LUCY MÉRY BÚRIGO PROPOSTA DE ATIVIDADES PARA AS SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM PONTA GROSSA 2008 LUCY MÉRY BÚRIGO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LUCY MÉRY BÚRIGO PROPOSTA DE ATIVIDADES PARA AS SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM PONTA GROSSA 2008 LUCY MÉRY BÚRIGO"

Transcrição

1 SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS EDUCACIONAIS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA LUCY MÉRY BÚRIGO PROPOSTA DE ATIVIDADES PARA AS SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM PONTA GROSSA 2008 LUCY MÉRY BÚRIGO

2 PROPOSTA DE ATIVIDADES PARA AS SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM Produção Didático Pedagógica, apresentada como requisito de avaliação parcial referente ao Programa de Desenvolvimento Educacional. Universidade Estadual de Ponta Grossa. Or. Profª Ms Sandra Mara Dias Pedroso. PONTA GROSSA 2008

3 INTRODUÇÃO Quando deparamos com alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem em Matemática, faz-se necessária uma minuciosa avaliação para descobrir o ponto em que o aluno se encontra em relação aos conteúdos que deveria ter assimilado. A partir dos resultados encontrados podemos desenvolver um programa para reestruturar esse conhecimento, não do momento atual, mas do ponto em que o aluno iniciou a defasagem. Muitas das dificuldades encontradas são conseqüência de uma estruturação inadequada do raciocínio matemático, em função de uma didática inadequada e excesso de conteúdos. Para elaborar atividades adequadas a cada situação, que auxiliem nossos alunos a expressarem seu raciocínio, corrigirem possíveis erros e ampliarem seus conceitos; é necessário um conhecimento matemático sólido, porque daí teremos mais facilidade para interpretar o que os alunos sabem e fazer a relação entre o que eles sabem e a matemática formal. Então podemos dizer que: - interessar-se por matemática; - entender como os alunos aprendem e compreender os porquês das noções que pretendemos ensinar; - identificar os conhecimentos que os alunos já dominam, são dicas que podem nos ajudar nessa tarefa. Como o trabalho com as Salas de Apoio à Aprendizagem prevê que estaremos trabalhando com os alunos que têm dificuldades em Matemática, a proposta deste material é sugerir algumas atividades para o trabalho com os mesmos. O trabalho nas Salas de Apoio à Aprendizagem deve ser através de uma didática diferenciada, com metodologias de ensino que contribuam para a aprendizagem de forma significativa. Sugerimos algumas tendências da Educação Matemática, assim como alguns recursos como alternativa de ensino: História da Matemática; Resolução de problemas; Calculadoras; Tecnologias; Estimativa; Matemática recreativa; Jogos; Matemática de jornais e revistas; Matemática e cotidiano. Um aspecto muito importante é respeitar o ritmo de aprendizagem de cada aluno; deixando que cada um deles desenvolva ao seu tempo suas atividades. Cada aluno irá avançar de acordo com sua compreensão. Tentamos aqui contemplar conceitos que consideramos necessários aos alunos, para seu desenvolvimento intelectual e pessoal. As atividades propostas pela autora tem objetivo de enriquecimento às aulas das Salas de Apoio à Aprendizagem. Cada uma apresenta características próprias e podem ser utilizadas pelo professor adaptando-as ao seu planejamento. São atividades independentes que podem ser reproduzidas e utilizadas intercalando-as com as atividades planejadas pelo professor regente. Cada atividade trás em seu verso um encaminhamento ao professor onde constam os conteúdos explícitos e implícitos nela, além de uma projeção do material para utilização em séries mais avançadas. São atividades, ás vezes, não construídas pela autora e sim uma releitura de atividades já propostas. Bom trabalho a todos! A autora.

4 Descubra o padrão das seqüências e complete-as: <<Zahi Mass Raum 5>> Kant. Lehrmittelverlag St. Gallen

5 SEQUÊNCIAS CONTEÚDO Seqüências CONCEITOS CONTEMPLADOS Seqüências Figuras planas Pares Contagem PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador no Ensino Médio para alguns conteúdos..

6 Quanto vale cada um dos desenhos destas somas? Desenhos iguais têm o mesmo valor nas diversas adições. a) = 31 b) = 15 c) = 28 d) = 23 A partir do resultado da soma abaixo, tente descobrir o valor de cada desenho!

7 ADIÇÕES CONTEÚDO Adição de números CONCEITOS CONTEMPLADOS Adição Ordens e classes Operações inversas Raciocínio lógico Múltiplos e divisores

8 Era uma vez uma lagarta, Tão pequena que quase sumia; Iniciando no chão, na grande palmeira subia. Usando sempre o máximo de energia, Todos os dias 6 metros para cima fazia. Mas, a noite, sempre 4 metros descia. Ao anoitecer do 15º dia, a subida teve fim. Diga baixinho só para mim, Qual a altura da palmeira do jardim?

9 Problema poema CONTEUDO Adição e Subtração CONCEITOS CONTEMPLADOS Adição Subtração Raciocínio Lógico Números ordinais

10 Descubra os valores das formas geométricas e resolva as operações abaixo + -

11 OPERAÇÕES CONTEÚDO Adição e Subtração CONCEITOS CONTEMPLADOS Adição Subtração Figuras geométricas Raciocínio Lógico

12 Soma Soma

13 Soma Soma 60

14 Soma Soma 100

15 QUADRADOS MÁGICOS CONTEÚDO Adição de números CONCEITOS CONTEMPLADOS Adição Seqüência numérica Número quadrado (16) Noção de razão de Progressão aritmética Linhas e colunas Diagonais do quadrado Tabelas Noção de Matrizes Diagonal principal Diagonal secundária PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador no Ensino Médio para alguns conteúdos como: Progressão Aritmética Matrizes

16 Complete os quadrados seguindo as operações indicadas em seu texto: Da esquerda para a direita soma-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo também Da esquerda para a direita subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo também

17 Da esquerda para a direita subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo soma-se sempre o mesmo valor para preencher as colunas Da esquerda para a direita soma-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as colunas

18 Da esquerda para a direita soma-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo também Da esquerda para a direita soma-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as colunas

19 Da esquerda para a direita subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo também Da esquerda para a direita subtrai-se sempre o mesmo valor para preencher as linhas e de cima para baixo soma-se sempre o mesmo valor para preencher as colunas

20 QUADRADOS DE OPERAÇÕES CONTEÚDO Adição e subtração CONCEITOS CONTEMPLADOS Adição Subtração Seqüência numérica Número quadrado (25) Noção de razão de Progressão aritmética Linhas e colunas Diagonais do quadrado Tabelas Noção de Matrizes Diagonal principal Diagonal secundária PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador no Ensino Médio para alguns conteúdos como: Progressão Aritmética Matrizes

21 Efetue as subtrações = = = = = =

22 SUBTRAÇÕES CONTEÚDO Subtração de números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Subtração sem reserva Subtração reserva Adição Ordens e classes Tabelas PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para outra série

23 Descubra os termos que estão faltando nas divisões a seguir:

24

25 DIVISÕES CONTEÚDO Divisões de números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisões exatas Subtração Ordens e classes Operação inversa PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para outra série: Divisão de polinômios na sétima serie e Ensino Médio

26 Efetue as operações e complete as cruzadinhas A B C E /////// /////// /////// /////// K H G N O P HORIZONTAIS A E F H K M N P F /////// /////// /////// ////// ////// ////// /////// /////// I L M D : : VERTICAIS A B C D G I L O : :

27 A B C E /////// /////// /////// /////// K H G N O P HORIZONTAIS A E F H K M N P F /////// /////// /////// ////// ////// ////// /////// /////// I L M D : : VERTICAIS A B C D G I L O : :

28 CRUZADINHA CONTEÚDO Quatro operações com números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisões exatas Subtração Multiplicação de números naturais Adição Ordens e classes Operação inversa Linhas e colunas PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para outra série

29 Descubra os valores que estão faltando nas expressões numéricas 196 = 176 = 396 = 171 = 216 = 536 = 486 = 440 = SOMA : = = = = = = = = 172 Soma:

30 180 = = = = = = = = = = 320 = 296 = 399 = 137 = SOMA : = = 197 Soma:

31 196 = 240 = 284 = 290 = 166 = 465 = SOMA : = = = = = = Soma:

32 EXPRESSÕES NUMÉRICAS CONTEÚDO Quatro operações com números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisões exatas Subtração Multiplicação de números naturais Adição Ordens e classes Operação inversa Estimativas Múltiplos PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para o conteúdo de equações do primeiro grau

33 Complete os esquemas com os valores que estão faltando

34 VALORES QUE ESTÃO FALTANDO CONTEÚDO Quatro operações com números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisões exatas Subtração Multiplicação de números naturais Adição Ordens e classes Operação inversa Estimativas Múltiplos Divisores PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para o conteúdo de equações do primeiro grau

35 Complete os esquemas com os números que estão faltando

36

37

38

39

40

41

42

43 VALORES QUE ESTÃO FALTANDO CONTEÚDO Quatro operações com números naturais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisões exatas Subtração Multiplicação de números naturais Adição Ordens e classes Operação inversa Estimativas Múltiplos Divisores PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para o conteúdo de equações do primeiro grau

44 Descubra a massa de cada pacote nos casos a seguir

45 Na malha quadriculada, pinte de cores iguais as figuras com perímetros iguais

46 1) Complete a ficha: a) Dos polígonos representados na malha, quantos são quadrados? b) Quantos retângulos? c) Copie os hexágonos? d) Complete os parênteses com a quantidades de cada polígono que aparece na malha ( ) pentágono ( ) hexágono ( ) heptágono ( ) octógono ( ) eneágono ( ) decágono ( ) undecágono ( ) dodecágono ( ) tridecágono ( ) tetradecágono ( ) pentadecágono

47 PERIMETROS NAS MALHAS CONTEÚDO Perímetro CONCEITOS CONTEMPLADOS Perímetro Noções de área Polígonos de n lados Classificação dos polígonos PROJETANDO O MATERIAL O material lembra os Poliminós como elemento incentivador para polinômios o conteúdo de equações do primeiro grau

48 Pinte com cores iguais as figuras com áreas iguais

49 1- Observando a malha com os polígonos pintados, analise as seguintes questões: Polígonos de mesma área, têm necessariamente, mesma forma? Os polígonos de mesma área têm o mesmo perímetro? Qual polígono tem a menor área? Qual estratégia você usou para descobrir a área dos polígonos? Explique. Desenhe abaixo três polígonos da malha que têm mesma área e forma diferente.

50 ÁREAS E PERÍMETROS DE QUADRILÁTEROS CONTEÚDO Áreas e perímetros CONCEITOS CONTEMPLADOS Noções de perímetro Noções intuitivas de áreas Medidas Sistema Métrico Decimal Adição de Números Naturais Multiplicação de Naturais Estimativa Proporcionalidade Organização de dados em tabelas PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como forma de revisão do cálculo de área dos quadriláteros no ensino médio quando trabalharmos Geometria Espacial.

51 1-Calcule as áreas e os perímetros dos quadriláteros a seguir.

52 ÁREAS E PERÍMETROS DE QUADRILÁTEROS CONTEÚDO Áreas e perímetros CONCEITOS CONTEMPLADOS Noções de perímetro Noções intuitivas de áreas Medidas Sistema Métrico Decimal Adição de Números Naturais Multiplicação de Naturais Estimativa Proporcionalidade Organização de dados em tabelas PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como forma de revisão do cálculo de área dos quadriláteros no ensino médio quando trabalharmos Geometria Espacial.

53 ATIVIDADE Registre nas tabela os resultados dos cálculos realizados e aproveite as somas que nela constam para conferir seus cálculos; QUADRILÁTEROS PERÍMETRO ÁREA A B C D E F SOMA DOS RESULTADOS 988 mm 9864 mm²

54 2- Calcule as áreas e os perímetros dos quadriláteros a seguir.

55 ATIVIDADE Registre nas tabela os resultados dos cálculos realizados e aproveite as somas que nela constam para conferir seus cálculos; QUADRILÁTEROS PERÍMETRO ÁREA A B C D E F SOMA DOS RESULTADOS 105,2 mm 9143 mm²

56 3- Calcule as áreas e os perímetros dos quadriláteros a seguir.

57 ATIVIDADE Registre nas tabela os resultados dos cálculos realizados e aproveite as somas que nela constam para conferir seus cálculos; QUADRILÁTEROS PERÍMETRO ÁREA A B C D E F SOMA DOS RESULTADOS 1084 m 9108 m²

58 NÚMEROS RACIONAIS Divida os retângulos em partes iguais de acordo com as frações indicadas e pinte-as:

59

60

61 NÚMEROS RACIONAIS CONTEÚDO Números racionais CONCEITOS CONTEMPLADOS Divisão de números naturais Medidas Sistema métrico decimal Noção de parte todo Retas paralelas PROJETANDO O MATERIAL O material pode ser utilizado como elemento incentivador para outra série

62

CONTEÚDO E HABILIDADES MATEMÁTICA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3. Conteúdo:

CONTEÚDO E HABILIDADES MATEMÁTICA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3. Conteúdo: 2 Conteúdo: Aula Revisão 1: Geometria Polígonos: Classificação, nome, cálculo das diagonais e a soma dos ângulos internos. Congruência e Semelhança de triângulos 3 Conteúdo: Aula Revisão 2: Álgebra Polinômios:

Leia mais

Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental

Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental D01 D02 D03 Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras representações gráficas. Identificar propriedades

Leia mais

Prova Valor: 80 pontos A prova constará de 20 questões, sendo 15 questões discursivas e 5 objetivas.

Prova Valor: 80 pontos A prova constará de 20 questões, sendo 15 questões discursivas e 5 objetivas. DISCIPLINA: MATEMÁTICA PROFESSORES: PATRICIA, MÁRIO e MAGNO. DATA: 19 / 12 / 2016 VALOR: 20,0 NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 7º TURMA: ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Números Inteiros

Leia mais

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Programação anual 6 º.a n o 1. Números naturais 2. Do espaço para o plano Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Formas geométricas

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE TEMA I: INTERAGINDO COM OS NÚMEROS E FUNÇÕES N DESCRITOR

Leia mais

Conteúdos Exame Final

Conteúdos Exame Final Componente Curricular: Matemática Série/Ano: 6º ANO Professora Fernanda S. Hamerski Conteúdos Exame Final. Frações * Comparação de frações e representação por desenho * Operações com frações (adição, subtração,

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA - SADEAM 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA - SADEAM 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ESPAÇO E FORMA Identificar a localização/movimentação de objeto ou pessoa em mapa, croqui e outras representações gráficas. Identificar propriedades comuns e diferenças entre

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA (1º SEMESTRE) 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Marcello, Eloy e Décio.

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA (1º SEMESTRE) 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Marcello, Eloy e Décio. ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA (1º SEMESTRE) 7º ANO Nome: Nº - Série/Ano Data: / / 2017. Professor(a): Marcello, Eloy e Décio. Os conteúdos essenciais do semestre. Capítulo 1 Números inteiros Ideia

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 7.ºANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 7.ºANO Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos Infante D. Pedro 1.º Período Apresentação. Avaliação Diagnóstica Atividades de recuperação e avaliação 54 aulas 40 aulas 9 aulas 2.º Período 4s 3s 8 aulas 3.º Período

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro 1º Ciclo Planificação Anual. Ano Letivo 2012/13 Área - Matemática 2º Ano. - Sequências

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro 1º Ciclo Planificação Anual. Ano Letivo 2012/13 Área - Matemática 2º Ano. - Sequências Ver documento METAS CURRICULARES de MATEMÁTICA http://www.dgidc.min-edu.pt Números e Operações Números Naturais Operações com números naturais Regularidades - Relações numéricas composição e decomposição

Leia mais

Descritores de Matemática 4ª série (5º ano)

Descritores de Matemática 4ª série (5º ano) Descritores de Matemática 4ª série (5º ano) Prova Brasil Matemática São 28 descritores subdivididos em 04 temas. Tema I - Espaço e Forma. D1 - Identificar a localização /movimentação de objeto em mapas,

Leia mais

TEMA I: Interagindo com os números e funções

TEMA I: Interagindo com os números e funções 31 TEMA I: Interagindo com os números e funções D1 Reconhecer e utilizar característictas do sistema de numeração decimal. D2 Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Eloy/Marcello/Renan

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Eloy/Marcello/Renan ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO Nome: Nº - Série/Ano Data: / / Professor(a): Eloy/Marcello/Renan Os conteúdos essenciais do semestre. Capítulo 1 Números inteiros Ideia de número positivo

Leia mais

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I 6º Olímpico Matemática I Sistema de numeração romano. Situações problema com as seis operações com números naturais (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). Expressões numéricas

Leia mais

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM4/2017

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM4/2017 4º ANO Calcular o resultado de uma multiplicação ou de uma divisão de números naturais. Em um problema, estabelecer trocas entre cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro, em função de seus valores.

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA - SPAECE MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TEMAS E SEUS DESCRITORES

MATRIZ DE REFERÊNCIA - SPAECE MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TEMAS E SEUS DESCRITORES MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I INTERAGINDO COM OS NÚMEROS E FUNÇÕES D1 Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal. Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção

Leia mais

Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental

Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental MATEMÁTICA - 5º EF Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras representações

Leia mais

MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS

MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS II. Implicações do Suporte, do Gênero e /ou do Enunciador na Compreensão do Texto Estabelecer relação

Leia mais

TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB)

TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB) TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB) I. PROCEDIMENTOS DE LEITURA Localizar informações explícitas em um texto. Inferir o sentido de uma palavra

Leia mais

Legenda 0 à 25% de Acertos Baixo De 26 à 50% de Acertos Intermediário De 51 à 75% de Acertos Adequado De 76 à 100% de Acertos Avançado

Legenda 0 à 25% de Acertos Baixo De 26 à 50% de Acertos Intermediário De 51 à 75% de Acertos Adequado De 76 à 100% de Acertos Avançado Relação de Descritores que apresentam os erros mais frequentes cometidos pelos estudantes nas Avaliações Diagnósticas de 2012 do ProEMI/JF no estado do Ceará Em 2012 foram aplicadas Avaliações Diagnósticas

Leia mais

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Maria Aparecida Holanda Veloso e Liliane Cristina de Oliveira Vieira

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Maria Aparecida Holanda Veloso e Liliane Cristina de Oliveira Vieira COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

Números. Leitura e escrita de um número no sistema de numeração indo-arábico Os números naturais 24 Comparando números naturais 25

Números. Leitura e escrita de um número no sistema de numeração indo-arábico Os números naturais 24 Comparando números naturais 25 Sumário CAPÍTULO 1 Números 1. Os números registram o mundo em que vivemos 11 2. Sistemas de numeração 12 3. O sistema de numeração indo-arábico 16 Leitura e escrita de um número no sistema de numeração

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º

Leia mais

Descritores da Prova do 3º ano - Português. Descritores da Prova do 3º ano - Matemática

Descritores da Prova do 3º ano - Português. Descritores da Prova do 3º ano - Matemática Descritores da Prova do 3º ano - Português Tópico I Procedimentos de leitura D1 Localizar informações explícitas em um texto D3 Inferir o sentido de uma palavra ou expressão D4 Inferir uma informação implícita

Leia mais

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental Matemática EF Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental C1 Utilizar o conhecimento numérico para operar e construir argumentos ao interpretar situações que envolvam informações quantitativas.

Leia mais

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE MATEMÁTICA PROVA - 3º BIMESTRE 2011 2º ANO Reconhecer e utilizar

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa PLANO DE ENSINO 2015 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa I Etapa Competências Habilidades Conteúdos Revisão (breve) de conteúdos trabalhados anteriormente Construir significados

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 3 - MATEMÁTICA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 3 - MATEMÁTICA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO 3 - MATEMÁTICA Nome: Nº 8º Ano Data: / /2016 Professores Marcello, Yuri e Décio 1. APRESENTAÇÃO Caro aluno, A estrutura da recuperação paralela do Colégio Pentágono pressupõe uma

Leia mais

ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Nível* Nível 1: 125-150 Nível 2: 150-175 Nível 3: 175-200 Nível 4: 200-225 Descrição do Nível - O estudante provavelmente é capaz de: Determinar

Leia mais

MATEMÁTICA 6º ANO A/B. Números e cálculo. Geometria

MATEMÁTICA 6º ANO A/B. Números e cálculo. Geometria 1. COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS MATEMÁTICA 6º ANO A/B COMPETÊNCIAS GERAIS Cger1. Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas do

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 3ª Matemática 4º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade BLOCO: ESPAÇO E FORMA C2. Compreender os conceitos relacionados às características, classificações e propriedades das figuras geométricas,

Leia mais

Plano Geral de Trabalho da Disciplina de Matemática 2016/ º ANO Aulas previstas: 1º Período: 88 aulas 2º Período: 88 aulas 3º Período: 63 aulas

Plano Geral de Trabalho da Disciplina de Matemática 2016/ º ANO Aulas previstas: 1º Período: 88 aulas 2º Período: 88 aulas 3º Período: 63 aulas AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA Plano Geral de Trabalho da Disciplina de Matemática 2016/ 2017 2º ANO Aulas previstas: 1º Período: 88 aulas 2º Período: 88 aulas 3º Período: 63 aulas Gestão dos

Leia mais

Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática

Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática Análise dos descritores da APR II 4ª série/5º ano Matemática D10 Num problema, estabelecer trocas entre cédulas e moedas do sistema monetário brasileiro, em função de seus valores. O que é? Por meio deste

Leia mais

Matemática. Sumários

Matemática. Sumários Matemática Sumários Sumário Vamos começar! 8 4 Números naturais: multiplicação e divisão 92 1 Números naturais e sistemas de numeração 14 1 Números para contar 15 2 Números para ordenar e transmitir informações

Leia mais

32 Matemática. Programação anual de conteúdos

32 Matemática. Programação anual de conteúdos Programação anual de conteúdos 2 ọ ano 1 ọ volume 1. A localização espacial e os números Construção do significado dos números e identificação da sua utilização no contexto diário Representação das quantidades

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Décio/Eloy/Marcello

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO. Nome: Nº - Série/Ano. Data: / / Professor(a): Décio/Eloy/Marcello ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 7º ANO Nome: Nº - Série/Ano Data: / / Professor(a): Décio/Eloy/Marcello Os conteúdos essenciais do bimestre. Capítulo 1 Números inteiros Ideia de número positivo

Leia mais

PLANEJAMENTO Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental II Prof(a).: Jeane

PLANEJAMENTO Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental II Prof(a).: Jeane Disciplina: Matemática Série: 6º Ano Ensino: Fundamental II Prof(a).: Jeane 1ª UNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES Contagem 1. Números pra quê? H 1 ( Reconhecer, no contexto social, diferentes

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa Atual da Disciplina e Metas Curriculares 1º CICLO MATEMÁTICA 2º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

CURRÍCULO DA DISCIPLINA MATEMÁTICA / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014 1º Ciclo Matemática 2º Ano Metas / Objetivos

CURRÍCULO DA DISCIPLINA MATEMÁTICA / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014 1º Ciclo Matemática 2º Ano Metas / Objetivos de Avaliação Números e Operações Números Sistema de numeração decimal Adição e subtração Multiplicação Conhecer os numerais ordinais Contar até mil Reconhecer a paridade Descodificar o sistema de numeração

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO DO SARESP MATEMÁTICA 4ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL (EM FORMATO DE LISTA)

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO DO SARESP MATEMÁTICA 4ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL (EM FORMATO DE LISTA) 3.1.1. MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO DO SARESP MATEMÁTICA 4ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL (EM FORMATO DE LISTA) COMPETÊNCIA DE ÁREA 1 Desenvolver o raciocínio quantitativo e o pensamento funcional,

Leia mais

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações.

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações. 4º. ano 1º. VOLUME 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE Realização de compreendendo seus significados: adição e subtração (com e sem reagrupamento) Multiplicação (como adição de parcelas

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 8º ANO

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 8º ANO ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL MATEMÁTICA 8º ANO Nome: Nº 8º Ano Data: / /2017 Eloy e Rafael Professores Marcello, Yuri, Décio, Cauê, 1. APRESENTAÇÃO Caro aluno, A estrutura da recuperação paralela do

Leia mais

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS

POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS 7º ANO POLÍGONOS TRIÂNGULOS E QUADRILÁTEROS Polígonos Nuno Marreiros Antes de começar Não é possível pois uma circunferência não é formada por segmentos de reta. Nem tudo o que parece é Segmento de reta

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa PLANO DE ENSINO 2016 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa Competências e Habilidades Gerais da Disciplina Desenvolver a responsabilidade e o gosto pelo trabalho em equipe; Relacionar

Leia mais

Conteúdo Programático. Cursos Técnicos Integrados

Conteúdo Programático. Cursos Técnicos Integrados Conteúdo Programático Cursos Técnicos Integrados Especificações das Provas Disciplinas da prova objetiva Nº questões Pesos Total de pontos Língua Portuguesa 15 2 30 Matemática 15 2 30 Total 30-60 Prova

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Matemática 5º Ano OBJETIVOS ESPECÍFICOS TÓPICOS SUB-TÓPICOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período Compreender as propriedades das operações e usá-las no cálculo. Interpretar uma

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA Nome: Nº 6ºAno Data: / /2016 Professores: Décio e Leandro Nota: (Valor 2,0) 1. Apresentação: Prezado aluno, A estrutura da recuperação bimestral paralela do Colégio

Leia mais

Datas de Avaliações 2016

Datas de Avaliações 2016 ROTEIRO DE ESTUDOS MATEMÁTICA (6ºB, 7ºA, 8ºA e 9ºA) SÉRIE 6º ANO B Conteúdo - Sucessor e Antecessor; - Representação de Conjuntos e as relações entre eles: pertinência e inclusão ( ). - Estudo da Geometria:

Leia mais

Noções de Geometria. Professora: Gianni Leal 6º B.

Noções de Geometria. Professora: Gianni Leal 6º B. Noções de Geometria Professora: Gianni Leal 6º B. Figuras geométricas no espaço: mundo concreto e mundo abstrato Mundo concreto: é mundo no qual vivemos e realizamos nossas atividades. Mundo abstrato:

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Operações e Medida Tratamento de Dados Efetuar com números racionais não negativos. Resolver problemas de vários passos envolvendo com números racionais representados por frações, dízimas,

Leia mais

à situação. à situação.

à situação. à situação. Unidade 1 Números naturais 1. Números naturais 2. Sistemas de numeração 3. Tabela simples Reconhecer os números naturais. Identificar o antecessor e o sucessor numa sequência de números naturais. Identificar

Leia mais

FIGURAS GEOMÉTRICAS. MEDIDA

FIGURAS GEOMÉTRICAS. MEDIDA 7º ANO FIGURAS GEOMÉTRICAS. MEDIDA Alfabeto Grego. Linhas poligonais e polígonos. Nuno Marreiros Antes de começar Não é possível pois uma circunferência não é formada por segmentos de reta. Nem tudo o

Leia mais

MATEMÁTICA - 2º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos

MATEMÁTICA - 2º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos MATEMÁTICA - 2º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Números naturais Noção de número natural Relações numéricas Sistema de numeração decimal Classificar e ordenar de acordo com um dado critério. Realizar contagens

Leia mais

Departamento de Matemática Ano letivo 2016/17 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO Grupo 230 Matemática (2ºciclo)

Departamento de Matemática Ano letivo 2016/17 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO Grupo 230 Matemática (2ºciclo) Departamento de Matemática Ano letivo 2016/17 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO Grupo 230 Matemática (2ºciclo) Objeto de avaliação Itens/Parâmetros Instrumentos Ponderação Conteúdos da Testes

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E TECNOLOGIAS ÁREA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO CALENDARIZAÇÃO DO ANO LETIVO Período Início Fim Nº Semanas

Leia mais

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL O que são Padrões de Desempenho? Os Padrões de Desempenho constituem uma caracterização das competências e habilidades desenvolvidas pelos alunos de determinada etapa de

Leia mais

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano )

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano ) Ensino Fundamental (6º Ano ) Língua Portuguesa Em Língua Portuguesa (com foco em leitura) serão avaliadas habilidades e competências, agrupadas em 9 tópicos que compõem a Matriz de Referência dessa disciplina,

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

1. Posição de retas 11 Construindo retas paralelas com régua e compasso 13

1. Posição de retas 11 Construindo retas paralelas com régua e compasso 13 Sumário CAPÍTULO 1 Construindo retas e ângulos 1. Posição de retas 11 Construindo retas paralelas com régua e compasso 13 2. Partes da reta 14 Construindo segmentos congruentes com régua e compasso 15

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 7º ANO LETIVO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: Multiplicar e dividir

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2015/2016 5º Ano de escolaridade

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2015/2016 5º Ano de escolaridade Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 05/06 5º Ano de escolaridade

Leia mais

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM3/2017

MATEMÁTICA DESCRITORES BIM3/2017 4º ANO Calcular o resultado de uma adição ou de uma subtração de números naturais. Calcular o resultado de uma multiplicação ou de uma divisão de números naturais Ler informações e dados apresentados em

Leia mais

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série Compreender os conceitos, procedimentos e estratégias matemáticas que permitam a ele desenvolver estudos posteriores e adquirir uma formação científica geral.

Leia mais

Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática Eduardo 3ª 8 Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 2 Foco: Os conjuntos numéricos Construir significados para os números naturais, inteiros, racionais e reais. Competência

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 1ª Matemática 5º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade BLOCO: ESPAÇO E FORMA/ GEOMETRIA COMPETÊNCIA 1: Perceber o espaço ocupado pelo próprio corpo e por diferentes objetos, demonstrando

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 5º ANO MONIQUE MATEMÁTICA CONTEÚDOS:

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 5º ANO MONIQUE MATEMÁTICA CONTEÚDOS: A soberba não é grandeza, é inchaço. O que incha parece grande, mas não está são. Santo Agostinho CONTEÚDOS: Livro didático Matemática- Projeto Ápis Luiz Roberto Dante Editora Ática Capítulos: 9,10 e 11

Leia mais

2ª série do Ensino Médio

2ª série do Ensino Médio 2ª série do Ensino Médio Geometria Plana Cálculo de Áreas e Relações na Circunferência. Polígonos Regulares, Polígonos Inscritos na Circunferência e Trigonometria. Relações Métricas no Triângulo Retângulo

Leia mais

Av. João Pessoa, 100 Magalhães Laguna / Santa Catarina CEP

Av. João Pessoa, 100 Magalhães Laguna / Santa Catarina CEP Disciplina: Matemática Curso: Ensino Médio Professor(a): Flávio Calônico Júnior Turma: 3ª Série E M E N T A II Trimestre 2013 Conteúdos Programáticos Data 21/maio 28/maio Conteúdo FUNÇÃO MODULAR Interpretação

Leia mais

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 7ºANO 1º Período 2º Período 3º Período Apresentação,

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 8º ANO LETIVO 2012/2013 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Atividades de diagnóstico. Atividades de revisão e recuperação.

DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 8º ANO LETIVO 2012/2013 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Atividades de diagnóstico. Atividades de revisão e recuperação. Escola Secundária Dr. Solano de Abreu Abrantes ENSINO BÁSICO DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 8º ANO LETIVO 2012/2013 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS DE APRENDIZAGEM ATIVIDADES ESTRATÉGIAS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 5.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 5. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 5.º ANO ANO LECTIVO 2008/2009 1.º PERÍODO Avaliação diagnóstica. Poliedros

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Ler e representar números até ao milhão.

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Ler e representar números até ao milhão. ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLAS do 1.ºCICLO: N.º1 de Abrantes, Alvega, Alvega/Concavada, Bemposta, Carvalhal, Mouriscas, Maria Lucília Moita, Pego e Rossio ao Sul do Tejo

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

DEPARTAMENTO DE Grupo 1.ºCiclo. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 2.º ano 2014/2015

DEPARTAMENTO DE Grupo 1.ºCiclo. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 2.º ano 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE 110 - Grupo 1.ºCiclo Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Matemática 2.º ano 2014/2015 Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/Conteúdos

Leia mais

Matriz de Referência - Língua Portuguesa 4ª série do ensino fundamental

Matriz de Referência - Língua Portuguesa 4ª série do ensino fundamental Matriz de Referência - Língua Portuguesa 4ª série do ensino fundamental Em Língua Portuguesa (com foco em leitura) são avaliadas habilidades e competências definidas em unidades chamadas descritores, agrupadas

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva

Calendarização da Componente Letiva Calendarização da Componente Letiva 2015/2016 7º Ano Matemática s 1º 2º 3º Número de aulas previstas (45 minutos) 61 50 48 Apresentação e Diagnóstico 2 Avaliação (preparação, fichas de avaliação e correção)

Leia mais

Provas Seletivas 2018

Provas Seletivas  2018 Provas Seletivas 2018 Fundamental I Fundamental I 1 ano Escrita de numerais e quantificação; Ideia aditiva e subtrativa; Sequência Numérica. Escrita de palavra e frases a partir da visualização de imagem;

Leia mais

Jogo dos polígonos. Jogo dos polígonos. Página 1/13

Jogo dos polígonos. Jogo dos polígonos. Página 1/13 Jogo dos polígonos Este jogo tem como objetivos principais desenvolver a compreensão da classificação de polígonos quanto ao número de lados e da classificação hierárquica de quadriláteros, assim como

Leia mais

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica.

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Estabelecer relações entre representações fracionárias e decimais dos números racionais. Resolver situação-problema utilizando

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_6º ANO_A. Ano Letivo: 2013/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_6º ANO_A. Ano Letivo: 2013/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_6º ANO_A Ano Letivo: 203/204. Introdução / Finalidades A disciplina de Matemática tem como finalidade desenvolver: A estruturação do pensamento A apreensão e

Leia mais

Planificação Anual GR Disciplina Matemática 7.ºAno

Planificação Anual GR Disciplina Matemática 7.ºAno Planificação Anual GR 500 - Disciplina Matemática 7.ºAno Período letivo Conteúdos Objetivos Metas/descritores Recursos didáticos Avaliação Nº de tempos de 45 minutos Unidade- Números racionais 1º Adição

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas de Aprendizagem e manual adoptado 3º CICLO MATEMÁTICA 7ºANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

CURRÍCULO DA DISCIPLINA MATEMÁTICA / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014 1º Ciclo Matemática 3º Ano Metas / Objetivos Instrumentos de Domínios e

CURRÍCULO DA DISCIPLINA MATEMÁTICA / CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2013/2014 1º Ciclo Matemática 3º Ano Metas / Objetivos Instrumentos de Domínios e de Avaliação Números e Operações Números Sistema de decimal Adição e subtração Multiplicação Conhecer os numerais ordinais Contar até ao milhão Conhecer a romana Descodificar o sistema de decimal Adicionar

Leia mais

1º Período De 16 setembro a 18 de dezembro

1º Período De 16 setembro a 18 de dezembro Domínio (Unidade/ tema) Geometria e Medida Subdomínio/ Conteúdos Localização e orientação no espaço Meta de aprendizagem geral -Situar-se e situar objetos no espaço Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade

Leia mais

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores MATEMÁTICA 3º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Tópicos Números naturais Relações numéricas Múltiplos e divisores Novo programa de matemática Objetivos específicos Realizar contagens progressivas e regressivas a

Leia mais

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação

Aulas Previstas. Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação Escola E.B. 2.3 de Pedro de Santarém PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 5º ANO 2010/2011 Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividades Recursos Avaliação Aulas Previstas Preparar e organizar o trabalho a realizar

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 2.º Ano - Ano Letivo 2015/2016

Plano Curricular de Matemática 2.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 Plano Curricular de Matemática 2.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 1.º Período Números e Operações Conteúdos Programados Aulas Previstas Aulas Dadas Números naturais Conhecer os numerais ordinais Utilizar corretamente

Leia mais

1- Geometria 1.1- Espaço:

1- Geometria 1.1- Espaço: 2ª Matemática 3º Ano Competência Objeto de aprendizagem Habilidade H1. Identificar posição/localização de objeto/pessoa em uma representação gráfica (desenho, malha quadriculada, croquis, itinerários,

Leia mais

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL

Planejamento Anual OBJETIVO GERAL Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2017 Professor(a): Eni OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese, relação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 7.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 7. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 7.º ANO ANO LECTIVO 2009/2010 DOMÍNIO TEMÁTICO: NÚMEROS E CÁLCULO 1.º PERÍODO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C. Ano Letivo: 2016/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C. Ano Letivo: 2016/ Introdução / Finalidades. Metas de aprendizagem DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS MATEMÁTICA_5º ANO_C Ano Letivo: 206/207. Introdução / Finalidades A disciplina de Matemática tem como finalidade desenvolver: A estruturação do pensamento A apreensão e

Leia mais

1ª Ana e Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

1ª Ana e Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 1ª Ana e Eduardo 8º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 1 Foco: Leitura Compreender e utilizar textos, selecionando dados, tirando conclusões, estabelecendo relações,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO DE MATEMÁTICA - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de multiplicar e dividir números racionais relativos. No domínio da Geometria e Medida,

Leia mais

6º ano 1 o TRIMESTRE

6º ano 1 o TRIMESTRE ESCOLA ESTADUAL DE BOA VISTA E.F. Disciplina: Matemática Curso: Ensino Fundamental Anos: 6º, 7º, 8º e 9º anos Professores: Eliane R. Vicente Ano Letivo: 2012 II JUSTIFICATIVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE

Leia mais

Geometria Euclidiana Plana Parte I

Geometria Euclidiana Plana Parte I CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 2014.2 Geometria Euclidiana Plana Parte I Joyce Danielle de Araújo - Engenharia de Produção Vitor Bruno Santos Pereira - Engenharia Civil CURSO INTRODUTÓRIO

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares de Matemática 1º CICLO MATEMÁTICA 4º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

MATEMÁTICA 5º ANO 1º BIMESTRE EIXO CONTEÚDO HABILIDADE ABORDAGEM

MATEMÁTICA 5º ANO 1º BIMESTRE EIXO CONTEÚDO HABILIDADE ABORDAGEM NÚMEROS E OPERÇÕES MTEMÁTIC 5º NO 1º BIMESTRE EIXO CONTEÚDO HBILIDDE BORDGEM Numerais até unidade de milhão Representar, contar, realizar a leitura e registro de números até unidade de milhão (em algarismos

Leia mais