROGRAMA DE COACHING & VOCÊ

PROGRAMA DE COACHING & VOCÊ LAIS SILVA Profissional coach &Leader Coach Analista comportamental & 360 graus Coach, Consultora, Palestrante. Especialista em Recursos Humanos e Gestão Auditoria em Serviços de Saúde. Atua há mais de

Leia mais

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!!

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! OBJETIVO Compreender que para definir objetivos é preciso planejamento e disciplina e como fazer para realiza-los Compreender que para definir objetivos

Leia mais

AS 3 COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DE UM LÍDER!

AS 3 COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DE UM LÍDER! AS 3 COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DE UM LÍDER! CAPA Renato Dip (11) 99182-7070 renato@rdipcoaching.com.br AS 3 COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DE UM LÍDER! Olá! Nesse e-book trago para vocês um tema que está muito

Leia mais

Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento

Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento Habilidade, métodos, políticas, técnicas e práticas QUEM SOMOS Somos uma empresa jovem com a visão de valorização do recurso humano como impulso

Leia mais

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Sumário Conceito de Feedback Escuta ativa Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Recomendações para eficácia de sua sessão de feedback Conceito de Feedback Feedback é o retorno que alguém obtém

Leia mais

Avaliação de Desempenho (AD)

Avaliação de Desempenho (AD) 1 Avaliação de Desempenho (AD) Conceitos Identificação e mensuração das ações que os colaboradores de uma organização realizaram durante determinado período, tendo como finalidade diagnosticar e analisar

Leia mais

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender DICAS Para a sua leitura: Os itens do índice são clicáveis, então sinta-se à vontade para ler o conteúdo que

Leia mais

A força de trabalho em 2020

A força de trabalho em 2020 A força de trabalho em 2020 A iminente crise de talentos Visão geral Preparar a força de trabalho para 2020 é uma ação decisiva quando o que está em jogo é a estratégia, o crescimento e o desempenho dos

Leia mais

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano)

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) a) Manter uma identidade pessoal e uma identidade para o casamento > Dependência exagerada - A identidade do cônjuge é um reflexo do seu

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas Rev. 00 de Março/2013 1/208 1/ 42 Rodrigo Sousa Atuação: Instrutor de treinamentos Consultor e Auditor em Sistemas de Gestão da Qualidade

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The

Leia mais

Seja Líder de Si Mesmo. Evandro Trindade

Seja Líder de Si Mesmo. Evandro Trindade Seja Líder de Si Mesmo Evandro Trindade O QUE SIGNIFICA ESTA IMAGEM? 2 3 4 5 QUANTO MAIS AMPLIARMOS A VISÃO, MELHOR VEREMOS OS CENÁRIOS 6 7 QUEBRAMOS UM PARADIGMA, POIS NÃO SE TRATA DE UMA FAZENDA COMO

Leia mais

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Gestão do desempenho Prof. Marco A. Arbex Gestão x avaliação O termo gestão do desempenho surge nos últimos anos como conceito alternativo para as técnicas

Leia mais

LIDERANÇA. Bom dia! Sejam todos Bem Vindos!

LIDERANÇA. Bom dia! Sejam todos Bem Vindos! LIDERANÇA Bom dia! Sejam todos Bem Vindos! VAMOS REFLETIR O que é ser líder? Onde posso exercer minha liderança? ? Porque o assunto liderança é tão discutido no mundo corporativo? RÁPIDA LINHA DO TEMPO

Leia mais

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO Nota Prévia O Código de Boas Práticas de foi produzido pelo NCVO, membro do Inspiring Impact. O Inspiring Impact é um programa que visa alterar até 2022 a forma como o setor voluntário no Reino Unido se

Leia mais

Capítulo 8 Análise crítica do desempenho global

Capítulo 8 Análise crítica do desempenho global Capítulo 8 Análise crítica do desempenho global Análise crítica do desempenho global da organização Considera a análise do desempenho global da organização e não o acompanhamento das atividades, processos

Leia mais

CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR

CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR A missão do Santander é construir relações de confiança com os clientes, oferecendo um serviço excelente e fornecendo informações claras sobre

Leia mais

Entendimento do Ser Humano nas Organizações,

Entendimento do Ser Humano nas Organizações, Avaliação de Desempenho Nossa Agenda Fundamentos e conceitos sobre a evolução histórica do homem na área industrial e social, Compreensão da formação profissional, identidade organizacional, aspectos organizacionais:

Leia mais

GUIA PRÁTICO. Produtividade de Frota. TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico

GUIA PRÁTICO. Produtividade de Frota. TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico 31 3643-0878 GUIA PRÁTICO Produtividade de Frota O SEU GUIA DEFINITIVO Este E-Book é destinado a empresas que têm como

Leia mais

Como Enfrentar o Câncer

Como Enfrentar o Câncer MAPA: Como Vencer o Câncer com Leveza MINISSÉRIE: Como Enfrentar o Câncer EPISÓDIO 1-01 DE JUNHO - NO AR Os 3 maiores erros que cometemos após o diagnóstico EPISÓDIO 2 05 DE JUNHO - NO AR 5 ATITUDES Fundamentais

Leia mais

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME!

CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! CHEGOU A HORA DE VOCÊ CRIAR UM TRABALHO QUE AME! Seja bem-vinda à 4ª edição da Jornada gratuita Empreenda Com Propósito! Esse que é um evento totalmente online com foco em carreira, empreendedorismo e,

Leia mais

Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva. DPS aula 6 Coaching

Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva. DPS aula 6 Coaching Aula 6 Professor Douglas Pereira da Silva 1 Competências dos profissionais 2 3 4 5 O que é Coaching: Coaching é uma palavra em inglês que indica uma atividade de formação pessoalem que um instrutor (coach)

Leia mais

Certificações do PNCQ

Certificações do PNCQ Isabeth Gonçalves Gestão da Qualidade PNCQ Certificações do PNCQ 1 A tendência natural de todos os processos é vigorar em estado caótico e não controlado. Tudo está sujeito a falhas. Não existe perfeição.

Leia mais

PROGRAMA ESCOLHA CERTA

PROGRAMA ESCOLHA CERTA PROGRAMA ESCOLHA CERTA 1 Índice São PAulo, 6 de maio de 2016 Proposta Comercial CARTA DE APRESENTAÇÃO... 3 INSTITUCIONAL... 4 PROGRAMA ESCOLHA CERTA... 5 PÚBLICO ALVO... 7 BENEFÍCIOS... 8 METODOLOGIA...

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@fatecourinhos.edu.br Introdução ARH (Administração de Recursos Humanos) é a função na organização que está relacionada

Leia mais

Por Carolina de Moura 1

Por Carolina de Moura 1 O desenvolvimento sistemático para a gestão de risco na empresa envolve um processo evolutivo. Nos últimos anos tenho testemunhado um forte interesse entre organizações, e as suas partes interessadas,

Leia mais