MARIO BENI JU S T IF IC O N E G O C i m n COGESP-CALÚ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARIO BENI JU S T IF IC O N E G O C i m n COGESP-CALÚ"

Transcrição

1 MARIO BENI JU S T IF IC O N E G O C i m n COGESP-CALÚ Para o ex-candidato a senador pelo PSP quem errou foi Carvalho Pinto, José Bonifácio e Antonio Luiz Ferreira Q iario d a S o ro c a b a n a Redação t OfUina* \ \ D \ II V o 1 (is? l>irvtur R esp o n sável: SALVADOR FE3V6A? s j j R u a A n to n io C Morl W TELEFO N E : Í98S Dl ItIM ID s. 21 4Í-I96Í m o t o r P ú b l i c o d e f e n d e o t p r o c e s s o o n e a o c i o Quando se cumpre um dever, não se deve temer ameaças ou perigos ocasionais: a nossa campanha continuará (Leia em FLASHS DA OPERAÇÃO LIMPEZA, na 3.a pagina) LANDULFO S /A. Comércio e Indústria C oncessionários F. N. M. p ara o E stado de São Paulo -= Sede em Ourlnhos = = = = = I5IÕ I5T 1 Tem os a g ra ta satisfação de com unicar aos prezados am i gos e clientes, que o lim o. P resid en te da F. N. M. M ajor Jorge Albertu Silveira M artins, que em carta de 12 de Junho de 1964 acaba de nos nom ear, concessionários para o Estado de S ã o Paulo, p ara a venda de cam inhões, onibus, autom óveis AR modèlo J K 1, e respectivos sobresalientes. LA N D U LFO S/A - C O M ÉR C IO E IN DÜSTRIA Rua do E xpedicionário, F ones: m b RP 'AL oferece Letras de Câmbio com aceite da FINASA S.A.eBRASIL S.A. RENDA S E G U R A N Ç A LIQUIDEZ Correspondente Particular: I A C O M O C H I A R A T T O Rua D. Pedro I, 558 Fone, URINH0S II Gráfica Editora Diário da Sorocabana comunica às tipografias da região que está distribuindo os papeis utilizados em impressos comerciais, a preços da praça de São Paulo. Rua Antonio Carlos Moii, Tel: U RINH 0S Com a Kombi v. econom izo ta n to em g aso lin a, ó leo, pneus e outras despesas, que d á até p a ra com prar outra. Em relação ao s utilitários d e o u tras m arcas, só em gasolina (que é coro) v. econom iza 50%. A Kombi faz 10,5 km com 1 litro. Em óleo, então, a econom ia é enorm e. A Kombi precisa d e dois litros e m eio de óleo no cárter. Entrada para outra Kombi. E troco a p e n a s a cad a km. O s gastos são m ínim os em pneus e na m anutenção em geral. E se v. co m p arar o preço de aquisição, então, a econom ia vai m uito longe Além d e tudo isso, é bom não esquecer que com a Kombi v. tran sp o rta m uito m ais carg a. Suo c ap ac id a d e é de 845 quilos, distribuídos num espaço de 4,8 m 3. C a rreg a e d e scarreg a multo m ais d epressa pelas duas portas laterais. Isso tudo representa lucros m aiores p a ra v. Com a econom ia que a Kombi proporciona, em pouco tem po v. tem a en trad a p a ra outra Kombi. Uma dem onstração vai lhe p ro v ar isso e m ais ainda. 8fV [NDED Ct Esperam os sua visita, a utoriza do : uiaeir Rua A ntonio Carlos Mori 115 Caixa Postal, Tel: URINH0S OCULISTA ---- Dr Fuad José Pedro Tel: (consultorio 2238 (resídencia) Para melhor comodidade e conforto marque hora 1 l tk f l R A M v S P R O O l T O S CIP0SA

2 1'Aglna 7 DIÁRIO DA SOROCABANA fh ir rilios, Domingo, 21 dc Junho i jg FAZEM ANOS HOJE R o se ly A n d o lfo R /eu. O r e s te s O d e te A b d n T a n ls B e lm lr a S o a r e s S a n to s A lc id e s G o m e s C n d ld o P e r e i r a S a n to s V a lé rlo JX illano M a u ro A p a re c id o M in u c c l H f r m e n e g ild o Z a n o tto F ilh o P e d r o D u r o m M u rlm M a r u tia G ló r ia A N a r d i M a rla C. P a c h e c o M a lh e ro s R i ta d e C s s ia J o s e f in a M. F r e it a s M a ria. C le u s a EM IB IR A R E M A L u iz D 111 D é a E M S A L T O G R A N D E T e r e z ln h a A g o s t n h o E M B. D E C A M P O S V ic e n te F a b r is A u g u s to M r t e a n N e to E M P I R A J U ü m b e l l n a C e s ta d o s S a n to s F A R A O A N O S A M A N H A I r i n e u L a ln o Cleic-e V e le n lq u e C lé lia N o g u e ira d e S o u z a M a ria C a rm e m C r e s p o N i. F a c c ln i M a r J d a V e rl d e P a iv a M a r a L u lz a L a ls ti E M X A V A N T E S L e o n c r R ib e ir o P ire s E M P I R A J U H d b ib J o s é DLA 23 M a r le n.3 R m o s B ris o la N o e l N u n e s F a r ia D o r iv a l S b n o J o a q u im S ilv e ira F r a n c o O r l o n d a C u s tó d ia W a lt c r O liv e ira J o i o G a r b ln J o a n v E lza. P e r e i r a M g lia i S u e ly M ir a n d a E M X A V A N T E S J o fto M a le r b a J o â T e ix e ira. P in to F M P A L M IT A L M s rio A n to n io V ilela M o ra e s E M P I R A J U R o sa T e d e s c o d e P a iv a M n r a M a n o e la G P a r r a E m S a n t a C ru z d o R io P a rd o Jo fto C a m a rg o M a th ild e V ila s B e e s E M IB IR A R F.M A Jo fto C a r lo s T c z z i D IA 24 CASAMENTO J o â - B r a n d i m a r te C lo r lv - ld o T o lo to J o a q u im F. d e A n g e lo D â r lo P e r e ir a d e C a s tro J o fto M a rq u e s d a S Iv a J^ R o C 'l m o n V le r a M a r l i N. O U v e ira P a lm a P lin lo P e r e i r a S o u to M o is é s M n u c c l A d j : n l r a G r a c ia n o B a r r e t to D r. J o ã o B a t i s t a M e d e iro s Jo&ci j e s é G e c r g in a G o m e s T e r r a J o fto L e ite A l c x a n d e M a rc s s P in to FM X A V A N T E S A g e n T M 'g a n h a E M IB IR A R E M A J o â? G o m e s d a R o c h a F ilh o E M S A L T O G R A N D E I d a l n st c. A g o s tin h o E M P I R A J U M ^ r h s B. M a rq u e s J o õ o A le x a n d re d e S o u z a E M M A N D U R I O s c a r L u c i a n a G o m e s F ilh o Rieahzar-ee-á em B auru, ntx d a 27 die' Ju n h o ús 12 h ras, o. n lao m atrim onial dós jovens LENY e OSWALDO SCARABOTTü. Ela, filha de Da. Jacy M endes de1 Moraes, e éle filho de Da. A usonia M. S caraboll. CASA PAILISTAKA INFORMA O PROGRAMA DA SEMANA Apre enterá hoje em Matinal as G O R G O Colorido com BILL TR A V ER S VELOCIDADE CACHORRA - desenho colorido Vesperai 13,30 hs. e a noite em tres sessões as 17,30 20 e 22 horas C olorido em CinemaScope com REG PARK Amanhã em vesperal as 14,15 e a noite na primeira sessão as 19,30 horas HERCULES NO CENTRO DA TERRA C olorido CinemaScope com R EG PARK Na segunda sessão as 21,30 horas 0 CONSELHEIRO DE SHOGUN Filme Japonês Col. CinemaScope com Legendas em Português 3.a feira em vesperal as 14,15 e a ncite em duas sessões as 19,30 e horas R A V I N A to m M ARIO SE R G IO M I L H E M R R T I S T I C I G rande O ficina de E squadrias M etálicas Fabricação de Portas de Aço onduladas V ilraux sim ples v artístico» Grades < Portas p ara estabelecim entos Com erciais, Ba/noos, etc. O rnam entos mediante- croquis ooi desenhos A tende-se a domicílio. G eron ym o L eide Rua Cardoso R ibeiro, 1344 F o n e: 2627 Caixa Postal, 411 OURINHOS : Estado de1são Paulo- Cia. Agrícola e Industrial t t A V E FARINHA DE MANDIOCA, FARINIIA DE RASPA e FURA MIMOSO. R ua: A ntonio Prado, andar S/C fone 175 Caixa, Postal, 455 OURINHOS w w FABRICA: FILIA L: Fazenda Santo Antonio SALTO GÍRANDE CASAS O F E R E C E Rua A m érico B rasiliense, n.o 241/245 Fone, SAO PAULO BURI Lãs, Flanelas e C obertores pelos m enores preços. Retalhos com 20 % d e Descontos U m a v ê z BURI, sem p re BURI Rua: Paraná, OURINHOS - Auto P e ç a s Ourinhense Ltda. PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA MERCEDES, F. N. M. CHEVROLET. Rua do H xpedicionário, 808 Fone 14 FORD ATENDE-SE A NOITE:- Rua do Expedicionário, n.o OURINHOS CONVITE A DIRBTORIA DO GRftMIO REURKATIVoI DE OURINHOS, I m a praz. r die convidar oh seus associadas Exmo-s. fam il a s p ara tomarem pnrt** no Baile- Caipira, que fará r abzar n o - d i-a 28 die Ju n h o, em n ja sé d)-- ^ocial. O Bailei s e r á abrilhantado* po-r TREVIZAM E SEU CONJUNTO. R- s- rvas de m-f,-sns: Na S cre!ar *i todas as noite» das 20 ás 22 heras. T raje: - CAIPIRA Rua Duque de Caxias, 425 Fone 136 C lín ic a S a n ta Luzia ESPE C IA LM EN T E INSTALADA PARA EXAMES T ratam en to e O perações das M oléstias dos OLHOS. OUVIDOS, NARIZ, GARGANTA E BOCA In-talação com pleta de eletricidade médica, aposentos p a ra in tern am en to cks operados. MEDICO ESPECIALISTA: DR. D IO G EN ES G. R IB EIR O Av. Altino Aratntes, 203 Pone, 53 OURINHOS 9 EM. de SSo Pnnlo :0 0 : - -no oo- «0 ' - _ Cantina Itália REFEIÇÕES COMERCIAIS Bistecas de porca, de boi. Brachola-. M acarnonadas, Frangos assado, <á passurinho Cozinha Ilaliana- sob a direção d s pro*' pri etários. Rua Exp dicionário, OURINHOS l i» GOLIN" O F E R E C E Negócio de Ocasião T roca-se p o r terrenos - m L ondrina, ou j v n d e rs e com facilidades, os > gnintes ter- ' r nos, situade-rs -em O urinhos 1 Io,te. no Jardim O uro Verde- 400 m2. I jiró.x in'*i -ao colégio S an ta Antônio. CR.Ç ,00 1 lote n a Ja-rdim R la. Vista- 400 in2, pró* j xim o a u-s-ina de força da E. F S. na Vila M argarida, CR.S í ,00. 1 lote duplo com 800 in2, na Vila Mar- j gari da, próxim a ia Máqu ina-dei B eneficiar Arroz. CIL$ Inifc no Jardim Mat-lde coirn 360 m2, I próxim o ao asfaltei, com dais comodos de madeira nos fundos. c n,m toda fr nte vaga. CR.S lote no Parqu-e M inas Gv-rvi s. VENDE-SE U m t m>no de 2.5(X> mis. 2 T ralar com a sr. /. É / d. ni sla redação. 4 a feira em vesperal as 14,15 e a noite em duas sessões as 19,30 e 21,30 horas ROMULO e REMO Col. Cinemaacope com S T E V E R E E V E S e G O R D O N S C O T T E a GABA PAULISTANA oferece urn fabuloso -s-orli m en to em cam isas, Blusas, Gal- ças, e um a infinidade de artigos CASA PÂULIS7AM R ua 9 di Julho, 247 OURI NHOS Irmãos Kobata Ltda. Peças e acessórios para autos em geral LOJA - F o n e s e ESCRITORIO RES1DENC1A 2394 Rua Expedicionário, 963 OURINHOS

3 O u r nltos. D o m in g o, j i <ir,iu n iio <1 Flashs da Operação Limpeza MARIO BENI REM ETEU O F IC IO A CA M A R A M U N IC IP A L D E O U R IN H O S JUSTIFICANLX' A C O M PR A DO IM O V EL D O P R E F E IT O C A M E R L IN O O C A L o ARA B E M Q U E FOI C O M PR A D O R NAO H O U V E N E G O C IA TA H O U V E SIM UMA T R A N S A Ç A O L IC IT A I9C. H O N E S T ÍS S IM A <I) E N T R E A C A G E S P E O P R E F E IT O t: A C O IS A PA R A B E M F O I M U IT O S IM P L E S DEVO LV EU UM T E R R E N O QUE P&RTENCIA V CO M PANHIA DE ARM AZÉNS G ER A IS DO ESTADO, Q UE LHE F O RA DOADO PELA P R E F E IT U R A M U N IC IP A L. E C O M PR O U O U T R O IM O V EL D. PR O PR IE D A D E D O P R F F E 1 IO A ESC O LH A. A IN D A SE G U N D O M ARIO B E N I, RE '-AIU NO IM OVEL DO P R F F E IT O O M ESM O Q U E F O R A C O N D E N A D O EM 1900 PELOS T É C N IC O S DA C A G E S P CO M O UM M AL NEGÓCIO X XlXItlu l!l'\ I 1.11 WIKI KSTAX.X KM VK.IAciA (i \RTIGU, lm ATM I.NSTITI CluN \ 1. I i m i Cjl 11 TlNHc». \ \( Ximil n ; - m» AGUR.X "I I I NFIll NT.XR O AHTIGO 7... SER A QV K M \R t '!!KM r l l \M " Ml l : \ RKVMI.l Ç*\<> i MARCn n \\ l>\ra \l M IM ' \H <» S l PODER K IR miius (is CORRI PT us (ll I MS M IUTARES NvU - \ m: \ m i*\ w :r \ v p a r a i xzih xik.lx m.xui.i çxu ESTÃO Al Mt\ CI i.mpl I.TA-I.A I X Ql K '< XI... TURIli XDK.s L ClX.. IS NÃO TÊM COMPETEM:!A Ml vn\u l * l»lk n K.I \M I XZK... I \ POR INTEIRO. U M A C O IS A M A R IO B E N I C O N F IR M O U N O O F IC IO L ID O NA S E S S Ã O D t X I A -F E IR A U L T IM A D A C A M A R A A N O S S A C A M P A N H A T O D O S O S D E T A IH E S DA N E G O C IA T A E S T A O E S C R IT O S N O O F IC IO IX ) S R M A R IO B F N Í ISQVFCEU D l DIZER UM A CO ISA SÔ -O Q UE EVIDENTEM ENTE TER A DF C O N FIR M A R D IA N T E DA C O M I A O G E R A L D E INQUE1 IT O l Q U E O N E G Ó C IO 6 IM O R A L A IN D A Q U E O S S E U S A D V O G A D O S O C L A S S IF IQ U E M D E L E G A L I ILEGAL A IN D A Q U E O P R O M O T O R P U B L IC O D E O U R IN H O S O D IG A L E G A L UM A T O Q U E D E S O N R A U M A A D M IN IS T R AÇAO f: U M A T O Q U E E N V E R G O U M G O V I R N O E Q U E S Ó P O D E S E R D E F E N D ID O M E S M O P O R H O MENS SE M Q U A L ID A D E S P A R A A V ID A P U B U C A C O M O F O C A S O D O S S R S C am E R L IN G O C A LÔ E M A R IO B E N I O U P O R U M P R O M O T O R P Ú B L IC O Q U E SE E S T A D E IX A N D O E N G A N A R N A S U A B O A F E A XLül NS slturks l)a PUPl L.XÇÃu Dl. 01 ItlNHUS I-!c X-?!'M Al. ARMADOS COM X PusiCÃu XSM Ml DA PELO PROMOTOR ItLICU u l I 1 STA SIB STIT l INDO u DD. NKGIl.XK< NA GO MA 11- «: x S I X X l <T \ PROCURANDO ÍNUCKNTXR O PRKKKITO Dl. TmDAS \< IRRKGl I AIUDADI " XPONTADAS POR KSTK JO R W I. I. I,! 1.0 \ I P.l ADOR ALHKIlTO SANTOS SU.XHI " " I \ X CHKGOl \'i PONTO M.11 STIFIGAR V I NISTPACIA Dl'. X XI.I> Nd COT RI* A PHKKHTl RA INCI.l SIVK XolKLK XAl I DO VERK XDOR Ll - X D X SI IA x INULl SIVK (I VALI I " 1 V XI L XI RI.A NU OKI NI.Mil [-M NA PKKVKITl RA NEM XX CIDADE <ADI mi I \ i XCIIOQIK vtft O PROMOTOR NÃO CONHECE Es^E IMA CINARIO i:\x ALIIEIDO TÃO ÍNTIMO D<> PRI.KEITO ul E CHECA Xo P 'XTO Dl; FAZER X XI.I " NO CAIXA DA PREEEITl D X x A P R E O C U P A Ç Ã O D E S S E S S E T O R E S F O I M A IO R Q U A N D O S O U B E N DA M E N O S D E Q U A T R O P R O C E S S O S D E IM P R E N S A I I I fc QUE F O R A M IN S T A U R A D O S O NTRA NOS, S E N D O Q U E T R É S N A S C E R A M E M V IR T U D E D A D E N Ü N U C IA FEITA P E L O P R O M O T O R Q U E E S T A S U B S T IT U IN D O O D R N E G R A E S T A IS PR O CESSO S B E M C O M O A O P IN IÃ O O U P A R E C E R E S D O P R O M O T O R N A O NO S '*REOCUPAM E S T A M O S D E F E N D E N D O U M A C A U S A IU S T A O IN T E R E S S E P u M ICO SE O P R E Ç O D A N O S S A D IS P O S IÇ Ã O D E D E F E N D E R O P A T R IM O N IO T B L IC O F Ô R O P R O C E S S O. C O M P A R E C E R FIM O S P E R A N T E A J U S T IÇ A C O M AS PROVAS D A V E R D A D E S E O P O D E R J U D IC IÁ R I O F A L H A R 'O Q U E N A O A C R E DITAMOS- P A G A R E M O S O P R E Ç O Q U E E L E N O S E X IG IR Q U A N D O S E C U M PRE UM D E V E R N A O S E D E V E T E M E R A M E A Ç A S O U P E R IG O S O C A S IO N A IS A to S S A VID A NO J O R N A L IS M O. Q U E C O M P L E T A E S T E A N O O S E U 18 A N IV E R ARIO. S E M P R E F O I P O N T IL H A D A D E L U T A S E S A C R IF ÍC IO S SF.RA Q U E O U - IUNHOS D E S F JA U M JO R N A L A C O M O D A D O T IM ID O. C O V A R D E. D E F O R M A D O 1 BLA C O R R U P Ç Ã O O U O JO R N A L A L T A N E IR O. L IV R E D A S IN JU N Ç O E S D E D l HFIRO E DA P O L IT IC A L H A? E S T E JO R N A L E N T R O U N O S E U 7 AN O D E I-XISTENCIA E N U N C A M E R C A D E JO U A S U A O P IN IÃ O D IFÍC E IS DA V ID A P Ú B L IC A D E S T E P A IS. N A O S E O M IIT IU N O S M O M E N T O S M A IS P A R A T U D O T E M "PINLAO P R Ó P R IA E E S S A O P IN IÃ O N U N C A É E M IT ID A P A R A C O N T R A R IA R IN - r tr É S S S P Ú B L IC O O U P A R A A T E N D E R IN T E R E S S E S P E S S O A IS K S U S T E N T A. 'E P R E S E N T A T U D O D E B O M E OTTL Q U E F E Z D E S T A C ID A D E UM A D A S P R IN 'P A IS DA S O R O C A B A N A N O JU L G A M E N T O DA O P IN IÃ O P ú B L IC A O U R IN H F N * T R IB U N A L R IG O R O S O J A M A IS S E P.F M O S C O N D E N A D O S P O IS ELA S A BE QUE E S T A M O S C U M P R IN D O C O M F ID E L ID A D E O N O S S O D E V E R X X X\ (i^ JN\'lIC Alt O RKPOIMHNTd IH Sl!S^ CARLOS XI. ' KliTn c.xmx XLHU PINTO IIU.II MINISTRO lio THIHI XXL DK :"NT\S HO ; ST ANO.lOSfí HONIK \C U COl I IM ld Xi H.1 Kl HA. K\- ShCRKTARIo I >\ XCHICl LTl HA. M»l MAR HK RAIUIOS <;()\ Kit NA IHIR In.,vT xiin XI AR KG UAL TAIRINO RKZKNDK HRKSinKNTr COMISsAO (ilral DK INQUÉRITO XNToNIli Ll IZ I KRRMRA ' *K NÃO >(i ii H II HKX KLAIM1 AGORA l->si-> Cl I) X n.\d> DKX I mi I -i I.XHKOI II SI. \ COMPRA MO TKIIHI.NO l»0 PHKFK1 I O UH MA TIIAXSAI \0 PKKFKITAMKNTK LKOAL K I>K INTI IO'.SSK l*i,; ILm 01 XI X XOOOCIATX ALI a s A PR1 X ENÇA IX ) EX G O V E R N A D O R C A R V A L H O P IN T O NO, f ) t PO NTO P A C IF IC O. P O IS O RR M A R IO B E N I N O O F IC IO Ql i DIK G r-amar A C R IT IC O U A A D M IN I8T R A Ç A O DA C A G E S P D U R A N T E O G O V ERNO ' TFKiOR ft N E C E SSÁ R IO L E M B R A R AOK L E ITO R I Q U E <> P R O F AHVA 1h O PINTO CERCOU A O P F R A Ç A O D A C A G E S P EM O U R IN H O S D E T O D O S O.1 «l ' * * * NBCE KHU,, V O IF 7 \ D O IN T E R E S S E PU B L IC O NA IP O C A D E IX O U,,F: f f>mprar O TF I?RENO DE CAM ERLINO O PO R C R «10i»00 O -II-.IRO!!"'D O (> M E S M O Q U E ELE V E N D E U AG O RA P O R C R A ' p* ' M IM OVEL D O A D O P E L A P R E F E IT U R A E H T A R IA O P R O F CA R V A. ^ E N T R A R,A N IX, O IN T E R E S S E P U B L IC O? S E R IA <» C U M U L O D O A B S T O D O E U v ARA a C A D E IA P O R C R IM E D E IM P R E N S A A C t AD O D E < A1 1 MAR IO BENI i C A M E R L IN O O E T E R C A R V A L H O P IN T O C O M O M E ^ S E IR o DF CELA P O R Q U E O M E S M O M A R IO B E N I D E S C O B R IU IR R E O U L A R I, M D E 8 PM SE U G O V E R N O S UO CIATA X NAO S E I O Q U E O G O V E R N A D O R A D E M A R D E B A R R O S D 1R A NA O A C R E D IT O Q U E A D E F E N D A D I A R I U B A S (I R I M \ R A N A PÁ G IN A C o tv ju k i P ln v i v \ f i l a r» o. brv a n e g o c ia ta C -ig erp -C iló O : eu d ep o lm -n U ).erâ Invoc.ido p e lo D l A R I O O d e p u ta d o S ilv e s tre F m / E gre).i i fo tq i e s tá co llg in d o d a d c n s o b re as reiv in d ic a ç õ es d a reg i6 " p i m a p re -en tá.la.s a o p r - d e n te C au - l B n n v o U m «tos p ro b le m a s a s e r c u i- d d a p o r a q u e le p a rla m e n ta r udenlst j é o r e tô m o d i séde d o 4 o D i u r :to d a R é p a ra O u rin h o s IK eeta b e b e n d o c h a m p 1 n h -t n s F»-m ça e ch'»i n d u, a s s iç á o dcv. ctut d ire ito * i> U tlcí* O S R A N T O N IO L U IZ F E R R E IR A C U JO N O M E F O I JO G A D O AO PE L O U itln H O P E L O A T U A L P R E F E IT O E S T A R IA C O N IV E N T E CO M C A R V A L H O P IN T O OSE B O N IF Á C IO NA T R A M A D E S C O B E R T A P O R M A R IO B E N I E JU N TO -1. C O N T R A R IA R A M O IN T E R E S S E P Ú B L IC O? O Q U E L E V O U O E X -P R E F E IT O A n AO C O N C O R D A R C O M A L O C A L IZ A Ç A O D O S A R M A Z É N S DA C A G E S P N O IM ó VEL D L C A M E R L IN G O Q U E S T Õ E S P O L ÍT IC A S O U O IN T E R E S S E P Ú B L IC O 1 <: D E P O IM E N T O D O E X -P R E F E IT O V A I E S C L A R E C E R A L G U N S P O N T O S IM P O R T A N T E 8 DA N E G O C IA T A ' ii M.xiiKKH.XK i vuiiim) h k z i.m h ; í-. o pitksiiu: \ t i : nx i MMISSÃIO HI ill.xl m. INVKsTKiAÇõl.S liluai'x HKU» (KiVf.HMJ HKVOLl CluNAÍtm n u MAHKGII\K i: XSTKI.U HRANHO f u KXFCl i'oft IK) AIITIC.O 7 liu ATO INSTITniIONAK x.lusf» HUXII ACIU DIA KR.X KSKLAIU IIKH KM SI I HKI'01- MKXTu PUIIUI K A CAOASI» 1 BKM -flll u TKHHKXu liu.xik) VKI.A PIIKIKITI lí X K NÃO COM PRO I U DF. IMVOPHIKHAnK I* A II UM X '. XMKHLINC.U \ CIA.- SKIiA ul K>.111 CONTIlAHIOl 0 INTKHKSSK PÜMKICU XTKXIlFNDO Cu NSKI.IIU DOS TfcNlCUS HA C\C. >» Ul I CUNHKXAHAM u TKHIIKNu H0 IMIKFFÃTU? x Ul A N lu \u NUMK Ul I XINHX NÃU P0SSU ',KX I I.Ali I HATA-SK. 1)1. TMSTKMMI Nli \ UCl I XII DA TUANSXÇx" XI' x HKCKIIA XX IIUHA OpuHTI N A CuM DOCl MKNT0S ul V. Ml ITU P< - DKHÃU XJIDAH X.11 STIÇA N X X1*1 RAK.ÃO I»US I AT0S x X A U L T IM A L IS T A D A S C A S S A Ç Ó E S C A U SO U D E S C O N T E N T A M E N T O C H A M A D O 2 " E SC A L A O R E V O L U C IO N Á R IO Q U E È C O N S T IT U ÍD O P E L O S O FT. C IA IS Q U E P R E S ID E M O S IN Q U É R IT O S S O B R E A C O R R U P Ç Ã O M U IT O S D E S- s C S O F IC IA IS E N T E N D E M Q U E FA L T A M M U IT O S N O M E S NA L IS T A NO S E G U N D O. P E N S A M E N T O D E S S E G R U P O D IN Â M IC O D O E X E R C IT O A R E V O L U Ç Ã O NAO =T)1 F E IT A P A R A R E S O L V E R O S P R O B L E M A S P E L A M E T A D E. MAS P A R A E X T IR P A R O M AL Q U E C O R R O E A S F O R Ç A S V IT A IS D O B R A S IL X PLÍNIO COELHO. O (1KNKRAL J.XIH D.XNTA> HIHKIHU I l \-MINISTRO WILSUN I AIU I. TIVKHAM OS SKVS D1RKIT0S C\^- SADOS NU l I.TIMO DOMINGO x H E L IO F E R N A N D E S. D IR E T O R DA T R IB U N A D A IM P R E N S A EM E D IT O - 1HAL P U B L IC A D O N A E D IÇ A O D E T E R Ç A -F E IR A Ú L T IM A. D IZ Q U E A R E V O L U Ç Ã O F O I T R A ÍD A E E S T A U L T R A P A S S A D A S E G U N D O O M E S M O E D IT O R IA L F O R A M R E T IR A D O S D O "L T S T A O O S N O M E S D E J O S É E R M T R IO D E M O R A IS A M A R A L P E IX O T O. S A N T H IA G O D A N T A S. T A N C R E D O N E V E S. S E B A S T IA O P A IS D E A L M E ID A E O U T R O S C O R O N É IS D O C O N C L U IO P T B P S D X XHI K.XHD0 Jl HKMA K.sT.X HSCHKX l.ndu I M LIVRu m i HRK X RKVOI.I CÃO DK MARÇU >K\T X-l K1H.X Kl. «Jl K SKH.X LAN ÇXDU PI I X KDITOHA O CfUZF.lRu. X XI CONTXR Ml ITX MKX TIRA O EX-MINISTRO DE JANG0 ESI KSCRFVENDO NA BASE n u i iso v k k «:um \ sk N sir ilinxni: t o g a d a p k l a sa i d a d e da x m x NUTl HNA D0 RIO X o D E L E G A D O A N T O N IO R IB E IR O D L A N D R A D E SE R A O F U T U R O S E C R E T A R IO DA SE G U R A N Ç A D O E S T A D O D E S A O P A U L O O A T O D E SU A N O M EA - C A O D E V E R A S E R A S S IN A D O P E L O G O V E R N A D O R A D EN la R D E B A R R O S P R Ó X IM O S D IA S D A S U N O S R IB E IR O D E A N D R A D E E H O M E M D E A B S O L U T A C O N F IA N Ç A F O R Ç A S A R M A D A S E A M IG O P E S S O A L D O G E N C O S T A E S IL V A M TN IS. T R O D A G U E R R A X u I N-X KRI XDOR \L \ XRU RlHKlHu DK XiOIL\l>.IX <K K\- unth.x N X Cin xm Cu MP.XRKCKI N X T.XRDK l»k M :\ r.\-fkir\ DKLKG.XCI X DK P0L1CI X unhk FOI OI X1IH) K LIHKRTADO PKI " DRI.KGAD0 nkudatu DK XlVXl!J(i Xul KI.K Pi H.ITICO. QUE PRK- <IHK O nirktohk) Ml NICIP'1. DO PTIL HKNI NCI01.X" MANDAu»K XKHK.XDOK Nu DIA IV l*u C0HRKNTK R A Ç Ã O <. V. S O C I L A melhor ração do Brasil n g o r a v o cê p o d e p roduzir M AIS LEITE com M E N O S ALIMENTO Este re s u lta a o lh e g a ra n te a s n o v n s RACOES MELA- Ç A D A S DA SOCIL p o rq u e sã o M is N 'tritivas Mais S aborosas Mais Digeridas S0C!l lhe oferece as melhores rações Para - AVKS BOVINOS SUÍNOS \ rii lfi- Giinveiilrados P0KD1L - SU INl S PIN1AIL <A S X1INKIVMS POLIVITAMINAS SUPKILXVITA. PRODUTOS VETERINÁRIOS ETC. Dando os melhores falôre< que possibilitarão á granja produzir sem pre mais e por menos custo. & RUA XNTÔNiO CARLOS MOR1. 20 CAIXA POSTAL. 300 Telefone Ourinhos i l o» l i l i i h o N N e r r a i u i t- Uei«la» 4( i ii iii K ram il Rep. JORGE

4 PACIMA 4 nia ltm HA MRCfAnANA <hir nlim, Duiulngo, 21 de Junhii d*' V FA B U L O S A CAM PA N H A DE INVERNO F A I I MODAS ^ VESTE TODA A FAMÍLIA = - Lança em Ourinhos os últimos Modêlos de roupa p a r a Senhoras, C avalheiros e Crianças. Em T ergal Legítimo Em N ycron Legítimo Em Cam urça-a ntílope Em Lã Ternos Blusas Vestidos Calças V estidos Cam isas C alças C onjuntos Sálas Paletós Sport Conjuntos Casacos 7 / 8 Japonas Casacos 7/8 Conjuntos vestidos E NOTE BEM: Ternos de Tergal e Santa Branca em 10 pagam entos iguais. Use a cabeça abrindo o seu crédito, e conheça a n o v a Fanny Modas Rua Ar lindo Luz, 133/137 - OURINHOS FONE 2242

5 Our iiih**. D w ningo, 21 d e «liuiho d«1961 DIÁRIO DA SDHOf.ARAN A P ágina S PORTAS I M B U I A C A N E L A P I N H O Somente esta semana Portas de pinho de primeira com fino acabamento SaOOOnQO Para a pintura de sua casa tintas de alta qualidade A r t e f la t - Tinta a o h fosca E m u la r te Lar-Tex - Tinia a base de Iatex T i n t a a o l e o b r i l h a n t e c o m 1 6 l i n d a s v a r i a ç õ e s c o m p r e diretamente CONSTROLAR-Rua Cardoso Ribeiro, 1.353

6 PAOLXA 6 D IÁ R IO DA SORUC.AU A.NA O u r u lio s, D o m in g o, 21 d e J u n h o < - < TELHAS TIPO F R A N C Ê S A E PAULISTA E S C R IT O R J O E IN D U S T R IA : R u a R e p u b lic a, 713 C a ix a P o s ta l, 355 F a ç a se u s im p reço s n a O TRATOR QUÈX^^AO BRASíl OS TOO A N O S DE EXPERIÊNCIA DA dx 3Q E fijs És te f> o tradicional trator DEUTZ DM -55 pesado fabricado no Brosfl, sob licença de Kloechnwr Humboldl Deutz A. G. Kòln - Alemanha. Os trato res DEUTZ DM-55 ren d em o d ô b ro 1 JHeta. tapiá«5 e Gone ptecoe R e s id ê n c ia : R u a P a u lo S á, 305 \ T e l e f o n e : V U a O d U K Í O U R IN U O S ) E S T. I S S A O P A U L O P refiram os produtos 3 B Fino Gosta fc C I N D E R E L f l i m i Sempre Novidades A ÚNICA ESPECIALIZADA PARA CRIANÇAS VISITE Á P R A Ç A M ELO PEIX O TO, 42 OURINHOS toeça sei veiculo to POSÍO B É VíSta «m «apra Tavares, 3?3 0 E M O R I & M 1 C L IA R 1 S / A ANEXO PERFEITO SERVIÇO DE RESTAURANTE REFEIÇÃO COMERCIAL E A LA CARTE E AOS SÁBADOS DELICIOSA FEIJOADA DEUTZ DM55 trator m ais econôm ico do mundo, ap resenta RESFRIADO A AR entre outras van tagen s: Motor Diesel 3 cilindros. Potente, robusto e econô- 55 HP. Resfriado a ar kg. d e pêso c/lastro. Btolos ajustáveis, dianteiras e trazeiras. Maior m *co,,' a,o r versátil. elturo do chão. Levantamento hidráulico d e 3 m en*e vers<* 4 Indicado para: A ponto». Tomada d e fôrça. PRONTA ENTREGA F w a n c h d o pe/o Banco do Bratíf. ParhBa om Uiach técnica, garantida por íxfenso Serviços pesados d e agricultura (arado d e 4 discos no hidráulico ou 5 discos no cnrastol Destoco e preparo de ferrai re d a d e revendedores eatorizadou yirgens. Tracionamento de OFICINA * 0, carretas, comboios e cargas pesadas. Trabalhos de comp actação e pavimentações POSTO YPIRONGB Servir Bem, Poro Servir Sempre R e s t a u r a n t e do C o l e g a Rua Duque de Caxias, 265 OURINHOS IRMÃOS MORI S/A MÜIERIfllS PORO CONSTRUÇÃO V i s i t e a n o s s a e x p o s i ç ã o. R u a P a r a n á no Azulejos - Cimento - Saniiarios - Cal - C eram ica Cão Caelano e Rua P a ra n á,360 Fones 2091 e 91 O I l t I \ II O S Brevemente em Ourinhos LEITE PASTEURIZADO Q u eijos: Prato, F resca l e P a rm esã o Doces de Leite e Manteiga A T A C A D O E V A R E J O Rua Paraná, 656 /Encomendas pelo Fone 2282J O U R I N H O S N E G Ó C I O S DE O C A S I Ã O Ótimas casas na cidade Ótimos terrenos na cidade Ótimas chácaras próximas ao Rio Pardo e à Rêde Tratamento de Agua. Trotar com L U I Z Aos Domingos e Feriados à D I A S Ú T E I S RUA BENJAMIM CONSTANT, RUA CARDOSO RIBEIRO, 1.153

7 Otrr nlios, Domingo, 21 do Junho d 1BG1 d ia r io d \ so fto c A in ix /t Páyina 7 E D I T A I S í A V I S O S Editais de Proclamas F CO * * b T q u e p re te n d e m ç ^ a r.- r e e p re.-,n u r m o.» docum enti* ex ig id o s p e lo a r t ISO. n e 4 d o C ódigo C eil M ASSATO S H IN O H A R A e OVDINA M A R T IN S.,c n d. o prí tendente m se ld o n este 0 «tn to d e O u r n h l o d r oeiubr de 1936, t u it u r e ro «olutro. dom lclutri re sid e n te ne.ste D o t r to. A ru A m a - guia M h d c M m o b u Sh n h a e d ; d a C h <» S h i. nob n. c. a p r e te n d e n te u a s - rid nc te D is tr ito d e O u r - nho a r s 10 c e S e ttm b r o 1H 4 d e p r e n d s d m è s tn ; id te r i, d m lc ilta d «r e s d e n te nt> te D is trito, á ru a 21 ti Abril n. 530 filh a d e J c é M arti iv e d e ti A n u n c l tu M>rt ns f a a lg u é m so u b e r «te nl u m I m p e d im e n to, o p o n h a.* 13 fo r m a d a le i I a * r o e p resen te p a r a s e i a f i i a d o e ir e ir lo r lo r p u b lic a d o e m r a r to ri# e p e la im p r e n * a loc I O u r i n h o 4 d e J u n h o de 1964 O O F IC IA L. J O S t: P T O B O S O F aço s a b e r q u e p r e le n o e ir «v r - s t e. a p re s e n ta r a m o~ d c c u im n lo s ex ig id o s p elo a r t ICO. n os e 4 d C ódigc C vil SE B A ST 1A O A N T O N IO AL VES < F R A N C IS C A IS ID IO DA S IL V A se n o, o p r e te n dente. n a i ido t m M u ric E s tado de A kigò r s l ce Janeiro d e 1943 o p e ra i s< I t n r d o m ic iliad o e r e s d e n t" iwste D is tr to. n a F z e n d L j- g adlnii filh o d e A n to n o V I. cente A lves e d e d a P st "r i M r d} C l ic e i ç á e, a p re - tend n te n - c id a e m R e d e n cão. E t id o c o C :a r á 17 de ti u b r o d e 1945 d e p rem i drm éstif s. ío lte lrt. d o m c ilia d j t r- d e n te n te D ls tm na F a z e n d L ag eu d n h ', f Ih» d A T lexandre I s id v S 'lv e t de d M iria Ros* d a S ilv a S e a lg u r m v u b r r d e j l u m im p e d lm e u l >. o p o n h a.* fo r m a d a 1 (1 l- i* r o * prearotr p a r a *cr a f ix a d o r n c a r tó r io r p u b lic a d o r m ca r t o n o r p e la É m prrnau lo «a l O u rin h.-v 4 d e J m ü i d c 1964 O O F IC IA L J O S É P K D R O S O F a ç o s a b e r, q u e p re te n d e m c is n r - s? e a p re s e n ta r a m os d o c u m e n to., ex tg id s pele a rt 180. n o s 1.2 e 4 dc C oti go C iv il A D E L IN O F E R R E IR A D E S O U Z A e A N T O N IA B E R N A R D E S í n d o. c p re te n rie n - t m s c ld o r m A v o ré d r s te I t i d o i 2 d c ja n c i o ti- 192fi m tor'.*t i x O te ro. d o - m c li d «e r e s V m t e n e s te D,v r ito n a Vil M ar <nt f _ lho ti J io F * r ir de S tira e de d» F raclsca de Je - r m A n h u m i d é» te K stad o s l:t d c lu lh d " 19.71» ti p ren c ri m é s tlc - so lte ira d ' m c l i i e r» r id m tc n r -te 11»' tie B r i v d t a M -ri n a B orn ird ex. S r a lg u é m s o u b e r d r a lg u ir im p e d im e n t o, o p o n h a o n s r ' n u d it 1 e l I u r o o p r e e e n li p a r a s e r a f ix a d o r m c a r lo r io r p u b lic a d o r m c a r tõ r ii r p ela Im p ren sa lo**i.. O u rln lv -v 4 d e J u n h o c 1964 O O F IC IA L J O S P P E D R O S O * * F u ç o s a b e - q.ie p re te n d rn r c a ir <e e - p re s e n ta n iin o* t i- n im e n t s e x le ld rs pel# a r t 180, n o s 1.2 e 4 do A L V A R O P IN T O D F M A T O S e M A R IA F II7.A T U P I- NA M n d ' p r te n d e n! M a d r i" c m C a c d c V ti c m. c r lh o dx F r o n te ir P r tu g a! a 28 d e m m - d e 1939 ro - m «r e n t e. s o lte r d o m tril a d o e r rs id * n te n i» D 's t r ito n o B a irro G u u v > M h d e A Jv arc B c a í dc M t, e d e d i M u r lta n i P n t d e Ni lo e a pr* te n d e n te n a cld n t - t e D si r ito d e O u r in h r io f 10 d e J u lh o d e 1936 p ro fe s s o ra. t o lte lr a. d o m ic ilia d a e es?dente n e ste D s tr lto no B a irro G u a ru lu v filh a d e T» - I' st to TU p n à c d e d.' Ire m M a rq u e s T u p in á S r a lg u é m t e o b r e d r a lg u n in íp c d im e n io. o p o n h a.o m f e r in a d a l.r l. l a r r o o pre. - c n lr p a r a xer a f ix a d o e m car. lo r io e p u b llc a d " r m c a r tó r ii O u rin h c.s 4 d e Junh C 1964 t> O F IC IA I J O S E P K D R O S O * * F a ç o s a b e r q u e p re te n d e m c s a r.s e e a p re s e n ta r a m o t «h u m e n to s ex ig id o s pele 1H0 n o s 1 2 c 4 d o C ódigc Cu-Mgo C iv 1 IS R A E L V IE IR A P IN T O e T E R E Z IN H A R O D R IG U E S D E O L IV E IR A n do. o p re - t n d en tr- n > c ri nc tv D int r u c -«O u rin h c s 1 " de j _ n r o d e p e d i r : ollt-iv d o m ic iliad o e resid e n te a ru a N rcl.-o M ig lin il s n í lh d e A rm n " V i t P in. to d e d a S eb n x tw i de S o u s a P in t c. p r r tm d c n te n m l d em B in S u c e n " d ê s te E t - c.., 2 1 dt- m a r ço d e l e p r e n d i d em o - tíca*. s lu -tr dom ii ilu l e i t r n ^ e n s te D -t rito. ã ru a M at G r- i 1938 I Ih» tie F e r n n d o A n tu n s R c d rig u e s o d e d i M rctlia J c a q u liv i de O liv eira S r a lg u rm so u h c r d c alg u in Im p rd lm c n lu o p ^ n lia -e n a fo rm a d a L rl. L a v ro * p re s e n te p iu a se r a fix a d o r rr c a rtó rio c p ulilic id o r m c a r tó. rm r p e la Im o rc n ea lucal O u rin h o s 4 d e J u n h d e 1964 O O flcl I JO S È P K D R O S O Hospital de Psiccpatas ( V s l M ltl.é I X I I I ITO U XI.i ( i l \ ««,, n s s i s, s im - «d i t l n s p ' i i -I!'>.. «i - a l i - il O u r n l i p a r a u m t a - ' m l I«n r a l ; / a r - - n u -I ;«; :u d u c«j*r n t e m v -, p a r a 1 I í m \ r l u s i x i1 ( I ^ r 1 s c. m p o n n l. f s d a d r I t a ip i li \ r ã u I r o - s.m g m a iw J a l«s r iv v m l ' O i i p - i ii i s, J u n h o i l (a ) XXTOMO l$l IVI XC.MII I 1 r s i n l D eclarações A I.O N S O J O S E C A S T IL H O decl ra q u e f r m e x tra v ia ri ', 2 1- ti a.; n o v lòr d e C r S c d a u m l.a cvm v e n c im e n t e m a 2 ro m v e m m e n to c m sem i d e v e d o r ri m - m a s t - P e d i. d S ilv a F r a n co F o r n d o a s r e f e n d s I tr : st m efeito u.1 Alonao José ( a stilh u D e c la r im is p a. n b te r a 2 a Vi tios c. t u m i n ' e x t n v a - ri rio O N IE U S m 1 S 7 E IS B X c c rtlflc.i d e p ro p rie d a d e c x p d ld ' em M a rli u e m d e p ro - p iie tia d d e B e n e d ito L u c o d i Silv... u» 1 B e n e d it o L u c io du S il - D IV IS Ã O D E S E R V IÇ O S R O D O V IÁ R IO S S E R V IÇ O D E T R A F E G O O D e p ir t im e n to d c E -tra d a x d e R o d ag em faz s b e r q u e B e n e d lt L uclo da * ',VB- p e rm laslo n á rto d a U n h i dc a u to -ô n lb u a e n tre R ib e irà o do» P ln to a e O u rln h «,a aolic.ou au to lzaçfto p ar i a» m d lflc a r o h o rá rio com p r tid a d e R b e lrâ o do* P ln to a à s l l. p a ra a* 1 2 h o r a s, b» estabelecer mal» um h o rário de ld i e v i u. com o segue I D A V O L T A P a r te d e O u rin h o s á» C h ega a R lb e irá o do6 P in to s às P a r te d e R lb e irá o dc» P in to s à s C h e g a a O u rin h o s à s 1 7 < 0 D u r n te o p - azo d e 15 (q u in ze) d ia s a c o n to r d a d a ta d e s ta p u b lic a ç ã o eerâc rrc e b e ld a» n o D E R (B a u ru ) sugestóe* n o v a s p ro p o sta s, m p u g n açó e s e recla m a ç õ e s rela - t lo n id as c m o p e d id o a c im a D V R. 1 d e Ju n h o d e 1964 Kng. O sc a r S o e ree d r Souza D lr e t- r d a D V R. S u b s titu to E I W S O U i K H E ROLAMENTOS para todos os fins Rua Expedicionário, 1 - Ourinhos S E N S A C I O N A L! Televisores G. E. a sua escolha na maior e melhor promoção de Ourinhos e Região. CASA CLORIVAL E, LEMBRE-SE, com Assistência técnica d a C L O R l V A L e assistida pela G.E. Ninguém pode oferecer mais que a C LOHIVAL. VISITE-A E FIQUE SATISFEITO PRAÇA MELO PEIXOTO, 125/131 - O U R IN H O S

8 DMrt» à Sorocabjnn J [ ^ ] j[ I C I B l IJL A M AS 8 E G U 1 N T E N C ID A D E S : m J Li III 1 IIU JL i EchapoeA, F a r ta r», I b lr a re m», l p a o ç». M a n d a ri, O ra o ç m. < Axsl* A v e re B r m a r d l n o d e C a m p o s, B o to e a tu, C a m p o * 'j Novifà P a u lis ta, C a n d ld o M o ta, O r q n r l r» P e n a r, X a r a n tr e. > O o rlirh o s, O lro. P a lm lla l, P a r a g u a i o P a n lle ta, P lm,'a. j P r e s id e n te P r u d e n te, Q n a t á f R a n c h a r la, R e g e n te F e ljó, 5 S a lto G r a n d e. S a n ta B a r b a r a d o R io P a r d o. S a n t a C ru a d o R io P a r d o. T lm b o r l e ü b l r a j a r a, n o E s ta d o d e 8 a o * P a u lo ; J a e a r e e ln h o, C a m b a r* e S a n t o A n tõ n lo d a p t i t l a a,! A ndtra e B a n d e ira n te», n o E s ta d o d o ParanA. i O g e v e r n a d o r A d e m a r d c B i r r o s C h e g a r á h o je à X a - v n t e s p o r v o lta, d o m e lo d ia, p a r a v s l t a r o * o b r a s d e 1 h l- d r e l e tr l c j d U s c lp a q u e lev a o n o m e c D q u e la c id a d e S e. g u n d o a p u ra m o s, p re fe ito s, v e re i d o e s e p o lític o s da. r e g iã o d ev er& o c o n f e r e n c ia r co m o s r. A le m a r d e B i r r c s n o v i z in h o m u n ic íp io Vende-se Á RUA JOSÉ GALVÃO, 147 Aprovado o projeto de eletrificação A C.im ar»i M u n ic ip a l d e O u - r ln h c s, m s e ss ã o o r d in á r ia ' d e e x ía.f e n r a u t tim a, a p ro v o u, e m p r im e ir a d 's c u s s á o, p r o je to d o.iu t o r t a d o v e re a d o r J o r g e B a rre is C a r v a lh o, d is p o n d o s o b re a, e x te n s ã o d a r ê d e d e e le trif ic a ç ã o à z o n a o u r a i d o m u n lc lp to. j I casa contondoi 1 nr a. 1 sal>a. 3 quartos, s nd<> >com arm ári.i m hutiiu. 1 banheiro, 1 cópa e cozinha Terreno 11 \ íi. T ra ta r nesl*, redação cim o sr. ZÊZO Maternidade 0. Maria P. P. Gonçalves H O S P I T A L P R O N T O S O C O R R O C o n s u lta s I n te r n a ç õ e s O p e r a ç õ e s d e G a r g a n ta, v a rlz e s e s tô m a g o in te s tin o, h e m l a, h e m o r r o ld a s, I n c lu s iv e o p e r a ç õ e s d e s e n h o r a s e c ria n ç a s. M É D IC O S E S P E C IA L IZ A D O S. ATENÇÃO Trrvca-sc um ólimm terren o b-m localizado, por unia casa. T rata r nosla redação, coirn ih sr. ZÊZO. S A N T A C R U Z D O R I O P A R D O P r a ç a S ã o S e b a s f *ã,o T e /e f o n e 509 Auto Peças Ouriauio Ltda. ROLAMENTOS PEÇAS DE CAMBIO DIFERENCIAL ACESSÓRIOS EM GERAL ÓLEOS PARA FREIOS FERRAMEN TAS PA RAFE ZUS E ARTIGOS ELÉTRICOS GENUÍNOS PARA JE E P MR FORD CHEVROLET ETC. 11. E xpedicionário, 1005 Cx. Postal. 229 *1., 2564 OURINHOS CASA AMARAL ARTIGOS PARA CAÇA E PESCA Ferragens - Conecções - Tubos Galvanizados - Sanitários. luz, OURINHOS - Est. dc São Paulo Prefiram Produtos C I P O S A os -se ou formula-se T r a t o r C a t e r p l la r e O U v e r E s t e i r a c o m la m in a, p o r c a r r o d e p a s se io. E s t u d a.s e g r a n d e s f a c ilid a d e s c o m o u s e m e n tr a d a. T r a t a r à R u a D P e d r o I, n. 151 O U R I N H O S Laboratorio de Analises Clinicas «OSWflLDO CRUZ» D ireção: DR. CLÁUDIO M OITA Ana. A u x ilia r:- JOSÉ DE CAMARGO M etabolism o basal (A parêlho C ollins). D iagnóstico precoce da gravidez. D osagens de colesterol, glicose, u réa. etc. ANTIBIOGRAMAS C ulturas Reação de M achado G uerreiro D eterm inação de grupo sanguíneo e F ato r Rh Reações sorológicas. M antem os um perfeito serviço de TRANSFUSÃO DE SAN GUE anexo ao L aboratório. T rabalhando sob um perfeito contrôle técnico laboratorial, oferecem os aos srs. m édicos da região que nos prezam com a sua preferência o m ais alio padrão de eficiência. A venida A ltino A rantes, 172 T elefone 217 OURINHOS -FINAKAR- CARROS NACIONAIS FINANCIADOS CONSULTE REPRE SENTAÇÕES BANDEIRANTES ESCRITÓRIO CENTRAL HE Tô- D \ SOROCABANA E NORTE DO PARANA SOMENTE COM 7.000,(H) DE ENTRADA E õ.íhhj.oo POR MÊS SE INSCREVE NA POSSIBILIDADE! DE OBTER O SEU CARRO F I NANCIADO A PARTIR DO í. mês- RUA il l)e JULH l.o ANDAR SALA í FONE 2791 CAIXA POSTAL, 273 OURINHOS A C O R R ID A D O "D IA P A T R I O T A " M.ir C lá s sic a X n r r lc in a T o d c e m a n o s e m B et* u m a d a s ctotades m a is a n j e d o s E s t d ' 6 U n id o s, é c 3 m o í-ad o, n o d a 19 d e abril, D ia d o P a t r i o t a F o i nin d lo ; q u e e m 1775, o t> m p a tr io ta, a m e r ic a n o P a u l p, v e re fe z a su rr f a n r e a caw g a d a p a r a p r e v e n ir v p u c o n t r 1 o t i q u e lm n e n te * in g lê s e s, d u m t e a lu ta g I n d e p e n d ê n c ia d o s EU A. A t fíc'1 c o r r id a, d e 41 quilôraeta j á f i r e 1 z id a p o r 67 véaq A p r o v a a tr a i to d e c s» ce m e lh o r e s í u n d k t a s d o A u re lê v a n D riessch e, o a g B é lg ic a, fo i o v e n c e d o r da (I r id a d o anc* p j - s d o. est-bdt- c e n d o u m n ô v o rec o rd e. 3 c o m p le ta r o p e c u rs o com te m p o d e 2 h o r a s, 18 minuto t 58 s e g u n d a s. QUEIMANDO*! CRUZEIROS..'. Quando o eeo e i m l n h l o D IE S E L so l. Ia aquela fuanacelra tào prejudicial, o deve saber que é o M dbiheâro que está sane» queimado. Í 0 L S efv ico éosch H*viÇO oede V. encontrei iboscmi * * *. e*00*0» F a ç» a m a v is ita P o sto de Serviço Autoriz a d o B o sc h, ria R etifica d e M o to re s O u rln h o e*. d o C L O V 1S, e veja o q u e h á de m a is moderno e m m á q u in a s e ferrament a s p a r a t e s t a r e r -guiar b o m b a s I n je to r a s e bico» D ie sel, à R u a D u q u e d», C a x ia s. 150 F o n e s :! O U R IN H O S 1 OHCIHHA A melhor ESCRITORIO IMOBILIÁRIO GOLIN S O B R A D O D E S O C U P A D O A v H o d rlg ec s Alve*i D o r m itó rio s D e p e n d e n c la p a r i e m p re g a d a G a r a g e m T e r r e n o d e 11 x 44 P R E Ç O D E O C A S IA O A P A R T A M E N T O S N O E D IF Í C I O G O L IN ' E M C O N S T R U f AO N A P R A ÇA M E L L O P E I X O T O A P A R T A M E N T O S D E 3 D O R M IT Ó R IO S S A L A C O Z IN H A B A N H E IR O A R E A D E S E R V IÇ O A R M A R T O S E M B U T ID O S. P R E Ç O S E M R E A J U S T E D E S D E EM 3 A N O S A P A R T A M E N T O S D E 2 D O R M IT Ó R IO S S A L A C O Z IN H A B A N H E IR O A R E A D E S E R V IÇ O A R M A R IO S E M B U T ID O S. P R E Ç O S E M R E A J U S T E D E S D E E M 3 A N O S Avenida Altino Arantes, l.o andar - tel C A S A N A R U A E U C L ID E S D A C U N H A Ó T IM A LO- C A L IZ A Ç A O 3 d o rm itó rio s D e p e n d e n c ia p a r a e m p re g a - j d a L a v a n d e r ia Q u in ta l c a lç a d o R t-cem p in ta d a -* T e r r e n o d e 15 x 30. D e s o c u p a d a. P O S S V E B O A S O F E R T A S I)E S I T I O S C H A C A R A S F A Z E N D A S.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O A B O R T O : U M A Q U E S T Ã O M O R A L, L E G A L, C U L T U R A L E E C O N Ô M I C A C U R I T I B A

Leia mais

soluções sustentáveis soluções sustentáveis

soluções sustentáveis soluções sustentáveis soluções sustentáveis 1 1 1 2 3 KEYAS S OCIADOS UNIDADES DE NEGÓCIO ALGUNS CLIENTES 2 2 1 2 3 KEYAS S OCIADOS UNIDADES DE NEGÓCIO ALGUNS CLIENTES 3 3 APRES ENTAÇÃO A KEYAS S OCIADOS a tu a d e s d e 1

Leia mais

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024 E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E M A J O R V I E I R A S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O, C U L T U R A E D E S P O R T O C N

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M N Ú C L E O D E C O M P R A S E L I C I T A Ç Ã O A U T O R I Z A Ç Ã O P A R A R E A L I Z A Ç Ã O D E C E R T A M E L I C I T A T Ó R I O M O D A L I D A D E P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 027/ 2

Leia mais

Programa Copa do Mundo 2014

Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Gerente do Programa: Mario Queiroz Guimarães Neto Rede do Programa: Rede de Cidades Objetivo do Programa: Organizar com excelência os eventos FIFA

Leia mais

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O O s depós itos fos s ilíferos, o s s ítios paleontológ icos (paleobiológicos ou fossilíferos) e o s fós s eis q u e a p r e s e n ta m valores científico, educativo o u cultural

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

lh e c o n fe re o in c is o II d o a rt. 4 º d o Re g u la m e n to d o D e p a rta m e n to -G e ra l d o Pe s s o a l (R-1 56 ), a p ro v a d o

lh e c o n fe re o in c is o II d o a rt. 4 º d o Re g u la m e n to d o D e p a rta m e n to -G e ra l d o Pe s s o a l (R-1 56 ), a p ro v a d o PORTARIA Nº 1 6 4 -D G P, D E 4 D E NOV E M B RO D E 2 0 1 1. Alte ra a d is trib u iç ã o d e e fe tiv o d e m ilita re s te m p o rá rio s, p a ra o a n o d e 2 0 1 1. O CHEFE DO DEPARTAMENTO-GERAL DO

Leia mais

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde B ra s ília, 26 de s etem bro de 2009 C o ntro le da s P o lític a s de L uiz R ibeiro FU N Ç Ã O D O J O R N A L I S M O J o r n a lis m o é a a tiv id a d e p r o fis s io n a l q u e c o n s is te e

Leia mais

IN S A In s titu t N a tio n a l

IN S A In s titu t N a tio n a l IN S A : U m a re d e d e 5 e s c o la s s u p e rio re s d e e n g e n h a ria O INS A de Rennes existe desde 1966 R ouen O INS A de Rouen existe desde 1985 O INS A de S trasbourg existe desde 2003 R

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País

Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País Belo Horizonte/MG, 21 de junho de 2010 Segmentação A s eg mentação es tá pres ente em todos os mercados, incluindo o mercado do turis mo;

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE

A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE AUDITORIA IA CLÍNICA A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE Auditoria é em um exame cuidadoso e sistemático das atividades desenvolvidas em determinada empresa ou setor, cujo objetivo é averiguar

Leia mais

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 D A T A D E A B E R T U R A : 2 9 d e d e z e m b r o d e 2 0 1 0 H O R Á R I O : 9:0 0 h o r a s L O C A L D A S E S S Ã O P Ú B L I C A: S a l a d a C P L/

Leia mais

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 Estratégico III Seminário de Planejamento Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 G es tão Em pre sa rial O rie nta ção pa ra om erc ado Ino vaç ão et

Leia mais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais Datas Comemorativas White Paper Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais As datas comemorativas podem ser exploradas para rentabilizar o seu comércio, seja ele físico ou online. Dedique

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19

C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19 C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19 C iclo de vida : Do pneu novo ao pneu us ado FABRICAÇÃO IMPORTAÇÃO MERCADO Pneus Novos EXPORTADOS Pneus novos Fora do

Leia mais

Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião AESBE 10/02/09

Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião AESBE 10/02/09 Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP Associação das Empresas Estaduais de Saneamento Básico - AESBE Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião

Leia mais

Prgrmçã O Mu s u Év r, p r l ém f rcr s s i g ns «vi s i t s cl áss i cs» qu cri m s p nt s c nt ct nt r s di v rs s p úb l ic s qu vi s it m s c nt ú d s d s u ri c s p ó l i, p r cu r, c nc m i t nt

Leia mais

R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o

R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o C ic lo d e D e b a te s : "1 C liq0 u e Ap a ra n eo d ita s r do eo s tilo Ed o ssta u b tí tu lo to m e s tre d o Id o s o E lia n a M á

Leia mais

AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA

AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA Emenda ao 40 CFR Parts 261, 266, 268 e 271 Documento: FERTILIZANTES À BASE DE ZINCO PRODUZIDOS A PARTIR DE MATERIAL SECUNDÁRIO PERIGOSO Julho/2002 S U M Á R

Leia mais

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I 1 3Mr P e re s, R e s e r h D i re t r I D C B rs i l Br 0 0metr Cis e Bn L rg n Brsil, 2005-201 0 R e s l t s P ri m e i r T ri m e s t re e 2 0 0 7 Prer r Prer r Met e Bn Lrg em 2 0 1 0 n Brs i l : 10

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009. Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica

Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009. Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009 Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica P r e o c u p a ç ã o c o m a q u a lid a d e d o s g a s to s p ú b lic o s e m c e n á r io

Leia mais

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.)

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.) 32988 Quarta-feira 22 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Ou tu bro de 2003 Art. 3º O Gru po Parlamentar reger-se-á pelo seu regulamento in ter no ou, na falta deste, pela decisão da ma i o ria absoluta de seus mem

Leia mais

www.investorbrasil.com

www.investorbrasil.com Proposta curso preparatório para CPA 20 - ANBIMA www.investorbrasil.com Apresentação INVESTOR APRESENTAÇÃO A INVESTOR é uma escola que nasceu da necessidade das pessoas aprenderem as ferramentas e instrumentos

Leia mais

12 ru e d e R ib e a u v illé. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : Ed it é le 13 /05/2016 à 17 :23 Page : 1 / 12

12 ru e d e R ib e a u v illé. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : Ed it é le 13 /05/2016 à 17 :23 Page : 1 / 12 R A M F A R A N D O L E 12 ru e d e R ib e a u v illé 6 7 7 3 0 C H A T E N O IS R e s p o n s a b le s d u R e la is : B ie g e l H. - R o e s c h C. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : * * * * * * * * *

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing White Paper Boas Práticas de E-mail Marketing Saiba como alguns cuidados simples podem melhorar os resultados de suas campanhas de e-mail marketing Para garantir a qualidade no mix de comunicação atual,

Leia mais

P la no. B a nda L a rg a

P la no. B a nda L a rg a de P la no N a c io na l B a nda L a rg a 1 Sumário 1. Im p o r tâ n c ia E s tr a té g ic a 2. D ia g n ó s tic o 3. O b je tiv o s e M e ta s 4. A ções 5. In v e s tim e n to s 6. G o v e r n a n ç a

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos 1 2 3 1 Massa atômica relativa. A incerteza no último dígito é 1, exceto quando indicado entre parênteses. Os valores com * referemse Número Atômico 18 ao isótopo

Leia mais

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to.

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. GASTRONOMIA Instruções Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. Res pe i te mar gens e en tra das de pa rá gra fo. Use as in for ma ções

Leia mais

ÍN DICE GERAL. das sociedades (artigo 64.! 1 do CSC)... 19

ÍN DICE GERAL. das sociedades (artigo 64.! 1 do CSC)... 19 ÍN DICE GERAL P ro g ra m a d a s J o rn a d a s so b re a R e fo rm a d o C ó d ig o d a s S o c ie d a d e s C o m e r c ia is... 5 A p re s e n ta ç ã o... 9 D isc u rso d o M in istro d e E sta d o

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

Tópicos Quem é é a a PP aa nn dd ui t t?? PP oo rr qq ue um CC aa bb ea men tt oo PP er ff oo rr ma nn cc e? dd e AA ll tt a a Qua ll ii dd aa dd e e PP aa nn dd ui t t NN et ww oo rr k k II nn ff rr aa

Leia mais

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR O Sonho de Renato O Sonho de Renato a e i o u A E I O U so nho de Re na to Eu sou Renato Valadares Batista. Tenho 14 anos. Sou filho de Pedro Batista e Luzia Valadares.

Leia mais

7a. Edição Editora Atlas

7a. Edição Editora Atlas FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU Pós-graduação em Auditoria, Controladoria e Finanças Disciplina: PLANEJAMENTO E CONTROLE ORÇAMENTÁRIO Slide 1 Professor: MASAKAZU HOJI ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a E M P R IM E I R A MÃO T h e O i ta v os é o e x c lu s i v o h o te l d e 5 e s tre la s q u e co m p le t a e v a l ori za a ofe rta d a Q u i n ta d a M a ri n h a, co n s olid a n d o -a c om o d e

Leia mais

1. A cessan do o S I G P R H

1. A cessan do o S I G P R H 1. A cessan do o S I G P R H A c esse o en de reç o w w w.si3.ufc.br e selec i o ne a o p ç ã o S I G P R H (Siste m a I n te g ra d o de P la ne ja m e n t o, G estã o e R e c u rs os H u m a n os). Se

Leia mais

O siste ma foi de se nvolvido e m C # atra vé s da fe rrame nta Microsoft Visual S tudio 2008. Banco de dados Microsoft S QL S e rve r 2008 r2

O siste ma foi de se nvolvido e m C # atra vé s da fe rrame nta Microsoft Visual S tudio 2008. Banco de dados Microsoft S QL S e rve r 2008 r2 His tó ric o O de s e nvolvime nto do S is te ma Voto E le trônico do Ministé rio P úblico do E stado de S ão P aulo te ve s e u início e m 2009 com a fina lidade de automatiza r os proce ssos e le itorais

Leia mais

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico Alencar Instalações Resolvo seu problema elétrico T r a b a lh a m o s c o m : Manutenção elétrica predial, residencial, comercial e em condomínios Redes lógicas Venda de material elétrico em geral. Aterramentos

Leia mais

Ote r m o tr a b a lh o d e riv a d o la tim v u lg a r tr ip a lia r e, q u e s ig n ific a m a r tiriz a r c o m o

Ote r m o tr a b a lh o d e riv a d o la tim v u lg a r tr ip a lia r e, q u e s ig n ific a m a r tiriz a r c o m o TRABALHO VOLUNTÁRIO E TRABALHO RELIGIOSO A lic e M o n te ir o d e B a r r o s* Sum ário: TRA BA LH O V O LU N TÁ RIO ; Introdução; Conceito; Term o de adesão; Ressarcim ento de Despesas; O trabalho voluntário

Leia mais

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira.

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira. Q u a, 3 0 d e J u l h o d e 2 0 1 4 search... REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES Selecione a Edição ANTIGAS C l i q u e n o l i n k a b a i xo p a r a a c e s s a r a s e d i ç õ e s a n

Leia mais

. D A D O S I N I C I A I S 1.1 N a t u r e z a e fi n a l i d a d e d a e d i f i c a ç ã o : i n d i ca r o ti p o d e e d ifi ca ç ã o ( e x : e s c o l a r u r a l co m 0 2 s a l a s, e sc o la u r

Leia mais

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009 FGV 010/1-13.1.009 VESTIBULAR FGV 010 DEZEMBRO 009 MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A PROVA DE MATEMÁTICA QUESTÃO 1 (Prova: Tipo B Resposta E; Tipo C Resposta C; Tipo D Resposta A) O gráfico abaio fornece o

Leia mais

J u i n 2 0 0 9 L e ttr e d 'i n fo r m a ti o n n 1 9 E d i to r i al E p p u r si m u o ve «E t p o u r ta n t e l l e b o u g e» m u r m u r a G a l l i l é e s u r s o n c h a m p e s t l a r g e.

Leia mais

Proposta de Revisão Metodológica

Proposta de Revisão Metodológica Proposta de Revisão Metodológica Gestão do Desempenho Dezembro de 20 DIDE/SVDC Propostas para 202 Nova sist em át ic a de pac t uaç ão e avaliaç ão de m et as set oriais e de equipe; Avaliaç ão de De s

Leia mais

Prefeitura Municipal de Gavião-BA

Prefeitura Municipal de Gavião-BA Edição Nº Nº 024/2012 030/2012 Segunda-Feira Quinta-Feira 08 26 de Março Junho de 2012 Rua Irmã Dulce, nº 370 Gavião Bahia CEP: 44650-000. Tel/Fax: 75.3682 2271 CNPJ: 13.233.036/0001-67 www.gaviao.ba.gov.br

Leia mais

As marcas dos castigos na infância

As marcas dos castigos na infância Seminário Educar Sem Castigo Discutindo o Projeto de Lei 7672/2010 As marcas dos castigos na infância Cida Alves Núcleo de Prevenção da Violências e Promoção da S aúde S MS de Goiânia Rede Não B ata Eduque

Leia mais

A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua lida de em D es envo lvim ento de S o ftw a re

A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua lida de em D es envo lvim ento de S o ftw a re Rafael Espinha, Msc rafael.espinha@primeup.com.br +55 21 9470-9289 Maiores informações: http://www.primeup.com.br contato@primeup.com.br +55 21 2512-6005 A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua

Leia mais

White Paper. Flexibilidade e economia na era IP

White Paper. Flexibilidade e economia na era IP White Paper Flexibilidade e economia na era IP Saiba como utilizar as tecnologias mais modernas de comunicação de voz pela internet para conseguir mais economia e rapidez em telefonia para sua empresa

Leia mais

White Paper. E-mail Marketing: por onde começar?

White Paper. E-mail Marketing: por onde começar? White Paper E-mail Marketing: por onde começar? Primeiros passos para definir o planejamento de suas campanhas de e-mail marketing Para garantir a qualidade no mix de comunicação, é importante criar suas

Leia mais

R eg is tro de P rodutos R em edia dores. Cintia M. Araújo Souza CCONP/CGASQ/DIQUA Brasília, 12/03/2013

R eg is tro de P rodutos R em edia dores. Cintia M. Araújo Souza CCONP/CGASQ/DIQUA Brasília, 12/03/2013 R eg is tro de P rodutos R em edia dores Cintia M. Araújo Souza CCONP/CGASQ/DIQUA Brasília, 12/03/2013 Remediadores Ambientais LEGIS LAÇÃO ES PECÍFICA: Res olução CONAMA nº 314, de 29/10/2002 D is põe

Leia mais

A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU

A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU Secretariado Executivo Bilíngüe/Office Administration 127 A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU INTRODUÇÃO O p re s e n te

Leia mais

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades PNV 289 Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades Orides Bernardino São Leopoldo/RS 2012 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558 B. Scharlau Caixa Postal 1051 93121-970

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO Departamento de Engenharia GRANDES EVENTOS SISTEMA INTEGRADO DE MONITORAMENTO 1 EVENTO DATA E HORA LOCAL TIPO E OBJETIVO DURAÇÃO INTERFERÊNCIAS

Leia mais

A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Edição Nº Nº 030/2012 00004 Sexta-Feira Quit-Feira 08 11 de Março Janeiro de de 2012 2013 A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Nº

Leia mais

White Paper. Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server. O correio eletrônico é uma das ferramentas de

White Paper. Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server. O correio eletrônico é uma das ferramentas de White Paper Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server Entenda como usar melhor a plataforma de correio eletrônico da Microsoft para ganhar mais eficiência na comunicação da sua empresa O correio

Leia mais

PESQUISA PERFIL DO TURISTA

PESQUISA PERFIL DO TURISTA PESQUISA PERFIL DO TURISTA 1) Qual país de origem? Categoria em (%) Brasil 98,19 98,66 97,55 América Latina 0,86 0,55 1,28 Outros países 0,95 0,80 1,16 País de origem América La tina 1% Outros pa íses

Leia mais

Gabarito - Química - Grupo A

Gabarito - Química - Grupo A 1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor A estrutura dos compostos orgânicos começou a ser desvendada nos meados do séc. XIX, com os estudos de ouper e Kekulé, referentes ao comportamento químico do

Leia mais

A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Edição Nº Nº 030/2012 00034 Sexta-Feira Quit-Feira 22 08 de de Fevereiro Março de 2012 2013 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

Leia mais

Avaliação, Tecnologias, e Custos Sociais e Econômicos

Avaliação, Tecnologias, e Custos Sociais e Econômicos Avaliação, Tecnologias, e Custos Sociais e Econômicos Eduardo L.G. Rios-Neto Belo Horizonte, 11 de outubro de 2013 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO: I. Comentários Gerais Introdutórios II. III. IV. Pareamento de

Leia mais

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone C en t r o C o l a b o r a d o r em A l i m en t aç ão e N u t r i ç ão E sc o l ar U n i v e r si d ad e F ed er al d e S ão P au l o P r o je t o d e L e i 6

Leia mais

Anuário das Estatísticas do Turismo 2012

Anuário das Estatísticas do Turismo 2012 Anuário das Estatísticas do Turismo 2012 1 Índice CAPÍTULO I Séries Internacionais e Nacionais 2003 a 2012 6 Fluxos Turísticos Internacionais 7 O Turismo na Economia Nacional 16 O Alojamento Turístico

Leia mais

Prof. Dr. Jorge O. Trierweiler Departamento de Eng. Química (DEQUI) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Prof. Dr. Jorge O. Trierweiler Departamento de Eng. Química (DEQUI) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Prof. Dr. Jorge O. Trierweiler Departamento de Eng. Química (DEQUI) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) D imens õ es do P ro blema do L ixo Q ua lquer s o luç ã o tem que s er a na lis a

Leia mais

- 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB

- 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB - 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB Emitido em 15/6/2012 R. 01 Este manual é parte integrante e essencial do produto. Leia atentamente as instruções contidas nele,

Leia mais

O b ra s da C o pa 2 0 1 4. P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re

O b ra s da C o pa 2 0 1 4. P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re O b ra s da C o pa 2 0 1 4 P re fe it u ra Mu nic ipa l de P o rt o A le g re RE C URS OS Ma triz de R e s po n s a b ilida de s Ma triz de R e s po n s a b ilida de s Assinada em 13 de janeiro de 2010

Leia mais

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO 1. RESULTADOS QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO 1.1- QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO: AMOSTRA REFERENTE AS

Leia mais

REVISÃO DO PLANO DE CONTROLE AMBIENTAL PCH PIEDADE JUNHO/2007

REVISÃO DO PLANO DE CONTROLE AMBIENTAL PCH PIEDADE JUNHO/2007 REVISÃO DO PLANO DE CONTROLE AMBIENTAL JUNHO/27 VOLUME II ANEXOS ANEXO I DESENHOS... 1 Revisão do Plano de Controle Ambiental PCH Piedade Junho/27 ANEXO I DESENHOS Sigla PIE-CAN-2 PIE-ACE-2 PIE-RESG-1

Leia mais

Construmat Barcelona

Construmat Barcelona Construmat Barcelona 20 a 24/04/2009 Realização Salvador Benevides Diretor de Rel açõ es Int ernaci onais e Co orden ad or do Pr oj et o de In ov açã o Tecn ológic a da CB IC Coordenação Alexandre Luis

Leia mais

Ainda há Tempo, Volta

Ainda há Tempo, Volta Ainda há empo, Volta Letra e Música: Diogo Marques oprano ontralto Intro Envolvente (q = 60) enor aixo Piano Ó Œ. R.. F m7 2 A b 2 E b.. 2 Ó Œ É 2 Ó Œ F m7 2.. 2 2 A b 2 2 Ainda há empo, Volta Estrofe

Leia mais

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de APRESENTAÇÃO O T r i b u n a l d e J u st i ç a d e S ã o P a u l o d e s e n v o l ve, d e s d e 2 0 0 7, o P r o j e to P a t e r n i d a d e R e s p o n s á v e l. S u a d i s c i p l i n a e s t á

Leia mais

XPath e XQuery. Carina F. Dorneles dorneles@inf.ufsc.br - UFSC

XPath e XQuery. Carina F. Dorneles dorneles@inf.ufsc.br - UFSC XPath e XQuery Carina F. Dorneles dorneles@inf.ufsc.br - UFSC Navegação/acesso aos dados em XML E n c o n tra r o s e le m e n to s a tra v é s d e c a m inhos q u e in d iq u e m o c o n te x to d e ta

Leia mais

$% & '( )& & & $ *+ & % & ''( & & & & & $

$% & '( )& & & $ *+ & % & ''( & & & & & $ "#!!"# $% & '( )& & & $ *+ & % & ''( & & & & & $ $, &-. & */0$ & 1 &#&2& &2# &* &##&* 889$ 1# &0 ' 1 &:1 && 8$;:$!& 𕬸 '( & '( ' $ &# 1 &1 & $ $ % P a í s Em pre s a Té c nic a R e s po nde nte s

Leia mais

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s PROGRAM A + V IDA P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s D ro g a s da S ec reta ria de S a úde R ec COSTA ife JOÃO do MARCELO Coordenação Clínica do CAPS AD Eulâmpio Cordeiro SMS-PCR (DSIV) Coordenação

Leia mais

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Física e Química A Prova Escrita

Leia mais

CATMAT SISTEMA DE CATALOGAÇÃO DE MATERIAIS CATSER SISTEMA DE CATALOGAÇÃO DE SERVIÇOS

CATMAT SISTEMA DE CATALOGAÇÃO DE MATERIAIS CATSER SISTEMA DE CATALOGAÇÃO DE SERVIÇOS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS CATMAT SISTEMA DE CATALOGAÇÃO DE MATERIAIS CATSER SISTEMA DE

Leia mais

Oferta Significado 2011. Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão. Setembro 2011

Oferta Significado 2011. Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão. Setembro 2011 Oferta Significado 2011 Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão Setembro 2011 Data para submissão das Candidaturas: Até 10 de Outubro 2011 Financiamento Formação Geral Micro

Leia mais

REFORMA POLÍTICA. Capítulo VI

REFORMA POLÍTICA. Capítulo VI REFORMA POLÍTICA Capítulo VI REFORMA QUE O GOVERNO LULA E O CONGRESSO NACIONAL DEVEM PRIORIZAR [espontânea e única, em %] Pe so 1 0 0 % Re fe rê ncia s a re form a s Re form a Agrá ria 7 Re form a Tra

Leia mais

'!"( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, ".6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # )

'!( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, .6 )) -2 7! 6))  ) 6 #$ ))! 6) 8 9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) !" #$%&& #% 1 !"# $%& '!"( )*+%, ( -. ) #) /)01 01)0) 2! ' 3.!1(,,, " 44425"2.6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 4442$ ))2 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) 44425"2 ))!)) 2() )! ()?"?@! A ))B " > - > )A! 2CDE)

Leia mais

16/02/2014. Masakazu Hoji. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Uma Abordagem Prática. 5a. Edição Editora Atlas. Capítulo 1 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

16/02/2014. Masakazu Hoji. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Uma Abordagem Prática. 5a. Edição Editora Atlas. Capítulo 1 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DMNSTRÇÃ FNNCER Uma bordagem Prática 5a. Edição Editora tlas Masakazu Hoji NTRDUÇÃ À Capítulo 1 DMNSTRÇÃ FNNCER 1.1 dministração financeira nas empresas 1.2 ntegração dos conceitos contábeis com os conceitos

Leia mais

U M P R O G R A M A E S P E C I A L D E M O B I L I D A D E I N T E R N A C I O N A L E M C I Ê N C I A, T E C N O L O G I A e I N O V A Ç Ã O.

U M P R O G R A M A E S P E C I A L D E M O B I L I D A D E I N T E R N A C I O N A L E M C I Ê N C I A, T E C N O L O G I A e I N O V A Ç Ã O. U M P R O G R A M A E S P E C I A L D E M O B I L I D A D E I N T E R N A C I O N A L E M C I Ê N C I A, T E C N O L O G I A e I N O V A Ç Ã O. C o n s e lh o N a c io n a l d e D e s e n v o lv im e n

Leia mais

P articipação social n o en fren tam en to ao álcool e ou tras drog as.

P articipação social n o en fren tam en to ao álcool e ou tras drog as. I I O F I C I N A PA R A I N ST R U M E N T A L I Z A Ç Ã O D O S M A T R I C I A D O A R E S E M SA Ú D E M E N T A L P articipação social n o en fren tam en to ao álcool e ou tras drog as. M o rg an

Leia mais

Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde

Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde Passo a passo para consulta ao Banco de Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. W Favoritos I ~ la..q.,ft >> CJJ lij ~ ~ Página Segurança

Leia mais

White Paper. Gestão Ágil de Produtos

White Paper. Gestão Ágil de Produtos White Paper Gestão Ágil de Produtos Um bom gestor de produtos de software oferece o suporte e a confiança que a equipe de desenvolvimento precisa Com o advento das metodologias ágeis de desenvolvimento

Leia mais

======================== ˆ_ ˆ«

======================== ˆ_ ˆ« Noss fest com Mri (Miss pr os simpes e pequenos, inspirdo em Jo 2,112) ( Liturgi I Puus) 1) eebremos n egri (bertur) Rgtime & c m m.. _ m m.. _ e e bre mos n_ e gri, nos s fes t com M ri : & _.. _ º....

Leia mais

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s.

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s. O r ie n ta ç õ e s In i ci ai s E u, R ic k N e ls o n - P e rs on a l & P rof e s s io n al C o a c h - a c re dito qu e o o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te

Leia mais

E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H. Plano de Ação

E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H. Plano de Ação E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H Plano de Ação 1 C O N T E X TO (R es ulta do s R E H U F) D es de s ua c o nc epç ã o o R E H U F tem a tua do : N a fo rm a de Fina nc ia m ento

Leia mais

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA 1 2 3 4 5 6 7 1 1 1, 00 2 3 4 Li Be 6, 94 9, 01 11 12 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 K Ca 39, 10 40, 08 37 38 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 Cs Ba 132, 91 137, 33 87 88 Fr Ra 223,

Leia mais

ESTUDANTES E MÉDICOS FORMADOS EM CUBA PREPARAM A III CARAVANA DA SAÚDE EM SERGIPE

ESTUDANTES E MÉDICOS FORMADOS EM CUBA PREPARAM A III CARAVANA DA SAÚDE EM SERGIPE N 5 / junho/julho - Cuba - Sergipe - 2011 Médicos de ciência e consciência Informativo Eletrônico ESTUDANTES E MÉDICOS FORMADOS EM CUBA PREPARAM A III CARAVANA DA SAÚDE EM SERGIPE Palestra sobre Cuba em

Leia mais

Vamec. Palavra do Diretor. www.automasafety.com.br. Grupo VK: 1/14

Vamec. Palavra do Diretor. www.automasafety.com.br. Grupo VK: 1/14 Palavra do Diretor Em um cenário nacional onde o risco de ocorrer um acidente no local de trabalho é iminente e a grande maioria das empresas não está adequada com base nas Normas Regulamentadoras Brasileiras,

Leia mais

w w w. v o c e s a. c o m. b r SEFAZ BAHIA

w w w. v o c e s a. c o m. b r SEFAZ BAHIA sumário executivo w w w. v o c e s a. c o m. b r w w w. e x a m e. c o m. b r melhores empresas para você trabalhar São Pau lo, setembro de 2010. Pre za do(a) Sr(a)., SEFAZ BAHIA Em pri mei ro lu gar,

Leia mais

andréa del fuego os malaquias

andréa del fuego os malaquias andréa del fuego os malaquias 1 Serra Morena é ín gre me, úmi da e fértil. Aos pés de la vi vem os Malaquias, ja ne la com ta manho de porta, porta com autoridade de madeira escura. Corre, Adolfo! Donana

Leia mais

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Física e Química A Versão Teste Intermédio Física e Química A Versão Duração do Teste: 90 minutos 30.05.01 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de março Na folha de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL Termo de Apreensão de mercadorias e outros bens (Artigo 859, 8º - RICMS/RO) (NR dada pelo Dec. 18976, de 30.06.14 efeitos a partir de 30.06.14) GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA D.R.F. AR/PF TERMO DE APREENSÃO

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 1 1 1 H 1, 00 2 3 4 2 Li 6, 94 Be 9, 01 11 12 3 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 4 K 39, 10 Ca 40, 08 37 38 5 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 6 Cs 132, 91 Ba 137, 33 87 88 7 Fr Ra 223, 02 226, 03 CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA

Leia mais

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental Izac Trindade Coelho 1 1. I n t r o d u ç ão Ai de mim, ai das crianças abandonadas na escuridão! (Graciliano Ramos)

Leia mais

RESOLUÇÃO Matemática APLICADA FGV Administração - 24.10.10

RESOLUÇÃO Matemática APLICADA FGV Administração - 24.10.10 VESTIBULAR FGV 2011 OUTUBRO/2010 RESOLUÇÃO DAS 10 QUESTÕES DE MATEMÁTICA APLICADA QUESTÃO 1 O gráfico no plano cartesiano expressa a alta dos preços médios de televisores de tela plana e alta definição,

Leia mais